Lava Jato se desmoralizou por só investigar e prender petistas

Poucos não sabem que a Lava Jato está desmoralizada. Mídia, OAB, STF e até a imprensa antipetista criticam a Lava Jato porque acham que ela perde eficácia quando se desmoraliza fazendo denúncias escandalosamente fracas e prisões escandalosamente arbitrárias, mas estão errados. A Lava Jato se desmoraliza porque é escandalosamente visível que só existe para atacar o PT, já que não incomoda políticos de outros partidos contra os quais há fartura de provas.

Senadora Ana Amélia, não se alegre. STF apoiou o golpe de 1964

A senadora pelo PP gaúcho, Ana Amélia, disse ter “alegria” por “ser golpista ao lado de ministros do STF”. Lewandowski ou Dilma não apoiam o impeachment por participarem do processo, um presidindo ou a outra se defendendo. E o STF presidir o processo não é garantia de nada. Ana Amélia não deve saber, mas o STF apoiou o golpe de 1964, apesar de que ela, filiada ao partido da ditadura, acha que daquela vez tampouco foi golpe.

“Pixuleko” contra Lewandowski e Janot não pode, mas contra Dilma pode?!

A medida do STF contra os bonecos difamatórios de Lewandowski e Janot é vergonhosa. Não por seus motivos, que são absolutamente plausíveis, mas porque mostra que a Justiça usa dois pesos e duas medidas de acordo com a situação política dos cidadãos, das autoridades e das instituições. Se não punirem os pixulekos contra Dilma e Lula, que não punam contra ninguém.

Janot esfregou a lei na cara de Gilmar. Foi de lavar a alma

Está passando batido que o Procurador Geral da República passou uma dura carraspana em Gilmar Dantas. Se você não viu, tem que ver. E curtir. Não é sempre que alguém diz a Gilmar o que ele merece. Isso não apaga ou justifica eventuais decisões erradas que eu e outros como eu acham que o PGR tomou, mas mostra que nem todo mundo está disposto a ser desrespeitado por ele. Janot disse, em resumo, que Gilmar tentou proteger Aécio de investigação só porque ele pediu, desconsiderando a lei. Não é pouco, hein!

Cunha é suspeito de chantagear deputados para aprovar impeachment

Como a maioria da Câmara não parecia disposta a agir contra Cunha por conivência ou “rabo preso”, o STF afastou o parlamentar da Presidência da Casa e do próprio mandato. E pode, agora, suspender atos variados de Cunha que prevaleceram ao custo de chantagem, intimidação e até via subornos. Entre esses atos, está a aceitação do processo de impeachment de Dilma. Há relatos de parlamentares que teriam sido pressionados por Cunha para votarem a favor. Daí tantas “traições” no dia 17 de abril

Um golpe “belo, recatado e do lar”

Todo mundo está perplexo com o oportunismo da defenestração de Eduardo Cunha pelo STF – às vésperas do golpe parlamentar contra Dilma Rousseff. O pretenso efeito dessa decisão oportunista – correta no mérito, não no timing – é conferir ares de funcionamento normal às instituições na antevéspera de uma decisão do Senado que jogará no lixo 54 milhões de votos. Querem travestir o golpe com supostos atributos morais e estéticos da mulher do conspirador-mor da República. Será um golpe “belo, recatado e do lar”

Lewandowski: “Não fechamos a porta para contestação do impeachment”

Por volta da primeira hora desta sexta-feira o Supremo se apequenou ao não proibir que a Câmara dos Deputados vote o relatório viciado que optou por aprovar abertura de processo de impeachment contra Dilma. Porém, graças à coragem do ministro Marco Aurélio Mello e à inteligência do ministro Ricardo Lewandowski, nem tudo está perdido. O relatório viciado do deputado Jovair Arantes poderá se voltar contra os golpistas lá na frente.

Dalmo Dallari acusa Rodrigo Janot de atuar politicamente contra Lula

Algumas questões vitais sobre a tentativa de golpe contra Dilma Rousseff que serão tratadas nas próximas semanas foram submetidas a um dos maiores juristas brasileiros. Do lado dos golpistas, está a “jurista” Janaína Pachoal opinando. Do lado dos legalistas, temos o doutor Dalmo de Abreu Dallari, 84 anos, professor da USP e da Unesco, autor de obras estudadas nos principais cursos de Direito do país. Ele falou ao Blog da Cidadania nesta sexta-feira.

Ataques da direita à democracia agora visam ministros do Supremo

Como era de esperar, os fascistas vão tentando esmagar qualquer um que fique em seu caminho. Os delírios de poder da mídia tucana, mancomunada com SETORES – e não com o todo – da PF, do MP e do Judiciário, saiu de controle. Agora quer ameaçar ministros do Supremo. Sim, já fizeram com Lewandowski, mas agora estão fazendo no atacado. Na opinião (embasada por informações) deste Blog, os golpistas atiram no pé ao investir contra vários membros do STF. Assim como o showzinho da Janaína, essa nova ideia “jenial” dos fascistas vai colocar o golpe ainda mais longe do alcance deles.