Médicos brasileiros fariam Hipócrates corar de vergonha

Apesar de ser historicamente controverso que o ateniense Hipócrates seja o autor do juramento que prestam os médicos brasileiros de “nunca causar mal a alguém”, na mesma semana vêm à tona o esquema conhecido como “máfia das próteses” e o caso escandaloso dos médicos que discutem em grupos de whats app meios de assassinar pacientes. Hipócrates deve estar se revirando na tumba por conta dos médicos brasileiros

O PT nunca morrerá porque ideias são imortais

Não há dia em que a morte “iminente” do PT não seja anunciada. Coloquei-me, então, a pensar na possibilidade (a meu ver, impensável) de o partido deixar de existir. Ocorre que o PT não é um partido, é uma ideia, um estado de espírito, uma forma de ver o mundo que nenhum outro partido político abriga. E ideias não podem ser mortas. Podem ser ocultadas por algum tempo, mas permanecerão vivas. Sobretudo quando de interesse universal como são a distribuição de renda e de oportunidades que o PT simboliza.

Além de mesquinho, endinheirado que agrediu Padilha é incompetente

Não posso deixar de escrever sobre o episódio lamentável que envolveu recentemente Alexandre Padilha, com quem estabeleci uma relação amistosa ainda quando era ministro. Foi agredido verbalmente em sua intimidade por um ricaço que gasta 500 reais em um almoço mas se recusa a gastar 5 reais de seus impostos para que pessoas que nunca se consultaram com um médico sejam atendidas. Mas a mesquinharia não é a única falha de caráter do endinheirado Danilo Amaral, como mostra este post.