Como a direita se enterra

Opinião do blog

Há uma reflexão que me parece importante para se compreender por que quanto mais o discurso da direita é amplificado pela mídia, mais prejudica o candidato conservador à Presidência da República, José Serra, bem como Marina Silva, sua preposta na disputa, uma candidata de mentirinha elaborada como pretensa forma de retirar votos da única candidata progressista com chance de vitória, Dilma Rousseff.

Essa reflexão me veio ao ler, no blog de Ricardo Noblat, mais um bem construído artigo do presidente do instituto de pesquisas Vox Populi, Marcos Coimbra, que vem acertando na mesma proporção que o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, vem errando.

Vale a leitura do artigo do presidente do Vox Populi, que reproduzo na íntegra, abaixo, como forma de introdução da argumentação que construirei em seguida, em prol do entendimento do por que de os esforços propagandísticos imensos que Serra impõe aos grandes meios de comunicação de massa não estarem surtindo efeito.

Detalhe: logo após o texto em questão, também explicarei o que o blog do Noblat tem que ver com o assunto.

Eis, abaixo, o último artigo de Coimbra, publicado hoje no jornal Correio Brasiliense.

Para Onde Apontam os Números

De Marcos Coimbra, sociólogo e presidente do Instituto Vox Populi

Saiu uma nova pesquisa nacional do Ibope, que confirma as que foram feitas recentemente pela Vox Populi e a Sensus. Os dois institutos já antecipavam o que agora indica o Ibope, talvez por utilizarem amostras mais sensíveis.

Nessa pesquisa, a vantagem de Dilma sobre Serra, ela com 40% das intenções de voto, ele com 35%, é ainda pequena, perto da margem de erro de 2 pontos percentuais, se raciocinarmos com o pior cenário para a candidata do PT (no qual ela teria 38%) e o melhor para o do PSDB (em que ele ficaria com 37%). Como essa conjugação é pouco provável, o mais certo é afirmar que ela assume a dianteira, mas sem se distanciar do adversário.

Se fosse só isso, caberia apenas dizer que a pesquisa é boa para Dilma. Na verdade, porém, ela é melhor do que parece à primeira vista, o que permite dizer que é muito favorável à petista.

De um lado, ela mostra que Dilma continua a crescer tirando votos de Serra, em um processo análogo ao que a matemática chama “jogo de soma-zero”. Nele, o ganho de um é idêntico ao prejuízo do outro, o que produz um saldo sempre nulo: mais 5 menos 5 igual a zero.

Na política, isso acontece quando só existem dois candidatos de direito (por exemplo, no segundo turno) ou de fato (como está ocorrendo agora, quando perto de 80% dos eleitores fica entre Dilma e Serra). Somente 20% ainda não sabe o que fará ou pensa fazer diferente: votar em outros nomes, anular ou deixar em branco.

Como quase não há alterações nos nulos e brancos, e Marina não se mexe, permanecendo estacionada nas pesquisas de todos os institutos há algum tempo, as únicas mudanças se dão entre as pessoas que saem de Serra e vão para Dilma (ou vice-versa, mas em proporção muito menor). Quanto à pequena indecisão residual no voto estimulado, ela decorre da dificuldade que as campanhas têm de atingir algumas faixas do eleitorado refratárias à comunicação política, formadas por eleitores que podem, em muitos casos, continuar tão indecisos até o final que sequer comparecerão para votar.

Para Dilma, o bom, nesse processo, é que, a cada deslocamento de eleitores de Serra para ela, os números dobram. Por exemplo: se Serra perder outros 3 pontos e ela os receber, a distância entre os dois subirá 6 pontos.

Se, então, estiver em curso (como parece) essa tendência, a perspectiva de vitória da candidata do PT no primeiro turno se torna concreta, mesmo imaginando que Marina não míngue e até cresça um pouco. Quanto aos nanicos, alguns respeitáveis, tudo indica que a possibilidade de crescimento é remota.

A segunda razão da nova pesquisa do Ibope ser tão favorável a Dilma é o período de realização. Seu campo foi iniciado no dia seguinte à veiculação do programa do PSDB em rede nacional e prosseguiu enquanto estavam no ar suas inserções, logo após a propaganda do DEM e do PPS, igualmente dedicadas a Serra. O fato de toda essa mídia não ter conseguido, ao que parece, provocar o aumento de suas intenções de voto era previsível, mas veio como ducha de água fria naqueles que torciam para que melhorassem.

Não havia, no entanto, maiores motivos para imaginar que Serra iria crescer. Como acontecera no final de 2009 em situação semelhante (quando ele coestrelou, com Aécio, a propaganda tucana sem subir), voltamos a ver que seu nível de conhecimento é tão elevado que ele não ganha quando seu tempo de televisão aumenta. Em linguagem publicitária: sua imagem parece ter atingido o ponto de saturação, a partir do qual novos investimentos em propaganda apresentam retorno decrescente ou, quem sabe, negativo (quando há risco de perda de imagem com mais exposição).

Na interpretação amiga de quem deseja que ele vença, houve quem dissesse que foi a Copa do Mundo que o prejudicou, como se o interesse por ela fizesse com que a opinião pública ficasse indiferente à comunicação política enquanto a bola rola. A tese seria admissível se não fosse contrariada por tudo que conhecemos de eleições passadas, como a de 2002, quando Ciro Gomes cresceu mais de 15 pontos em plena Copa, impulsionado pela propaganda partidária que, desta feita, não ajudou Serra.

Com a perspectiva de encerramento da fase de pré-campanha com Dilma em clara dianteira, a eleição pode se encaminhar para uma definição antecipada: talvez comecemos a etapa final, da propaganda na televisão e no rádio, com a eleição resolvida na cabeça da maioria dos eleitores. Para que isso se confirme, falta pouco.

Não dá para negar razão a Coimbra. Não por enquanto, ao menos.  Ele tem acertado tudo. Seu instituto previu a subida de Dilma antes de todos os outros. Previu antes, em seguida, o empate entre ela e Serra. E, finalmente, no mês passado previu a ultrapassagem dele por ela, coisa que nem o instituto Sensus, o segundo mais preciso entre os quatro grandes institutos de pesquisa (grupo que inclui Ibope e Datafolha) do país, conseguiu prever.

Aliás, faço uma digressão do assunto principal para comentar que a próxima pesquisa Vox Populi, que já foi registrada no TSE, reveste-se de enorme importância, pois é bem possível que mostre aceleração da diferença da candidata petista sobre o candidato tucano, coisa que o artigo acima sugere. Afinal, Coimbra, à diferença de Montenegro, vem externando uma crença clara e crescentemente sólida nas condições superiores de Dilma na disputa.

Mas voltemos às questões que levantei: por que o discurso da direita midiática começa a prejudicar Serra e Marina Silva a ponto de elevar tanto a rejeição dos dois e por que digo que esse discurso é o que os está prejudicando mais?

Aí entra o blog do Noblat na parada. Por uma certa perversidade que me assola nesses momentos, não deixo de dar uma lidinha nos blogs da direita midiática toda vez que sai uma pesquisa mostrando que ninguém acredita mais na mídia além daquelas madames dos Jardins e da Barra da Tijuca. Vou aos blogs de Serra para ler o blogueiro e os seus comentaristas estrebucharem.

Nunca pensei que o que faço passasse dessa perversidade que às vezes até me preocupa, mas hoje descobri por que faço isso. Tento ver algum laivo de lucidez nessas pessoas, mas acabo vendo que quanto mais os fatos mostram que a estratégia da direita midiática é burra, mais ela se afunda nessa retórica maluca de fazer acusações tão evidentemente falsas e mal-intencionadas a Dilma, a Lula, ao PT e, sobretudo, ao governo do país.

A reação dos comentaristas do Noblat é absolutamente irracional. Não os cansarei reproduzindo as baboseiras que eles escrevem. Basta dizer, por exemplo, que, mesmo diante do fato incontestável de que o Datafolha e o Ibope erraram feio – e a Polícia Federal ora investiga se propositalmente ou não – e de que o Vox Populi e o Sensus acertaram muito mais, esses comentaristas alucinados continuam afirmando que estes dois institutos falsificaram pesquisas que mostraram o que os outros dois institutos acabariam tendo que mostrar – muito provavelmente, por conta da sigla formada pelas letras P e F.

Nos últimos dois anos, cada acusação escabrosa que a mídia fez a Lula e a Dilma  é sucedida por um total desprezo da opinião da maioria esmagadora da sociedade brasileira apurada pelas pesquisas. Mesmo com eventuais tentativas dos institutos Datafolha e Ibope de reverterem essa tendência tão sólida, eles acabam tendo que convergir para ela, cedo ou tarde. E isso porque a direita argumenta com qualquer bobagem, ignora os argumentos do outro lado e as evidências todas, como no caso das pesquisas.

Está em curso um fenomenal aumento da capacidade do povo brasileiro de mensurar a realidade nacional e internacional. Claro que há o bem-estar cada vez mais irrefutável que a economia tem proporcionado a brasileiros de todas as idades, de todas as classes sociais e de todas as regiões do país, mas há, também, uma capacidade de discernimento, aí, pois há um discurso anti Lula e Dilma que a mídia martela de uma forma impressionante e incessante.

Não houve mês, desde 2005, em que alguma acusação a Lula, a Dilma, ao PT e ao governo federal não estivesse sempre no noticiário. São pelo menos cinco anos de ataques ininterruptos, de acusações das mais graves que se possa conceber, que vão desde a vida sexual do presidente da República a crime de seqüestro contra a ex-chefe da Casa Civil dele. E não é que os petistas não tenham perdido popularidade; eles ganharam popularidade…

Porque o discurso de seus acusadores é tão pueril, tão desprovido de lógica, que simplesmente corrobora a impressão que decorre de quando as suas acusações não dão em nada. E, enquanto isso, enquanto a oposição fala em ética, é flagrada em casos escabrosos como o de José Roberto Arruda ou o de Eduardo Azeredo. Ninguém que não seja pago pela oposição ou que não seja vítima de um fundamentalismo político-ideológico doentio é capaz de negar como é gritantemente falso o discurso da direita midiática.

A cada distorção dos fatos, mídia e oposição vão se enterrando mais. Porque não acreditam que este povo tenha evoluído politicamente. Eu mesmo, tampouco acreditava que pudesse acontecer. Talvez por isso tenha cobrado tanto uma reação do PT e do próprio Lula aos ataques partidarizados da imprensa. Mas o fato é que Lula enxergou, muito antes do que eu, que o país está, sim, amadurecendo. Deve ser por isso que ele é presidente e eu, apenas um blogueiro preocupado com a democracia.

69 comments

  • Gostei da sua confissao. "Sou blgueiro e ele é presidente" . Edu, o pessoal do DEM está parecendo com o cara que sabe ser corno, mas continua dizendo que a ama. O Serra deu um pé no rabo deles (traiu) e eles continuam correndo atras dele. ALÉM DE SER O PARTIDO MAIS CORRUPTO DO BRASIL É TAMBEM O QUE MAIS TEM CORNOS.

      • Oi Campineiro
        Por favor, gostaria de que v. confirmasse dados resumidos de sua biografia, para efeito de estudos comportamentais dos comentaristas deste blog:
        Nascimento: Campinas-SP ( )sim ( )não
        Infância passada em: Pelotas-RS ( )sim ( )não
        Juventude Santos Dumont-MG ( )sim ( )não
        Fase adulta Mimoso-ES ( )sim ( )não
        Desde já, agradeço pelo preenchimento do questionário.
        Kid Prado

      • Caro Campineiro
        Para efeito de estudos comportamentais relativos ao comentaristas deste blog, solicito confirmar os seus dados pessoais discriminados abaixo:
        Local de nascimento: Campinas-SP
        Local onde passou a infância: Pelotas-RS
        Local onde passou a juventude: Mimoso-ES
        Local ond mora atualmente: Santos Dumont-MG
        Antecipadamente agradecemos pela confirmação.

  • Vários fatos: segundo o mesmo Coimbra 3 de cada 4 jornalista acha que o brasileiro vota errado (eita prepotência). Também a grande sacada de distribuir as verbas publicitárias por outras regiões e para outras empresas de comunicação ajuda. O papel das novas mídias! E por aí vai….

  • Como o Eduardo, eu tb estou surpreso (agradavelmente) com a maturidade demonstrada pelos brasileiros, a se confiar nas pesquisas. Depois de quase 8 anos de campanha diária pelos meios mais poderosos da mídia, com destaque para a TV e o rádio (os jornais diários somam apenas 7 milhões de exemplares), é incrível que a maioria da população não odeie Lula, não tenha tentado derrubá-lo, como foi subliminarmente estimulado a fazer pela mídia tradicional.
    A direita-burra (vou cobrar royalties pela expressão, que uso há alguns anos…rsrsrsrs) distanciou-se tanto da realidade e da psicologia social dos brasileiros, que entrou em parafuso. Para baixo e com força!
    Tivesse dedicado um décimo das suas energias para formular um programa, algumas críticas estruturadas, um discurso (ainda que falso, publicitário) em favor do Povo e do Brasil, e não estaria agora amargando verdadeira humilhação. Um candidato que estimula um Rei do Esgoto não merece outra coisa.

  • A Dilma Russef definiu com exatidão: parecem birutas de aeroporto. E isso serve para o PIG tbm. Interessante vai ser quando o Serra chegar ao terceiro lugar…

  • Eu costumo dizer que campanha difamatória é como antibiótico: tem que ser ministrada na dose exata. Nem mais, nem menos. Simples, né?
    Quando exageram na dose dá nisso aí que ocorre com o Serra. O atacado ganha resistência.

  • Edu, reparou que praticamente não há uma linha no Uol sobre o conflito na oposição????? "O que ruim, a gente esconde; o que é bom, a gente fatura…".

  • Um ministro tranquilo, eficiente que enxerga muito, o ministro Franklim Martins.
    Trairam-no na Globo, foi par a Band e o presidente visionário, o chamou para um espaço importante de seu governo.
    Ftranklim Martins não é só jornalista, é também um estratéjista.
    Publicidade do seu ministério é para todos, afinal a propaganda do governo é: UM BRASIL PARA TODOS.
    O que fez o ministro, pulverizou a propaganda do seu ministério para emissoras e outros órgãos que nunca viram um tusta Federal.
    Me lembro muito bem, que os colonistas da Folha, Globo, Estadão e Veja, criticaram a distribuição dessa receita por vários órgáos do país, habituados a receberem toda a receita que foi pulverizada.
    Hoje o governo Lula é divulgado por todos os mais remotos recantos do país e com isso junto vem a popularidade.

    • O Franklin Martins figura para o mercado publicitário como o Dunga para o mercado esportivo, tanto um como outro determinaram o fim da exclusividade dos desmandos GLOBAIS da corte do Cosme Velho.

  • Lembro que Ciro gomes em uma de suas entrevistas dadas ha poucos meses, disse que o exercicio de Lula na presidencia, mais do que sua simples chegada ao posto, fez um grande bem ao povo brasileiro.
    Assim, a propria midia que atacou o seu inimigo desde 2005 como diz o blogueiro tambem foi recuando
    em diversos pontos, como um exercio que cede terreno no ponto A, depois no C, depois…
    Dessa forma, primeiro muitos reconheceram a politica externa, nao o resto. Depois o sucesso exportador.
    A seguir o crescimento das reservas. Em seguida varios admitiram o BOM efeito economico do BF e do aumento real do minimo. E o acréscimo de dezenas de milhares de empregos, semana apos semana,mes a mes. Em seguida o fenomeno da popularidade crescente do metalurgico pau-de arara. Logo após seu crescente prestigio internacional.
    MInha tese seria que os leitores, ouvintes e tele expectadores do PIG nao demoraram a perceber que
    alem de haver mais empregos e dinheiro, a propria midia estava sempre cedendo em todos os fronts…
    Estamos chegando talvez ao ponto em que as fileiras inimigas se aproximam da retirada em ordem para.,bem nao sejamos triunfalistas. Isso pode levar a nossa derrota eleitoral. Apenas é uma tese.

  • A internet virou instrumento que deu voz a muitos descontentes,que ,surprendeu acho eu a muitos pela quantidade e a qualidade de pessoas que não aceitam mais os desmandos da elite brasileira,atraves de seus pupilos,a midia e os politicos.Ha uma visão quase genética de mundo deles que não é a realidade de fato.Postei no blog do Nassif,que levará umas 2 gerações para que se tenha uma oposição critica de si e dos fatos.Aécio tera a dificil tarefa de direcionar as novas gerações,que seja,expurgar d'alma,preconceitos,dogmas,ideais que servirão apenas para coloca-los em uma lista de extinção.

  • Na atual situação para a escolha do vice de Serra, duas figuras cresceram a apareceram com voz de decisão.

    Roberto Jerfesson, figura manjada na política passou a dá as cartas. Roberto Freire, um dos maiores trairias da nossa política também está dando opiniões.

    Como pode uma campanha política ir para frente, tendo como componentes estas duas figuras?

    É nestes políticos que se sustenta a campanha de Serra.

    • Gostaria de acrescentar que este fantástico palanque ainda conta com a valiosa ajuda de ninguém mais ninguém menos que Quércia, como quem, teoricamente, Serra trocava sopapos desde o des-governo Montoro.
      Mas assim, são os tucanos & agregados, inimigos por fora, amigos para sempre por dentro.

  • Edu, vc tem toda razão
    Para que FHC, Serra??
    Vamos todos unido por uma pátria só, com um único,impoluto e heróico partido.
    Abaixo a imprensa golpista.
    Viva a sempre alerta imprensa alternativa.
    Vamos formar nossa opinião somente pela Blogosfera Progressista.
    Vamos todos remar em uma unica direção.
    Uma imprensa, um jornal, um presidente (Lula) um partido (PT) uma assembléia nacional sem parlamento sem mais partidos, uma justiça, um canal de televisão.
    Só cinema nacional. No campo externo,vamos sempre contra o imperialismo Americano, Europeu e os países que se acham desenvolvidos, antes da era Lula, vamos comprar produtos só de parceiros comerciais como a China comunista.
    Toda produção agrícola na mão do MST.
    Este mundo maravilhoso é possível,devemos tentar, com afinco. T
    odos os blogueiros progressistas mostram para nós o caminho da felicidade, diariamente.
    Somente 5% da população não enxerga a felicidade.
    Tirei a parte religiosa pq alguns leitores chamam a oposição de corno de demos de tudo quanto é nome, mas realmente não é bom misturar as coisas. Mas de resto fico com o texto de seu Blog

    • Normalmente, os pólos mais ortodoxos exageram nas posições atribuidas ao oponente, para desclassificar o discurso e as idéias do outro. Pessoas sensatas atribuem exageros nem são exageradas.
      A esquerda sensata como a direita menos ortodoxas, não pregam chavões.

    • Gostaria de saber de quem o Sr. Campineiro esta falando ? Nesse blog e entre os seus vários participantes não se postula partido único, imprensa amordaçada, polícia política e partidarizada, justiça tendenciosa (engavetadores) e outras mazelas citadas, aliás tudo isso nós já vivemos e presenciamos no nosso país e podemos garantir que não foi o PT, nem Lula, nem blogosfera quem instaurou tal "ordem" política nessas terras, sabemos todos que os grandes conglomerados midiáticos brasileiros ligados ao que existe de mais conservador na política nacional foi quem pariu esse aborto institucional.

      • Desculpe Sr. Fernando, mas é exatamente isto que os Blogs de esquerda fazem, o tempo todo, sem parar.
        Único partido que presta é o PT.
        Só a imprensa alinhada livre, as outras são PIG
        E assim vai
        Justiça
        Educação
        Transporte
        Rodovias
        Saneamento

        Como ja diz o vosso guia

        "Nunca antes na história deste país"

        Veja o post sobra a Dilma no Roda viva e os comentários.

        Nasceu o Messias,e foi no Brasil, e só 5% da população não sabe disto.

        Ela será a vossa Hugo Chavez (de saia). É tudo que a esquerda sempre quis.

  • Alem da possibilidade de vitória em 1º turno se cogita também de como seria a verdadeira oposição que advirá. Sabemos que não pode haver hegemonia de Estado ou do Mercado. Só que Lula/Dilma costuraram um equilíbrio de forças dentro do governo. Meirelles eleito pelo PSDB, desiste da posse como deputado federal o mais votado de Goiás. O José de Alencar, empresário, outros como Stephanes e aquele da Sadia, representam o ente Mercado dentro do Estado. Empresários e agronegocio. Trata-se de modular uma maior inclusão social. Restaria contar com uma oposição política necessária com propostas para abreviar a nossa desigualdade de renda familiar e de aplacar a baixa auto estima. Aqueles diagnósticos dos meios de comunicação sobre a fragilidade da oposição e da popularidade ainda maior das esquerdas-Estado forte, via Lula, se não fizessem essa indevida oposição, demonstram que contamos nada mais nada menos com uma oposição midiatica sem concurso do voto, a mídia partidarizada.
    Daí desponta desde já a grande tarefa com a eleição de Dilma com a base de apoio. Vamos ajudar a fulminar a falsa oposição que são os meios de comunicação. O PNBL e verdadeira opção pela educação. Eles no planeta em conluio com o Mercado-capitalismo exacerbação do egoísmo, do proveito próprio, muito mais no Brasil são os que cooptaram com Serra, maior expoente de um capitalismo-mercado em declínio no planeta.

    • Não creio nesta vertente exposta.
      Creio mais que estamos em um processo de "Soberano Carismático" no sentido desenvolvido por Max Weber.
      O "Soberano Carismático" conforme Weber não permite o controle de seu atos, não obedece a nenhuma procedimento, não corresponde a nenhuma perspectiva de papel, e afasta todos os atores que possam delimitar sua posição por regras e insistem em ter voz ativa.
      Conforme Max Weber este Soberano Carismático mantém a sua legitimidade, desde que seus "suditos" acreditarem nos valores do "Soberano Carismático" e que seus atos tenham sucesso.
      Portanto creio que estamos longe de qualquer movimento transnacional, transespiritual ou que haja forças trancendentes em ação. Creio que devemos manter os pés no chão e buscar explicações para o delírio coletivo ou individual como descrito por Daniel Philippi de Negreiros em "Pensamento, delírio e consciência do eu"

      • No campo economico deve imperar a fraternidade. A liberdade ou livre iniciativa não se aplica ao campo economico. O economico deve ser a cogestão, a cooperação e regulado pelo Estado eficaz (contenção do proveito proprio)
        Provas, provas para mim as procurei. Confrontei com tudo que havia lido, refletido, estudado, praticado, ritualizado até. Achei, ou melhor tenho encontrado uma miríade de provas através da internet. Antes minha conexão era de 200 kb. Agora 1 Mb. A mais cara do planeta. Tenho foco no que procuro. Estou convencido de que “o equilíbrio é a cessação da luta pela hegemonia” Lógico então que haja equilíbrio entre Estado/coletivo/publico/partilhar/trabalho/etc com o outro pólo ainda hegemônico no planeta e particularmente no Brasil em São Paulo, capital, SBCampo, etc. Navegando na internet, apoiando financeiramente para uma comunicação democrática, cidadã, populista, etc. (eu e minhas circunstancias) descobri uma solução já disponível em outras economias capitalistas -causa efeito eficaz e que exemplifica o desequilíbrio em que ainda vivemos na desigualdade de renda familiar e na crença do complexo de vira latas ou como queiram a cultura do pessimismo ou a manutenção de uma baixa auto estima..
        Pô se eu navegando na internet descobri a minha verdade, quanto mais pessoas acessassem mais verdade seria dinamicamente descoberta.
        Qual a prisão a qual estamos submetidos? O mito da caverna e a fabula do lobo e do cordeiro exprimem bem. As sombras são produzidas pela mídia corporativa capitalista empresas lucro acima das pessoas. A lavagem cerebral são os argumentos do lobo.
        Conheço Lula do tempo das guerras do ABC. Ninguém fez doutorado lendo doutrinadores da situação em que vivíamos. Ele torneiro mecânico eu supervisor de manutenção. Se eu intuitivamente foco na internet para descobrir como estabelecer o equilíbrio Estado-Mercado, na medida que outros o fizessem o equilíbrio será alcançado.
        Quem estiver contra o Plano nacional de banda Larga, contra e se recusou a participar da I CONFECON está contra mim, contra o Brasil, contra a humanidade.
        Em síntese. Serra e o que ele representa de um Mercado/capitalismo ineficaz. Contra o PNBL registrei o discurso do Bornhausen na câmara. Ambos representam os argumentos do lobo. Querem nos manter nas sombras porque não têm aptidão empresarial para nos ofertar um serviço com adequado custo beneficio. A banda larga do Brasil é a mais cara e ineficaz do planeta. Outro dia jornalista do Estadão disse que a culpa é do governo por não pressionar as agencias reguladoras. Argumento típico de um lobo tanto quanto aquele do assassino dizer “não tenho culpa se você se colocou na trajetória da bala”. Meu argumento o qual aplico com todas as minhas convicções é “Privatizar é assumir a própria incompetência para administrar e gerir a coisa pública” ainda mais com os meios de comunicação.
        Para nós que estamos acima da linha da pobreza a nossa libertação advirá de quando tivermos uma comunicação como um direito natural.
        Como disse um blogueiro- “Quanto ao capitalismo, devemos apoiar Dilma agora e ir até o limite máximo de crescimento com distribuição de renda e justiça social que o capitalismo comporta. Quando chegarmos a esse limite, caberá ao povo brasileiro decidir que rumos tomar”

        • Desculpe discordar de vc tão frontalmente.
          Cogestão da livre iniciativa pelo estado é negar a ineficiência e inépcia do governo e de seus agentes.
          A banda larga mais cara do planeta realmente eu concordo com vc, mas discordo da maneira de solucionar por meio do Estado. Nunca na história deste país, incluíndo os 8 anos de Lula, o estado mostrou uma única vez sua eficiência maior de atuação reguladora no mercado.
          As agencias reguladoras são sim possibilidades de regular o mercado, quando não são partidarizadas, como ANEEL, ANAC, e até as menores como ANVISA, MAPA etc. de quem as empresas de uma forma ou de outra dependem.
          Desculpa mas acho estas comparações de Lobo e cordeirinho muito puerís para serem levadas em conta, pq ficam enaltecendo os agentes do atual governo como cordeirinhos cercados por Lobos (alguns até ministros de estado) o que realmente não é verdade.
          A frase mais certa é aonde vc coloca “Privatizar é assumir a própria incompetência para administrar e gerir a coisa pública”, sendo que neste caso os 8 anos Lula se mostraram tão e/ou mais incompetentes quanto qq outro governo.
          A TV Lula e a cúpula desta questão de comunicações é a mais viva prova disto.
          Concordar em apoiar a Dila como vertente da de Capitalismo esta fora de cogitação. Eu teria então que apoiar o Delim Neto em sua balburdia de que é preciso crescer o bolo para então depois distribuir.
          O mercado é mais vivo mais eficaz que qq entidade governamental. Isto afirmo: qualquer entidade governamental.
          Sou do tempo de Lula em SBC tb. Quantas vezes não vi Marinho (hoje prefeito de SBC) pindurado aqui no alambrado da empresa, chamando todos dirigentes de empresa de fdp que vai matar, pendurar, boicotar, etc. etc. e tb vi a vida mundana e nababesca que estes mesmos dirigentes sindicais levavam no exterior aonde as negociações salariais eram regadas a Whisky 12 anos e mulheres de vida fácil.
          Ou seja, a atuação dos agentes de mercado estão muito longe de serem considerados cordeirinhos e lobos. Podemos mais fácilmente classifica-los de poder = situação e buscando poder = oposição.
          As verdadeiras mudanças foram feitas pela dinâmica do mercado e a lógica do poder (tomada do poder misturado com "Soberano Carismático" que mencionei na resposta anterior

  • Escreveu muito bem, Eduardo, é isso mesmo. A direita, por mais que seja provado a ela o amadurecimento do povo brasileiro, teima em não querer acreditar ( tb, com um PIG desses, sempre lhe dando guarida…) porque não podem acreditar nisso, seria "ceder" às coisas "desprezíveis e inferiores" ( torneiros mecânicos, garis, Estado, justiça social, etc), segundo o pensamento dela. Ótimo, melhor para o presidente Lula e para Dilma, e para todos nós que queremos a continuidade de um governo espetacular, vide os números da economia e a aprovação do presidente. Abraços.

  • Viva o povo brasileiro. Isso mesmo Edu, o importante desta campanha é que o antipático ex-governador consegue fazer que a população enxergue através dele e a cada jornalista humilhado em suas entrevistas mais o povo entende que os jornalistas estão segundo um roteiro escrito pelo seus patrões.
    O povo esta se politizando e muitos lembram da petrobrax. Muitos sabem o quanto foi errado eleger o refeito de são paulo. Está na hora de mostrar que o al ck min tenta se esconder pois sabe que se aparecer vai começar a cair nas pesquisas também.;)

  • Sobre a menor credibilidade da mídia, uma hipótese é que tenha relação com o crescimento da escolaridade e, concomitantemente, com um crescimento maior de eleitores que de tiragem impressa.

    Ex.: a tiragem da Veja está em 1,2 MM desde 1994, quando havia 95 MM de eleitores com 5 anos de estudo. Hoje o número de eleitores é 135 MM com 7,3 anos de estudo. Mas a tiragem das semanais (e jornais em geral) é a mesma há década e meia, mesmo com aumento de escolaridade e de renda média.

    ano : eleitores / média de anos de estudo
    1982 : 57 MM / 4,0
    1986 : 69 MM / 4,3
    1989 : 82 MM / 4,6
    1994 : 95 MM / 5,1
    1998 : 106 MM / 5,6
    2002 : 115 MM / 6,2
    2006 : 126 MM / 6,9
    2010 : 135 MM / 7,3

    Então que mídia ainda influencia muito? Acho que TV. Mas os jornais ainda servem para ""pautar""

    Um grande abraço."

  • Eduardo, vc sabe o ditado: mentira tem perna curta? Este é o problema da midia direitista e mentirosa. Nos idos de 80/90, uma mentira dita na globo, levava uma semana para ser desmentida, talvez até mais!
    Por exemplo, o caso Luriam em 89, tomou os eleitores mal informados da época a votar no collor, pois a repercussão favoravel a lula, levou dias ou meses para chegar ao inconciente coletivo. Hoje, com a internet, demora minutos ou talves horas. Exemplo, dossiês, fichas falsas de dilma, ditabranda, cesar benjamin etc.

  • (continuação) Em outras épocas, estas mentiras seriam devastadoras para a candidatura de esquerda.
    Hoje, desvendada a mentira em minutos ou horas, ela se volta contra o mentiroso, no caso, a candidatura dos difamadores, o J. Serra.
    Um outro exemplo foi o caso do dunga/globo. No início não entendi por que a ira do dunga. Fui a internete e descobri. Em seguida, veio o lançamento do dia sem globo. Minhas filhas que não são tão ligadas como eu no mundo virtual, imediatamente recebeu e mails pedindo a adesão ao dia sem globo.
    Em outras épocas o dunga seria malhado por longos dias e semanas. Hoje, o tiro sai pela cultra, direto para ofuscar a venus platinada do j. botânico.

    Parabens pelo site e desejo saude e vida longa para vc, familia e, em especial para a vitória.

    Oro por ela,

    js

    • A rapidez dos desmentidos foge à compreensão do arcabouço estratégico da GLOBO, se é que ela tem algum.
      Na questão do DUNGA, tornou-se impressionante a rapidez com que segmentos não politizados aderiram à campanha, demonstrando que há uma insatisfação latente e uma descrença clara quando à confiabilidade da informação transmitida pela emissora.

  • Eduardo, a direita confiou tanto na mídia que meteu os pés pelas mãos. Serra teve 6 meses (6 meses!!) para escolher um vice. Deixou para a última semana. Deu no que deu. O Dem está tirando o time de campo e parece que até o PPS (!!) liberará seus filiados a apoiarem quem quiserem.
    Sempre me vem à mente, nessas horas uma avaliação do Nassif: o PSDB ficou tão protegidinho pela velha mídia, tão fechado no casulo midiático, que infantilizou-se. Perdeu a capacidade de decisão.

  • Edu , o discurso da direita não tem sustentação social e parte de um núcleo de pessoas pseudo esclarecidas, mas que, na verdade, só dá ressonância a mensagem da subserviência, do neoliberalismo, do discurso fácil direitista do : “quem tem é porque trabalha e quem não tem é porque é vagabundo”. Eu também cai por muito tempo neste discurso e com um pouco de esforço e melhoria na qualidade da informação que eu recebo, mudei de opinião completamente.

    A diferença dos políticos de maior experiência é que eles, e principalmente o presidente, tem viajado muito mais e tem tido um conhecimento muito maior do resultado das políticas sociais e economicas implementadas neste governo..A opinião desta turma não foi captada corretamente ainda. Quando ela entrar em ação talvez a oposição, o Serra e o PIG sofram a maior derrota até hoje vista na história..É hora das forças progressistas manterem seus esforços e redobrarem suas ações…

    Outro ponto a favor é que não houve uma interferência direta dos interesses norte americanso na política interna brasileira, não por bondade deles, mas pelo fato de Lula ter dado uma no chico e outra no francisco..

    A despeito da classe média babagenta e cretina, os ricos do Brasil estão cada vez mais ricos, os bancos nunca ganharam tanto dinheiro quanto no tempo do Lula e 60 milhões de pessoas mudaram de classe social.

    Isto implica em contradições que serão, mais dia, menos dia, agravadas .

    Mas isto é outra história. Ainda temos muito a percorrer em termos de redução de desigualdades..

  • Tem uma certa classe que se acham poderosos e acham que tudo pode. Acham que só eles é que tem direito a uma vida cada vez melhor. São famílias ocupando os melhores cargos e um nunca sem fim de aproveitarem o que de melhor pode existir. Enquantoa clase mesnos abastadas ficam a ver navios. Eu Estive na Espanha recentemente e vi uma coisa lá que me deixou embasbacado que foi um nivelamento na questão renda. è um regime democrático e fiquei bobo de ver como a coisa lá funciona. Enquanto aqui se critica o Bolsa Família estes mesmos críticos deveriam fazer um estágio lá para ver como lá é muito mais avançado o apoio pelo Governo aos menos favorecidos (em todos sentidos)

  • e o senador que ia acabar com a raça do PT por 30 anos?nada como um dia após outro,já imaginou ao fim das eleições o DEMos com 2 cadeiras no senado,vai ser um deus nos acuda,aqui na boa terra quase não se fala neles,o grampinho neto do grampão falecido nem na tv dele aparece,o bicho pegou prs demos-tucanos.

  • Edu, esta oposição sempre foi bem unida para prejudicar a administração do governo LULA, vide cpi, queda da CPMF e inúmeras denúncias sem sentido. tentaram unidos e de todas as formas desqualificar a pessoa de nosso presidente não só internamente como externamente. Hoje estão provando o gosto amargo daquilo que tentaram ao longo do tempo impingir no PT e no Lula. Nossa economia está aí, Falem mal dela agora? educação, política interna e externa, investimentos, resgate social, enfim, falem mal agora? Vocês sempre não foram tão afinadinhos? Mostrem isso para o Brasil? eu acho que o povo merece ser respeitado!! ou não? com a palavra os paladinos da democracia, da ética e dos bons costumes.

  • Ha mais de dois anos digito a frase que não é minha, mas que é própria para o caso. "Os cães ladram e a caravana passa". A caravana continua passando e a cada dia aumenta sua veleidade. Os cães já estão com as línguas de fora, babando e a cada dia a matilha vai perdendo força. Não alcançarão a carruagem que conduz sua douta passageira. O "cocheiro" – mestre em capoeira- não vê pela frente obstáculos a vencer. É "o cara".

    • Desculpa mas não resistí.

      Coluna social do CH

      Gracinha de petistas no Twitter com o bordão do falecido Ibrahim Sued:

      “Os cães ladram e a Cara Vana passa.”

      Vana é sobrenome de Dilma.

  • Concordo com o Sr. Locatelli. A direita se acostumou a ser tão mimada e bajulada pela mídia que se convenceu de que não tem defeito, e que, portanto, não tem que mudar nada. Não compreendem por que as pessoas preferem os esquerdistas, partidos e pessoas que, segundo sua mídia bajuladora, faz tudo errado o tempo todo, só fala besteira, não faz nada do que diz fazer. Fica, como seus seguidores, cega e surda à realidade ao seu redor.

  • Perfeito Eduardo. Já lhe escrevi dizendo que Lula é um gênio político, goste-se dele ou não. Como Pelé no futebol, será difícil aparecer outro da dimensão do Lula. O presidente provou conhecer a alma do nosso povo, a sagacidade e inteligência de nossa gente, apostando que todos enxergariam de que lado estaria a ameaça à sua sobrevivência e bem-estar, não dando tanta bola à midia brasileira, que passou várias décadas julgando que faria a cabeça do povo, e vendendo, e caro, este pseudo dom, aos que dele precisavam para continuarem explorando e enganando a todos, até quebrar o encanto em 2002. Até esta data, o povo ouvia e tinha esperanças de mudanças também com muitos os políticos que a mídia apoiava, encantava-se com o discurso travestido de linguagem até de esquerda dessa gente, mas teve muita frustação e sofrimento como resultado. O sentir foi num crescendo até chegar ao rompimento que levou Lula ao poder. No poder, Lula com discurso bem diferenciado dos que usaram a mídia para mistificar e enganar, adotou medidas concretas para reduzir o sofrimento dos mais pobres que estavam submetidos a verdadeiro genocídio imposto por nossa elite, que pouco fez para educá-los, mas passaram a exigir de todos indistintamente qualificação para o emprego que só a educação formal pode dar, deixando milhões sem trabalho e renda monetária. Ousou políticas públicas, antes praticadas com clientelismo e em doses quase homeopáticas, verdadeiras amostras grátis para quem mostrasse o título eleitoral, desatou alguns nós da economia, que travavam nosso desenvolvimento, procurando aumentar o nível da produção e do emprego, rompeu com as amarras do FMI e do Banco Mundial, tudo debaixo de críticas, mentiras, ridicularia e risadas dessa direita que você com competência acusa. A meu ver, é possível que estejamos só agora iniciando fechar um ciclo político e econômico, que teve seu auge na ditadura, e que seus criadores e apoiadores, com destaque da mídia, conseguiram levar até 2002. Faltam ainda alguns acertos históricos. Agora, será muito difícil que possam reverter o quadro, pois a derrota que se avizinha é quase certa, segundo muitos deles mesmos avaliam, pois sabem que só enganado o povo ficará do seu lado, já que não podem mais contar com o voto de minerva do golpe de estado, usando as forças armadas com apoio externo, hoje escasso para esse tipo de ação, no que se mostraram muito competentes por muitos anos, nos quais infelicitaram nosso povo, sem enfrentamento competente. Estou muito otimista. Poucas vezes e por muito pouco tempo consegui apoiar sem constrangimentos um governo nesse país. A mudança feita por Lula está à vista de todos e será continuada e aprofundada. Tudo indica que, com Dilma, será essa a aposta majoritária de nosso povo.

  • Eu já tenho uma teoria mais simples. Realmente existe uma lembrança maior na população em relação ao Serra, pelo que ele já foi no gov. federal e no estado de SP (principalmente nesse último). Mas, bastou o resto do país saber que ele será mesmo o candidato que concorerrá com o Lu… digo com a Dilam, candidata do Lula, que o povo logo viu o que tinha que fazer. Sem contar o cinismo desse povo, que malhou, malhou, malhou e malhou mais ainda, e agora tá se fazendo de bonzinhos … não dá, né!

  • Quando o Ciro queria ser candidato e saiu triturando o pt e dizendo que o Lula viajava na maionese,a imprensa deu maior destaque,porém agora esqueceram do Dem. Por essas e outras morro de medo que essa cambada volte ao poder,com certeza corrupção "não teremos mais".

  • Eu sei que está fora do assunto, mas quero dizer que hoje, depois de muitos anos, comprei um jprnal.
    Foi o "Hoje em Dia" de Belo Horizonte.
    Motivo? A manchete das rachaduras no palácio do Aécio.
    Abraços

  • Dois "monstros" da blogosfera que não dá pra não ler: Gilson Caroni e Eduardo Guimarães. Sei que tem gente boa demais da conta além de vcs, e isso é que é bom. Articulistas que argumentam e não ficam pentelhando como nesses blogs de esgoto, como costumamos dizer.
    Fantástica análise, Eduardo! Beijo no coração!

  • Edu, é mesmo muito difícil acreditar que esta direita, contando com pessoas com a inteligência que devem ter para terem dominado por tanto tempo, expropriado em tal escala, usurpado o trabalho honesto de tanta gente, não estarem conseguindo apresentar uma oposição minimamente considerável. Parece mesmo haver um pulo do gato em algum lugar que vai pegar todos de surpresa. Mas a verdade é que Lula tem jogado como grande estrategista.

    Não reclamou da imprensa mais do que o necessário, sabendo que falava para um novo povo. Ainda há muito o que fazer até não precisarmos mais deste tipo de alianças que temos que engolir.

    Parabéns pelo seu blog (que continuo visitando diariamente), e agora com maior admiração pelo seu reconhecimento da postura correta do PT e de Lula e não entrar no jogo como queria a oposição e o PIG.

  • Já postei outras vezes e faço novamente.
    Simples e límpido como água cristalina:
    ___ QUEM CONHECE DILMA VOTA EM DILMA _________
    ___ QUEM CONHECE SERRA NÃO VOTA EM SERRA ___

  • Os argumentos de Coimbra são bastante corretos. E o são porque baseiam-se na lógica, utilizando a razão para corroborar as deduções deles retiradas; que enlouquecem os reacionários; e por isso passam uma imparcialidade, e uma clareaza, que impressionam. Para começar, o caráter dicotômico que a eleição vem assumindo; polarizando-se entre Dilma e Serra(polarização que já é a da Sociedade brasileira: PTXPSDB); facilita o crescimento de Dilma. Cada eleitor que muda o voto, deixando de votar em Serra e passando para Dilma(provavelmente porque conheceu Dilma e a soube que ela é candidata de Lula), representa dois votos a mais para a vitória no 1º turno. Como a maioria do eleitorado está nos dois candidatos, sendo pequenos os percentuais dos restantes, é inevitável concluir-se que Dilma cresce retirando votos de Serra. Por isso Lula, com sua genialidade política, queria que a eleição só tivesse Dilma e Serra como candidatos importantes. Continua…

  • Continuação:Esse foi o motivo de Lula ter esforçado-se tanto para que Ciro Gomes saísse do páreo. Como também é por isso que a mídia "infla" a candidatura da patética Marina Silva(uma traidora que atinge o seu ocaso político de maneira deprimente). Quanto ao limite de crescimento de Serra, não é difícil, a menos que seja-se um completo fanático, perceber a correção dos argumentos de Coimbra : Serra tem quase 50 anos de militância política, se contarmos desde os tempos do Movimento Estudantil, já disputou eleição presidencial; portanto não existe mais possibilidade de sua popularidade crescer por exposição. A única hipótese seria se passasse a apresentar propostas que empolgassem, coisa que não faz(seu projeto excludente é indivulgável), restringindo seu discurso ao denuncismo que, como dá provas factuais nossa população, não cola mais. Só me pergunto qual o motivo de um reacionário como Noblat ter publicado o artigo de Coimbra em seu blog : acho que tem o dedo da vingança de FHC.

  • concordo Edu, e a marina vai fazer o mesmo papel q a HH fez em 2006, ajudar os tucanos a passar p 2o turno e sera descartada por eles em seguida, vc nao acha? um abraço!

  • Eduardo. Estou plenamente de acordo com voce. Gostaria porem de acrecentar um outro comentaripo que em pricipio nada tem a haver com este assunto. É o da escolha do vice de Mercadante. Para mim como araraquarense, poderia ser motivo de alegria ter uma figura politica desta cidade como o indicado. Porem para quem aqui vive e tem uma visão de esquerda, essa indicação é a mais estaparfudica, pois essa pessoa, capacitado profissionalmente sem duvida, é o maior indidualista do mundo. Para se ter uma ideia a esse respeito na ultima eleição municipal, ele foi vice do candidato "totalmente" a direita. Agora esta filiado ao PDT, aparentemente a esquerda. Por isso que eu acho que o PT paulista esta completamente a deriva da situação nacional e na minha opinião, caminha celeremente para mais uma derrota. Abraço. Alexandre.

  • É similar ao fanatismo religioso, Eduardo. Mesmo que você faça-os olhar para o céu e mostre que ele é azul, eles vão jurar até a morte que ele é verde “porquê seu líder máximo assim disse”. O máximo que dá de fazer nesses casos é ignorar, e trancafiar quando se tornam perigosos para os outros ao redor.

  • Eduardo, acredito que esse seu parágrafo diz tudo: "…sua imagem [de Serra] parece ter atingido o ponto de saturação, a partir do qual novos investimentos em propaganda apresentam retorno decrescente ou, quem sabe, negativo (quando há risco de perda de imagem com mais exposição)." Só me parece incrível que os doutos em marketing eleitoral a serviço do demotucanato não tenham, como deveriam, previsto esse fenômeno de "não aguento mais" por parte do eleitorado… Esse resultado, afortunadamente nocivo à candidatura conservadora, me parece resultar de uma mescla de pura e simples incompetência (os maqueteiros demotucanos não são tão doutos assim…), com a crença preconceituosa e arraigada dentro das elites, de que o povo brasileiro é, por certo, incapaz de evoluir em suas crenças políticas e de ter uma visão mais nítida e abrangente da sua própria realidade. Ou seja: as elites apostaram, e ainda vêm apostando, na burrice, ignorância e insensatez das massas e, além disso, acreditaram cegamente nos ditames de meia dúzia de "profetas" que só dizem, pura e simplesmente, aquilo que elas (as elites) querem ouvir… Pois que assim seja! Quem sabe assim eles aprendem!

  • Olha eu torço para que o DEM fique do lado do SSerra. Não desejo ve-los separados do PSDB , ainda mais agora que o BoB Jeff anda dando das suas pitácoras na vida alheia , aliais como sempre fez, só entra com algum interesse de destruir , ou quer algo.
    É só esperar , é como briga de cachorro magro na falta de osso , acabam mordendo o rabo uns dos outros.
    E o tal SSerra , que não se posiciona , oh carinha sem coragem e covarde. E ainda ficam dizendo que o cara é grosso e coisa e tal … grosso só quem pode, e se garante nas consequências de sua grossura . Aquilo não passa de um borra botas. Será que na hora de entrevista-lo ,nenhum jornalista vai chama-lo à altura?
    Vi no portal R7 uma declaração dada como se fosse de Aécio , na primeira página , mas no corpo da matéria era do secretário geral dos PSDbestas. Assim não pode , assim não dá…..
    Grande Edu , beijos na Vitória.

Deixe uma resposta