As duas faces de Dilma

Opinião do blog

É  bem menos simples do que parece decidir se foi boa ou ruim para a presidente Dilma Rousseff a declaração do ministro Nelson Jobim de que votou em José Serra na eleição do ano passado. Há pelo menos duas formas de entender o fato e nenhuma delas pode ser considerada tão melhor ou tão pior do que a outra.

O primeiro e previsível entendimento é o de que foi ruim para a presidente que ministro de pasta tão sensível tenha achado Serra mais competente do que a candidata do governo que ele integrava. Jobim teria sido imposto a Dilma pelo PMDB, o que faz dela uma líder fraca. Essa visão está sendo inflada pela mídia, pela oposição e por parte da militância petista.

O segundo entendimento é o de que foi bom para Dilma, pois tendo a prerrogativa de escolher qualquer um escolheu alguém com quem não tem afinidades políticas, priorizando supostas melhores condições que Jobim teria para exercer o cargo. Esse ponto de vista, por sua vez, agrada à parcela mais contente da militância petista.

É o mesmo tipo de situação em que a presidente está por conta da crise no Ministério dos Transportes. O governo seria um antro de corrupção e Dilma o estaria “limpando”, mas a mesma Dilma participou ativamente do governo anterior, que tinha o mesmo ministro recém-demitido, e nada fez. Isso apesar do cargo de chefe dos ministros.

Em ambos os casos, Dilma se equilibra entre a imagem de líder sem liderança e a de gestora corajosa e sóbria que prioriza sempre a decisão técnica mais adequada em detrimento das injunções políticas. A grande questão, porém, é: como o povo está vendo tudo isso?

A mídia diz que o povo está gostando da “limpeza” de Dilma. Enquanto isso, nas entrelinhas, vai dizendo que ela está limpando a própria sujeira. Contudo, ontem o Estadão publicou editorial que dizia que, neste governo, é proibido roubar, mas que no anterior era permitido.

A intenção de jogar Dilma contra Lula é mais do que evidente, apesar de que, sempre nas entrelinhas, a própria mídia considera remota a chance de a presidente romper com o padrinho político. Mas então por que está sempre colocando os dois em campos opostos?

Parece óbvio que os alvos desse discurso são justamente aqueles que o estão comprando, a  militância ou os simpatizantes do PT mais descontentes com o atual governo. A relação conturbada de Dilma com setores do próprio partido e até da base aliada é que são os alvos. Fica difícil imaginar, no entanto, que o povão esteja dando bola para isso.

O diabo é que a militância é a caixa de ressonância na sociedade. No curto prazo, não deve haver maior problema. Mas essa militância que foi tão requerida durante o governo Lula pode ser de novo lá na frente e, então, pode ter se dividido profunda e irremediavelmente. A economia terá que continuar bem forte, pois.

74 comments

  • Minha mãe dizia: nada melhor do que um dia após um outro e uma noite no meio! Confie desconfiando! Sempre devemos ficar com um pé atrás! Nada dura para sempre!

  • As notícias dizem que segundo Jobim, o próprio Lula saberia do fato e teria mandando ele ficar quieto.
    Disso tudo se tiram duas verdades:
    1.A grandeza dos estadistas Dilma Roussef e Luiz Inácio Lula da Silva.
    2.A certeza de que esses dois estadistas são muito mais pragmáticos do que qualquer outra coisa.

    O sujeito se acha o rei da cocada preta, como se os dois não pudessem viver e governar sem ele. Ou seja, ele é tão imprescindível que aproveita , igual a funcionário ruim, para ficar “dando nó” e fazendo o que se chama aqui de “cantando góga”.

    Quanto a mim,como não sou estadista p…nenhuma, se eu fosse Dilma esperava 17 dias e enviava ele como observador para questões de segurança no meio do vulcão do Chile, com direito a passagem só de ida e um banho no gelo da Antártida para refrescar a bunda queimada, se sobrasse.

  • A EXEMPLO DO PAI

    De extrema felicidade, o artigo de Fernando Molica, publicado no jornal “O Dia”, intitulado “As discretas filhas de Itamar Franco”. No texto, o jornalista elogia o comportamento das irmãs Fabiana e Georgiana Surerus Franco no velório e durante o governo do pai: “não levaram amigos para passear em aviões da FAB, não receberam passaporte diplomático, não ganharam empregos públicos, não montaram consultorias e nem freqüentaram festas de empresários”. Fabiana e Georgiana , por sinal, se emocionaram ao receberem o artigo das mãos do livreiro Jean Menezes.

    Fernando Molica: As discretas filhas de Itamar Franco
    Rio – Com a morte de Itamar Franco, os brasileiros, enfim, puderam conhecer as filhas do ex-presidente. Exemplos raros de discrição, Juliana e Georgiana mantiveram-se longe dos flashes durante todo o período em que Itamar exerceu a Presidência. Elas só mostrariam seus rostos no velório do pai. Vale lembrar: os anos que antecederam à posse de Itamar foram marcados pelo exibicionismo do então presidente Fernando Collor, de seus parentes e amigos. Especialista na criação de fatos que gerassem notícias fúteis, Collor transformou em ritual suas corridas dominicais, adorava se mostrar pilotando jet-skis, chegou a pegar carona num caça da FAB.
    A ânsia pela exibição marcava aquele grupo de deslumbrados com o poder e com suas aparências e oportunidades. Na chamada República de Alagoas, referência à origem política do presidente, mesmo a separação de Collor precisava ser alardeada. Numa solenidade pública, ele fez questão de mostrar a ausência da aliança em sua mão. Expulso da Presidência após o impeachment, Collor soube transformar em espetáculo até sua saída do Palácio do Planalto.
    Em meio à tamanha exposição, jornais, revistas e TVs se assanharam com a ascensão de um novo presidente. Divorciado, era pai de duas jovens — tinham em torno de 20 anos. Nós, jornalistas, queríamos entrevistá-las, fotografá-las, transformá-las em celebridades. Publicações especializadas se excitavam diante de futuras capas, de reportagens que revelariam namoros, separações e escândalos. Uma das filhas do presidente haveria de ser vista com algum ator, que logo seria trocado pelo herdeiro de um empresário. A outra, quem sabe?, se envolveria com um jogador de futebol e acabaria flagrada em poses comprometedoras num baile funk ou numa boite depois de algumas doses a mais. Seria inevitável que uma das duas demonstrasse arrogância, um sabe-com-quem-você-está-falando, diante de um policial.
    As expectativas foram frustradas. Até hoje ignoramos quem elas namoraram, com quem se casaram, se é que são casadas. Juliana e Georgiana não protagonizaram escândalos, não usaram o nome do pai. Pelo que se sabe, não levaram amigos para passear em avião da FAB, não receberam passaporte diplomático, não ganharam empregos públicos, não montaram consultorias nem frequentaram festas de empresários. Um comportamento que, pela correção, se destaca em nosso universo político. Solidário, o País agradece.
    Fernando Molica é jornalista e escritor | E-mail: [email protected]

    • Não exigiram do pai o salvamento com dinheiro público (BILHÕES) do banco (Nacional) quebrado do sogro. Muito menos promoveram uma feira (pavilhão na expo 2000) na Alemanha com dinheiro 14 milhões publico.
      Dilma apenas servirá o porco machista chauvinista Johnbim quando estiver a pururuca.

  • Óia (pra num dizer outra coisa), Ministro é cargo político. Não é “competência”. O ministro dá a diretriz específica de sua pasta a partir da diretriz da presidência, que também é um cargo político. A competência virá nos quadros executivos abaixo do ministro, que deverão realizar suas atividades com o fim político determinado pelo governo (a princípio, refletiria os anseios da sociedade, ou , melhor, da maioria dela). Então, por ser um cargo POLÍTICO, deu-se o “golpe de estado” no ministério da defesa com o acidente da TAM, que botaram a culpa no Lula por um defeito do airbus. Viu-se depois que o Lula num tinha nada com a história, mas o Johnbim, que o próprio wikileaks já mostrou a quem defende, ficou. Agora, quem tá pior? Dilma e Lula que botaram Johnbim na Defesa, mesmo sabendo q ele é X-9, ou ele que fica de ministro em um governo que não apoia? Se votou no Serra, o que faz num governo Dilma? É o Iscariotes assumido?

    • Mesmice é elogio, nunca vi governo tao covarde como esse, ganha do governo de Lula com a carta aos brasileiros…. Nossos votos são apenas uma praxe a ser preenchida, não valem nadica de nada, quem manda no país sao os bancos, rentistas, empresarios, Eua, não sei em que ordem, mas nós ,povo, é que não somos definitivamente, e também os milicos né já ia me esquecendo que temos uma licenca provisoria para nos autodenominar democracia, passivel de ser revogada a qq momento pelos milicos…ui ui ui.

  • Acho essa pasta uma das mais complexas dentro dos ministérios brasileiros, lembre-se de que Lula teve mais receio de sofrer um impeachment, segundo entrevista dele, durante o período da “crise aérea” do que do “mensalão” (ambos fatos estampados incansavelmente pela mídia). Não sei as razões para isso, mas no primeiro a mídia só deu uma acalmada dando uma trégua sobre o assunto quando Lula escolheu Jobim para pasta da Defesa, além do fato de ser um tucano do PMDB infiltrado num governo petista. Existem vários tucanos no PMDB e em muitos outros partidos, até mesmo no PT, pessoas queridas pela mídia por serem simpáticos ao PSDB. Lula é pragmático quando quer. Dilma mais ainda. Temos problemas sérios nos aeroportos brasileiros ninguém deixa de reconhecer isso, é um celeiro para “notícias” principalmente em tempos de copa do mundo. Se algum problema acontecer será ótimo jogar a culpa no ministro da defesa. Não acho que seja impossível governar sem o Jobim, mas que a presença dele alivia um pouco as tensões com a mídia isso alivia.

  • Sinceramente Eduardo eu acho que o povão não está nem aí para essa história. O que realmente conta são outras coisas que passam muito linge das fofocas e intrigas da imprensa.

    Essas interpretações ambíguas sobre os fatos políticos que a imprensa vem ecoando nos últimos meses só mostra que a estratégia da imprensa para desgastar o governo DIlma é ineficiente.

    O que importa mesmo são os resultados concretos do governo. Se Dilma seguir o projeto político implantado por Lula irá colher os mesmos frutos que o ex-presidente colheu. E tudo indica que é isso mesmo que está acontecendo.

    Fazendo um paralelo com o início do Governo Lula as semelhanças são notáveis, até em relação às críticas. Lembra-se como foi a reforma da previdência, onde parte da militância chegou a chamar o Lula de traidor?

    Onde estão aquelas vozes radicais hoje? Que relevância tem na sociedade e o que fizeram de positivo para a sociedade? NADA. Cairam na irrelevância e no ostracismo.

    Não digo que tudo é perfeito, digo apenas que não há nenhum fato significativo que leve a imaginar uma reviravolta no quadro polítco. Tudo pode acontecer, ninguém pode prever o futuro, mas se considerarmos objetivamente os fatos e as probabilidades é essa a conclusão a que se pode chegar.

  • POIS É, O POVÃO ESTÁ SE LIXANDO PARA NOTICIAS DE JORNAIS, SÓ FICA FELIZ QUANDO SAEM NOTÍCIAS DE CORREÇÃO DAS APOSENTADORIAS! P.S. A CORRUPÇÃO ENTÃO, JÁ FAZ PARTE DA “CULTURA”, NÃO IMPRESSIONA NINGUÉM! VIVA O BRASIL!

  • Continuo confiando na nossa Presidenta Dilma.
    O Silvério dos Reis do governo dela não perde por esperar.
    Dilma é estrategista, ex guerrilheira, e sabe muito bem como conduzir para que este elemento tenha um final de carreira melancólico.
    Enquanto isso ela vai tocando os projetos.
    E vamos combinar que a confissão dele mostrou que ele não sabe escolher candidato, né?

  • Por que ele (Jobim) está lá? Esta é a questão. Porque ele é o homem em quem os militares confiam e tem livre trânsito entre as forças armadas. Pode não parecer, mas o diálogo com os militares, nessa fase em que o Brasil está diante dos desafios internacionais, é muito importante. Não adianta a nação ter uma economia forte sem uma defesa eficiente.
    Quanto a crise no Ministério dos Transportes, os problemas são conhecidos há muito tempo; desde aquela época do DNER. Houve até um partido que cresceu sob essa sombra. Acontece é que as empreiteiras são uma das grandes financiadoras de campanhas e por isso… O que a Presidenta fez? Esperou o momento certo para tomar as medidas saneadoras, ou seja esperou pacientemente que a mídia começasse com as denúncias, dando-lhe o motivo necessário; assim a base aliada não pode dizer que ela estava sendo parcial. Ninguém pode dizer nada. Apenas aceitar a situação que ela impôs. Ela é DILMAis!!
    A Presidenta precisava mesmo fazer essa limpeza, pois os seus programas sociais – sem contar com a Copa e as Olimpíadas – dependem essencialmente do Ministério dos Transportes.

    • “mídia começasse com as denúncias” claro que se não houvesse as denúncias ela pacientemente esperaria o término de seu mandato sem fazer a limpeza.

      Tem que ser muito “militonto” para acreditar nesta tese.(e bota militonto)

  • mas no momento em que, logo mais á frente Dilma sofrer duas derrotas no Congresso por conta disso, a midia que ela tenta apaziguar vai festejar. E mais adiante, a Midia vai empurra-la para a guilhotina sem a minima hesitaçao
    Dilma precisa de dar identidade a seu governo e TROMBETEAR essa identidade aos quatro ventos. Via comunicaçao urgente, porque a impressão é que na secom e na assessoria politica se aninha uma chusma, malta ou alcatéia (como queiram) de auto suficientes. Eprecisa reconquistar a militancia de esquerda.

  • A estratégia da mídia e da oposição, via assessoria externa já que a oposição brasileiria é incopetente até para isso, seria rachar o PT usando de futricas?

  • sr. sgundo: os irmãos de Lula , pedreiros, aposentados muito pobre, merendeira foram muuuuuito mais requisitados para ajuda e influencia do que as filhas do topetudo.
    E nenhum deles tem passaporte, nem cargo publico, nem FAB e todos foram proibidos, repito proibidos inclusive pelo irmão deligar e chegar perto do alvorada. E o fizeram.
    E que alguns filhos tenham passaporte diplomatico que nao usam e tenham pegado carona em avioes da Fab, que eu saiba o gasto de combustivel é o mesmo com ou sem eles.

    Ele o topetudo e elas as filhas NAO tem visibilidade e as duas epocas NAO podem ser comparadas. Porem se filhas não o são, e isso é elogiavel, gente de Juiz de Fora foi.Em outras palavras, Lula , o retirante nordestino, é um superstar por meritos proprios e por ressonancia da midia MUNDIAL. Itamar é tudo isso nos limites de Juiz de Fora. Alias o filho de FHC paulo tambem foge de holofotes mas por outras razoes. E quais são as ligaçoes do tal Molica?
    Ah, teve cara que fez, mas Lula nunca se achegou em atriz pornô sem calcinha, já?

    • E quais são as ligaçoes do tal Molica?
      Boa pergunta!
      O sr Molica fez uma comparação com as filhas do topetudo, mas na ralidade, deveria fazer essas mesmas comparações com os filhos de FHC.
      Não esquecemos daquela feira na Alemanha, onde o filho do sociólogo deitou e rolou com verbas públicas, e sua irmã recebeu salário do Senado sem trabalhar. Quem era o chefe dela? O ex-senador boca de ovo (pelo Piauí, que Lula não permitiu sua reeleição)
      Molica é um tucano até ao pescoço, não ia fazer uma comparação com os filhos de FHC.

  • O JObim está sem função nenhuma no Ministério, a Dilma já tirou diversas atribuições dele, repassando-as à Secretaria de Aviação Civil, ao Genuíno… aí ele ficou brabinho, e começaou com essas histórias de “idiotas”, e que votou no Serra.. a Dilma não tá nem aí, a caravana passa… o problema é manter um traidor na pasta da defesa, que é crucial, mas a Dilma já deve estar pensando em uma forma de neutralizar efeitos maléficos da sua presença… enquanto isso, PIG e PMDB não enchem o saco, pois, afinal, o Jobim continua ali..

  • Edu.
    Primeiro os “idiotas”. Agora “não votei na Sra”.
    Jobin não é ministro da área civil, num ministério sem importância.
    Como você bem lembrou, trata-se de uma área sensível. Na área militar ainda existem muitas (novas e velhas viúvas da Ditadura) descontentes com um governo progressista iniciado por Lula.
    O militar, por formação, é educado para obedecer. Se quem é seu Comandante em Chefe maior titubeia e mostra-se fraca, não é respeitada pelo seu ministro da Defesa, como reagem os militares, em especial aqueles formadores de opinião no meio militar?.
    Na hipótese de uma nova crise (real ou fabricada/inflada pela Mídia), que abale as estruturas da governabilidade de Dilma qual a base de apoio que ela terá? Lembremos do Mensalão e a hipótese de Lula cair. Lembremos do que aconteceu em Honduras (unidos Judiciário, Militares, Igreja, EUA, mídia e o resultado sabemos qual foi).
    Se Jobim tem bom trânsito junto às Forças Armadas e dela tem apoio, como ele conduzirá qualquer crise que coloque a nossa Democracia em risco? Obedecerá a Dilma ou puxará o seu tapete?

  • O Ministro Jobim não vai durar muito no cargo, em menos de 1 mês deu duas declarações incompatíveis com a importância de seu cargo.

    A primeira foi no rega bofe do aniversário dos 80 anos do tucano FHC, quando teceu loás a maneira do ex-presidente governar (até aqui tudo bem, é direito seu) e depois na mesma oportunidade declarou que estava cercado de ” idiotas e boçais ” no atual governo. Evidente que essa declaração estapafúrdia e desrespeitosa resvala na própria Presidenta Dilma e nos seus colegas Ministros.

    Agora esta declaração evidentemente provocativa de que votou no candidato adversário da Presidenta Dilma, o tucano Serra.
    Ora, já que o voto é secreto, o Ministro Jobim não tinha nenhuma necessidade de declarar em quem votou. Se o fêz é claro o viés provocativo de tal declaração. Ou seja, o Jobim com essa declaração deixa claro que está ” se lixando “, para não dizer coisa pior, para a atual Presidenta Dilma, seu governo e demais colegas ministros de Estado.

    É evidente que a Presidenta Dilma, até por coerência administrativa, em breve vai defenestrar o Jobim do seu ministério, pois não é possível um Ministro que ocupa a sensível Pasta da Defesa ficar dando exemplos de falta de lealdade e de desrespeito a hierarquia para com a dirigente máxima do país.

    A demissão do Jobim é mera questão de tempo, acho que ele não chega até o final deste ano no governo.

    Quanto a gestão técnica/gerencial da Dilma, não há o que reclamar, pois todos sabiamos que ela não tem a vivência, formação sindical e o carisma político do ex-presidente Lula. Tá de muito bom tamanho a forma como tem conduzido sua gestão, é manter o país no rumo do mesmo governo do qual ela fez parte.

    Quem não estiver gostando da maneira da Dilma governar, que faça um simples exercício do que estaria acontecendo no Brasil caso o tucano José Serra tivesse sido eleito presidente em 2010.

    Digo e repito, estou muito satisfeito com os rumos e a maneira da Dilma governar nosso país.

    Além disso, não se esqueçam, nosso ” Pelé político “, o ex-presdiente Lula está no nosso banco de reservas, se preciso ele entra em campo de novo em 2014. O que importa é a continuidade e consolidação do atual projeto político e economico/social do Brasil.

    O resto é marolinha da mídia demo/tucana.

    • Amigo, concordo.
      Acho que ele está cansado.
      Mas, quer ser demitido sem justa causa, para receber “os direito”.

      Embora aí a causa fosse justa, “os direito” dele seriam bem grandes:
      – benefícios políticos em causa própria com a exploração que a mídia faria ( as reportagens sobre o escândalo já devem até estar prontas) e
      – benefícios para Serra et bandus, (já dá para imaginar), com exposição na mídia em solidariedade, acusações e o escambau à quatro.

    • “do que estaria acontecendo no Brasil caso o tucano José Serra tivesse sido eleito presidente em 2010.”

      Vamos ver.

      Serra anunciaria um corte de 50 Bilhões no orçamento toda a imprensa e blogosfera o apoia vendendo a idéia de grande administrador.

      A tragédia no Rio de Janeiro, Serra não se da o trabalho de visitar a região e ninguém cobra qualquer ação sua no caso.

      Na votação do salário minimo, o governo não dando nenhum aumento, toda a militância progressista o apoia pelo “bem” do país.Ate elogios de sua qrande responsabilidade.

      Na votação do código florestal seu lider no congresso ameaça o congresso que se o projeto for votado sera uma vergonha e haverá retaliações, Aldo Rabelo “some” por 14 horas no dia que seria votado o código.
      Ninguem estranha a casa civil nunca ter ouvido o relator do código florestal mas a ex canditada Marina Silva é ouvida a qualquer hora sobre o assunto.

      Ministro da casa civil de Serra tem seu patrimônio aumentado em 20 vezes e todo mundo acha normal, a denuncia parece partir do próprio PSDB.

      Mesmo apos meses de sua posse não tem o governo e cargos preenchios por causa dos partidos que o apoiam não se entenderem, toda a blogosfera o apoia contra o que chamam de herança dos governos passados que tornaram o estado em fisiologista.

      A imprensa denuncia o ministro dos transportes, o presidente o demite e promete uma limpeza na pasta dos transportes, a blogosfera passa a elegiar sua “faxina” na corrupção.

      E assim podemos ir comparando “se Serra fosse presidente”.

      • “E assim podemos ir comparando “se Serra fosse presidente”. Como você é inteligente.

        O que é isso? Um tratado do “despropósito”?

        • Não Marcos apenas comparei as ações de Dilma fosse feita por Serra o comportamento dos progressistas e da imprensa seria outro( o fim do mundo).

  • Tenho uma profunda admiração por Dilma,portanto,em relação a ela digo sem medo de estar tomando uma posição temeraria,que ela faz o que for melhor para o pais e estou profundamente convicto disso.Quanto a Jobim,o mais ético(se ele soubesse o que é etica),depois de ter dito que votou em Serra e não em Dilma,era pegar o boné e se mandar para Santa Maria,quietinho.Mas para quem passou a vida dando uma banana para a moral e para a etica,Jobim se manterá no cargo,até que seja convidado a pedir demissão,o que não vai demorar muito.

    • Esse ministro é conhecido como fraudador da Constituição.
      Precisa dizer mais alguma coisa.
      Fraudador no ministério da Defesa. Poooooooooooooooode?

  • O que o Jobim precisa fazer para cair? Matar criança?

    Eu acho que quem não chora não mama. A oposição e a mídia não param de chorar suas picuinhas e vão recebendo um agrado aqui, uma concessão ali, uma agenda que os incomoda não sai da gaveta, para não aumentar o choro.

    Os aliados fisiológicos choram mais ainda. O PMDB é o rei do berreiro. Até o PR se acha no direito de berrar pela teta perdida nas falcatruas descobertas. E com isso conseguem seus afagos do governo.

    A “classe artística” – que acha que a produção de Cultura é um privilégio de tal classe” iluminada” e que caberia à “plebe ignara” apenas aplaudi-los – chorou tanto que conseguiu mudar completamente os rumos de um dos mais bem-sucedidos ministérios do governo Lula.

    Os bandidos endinheirados, especialmente certo orelhudo financiador de caixa 2, choraram tanto contra a PF republicana que conseguiram ninguém menos que José Eduardo Cardozo (aquele que orelhudo levou para passear na Itália) para controlar as rédeas da PF (que anda quietinha, quietinha).

    O Mercado chorou e ganhou o Palocci que, felizmente, já caiu. Mas a política macroeconômica continua conservadora e os riscos de desindustrialização continuam altos.

    O que eu acho é o seguinte: se os apoiadores ideológicos do governo e a esquerda em geral querem que o governo faça política esquerda, então eles precisam chorar também! Se os reacionários ficarem sozinhos pressionando o governo certamente eles vão conseguir empurrar o governo para a direção que querem. O pior que podemos fazer agora é nos calarmos.

    Quem quer que o governo dê certo precisa reclamar contra o que está errado nele.

  • Prezado Eduardo,

    …difícil perceber qual é o limite político desse pragmatismo de Lula e Dilma…

    … cabe especular sobre os motivos e meios que o ministro tem… de qualquer forma, a prudência sugere que ele saia do governo… pois ficando, se transforma em um idiota útil… saindo, em um idiota descartável…

  • É injustificável manter um SUBORDINADO que desconfia tanto da competência do SUPERIOR ao ponto de haver votado em outro E AINDA DECLARA ISSO PUBLICAMENTE.

    Não é a primeira vez que Jobim faz declarações constrangedoras ao governo, mas essa é particularmente humilhante à própria Dilma.

    Uma inversão surreal quando se trata de um Presidente e o chefe de seu dispositivo militar na qual o subordinado se pudesse trocaria seu chefe.

    Ao que parece não é Lula e nem o PMDB que garante Jobim, mas sim o estamento militar que nunca se coloca sob o comando civil.

    Pobre Brasil.

  • Desde o início de 2011 é claro a tática do maior grupo de oposição(Grande Midia ou PIG) a este governo e do projeto que se instalou desde 2002.

    Criar uma cisão entre Lula e Dilma, isso é claríssimo, fico pensando como pessoas esclarecidas ainda compram essa ideia de que Lula ou Dilma vá entrar nessa.

    Claro que a intriga é uma coisa perigosa e vai comendo pela beradas até acertar no que interessa. No caso a estrategia é ir colocando no inconsciente da opinião publica a desconstrução da imagem politica do maior e mais festejado presidente brasileiro, Lula.

    Toda materia do maior jornal, por impressão, do Rio que tenha alguma elogio de Dilma, vem uma critica no curso da matéria a Lula, toda vez que anuncia uma denuncia seja de que politico for mesmo não criticando Dilma, pode ser de algum outro partido ate de oposição, vem uma critica a Lula, é todas no cravo com ele.

    Agora, quem tem que rebater essa estratégia, somos nós que votamos em Dilma pelo projeto Lula e queremos continuar com esse projeto.Como faço no meio de quem convivo.

  • Bem estamos falando de política logo a declaração de Jobim tem endereço .
    O PMDB sempre se preocupa em estar bem com os 2 lados,esta declaração faz com que o PMDB de SP tenha em uma provável aliança com Alkimim o candidato a vice prefeitura de SP.

  • Se a President”A” em quem votei não demitir esta figura nefasta não terá mais meu voto. Fraqueza não combina com estadista.

  • Só o Jobim não sabe que dar o ministério da defesa para ele, foi a melhor forma de isola-lo do governo. A milicada só o aguenta por que tem medo que um petista mais afoito assuma seu lugar. E eles tenham que bater continência para mais um barbudinhi.

  • É melhor deixar um “pavão” nesse ministério, do que colocar outro do PMDB que venha a ter outras aspirações ou, até mesmo, vícios piores. Esse já está controlado há anos e não oferece riscos, apenas ten-se que aguentar a sua fanfarronice de vez em quando. Agora! A sugestão dada por um leitor chega às raias do sadismo e não apresenta um mínimo traço de humanidade, tanto que até eu fiquei com pena da criatura; mandar o Jobim ser assessor do Serra não se deseja nem ao pior inimigo.

  • O mais importante, na minha opinião, é que em 2014 irão se juntar o pragmatismo e a firmeza do governo Dilma com relação a qualquer tipo de corrupção (aceitos até pelo PIG) com o carisma, a liderança e a força política do Lula.
    A aliança dos dois será invencível.

  • Mr. Jobim, o us*-moleque de recados votou no Serra? Ótimo. Agora, sua permanência nas administrações Lula e Dilma é um mistério. Ele vive a criar constrangimentos ao governo, e… continua lá. Sem fazer comparações com as circunstâncias, lembro que Pinochet foi nomeado chefe do Exército chileno por Salvador Allende. E deu no que deu.
    *us= united states.

  • Edu, dada a desigualdade brutal da nossa midia, qdo vc critica a Dilma vc está automaticamente fazendo o jogo da midia, pois 99% da nossa midia é de direita, e ecoará somente o que lhes interessa. E aí vc da municao para seus inimigos.

  • Eduardo,

    Acredito que as declarações do brilhante Jobim, que conseguiu acabar com o “caos aéreo” sem fazer nada, é mais uma tentativa de acirrar os ânimos da militância, entre os indignados que querem sua saída e os que acham que é melhor deixar o cara lá fazendo de conta que manda alguma coisa. Se dependesse de mim ele nem teria entrado, mas não podemos fazer o joguinho deles. Podemos até bater cabeça algumas vezes, mas na hora que for preciso, temos que nos unir, mesmo que engolindo alguns sapos… e ben grande.

  • tinha dado uns temos nas postagens, Dilma estava indo para um caminho que eu não aprovava, não foi o que tinha escolhido em 2010, isso é decepcionante e muitas coisas ainda continuam, bem como por ideologia de esquerda, como as comunicações, como os arquivos da ditadura. Isso não me fará deixar de ser petista, mas sim contestador ja que Dilma eleita é do pt, votei nela.

    limpeza ate lula faria, bastava O PIG atacar como atacou , só que com lula seria mais explosivo, mas polêmico, Continua achando que Dilma não trata os militantes com atenção que merecida. E agora vem a não prévias no pt? Lula que me desculpe mas as previas são fundamentais

    • Pois é p vc ver, Lula quer repetir a prefeitura de BH: Marcio LAMERDA com algum boneco do PT de vice, e eu pergunto BH merece isso? É um absurdo ter PATRUS, um politico IRREPREENSIVEL em Minas e ele não ser nosso candidadto à prefeitura (e depois governador), eu considero isso a maior falta de respeito de Lula conosco e será a pá de cal do PT mineiro, que já está moribundo e com essa agora é o chute na bunda que faltava.

  • Isso é uma pouca-vergonha. O Brasil tem uma perspectiva de ser uma potência continental, o que demandaria uma estratégia de defesa muito além da capacidade desse Jobim. Ele é um sujeito absolutamente despreparado sob todo e qualquer ponto de vista.

    Jobim não passa de um bestalhão, que adora se fantasiar de milico (vergonha alheia). Além de tudo é quinta coluna, traíra mesmo (ou X9). Ora, francamente, não ha explicação para manter esse palhaço de ministro.

  • “O diabo é que a militância é a caixa de ressonância na sociedade. No curto prazo, não deve haver maior problema. Mas essa militância que foi tão requerida durante o governo Lula pode ser de novo lá na frente e, então, pode ter se dividido profunda e irremediavelmente. A economia terá que continuar bem forte, pois.”

    Venho batendo nesta tecla há tempos,o Lula voltou a cena politica tentando segurar esta debandada.O cambio e juros são o calcanhar de aquiles deste governo,se houver uma crise,este governo tera que optar por uma agenda que agrade setores da esquerda ou direita,não haverá meio termo,e terá uma oposição de ou outro lado bem contundente.E tem gente falando de estratégia,qual?onde?para que?

    • Otavianni, CALMA! Eu, voce, muitos, não entendemos qual é a estratégia, mas veja que isso, o fato de não entendermos, só mostra nossa incapacidade intelectual entende? Os iluminados recorrem à essa alegada estratégia sempre que Dilma pisa com força no tomate, e com ares de sábios orientais nos dizem sobre a profundidade e ininteligivel astúcia de Dilma ao pisar no tomate e em nossas esperanças, façamos pois o que nos MANDAM, acreditemos e acima de tudo façamos reverencia à sabedoria dos iluminados e oremos!

  • Concordo com o Donizeti.

    Não nos comportemos como caixa de ressonância dessa velha mídia partidariamente seletiva que está aí, preocupada em propalar intrigas ou críticas dos partidos ou políticos adversários, e ao mesmo tempo minimizar ou até esconder as falcatruas dos partidos que apóia.

    Não incentivemos esse jogo desonesto.

  • Caro Edu.
    Acho que fica mal para o Jobim. Se não votou, prefere o Serra, tem saudades do FHC, está cercado por “idiotas e incompetentes”, o que que ele está fazendo lá? É assim que o povão pensa.
    Abraços.

  • Eduardo, digo e repito que a presidenta não pode confiar sua interlocução com a sociedade ao PIG. Cadê a comunicação social do governo?

    Cadê a simplificidade de um site simples, objetivo, mas poderoso?

    Se eu quiser saber, de maneira simples, objetiva, mas estruturada (dividida por campos de atuação – educação, saúde etc) o que o governo Dilma está fazendo, onde encontro? Onde a classe média encontra?

    Desculpe-me, presidenta, mas sua área de comunicação é fraca.

  • Você só pode estar brincando! Não há maneira de se condierar que foi boa para Dilma a decalaração daquele canalha : Foi péssima! Afinal, ele é um SUBORDINADO E HIERARQUICAMENTE DEVE RESPEITO E OBEDIÊNCIA À SUA CHEFE, ALÉM DE TER QUE MANTER O DECORO COMPATÍVEL COM O EXERCÍCIO DA FUNÇÃO PÚBLICA, MOTIVOS MAIS QUE SUFICIENTES PARA OBRIGAREM-NO A FICAR CALADO E NÃO DECLARAR EM PÚBLICO SUAS PREFRÊNCIAS POLÍTICAS, QUE VÃO DE ENCONTRO AO GOVERNO NO QUAL EXERCE UM CARGO DE CONFIANÇA(JOBIM NÃO É CONCURSADO!), PORTANTO DE LIVRE NOMEAÇÃO E EXONERAÇÃO. DIANTE DE TAMANHA INDISCIPLINA PRATICADA POR JOBIM, COM A CLARA INTENÇÃO DE DESMORALIZAR SUA CHEFE, DILMA SÓ TEM UMA SAÍDA : BOTÁ-LO NA RUA! Aliás, ele já devia estar demitido agora. Não tem conversa! Afinal, ela precisa mostrar quem manda, esse sujeitinho já extrapola, e não é de hoje, a paciência com suas molecagens(ou alguém esqueceu-se dos documentos, publicados pelo Wikileaks, que mostram Jobim encontrando-se com os estadunidenses, durante o Governo Lula, e falando mal do Governo e do grande brasileiro Samuel Pinheiro Guimarães? Ou da última palhaçada dele, na festa de aniversário do canalha FHC, em que declarou viver cercado “por idiotas”, numa referência direta ao governo para o qual trabalha). Outra coisa : Jobim não é uma imposição do PMDB(apesar de filiado ao partido, ele é tucano e serrista na alma). Ele é uma imposição direta da classe dominante e da mídia que a representa, sem a intermediação de partidos, enfiado goela abaixo do Governo Lula durante a palhaçada do “caos aéreo”(na verdade, mais uma pirotecnia da mídia para tentar sabotar Lula), quando subistituiu um dos homens mais honrados deste país, o ex-Ministro da Defesa Waldir Pires, homem tão superior a Jobim que o “tucanoa enrustido” não é digno nem de lamber-lhe as botas. Não interessa se é uma armadilha midiática : suspeito que Jobim, diante dos fortes rumores que correm sobre sua saída já há um mês, armou essa, juntamente com a mídia, para “sair como vítima” em sua demissão, a qual seria construída pela mídia como punição “ao livre direito de expressão do Ministro”, inflando mais um dos tantos pseudoescândalos, justamente quando a palhaçada do Ministério dos Transportes começa a perder força, criando mais um foco para desviar as atenções das ações positivas do Governo Dilma, que está às vésperas de lançar o Programa de Estímulo à Industrialziação, política desenvolvimentista mais que necessária neste país. Não interessa nada disso, pior do que permitir-se a consecução desse plano bastante possível, é a desmoralização da Presidenta(essa sim poderia ter impacto negativo junto ao povão). Quanto à burrice de Dilma em pautar-se pelo denuncismo da mídia : parece que a Presidenta só perceberá a tolice que faz; dando ênfase a denúncias vazias, nas quais é negado o direito de defesa dos acusados e muitas vezes nem existem provas; quando elas vierem a atingir seu Governo de forma mais impactante. Torço para que não ocorra, mas Dilma contribui, respaldando o espetáculo midiático, baseado em denúncias mentirosas ou em problemas comuns que, na administração pública e também na esfera privada, acontecem periodicamente e devem restringir sua solução aos órgãos internos de ficalização e controle. Por sinal, esse problemas acontecem, com intensidade ainda maior devido à garantia do silêncio midiático, nos governos do PSDB e não são denunciados pela mídia(sobre isso, mais uma vze reafirmo que devemos começar a reverberar as denúncias contra os tucanos, só assim levaremos as pessoas a refletirem sobre o porquê delas não aprecerem na mídia conservadora). E sobre a divisão da militância : achoa-a bastante possível de acontecer, aliás parece já estar acontecendo, mas atribuo a causa maior à fraqueza que a Presidenta mostra diante dos conservadores; sentou em cima da Lei dos Medyos e pretende entregar o PNBL às multinacionais da telefonia, sem contar a sua já citada mania de seguir a pauta denuncista da mídia. Para recuperá-la, bastará a Dilma ser Dilma, ou seja, ser o que sempre se esperou dela. Uma mulher combativa, guerreira, que denuncie o golpismo midiático e mostre aos brasileiros todas as realizações de sua administração que são escondidas pela ditadura midiática.

  • Jobim e Serra se merecem. Um completa o outro. Se o Jobim fosse tão competente como ele se “acha”, possivelmente já teria sido ventilado ou saído candidato a presidência da República. Está mais do que na hora da presidente Dilma demitir esse incompetente.

  • Vamos largar de tricas e futricas. Devemos julgar um ministro pela sua competência ou por ter votado em A ou B? Já votei em Orestes Quércia, Mário Covas, Franco Montoro, FHC e hoje sou ferrenho defensor de Dilma Roussef. Esse patrulhamento ideológico é coisa de terceiro mundo, passado que já devíamos ter esquecido. Não importa em quem votou Nelson Jobim: não podemos nos esquecer que ele prestou inestimável serviço ao governo Lula e ao país. Seu antecessor, Valdir Pires, foi fritado pelo PIG em razão do factóide “caos aéreo”. Jobim poderia estar gozando merecida aposentadoria nos pampas, tomando chimarrão junto com a família. Aceitou o desafio de garantir a governabilidade petista e botar ordem na Anac e na Infraero. Cumpriu perfeitamente a missão que lhe foi confiada e é digno do nosso respeito. Se tivesse votado no Tiririca, nem por isso deixaria de cumprimentá-lo pelo seu trabalho no Ministério da Defesa. Não nos deixemos embalar pela vã loquacidade do PIG.

  • Acho que essas declarações do Ministro Jobim depõem muito contra ele mesmo. Considero um tanto duvidoso o caráter de quem aceita um cargo de alguém em quem não confia seu próprio voto. Mais duvidoso ainda quando faz declarações desabonadoras a colegas de trabalho. Ninguém é obrigado a conviver com idiotas em ministério algum, basta renunciar. A menos que também seja um deles. A sua manutenção no cargo deve ser por questões delicadas, que exijam um preparo cuidadoso para não provocar reações inconvenientes. O próprio Lula teve que engolir muito sapo para não sofrer um golpe em 2006. Penso que Dilma está agora em momento delicado, reorganizando o governo. Quando estiver tudo em seus devidos lugares, duvido que esse ministro impertinente, presunçoso e boquirroto se mantenha no governo.

  • Penso que Jobin procura estabelecer uma crise entre Dilma e o PMDB,seu pseudo partido,porque após a desastrosa declaração,fica evidente que ele um tucano de bico menor que a língua.No PMDB existem setores,(principalmente após Temer ter demostrado que adora andar de dedo em riste),que adorariam uma ruptura.Dilma sabe o que faz.Menos chances tem a mídia vendida, conseguir intrigar Dilma com Lula.Isso é mais do que improvável.Sabemos do que são capazes.Nós da militância,não deixaremos,por maior que seja o reclame,de apoiar Dilma,até porque,ela nada fez que a desabonasse…salvo ter que engolir,não sei porque razão, esse estrangeiro na defesa.

  • O filho -legítimo- do FHC, que foge dos holofotes, parece que é responsável por uma revista elitista, direcionada aos grandes empresários, pois não se vende em bancas.

    • Eu compreendo o sujeito, eu também fugiria dos holofotes se fosse filho do DOADOR MOR SORBÔNICO, já pensou que cruz pesada ser filho do presidente mais odiado do país, mais até que qualquer presidente general? Isso realmente é um karma doloroso de se carregar. Mas o importante é ter saúde né…

  • A decisão de se recorrer ao STJ pedindo a ilgalidade da greve dos servidores técnico administrativos das Universidades Federais amplia, e muito, essa insatisfação. Já era absurdo a posição de não negociar com categorias em greve mas criminalizar um movimento social é inaceitável.

  • O presidente Lula quando assumiu a presidência manteve o presidente do BC,Henrrique Meireles,ninguém tinha dúvidas na época em quem ele havia votado.
    O verdadeiro estadista deve escolher seus colaboradores independentemene do voto,afinal o voto é secreto e um direito universal e,sim,pelo que pode fazer pelo país e, Henrique Meireles, cumpriu o seu papel. Nunca perguntei em quem os meus amigos votaram,nem por isso deixei de conviver com eles.
    Sei que posso desagradar alguns,mas por pior que seja o ministro Jobim,apesar de seu voto ter sido no “mais preparado”,ele encaminhou bem o Plano estratégico nacional de defesa,confesso que não vou muito com a cara do Jobim,mas tenho que admitir que ele ajudou em muito a implementação de tal plano, devido o seu trânsito nas diversas esferas do governo,em quem ele votou é problema dele.
    Com relação às denuncias no ministério dos transportes,é indiscutível a necessidade de se promover uma limpeza,até porque as instituições estão funcionando,o TCU,o ministério público,e demais orgãos de controle estão cumprindo o seu papel graças a isenção do governo federal e principalmente o apoio na apuração dos fatos,o que não ocorria antes.Quanto a militância acredito que não exista divisão e,sim,discusão, o que é salutar,a militância já demonstrou que é nas horas difíceis que ela mostra o seu valor.
    O povo,ah!! o povo,nunca esteve com a auto-estima tão elevada,nos últimos 8 anos sua vida melhorou e,a tendência é melhorar mais,teremos a copa do mundo,as olimpíadas,estamos no pleno emprego e o governo está alerta em relação à crise economica internacional.
    Portanto não acho que a nossa presidenta seja fraca politicamente,muito menos que não saiba escolher seus colaboradores,alguém que passou pelo que a nossa presidenta passou,não pode ser considerada fraca,ela apenas iniciou o seu governo e já mostrou do que é capaz.

    “Nunca me preocupei em perguntar aos meus amigos em quem eles votaram. Voto é uma coisa sagrada. É secreto. Cada pessoa vota do jeito que quer. Ele não foi convidado para meu governo pelo voto dele, mas pelo que ele queria fazer pelo Ministério da Defesa, afirmou Lula, ao lado de Jobim.”Toda denúncia surpreende. Porque se não surpreendesse, você já teria tomado a decisão antes. Acho que o importante é que, na medida em que existe uma denúncia, você investiga, apura. Se tiver inocente, pede desculpas

Deixe uma resposta