Não há Poder da República que sequer cogite enfrentar a mídia

Opinião do blog

Passei a manhã e o início da tarde de segunda-feira mergulhado em telefonemas para jornalistas e políticos de Brasília sondando as possibilidades de a CPI do Cachoeira vir a aprovar o requerimento do deputado federal petista do Paraná Doutor Rosinha para convocar o diretor da sucursal de Brasília da revista Veja, Policarpo Júnior.

Motivos para essa convocação, não faltam. Se até o último fim de semana havia ainda algum tipo de desculpa para ela não ocorrer, matéria do repórter da revista Carta Capital Leandro Fortes esgotou a questão. Escutas da Operação Vegas mostram Policarpo até encomendando escuta ilegal de um deputado federal ao bicheiro Carlos Cachoeira.

A Operação Vegas, acima da Operação Monte Carlo, contém PROVAS materiais de que havia uma relação de cumplicidade entre a revista e o bicheiro e torna obrigatória, ao menos em tese, uma ampla investigação sobre o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, por ter engavetado a investigação.

A CPI do Cachoeira e o próprio Congresso Nacional, portanto, têm TODOS os elementos para colocarem ao menos Veja e o PGR no paredão.  Todavia, os políticos e jornalistas com os quais conversei consideram praticamente nula a possibilidade de alguma providência vir a ser tomada contra aquele órgão de imprensa ou contra o chefe do Ministério Público.

Em primeiro lugar porque, ao menos em relação à Veja, fui informado de que, em Brasília, até os postes de luz sabem que o principal executivo da Revista, Fabio Barbosa, e o diretor da Globo José Roberto Marinho foram ao Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente, Michel Temer, e firmaram um pacto de não agressão entre a mídia e o governo Dilma.

Entre os partidos políticos, a situação não é muito diferente. Do PSOL ao DEM, passando por PT, PMDB e todo o resto, nenhum partido tem a menor intenção, enquanto agremiação partidária, de desafiar a associação midiática composta, essencialmente, por Globo, Folha, Veja e Estadão.

Se os Poderes Executivo e Legislativo não estão dispostos a tomar providências contra essa organização criminosa composta pela quadrilha de Carlos Cachoeira e  Veja que salta aos olhos – e aos ouvidos – na extinta Operação Vegas, com o Judiciário não é diferente. Basta ver como foi tratado o inquérito do mensalão.

Só para não me estender demais no caso: o inquérito deveria ter sido desmembrado e não deveria, de forma alguma, ir a julgamento exatamente durante as eleições. É um escândalo. Processos similares, como o mensalão do PSDB (envolvendo o ex-presidente do partido Eduardo Azeredo), foram praticamente acobertados pelo STF. Tudo porque a mídia quis.

Alguns dirão: mas o governo Dilma vai permitir que a mídia imole a era Lula e o PT? Resposta: vai. Dilma porque, passado o circo midiático sobre o julgamento, continuará perseguindo resultados sociais e econômicos e, melhorando a vida do povo, ele esquecerá tudo. E o PT porque cederá os anéis (os acusados no inquérito) e preservará os dedos graças à curta memória popular.

Sempre segundo as fontes ouvidas, Dilma não está nem aí para Lula ou para o PT. Ela, segundo dizem, é uma burocrata que não quer se envolver em política. Persegue números positivos para seu governo na economia e no social e ponto final. Não gosta de política e só quer deixar o cargo – seja em 2014, seja em 2018 – tendo o que mostrar em termos de realizações.

O pacto de não agressão entre o governo Dilma e a mídia fará com que não seja desencadeada campanha de destruição como a que foi desfechada contra Lula, que, segundo as fontes ouvidas, só foi alvo de tal campanha porque o ex-presidente questionou o poder midiático e o desobedeceu implementando políticas públicas que desaprovou.

Todavia, do ponto de vista da administração pública não houve nada, no governo Lula, que justificasse a campanha de destruição que a mídia desfechou contra si. Pelo contrário: os mais ricos ganharam muito dinheiro.

Quem acha que pode haver alguma alternativa mais à esquerda, esqueça. O PSOL, por exemplo, mantém alguma retórica de regulação da mídia, mas é um dos maiores beneficiários de sua atuação. Apesar de sua retórica esquerdista, a mídia não o ataca e ainda lhe oferece material para atacar o PT, no qual o PSOL pretende se converter um dia.

É doloroso dizer, meus companheiros, mas está tudo dominado. De oposição verdadeira ao capitalismo selvagem brasileiro e ao seu principal sustentáculo, a mídia hegemônica, não existe nada mais do que a blogosfera, alguns movimentos sociais e alguns poucos políticos idealistas como o Doutor Rosinha. Todos, porém, sem poder.

Enquanto a América Latina vai caminhando para a esquerda, o Brasil é o último grande sustentáculo do selvagem capitalismo de inspiração ianque na região. É o país em que ele é mais poderoso sobretudo por falta de forças políticas que lhe dêem combate real, ou seja, que combatam seu braço midiático, que o sustenta.

Sim, o governo Dilma poderá conseguir avanços sociais e econômicos relevantes, mas não promoverá qualquer tipo de avanço institucional duradouro. Tudo o que conseguir poderá ser desmontado por uma gestão posterior de direita. Sei que muitos ficarão incomodados com o que eu disse neste post, mas, tragicamente, essa é a verdade.

191 comments

  • Então o paraíso começa daqui a um mês.

    Vejamos:

    Terá acabado o julgamento. Tenha o resultado que tiver.

    A presidente Dilma estará envolvida com a administração do pais não se envolvendo em política.

    A mídia terá feito um pacto de não-agressão à seu governo.

    A oposição está totalmente sem discurso.

    Então? É o paraíso ou não é? Um pouco tediosso, concordo…

  • Boa tarde !

    Infelizmente, também acredito que é isso que se passa.
    Nas eleições municipais mais do mesmo.
    Tá difícil a vida, só não dá para desanimar Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs……….

  • Que pena general!

    Assim você desmobiliza a tropa…

    Vamos fazer barulho EduGuim!

    Vc já disse e eu reitero: não dá pra se entregar sem lutar!

      • Não disse isso… vc é dos caras mais combativos que conheço. Nada como ter o rabo solto!

        Estou é implorando que você continue lutando!

        Você é a mais importante referência que temos no combate ao oligopólio ganancioso da mídia!

        Abração!

      • Edu, não sei se você leu um comentário em que faço precisamente uma crítica a esse perigoso “economicismo” que hegemoniza a maior parte do governo Dilma e do PT, em particular. Porém, ao contrário do que pareceu ter sido dito por você nesse artigo, para além dos blogueiros combativos, existem forças sociais e políticas que tendem a convergir, mais dia menos dia, em torno da defesa de bandeiras mais consequentes do que aquelas que são assinaladas pelo governo Dilma e por parte do PT,sendo estas últimas de viés social-democrata.Essas parcelas mais à direita do PT parecem agir em sintonia com acordos tácitos , de bastidores, com o velho e hábil PMDB. Se tais forças sociais de esquerda, avançadas, não existissem, nem mesmo a linha de frente formada pelos “blogueiros sujos” teria razão de ser, uma vez que são pessoas pertencentes a essas forças que acessam os referidos blogs. “Não se pode colocar todos os ovos em uma mesma cesta” ( uma amiga galinha, por ter entendido sexta e não cesta, suspirou aliviada. Que bobagem!). Por isso, devemos estar preparados para enfrentar de forma cada vez mais organizada e articulada o exército regular da mídia empresarial com a tática de guerrilha na Internet ( inclusive, é precisamente da atuação dessa tática desenvolvida nos sites, nos blogs e nas redes sociais, em articulação com os movimentos e organizações sociais, sindicatos, entidades estudantis, partidos políticos distintos do PT, parcelas à esquerda do próprio PT, que o dique que faz com que as águas da livre circulação de ideias, do direito à informação, permaneçam represadas no âmbito das grande corporações midiáticas controladas pela direita poderá ser rompido) .Nunca acreditei que o PT em seu conjunto fosse capaz de cumprir a missão histórica de libertar o nosso país dos grilhões que o prendem ao imperialismo. Porém, o próprio PT por se instituir como um partido baseado no pluralismo, na convivência entre diversas correntes, abriga dentro de si mesmo uma luta entre pólos que tendem ,com o passar do tempo, serem cada vez mais opostos, cada vez mais inconciliáveis. Imagine só que , dentro do PT, convivem homens como Emir Sader e Paulo Bernardo. Um partido político com diferenças como estas não resistirá sem grandes disputas internas. Talvez chegue-se a um dia em que os setores mais progressistas de dentro do PT, identificados com o socialismo, com a revolução bolivariana, tenham que olhar para os setores fora do PT que também perseguem as mesmas bandeiras, setores que podem ser encontrados em partidos inteiros como o PCdoB, em parcelas expressivas do PDT e do PSB, em parcelas do próprio Psol ( Marcelo Freixo difere profundamente de Heloísa Helena, só para ficar nesse exemplo), em um PCB menos infantil, mais amadurecido politicamente, no PPL,na “Consulta Popular” etc. O que não podemos, entretanto, ao mesmo tempo em que buscamos produzir essa alternativa, é perder de vista que o inimigo derrotado em 2002 ainda é o inimigo principal, que, por conta disso, seremos os mais fiéis defensores do governo Dilma contra qualquer tentativa destas forças do atraso retornarem ao poder.

    • Thiago Silva
      Parabens peal refelxão e”apelo”…..tambeém…acho que guerrear “internamente”…e (paradoxalmente) de íalguma forma( via blogsfera )…”pública’….ensejando….assim combustível…para a galera dos “rivais”….que adorsam ver-nos se “esgarçando”…por distensões …relativas as “leiituras” que se faça de um momento …como o de agora …que estano o *pig e a oposisão…pior que cachorro morto…e nos dando uma certa “preguiça” e “tédio”….de não terMOS os nossos VELHOS CANALHAS …para combate-los por estarem …eles sem discurso e sem “munição” para nos “PORRAR” ….ISTO TALVES ,POSSA NOS LEVAR …POR FALTA DE “SPARRING” …. A NOS PORRAR “…POR FALTA DO QUE FAZER ….E POR EXCESSO DE TÉDIO ……((((DESISTIR JAMAIS…. POR TÉDIO)))))…DAR AOS INIMIGOS O PRAZER DE PROPORCIONAR-LHES O PRAZER DE NOS VER DIGLADIANDO …É TUDO QUE NEM DE LONGE DEVERÍAMOS FAZER……CONFIEMOS EM ULA…CONFIEMOS EM DILMA…CONFIEMOS EM ((NÓS MESMO.)))..TENDO A “SABEDORIA” DE ADMISNTRAR O TÉDIO QUE O MOMENTO PROPICIA…MIAS NOS I>>>>>JAMAIS !!!!! ABRAÇOS AOS QUE NÃO DESISTAM NUNCA !!!

  • Edu,
    você tem razão, apenas que eu acredito no surgimento de um partido mais a esquerda. Claro que não é o PSOL, acho eles até mais a direita. Vamos ver, não se pode perder a esperança. A Globo não é mais a mesma de alguns anos atrás. A Folha não consegue mais eleger o Serra e a Veja já não é mais ré primária. O DEM sumiu, foi exterminado. Eu sei que o custo foi alto, essa gente cansa nossa beleza, mas eles tão perdendo o jogo, é uma luta de 12 rounds mas venceremos no final.
    Tenha fé!

    • Os parlamentares do PT não tomam nenhuma atitude porque tem medo de serem mostrados nas capas daquela revista “fedida” e, em consequência, perderem eleições! só estão pensando nos próprios umbigos…

  • É preocupante e alarmante sua informação. Contudo, acredito que Dilma, momentaneamente, está certa em não partir para o enfrentamento com a mídia piguenta, que não tem a força que a presidentq possa acreditar que tenha. Quanto aos parlamentare, não duvido nem um pouco que se rendam aos holofotes da Globo ou aos colunistas amestrados que infestam o PIG. São uns fracos. Dilma e Lula sabem que podem, e devem, contar com a força popular, com os milhares de brasileiros que trocaram as viagens de ônibus de três dias para o NE por apenas três horas de voo comercial (sempre a partir de SP). É preciso ser pragmático para conquistarmos mais avanços sociais. Estamos, em parte, dominados. Não creio que Dilma vire as costas para Lula, pois o povo não virará as costas para os dois.

  • Pois é Edu, estou começando a acreditar que alguns amigos meus radicais estão certos: nada muda no Brasil. Mudança mesmo (para melhor ou para pior), só com guerra civil e toda a dor e sofrimento gerado por algo assim. Infelizmente, tem sido assim ao longo da história humana…

    Enquanto isso, ficamos num marasmo, dando um passo à frente e dois para trás. Como você mesmo disse, o que foi feito de bom nos últimos tempos pode ser facilmente revertido e, considerando a situação econômica internacional e o que a história mostra sobre tempos semelhantes aos atuais, é meio difícil se manter otimista com o futuro.

    Mas vamos aguardar os próximos acontecimentos…

  • Caro Eduardo, não senti incômodo nenhum. Você de modo claro expôs as coisas como elas são. Talvez a saída seja algum cidadão requerer judicialmente, se é que isso é possível, o esclarecimento dessa relação espúria entre um órgão da imprensa e um notório bicheiro preso por suas atividades ilegais.
    Quanto à omissão do governo não se trata de caso isolado porque as entidades de classe igualmente silenciam diante dos fatos.
    Quem sabe se através de uma petição formal, ou documento semelhante com milhões de assinaturas a sociedade não consiga mudar essa relação governo x midia.

  • contudo, vamos continuar “de pé e lutando”, pois o futuro dos nossos filhos – e dos filhos de nossos filhos!! – há de ser livre!!!

  • Edu:
    A constatação é dolorosa, mas verdadeira. Você confirma as minhas percepções. E, infelizmente, não vejo a possibilidade de movimentação popular contra esse estado de coisas – como você disse, o povo tem memória curta.
    Entretanto, vamos manter o debate na blogosfera – se é “o que tem pra hoje”, pelo menos ainda é um lugar em que se pode praticar a resistência e o pensamento crítico. Embora eu balance entre seguir lutando e desanimar de vez, ainda sou otimista e pretendo, mesmo sem a vitória nessa batalha, prosseguir na lutando a guerra. Em algum momento vamos conseguir abrir uma brecha no flanco inimigo.
    Um abraço e não perca a força.

  • A mais pura verdade. Assino em baixo cada reflexão contida neste texto. Parabéns!

    Enquanto não se enfrentar essa mídia suja, nós não teremos paz e as políticas públicas que tanto fizeram o Brasil avançar vão ser facilmente desmontadas.

    • Não sou eu que digo, cara Maria Olimpia. Disseram pra mim. E não foi um ou dois. Muita gente disse. Algumas pessoas nas quais deposito confiança. Estou tão contrariado quanto você

      • Eduardo,
        Quem sou eu para não dar crédito a você e suas fontes? Entretanto, vamos lá:
        Estamos passando por um período massacrante com o desenrolar do mensalão(que nunca existiu) e que cuja tese está sendo literalmente desmontada, inclusive, trazendo â luz os erros do ex e do atual PGR; está aí um a CPMI do cachoeira(dificílima, envolvendo contravenção, lavagem de dinheiro e outros crimes) que tem em seu bojo empresários bandidos, políticos bandidos e mídia bandida. Além disso tudo, esta CPMI (a maior, no sentido de bandidagem), nossa Constituição permite que qualquer acusado se mantenha calado quando arguido. Pois bem, a cada convocação, raríssimos são os que falam. Claro que têm que ser convocados, mas isso não quer dizer que falarão e, aí, vem a decepção para muitos. Qualquer um que seja convocado, que esteja diretamente envolvido com o cachoeira NÃO falará, seja ele policarpo, civita, cavendish, etc. Não falarão por medo do crime organizado e principalmente porque ninguém em sã consciência. produzirá prova contra si mesmo. A cada vez que isso ocorre, a mídia bandida vence, porque ela É parte.O que deve sair dessa CPMI é uma Ação Penal com tudo o que está disponível. Não é uma Ação qualquer, pois há a investigação já pronta da PF, além da quebra de vários sigilos bancários, fiscais e telefônicos, já requeridos pelos membros da CPMI. Necessários tempo e paciência. Quanto a atitude da Presidenta Dilma, essa foi a proposta do ex-Presidente Lula: ela iria cuidar da gestão e ele da política, pena que ele adoeceu, mas logo estará a postos para nos defender e ao País. Quanto a veja, para que pacto se a revista enfrenta o maior descrédito e dificuldade financeira? A Editora Abril está se valendo de qualquer coisa para se manter em pé. Não se quebra a espinha dorsal de uma mídia corrupta de uma hora para outra, principalmente aqui no Brasil e após tantos anos se esbaldando. Por último, o PGR já está sendo “sangrado”, assim como o anterior, de todas as maneiras, não só pelo senador Collor e outros, como pelos advogados dos réus do mensalão(que não ocorreu), por incompetência técnica e até de prevaricação, com fundamento.
        Temos que ter calma e paciência e acreditar um pouco nas nossas Instituições. como o STF, desnudado diante de tantos erros, agora postos â mostra.
        NÃO desanime NUNCA.
        Desculpe o longo texto.

  • Edu,
    Boa tarde.
    Se conseguir, assista ao filme LA HORA DE LOS HORNOS de Fernando Solanas e Grupo Cine Liberación, Argentina, 1968.
    Todo espectador ou é um covarde, ou traidor. (Franz Fanon)
    Um abraço,
    Darvin.

  • como discordar deste post?
    Infelizmente, parece apenas descrever toda a DOLOROSA verdade…

    🙁

    sem peitar a #MidiaBandida, JAMAIS teremos arremedo de democracia (porque quem sabe ler já sabe: estamos LONGE de qualquer coisa que possa ser chamada de Democracia no momento)

  • Prezado Eduardo, sou leu leitor assíduo. Já postei alguns comentários, poucos, pois compartilho do pessimismo de nosso grande Oscar Niemeyer. Leio vários blogs para garimpar um pouquinho de informação mais limpa e tentar me animar. Tá difícil. A parte boa é que, todo dia ao ler seus posts, lembro-me de sua Victoria…
    Sobre este teu post tenho pouco a falar. Apenas que comprovo cada vez minha velha tese: somos, ainda, uma infeliz Capitania Hereditária, e nós, os não herdeiros, moramos por aqui “de favor”, como se diz no popular. Aos poucos os “herdeiros” vão se mostrando, mostrando suas caras e suas garras. Concordo com você que “está tudo dominado”. Acho que sempre esteve…
    Lê-se, claramente, no “conjunto da obra” dos porta-vozes destes herdeiros, (Traduzindo: o que se chama de imprensa brasileira) um lento mas eficaz trabalho de demolição, desconstrução num termo “moderno”, da imagem do brasileiro que, no poder, mais fez pela gente deste país: Luis Inácio. Nordestino, retirante, pobre, inculto… Terá cometido muitos, incontáveis deslizes, como é comum à raça humana. Mas acertou muito mais, e não se admite dar-lhe este crédito.
    Os “herdeiros”, em seu pobre pensar, não conseguem sequer imaginar que “desta gente” possa advir algo de bom, respeitável, louvável. Em seu triste, mas inexorável pensar, consideram que “de lá” só vem sujeira. “Desta gente” é preciso desconfiar sempre…
    Concordo com um dos comentários que acabei de ler: “vamos fazer barulho”… mas cabe perguntar: será que adianta? De repente vão descobrir que podem cobrar aluguel pelo uso que fazemos de sua “legítima” propriedade!
    Abraços e meus melhores votos a você e aos seus.

  • Caro eduardo entendo o tom pessimista de seu post e concordo com muitas das críticas apresentadas porém faço algumas importantes ressalvas.

    Em primeiro lugar não concordo que haja uma diferença tão substancial entre os governos dos demais países da América Latina e o Brasil. Aliás questiono até a afirmação de que ” a América Latina vai caminhando para a esquerda”. Que América Latina você está falando? O México? Honduras? Colômbia? Paraguai? E outro ponto, mesmo o que se conquistou na Bolívia, no Equador, na Argentina e na própria Venezuela pode muito bem ser desmontado por um governo posterior de direita.

    Cuidado com o pessimismo Eduardo, ele é tão mau conselheiro quanto o otimismo exagerado.

    Não acho correto menosprezar assim as conquistas dos últimos nove anos, você acha que uma `CPI como essa do Cachoeira seria possível de 2002 para trás? Você acha que as relações carnais entre a Veja e a máfia do Cachoeira apareceriam naquele tempo? Ora, o Cachoeira nem estaria preso.

    Pode até ser pouco e eu concordo que é inaceitável essa blidagem em torno daquele coito de bandidos chefiado pelo Civita, assim como a que se manifesta em relação a outras quadrilhas no Jardim botânico do Rio ou aqui na Barão de Limeira. Mas Eduardo, lembre-se que isso aqui é o Brasil, o último país a abolir a escravidão… Partimos de uma base historicamente pior que a de outros países vizinhos. A luta aqui é muito árdua, difícil demais para menosprezarmos o que conquistamos a tão duras penas.

    Outro ponto de discordância é essa questão de que a Dilma seria uma burocrata que não liga para a política. Com uma história de vida como ela tem, acho uma injustiça falar uma coisa dessas dela, principalmente insinuando que ela visa os resultados positivos do seu governo para fazer bonito perante a História em vez de querer sinceramente a melhoria das condições de vida do povo, por uma questão de convicção ideológica e de valores pessoais. Essa afirmação foi profundamente ofensiva e injusta para com a Dilma. Não acho que a nossa presidente é uma Santa, mas é uma boa pessoa que tem intenção sincera de mudar o País para melhor.

    Uma abraço e até mais.

    • Ruy, como já disse, nada do que está no post saiu da minha cabeça. Se eu pudesse citar os nomes que, um uníssono, disseram-me essas coisas, você ficaria surpreso

  • É, companheiro Eduardo. É realmente muito triste, mas eu também tenho essa percepção.

    Lendo o editorial do Mino Carta esta semana (“Murdoquianas”), fiquei com um nó na garganta, ao perceber o desânimo do bravo jornalista, já prevendo o estrondoso silêncio que se abaterá em toda a mídia, como resposta às novas revelações de sua revista, sobre as parcerias Veja-Cachoeira.

    Chega a ser tocante, doído mesmo, vê-lo prever que será solenemente ignorada pela imprensa venal, a o esforço do trabalho do grande repórter Lenadro Fortes, mostrando a primazia do semanário da Abril de chegar ao liimite da podridão. Nunca, aponta Mino, ninguém chegou tão longe assim. Veja atingiu o pódio do lixão.

    E sentir que nossos poderes estão amarrados a essa sujeira toda, por medo ou por conveniência, é de embrulhar o estômago mesmo.

  • É… MAIS UMA capa da Veja tecendo loas à Dilma Rousseff torna impossível manter as ilusões. mesmo dos mais iludidos.

    Evidente que ainda há os que se recusam a aceitar, ou imaginam que tudo é uma questão de “bem” (PT) contra o “mal” (PSDB), e se esquecem que a Dilma tem o apoio e da força e prestígio aos setores mais perniciosos da direita nesse país: aquele que mistura demagogia religiosa e falso moralismo barato com política.

  • Eduardo, boa tarde.

    Todo quadro que você pintou faz muito sentido, pelo menos para mim.

    A Veja está na banca com matéria positiva à Dilma, falando que a presidenta aplicará um grande choque de capitalismo no país, principalmente com redução de impostos às empresas.

    Em relação aos movimentos grevistas, a presidenta tem se mostrado irredutível, não quer negociar, inclusive ameaça aqueles que não voltarem aos seus postos de trabalho, nada muito diferente de FHC.

    Politicamente, Dilma não tem demonstrado nenhuma habilidade. Não peitou a mídia que quis destruir sua reputação e imagem durante a campanha eleitoral. Nessa questão, foi covarde. Aliás, foi a festa da Folha e na Ana Maria Braga. Lastimável.

    Poderia ter sido mais enérgica quanto a questão do Paraguai: deram um golpe de Estado bem embaixo do seu queixo e ela nem ao menos brigou pela exclusão total do país até que se reestabelecesse a ordem institucional do país.

    Não peitei colegas pedindo votos para a Dilma na eleição para ela ter se transformado nisto que estamos vendo. Parece que inclusive tem apoiado o uso das forças armadas em patrulhamentos em morros cariocas, função constitucional bem diferente das atribuições previstas em lei. Está chocando o ovo da serpente. Só quero ver quando a vítima do golpe for ela própria, a quem ela irá recorrer solicitando auxílio: ao povo despolitizado que acredita na mídia e nas novelas globais, ao Lula que ela está ajudando a limar, ao PT do “mensalão”, à Ana Maria Braga, ou ao Otavinho da festa na Folha.

    Meu Deus, livrai o Brasil da desgraça !!!!

  • Só lembrando Eduardo, von Ribbentrop também assinou pacto de não-agressão com Molotov, mas a harmonia durou menos de dois anos, e depois disso quase que Molotov foi riscado do mapa. Se não fosse um punhado de barbudinhos……… o mundo teria sofrido graves consequências que repercutiriam até hoje.

  • Sem poder ? Os blogueiros “sujos” têm muito. Quem enfrentou a mídia safada,vagabunda, todo esse tempo ? Patriotas como Você, PHA, Azenha,Miro, Rodrigo vianna…etc são de suma importancia para o combate a essa imprensa sem vergonha e entreguista.Os blogueiros têm muita audiencia e respeito dos leitores.

    Para combater o PIG,o remédio é o PAC e INVESTIMENTOS :

    Vão começar obras do RioMar no Papicu

    Publicado em 13/08/2012 – 4:57 por Egídio Serpa | Comentar

    Amanhã, o empresário sergipano João Carlos Paes Mendonça presidirá com pompa e circunstância o ato de cravação da primeira estaca do seu Shopping RioMar.

    O empreendimento será implantado no bairro do Papicu, no mesmo terreno onde operou a Cervejaria Astra.

    O RioMar será concorrente do Iguatemi, que será ampliado a partir das próxima semanas.

    O RIOMAR Shopping de Fortaleza pertence ao Grupo empresarial pernambucano JCPM .Para o investimento devem ser aplicados R$ 1 BI de reais e contará com 445 lojas e 01 teatro para 500 lugares.O empreeendimento contará também com 18 torres residenciais e um hotel.Parte do investimento será feito no entorno do empreendimento como a construção de 75 casas para antigos moradores da área;A Expectativa é de 3000 empregos durante a construçãom da obra e 8000 ,quando em funcionamento.

  • É talvez o primeiro pacto de não agressão de que ouço falar pelo qual um dos oponentes se compromete a nao destruir o outro.
    Mas apenas a aleija-lo.
    E o segundo concorda.
    Com a condiçao de possa prosseguir usando muletas motorizadas e bonitas. Para causar boa impressao ao andar.

  • Caro Edu,

    A sua percepção das coisas, ainda que desagradável, faz muito sentido. Talvez esteja enganado, mas não creio. No final, a Presidenta Dilma está apenas fazendo o que todos fazem, os fins justificam os meios. Ainda bem que os fins dela são decentes, muitos fariam coisas muito piores, com objetivos torpes. A mim ela parece cansada e desgastada, não será surpresa para mim se ela não se candidatar à reeleição. Veremos amanhã, como vai ser a votação desse tal requerimento de convocação do Policarpo Junior. Talvez, no final, haja na CPMI um grupo interessado em pegar a Veja, independente do partido e, talvez, alguns tenham motivo para vingança, como o Collor. Mas duvido que passe da Veja, como seria de desejar. Não chegrão na Globo, com certeza.
    Mas se os donos dos poderes não podem ou querem enfrrentar a mídia, os que não têm poder é que vão ter que fazer isso. Como nós fazemos. Claro que é trabalho de formiguinha, e vai demorar muito mais. Mas aquilo que é feito de baixo para cima é muito mais sólido e duradouro. Então vamos tratar de escrever, responder aos trolls com bons argumentos e tentar convencer as pessoas que conhecemos (e que ainda não são caso perdido). Começei a buzinar a orelha das pessoas a respeito de política ainda na ditadura, eu devia ter uns 15 anos. Vou fazer 52. Por que parar agora? Até que eu já consegui interessar alguns.
    Desses, uns não pensam como eu, mas pelo menos pensam. Além disso, parece que é a única diversão na cidade…

  • sr. eduardo,
    deputado, senador, ministro e outros ocupantes de cargos passaram a pertencer à nomenklatura.
    compram carro importado, assinam a óia, falha, etc.
    o “sonho de consumo” de cada um deles é aparecer nas páginas amarelas!
    sou otimista, acho que a mudança virá,
    aos poucos.
    ela virá a cada voto conquistado.
    mas, existe uma possível excessão……
    parece que o ponto fora da curva tem o nome:
    senador fernando collor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    quem diria que iríamos torcer por ele?
    é a sua a chance de reabilitação!

  • Caro Eduardo
    É decepcionante os partidos e políticos temerem um confronto com a gangue do Caneta, codinome do Policarpo no submundo aquático do Cachoeira, por conta das retaliações da velha imprensa. Porém, esta caquética senhora, se ainda dispõe dos poderes de uma cafetina detentora de alianças e preciosos segredos de alcova, apresenta no entanto rugas e cicatrizes da sua meretrícia labuta . Não mais atrai pelo brilho sedutor de luzes e câmeras que fizeram e desfizeram carreiras e não mais conquista os machos alfas pelos prazeres quase eróticos da política. Sobrou como par da decrépita meretriz septuagenário coadjuvante abrigado no Palácio do Jaburu, ensimesmado como a solene ave que dá nome à sua penúltima morada e confabulam bebericando vinho do Porto nos jardins de Burle Marx nos finais de tardes escandalosas e bregas vermelho-amareladas brasiliense. Tristes memórias.

  • Bem Edu, realmente a realidade dói muito, mas é melhor vivermos com ela do que numa ilusão.

    Posso estar enganado, mas me pergunto às vezes… talvez o Lula tenha salvado o capitalismo e a burguesia brasileira, afinal se tem pão e circo o povo se acomoda.

    Uma forma de nosso país mudar é haver uma grande crise trazendo desemprego e pobreza. Quando o povo não vê esperança ele derruba governos, derruba os poderosos. As revoluções no oriente mostram bem o que um povo acuado pode fazer.

    Espero que estejamos enganados sobre a Dilma… que seja só uma estratégia…

  • Amigo Edu, como a verdade doi, mas realmente tem que ser mostrada, essa do governo Dilma eu ja esperava mas que fosse um pouco mais tarde. Voce foi muito certeiro neste comentario, mas que doi isso
    doi.

  • “Sim, o governo Dilma poderá conseguir avanços sociais e econômicos relevantes, mas não promoverá qualquer tipo de avanço institucional duradouro. Tudo o que conseguir poderá ser desmontado por uma gestão posterior de direita. Sei que muitos ficarão incomodados com o que eu disse neste post, mas, tragicamente, essa é a verdade.”
    Não se tenha dúvidas, você está certo. Tudo o que for conseguido será desmontado, e no dia seguinte, por uma gestão posterior, um grupo de títeres comandados de uma sala se um escritório de Washington, da mesma forma que Robert Rubin, secretário do tesouro americano comandou de uma sala em Washington o governo do mamulengo, títere, plagiário e boneco sorriso FHC, talvez o maior traíra que esta pátria já conheceu, nem Calabar nem Joaquim Silvério dos Reis acima dele. O inimigo número um da pátria, o PIG se encarregará de, triunfante, fazer a cabeça do povo e justificar todos os cortes que se façam necessários sobre as conquistas sociais para favorecerem a casta de banqueiros criminosamente usurários e empresários que socializam prejuízos e se apossam de bilhões do erário a fundo perdido, sem trazerem nada de construtivo em troca para a nação.
    É verdade também que o acordo com o PIG já aconteceu. Mas, haverá surpresas. Por outro lado também é verdade que estão quase todos dominados, acovardados, chantageados, deslumbrados ou comprados e o último bastião da resistência a ser derrotado é o Lula e eles tentarão de todas as formas destruir este homem, herói moderno da ascensão de um país que lhe foi entregue literalmente na fossa, afundado, cada cidadão devendo ao estrangeiro mais do que poderia pagar durante toda a sua vida. Por breves 12 ou 16 anos Lula conseguiu erguer a cabeça de um povo sem esperança e sem perspectiva. Povo que sonhou alto mas que experimentará um vôo de galinha se a quadrilha entreguista voltar. O povo calmo, cordato, ordeiro deste país não merece um castigo destes, ter no lombo uma casa grande onde habita uma elite tão pútrida, tão perversa, tão lambe-botinas de texanos completamente enxarcadas de esterco.

    • José Medeiros,seu post está perfeito.Todavia, Para manter essas conquistas são necessárias várias ações: Seu brilhante depoimento que tem que ser difundido e a ação eficaz dos Blogs “sujos ” faz o resto.A ação administrativa do Governo federal é INCLUDENTE, ao contrario da do psdb , que só produzia desemprego,aumentava o déficit fiscal e mais recessão.(Círculo vicioso).Enquanto se mantiver nessa direção, ganhará as eleições. O Perigo ´o PIG vagabundo.Este é o verdadeiro inimigo do Brasil.Esses maus brasileiros tem que ser detidos em seus intentos. Eles(psdb +pig) querem um Brasil PARA POUCOS…

  • Caro Edu,

    tenho uma convicção que trago comigo desde que o Lula conseguiu eleger-se presidente da república. A ele e à Dilma só foi permitido governar com restrições, restrições estas bem claras e definidas como se estivessem descritas em uma cartilha.
    Eles tiveram e tem que seguir tal cartilha sob pena de serem removidos da presidência caso tentem algo diferente. Lhes foi e é permitido realizar somente algumas façanhas sociais e muito pouco mais.
    O Brasil já vinha sendo preparado para ser globalizado e fazer parte das fontes de recursos dos poderosos que estão a governar o mundo. Toda a infra-estrutura para garantir o controle sobre o movimento dos governos vem sendo preparada ao longo do tempo e, um dos grandes baluartes deste controle é a mídia, que serve a outros senhores e não ao país.
    Portanto, não estranho o que vem acontecendo desde que Lula chegou à presidência da república, apesar de que confesso que torço e sempre torci para que houvesse alguma “virada de mesa” ou fator outro que desse mais consistência às ações do Lula e da Dilma, eleitos pelo povo, contrariando a visão daqueles que agem para seguir os rumos traçados de fora do país e que os entreguistas capitaneados pelo FHC comandaram, que foi a estruturação deste país para servir com subserviência a outros interesses, que não nacionais.
    Um grande abraço e parabéns por sua tenacidade e força. Sigo sendo um leitor assíduo da blogesfera e divulgador, através da minha rede social, de artigos que mostram o que faz a grande mídia, o P.I.G..

  • A guerra é feita de batalhas e Dr. Rosinha apresentar o requerimento de convocação do Policarpo Caneta é fundamental para identificarmos quem é quem e com quem pode-se contar, além de causar o constrangimento necessário à fragilização desse bando de corporativistas do voto empregatício.

    Se não passar o requerimento façamos a devida divulgação e a democrática pressão, em quem saltou de banda no PT e nos adjacentes, vamos dar nome aos bois, as vacas e aos bezerros de ocasião, inclusive aos mentores e patrocinadores, sejam quem forem, inclusive a presidente, sendo o caso.

    A vida quer é coragem, sempre, senão é memória.

  • sra. presidenta,recuso-me a acreditar em tanto descaso politico.
    Mas caso a sra de fato não esteja nem ai para o PT, Lula e a politica, tambem NAO está nem ai para o que os inimigos façam com o pais que a sra vai deixar em 14 ou 18.
    Acontece que esse país que vem depois é o pais de meus filhos.
    E netos.

  • Não podemos desistir. A mídia ainda tem muito poder, mas não tem como tinha à época de Getúlio, e, nem em 64. A coisa mudou um pouco com a internet.. Embora a internet não seja uma panacéia para todos os males, mas vem mudando alguma coisa. Acho que devemos fortalecer os jornais de esquerda, e também que esses procurassem patrocínios para poderem ser distribuidos gratuitamente na rua. Com isso, poderíamos fazer um contra ponto à mídia.

  • É o que vemos no mundo inteiro. Não há imprensa isenta no planeta.Murdoch era dono de um jornalzinho de fofocas que deu uma bobeira incrível. Serviu apenas para “provar” como a imprensa britânica é isenta e livre.
    A Europa se liquefaz e o grande capital financeiro internacional não desiste. Costumo dizer, aqui em casa, que a direita radical, que só pensa em si, manda no mundo e, não tenho dúvidas que entre perder poder e liquidar com o planeta ela ficará com a segunda opção.
    Nós, os pobres mortais que acreditam em conceitos de coletividade, sociedade construtiva, solidariedade, bem comum, etc, etc, estamos fadados à derrota, junto com bilhões de seres humanos tidos como descartáveis.
    Dilma já foi de esquerda, pegou em armas, mas também foi derrotada, e hoje se preocupa exclusivamente em melhorar um pouco a vida dos milhões de miseráveis brasilleiros, talvez porque vê isso como a única tarefa que é possível realizar. Não é pouca coisa, mas está muito longe de ser suficiente.

  • Esses são os fatos.
    Porém, melhor com o PT com esses acordos, do que a extrema direita.
    Por enquanto, é isso que temos a disposição.
    Por enquanto…

  • “Sempre segundo as fontes ouvidas, Dilma não está nem aí para Lula ou para o PT”

    Acho que algumas desilusões vem do fato de se imaginar política como uma reunião de melhores amigos das infância. Onde todos são bozinhos e querem bem uns aos outros e para o mundo, ao invés do verdadeiro canibalismo que é o poder.

    Dilma quer fazer a história dela, assim como Lula fez a sua.

    Ela pensa em ter seu segundo mandato e, quanto mais o “outro” PT estiver desgastado, melhor para ela, que já tem a sua própria equipe.

    Não se esquecem que o Zé Dirceu era – até sua queda – o próximo Presidente do Brasil. E quem está no lugar dele hoje??? Acham que ele gosta dela e que ela não o teme?

    É a política amigos, o resto é devaneio de universitários.

    E mais: ponham na cabeça: a classe média não odeia a Dilma. O PIG não odeia a Dilma. Eles odeiam o Lula.

    Dilma fala o portugês correto, não faz discurso para pobre e nem quebra protocolo. Dilma não assusta porque age como a executiva de uma empresa. Limpinha e cheirosa e agora, em nova versão, batendo forte dos funcionários públicos. Tudo que o PIG adora.

    Oras bolas, se a imprensa não vai incomodá-la, porque ela iria incomodar a imprensa?

    É o mutualismo…

    • Em politica não existem amigos,inocentes,santos ou anjos.Não se trata de canibalismo,porque esse é o jogo do poder que é o mesmo desde muito antes de Maquiavel nascer.Ou alguem acha que Cesar chegou ao poder praticamente absoluto na Roma Antiga tendo compaixão pelos inimigos?Ou acham que o mesmo Cesar foi assassinado em pleno Senado porque era malvado?Se alguem deve ser sacrificado por razões de Estado que seja sacrificado.Nisso não entram nem considerações de ordem moral e muito menos considerações de ordem ética.Mas apenas razões de ordem pratica,ou seja,qual daqueles sacrificados que terá custo menos prejudicial para a saude da República,no caso brasileiro por exemplo:Lula ou Jose Dirceu?Acredito,portanto,que todos ja tenham na ponta da lingua o nome do provavel sacrificado.Mas assim é que funciona a politica desde que o homem é homem.E enquanto o homem for movido por paixões nem sempre nobres,altruistas,o jogo politico continuará a ser fatal para algumas pessoas.

  • Edu enviei um recado pelo comentário para você entrar em contato pelo meu email, pois necessito lhe falar sobre o IV Congresso Internacional de Esquizoanálize e Esquizodrama, faço parte da organização e estou propondo uma mesa para discussão da mídia hegemônica e caso consiga emplacar esta mesa, aventar a possibilidade de sua ilustre presença. Aguardo retorno, abração, você só me estimula cada vez mais a continuar, no Grito dos Excluídos em 7 de setembro vou protestar contra o PIG.

  • Ainda tenho esperança. NÃO É POSSÍVEL que está “tudo dominado”. PELO AMOR DOS DEUSES, essa gente vai sair impune? Então, se for verdade, vamos nos mobilizar. Policarpo não pode sair como se nada tivesse acontecido. VAMOS FAZER QUALQUER COISA!!! Sei lá…. abaixo assinado….. faixas em frente ao congresso….. tuitaço….. panelaço. MEUS DEUSES, não é possível terminar assim, sem nem mesmo um depoimento dessa mídia aesgoto?
    Edu, sei que amanhã, terça-feira, haverá àquela tradicional reunião para direcionado da CPMI… Talvez, quem sabe, encaminhar reforço de requerimento ao Dr. Rosinha.
    Edu… esse seu texto me deixou completamente “desorientada”…

  • Se o pig quer acordo é porque se cagou nas calças. A mídia tá recuando, o momento é de avançar, na base do abaixo-assinado, pela regulamentação dos artigos 220 a 224 da CF.

  • Só que o povão vai querer a cabeça de alguém pra ficar acomodado, e de quem será a cabeça????? E quem está na linha de frente junto em associação com Carlos Cachoeira e justamente a Revista Veja!!!! Será que irão aceitar somente a cabeça do Carlos Cachoeira??????

  • e muito triste ver a populacao de juelhos com o pig fico muito desanimado em ver tanta gente sega que nao encherga a agenda do pig…temos poucos guerreiros como o dono desse sit que tem coragem de enfrentar esses mafiosos da midia e politica

    vida longa ao sit

  • Edú,o pior é que concordo com vc…o pt, vestiu a camisa demotucana.Mas a Dilma, não vai sair sem arranhões.O pig não vai permitir…quando o PT perceber…a direita vai estar no poder.Nenhum avanço!Excelente texto!!!

  • A Dilma está certa: quem pariu Mateus que embale! Ela foi eleita para se preocupar em melhorar a vida dos brasileiros e não para ficar defendendo X, Y ou Z . A economia está a um passo da estagnação e medidas urgentes precisam ser tomadas. Se ela for perder tempo com essas picuinhas do dia-a-dia da política, seu legado será um país em frangalhos, tal como a Kirchner deixará a Argentina.

    • Nem a economia está a um passo da estagnação e nem a Argentina está em frangalhos. Vc entra com a falsa torcida para criar uma situação inexistente. O Brasil tem respaldo financeiro e aporte para se defender do momento caótico mundial. Outras economias emergentes também o tem, isto é que segura o mundo agora. É lógico que o governo tem que ficar atendo sempre.

  • O governo esta pensando que que depois do mensalão e das eleições eles vão dar tregua ,estão totalmente enganados vão cair de pau na Dilma até que ela seja deposta o golpe faz parte da natureza da direita,porque afinal a direita ja conhece as fraquezas do governo e é aí que eles vão pega-la pelo PIG .

  • Que a revista Veja não será tocada na CPMI do Cachoeira, já era de se suspeitar. Políticos, como regra geral, evitam qualquer embate com órgãos da mídia e isso não mudaria agora, no caso Cachoeira… Quanto ao suposto fato de os outros dois Poderes da República, o Executivo e o Judiciário, também estarem totalmente de rabo preso com a mídia; bom…, não sei se ele é assim tão verdadeiro; mas me parece, no mínimo, bastante plausível… Por fim, se esse quadro totalmente desalentador e sombrio for de fato real, nada mais resta àqueles que não se sentem conformes com ele, senão bradar com todas as forças: LULA 2014! Resta ver se ele, Lula, toparia essa parada. E cá entre nós, duvido muito!

    • Eu confesso que tambem tenho minhas duvidas.Porem o PT precisa formar novas lideranças e isso é para ontem,e lideranças que sigam as experiencias de Lula adquiridas durante os dois mandatos como presidente da República.Lula será a estrela guia de qualquer liderança que venha a surgir dentro do PT.Mas o PT não pode se resumir a Lula ou Dilma ou José Dirceu.Porque o problema não vai ser agora em 2014,o ponto critico do problema estará em 2018. Em 2014 Dilma se reelege com facilidade,até mesmo porque até lá,não haverá nenhuma catastrofe de natureza economica de proporções ciclopicas e a oposição parlamentar(que é de onde sai o nome de concorrentes para disputar eleições)se encontra de momento extremamente debilitada(em que pese todo o apoio do PIG).Supondo a reeleição de Dilma,com prazo de validade a ser vencido em 2018,a pergunta objetiva é:quem será o candidato do PT em condições de bater em um candidato das oposições?Qual será a correlação de forças?A pergunta é:o PT estrá preparado para uma eventual não participação de Lula na disputa presidencial de 2018?Confesso que tenho muitas duvidas a respeito.

  • Tem razão o autor. Não está dando pro Brasil virar socialista, nem bolivariano, feito uma Venezuela, Equador e outros nortes ideológicos do pessoal progressista. Um sugestão é parar de se chamar progressista e usar bolivariano, socialista ou comunista, pra ver se pega no tranco.

    • Camarada, os “nortes ideológicos do pessoal progressista” não estão em ser bolivariano, nem muito menos em parâmetros existentes no Equador, Bolívia ou onde quer que seja… Eles estão aqui mesmo no Brasil: trata-se de desmontar e derrotar definitivamente esse “status quo” socialmente injusto e moralmente infame, que vem imperando há 5 séculos em nosso país e que é defendido até as últimas consequências por vocês da direita conservadora, com suas idéias retrógradas e práticas decrépitas e vis…

  • Edu,você deveria deixar esse post sempre acessível no alto de sua página,é histórico.Sério mesmo!!!

    Isso nem de longe quer dizer que devemos abaixar a cabeça,né?Só não podemos fazer como outros blogs ditos progressistas e tapar o sol com peneira.

    Teu blog e do Miro tão sempre com dedo na ferida,é assim que tem de ser,sem mais nem menos.

  • Prezado Eduardo,

    Este é um momento muito triste.

    Você sintetizou muito bem : ” De oposição verdadeira ao capitalismo selvagem brasileiro e ao seu principal sustentáculo, a mídia hegemônica, não existe nada mais do que a blogosfera, alguns movimentos sociais e alguns poucos políticos idealistas como o Doutor Rosinha. Todos, porém, sem poder”.

    Porém resisto a concordar com a última frase acima.

    Um mínimo do mínimo de poder a blogosfera tem.

    Se assim não fosse, Lula teria sido derrubado.

    Se assim não fosse, Lula não teria sido reeleito.

    Se assim não fosse Dilma não teria sido eleita.

    Sabemos que o Gurgel tem montanhas de processos engavetados e que usa como moeda de troca e que a mídia também sabe de muitas coisas que comprometem os políticos.

    Os políticos,muitos deles, são todos bandidos.

    Mas a blogosfera não deve nada e não vai e não pode se calar, JAMAIS.

      • Tudo o que a blogosfera e o movimento social organizado que luta pela democratização da comunicação podiam fazer, já fizeram. Não se faz um enfrentamento dessa envergadura sem a entrada do governo e dos partidos nessa luta. O governo, bem como os partidos do chamado campo progressista roem a corda.
        A Dilma é isso mesmo, uma desenvolvimentista adepta do velho modelo de crescimento contínuo que não leva em conta as consequências sociais e ambientais desse modelo.
        E acredita piamente que se for boazinha com a mídia, ela vai aliviar a mão. Isso Dilma já demonstrou ao ir no aniversário da folha lamber o rabo do frias. Santa ingenuidade. O resultado foi a infame campanha midiática contra seu ministério.
        Ao não peitar a mídia nesse momento, o governo e os partidos perdem uma oportunidade de ouro que pode não se apresentar nunca mais, ou seja, a de sair da condição de refém dessa quadrilha.
        Concordo plenamente com o Edu: mesmo tendo a chace de enquadrar a mídia, a esquerda capitula e joga todo o peso dessa luta para cima do movimento social e da blogosfera. Erro crasso. Está pagando e pagará muito caro por isso.

  • Eumano saiu de “fininho”. Daqui a pouco Policarpo também será defenestrado, quando a poeira baixar. A “faxina” parcial será feita no PIG. Pegaram os caras, que serviram ao “status quo”. Mas as coisas continuaram como sempre estiveram? O PT ficará calado? Sei não. Se não for condenado, quem segura Zé Dirceu? Estaria ele domesticado? Sei não. Lula e Dirceu ainda tem muita força. Não irão para o cadafalso assim, quietos. Haverá guerrilha… O PIG ficará devendo essa. Liberdade de Imprensa. Até o próximo escândalo. Já desconfiava da tese do fogo amigo presidencial na época da faxina, municiando o PIG (não houve mais nenhum Ministro fora da cota do Lula faxinado – esqueceram o Pimentel – , não se cobra mais Reforma Ministerial, estaremos já nos tempos da parceria, antes acoitada, e agora explicitada? Sei não). A Dilma será a moralizadora do permissivo Lula. Uma biografia UDNista em tanto – a rainha da Moral (mas cuidado com a baiana carlista Desembargadora Calmon). Nem Serra concorreria com Dilma. Se for verdade (e está pintando isso) Dilma estará mais FFHH do que pra Lula. E não nos esqueçamos, com o PIG a seu lado, a reeleição será sem o menor esforço. E por outro lado, se a Dilma tomar um tombo do PIG (que é escorpião) que sempre tende a apoiar Serra (o eterno candidato), quem irá junto no barco dela? Seria lamentável, mas plausível. Conhecendo o Brasil, Collor ficará falando só no Senado. Collor, tido por louco pelo PIG, que antes o bajulava. Collor, quem diria… um atirador de e da elite contra o PIG. Dilma, quando você vê o PIG, lembre-se de Collor… lembre-se de quem te apoiou nas eleições. Não foi o PIG, foram os “sujinhos”. Será que os “sujinhos” e seus frequentadores continuarão contigo? Eu, pelo menos, estou perdendo a confiança, apesar das “melhorias econômicas e sociais” (?).

  • Lamentável que seja assim…
    ainda tenho esperanças justamente porque Dilma não é política…
    e por ser uma burocrata, deveria observar os excessos da mídia golpista, tanto no quesito jurídico quanto do jornalístico.
    Ainda tenho esperanças de que a Dilma não vai decepcionar.

  • .A afirmação de que Dilma não está nem aí para o Lula ,é o mesmo que dizer que ela é traidora e fez o que a imprensona já previa.O Lula sabe disso?Vai continuar ao lado de uma traíra?Espero que estejam enganados.

  • Eduardo, não foi o Presidente do Equador que disse que estamos travando uma GUERRA contra um inimigo de todos: a mídia, e que seria uma guerra muito difícil?
    Mas não desanime, meu amigo, pois você e outros como você é que plantam sementes que germinam, crescem e produzem frutos. TODAS as mudanças sociais no mundo civilização ocorreram assim mesmo, a história da humanidade não me deixa mentir. Vocês são nossos faróis, portanto, não podem apagar. As vezes demoramos pra apreender, mas chegaremos lá.Tenha fé e não desista.

  • Eduardo, corrija-me se estiver errado, mas seu post me leva a concluir que a culpa de tudo, no fim das contas, é da extrema falta de politização do povo brasileiro. Como nos faz falta uma verdadeira educação de qualidade!

  • Eduardo, sempre tive uma perspectiva de mundo, poder e política parecida com a que você declara no texto. Tem gente que acha essas coisas de “teorias conspiratórias” babaquice, mas tenho certeza que as pessoas que realmente mandam na mundo via grupos de poder tais como mega corporações, clubes tipo o Bilderberg, uniões religiosas como os sionistas, etc., agem no sentido que nada mude, ou mude apenas para que tudo continue como está. Os poucos países (e as pessoas) que não fazem parte do script, que rompem essa barreira, passam imediatamente a serem detratados, considerados “inimigos do povo”. Nesse processo, a grande imprensa é avalizadora, partícipe, e sócia geralmente minoritária financeiramente falando, ela é a encarregada do serviço “sujo”, de denegrir, vilipendiar e mentir em nome dos grupos de poder.
    A esperança, é intuir que não dá para fazer do mundo um grande teatro, onde o “ta´tudo dominado” sempre ocorra matematicamente, devido aos milhares de seres humanos existentes, demandando milhares de necessidades e interesses, então sempre dá para melhora-lo um pouquinho, e de vez em quando dá para fugir do script pré traçado… O exemplo do governo petista é claro sobre até onde se pode ir, ou desafiar, quem realmente manda. O que resta é lutar para o crescimento do processo civilizatório com as parcas armas que possuímos, pois tem gente que não consegue se conformar, vai lutar sempre… Você é um deles… E por enquanto é isso…
    Um abraço.

  • Este tal “pacto de não agressão ” vai durar até as próximas eleições. Em 2014, a veja voltará suas baterias contra o governo municiando a oposição com uma capa “bombástica” por semana para detonar a reeleição da Dilma. Contando com a devida repercussão das organizações globo, é claro.
    Resta saber quem será a “Erenice” da vez.

  • É como ja deixei claro em meus comentarios no topico anterior:o governo Dilma realmente pode conseguir avanços economicos e sociais significativos,sem duvida,e é o que se espera de seu governo,o que pode alavancar sua reeleição facilmente.O problema não está em 2014,mas em 2018.E o problema sucessorio em 2018 será um problema particularmente espinhoso para o PT.Por mais admiração que eu tenha por Lula em virtude de sua trajetoria de vida,um homem que chegou aonde chegou enfrentando todas as dificuldades em virtude de suas origens,não é um homem qualquer,mas um titã.Porem,em 2018 terá Lula condições fisicas,de saude mesmo para ser o sucessor de Dilma?E se Lula em virtude da idade,não tiver condições ou animo para concorrer(e todo mundo sabe que para uma campanha presidencial é preciso ter muita disposição fisica)?O PT se preparou para uma eventual não participação de Lula na corrida presidencial de 2018?O PT tem condições de preparar novas lideranças para emplacar em 2018 um nome que seja competitivo o suficiente para vencer um pleito que será extremamente concorrido?São questões que devem ser levadas em consideração por toda pessoa que se preocupa com o futuro de nosso pais.O mais provavel(e temos aí o ponto nevralgico)é o PT agir com relação à questão sucessoria de 2018, da mesma forma como vem reagindo desde 2005,quando da tentativa de golpe de estado que quase derrubou Lula da presidencia da República,indo a reboque dos fatos e não sendo o centro propiciador de fatos consumados.

    • Dimas, sa preocupação tem razão de ser. Todavia, há bons quadros no lado governisa.(Gleisi Hoffmann/Eduardo Campos/Ciro gomes ou outro qualquer)A Oposição não tem nada para mostrar, e sua Ideologia está em decadência mundo afora.O PT e sua coligação só perdem pra si mesmo e nisso ,eu não acredito…Um abraço,companheiro de lutas…

      • Grande companheiro Zé do Ceará,exercicio de franqueza e realismo politico ,de vez em quando,faz bem.Só digo uma coisa,a elite que se esconde por tras do PIG precisa sentir medo,muito medo.Caso contrario essa elite vagabunda vai continuar vendo o nosso pais,como propriedade particular.De uma vez por todas nosso povo tem que pegar os destinos de seus pais em suas proprias mãos,nem que isso signifique o sacrificio de muitas vidas.Saudações comunistas.

  • Eduardo, concordo inteiramente com você. Entretanto, faço as seguintes considerações:

    1) Não que acredito que a presidenta Dilma Roussef não esteja nem aí para o ex-presidente Lula. Até acredito que ela seja burocrata, pouco política, mas traíra, não.

    2) Independentemente do dito acima, entendo que temos que pressioná-la a melhorar o Brasil.

    3) É papel da presidenta Dilma administrar bem e se ela é boa administradora, penso que precisa mostrar mais serviço ainda. Ela fez muito pela reorganização do setor elétrico, e pode mais. Pode não, deve mais a outros setores. Acredito que ela é competente, mas precisa cuidar melhor da saúde.

    4) Deixando um pouco de lado a mídia (um horror a nossa grande mídia!), a saúde está uma m…, há poucos dias, perdi uma parente no interior que pagava caro um plano de saúde, e que morreu sem assistência num corredor de hospital. Ficou três horas no referido corredor esperando atendimento e teve um ataque fulminante do coração, no corredor. Não era SUS, era convênio e ela pagava caro, como eu disse.

    5) Vendo uma coisa dessa acontecer, mesmo reconhecendo que o governo PTista é muito melhor do que o horror demotucano pelo qual passamos (sendo que o apagão do setor elétrico foi o ápice da incompetência de FHC e asseclas), penso: tá pouco. Vejo sua luta, Eduardo, com a Victória e penso: tá pouco. Vejo muitos brasileiros sem saúde e penso: tá pouco. Façam mais, presidenta e ministros! E criem reformas mais permanentes, mais difíceis de serem revertidas. Sejam bons administradores, afinal!

    6) Nosso papel é similar ao dos gansos: fazer barulho, espernear. Mas é dar idéias também. Vejo poucas idéias produtivas nos blogs, de maneira geral (incluindo-me nessa afirmativa).

    7) Voltando à mídia (PIG), é também nosso papel, não apenas seu, mas de nós, leitores, comentar as bobagens que vemos por aí. Jornais não importam tanto, estão em extinção. O pior de todos os poderes é o da TV, e esse precisa ser contestado quando fizer bobagens. O Bonner pode até ser bom apresentador, mas chamar o telespectador de Holmer Simpson … francamente! Bobagens dessa natureza têm que ser expostas.

    Finalizando, o Brasil já esteve bem pior: escravidão, ditadura militar, tanto sofrimento! Apesar dos pesares, está bem melhor. Mas ainda é pouco. Pode mais. Administre mais presidenta Dilma, se esse é o seu forte! Queremos ver mais.

    • Complementando, sob peitar o PIG, concordo, tirando alguns poucos davis, os poderes constituídos não têm coragem. Mas não se esqueçam que Davi venceu Golias.

  • Ola Edu eu acredito num novo partido com homens que nâo se alinha com o PIG. Brizola Neto Doutor Rosinha Ciro Gomes Fernando Ferro Roberto Requiâo Tarso Genro Luiza Erudina Patrus Ananias Protogenes essas pesoas sâo patriotas

  • Não acho que a Dilma e os demais políticos temam o PIG. O que eles temem são os verdadeiros donos da imprensa nacional.

    Qualquer ato contra os testas de ferro que são os Frias, Marinhos e quetais despertará a ira dos donos do planeta. Afinal a “imprensa livre” (do povo e da verdade) está aí e é alçada à condição de alicerce de democracia por um motivo, por prestar um serviço a quem realmente detêm o poder. Ela é o cabresto.

    Por isso, acho que o acordo ão foi exatamente isso, mas um recado. Ou deixam a imprensa prestar seu serviço, ou as consequências serão a lá “primavera árabe”. Ou o “suicídio” de Getúlio.

    Não consigo pensar em outro motivo para que Chávez não tenha detonado o PIG venezuelano, e o permita continuar sua campanha criminosa impunemente. E não consigo pensar em outra razão para que a Dilma ou o PT (mesmo que ela “não esteja nem aí pro PT”, isso não quer dizer que o PT não possa agir sozinho, muito pelo contrário, seria uma razão para fazê-lo) não aproveitem a oportunidade única de desnudar a imprensa canalha e se livrar do que mais segura o país no atraso ou, pelo menos, colocá-los em seu lugar.

    Afinal, se ela realmente pensa que os capos da imprensa canalha irão respeitar tal acordo, mais do que se acovardando, ela está enlouquecendo – a menos, é claro, que esteja planejando cumprir as ordens desses capos, como um FHC de saias.

    Ou que esteja planejando enfraquecer a imprensa de outra forma que não a mais direta, justa e perigosa, o que acho muito difícil que ocorra.

    Penso que ela esteja sendo fiel a suas palavras. Ela disse que tudo o que mais importava era acabar com a fome, e tudo mais seria secundário. É possível que ela veja esse objetivo como um prêmio muito maior do que a pena a ser paga por ele, especialmente se verificarmos que a imprensa perde força e espaço dia a dia para a internet e, enquanto não houver um meio de controlar a internet (como queria o PSDB), os dias da imprensa estão contados, com ou sem CPI.

    É preciso atentar para o fato de que Dilma não é oriunda do PT. Ela é vista, por muitos, como uma “estranha no ninho”, e a escolha dela por Lula, no lugar de muito cacique petista, não deve ter feito muita gente feliz que, hoje, não se furtaria a vê-la e pintá-la na pior cor possível.

    Aguardemos…

  • Ânimo, Edu! Lembre-se que Brizola se elegeu governador do Rio de Janeiro duas vezes. O principal inimigo da Rede Globo e da família Marinho teve dois mandatos de governador no estado da sede da rede.
    Lula também teve dois mandatos.
    E agora, há esperança. Lembre de quando a CPMI iniciou. Quantos diziam que não chegaria até aqui.
    Ano passado alguém diria que algum dia um jornalista da Veja seria citado em uma CPI? Percebe a evolução?
    Eu era um que estava do outro lado no ano passado. Depois do episódio da privataria tucana, percebi o quanto estava enganado. Milhões de brasileiros também entenderam a manipulação que existe na mídia. Todos os dias outras pessoas descobrem a realidade do Brasil.
    Quem imaginaria que a Carta Capital pautaria a Rede Globo? Quem diria que a Rede Record derrubaria Ricardo Teixeira?
    Estamos evoluindo.

  • Não fico nem um pouco chateada porque venho fazendo uma análise mais ou menos semelhante. Dilma está mais para uma decepção do que para uma satisfação. Na política externa, creio que vamos perder as grandes consquistas da dobradinha LulaXAmorim. Não falta muito para que logo estejam tirando os sapatos…
    No trato com o funcionalismo ela é simplesmente decepcionante. Trata-os na mesma medida que eram tratados por FHC. Só com isso, ela já perde e muito. Os funcionários se lembraram bem dela na hora das urnas. Tenho dito e repetido:governos que não respeita seus funcionários, não merece respeito.
    O crescimento econômico está aquela água morna. Juros baixos? Vê-se muita propaganda mas escuta-se no boca a boca versões conflitantes: os juros não seriam assim tão baixos.
    Setembro está chegando. Os bancários começam a mobilizar-se. Não esqueçamos :BB e CEF.

    É bom que ela deite a cabecinha no travesseiro e reflita bem. Caminhan do dessa forma, não sei quais bons resultados ela deixará….A Copa e as Olimpíadas com certeza não serão aquilo que se “vende”por aí… Basta olharmos os países sede dos últimos eventos. Ganham os patrocinadores.

  • Edu,

    Eu nao sou tao pessimista.

    Olhe o estrago que a blogosfera ja’ esta’ fazendo. A midia ja’ nao fala sozinha. Os factoides sao desmontados em questao de minutos. E ate’ mesmo os mais conservadores perceberam que foram enganados em 2010 — a Dilma nao e’ o poste/terrorista/mentirosa/incompetente/corrupta que tanto diziam.

    Hoje nos nao somos mais o movimento dos sem midia; hoje nos tambem somos midia.

    E essa e’ a minha pequena contribuicao para ampliar a voz da blogosfera e das fontes de informacao alternativas:

    http://cloudnews.com.br/

  • Eduardo, concordo com você. Todavia, discordo dos motivos alinhados para que a Veja e o Policarpo não sejam convocados. Penso que os motivos da não convocação é RABO PRESO com a Veja ou com o próprio Policarpo Jr.

  • É claro que é a verdade! Nunca tive nenhuma esperança do contrário : você acha que os conservadores iriam deixar a mídia ser desmoralizada, e, com isso perderem o seu instrumennto de controle, com o qual podem escrever a realidade que quiserem!!!!!! Com isso, o Governo Dilma e o PT continuarão a criar a cobra midiática que em breve os derrubará : se Dilma ou Lula tivessem regulado as comunicações, não veríamos o cabedal de absudos que assistimos com esse julgamento ao termos que aguentar a arrogância e a truculência dos “jornalistas” amestrados dos barões da comunicação tantando na maior cara de pau transformar as ficções do procurador Geral em evidências(COMO SE CONTAR UMA ESTÓRIA FÔSSE PROVA DE ALGO. PARA PROVAR-SE ALGO, SÃO NECESSÁRIAS PROVAS CONCRETAS!). Por sinal, sempre foi assim e continuará sendo : a representação da realidade que temos nos é imposta pela classe dominante, através de seu sistema de comunicações(até pessoas progressistas, bem intencionadas, as vezes são vítimas das mentiras midiáticas)e não seria nesse momento, em que a direita perde cada vez mais poder político, embora continue com o poder de fato em uma Sociedade, o econômico; que a classe dominante permitira qualquer arranhão na sua mais importante arma de dominação : a credibilidade midiática. Quanto a Dilma, se de fato for essa “burocrata” que você citou, só tenho a lamentar e a dizer que ela faz sim política, contudo, como todo “apolítico” faz política conservadora ao ajudar com sua inércia a perpetuação do poder nas mãos das forças do atraso. Embora o quadro continue o pior possível, volto a repetir que nada é estático na história e que só a dialética resultante da atuação das outras forças sociais pode modificar esse quadro, ou seja, temos que ir às ruas, exigindo um julgamento técnico para o mensalão e também forçando a CPI do Cachoeira a não acovardar-se diante dos barões da mídia, convocando Policarpo, Civita e também os Marinho, uma vez que além da ligação já evidenciada de Cachoeira com um ex-Diretor da Época, há também um fio condutor, o fato de que as reporcagens da veja era repercutidas na Globo, que facilmente chegará aos coroneis globais.

  • Bobinho do PT de acreditar em qualquer pacto com essa turma, num processo de guerra não há ética, e guerra é o que se faz politicamente no Brasil atual e de sempre. Em um primeiro momento de fraqueza do governo ou de guarda aberta a Veja vai atacar com toda a sua fúria e armas usuais, o exemplo já foi dado em todas as suas páginas dos últimos tempos. Quem acredita em pacto com a direita e toda sua ânsia de poder acaba como Allende que acreditou e nomeou Pinochet como seu chefe de exército ou em caso mais recente o presidente Lugo que acreditou em seu vice, o neo-golpista Franco.

  • Que desalento caro Eduardo.
    Senti na cara um balde d’água gelada.
    Que desanimo…
    “Sei que muitos ficarão incomodados com o que eu disse neste posto, mas, tragicamente, essa é a verdade.”
    INCOMODADO? Fiquei petrificado sem saber o que digitar aqui. Estou a mais de uma hora lendo e relendo seu texto sem saber como e o que dizer. Chegar a minha idade provecta, depois de ter sido pisado pelos anos de chumbo, na expectativa de melhores dias, li com tristeza e amargura o que vc nos transmite. Sei que és sincero no que diz. Melhor que não ter dito. Afinal sou seu seguidor, leitor obrigatório, mas… Doeu.

  • Assino embaixo mas discordo do final do texto.
    Acho que ficaria melhor dizer:”Essa ‘parece’ ser a verdade”!!
    Até porque espero mudanças…

  • A Presidenta Dilma, no exterior, recomenda a receita do ex-Presidente Lula: fomento do mercado interno, sustentado por distribuição de renda inclusiva, elevação de salários com algum delta acima da inflação etc. Em suma: crescimento com base na demanda interna. A China, parece, pretende adotar o receituário lulista. Nas greves, notadamente de algumas categorias, nossa Presidenta insiste em falar de crise internacional para contrapor propostas de diversas categorias. Alguma coisa não está batendo, principalmente depois da última capa da revista Veja, retumbando igual proposta de Mário Covas, agora atribuindo à Dilma: choque de capitalismo. Odor neoliberal?
    Sem precipitação, vamos a ver.

  • Xará, alguém, um dia, disse assim: se voce não pode derrotar o seu inimigo, alie-se a ele…
    Somos todos meros espectadores do grande “circus”. Todos eles estão acumpliciados e de rabos presos uns com os outros, mas dizer que a Dilma é uma astronauta, não concordo, pois é GOVERNO, do chamado núcleo duro, desde 2005 e sabe perfeitamente quem é quem, do seu lado e do lado de lá, se é que existe mesmo o lado de lá…
    Estamos todos residindo no “paraíso em desencanto…

  • 6 h Dr. Rosinha Dr. Rosinha ‏@DrRosinha

    CPI do Cachoeira vota amanhã convocação de diretor da revista Veja http://goo.gl/ou36y via @RedeBrasilAtual #VejaeCachoeira #PolicarpoNaCPI
    Expandir

    Responder
    Retweetar
    Favorito

    6 h Dr. Rosinha Dr. Rosinha ‏@DrRosinha

    Globo tenta salvar Policarpo Jr. com matéria plagiada http://goo.gl/8ugl7 por @LeandroFortes via @VioMundo #VejaeCachoeira #PolicarpoNaCPI

  • Eduardo,

    ´´E isso aí Eduardo. Você está certissimo na sua análise. Só discordo quando se atribui ao PT falta de vontade política ou covardia. Quem conviveu com o LULA, sabe que a militância dele é emocional não é filosófica.Para ele sua missão é acabar com a miséria extrema(que ele conhece bem) e melhorar a vida das pessoas. O cotidiano. Dizem os mais intimos que o Zé Alencar compartilhava a ideia que tinham essa missão.Eles sabiam que se tentassem vôos mais altos não realizariam nem uma coisa nem outra, CAIRIAM. Só quando a massa for capaz de compreender a importância destas reformas, as de esquerda, não as liberais, o governo, de então, terá apoio para faze-las. O Apolônio de Carvalho, era um homem extraordinário, Ele sempre dizia que a história tem seu tempo e esse tempo não é o dos que lutam para modificá-la, é preciso ter humildade e paciência para aceitar que não veremos o resultado da luta. Um grande abraço, tenho respeito pela sua tenacidade.Quando os Eduardos forem milhões, aceleraremos a história do nosso Pais.

    • Que post maravilhoso, Ertha ! Brilhante ! pura verdade !
      Só que os Eduardos estão aumentando.tudo porque os Blogs sujos fazem seu papel direitinho.A coisa está mudando,mesmo com uma certa lentidão.Um abraço,Façamos história Ertha,Sejamos sujeitos do nosso tempo !

  • Caro Eduardo, concordo com você, mas é lamentável que tenhamos chegado a todo esse domínio midiático, capaz mesmo de atentar contra a democracia, minando governos populares e de grandes realizações e inclusão social, como os de Lula e Dilma. É impressionante e até injusto e desleal como o PIG não enfatiza isso. Entretanto, temos que combater ferozmente esse poder e como você disse, nossa maior (e única) arma é a blogosfera. É preciso haver um equilíbrio saudável de imprensa num país de 200 milhões de habitantes. Urge a pluralidade, a democratização dos meios de comunicação. É preciso que se estabeleça um contraponto forte a essa mídia golpista. Considero ser ela hoje a maior ameaça à democracia. Não tenho dúvida disso, pelo que vi no governo Lula e na farsa do mensalão. Não me engano não: a hora do governo Dilma levar porrada vai chegar, de forma impiedosa. Pelo poder e maldade que tem os grupos midiáticos, nunca o Brasil estará livre de um golpe. Que amplie-se a blogosfera e os blogueiros sujos, nossa esperança de democracia forte!
    Outro dia li todo o azedume do Reinaldo Azevedo criticando a blogosfera. É a assimilação do golpe. Também li Noblat dizendo que os blogueiros sujos são do Partido da Imprensa Governista, em alusão ao PIG (do qual ele faz parte). Coitado, também assimilou o golpe da eficiente blogosfera. A grande mídia (golpista) está aos poucos sendo desacreditada. Veja o que disse recentemente o Jânio de Freitas no Roda Viva. É sintomático criticar o patrão, como ele fez. Sinal de que não aguenta mais tanta hipocrisia.

  • Quais foram os mandantes do assassinato de Getúlio Vargas?
    Quais foram os mandantes do Golpe Militar de 1964?
    Quais foram os mandantes do assassinato de Vladimir Herzog?
    Quais foram os mandantes do assassinato de João Goulart?
    Quais foram os mandantes do assassinato de Juscelino Kubitschek?
    QUEM FOI O CHEFÃO, OU MANDANTE DA PRIVATARIA TUCANA? (cujo pedido de instalação mofa no Congresso).
    Os donos da Folha teriam sido mandantes, digo, teriam apontado nomes daquelas pessoas que foram transportadas pelos veículos que a empresa emprestou aos torturadores?
    O advogado de Jefferson, diferente dos outros advogados de defesa, ganhará amanhã manchetes garrafais nas 1ªs páginas do Partido da Imprensa Nazista.
    Mais um, entre tantos, pretexto de ocasião para manter sempre em pauta o ódio mortal que devotam a Lula.

  • Edu, se Dilma pensar assim, vai cair, Lula vai voltar e ela será esquecida!
    Mas eu não acredito que uma guerrilheira como ela vai cair numa dessa.

  • Mudando de assunto (nem tanto).

    É preciso responder imediatamento a essas acusações contra o Lula de que teria assinado decretos para favorecer o BMG.
    São acusações concretas dessa duplinha de safados a mando do PIG.

  • Mas ainda temos Lula. Que a Dilma faça o que tiver que fazer para deixar o país em melhores condições para Lula em 2014 ou 2018, então quem sabe Lula termine a tarefa de regulamentar a mídia. Não podemos esquecer que eles jogam em dupla.

  • Puxa vida, Edu! Essa é uma versão que faz muito sentido, ainda que não aconteça, e queremos que não.

    Você é o oposto do PHA, que está mais para uma esquerda festiva. Gosto muito de ambos. Eu me tensiono aqui pra distensionar lá.

  • Para chegarmos a ter uma democracia que seja pelo menos decente precisamos desconstruir o poder dessa elite assassina e golpista que temos aqui no Brasil.E a tarefa não é facil,muito pelo contrario.O governo é o aparato admininistrativo mais a sociedade.Se Dilma em vez de dialogar com todos os movimentos sociais e articular junto com os referidos movimentos sociais(e essa talvez tenha sido uma das forças que impediu a queda de Lula em 2005)estrategias eficazes pelo menos para tentar neutralizar,para se contrapor ao poder dessa elite corrupta,golpista e assassina,resolve comparecer em festinha de aniversario promovida por jornal golpista ou fazer omelete em programa de emissora de televisão golpista,ela está dando munição para o inimigo e um inimigo implacavel.Porque com a direita não ha acordo,até porque a direita quer confronto,mesmo que seja para justificar um golpe de estado depois.Paridade de armas.Enquanto a elite antipovo tem o PIG,nós temos as redes sociais e a blogosfera progressista.Agora trata se de saber quem irá vencer essa queda de braços,se nós(das redes sociais e dos blogs progressistas)ou eles(a elite assassina e fascista e seu PIG amestrado).Eu não desisto,NUNCA.

  • Caro Eduardo, o desalento em perceber a realidade que nos assola faz parte da descoberta. Só quando a verdade surge se pode com ela. Você faz parte de uma humanidade ainda em germinação no Brasil. Sempre achei que o desespero não é nada mais que um encontro com os próprios limites e que ultrapassá-los é uma questão de tempo. Com seu trabalho você nos ajuda a expandí-los. Nada como um dia depois do outro. Um abraço.

  • Edu,

    Espero que o lamento que é este artigo sensibilize os membros da CPI. Sendo eles da situação ou da oposição. Bem como os membros dos outros poderes. É a oportunidade que os cidadãos brasileiros têm de uma “redenção”, deixarem de ser “ reféns” dos interesses de um pequeno grupo de famílias. Se não for agora , quando será?

  • Dilma, como boa cria do Lula, sofre de pusilanimidade compulsiva. Inadmissível para quem foi jovem e guerreira, um dia.

    Continuo com muitas saudades daquele que foi o único a enfrentar este poder nefasto que se chama mídia: o velho e saudoso Leonel Brizola.

  • Perguntas ao PIG:
    Quais foram os mandantes do assassinato de Getúlio Vargas?
    Quais foram os mandantes do Golpe Militar de 1964?
    Quais foram os mandantes do assassinato de Vladimir Herzog?
    Quais foram os mandantes do assassinato de João Goulart?
    Quais foram os mandantes do assassinato de Juscelino Kubitschek?
    QUEM FOI O CHEFÃO, OU MANDANTE DA PRIVATARIA TUCANA? (cujo pedido de instalação mofa no Congresso).
    Os donos da Folha teriam sido mandantes, digo, teriam apontado nomes daquelas pessoas que foram transportadas pelos veículos que a empresa emprestou aos torturadores?
    O advogado de Jefferson, diferente dos outros advogados de defesa, ganhará amanhã manchetes garrafais nas 1ªs páginas do Partido da Imprensa Nazista.
    Mais um, entre tantos, pretexto de ocasião para manter sempre em pauta o ódio mortal que devotam a Lula.

  • Já tem gente pensando em se exilar? Vão entregar o ouro, como fez a Seleção Masculina de Vôlei, após tá vencendo? Calma, gente!!
    Estamos ganhando a guerra. Perder uma batalha não quer dizer nada depois do grande avanço que já demos!!

  • Este artigo é um balde de agua fria nas pessoas que ama o Brasil. Até porque, fiquei muito triste com a realidade. Ou seja o pig venceu.

  • Franklin Martins já tinha insinuado…”elefante”x “potro selvagem”…por ns razões,a maioria de nós,brasileiros,n ficariamos,por exemplo,ao lado do governo em caso de ataque cerrado do jn -a blogosfera sim;o resto,desgraçadamente,n!…do legislativo ou judiciário é q sequer sonham em peitar o poder midiático…Tbém penso q,caso a direita volte a instalar-se no poder central,todos os ganhos,conquistas,irão pelo ralo;a maioria n é insubmissa

    • Por enquanto o povo brasileiro ate pode ser submisso,a questão é que por um longo tempo,pode se fazer o povo de palhaço.Mas não sempre.A pergunta é até quando esse povo vai ser submisso?A historia é cheia de armadilhas.Um dia Canudos,Eldorado dos Carajás e Pinheirinho vencem a parada.E o acerto de contas costuma ser um tanto desagradavel para se ver.Se bem que um banho de sangue de patricinhas,mauricinhos e demais inuteis socialites não faria mal nenhum ao pais,muito pelo contrario.

  • Edu, devemos aguardar as votações dos requerimentos esta semana. Sinceramente, me desculpe, não confio em suas fontes. Tempos atrás, vc publicou um post alegando que a bancada governista votaria contra a criação da CPI do Cahoeira, para em troca a mídia pegar leve com o mensalão. Não aconteceu. Agora o argumento é do mesmo tipo: não convocar o Policarpo para, em troca, a mídia pegar leve com a Dilma. Foi correto a CPI não ter convocado Policarpo logo no início dos trabalhos, porque os indícios eram poucos, e uma convocação soaria como retaliação contra a imprensa. Mas agora … não dá mais pra tapar o sol com a peneira. A Veja se envolveu com criminosos e isso não é mera especulação, é uma verdade “solar”. A Veja tem que responder por sua ilegalidade. O Brasil tem todas as condições para fazer o que a Inglaterra fez com o “News of the World”, e meu palpite é que fará! Fará, se quiser mesmo se tornar mesmo a quinta economia do mundo.

  • Caro Eduardo, realmente há algum tempo percebemos que a “imprensa” não realiza os costumeiros ataques ao governo, e exemplo maior é a última capa da revista Veja. Dilma seria ingenua a ponto de acreditar que esta “imprensa” respeitará este pacto de não agressão? Ela não tem a força popular, o apoio dos movimentos sociais e liderança que Lula possui. Não seria uma presa fácil para eles? Quem iria socorre-los (Dilma e o PT) neste caso?

  • Em hipótese alguma devemos desanimar, nem ficar lamentando. Acho que a blogosfera vem incomodando a grande mídia. Com também a TV Record e Carta Capital. Devemos continuar nossa luta. Em minha modesta opinião os blogueiros progressistas, através de uma associação, poderia editar um jornal escrito, que pode ser um diário, ou uma edição semanal com artigos de blogueiros, tudo isso de distribuição gratuita, que poderia ser disseminado nas ruas, praças, associações e sindicatos. Isto seria muito positivo, pois sairíamos do mundo da internet e ganharíamos o mundo real, inclusive com maior exposição dos blogueiros.. Seria um ótimo contraponto a grande mídia. Poderíamos ter para sustentar o jornal, algumas publicidades, e assinantes. Não custa tentar. Nem todo mundo entra na intenet para ler blogs, mas uma ligeira informação escrita e de graça todos lêem. Pode-se lançar numa capital como plano piloto..

    • Muito boa a sua idéia, Apolônio.
      Conheço muita gente que nunca acessou um blog. Então, essa é uma ótima estratégia de alcançar essas pessoas.

    • É exatamente isso que esta faltando…uma alternativa honesta, com credibilidade em versões escrita, digital ou qualquer outra. Temos massa crítica mas ainda não temos o puxador do samba, e principalmente o poder financiador ou que seja uma cooperativa. Meu voto vai para o MSM, que pode muito bem iniciar esse Movimento. Porque não criar uma redação virtual, colegiada e com padrão de trabalho do mercado. Pagamento e compromisso de tarefa. Ai vai um nome…A República Virtual

      • Exato, Ary

        Eu, por exemplo, pago 118 reais por mês para o Fluminense, para apoiá-lo, para quem sabe, no futuro, ele não depender mais de unimeds e que tais

        Eu pagaria 100 reais por mês para termos uma redação de jornalistas comprometidos com assuntos que nós mesmos escolheríamos

        Na Califórnia há exemplos de jornalismo assim

        Pela internet escolhem-se a pauta e os repórteres.

        Talvez por isso os jornais estejam desaparecendo mais rapidamente por lá.

        • concordo, precisamos ter uma alternativa semanal, pois milhoes compram a veja por causa da programação de lazer/cinema, e acabam levando lixo p casa. A carta capital poderia ter um caderno de lazer tb, p ficar mais popular.

  • Olá, Edu!

    Seu ótimo texto traduz a mais do que compreensível indignação / desânimo com o rumo que os ventos parecem tomar.

    Isso é particularmente próprio aos que veem na esfera midiática um dos maiores – senão o maior – empecilho à extensão das conquistas sócio-econômicas ao plano político-institucional.

    Mas a reprodução do capital depende – e muito – de um potente e articulado aparato midiático.

    E, ao fim e ao cabo, é disso que se trata: da reprodução do capital.

    E qualquer furo de maior envergadura no casco deste inacreditável navio da acumulação têm de ser evitado a qualquer custo.

    Não é a primeira e não será a última vez que um órgão de imprensa menos comprometido com o sistema prova que dois mais dois só pode resultar em quatro, e mesmo assim, continua-se a apostar em cinco, seis, vinte e sete.

    O desânimo, contudo, não deve prevalecer. As batalhas são – sempre foram – longas; as vitórias, raras, até rasas. Este é o sentimento nomal de quem vive o tempo anistórico. Só que os nossos horizontes pessoais não podem ser confundidos com os horizontes históricos.

    Naveguemos, isso é o preciso.

  • O post mostra uma realidade. Mas não acho que seja desanimadora.

    O que estamos confirmando é o que, mais ou menos, já sabíamos: que o governo Dilma, mais ainda do que o governo Lula, é centrista. Assim como Lula não enfrentou a mídia, Dilma não enfrenta.

    Apesar disso, a mídia, lenta e gradualmente, perde seu poder para o amplíssimo território que é a comunicação digital. Blogs, sites, comunidades virtuais, redes sociais, computadores, tablets, smarthphones, netbooks e notebooks tomam o lugar que antes era monopólio dos jornalecões e das emissoras de rádio e tv.

    Quanto a essa postura da presidente Dilma, acho que ela está absolutamente equivocada. Por um simples motivo: a luta de classes EXISTE, como bem lembrou o milionário estadunidense Warren Buffet. E o capitalismo está ansioso, sedento, sequioso e desesperado para retomar o poder parcialmente perdido na América do Sul. Dilma se ilude ao achar que, fazendo um governo técnico, vai se livrar dos ataques da direita. Não vai não. Fernando Lugo e Manoel Zelaya também achavam isso. Eles chefiavam governos bem água com açúcar. Foram derrubados por golpes. Hugo Chávez e Cristina Kirchner, que presidem governos mais radicais, embasados no movimento popular, sofreram tentativas de golpe, e as venceram.

    • é isso. E tem mais em cima porque tanto Arg, como Bol, Ven e Equador tem combatido e enfrentado o inimigo politica e institucionalmente buscando apoio em camadas crescentes da populaçao. E arrisco dizer algo mais: eles todos estao ou querem vir ao Mercosul mas em paralelo pensam em uma alternativa futura.
      Porque sabem que o Brasil da selvageria capitalista de matriz norte americana se é mais ou menos confiavel hoje com o PT no poder, nao o será mais amanhã se nossos capitaes apenas mantem o curso.

  • Concordo plenamente com você, Edu.
    Já havia postado aqui e em outros blogs que o interesse da Dilma, era fazer PAC e Bolsa-Família. Ela não é política e em sua juventude não havia ideologia, também.
    Tanto Lula, quanto ela, são pragmáticos e desprovidos de ideologia. Eles não pensam no Brasil do futuro, mas do Brasil no médio prazo, onde permanecerão as mesmas forças de dominação, porém com redução no apetite.
    Não lhes importa se as relações capital-trabalho são iguais as relações das senzalas, desde que os escravos consigam comprar geladeira, fogão, ventilador e um carro popular.
    Por isso tudo continuo a dizer que, Direita boa é Direita Morta.

  • Duas coisas que eu gostaria cometar: 1) Que poder absurdo a atual classe política acovardada esta concedendo a essa mídia mafiosa!!! Pois, mesmo com provas substânciais colhidas pela Polícia Federal essa gente sequer tem coragem de chamar um jornalista como esse Policarpo Júnior para prestar esclarecimentos a uma CPMI. Dois governadores podem ser chamados, mas um funcionário (ainda que ele não seje um jornalistazinho qualquer) de uma editora que pública uma revista semanal, não!!! Um político corrupto como José Roberto Arruda pode até ser preso por algum tempo, mas com jornalistas (Para não falar dos seus patrões na grande imprensa) vemos que eles parecem ter quase tanta impunidade quanto um senhor de engenho. 2) Que tipo de líder é essa Dilma Russef? Como pode a maior mandatária do país afirmar que ela não é uma política e sim uma burocrata? Por acaso essa senhora pensa que o cargo de presidente da república é a mesma coisa que a gerencia de um supermercado ou de uma agência bancária? Que mulher mais obtusa!!!! Isso é uma verdadeira pérola digna do escarnio e do riso de qualquer pessoa com o mínimo de bom seno e nem precisa ser progressista ou de esquerda. Por acaso fazer um acordo com Rede Globo e Editora Abril para não ser atacada por elas e em troca preservá-las das investigações da CPMI do Cachoeira não é fazer política?!!!! Isso não tem consequencias políticas, sociais e econômicas importantes hoje e amanhã para o País!!!! E isso para não dizer do fato de querer abandonar o Lula, se desvencilhando do PT e de sua trajetória que por si só já é um escandalo político. Meu Deus, para onde o Brasil está indo com com uma classe política medrosa, uma presidenta tacanha e uma mídia todo poderosa que pode fazer quase o que quiser no país?

  • As antigas ditaduras tradicionais, quase sempre exercidas por militares, ou sustentadas por estes, empreendiam uma repressão violenta contra seus contestadores através da eliminação física destes. Se fossem presos, os “subversivos” eram torturados, mortos ou banidos.

    atualmente não é mais assim. A dittadura midiática domina e contrla os poderes constituídos, e aíai de quem ouse contestar. Os desafetos não serão eliminados fisicamente, de forma cruenta, mas terão um tratamento tão ou mais cruel: terão suas reputações simplesmente moídas.

    Uma pessoa que teve sua honra destruída torna-se um morto-vivo, um não cidadão, um civilmente morto. Quem for emporcalhado pela ditadura midiática sofrerá pelo resto da vida. Ninguém vai querer sua companhia, tampouco fazer negócio com um cara “estigamtizado”. Nem trabalhar o infeliz poderá mais.

    Então, quando se diz que alguém tem “rabo preso”, não é que ele tenha culpa de nada não. É medo.
    Medo de ter sua honra triturada pela todo-poderosa máquina de filigranar reputações, e de tornar-se um proscrito. E isso atinge as mais diversas autoridades, do três poderes, das três esferas: federal, estadual e municipal, Ministério Público, Tribunais de Contas, estatais, sindicatos, associações, TUDO hoje é refém da mídia.

    A nossa luta está contra esse monstro só começando.

  • Concordo com o post. Quero fazer algumas observações : Não estamos mortos. O PIG, não fala sozinho. Pessoas como Você Eduardo, fala através do Facebook……a milhões. Acredito, que emparedar o Governo Federal na atual conjuntura Mundial, é suicida para o País.Os Sindicatos deveriam analisar essa conjuntura. Radicalizar, é incoerente. A priori, de acordo com Lei vigente no País, todo governante, não pode dá aumento salarial TRÊS MESES antes das ELEIÇÕES. Isso é um FATO. O Resto, é política baixa. Jurisprudências do STF e STF, permite sim cortar o dia de Trabalho. Sou Sindicalista, fizemos acordo com o Governo do Estado até 2014, que todo mês de Outubro, será feito aumento aos Policiais de 15%. Até agora tem cumprido. Toda Greve é Política, aí depende da extensão de análise. Por que os Sindicatos em Greve não propôs escalonamento? Acho estranho. Quem vai com muita sede ao pote, pode quebrá-lo. Quem nesse momento faz GREVE? Os mais Bem pagos do País. Esses Sindicatos, têm noção do fazem? E sabem que não conseguirão aumento com esse barulho, visto que, a Presidenta, não pode burlar a Lei que está aí ? Sou a favor de quaisquer GREVES, desde que, a CIDADANIA e as Leis sejam respeitadas. Negociar Sempre, sem Intransigência. Negociação Já! de Belo Horizonte.

    • David,

      A maioria desses sindicatos tem liderança dos partidos Psol, Pstu. Fazem aquele jogo (ilógico) de prej
      udicar o governo, como extratégia, para ,no tempo, substitui-lo.
      Por que a maioria dos participantes do blog jogam todas as fichas na convocação de pessoas que não se pronunciarão? A CPMI tem andado, SIM, na analise e vazamento dos documentos. O resto é querer ver embates e chilites, pela TV, como nas CPIs do passado.
      Que o PIG queira isso, compreendo, dá audiência, mas nós, não compreendo.

  • Nós temos o poder nas mãos. Não podemos esquecer que eles (os deputados e senadores), precisam dos nossos votos para se reelegerem. Portanto, precisamos elaborar uma lista com os nomes dos covardes, e outra, dos que tiveram a coragem de enfrentar o pig. E, no momento certo, nas próximas eleições, faremos uma campanha divulgando os nomes deles. Precisamos de políticos sem rabo preso.

  • Vou repetir até à exaustão:

    O PT TEM QUE RESPONDER IMEDIATAMENTE ÁS ACUSAÇÕES CONTRA O PRESIDENTE LULA FEITAS POR ESSES DOIS SAFADOS!

    Ou será que vai se omitir nessa também.

  • Concordo plenamente!

    Após 34 anos votando no PT, cheguei a mesma conclusão. Já não tenho mais esperança de, algum dia, ver este país se tornar uma verdadeira democracia, e não este simulacro em que vivemos.

  • Não há porque “enfrentar” a mídia. A mídia deve ser tratada pelos poderes
    constituintes da República como um parceiro na construção democrática.
    O canal que fiscaliza, que mostrar o Brasil e o mundo para o povo, que mostra
    aspectos da nossa sociedade a todos os rincões deste imenso país.
    Um governo que trata a mídia como inimiga age mal e pode avançar para
    um pendor totalitário.

    Comete erros, sim. Mas todos os outros profissionais também cometem!!

    • “A mídia deve ser tratada pelos poderes
      constituintes da República como um parceiro na construção democrática.
      O canal que fiscaliza,…”

      Mídia, parceira da construção democrática?

      Ora, ora! A mídia brasileira, que tem imensos interesses econômicos-financeiros, via concentração de renda, vai servir de “parceiro da construção democrática”?

      “O canal que fiscaliza…” – Fiscaliza o que mesmo? Ah, fiscaliza aqueles que se opõem aos interesses ecnômicos da corporação, e mais ninguém. Como se dá essa “fiscalização”? Fazendo acusações sem provas,Iisso quando não plantam uma mala de dinheiro sujo na bagagem (ou no escritório) do indigitado.

      É cada domesticado que aparece aqui, viu?

      • Mas também há interesses econômicos-financeiros nos políticos e partidos que
        ocupam o poder. Eles têm a vontade de se perpetuar no poder e, para isso, promovem
        práticas pouco republicanas, além de um jogo de alianças espúrios. É bem melhor
        para a democracia que exista uma mídia independente que possa fiscalizar, denunciar,
        tais práticas. Mesmo não sendo perfeita, ela é importante, pois não depende exclusivamente
        de dinheiro do governo.

        Imagine só se todo meio de comunicação fosse estatal?? Se não houvesse uma TV do tamanho
        da Globo, que tivesse independência financeira para fazer denúncias contra as várias esferas do
        governo aonde existe malfeitos?? Muita coisa ia ficar na penumbra, talvez até o Mensalão, tanto
        o do PT quanto o do PSDB, de Minas. Assim como o escândalo do DEM de Brasília.

        • Só pra você ter uma ideia da enormidade que está dizendo, em todos os países desenvolvidos uma Globo seria proibida de existir justamente por seu tamanho paquidérmico. Nos EUA, isso se chama veto à propriedade cruzada.

  • Só conheci um político destemido, que enfrentou a mídia de frente e nunca esmoreceu. Governador, enfrentou os militares de armas na mão com o povo gaúcho. Foi desprezado pelo PT, por quase toda a esquerda, por São Paulo e por Minas. Dizem que era o responsável pela violência urbana, mesmo sem ir a São Paulo nem ter poder sobre o Nordeste. Governador do Rio duas vezes, massacrado pela mídia, conseguiu fazer o Jornal Nacional ler todas as suas críticas e denúncias sobre o comportamento da Globo, como está no célebre link:
    http://www.youtube.com/watch?v=ObW0kYAXh-8

    Lula dizia que ele era “capaz de pisar no pescoço da mãe para chegar à Presidência”. Não pisou. Chegou, sim, a prometer que ia rever a concessão da Globo no primeiro dia de mandato. Perdeu. Para Lula e Collor. Roberto Marinho publicou na ocasião um editorial na TV elogiando o “companheiro Lula”, nas suas palavras.

    Infelizmente, Leonel de Moura Brizola está morto desde 2004.

    • O Brizola Neto ao invés de dar continuidade à luta do avô, mas que nada… E o ministro Paulo Hibernando Silva sentou em cima do processo da Lei de Regulamentação e tá lá, dormindo na esplanada… E a veja paparicando a Dilma, elogiando na capa e tudo…

  • Aqui com meus botões, lambendo os beiços depois de uma bicada de Samanaú (uma cachaça porreta de boa da minha terrinha Caicó) aposto o contrário, que essa convocação sai sim. E nem duvido nada se o Poli usar o “direito constitucional de permanecer calado” já que nitidamente ele segue o líder. Só que não espero desse depoimento algo tão bom como o fechamento da revisteca. Não vai dar em nada até porque isso não é um propriamente um processo criminal. É só inquérito de uma comissão parlamentar. Mas servirá para fazer esses facistóides e seus paus mandados darem uma recuada na sua sanha golpista. Nem que seja parcial e temporária. Eles já estão acuados. Viram ser desmontada uma importantíssima fábrica de factóides. E montar outro esquema parecido, além de dar muito mais na vista, requer um bom tempo. Vou tomar outra.

  • Ah, como é tola a ingenuidade de certos governantes. João Goulart era ingênuo. Foi deposto pelo golpe de 1º de abril de 1964.

    Dilma também é ingênua. Ela acha que governando tecnicamente não será incomodada pela elite financeira, ou pelos latifundiários. Ela acha que, ficando de fora dos confrontos, como esse julgamento, ela resolve os problemas.

    A verdade é que, nesse julgamento, a elite golpista está exercitando os músculos para dar um golpe. Washington precisa de um golpe no Brasil.

  • desagradável, mas ..mas ..eu te disse

    Verdade que no fundo disso só tem um motivo

    A NOSSA democracia, aquela que nos deram com muito custo e favor ..aquela abraçada e defendida por gente SEM convicção, por carreirista oportunistas e populistas, esta que NÃO tem valor ..é uma fraude, inconsequente, um amadorismo provinciano cedido pra plebe pela elite só pra se diminuir a tensão ..pra se dar a impressão de que o povo manda, pra fazer de conta enquanto poucos enchem suas contas..

    …hoje todos são ou se prestam a serem massa de manobra, e quando menos percebemos, entendemos que a MAIORIA do políticos, inclusive muitos ditos LÍDERES da esquerda CAPITALISTA, hoje nos fazem de bestas (e mamam, ah como mamam os cretinos e seus rebentos).

    O BRASIL precisa tomar jeito, precisa buscar criar uma nova forma de governo, mais voltada ao cidadão e menos às CORPORAÇÕES ou a minorias BARULHENTAS que só se pedem pra si e pros seus.

    O BRASIL precisa ABANDONAR esta democracia representativa, esta TIRIRICA grevista, e se permitir viver numa DEMOCRACIA PARTICIPATIVA, uma aonde os intermediários seriam mínimos, e os mandatários milhões ouvidos em escrutínios.

    sei que este desenho não será pra mim, e quiça pros meus filhos ..mas se chegar aos netos já estará muito bom

  • Quanto ao texto, Edu, ontem o advogado do famigerado Roberto Jeferson “defendeu'” a convocação do ex presidente Lula no processo (ou seria circo?) do chamado mensalão. É clara aqui a tentativa de fazer com que Lula seja inelegível no futuro (caso pretenda concorrer novamente). E tudo isso com a covardia e subserviência de grande parte do PT, de Dilma, e de parte de seus aliados. É uma pena e é muito triste.

  • Eu não estou nem perplexo, nem surpreso com o quadro atual. Há muito já entendo que nosso MODELO DE ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE ESTÁ FALIDO.
    Há muito tempo.
    Minha última esperança era o PT, que se esvaiu também há muito tempo. Mesmo os membros mais honestos do partido não se apresentaram com garra, determinação, nunca se mostraram incansáveis na defesa de reformas verdadeiras, que pudessem sim evitar o quadro atual. Se eles nunca tiveram apoio da mídia, que buscassem aparecer pelos movimentos sociais.
    Prova maior do que digo é o fato do PT ter entrado no esquema das eleições, quietinho, e agora é vítima da própria omissão. Gostou da fruta né.

  • Com todo o respeito, a presidenta tem que ser muito tola em acreditar em promessas como essas de não agredir, atacar, caluniar o seu governo e a sua própria pessoa. O passado recente demonstra isso. Já com relação a “Não há Poder da República que sequer cogite enfrentar a mídia”, nem mesmo o econômico, vide as propagandas dos patrocinadores das equipes brasileiras nos últimos jogos olímpicos e exibidas nas concorrentes da Record. Extremamente tímidas em comparação à épocas anteriores resultando numa pouca eficiência ao objetivo das campanhas junto ao público em geral: criar uma imagem de responsabilidade solcial, apoio ao esporte, etc…

  • Parabéns Sr Edu, comungo deste seu pensamento, infelismente, nossos politicos, mesmos os que sempre acreditamos, não tem coragem suficientes para pelo menos vir aqui num espaço como esse, manifestar suas indgnações, assim como faz o Sr e outros bloqueiro juntamente com colaboçao de nossos comentários. Infelismente viveremos ainda por muitos anos sob a ditadura da nosssa “liberdade de imprensa” . Fiquemos na esperança que um dia apareça alguem com a coragem de uma Cristina ou mesmo não com os ideais, mais com a coragem de um Chaves!

  • Se a presidente Dilma acatar os termos desse pacto de não agressão proposta pela mídia golpista está cometendo um grave equívoco político e pessoal, do qual inevitavelmente sentirá arrependimento no futuro. A grande mídia brasileira está comprometida com poderes externos ao Brasil e não pode contrariar os interesses de seus patrões ocultos, que, do exterior, comandam os tirantes que movimentam as marionetes da chamada grande imprensa do Brasil.

  • Edu.
    Gostaria de dormir semanas e acordar, sem pesadelos fatais, após esse Circo armado com o julgamento.
    O cerco feito pela mídia, STF, PGR,etc é vergonhoso. Pior, sem reação do PT, do Governo Dilma.
    Com o fim das Olimpiadas, não dá pra assistir TV. Todos estão empenhados em induzir as pessoas menos avisadas contra o PT e contra Lula, especificamente.
    Até programas que não teriam nada a ver com política diretamente estão empenhados em desconstruir a imagem do PT/Lula. Estranhamente, Dilma está fora desse alvo.
    Domingo assistia o Metropolis da Cultura e, absurdo, vi um quadro que remetia a alguém que recitava Drumond com o “E agora José”, “…a festa acabou…” e fotos de Dirceu e…..Lula. No Metropolis da Cultura, propriedade de Serra.
    A cartilha do PGR para crianças induz e julga antecipadamente o Mensalão, sem reações contundentes do PT.
    O Governo e o PT têm um desdem total com o processo de comunicação. Parece que estão se lixando para a população. Pouco lhes interessa se não sai no PIG. Nada lhes interessa na Carta Capital, na Record, nos blogs sujos.
    Até no cinema o mensalão está em pauta. Vi há algum tempo um filme no circuito de arte e: propaganda da revista Piauí: tema MENSALÃO.
    Aqui em Salvador temos um exemplo claro no que vai resultar essa política, ou absoluta falta de politica, do PT.
    O neto de ACM vai ser prefeito e futuro Governador do Estado.

  • A Sra. Dilma Rouseff, após apertar a mão do apresentador do JN, de cozinhar com a Ana MAria Braga, de usar e dar poderes ao seu Vice para negociar com o PIG, me parece querer estar se perpetuando no poder, uma ditadora dentro da democracia. A propósito: as univerdiades federais estão em greve à 60 dias, a polícia federal também, nada de melhorias na infraestrutura rodoviária do país, petrobrás com prejuízo e ameaça de aumento do preço dos combustíveis…é.. a presidenta vai precisar muito do PIG!!! Acompanhem.

  • Se o PT não quer ou não sabe se defender, os simpatizantes é que não têm esta tarefa. Talvez com uma série de condenações forjadas pelo PiG, o partido comece a aprender a lição.

  • “Sim, o governo Dilma poderá conseguir avanços sociais e econômicos relevantes, mas não promoverá qualquer tipo de avanço institucional duradouro. Tudo o que conseguir poderá ser desmontado por uma gestão posterior de direita. Sei que muitos ficarão incomodados com o que eu disse neste post, mas, tragicamente, essa é a verdade.”
    Isso é o que eu sempre digo!!!
    E por falar em enfrentar, quando a Dilma vai deixar de colocar anúncios do governo na veja, já que está provado o envolvimento da abril com o crime organizado? Será que ela não tem coragem nem para isso, porra??? Logo ela, que demitiu um monte de gente por causa das denúncias falsas da revista quadrilheira.

  • As coisas mudam, o caminho é denunciar e lutar. Quando a causa é justa, a vitória é consequência da perseverança. Sem esmorecer, pois.

  • Embora não concorde com o seu ponto de vista agoraesposado, é fato que você Eduardo Guimarães é um excelente articulista. Escreve com lógica e acima de tudo coerência, bem diferente do xingatório adotado por outros que se autodenominam “blogueiros progressistas”. E sem patrocínio estatal, provando ser um idealista e não um mercenário.

  • Em poucas palavras : “Para a mídia golpista o crime compensa visto que seus baluartes são inimputáveis. ”
    Ou para clarificar melhor : “A mídia manda no país, em cada um de nós e, sobretudo, está acima da Lei. “

  • Eu temo que a volta do atraso ao poder bote tudo a perder. É fácil, muito fácil, mergulhar o país no passado, com o PIG dizendo que está tudo bem, e vamos afundando como antes. E daí, mais quanto tempo para começar de novo?

  • Em primeiro lugar porque, ao menos em relação à Veja, fui informado de que, em Brasília, até os postes de luz sabem que o principal executivo da Revista, Fabio Barbosa, e o diretor da Globo José Roberto Marinho foram ao Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente, Michel Temer, e firmaram um pacto de não agressão entre a mídia e o governo Dilma.

Deixe uma resposta