O alter ego de um blogueiro

Aviso

Todo blogueiro tem seu alterego, seu outro eu, sua, digamos assim, “identidade secreta”, assim como o Superman ou o Batman. Todavia, por trás de cada um, há um homem – ou uma mulher –, com seus problemas, contradições e fraquezas.

Conversava por telefone com uma leitora e companheira do Movimento dos Sem Mídia sobre esse assunto. Acho que há espaço para tudo. Posso ser o blogueiro– que, muitas vezes, parece estar acima das vicissitudes da vida –, em uma parte do tempo, e posso, também, dedicar-me à família e ao trabalho. Contanto que faça uma coisa de cada vez.

Nesta quinta-feira, por exemplo, o blogueiro deve ceder espaço ao homem, ao pai de família, àquele cidadão como qualquer outro que tem que ganhar o próprio sustento, até para ter tempo para se dedicar ao seu alter ego digital.

E ainda sobra uma raspa de tempo para ser ativista político, como faço ao dirigir o Movimento dos Sem Mídia, que tem, para encarar, o seguinte:

1 – Representação no Ministério Público contra Organizações Globo, Grupo Folha, Grupo Estado, Editora Abril, Jornal Correio Brasiliense, revista IstoÉ e outros veículos que promoveram alarma social durante janeiro de 2008 no âmbito de uma epidemia imaginária de febre amarela.

2 – Representação na Procuradoria Geral Eleitoral contra os institutos de pesquisa Datafolha, Ibope, Sensus e Vox Populi por possível crime de falsificação de pesquisa por parte de algum deles.

3 – Preparação de manifesto ao Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação publicitária), a ser assinado e endossado pelos leitores deste blog, contra discriminação racial na publicidade e, sobretudo, na televisão.

4 – Preparação de representação ao Ministério Público Eleitoral por prática de campanha eleitoral antecipada em prol de alguns políticos e contra outros, que estaria ocorrendo por parte de meios de comunicação que ou são concessões públicas ou recebem fartas verbas públicas.

Ufa!

É um fardo, encarar esse rojão todo? Negativo. É uma necessidade. Temos que fazer. Eu, vocês, todos. Temos que ter tempo para o homem comum e para o cidadão, que, necessariamente, não são os mesmos em um país como o nosso.

O homem comum tem que pensar em pagar as contas, cuidar da família etc., e o cidadão tem que fazer blogs, engajar-se em causas de interesse coletivo, pensar no país e na sociedade em que se insere. Com o hábito, descobre-se que os dois, homem e cidadão, são o mesmo.

Preciso desta quinta-feira para ser homem. Só poderei lhes oferecer esta reflexão e uma liberação intermitente de comentários, durante o penúltimo dia útil da semana. Mas já na sexta visto o uniforme de superblogueiro e volto ao embate cidadão.

Até lá.

47 comments

  • Eduardo, se cada pessoa fizer um pouquinho, esse "pouquinho de muitos" se tornará "muito para milhões". Frequentadores desse blog, um veículo de mídia modesto e pautado pela decência, podem não ter o dom da escrita como você, mas podem ajudá-lo. Como? Com filiações ao MSM? Com doações? Divulgando seus posts? Apoiando as justas batalhas? Acho tudo fundamental. Há alguns anos, ajudei uma ONG e vi como é dificil. Pessoas se entusiasmam, prometem, mas desaparecem. Ou então atrapalham. Vi que não é fácil. Que Deus coloque apoios efetivos em sua luta, tanto materiais quanto espirituais. Apoiemos de verdade o Edu.

  • Caro Eduardo:
    Eu gostaria de ter essa energia toda.
    Admiro-o e me sinto numa posição inferior por ter muitas vezes reclamado meus direitos, achando que vim a essa vida par ser servido.
    Mas aprendi muitas coisas e aprendi a olhar o lado bom da vida, de forma que me emociono só de ver como pessoas como você estão dispostas a fazer o que for possível em benefício do próximo. Sei que o que o mantém se dedicando a esse blog não está ligado à remuneração monetária, mas a algo de maior valor que foge a qualquer análise ou avaliação intelectual.
    O valor espiritual agregado a uma ação dessa é incompreensível ao mundo profano, mas o sentimento espiritual do dever cumprido despertado no autor da ação é indescritível, difícil de ser traduzido em palavras.
    Parabéns, amigo, continue postando seus blogs assim e tenha a certeza de estar prestando um grande serviço a essa nação, nosso povo.

  • E ainda tem o adendo à Representação contra a fraude nas pesquisas eleitorais, aquele que mostrará de forma contundente o crime praticado por alguns institutos de pesquisa. Calma! Não estou querendo sobrecarregar você, que já tem tantos problemas. Sei um pouco sobre suas vicissitudes, e da necessidade de conciliá-las com a luta pelos ideais; drama que é o mesmo de todos nós(claro que alguns têm mais problemas que outros), mas todos têm problemas, têm as pequenas coisas do dia-a-dia para lidar(trabalho, dinheiro, problemas menores), têm cansaço, dificuldades, irritação. E AINDA TÊM QUE RESERVAR UM TEMPO PARA NAMORAR, CURTIR AS COISAS BOAS E LEVES DA VIDA. RELAXAR, DIVERTIR-SE. Continua…

  • Dificuldades e sofrimento, Edu, só mudam de endereço, mas pessoas com sensibilidade e visão de humanidade, como você, nos enchem de esperança!

  • Continuação : Coisa que acabo de fazer : Acabo de voltar do cinema onde fui assistir, em companhia de minha linda noiva, a um filme maravilhoso(desses que nunca passam na TV Aberta), falo no mais novo filme de Woddy Allen, diretor que adoro. O filme chama-se, em português : Tudo Pode Dar Certo e, por uma incrível coincidência, tem semelhança com minhas reflexões. Não vou ser chato para contá-lo(afinal espero que você, e todos que lerem esse texto, assistam-no). Mas, de forma sintética, Allen fala exatamente disso, de aproveitarmos, em meio aos caos e ao absurdo da existência, as coisas boas da vida, os momentos felizes e agradáveis que a enchem de sentido. Sei que seu momento não é para isso mas, quando as coisas melhorarem, tente assistir ao filme em companhai de sua esposa. Boa Sorte e saiba que torço por você!

    • " Não vou ser chato para contá-lo". Já que você tocou no assunto sobre ser chato, …..é chato mas tenho que dizer ; você é um chato. Escreve longos comentários, na maioria panegíricos do governo ou laudatórios opiniáticos, que revelam uma certa soberba em rivalizar com o blogueiro. Escreve frases em caixa alta achando que gritando será lido. É prolixo. Aceite essa crítica como se viesse de um amigo pois só o melhor amigo fala certas coisas na nossa cara.

      • Você perde tempo que poderia ser útil para algum comentário inteligente tentando ridicularizar os outros e ainda chama outros de chatos? Ninguém é mais chato que você

        • Eh eh eh. Eu seria ingênuo se esperasse outra coisa de você, afinal o ritmo do blog é esse ; você me elogia e eu te elogio, cosi la nave va. Se eu escrevesse dizendo que você é super, que está de parabens pelos posts maravilhosos e outras louvaminhas mais eu não seria chato, não é mesmo ? Ah ! Acho que você esqueceu do que te chamavam lá no Obsrvatório de Imprensa mas eu lembro; um tremendo chato.

  • Porque a causa que você abraçou é nobre, porque olha além de si para os milhões de cidadãos que sentem e sofrem calados porque não tem vez nem voz, você conquistou o direito de invocar no inconsciente coletivo a força que lhe fará sobrepujar um a um os obstáculos aparentemente intransponíveis com que se defronta diariamente. Quando tudo parecer como se você estivesse em um beco sem saída, espere um pouquinho mais, ouça os passos e o clamor das forças que se aproximam para resgatá-lo e levá-lo ao seu destino vitorioso. Analise com serenidade quantas "coincidências" incríveis têm ocorrido em seu favor quando tudo parece desandar, nos momentos mais difíceis. É como se a energia de milhões fosse canalisada na direção do seu teclado para levar adiante a missão que lhe foi confiada e para a qual foi preparado. Não cabe retroceder mas tão somente ir adiante. Mesmo os que não lhe conhecem e que não tem como acessar o seu blog, lhe agradecem ainda que inconscientemente do fundo do coração por tudo de bom que poderá resultar deste trabalho hercúleo que você desenvolve em prol do Brasil e da maioria do seu povo.

  • Sou fã dos super-heróis citados, mas esses ficam no terreno da ficção. Prefiro os super-heróis reais, de carne e osso, seres humanos iguais a mim, que diariamente lutam contra as desigualdades sociais, os preconceitos, as injustiças de todos os tipos, as adversidades da vida, e não desanimam nunca, Nesse âmbito, eu considero você e outros blogueiros como Paulo Henrique amorim, Luís Nassif, Azenha, Brizola Neto, os responsáveis pelo Site Os Amigos do Presidente Lula, só para citar alguns, verdadeiros Super-Heróis. Com vocês em ação, podemos ficar tranquilos, sabendo que o nosso país não será entregue aos super-vilões de sempre. Obrigado. Deus o abençoe.

  • Edu, o jornal Valor Econômico, do grupo FT (FSP), teve a coragem (descaramento) de publicar a seguinte manchete hoje:

    PT paga R$ 3,2 bilhões a controladores da Oi

    Será que nenhuma providência será tomada contra este folhetim serrista, pois chamar na manchete Portugal Telecom de PT é no mínimo cinismo descaramentado.


    Saudações,

    Henrique Lopes
    Brasília-DF Brasil

  • Edu, o jornal Valor Econômico, do grupo FT (FSP), teve a coragem (descaramento) de publicar a seguinte manchete hoje:

    PT paga R$ 3,2 bilhões a controladores da Oi

    Será que nenhuma providência será tomada contra este folhetim serrista, pois chamar na manchete Portugal Telecom de PT é no mínimo cinismo descaramentado.


    Saudações,

    Henrique Lopes
    Brasília-DF Brasil

  • Eduardo: Só posso escrever uma palavra: FORÇA ! Todos nós temos nossos problemas pessoais, mas você é uma pessoa SUPER-Especial e SUPER. Com todos seus problemas, você consegue nos passar que tudo está mudando. E está !

  • Edu, meu pai de 87 anos diz que o meu avô – pai dele, claro – dizia sobre gente como voce: "Tenho uma inveja 'LASCADA' desse sujeito!!!" O "LASCADA" aqui é uma maneira nordestinense de mensurar uma grande admiração. Eduardo, vida longa para voce. Para mim e para muitos daqui da do Ceará eu só posso dizer sobre vc: "EITA BICHIN DANADIN!!!"

  • Eduardo, gostaria de narrar um fato que me aconteceu fazem uns 10 minutos: sou Oficial de Justiça e fui cumprir um mandado de busca e apreensão de uma criança, num bairro extremamente pobre, com o objetivo de devolvê-la ao Abrigo de Meninos, de onde ela havia fugido. Cheguei lá com os políciais que, aproveitando-se da minha presença, começaram vasculhar a casa a procura de outras coisas (drogas etc), revistar alguns adolescentes que estavam lá, chegando até a agredir um deles, fugindo também do objetivo principal e legal que era buscar a criança para devolver ao abrigo. Pedi para eles pararem dizendo que não era esse o objetivo do mandado, eles não gostaram e eu me retirei do local. Falei com o Juiz e, como já esperava, ele falou que iria conversar com os policiais. Está aí o quadro Eduardo: criminalização da pobreza, abuso de poder, violência, judiciário dando carta branca pra polícia bater. A realidade para os pobres é bem mais dura do que aparece nas novelas da Globo.

  • Pois não Edu, curta aí o seu dia que você bem merece. E como anda a nossa pequena Victoria?

    Abraços amigo e recarregue todas as energias possíveis pois o fardo realmente é pesado.

    • Acho que esse pessoal tá maluco, quem não entra lá é o Gabeira, que participou de sequestro. Gente mais mal informada! Se Chico Anysio disse isso, precisam ir lá e atualizar o cara, está totalmente desatualizado.

  • Eduardo!
    Acabou de aparecer na novela Tititi na Rede Globo o logotipo do Governo do Estado.
    Em uma cena que fizeram com o metrô, mostraram nitidamente o logotipo.
    Isso é certo????? Por lei é permitido????
    Abraço
    Bruno

  • Eduardo, desculpe te incomodar neste teu momento difícil, em que eu e minha esposa nos solidarizamos e rezamos por sua filhinha. Sabemo q o momento é até inoportuno, mas como gostas de uma polêmica ousamos te informar.
    Consultamos hj a Gol sobre passagens para SP para participarmos do Encontro de Blogueiros Progressistas. Já tinhamos visto a passagem comum na GOL e ficava em um pouco menos de 950 reais, ida e volta para nós dois.
    Fui informado que COM O DESCONTO ficaria em 1246,00….
    Vi na Avianca e fica um pouco menos de 700,00!

    Estamos nos esforçando para podermos ir, informe pls a Barão de Itararé sobre isto.

    Se possível, caso não queira publicar, nos responda via o e-mail [email protected]

    Que Deus proteja a VITÓRIA!

    Suzana & Saroba – GUERRILHEIROS [email protected]

  • Mestres do Dinheiro:

    parte 1 do documentário – use o hjsplit para juntar as partes http://www.megaupload.com/?d=CEK741YH

    parte 2 do documentário – use o hjsplit para juntar as partes http://www.megaupload.com/?d=M0F9FGJI

    parte 3 do documentário – use o hjsplit para juntar as partes http://www.megaupload.com/?d=YGRNIXH9

    parte 4 do documentário – use o hjsplit para juntar as partes http://www.megaupload.com/?d=LI1BDWNJ

    parte 5 do documentário – use o hjsplit para juntar as partes http://www.megaupload.com/?d=8ZHEOZ21

    A história de como os Bancos Privados se tornaram a mais poderosa e infame dominação do mundo.

    Aborda o papel dos bancos na história e atualmente. Vindo desde a criação das primeiras Casas de Moeda na antiga Roma até hoje em dia. Como os bancos controlam as nações, impelindo-as as guerras e escravidão do povo através de dívidas e juros para paga-las.

    O que as principais guerras na Europa e resto do mundo, desde Napoleão a Segunda Guerra Mundial tem em comum?

    Tudo isso é abordado exaustivamente num documentário mais do que completo sobre a milenar história da nossa escravidão pelo sistema monetário dos banqueiros.

  • O superblgueiro Edu tem seus dias de Clark Kent é claro. Não precisa nem se justificar. Aguardemos com calma seus próximos superpertinentes posts

  • Oba!
    Já que Serra disse que é de esquerda, se ele for eleito vamos ter banda larga, reforma agrária, fim do monopólio da Globo e do cartel Veja, Globo, Estadão e Folha.
    Oba!
    Já que Serra é de esquerda ele não venderá a CEF assim como vendeu a Nossa Caixa,ele não doará o pre-sal assim como FHC doou a Vale.
    Oba!
    Serra de repente virou de esquerda, esquecendo do seu passado, do que ele foi em toda a vida.
    É cada uma, só rindo
    Eta nóis

Deixe uma resposta