Ao defender Azeredo, PSDB perde condição de criticar o PT

Opinião do blog

azeredo

 

 

Ora, ora… Quer dizer, então, que toda aquela conversa dos tucanos de que o PT “protege” seus expoentes que foram condenados pela Justiça não passa de hipocrisia, caradurismo, falta de caráter, desrespeito supremo à inteligência alheia?

Por que não me surpreendo? Simples, porque é óbvio que aquele discurso, como 200% de tudo o que esse partido diz, não passa de canalhice.

O tucano mineiro Eduardo Brandão de Azeredo foi um dos fundadores do PSDB (1988). Governou Minas Gerais pelo PSDB de 1995 a 1999. Em 2005, quando foi acusado pelo Ministério Público de desvio de dinheiro público, era presidente nacional do PSDB.

Na semana passada, foi condenado pela Justiça a 20 anos de prisão por esses atos de corrupção.

Nesse momento, vale lembrar que há anos que o PSDB acusa o PT de defender expoentes condenados pela Justiça. Aécio Neves chegou a afirmar que o PT trata “como heróis” réus ligados ao partido e que foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal no escândalo do mensalão.

As críticas ao PT por não ter expulsado alguns de seus membros condenados pela Justiça também estão sempre presentes na grande mídia antipetista, isso não é segredo para ninguém.

Voltemos, pois, ao caso de Azeredo.

No despacho em que condenou o tucano, a juíza Marisa Pinheiro Costa Lage, da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, afirmou que ex-governador de Minas e ex-presidente nacional do PSDB falou mentiras aos investigadores “em todas as oportunidades que teve”.

Para a magistrada, que se debruçou nos 55 volumes dos autos desde março deste ano, a responsabilidade de Azeredo nos crimes de peculato (desvio de dinheiro) e lavagem ficou comprovada “mesmo que somente após um trabalho extremamente árduo de retirar, das entranhas do processo, o detalhe, a contradição, a mentira”, afirma na sentença.

A juíza não fez por menos e detalhou, passo a passo, sua afirmação de que Azeredo é um mentiroso:

1 – “Mentiu sobre as relações pessoais que possuía com os demais envolvidos,tentando fazer parecer que eram superficiais”, apontou a juíza em referência a proximidade de Azeredo com os outros investigados que participaram de sua campanha, alguns deles inclusive tendo se licenciado de cargos públicos para atuar na campanha tucana na época.

2 – “Mentiu ao afirmar que não se envolvia na campanha e de nada sabia sobre questões financeiras, o que restou comprovado por meio das declarações e depoimentos dos colaboradores de campanha, demonstrando, inclusive, que o acusado realizou reuniões com lideranças políticas, conforme declararam as testemunhas Carlos Welth Pimenta de Figueiredo, Ricardo Desotti Costa e Antônio do Valle Ramos. Além disso, o acusado realizou contratações diretas, conforme depoimento da testemunha coordenadores, Otimar Ferreira Bicalho, que afirmou ter recebido ligação telefônica de Eduardo Azeredo solicitando sua participação na campanha como gerente da equipe de pintura, afirmando ainda que Eduardo Brandão de Azeredo devia ter conhecimento das irregularidades, notadamente superfaturamento.”

3 – “Mentiu ao afirmar que Claudio Mourão (tesoureiro da campanha de Azeredo em 1998) fora o único responsável por toda a questão financeira da campanha, o que restou esclarecido pelas contradições no próprio interrogatório do acusado e pelos depoimentos das testemunhas referidas anteriormente.”

4 – “Mentiu sobre a participação de Marcos Valérios e a SMP&B na campanha eleitoral à reeleição de 1998, diante das declarações de Clésio Andrade, Marcos Valério, Cláudio Mourão, Denise Landim, Leopoldo José de Oliveira, José Vicente Fonseca e Alezandre Rogério Martins da Silva”.

5 – ” Mentiu sobre os patrocínios determinados pelo Governo do Estado às empresas estatais Copasa, Comig e Bemge, restando claro que foi o acusado Eduardo Azeredo quem os determinou para financiar sua campanha, diante de todas as provas relatadas no item respectivo.

6 – “Mentiu sobre o pagamento das dívidas de Cláudio Mourão e Marcos Valério, sendo que, nesse caso, a mentira foi tão despudorada que prescindível depoimento de testemunha. A análise das próprias declarações do acusado já seria suficiente para demonstrar o tamanho da inverdade.”, afirma a magistrada em referência ao episódio quando Cláudio Mourão procurou Azeredo em 2002 para cobrar uma dívida de R$ 700 mil da campanha de 1998 que acabou sendo quitada por meio de um cheque de Marcos Valério.

7 – “Enfim, aliados a todos os depoimentos, declarações e documentos que, por si sós, foram capazes de demonstrar o caminho de mentiras em que se enveredou o acusado Eduardo Azeredo, encontram-se as declarações de Clésio Andrade, que afirmou que todas as decisões da campanha eram tomadas por Eduardo Azeredo, Walfrido dos Mares Guia, Cláudio Mourão, Álvaro Azeredo e João Heraldo, as quais, associadas às declarações e depoimentos das testemunhas Nilton Monteiro, Vera Lúcia Mourão e Carlos Henrique Martins Teixeira, são uníssonas em afirmar que o acusado tinha conhecimento de toda trama envolvida em sua campanha eleitoral, tornando-se essa, portanto, a única versão possível e plausível para os fatos dos autos.”, segue a juíza na sentença.

Diante dessa enxurrada de acusações da magistrada para embasar sua decisão de mandar o tucano para a cadeia por mais de duas décadas (sentença que supõe crimes ainda mais graves que os atribuídos, por exemplo, a José Dirceu, do PT, cuja pena, no julgamento do mensalão, não foi metade disso), qual foi a reação do PSDB?

Em nota oficial, o partido diz que “Conhece a trajetória política e a correção que sempre orientou a vida do ex-senador e ex-governador” e, assim, deu a ele todo seu apoio, dizendo-o “inocente”.

A posição do PSDB em nada difere da posição do PT em relação, por exemplo, a José Dirceu. Os dois partidos apoiaram seus expoentes após serem condenados pela Justiça. Qual a diferença, então, que autoriza o PSDB a acusar o PT de defender os seus expoentes condenados pela Justiça?

O argumento dos tucanos para justificar tal postura é de revolver o estômago: Azeredo “só” teve “um” julgamento, na primeira instância.

É mesmo, é? E quantos julgamentos, diabos, teve Dirceu? Dez? Vinte? Dirceu também só teve um julgamento, no STF. E o que é pior, a lei foi violada ao não lhe conceder o benefício dado a Azeredo de não ter sofrido com um rito sumário (extremamente rápido) no STF.

Explico: Dirceu não tinha “direito” a “foro privilegiado” (ser julgado pelo STF) quando foi submetido a julgamento simplesmente porque não tinha mandato popular no momento da aceitação de seu julgamento. E Azeredo tinha.

Azeredo não poderia ter sido julgado em primeira instância porque era parlamentar. Então, em uma manobra imoral, em fevereiro do ano passado renunciou ao mandato de deputado federal para não enfrentar o julgamento no STF, já que é irrecorrível e, assim, diminui as chances do acusado.

Só faltaria, pois, alguém vir dizer que é melhor ser julgado pelo Supremo; se assim fosse, Azeredo não teria promovido essa atitude covarde que, aliás, não foi tomada por Dirceu, que se recusou a renunciar ao mandato de deputado federal quando foi denunciado pelo mensalão.

Os tucanos se julgam muito espertos e, assim, acreditam que enganam a sociedade ao terem a cara-de-pau de acusar o PT por ficar ao lado de seus expoentes condenados enquanto faz o mesmo com os seus expoentes igualmente condenados.

É por isso que o PSDB perdeu as quatro últimas eleições presidenciais e perderá a próxima, mesmo que, dessa vez, não seja para o PT, porque o Brasil sabe o quão hipócritas e mentirosos são os tucanos. E eles apenas acabam de dar mais uma prova disso.

90 comments

  • Edu, eles estão esperando o Gilmar dar um HC. E quando for para o pleno, o mesmo Gilmar vai pedir vistas e sentar em cima. Aí vão na maior cara-de-pau dizer que o tucanão não é um condenado pelo STF.
    Falando nisso, só considerarei o Brasil um país “normalmente democrático” quando essa excrecência que habita o Supremo for defenestrado junto com o Cunha. Viu as agressões dele aos colegas? Como pode? Cadê o CNJ?

  • Eles não são hipócritas eles são imorais (o hipócrita pode ter guardada, internamente, um pouquinho de moral).
    A resposta deles a seu artigo, será que as vendas deste Natal cairão, que tem chovido, e se insistir: “nao tem comparação”. E o PIG dirá: e daí?

  • Olha, Eduardo, estou totalmente DESCRENTE desses “juízes”.

    Até agora, eu achava que o Azeredo era corrupto, pois estava solto. Agora que foi condenado por nossa “justiça”, já não tenho tanta certeza. Afinal, Vaccari está preso, Carlinhos Cachoeira está solto. Dilma está ameaçada de impeachment, e Eduardo Cunha está solto E PRESIDINDO A CÂMARA, usando o cargo para forçar o impeachment. O “banqueiro” Daniel Dantas está solto e Pizzolato está preso. Aécio Neves construiu um AEROPORTO particular com verba pública (!!) e está solto e, ainda por cima, ameaçando Dilma.

    Os Perrella e o helicóptero de meia tonelada de pó não deram em nada.

    Estão soltos Naji Nahas, Geraldo Alckmin (o procurador “esqueceu” o processo do propinoduto na gaveta errada) e, é sempre bom lembrar, estão soltos FHC, Serra, Armínio Fraga e outros cúmplices da privataria tucana. O livro de mesmo nome contém DOCUMENTOS QUE PROVAM que o Brasil foi roubado. Repito, o livro tem os DOCUMENTOS. Mas nossos nobilíssimos “juízes” fingem que não sabem do livro.

    Rosa Weber teve a cara de pau de declarar que não tinha provas contra Dirceu. Mas tudo bem, sendo do PT não precisava de provas, podia condená-lo só com base em notícias da Veja.

    Então, como é que vamos reclamar de o playboy do Leblon estar defendendo Azeredo? Se esses “juízes” condenaram, sou obrigado pela ética a ficar em dúvida.

    • Roberto, seu texto está muito bom.
      Além da ironia fina você relaciona fatos e dados de outros igualmente apanhados no crime e que não receberam a mesma tratativa dessa justiça seletiva e parcial.
      O Brasil é uma fábrica de hipocrisias.
      Aliás, estudando um pouco sobre nossa história, vamos encontrar essa hipocrisia nacional genuína desde a chegada de Dom João VI em 1808 – quando fugiu de Napoleão e para nossas terras trouxe de uma só vez 15 mil pessoas classificadas com a marca de “família imperial”, ou “corte imperial”, para que todos tivessem o “direito” de tratamento especial em terras brasileiras, para tanto apartando-os dos demais como ‘puros de origem’, numa criação de um status diferenciado que lhes permitiram, de imediato, tomar toda a área urbana do Rio de Janeiro para acomodá-los na nova ‘capital do Reino de Portugal, Brasil e Algarves’.

      Assim, além da terra da hipocrisia, temos a terra da desfaçatez, do mau-caratismo, do oportunismo da conveniência política (ao sabor do momento), tudo isso que veio a construir esse comportamento leviano dessa elite da Casa Grande, dos dominantes do poder público e do poder econômico, que juntos se acham os donos do país, e como tal, àqueles que não são dos seus, sobram as sobras, o porrete, desde os que torturavam escravos, e depois os da polícia, que representa sempre a vontade e o interesse daqueles da elite dominante para aplacar qualquer movimentação do povo em geral, e dos trabalhadores no particular, que porventura se assanhem em buscar diminuir a desigualdade econômica e social, o que está longe, muito longe ainda, de equilibrar as mesmas oportunidades a todos os brasileiros. Não por acaso, a maior raiva, o maior ódio de classe da elite dominante contra os governos Lula e Dilma é a ação desses governos no sentido de ofertar mais oportunidades aos desvalidos (e por isso, pobre não pode andar de avião, não pode ocupar as mesmas universidades, não pode estar nos espaços dos ricos e milionários, a não ser para limpar as latrinas e cuidar das tarefas próprias aos da servidão).
      Triste país o produzido pela lógica das oposições, notadamente dos tucanos – hoje – assim como dos ‘udenistas’ em geral de sempre.

      • É bem por aí, Sérgio. Basta lembrar a frase da Danuza Leão: “que graça tem ir a Paris se você pode encontrar o porteiro do seu prédio lá?”.

        Prova de que o poder judiciário (inclusive o stf) está pouco se importando com o povo é a decisão daquela corte de entrar em férias sem apreciar as graves denúncias de Janot contra Cunha. Temos um bandido no comando do Poder Legislativo, e nossos exaustos juízes vão pra Disney.

    • Roberto, concordo com tudo que disse e não consigo entender porque a Dilma mantém o Zé da Justiça no ministério. O que a PF está fazendo com o Lula, só para humilhá-lo é desumano e tudo acontece com a conivência do Zé da Justiça e também da Dilma porque ela não toma nenhuma atitude.

  • Prezado Eduardo:
    “Os tucanos se julgam muito espertos e, assim, acreditam que enganam a sociedade ao terem a cara-de-pau de acusar o PT por ficar ao lado de seus expoentes condenados enquanto faz o mesmo com os seus expoentes igualmente condenados.”

    É isso mesmo. O que caracterizava os tucanos eram duas palavras. A primeira é entreguismo. A segunda é hipocrisia e agora foi acrescentada a terceira – Golpismo.

  • Prezado Eduardo,

    Gostaria que você juntamente com os blogs “sujos” fizessem uma entrevista com o Sr. Nilton Monteiro que era dono do Novo Jornal, que foi fechado pela Injustiça de MG.Ele é um arquivo vivo. Sabe de todas as mutretas que aconteceram em minas na época do Azeredo e Aécio.

  • Ok e agora o que vamos fazer? Tem bandido do nosso lado e também do lado deles é aí? Tá 0 X 0!! PT e PSDB são iguais na prática de malfeitos! Portanto não tem saída e devemos nos conformar é isso? Pela lógica ao defendermos nossos petistas também não podemos criticar ou condenar os tucanos? Então não resta outra conclusão “somos farinha do mesmo saco”. Então porque não nos juntamos pra governar o país? Eles na política econômica e nos nas políticas sociais… Viva o Brasil

    • Tudo bobagem. Só estou dizendo que não tem partido com moral para apontar o dedo para ninguém porque sempre haverá gente que comete corrupção em qualquer administração. A diferença do PT é que não bloqueou investigações como o PSDB fazia

        • Danilo,
          O PT e os petistas não chamam o senhor José Dirceu de herói porque cometeu atos que consideramos pouco dignos de um homem público, mas porque lutou bravamente por um País livre e democrático, para que pessoas como você, os fascistas e os extremistas se expressem livremente, mesmo que não concordemos com você e com eles. O senhor Dirceu, como todo homem ou mulher corajosos não devem ser esquecidos ou vilipendiados porque cometeram erros, mas julgados na ação presente e de acordo com o crime que cometeram. Se formos desprezar os homens apenas porque cometem erros, e sendo você um homem tão preocupado em condená-los, enforque-se, pois você, eu, todos nós somos nascidos de uma história nada louvável que é a história humana. O senhor Dirceu tem passado brilhante! A comparação que você quer fazer com o senho petista e o senhor Eduardo Azeredo não é justa para o petista. Que contribuição o senhor Azeredo deu para o Brasil? Conte-nos sua história e sua notável coragem de homem preocupado com a extinção da miséria e o desenvolvimento do País! Essas sempre foram e certamente continuam a ser preocupações do senhor José Dirceu. A revista Veja hoje fez um artiguelho justificando a razão pela qual não dar a mesma importância as falcatruas do PSDB, e neste momento, em especial, a corrupção do senhor Eduardo, dizendo: uma coisa é uma coisa… sugerindo que os roubos dos Psdebistas são menores do que os dos petistas. Ou seja, para a revista a corrupção do PSDB é legítima, mas a do PT é condenável. A desonestidade e a imbecilidade da revista é para vocês admirável! Corrupção é corrupção. Ninguém é menos corrupto porque aceitou menos recursos, porque conhece menos corruptores ou porque se corrompeu poucas vezes. Se a questão for apenas quantitativa, então o senhor Aécio Neves é o mais imoral de todos os políticos que o Brasil já teve e tem. Ninguém tem mais amigo bandido do que ele — José Maria Marin, preso nos Estados Unidos; Ricardo Teixeira, foragido, procurado pelo FBI; os Perrellas, pai e filho donos do helicóptero do pó, André Esteves, preso na lava jato, pagou lua de mel do senador, etc. Esses últimos, não são amigos de fotos, mas de convivência familiar. O sórdido folhetim nunca lhe fez uma única crítica! Vocês filhos da mídia são ignorantes e mal-intencionados?! O PT rouba e o PSDB desvia recursos?! Pobre do País em que sua imprensa e sua oposição são todos Catilinas!
          Maria Antônia

          • Lutou bravamente onde? Quando? E mesmo que tivesse ocorrido, isso não lhe daria salvo-conduto para delinqüir, como no mensalão e no petrolão.
            O Zé Dirceu é agente secreto de Cuba (ele diz que “foi”, mas impossível ter deixado de sê-lo), chora cada vez que é exibida a bandeira cubana, dedicou parte de sua vida a um dos regimes mais criminosos do Ocidente.
            Se foi valente em Cuba, no Brasil foi um covarde, que viveu clandestinamente sob identidade falsa, e com as feições modificadas por cirurgia plástica, nunca participou de nenhuma das atividades que vitimaram os companheiros.

          • Danilo Sanchez,
            A sua opinião sobre o senhor José Dirceu tem valor zero para mim. Conheço sua história. Rebata-me, argumente falando da história do senhor Azeredo, da revista Veja e do senador Aécio. Convença-me de que são homens probos e de que estão preocupados com o desenvolvimento do Brasil para os mais pobres. Que o folhetim está cheio de homens que pensam o País e que lutam e sempre lutaram pelo seu desenvolvimento e independência. Argumentar nunca foi e jamais será apenas opinietar! As baratas da minha casa fariam melhor! Elas opinariam!
            Maria Antônia

          • Esqueceu o pior amigo do Aécio de todos, Maria Antônia, do ponto de vista moral e de desumanidade, ainda solto, quem sabe um dia será processado e preso, o deputado mineiro (e médico) do PSDB Carlos Mosconi da central clandestina de órgãos ligada a Santa Casa de Poços de Caldas, onde seus amigos médicos, alguns já na cadeia, retiravam órgãos de gente ainda viva – em geral de pessoas pobres. Erraram a mão e tiraram órgãos de um menino de 10 anos de classe média cujo pai era esclarecido e denunciou a máfia (teve que sair do país). A história é tão escabrosa que envolve o assassinato do diretor da Santa Casa. Esse, para mim, é o pior dos amigos do Aécio. Um dia a história desvendará toda a máfia mineira.

    • Ramon, me desculpe mas para de falar besteira!
      O PSDB é muito pior que o PT, procure na NET o nº de políticos que foram cassados, o PT 10º lugar o DEM é 1º, o PMDB é 2º e o PSDB é o 3º e o PT em 10º lugar. Olhe a reportagem da Carta Maior de 20/12/14 quando a Dilma falou na cara deste hipócrita que ele desviou R$ 7,6 bilhões da saúde de MG e o site do TCE de MG foi retirado do ar na mesma noite. Mesmo com toda a mídia contra conseguem alguma coisa contra o Lula ou a Dilma. Acorda1

  • Eduardo, haveria a possibilidade de ganho, se fizéssemos um processo pedindo o impedimento do sinistro gilmar dantas?
    Não é possível suportar essa figura asquerosa, criminosa, desonesta, corrupta e o pior , tem quem o apoie no meio jurídico.

  • Eduardo,alguns falam que os petistas são fanáticos. Como se isto fosse um crime. Acho que é motivo de orgulho.Alguns preferem ser imbecis. É o caso do cantor e deputado federal Sérgio Reis(PRB-SP): na IISTO É:

    ISTOÉ – Aos 75 anos, qual é a avaliação que o sr. faz do seu primeiro ano de mandato como deputado federal?
    Reis – Na minha idade não me surpreendo com mais nada. Mas já passei pela época da ditadura militar, já vi o impeachment do Collor mas, desde que me conheço por gente, nunca vi o país em situação pior do que a de hoje. E agora vejo isso de dentro do poder, como “infiltrado” aqui. Mas agora querem dizer que (o impeachment) é golpe. Golpe foi o que fizeram com o país.

    ISTOÉ – Qual é o maior defeito na Câmara dos Deputados?
    Reis – Aqui se fala demais e se age pouco. E tem também o fanatismo político. O petista é xiita. Não todos, mas muitos.

  • Eduardo, o Gilmau Mentes junto com o bandido e achacador CÚnha e os patifes DEMOtucanos estão tramando um golpe para driblar a decisão do STF sobre o impeachment. Isso precisa ser denunciado veementemente, sob pena dessa quadrilha dar um golpe mesmo após a vitória no STF. Temos que ficar atentos….

  • Agora nós temos o Azeredo para nos justificar! Agora os que acusam o PT tem que silenciar, já que eles cometeram o mesmo crime (o mesmo crime!?!?!?)Parece que foi a muitos séculos atrás que um partido recém criado cunhou (epa!) frases que marcaram época: “somos um partido diferente”, “o PT não rouba nem deixa roubar” “somos um partido ético” e o nosso “maior presidente” dizia que quando chegasse à presidência “mudaria tudo que aí está”. Foi profético.!

    • E mudou mesmo, cavalgadura. Ou você acha que estão tentando tirar a Presidenta do PT por algum ato de corrupção que ela tenha praticado?

      Estão querendo tirar Dilma, por causa do que ela disse:

      “Faremos um combate sem tréguas à corrupção. Nosso país não pode manter a impunidade daqueles que cometem atos de corrupção. Não vou deixar pedra sobre pedra. Eu vou fazer questão que a sociedade brasileira saiba de tudo”.

      Na verdade, é ela ou eles.

    • Mauricio,
      Agora nós temos o Azeredo?! Sempre o tivemos, juntamento com a trupe, o FHC, o Aécio, o Geraldo Alckmin, o José Serra, o Aloiso Nunes, o Cassio Cunha Lima, Carlos Sampaio etc. Há! Mas nenhum deles foi condenado?! Me diga por quê!
      Maria Antônia

  • A Doação do CETEC MG para FIEMG, avaliado em R$ 1.3 bilhões é que justifica a manutenção do contrato do Eduardo Azeredo na FIEMG. A contratação do o ex- presidente do PSDB e ex-governador de Minas Gerais é parte da negociata envolvendo a doação desse patrimônio do Estado para a FIEMG. Mais um crime do PSDB que foi perpetrado impunemente pelos tucanos.

  • A parte mais importante desse julgamento é que a MM Juíza Marisa Pinheiro Costa Laje, da 9a. Vara Criminal da Comarca de Belo Horizonte exarou na sentença que, se o “mensalão” mineiro tivesse sido julgado logo que foi feita a denúncia, o “mensalão” do PT não teria acontecido. Analogamente, se o juiz federal Sérgio Moro, que tinha Alberto Youssef à sua disposição, como delator premiado, não tivesse arquivado o processo do BANESTADO, as ocorrências compreendidas pela “Operação Lava-Jato” não teriam sido estimuladas, pois seu personagem central foi esse mesmo famigerado doleiro e criminoso. Em suma, o aparelhamento da Justiça e do Ministério Público pelo sistema PSDB-DEM-Gilmar Mendes-Geraldo Brindeiro são os criadores e incentivadores de toda essa bandalheira que eles, agora, querem dizer que tem o DNA do PT. Quem duvidar que faça os exames de laboratório para confirmar a gênese. “Toma que o filho é teu, meu senhor”. Não é do PT, não.

  • Caro Edú,
    Tudo isso, não é novidade para os que são sérios.
    Agora, impressionante é a demora de 17 anos para essa decisão, que ainda sujeita a recursos, pode deixá-lo fora das grades, até a morte…
    grande abraço
    Ricardo Grillo

  • Exatamente, Eduardo. O PSDB não ganha nunca mais! O Aécio teve coragem de se condidatar a presidente e nem falar o que fez como governador de Minas. O que ele fez de bom em Minas?

    Defender o Azeredo é muita cara de pau mesmo.

  • Mas, vejam quanta diferença, entre um julgamento e outro: Enquanto a AP-470, foi um “circo”transmitido por toda a grande mídia, como um julgamento exemplar, quando na verdade, foi um julgamento de excessão, a punição do Azeredo, demorou mais de 10 anos, para sair, e vão dar a ele, mais uns 10 outros anos, para as apelações, e com ele em liberdade. Saibam que ele está numa ilha exótica do Caribe, aonde vai curtir o Natal e o Reveillon, enquanto os petistas não terão direito sequer a ficar com seus familiares em seus domicílios, nestas datas.

  • Datafolha divulgado agora pouco mostra recuperação contínua da popularidade de Dilma

    índice dos que consideram o governo ruim e péssimo caiu de 71% em agosto (auge da reprovação) para 65% agora. É ainda bastante impopular, mas as coisas estão melhorando.

    Cairam também o % de pessoas que acham que Dilma deve renunciar ou sofrer impeachment.

    • Que pena! Acho que desde 2008 tenho lido sobre a indicação de Lula para o Nobel da Paz e esse prêmio nunca vem. Agora está explicado o porquê do Lula não ter ganho esse prêmio ainda. E pensar que Obama, o senhor da guerra na Síria, levou o prêmio em 2009. Que contraste!

  • Esse natal será de muita tristeza para as famílias do Vaccari e Zé Dirceu. Quisera enviar aos dois um cartão de Natal para que saibam que não estão só. Enquanto O Azeredo e família vão para o Caribe onde vai curtir o Natal e Ano Novo, outras duas famílias terão ausentes encarcerados pela nossa justicinha, que é a conivência do mais forte. Nunca esqueçamos que a liberdade do qual, hoje, desfrutamos não foi de mão beijada, MAS CUSTOU E AINDA CUSTA O SANGUE, A CARNE E A SAUDADE DE MUITA GENTE.

    • Eu também acho, Maria Libia, que a família de Dirceu e Vaccari devem passar as festas de fim de ano com muita tristeza. Enquanto isso André Esteves, Cerveró e Youssef passarão as festas de fim e ano com suas famílias. Mas de uma coisa eu tenho certeza: se algo acontecer com Dirceu e Vaccari, que devem estar passando horrores na Guantánamo de juiz moro, eles ficarão na História como os nossos mártires, as pessoas mais injustiçadas dessa nossa justiça injusta. Não posso esquecer também de Pizzolato.

  • De presente para o papai noel, Alvaro Dias pediu uma ficha de inscrição no PV.
    Sem ter que usar tornozeleira eletrônica.
    Estranho?
    Na capitania do Paraná acontece cada bizarrice política que qualquer um duvida.

    • Coisas escabrosas acontecem aqui sim. Mas nós paranaenses sabemos muito bem as (más)intenções do Álvaro. O Fachin está por causa dele. Acho que já comentei como o Fachin e outros “figurões” do Direito são vistos aqui no Paraná, já começando na faculdade de Direito né?

  • Os chefões do crime organizado ( narcotráfico, contrabando de armas e roubo de cargas) estão nas colunas sociais! São prestigiados!
    Os operário mais desqualificados do esquema, os pretos e pobres, estão amargando nos presíiidos brasileiros que são verdadeiras masmorras
    Este país está longe, muito longe de ser uma democracia!
    E ainda tem gente que quer interromper esse percurso.

  • Lembram que colocaram o julgamento da AP 470 durante a campanha eleitoral de 2012, com grande alarde do PIG, destilando ódio sobre os investigados, chamando-os, antecipadamente, de quadrilheiros? Afirmando que havia manobras para não haver o julgamento da tal Ação logo, com o intuito de retardar a fim de prescrever? E milhões de brasileiras(os) reproduzindo o discurso, que o Brasil não ia aceitar nenhuma manobra, que o julgamento tinha que ser logo etc etc. E o STF (sim, o STF) fez o jogo, transformou a campanha eleitoral num circo etc.
    Houve a condenação, Joaquim Barbosa mandou um avião da FAB sair perambulando pelos céus dos Estados brasileiros recolhendo presos por policiais acompanhados por repórteres da Globo, ou com eles previamente avisados dia, hora e local onde a palhaçada aconteceria e mostrar ao vivo, como se fora cenas de novela. E, como Edu bem frisou, os réus foram condenados a penas que não chegam nem à metade da imposta a Azeredo. Não respeitaram nem o estado de saúde de Genuíno, que os médicos que o assistiam, disseram à época, que ele corria até risco de morte. JB nomeou uma Junta Médica de sua confiança, e (que horror!) os médicos disseram que ele gozava de boa saúde para ficar numa cadeia em regime fechado. Uma pessoa que precisava de alimentação toda especial etc.
    Pois bem, vemos agora o MENSALÃO DO PSDB, depois de todas as procrastinações, chegar ao fim e a magistrada prolatar uma sentença que, pela extensão, infere-se que foi muito bem fundamentada. E o que aconteceu com o super réu de 20 anos e 10 meses de prisão? Foi condenado a ir para um paraíso no Caribe. Quem sabe seja até algum paraíso não apenas bucólico, mas, também, fiscal!!! É muita ironia!! É muita desfaçatez! É a prova de que não somos, ainda, um país democrático, no sentido de que as instituições tratem a todos com isonomia. Só não me desanimo, porque tenho idade para ter vivido a ditadura e sei que ainda que passos de cágado, estamos avançando. Mas ver pessoas presas antes de sequer terem a mínima chance de se defenderem (podem ser tudo que os indícios apontam, mas é preciso que o devido processo legal seja observado!) e ver o chefe de um esquema, agora já se pode dizer um delinquente, cujo Processo está há quase duas décadas perambulando pelas diversas instâncias, devido a manobras orquestradas, do STF (depois de o Processo já está instaurado o acusado renuncia, e o mesmo STF que julgou até funcionária de banco em Foro Privilegiado) para a 1ª Instância e agora, na maior cara de pau, virem dizer que foi condenado apenas na 1ª Inst. mas que vai provar a inocência adiante, é cruel.
    A cunhada de Vaccari, foi presa porque supuseram que ela havia PRATICADO O CRIME DE DEPOSITAR 2.000,00 reais na conta da irmã (vocês aí, tenham cuidado se algum irmão ou irmã precisar depositar qualquer valor em suas contas!!!) e, pior ainda, não foi ela quem depositou foi a própria irmã, dona da conta!!! E o sujeito que, segundo sempre a sentença da Juíza, praticou uma miríade de crimes, após a condenação vai para um paraíso do Caribe, é agredir de mais a inteligência.
    Quero crer que entre essas pessoas de visão… conservadora ideologicamente, haja quem, nem por isso, deixe de ter um comportamento intelectual honesto, que não compactue com tratamento tão discrepante para situações idênticas. Idênticas?
    Sempre que posto algo sobre esse tema, gosto de afirmar que minha indignação não é porque as instituições estão apurando e julgando os acusados (ainda que eu possa discordar de alguns julgamentos). Minha indignação é contra apurar e julgar apenas contra um lado. Penso assim: ou se apura tudo de todos, ou é farsa.
    O país não fica melhor porque as instituições apuram com rigor quando o Processo é contra pessoas ou partidos que os membros dessas instituições não gostam ou divergem ideologicamente. Pelo contrário, se caracteriza como incivilizado, como se vivêssemos em épocas pregressas em que uns “eram” mais cidadãs(os) do que outros. Isso que está acontecendo, vocês que defendem posições ideológicas ou de condução da economia divergentes, me perdoem, mas isso é uma vergonha, uma ignomínia!!!

    • Concordo, ignomínia e farsa. Agora com Delcídio já se fala mais abertamente da corrupção da Petrobrás que vem lá de trás, mas o limite imposto pela Lava a Jato para apurar de 2003 para cá foi um escárnio também. Espero que os passos de tartaruga a que vamos conquistando a democracia não sejam estancados, porque ainda falta muito caminho para uma justiça equânime e um estado de direito pleno. Vejam a eugenia que se pratica no pais. Temos dentro da democracia uns feudos autoritários como os do Alckmin, do Richa no Paraná e do Perillo em Goiás – onde a PM também desce o sarrafo em estudante menor de idade de escola ocupada. Por isso a gente não pode desistir, tem chão ainda.

  • :

    : * * * * 04:13 * * * * Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando:

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *

    Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • Partido protegido pela midia, blindado pelos malditos juízes, Admistra só para eles, odeiam pobres, estudantes, professores, e são caras de pau, só os coxinhas gostam deles, eos paulistas e paulistanos.

    • Julio,
      Não precisamos esperar coisa nenhuma! Os políticos do PSDB são todos santos! Não entendo nem conseguirei entender como é que homens tão corretos e justos se misturam a essa ralé política de quinta! Se estão do lado do Educunha é apenas para santificá-lo! Afinal, todos os homens corruptos devem ter uma oportunidade de se redimirem e reencontrarem o caminho do bem, e ninguém tem mais poder moral do que os políticos do PSDB!!! Todos os outros políticos de todos os outros partidos são seres inferiores e por isso passiveis de erros e crimes, mas os políticos celestiais, esses não, esses são o que de mais puro e angelical existe na Terra e nos Céus!!!
      Maria Antônia

  • Caro Eduardo. Peço licença para perguntar de outro assunto. O que você achou da nomeação de Nelson Barbosa? O que podemos esperar para 2016? Estou esperançoso. Um abraço!

    • Não acho que vai mudar muito, Anderson. A troca é sópara acalmar a esquerda. Tem que fazer o ajuste fiscal. Levy estava muito desgastado. Foi uma boa medida. Desanuvia a política e hoje desanuviar a política é criar condições melhores para a economia

    • Caro colega, não tem muita diferença, não!

      Abutre e tucano são aves de rapina…

      E antes que alguém venha com definições de dicionários e outros, é só lembrar que o pássaro tucano ataca os ninhos de outras espécies para lhes roubar os filhotes, e os come, tal como águias, falcões e corujas. Até o pio dos mesmos é feio. De bonito só as penas…

      Quanto aos políticos tucanos, igualmente não adianta vir com definições de honestidade e correção dos mesmos, porque essas a gente só vê na proba imprensa gloriosa, assim como a omissão de seus malfeitos….e elogio comprado não tem valor!

      • Uma característica destaca o tucano de todos os demais pássaros. Não é a sua capacidade de voar, pois ele é bastante vagaroso e praticamente não voa mas pula de galho em galho. Não é seu canto, pois ele grita mais do que canta. Também não é seu tamanho, pois ele é relativamente pequeno. Nada disso. O que destaca o tucano é uma característica que se um de nós a possuísse também não gostaria muito: O tucano tem um bico tão grande que às vezes chega a tropeçar nele! Se alimenta de verduras, larvas e pequenos répteis mas já foi visto comendo outras aves! Voam menos que pulam. Aos saltos, o bando passa de um galho para outro e assim percorre a mata fazendo grande algazarra. É considerada uma espécie em extinção… Segundo alguns estudiosos, esta ave é um animal ante-diluviano que surgiu por essas bandas. Também conhecido como tucanossaurus-privatizantis-corruptus, tido, repito, como em extinção. Bico comprido e pesado, corpo pesado e pequeno, vesgo, míope, vôo curto, cérebro diminuto. Em termos aerodinâmicos, um desastre. Destemperado, mas segundo os cientistas, se acalma ao ouvir tilintar de moedas. Por ter intestinos pequenos, evacua o tempo todo.

  • Ah Eduardo…. Essa injustiça…..
    Politico renunciar pra escapar? Que novidade!

    É bandido imundo tal qual Dirceu. Os crimes sao os mesmos- grana para pagar parlamentares.

    Que apodreçam e morram na cadeia.

    Psdb e pt sao sim parecidos. Esquerdopatas variados.

  • Cara-de-pau essa turma do PSDB, querem fazer de bobo o povo mineiro: Azeredo meteu a mão no nosso patrimônio, privatizou o BEMGE, quase entregava a CEMIG nas privatizações e ainda vem esses descarado playboy e mau caráter do Leblon dizer essa asneiras. Azeredo usou recurso público mesmo e a ordem cronológica do seu processo foi em 98 e julgado por último, veja como é a nossa Justiça que passa no teste de oftalmologia. O mentirão do PT foi em 2005 e enxergado para julgamento primeiro do que o do PSDB… o do PT não foi recurso público, pelo que a revista RETRATO DO BRASIL mostra os 75 (setenta e cinco) milhões foi dinheiro da VISANET uma bandeira internacional de cartão de crédito, inclusive, a GLOBO recebeu 5 (cinco) milhões e os atletas olímpicos, também.
    O Caso de Dirceu merecia recorrer para a Corte Interamericana de Direitos Humanos por ter sido julgados de forma incompatível com o previsível a quem não tem foro privilegiado, ou seja, com direito ao segundo grau de jurisdição.

    Azeredo foi beneficiado com a desonesta manobra de renúncia do mandato, com o apoio da docinho de coco mídia em não denunciar 10 minutos no implacável JN, mas se fosse alguém do PT…

  • Edu o que nós, sociedade, podemos fazer para que esse juiz cumpra a Constituição,já que a Justiça, Governo, PT e a esquerda não fazem??? Isso não pode continuar,isso não é Democracia.

    Até quando Gilmar vai abusar da nossa paciência? Por Paulo Nogueira

    Email

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/wp-content/themes/worldwide-v1-01/images/icon_facebook_compartilhar.png

    inShare3

    Postado em 19 dez 2015

    por : Paulo Nogueira

    Ele

    Ele

    Até quando nossa paciência vai aguentar o ministro Gilmar Mendes?

    A grande sentença de Cícero contra o conspirador Catilina lembrada esta semana na operação da PF que enfim deu um tranco em Eduardo Cunha se aplica a Gilmar.

    Até quando vamos aturá-lo?

    O Brasil está se reconstruindo. Haverá lugar para um juiz que toma decisões políticas, sem nenhum pudor, e não técnicas? Para um juiz que vai de microfone a microfone na mídia amiga para fazer pronunciamentos políticos?

    Há tempos Gilmar age de maneira incompatível com a dignidade de um juiz, mas esta semana ele escalou degraus.

    Na sessão do STF que definiu o procedimento do impeachment, seu voto foi uma torrente de insultos ao governo.

    Ninguém mais fez isso. Mesmo os que voltaram com ele se detiveram em sua interpretação da Constituição.

    Não bastasse isso, num protesto patético num homem de sua idade, saiu no meio dos debates sob a alegação de que teria que viajar.

    Ora, ora, ora.

    Que viagem seria tão importante assim para ele abandonar o plenário num momento de tamanha relevância para o país?

    O mais provável é que ele tivesse ficado revoltado ao ver que o voto de Fachin, que ele endossou, fora surpreendentemente atropelado depois da divergência de Barroso, este sim um exemplo de compostura.

    Não foi tudo.

    No dia seguinte, numa entrevista à Jovem Pan, Gilmar desqualificou seus pares ao dizer que o STF foi cooptado pelo governo. Ele usou, mais uma vez, a palavra bolivarianismo, que para ele simboliza uma Justiça que se pauta pela política.

    De novo: ora, ora, ora.

    Que juiz é mais bolivariano que Gilmar? Ele faz do STF uma tribuna política desde sempre.

    Quem o indicou foi FHC, que promoveu um aparelhamento terrível da Justiça. Num perfil louvatório escrito para uma revista da Folha anos atrás, Eliane Cantanhede citou as ligações de Gilmar com o PSDB.

    Repare. Eu escrevi citou, e não acusou. Também ela pertencente ao Planeta Tucano, Eliane não se deu conta da gravidade do que escrevera num texto em que as adulações não se limitaram a Gilmar e se estenderam para sua mulher.

    A semana da infâmia de Gilmar se completou com uma entrevista dada à jornalista Mariana Godoy. Ele chamou Dilma de poste, sem nenhuma hesitação. Mariana ficou desconcertada.

    Tudo isso posto, até quando vamos ter que aturá-lo?

    Há uma evidente quebra de decoro no comportamento de Gilmar. Juízes não podem agir assim. Tente encontrar em sociedades avançadas um juiz como ele. Impossível.

    Num Brasil melhor, não cabem Gilmares. Não estou dizendo que um juiz não possa ser conservador como ele. Pode. É do jogo. Mas é inaceitável que aja como um torcedor de futebol, como um bolivariano exaltado e tolo.

    Quebra de decoro num juiz do STF pode resultar em processo e afastamento, diz a Constituição. É uma decisão que caberia, na etapa final, ao Senado.

    Está escrito. É crime de responsabilidade, num juiz, “proceder de modo incompatível com a honra, a dignidade e decoro de suas funções”.

    Alguém tem definição melhor para o que Gilmar vem fazendo?

    (Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui).

    Paulo Nogueira

    Sobre o Autor

    O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

  • Aécio emprestou o helicóptero de Minas para Gilmar Mendes. Por Kiko Nogueira

    Email

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/wp-content/themes/worldwide-v1-01/images/icon_facebook_compartilhar.png

    inShare

    Postado em 20 dez 2015

    por : Kiko Nogueira

    Eles

    Eles

    O probo e irreprochável Gilmar Mendes usou o helicóptero do estado de Minas Gerais.

    O ano era 2009, o vôo foi em Belo Horizonte, o governador era Aécio Neves e o fato está registrado na planilha com os vôos realizados durante os 7 anos e três meses da administração aecista, entre 2003 e 2010.

    As quatro aeronaves — um Citation e um Learjet, um helicóptero Dauphin e um turboélice King Air — eram do estado, mas Aécio se apropriou delas como se fossem sua companhia de aviação.

    Foram 1430 viagens ao todo, 110 com pouso ou decolagem do famoso aeroporto de Cláudio, construído nas terras do tio Múcio Toletino, que ficou com a chave.

    Em pelo menos 198 vezes ele não estava a bordo. Um decreto de 2005 estabelece que esse equipamento destina-se “ao transporte do governador, vice-governador, secretários de Estado, ao presidente da Assembleia Legislativa e outras autoridades públicas” e “para desempenho de atividades próprias dos serviços públicos”.

    De acordo com o documento obtido pelo DCM, obtido pela Lei de Acesso à Informação, Gilmar, então presidente do STF, pegou sozinho o Dauphin no dia 23 de junho. Naquele dia, de acordo com seu site oficial, ele recebeu uma medalha: “Do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, concessão da Medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho Desembargador Ari Rocha, no de grau Grã-Cruz. Belo Horizonte/MG”.

    A página de GM sobre suas premiação fala o seguinte: “Gilmar Mendes possui diversas menções honrosas recebidas, em especial pelos serviços prestados à cultura jurídica, como defensor das garantias do Estado Democrático de Direito e da altivez do Poder Judiciário Brasileiro, e pelo reconhecimento em homenagem aos relevantes serviços prestados à Justiça Brasileira.”

    Como em Casablanca, foi o início de uma bela amizade que rendeu frutos, por exemplo, ao longo de todo este ano de 2015.

    (Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui).

    http://0.gravatar.com/avatar/274cec044eb4b6cf49885b4c5201e0ff?s=90&d=http%3A%2F%2F0.gravatar.com%2Favatar%2Fad516503a11cd5ca435acc9bb6523536%3Fs%3D90&r=G

    Sobre o Autor

    Diretor-adjunto do Diário do Centro do Mundo. Jornalista e músico. Foi fundador e diretor de redação da Revista Alfa; editor da Veja São Paulo; diretor de redação da Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas.

  • ♫ A redação, o vocabulário, os pseudônimos e até os erros de ortografia propositais do blog do Pinduca de Barbicha indicam quanto o blog murchou; tá na cara que são escritos pelo mesmo rola-bosta remunerado.
    De vez em quando eu entro lá para conferir e tá tudo igual; a mesma monotonia, as mesmas ironias furadas. Há até comentários contrários ao texto, que dançam o mesmo minueto – ou quadrilha.
    Houve um tempo que eu animava aquele blog; aí cansei de dar farelo aos porcos. Hoje fico por aqui e outros blogs ditos “sujos”; é mais saudável para a mente e para o corpo…

  • PSDB nunca mais, é um partido sem projeto de país, corrupto e blindado pela mídia e justiça! Não é a toa que perdem as eleições desde 2002 e vão continuar perdendo e agora abraçaram a ideologia do golpismo por não saberem perder as eleições!

  • Será para o PT, será para o povo, será para Lula! Assim, você esquece apenas de dizer que a cara de pau dos canalhas do PSDB só existe porque eles sabem da proteção midiática. ALGUÉM ACHA QUE, SE FOSSE CONTRA UM PETISTA, A SENTENÇA DA JUÍZA QUE CONDENOU AZEREDO, CHEIA DE TERMOS DUROS COMO OS QUE DIZEM QUE AZEREDO “MENTIU EM TODAS AS OPORTUNIDADES QUE TEVE”, NÃO APARECERIA EM DESTAQUE NO JORNAL NACIONAL E NO RESTANTE DO NOTICIÁRIO MIDIÁTICO, COM OS TERMOS MAIS AGRESSIVOS DESTACADOS ESCANCARADAMENTE(COM O PAPEL APARECENDO NA TELA E AS PALAVRAS SENDO DESTACADAS , “ERGUIDAS” DO TEXTO POR PROCEDIMENTO ELETRÔNICO), PARA EM SEGUIDA VERMOS OS “MORALISTAS” APRESENTADORES DO JN, AQUELES QUE SÓ NÃO SE CHOCAM COM O APOIO DE SEU PATRÃO ÀS BARBARIDADES DA DITADURA E COM OS BILHÕES DE REAIS QUE A GLOBO SONEGA; FAZENDO CARAS E BOCAS PARA REPROVAR A “MALDADE” PETISTA”!!!!!!!!!????????? Contudo, alguém ouvi esses “termos” no JN!!!!!!!!!!!????? Para disfarçar, quando acreditavam que o voto favorável de Facchin garantiria a aprovação no Plenário do Supremo do estupro que Eduardo Cunha promoveu no Regimento da Câmara para escolher uma Comissão de Análise de Impeachment “ao gosto da direita”(aliás, tenho ressalvas de “disfarce” até sobre essa condenação de Azeredo, que na prática não dará em nada. O verme tucano tem várias instâncias para recorrer e idade avançada para não viver até que todas essas instâncias o julguem); a Globo noticiou a condenação de Azeredo de forma anódina, SEM CITAR NEM POR UM MOMENTO O PARTIDO AO QUAL PERTENCIA AZEREDO(QUANDO MUITO APARECEU, EM POUQUÍSSIMOS MOMENTOS, A PALAVRA “TUCANO”), , TANTO QUE PROVAVELMENTE MUITOS ALIENADOS ACREDITARAM-SE TRATAR DO MESMO “MENSALÃO” DO PT. ALGUÉM É TÃO CÍNICO QUE NEGARIA QUE, SE FOSSE CONTRA O PT, O NOME DO PARTIDO APARECERIA REITERADAMENTE!!!!!!!!!!!!!!!????????????) Essa é a principal “garantia” do cinismo do PSDB, que só não rende maiores frutos ao partido porque, embora desinformado, o povo brasileiro acaba por intuir quem são os bandidos do PSDB, tanto devido a uma memória ainda existente do desgoverno FHC(mesmo que imprecisa), quanto por uma questão de sensibilidade de classe, que enxerga claramente no PSDB e na corja que o compõe o preconceito, o elitismo, a arrogância, a truculência e a violência dos dominadores que o oprimem diariamente. É por causa disso que eles perdem e perderão outras eleições, incluindo-se a de 2018, e é por terem certeza disso que a direita já começou a “operação pegar Lula”, esfriada um pouco quando acreditavam ser real a chance de derrubarem Dilma, mas retomada sexta, já que além do golpe sofrido no golpe do impeachment, Dilma deu um golpe de mesmo tamanho no neoliberalismo(mas um golpe legal, permitido por seus poderes), ao demitir o câncer neoliberal Joaquim Levy. É importante que destaquemos episódios como esse para conscientizar a população sobre quem são o PSDB e a mídia, principalmente num momento em que outras manifestações de rua precisam acontecer(todos os avanços desses dias resultaram delas, e não de “leis”), só assim ganharemos terreno não somente na luta contra o golpe, mas também no novo ataque deles destinado a destruir Lula.

  • O PSDB é um partido imaculado, intocável e está acima da lei.

    O Aécio Neves é o maior hipócrita de todos os tempos.

    A midia golpista é o maior inimigo do Brasil.

    Uma boa parcela do povo brasileiro é incapaz de perceber que está sendo lubridiada por canalhas e hipócritas que infestam as redações midiáticas; e por parlamentares da direita golpista.

    O pais está caminhando para o abismo profundo empurrado pelas forças malignas fascistas e reacionárias.

  • Sr.
    Hermes Sanchez
    20/12/2015 • 19:31

    Aloysio Nunes Ferreira – Candidato a vice de Aébrio Neves:

    Logo depois do golpe militar de 1964, filiou-se ao Partido Comunista Brasileiro (PCB).

    Assumiu na clandestinidade o pseudônimo Mateus. Durante muito tempo foi motorista e guarda-costas de Marighela. Em agosto de 1968, Aloysio Nunes participou do assalto ao trem pagador da antiga Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Em outubro do mesmo ano, participou do assalto ao carro-pagador da Massey-Ferguson na Praça Benedito Calixto, em Pinheiros. Também participou de um assalto a uma agência do banco Itaú. Pretendia fazer um treinamento de guerrilha em Cuba mas a gravidez de sua mulher o fez desistir. Fugiu para a Europa e filiou-se ao PC francês.

    Em 1971 negociou com o presidente Boumedienne, da Argélia para que brasileiros recebessem treinamento militar de guerrilha naquele país.

  • O que é um tucano?

    Avis rara, animal político com grave risco de extinção, o tucano se diferencia dos outros animais. Identifiquemos suas características, antes que seja tarde demais:

    Tucano

    O tucano tem certeza que tem razão em tudo o que diz e faz.

    O tucano lê a Folha de São Paulo cedinho e acredita em tudo o que lê.

    O tucano nunca foi à América Latina, considera o continente uma área pré-capitalista e, portanto, pré-civilizatória.

    O tucano foi a Buenos Aires (fazer compras com a patroa), mas considera a Argentina uma província européia.

    O tucano considera FHC merecedor de Prêmios Nobel – da Paz, de Literatura, de Física, de Química, qualquer um.

    O tucano considera o povo muito ingrato, ao não reconhecer o bem que os tucanos – com FHC à cabeça – fizeram e fazem pelo país.

    A cada derrota acachapante, o tucano volta à carga da mesma maneira: ele tinha razão, o povo é que não o entendeu.

    O tucano acha o povo malcheiroso.

    O tucano considera que São Paulo (em particular os Jardins paulistanos) o auge da civilização, de onde deve se estender para as mais remotas regiões do país, para que o Brasil possa um dia ser considerado livre da barbárie.

    O tucano mora nos Jardins ou ambiciona um dia morar lá.

    O tucano é branco ou se considera branco.

    O tucano compra Veja, mas não lê. (Ele já leu a Folha).

    O tucano tem esperança de retomar o movimento Cansei!

    O tucano tem saudades de 1932.

    O tucano venera Washington Luis e odeia Getúlio Vargas.

    O tucano só vai a cinema de shopping.

    O tucano só vai a shopping.

    O tucano freqüenta a Daslu, mesmo que seja por solidariedade às falcatruas de seus donos.

    O tucano conhece o Nordeste pelas novelas da Globo.

    O tucano dorme assistindo o programa do Jô.

    O tucano acorda assistindo o Bom dia Brasil.

    O tucano acha o Galvão Bueno a cara e a voz do Brasil.

    O tucano recorta todos os artigos da página 2 da Folha para ler depois.

    O tucano acha o Serra o melhor administrador do mundo.

    O tucano acha Alckmin encantador.

    O tucano tem ódio de Lula porque tem ódio do Brasil.

    O tucano sempre acha que mereceria ter triunfado.

    O tucano é mal humorado, nunca sorri e quando sorri – como diz The Economist sobre o Serra – é assustador.

    O tucano não tem espírito de humor. Também não tem motivos para achar graças das coisas. É um amargurado com o mundo e com as pessoas pelo que queria que o mundo fosse e não é.

    O tucano considera a Barão de Limeira sua Meca.

    O tucano acha o povo brasileiro preguiçoso. Acha que há milhões de “inimpregáveis” no Brasil.

    O tucano acha a globalização “o novo Renascimento da Humanidade”.

    O tucano se acha.

    O tucano pertence a uma minoria que acha que pode falar em nome da maioria.

    O tucano é um corvo disfarçado de tucano.

  • Dado a amplitude de funçõeds do Blog da Cidadania, peço licença a Eduguim para encaixar aqui algo a meu ver enigmático. No contexto dos “blogueiros sujos”, assim tentado em vão, como é óbvio, desvalorizados, verifico estarem sofrendo interferên
    cias que não lhes permita acesso. Nos últimos dois dias está sendo alvo disso o Vi
    o Mundo de Luiz Carlos Azenha. Eis o o fato a registrar

Deixe uma resposta