Pensamentos por Victoria

Crônica

Cumpre-me informar que a situação de minha filha Victoria, internada há mais de um mês, piorou de forma inesperada. Está havendo queda pronunciada e intermitente de seus sinais vitais, de maneira que ela deverá ser transferida para a UTI ainda hoje.

Se você, leitor amigo, tem fé em algum ser superior, ou mesmo se não tem, peço seus pensamentos por minha filha, por mais que ela seja apenas uma entre tantas outras crianças inocentes que padecem de problemas de saúde neste exato momento em cada canto deste planeta.

E o que peço que desejem para a Victoria é que o desfecho de mais este mergulho dela seja o que melhor lhe convier e não o que convenha aos que a amam, pois não sei se devemos desejar que ela melhore mas continue sofrendo dessa forma ou se o melhor seria parar de sofrer definitivamente…

Como eu disse recentemente, a criança sofre tormentos físicos a cada dia, ininterruptamente, por conta de agulhas, tubos, medicamentos, enfim, por conta de tudo que é necessário para tentarem lhe recuperar a saúde.

Não sei mais, portanto, o que desejar, de forma que desejo que aconteça com a minha filha o que for melhor para ela e não para os seus pais, irmãos, familiares, amigos, pois, para nós, o melhor é vê-la sorrindo e saudável, como na foto acima, mas, para ela, não sei o que seria melhor, porque cada melhora que tem é sucedida por piora.

Diante de tudo que nós, mortais, não sabemos da existência, resta-nos deixar situações como a de minha filha aos desígnios do Ser Superior ou aos desígnios da natureza, para quem não tem crença religiosa. E isso vale para Victoria e para cada ser vivente.