Manifesto crítico a Barbosa será entregue a ele em Brasília

Ativismo político

 

Desde a tarde do último domingo, o Blog da Cidadania recebeu ampla resposta a manifesto que publicou exortando o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, a se portar com civilidade e respeito aos seus pares e ao conjunto da sociedade: mais de dois mil comentários de leitores contendo críticas à atuação dele foram postados aqui.

Esses milhares de cidadãos revelaram determinação digna de nota no que diz respeito a fazerem suas críticas chegarem ao presidente do Poder Judiciário, pois não se tratou de “curtirem” uma postagem no Facebook, mas de escreverem textos em adição ao próprio manifesto, firmando não apenas adesão à iniciativa desta página, mas, também, mandando seus recados pessoais, recados firmados com nome completo e, muitas vezes, com números de documentos de identidade.

O Blog esperou passar a sessão do STF da última quarta-feira antes de publicar uma nova postagem, de modo a dar ao manifesto crítico a Barbosa a maior visibilidade possível. Foram quase quatro dias de exposição da iniciativa e o resultado não decepcionou. Esses milhares de cidadãos deram seus recados com maior ou menor ímpeto.

Apesar de a iniciativa do manifesto já ter cumprido seu objetivo de demonstrar ser falsa a unanimidade que vinha sendo sido produzida na mídia em favor dos destemperos do presidente do STF – assim como está página, em novembro do ano passado, demonstrou ser falsa a unanimidade contra o ministro Ricardo Lewandowski –, agora há que concluí-la.

Antes de prosseguir, porém, vale um registro: em qualquer parte do mundo, o presidente de um dos poderes da República ser alvo de manifestação decidida de descontentamento formulada e manifestada por milhares de cidadãos de forma organizada, seria notícia. O jornalismo verde-amarelo, porém, difere do que existe em sociedades mais adiantadas.

Há uma cultura no jornalismo brasileiro que advém de vício que os grandes empresários de mídia inseriram na alma dos profissionais que os servem. No jornalismo tupiniquim, salvo honrosas exceções, os profissionais que deveriam informar a sociedade julgam que para darem uma notícia têm que gostar dela ou de quem a produz…

A mídia, portanto, fez de conta que não viu que mais de dois mil portadores de títulos de eleitor se organizaram e escreveram mensagens ao presidente do Poder Judiciário fazendo-lhe duras críticas.

Seja como for, é hora do passo seguinte. Há que concluir a iniciativa fazendo chegar formalmente ao presidente do STF as críticas que lhe foram feitas. A dúvida, agora, é sobre como fazer isso.

No ano passado, manifesto de desagravo ao ministro Ricardo Lewandowski foi entregue pessoalmente a ele pelo signatário desta página lá em Brasília, em seu gabinete, em um ato coberto inclusive pelo jornalismo do STF, que enviou um fotógrafo da Casa para registrar tudo.

Não se imagina, entretanto, que o doutor Joaquim Barbosa permitirá que seu gabinete sequer receba o manifesto de dois mil e tantos cidadãos brasileiros descontentes com a sua atuação. Porém, há que dar a ele a oportunidade de demonstrar o seu espírito democrático.

Dessa maneira, o Blog da Cidadania inicia, nesta quinta-feira, contatos com o gabinete do ministro Joaquim Barbosa e, concomitantemente, com a Assessoria de Imprensa do Supremo Tribunal Federal de modo a se informar sobre a disposição do presidente da Casa para receber as críticas de que foi alvo.

Caso não haja resposta ou sobrevenha uma resposta negativa até mesmo para a iniciativa de protocolar o manifesto no gabinete de Barbosa, a ideia que esta página propõe aos seus leitores de Brasília – muitos dos quais filiados ao Movimento dos Sem Mídia – é a de protocolar no STF o calhamaço contendo o manifesto e as mensagens de leitores.

Surge, assim, a ideia de um ato de entrega do documento ao STF, em Brasília, que reúna todos aqueles que queiram participar. Essas pessoas poderiam se reunir diante do STF, na Praça dos Três Poderes, e caminharem até o protocolo daquela Casa e lá entregarem as críticas a Joaquim Barbosa.

Para tanto, mais uma vez esta página consulta seus leitores sobre se estão dispostos a se organizar tanto para se reunirem em data e hora pré-agendadas para fazer a entrega da documentação no STF como para se cotizarem de modo a financiar despesas que haveria para ir a Brasília para esse ato público.

Caso não exista um contingente razoável de cidadãos de Brasília dispostos a esse ato, a documentação aqui produzida será enviada a algum membro do Movimento dos Sem Mídia em Brasília que tratará de simplesmente protocolá-la no setor de correspondência do STF. Posteriormente, o protocolo chancelado por aquela Casa será reproduzido aqui.

Fica, pois, delegada aos leitores e aos sem-mídia a decisão sobre como deverá ser feita a materialização do ato de inconformismo cidadão que aqui foi produzido. Assim sendo, se você é de Brasília e quiser participar – ou mesmo se for de outra parte do país e quiser apoiar a entrega dos documentos em forma de ato público –, por favor deixe comentário nesse sentido que o Blog entrará em contato via e-mail.

Por fim, o Blog da Cidadania cumprimenta a todos aqueles que firmaram o manifesto pedindo compostura a Joaquim Barbosa, bem como aos sites, blogs e internautas que colaboraram para difundir uma iniciativa que por certo deu a sua contribuição para que o presidente do STF tenha exibido mais compostura na última sessão daquela casa.

Parabéns a todos.

123 comments

  • Muito bom, Edu. Concordo com a forma que você propõe sobre a entrega, moro em Maceió, não poderei ir a Brasília, mas posso colaborar com um pouco financeiramente, caso necessário. Não possuo muito, mas acho que se nos unirmos nesse sentido, um pouquinho de cada pode virar o suficiente. Parabéns pela atitude e obrigada pela oportunidade. Aguardo contato por e-mail, caso seja preciso colaborar financeiramente, ok? Ah! Não estou conseguindo acessar o link do blog através da sua mensagem por e-mail. Abraços.

  • Caro Edu, estou de acordo com suas propostas acima sitadas, acredito que caso ocorra a entrega através de militantes do MSM, poderemos sim, fazer um esforço conjunto com o objetivo de sair do Rio alguns companheiros comprometidos com o movimento.

  • Rio de Janeiro 22 de agosto de 2013

    CAMPANHA PARA AJUDAR AS CRIANÇAS DESAPARECIDAS.

    A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República inaugurou um novo site, mas com um erro imperdoável, na sua página não tem o cadastro das crianças desaparecidas. Como um orgão que defende os direitos humanos e as crianças, comete um erro desses? O governo continua muito ruim, nesse quesito, de buscar formas de ajudar essas mães, que lutam para achar os seus filhos. Vou dar uma sugestão de graça, para uma campanha, que os correios lancem selos de crianças desaparecidas, e os telefones públicos sejam envelopados com as fotos de algumas crianças desaparecidas com o número do Disque 100, em destaque. Se acharmos uma só criança e devolvermos para a sua família, essa campanha já terá sido válida. Faço o que muitos ganham para fazer, e que por incompetência, ou má vontade não fazem. Acorda gente, vamos trabalhar com mais amor e solidariedade. Tenho alguns projetos para ajudar o Brasil, e já tentei colaborar com o governo de alguma forma, mas como não sou filho de nenhum poderoso, não tenho oportunidades.

    Atenciosamente:
    Cláudio José, um amigo do povo.

  • Caro Edu, creio que seria interessante, e importante, protocolar a entrega também no Congresso, na mesma comissão que aprova a indicação dos magistrados. De resto creio que as propostas aventadas cobrem todas as possibilidades. Grande abraço.

  • “Seja como for, é hora do passo seguinte. Há que concluir a iniciativa fazendo chegar formalmente ao presidente do STF as críticas que lhe foram feitas. A dúvida, agora, é sobre como fazer isso.”
    Eduardo, vá com algum tipo de armadura, blindagem. O homem é totalmente descontrolado.

  • Outro conselho, antes de ir faça o favor de avisar aos demais ministros do STF – Gilmar, Rosa, Barroso, Mellos, Fux, Tofolli, etc – menos Lewandowski, claro, para se recolherem no banheiro pois o bicho vai pegar.

  • Edu, vou ser sincero, se houver alguém que more em Brasília, com disposição de entregar o manifesto, pessoalmente, ou protocolá-lo no setor competente, é melhor que o faça, para evitar custos.

  • Tem meu apoio irrestrito, moro em Recife não poderia ir a Brasília mas me coloco à disposição para ajuda financeira.
    JB: A mais nova imoralidade do PIG/STF.

  • Tenho minhas duvidas quanto o recebimento do manisfesto pelo batbarbosão… não é seu feitio ser gentil com oposicionistas ao seu modo truculento de vomitar opiniões, mas qualquer iniciativa de fazer chegar ao seu conhecimento deste manifesto é valido e importantíssimo.

  • Ahhhh Ato em BSB ia ser tudo!!! Mas, pra mim tb, não dá, tô no RJ, fica muito caro. Cambada de mensaleiros duros, né? De qq forma, só se aproximem de Dom Joaquim aqueles que estiverem com a antirrábica em dia e, caso ele demonstre a mais leve intenção de manifestar seu espírito democrático, corram para as colinas!!!

  • Caro Edu,

    Excelente ideia. Moro em Fortaleza e não posso estar presente neste ato. Gostaria de colaborar financeiramente com os que podem comparecer e me representar. Sugiro que este blog seja financiado pelos leitores, ao estilo do blog do Azenha e outros blogs progressistas. Os valores doados, por menores que sejam, podem ser multiplicado por muitos que, como eu, se sentem impotentes diante de tantos arbítrios, ilegalidades e injustiças da mídia e da justiça. Precisamos dar visibilidade às nossas vozes.

    Um grande abraço.

    Meriva

  • Gostaria de ir, mas, como muitos já disseram antes, não moro em Brasília (moro em Fortaleza-CE). Mas me disponho a colaborar com a cota.
    Aguardo orientações.

  • Minha sugestão é que todos que enviaram o apoio ao manifesto ajude o Eduardo a pagar sua passagem bem sei que ele não precisa mas seria bom se pudéssemos ajudar.
    Eu posso ir junto pois moro em Brasília e estou disponível.
    Cordialmente

    • Acho excelente a ideia de que todos colaborem, mas difícil de realizar. Melhor é que o Edu tenha certeza de quantos vão efetivamente participar, para poder fazer o rateio. Conte comigo (infelizmente, por problemas de saúde, não dá pr’eu ir, mas vou colaborar para que me representem).

    • Sugestao: alem do calhamaço protocolado no supremo, faz-se copias do documento de protocolo(teu) e encaminha para cada um dos ministros, informando que esta a disposição dos mesmos no protocolo do supremo o referido documento para consulta e conhecimento(calhamaço). No final do documento, informar ao destemperado que o documento sera do conhecimento de cada ministro.
      Esse mal educado(barbosa), com certeza nao recebera alguem para aceitar o documento. E do carater dele.

  • Como escrevo em todos os meus comentários sou de Santo André (SP) e não posso ir para Brasília mas me coloco a disposição para ajudar financeiramente. Conte comigo.

  • Como moro na Paraíba, fica difícil ir a Brasília, mas se houver gente para fazer um bom movimento por lá, posso dar um ´apertão´ nas finanças e ir também. Caso contrário, me disponho a colaborar financeiramente. Aguardo notícias para prosseguir.

  • Edu, mande o numero da conta do BB de novo por email.
    PS: JB vai ignorar e botará um pitbull (ele mesmo talvez) para recepcioná-lo em seu gabinete. Esse é o espírito democrático do sujeito. Peça para o Lewandowsky mostrar as marcas das mordidas, e verás

  • Não acredito que o morcegão vá recebe-lo, mas uma boa idéia é gravar as várias tentativas e recusas. Para isso pode se inspirar no filme Capitalismo: uma história de amor, no qual Michael Moore ridiculariza e constrange as autoridades com a sua insistência e proposital ingenuidade e boa-fé. Depois espalhar o resultado pelos blogs sujos para que todo mundo veja.

  • Sugiro que se abra uma conta bancária para que se possa depositar doações voluntárias, de forma bem facilitada, para que sejam financiadas todas as despesas necessárias para se manter o MSM.

    Que o controle administrativo financeiro seja feito com a maior transparência e divulgação possível.

  • Edu, caso não consiga entregar em mãos, seria bom PROTOCOLAR a entrega no STF e registrar tudo via mídia impressa, digital e televisada (a Band e a Record poderiam cobrir, não?).
    Dentro das minhas possibilidades, estarei pronta a colaborar , da maneira como vc definir.
    Abração.

  • Edu,
    Sou de Salvador e não poderei ir. Posso ajudar com rasteio de custos. Sugiro entrega com cobertura de imprensa ou com vídeos postados no youtube e blogs sujos. Acho que o sindicato de jornalistas do DF gostariam de colaborar. O J Barbosa desrespeitou e agrediu jornalistas há alguns meses também. A data simbólica poderia ser 07 de setembro, para ser notícia no mesmo dia das manifestações programadas no país. Também pode ser outro final de semana. Sempre há ministro plantonista no STF. Talvez seja o próprio J Barbosa. Procure saber sobre os plantões judiciários.

  • Caro Edu,

    Ver de que maneira é possivel entregar e protocolar este manifesto em Brasilia .Acredito que todas as pessoas que postaram em seu BLOG, estão dispostos s ajudar no que for preciso dentro das condiçoes de cada um, inclusive financeira.
    Apoio o que for necessario para que chegue este manifesto ao cidadão.

  • Acho difícil reunirmos para a entrega. A meu ver poderíamos custear as despesas de um representante do msm. A pessoa mais indicada é você mesmo. E aqueles que puderem estar presentes, que compareçam na data. Estou disposto a ajudar no custeio destas despesas.

  • Eu apoio e assino tudo contra o STF e o Podre Judiciario??? Mas temos que nos reunir fisicamente, pois o Golpe Branco esta em pleno vapor galopante….., só ver que nao quiser!!!

  • Caro Edu,

    Já me coloco a disposição para atuação coletiva do MSM aqui em Brasília, seja com ato público ou simples protocolo no STF. Penso que devemos ver a possibilidade de dar a maior visibilidade possível a esta ação, talvez articulando com algum veículo da mídia alternativa. As companheiras e companheiros aqui do DF poderiam tentar os contatos.

    Alberto Silva
    Brasília – DF

  • Quem dera Marcelo, vivêssemos num Planeta chamado petismo, infelizmente isto não ocorre. Alckmin consta vivemos num submundo onde a corrupção anda de trem Metropolitano e a informação de patinete.

  • Caro amigo, surpreende que você dê tanta importância a este blog, aos post do titular dele e aos comentários dos que o frequentam. Afinal, não passamos “de pó de traque”. Se o que aqui se escreve lhe causa tanta repulsa, faça um favor a si mesmo e nós outros: vá para o blog do Reinaldo, e nos poupe de seus comentários!

    • Acesso o blog que quiser e bem entender. O blogueiro tem pleno direito de editar ou não os comentários que chegam e, se publicou o meu, talvez seja porque é embuido de espirito democrático coisa que você não tem.

      • A argumentação do Savio é válida. Se este Blog é tão sem importância você não deveria se dar ao trabalho de vir aqui – e não venha com a conversa que é “para se divertir” que não cola

        • Ao contrário, não é trabalho algum acessar um blog, basta um clique.
          Pelo que percebi, você, ao defender o pensamento do Savio, entende que azuis ficam com azuis e vermelhos ficam com vermelhos. Os iguais devem se elogiar mutuamente e jamais divergir dos seus semelhantes pois, neste caso, mudam de cor.
          Assim como o uso do cachimbo deixa a boca torta, o blogueiro, por mais que tente tolerar a divergencia publicando seus comentários, não resiste ao seu viés autoritário e truculento e perpetra respostas como esta.

        • Ai ai ai,
          quanta xaropada!
          O uso do cachimbo deixa a boca torta de quem vive a escrever comentários inúteis como este, também.
          O mané da torcida adversária vem até o nosso boteco nos xingar e não quer tomar uns tapas….
          Mas é muito otário, mesmo!
          Quer beijinho, colega?
          Vai pedir pras tuas nêgas, tipo tio rei e nobláblá….

  • Não posso ir a Brasília, mas cá de Governador Valadares/MG, estou à disposição para colaborar, principalmente financeiramente. O pouco de cada um pode representar uma grande ajuda.

  • ” Caso não exista um contingente razoável de cidadãos de Brasília dispostos a esse ato, a documentação aqui produzida será enviada a algum membro do Movimento dos Sem Mídia em Brasília que tratará de simplesmente protocolá-la no setor de correspondência do STF. Posteriormente, o protocolo chancelado por aquela Casa será reproduzido aqui.”

    Parece o mais viável.

  • Eduardo Guimarães…
    Moro em Aparecida de Goiânia e no dia em que você for entregar o manifesto quero estar junto, pelo evento e também para poder cumprimentá-lo pessoalmente. Você é uma das pessoas mais admiráveis e importantes de que já tive conhecimento.

  • Eu acho que se fosse possível você deveria entregar isso em mãos a ele – e ser filmado. Por outro lado, Barbosa esbravejará, te difamará na hora e é capaz de te retaliar no futuro. Por outro lado, aqueles que assinaram o documento e moram em Brasília poderiam ir como representantes do Movimento dos Sem-Mídia e serem devidamente filmados. Acho importantíssimo registrar a reação que aquele homem pode ter.

  • Entregar pessoalmente seria o melhor meio, se for possível. E preparar-se para novo destempero do jb levando um “cinegrafista” junto para gravar.

  • Conte com a minha contribuição para financiar a vigem a Brasília. É só dar o nome e o número da Agência Bancária e o número da conta.
    Boa sorte e parabéns pela iniciativa.
    Abraços.

  • Olá, todos

    Estou em Brasília e quero estar junto na entrega do documento! Também concordo que você, Edu, possa vir entregar, cercado por todos nós! Se não for possível, de qualquer forma conte comigo!
    Abraços gerais

  • Não me é possível estar presente fisicamente, mas assumo compromisso de participar financeiramente se for necessário.

    Não acredito que o ministro seja capaz de receber pessoalmente esse manifesto. Caso esteja errado, recomendo muito cuidado a quem for ao seu gabinete, preferencialmente registrando tudo em vídeo.

  • Eduardo:

    Primeiramente, quero parabenizá-lo por suas lutas pela justiça e por uma verdadeira democracia no Brasil.

    Apoio totalmente a entrega do manifesto através de ato público. Infelizmente, não posso mais ir a uma manifestação em outra cidade, mas colaboro financeiramente no que puder para ajudar aqueles que queiram ir de São Paulo a Brasília. É só apresentar a conta corrente para depósito.

    Enfim, que a reação desse tal sr. ministro seja tornada pública.

    Ana Barbosa

    • Enquanto isso, os carteleiros (tucanos) navegam em águas tranquilas, protegidos pela mídia verde-amarela e por um judiciário corrompido. Mensalão do PSDB e lista de Furnas mofando em alguma gaveta nas cortes superiores, provavelmente destino final das investigações sobre o cartel tucano de São Paulo. Triste país é o nosso….

  • Acho ótima a ideia de formar um grupo para entregar o manifesto , Isso poderia obrigar a imprensa a falar sobre o assunto. Se for necessário conte comigo para ajudar nas despesas.

  • Será bem representativa a entrega do manifesto por um grupo e deve ser filmado.Conte com a minha contribuição para ajudar nas despesas,é só enviar para o email o número da conta e o valor.

  • Ir a Brasília fica difícil. Mas conte com a nossa singela, mas sincera colaboração financeira.
    Só mandar dados que quero participar do jeito que me ´é possível.
    Boa sorte. Abraços

  • Edu, são 20 e 48 pelo relógio do meu computador. Acabei de ligá-lo nesse momento, e já o AVG apareceu com a mensagem de que me protegeu de ameaças. O seu blog foi o primeiro que acessei. Olho vivo.

  • É IMPORTANTE DAR MUITA VISIBILIDADE E TRANSFORMAR EM NOTICIA, PARA ISSO A PRESENÇA DE UM GRANDE NÚMERO DE PESSOAS MESMO QUEM NÃO TENHA SUBSCRITO O MANIFESTO MAS QUE QUEIRA IR.

    SUGIRO TAMBÉM QUE SE CONTATE COM A VOZ DO BRASIL SOBRE A POSSIBILIDADE DE DIVULGAR NO HORÁRIO CORRESPONDENTE AO STF. NÃO SEI SE É SONHO MEU, MAS VAI QUE….

    POR OUTRO LADO EXISTEM AS RÁDIOS COMUNITÁRIAS QUE PELO QUE SEI FORAM CRIADAS PARA DEMOCRATIZAR OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, ELAS PODERIAM NOTICIAR.

    FORA ISTO NOS RESTAM AS REDES SOCIAIS. TIRAR FOTOS E CADA UM DE NÓS SE ENCARREGARÁ DE DIVULGAR. MAS SERIA NECESSÁRIO QUE O DOCUMENTO FOSSE ENTREGA AO JB EM PESSOA.

    QUANTO A AJUDAR [E SÓ DAR OS DADOS NECESSÁRIOS.

  • Não é possivel minha presença em Brasilia para o ato.
    Contribuirei financeiramente. Só peço informar os valores determinados
    caso isso seja o modo determinante.

  • Edu, adoraria muito em ir, mas, moro aqui em São Paulo e trabalho. Se for em um final de semana, me proponho a ir, quero muito estar por perto na hora da entrega. Caso for no meio da semana, posso colaborar financeiramente, basta deixar número da c/c. A ideia é ótima e acho que quanto maior o número de pessoas e levando câmara para gravar é muito melhor.

    • Willian,
      Cria juízo, carinha… Eu não sei de onde vem essa paciência q tenho, com vc. Imagino q venha das entrelinhas de seus… comentários. Tenho esperança q, logo, logo, vc ganhe consistência e renuncie a essa prática de grde gozador. Suas intervenções não combinam com a perspicácia mostradas. Um dia, a sua maioridade aflorara; espero.
      Abraço, cordial

  • Também me comprometo a ajudar nas despesas porque, infelizmente, não poderei ir. Fico torcendo para que um grande número de pessoas resolva lhe fazer companhia.

  • Eduardo, quando ficar decidido o modo pelo qual o Manifesto será entregue e, se for necessário ir ter com Sua Majestade, mande conta depósito para o meu emeio. Caro Eduardo, não acredito que Sua Majestade dê sua Real atenção a essas atitudes de comezinha Democracia.

  • Olá, Edu. Que o Grande Espírito te guie e te protege como a tua amada família.
    Infelizmente, não tenho condições para esta viagem, porém, creio ser mais interessante haver um grupo
    de pessoas para entregarem para o carrancudo juiz. Talvez vocês passem por uma situação de constrangimento porque esta pessoa é feita de aço, rigidez, frieza, baixa auto-estima, mascarados por uma personalidade arrogante. Vai com Deus e que vocês sejam protegidos destas forças obscuras. Abraços.

  • Perfeito. Fico na expectativa de q uma boa leva dos de Brasília se ofereçam pra levar o calhamaço, ao destino requerido; dando aquela importância ao acontecimento. Pq concordo com o apontado por vc, de q a mídia, maldita, não irá se dignar em comparecer ao evento. Isso, somado ao fato de q o Ministro Joaquim não vai, mesmo, aparecer e se deixar fotografar, recebendo a constatação de sua nulidade, pessoal e profissional; isso, poderá quebrar o impacto do feito. Então, um bom número de eleitores seria o ideal…
    Outra coisa, Eduardo, seria a sua presença, física. Ela não poderia deixar de acontecer; acho. Parabéns por mais esse trabalho. ímpar.

  • Oi, chefe -contate um artista plastico em sampa, ou um gesseiro, rápido.
    Mande confeccionar em material comum uma BALANÇA daquelas tipo dois -pratos,
    com um deles ja tombado para um lado, embrulhe pra presente e entregue junto.
    E diga que nao foi aferida ainda pelo pesos e medidas.

  • O País está prestes a trincar! A convergência de fatores negativos se aproxima de um colapso em setores fundamentais da economia! Coloquem num mesmo saco os seguintes fatos: 1º, a alta do dólar; 2º, a inflação; 3º, a queda do PIB; 4º, o decréscimo da produção; 5º, a retração no comércio; 6º, o déficit da balança comercial; 7º, as montadoras de automóveis que já cogitam abandonar o País; 8º, o Brasil ausente dos grandes contratos bilaterais internacionais por causa do Mercosul; 9º, a Petrobrás falida e vendendo seus ativos; 10º, a presidência dispondo de 39 ministérios e 22 mil cargos de confiança; 11º, o tesouro subsidiando a energia elétrica; 12º, a falta de infra-estrutura para escoar a produção; 13º, a importação de petróleo para cobrir a demanda nacional; 14º, o próximo aumento da gasolina; 15º, a ilusão do pré-sal – um ovo ainda dentro da galinha; 16º, o inevitável aumento do desemprego; 17º, o reajuste do funcionalismo e de outras categorias; 18º, a total falta de credibilidade da classe política, além de outros fatores, conseqüentes destes, que irão compor o quadro que nos espera! Pior ainda, toda essa sopa será condimentada com a conhecida incompetência dos petistas que resultará num mingau salpicado com futuros e inefáveis escândalos que os petralhas/lulistas/malufistas irão proporcionar! Enfim, será deste caldo amargo que o PT preparou nestes mais de 10 anos no poder, que teremos que beber!
    Eugênio José Alati
    Em tempo: o problema não reside no fato de serem médicos cubanos, o problema é que serão 4 mil! Isto será um exército espalhado pelo País!

    • Eugênio, que país é esse que você descreveu, algum na Europa? ou EUA? Porque no Brasil não é, pois, não sou cega, burra, retardada, vejo tudo ao contrário no que diz. O terrorismo econômico da mídia sem vergonha não me convence.

    • Rapaz
      Assistir o jornal nacional (com minusculas mesmo) está te fazendo muito mal. Já se vão treze anos que a ladainha é a mesma…o Brasil vai se ferrar por causa do governo do PT!!! E o tal do dia nunca chega…nem nunca vai chegar. Atualmente temos uma das menores taxas de desemprego do mundo, a inflação sequer se aproxima de dois dígitos (como os 12% de FHC em 2002), a indústria automobilística vende como nunca (em 2013, as vendas são 22% superiores ao mesmo período do ano passado) e o pré-sal está aí começando a mostrar sua cara. Infelizmente o governo vai fazer o leilão do campo de Libra em 21 de outubro e posso te garantir que não vai faltar é gente querendo arrematar as áreas leiloadas. Se o crescimento do PIB não é o que desejávamos, tampouco é táo pífio quanto nos anos tucanos, em que vivíamos em recessão.
      Eu poderia ficar aqui escrevendo e rebatendo cada um dos pontos que você levantou, mas tenho mais o que fazer. Volte daqui a dez anos com as mesmas previsões catastróficas que nuca se concretizam.

    • Vc é canalha, cara. Fecha sua intervenção, espargindo gotas malévolas até contra médicos cubanos, simplesmente por terem nascido em Cuba… Ora, cara, os médicos q estão chegando, ai, de nacionalidade cubana, são de uma organização q encaminha médicos com objetivos específicos. opostos àqueles mtos, q se negam a servir, por servir… São profissionais com amplo conceito na área, comprovadamente. Uma parte do valor a ser pago pelos serviços, serão dirigidos àlém da cobertura dos salários, individuais, pra benefícios como os da formação de mais médicos e da pesquisa na saúde… em Cuba.
      Vc é bem nojento. Vai ver nem funciona à soldo dos EEUU. apenas, veste a camisa, por uma simpatia, boçal. Vc se abaixa, tanto, e se expõe como traidor dos interesses de seu próprio País; atropela as carências de seus compatriotas, mais humildes e se perfila às necessidades comerciais transnacionais. Nem os vermes, se comportariam como vc ; pelo menos, esses, mostram um nível de identidade, q vc ignora. Pq vc não se muda pra América q tanto ama, admira e respeita? Quem sabe, por lá, cara, não esteria mais realizado?…. Claro: se isso, aqui, é o excremento q vc pontifica… com ênfase doutrinária.
      Boa viagem e seja feliz, longe…

  • Caro Edu.
    Não tenho ir a Brasília, mas apoio qualquer iniciativa sua, inclusive colaborando nas despesas, no que eu puder.
    Abraços.

  • Edu, como a Paz é uma luta de todos nós, peço licença para colocar essa sugestão no seu blog.

    Rio de Janeiro, 23 de agosto de 2013

    Arquidiocese: Dom Orani Tempesta e CNBB
    Assunto: VIGÍLIA E CAMINHADA PELA PAZ

    Prezado Dom Orani Tempesta o Papa Francisco em sua visita ao Brasil, falou que a igreja não pode ficar restrita aos templos, tem que ir onde o povo está. O mundo está passando por tristes momentos com os conflitos no Egito e na Síria, e aqui no Brasil, nós temos muitos cidadãos desses países, que precisam de uma palavra amiga e uma força divina, para diminuir um pouco as suas dores e as suas preocupações. Por isso vou sugerir um evento, para que os brasileiros, demonstre o seu lado caridoso e solidário, para esses povos amigos, seria: A VIGÍLIA E CAMINHADA PELA PAZ MUNDIAL, onde a igreja realizaria uma grande missa na catedral para orar, pelas vidas perdidas nesses conflitos, pois o mundo e o Brasil precisam de paz. Durante esse evento, nós pediríamos, que as crianças desenhem cartazes pedido paz, que a arquidiocese enviaria para a ONU, pois quem sabe, essas mensagens de pedido de paz das crianças, não toquem o coração dessas pessoas, que tem o poder de parar com esses conflitos? A fé tem o poder de remover montanhas e acabar com inúmeros conflitos.

    Atenciosamente:
    Cláudio José, Um amigo do povo.

  • Seria ótimo Eduardo se fosse entregue em mãos, se o JB não abrir espaço, poderíamos descobrir uma maneira de encontra-lo em uma solenidade qualquer. Conte comigo.
    Abraços.

  • Edu.
    Contribuirei como sempre. Peço que informe CC, preferencia BB.
    Sua presença em Brasília é imprescindível, bem como de alguém que filme a entrega para posterior divulgação.

  • Eduardo
    Estava afastada dos blogs por alguns dias, primeiro por que eu tenho crises comportamentais( não letais) e necessito de um tempo comigo mesma e segundo que minha mãe adoeceu e precisa ser atendida por um especialista para seu mal, estou a caça desse especialista então isso tá tomando um pouco do meu tempo de domingo para cá.

    Por essas razões não participei de seu manifesto, mas aqui de Brasilia se você precisar de alguem para ter que ir ao STF.

    PODE CONTAR COMIGO

    Na 3ª eu não trabalho e estou me dedicado a ficar com minha mãe até a seu tratamento. Ela mora no Guará que é bem pertinho da sede do STF, gostaria muito de te conhecer e estar com você nesse momento
    Já estava planejando estar no STF para minhas incursões junto a esses ministros que se atreveram a levar essa PALHAÇADA a esse termo.

    Sou conhecida ali pertinho no MPF/PR e na PGR. Sou da patuleia doida que fez uma certo nome por ali e que tá na hora de gastar os creditos que eu poupei de 2005 para cá.
    Quero ter uma conversa ( de corpo presente ou não) com esses ministros que se atreveram a colocar o Genuino, Dirceu e todos os demais nesse grande circo.

    Estou terminando um doc. onde pretendo também protocolar la na gaiola das loucas, digo, no STF.

    Cara, tô com uma raiva que é de dar gosto, tenho que me controlar para não fazer besteira e piorar a vida desses homens e mulheres que cairam nessa AP 470.

    Se quiser minha companhia, me mande um e-mail…

    Posso mudar essa ida de 3ª para uma 4º feira. Só não posso ir na 2ª nem na 5ª e nem 6ª ,pois minha carga de trabalho é fechada de 8 até as 18 h

    Vou agora assinar o seu manifesto do Barbosão

  • O papel de Joaquim Barbosa

    A cada dia que passa, descobrimos novas fragilidades na Ação Penal 470, dita do “mensalão”. A conhecida insuficiência de provas nas acusações mais importantes foi agravada recentemente pela descoberta de alguns estratagemas para ocultá-la. O que poderia soar como equívoco passional dos acusadores (ainda que induzido por pressões externas) ganha aspecto de artimanha.
    Por isso é impossível não enxergar certa malícia nos rompantes vulgares de Joaquim Barbosa. Através do personagem grosseiro e autoritário, o relator consegue desviar o foco dos atalhos “pragmáticos” que utiliza para suprir as incompletudes técnicas de suas convicções. Temendo as baixarias do mártir da causa condenatória, os ministros talvez prefiram agradá-lo para acabar logo com o transtorno e evitar o desgaste público.
    Devido à escandalosa politização da primeira fase do julgamento, a sensatez obrigaria os magistrados a acatar os embargos infringentes da defesa. A tensão dramática mantida pelo protagonista não permite que os coadjuvantes mudem o enredo da farsa com a serenidade necessária. Resta saber como ele reagirá caso os outros decidam confrontá-lo abertamente.

    http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com.br/2013/06/a-heranca-do-tribunal.html

  • Caro Edu,

    impossibilitada de ir à Brasília, mas considero fundamental a presença do mair número de pessoas possível, para aumentar a repercussão. Concordo em contribuir financeiramente.

    Abraços, em especial para a Vitória,
    Silvana

  • Sinceramente, nem a sei a melhor forma de mostrar/entregar o documento. Do jeito que ele é raivoso, e despemperado, entregar pessoalmente podebfazerbcom que o ministro coloque todos os “bichos” raivosos pra fora. Caso a maioria resolva uma entrega cara a cara, precisamos esta prepados, pois tudo pode acontecer.

  • Gostaria de contribuir financeiramente, não só com a ida a Brasília, mas também com a manutenção do blog.
    Aguardo um número de conta para fazer o depósito.

  • Deve entregar pessoalmente com o maior número de pessoas presentes, e cobertura da mídia, na medida do possível.
    Não tenho como estar lá. Contribuo c/ $$.
    Força!

  • Sugiro a presença do Anderson Silva. Desse modo, JB pensará duas vezes antes de dar chiliques – já que louco que não rasga dinheiro não é louco, é covarde e bundão.

  • Por morar em João Pessoa, estou impossibilitado de me fazer presente à entrega do manifesto, mas, coloco-me à disposição para colaborar financeiramente, dentro de minhas possibilidades.

  • Não creio que o JB tenha a humildade de receber pessoalmente o manifesto. Se eu morasse em Brasília, iria integrar a comitiva para protocolar o manifesto no STF. Mas, se não houver número, creio que o pessoal do MSM poderá protocolar, com a devida cobertura. Parabéns por mais esta iniciativa bem sucedida!
    Marta Guerra – Natal/RN

  • Assino o manifesto contra Joaquim Barbosa com a consciência clara de quem o viu, nas transmissões da TV, tratar com desrespeito até os seus próprios colegas do Supremo.
    Penso que sua aposentadoria deu um alívio para a justiça.

Deixe uma resposta