Porta-voz de juristas anti golpe desdenha carta de Temer e confia no STF

entrevista

luiz moreira

Conforme esta página antecipou no domingo (6), na segunda-feira (7) Dilma recebeu no Palácio do Planalto 30 juristas contrários ao processo de impeachment aberto na Câmara dos Deputados.

Intitulado “Juristas em Defesa da Democracia”, o grupo apresentou pareceres contrários ao processo supracitado.

Ao fim do encontro, o jurista Luiz Moreira, doutor em Direito pela UFMG, professor da PUC Rio e ex Conselheiro Nacional do Ministério Público atuou como porta-voz do grupo em entrevista coletiva.

Confira, abaixo, trecho da entrevista.

No mesmo dia, após o evento, o vice-presidente da República, Michel Temer, divulgou carta atacando a presidente da República, com o óbvio intuito de enfraquecê-la politicamente.

Este Blog considera exagerada a fulanização do processo golpista através da figura previsivelmente conspiradora do vice-presidente e considera que esse embate político no qual Temer tomou partido tem menos importância do que o aspecto jurídico do processo, pois a tendência é a de que venha a naufragar quando sua legalidade vier a ser julgada.

Desse modo, o Blog oferece entrevista que lhe concedeu o porta-voz dos juristas em questão, que emula a quase unanimidade da comunidade jurídica em relação à legalidade do processo desencadeado pelo já ilegítimo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Confira, abaixo, a entrevista

***

Blog da Cidadania – Primeiramente, quero perguntar como você percebeu o estado de espírito da presidente.

Luiz Moreira – Ela tem consciência de que não cometeu nenhuma ilicitude, ela tem consciência, também, de que a manutenção dos programas sociais e o esforço que o governo faz para manter a economia girando são o que está por trás do processo contra si.

Blog da Cidadania – Em poucas palavras, qual foi a natureza do encontro que você e mais 29 colegas seus tiveram com a presidente?

Luiz Moreira – Os juristas foram dar substrato ao necessário esvaziamento do processo de impeachment.

Blog da Cidadania – Você sentiu a presidente abalada por esse processo?

Luiz Moreira – A presidente está muito bem, psicologicamente. Para ser sincero, acho que a presidente da República nunca esteve tão bem. Em minha opinião, ela cresce em momentos de tensão.

Dilma demonstra que entende que a permanência dela no cargo representa a manutenção da ordem constitucional do Brasil e é por isso que ela luta, mais pela manutenção da democracia do que por seu mandato.

A presidente também demonstra acreditar que esse caos que está sendo elaborado está sendo gestado pelas instituições às quais caberia estabilizar a República e acho que ela sairá fortalecida desse processo.

A derrota que tal processo deverá sofrer representará a convalidação do mandato presidencial que ela obteve nas urnas. Ela terá o terreno livre para governar os brasileiros.

Blog da Cidadania – Foi dito por aí que a iniciativa de reunir esse corpo jurídico no Palácio do Planalto visaria mais influir na percepção dos deputados que analisarão o impeachment do que na Justiça em si, que, eventualmente, pode vir a ser chamada para tomar uma decisão sobre o processo. Vocês, juristas, estão questionando a higidez desse processo.

Pergunto: acreditam que os deputados vão considerar esses pareceres que deram? E, dois, vocês acreditam que se esse processo for analisado pela Justiça ela irá considerá-lo como vocês?

Luiz Moreira – O Congresso irá deliberar sobre medida acolhida pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O início desse processo de impeachment terá dois desdobramentos. Primeiro, a Câmara terá que decidir se recebe ou não o despacho de seu presidente.

Embora o impeachment seja um processo político, o que será analisado pela comissão que esta sendo formada naquela Casa é se há materialidade jurídica para que a Câmara dos Deputados receba o processo de impeachment. Ou seja: houve crime de responsabildiade?

O que os juristas demonstramos – e a comunidade jurídica brasileira é absolutamente consciente disso – é que não há crime de responsabilidade. A comunidade jurídica brasileira entende que não há qualquer “justa causa” – esse é o termo jurídico – a fundamentar o processo de impeachment.

O que é que os juristas faremos? Tentaremos elaborar documentos que reflitam os pareceres de modo que os deputados possam, com base nesses fundamentos jurídicos, arquivar, já na Câmara, na Comissão Especial que analisará o mérito do pedido de impeachment, essa tentativa de golpe parlamentar.

Blog da Cidadania – A mídia tem insistido que esse processo é político e que, portanto, dispensaria fundamentos jurídicos. Por absurdo que possa ser, sabe-se que a realidade no Congresso é outra.Os deputados têm a prerrogativa de ignorar essa visão da comunidade jurídica.

Pergunto: na hipótese de que o Congresso não se paute pela Lei, mas pelos seus interesses e visões políticos, que possibilidade você vê de o Judiciário atuar como defensor da Constituição nesse processo? Pode sustá-lo?

Luiz Moreira – Se o processo constitucional for violado – e ele já o foi pelo presidente da Câmara quando ela aceitou o pedido de impeachment -, o STF deverá sustar o processo pela falta de “justa causa”. Aliás, já deveria tê-lo feito. Porém, o Supremo foi dotado, pela Constituição, de todas as prerrogativas para fazer o que deve ser feito.

Blog da Cidadania – Mas isso não aconteceria por moto próprio do Supremo.

Luiz Moreira – O procurador-geral da República pode interferir, alguns dos deputados que analisarão o processo poderão recorrer ao Supremo e mesmo a Presidência da República pode solicitar que a Corte corrija as ilegalidades.

Blog da Cidadania – Apesar da ilegitimidade de Eduardo Cunha para ter aceito esse processo e, mais do que isso, para conduzi-lo – por tudo que já se sabe sobre ele -, o que se diz, por aí, é que o fato de o presidente da Câmara ter todos esses problemas, não se mistura isso com o que está sendo imputado à presidente. Então suponhamos que a Procuradoria, por exemplo, afaste Cunha. Ainda assim, o processo contra Dilma prosseguiria. Nesse caso, o Supremo Tribunal Federal pode sustar esse processo por falta da “justa causa”, pura e simplesmente?

Luiz Moreira – Esse argumento que tentam construir de que o recebimento do impeachment foi simplesmente um ato técnico esbarra nos vícios inerentes a quem o desencadeou. Além disso, o pedido de impeachment deriva das tais “pedaladas fiscais”, o que foi sobejamente demonstrado pelos diversos pareceres entregues à presidente da República que constituíram apenas, Eduardo, mero atraso das verbas para financiamento de programas sociais.

O que está em questão, é o seguinte: a presidente da República deveria ter atrasado o pagamento do Bolsa Família, por exemplo? O fenômeno das “pedaladas fiscais” nunca significou desvio de dinheiro público, significou que o governo federal atrasou o repasse aos bancos que pagam benefícios sociais. Ora, cinco, seis dias depois de a Caixa Econômica Federal ter adiantado os recursos, o governo fez os pagamentos devidos.

Eu acredito que o Supremo está aguardando atitude da Procuradora Geral da República contra Eduardo Cunha, de afastá-lo, para tomar uma atitude relativa ao processo de impeachment, desencadeado de forma ilegal.

Blog da Cidadania – Qual é sua visão sobre a carta emitida e divulgada na segunda-feira pelo vice-presidente, Michel Temer? Que consequência você acha que essa carta pode ter no processo político em curso?

Luiz Moreira – Entendo a carta apenas como uma manifestação pessoal. Não tem nenhum caráter institucional. É uma queixa, nada mais. Deixemos a carta apenas como uma queixa pública de uma autoridade da República que a sociedade não pode perder um minuto para apreciar. É apenas manifestação de alguém carente de atenção. Não tem peso no processo.

Fofoca, malquerença, fragilidade, incapacidades pessoais não podem contribuir para a instabilidade jurídico-política. A sociedade espera que instabilidades emocionais como a de Michel Temer não contribuam para inflar a crise econômica e política em detrimento dos interesses de todos.

130 comments

    • Fiquei absolutamente tranquilo. Segundo os juristas, os ministros sérios do Supremo não quererão posar para a história como juízes que rasgaram a Constituição

      • Caro Eduardo Guimarães, também não tenho dúvidas em relação ao posicionamento legalista da maioria do STF – excluiria talvez Gilmar Mendes. Mas, o grande problema é que o processo de impeachment pode se arrastar no congresso, que julga politicamente, e não juridicamente. E com isso pode criar, com a ajuda da mídia, uma situação consolidada junto à opinião pública. Daí porque é preciso alertar ao máximo a todas forças progressistas e populares para a resistência ao golpe. É preciso ganhar as ruas e mostrar que não é somente o mandato legítimo da nossa presidenta que está sendo cassado, mas toda a democracia brasileira. Por obra de um ladrão, associado a outros meliantes e oportunistas que não se importam de comprometer o futuro do Brasil para atender a interesses próprios e de poderosos grupos de rapina, inclusive estrangeiros.

      • Perdão Eduardo, mas não vejo sentido nisso.

        Se assim fosse por que já não ingressar agora com esse pedido no STF ?

        Se é para cortar que seja cortado agora, pela raiz.

        Se a comissão aprovar o pedido e ai o Governo recorrer ficará muito mais díficil o STF decidir contra vários deputados.

      • Edu porque Dilma e o Lula só indicam tucanos para os cargos do judiciário? Porque nunca indicam quadros como esse jurista?
        Essa idéia de achar que quem compõe as instituições serão republicanos só existe na cabeça da Dilma de Lula e do PT. Na teoria e em um mundo perfeito seria assim. Mas na realidade o judiciário não é republicano.
        O PT precisa se fortalecer dentro do meio jurídico nas instituições porque hoje em dia a nova modalidade de golpe vem de dentro delas, vem de dentro da democracia.

      • Eduardo, não sei de onde vem sua calma. Veja o que acontece no Legislativo sem o menor pudor. Não vemos os parlamentares do PT esbravejando, gritando, ou seja lá o que for necessário para fazerem o contraponto. Sorte da Dilma que existe uma Jandira Fegali por perto, mas é pouco. Muito pouco! Onde está Dilma que não se pronuncia à Nação? Infelizmente, assistimos uma repetição, com requintes mais sórdidos e despudorados, de 1964.

      • É isso Eduardo, nem no episódio do “Impeachment” do Collor a Constituição foi rasgada, posto que, em virtude da petição inepta apresentada pelo então PGR, Aristides Junqueira, o STF acabou absolvendo o Collor.
        Quanto ao caso do Mensalão/Farsa, instaurado contra o PT, em que a composição do Supremo era outra, foi um episódio bem distinto daquele do “Impeachment” do Collor.
        Esse golpe não prosseguirá!
        Aliás, o Ministro Edson Fachin concedeu há pouco uma liminar suspendo o trâmite do tal processo em atendimento o Mandado de Segurança do PC do B, cujo mérito será julgado no próximo dia 16/12/2015, pelo Pleno do STF.

        Ver link:

        http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/12/1716683-ministro-do-stf-suspende-andamento-do-impeachment-na-camara.shtml

  • Desculpe, melhor ficar SOMENTE com a tese de que a presidanta, NESTE MANDATO, não pode responder, enquanto presidente, por pecados cometidos no mandato anterior.

    ..a bem do país DILMA, livre da imunidade do cargo, precisa SIM se encontrar com a JUSTIÇA após 2018

    PEDALAR é FRAUDAR as contas públicas ..é ludibriar a boa fé das pessoas e das Instituições ..é CORROMPER o ORÇAMENTO e desautorizar os poderes ..é ARRANHAR a imagem do país perante a comunidade internacional..

    ..é agir de MÁ FÉ ao esconder a real situação das contas do Estado e das Estatais da sociedade ..é levar indivíduos, pessoas físicas e jurídicas, a acreditarem numa versão que não condiz com a realidade ..é ter se BENEFICIADO politicamente em ano eleitoral

    enfim ..pra mim, pelas mentiras e PROMESSAS nunca cumpridas, por ter ESCONDIDO – no mínimo – os desvios na Petroleira, eticamente DILMA merecia sim ser defenestrada do Poder (pelas creches, pela Pátria Educadora ..pela crise provocada por suas teimosias ..por ter destinado R$ 25 bi pro bolsa família enquanto labuza a banca com R$ 500 BILHÕES só neste ano ..e R$ 240 bi em 2014)

    ..uma pena ..pena que não temos LEI que a alcance ..que o Congresso é este antro ..que não temos, no momento, um substituto viável, que inspire confiança (quem seria? Temer, Cunha, um presidente do Congresso, um Aécio ou Marina ..deus me livre !!)

  • Esse golpe tem uma peculiariedade, ele é conduzido nas sombras, operado de forma maçônica embora desponte alguns personagens que aparecem no noticiário como gatilhos da arma.

    Tenho quase certeza que o MPF, na pessoa do PGR Rodrigo Janot, por sua omissão avaliza a aventura golpista, ele tem tudo a sua disposição para detonar Cunha mas nada faz.

    Outra turma, o STF que age ‘com respeito ao poder legislativo’ já poderia ter aplacado a crise mas, agora, resolveu mostrar sobriedade e respeito a outros poderes, no fundo, no fundo a maioria do STF quer ver um conservador no planalto e sabe que no voto é difícil… esse é o momento.

    Não podemos nos iludir com as instituições brasileiras, a maioria de seus componentes são adeptos das mamatas e privilégios que fazem do país o campeão de desigualdade e cujos governos trabalhistas tanto combatem.

    Uma coisa é certa, só a mobilização popular pode barrar essa gente, ele tem medo de povo e contam com as manchetes de jornais, o bom combate não é com eles.

    • Caro Leonardo ,

      Concordo com a afirmação de que é um golpe conduzido de forma maçônica .

      Existe toda uma organização : Polícia Federal , Ministerio Público , Judiciário , Imprensa e políticos da oposição .
      A maçonaria está infiltrada em todas as esferas de poder e pode perfeitamente estar por trás de toda a organização do golpe . Golpistas usando a estrutura da maçonaria para implantar um novo governo.

  • A carta do Temer dá uma ideia de quão azeda está a relação entre PT e PMDB e seu conteúdo pode provocar uma grande ruptura na base aliada governista.

    O impeachment é realmente um processo político. Se o congresso quiser ele derruba o(a) presidente, da mesma forma que ocorreu com o Collor, que posteriormente foi inocentado depois pelo STF por falta de provas.

    Quanto a “materialidade jurídica” existe o que foi alegado pelo Cunha:
    ” Dilma editou decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem o aval do Congresso, somando R$ 12,5 bilhões. “Nesse particular, entendo que a denúncia oferecida atende aos requisitos mínimos necessários, eis que indicou ao menos seis decretos assinados pela denunciada no exercício financeiro de 2015, em desacordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias e, portanto, sem autorização do Congresso Nacional.”

    Se existem 30 juristas a favor do governo alegando que não há base jurídica para que esse processo vá adiante, existem outros 30 juristas que contestam isso dizendo que há sim base jurídica.

    Obviamente esse processo de impeachment não vai adiante, pois é necessária a aprovação de 2/3 dos Deputados, o que é muito. Será só um barulho que não atingirá seus maiores objetivos, mas vai desgastar um pouco mais a presidente que já está com a popularidade baixa.

    Só lembrando que no passado o PT também pediu o impeachment do FHC. Recordar é viver:

    https://www.youtube.com/watch?v=mJgmR6IzqfY

      • Temer infantil ? Ahh tá…
        É muita ingenuidade achar que um sujeito como o Temer com o currículo que tem com tantos anos na política fazendo parte da cúpula do PMDB seja um “infantil”.
        Ele é um dos políticos mais espertos, velhacos e perspicazes desse país. Se ele escreve uma carta com um conteúdo apimentado desses os petistas deveriam ficar bem alertas e espertos e não tratar isso com ironia e desdém, inclusive vazando o conteúdo da carta o que foi uma burrice, pois coloca mais gasolina na fogueira do impeachment.

        • O ilustre Oso, seboso, está vibrando e mui contente com os acontecimentos golpistas do dia de hoje. Vibra também a favor de Michel Temer que não se tornou infantil.

          O Oso, seboso também deve ter vibrado com a notícia que a Câmara adiou novamente a reunião da Comissão de Ética.

        • Seba,
          Quantos anos você tem? Doze, treze? A carta do Temer é infantil porque despreza a inteligência alheia! Desprezou a sua e você adorou! Não tenho dúvidas, a carta foi escrita para ser divulgada, senão, porque não disse tudo diretamente à presidenta?! A intenção? Parecer vítima da situação pela qual o País passa, bem clarinho, tirar o dele da reta! Aparecer como vítima no jornal antinacional. Dizer que, é o capitão-mor do impedimento da companheira de chapa porque esta não o tratava com o devido valor. Valor que ele atribui a si e que não tem, nunca teve. Coitadinho, a Dilma nunca o considerou, nunca confiou nele! Com essa atitude golpista infantilóide só prova que a presidenta estava certa, se realmente não confiava nele! Temer, a vítima, descobriu apenas ontem, dia 07/12/2015, que era apenas um vice figurativo? Não, ele mesmo diz na missiva golpista coitadinho, que desde o primeiro mandato a presidenta o desprezava e nele não confiava. Agora, concordando indiretamente com você. Temer, o infantilóide, é também, um velhaco golpista de inteligência tacanha, abjetamente desonesta. Apesar de ser profissional da dissimulação, pecou pela falta de personalidade forte e firme, e por isso precisou se esconder por trás de atitude tão infame e infantilmente sórdida e cretina, porém com um objetivo, chegar ao poder sem o voto. O tiro saiu pela culatra, vai entrar para a história como o vice do golpe!
          Maria Antônia

          • Quem foi “infantil” foi o PT que para posar de ético perante sua militância e a sociedade partiu para o confronto ao invés de fazer um acordo com o Cunha. Agora vai pagar pelo erro estratégico que cometeu passando por todo esse desgaste e correndo um certo risco do impeachment.
            Além disso deixou a Vovó Mafalda (Delcídio) jogado às traças que vai se vingar entregando tudo que sabe (já está fazendo acordo de delação premiada).
            Numa guerra quem não é “infantil” sabe a hora que as tropas tem que recuar e perder um pouco do terreno para o inimigo para se preservar. Não age impulsivamente como um pré adolescente revoltado que parte irracionalmente para o ataque numa atitude descoordenada, camicase e quixotesca.

            Enquanto isso a economia do país derrete com estimativa de queda do PIB indo a -3.5% esse ano e -2% para 2016 com inflação chegando aos 2 dígitos e desemprego em alta.

      • ♫ Ô Edu! O UOL pode ser qualquer coisa, menos “insuspeito”. A dona do UOL é a Falha de São Paulo; sendo assim, manda quem pode e obedece quem tem juízo…

    • Acontece que o ano de 2015 não acabou e o próprio congresso aumentou o teto da meta fiscal, ou seja a tal pedalada de 2015 usada como motivo desse pedido de golpista de impeachment, deixou de existir quando o congresso autorizou a elevação do teto.
      Por isso o STF terá obrigatoriamente que anular esse pedido de impeachment porque ele não tem razão jurídica nenhuma.
      Lógico que a mídia sabendo disso tenta tirar o aspecto jurídico do caso ou seja tirar o STF da análise do caso e fazer esse golpe ficar somente no âmbito político no congresso.
      Esse golpe paraguaio disfarçado de impeachment , não vamos aceitar!

    • “A carta do Temer dá uma ideia de quão azeda está a relação entre PT e PMDB e seu conteúdo pode provocar uma grande ruptura na base aliada governista.”

      Duvido muito, isto apenas mostra a infantilidade, que é atestada por outros PMDBistas. Se assim fosse como vc imagina, governadores do PMDB não teriam apoiado Dilma e o PMDB daria todo o apoio a Cunha – aliás, Jarbas Vasconcelos, que é do PMDB e que é ferrenho opositor de Dilma esta contra Cunha.

      “O impeachment é realmente um processo político. Se o congresso quiser ele derruba o(a) presidente, da mesma forma que ocorreu com o Collor, que posteriormente foi inocentado depois pelo STF por falta de provas.”

      O impeachment é político, mas se este se transforma em golpe, ferindo a Constituição, cabe ao STF, tribunal que protege a Constituição, indeferir o golpe.

      Quanto a “materialidade jurídica” existe o que foi alegado pelo Cunha:
      ” Dilma editou decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem o aval do Congresso, somando R$ 12,5 bilhões. “

      Este fato cita somente a presidente como responsável, e não outras pessoas, que também deveriam ser citadas, não me lembro quem, mas há um artigo no site “O Cafezinho” explicando sobre isto. Ele alega a má fé de Cunha em focar a presidente. Este artigo mostra que FHC fez mais de 1000 destes decretos, se não me engano, só no segundo mandato, e que Dilma fez em torno de 150. Tentei achar o artigo, mas ainda não consegui. Outra coisa que o artigo fala, é que, com a aprovação das metas fiscais de 2015, tudo isto vai por água a baixo. Fala também do julgamento de situações fiscais de 2015 em 2015, quando deveriam ser julgadas em 2016. É muita má fé de vcs!

    • “Se existem 30 juristas a favor do governo alegando que não há base jurídica para que esse processo vá adiante, existem outros 30 juristas que contestam isso dizendo que há sim base jurídica.”

      Quem são os 30 juristas do lado do golpe?

      Vc não quis dizer 3?

      Gilmar Dantas,
      Bicudo e
      Reale?

  • Como todos sabem, Temer não se elege vereador em Santos. Falando nisso, lembrei dos Mamonas Assassinas:
    “Subiu a serra, me deixou no Boqueirão
    Arrombou meu coração, depois desapareceu
    Fiquei na m****, nas areias do destino
    Me tratou como um suíno, cuspiu no prato que comeu”
    Parece a carta do Temer, não?

  • Caro Eduardo,

    Agora é estarrecedor e lamentável ouvir o que diz o jurista paulista Miguel Reale Junior, em relação ao impeachment, – ele que é filho de outro grande jurista de mesmo nome – que tem uma opinião contrária ao que pensa grande parte dos juristas brasileiras. Eu fico pensando, como é que uma pessoa que estudou tanto, e como poucos, conhece os mecanismos e os meandros jurídicos, pensa de forma diferente. Para mim, só tem uma explicação, que é o interesse político prevalecendo sobre jurídico.

    • Esses juristas que deram pareceres favoráveis ao impeachment estão se desmoralizando diante da comunidade jurídica. Vão se arrepender. Não sou eu quem diz, são incontáveis juristas

      • Aliás, Eduardo: o que define um “jurista”? Qual a formação de um “jurista”? Sim, eu sei que tem que ter formação em direito, mas qual seria? Só superior basta, ou com pós, doutorado, etc.? Existem “juristas & juristas”, uns mais que os outros? Desde já agradeço!

      • Edu,

        deve ter muita gente ganhando dinheiro para ser a favor do impeachment, dólar , para ser mais preciso.
        O Tio Sam tem muitos sobrinhos por aqui, quer mudar o regime brasileiro a qualquer custo.
        Você viu o político do PMDB (não sei se deputado ou senador) que quer mudar a lei do desarmamento?
        A quem interessa transformar a sociedade brasileiro em um modelo americano?

        Follow the money!

  • É evidente que não existem elementos para o impedimento. Contudo, o clima de CONSPIRAÇÃO que vemos é muito grande, e isso já vem de há muito tempo. Nós percebemos nas medidas tomadas pelos segmentos da sociedade, tanto o público como o privado (PRINCIPALMENTE as conglomerações midiáticas). Há uma determinação muito grande para tomar o poder nem que seja na marra. E eles já deixam até transparecer sem a menor cerimônia. E pensar que isso tudo tem vindo de fora. É só refletir no que sucedeu na Argentina e na Venezuela.

  • Caro Eduardo.
    Mais do que uma grande matéria, deparamo-nos com uma mensagem tranquilizadora aos Brasileiros de todas as tendências.
    Sim, tanto os de direita quanto os de esquerda, sairão ganhando com a vitória da DILMA.
    Os de esquerda, porque acreditam nos 13 anos do projeto do PT, até aqui.
    Viram as mudanças que o País teve.
    E sentiram em suas “asas” as liberdade, e democracia.
    E os de direita, que continuam sendo Brasileiros apensar de sua convicção, se safarão de um verdadeiro terremoto que seria a saída precoce da Presidenta.
    Muitos direitistas não tem a menor ideia do que significaria esse golpe.
    Acham que o Brasil simplesmente se transformaria em um paraíso no dia seguinte ao golpe.
    De qualquer forma, o momento é perigoso e requer todo cuidado.
    Temer e seus asseclas mostram claramente que, desde sempre, preparavam esse golpe.
    Uma vergonha para um político.
    Espero que encerra sua carreira, pois ela já não existe mais.
    Não há caráter em sua decisão.
    Paremos por um instante para aplaudir DILMA.
    Ela enfrente a ira dos Tucanos, do Gilmar Mendes, do Moro, do Cunha, do Temer, e do infantil Aécio, além de tantos outros.
    Como administrar uma Nação com essa resistência toda.
    Isso sem falarmos das forças externas que não cansam em financiar o golpe através dos sites sujos de alguns desocupados.
    Enfim, vamos torcer pelo melhor.
    Se for necessário, pintaremos as ruas de vermelho para garantirmos nossa liberdade.
    E evitarmos que os tucanos voltem ao poder.

  • Dilma Rousseff contra as almas sebosas

    Publicado no Brasil 247

    Até aqui, o roteiro do impeachment seguiu a lógica previsível.

    A iniciativa de Eduardo Cunha é consequência da pressão oportunista que ele sofreu do Judiciário, ávido para atingir os objetivos políticos da Lava Jato antes que o apuro dos tucanos esvazie a operação. A esquisita prisão de Delcídio Amaral deixou sinais de que as cortes já não conseguem lidar com a ansiedade dos bastidores investigativos.

    Também o momento de prorrogação da crise obedece ao propósito original de manter o governo acuado, atingindo-o exatamente quando ele ameaçava recuperar alguma estabilidade. Por isso mesmo, recessos, “pedidos de vista” ou quaisquer adiamentos no desfecho da questão favorecem apenas o projeto reacionário.

    As passeatas legalistas comprovarão seu papel decisivo no sepultamento do golpe. Nem tanto por causa da suposta resistência ao fato consumado, mas principalmente por anteciparem a força oposicionista que um novo governo enfrentaria. Esse aspecto será decisivo para o posicionamento do empresariado e do campo jurídico no embate.

    O governismo agora precisa de união e iniciativa. Ambas se conquistam superando as desavenças com certa esquerda reticente e assumindo sem hesitações o pólo republicano da disputa. A mídia tentará descolar Cunha do processo para anular o antagonismo ético em jogo. Eis o ponto central da narrativa do impeachment.

    Daí a importância de o Planalto não cair na armadilha de transformar Michel Temer em adversário direto. Ele é o representante ideal que o golpismo procura. Ao mesmo tempo, suas conspirações têm apelo restrito. O vice pode barganhar apenas um futuro incerto de crise e conturbação social. Dilma guarda poder efetivo, de materialização imediata.

    Isso nos conduz ao fato de que a luta será decidida no Congresso Nacional. Ali não funciona brandir méritos jurídicos ou minúcias técnicas. A pressão sobre os parlamentares deve atingir os respectivos interesses nas eleições do ano que vem. Os candidatos e seus financiadores não querem passar 2016 justificando exonerações de correligionários e o apoio à chantagem de um notório contraventor.

    Sabendo colocar-se como adversária da irresponsabilidade e da sordidez política, Dilma conseguirá ao menos preservar o cargo. Mas esta seria uma vitória frustrante, quase nula em médio prazo, se o governo continuar fraco e isolado. A luta abrange a preservação da agenda progressista endossada pelas urnas. O que temos adiante é o desfecho da campanha eleitoral mais longa e ruinosa de nossa história republicana.

    http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com.br/

  • Edu, boa tarde!
    Mas um golaço seu!
    Ontem mesmo distribui os nomes dos juris para ver se algum Midiota acordasse!
    Acredito que depois dessa tempestade a Dilma terá espaço para tirar de campo vários adversários do País.
    Deveria logo de cara tirar a grana do Bônus de Volume da Globo e de outras iguais e colocar a grana na TV do governo; arrancar todos os traíras do governo e levá-lo novamente para a esquerda; exigir desse Ministro da Justiça as apurações sobre a conduta do Aécio e de seus pares, coisa e os movimentos sociais deveriam também fazer, acampando na porta dessa justiça seletiva; refazer a CPMF e criar a tributação das grandes furtunas.
    Mais uma excelente matéria!

  • Grande Eduardo !!!!

    Dilma é uma gigante !!!

    Nenhum presidente suportou tanta traição,conspiração,sabotagem.

    Temos uma Presidenta, Honrada,honesta,competente e nenhum

    sabotador da republica vai golpear a democracia construída com
    muita luta,sangue, suor e lágrimas vamos vencer e avançar para o
    desespero dos golpistas.!!!

    Não passarão !!! viva o povo brasileiro.

    ps: Mais uma ótima entrevista. Parabéns.

  • Caro Eduardo Guimarães, na minha modesta opinião, a Carta de Getúlio Vargas o colocou na História Política do Brasil. A Carta do Michel Temer o colocou na Escória Política do Brasil (Golpistas e Achacadores).

  • Michel Temer acaba de entrar na lista dos dez mais da historia, ele é uma mistura mal acabada de Charles-Maurice de Talleyrand-Périgord com general chinês Wang Jingwei, quer devolver o poder as dinastias que assacaram o país durante 500 anos e lutar ao lado das forças internacionais que querem se apoderar do pré-sal, ele detém a a principal caracteristica que marca os dois personagens históricos e é assim que passará para a história, Michel Temer ex vice presidente que se uniu a um psicopata para derrubar uma democracia, perdeu, (Procurar no Google Os Maiores Traidores da História).

  • Prezado Edu e colegas
    Acho que a carta de Temer é um álibi de um desespero.
    A única explicação possível disso é uma ingênua e desastrada saída atirando na Presidenta.
    A mim me parece que Cunha está cobrando as faturas e cada um ta dando um jeito de mostrar a ele que está pagando.
    Paulinho, Temer & Cia não estão fazendo tudo isso por amor a camisa, foram cobrados…
    Sabem que vão cair todos, e ela sabe que não tem o rabo preso, agora é saber resistir…

  • Caro Edu
    Se os deputados e ministros do STF fossem se pautar pelos aspectos jurídicos do pedido de impeachment. Se fossem considerar a falta de justa causa ou do cometimento de crime de responsabilidade,ou ainda questionar os ritos previstos e a idoneidade do presidente da Câmara… Bem, aí não estaria acontecendo um golpe. É um golpe porque justamente tudo isso está sendo e continuará sendo atropelado até o ponto que conseguirem.
    Não nos fiemos num desejado comportamento ético e democrático dos membros do Congresso e do STF, pois se o tivessem não estaríamos diante deste golpe.

  • Muito interessante mais uma manobra do eterno manobrista EC. Agora temos duas chapas para a comissão do impeachment. Veremos se sua força continua a mesma do inicio do ano. Particularmente, estou curioso.
    De outra forma, fiquei mais tranquilo com sua entrevista Edu. Parabéns

  • Parabéns ao Eduardo por todo esse trabalho em nos esclarecer e tranquilizar. Quanto ao mais, formação acadêmica não influência no caráter de ninguém (Reale, Bicudo e outros). O caráter já nasce com o indivíduo.
    Precisamos formar uma corrente de pensamentos positivos em favor Dilma Rousseff, (a quem devemos ser gratos por sua história de vida), pelo nosso país, pela democracia, pela esquerda honesta.O Brasil precisa ir adiante, apesar de tantos desequilibrados, interesseiros, sedentos de falso “puder”. VIVA O BRASIL! VIVA DILMA! VENCEREMOS!!!

  • A posição deste 30 jurista não tem nenhuma importância já que o impeachment está correndo. O STF já recebeu 2 solicitações para parar o impeachment e as rejeitou Agora, dizer que o o Temer não tem nenhuma importância sendo ele o presidente do PMDB é flertar com o perigo, tanto é que antes de receber a carta nossa presidente era todo elogio para o presidente do PMDB. Ao “reduzir a nada” o constitucionalista Temer o senhor Luiz Moreira acaba “jogando” a favor do impeachment . Aliás, Edu, lembre-se que você várias vezes deu o impeachment com enterrado.

  • Bem, está claro que Michel Temer está sofrendo de carência múltipla (a psiquiatria que o diga), então deveremos encaminhá-lo a um psicólogo infanto-juvenil. Porque o tamanho do paspalho já é crescidinho pra ficar enviando poesia para o Planalto, afinal a época colonial (que nunca tivemos) já foi outra, essa cara está é precisando tomar uma “primavera guantanamica”. Que, aliás, é bom para golpistas e trambiqueiros.

  • Você continua “tranquilo” agora, com a eleição de um chapa contrária a Dilma na Comissão Especial!!!!!!!!!????? Continua achando que “mobilização popular haverá dos dois lados”(entendo que isso significa que você a acha inócua)e que o que vai resolver isso será a “Lei”!!!!!!!!!???????? Que Lei, o quê!!!!!!!!!!!!??????? Se Lei existisse, EDUARDO CUNHA JÁ ESTARIA CASSADO HÁ MUITO TEMPO E AO MENOS DESDE MARÇO, ENQUANTO ESTE BLOG VATICINAVA A IMINENTE QUEDA DE CUNHA, EU AFIRMAVA QUE ELE NÃO SERIA CASSADO. E nem vai ser, até que casse Dilma. Aí ele será cassado, mas receberá a recompensa ao ser absolvido de tudo, depois que a poeira baixar e a Sociedade esquecer-se dele. Você leu o Tijolaço hoje!!!!!!!!!!??????? Um deputado “cunhista” também foi pego pela PF em gravações que o incriminam. Por acaso foi preso, como ocorreu com Delcídio Amaral!!!!!!!!!???????? Exatamente a mesma situação, mas o sujeito era “cunhista”(muito mais do que do PMDB, é do “partido Cunha”)e nesse momento seria o pior dos mundos mais uma bomba de sujeira caindo sobre Cunha. JÁ NOTOU QUE SUMIRAM AS PROVAS DA SUÍÇA CONTRA CUNHA, NINGUÉM FALA MAIS NELAS E INEXPLICAVELMENTE DEIXARAM DE SURGIR NOVOS DOCUMENTOS!!!!!!!!!!!!!???????? A única coisa certa que esse Luiz Moreira diz resume-se a uma frase na qual lembra que o STF JÁ DEVERIA TER ENCERRADO ESSE PROCESSO!!!!!!!!!!! SÓ QUE ELE NÃO O FEZ E NÃO O FARÁ!!!!!!!!!!! De cara, negou dois Mandados de Segurança corretíssimo, o de Rubens Júnior, negado por Celso de Mello e não por Gilmar Mendes, baseava-se na previsão legal da lei de impedimento de que o presidente da Câmara deveria ouvir a Presidenta da república antes de aceitar o pedido. POR ACASO CELSO DE MELLO “LEMBROU-SE” DISSO QUE CONSTA NA LEI!!!!!!!!!!!!!?????????? E você ainda acredita que o STF irá lembrar-se de que essa palhaçada de “pedaladas” fiscais não é nada, um mero artifício contábil(já respaldado por Lei aprovada na semana passada, que pode retroagir em favor de Dilma)e logicamente situa-se a quilômetros de distância do que poderia ser chamado de crime de responsabilidade!!!!!!!!!?????? O STF que negou duas liminares mais do que embasadas, e negará a próxima que também se baseia corretamente no fato de não haver crime de responsabilidade a embasar o “pedido”(Fachinn só é mais “delicado” do que seus colegas, reacionários atávicos, mas fará o mesmo com “classe”)NÃO VAI IMPEDIR ISSO JAMAIS, PORQUE ELES QUEREMMMMMMMMMMMMMMMMM O GOLPE!!!!!!!!!! Se a maioria da esquerda pensar como você, e continuar dopada nesse mundo de ilusão, já era. Eles darão o golpe e vocês assistirão na casa de Dalmo Dallari.

    • Vendo o que aconteceu na Câmara dos Deputados hoje à tarde e esse ar carregado de conspiração de tudo quanto é lado, começo a ver que essa sua última frase, Carlos Henrique, não é de todo fantasiosa. Um familiar já me disse que esse processo contra Cunha na Comissão de Ética da Câmara vai terminar em pizza. E ao ver esses constantes adiamentos para apreciação do processo (agora mudaram para amanhã) começo a achar mesmo que vai acabar em pizza e o Eduardo Cunha não será cassado e continuará na Câmara como presidente. E nem vou mais esperar o sr. Janot fazer qualquer coisa contra Cunha. Perda de tempo. O homem parece que morre de medo de Cunha. Realmente a coisa toda virou uma esculhambação mesmo. Resta-nos reagir contra isso, mas confesso que estou achando que não vai adiantar muito.

    • Concordo com você. Muito estranho o S TF não por fim ao golpe armado pela quadrilha PSDB,Cunha,Mídia e oposição. A meu ver o judiciário, os que compõem essas instituições fazem parte desse golpe paraguaio. E o PT bem como Dilma, Lula entenderam o significado de serem republicanos com quem não é.
      Ingenuidade tem limites.

      • Renam,
        Sabe o que realmente me preocupa?! É o fato de não ter nenhum político do PT na linha de frente na defesa da democracia. Porque a questão maior não é retirar a presidenta do cargo, mas a garantia das leis, que vem acompanhada de uma não menor preocupação, quem vai substituí-la, caso esse crime de lesa-pátria venha a acontecer?! Não tem um político petista chamando a responsabilidade para si! Desde a primeira vez que o Lula se candidatou a presidente voto nele, porque sempre acreditei que melhoraria a vida dos mais pobres, como o fez; conquista essa que está ameaçada. Contudo, me causa vexame pensar que políticos que não são do partido do governo é quem mais põem a cara para bater, em defesa da democracia, como Sílvio Costa, Ciro Gomes, Jean Williys, Jandira Fegalli… Assisti à sessão da câmara hoje à tarde e não vi um petista exasperado, indignado! Se o Partido dos Trabalhadores acabar, não será por falta de ideias, mas por falta de ideologia firme. A impressão que dar é que estão com vergonha de ser petistas! Os direitista têm orgulho de serem sórdidos, abjetos, imorais golpistas,… Pode ser condenável? É condenável, é deplorável, mas a ideologia de destruição do outro é firme. Têm petistas corruptos, imorais?! Têm petistas corruptos e imorais. Mas tem também gente decente e correta. Por quê não reconstruir o partido em nome desses outros?!
        Abraços
        Maria Antônia

  • Está explicada a Carta mimimi do Temer e a saída voluntária do ministro também do PMDB. Já estão atolados até a cabeça no golpe contra a democracia.

  • Edu,

    para mim o Cunha deve ter muita carta na manga, na meia, no sapato do bolso do paletó…
    Como justificar a inoperância do judiciário?
    Não me refiro apenas ao dia de hoje, que foi um um espetáculo acintoso aos olhos de qualquer cidadão mediano no interesses pelas questões políticas!
    Falo de toda a trajetória deste indivìduo na condução da presidência da câmara, atropelando ritos, manobrando agendas a seu bel interesse.
    A cobrança sobre o STF não se reduz às ações do dia de hoje, mas de ações que vem se prolongando à meses naquela casa, enquanto os chamados guardiões da justiça fazem cara de paisagem!
    Me surpreende ver a desenvoltura com que um bandido como o Paulinho da força demonstra, gozando da cara de todos pela certeza da impunidade. o mesmo vale para seu protetor, o Eduardo, assim ele se referia ao presidente da câmara. Aliás essa criatura disse, hoje, na comissão de ética, que conhecia o jeito truculento da Dilma desde a fundação do PT, partido do qual ele saiu em 1982 escorraçado. Só que Dilma se filia ao PT em 2001. Tremendo mentiroso, canalha!

  • Caro Edu,
    Mesmo com todas as explicações dadas por esse notável jurista, não podemos negar que nosso país passa por um momento tenebroso que nos assusta ao ponto de muitos de nós se sentirem pessimistas quanto ao desfecho desse intento golpista via impeachment.
    Eu, particularmente, me sinto pessimista ao ver a inércia do PGR e mesmo do STF diante de tantos desmandos e de tantos ilícitos praticados por aqueles que querem viabilizar o impeachment de Dilma Rousseff recorrendo a esse vale-tudo. Eu gostaria, sinceramente, de acreditar que a Constituição será respeitada mas, diante de tudo isso que está sendo armado com a inércia dessas instituições, tenho muitas dúvidas quanto a isso. Mas, tomara que nos próximos dias surjam fatos que derrotem meu pessimismo…

  • Caro Edu,
    Mesmo com todas as explicações dadas por esse notável jurista, não podemos negar que nosso país passa por um momento tenebroso que nos assusta ao ponto de muitos de nós se sentirem pessimistas quanto ao desfecho desse intento golpista via impeachment.
    Eu, particularmente, me sinto pessimista ao ver a inércia do PGR e mesmo do STF diante de tantos desmandos e de tantos ilícitos praticados por aqueles que querem viabilizar o impeachment de Dilma Rousseff recorrendo a esse vale-tudo. Eu gostaria, sinceramente, de acreditar que a Constituição será respeitada mas, diante de tudo isso que está sendo armado com a inércia dessas instituições, tenho muitas dúvidas quanto a isso. Então, tomara que nos próximos dias surjam fatos que derrotem meu pessimismo…

  • Amigos, eu já estou conclamando a militância, através das redes sociais, para tomarmos as ruas, pois, com essa comissão golpista que foi aprovada hoje, os paneleiros voltarão com força, teremos manifestações pró-impeachment por todos os lados. Devemos nos antecipar e mostrar para eles que eles podem levar, mas não vai ser tão fácil como está sendo na Câmara, onde um pusilânime rapaz, líder do partido, escolhe os representantes e a raposa velha, corrupta, sem escrúpulos ou vergonha, pisa em cima dele e escolhe outra, a seu bel prazer, aquela que ele tem certeza que mais se presta ao golpe.
    Nosso caminho é as ruas, moçada, não vai ter jeito.
    Um pouco de pressão nos políticos, mandando e-mails para eles, mexendo com os brios daqueles que são honestos e que estão sendo arrastados para o lodaçal com o senhor presidente da Casa, tb é uma boa estratégia, mas o que dá visibilidade mesmo é o pessoal nas ruas e isso tem que ser para ontem.

  • E não sei se vcs souberam que, hoje, ele ainda teve um pedido negado.
    Ele queria que fosse trocado o relator do processo dele na Comissão de Ética

  • Edu,

    Dilma pode até cair, embora eu não acredite. Mas Temer, esse já caiu. Sua traição cínica o deixou rastejando, feito um verme, que ele é de fato.
    E se Dilma cair, teremos um verme assumindo a presidência. Jamais ele deixará de ser um verme asqueroso, da mesma laia de Cunha, Aécio et caterva.

  • Grave erro político da Presidente Dilma considerar que apenas os programas sociais e o mau momento econômico são motivos para a tentativa de Golpe parlamentar. É muito mais profundo do que isto. Por detrás dos juízes midiáticos, da organização da direita nos Milleniums, Jovens Pans e Vejas da vida, dos “movimentos” dos Revoltados On Line, Vem pra Rua e Movimento Brasil Livre, da virada do PSB à direita, das defecções no PMDB está o governo dos EUA! Sim, via NED e CIA, como fizeram na Bolívia, Venezuela, Argentina, Ucrânia, Egito, Síria e outros lugares. Eles querem o Pré-Sal de qualquer jeito para juntar ao seu portfólio de recursos energéticos roubados do Iraque, Líbia, Mali e quaisquer outros lugares onde existam recursos que possam ser pilhados. Quem assessora a senhora Dilma sobre assuntos estratégicos? O inexistente Ministro da Justiça? Creio que ela deveria ter uma boa conversa com pesquisadores sobre o assunto para dar-se conta que a encrenca é muito mais séria do que ela está imaginando.

  • Perguntinha básica:
    Afinal, qual a posição oficial do PMDB sobre o caso Eduardo Cunha ? Até agora não li nem vi nada a respeito. O PMDB tem responsabilidade institucional e deve uma satisfação à sociedade.

  • Eduardo,
    Você conhece o livro: “Um país sem excelências e mordomias” de Cláudia Wallin? Este pais é a Suécia. Lá foi abolido os pronomes de tratamento. Todos se tratam pelo pronome pessoal “Você”. Lá, o Deputado, por exemplo, recebe o equivalente a 22 Mil dólares e mais nada, os deputados que não são da capital, tem direito a uma moradia, em média, de 30 a 40 m² e, não tem direito a empregada, a faxineira, Eles têm de lavar a sua própria roupa, fazer a faxina de onde mora e fazer a sua própria comida, em caso do deputado levar seu cônjuge, ele precisa pagar para que este possa ficar na moradia do estado. Lá, eles vão trabalhar de, bicicleta, ônibus ou metrô, entre outras.
    Coloquei esta questão porque no Brasil temos uma coisa inédita. Pessoas se forma em direito, medicina … e já se autoproclamam Doutores. Na Suécia, as pessoas independentes do cargo, são chamadas simplesmente de Você, isso para enfatizar ainda mais a igualdade entre as pessoas. Os pronomes de tratamento são uma forma de diminuir a importância do outro.
    Num país como o nosso que preza tanto pela importância, não pela sua condição de ser humano da mesma espécie, não dá para confiar muito.
    Acho que qualquer um com o mínimo de discernimento, é capaz de ver que este processo de impeachment é totalmente ilegal. para aqueles que politizam e partidarizam a questão, logicamente, que vai dizer que é legal.
    Por isso, eu quero acreditar no que disse o jurista Luis Moreira, mas num país que aconteceu o “processo do mensalão” como ocorreu, onde pessoas foram condenadas a prisão sem provas e um processo foi julgado quase que a toque de caixa, o do mensalão tucano vai prescrever sem condenar ninguém. então, fico temeroso de ficar dependendo desse judiciário. Numa das respostas de Luis Moreira, ele disse que o supremo já deveria ter tomado uma atitude em relação ao processo de impedimento. Mas ainda não fez. Então, não acho que deveríamos ficar contando com o ovo dentro da galinha, Acho que já teríamos de começar a luta pela Democracia, pois, isso poderá influenciar nas decisões, temos um exemplo recente dos alunos das escolas públicas de São Paulo. é o que acho.

  • MAS, mas…..? de NOVO? Eis que o SEMPRE alerta EDUGUIM mais uma vez com a RAZÃO estava…..tolheram a TOADA golpista de NOVO….

    “Ministro do STF suspende andamento do impeachment na Câmara”

  • É inacreditável que um bandido desqualificado como o CÚnha além de continuar na presidência da câmara e deputado, quando deveria estar na cadeia, ainda por cima manobre de forma indecorosa e ilegal para adiar sua provável cassação e ao mesmo tempo age para montar uma comissão de impeachment inconstitucional, para satisfazer o apetite das hienas golpistas. Resumindo, uma vergonha.

  • PERGUNTAR não ofende

    se admitido o Processo de Impeach contra a presidanta (com 2/3 da Câmara), ela ficaria automaticamente afastada das suas funções ..mas e sobre o CUNHA ? Admitido a abertura do processo pelo Conselho, ele permanece presidente do Congresso brasileiro ?

    ..em tempo

    Nem tudo esta perdido ..DILMA teve 27 votos a mais (199 x 172) do que necessita pra evitar a admissibilidade

    ..enquanto isso, em Curitiba

    Quasimodo afirma que DILMA não participou da partilha da propina de Pasadena ..mas reafirma que ela SABIA de todos os detalhes do contrato que terminou por causar um prejuízo BILIONÁRIO a PTrobrás

    e o Deucídio, deu dica de dar com a língua ao admitir a possibilidade duma de_PI_lação premiada ..ela que promete um corte rente, com direito a TCHAN e TCHUN

    ..e a saudade falou mais alto

    BATEU SAUDADE – Noticia-se que pra hoje esta marcado um encontro entre a dupla COLAPSO, Temer e DILMA ..parece que na entrada terá detector de metais

    https://www.youtube.com/watch?v=oxZ8Slw2waM

  • O que tem que ser iniciado nas redes sociais e nas ruas é um movimento para exigir a renúncia imediata do Temer. Sua carta foi uma afronta à mandatária do país, a quem deve lealdade institucional, e uma atitude impensável de irresponsabilidade, ao jogar mais fogo no já conturbado cenário político. Apesar de ter feito parte da chapa, ninguém vota em vice. Ele está lá porque Dilma foi eleita com 54 milhões de votos. Não conheço ninguém que tenha visto a foto de Dilma na tela da urna eletrônica e tenha votado nela porque seu vice era o “grande” Michel Temer! Se quer conspirar, que renuncie e conspire à vontade, mas fora do Palácio e do cargo. E que assuma que está conspirando porque quer o poder sem passar pelo escrutínio das urnas, não porque está magoadinho com o tratamento que recebeu.

    Michel Temer, renuncie já! Hoje! Canalha!

  • Prezado Eduardo.

    Concordo com tudo o que foi ventilado em seu blog sobre o assunto acima. Entretanto, em entrevista do Michel para um bloguista do Estado de São Paulo, salvo engano, ele considerou as experiencias destes juristas, a competencia dos mesmos, como não tão consideráveis assim. É só para verificarmos que o Vice-Presidente não se impressiona com este tipo de posicionamentos. Portanto temos que continuarmos atentos, firmes na luta.

  • Que os juristas desdenhem a cartinha do Mi Mi Michel Temer, já é um alívio.
    Mas o melhor foi a GIGANTESCA gozação que fizeram com a cartinha nas redes sociais! O Mi Mi Michel caiu no ridículo. E isso ajuda a combater o golpe em andamento.

  • Me explica, sou todo ouvidos

    Pra que serve um chefe ? Um gerente, diretor, presidente por exemplo, um Conselho, senão para responderem por suas alçadas, por suas responsabilidades ABRAÇADAS ?!

    Será que esta turma só serve pra mandar e MAMAR, pra desfrutar das benesses e poderes do cargo ? Mas aonde ficam as RESPONSABILIDADES ?

    então me diga ..e sobre ..peraí ..tá tocando a campainha ..vai explicando pra mim ..daqui a pouco eu volta pra continuarmos a conversa e eu poder explicar melhor de quem eu estou falando

    https://www.youtube.com/watch?v=peA5LzKIDJw

    • então, antes da campainha ..eu dizia de DILMA
      .
      Ela foi Ministra da Energia, Membro e Presidente do Conselho da Petrobrás, Ministra da Casa Civil ..por ela passaram dezenas, centenas de projetos ..tiveram os Campeões Nacionais (Eike e Esteves) , o PAC 1, 2 e 3, a COPA, o PAN, as Olimpíadas ..BILHÕES em recursos, bilhões movimentados ..ela mesma ganhou uma fortuna por cada reunião que mantinha no Conselho da PTrobrás, ou em qq outro conselho que presidia e participava, ainda mais quando na pasta da Energia
      .
      aí ..aí passado um tempo vemos que projetos foram atrasados, superavaliados, escandalosamente e NEGLIGENTEMENTE tocados, desfigurados, perpetuados ..e sobre uma IMENSA maioria deles surgiram os desvios BILIONÁRIOS que hoje nos escandalizam
      .
      Pra se ter uma ideia de como a COISA saltava aos olhos até dum leigo ..a Refinaria Abreu e Lima foi orçada em US$ 2 e entregue por US$ 20 bi ..COMPERJ prometido por 8, e nem ainda saiu, mas já esta em US$ 48 bi ..teve Pasadena, Okinawa, a Argentina, Bolívia, os poços SECOS na África que encheram as burras do Cunha ..teve por exemplo a DEMISSÃO sumária de 4 BANDIDOS da PTrobrás em 2012 (Barusco, Paulo Roberto, Duque e Zelada), sem que no entanto os REAIS motivos fossem tornados público ao país, aos acionistas ou ao mercado ..teve inclusive a PROMOÇÃO do Cerveró

      Não, não falo de enriquecimento ilícito, ou de desvio direto de conduta, de locupletação até agora JAMAIS descobertos (ou divulgados ??!!) ..mas eu falo da RESPONSABILIDADE, da alçada, da decisão de comando, da administração destes recursos que invariavelmente saem (pela SELIC e pelos impostos regressivos) muitíssimo caros à Nação, falo da omissão, da negligência, do despreparo

      então ..será mesmo que não cabe a nossa presidanta nenhum tipo de apenamento por tanta lambança ocorrida, coincidentemente, enquanto era ela quem estava no comando ?

      Apenas pra se inciar a discussão, uma contribuição, dentre dezenas existentes,

      http://servulo.com.br/pdf/administrador.pdf

      claro ..evidente ..lógico ..pra que este tipo de desvio GRAVÍSSIMO resultasse em impeach, pra mim – por nossas regras PERMISSIVAS e inconsequentes – Dilma deveria ter sido acionada, julgada (o que espero que um dia ocorra) e condenada ..fora ainda que estes “desvios” teriam ocorrido em outros períodos, e hoje a “madrinha” dispõe duma lei que lhe a tal da imunidade que a protegeria, nem que momentaneamente

      mas..mas ..de qq forma, como imepach, fora o mérito, tem muito de político ..sei lá

  • É muito simples. A situação de Eduardo Cunha não deveria ser a de presidente da Câmara e terceiro na linha sucessória da presidência, e sim líder de penitenciária – olhe lá se os subordinados o aceitariam pela sua falta de caráter. Essa dos “colonistas” da mídia dizer que a decisão foi técnia e política e como tal deve ser o processo de golpeachment, nada disso, a Câmara é a casa das Leis e os seus membros devem estar subordinados ao que o povo lhe outorga em mandato para fazer e cumprir a lei, inclusive, juraram a Constituição… a não ser que queiram cumprir as lei e a constituição do santo e imaculado tribunal midiático da inquisição, comandado pela Globo e cia. estrelado pelo midiártico juiz Moro.

    • Na penitenciária vai ser igualzinho: o facínora vai ler na íntegra e se especializar no estatuto do PCC ou do CV para usar em proveito próprio as leis do crime.

  • Sr. Eduardo,

    Bom dia.
    O Sr. mesmo diz ser improvável somente manifestações populares anti “golpe”, pois haverá manifestações dos “dois lados”. O Sr. não acredita que as manifestações pró “golpe” serão muito maiores, devido a depressão que já estamos enfrentando na economia, e que isso poderá influenciar negativamente na votação do impeachment no Congresso?

    Grande abraço,
    Heitor.

    • Nem sei se serão maiores. Um amigo que sabe das coisas me informou ontem que nas manifestações golpistas anteriores as páginas deles no Facebook tinham 100 mil adesões. Desta vez essa página tem 8 mil. Seja como for, os movimentos sociais estão se mobilizando como nunca tinha ocorrido. Vc poderá se surpreender com os atos pró governo. O folpismo pegou mal. Muita gente não vai querer se vincular a Eduardo Cunha. Quem está apoando o impeachment proposto por ele está se tornando seu soldadinho. Só a extrema direita não liga de se ver associada a Cunha. O PSDB está perdendo força política por se vincular a Cunha e sabotar a economia no Congresso. Marina, que já se manifestou contra o golpe, está ganhando terreno. A sorte é que essa direita é sem noção

      • Edu, acho que a direita já percebeu que está mais fraca, e não deve aprovar a retirada da Dilma com um golpe. Mas toda esta guerra colabora para manter o país paralisado. E para essa guerra política, a direita ainda tem muita força.
        Isto apenas diminuiria se o presidente da câmara fosse destituído por razão jurídica, eu acredito.
        E ainda tem mais, o ec mostrou força ontem. Com ele não tem presidente de partido, líder de bancada, líder de governo; enfim, ele realmente domina uma parcela grande daquela casa. Talvez estejamos na ante-sala do fim, mas pode demorar e o país vai continuar sangrando.
        Não pensei que após vivenciar na minha adolescência e juventude a luta pela democracia ainda viveria isto já quase aos 60.

  • Na minha opinião, a direita “cruzou o Rubicão” no processo do TCU e não vai voltar atrás, a caixa de Pandora foi aberta e vai ser difícil de fechar. A maioria do povo ja foi envenenado com as “informações” do PIG e são incapazes de buscar outra fonte de notícia. Fique chocado com uma conversa que tive com meu pai, membro do PDT desde a fundação, brizolista fanático mas que votou no PT desde 1989 e defendia com unhas e dentes a sua posição de progressista, foi detido na ditadura por estudar no colégio Julio de Castilhos em POA o popular “Julinho”, ficou uma semana preso sem acusação e só foi liberado depois que meu falecido avô o encontrou numa cela de delegacia, falando com ele sobre esses casos ele me disse que esta torcendo pela queda da presidente e disse que não aguenta mais tanta roubalheira, tentei argumentar mas ele não quis entender.
    Então acho que é melhor se preparar para o pior cenário possível pois não confio plenamente no STF.

    Uma dica, aprendam algum meio de se defender por que as ruas estão ficando perigosas para nós eu já foi agredido verbalmente por estar usando uma camiseta do Emiliano Zapata, nazistas e fascistas estão em polvorosa. Eu faço boxe.

    Abraço Edu. Parabéns pelo blog

    Si vis pacem, para bellum

  • Eduardo, por favor, se puder fazer uma denúncia em relação ao fato abaixo, acho que seria bem interessante.

    É algo grave que vem acontecendo no Facebook, em relação ao golpe que está em curso.

    A comunidade abaixo foi feita pela Frente de Legalidade, articulada por Ciro Gomes e Flavio Dino, contrária ao golpe. Acontece que, no entanto, o Facebook não está permitindo que se convide os amigos para curtirem a página, o que está prejudicando que ela atinja mais pessoas.

    Já questionei o Facebook quanto a isso e eles não deram nenhuma resposta, a não ser algo vago, do tipo, “quando muita gente curte, o Facebook bloqueia”. Mas essa situação está acontecendo há três dias e bloqueio continua.

    Informei-os da situação no domingo e, até agora, nada. Pergunto-me qual o interesse do Facebook, empresa norte-americana, a impedir a divulgação da página da principal frente de legalidade atualmente no Brasil.

    Se puderem, por favor, façam a denúncia.

    A página é a:

    https://www.facebook.com/golpenuncamais.br/

    Obrigado,

    Gabriel

    • Argentina e Venezuela sob ataque do “império”?
      Pelo que sei foram os eleitores deles que resolveram abandonar a esquerda numa eleição democrática, não foi obra “império”….

      Quer ficar livre da “influência do cassino global”??
      Ora, basta retroceder à mais de 30 anos fechando a economia, dando um pé na bun## da tal globalização…

        • Sabe sim!
          Todo esse bando de fdp que vem aqui encher o saco sabe muito bem o que tá acontecendo, aqui, na Argentina, Venezuela, o que aconteceu no Paraguai e tudo o mais.
          E´que são mesmo do outro lado, e, na falta do que fazer, já que é impossível defender a fudeção do povo pobre que eles tanto querem, ficam com essa de criticar bolivarianismo, socialismo e qualquer atitude progressista.
          A verdade nua e crua é que distribuição de riqueza causa comichão, náuseas, dores de cabeça, inveja, depressão e sei lá mais quantas coisas nestes bostas. E a maioria nem rico é…

          • Companheiro, leia o artigo que eu postei, ele vai na veia da concentração de renda. Se você não lê inglês, arranje alguém pra traduzir, e espalhe.
            E deixe esses merdas pra lá, porque, no fundo, ………….sabem nada.

  • Edu, na sua resposta ao Heitor Voight, às 10:55, vc diz que a Marina da Silva está ganhando terreno por já ter se posicionado contra o impeachment, mas eu acho uma temeridade se essa Marina vier a crescer a ponto de se firmar como uma terceira via a ser escolhida. Acho que Marina terá muita coisa para explicar como a história do avião que vitimou Eduardo Campos, suas ligações com a Fundação Open Society de George Soros e com muitas ONGs estrangeiras como a Survival International, que aqui se instalam dizendo que estão protegendo nossos índios mas na verdade estão dilapidando nossas riquezas minerais. Olha a noticia que saiu no site http://www.caminhoalternativo.wordpress.com sobre a Fundação Open Society do George Soros: “Russia coloca fundações de George Soros na lista de ‘indesejáveis’. No post traz a informação de que a Fundação Nacional para a Democracia (NED) é financiada pelo Congresso dos Estados Unidos e é conhecida por suas operações de desestabilização, principalmente na América Latina. É, Edu, essa Marina da Silva nunca me enganou e eu não confio nenhum pouco nessa figura. E precisamos ter muito cuidado com essa tal de NED.

Deixe uma resposta