Palocci, a ‘psolização’ do PT e o poder da direita midiática

Análise

Acompanhei, passo a passo, o surgimento das redes sociais no Brasil. Egresso de uma época em que, para a esquerda, era dificílimo fazer política por falta do que sobrava à direita, isto é, os meios de se comunicar com a sociedade, cheguei a acreditar em que o acesso que agora a mesma esquerda tinha à comunicação deixaria a direita fora do poder por muito tempo.

O inacreditável caso Palocci mostra que me enganei. Nem a esquerda tendo agora meios de se comunicar – como os blogs, o Orkut, o Facebook, o Twitter e congêneres –, mostra-se capaz de superar a sua deficiência histórica que a ditadura militar tão bem detectou: esquerdistas só se unem na cadeia, ou seja, exclusivamente em situações-limite.

A mais nova crise política no governo federal petista, depois de oito anos de crises da mesmíssima natureza e desencadeadas exatamente da mesma forma, apesar de feita de puro vento foi vitaminada pelo moralismo de salão de setores da esquerda, pela luta por espaço dentro do PT e porque a direita ainda é infinitamente mais poderosa na comunicação.

O Brasil conseguiu um feito extraordinário durante o governo Lula. Feito que está na origem da volta dos mesmos ataques virulentos ao governo Dilma que foram desfechados contra o governo de seu antecessor. Lula promoveu uma incrível distribuição de renda em curto espaço de tempo e, vendo que Dilma pretendia seguir-lhe os passos, a direita voltou ao ataque.

Entre 2003 e 2010, em meros oito anos, o governo Lula diminuiu a concentração de renda a nível inferior àquele em que estava antes da ditadura militar, que fez a desigualdade subir meteoricamente, razão pela qual o golpe de 1964 foi dado, ou seja, para tornar os ricos mais ricos e os pobres, mais pobres.

A distribuição de renda deveria ser o objetivo de toda a esquerda, a mais radical ou a mais de centro, mas a natureza contestadora é, ao mesmo tempo, a benção e a maldição da esquerda.

Não basta que o índice de Gini tenha caído de 0,583 em 2003 para 0,530 em 2010, mostrando o caráter inclusivo do governo Lula. Certa esquerda despreza os anseios do povo em prol dos seus dogmas pseudo moralistas que, em verdade, constituem recusa em aceitar o fato de que vivemos em um país capitalista.

Desprovidos do entendimento de que não é possível promover uma revolução socialista só por chegar ao poder porque a sociedade brasileira, em maioria, é conservadora, o PT, que remou unido para conquistar a Presidência da República, sofreu defecções no primeiro mandato de Lula que deram origem àqueles que, por não terem perspectiva de poder, decidiram se travestir de grilos falantes da política nacional.

O PSOL nasceu, acima de tudo, da liderança limitada e tresloucada de Heloisa Helena dentro do PT. Por suas posições intransigentes, HH viu-se quase isolada no partido e saiu atirando em Lula, por quem desenvolveu um nível de rancor que envolveu outros petistas que a acompanharam.

Eleitoralmente, o projeto de HH e outros petistas que dividiram seu projeto de discordar de tudo e de todos e de não se compor com ninguém materializou o fracasso previsível. O PSOL tem três deputados federais, hoje. E só aparece quando se une à direita para atacar o governo petista. Por isso, toda vez que a direita midiática inventa um escândalo o PSOL está entre os primeiros a colaborar.

De uns tempos para cá, depois que Heloisa Helena sucumbiu eleitoralmente e foi praticamente esquecida, os psolistas passaram a usar as redes sociais para como que se infiltrarem na poderosa máquina de redes sociais que apoiava o governo Lula, muitas vezes afetando um apoio de fachada para, ao primeiro escândalo forjado, começar a vender seus dogmas éticos.

O caso Palocci exibe um processo de “psolização” do PT, com união de psolistas legítimos a petistas “arrependidos” que passaram a entoar contra o chefe da Casa Civil bordões moralistas que foram se tornando viscerais nesses “cristãos novos”, empurrando-os para a posição irracional de, como o PSOL sempre fez, fazerem coro com a direita midiática.

Lendo os colunistas da grande imprensa de direita e os comentários e posts nas redes sociais, neste momento, fica difícil discernir quem é o autor dos discursos moralistas cheios de frases feitas que dispensam não só provas contra Palocci, mas um só mísero indício contra ele. Não se sabe mais quem é quem.

Alguns dos “psolizados” dão como razão para derrubar Palocci até o argumento espantoso de que ele não é suficientemente de esquerda. Como a mídia, não sabem do que é acusado. Citam enriquecimento ilícito e, quando questionados, recorrem a Augusto Nunes, Reinaldo Azevedo, Eliane Cantanhêde, Merval Pereira e outros “filósofos” da reação brasileira.

Citam o argumento da “mulher de Cesar”, de que Palocci teria que parecer honesto e, como não lhes parece honesto, deve cair. Citam a condenação “política”, que dispensaria provas e indícios, o que não passa de sintoma ditatorial. Citam o caso do caseiro Francenildo, endossando uma das farsas mais escandalosas que a política brasileira testemunhou.

Não faltaram petistas arrependidos – ou “psolizados” – aludindo ao “pobre caseiro”. Sempre seguindo a liderança do que a própria esquerda batizou como Partido da Imprensa Golpista (PIG), misturaram o caso dele com o do patrimônio de Palocci. Agora havia que derrubá-lo por um caso que a Justiça julgou que nada tinha que ver com o ministro.

Aliás, o fato de que Francenildo Costa não processa Palocci, mas só a revista Época pela quebra de seu sigilo, ou o fato de que recebeu em sua conta bancária 40 mil reais uma semana antes de acusar Palocci, em 2005, e de ter se reunido com o DEM, uma semana antes, ou de o pai “generoso” ser filiado ao mesmo DEM, nada disso levanta suspeita nessa esquerda.

No começo da nova ofensiva da direita midiática, esta colheu uma das denúncias contra Palocci na questão do caseiro que a Justiça rejeitara e tratou de enfiar nas cabeças “psolizadas” de parte do PT. E petistas descontentes com as sinecuras que o governo de seu partido lhes disponibilizara “colocaram pilha” nessa armação.

A Caixa Econômica teria dito, na investigação da violação de sigilo do “pobre caseiro”, que fora o gabinete de Palocci, então ministro da Fazenda, que requisitara o estrato da conta da suposta vítima de quebra de sigilo bancário. A mídia tratou de apresentar isso como novidade, mas a Justiça já recebera a denuncia e a desprezara, negando o indiciamento de Palocci.

Outra empulhação é a cobrança dos nomes das empresas às quais Palocci prestou serviço. Tais nomes estão disponíveis há muito tempo na internet, desde os primeiros movimentos do ataque ao ministro.

Neste domingo, semanas após o início do escândalo, vários colunistas do PIG e petistas arrependidos e “psolizados” continuam batendo na tecla do nome das empresas às quais Palocci prestou serviços. A coluna de Eliane Cantanhêde pode sintetizar o discurso daqueles que tanto de boa quanto de má fé insistem no que já veio a público faz tempo.

Vejam:

—–

FOLHA DE SÃO PAULO

5 de junho de 2011

ELIANE CANTANHÊDE

Vão-se os dedos, ficam os anéis

BRASÍLIA – Não faz o menor sentido Antonio Palocci, chefe da Casa Civil pelo menos até o fechamento desta edição, demorar três semanas para dizer o que disse aos brasileiros em entrevistas à Folha e à Rede Globo: que a Projeto, sua empresa de um empregado só, é legal e declarou seus ganhos à Receita.

Isso ele poderia ter dito no primeiro dia depois que a Folhapublicou a reportagem sobre a multiplicação do patrimônio dele por 20, incluindo um apartamento de R$ 6,6 milhões que ele pagou praticamente “cash”. Ou quando a mesma Folhainformou que o faturamento da empresa fora de R$ 20 milhões no ano eleitoral. Ou, ainda, quando acrescentou que, ao receber metade disso, já era chefe da transição e virtual primeiro-ministro.

O principal continua soterrado por interrogações. Quem pagou? Por que pagou? Que consultoria mágica era essa? O resto dos recursos foi aplicado, doado ou está debaixo do colchão? Ou seja: de onde veio e para onde foi o dinheiro?

Isso tudo sem falar que apartamentos, histórias mal contadas e dinheiros estranhos continuam se amontoando com a quebra do sigilo do caseiro Francenildo, que relatou a presença de Palocci numa casa esquisita onde rolavam malas de dinheiro e uma gente heterodoxa de Ribeirão Preto.

Como Palocci está no topo da pirâmide do governo, ao desabar deve arrastar Luiz Sérgio, das Relações Institucionais, e toda a coordenação política, facilitando uma rearrumação no Planalto que pode se espalhar pelo Congresso. Dilma tem uma crise, mas também a chance de um freio de arrumação.

Quanto a Palocci, não tem do que reclamar. Foi abandonado pelo PT, pelo governo e pela própria Dilma, mas manteve a fidelidade à clientela e está livre para simplesmente voltar à Projeto e às suas “consultorias”. Bom negócio.

No caso dele, como eu disse ontem na Rádio Folha, vão-se os dedos, ficam os anéis. E que anéis!

—–

É muita desfaçatez. Todos sabem quem são as empresas às quais Palocci prestou serviço. Aliás, farto dessa hipocrisia, o blogueiro Mello reproduziu o nome dessas empresas e, ao fim, convidou a grande mídia a ir para cima delas, cobrando as explicações que Palocci não pode dar por força de contratos, mas que disse que as empresas, se procuradas, poderiam dar.

Os clientes de Palocci estão entre as maiores e mais eminentes empresas do país. Seria impossível esconder que prestou serviço a elas e foi por isso que a lista de seus nomes veio a público faz tempo. Vejam a relação:

Itaú Unibanco

Pão de Açúcar

Íbis

LG

Samsung

Claro-Embratel

TIM

Oi

Sadia Holding

Embraer Holding

Dafra

Hyundai Naval

Halliburton

Volkswagen

Gol

Toyota

Azul

Vinícola Aurora

Siemens

Royal Transatlântico

Santander

Bradesco Holding

EBX

Ao fim da lista, o blogueiro Mello aponta o óbvio ululante, mas que ninguém parece enxergar: vão todos, a manada enfurecida e irracional, a imprensa golpista e a oposição midiática para cima dessas empresas e cobrem explicações delas, pois não existe corrupto sem corruptor.

Alguém acredita que a Folha ou a Globo ou o Estadão ou a Veja ou mesmo os políticos que essas empresas financiam com doações de campanha questionarão uma só entre elas?  Jamais, meus caros. Até porque, cobrar informação que já vazaram faz tempo ajuda a sustentar a estratégia da direita e a irracionalidade da esquerda.

Enquanto isso, a mídia vai tratando de insuflar os inocentes úteis espalhando versões sobre Dilma, por exemplo, já estar escolhendo o substituto de Palocci ou estar “consultando Lula” sobre o que fazer. A verdade, porém, é que Dilma não só já manifestou confiança no ministro como Lula já lhe disse que, se ele cair, o governo estará fadado a “se arrastar” até 2014.

Vale, finalmente, citar o argumento mais inacreditável das mentes “psolizadas” de pessoas sérias, mas desumanamente ingênuas: se Palocci não cair, a mídia não deixará Dilma em paz. Como se a queda de Palocci interrompesse um processo de bombardeio e sabotagem que permeou todo o governo Lula e que já mostra que continuará neste governo.

O caso do “livro que ensina errado”, das obras da Copa que a direita já adivinhou que não ficarão prontas a tempo e muito mais que vem sendo atirado contra o governo Dilma mostram que, vendo que os gestos de boa vontade da presidente nas primeiras semanas de governo não significavam rendição, essa mesma direita midiática voltou ao ataque.

A queda de Palocci não mudaria nada. A mídia continuaria inventando “escândalos” como fez durante todo o governo Lula, dia após dia, semana após semana, um mês após o outro…

Tudo isso mostra, por fim, um fato que muitos já não enxergavam e que, agora, torna-se escandalosamente gritante: o poder de manipulação da direita midiática é imenso, gigantesco, capaz até de levar gente politizada, inteligente e honesta a embarcar em uma farsa inaceitável no Estado Democrático de Direito, que exige que Palocci prove que não fez nada errado.

As cobranças de informações de Palocci escondem, escandalosamente, o fato de que ele já as havia fornecido à Controladoria Geral da União e ao Ministério Público Federal antes de entrar no governo. Essas instituições já haviam analisado contratos, nomes de empresas e deram sinal verde. E agora estão recebendo os dados de novo e deverão dar o mesmo parecer.

No entanto, a direita midiática e os petistas “psolizados” e arrependidos fazem questão de ignorar esse fato, simplesmente fazendo o jogo do desentendido, cobrando que venha a público aquilo que Palocci, sem anuência de seus clientes, não pode dizer simplesmente porque se comprometeu por escrito, o que não impede que tais empresas dêem informações.

Mas quem vai cobrar as empresas supracitadas? A Folha, a Veja, o Estadão, a Globo? Podem esperar sentados, que de pé cansa. Nem o PIG, nem a manada útil farão isso. Porque o objetivo não é esclarecer nada, é confundir.  A direita por jogada política e a esquerda por uma irracionalidade que lhe é característica desde sempre.

PS: é sempre bom reiterar o que já escrevi diversas vezes nos posts que tenho publicado sobre o caso Palocci. Apóio a postura de amigos jornalistas que estão simplesmente usando para Palocci o critério que usaram para tucanos e demos ou quaisquer outros. Julgo que o papel do jornalismo é esse mesmo, desde que use o mesmo peso e a mesma medida para todos os lados. O texto se refere à militância.

292 comments

  • Sua análise da fundação do PSOL “esquece” que o partido foi fundado porque o PT EXPULSOU lideranças impportantes do PT. E expulsou porque estes se recusaram a vender bandeiras caras aos trabalhadores.

    Ao invés de pedir que a esquerda se una pra salvar um canalha e pra aprofundar os lucros dos banqueiros, não seria melhor exigir que se o PT quer unidade que pare de fazer o trabalho da direita e coloque gente como Palocci em ministério?

    Querer unidade de esquerdas com um governo que governa como a direita é demais.

    É como PP e PSOE, o PSOE bate menos, é mais bonitinho, tem mais diálogo, e em termos sociais até consegue um avanço aqui ou ali, mas em geral adota políticas semelhantes às do PP.

    Assim é o PT e o PSDB. São absolutamente semelhantes em diversos aspectos. S´´o que o PT bate menos, fala mais e aparelha mais os sindicatos, fazendo-os calar.

    • Caro Raphael, você já ouviu falar em Presidencialismo de Coalisão ? pois é, é o sistema vigente no Brasil desde a redemocratização. Me fale qual é a fórmula mágica para governar dentro das regras da democracia vigente e tendo essa elitizinha ridícula e o PIG fungando no cangote 100% do tempo. Vá encarar a verdade nua e crua de lidar com o PMDB fisiológico, ruralistas, evangélicos radicais, grandes lobbies empresariais at caterva, apoiados por um grande aparato midiático, martelando e sabotando o seu governo, que vc vai ver o que é bom para tosse !! Por sinal, vc também é um psolista ??

      • Muchacho,uma boa sintese sobre o Presidencialismo de Coalisão.
        Nasas seis linhas que escreves-te, colocas-te o Raphael numa sinuca e ele deve ter tirado boas conclusões.
        Democracia tem as suas vantagens na nossa vida política, mas para governar tem que governar com Temer e seus fisiológicos, Garotinho e seus cupinchas religiosos e psolistas fazendo o jogo da direita.
        Uma boa pergunta para os esquerdistas que vivem criticando o governo. Qual a formula correta para governar este país numa democracia?

        • Olha amigos, eu não sei qual seria a fórmula, mas é fato que há 8 anos essa fórmula está acontecendo e deixando passar pautas muito caras à esquerda. E não me refiro ao socialismo, me refiro a bandeiras como reforma agrária, cuidado com o meio ambiente e etc. O fato de hoje não existir uma fórmula pra encarar o PMDB e suas restrições não pode ser desculpa pra gente seguir assistindo a derrota de princípios caros à esquerda. Eu gostaria de ver alguém do PT discutindo internamente uma mudança de rumo porque, meus amores, a votação da Marina Silva foi bem expressiva e serve de termômetro pra vocês avaliarem que há uma grande parcela da população verdadeiramente interessada nas causas ambientais. Então, quando um camarada como Tsvakko grita “toma cuidado com as bandeiras da esquerda” é pra vocês valorizarem esse ponto de vista, e não para combatê-lo. Essa coisa de rotular, que vocês tanto criticam na direita, acaba enfraquecendo a esquerda como um todo. O fato da Dilma ter ganho a eleição não significa que o poder “tá garantido” e que “é assim mesmo que se governa”. Precisamos sim de novas estratégias, porque o cenário vai mudar. A Dilma recebeu o governo de Lula, e não o do FHC. Por mais que vocês insistam na comparação com o início do governo Lula, o fato é que são contextos bem diferentes – a única coisa que não muda é a imprensa! Mas está na hora da gente exergar o cenário para além dessa imprensa que está aí. Entenderam, queridos? Se eu fosse você Eduardo, olharia com mais amor a crítica da galera que está chateada com os rumos do atual governo, não joga no mesmo balaio da direita não, porque não é isso! Abraços

  • Eu estava escrevendo uma baita resposta… mas cansei.. fui reler seus argumentos… nem ironia serve como resposta.
    A crise se mantém pq o governo está imóvel. Não por causa dos “radicais”… daqui a pouco o rabo vai abanar o cachorro mesmo.
    O gov. iniciou amarrado pelos compromissos da campanha (ecad, cóf florestal, kit anti-homofobia, plc122 etc). Palocci é um deles.
    Enquanto não se mover será bombardeado.

    Mas pelo que entendo.. é só o PT expulsar uns 3 ou 4 que fica puro novamente né… MENOS o Palocci… MENOS o Palocci

  • francamente ..vc insiste em INVENTAR uma estória pra tentar passar supositório como drágea hein? ..vc não cansa de tentar NOS vitimizar

    Se não quer que o PIG te siga ..primeiro, não dê comida ao bicho

    Sejamos adultos e probos, temos que assumir nossos pecados pra tentar expurgá-los

    Este “Pantufas Paloffi”, todos sabem, foi imposto pelo modelo ..desde sempre se mostrou a serviço de poucos, sempre se manteve pelo medo, pelo terrorismo que foi trazido, não pelos verdadeiros amigos, mas justamente pelos opositores que combatemos.

    AQUI falamos de falta de ética, não de lei. Da venda de vento e de blindagem meramente formal, mas imoral tb.

    Falamos de enriquecimento pessoal que joga contra um projeto NACIONAL e de LP.

    Se for pra atrapalhar, NEM Lula deve ser polpado ..o objetivo é o POVO e o país, não o amigo, muito menos o parente ao lado.

    é crise de indivíduo, não é de partido ..mas pode se tornar, pela demora, mais e mais do governo.

    TREMAM cafajestes de TODAS as bandeiras !!! ..tanto os que ainda hoje estão INFILTRADOS, bem como os que estão doutro lado se fazendo de rogados ..porque depois deste exemplo de LILIPUTI contra Guliver, quem sabe o próximo da lista poderá ser você que esta me lendo !!!

  • Pois é, Eduardo, isso é imprresionante, mas o que me intriga muito (e muitos petistas não gostam quando alguém menciona isso) é que as vêzes, políticos que não são do PT, como por exemplo, o Dep. Brizola Neto, são muito mais firmes e irredutíveis na defesa e consequentemente, na compreenção do quadro dos acntecimentos em sua plenitude.Ao contrário dos tais petistas psolizados, tem uma compreenção muito clara do que está em jogo, o que a direita midiática pretende e onde quer efetivamente chegar.Alguns observadores acham, entretanto, que essa atitude voluntarista e oportunista muitas vezes adotadas pelo Suplici, por exemplo tem como objetivo não se desgastar com os conservadoríssimo eleitorado paulista que tem como guia, exatamente os jornalões e revistões anti mudanças.

  • Edu, mais do que nunca admiro a sua coragem, ao contrário de neo piguentos, como Kotscho e PHA, que devem ser riscados de sua lista de recomendações e banidos dos próximos encontros dos blogueiros progressistas. São dois traíras!

  • Palocci está na frigideira. Não dou uma semana e ele cairá. Acabou se enforcando ao dar a entrevista para a Globo. Aliás, por que será que tanto criticam a Globo mas sempre a procuram? Por que conceder uma entrevista exclusiva? Depois falam em “golpismo”. PT, Globo, Folha, PSTU, DEM e tucanos são todos da mesma laia.

      • Não sei se o Palocci sai dessa ou não…

        Acho que não ( a coisa tá feia pra ele…). Mas sei lá… pode dar a volta por cima e ficar.

        Pode ser!

        Para mim, entretanto, isso nem é o mais importante aqui, nessa discussão.

        O que me espanta é a CERTEZA DA INOCENCIA do palocci teimosamente declarada pelo Eduardo, e tantos outros, quando os indicios vão se avolumando contra as versãos ( ou falta de versões….) até agora apresentadas.

        Aqui se faz uma critica severa ao PIG por extrair certezas do que seriam meras conjecturas, acusações esfumaçadas, intrigas, etc…

        E, ao mesmo tempo, coloca o blogueiro e defensores do Palocci a mão no fogo ( mão, pés, cabeeça, corpo inteiro…) por quem já demonstrou nao ser merecedor de credito, além de estar sendo acusado de praticas ( as mesmas!!!!) já flagradas em diversos ex-potentados que estiveram em seu lugar.
        Como aceitar, Deus do Ceu, que os outros tenham feito ( e certamente fizeram!!!!) e o Palocci não Fez?

        O que o diferencia dos demais?
        Ser do PT????
        KKKKKKKKKKKKKKKKKK ( seria melhor chorar….?????).
        Se isso fosse argumentado há dez, doze anos atras, ainda se poderia dar algum credito, mas nos dias de hoje…..?????

        O Eduardo continua – me permita – perdido em uma inexplicavel procura pela entrada neste labirinto cheio de portas de saidas.
        Vamos aguardar….

        • Não se trata de CERTEZA DE INOCÊNCIA por parte do Edu ou de quem não está repetindo os mantras entoados pela direita e petistas arrependidos. Trata-se sim, de consolidar a CERTEZA DA CULPABILIDADE de Palocci, o que até agora está longe de acontecer. Alias, ingenuidade é acreditar que todos estes colunistas de jornais e a oposição metida a moralista já não conheçam os clientes de Palocci. Só não divulgam porque poderá afetar pesadamente as verbas publicitárias (no caso dos meios de comunicação) e nas doações de campanhas eleitorais (no caso dos deputados e senadores da oposição).
          É profundamente lamentável esse pessoal que declara ter votado na Dilma (muitos votaram em Serra e estão aqui só pra azucrinar) embarcar nesta canoa furada. Nem desconfiam que assim que o caso “Paloccigate” for esquecido já há vários outros “escândalos” para serem “denunciados”.
          Pessoalmente, a menos que os órgãos da justiça provem o dolo de Palocci ele deve ser mantido no cargo. Não há solução agradável para esta situação, mas sua saída será o caminho mais prejudicial

          • Bobagem, Xispagato….

            Por ingenuidade, ou estrategia, você confunde as coisas.

            Ninguem está aqui declarando ser penalmente culpado o Palocci.
            Não é o julgamento da prática de um crime ou não ( ao menos por enquanto…).
            Trata-se de verificar se tem ou não condições de permanecer num cargo politico da relevancia que é o que ele ocupa.
            São critérios diferentes!
            Uma olhada rápida na nossa história recente permite ver o quão equivocada ( ou esperta demais…) é essa postura de “presume-se inocente até prova em contrario”.
            Por que tal postura só com o palocci?
            E os outros?
            Tiramos um Presidente ( e foi bem “tirado”!!!!), contra o qual mais tarde não se provou crime algum!
            Além dele, vários, diversos, ministros, secretários, deputados, senadores, perderam seus cargos, foram compelidos a renunciar, foram cassados, sem que tenha sido PROVADO contra eles a pratica de crimes.
            E foram afastados porque mereciam ser afastados!
            Os afastamentos, as cassações, foram POLITICAMENTE JUSTIFICÁVEIS, em cada caso!

            São coisas distintas!

            Não vê quem não quer.
            Quem se recusa a ver!
            Quem vê apenas quando é conveniente ver….

        • “O que me espanta é a CERTEZA DA INOCENCIA do palocci teimosamente declarada pelo Eduardo, e tantos outros, quando os indicios vão se avolumando contra as versãos ( ou falta de versões….) até agora apresentadas.”
          Eu não tenho certeza de inocência e nem de culpa. E também não vejo esse volume de indícios apontado pelo caro colega
          O que vejo é o que foi mostrado como fato até agora, qual seja, Palloci enriqueceu porque prestou consultorias a empresas que o contraram a peso de ouro devido a ele ter sido o principal nome da economia do primeiro governo Lula e continuar sendo um nome forte dentro do partido que governa o país.
          Mas isso não basta para caraterizar corrupção e tráfico de influência
          E pela lista dessas empresas, entre elas, Itaú, Volkswagen, Pão-de-Açucar e várias telefônicas, acho impossível alguém não enriquecer tendo-as como clientes.
          Para que se tenha algum ilícito nessas consultorias é preciso que as empresas tenham obtido benefícios do governo de alguma forma. Alguma delas tem ou teve contratos com o governo? O único “indício” que apareceu foi que uma empresas teria recebido vantagens da Receita, o que mostrou-se falso.
          E o fato do Palloci ter prestado consultoria para o Oi, Claro e Tim, que são concorrentes entre si, mostra que não havia aí uma “jogada” para favorecer uma empresa específica em detrimento das demais.
          O Itaú e o Pão-de-Açucar passaram a lucrar mais porque “consultaram” o Palloci? Para mim o Itaú lucrou mais porque o Meireles manteve os juros altos e a economia cresceu, fazendo o banco emprestar mais e por sua vez o Pão-de-Açucar vender mais.
          O Palloci tinha acesso privilegiado à informações de política econômica do governo? É provável. Mas é preciso que surja aí alguma irregualiridade, tipo o juros ou o dollar iria subir ou cair X e o Itaú saber antes de todos. Que o pig mostre uma evidência como essa, por exemplo. Estou no aguardo

          • Prezado Juliano,

            Também eu permaneço em duvida.
            De minha parte, não nosso afirmar ( a creio não ter afirmado) ser o Palocci culpado de algum crime.

            Mas também não posso afirmar que esteja isento da pratica de qualquer ato irregular.

            O que temos:
            1- afirmou-se ( e foi por ele aceito sem contestação) que seu petrimonio teve um crescimento rapido em quatro anos.
            2- Esse periodo coincide com mandato de Deputado Federal, logo apos ter saido do Ministerio da Fazenda, e especialmente, sua participação como um dos coordenadores da campanha eleitoral da atual presidente e mais especialmente ainda, com sua participação na formatação de seu governo, após ter sido eleita.

            Até aqui espero que não haja duvida nem contestação.
            Tomara….

            3- Como é de todos sabido, não é fácil ganhar dinheiro. Ganhar muito dinheiro é mais dificil ainda. Ganhar muito dinheiro, muito rapidamente, é muitissimo mais dificil!!!!
            Não é comum, não é rotineiro. Não vemos isso no dia a dia….Especialmente fora do chamado “show-business”, incluindo aí os esportes.

            4- É muito comum ( infelizmente) o uso do Poder para enriquecimento proprio. Esse fenomeno é Mundial e atemporal.
            Em diversos lugares, em diversas epocas, há relatos de homens que abusaram do poder para ganhar fácil, para enriquecer rapidamente.

            5- No Brasil esse fenomeno ( INFELIZMENTE MAIS UMA VEZ) é visto de norte a sul, de leste a oeste, nos diversos Poderes, Entidades, Partidos politicos.

            6- É de todos sabido a nossa ( Nossa: Todos nós….) tolerancia com essas praticas “não ortodoxas” de enriquecimento, ou de apropriação do patrimonio publico. Há até mesmo algumas obras muito importantes tratando do tema…

            7- Pois bem… O que temos então: A repetição dos mesmos indicios, das mesmas circunstancias, com os mesmos personagens ( mesmas autoridades) e com as mesmas questões levantadas, os mesmos questionamentos.

            8- Diversas vezes vimos esse filme. Diversas vezes assistimos o final e descobrimos que o “mordomo” é sempre o Culpado.
            Pode ser que este “mordomo” não seja culpado, desta vez, mas – ao menos em defesa dos que duvidam – reconheça: que parece ser, até agora parece…

            9- Conclusão: E no caso do cargo ocupado por ele a simples aparencia ( ESPECIALMENTE QUANDO NÃO AFASTADA PRONTAMENTE) é fatal para permanência.
            Ou deveria ser….

  • Voce simplesmente escreveu o post mais lúcido , educativo e explicativo de todos que li na blogosfera. Ontem coloquei no seu blog a lista das empresas que são clientes da empresa de Palocci e que já está por aí a vários dias e como voce me pergunto se a midia não vai questioná-la. Infelismente como voce apropriadamente colocou até jornalistas sérios entraram nessa onda denuncista como PHA e Azenha que equivocadamente pede a saída de Palocci como se fosse resolver, Alias o Post do Azenha e identico ao que escreveu a ” Miss febre amarela” que todos sabem é tucana e só quer mesmo é detonar o Gov.Dilma. E com toda razão voce diz que caindo Palocci ou não nossa mídia vai continuar tentando derrubar o Governo simplesmente porque, esse é um governo que está dando continuidade as conquistas do gov Lula, e isso para eles é abominável.

  • Edu, concordo em genero, número e grau com você. Sua lucidez nos impulsiona a seguir o caminho da Luz e a nos livrar das trevas que nos subjulgaram por muito tempo.

    Bom domingo para você e sua família.

    Erich

  • A confusão entre poder, governo e Estado é o que pode explicar tanta tinta para justificar que o governo petista deve ser inatacavel e, por isto, a permanência de Paloci. Outra confusão maledicente é não admitir que PSOL foi formado contra a reforma da previdência, apesar da ladainha udenista que atualmente impregna esta legenda.
    O adesismo acrítico ao governo petista é um claro sinal de não querer admitir o abandono de um programa que propugnava mudanças estruturais de combate a desigualdade e injustiça social. E daí se contentar como se fosse algo revolucionário a queda do GINI em 0,05! Ora, a retração da pobreza é positiva sim, sem dúvida, mas os juros e riquezas transferidas dia-adia aos rentistas e ao setor financeiro continua sendo CRIMINOSO do ponto de vista de um real desenvolvimento social em um país justo.
    Em outras palavras, o combate a miséria continua sendo no compasso acovardado de formiguinha rumo a China. Enquanto as riquezas patrocinadas via BNDES são a alegria de poucos empresários. O bolo cresce e agora já se distribui migalhas como se fosse algo revolucionário, democrático e justo. Viva Paloci!
    Jamal

  • Bom, Palocci saiu do executivo e ficou quatro anos no legislativo. Saiu de um poder e foi para outro poder. Tudo isso seria evitado se Palocci tivesse ficado afastado do parlamento. Apenas dando as consultorias.
    .
    Que pena, mas o homem quer ser próximo de tudo.

  • Caro Eduardo,

    Admiro sua paciência. Eu francamente, não tenho mais nenhuma. Aguardemos as próximas eleições. Será que estes “psolizados” farão campanha e votarão na direita? de pirraça? Colocarão o Aécio, o Serra ou a Marina no governo achando que será melhor para o Brasil e brasileiros?

    • Ertha
      PSOL e PSTU são as virgens vestais. Muito discurso e nada prático. Vão sempre atuar movidos pelo ódio. Mesmo que tenham que se aliar à direita e dar voz a ela.

  • Caro Eduardo,

    Todos devem ter visto a chamada da UOL de hoje de que o “escândalo” Pallocci decretou o fim de seu projeto de Candidatura ao Governo de SP em 2014.
    Precisa dizer mais alguma coisa?
    Quem foi mesmo que denunciou? FSP
    Quem este jornaleco defende com unhas e dentes? PSDB
    Quem supostamente vazou os dados do Pallocci? Prefeitura de SP.
    Prefeitura de quem? Kassab
    Aliado de quem? Serra

    Mas como você disse bem, nada disso interessa para os moralistas de plantão. O negócio é condenar.

    O que me irrita profundamente é a hipocrisia das pessoas e da imprensa.

    Podes crer que tem vários sonegadores de impostos, cidadãos que arrumam recibos falsos para colocar no imposto, empresários que burlam a lei, que pagam propinas para ganhar concorrências que estão, neste momento, descendo a lenha no PT e no Pallocci.

    Governadores e políticos de vários partidos entraram a olhos vistos, pobres na política, e hoje vivem padrões muito acima do que salários oficiais de cargos públicos podem oferecer. Veja Aécio, Marconi Perillo, Alquimin, Serra, e uma infinidade de outros políticos, de vários partidos.

    Mas disso a imprensa não fala.

    Os jornais estaduais são todos comprados pelos governos de plantão, principalmente os governos do PSDB e DEM.
    Não há uma vírgula falando sobre as falcatruas de governos e prefeitos ( só existem se forem do PT ou aliados)

    Sobre o caso Pallocci, o que está errado é a legislação.
    Proiba deputados de terem negócios paralelos, proíba governadores de usarem laranjas, coloquem uma quarentena de 2 a 4 anos para ministros irem para empresas que gerem conflito com os cargos anteriores, enfim, mude, mas mude para todo mundo.

    Não vi nada sobre isso ainda.

    Mas os colegar guerreiros que tanto brigaram para eleger Dilma e continuar um projeto positivo para o País, se aliaram a direita para detonar o governo que elegeram.

    Ou é inocência demais ou, me desculpem, falta de bom senso.

    • Também acho que tem a ver com a eleição para a prefeitura de SP. Vejam bem, outro sistematicamente atacado é o ministro Haddad que também é cotado como possível candidato.
      Depois do episódio “dos livro” do MEC, agora a história é que estão ensinando que dois mais dois é igual a cinco. Deu no O Globo hoje.
      Ou seja, todo o governo Dilma será perseguido pelo pig, mas os alvos preferenciais serão os possíveis candidatos à prefeitura de SP. Os pig-demotucanos não aceitarão perder seu feudo de jeito nenhum

    • Easom Ribeiro
      Taí, mais uma vez o ódio falando mais alto.
      Pnde eles estão que até agora não ví cobrarem ética e justiça para os que vazaram um assunto que deveria ser sigiloso na prefeitura tucana?
      Para fazerem o discurso da ética justiceira, deveriam bater no Chico com o mesmo pau que batem em Francisco.
      Enquanto isso a FSP continua pautando o discurso deles.

    • Pois é! e oito anos depois,ficou provado que a escolha do Zé Alencar para vice foi mais um lance de extrema inteligência política do Lula!Alguma dúvida da importancia que teve o vice Alencar no sucesso do governo Lula?!
      Se seguissem o ódio radical contra a burguesia dessa esquerda que perdeu o bonde da história,como teria sido? será que teríamos relaizado tanto?beneficiado tantos brasileiros e o Brasil?

      reveja seu argumento 😉

  • Parabéns Edu, pelo texto cristalino. O nível de irracionalidade e os interesses obscuros que permeiam toda esta história talvez ofusquem os resultados lógicos que seu texto deveria produzir, mas certamente será de grande valor para a compreensão do nosso momento.

    valeu!

    Dario

  • Não canso de repetir, muita gente dentro do PT e dos governos Lula e Dilma, sempre confundiram e confundem PIG com Imprensa, creio eu, por preguiça, medo, ou as duas coisas juntas.
    Há gente dentro do PT que diz: “não devemos bater de frente com a Imprensa”.
    Quando age como e enquanto PIG, tem que bater de frente sim, ser enfrentado sim.
    Mas para isso, tem que saber e entender que PIG é uma coisa, e Imprensa outra coisa totalmente diferente, feito o discernimento, deixar a preguiça e o medo de lado e partir para o enfrentamento.
    O PIG não tem o mínimo sentimento de misericórdia de quem considera como inimigo.
    Abate e pronto.
    Já ouviram falar dos veículos da Folha na época da “ditabranda”?
    Façam um teste, liguem para o PT/SP como fiz por duas vezaes e cobrem deles um posicionamento perante o PIG.
    Xiiiii.
    Os caras morrem de preguiça e dizem: “é imprensa, não podemos fazer nada”.
    Concordo, com esse petezinho paulista de mer… jamais

  • A direita sabe pelo que luta e cria estratégias para chegar no lugar desejado. Já a esquerda, ou alguns segmentos que se auto-identificam e são identificados como tal, parecem que têm como objetivo apenas o suicídio político. Parece que precisam compulsivamente de derrotas históricas para viver em constante catarse expiatória. Vejo nisso uma espécie de fundamentalismo, que nega-se a vivenciar a história no seu contraditório, e apega-se a idéia de que é possível construir-se um futuro desprovido de conflito e discrepância, ou seja, desprovido de homens.

  • Edu, PSOL,PSTU,PCO tenho a impressão que há algo errado na conjuntura que não os deixam de pssar de “grilos alantes da política”. Partidos que não se permitem a contradição, parece produtos do capitalismo com validade limitada, parecem bugigangas chinesas de qualidade duvidosa.

    Mesmo assim, nem sendo psolista e nem petista arrenpendido, Dilma e LULA não deveriam ter optado por Palocci no governo, principalmente na Casa Civil, não pelo ardiloso e fantasioso escândalo Francenildo (que é verdade que o PSOL, neste episódio exclusivo, comportou-se como um lambedor de botas do trio:DEM/PPS/PSDB), mas pq (como diz o PHA) Malocci foi totalmente infectado pelo sangue azul tucano, parece muito mais ex-guerrilheiro fazendo entrismo no governo para defender a doutrina MALAN.
    Abraços Edu e nos encontramos em BSB nos dias 17, 18 e 19.
    Jurubebadigital. (Belem/Pará)

  • Se nao levar nada aserio leve esta:

    A midia em toda a America Latina nao serve interesse nativos. Ate ai morreu neves. Todos nois sabemos disto a anos. O que parece que nos faz dormir e a questao de que os interesses de multinacionais, e do imperio nao se limita a atuar com a midia. A midia e so um porta voz, um veiculo.

    O imperio tem operadores tambem fora da midia, e sim, tem tambem dentro dos partidos politicos. nao se surprenda nem duvide. Eles estao em: Universidades, Industrias, Sindicatos, organizacoes profissionais, e acima de tudo, e ate mais ainda do que na midia, eles estao nas igrejas.

    Os espiaos gringos nao tem olhos azuiz ou verdes. Nem eles sao os visiveis descobertos pelo wikileaks da vida. Nada de real importancia e comunicado atravez de cabos. nemnhum grupo viaja mais entre USA e Brasil do que representantes de negocios, ONG’s e Igrejas. Tudo que e de interesse vital e entregue em maos, e nao em cabos.

    Se voce pensar que e paranoia minha e teorias de conspiracao explica porque no Brasil nao deve existir uma forte organizacao de contra inteligencia. Pois fique sabendo o seguinte: O Ira acaba de descobrir 200 informantes para o governo USA. Alem do Ira eles estavam em mais 40 paises arabes. Eram estudantes universitarios, cientistas, militares, negociantes. A Venezuela e Argentina esta constantemente descobrindo estes traidores.

    Os informantes seguem todos a mesma formula. Eles penetram em partidos, se tornam no principio mais zelosos que tudo, aos poucos eles criam divisoes, fofocas, e alimentam o lado oposto. Outros seguem “fieis” e ate conquistam posicoes de liderancas, e desta posicao comeca a derrubada.

    Saiba que uma das mais famosas agente da CIA foi uma anfitria de um programa de televisao de culinaria. Ela era uma imigrante francesa, que ninguem, jamais desconfiaria. Saiba tambem que o movimento de Martin Luther King teve mais de 1000 agentes penetrados. Todos negros claro.

    A verba da CIA para a America do Sul teve um aumento recente que so compara com a verba para o Oriente Medio. nao existe pais mais importante na AS para o imperio que compare com o Brasil.

    Eu ja li varios livros que apontaram a grande, alais enorme penetracao de informantes em partidos politicos do mundo inteiro, inclusive o comunista da Russia e China. nao sera no Brasil que vao poupar.

    Mais para levar ao topo recentemente o imperio aunciou o segueinte: A nova guerra USA tem taticas diferentes. A CIA eleva seu papel para bem mais elevado. Sera mais barata, com mais tecnologia e informacao clandestina. E operacoes de retirar elementos um de cada vez. ja tiramos Hussein OBL, e estamos retirando um a um no Oriente Medio.

    Quem pensar que nao ha USA no Egito, Tunisia, Lemen, Siria, etc, etc, se ilude com estas “revolucoes”
    Quem pensar que CIA e so em alto nivel e nao esta entre nos tem ardente desejo de ilusao

  • Mas que questão de ficar com a cabeça enfiada na terra igual avestruz. Pelo que lí, a moral e os bons costumes não valem mais nada. Defendê-los e ser de direita!!!! Faça me o favor! Abram os olhos e mirem o que acontece em países ditos civilizados e outros nem tanto. O sujeito é pego com a boca na botija UMA VEZ, tem que se explicar na frente das câmaras para “um milhão’ de repórteres e milhões de expectadores e pede a conta. Jamais terá uma segunda chance. Aqui….ah por aqui é diferente. Não esqueçam que somos o país da jabuticaba. “Ninguém é igual a nós, ninguém”. Essa situação toda pode até ser proposital, vai saber. Há interesses por trás do próprio partido.

  • Eduardo, bom dia. Ainda sou jovem nesse assunto de política, mas tento me manter antenado.
    Gosto de ler seu blog e outros blogs nessa vasta internet para obter várias versões sobre o mesmo assunto.

    Eu, nos meus 23 anos de idade, ví muita coisa. Lembro-me da manifestação contra o Collor (que, pra mim, foi uma grande bobagem. Ele não era o único culpado, só um bode-espiatório), lembro que denunciar políticos na segunda era pedir morte na quarta, lembro da morte do Pc Farias e várias outras patifarias da nossa “democracia”.

    Eu lí um livro “Honoraveis Bandidos” ao qual fala do nosso amado presidente da câmara José Sarney e do querido deputado Maluf.

    Lembro também de como era o PT. Lider das manifestações junto com Lula. Conheço muitos PMs aos quais me falavam muito sobre suas paralizações. Lembro que o PT era símbolo de luta social. Lembro que tinha a imagem do PT ser “incorruptivel”. Mas, com a idade chegando, a malícia também chega.

    O poder subiu a cabeça do PT, assim como sobe a cabeça de qualquer um que recebe mais de R$90mil por mês só trabalhando 4x por semana. Sempre ví notícias na tv falando mal do Lula. Falando de sua “vista grossa” com o mensalão e outras besteiras que eram típicas da Globo, que, afinal, enriqueceu na ditadura. Quando via isso acreditava. Acreditava, agora não mais. Mas, minha ideia de incorruptível se foi quando o governo se aliou a todos os bandidos que eles antes lutavam.

    O coronel Sarney, o Paulo “Al Frangonni” Maluff, senhor Collor e toda essa corja de BANDIDOS! Sim, todos sabemos que são, mas existem IMBECIS QUE AINDA VOTAM NELE! “Ah, é o rouba mas faz!”, então se eu estuprar sua filha e não matar, como é um mote famoso do senhor Maluff, você vota em mim?

    O Brasil está uma porcaria pelo povo que tem, não só pelos políticos que têm.

    O PT abandonou Palocci pois é tão sujo e corrupto quanto os bandidos, que a anos trás, lutavam contra.

    Como podemos acreditar em pessoas, que já sugam nosso sangue, que se deixam levar pelo poder e pelo dinheiro? Como podemos ter fé em um governo que cede a algumas difamações sem provas, como essa contra o Palocci? Você mesmo disse que, se quiserem fazer justiça, têm que rever as leis de tempo que uma pessoa com um cargo tão importante pode usar esses conhecimentos em prol próprio.

    Como você disse, Eduardo, o governo anterior foi o LULA, não o PT. O PT não exite mais como era antes. Estão todos fixados em suas cadeiras, recebendo seu dinheirinho e esperando que o povo se dane. Eles não ligam mais para o que a GLOBO ou todas essas porcarias dizem. Não os atrapalhando, tudo bem. É cobra comendo cobra.

    Será que temos que voltar a época da guilhotina e matarmos todos eles para que tenham MEDO do povo, como na França?

    Bem, essa é minha opinião.

    Agradeço o espaço para minha opinião e bom domingo, Eduardo.
    Parabens pelo seu trabalho.

    “Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.” – François-Marie Arouet

    • Próximas manchetes da Folha:

      Porco tem rabo entortado na Casa Civil
      Casa do cachorro de Antônio Palocci Filho foi feita com madeira não certificada
      Palocci matou o Mar Morto
      Ex-ministro da Fazenda escreveu biografia de Hitler
      Palocci dá palpite na escalação de Mano

  • Tens certeza que não é um só comentarista mudando de nome? VErifica. Mas fico contente a ver que todos comentaristas que discordam de ti usam só “bordão” iguais na falta de contestar teus argmentos. Me aclaraste muita coisa com este post

    • Negativo, posso garantir que não são a mesma pessoa. Tenho acesso a várias informações sobre os comentaristas no painel de controle. É catarse mesmo

  • Vão continuar testando e tentando.
    Enquanto isso, petistas continuarão confundindo PIG com Impresa, é muito mais cõmodo pra eles.

  • Faltou dizer que HH foi expulsa do PT por que se negou a votar a reforma da previdência que o Lula, o tal líder sindical, (pergunte ao Valdemar Rossi, como foi a história da greve da Scania), não se esqueça que em 2010 o PSOL-RS abriu mão de uma vaga para apoiar o Paim,..aí sim, aí vc falou bem. Mas na hora de apoiar do senador do Psol para a Presidência do Senado, quem votou em unidade com a esquerda? O PT apoiou Sarney; acho engraçado esse povo que se diz de “esquerda”, “progressista” (o partido do Maluf também é progressista, mas enfim..), vibrar com a derrota de Heloisa Helena para o Senado de Alagoas, sendo o adversário o Renan Calheiros, é o mesmo que nós paulistas de esquerda vibrarmos com a vitória do Alckimin, em relação ao Mercadante que é de um partido (um milímetro, mais a esquerda). Há cerca de 2 semanas na votação do Código Florestal, que o Aldo (do PC do B??) inseriu artigos que não agradavam o governo, foi por conta de um pedido do dep. Ivan Valente, que o projeto foi retirado. Lembro que na eleição presidencial a posição do Psol foi veto total a candidatura Serra, no Psol ninguém precisou fazer greve de fome para poder concorrer ao governo. Quem conheceu o PT na sua fundação, quem acreditou naquele projeto, não fica contente com o rumo que as coisas tomaram, mas quem chegou de última hora, acha normal o “abafismo”, e quem reclama e exige ética é radical, numa tentativa de desqualificação. Seria bom você ler o artigo do Milton Temer: “Carta aberta aos petistas”, tem no blog do Rodrigo Vianna. E o termo “psolização do PT”, (embora tenha intenção de desqualificação), me deixa contente, o que me deixa triste é “a PMDBização do PT, ou PPlização do PT,”.

    • Caro Eduardo Guimarães,

      Respeito a sua opinião em relação ao caso Palocci, e peço desculpas pela franqueza, mas penso que você não está respeitando a opinião de alguns leitores seus, assim como de outros blogueiros ‘sujos’ (como Paulo Henrique Amorim, Rodrigo Vianna, Azenha, dentre tantos outros) que compartilham opinião diferente da sua, taxando-nos de moralistas, desumanamente ingênuos, manobrados pelo PIG, petistas convertidos em psolistas intransigentes, de posição irracional, dentre outros adjetivos.

      Admiro o seu trabalho, e sei que você tem doado o seu tempo e beneficiado nós leitores com seus posts, apesar de provavelmente ter mais gastos com o blog, do que propriamente alguma receita, mas se me permite fazer uma crítica construtiva, já percebi várias vezes seu comportamento explosivo quando responde a algum leitor que fez um comentário que não era favorável ao seu ponto de vista. Penso sempre que a exasperação é má conselheira, e muitas vezes nos mostra o quanto somos vaidosos no sentido de querer impor os nossos pontos de vista, obrigando os outros a pensarem com a nossa cabeça.

      Digo isto na verdade servindo também pra mim mesmo, pois tenho que melhorar muito ainda nesse sentido.

      Um grande abraço de um leitor amigo.

      • Caro Fernando, agradeço o tom sóbrio e amistoso. Mas, negativo: apenas exerço o meu direito de discordar e de manter a minha opinião. Esses movimentos de manada cobram sempre “fidelidade” à maioria, o que é uma burrice imensa e, acima de tudo, antidemocrático. Sobre meus amigos jornalistas, são um caso à parte. Já escrevi aqui o que penso sobre a posição deles. É um pouco diferente. Aliás, provavelmente você não saiba que estamos sempre juntos e temos discutido esse caso. Eles apenas agem profissionalmente. O ofício de jornalista os obriga a adotarem com Palocci a mesma atitude que adotam em relação a um Serra e companhia, por exemplo. Não são ingênuos, apenas profissionais. Muitos vêm aqui tentando me intrigar com eles, mas perdem tempo. Estamos sintonizados e até achando bom que todos estejam vendo que era lenda que pensávamos todos da mesma forma.

  • Valeu Edu! Os que pensam diferente eu apenas lamento.O duro é aguentar os mal educados e pretenciosos,ou então aqueles que baseiam seus comentários em afirmações que não estão no seu texto.Parece que já começaram .

  • Caro Edu,

    Li duas vezes o artigo para tentar captar melhor a essência dos seus argumentos.
    Respeito sua opinião, mas divirjo diametralmente dela.

    Palocci não é da “esquerda”. Muito menos representa o projeto político pelo qual nós lutamos pela continuidade. Apesar das “pressões internacionais”, basta ver que, quando ele se afastou do governo, a política econômica se tornou muito mais inclusiva, os juros baixaram, o crédito foi facilitado. Foi quando o governo Lula realmente deixou um legado do qual nos orgulhamos.
    Palocci é apenas o “fiador” do PT junto ao “mercado”. Uma historieta: nos idos de 2002. Lula liderava as pesquisas, com relativa folga, enquanto Serra e sua brutal máquina de campanha massacrava seus adversários do campo direitista. Assim que detonou a Roseana, e depois o Ciro Gomes, ia virando as canhoneiras para Lula, um alvo até mais “fácil” em termos ideológicos. Nisso, o Palocci faz uma viagem à Nova York, mas precisamente a Wall Street, entrega seus protocolos de intenção e “acalma o mercado”. Pronto, o Brasil não seria mais uma nova Argentina.
    Palocci entrou no PT já na cúpula, oriundo da Libelu, numa das alianças mais esquisitas da história do partido. E carrega esse perfil dirigista, que faz com que todos os militantes da esquerda tenham aversão à suas posturas. Se o PIG alimenta essa contradição, só o faz porque o governo atual, que foi eleito graças ao trabalho maciço destes mesmos militantes “manipulados”, forçou sua indicação indo contra os protocolos assumidos em campanha.
    Faça uma rápida enquete entre os leitores e veja: quem aqui faria campanha pró Palocci, independente desse caso? Não me venha com o argumento de que TODOS estão iludidos… Não sou contra um homem público se tornar privado. Mas que fique nessa esfera, e não transitando entre as duas, conforme as conveniências. Na verdade, esse é um homem público que deveria ir pra privada, isso sim…
    E, por favor, não retire a verdadeira importância dos questionamentos éticos. Existe uma diferença entre o que é legal e o que é moral. Isso não é conversa de botequim. “Se você não puder dizer como fez, não faça” – aprendi isso como as minhas professoras do primário e carrego como princípio até hoje.

    Desculpa a extensão e parabéns por manter esse forum de discussão. Acredito que nesse contraditório aprimoramos a nossa forma de fazer política.

    Marco

    • Caro Marcos,
      Eu não faria campanha para o Palocci,tampouco sou a favor de derruba-lo sem provas.Ele ou qualquer pessoa.Isso além de uma questão legal também é uma questão moral.Não gostar do Palocci, não querer ele no governo por não ser de esquerda e outros motivos,é uma coisa que não tem nada a ver com a acusação que está sendo feita no momento.Acusar sem provas só é errado quando se trata de pessoas que nos são simpáticas?

      • Tudo bem, Andrea. Reconheço que a ojeriza a um indivíduo que atráves de várias ações políticas elencadas pelo PHA no post “Dilma a Lula: toma que o filho (Palocci) é teu”, se mostrou contrário aos anseios da militância que lutou para eleger um governo dos trabalhadores turva um julgamento isento. Ações realizadas dentro dos limites legais, frise-se.
        De qualquer forma, reduzindo-se todas as circunstâncias e ideologias a zero, ainda assim não existiriam julgamentos imparciais. Talvez no mundo das idéias de Platão.
        Mas sou obrigado a rebater um argumento seu: derrubar “sem provas”. Como assim, sem provas? O fato do patrimônio dele ter se multiplicado muito além do razoável a um integrante do poder legislativo, já constituiu o indício. A chance de se explicar ao público – pois é um homem público (que ele reservou com exclusividade a Globo) – foi dada. Nela, ele negou nomes e números, num abstrativismo que só o compromete. E a manutenção de uma empresa de consultoria a outras empresas com negócios com o governo é a óbvia prova de que há sim tráfico de influência.
        Como eu disse, ele transitou entre o público e o privado, conforme interesses de difícil apreciação. Não dá para aceitar isso. Não admito como desculpa o fato de não haver legislação que proíba isso. É aí que encontramos a ética e a moral. Como disse Kant, “age de tal maneira que a máxima da tua vontade possa valer sempre, ao mesmo tempo, como princípio de legislação universal”. Numa linguagem mais singela, foi o que eu aprendi no primário.
        Não isento as empresas “corruptoras” de culpa. E também admito que preferia que o Palocci saísse por opção política da Presidenta. Mas acho salutar esse contraditório, nesse nível de debate. Aprenderemos a fazer uma política melhor dessa forma.

        Saudações,

        Marco

        • Marco, também me agrada debater assim.Já foi tudo analisado pela CGU e pelo MPF antes dele ser ministro e não foi encontrado nada ilegal.As empresas estão listadas aqui mesmo no post ,todos já sabem.O alvo é o governo Dilma, assim que derrubarem o ministro partiram com toda força para cima de outro.Um abraço.

  • É o jornalismo do absurdo. A matéria se transforma quando a anterior perde consistência. Tudo começou com a matéria da FSP, cujo “conteúdo” era a insinuação de que o ministro enriquecera rapidamente. Ao se destrinchar a matéria, nada restava: enriquecer não é crime, a velocidade de enriquecimento, muito menos. Palocci possuía tudo registrado e documentado. Tudo fora comunicado aos órgãos controladores. Em período hábil, mudou o enfoque da empresa e encerrou as consultorias, para se compatibilizar com sua atividades no governo.
    Na ausência de algo para chamar de crime, a onda é levantar suspeitas sobre a provável venda de informações sigilosas por parte de Palocci a seus clientes. Isso é difícil de provar e de desmentir. Tanto melhor para quem não se preocupa com os fatos, nem com o rigor jornalístico. Contudo, a lógica continua válida e o exame da situação revela o absurdo da campanha movida contra o ministro. Se Palocci tiver revelado informações sigilosas a seus clientes, terá inventado o crime regularizado. Vejamos: terá aberto uma empresa com a finalidade de cometer crimes; terá firmado contrato de compra e venda de informações sigilosas, portanto, com os cúmplices do crime; terá declarado à fazenda os ganhos com o crime e pago o imposto devido sobre os ganhos. Seria o sonho de qualquer governo. Imagine a PCC S.A. Haveria o ramo de sequestros, o ramo de tráfico no varejo e no atacado, o ramo se assaltos a bancos etc. Todos os filiados seriam empregados com carteira assinada e com plano de saúde. Por que será que Palocci teria decidido vender informações privilegiadas, registrando todos os passos, ao contrário da forma usual, onde tudo é feito em sigilo?
    A situação é tão absurda que a mídia pressiona Palocci a cometer sua primeira falha: descumprir o contrato de sigilo de identificação dos clientes. Caso Palocci fizesse isso, não me surpreenderia, se as manchetes dos jornais fossem: ministro revela nome de clientes, rompendo contratos. Ao mesmo tempo em que critica Palocci por não nomear seus clientes, a mídia recusa-se a revelar de onde obteve as informações que originaram a onda de denúncias, alegando obrigação de sigilo com a fonte. É essa mesma mídia que se escandalizava com os vazamentos de informações privadas de tucanos dos bancos de dados da receita federal, durante a campanha do ano passado. É essa mesma mídia que não se escandaliza com o vazamento das informações da secretaria de fazenda de São Paulo. Um ministro, Gilberto Carvalho, veio a público denunciar que a origem do vazamento era aquela secretaria. Fizeram-se de surdos. Deve ser verdade, visto que não perderiam a oportunidade de crucificar um ministro petista, se ele estivesse mentindo. Vejo agora no blog no Melo que, de fato, a origem é o secretário de fazenda serrista da prefeitura de São Paulo.
    Essa imensa cortina de fumaça feita pela mídia para impedir que vejamos o vazio é eficiente devido ao deslocamento do mundo real do mundo político. Embora os atos de Palocci estejam cercado de legalidade, a política é um espaço de percepções, em que as versões fazem mais sucesso do que os fatos. A oposição, incluindo a midiática, continua a balada dos mandatos de Lula. A diferença agora é que, fazendo-lhe companhia, está a esquerda que não gosta de Palocci. Sua proximidade com as elites financeiras causam desconfiança nessa parcela da esquerda. Eles temem que o governo petista se “atucane”. O correto seria, então, queimar as pontes da elite com o governo. Não percebem que um governo deve ter pontes com todos os setores, que o risco existe, mas pode ser controlado, e que queimar pontes nunca é a melhor opção. Tanto é que, se cair Palocci, outra ponte será levantada logo adiante. Alguém já falou que o destino dos governos é a derrota. Se não caírem de fora para dentro, caem de dentro para fora.

  • Os bordoes a falsa moral sao igiaizinhos. Ninguem discute que o homem nao fez nada ilegal. Ninguem, mesmo os que se dizem olhar em todos os lados comentam as esplicacoes do homem, que ate que sejam provadas falsas nao sao. Sao cabecas feitas com a enfermidade social da moda. Deficiencia de Atencao

  • Leio diariamente seu blog, gosto dos seus textos e o formato de sua página na internet, mas vejo-o por demais governista. Sem nenhum senso crítico o senhor saca da espada para defender o governo. Espero um grande governo de Dilma, pra isso votei e trabalhei os dois turnos.
    O Caso Palocci vem rolando a duas semanas na imprensa de oposição, chamada PIG, e o Ministro não se explica. Como é que eu vou defendêe-lo no meu Trabalho, na universidade onde dou aulas, nas reuniões familiares. Faço política o tempo todo, atuo no campo da esquerda, mas fica difícil segurar o Palocci.

  • Caro Eduardo ,O PSOl representa ,comparativamente,a mesma coisa que a esquerda alemâ fez em 1933, ao, pelas ordens de Moscou, não se aliou com o centro-esquerda(SPD) e possibilitou a ascensão dos nazistas ao poder.depois disto, todos os esquerdistas “éticos” foram mandados para o campo de concentração de MALHAUSEN ,onde foram eliminados.Esses carassão uns perfeitos “manipuláveis a serviço do quanto pior melhor(e da direita),veja o caso de Belo Monte.São uns incompetentes e não aprenderam com a História e assim o ACM neto,penhoradamente, agradece……..burros…

  • Sua apreciação do caso Palloci foi muito bem construída e bem fundamentada.
    Concordo com sua posição acerca dos “psolados” do pt, que se acham puros, mas desfrutam os meios públicos para bem viverem. Na verdade, o pt é Lula. Este sabe os caminhos e para onde pode e deve ir. Sabe os limites da caminhada e o tamanho dos espinhos ao longo da estrada.
    PHA e Azenha são valiosos e democratas.
    Parabéns caro Eduardo.

  • Desde quando se via a HH aos beijinhos, sorrisos e parcerias com os arthur virgílio, agripino, etc, já me espantava a triste trajetória desse partido. o psol.
    O psol, a cada dia , a cada votação, quando se une aos demos, tucanos e pps fica mais parecido com a famigerada udn….

  • O PSOL enche o saco e o Chico Alencar passa o dia falando mal do PT no twitter e depois reclama que não houve tempo para compreender melhor as discussões inerentes ao próprio trabalho dele como deputado. Por outro lado, o Plínio teve ridículos 700 mil votos e fez a claque de palhaço da eleição se furtando, inclusive, a bater em seu grande ex companheiro de exílio, o “Zé”.

    Contudo, se eu fosse elencar os fatores de uma possível queda de Palocci, eu colocaria, a mídia, o PT e ele próprio. Vaciou nas explicações, demorou para dá-las e deveria ter sido muito mais firme. Do tipo: estou agindo de acordo com a lei e discutirei esse assunto nos meios corretos, ou seja na PGR. Ponto. Neste sentido, faltou a Dilma se pocionar também, e neste aspecto a comparação com Lula é inevitável. Fosse ele, pegaria uma coletiva qualquer, bateria na mídia e ainda soltaria uma metáfora do tipo “em time que está ganhando não se mexe”. No dia seguinte os editoriais dos jornais estariam furiosos, mas o Palacci relativamente salvo.

    Quanto ao PT, vi alguns membros do partido “comemorarem” a queda de Palocci já na sexta pelo twitter, dzendo que o partido não é só ele. É uma miopia política impressionante. Estão jogando o governo todo nas mãos do PMDB.

    Parte da militância bateu em Palocci pòis claramente é identificado como um homem de interlocução com o chamado mercado, mas é bom lembrar queo sucesso de Lula se deu muito por equilibrar interesses para fazer a pauta social passar.

  • O Eduardo tenta, tenta…. Só vou te fazer uma pergunta, Eduardo: você acha possível mudar a situação social do Brasil e ter um governo sem corrupção e suspeitos, ou isso na sua cabeça é impossível? Se é impossível, bem, você já demonstrou ser mais idealista, falando no seu blog de liberdade, combatividade e etc. Especificamente nesse caso (deixo muito claro: nesse caso apenas) você está sendo sim extremamente chapa branca. E ainda está sofismando, porque as melhorias trazidas do governo Lula são uma coisa, a corrupção e eventuais desonestos de dentro do PT são outra. Uma não justifica a outra e só você consegue encadear esse tipo de argumentação chinfrim. Quer dizer então que pelo fato do governo Lula ter trazido uma melhoria concreta na vida do povo brasileiro ele deve ser defendido com unhas e dentes, e com os mesmos argumentos, em todas as situações? Sofisma puro. Parece verdade, não é. e não é por um simples motivo: se quisermos que as melhorias continuem, é preciso bater forte em quem não colabora com o processo. Palocci já demonstrou (essa é a segunda vez!!!!!) que não colabora. Então a defesa dele é chapa-branquismo puro, você se expõe sem um grande motivo por trás.

  • Antes um PT “psolizado” do que um PT DESAVERGONHADAMENTE DEMIZADO a lá Arruda em Brasília, continuar essa leniência com princípios éticos e morais mínimos até com Ministro de Estado, daqui a pouco estaremos aceitando Ministro colocando grana dentro da cueca e das meias e quando denunciado vamos sair gritando:

    – É TUDO GOLPE DO PIG, não acreditem Palocci é um SANTO!

    ou quando a coisa ficar muito difícil de acreditar pela óbvia imoralidade:

    – Não vamos esquecer que o país é capitalista (corrupto até a alma?)

    Então votar no PT para quê?

    Melhor o DEM que ao menos assume p que é.

    Ainda bem que parte do PT é psolizado

    E é uma VERGONHA UM DEPUTADO FEDERAL EM PLENO MANDATO trabalhando para esse monte de empresa multinacional.

    É mais vergonhoso ainda que seja um Deputado do Partido dos “trabalhadores”.

    Quando que o super expert em “consultoria” Palocci arrumou tempo para fazer trabalho tão valioso? O Cargo de Deputado Federal não exige comparecimento em Brasília de segunda a sexta? Não impõe uma série de obrigações? Ah, mas ninguém leva a sério, porque justo o Palocci teria que levar?

    E as empresas “capitalistas” estão na delas, se tiver funcionário corrupto – desde fiscal do trabalho que aceite suborno pra não multar, até “consultor” com informações quentinhas e PRECIOSA, elas pagam de bom grado.

    O que vc nunca vai ver é uma empresa desse porte pagando por pouca coisa.

    O PT surgiu como partido de operários que levavam pancada da polícia de Maluf e da ditadura para ter no governo um Ministro que trabalhaVA (vamos ser bonzinhos e usar o passado) GOSTOSAMENTE para as maiores multionacionais do país. E nem consegue alugar um apartamento – que dizem que custa mais do que o salário dele – sem ter rolo feio no meio.

    Que bacana.

    E a culpa é do PIG.
    Que costas largas que tem esse PIG.

    • Não, eu acho que o |PIG tem culpa em muitas coisas mesmo, inclusive em conduzir de forma errada esse tipo de denúncia. Concordo em grande parte do que o Eduardo fala a respeito do PIG, acho que a imprensa no Brasil é medíocre e tem um papel muito bem definido no processo político: manter privilégios, legitimar o status quo. O que é bem diferente de pensar que no PT só existam anjinhos e que os indícios são sempre obra do PIG. É preciso separar o joio do trigo, sempre. Até porque a argumentação, caso contrário, corre o risco de ficar automática: para qualquer denúncia, culpa do PIG. Quando a denúncia se torna insustentável: o PT faz porque os outros também fazem. Voto com freqüência no PT, não sou filiado ao partido e não me futrto de ter uma visão crítica em cada episódio. Com isso eu penso, inclusive, que contribuo com o próprio partido, que um dia teve um projeto interessante para o país e que conseguiu colocar em prática algumas medidas importantes. O que é espantoso é esse chapa-branquismo, esse oficialismo descarado, como se o governo fosse tããão fraquinho que o expurgo de um cara tipo o Palocci iria derrubá-lo. Essa argumentação é incompatível com um cara que vai pra rua fazer movimento contra a imprensa, porque dá arma pra ela. Mostrar independência não faz mal a ninguém e certamente o governo é muito mais forte que um conjunto de blogueiros (que são ótimos e que eu leio todo dia). Então esse conjunto de blogueiros deveria ser crítico, combativo, coerente. Eu pensava que o que criticávamos era o fato da midia só bater no PT, não o fato de fazer denúncias. Pois então façamos o contrário: sejamos críticos com todos, inclusive com o PT, para mostrar à mídia que independência é isso, não é tendenciosa, enviezada.

  • Concordo contigo EDU!
    Nem tanto no céu…nem tanto na terra…
    O debate que bate e volta…REFORMA DA PREVIDÊNCIA.
    Sou concursada nacionalmente(tanto quanto qualquer servidor público), aposentada pelo INSS e complementação de previdência privada.
    Preciso ficar controlando balanços, eleições para a direção… de OLHO ABERTO!
    Batalhando pelos meus “direitos”.
    O PSOL e a esquerda da esquerda, quer tudo como 50 anos atrás.(Só as coisas “boas”.)
    Em vez de negociarem, apresentarem uma proposta VIÁVEL… atrasam o FUTURO de MUITA GENTE!
    Quero VER o dia que o TESOURO não cobrir mais as aposentadorias dos servidores públicos(estaduais e federais).
    Vai acontecer como na EUROPA… corta /reduz salários no “TETO” da previdência social do contribuinte “comum”.
    Chega de blábláblá…
    E mais…
    Meu pai aconselhava não confiar em MORALISTAS.
    Dizia: “são perigosos(as) … escondem/não olham o próprio rabo”!
    Em frente!!!!!!!!!!

  • Ser ou não ser eis a questão .
    Blogueiros progressistas,mas pautados pelo PIG,enquanto o PIG fazer a pauta estaremos a mercê da pauta do momento .
    Agora porque os justiceiros de plantão não pauta o Aécio .o Preto ,a Alston ETC ETC ETC imagina isto por meses na internet .
    Edu admiro o fato de vc ter um lado e este para nos envolvi um programa e projetos é bom saber que vc não age como uma biruta apenas para agradar os seus leitores e dar mais ibope .
    Os radicais os moralistas da esquerda vc não encontra nas periferias,estes vc encontra em movimentos e espaços prontos onde não da trabalho e nem é necessário colocar a mão no bolso .querem sindicatos ,faculdades ,internet e união com a direita para os 15 segundos na Globo .
    São contra as eleições ,mas querem as verbas federais de grana burguesa ,não tem diretório ou núcleos na periferia pois é caro e correm atraz da visibilidade ,veja se H.H ou Marina querem ser prefeitas ou governadoras afinal poderia elas ganhar e democracia partidária tem que compor ,governar com 3 poderes e gritos não condiz com realidade .
    Edu admiro os que lutam e fazem ,mas julgar e mudar de lado é mais fácil.
    Veja o PHA é contra o PIG ,trabalha para a Record e IURD ,mas julgamento serve para os outros e nunca para ele ,na esquerda ele não duraria um dia ,seria um pelego.
    Assim julgamos governo em um pais entregue onde todos lados tem força e interesse ,veja o que temos em nossa casa eletrônico que venha a ser nacional ,transporte qual é nacional ,comunicação bastaria um destes mostrar o seu lado que o pais e os ” lutam ” gritaria ara acabar com o governo .
    Querem radicalismo e luta ,mas não tem sequer uma bibirinha para o grande enfrentamento .
    Eu tenho um lado e este não e mostrado na internet ou defendido pelos da esquerda radical .
    Quem cobrou ou cobra pelos milhões que morriam pela desnutrição ,fome ,ignorância por falta de oportunidade ,trabalho e esperança .
    Mas para o bem do Brasil queremos Palocci ,bem o resto fica como sempre que ele se foda .
    esta é visão dos esquerdista de livros ,reuniões em lugares refinados ou da internet .
    Que volte os de sempre assim terei muito mais o que gritar .
    Eu porem tenho um lado e este lado tem programa projeto foi eleito e não tomou o poder e governa com 3 poderes dentro de uma democracia partidária .
    Agora uma pergunta aos que sempre é do contra oque esta fazendo para mudar ,tens concientizados os da periferia que mais ganha ou ganhou com PT .

  • Querem os blogueiros que o Chefe da Casa Civil, um dos responsáveis pelo sucesso dos governos Lula e Dilma, se dobre ao jonaleco dos Frias., Os ingênuos do PT acabam fazendo o trabalho sujo da imprensa golpista. Até Serra e Aécio se recusaram a fazer este papel. A briga não é entre o Pigs e o Palocci, mas entre a verdade e as mentiras.

  • Os amigos blogueiros não são ingênuos,são profissionais e vc os respeita, os leitores que discordam de vc são manada, “pseudo-moralista”.

    Que bom saber que é esse o “respeito” que vc tem pelos leitores do seu blog.

    • Roberto, você está sempre tentando desqualificar o Eduardo. Pare com isso. Se não te agrada a opinião dele pare de vir aqui. Você não é obrigado a ler as colunas que ele publica diariamente. Parece que voce quer intrigar o Edu com os seus leitores e com os demais autores de blogs. Para mim o Eduardo é sensato nas suas colocações. Ele tem um lado muito claro mesmo que as vezes se exaspere. Mas isto é um direito dele, afinal este espaço, que ja se tornou uma referência nacional, foi construido exclusivamente com o trabalho dele e seu sucesso decorre exatamente desta franqueza com que ele se expressa, da firmeza de suas convicções, características que, me pareçe, não te agradam. Você não contribui para o debate e o esclarecimento evidenciando as naturais contradições que eventualmente surgem decorrentes da condição humana do Eduardo. O que é que você quer afinal? que o Eduardo escreva as tuas ideias e convicções? Que o Eduardo pare de escrever neste blog?

      • Eu vou virar o inimigo agora?

        Tudo bem que o Eduardo já me colocou do lado de lá, mas se tem uma coisa que NUNCA FIZ em dois anos ou mais que comento aqui foi desrespeitar o autor desse blog.

        GOSTO DEMAIS DO EDUARDO.

        Já repeti mil vezes se não acreditasse no idealismo e na seriedade dele não comentaria aqui, não que meus comentários sejam grande coisa, mas porque quando não acredito no blogueiro sequer os leio,

        Não leio Folha – do qual fui assinante durante mais de 13 anos e parei quando a direitização do jornal durante o governo Lula se tornou insuportável, não leio e nem vou ao site da Veja, Época, Reinaldo Azevedo e Noblat.

        Ligo a TV só quando há algum grande evento, mas tenho asco quando vejo o “imortal” com aquele bigodinho destilando veneno contra Lula e contra Dilma na globo news.

        Sei que a grande imprensa no Brasil é golpista e faz tudo para sabotar o governo do PT na inversa proporção que protege o funesto governo do PSDB aqui em SP.

        O duro é ver que mesmo quando amigos que ele respeita tem a mesma opinião em relação ao Palocci que a minha eu seja tratado diferente.

        Por que? Porque sou um simples leitor de blog? Um ingênuo, ou como diz o apressadinho daí de cima um “aliado” da Veja e da Folha?

        Como disse a Amanda no comentário do Tsvakko:

        “Se eu fosse você Eduardo, olharia com mais amor a crítica da galera que está chateada com os rumos do atual governo, não joga no mesmo balaio da direita não, porque não é isso! Abraços”

  • Edu, também fico triste com a sintonia entre esquerda e direita nesse caso. Mas, a essa altura do campeonato, não sei o que traz mais prejuízos se a queda ou a permanência do dele. Não nutro nenhuma simpatia por ele e adoraria ver um governo Dilma livre deste senhor, mas concordo com você que essa poderia ser uma péssima hora. Por outro lado, acho também que derrubando ou não derrubando o primeiro ministro, a imprensa vai passar 4 anos tentando isso com todos. No mais, ele vem sofrendo ataques por parte de entidades às quais ele devota grande apreço e amizade. Vejo em boa parte do discurso da esquerda uma boa dose de hipocrisia sim, mas não consigo me lamentar tanto ao ver Palocci sendo entregue aos corvos.
    Enfim, tenho lido milhares de opiniões sobre o caso, aliás, leio você, o Melo e o Miguel do Rosário com um ponto de vista, e quase todo resto com opinião bastante distinta. Eu ainda não consegui chegar a uma conclusão. Tendo a pensar que você está certo, mas penso se o Palocci não passaria a ser uma uma bomba armada pra explodir na hora certa (ou na errada).

  • Parabens Edu. Alem de uma avaliação coerente e segura vc coloca o quizo no gato: sugere ao PIG buscar informações das empresas que a Projeto deu consultoria, que o PIG já sabe quem são.
    Agora gostaria de dar outra sujestão: por que a Revista Epoca não divulga a fonte que entregou a extrato bancario do Francenildo? sob o argumento constitucional do sugilo da fonte não é? Ué sigilo de fonte pode e clausula de confidencialidade não?
    abs
    Alex

  • Curto e grosso .
    Onde esta o PCdoB,PSOL,PSTU,PCO que não vejo nas periferias .
    Onde esta os moralistas do PT ,que não os vejo nas periferias .
    Onde esta os que estão indignados com Sr Palocci ,e que nunca questionaram os milhões de miseráveis,de pobres e mortos ambulantes pela falta de oportunidade ,falta de educação e saúde.
    Se analisarem do governo de Dilma e de Lula ja pediram a cabeça de todos .
    Mas dos assassinos que mataram e matam muitos neste pais nunca foram as ruas ou pediram as cabeças deste com tanta veemência .
    Quisera ver todo este furor em pro das periferias deste pais .
    Mas vamos pedir as cabeças .
    Dos ministros .
    Justiça pois dialoga em governo de 3 poderes e trabalhou na fórum jurídico ,para quem ?
    Defesa é do PMDB .
    Cultura ,e todo embromo conhecido .
    Educação ,KIT.
    Agricultura ,o código e do PMDB.
    Esporte ,afinal copa do mundo e Ricardo Teixeira
    comunicações ,pois de acordo com PHA a banda larga ja esta no telhado
    Fazenda e presidente do banco central ,juros e bancos ganhando
    meio ambiente ,código e mortes no Para
    enfim não sobrou um .
    Assim os entreguistas de plantão,podem tirar Palocci e resto e chamar o FHC para salvar o pais afinal ele dara um ministerio para H.H, Marina e gabeira e todos se fara representados.

  • Uma candidata à Presidência da República pelo PSOL foi flagrada na malha fina da Receita Federal. Está pagando o débito fiscal sonegado, em suaves prestações como manda a Lei. Se aquela candidata tivesse declarado os proventos, como costuma o Palocci, não seria executada pela Receita. O resto é conversa fiada.

      • Pois é , uma ação de 1998, e Heloisa é uma mulher “muito rica”, veja o patrimônio dela e o do Palocci, foi executada por não ter declarado verba de gabinete, que foi destinada a ajuda de menos favorecidos e não foi por bolso dela. Isso aconteceu quando ela era deputada pelo PT..até então nunca usaram isso contra ela, aliás essa foi a alegação dos oligarcas de Alagoas para cassar a candidatura dela, ser acusada por Renan Calheiros que tem uma construtora que paga a pensão da filha dele, tem gente que tem uma sorte!! Ela recorreu e perdeu,durou 10 anos o processo, tem que pagar e pronto. Agora não vamos colocar a culpa no PIG, na direita e tudo mais. Tem coisas que são cristalinas, explica-se…e pronto.

  • Hoje li seu falatório e do PHA. Seus argumentos me convenceram. Realmente, o pessoal da esquerda se deixa levar pelas armações da direita. Uns por visão estreita, outros por oportunismo. E também não foi por acaso que o pig escalou um especialista (o tal do campineiro – se bem que pro meu padrão é fraquinho -) pra fazer marcação cerrada nas suas análises. Você tá esgotando o assunto.

  • A questão se resume no seguinte: Guerra entre os Petistas pragmáticos e os idealistas, insuflada pelo PIG, com o objetivo de criar cizânia entre as esquerdas, usando a velha tática do “dividir para conquistar” e desestabilizar o governo. Apesar de sua ação ser condenável moralmente, o Malocci não fez nada errado segundo a nossa LEI. Nada que os ícones da direita atrasista e entreguista não tenham feito e/ou fazem desde sempre. Portanto, penso que, uma vez que os órgãos de controle o inocentem, a DILMA não deve exonerá-lo, ou estará fazendo concessões indevidas à mídia boquirrota, que continuará batendo no governo, haja o que houver. Sobretudo, não deve fazê-lo antes de fazer uma LEI, impedindo ou dificultando ao máximo este tipo de enriquecimento com “inside informations” por ex-integrantes do governo. Depois?!?! Bem, depois é depois, e o futuro da Deus pertence..

    O “BRASIL PARA TODOS não passa na globo – O que passa na gloBo é um brazil para TOLOS”

  • Edu,

    Se você ler o blog do Mello, de hoje, verá que o poder da mídia se baseia num coisa: MONEY, BUFUNFA, ARGENT , DINARO , E ESPECIALMENTE .כספית

  • De tudo isso poderemos tirar uma conclusão.

    Os estados que elegeram governos de direita vão continuar a faze-los. São Paulo e muitos estados nunca sairão das mãos dos Demo/tucanos/pedessistas e agora também pessedistas. O PT continuará rangendo os dentes e amargando derrotas. Eles mesmos estão cavando as derrotas dos próximos anos desde agora, até porque quem vai dar voto para candidatos de um partido que é usado pela mídia a ponto de não defender seus representantes e acaba por dar força a uma mídia golpista que está doidinha para derrotar com o governo daquela que foi eleita e é a maior representante deles? 2012 e 2014 já estão com as campanhas nas ruas e só falta alguns que se dizem petistas pintarem suas bandeiras com as cores dos partidos ditos da direita.
    Os ministros indicados pela Dilma estão empossados. Até agora nada de real ou verdadeiramente grave ou danoso foi denunciado contra qualquer um deles.
    Poque não aguardar mais 6 meses, dando um crédito a nossa Presidenta até a reforma ministerial que poderá acontecer no final do ano?

  • Eduardo, concordo com os seus argumentos, mas gostaria de ir um pouco além. Todo esse alarde em torno de uma não-notícia (evolução patrimonial devidamente declarada para o fisco) só está acontecendo porque o intuito da mídia é desestabilizar o governo Dilma, e não, pura e simplesmente, derrubar o Palocci. Sendo assim, a questão relevante que se põe para a presidente Dilma é como a permanência do seu auxiliar no cargo afetará a governabilidade. E é com isso que, nós que votamos nesse governo e desejamos que ele seja bem sucedido, devemos nos preocupar no momento. A questão de sua inocência ou culpa é, de certa maneira, superada e, talvez, insolúvel, porque a mídia sempre se encarregará de que pairem dúvidas sobre o tema. É cruel para com o Palocci, mas o que está em jogo é muito mais do que sua carreira como político e até mesmo do que sua imagem como homem: são os destinos do país, ou, posto de outra forma, de milhões de brasileiros.

    • Na falta do Palocci, a Mídia Golpista arranjará outro bode expiatório, portanto, vamos colocar o nosso trator prá funcionar no congresso e calar a boca desses, trabalhando para a maioria necessitada do nosso país. AVANTE DILMA!!!!!

    • Para que nao ocorra a desestabilizaçao, o governo tem que convencer a sua base aliada,que é maioria, principalmente o PMDB, que é um partido que nao se pode confiar. Conseguindo manter a sua base bem informada, através da contra informaçao( em oposiçao ao PIG), o governo vai manter o funcionamento normal dos projetos para o país.Casos de escandalos e “crises” o Lula enfrentou vários, foram tantas crises, mensalao(tentam até hoje ressuscitar o mensalao, mas o Lula foi reeleito e a Dilma foi eleita, a estratégia “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, miou) passeatas do cansei(aquela coisa ridicula), febre amarela, crise da economia etc. nao deu em nada. E agora? hiperinflaçao, miou, livro didático ensinando a falar e escrever errado, miou, o Palocci, nao vai dar nada., mas vai fazer barulho por mais uma semana, acredito. Depois volta-se para o atraso nas obras da copa, mec, livros didáticos, enfim, as coisas pequenas para fazer barulho, ou seja, fazer barulho para atingir o opiniao pública e convecer a base aliada a fazer oposiçao. O partido da imprensa golpista, nao informa, mas desinforma e faz um mal para o país.

  • Edu,

    Lúcido,inteligente e objetivo!espero que esse texto ilumine algumas mentes a sair das reações emocionais!
    Eu sei que tem muita gente bem intencionada e não quero patrulhar opinião de ninguém,mas vejo que muita gente que quer o mesmo que nós em relação ao governo,ao país,não percebe o jogo politico que está embutido em todas essas denúncias.

    Por falar em denúncias,vocês já perceberam que o próximo da fila será o Haddad?será que as pessoas não percebem que já tem uma fila aguardando encerrar o caso Palocci pra entrarem “de sola'” no próximo?!que não se trata de Palocci,beltrano ou cicrano,de honesto ou desonesto… e sim de ganhar eleição,poder e suas benesses,como sempre?que o que interessa é inviabilizar o governo Dilma?

    Em tempo: por mim o Palocci tb não estaria no governo,mas não se trata mais dele,neste momento 😉
    grande abraço,Edu

  • Caramba, Edu, a impecável e costumeira lógica presente em seus discursos, neste atingiu a solidez de uma rocha.
    E nas entrelinhas percebe-se que você, como eu, está de saco cheio dessa maneira repetitiva da classe média ver a política. Só com esse viés udenista reducionista e obtusa de “se fulano é probo ou não é probo”.
    E assim ninguém se propõe a rediscutir as relações entre o público e privado. Cortam-se cabeças e mantem-se o sisterma. E diga-se de passagem que quem escolhe a cabeça a ir para a guilhotina é o pig.
    PS: O velho Brizola chamava esse PT moralista de “UDN de macacão”

  • Fudeu… Nem nem em Sorbone iriá-mos conseguir um cientista político com tal saber. Mataste a charada, a identifcou, a apontou, todos agora iremos ver. É Kafka, a COISA É KAFKNIANA! De que sou acusado? Quem me processa? Já perguntava Josef K, no romance de Franz Kafka, O Processo (1925)

    As obras de Franz Kafka, escritor Tcheco, conseguem formalizar e abrigar leituras totalmente relacionadas com a condição do ser humano moderno.
    O olhar kafkiano é direcionado para coisas como a opressão burocrática das instituições, a “justiça” e a fragilidade do homem comum frente a problemas cotidianos.

    Em seu romance o Processo (1925), narra a história de Josef K, um bancário que estava sendo processado e ao procurar o prédio da justiça, andava por labirintos. Quanto mais entra nestes labirintos, menos ficava sabendo por que e por quem estava sendo processado.

    Sobre o que palocci é acusado? Quem o acusa? Qual crime cometeu? Se eu como deputado desse um pitaco à Nestle, “Invista no nordeste” E a Nestle investisse, como investiu( vende produtos de porta em porta no Nordeste) e fatura horrores, e fosse recompensado por isto, eu cometí um crime? Se, Qual.

    Moralistas de araque!!!!!

  • Sete considerações relevantes:

    1. O PT não é um partido leninista-trotskista, mas um verdadeiro (e maior) partido da social democracia da América Latina;

    2. O PSDB é um partido liberal de direita;

    3. Por que o estado da Heloísa Helena (Alagoas) tem o pior IDH e é o mais violento do país? E por que HH preferiu concorrer à presidência e não ao senado em 2006 e em decorrência disso temos que aturar o Collor?;

    4. A grande mídia é partidarizada, daí ser o PIG (Partido da Imprensa Golpista). Por isso mesmo, jamais poderemos esperar jogo limpo, transparente e republicano do PIG. O intere$$e dele$ é outro;

    5. Tanto é assim, que na campanha eleitoral passada o PIG acusou o PT de vazar (mentira) o sigilo fiscal da filha do Zé Pedágio. Entretanto, desconsideram o vazamento do sigilo fiscal do Palocci pela prefeitura de SP;

    6. Agora, é fato que Palocci é um ex-trotskista que gosta muito de dinheiro e de um pau de luz (holofote), principalmente da vênus platinada. Ora, gato escaldado como é, é claro que Palocci tratou minuciosamente de uma engenharia financeira com todos os aspectos legais e ao PIG só resta a acusação inescrupulosa que lhe é peculiar, sempre com o objetivo maior de desgastar o governo Dilma e o PT.

    7. Isso tudo nos leva a crer que Palocci é o curinga do PT e/ou governo. O homem articulado, das finanças e que tem trânsito livre nos diversos matizes político-empresariais.

  • Caro Eduardo, o que você coloca neste post explica de forma clara e límpida a presente situação. A meu ver, é hora de abater o PIG mostrando a baixeza de seus métodos e, também, de dar nome àqueles que você chama de “psolizados” que, inocentes ou não, certamente são úteis à direita golpista e ao cartel midiático. É preciso dar sustentação a Palocci; não por Palocci, mas pelo governo legitimamente eleito, que a escória oposicionista/midiática e os descontentes da esquerda tentam, de todas as maneiras possíveis e impossíveis, derrubar (moralmente, no mínimo). Resta ao governo fazer uso, JÁ MESMO, da representatividade que tem e vir a público explicar, tintim por tintim, porque Palocci deve ser, e será, mantido! Dilma passa por momentos difíceis e perigosos; não é demais dar-se a ela, agora, demontração inequívoca do apoio que teve, ainda tem e terá no futuro!

    • Pessoalmente eu acho que essa conversa mole do PIG não está convencendo ninguém, nem ao menos os que atacam diuturnamente o Palocci. Quem faz isso faz porque quer atacá-lo, não porque ache que as falsas acusações sejam motivo para sua queda, mas porque querem derrubá-lo e com isso desestabilizar o governo.

      Já ví esse filme em 2005, com os mesmos métodos e os mesmos argumentos absurdos. E naquela época não faltaram “petistas arrependidos” falsos pululando pelos blogs, nem algumas jogadas oportunistas de alguns personagens da esquerda.

      O roteiro é o mesmo, mas assim como toda continuação de um filme é pior que o original, esta também está se apoiando em um roteiro bem pior e muito mais mal escrito.

      Marx dizia que a história se repete primeiro como tragédia e depois como farsa. Neste caso a primeira vez (2005) já foi uma farsa e agora se repete como PALHAÇADA.

      São tão absurdas e ilógicas as alegações da imprensa e da oposição, que só atestam contra os que delas fazem uso. Principalmente aqueles que se dizem de esquerda e se aliam à extrema direita em uma campanha difamatória claramente golpista e sem a menor base concreta.

      A questão que se coloca é a da democratização dos meios de comunicação, sem a qual a máfia que controla esses meios colocará ainda (não agora, não nesse caso ridículo) a própria democracia em perigo.

  • Bom, as coisas podem chegar de modo diferente a pessoas diferentes…
    Eu não ligo para caso Francenildo ou ascensão social rápida com consultorias.

    Mas a administração macroeconômica de 2003 a 2005 foi bem ruim na minha opinião, só não foi pior que a durante FHC.

    E o PT é dúbio demais nas questões sociais.

    Então pelo menos pra deputado voto PSoL… E não me sinto culpado por isso nem atrapalhando nada. O próprio governo se atrapalha e não precisamos passar a mão na cabeça a cada momento.

    • Mas no caso do Palocci não houve trapalhada nenhuma por parte do governo.

      É um caso clássico de escandalização INVENTADA em cima de MENTIRAS e falsas suspeitas.

      A questão não é se a pessoa gosta ou não do Palocci e sim se acha justo que suspeitas INVENTADAS em cima do NADA podem desestabilizar o governo e fazer o País ficar parado discutindo o NADA.

      Não é proibido ganhar dinheiro dentro da lei, acusar alguém de enriquecer é um absurdo. Não existe uma única irregularidade na empresa do Palocci. Tanto é assim que estão tentando culpar ele de uma possível irregularidade na propriedade de um apartamento que ele alugou em uma imobiliária. Não estão alegando irregularidades no aluguel ou mesmo na imobiliária, mas com os proprietários que não são nem conhecidos de quem aluga um imóvel através de uma imobiliária. O próprio absurdo das acusações já atestam a favor do Paslocci.

      Se cada ministro do qual não gostarmos for atacado com esse tipo de ignomínia, como o governo poderá trabalhar. Que a imprensa e o demotucanato queiram paralizar o governo, sem escrúpulos eu entendo. Que a esquerda faça isso eu não entendo.

      • Ruy, concordo com você que a forma como a imprensa lida com essas questões é desonesta. O que faz com Haddad ou Holanda, por exemplo. Mas isso não me obriga a simpatizar com o ministro Palocci. Apenas torço para que ele possa se defender de maneira justa.

        Mas, mesmo sendo em geral governista não preciso apoiar tudo. Não apoio a manutenção de Palocci como ministro, mesmo que totalmente inocente (o problema é na atitude e na dificuldade de obter os resultados esperados em articulação), não apoio algumas concessões que o governo faz a partidos religiosos. Não apoio a enrolação no PNDH. Não vejo experiência nos atuais ministros do Turismo e Previdência.

        Apoio principalmente a condução atual da política econômica, isto é Mantega-Tombini (coisa que raramente alguém na blogosfera apoia). Também apoio Belo Monte e o programa de erradicação da miséria. Estou em dúvida quanto ao código florestal.

        E apoio o trem de Alta Velocidade… E acho o PSoL (com o qual não concordo no discurso de “bolsa-rentista”, que acho uma impropriedade) mais coerente que a direita midiática.

        Portanto, não precisamos ser maniqueístas. O governo não é 100% mesmo. Nem os eleitores, os jornalistas, os blogueiros, os demais partidos ou os comentaristas são.

  • “incrível distribuição de renda em curto espaço de tempo e, vendo que Dilma pretendia seguir-lhe os passos, a direita voltou ao ataque.”
    Puxa quem disse que a direita não deseja a distribuição de renda?

    Apenas não aceito que se use violência para isso.

    Não se faz o bem com o dinheiro dos outros.

  • Concordo plenamente com você, Eduardo.
    É assombroso ver o nível de irracionalidade, de ingenuidade e de falso moralismo de uma parte da esquerda, inclusive de uma parte do próprio PT e de seus simpatizantes e militantes.
    Essas pessoas, por má-fé, por ambições políticas (mais poder, cargos, liderança, status quo etc), por ingenuidade ou por um moralismo tacanho, acabam fazendo direitinho o jogo sujo e hipócrita do PIG e da direita.
    Essa mesma irracionalidade, ingenuidade, falso moralismo (ou moralismo tacanho) estiveram presentes em várias ocasiões durante o governo Lula, como no caso da tentativa do PIG e da direita de derrubar o Sarney (da presidência do Senado). Lula, com sua genialidade e sabedoria políticas, percebeu claramente o que essa direita golpista e reacionária realmente queria, e fez tudo o que pôde para impedir a queda do Sarney. Lula percebia claramente que o que o PIG e a direita realmente queriam era, mais uma vez, sabotar e enfraquecer o seu governo, criando condições mais favoráveis para que os seus aliados político-partidários (como o PSDB e o DEM) pudessem retornar ao governo federal, entre outras coisas. Enquanto isso, parlamentares do PT, como Mercadante e Eduardo Suplicy, posando de homens probos e íntegros, concordavam com a queda de Sarney, aceitando o jogo sujo e hipócrita do PIG e da direita. E uma parte da militância de esquerda que se manifestava na Internet também aceitava esse jogo sujo, e ainda ajudava a jogar mais lenha na fogueira do golpismo do PIG e da direita. Muitos acusavam Lula de se aliar a corruptos como Sarney, Collor e Renan Calheiros. O que vemos hoje, no caso do Palocci, é essencialmente uma repetição da mesma irracionalidade, da mesma ingenuidade, do mesmo falso moralismo (ou moralismo tacanho), da mesma falta de compreensão, inteligência e sabedoria políticas de uma parte da esquerda, servindo como massa de manobra do jogo sujo, cínico e hipócrita do PIG e da direita.

  • Concordo que o PT, vez por outra se apequena, deixando de lado compromissos sagrados do seu desiderato político, envolvendo-se em disputas fisiológicas que visam apenas às benesses do poder. Contudo, entendo que os erros do PT se circunscrevem à ação equivocada de alguns dos seus membros, o que é comum acontecer em instituições humanas, sobretudo em agremiações políticas. Por conseguinte, tais ações individuais não maculam definitivamente a imagem institucional do Partido dos Trabalhadores. O próprio Palocci na entrevista que deu à TV Globo, rebatendo um questionamento do repórter sobre os possíveis danos que a crise provocaria ao Governo da presidente Dilma, afirmou que no seu entendimento não havia crise, e que todas as questões suscitadas diziam respeito unicamente à sua pessoa. Acontece que o Palocci por ser muito sagaz e atuante na política, atrai a ira dos seus inimigos. Na minha avaliação, Palocci tem se metido em muitas encrencas inconcebíveis ao homem público, e por esta razão, a Presidente Dilma, e somente ela, deve decidir pela permanência ou não do Palocci na equipe governamental.

  • Edu vc foi exelente disse as palavras que eu com certesa diria mas não tenho esta capacidade de comunicação.eu não tenho sompatia pelo Palocci e sempre fui conra ele esta no Gov, mas sempre tive a claresa que o objetivo da midia é a govenabilidade da Dilma, ou seja eles vão criar tanta conturbação que o cenario politico ficaria terrivel, e isso daria um forte espaço para a oposição. em fim vc foi brilhante em seus cometarios parabens.

  • Acho que julgarmos alguém com base em desinformações da Folha, da Veja, do EStadão.., Das Leitoes e Mervais da vida, é temerário. Por isso temos que confiar nas instituições de controle: CGU, Ministério Público, etc. Se só vale o que a Veja e similares escrevem, pra que precisamos de estrutura de justiça? A máfia midiática denuncia, sentencia e pune! Acusações emprovas são calunias.

  • A divulgação da liste de clientes pelo Palocci está para este caso quanto a queda de Palocci está para a satisfação da incessante gana de ataques ao Governo Federal pela velha mídia e pela oposição (na verdade velha mídia e oposição se confundem).

    Ou seja, nem a divulgação pelo Palocci da lista de clientes nem sua saída cessarão a gana de ataques da oposição.

    E o PT de fato não sabe usar os recursos que dispõe para combater a rede de DESinformações da oposição. Não fossem os blogues sujos….

  • Finalmente, Edu, um texto que me convenceu quanto à “fabricação” do “caso” Palocci (quanto ao seu uso para atingir o governo Dilma isso eu já tinha claro desde o começo). O aparecimento de nomes de empresas a que ele prestou assessoria (foi a primeira vez que os vi), verdadeiros portentos econômicos, permite que os blogs sujos devolvam à grande, velha e descarada mídia a continuidade das “investigações” sobre o enriquecimento de Palocci, o que, obviamente, ela não fará por causa das verbas de publicidade. O aparecimento dos nomes das empresas, repito, é fundamental também por ser prova concreta de que Palocci falou a verdade quando disse que não exerceu tráfico de influência. Para mim isso vira o jogo não no sentido de fortalecê-lo, mas de desmascarar, mais uma vez, a falta de escrúpulos e a sem-vergonhice do PIG.
    Ainda acho indecoroso um deputado federal, tenha o pelo que tiver, amealhar fortunas ao longo do seu mandato; ainda considero um erro Palocci ter sido colocado na Casa Civil e de ter fugido de uma entrevista coletiva. Ainda acho absurda a demora em responder às acusações, deixando o governo com o flanco aberto para receber pancadas e sofrer pressões das bancadas ruralista e evangélica e de partidos ou facções de partido da base “aliada” em busca de espaço (melhor dizendo, cargos, suas verbas e poder de influência).
    A pronta resposta à Época, parece-me, matou na raiz aquela indecência sobre a saúde débil de Dilma; a pronta resposta à “denúncia” da Veja de que o apartamento de Palocci em Moema está em nome de laranjas também matou na raiz mais uma possibilidade de ataque ao governo, da mesma forma que esclarecimentos imediatos da Coaf e da Receita Federal acabaram com a conversa de que a Projeto estaria com pendengas nesses órgãos ou que a W Torre teria sido beneficiada com devolução de impostos. Esse tipo de agilidade em responder com firmeza e de maneira peremptória a acusações contra ocupantes de cargos do governo (que continuarão, sem dúvida) tem que ser exercido sempre; jamais se pode deixar situações que coloquem o governo na berlinda rolarem muito tempo. A discussão política e ou ideológica são importantes, mas casos como o do Palocci e outros que citei acima (sem falar do MEC, que não se mexe para dar respostas imediatas a situações que o envolvem), tem de ser resolvidos com um cala-boca, ou seja com provas. Não foi assim com a bolinha de papel e com a ficha falsa da Dilma, por exemplo?
    E precisamos, também, ver nos blogs sujos (já que o PIG não o fará) discursos da Dilma no lançamento de programas ou em outros eventos, como o da plataforma P-56 (ver no Tijolaço). Para isso, claro, ela deve sair do Planalto. aparecer, falar. Isso dá alento pra gente.

    • Um adendo: o PIG continua a mentir e a criar casos na maior cara dura justamente porque não se desmontam suas farsas prontamente. Se isso fosse feito, eles se veriam obrigados a fazer um jornalismo com bases um pouco mais sólidas. Não deixaria de ser sórdido, mas as mentiras não seriam espalhadas ao vento tão facilmente.

  • Eduardo até posso concordar com várias de suas posições, no que tange à direita midiática é fato, mas no que concerne ao PT infelizmente depois de 22 anos de luta por esse partido não vejo agora diferença em relação a essa direita, visto que se alia com tudo e com todos, não tem oposição, o que é um mal, pois lhe dá um poder descomunal e o pior vota em diversos momentos a favor dos patrões e contra os trabalhadores.PT é um partido que é grevista por essência, mas reprime as greves.Lutou sempre para chegar ao poder em nome do povo, agora os bancos tem em seu governo a maior base de lucro.Era o verdadeiro partido dos trabalhadores agora infelizmente parece o partido dos empregadores.É verdade que muitos saíram da miséria, louvo o ETERNO LULA por isso, mas retorna ao primeiro escalão esse tal de Palocci, que não consegue nem explicar seus atos!Com muita dor falo isso mas vejo na terra que vivo Fortaleza um exemplo cruel do que se tornou o PT, e vejo a possibilidade mais terrível ainda da volta do PSDB. Esse sim partido dos patrões por essência me de fato, que não esconde o que é, e que pode para nossa infelicidade retornar ao poder, afinal o povo até aceita os que mentem não admite os que traem!!!

  • O governo simplesmente diz : “Você não precisa servir o seu semelhante para adquirir uma fatia do que ele produz. Nós vamos confiscar parte do que ele produz e dar tudo para você. Apenas vote em mim”.

  • É verdade, Eduardo. As fontes de informação deles são os jornais do pig. São até assinantes. São prenhes de ódio e raiva. Eu tenho um colega de profissão assim. É assinante do bobo e da falha. Aí eu falei: essas são suas fontes? Ele ficou sem jeito e falou que era a mulher dele que era assinante. Sempre saindo pela tangente. Quase eu perco a compostura com ele. Almoçando com o dito cujo, eu me levantei e fui embora. Para ele “tudo é ladrão”. E faz acusações sem provas. Não reconhece nada que o governo fez nos últimos anos. Melhor coisa que se faz é nem trocar assunto com essas pessoas nem dar espaço também. Unir-se a extrema direita e falar de ética? Qual a ética tem a elite que ainda domina este país? Mas mesmo assim, eles se unem a ela, porque, no final, os extremos se tocam.

  • Poxa, Edu, você quer que a esquerda se una em torno dos interesses do Palocci?

    Qual a diferença entre Palocci e um tucano?

    Nenhuma, of course!

    A saída de Palocci do governo Dilma será tão boa quanto a saída de Palocci do governo Lula.

  • Não são só “vários colunistas do PIG e petistas arrependidos e ‘psolizados'” que “continuam batendo na tecla do nome das empresas às quais Palocci prestou serviços”. Veja o que disse o seu amigo anão da bota rosa:

    “O Ministro Primeiro Ministro de um Governo trabalhista é mais fiel aos fregueses do que à República e à Presidenta.

    Ele morre, mas não diz quem são os fregueses.

    E, portanto, não diz que serviços prestou.

    E, portanto, não se defende da acusação de fazer tráfico de influência.

    Os paloccis têm “projetos pessoais” e, não, republicanos”.

    E agora, José? O Sr. DiFini acima classificou de “escória” que está cobrando um mínimo de informações sobre o enriquecimento so Palocci. Seria o PHA parte da dita escória?

    • O Paulo Henrique Amorim está muito estranho, assim como o Azenha, o Rodrigo viana, o Kotcho, a Rede Record e não é que todos trabalham na Record? Será influência do Heródoto? Ele está ferino no novo jornal da Record News.

  • Sr.blogueiro.
    A primeira reação após uma derrota é procurar culpados. A mêses o PMDB vem esperando o momento para vingar Furnas, importante tubo de oxigênio do partido. A mídia industrial vem a 8anos seguindo o mesmo modus-operandi, denuncía/julga/condena.Há um ano havia muita grita com quebra de sigilo que descobriu-se depois que a origem era BH.Feita a denúncia contra Pallocci a Folha/Eliane já registravam informações que evidenciavam quebra de sigilo, com objetivo claro de atingir o governo. Nem governo nem Pallocci reagiram e com a força e indgnação necessária, exigindo investigação da quebra de sigilo.. Com a passividade dos dois a onda cresceu com cobranças e mais vazamentos/quebras para alimentar a onda/condenação. Agora é a hora.. IstoÉ publica aquela capa sórdida. Dilma viaja para o Uruguai, o vice preside. uma reunião menor com ampla divulgação, Temer presidindo. Vem a votação do Código Florestal em meio a onda/condenação do escandalo. E nada, nada de reação de governo e Pallocci. O PMDB sai fora porque esse assunto não é de governo, é do PT. O PT fica batendo cabeça porque pode ser um problema pessoal do ministro. Até a semana passada nenhuma reação, e Lula intervem, fragilisa a presidente e grava um programa publicitário do PMDB onde o partido chama para sí os beneficios do pais que vivemos, com seus lideres, Sarney, Temer, Moreira Franco…. No final Lula apareçe ratificando o discurso. De Dilma e PT nada. Sexta o lider Vaccareza repete o discurso do PMDB, Pallocci dá entrevista a Folha, sua acusadora/julgadora/carrasca, como se fosse um veiculo de informação isento. A noite uma exclusiva na Globo. O golpe foi dado. O vice é co-presidente Bobeou o cachimbo cae. O mal se corta na raiz.O único culpado foi o governo ficar inerte.Não adianta a Dilma tornar a se reunir com Lula Pallocci ficar ou ir. O PMDB viu o diamante e se apossou. Garotinho chegou tarde. O vice é co-presidente. E o PIG vair continuar com seu modus-operandi. Nem o lançamento do programa de campanha, o discurso na Petrobras e PIBÂO DO 1º TRIMESTRE apareceram na midia o suficiciente, más Pallocci e Temer presidindo a reunião, uma belesa.

  • Edu,
    tanto o seu quanto os comentarios estão de nível altíssimo.
    Parabens a todos e a luta continua.
    O pessoal do psol é aquele mesmo, esquerda e a favor de
    prender mulher que aborta.

  • Ainda, a lista dos clientes acima é mais uma prova da quebra de sigilo. O vice é co-presidente. Sarney o invensivel. Vai ser dificil desfazer essa arapuca. O Jobim é PMDB com o vice sendo co vai ficar dificil.

  • Edu, – desculpe a intimidade -, há poucos dias no seu blog, Brizola Neto publicou um pequeno trecho de Hélio Jaguaribe sobre as campanhas de moralização x i papel da pequena burguesia, em 1954, que afinal culminaram com o suicídio de Getúlio.. Se você pegar os nomes e colocar em seu lugar os “escândalos” de hoje ou mesmo de 2005/2006, você vê que tudo é igual. As razões ideológicas são iguais, o instrumental, também. Mas, os fins, – ah! os fins! – esses são absolutamente os mesmos! Só mudam os atores. E a grande mudança é sem dúvida, a blogsfera. É aí que temos que atacar.

    A esquerda no Brasil nunca foi muito esperta nas horas das suas maiores chances históricas. E agora continua a se repetir, também.Nunca sabe aproveitar o momento, prefere sofrer.

    O mesmo circo, as mesmas cores, quase a mesma música. Só mudaram os atores e as feras.
    Ah,sim! Mudou o tamanho do picadeiro. O Brasil de hoje é muito maior e mais rico, logo, a “função” é bem maior, também.

  • Edu suas reflexões são sem contradita muito pontuais e sem retoques. As sabotagens continuarão contra o governo Dilma, e ainda mais que 2012 é ano eleitoral, se não fosse Pallocci seria algum outro ministro ligado ao PT, precisam de factóides todos os dias, assim como acusavam o PT de criar dossiês contra os adversários. Minha indignação é grande contra as instituições que manipulam informações para fazerem linchamento pessoal e político, mas depois de todo este desgaste imposto ao governo Dilma, qual seria a melhor saída? Grande abraço, precisamos e apoiamos você e suas lutas.

  • Muito bom seu artigo Edu. Disse tudo o que eu diria; apenas gostaria de acrescentar um procedimento que tenho notado nos ditos blogs de esquerda: estão repercutindo as noticias da grande midia.Ninguem le Merval, Catanhede, Rossi entre outros nos jornais.Ficar repercutindo opiniões desses colunistas é fazer o jogo deles.O Brasil está crescendo, o desemprego caindo, a inflação caindo, o pré-sal com tudo para ser um sucesso, o programa de combate à miseria sendo iniciado e com perspectivas de amplo sucesso, refinarias sendo construidas, ferrovias, transposição do S.Francisco e muito mais, e os blogs dando espaço para o PIG.Se vc. quiser ler a Folha, va ao blog Aposentado Invocado.É uma cópia.Acho que a grande função dos blogs de esquerda é justamente comentar noticias que não são comentadas por motivos obvios nestes veiculos da grande imprensa. Se os blogs deixarem de comentar deliberadamente as noticias desses veículos a importancia dessas noticias serão bastante esvaziadas.

  • Disse tudo Edu…a esquerda toda ao invés de se unir para combater a direita, faz o serviço da direita…pena que muitos acreditem no pig…eu jamais irei acreditar…..entre Palocci e pig…eu escolho Palocci!!!!

  • Edu, não tá na hora da esquerda ter uma rede de TV? Será que o Eike, que é um nacionalista já pensou em comprar o SBT e fazer concorrência com esse famigerado PIG?
    Estou triste pois agora só contamos com você e o Brizola Neto, o PHA, a Record Herodotizaram (tucanaram). A record só tem dado pau no governo.

    Será que estou dizendo bobagens?

  • Impecável o texto; por enquanto, dei um tempo em outros blogs e hoje limito-me a acompanhá-lo e ao Miguel do Rosário. Um grande abraço.

  • Edú,uma dúvida que talvez voçe esclareça,foi a Dilma ou o PT ou os dois responsáveis pela tentativa de distensão com a mídia,e daí tenham nascidos alguns “psolistas” como voçe diz e que querem a cabeça do Palocci,acho que mais como uma vendeta,muitos se sentiram traídos. Alguns tocaram o barco,outros engoliram o sapo e lambem seguiram,mas alguns não digeriram esta atitude,culminada com o episódio Folha,e hoje querem “cobrar a fatura”.Há de se dar muito chá de boldo para o figado destes.

  • Edu, mais uma vez parabéns!!! Confio na sua honestidade e na sua lucidez. Tenho certeza de que o tempo mostrará que você tem razão nesse episódio. Aliás, como vc mesmo demonstrou os fatos provam seu argumento. Só não vê quem não quer. Eu andava desanimado com esse comportamento de manada de alguns blogueiros progressistas (Edu, já reparou como alguns blogueiros estão reproduzindo o padrão Folha nos seus textos? Só mudam as manchetes e o texto e as “pseudo-denúncias” são as mesmas de 20 dias atrás). Que tristeza. Ainda bem que sobrou uma trincheira de lucidez e racionalidade na blogosfera progressistas. Tomara que tudo volte ao normal. Enquanto isso, lerei apenas seus posts, pra evitar maiores decepções. Um abraço Edu. Deus te conserve.

  • Estou embasbacado. Depois de 50 anos de luta ser acusado de petista arrependido, porque sempre na luta fui digno, honesto e ingênuo em vez de esperto. Conforme você Edu, lutei sempre de maneira errada, meu moralismo me impediu de fazer o mesmo que meus inimigos faziam e fazem. Para chegar ao poder, caro Edu, não precisamos de nos transformarmos no que nossos inimigos são, porque nos tornamos iguais aos mesmos e não mudaremos nada quando no poder.
    Para mim, um velho militante sindical, o palocci comprar um apartamento de 6.6 mi envergonha-me e humilha-me, o que direi para meus companheiros militantes e demais companheiros trabalhadores?
    Mas se sou filho de 68, a juventude de hoje que toma as praças e derruba governos, tem bem definidas as sua posições quanto a corrupção.

  • Na mosca total: basta ver a reação descontrolada dos provocadores de sempre. Texto irretocável e com um ‘efeito’ que não tem preço!

  • “O Brasil está crescendo, o desemprego caindo, a inflação caindo (isso é sério???), o pré-sal com tudo para ser um sucesso (se o Governo continuar transformando as FFAA em grupos de escotismo, os gringos vão levar tudo), o programa de combate à miseria sendo iniciado (Fome Zero Parte II – A Missão Continuará Sendo Não Cumprida) e com perspectivas de amplo sucesso, refinarias sendo construidas, ferrovias…”

    O Brasil continua crescendo. APESAR DO GOVERNO, não por causa dele.

    O grupo Record-IURD pode botar todos os neoliberais do jornalismo brasileiro para fazerem companhia ao Heródoto. Mas o patrão Macedão e seus bispos amestrados (inclusive o sobrinho no Senado) continuam sendo lulo-dilmistas.

  • Eduardo, acho que toda a abordagem feita pela situação com relação a Antônio Paloci está errada, incluo nesta lista blogosférica, você que senpre teve excelente discernimento, há que se interrogar com virulência à oposição/mídia/pig:
    – Onde estão os “valentes” defensores da economia de mercado e livre concorrência de prosperidade individual;
    – Onde se encondem os “valentes” homofóbicos de trabalhadores ou Partido de Trabalhadores que no acúmulo de conhecimentos, por ser PT, não pode exercer o capitalismo. Frutos das castas privilegiadas.
    – Onde se refugiam os “valentes” em que rasgam direito básico de trazerem provas à acvusações para que se caracterize-se crime. Onde estão os “valentes” que rasgam direitos fundamentais de quaisquer cidadãos, do próprio pig/oposição que continuam abrindo precedentes de que “fujicos jornalísticos” são provas cabais em quaisquer autos.
    – Onde estão os “valentes” que se ancoram cada vez mais nesta mídia corrupta, por exemplo vítimas dela mesma em dizer que Paloci é candidato em 2014, portanto antecipadamente vamos eleiminá-lo.
    – Onde estão os “valentes”, como que “Alice no País das Maravilhas Noticiosas”, ignora todo o depoimento (colocando a ordem jurídica na mer… – se bem que no Brasil este argumento é fraco), mas ignora-se o depoimento do acusado em que a maioria, como eu, não enxergou delito algum, a não ser interesse político.
    Eduardo, me canso da político, mas vocês que é excelente articulista, precisa disseminar uma nova ótica na blogosferta com relação a este caso. Acho que Paloci vai cair, demorou cair, mas… há que se explorar positicamente estes fatos. Nada há contra Paloci. A blogosfera têm que acentuar a “picaretagem” do PIG.

  • Eduardo, o PT e o governo devem não só enfrentar e vencer esta crise do ministro Palocci, mas também, se preparar para a “mãe” de todas as crises/caos/apagão.
    Para demonstrar recorrente bombardeio ideológico que todos os segmentos da mídia vão divulgando a respeito da realização da Copa do mundo:

    Manchete presente na aba MSN hoje:

    “Brasil ‘bomba’ em teste para Copa”

    http://esportes.br.msn.com/futebol/em-primeiro-teste-para-2014-brasil-repete-em-goi%C3%A2nia-falhas-da-%C3%A1frica-do-sul

    A concretização do Brasil “Vira Latas” pode ocorrer devido a esta cobertura parcial da mídia sobre os eventos esportivos internacionais, tudo que era maravilhoso lá fora por aqui imediatamente se torna feio, mal feito ou de mal gosto.

    Isto pode atingir em muito a opinião pública e atrapalhar uma futura sucessão presidencial.

    Desde já agradeço pelo espaço.

    • Não só pode, como VAI atingir, prezado Diego Vilela. A roubalheira está apenas começando. E a fatura será cobrada em 2014, ano de eleições gerais, e também em 2016, ano de eleição municipal e de Olim Piadas no Rio de Janeiro. Quem viver, verá.

  • Você pode ser dissidência, mas isso não quer dizer que pode querer que um ministro caia exclusivamente por causa de mentiras e calúnias feitas pela elite através de uma imprensa vendida.

    Para mim essa patacoada que você coloca não é dissidência, é conversa de quem quer desestabilizar o governo e passar má imagem do partido. Para mim você é um troll tucano disfarçado, querendo prejudicar o partido e o governo Dilma.

  • Amigos
    Novidades:
    1. A Eliane Tacanhede está trabalhando na Record News. Lá é âncora do noticioso Jornal da Record News, se apresentando com o nome de um radialista que trabalhava na CBN (aquele que teve um probleminha com José Serra, por fazer perguntas sobre pedágios)
    2. O Heródoto Barbeiro está agora na Globo News. Ali pelas 20 h ele se apresenta como comentarista no programa Globo News em Pauta, sob o pseudônimo, usando o nome de uma jornalista da Folha de São Paulo, especialista em aviões de caça e em epidemias de febre amarela.
    Confiram.

  • Edu, eu tenho uma sobrinha que quando na passagem da infância para a adolecência caso fosse confrontada em suas “certezas”, sai de baixo. Ligava a matraca e não parava mais. Acho que voce acaba de descobrir o seu sobrinho maguado.

  • Só para lembrar um pouco da história:

    “Repudiando toda forma de manipulação política das massas exploradas, incluindo, sobretudo as manipulações próprias do regime pré-64, o PT recusa-se a aceitar em seu interior, representantes das classes exploradoras. Vale dizer, o Partido dos Trabalhadores é um partido sem patrões!
    As tentativas de reviver o velho PTB de Vargas, ainda que, hoje, sejam anunciadas “sem erros do passado” ou “de baixo para cima”, não passam de propostas de arregimentação dos trabalhadores para defesa de interesses de setores do empresariado nacional. Se o empresariado nacional quer construir seu próprio partido político, apelando para sua própria clientela, nada temos a opor, porém denunciamos suas tentativas de iludir os trabalhadores brasileiros com seus rótulos e apelos demagógicos e de querer transformá-los em massa de manobra para seus objetivos.”

    Carta de Princípios do Partido dos Trabalhadores, 1º de maio de 1979.

  • Edu, já que o Palloci é tão brilhante como consultor, porque ele não continua com a sua atividade? como acreditar em alguém que fecha uma empresa que fatura 10 mlhões em 30 dias e vai ser ministro com salários de 30 mil reais por mês??

      • Eu não me informo pelo JN e muito menos pela globo, minha opinião é pautada pelos comentaristas dos blogs sujos, eles representam a grande maioria do povo brasielrio que exige respeito por parte dos políticos, prá mim o Palloci deveria ser defenestrado do poder, não para dar uma satisfação ao PIG e sim aos eleitores da presidenta Dilma que não merece este receber esta herança maldita.

  • Outro pedaço de história:

    “Em oposição ao regime atual e ao seu modelo de desenvolvimento, que só beneficia os privilegiados do sistema capitalista, o PT lutará pela extinção de todos os mecanismos ditatoriais que reprimem e ameaçam a maioria da sociedade. O PT lutará por todas as liberdades civis, pelas franquias que garantem, efetivamente, os direitos dos cidadãos e pela democratização da sociedade em todos os níveis.

    Não existe liberdade onde o direito de greve é fraudado na hora de sua regulamentação, onde os sindicatos urbanos e rurais e as associações profissionais permanecem atrelados ao Ministério do Trabalho, onde as correntes de opinião e a criação cultural são submetidas a um clima de suspeição e controle policial, onde os movimentos populares são alvo permanente da repressão policial e patronal, onde os burocratas e tecnocratas do Estado não são responsáveis perante a vontade popular.
    O PT afirma seu compromisso com a democracia plena e exercida diretamente pelas massas.”

    Manifesto de Fundação do Partido dos Trabalhadores

  • ja foi confirmado que afastram o Homem? A ponto de fofocas? Sem nenhum procedimento? Estamos ferrados se for verdade. Demonstrara que ninguem de alto calibre pode estar neste governo, pois no governo antes de Lula o Brasil esteve a beira de ser vendido por um tostao e se engavetou mais que fabricas de mobilia

    • Tá sendo impressionante toda essa ilação, Eduardo. Agora, definitivamente o PIG quer a saída do ministro. Antes mesmo do parecer do PGR. A propósito, muito boa a sua análise.

      Eduardo, você não vai falar dos bombeiros do Rio? Eles continuam manifestando.

  • O Vice Presidente de Lula foi um homem de negocios, alto negocios super lucrativos. Ninguem o chamou de classe exploradora no PT? Que isto? esquizzofrenia politica?

  • O objetivo e queimar bem, envenenar bem o partido, os politicos e depois de enfraquecidos vencerem. Ate no Peru a mulher gangter obteve uns 49%

  • Parabéns, Eduardo pelo post. Há mais de quarenta anos que participo de movimentos sociais. Participei por onze anos da rádio Mega FM, a comunitária do nosso bairro. Vejo que os movimentos da região são unidos e buscam a solução de problemas históricos, como a violência, saúde, moradia decente, transporte, educação de qualidade e informação decente. Estamos todos cansados do pig e por isso as lan houses estão cheias e muitos lutam pela rádio comunitária que foi fechada para dar concessão a rádios de políticos do psdb, durante o governo fhc. Somos lulistas sim e , achamos que o palocci fica e sobre esse assunto, quem deu uma aula para nós foi o trocador do onibus do meu bairro. Durante a eleição ele abriu os olhos de muita gente iludida com as informações do pig.Estou colocando isso para mostrar que o povo não é mais tão bobo e tenho acompanhado e comentado com as pessoas o que leio neste post. Confiamos em você Eduardo e no trocador do nosso onibus que tambem é leitor deste blog.

  • Para completar: moro em Juiz de Fora, no bairro Santa Cândida e a nossa rádio é: Radio Comunitária Mega FM. Nós somos os sem mídia.

    • Palocci é adorado pelo PIG desde o primeiro mandato de Lula. Não rola dizer que ele vítima. Ele pode até ser instrumento. Vítima, não. Vítima que recebe esses valores por consultoria, lobby ou tráfico de influência não é vítima. Quanto às eleições no Peru: 1) ou vence a direita pilantra de Keiko Fujimori (seria o equivalente no Brasil à eleição de Paulo Henrique Cardoso); e 2) ou vence a esquerda neoliberal de Ollanta Humala (assessorado pela propaganda eleitoral do PT).

      • Investimentos. Ele aconselhou investimentos. para corporacoes privadas. nehum negocio com governo, nehum. Por favor se informe. Nao e crime ter firma de consultoria de investimentos. Nao e crime nem anti etico ficar rico em pais capitalista. O governo nao e so para os pobres. Os ricos tambem pode participar

        • A situação de Palocci é idêntica a de Greenhalgh. Tráfico de influência ou lobby – como preferir – travestido de consultoria. A questão não é ganhar dinheiro, enriquecer, mas como se faz isso dentro de um governo. Ou Palocci, o “Pelé das finanças”, daria consultoria nesses padrões trabalhando fora do governo?

  • Alcides e Milton Roberto Freitas; parabéns pelas analises. Eduardo e Miguel do Rosário parabéns pelas ponderações, sobre o caso Palocci.
    Tenho dito que antes de qualquer coisa diariamente vou 1º ao blog do Planalto e depois no da Petrobrás. Sou uma pessoa que tento combater o meu pessimismo pessoal e o dos meios de comunicação e tenho tido sucesso.
    Cultivo estímulos e tenho como parâmetro o artigo do Rubem Alves “Será que a leitura dos jornais nos tornam estúpidos? (Achar pelo Google) –o perigo da intoxicação.

    Também lembro do Lula na entrevista para a Piauí a questão da azia. Se você acessa o site do Instituto Millennium lá em março de 2010 você vai ver o Palocci ao lado do Frias em agradável interlocução e do outro lado o Sanderberg que o questiona sobre essa questão da azia do Lula e Palocci explica. Também aos artigos do Noam Chomsky sobre as 10 manipulações da mídia.
    Outros artigos que servem de parâmetro é incrível; pois ele ainda era articulista da Veja; o Stephen Kanitz em que pese muitas discordâncias que tento assimilar, pois o acho sincero e esclarecedor de suas posições, nos seus “A verdadeira função da imprensa” (catarse do fracasso) e “Jornalismo de deboche”

    Sim quando aos concedidos jamais poderiam ser partidarizados. Porem a Globo tem jornal, TV e CBNs da vida. Daí a importância de Dilma combater a concentração inconstitucional com a nossa ajuda.
    E atacar Palocci será que não é tergiversar para que o marco regulatório não seja focado? A pensar

    Agora ficou gravado; que sim; o PIG como disse com todas as letras e está gravado na internet para toda eternidade; assumia o partido de oposição porque a eleita estava “fragilizada”

    Louvo o empenho do Eduardo e do Miguel do Rosário (este também sobre o caso de Ana de Holanda) tentando ponderar o que signifique democracia, correlação de forças, realpolitik.

    Então quando Edu cita a melhoria do índice de GINI é porque ele se obriga pela sua consciência que acima de tudo, de tudo o que importa seria “pelo menos” diminuir a desigualdade de renda das famílias. É o solidarizar-se com os mais vulneraveis. E Dilma é uma gerente eficaz para conseguir isto.

    Vemos nos blogs do Planalto ainda sem interação com os comentaristas, as noticias do caminhar do governo, alias como estranhou o Marcos Coimbra o caso Palocci ocupar o espaço e o lançamento do plano de erradicação da miséria não ser priorizado.

    No da Petrobras o desmanche continuo de falsas informações e quando não as noticias positivas sobre produção (P56) e apoios culturais.

    Porem as comunicações ainda fazem os seus jogos. O que importa são as versões e não os fatos. O caso Palocci para mim está cheio de contradições, uma deles tentarem derrubá- lo por ética ou moral.

    Antes muito antes do final da campanha lia em blogs sujos que respeito, a historia dos três porquinhos; Cardozo, Jobim e Palocci. Um deles sobre Palocci era o PHA que suponho tratar-se de fatos relacionados com Daniel Dantas.

    Não é de meu feitio priorizar as contradições, mas sim a convergência

    • Caro Eduardo e prezado Luís
      Também, nesse lado do hemisfério, 2 com 2 totalizam 4.
      Enquanto se perde tempo a trilhar descaminhos para se encontrar o caminho, é fato que os oportunistas, e esses não faltam ao amplo leque da ‘base aliada’, se posicionam à espreita.
      O PMDB aprovou a malfadada “emenda 164” do Código Florestal, a contrariar o governo, imobilizado nas explicações dos negócios do Ministro da Casa Civil.
      Esse é o ponto: na alta administração pública não basta ser honesto.
      Nada disso seria necessário, como manifestam muitos dos comentaristas aqui, se o Sr. Palocci pedisse afastamento do governo, e ainda ensejaria um contra ataque da sua “ampla base de apoio no Congresso” para que o Sr. Aécio Neves também explicasse os seus “estranhos” negócios.
      E não só ele: “estranhos negócios” são a marca das ‘vestais’ da oposição demo-tucana e penduricalhos.
      Quanto aos “radicalismos de salão”, o próprio Sr. Palocci, nos arroubos da juventude, também delirava essa doença pueril do socialismo, e não os vejo na profusão indicada no texto principal. Pelo contrário: nos comentários, é cobrada a coerência da parte do Ministro e Governo.
      Muitos observamos: enquanto se discute o “desprendimento generoso” do Ministro da Casa Civil, que abandona atividade deveras lucrativa para servir o país, outros temas fundamentais não se debatem como, por exemplo: o “marco regulatório da mídia”, a “reforma política”, a “reforma do judiciário”, as “forças armadas”, a educação, a saúde, a previdência, enfim, o país.

  • Muito bom o texto. E, infelizmente, é isso aí. Dependendo da entonação usada, qualquer coisa vira crime ou é um absurdo (e vice-versa, como você muito bem demosntrou no caso do Pérsio Árida). A grande mídia (que não pertence a jornalistas) age sem controle, “denunciando”, julgando e condenando quem eles bem entenderem, sem direito a defesa. Por mais que achemos um absurdo o tipo de atividade que Palocci fez para “ganhar uns trocados”, tudo foi feito dentro da legalidade. Pode ser anti-ético ou amoral, mas é prática comum no meio da direitona. Agora, essa manipulação das informações, desinformando mais que informando, misturando conceitos para confundir, uso de meias verdades e mentiras só tem antídoto em pessoas que questionam as informações que recebem. Infelizmente, recebo e-mails de amigos meus com “fofocas” absurdas que são repassadas a dezenas de pessoas com fatos nitidamente questionáveis, porém, sem fazer qualquer questionamento. Quem aqui não recebeu um hoax de “foi demitido porque falou a verdade”, do Alexandre Garcia e, agora, na versão mais recente, da Salete Lemos? E as pesssoas seguem acreditando em QUALQUER coisa que lhes sejam ditas sem em nem um único segundo parar e dizer: “isso foi desse jeito mesmo? Se foi, por quê aconteceu? Qual é a versão “do outro lado”? E, sinceramente, se essas atividades do Palocci merecem toda essa execração pública, por que não se atacam, e com a mesma voracidade, os autores das meias verdades, que buscam iludir o povo para fins pessoais, passando por cima de qualquer moral ou ética? Raros foram os casos em que isso aconteceu. E, quando acontece, não é divulgado, afinal de contas, como você vai se expressar se você não tem concessão?

    Abs.

  • Falou tudo. Acrescento somente a idéia de se aproveitar este momento para propor que ao invés de derrubar um ministro que não resolveria nada em termos morais, partíssemos para a proposta de endurecer mais as regras que os parlamentares devem seguir a partir da próxima legislatura. Por exemplo, poderíamos sugerir que os deputados e os senadores fossem obrigados a divulgar seus clientes de forma pública. Pronto, isto resolveria o caso para os próximos parlamentares! Não é genial? Será que os deputados e senadores concordariam????

  • A direita midiática joga com a desinformação e bate em apenas um dos lados. Porque ela não vai atrás das empresas que pagaram pelas consultorias? Da mesma forma porque não faz os mesmos questionamentos com os ex- Ministros de FHC?

  • Parabéns pela sua postura lúcida Eduardo.

    É nessas horas que a gente vê “quem é quem”…

    Quem não tem interesse financeiro nenhum…e quem tem magoa, rancor e tenta a toda custo ganhar dinheiro manipulando mentes e corações.

    E não me refiro a grande mídia…não!

    Me refiro ao PHA.

    A mesma astúcia que ele tem para com quem tem culpa no cartório, ele a usa agora, para atropelar as pessoas.

    Comigo, ele perdeu a pouca credibilidade que possuia…fiz comentarios há dois dias que até agora não foram publicados, mas materias diárias que ele tem postado contra o Palocci.

    Logo ele que cobrava tanto a “liberdade” e a “democracia”…está bloqueando os comentários contrarios a opiniao dele.

    Só tem “troll” comentando as matérias…tá parecendo o cara da Veja, o esgoto.

    Estamos firmes na luta Edu.

    Só fritarei o Palocci depois que me provarem que ele cometeu um crime.

    Especulação da velha mídia…comigo, não cola!!!

    • Eu já comentei dezenas de vezes no PHA e em outros blogs e meu comentário não foi postado. Nunca fiquei chorando e manchando a credibilidade de ninguém. Acho que tem que mudar esse sistema de interação. A liberação do moderador sempre demora e não se consegue intervir no debate por esse problema.

      Se você você diz que PHA quer ganhar dinheiro manipulando mentes e corações e faz vista grossa para os 20 milhões de reais que o Palocci conseguiu fazendo lobby e traficando a influência que ele conseguiu quando ele foi ministro, lamento filho.

      Se você for queimar o Palocci só depois que provar que ele tem culpa, vai ter que fazer o mesmo com o Maluf, porque, até onde sei, ele jamais foi condenado. Também temos que fazer isso com a filha do Serra, o Mendonça de Barros e o Daniel Dantas.

      Abs.,

      • que eu saiba, maluf, serra, filha do serra, mendonça de barros e daniel dantas não foram punidos, ainda que as comparações que você faz sejam completamente estapafúrdias, porque contra eles (menos serra e a filha) há muito mais do que contra palocci. a confusão que pessoas como você fazem, é de cair o queixo. comparar as fortunas incalculáveis que maluf comprovadamente roubou e foram até encontradas no exterior com a acusação sem uma só prova contra palocci me faz ferver o sangue nas veias. como alguém pode ser tão leviano, meu deus? esse caso está me enojando cada vez mais

        • Caro Eduardo,

          Sempre leio seus posts, que são excelentes e lúcidos, entretanto, Antônio Palocci sempre foi um elemento de instabilidade no governo petista e a entrevista ridícula que ele concedeu a um jornal golpista e sensacionalista apenas chancela e corrobora as críticas e denúncias de que ele é vítima. Não se trata de falso moralismo ou de falta de ética, o problema é que a forma como Palocci tem conduzido as coisas acaba dando veracidade às acusações e a falta de uma postura mais corajosa do ministro de enfretar a situação, inclusive de deixar claramente que coloca o cargo à disposição, para desmontar as acusações, têm demonstrado claramente que a preocupação maior de Palocci não é com o projeto do governo ou do partido, mas é em como sair da situação sem colocar holofotes em seus clientes e nas relações de negócios estabelecidas.

          • A imprensa continua cobrando os nomes dos clientes de Palocci. Leia os jornais hoje e depois reflita: por que cobram o que já sabem ?

          • Caro Eduardo,

            A meu ver, o problema não é esse, mas por que Palocci é tão tíbio em sua própria defesa. Em minha opinião, ele teria agido melhor se afastando espontaneamente e, após o parecer da PGR, voltar ao cargo fortalecido. Mas agora, além de enfraquecido, ela continuará sendo uma fonte de instabilidade permenente e não terá mais autoridade, perante seus pares, para exercer as atividades do cargo. Não estou preocupado se Palocci enriqueceu imoralmente ou não, mas com a condução de tal problema. O governo permitiu que excelentes notícias, como o Brasil sem Miséria e o lançamento da plataforma Luiza Erundina, um feito monumental de nossa indústria naval, fossem ofuscados pelos problemas pessoais de um ministro que parece pouco se importar com os projetos do governo do qual faz parte.

        • Edu:

          Nessa eu divirjo de vc. Maluf nasceu rico, cresceu milionário (ia ao colégio de Rolls-Royce), casou com milionária. Será que o dinheiro encontrado nas contas dele é público mesmo, ou apenas? E a Eucatex, não conta? E a fortuna que herdou – a família da mãe era dono do Guarujá, os negócios dela oriundos?
          Admitamos que Maluf roubou (mas fez, como dizem os que o defendem).
          E cadê os outros, os que eram remediadinhos – os Montoro, por exemplo. O pai morava num sobrado velho, classe média, no Jardim Paulista, virou governador. Não demorou a um jornalão mostrar o apto. de 1 milhão de dólares adquirido por um só dos 8 filhos, e reformado com materias inteiramente importados.
          Hoje vcs criticam a grande imprensa, mas sem revisar os antigos conceitos assimilados através dela (não me venha dizer que todos seus amigos diziam o mesmo sobre Maluf. Com certeza, liam o Estadão, a Veja, a Foia).
          Fizeram de Maluf bode expiatório no “clube” para o qual Palocci está sendo empurrado.

          Mais uma notinha – fui corretora de altíssimo padrão, em plena av. Europa. Acompanhei a volúpia de familiares de governantes ao mercado de imóveis (se nomear aqui, vou ter que provar, e vai ficar muito custoso – então não o faço. Mas um dia, se nos encontrarmos de novo, CONTO TUDO!).
          Isso não acontecia com os Maluf. Também nunca soube que passaram corretor pra trás, como um filho de outro governador.

      • Paulo Felipe

        Eduardo não pode dizer mais eu posso. Vc é um ignorante. Sabe o que é isso? Uma pessoa que ignora, seja pela dificuldade de entender, interpretar, provocada pela ausência de instrução ou seja por burrice mesmo. Acho que você bem sabe qual é o seu caso. Maluf, já é procurado pela INTERPOL, sabe o que isso quer dizer??? Dantas já foi condenado a cuprir dez anos por corrupção de agente público, sabe o que é isso? Isso para você que é ignorante, significa que tem provas. E tem mais Paulo Felipe, eu estou muito mais preocupada se o meu país está crescendo e distribuíndo rende, dando mais instrução para as crianças, do que com gente que vem posar de séria e incorruptível. Isso vai acontecer no nosso país, quando houver igualdade de direitos. Agora essas pessoas cheias de moral estão muito mais interessanda, como disse brilhantemente Eduardo, em desarrumar a casa para poder ter alguma chance de voltar ao poder. CHEGA DE MORALISMO BARATO!
        Edu, só quero lhe pedir algo: não desista de nós, precisamos de você!!!

  • só um jornal popular, de baixo custo, nacional e redes de radio e tv, nacionais, capilares, representando o lado de cá, com programas que peguem pela discussão, por caras novas em debates politicos e porque não, também partidarios, algo que traga a discussão politica, o debate de volta às telas e aos radios podem mudar este quadro. Do denuncismo seletivo anti-PT e coligados pela velha midia. Cansativo, isso.

    Por enquanto povão está arrostando para o denuncismo seletivo do PIG. Mas lê a desinformação seletiva nos jornais PIGuinhos de $0.25. Lêem. Todos lêem. Pelo futebol, pelas celebridades, noticias policiais locais e politicas…

    Mas não nos enganemos, povão tá de olho. Governo Dilma será severamente julgado. Economia NÂO pode desandar. No episódio dos combustíveis, desinformação campeou como sempre e o GOVERNO foi responsabilizado pela alta dos mesmos… A inflação é outra necessidade de olho vivo. CBN já falava em hiperinflação, sabem como é. Boca torta. Record parece ter PIGueado de vez. A contratação de Heródoto ARENA Barbeiro parece ter sido o fecho de ouro.

    É impressionante. Na velha midia, vc troca, troca de canal e só ve o Rodrigo Vianna na RecNews às segundas, 22:15h de diferente. É muito pouco, convenhamos…

    Se tivessemos os Meios de Comunicação de Massas para contrapor ao PIG, seria menos dificil.

    Lei de Meios para ontem, D Dilma… senão ficará muito dificil defender o defensavel. O indefensavel… nem pensar!

    • A lei de meios chegará tão rápido quanto nós chegaremos ao mais próximo planeta habitável, não dá pra esperar, tem que investir e usar a TV BRASIL que já está pronta, basta melhorá-la para que ela mostre ao povo as realizações do governo e debata os temas de interesse da população de forma isenta levando sempre o contraponto e não superficialmente ou profundamente ao sabor dos intere$$es dos inimigos do povo. Gasta-se mais com publicidade em veículos que diuturnamente detonam o governo e querem nos ver na merda, porque não gastam com a tv que pode ser um oásis de informação de qualidade para nós? Porque? Eu me pergunto a cada crise fabricada por quem quer que seja, pig, oposição, o Coisa Ruim…porque a TV BRASIL ainda está enterrada na situação de não alcançar TODO o país com qualidade de sinal? As universidades, os pontos de cultura, intectuais apartidários, tanta gente poderia contribuir com a programação dessa tv por meio de idéias, sei lá, então PORQUE a falta de interesse? O governo QUER realmente se comunicar com seu povo ou vai continuar mandando ‘ memorandos’ através do burocrático e asséptico blog do planalto? A blogosfera tem que traduzir a intenção do governo e repassar para o povo? Não dá pra ter um canal direto conosco não? A tv ainda faz esse papel de interlocução, é o meio mais acessado pelo povo ao menos por enquanto, e aí alguém bem informado faria a gentileza de explicar a falta de interesse do governo em comunicação com seus eleitores? Antecipadamente obrigada.

  • Não devemos poupar Palocci. A mídia não tem de cobrar de seus clientes. Quem tem que se justificar é o acusado. Ele na condição de homem público não tem que dar margem à desconfianças. Tem que ser SEMPRE bom exemplo. É isso que a sociedade espera de um representante do Povo. ImagiNar ou alegar que deve-se dar tratamento igual a ambos, corrupto e corruptor,…..NÃO. Ele é servidor tem que ser íntegro, AO MENSOS DEVERIA……………….de resto, é blá,blá,blá.
    A justiça brasileira tem de começar a moralizar este país em algum momento, pois está insurportável, tantos desmandos, e com tanta desfaçates com os cargos públicos que ocupam. Da mídia não podemos cobrar nada.

    • E o senhor tem provas dos desmandos do Ministro? Se tem apresente-as ao MP; ou, simplesmente, faz suas conjecturas embasado nos jornais e revistas que leu? Se for isso está errado. Ninguém é obrigado perante a lei a procurar provas contra si mesmo. A obrigação é de quem o acusa. E até agora é tudo conversa a nada tem provado quanto a sua improbidade. O ministro seria um parvo se fizesse algo errado e emitisse nota fiscal, documento que por si próprio seria uma prova contundente contra ele. Até um animal quadrupede sabe que para fazer coisas erradas e roubar o fisco é só fazer o famoso caixa2, onde nada é registrado!!!

  • Não sabia, por falta de tempo para investigar na web e nas redes sociais, que os nomes das empresas de Pallocci já estavam disponíveis para o público; assim, essa informação explicita ainda mais o caráter golpista da ação midiática contra o Ministro, como também a burrice e/ou oportunismo de muitos petistas que, movidos por um desejo patético de aderir ao “pseudomoralismo de manada” dos barões da comunicação ou pela raiva de não terem satisfeito suas ambições mesquinhas por cargos dentro da máquina pública ou até mesmo pela incapacidade intelectual em produzir um discurso contrário ao simplório denuncismo midiático, acabam por assumir o desprezível papel de marionetes da ditadura midiática em mais um dos golpes que os barões da comunicação desferem contra um Governo popular(como o fazem desde Getúlio Vargas), armações sempre movidas por um discurso vazio, acusações não comprovadas e um presunção de culpa que viola os mais elementares princípios do Estado de Direito. Só discordo de um ponto do seu texto : é verdade que os jornalistas devem apontar, desde que façam o mesmo com os tucanos, os indícios “suspeitos” contra Pallocci(afirmando sempre que são apenas indícios, necessitam de uma investigação e de um processo legal para virarem condenação) : ou seja, devem “estranhar” principalmente o grande faturamento da consultoria do Ministro, muito acima do que seria esperado pelo padrões de Mercado. Todavia, deveriam fazê-lo apontando os casos de enriquecimento dos ex-membros da equipe econômica de FHC(que enriqueceram muito, mas muito mais do que Pallocci, e sobre os quais pesam suspeitas de uso de informações econômicas privilegiadas quando estavam no Governo, o que não existe contra Pallocci) e informando que os indícios sugerem apenas que Pallocci poderia ter conseguido uma remuneração elevada devido à expertise de ter sido Ministro da Fazenda(o que não é ilegal, depois de cumprido o prazo de seis meses de afastamento do cargo), como também por fazer lobby como Dep. Federal(o que é uma praga que contamina quase todo o Congresso, só solucionável com a instituição do financiamento público de campanha). Feitas essas ressalvas, que reduziriam os indícios contra Pallocci ao tamanho ínfimo que de fato possuem, tais jornalistas TERIAM OBRIGAÇÃO DE INFORMAR QUE OS NOMES DOS CLIENTES DO MINISTRO JÁ SÃO CONHECIDOS, REPRODUZINDO-OS, ESCLARECENDO QUE, POR MOTIVOS CONTRATUAIS MAIS DO QUE ÓBVIOS, PALLOCCI NÃO PODERIA ENUNCIÁ-LOS PUBLICAMENTE(QUALQUER PRESTADOR DE SERVIÇO, UM REPRESENTANTE COMERCIAL POR EXEMPLO, TEM CLAÚSULAS DE SIGILO EM SEU CONTRATO), MAS QUE NÃO DEIXOU DE FAZÊ-LO AOS ÓRGÃOS DE TRIBUTAÇÃO E CONTROLE. Quem não agir dessa forma( um jornalista tem obrigação de saber que os nomes dos clientes de Pallocci estão disponibilizados)está agindo de má fé, movido ou por interesses ou por alguma mágoa pessoal com o Ministro. Infelizmente vi tal prática em espaços que considero sérios, como o de Paulo Henrique Amorim. Atitudes como essa, de aproveitar-se do caso Pallocci para oportunismo ou vingança, só transformam parte de nossas forças em marionetes de uma direita que, já tendo um poder de comunicação muito maior(embora decadente, ainda não se pode comparar a abrangência da televisão ou dos jornais com a da web), aproveita-se de particularidades desse tipo de caso; ou de questionamentos internos ao Ministro, que podem e devem ser feitos, mas não durante um ataque inimigo; para exponenciar um “problema”que, se reduzido ao seu tamanho verdadeiro, não passaria de um questionamento sobre as práticas morais(nunca legais, mas morais) de um ex-Ministro da Fazenda ou sobre o problema do lobby parlamentar que acomete quase todo o Congresso. Além disso, a covardia tola de alguns; capazes de defender a saída de Pallocci como forma de “acalmar” a chantagem midiática; também serve para desarticular, apequenar e alienar uma reação que, pela urgência e força que necessita, precisa compreender que o que está em jogo é muito mais do que a saída ou não de um membro do Governo, mas o tamanho que o Governo Dilma deseja ter em relação aos barões da comunicação(manter-se-á altivo e independente ou seguirá como um zumbi, teleguiado por eles : não tenham dúvida, se Pallocci cair, a mídia passará os próximos quatro anos fabricando escândalos para sangrar Dilma); a manutenção de um importante interlocutor com o Sistema Financeiro(não gosto de Pallocci, mas ele é necessário neste momento, sendo que até desejaria sua saída no futuro, mas num outro momento e dentro de um processo evolutivo que a tornasse natural) e principalmente a consolidação de um projeto social includente, que é vitorioso há oito anos, e poderá mostrar aos reacionários e lacaios que o terrorismo midiático, o desrespeito às regras elementares do Estado de Direito e a postura anti-democrática não mais conseguem afetá-lo.

  • “A concretização do Brasil “Vira Latas” pode ocorrer devido a esta cobertura parcial da mídia sobre os eventos esportivos internacionais, tudo que era maravilhoso lá fora por aqui imediatamente se torna feio, mal feito ou de mal gosto.

    Isto pode atingir em muito a opinião pública e atrapalhar uma futura sucessão presidencial.

    Desde já agradeço pelo espaço.”

    Não só pode, como VAI atingir, prezado Diego Vilela. A roubalheira está apenas começando. E a fatura será cobrada em 2014, ano de eleições gerais, e também em 2016, ano de eleição municipal e de Olim Piadas no Rio de Janeiro. Quem viver, verá.

  • Perfeito, intocável; assinaria em baixo se não fosse plágio. A blogosfera é uma caixa de surpresa realmente! Vez por outra nos aparece gente inteligente para nos brindar com tão belo texto. Estamos navegando em mar calmo e de repente, à primeira trovoada, a manada se joga ao mar! É assim que considero estes esquerdistas e Blogueiros sujos que invocando à ética se transformam em policia, promotor, juiz e carrasco. Azar de quem tiver o seu nome na boca deles!!!

  • Oi Eduardo,fico encantada cada vez mais por estes Posts,que vc nos premia,que estãoOs babacas da base cada vez melhor!Meu Deus!!!Vc é o que Eduardo,lê os pensamentos de todos que comungam com os teus ideais???Vc,o Wenssheimer(???),o Mello,o Zé Augusto,Nassif e etc…,adivinham nossos pensamentos e sabem tão bem transferirem para a telinha todos os acontecimentos e as versões que a cínica mídia de minuto a minuto calunia de um modo covarde propicia aos mais mal intencionados ou ao mais menos informados!Desculpa Eduardo este recado tão simplesinho e tão confuso,mas vc e muitos deverão entender não é?Abs

  • Concordo com muita coisa em relação ao oportunismo de setores da esquerda que irresponsavelmente costumam fazer coro com a direita. Mas… nesse caso do Malocci, faça-me o favor! A impressão que dá é que ele ocupa tão importante Ministério e só não caiu até agora por que tem o rabo preso de muita gente (além de representar interesses econômicos obscuros) . Esse cara se tornou conhecido quando prefeito por privatizar a área de saneamento. Quando no Ministério da Fazenda, manteve a política Neoliberal do governo anterior de Fernando Henrique Asqueroso. Assim como os envolvidos (sem provas) no mensalão, foi uma bola nas costas do Governo Lula, que correu sério risco de não alcançar sua reeleição. Graças a esse pessoal muita gente abandonou a militancia, e o PT diminuiu de tamanho nas eleições de 2006. Acho ridículo e autoritário (stalinismo? pensamento único esquerdista?) quererem rotular quem não defende a permanência de Malocci no governo. É o mesmo caso do Dirceu. Ninguém até agora provou nada contra ele. E precisa ? O estrago foi feito (o Delúbio então…é uma piada, de mau gosto, que será oportunamente usada contra o PT) . O PT e o Governo Dilma nada perdem com a saída de Malocci. Só ganham, como quando Mantega assumiu o seu lugar no Ministério da Fazenda, rompeu com o seu monetarismo e passou a adotar medidas desenvolvimentistas. Ao contrário do que muitos dizem, setores da grande mídia estão blindando Malocci, que por sua vez se recusou a dar uma entrevista coletiva, e escolheu a poderosa Globo para não explicar e não ser transparente em coisa alguma. Se estivesse realmente preocupado em colaborar com Dilma já teria pedido demissão. Está claro que não tem como compatibilizar seus próprios interesses com o interesse público. O seu compromisso é com o seu bolso e com os seus clientes; que, aliás, não vi seus nomes serem publicados em parte alguma. Gostaria que alguém os relacionasse.

    • Marcio,
      Você leu o texto acima antes de comentar?Acredito que não porque a lista está lá, assim com outras informações importantes que muitos preferem ignorar.

  • Fora de pauta: Peru.

    Às 0:10h do Brasil, 75% das urnas apuradas:

    Ollanta Humala – 50,087%
    Keiko FujiCollor – 49,913%

    Isso mata qualquer um do coração!

  • Porra ! ! ! Desculpe – me pelo uso da palavra,mas o seu artigo foi sensacional,e veio em boa hora
    .Parabéns !
    Eu sou um dos que me considero alinhado com o pensamento tido como “esquerdita”,e que fiz o mesmo julgamento ao Palocci que o PHA e outros bons jornalistas da blogosfera progressista.(Muito mais por coerência, com meus próprios pensamentos e julgamentos,do que por esta onda de esteria e catarse coletiva provocada pela velha mídia.)
    Sempre considerei o Tonny Palocci um dos piores ministros do 1º madato do presidente Lula.Principalmente por seus pensamentos e práticas adotados no comando da economia.Já escrevi em vários blogs,e sempre que posso comento com qualquer pessoa em debates políticos, que : Dilma e Mântega,mudaram o rumo e cara do governo Lula,para melhor.Muito melhor ! ! !
    Derrubar Palocci agora,ou aceitar a pressão midiática e os pré julgamentos,horiundos da esteria e catarse coletiva,seria uma temeridade.Se a Dilma decidir trocar o timoneiro da Casa Civil,eu apóio,mas daria um conselho : faça isso apenas nas reformas ministeriais que acontecem,por conta das eleições municipais em 2012.

    Artigo senacional !
    Vou tratar de espalha-lo para o maior número possível de pessoas.

  • Edu,

    Sempre vou te ouvir. Mas discordo radicalmetente da defesa dispensada ao Palloci, que, ao meu sentir, jamais deveria ter participado desse governo.

    Ele sempre capitaneou os interesses escusos no governo Lula, a ponto de ser o querido amigo da oposição, dos mercados e da imprensa. É um homem de bastidores, de tapinhas nas costas – porém, apenas de empresários e banqueiros. Já vai tarde, sendo culpado ou inocente ele está errado de ter entrado.

    Mas de toda a sua exposição o único ponto que me incomodou foi colocá-lo na esquerda. Ele escolheu o lado dele e a sua carteira de clientes informa qual é.

    Por fim, o que mais me incomoda em toda essa situação é saber que esse tipo de comportamento marginal – lobby e tráfico de influência, sim! – é justamente o que me fez alardear pelos quatro cantos que o FHC e todo o seu governo tentaram espoliar o Brasil. Não há razão em lutar para mantê-lo no governo para ele patrocinar os interesses privados de alguns bancos e empresas.

    Eu luto para defender o ministro da educação, esse sim vem sendo perseguido por servir os interesses do povo brasileiro (descentralizar a educação superior e facilitar o acesso pelos estudantes mais pobres, que vem a ser o maior instrumento de promoção social do país).

    Abs.,

    Paulo Felipe.

    • Concordo inteiramente com o Paulo. O Fernando Addad sim merece ser defendido, é um cara de idéias importantíssimas e muito comprometido, embora algumas trapalhadas dentro do mec. Por essas trapalhadas, o essencial está sendo desqualificado. Esse precisa ser defendido, porque é alguém que representa um projeto, de fato. Dizer que o Palocci é um esquerdista é uma piada de péssimo gosto, mas bem adequada a alguns setores do PT nos últimos anos. Essa ingenuidade que alguns defensores do governo empregam na defesa do PT ainda vai matar o partido (bom, matar acho que não, porque o partido é´muito forte, mas que vai causar esse tipo de crise periodicamente, vai). Eu também defendo muitos pontos desse governo, votei na Dilma, fiz campanha direto contra o Serra e pretendo voltar a fazer o mesmo em 2014. Mas não preciso ter um olhar apaixonado o tempo todo, porque simplesmente governo é governo, as relações de poder são muito fortes, vão muito além do que nós aqui na internet imaginamos. O Edu, por exemplo, faz uma defesa apaixonada, se expõe, chama um neoliberal do PT de esquerdista e, bem, infelizmente, no final das contas, não é para o Edu que o cara vai dar entrevista, é para aquela emissora famigerada que é criticada todos os dias aqui (com merecimento, diga-se). O que quero dizer é que não vale tanta paixão assim, pelo menos nesse caso. É exposição demais para quem não merece e que já demonstrou ser muito mais obstáculo que progresso. Defendemos a Dilma aqui apaixonadamente, inclusive descartando algum ponto em que eventualmente a mídia possa ter razão (são muito poucos, é verdade) e, bem, pra quem a Dilma vai dar entrevista? Quem a Dilma vai no aniversário? Então, a defesa pode ser mais racional e aplicada ao caso concreto, não precisa ser repetitiva, quase monocórdia, automática.

        • Bom, aí é outra história. Veremos os argumentos utilizados contra a presidente. Mas não creio que a crise tenha poder se se alastrar até atingir a Dilma. O grande foco é o Palocci. Se ele cair fora, creio que a essência da crise estará morta.
          A propósito, Eduardo, queria deixar claro (sempre deixo, mas nunca é o bastante) que meus comentários aqui nunca vão na direção de te desqualificar pessoalmente. Não duvido nunca das suas intenções, que pelo tudo que já li por aqui são boas. Voto em você para o lugar do Palocci, vai lá!!!! (risos)

          • Perdoem, desde já, a redação terrível do comentário…. A gente vai com afoiteza aqui pra comentar e erra tudo…..

      • Engana-se quem acredita que Haddad não será defenestrado logo a seguir ao Palocci.
        Já atacaram um livro de gramática que nunca existiu.
        Já trocaram um projeto anti-homofobia, alardeando um projeto para ser usado entre adultos, específico do Ministério da Saúde, como se fora o projeto que seria usado nas escolas para adolescentes e adultos.
        E por último, estão usando um livro de matemática, editado na era FHC, que contém alguns erros nas contas, como se fora editado recentemente.

        Depois desses ataques, alguém acredita mesmo que o foco da crise é Palocci e a saída dele colocará o governo Dilma em mar de almirante?

        • O ministro Haddad, que deve ser realmente defendido pelo seu excelente trabalho à frente do ministério, não é vítima de acusações falso-moralistas, mas do obscurantismo que permeia essa mídia golpista, que execra qualquer tentativa, ainda que tímida, deste governo de mostrar a riqueza da cultura brasileira e o excelente trabalho desenvolvido pelas nossas universidades na compreensão dos problemas brasileiros e na apresentação de propostas de mudanças. O PIG quer passar a imagem de que nossas universidades públicas são inúteis, caras e ineficientes. Para eles pesquisa séria vem de fora e quendo lhes interessa, por isso essa campanha irracional contra as medidas adotadas pelo MEC.

  • Prezado Eduardo,

    Com todo o apreço e respeito, larga a mão de perder teu tempo com Palocci, meu caro. Você está gastando vela de cera com defunto barato. Palocci é absolutamente irrelevante para o governo. O importante é Dilma, o resto pode trocar tudo.

    O governo vai se livrar desse peso morto, vai progredir muito e depois você vai se arrepender de ter gastado tanto tempo com esse mala.

    Vida que segue…

  • Sou leitor antigo deste BLOG, acho que este assunto é o exemplo de uma convivência difícil de aceitar, ainda mais quanto se fatura milhões. Tem que haver uma separação não dá para se ganhar milhões e vender para a militância que consegue separar as coisas, é dicífil…..

    • Isto e hipocresia, pura hipocresia. Decida. So pais socialista, comunista que poe limite do quanto rico as pessoas podem ser. Vai la, faz campanha para que ricos nao possam servir o governo

  • Cabe ressaltar que o PSOL obstruiu a votação da MP que aumentava em mais de 400 reais o piso dos médicos-residentes. Isso o PSOL esconde.

  • Desde o começo desse pseudoescâncalo que penso assim. O PIG está careca de saber quem são as empresas a quem Palocci prestou serviços e não as procura porque são os maiores financiadores do PIG.
    Muito bem escrito, Edu. Parabéns. Assino Embaixo.

  • Não é nada disso. Basta cumprir a lei:

    LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992.

    Dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências.

    Dos Atos de Improbidade Administrativa que Importam Enriquecimento Ilícito

    Art. 9° Constitui ato de improbidade administrativa importando enriquecimento ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas no art. 1° desta lei, e notadamente:

    VII – adquirir, para si ou para outrem, no exercício de mandato, cargo, emprego ou função pública, bens de qualquer natureza cujo valor seja desproporcional à evolução do patrimônio ou à renda do agente público;

    VIII – aceitar emprego, comissão ou exercer atividade de consultoria ou assessoramento para pessoa física ou jurídica que tenha interesse suscetível de ser atingido ou amparado por ação ou omissão decorrente das atribuições do agente público, durante a atividade;

    ….

    FORA PALOCCI CORRUPTO!!!!!!

    ……….

    • Sr Fernando Andrade

      Onde está a ilegalidade dos atos cometidos pelo Palocci enquanto não era ministro?
      Todos os seus ganhos ele já deu a conhecer aos órgãos competentes, pagou os impostos devidos e até quites com a lei.

      Já que o Sr, cobra tanta honestidade, porque até agora não foi pra mídia cobrar um ato realmente danoso para a confiança que poderemos ter com um governo a partir da quebra de sigilo de uma pessoa? Paloxxi hoje é um homem público, mas como pessoa física, como nós, teve seu sigilo entregue à mídia.

      Cuidado, este precedente abre o caminho para que o seu sigilo seja aberto aos seus vizinhos.

  • Acho que a direita, que representa o capital financeiro, precisa desesperadamente derrotar a esquerda na América Latina. Para isso, basta retomar o governo do Brasil em 2014.*

    Acho que podemos, sim, criticar o Governo e pressioná-lo para avançar mais nas políticas de distribuição de renda, democratização das comunicações, etc. Nunca gostei das posições políticas de Palocci. Mas não é disso que se trata aqui.

    Por que a esquerda purista não pede a saída de Zé Eduardo Cardozo, COMPROVADAMENTE ligado ao “banqueiro” Daniel Dantas, o heroi da privataria demotucana? Por que não pedem a saída de Nelson Jobim que, como mostrou COM PROVAS o Wikileaks, trabalhava nas sombras a favor da Alca e contra a orientação do Governo ao qual servia? Não, eles preferem fazer coro com o PIG. Ao fazer isso, são inocentes úteis trabalhando em prol da agenda do capital financeiro.
    ______
    * O candidato nacionalista Humala venceu as eleições no Peru. Isso é mais um fator de pressão para que os governos dos EUA e Europa, regiões em grave crise econômica, precisem MUITO retomar os governos da América Latina.

    • O senhor ja viu todos os projetos que o governo atual tem em andamento, deixados por Lula e avancando com Dilma? Ja viu o que se foi feito com remedios gratis nas doencas mais comuns? ja viu por onde andam o bolsa familia, o minha casa? as obras do estaleiro? o nivel de empregos? as ferrovias, rodovias, os aerportos, as obras da copa e olimpiadas? O senhor quer mais o que? ja percebeu as burocracias brasileira? Elas estao ai para protejer os patrimonios brasileiros.

      A direita esta sim querendo retomar nao so a AS mais todo o planeta. nao precisam das suas insatisfacoes sem fundamentos.

  • Sigilo

    Este assunto já foi remoído tanto que não estou mais lendo sobre ele.
    Mas pensando nele e no argumento do Palocci de que o sigilo impede de relacionar e divulgar os nomes de seus clientes, apesar de terem sido declarados para os órgãos fiscalizadores, lembrei-me que o sigilo é muito bem utilizado pela mídia quando faz uma denúncia.

    A fonte desse “escândalo” em momento nenhum foi divulgada.

    A partir deste momento, a mídia que cobra tanto transparência, deveria divulgar sua fonte, para cobrar dos outros.

    é um pensamento besta meu que passou durante duas atividades ociosas do início do meu dia, mas que me fez pensar nos pesos e medidas sobre o referido “sigilo”.

    abraços

  • Não sou militante, não sou jornalista, não sou blogueiro, não sou…
    Sou orgulhoso de ser honesto, nem tanto por mim, mas pelos que me cercam, fico feliz quando posso ser referência positiva, mesmo que em boa parte do tempo fique afastado dos assuntos que fazem a agenda do cafezinho, pois não é raro, é nesses momentos em que podemos observar a moral de salão referida no texto, a hipocrisia quase religiosa dos brasileiros com os quais convivo diariamente, todos eles de elevada moral, de caráter ilibado, personalidade insuspeita a qualquer prova. Não alardeio, não, apenas digo o que penso ser verdade em mim, se quiserem usar como exemplo que o façam também como verdade, não para parecer ser algo. Sou honesto, sou intransigente nesse sentido, sou radical, não posso aceitar as pequenas ou as grandes maracutais, o cala-boca ao guarda de trânsito ou a propina do Arruda. Nesse sentido, não posso aceitar como normal que o Palocci permaneça, mesmo com a centena de fatos não explicados. Se ele é inocente, volta. Se a mídia, com seu incríveis interesses (não podemos duvidar, o povo não é mais palhaço de circo, não o menosprezemos) tentar de novo, e é claro que vai, que seja mais transparente então a postura do ministro, como, aliás, deveria ser mais transparente a postura de qualquer agente público, sem perseguição e sem privilégio. Que se dane a mídia, quem pensou que seria diferente? Quando Dilma assumiu e foi pedir bença à folha acreditou que seria diferente? Não estava preparada para o pau? De quem foi a idéia de trazer o Ptucano Palocci? Insisto, não sou militante partidário, mas faço política diariamente, como todos, e me sinto no direito de não apoiar a permanência do ministro, sem me considerar, claro, de direita. Os atos do Palocci, sejam até mesmo legais, são atos que seriam assinados, aliás, por qualquer barão da direita, não? Cria uma confusão que não cabe nesse momento, precisamos nos acostumar com crises políticas, em qualquer país é assim, o ministro sai e ninguém morre por causa disso, nem o governo, se quiser ser honesto consigo mesmo. A direita midiática? Se o Palocci continuar ela vai esmorecer? Não seria o ministro um parceiro dela? Ora… como somos tolinhos…

      • Edu, com o respeito e admiração que lhe tenho: as informações que recebo não são de caráter exclusivo ou fontes íntimas, sei, ou penso que sei, o que é publicado nos mais diversos canais, principalmente na internet, vejo muito pouco televisão. Não posso aceitar como normal um ministro de um governo de esquerda (?) num país como o Brasil adquirir apartamento de 6 milhões de reais! Que o dinheiro seja honesto, não o julgo, mas politicamente fica muito difícil explicar para a pessoa mais pobre e necessitada desse país, que acolheu com a maior esperança a eleição de Dilma, aceitar como normal um fato que resvala na questão moral e de justiça social. Ele pode fazer o que quiser com o dinheiro ganho por ele honestamente, mas não me sinto confortável para achar isso normal diante de tantas desigualdades. Se ele vender o imóvel fica tudo bem, então? Não sei, honestamente não dá para retirar sentimentos, não dá para esquecer que boa parte das pessoas que nos disseram que iriam mudar o país (e economicamente o fizeram mesmo!) têm o mesmo veneno injetado pela “mosca azul” que outros que antes tiveram acesso ao que nos é sagrado. É uma questão política, não resta dúvida, e por isso, como em qualquer país do mundo civilizado, a saída de um ministro sob suspeita, ainda que não provada, não derruba presidente nem tão pouco o projeto de governo em curso. Está faltando, e muito, em minha modestíssima opinião, o contato mais direto do atual governo com o povo e com os movimentos sociais, e a presença de pessoas picadas pela “mosca azul” não ajudam em nada a estreitar essa distância. Aquela coisa de não apenas ser honesto mas também parecer honesto pode ser frase feita para muitos, mas creio que para a grande maioria do povo ainda é uma assertiva…

      • Desculpe-me a réplica… se os contratos são com essas empresas apresentadas no post (eu não tinha conhecimento disso, perdoe-me a ignorância) me parece no mínimo curioso como um médico consegue ser consultor únicos das mais importantes empresas (a maioria multinacional, aliás) no país ganhando a fábula de R$ 10 milhões em um ano (É isso mesmo?). Preciso virar consultor urgente! Não estou falando da armação engendrada a partir disso, da disposição da mídia direitista em ter dilmagates a cada semana, tudo isso já era sabdio que iria ocorrer! Quando Dilma se elegeu nos foi vendido que agora sim, tudo seria diferente, teria uma base de apoio que Lula jamais havia sonhado… mas, mas, mas… e então? O que houve? Não estávamos preparados para isso? Pusemos o Palocci de volta sabendo de tudo isso? Sim, ele fez trabalho honestíssimo e ganhou merecidamente essa pequena fortuna (vá falar pequena para um trabalhador por aí…), mas é para isso que existe? Ele fez essa atividade quando estava FORA do governo! Ok, que beleza, mas que raio de atividade é essa que dá tanto dinheiro a alguém não especializado? Lobby? Ok, não é crime… mas para um ministro tão importante ao governo, que de resto toma conta de tanta coisa importante para nós, brasileiros sem acesso a esse milhões todos, não é o que se espera. Ele não faz mais lobby para essas empresas? Não tem mais qualquer conflito de interesses? Ele nem atende mais aos telefonemas dos donos dessas empresas, que o haviam contratado? Ok, EU ACREDITO!!!!!! Entendeu? Não é uma questão de honestidade apenas, é uma questão política e que viria a prevenir outros problemas mais adiante, não tenho dúvidas. Porque só ele é investigado, se TODOS os que já passaram por governos anteriores enriqueceram? Ora, eu não faço a pauta da mídia direitista é óbvio. Aiás, eu nem assisti a entrevista do ministro, parece-me no Jornal Nacional, certo? Mas ele disse que não podia revelar o nome de seus clientes, certo? Ok, sigilo profissional, tudo bem… e nós aqui? Ele então está pensando em quando sair do governo… pode perder clientela, não? Ok, mas, de novo, e nós aqui? Quer saber, claro que não, mas diante da escolha de projetos minha opção é clara e continua sendo a Dilma, fácil. Se eu quiser comparar a sede de poder para fins privados, aí eu não escolheria ninguém (ainda confio nela, o que me deixa enjoado são alguns de seus próximos)… por isso, desisti, não quero mais me apaixonar pela política, faço apenas meu microtrabalho diariamente junto a quem realmente precisa de mim, não faço política partidária ou personalista, viso apenas ao que é importante aos que de mim esperam alguma ação positiva para a melhoria de suas vidas. Palocci? Ele nem sabe, do alto de seu apartamento de R$ 6 milhões, que essas pessoas existem. Cedeu à “mosca azul” como tantos antes dele e como tantos ainda irão ceder. Não posso me dar a esse luxo, e nem quero, mas não me peça para brigar por alguém que faz “consultorias” para essas empresas e não emprestou seu tempo para ações junto a quem mais precisava, por que aí, é claro, não ia ganhar tanto…

  • Boa campeão!!! Projeto Lula virou bíblia infalível, o PT virou seita com voto de obediência eterna e o nanico PSOL se tornou o demônio subversivo que tenta destruir o futuro subvertendo as pessoas do caminho da luz e da glória …

    SENSACIONAL!!!!!

  • Muito se deve a total ignorancia de como funciona o capitalismo, e como funcionou a empresa de Palocci. Ate que seja provado ao contrario: Ele quitou seus contratos ao assuir posicao no governo. Ao quitar seus contratos recebeu renumeracao dos servicos que tinha provido ate ali. A firma dele serviu a varias corporacoes, porem quando estas corporacoes tinham transacoes com o governo, a firma dele nao atuou. Eles tinham outros veiculos para faze lo. Eles submeteu todos os documentos necessarios, inclusive pagando todos os impostos e tarifas cobradas.

    Isto e ignorancia em demasia e reacionario tambem. No final a midia PIG ganha pela ignorancia do povo. O Brasil nao e pais socialista nem comunista. As pessoas tem direito de terem firmas de investimentos e conseguir sucesso financeiro individual.

  • Caro Eduardo, parabéns pelo texto.

    O ‘caso Palloci’ não deixa de mostrar a força da ideologia moralista-udenista na esquerda, fenômeno que você bem constatou chamando ‘psolização’ do PT. (E Brizola bem percebeu quando disse que o PT dos anos 80 era a UDN de macacão).

    O que os nossos companheiros moralistas não entendem é que do outro lado da moeda do moralismo se encontra a hipocrisia.

    Por outro lado, é importante que a esquerda não-moralista leve em conta a força do moralismo-udenismo no seu campo político, até para mantermos a unidade necessária para consolidar e ampliar as mudanças que o País vive desde 2003.

    Com esses companheiros equivocados devem travar um processo de luta ideológica e esse seu texto é um bom instrumento para tanto.

    • Na realidade o que falta e se informarem melhor e nao sairem confiando nesta midia podre. Muitos comentarios nao leva nada em conta dos trabalhos vitoriosos que o governo vem fazendo as duras penas, com esta oposicao podre obstruindo tudo o que pode. Preferem que o pais seja destrocado, se para isto derrubarem o governo atual. E quem mais os ajudam sao os esquerdas festivos, os esquerdinhos que sonham com uma revolucao total, profunda, de base. como se o tio Sa nao viriam aqui e fizera de Dilma um Kadafi. E muita vontade de fracassso nao ver os potencias.

      Acho que estas sao aqueles que votariam no velho gaga que nao queria pagar a divida, ou na super vendida para a CIA_USA que ja estaria sendo majoritaria na Petrobrax

  • Deixo registrado aqui que nem todo marxista é inconsequente. Aliás, tenho esperança de que a maioria seja formada por pessoas lúcidas. O PT tem muitos tucanos enrustidos entre seus membros. Mas também tem militantes marxistas. E eles não entraram no Ôba ôba fora Palocci.

  • Prezado Eduguim. Perfeita a tua Matéria, nem mais nem menos, parabens. Mas, Sr Luiz, nota-se perfeitamente que a única coisa que o senhor não é MODESTO, acredito sim que o Sr é parente do João Honesto, aquele amigo do Lobão ,Bafo de Onça, no caso de uma condenação esta deverá ser de um tribunal Republicano portanto use a sua conciencia para julgar os seus proprios pecados.

  • Matéria “porreta”! Confesso que invejo muito Eduardo Guimarães. Com maestria, ele põe a nu a maldade da direita conservadora e a ingenuidade de alguns esquerdistas moralistas em relação ao caso Palocci, a exemplo do mensalão, que tinha como objetivo, por conselho do “Farol de Alexandria”, apenas sangrar o PT até a morte.

    Outros casos virão, como disse o blogueiro, e a direita conservadora, utilizando-se do PIG (Globo, Folha, Estadão, Veja e outros que tais), fazendo eco ainda os falsos e equivocados “camaradas esquerdinhas”, continuará na sua luta, várias vezes derrotada, para destruir um projeto que só bem trouxe ao país e ao seu povo, principalmente à sua parcela excluída.

    É bom entender uma coisa nojenta do PIG: a corrupção praticada por alguém do DEM, PSDB e seus vassalos é unicamente do corrupto; mas a corrupção de alguém da esquerda é sempre do partido dele, principalmente do PT.

    Dois pesos e duas medidas!

    Acorda esquerda brasileira, “uni-vos”! Não vamos deixar de fazer isso somente na cadeia!

  • Blog do Lucas Figueiredo: http://lfigueiredo.wordpress.com/2011/04/25/bafometrogate-%E2%80%93-as-8-perguntas-que-aecio-evita-responder/

    BAFOMETROGATE – As 8 perguntas que o senador Aécio evita responder

    TESTE DO BAFÔMETRO

    1) Bebeu antes de dirigir?

    2) Se não bebeu, por que se recusou a fazer o teste, gesto que antes defendia?

    3) Se bebeu, assume o erro?

    RÁDIO E CARROS

    4) Se a Rádio Arcos Íris, repetidora da Jovem Pan em BH, pertence à família Neves “há quase 20 anos”, por que só agora, depois da eleição, Aécio se tornou sócio dela?

    5) Por que antes mesmo de Aécio figurar como sócio da emissora seu carro pessoal estava em nome da rádio?

    6) Por que outros quatro carros de luxo, além da Land Rover que Aécio dirigia quando foi pego na blitz, estão em nome da rádio (um Audi A6, outra Land Rover e duas camionetes)? Quem utiliza os carros?

    O JATINHO

    7) Por que Aécio usa, com frequência, um jatinho que tem como sócio um apadrinhado dele no Governo de Minas?

    8 – Por que, com freqüência, o presidente de uma empresa controlada pelo Governo de Minas que trata com negócios bilionários empresta o jatinho do qual é sócio para o padrinho senador?

    • Porque Aético pode comprar ap de 12 milhões de reais no Rio sua cidade do coração e NINGUÉM cobra nada dele? Porque Itamar foi indiciado por prejuízo de 400 milhões ao patrimonio público e Ninguem (da midia, de nenhum partido) cobra nenhuma explicação dele, porque Perrela suplente de Itamar pode ter fazenda de 60 milhões e ninguém cobra nada dele (era açougueiro e hoje é milionário, será que foi tudo legalmente)? Porque Aético sumiu com 3 bilhões da saúde e ninguém cobra dele?

  • Eu lembro o quanto a ZH/RBS massacraram o ex-governador Olívio Dutra(PT/RS) no caso Ford…anos depois a justiça deu ganho de causa ao ex-governador e mandou a Ford devolver o que ”pegou” e ainda com juros!!
    Mas aí não interessa mais para o PIG…e Olívio vai ficar lembrado para sempre como o governador que mandou a Ford embora…
    Deviam é pedir desculpas a ele!!!

    • Profe!
      Apenas para lembrar…
      A fábrica no RS custaria aos cofres públicos mais de R$ 220 milhões.
      Olívio não faz o povo gaúcho pagar mas essa grana… Mas, ACM tinha FHC no bolso e fez o BRASIL TODO pagar mais de R$ 450 milhões pela mesma fábrica.

      É senhores, como diz minha mulher… Se o Brasil fosse pobre, os ricos já teriam caído saído, eles nunca tiveram pátria”.

      Rogério Neibert Bezerra
      De Floripa, salário mínimo pode… Salário máximo, é comunismo!

      Deculpe, mas meu “inglês” fica dia pior, felizmente. O que quer dizer esse monte de: submitcommetenable…
      rararrarrar

    • Por favor, Edu altere por esse…

      Profe!
      Apenas para lembrar…
      A fábrica no RS custaria aos cofres públicos mais de R$ 220 milhões.
      Olívio não faz o povo gaúcho pagar essa grana… Mas, ACM tinha FHC no bolso e fez o TODO BRASIL pagar mais de R$ 450 milhões pela mesma fábrica.

      É senhores, como diz minha mulher… Se o Brasil fosse pobre, os ricos já teriam saído, eles nunca tiveram pátria”.

      Rogério Neibert Bezerra
      De Floripa, salário mínimo pode… Salário máximo, é comunismo!

      Delculpe, mas meu “inglês” cada dia fica pior, felizmente… O que quer dizer esse monte de: submitcommetenablemayand…rararrarrar

  • Caro Eduardo
    A direita dançou e rolou no surgimento do PSTU, do PSOL, no Zé Dirceu, agora no Palocci. Alguns bolgues sujos cairam nessa armadilha.Pessoas boas migraram para outros partidos.
    É o imediatismo e o puritanismo que setores das esquerdas carregam consigo.
    Quanto mais avança a distribuição de rendas, mesmo dentro de uma ordem capitalista, mais a direita entra em panico.Mas a luta de classes não existe. Há que se rir.
    Saudações

  • Muito bom, Eduardo. Excelente texto e raciocínio. Parabéns pelos esclarecimentos. É o que li noutro dia no “Tijolaço”: Olham a árvore e esquecem da floresta”. Ter críticas a esse ou aquele ministro ou linha de governo é uma coisa; se alinhar a golpistas é outra completamente diferente.

    A pergunta que devemos fazer diante de um fato ou escolha é: A quem mais interessa essa minha escolha?

  • Muito bom o seu texto, peca sómente quando se refere aos petistas psolizados sem divulgar suas identidades, pois seu texto, de certa forma, acaba virando uma peça crítica ao PT, e convenhamos Eduardo, trata-se do partido mais organizado e democrático da América Latina.

    abçs

  • Edu, sobre os dois pesos e duas medidas do PIG, nem vou comentar. Já estabelecemos o “padrão ético” deles. Ha muito tempo venho afirmando que o PSOL, não é um partido de esquerda, mas um partido moralista. Fez o jogo do PIG contra o governo Lula, por puro rancor. Continuará a fazê-lo. Heloisa Helena, tão ciosa da moralidade pública, é aquela senadora que, quando da quebra do sígilo do painel de votação do senado, foi pega absolvendo o senador cassado Luis Estevão. Lembram-se. O caso Palloci, para mim é o mesmo caso do senador José Sarney. Queriam cassa-lo, não por seus vícios e erros, mas porque apoiava o governo Lula. Neste momento temos que derrotar o PIG, já que a oposição demo-tucana está derrotada. Hoje é Palocci, amanhã o PIG pedirá a cabeça de outro ministro. Não se trata de defender Palocci, mas de defender o governo Dilma e seu projeto de erradicação da pobreza e de desenvolvimento de um projeto nacional. Depois que derrotarmos o PIG, podem me servir a cabeça de Palocci numa bandeja. Ficarei extasiado. Hoje defendo Palocci.

  • Eduardo Guimarães, eis a resposta a você e a quem mais possa interessar sobre a ‘psolização’ do PT.

    (Por Francisco Rocha da Silva – Rochinha)

    O fogo amigo contra Antônio Palocci

    Não é nem nunca foi segredo pra ninguém que Antonio Palocci tem boas relações no meio empresarial e no mercado de capitais – relações estas que já existiam muito antes de ele virar ministro da Fazenda, em 2003.

    Na campanha de 2002, Palocci foi um dos principais interlocutores do partido com a burguesia industrial e financeira. Ele ajudou a construir pontes para o entendimento político-econômico que a conjuntura iria exigir, em caso de vitória do PT.

    Por ter esse perfil – e ter cumprido esse papel – Palocci sempre foi visto por muita gente, dentro do PT inclusive, como um quadro conservador. Em compensação, e justamente por causa disso, ele ganhou a simpatia das grandes empresas de comunicação, virou o preferido delas, o amigo do “outro lado”.

    Palocci, um político habilidoso como poucos, não rejeitou as novas amizades, nem deveria, mas acho que exagerou ao confiar demais em algumas delas.

    Nestes dias em que todos os jornalistas de política de todos os jornais do Brasil só falam em “fogo-amigo contra Palocci”, eu me pergunto: será que eles estão se referindo ao PT ou a eles mesmos?

    Porque declarações de autoridades petistas contra Palocci, até agora, eu só vi foi em off. Quem “fala” nas matérias é sempre uma “fonte do governo”, uma “pessoa muito ligada ao Palácio”, um “parlamentar descontente”, um sujeito oculto qualquer.

    Se é que essas pessoas misteriosas realmente existem, o que elas fazem não é fogo-amigo, é apenas coisa de gente miúda querendo sair das sombras. Porque fogo-amigo, pra mim, tem que ter nome e RG, tem que ter assinatura.

    Não vejo a assinatura do PT nos recentes episódios envolvendo Antonio Palloci. Pelo contrário, quem partiu pra cima do ministro e o ataca todos os dias são pessoas do seu novo círculo de relações, fora do governo e fora do partido.

    Os dados sigilosos da empresa de Palocci foram vazados, segundo dizem, por um secretário tucano da Prefeitura de São Paulo, administrada pelo “neogovernista” Gilberto Kassab. E quem transformou as informações em fato escandaloso foi um jornal paulista com histórico bem consolidado de oposição aos governos no PT – o mesmo valendo para o restante da velha mídia impressa e eletrônica, que não pensou duas vezes antes de jogar o “amigo” na fogueira.

    Mas atenção: nenhum desses amigos-da-onça quer realmente derrubar Palloci.

    Os setores da mídia que há três semanas chafurdam no tema tem como foco, na verdade, enfraquecer o governo Dilma, atacar o PT e desestabilizar a base de apoio, exatamente como fizeram em 2005.

    O jogo é o mesmo e continua sendo jogado.

    Por isso não cabem aqui falsas ilusões, como a de que o ex-presidente Lula, com todo seu capital político, ficaria sentado em casa, assistindo pela TV ao bombardeio contra o governo do nosso partido.

    Lula está aí é pra isso mesmo, pra fazer política e dialogar com sociedade e os movimentos sociais, como sempre fez, exercendo agora um importante papel de mediação. Ao contrário do que dizem alguns colunistas “amigos” de Palocci, a atuação de Lula só fortalece a presidenta Dilma e o nosso Governo.

    Estão redondamente enganados os que acreditam que provocarão cizânias entre nós com fofocas, picuinhas e intrigas. O PT não pode e não vai entrar nessa. É muito importante que os petistas façam uma profunda reflexão sobre fatos passados para melhor compreender o presente.

    Sou pela permanência de Palocci na Casa Civil. Não falo pela presidenta nem pelo governo. Falo por mim. E assino embaixo.

    Francisco Rocha da Silva (Rochinha) é membro da Comissão de Ética e Disciplina do PT.

  • Eduardo, faço minhas as palavras do sempre lucído Marcos Coimbra, que reproduzo abaixo. Peço que leia com carinho antes de liberar o comentario. Voce tambem faz parte do quadro de pessoas lucidas deste pais. Uma abraço

    Marcos Coimbra: Programa Brasil sem Miséria e o caso Palocci
    por Marcos Coimbra, no Correio Braziliense

    Ministros em apuros são mais a regra que a exceção em nossa experiência recente. Se alguém se desse ao trabalho de calcular quantos dias passamos, nos últimos 20 anos, sem que pelo menos um estivesse complicado, veríamos que não foram muitos.

    O que é realmente importante na informação que recebemos todo dia sobre o sistema político? E o que é secundário, referindo-se a coisas que não duram muito e apenas parecem ter maiores consequências?

    Neste momento, por exemplo, o noticiário sobre a crise causada pelos problemas de Antonio Palocci domina os meios de comunicação. Ela é importante?

    Certamente sim, pois qualquer dificuldade que afete um ministro central no governo é relevante. Ainda mais se for alguém como ele, que foi, nos primeiros meses, quase um primeiro ministro.

    Embora a crise seja, de fato, significativa, ela está longe de ser tudo que acontece no governo. E nem é tão original assim. Ministros em apuros são mais a regra que a exceção em nossa experiência recente. Se alguém se desse ao trabalho de calcular quantos dias passamos, nos últimos 20 anos, sem que pelo menos um estivesse complicado, veríamos que não foram muitos.

    O próprio Palocci já viveu essa história. No fim do primeiro governo Lula, quando ocorreu o caso Francenildo, ele não era tão menos que agora. Como ministro da Fazenda que contava com apoio unânime do empresariado e da mídia, e depois que vários de seus colegas tinham tombado vítimas do mensalão, achava-se que Lula dependia dele para sobreviver. Pois bem, Palocci saiu, Lula ganhou a eleição e foi adiante para se confirmar como a maior liderança de nossa história (goste-se ou não dele).

    Palocci pode estar vivendo, de novo, um inferno astral, mas isso não é fundamental. No médio e, especialmente, no longo prazo, sua permanência ou saída são secundárias. Como foram as de antecessores seus em governos passados. Ministros são parecidos a outras pessoas insubstituíveis, das quais, como diz o ditado, os cemitérios estão cheios.

    As coisas que realmente importam são outras. Como o lançamento do programa Brasil sem Miséria, que ocorreu enquanto olhávamos para a “crise”.

    Se medirmos a centimetragem a ele dedicada pelos nosso maiores veículos ou o tempo nos telejornais de maior audiência, ficaríamos com a impressão que é um assunto quase insignificante. Pelo espaço e a atenção que recebeu, que o novo programa é apenas mais um na rotina da burocracia.

    Na verdade, um pouco pior que isso. O tom da cobertura foi claramente negativo, com insinuações de que era uma manobra para desviar a atenção da opinião pública do que seria realmente importante, a “crise”.

    Como se fosse sequer possível inventar um programa da complexidade do Brasil sem Miséria na última hora. Como se não tivesse exigido meses de estudos e formulações preliminares. Como se seu lançamento não estivesse anunciado há muito tempo e não ocorresse no prazo estipulado antes da eclosão da “crise do Palocci”.

    O programa passou a ser visto como uma pirotecnia algo ingênua. Foi reduzido a uma manobra, no fundo, inútil, pois incapaz de produzir suas “verdadeiras intenções”.

    Tudo nele passou a ser enxergado a partir desse prisma. Até a cerimônia inicial. O número de convidados, a solenidade, os discursos, cada detalhe foi interpretado como parte de um “estratagema” diversionista. O que pensavam? Que Dilma lançaria um programa desse porte às escondidas? Que ele não era suficientemente importante para justificar o evento?

    É possível que nossa imprensa ache que faz “bom jornalismo” quando ignora, coloca sob suspeita ou trata como irrelevante um programa como o Brasil sem Miséria. Que o certo é deixar tudo de lado e manter-se focada na “crise do Palocci”.

    O curioso é que, ao comentá-lo, não se afirmou que era inviável, fantasioso ou irrelevante. Ninguém argumentou contra suas propostas concretas. Não foram questionadas suas metas ou estratégias.

    Parece, portanto, que ela não discorda do programa. E não vê razões para duvidar que o governo tenha capacidade de executá-lo.

    Apenas acha que é pouco importante, pelo menos em comparação com a “crise”. Será que é? Será que um programa destinado a solucionar, em quatro anos, o mais grave problema do Brasil pode mesmo ser considerado irrelevante? Para os 16 milhões de beneficiários, pode ser tudo, menos desimportante.

  • O comentário do Noblat ,aliás todo o Blog deixa bem claro qual o objetivo deste ataque ao Palocci.Quem ler não pode mais dizer que acredita que saindo o ministro acaba a crise.

  • Eduardo, você como sempre, está perfeito nessa análise dos falsos esquerdistas e do DNA de desestabilização do PIG.
    Hoje é Palocci e depois de resolvido esse caso, outras denúncias virão. Devemos reagir, mas já estamos acostumados, já que essa estratégia do PIG iniciou no primeiro dia de governo do Presidente Lula e eles não vão se cansar até 2014, 2018, 2022, 2026, 2030 … 2080, 2084, 2086, 2090…

  • Quanta confusão:
    Pallocci não é de esquerda, mas representante de especuladores e banqueiros ( o mercado).
    Apesar de filiado ao PT, suas idéias e práticas são típicas do PSDB. Não é por nada que considera-se que tem bom transito na oposição e bom relacionamento com a grande midia (Globo).
    O ocorrido quando no Ministério da Fazenda deveria automaticamente descartar a sua presença no atual governo (sua “escolha” já foi um erro).
    Apoiar o governo inclui defender a mudança do que não está convencendo. Ninguém é insubstituível, a não ser a Presidenta Dilma. O Governo Dilma terá com certeza mais estabilidade com a saída de Palocci. A militância terá mais facilidade e motivação para defender o governo. Esta é a MINHA leitura!
    Como alguém escreveu, o PT é um partido político, não é uma seita. Defender mudança de rumo faz parte do jogo democrático e é uma leviandade afirmar que se trata de imaturidade, ingenuidade, ou traição. Ninguém é obrigado a justificar o que não concorda e o que está errado.
    Lembro que após a crise do mensalão, apareceram militantes vestindo camisetas escrito 100% LULA. Quando me ofereceram tal camiseta disse que não vestiria, por que defendo idéias, não pessoas (ninguém é infalível, nem o Papa cerrista). Perguntei se Lula se jogasse num poço se jogariam também 100%.
    Quando a Russia soviética mergulhou no obscurantismo, Stalin aniquilou milhares de verdadeiros revolucionários sob a acusação de traição.
    Por último, fazer qualquer tipo de comparação (como fez alguém) do corretíssimo e comprometido com as causas sociais companheiro Olívio Dutra com o interesseiro Pallocci é uma verdadeira aberração.

    • O problema é que o PIG é como a gripe, de ano em ano sofre mutação, e a cada ano precisa de uma vacina específica. A cada dia vejo pessoas se deixando “influenziar” pelos discursos “éticos” do PIG e outros citados pelo Edu. Edu, sei blog é nossa vacina diária, continue firme porque a causa é nobre. Sds

    • Excelente texto, Edu. obrigado por dizer o que penso. é incrivel como nossa esquerda serve aos propositos da direita. Parece o time de futebol do Brasil, ajuda o adversario a fazer gol para depois correr atras do prejuízo.

  • Vejo, Eduardo, que você tem razão em um ponto. Não existe democracia onde a mídia tomou partido, o da minoria poderosa e endinheirada. O povo elege um governo e a mídia, parcial, estufa o peito e diz: não adianta, vocês, 60 milhões de eleitores, elegem e nós, meia dúzia de empresários poderosos, donos daquele que é hoje o maior partido de oposição sem regulamentação no Brasil, o PIG, derrubamos na hora que bem entendermos. Derrubamos ministros, um a um como em uma fileira de dominós, se bem o quizermos, devem pensar. Há uma distorção nisso tudo. A democracia só valeria se eles mostrassem os podres daqueles poucos santos do DEM/PSDB que eles querem que substituam o governo popular. Um idealista perguntou a Peron porque ele não governava somente com os bons e honestos. Dizem que Peron lhe respondeu: “eles são tão poucos!”. Estes poucos, no Brasil, estes homens santos e bons, no Brasil, estão no PIG, PSDB, DEM e correlatos. Os demais não prestam.

  • Este foi um dos melhores textos de Eduardo Guimarães, embora eu reconheça que tenho pouco tempo de leitura de seu “blog”, tendo começado em janeiro, depois de ver uma entrevista por ele concedia à Associação dos Juízes para a Democracia (AJD). Continue assim! Independente, substancial, polêmico, enfim, CIDADÃO! Quanto à sua desilusão relatada inicialmente, não nos desesperemos! Aí vai uma música de minha terra especialmente pra ti (considere a bala vindo da direita midiática…): http://www.youtube.com/watch?v=SBohj5xiXTY&feature=related

  • “O PSOL tem três deputados federais, hoje. E só aparece quando se une à direita para atacar o governo petista.”

    A ignorância do texto está sintetizada nesta frase.

    Aliás, e a privatização dos aeroportos? Vai bem?

    • E não é verdade? A “Maria Louca” ainda é vereadora em Maceió? E o Babá? Onde anda o maluco? Sabe quando vai ter coerência no discurso do Psol? Quando o partido pegar em armas e for para a clandestinidade.

      • A histeria de HH comprova que PSOL não é um partido perfeito. Mas, pelo menos aqui no Rio, o trabalho dos caras anda sendo admirável. Marcelo Freixo presidiu a CPI das milícias colocando 270 criminosos na cadeia. Já o Jean, é um ativista da Comissão de Direitos Humanos que enfrenta de cara limpa mercenários da fé e Reinaldos Azevedos da vida. O Youtube está aí para comprovar.

    • “O PSOL tem três deputados federais, hoje. E só aparece quando se une à direita para atacar o governo petista.”

      A ignorância do texto está sintetizada nesta frase. [2]

  • Como sempre Edu, didaticamente vc esclareceu bem a situação. Pena que apenas na internet temos acesso a pessoas com esse dicernimento ético.
    Ano passado fiz uma assinatura da Carta Capital para ter acesso a informação sem manipulação, mas parece que os patrocinadores sempre conseguem manter a influência. E assim como os petistas arrependidos a revista também segue a manada tangida pelo PIG.

    • Em nota, a Central Sindical, ligada ao PDT, que faz parte da base aliada do Governo pediu a imediata saida do Ministro.

      É… Pelo andar da carruagem, poucos eticos restarão na defesa do “pobre-ministro-vitima-de-acusações-sem-fundamento”.

      Estão todos se bandeando para o PIG, fazendo o “jogo da direita”….

      PS: O ultimo a sair, apague a luz.
      ( mas, peraí… há alguma luz acesa????)

      • Emanuel, ironia boba não é um bom argumento.Tentar ridicularizar opiniões contrárias não vai mudar os fatos ,deixa apenas o debate mais pobre.

        • Desculpe Andrea,

          Não era minha intenção constrangê-la. Muito menos o autor do Comentário.
          Observe que apesar de estar como uma resposta ao Marcelo, meu comentário nada tem a ver com o que ele afirmou.
          Por uma lamentavel falha minha o que deveria ser um comentario autônomo foi incluido no de Marcelo que era o último publicado na ocasião.
          Peço-lhe desculpas, e especialmente ao Marcelo.

          Quanto ao uso da ironia, prefiro-a ao discurso raivoso, agressivo, muito visto – infelizmente – na blogosfera.
          De minha parte jamais me verás destratanto um comentarista ou articulista, carimbando rótulos fáceis e depreciativos, ou me colocando como unico dono da verdade (embora eu tenha certeza que seja…hehehe).

          É isso, amiga, prefiro à duvida à certeza. Gosto mais das perguntas que das respostas. Não me agradam as “definitivas definições”, as “ultimas palavras”.

          Como vc vê, tudo é uma questão de gosto….

          PS- Tenho notado um fenomeno estranho nos tempos recentes. Oposicionista historico, e por (mal) formação sempre vi a oposição ser acusada de raivosa, implicante, mal-humorada, chata… ( e, de certa forma, eramos mesmo…paciencia…).
          Quase todos que eram oposição agora são governo. E permanecem mal-humorados, raivosos, sempre “prontos-pra-brigar”, com a sensação meio esquizofrenica de estarem sendo perseguidos, atrapalhados, humilhados.
          Brinco dizendo que o PT ( votei no PT muitas e muitas vezes…) por ter feito oposição durante tantos anos ao se ver no Poder, não mais tendo como fazer oposição ao governo, faz agora oposição….à oposição!
          Pode???
          Pois é… parece que pode….

          • Emanuel, não tem nada a ver com mal humor.Sou bem humorada mas depende da piada né?ou do tipo de ironia.O PT na oposição não era só raivoso ,era também romântico,como numa passeata onde todos estavam de branco na Av Rio Branco no Rio de Janeiro,e distribuiam rosas vermelhas.Como você não acredito em verdades absolutas,mas tenho os meus posicionamentos. Por isso prefiro a troca de idéias amistosas com base em argumentos.As ironias precisam ser bem usadas pois correm o risco de passar por meros deboches.Se por acaso você leu todos os comentários deve entender o que estou falando.Com base na sua resposta retiro o seu deste grupo .As vezes esse provocadores cansam justamente por serem desrespeitosos.
            Ps:também não gosto de discurso raivoso,agressivo,rótulos fáceis etc… ok

  • Reproduzo e-mail envia do à ombudsman da Folha em 06/06/11:

    Prezada Suzana,

    O blog do Eduardo Guimarães publicou a lista abaixo do que seriam os clientes da Projeto, consultoria do ministro Palocci. Uma das maiores cobranças que se tem feito para esclarecimento do assunto é a relação dos clientes, dado que o ministro não divulga por conta de uma cláusula de confidencialidade existente nos contratos. Indago se a Folha conhece essa lista e se já investigou a sua procedência e veracidade. Particularmente notei a não inclusão do nome da W Torre empresa que publicamente declarou ter requisitado os serviços da Projeto, se não me engano. Caso a relação seja verdadeira indago a razão pela qual ela não foi publicada.

    Itaú Unibanco- Pão de Açúcar- Íbis- LG- Samsung – Claro-Embratel -TIM -Oi -Sadia Holding -Embraer Holding -Dafra -Hyundai Naval -Halliburton -Volkswagen –Gol -Toyota -Azul -Vinícola Aurora -Siemens -Royal Transatlântico –Santander- Bradesco Holding -EBX

    Atenciosamente,

    Fernando

  • Vou repetir pela enésima vez, até que Cartago seja destruída: o PT é o seu maior inimigo!

    O PT, como governo, não sabe se comunicar com a sociedade. Não cria alternativas ao GAFE (Globo, Abril, Folha, Estadão).

    Já me responderam que a TV Brasil é a resposta. Tão de brincadeira, né? A TV Brasil é a Hora do Brasil na TV. Eu quero dizer comunicar-se POLITICAMENTE com o povo. Conquistar corações e mentes através dos fatos e argumentos.

    O PT, como governo, não sabe usar seus recursos republicanos. Não colabora com a melhoria da Política, investigando, denunciando, convocando CPI’s. Deve ter medo do telhado de vidro. Mas a direita não tem medo. Por que? Voltamos então ao item anterior.

    Enquanto a sociedade pensante e organizada não criar uma campanha, maciça e marcante, cobrando uma mudança de postura do PT, a esquerda continuará patinando. Uma roda presa, como a Dilma, expoente mais visível do partido, gosta de dizer.

    Falando em Dilma, vamos ver se ela reage depois das cacetadas que tomou. Onde está o PNBL Dilma? Acorda presidenta! Acorda PT!

    Talvez o Eduardo Guimarães, lúcido e combativo, que já tomou iniciativas públicas de combater atitudes e situações, queira encarar e iniciar esta cruzada. Isso se ele concorda com meu diagnóstico.

    Não vai ser fácil mudar a cabeça do PT, psoliazado ou não. Mas quem sabe convencemos a nova geração e fazemos o início da Primavera Petista.

    Boa semana a todos . . .

    • O PSOL, até agora, o partido que mais se manifestou a favor do PNBL e da Ley de Medios. Basta ler as declarações do Chico Alencar e do Randolfe Rodrigues em defesa do governo federal apressar esses projetos.

      E o PDT, como um colega citou? Estão “psolizados”? É anti-PIG o Palocci dar entrevista EXCLUSIVA ao Jornal Nacional, ingnorando o próprio Congresso e os outros meios de comunicação?

      Logo, todo essa história de “psolização” e “apenas fazer coro pra direita” é injusta. Inclusive tenho a sensação de que qualquer crítica feita ao Palácio do Planalto é contratacada com essa generalização demagógica: “Discordou de nós? Ah, faz coro ao PIG!!!”

  • Prezado Eduardo, não perca, logo mais na Rede Brasil (Emissora administrada pelo Governo Federal), um espetáculo de jornalismo imparcial :

    Programa Roda Viva

    Convidado Especial = Deputado Alvaro Dias

    Apresentação = Marília Gabriela

    Entrevistados = Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes (Revista inVeja)
    Paulo Moreira Leite (Revista, matou Dilma, Época)
    Ricardo Melo ( Folha ditabranda São Paulo)

  • Boa, Edu. Mandou muito bem. Concordo plenamente.
    Infelizmente, um blogueiro famoso, seu colega, que mais parece a reencarnação de Carlos Lacerda, ata o ministro utilizando-se dos argumentos dos “EXpecialistas de Nada” do PIG que ele próprio tanto contesta.
    Sobre o PSOL sua análise está corretíssima. O PSOL puxa o nível para baixo quando se junta, por oportunismo, com a demotucanalha.
    Muitos membros do PT, idem: psolização.

  • Edu, acredito que você exagera um poupo esse poder do PIG, como se ele pudesse derrubar do governo quem e quando quisesse. Fosse assim o governo Lula teria sucumbido já no primeiro mandato.
    Ou seja, acredito que o PIG é sim muito poderoso, mas também é decadente, sendo hoje questionado em suas “verdades” pela maioria da população.
    A questão é quando dão munição ao PIG, aí sim ele é capaz de derrubar.
    Portanto, podemos tirar um proveito deste caso. Tomara que o que está acontecendo abra os olhos daqueles que acham normal certas atitudes não republicandas dentro do governo, pois parecer ilegal já é munição suficiente para o PIG iniciar seu ataque.

  • Não adianta, por mais que vcs urrem, o poder da Globo não cai. Pra quem o Palocci deu a exclusiva semana passada? Isso mesmo, pra ELA. Não que eu goste da Globo, mas é indiscutível a sua melhor qualidade, tanto técnica, jornalística quanto novelista. Essa grita de vcs não adianta, a Globo vai continuar dando as cartas por um bom tempo.

  • Sobre esta infiltração do PSOL eu concordo com o vc está dizendo, e já denuncio isto há algum tempo na comunidade do orkut de que participo (Apoiamos Lula AGORA É DILMA PT).

    Realmente eles se infiltram, como se fossem petistas e influenciam os petistas.

    Pessoas que votaram em Plinio, dizendo que ele representa o “verdadeiro” PT, agora se comportam como se tivessem votado em Dilma.

    Tenho denunciado lá que este pessoal do PSOL vê os petistas como um campo em disputa.

    No twitter isto também acontece muito, muito mesmo.

  • Se votar um projeto de governo por 2 mandatos, em atendimento a um maior número de beneficiados, com maior distribuição de renda, empregos etc… etc…como foi os 8 anos do governo LULA, e que possivelmente a Dilma irá complementar até o fim de seu mandato, é ser Petista, então sou Petista.
    Mas o que eu não posso, é passar a mão na cabeça do Palocci.
    Os clientes do Palocci não tem que ser procurados pela mídia, para esclarecimentos.
    Quem deve esclarecimentos a mim, a você Eduardo, -e oportunidade que ele já teve-, a toda a sociedade, é o Palocci. Pois é ele quem está sendo acusado,
    Pior do que isso,esse comportamento do Palocci, beira à traição,pois está comprometendo todo o governo.
    Ou Dilma toma uma atitude firme de governante, rapidíssimo, o vai pagar muito caro nas próximas eleições. Vai para a degola.
    Quanto a mídia, ela não vai cobrar informação nenhuma destes pois são todos grandes anunciamentes, e mesmo porquê, não são eles que estão sendo acusados.
    NÃO VOTO EM PARTIDO. VOTO NUM PROJETO DE GOVERNO.

    FORA PALOCCI, SIM

  • É, Edu, a coisa tá feia. Qdo a gente jura que o pessoal já ficou esperto, cai todo mundo no conto do vigário,outra vez. O PSOL, tá fazendo o seu papel, se eles não fecham com a Imprensa, estão mortos;só subsistem,via mídia tradicional,aliás,assim como o PV,embora esse receba uma mãozinha das ONGS internacionais. O que enche o saco são os perdedores do PT,chorando contra os governos do próprio PT. Posam de moralistas e éticos,enchendo o saco com essa metáfora,machista da mulher de César, que,aliás, tem a cara deles. Não são nada e querem parecer ser alguma coisa. A moralidade deles consiste em acusar sem provas, exigir condenações sumárias,ou seja,mandar as favas a lei pq sua moral sublime,sobretudo no tocante a desafetos, não está submetida ao ordenamento jurídico, isso é para os mortais antiéticos imorais. Nos acusam de legalistas e não aceitam a pecha de moralistas qdo clamam por julgamentos políticos visando condenações em suas acusações,sem provas.

  • O PSOL, até hoje carrega todo rancor de sua principal criadora, Heloisa Helena, ex-senadora (e Deus queira que nunca chegue à prefeita em lugar nenhum no Brasil)! Por isso mesmo, eu sempre chamo o PSOL, porque ele continua com a doença da sua criadora, de o “partido dos rancorosos.” E os seus deputados adoravam/adoram fazer côro contra o governo do Lula e agora da Dilma, ao lado dos parlamentares ou porta-vozes da oposição! Igualzinho à Heloisa Helena no tempo em que era senadora e achava que dividiria os votos da esquerda e iria para o segundo turno com o candidato da direita! Sonho alimentado até três meses antes do horário político. Ela estava mesmo, crente que ganharia a eleição para presidente do Brasil! O que a pretensão, a arrogância e a falta de um “simancol” é capaz de fazer com um político mordido pela “mosca azul!”

  • Reflexões de frigideira: enquanto Palocci não cai

    Parte da blogosfera “progressista” continua avalizando material divulgado por veículos informativos que perderam credibilidade nos últimos anos. A atitude não é lamentável apenas pela incoerência de corroborar a mídia golpista que todos combatiam num passado recente. A reciclagem acrítica dos ataques a Antônio Palocci ignora as perguntas que deveriam ser respondidas antes de qualquer posicionamento (no mínimo, acerca de indícios de ilegalidade que justifiquem tamanha celeuma).

    Dizem que o caso envolve o uso de informações privilegiadas em benefício particular. Só que a espinhosa discussão ética ultrapassa os limites do enriquecimento do ministro. Se alguém quer realmente discutir a atuação de lobistas e antigos funcionários públicos, este não é o primeiro nem o mais grave exemplo a investigar, mesmo na esquerda, inclusive no PT. E aposto que a maioria sequer declara seus rendimentos à Receita.

    Faz sentido, sim, questionar a indignação seletiva de quem deixa Palocci virar croquete. Como repudiamos a hipocrisia daqueles que tentaram fazer do “mensalão” uma prática inédita e restrita à base de apoio do governo Lula, devemos rechaçar suas tentativas de transformar Palocci num bode expiatório da enorme fauna de intermediários que transita há décadas em todos os centros de poder. Da mesma forma, cabe indagar sobre a metamorfose dos analistas que antes partiam desse raciocínio para defender o governo Lula e agora embarcam na escandalolatria de mão única.

    Acho meio jeca essa mania de querer que detentores de cargos públicos (parlamentares, por exemplo) sejam mal-remunerados ou depois abdiquem de atividades rentáveis permitidas por lei. Sempre que necessita de vilões, o noticiário explora a desinformação da platéia acerca dos valores negociados nas altas esferas da iniciativa privada, especialmente no mercado meio exotérico das consultorias, cujas fortunas são até maiores do que as recebidas por Palocci. E alguém acredita que os históricos defensores do liberalismo financeiro querem limitar os rendimentos ou fiscalizar as atividades dos seus valiosos engravatados?

    Prefiro parecer um ingênuo defensor de Palocci ao risco ainda pior de ajudar a torrá-lo para satisfazer interesses nebulosos. E gostaria sinceramente que afastá-lo fosse levar a alguma evolução institucional ou mesmo política. Não sei se ele é inocente. Mas tenho certeza de que os seus adversários não estão de fato preocupados com isso.

    http://www.guilherme.scalzilli.nom.br/

  • os 3 jornalões do PIG continuam escondendo o roubo de quase um bilhão no Distrito Federal

    será por que nesse saqueio de 10 anos os ladrões eram da turma da direitona demotucana?

    ou será que para a falha, o estadinho e o gloebbels um bilhão é troco?

  • Se o PT tivesse com vontade de defender o Palloci haveria de ter defendido. Não defendeu pois o considerava que o assunto era da alçada do governo, do Executivo. O PMDB o defendeu (com que interesse?). A origem da denúncia pode ter sido do PSD e do PSD do B (Kassab-Serra) mas não havia a mínima boa vontade de defender Palloci (que parece ter sido “egoísta” nas consultorias). Agora o foco deve ser o vazamento e a situação deve jogar pesado. A Presidenta pode também não ter gostado do sucesso da “consultoria” do Palloci (lembrem que a “Foia” e o PIG revirou a vida dela, com ficha falsa e tudo mais). Como empresária, ela saiu do governo no RS, abriu uma lojinha e quebrou. O Palloci não, é de outra estirpe de “empresário”. Jogou no mercado futuro (ele e as empresas – que também devem ter patrocinado “consultoria” de outras candidaturas pois não jogam pra perder), e se aproveitou do prestígio que teria com a Presidenta. A âncora do PMDB (e de parcela do PT) foi largada ao mar. O homem dos cargos foi embora. Que seja sempre assim. Quando chatageado o Governo não deve ceder às velhas práticas do toma um “cargo” lá e ganha um “voto” cá. Apoio a defenestração do pseudo-petista com plumagem tucana. Já foi tarde. Ah, quem vazou a conta do Francenildo foi o PIG via Franklin Martins (que trabalhava na Globo), para “ajudar” Palloci. E a Globo é parceira do Palloci (pois Palloci foi parceira dela). O PIG não estava unido.

  • Toda vez que você ouvir alguém dizer ou ler que uma pessoa escreveu criticando um político de renome, do executivo ou do parlamento ou de qualquer situação e antes de sua crítica fazer a seguinre ressalva: “eu sei porque eu também era petista, tucano, comunista e demista! Isso quer dizer, pensa o que escreveu ou falou, que vão acreditar nele por causa desse detalhe (que ele esteve lá dentro do partido) e conhece com “profundidade” a forma de agir o partido, isto é, conviveu com os principais líderes do partido e etc. NÃO ACREDITE É TUDO MENTIRA! E se pessoa viveu lá mesmo, estava no lugar errado ou estava ali para espionar ou só para arranjar uma “boquinha” para si e ao se descoberto, teve que sair para não ser expulso! Agora quando essa pessoa fala ou escreve que só vota no projeto do partido. Fica claro que é para não ser cobrado pelas críticas do povo e da imprensa, aos políticos do seu partido e também aos que foram eleitos para o executivo! ESSA PESSOA É UMA ANARQUISTA NÃO ASSUMIDA, PORQUE O BOM DE SER ANARQUISTA É QUE VOCÊ PODE ATIRAR SUAS CRÍTICAS PARA QUALQUER LADO SEM SE COMPROMETER, JÁ QUE VOCÊ NÃO TEM PARTIDO E NEM CANDIDATO, ALIÁS, A MAIORIA, NEM VOTAR VOTA! Nunca discuta com um anarquista, porque você só vai se aborrcer, porque ele não se engajou na luta para melhorar o seu município, seu estado ou o seu país, isto é, não tem ideal político para melhorar a vida do povo! Eu sou contra a obrigação de votar, todavia, com uma condição, que fosse proibido em lei, quaquer pessoa que deixasse de votar, de discutir política, principalmente para criticar os políticos e a situação política do seu país!!!

  • Peso e exijo respeito do renomado bloqueio, que talvez, tenha algo a perder com a queda de Antônio paloccy, pois sou petista fundador do PT, e se não fosse por motivos ético, seria por motivos táticos e estratégicos a minha indignação com a condução e permanência daquele senhor no governo.

  • Eu estou começando a achar, que tudo isso é premeditado para atingir o governo. Começam pelo ministro que era alvo mesmo antes de ser ministro,e já estão pedindo a cabeça de outros ministros. Eu não acho que presionar a presidenta seja papel , de Pig, de Mídia e muito menos de algun Blogs progressista. Sempre achei as suas opiniões muito oportunas , mas cautelosas e democratas.

Deixe uma resposta