A próxima capa da Veja

Opinião do blog

Está cada vez mais difícil acreditar na Veja, para quem quer. Não bastando provas materiais e testemunhais de que seu repórter tentou invadir o domicílio de José Dirceu e a ausência de mísero indício de que ele se reunia com correligionários em um hotel de Brasília para fazer negociatas e conspirações, ela se porta como culpada e ele, como inocente.

O ex-ministro supostamente é o acusado. Ao menos para o grande público, que, ainda – eu disse ainda –, não ficou sabendo do que a revista andou aprontando. Dirceu, no papel de culpado, deveria estar fugindo da repercussão e a Veja, no papel de acusador, deveria estar surfando nela.

Exposta em bancas de jornais por todo país e tendo recebido alguma cobertura da grande mídia, a revista estaria em melhores condições para continuar a vender a sua denúncia do que Dirceu a dele. O que se esperaria, portanto, é que a Veja estivesse falante.

Não é o que se vê. Ontem, assisti a uma extensa reportagem da Record News sobre o caso. Uma matéria correta que contou com entrevista de José Dirceu, que desceu a lenha na Veja. Essa emissora foi o primeiro grande meio de comunicação a se somar à extensa cobertura de pequenos veículos que vem suprindo a afasia jornalística dos grandes.

Dirceu está em uma maratona de manifestações públicas sobre o caso, iniciada quando denunciou em seu blog que a Veja mandou alguém tentar invadir seu quarto de hotel. Nos últimos dias, porém, a frase mais repetida da política tem sido a de que a revista não irá comentar o assunto com a fila de veículos que se propõem a ouvir a sua versão dos fatos.

Claro que deve estar caçando alguma coisa para tentar “matar” o assunto em sua próxima edição. Veja procura algum indício que fortaleça a sua matéria. Está engendrando mais um editorial que tentará vender como reportagem. Necessita, desesperadamente, mudar uma pauta de discussão que cada nova negativa de se manifestar, incrementa.

A próxima capa da Veja, portanto, reveste-se de expressiva importância para o jogo político. O escândalo surdo que a envolve pode ter desdobramentos na postura do governo Dilma em relação à mídia – ou não, o que não deixará de ser um desdobramento político descomunal. A grande aposta é se a revista tentará mudar de assunto ou virar o jogo.

Façam as suas apostas, pois.

154 comments

  • caro Eduardo, acho que vc disse um monte de verdades, mas não tocou no principal. É verdade que a VEJA está isolada. Os demais veículos divulgaram mais a denúncia da revista contra Dirceu o que a denúncia de Dirceu contra ela, mas não está fazendo aquele escarcéu de costume. Isso é sinal de que a VEJA errou a mão e os veículos aliados estão quietos para não serem enredados. A mídia está torcendo para a matéria ser esquecida. Isso vc deixou claro. Eu acho que o governo não vai agir, ou reagir, com a lei de médios, como vc gostaria, por dois motivos: não tem força suficiente, e não vê urgência nisso.
    Não tem força porque a mídia forma uma grande cadeia global. A mídia local vai repercutir lá fora sua versão de que está sendo censurada. Isso é ruim para o governo. Não tem força porque muitos políticos da oposição e da base aliada possuem seus veículos de comunicação e seriam prejudicados por essa lei. O governo seria derrotado no congresso. E isso seria feio. Não vê urgência porque essa mídia tem alvejado o governo desde que Lula assumiu seu primeiro mandato e tem levado sovas desde então. Aqueles que querem acreditar na mídia, e são milhões, acreditam como ato de fé, ou por ódio do PT. Porém são uma fração daqueles que não ligam para o que a mídia diz. A sustentação do governo são suas realizações. Enquanto isso continuar, a mídia será derrotada. Quando o governo fracassar, será derrotado, mas não pela mídia, e sim pelos maus resultados colhidos.
    Consciente disso, o governo não vê urgência e vai comendo a mídia lentamente, pelas beiradas. O plano de banda larga e a pulverização das verbas de publicidade são tiros certeiras. O trabalho de vcs blogueiros “sujos” é precioso. Ao denunciar os exageros da mídia, vcs conscientizam milhões que antes estavam à mercê dos que a mídia falava. Isso retira credibilidade e poder de influenciar.
    Travada assim, a batalha é longa. Não será nocaute, será por pontos, mas a vitória é certa.

    • Concordo plenamente. Essa guerra é composta de várias pequenas batalhas que terão que ser travadas ao longo do tempo. O Edu faz parte de um posto avançado e que está travando algumas batalhas que fortalecerão o governo para vencer essa guerra. Tenhamos paciência e perseverança. Você não imagina a quantidade de ligações que ecebo para fazer assinatura do PIG e a minha resposta é sempre a mesma. Não quero assinar um periódico que mente e faz questão de fazer política. O dia que todos fizerem isso eles estarão mortos. O governo tem que secar a fonte de recursos fáceis da mídia.

    • alcides
      31/08/2011 • 01:29

      Concordo com o seu ponto de vista. O governo não tem força para aprovar a Ley de Médios, pois dentro do seu quintal estariam muitos dos prejudicados. Portanto segue sem fazer marola, ancorado no sucesso do momento econômico nacional. A oposição e a mídia estão sem bandeiras!

    • Alcides…………perfeita análise………..tô contigo……..ponto por pontoooooooo……….vitória da nação………..abraço

    • Faltou esclarecer por quê os políticos, da base ou da oposição, que possuem canais de TV seriam prejudicados, na sua visão, pela Ley de Medios.

      • Se não for a capa com o ” fradinho top top top”, que seria a ideal, então para disfarçar e não passar recibo, a próxima capa vai ser sobre os últimos avanços no campo da genética: uma bombástica reportagem sobre o inédito cruzamento de “uma ratazana e um tucano” e seu fantástico (epa!) filhote hibrido: a VEJA.

    • Um excelente contraponto ao pessimismo do Edu. Quando estrou otimista, penso exatamente assim. Mas a questão é: Ninguém consegue explicar porque uma democracia que caminha para a maturidade, como a brasileira, tem que conviver com uma mídia que não mudou nada desde da ditadura militar. Era poder e agora é oposição, mas continua no mesmíssimo formato oligopolizado.
      Acho que as causas apontadas pelo Alcides procedem, mas no fundo a explicação é aquela do Edu mesmo, medo do monstro

      • Concordo com voce Juliano, não podemos aceitar, em plena vigência de um Estado de Direito e de um regime político democrático, a existência e ações de uma midia que age como se estivesse acima de todas as demais instituições que compõe nossa sociedade e o Estado brasileiro, julgando-se inclusive acima da lei, pois não admite nenhum tipo de controle sobre seus atos tresloucados, como prova esta ” reportagem forjada ” da Veja contra o ex-Ministro José Dirceu e outras altas autoridades do governo Dilma, simplesmente acusadas de conspirarem contra a Presidenta da República !

        Se continuarmos a entender que tem que ser como essa mídia quer, que não podemos, nem adianta fazer nada, a sociedade brasileira vai continuar refém desses grupos de interesses (por que é isso que a mídia é, representa e defende), brandindo ao menor sinal de regular legalmente suas atividades a gritaria costumeira de: censura, ataque contra a liberdade de expressão, etc.

        Não podemos aceitar como normal numa democracia, instituições à parte ou acima da própria lei, que todos devem observar e essa verdadeira “ditadura da mídia privada” e do pensamento único que os associados da ANJ da Sra. Judith Brito e do Instituto Milenium querem nos impor.

        A mídia conservadora e seu “modus operandi” é o último cadáver insepulto da ditadura brasileira, pois clamaram pelo golpe, apoiaram com recursos humanos e materiais o regime instalado, foram seu porta-vóz, é seu único instrumento de dominação da sociedade que sobreviveu intacto a seu queda e ainda não foi democratizado.

    • Brilhante análise, Alcides, calcada na realidade e na racionalidade, que enriquece o conteúdo e a contribuição deste blog para o aprimoramento da cidadania.
      Até os contrapontistas Christophe, Aliança Liberal e alucard, que não são bobos, concordam com a análise, apesar de tegirvesarem e, desesperadamente, apelarem para qualquer conversa fiada para não darem o braço a torcer. Como já deu pra notar, pelos posicionamentos deles diante de todos os fatos, eles tem um lado a defender, contrário à coerência intelectual e ao progresso social, mas sim a favor da manutenção do atraso viralatista que começou a ruir neste país com a internet e com os governos federais progressistas eleitos pelos cidadãos brasileiros cada vez melhor informados.
      Quanto mais falam (ou escrevem) diante dos fatos que vão acontecendo, mais eles se apequenam diante das pessoas cada vez melhor informadas, que vão descobrindo suas falácias. Não podemos negar que estão no direito deles e este espaço é democrático, diferente daqueles de seus gurus Reinaldo&Augusto Veja Azevedo&Nunes, onde comentários contrários são excluídos.
      Entretanto, a continuarem assim tripudiando da capacidade intelectual dos frequentadores deste blog, Christophe&AliançaLiberal&alucard logo serão ignorados e seus comentários sequer serão replicados.

      • EDU neste momento na tribuna do Senado o lider do PSDB Duarte Nogueira está descendo a lenha no Paulo Bernardo, na Gleisi, na Ideli, nos ministros saídos, dizz que não houve faxina nenhuma e desce a lenha na Dilma e ainda coloca uma cerejinha chamando-a de ditadora porque não recebeu um procurador em audiencia. AH e também tece loas ao PSDB que é um partido que LUTA PELA EDUCACAO e pelo PRONATEC que se vota hoje. Será que alguem do PT em coma vai subir à tribuna e defender o governo e a Dilma? Duvido mas vou continuar acompanhando.

      • Meu prazo, de mero eleitor, é 31 de dezembro prá nossa Presidenta, que apoio e em quem votei e ajudei a eleger-se, aja pela democratização da Comunicação. Depois disso meu apoio será relativo, a ela. Sempre contra a direita golpista, mas nunca suportar a ditadura das seis ou sete famiglias, compreendem?
        Eu quero que a Dilma se deixe contamine com com a coragem da Cristina Kirschner, que já ganhou a eleição. Peço muito ou temosalgum rabo-preso, Presidenta?

    • Muito articulado e inteligente, mas, me parece, excessivamente otimista. Sabe aquele time que vai jogando, tocando a bola, achando que vai ganhar a qualquer momento e quando bem entender? Pois a certa altura toma um contra-ataque fulminante e com ele o mísero gol que decreta a vitória do adversário. O golpe “inesperado” desnorteia e já não há mais tempo para reagir. Dão-se conta de que esqueceram de combinar a vitória certa com o outro lado. “Comer pelas beiradas” às vezes dá nisso…

      • É o tal do salto alto: ´já ganhamos 3 vezes!!´ E se fiam nestas 3 vezes acreditando que o mundo as circunstancias e as pessoas são imutáveis. Só pra quem não conhece o ser humano, hoje estamos assim amanhã estamos assado…

    • Nossa, Alcides. Você expressou-se muito bem. concordo com a sua teoria, mas o que eu gostaria mesmo era ver essa velha mídia nocauteada.

  • Um dos efeitos desse desatino da veja foi que de repente muita gente se deu conta de que tudo que a mídia vem falando sobre o Zé Dirceu são deslavadas mentiras.
    Em concorridíssimo debate ontem à noite em Porto Alegre, num grande evento comemorativo do Cinquentenário do Movimento da Legalidade, promovido pelo Governo do RGS, PHA e Brizola Neto falaram sobre o episódio do Hotel Naoum e sobre a necessidade de se retomar a Rede da Legalidade para lutar contra a ditadura midiática. Foram ovacionados.

  • Aumenta o clima para a reedicao do cansei. A proxima capa da Veja pode ir tambem por esse lado. A absolvicao de Jaqueline Roriz e um componente importante no momento e creio que sera aproveitado.
    No episodio Ze Dirceu nao acredito em desdobramentos mais contundentes ou alguma acao por parte de Dilma. Posso estar enganado mas o Ze Dirceu nao angaria muita simpatia ate dentro do PT ou em setores da esquerda. Para o senso comum ele e culpado e politicos costumam se afastar publicamente de pessoas estigmatizadas. Sao os seus proprios interesses primeiro e nao ha espaco para solidariedade senao muito discreta.

    • Jose Carlos Barbosa
      31/08/2011 • 02:26
      Creio que você não tem muita razão para afirmar que o Zé Dirceu não é bem querido no seio do PT.
      Ele continua sendo uma voz ativa e respeitada pela base. Alguns não gostam dele pelo fato da sua postura. É mandão, altivo, e isso não cai bem nos mais humildes da “tropa”.
      É um leão lutador. Só será condenado no supremo se forças maiores entrarem no processo. Não há provas contra ele. Tudo está no “achismo”.

    • Ainda sobre a capa da Veja , imagino que se escolher o tema da corrupcao e moralidade talvez nos brinde com a verdade historica de que no Brasil quem sempre teve ligacao estreita com falcatruas nunca foi o PT ou a esquerda , mas muito mais estes que hoje tentam , num exercicio de hipocrisia como nunca se viu tomar para si o conhecido discurso que costumava eleger demagogos.

      http://www.lei9840.org.br/politicoscassadosdossie.pdf

      http://advivo.com.br/blog/luisnassif/o-ranking-da-cassacao

      O ranking da cassação
      Enviado por luisnassif, qui, 13/05/2010 – 15:22
      Por Marcos RTI

      O balanço foi divulgado nesta quinta-feira pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE)
      De O Globo Online
      Desde 2000, 623 políticos foram cassados. DEM lidera ranking

      RIO – De 2000 até agora, 623 políticos tiveram o mandato cassado por denúncias de corrupção.
      lanço foi divulgado nesta quinta-feira pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e não inclui políticos que perderam cargos em virtude de condenações criminais.

      Dos 623 que foram cassados, quatro eram governadores e vices: Flamarion Portela, de Roraima, e Cássio Cunha Lima, da Paraíba, mantido no cargo por força de liminar do TSE. Os demais são senadores e suplentes (seis), deputados federais (oito), deputados distritais (13), prefeitos e vices (508) e vereadores (84).

      De acordo com a pesquisa, o DEM é o partido que lidera o ranking (69), reunindo 20,4% dos políticos cassados. O PMDB (66) aparece logo depois, seguido por PSDB (58), PP (26), PTB (24), PDT (23), PR (17), PPS (14) e PT (10). Na última posição está o PV (1), empatado com PHS, Prona, PRP e PSD.

      No ranking dos estados, Minas é que concentra o maior número de cassações (71), o equivalente a 11% do total. Em seguida, vem Rio Grande do Norte (60), São Paulo (55) e Bahia (54). O Rio de Janeiro está na 12ª posição, com 18 cassações neste período.

      A pesquisa ressalta que o número de cassações pode aumentar. De acordo com o movimento, outros 1,1 mil processos relativos às eleições de 2006 ainda estão em tramitação e podem levar à perda de mandatos.

    • PS Nao que isso isente o PT dos erros que comete. So e preciso lembrar que os moralistas de hoje estao mais para oportunistas. Nao e desse modo que veremos esse pais livre desse cancer.

  • Tem muita capa pra passar por baixo da ponte.

    A absolvição da Jaqueline Roriz., Edu deve estar feliz 265 deputados federais cúmplices de corrupção, já é um começo não é.

    A Morte de Fidel Castro (não ele não morreu, mas esta na uti).

    E dentro do partido eles confirmam a versão da veja, agora não sei em quem acreditar no PT ou nos blogs ditos “progressistas”.

    Ó duvida cruel. Qual versão dos fatos é verdadeira.

    • E dentro do partido eles confirmam a versão da veja, agora não sei em quem acreditar no PT ou nos blogs ditos “progressistas”.

      Esse tipo de mentira, citando fatos inexistentes como se fossem informações de coxia é típico da Veja e do PIG em geral. Uma forma padronizada de enganar as pessoas.

      Cada vez mais as ações desse troll provam tratar-se de trollagem profissional.

      Já que a Veja não tem provas das suas afirmaç~]es mentirosas, pagam os call-centers para plantarem que “dentro do PT” estão falando o mesmo que a revista diz.

      Mentira safada e sem vergonha.

      • Essa direita anti-Lula quer falar dos outros e não olha o próprio rabo. Ontem recebi um email : ” Vejam José Rainha, vereador do PT, agredindo repórter do SBT ! “. Dei uma olhada no vídeo e era aquele em que um tal político DO DEM ( ! ), conhecido como ” Kirrarinha ” dá um tabefe na cara de uma repórter do SBT. Ou seja, nada a ver com o Zé Rainha, que também não é verador do PT coisa nenhuma. Mas pra quem ouve a repórter se referindo a ” kirrarinha “, pode acabar de confundindo e achando ser mesmo um ” vereador do PT “. Ou seja, essa turma dos Lulafóbicos é doente !

      • Ruy , vc participa da vida partidária, é filiado em algum partido?
        Vai na camara municipal?
        Vai no orçamento partticipativo?
        Tem algum contato com o prefeito eou vereadores da sua cidade.
        Tem alguma ação politica que não seja conversa “de bar”.
        Se for sim que bom fico feliz com isso, senão o que esta esperando, faz assim vai em uma reunião do PT-PTB.
        ……………
        Existem varios “PTs”, assim como varios “PSDBs” “PTBs”etc as correntes internas são piores que a oposição de outros partidos. A DS se comporta por exemplo como um partido independente dentro do PT com orçamento exclusivo e ações e discursos aparte, uma atitude de superioridade perante os outros petistas “genéricos”.
        ……….
        Quando vc acusa eu ou outros de receber por comentar , vc assim esta julgando a si próprio como se vc é que recebesse.
        Outra acusa o PSDB de ter call center e creio que tenham mesmo, mas eu recebi telefonema foi do PT e não da oposição.
        Via passar na frente da minha loja, 2 veiculos de propaganda falando que Serra iria acabar com a bolsa familia que não ia dar aumento no salário minimo que ia acabar com os concursos publicos, e que irrocamente foi o que fez a Dilma.(salário e concursos)

        Estranho não mencionar os funcionários publicos municipais, estaduais e federais há serviço da campanha de Dilma durante o expediente usando veiculos da administração publica e pago com recursos do contribuinte, vc nunca menciona isso.

        • aliancaliberal
          31/08/2011 • 16:52
          Para quem diz que freqüenta partido vc fala muitas besteiras,compara partidos encostados com partidos,partidos de caciques vc diz que tem correntes.
          Dorme no seu comentário quem quer.

        • É ridículo, esse troll nem ao menos tem a hombridade de usar o próprio nome vem perguntar sobre a minha vida pessoal. Se fosse uma pessoa de verdade seria um moleque pusilânime.

          Como é um personagem para trollagem profissional, esse script representa uma cara de pau a toda prova.

          E ainda vem com mais um monte de mentiras, fingindo ser uma pessoa de verdade e não uma alcunha usada por um call-center de trollagem profissional.

          Inventa uma conversinha mole de que “tem loja”, diz que conhece mais que as outras pessoas, que viu isso e aquilo… TUDO MENTIRA.

          Conversa mole e mentira da grossa para tentar esconder o esquema de trollagem profissional do qual faz parte.

          • É troll mesmo.Ele e vários outro ,que aparecem por aqui,fizeram campanha sistemática contra Dilma nas eleições.De Lula,falavam como os “inteligentes seguidores da fedentina e do rei do lixo”.Está tudinho no Terra.Agora vem revestido de ética e finge interesse em solucionar os problemas do país.Trollagem pura.É brucutu e bem pago.Essa Veja está como os comentários trolls:DESESPERADOS.Mas uma coisa eu não consigo entender.Em que país eles vivem?Que ganham com o atraso do povo brasileiro?Qual seus interesses?Se não gostam como está,coisa que nós também,por vezes,não aprovamos,não será falando mal de Lula…que é 100000000 melhor que qualquer outro dos seus…que farão a diferença.Lutem por reformas,ou sigam lendo a Veja…afinal,há palermas para tudo. LEY DOS MÉDIOS JÁ!!!!!!!! A Veja é caso de cadeia,pois é marginal e mentirosa.Abaixo a mídia golpista e manipuladora!Fora RT!Cala boca rede enGodo e afiliadinhos déspotas.Vocês encheram os bolsos e fizeram manipulação descarada na era da diadura.São cúmplices e se omitiram.Bela imprensa podre!

    • E tem quem acha que temas relevantes ao pais iria passar por este congresso.
      Espero que agora entenda porque Lula e Dilma não tem como mandar grandes reformas para serem votadas.
      Assim ou se entende o jogo da política,como numeros, votos, apoios ,maioria ou peça para alguem desenhar.
      Talvez a reforma política mude um pouco isto,pois com financiamento publico de campanha possamos ter menos industriais ,latifundiário.lobistas,centrão com seus caciques.
      Bem espero que muitos venham a entender o recado da absolvição da Roriz,passem a entender qual é luta e pare de cobrar apenas o PT e Dilma.quanto a reformas.
      quem fala em política, tem que saber no mínimo qual apoio tem para o projeto cobrado,oque cada partido e político pensa e vota quanto ao tema.
      um congresso que não aprova a lei do trabalho escravo,iria votar a lei dos medios ?

    • Esse reacionário Aliança Liberal mente pra si mesmo e mente descaradamente aqui como se fosse na Folha no Estadão ou outro forum de pessoas desinformadas e sem argumentos que apenas vociferam suas vontades como se fossem idéias pensantes.
      Ele sabe muito bem que a Jaqueline e seu pai Roriz sempre foram desde nascença inimigos mortais do PT¨e dos progressistas. Corruptos eles sempre foram e se hoje pertencem à oposição corrupta antes eram dos governos corruptos do Roriz e Arruda, todos bem afinados com os ideais aqui frequentemente expressos pelo Aliança Liberal.
      Reafirmo que eles são da turma apoiada de fato pelo Aliança Liberal, assim como esses 265 parlamentares que votaram contra a cassação.
      Os partidos progressistas devem estar somados aos 166 votos pela cassação, estes sim apoiados pelo Eduardo Guimarães e pela maioria dos comentaristas deste blog.

    • Seu hipócrita, como você pode dizer que os deputados que votaram pela não-cassação da jaqueline eram do governo? Se o voto é secreto, como você possui essa informação? Foi por que seu ídolo RA está vomitando isso? Ou você possui informações privilegiadas que ninguém mais possui? Quero lembrar a você que a coligação da Jaqueline Roriz é formada por DEM, PSDB, e os partidos de oposição. Hipócrita…

    • Ô rapá, quem andava com Arruda (padrinho de Jaqueline) não era o PT não, viu? Era a cambada neoliberal, A propósito aí vai um link de um blog, impresso poucos dias antes da eclesão do panetonegate, dando conta de um seminário do DEM em Natal, onde aparece Arruda de braços com Agripino, Rosalba, Kassab e Micarla, entre outros. http://www.sneri.blog.br/?p=7410

  • A próxima capa da VEJA vai apontar o que se torna cada vez mais notório TEMOS UM BANDO DE PICARETAS NO PARLAMENTO! Crime pretérito não é crime!

    Tudo por conta da “absolvição” da proba deputada Jaqueline Roriz e que por sua vez é a filhota do honesto ex-governador Joaquim Roriz!

  • A basear-se na prática do porta-voz da veja, o Rei do Esgoto (que também responde pela alcunha de Azevedo), a revista silenciará sobre o assunto em uma ou duas edições. Foi assim com outros “escândalos” fabricados, como o dinheiro de Cuba para a campanha de Lula; o grampo forjado entre veja, Gilmar Mendes e um senador; entre tantos exemplos.
    O próprio blogueiro da veja tem “esquecido” assuntos que antes tratou com sensacionalismo e aquele jargão de bordel que o caracteriza:
    1 – O governo de Honduras admite que houve um golpe de Estado em 2009, contrariando tudo que o Rei do Esgoto escreveu durante semanas. Ele não comenta o assunto, como se nunca tivesse existido;
    2 – O governo de Israel admite ter usado fósforo branco, arma química proibida por convenções internacionais, contra palestinos; o cão-de-guarda cala-se;
    3 – O governo da Grã-Bretanha admite causas sociais nas recentes revoltas em várias cidades; o “jornalista” que havia recomendado o uso do “cassetete democrático” (inspirado nos métodos de Serra contra grevistas, inclusive da polícia civil), fica na moita;
    4 – 300 mil pessoas vão às ruas, em 6 de agosto, em Israel, clamando por Democracia; nem uma linha do “valente”;
    5 – O sistema neoliberal chileno é contestado por centenas de milhares, com greve geral e pelo menos um estudante morto pela repressão – o defensor do “cassetete democrático” também neste caso, muda de assunto;
    6 -Geraldo Alckmin irrita-se com o aumento da criminalidade em SP, onde delegados compravam titularidades de delegadas “rentáveis” (?) por 250 a 400 mil reais – onde está o “analista” do Esgoto?

    Menciono apenas alguns fatos que o elemento abordou com ênfase, quase histeria, cheio de “verdades”, para logo ser esmagado pelos fatos e fugir covardemente. A lista é interminável, conforme seus arquivos. O cara entende tanto de política que considerou Sarah Palin pouco menos que um gênio político (aquela que disse que a África é um grande país…) e Índio de Oliveira, ou de Campos, ou Xavier (ainda não memorizei o nome do grande líder…) iria virar o jogo pró-Serra em 2010…
    (Edú, se achar o tom meio ofensivo, garanto-lhe que é infinitamente mais cortês do que o usado pelo Rei do Esgoto, que zomba até do aspecto físico das pessoas. Talvez por considerar-se um belo especimen…)

  • Vc faz parecer que a Veja seja um aglomerado de inocentes, bobalhões, mal informados, e pirracentos.

    Do outro lado,políticos probos,acima de qualquer suspeita, homens honrados com reputação ilibada detentores da maior verdade e investidos da mais correta ambição de ajudar aos próximos.

    Falando nisto,o apto. não é o do Zé. Quem paga a conta é um escritório de advocacia, que sabe se lá pq paga.

    Deve ser para ajudar o Zé na luta em defesa dos mais necessitados no Brasil.

    Pois façam suas apostas.

    Em questão de honestidade ainda sou mais Veja que Zé.

      • Vc queria que eles dessem que nota:

        tipo assim:

        …Prezada Veja, sim, pagamos o quarto de Hotel para o ilustra cassado ex-deputado na capital federal, para que ele possa exercer plenamente sua atividade de lobista, nas quais temos grande interesses financeiros e econômicos.

        Sim liberamos tb o frigorbar, para que ele possa atender a inúmeros deputados e diretores de estatais, para fazerem concluio sobre dinheiro público, no qual tb temos grande interesse…..”

        É assim que vc acha que seria a nota deles????

        Acho que perdemos todos com este episódio e ao mesmo tb ganhamos.

        Perdemos pq os Blogs progressistas aderiram em peso na teoria contra a revista.

        Ganhamos pq, colocamos o Zé no canto, iluminando com holofotes as suas atividades, digamos não muito transparentes. Tipo Palocci, assim…meio que …sabe…ninguem…sabe…vamos ganhar muito dinheiro em cima dos trouxas.

        • A Veja comprovadamente (provas materiais) tentou invadir o quarto de hotel do Zé Dirceu.

          Quem denunciou não foi o Dirceu, foi o hotel. Há provas materiais da invasão.

          O troll profissional, claro, não vai acreditar por mais na cara que estejam os fatos e é difícil imaginar fato com mais comprovações. Afinal é de bom senso acreditar em quem lhe paga o salário. Principalmente se o salário é para escrever que acredita neles.

          A questão é simples, todos os trolls profissionais que atuam neste blog estão estrebuchando feito porco em véspera de feijoada para tentar defender os seus patrões, cada vez com uma história mais furada.

          É patético.

    • tenho nao muito boa noticia pra voce, ex viracopos.
      O filho dele zeca, la de Cruzeiro do Oeste, PR saiu popularissimo da prefeitura e ganhou a eleiçao congressual com votaçao consagradora em toda a regi ão
      A capitã da guerillha dilma roussef, a Vanda, foi convidada a ir a cidade e compareceu sendo ovacionada. No 59º aniversario do municipio consta de Fidel Castro, o abusado barbudo que faz 50 anos que cutuca a onça com vara curta e sobrevive mesmo desarmado, nao compareceu porque a saude nao permite mas mandou representante.
      Como ves, ex qlqr koisa, a cubanizaçao do pais está em marcha. Tens alguma sugestão para dete-la?

    • tenho nao muito boa noticia pra voce, ex viracopos.
      O filho dele zeca, la de Cruzeiro do Oeste, PR saiu popularissimo da prefeitura e ganhou a eleiçao congressual com votaçao consagradora em toda a regi ão
      A capitã da guerillha dilma roussef, a Vanda, foi convidada a ir a cidade e compareceu sendo ovacionada. No 59º aniversario do municipio consta de Fidel Castro, o abusado barbudo que faz 50 anos que cutuca a onça com vara curta e sobrevive mesmo desarmado, nao compareceu porque a saude nao permite mas mandou representante.
      Como ves, ex qlqr koisa, a cubanizaçao do pais está em marcha. Tens alguma sugestão para dete-la?

    • Essa comparação que você faz entre Veja e Zé Dirceu, mesmo optando por Veja, é um sinal de que o Super Zé está virando o jogo.

    • Honestidade? Cadê o grampo sem som? Cadê o dinheiro que veio de Cuba? Cadê o governador do DF que, na capa e nas páginas amarelas “deu a volta por cima”? A lista é longa prá falarmos da honestidade da veja (revista sul-africana pré Mandela, né?).
      Cobre sua grana do Paulo Preto, urgente, por que essa turma tem a mania de dar o calote, meu querido fake.

  • Pêga no fragla,tentará virar o jogo.
    A Veja já assumiu a própria desmoralização há muito tempo, não faz questão de qualquer resquício de credibilidade. Desta vez o rabão de palha ficou à mostra. Vai sobrar pro mordomo, digo, para o repórterzinho cãozinho farejador.

    • O que a Abril quer é botar a “corda no pescoço” do Supremo Tribunal Federal para que condene o Zé Dirceu. Como já aconteceu anteriormente em vários casos, segundo ministros da alta Corte.
      Os Civita e seus donos sul-africanos que mantiveram Mandela 37 anos em cana, acham que o Brasil é uma colonia povoada por idiotas. E, pela chantagem de sua revistinha de merda, querem botar um Governo democrático de joelhos aos seus interesses.
      Infelizmente, nosso governo é covarde, pensa que a Democracia é sustentação do poder.
      Vamos ver nossas praças lotadas, quando menos este governo despolitizado prever. Ai, faz como o Serra: manda bala!

  • Aparentemente, o ‘Naoungate’ começa a se desdobrar e a gerar os efeitos altamente benéficos que todos esperamos, no sentido de desmascarar definitivamente essa revistinha pútreda mantida pelos Civita. José Dirceu está exercendo seu papel como vítima; ou seja, denunciar e evidenciar o crime que sofreu. Ele sabe muito bem do que essa revisteca é capaz e agora tem a faca e o queijo na mão para passar de imolado a algoz, com todo merecimento e justiça. A tão almejada e justa criminalização da Veja, agora está em curso e tem como base evidências claríssimas aos olhos de quem quer que seja. Outros agentes precisam ainda entrar em cena. Vamos ver no que vai dar…

  • Nota incial – penso que no atual estágio da nossa história, penso que já estamos dando “muita bola” pro hoje insignificante semanário ..que “descanse em paz” eu diria

    ..dito isso

    Evidente que condeno a VEJA e acho que ela tem que ser punida ..mas NÃO por ela ter tentado flagrar alguém em delito (acho isso valido sim) ..mas por em NÃO ter obtido nenhum elemento que apontasse qualquer tipo de ilícito, e que mesmo assim tivesse tido o acinte de sair fazendo apologia política por sobre quem não lhe é afeito.

    Agora, penso que mesmo diante deste lamentável caso, penso que mesmo assim podemos extrair de algum aprendizado, daí que, daí que com base nele me atrevi a fazer um pedido público:

    um pedido a José Dirceu

    Olha cara, penso que um dos piores atos que atentam contra a CIDADANIA é a sociedade admitir conviver com autoridades públicas que acham que por desfrutarem de relativo status e poder, em si, por isso, acharem que não devem dar satisfações a ninguém.

    ..então, em sendo assim, peço encarecidamente ao Consultor (consultor) e líder político José Dirceu, que da próxima vez que resolver se encontrar com seus liderados (senadores, deputados, ministros de Estado, secretários e dirigentes), em horário de expediente e de forma republicana, que os estimule, que cobre deles que os mesmos desenvolvam o habito de registrar em agenda, e se possível em ata tb, sobre os assuntos públicos tratados neste encontros.

    Penso que se assim, penso que isso será reconhecido como um tremendo dum exemplo a ser seguido e cobrado de outros inciados que não querem que no nosso futuro repitamos os mesmos velhos e rotos vícios que já vimos alguns praticarem em nosso passado não tão glorioso ..principalmente por aqueles que de dedo em riste nos perguntavam de forma intimidatória : “vc sabe com quem esta falando, cidadão ?!”

    Aliás, penso que mais do que nunca, a necessidade de mudança de tal conduta seria mais do que bem vinda, ainda mais agora em que FINALMENTE a nossa sociedade começa a discutir de forma objetiva e madura o reconhecimento da profissão de lobista, desde que se exercido de forma ética e transparente, claro.

    http://www.youtube.com/watch?v=5dxj3QQDlVo&feature=player_embedded

    • Meu Deus!
      Que cara de pau… Então é necessario, para ter validade dentro da “sua democracia”, informar com tudo que for póssivel, as suas reuniões.
      O Zé Dirceu, como eu, vc, e todos tedm direito de reunir-se com quer que seja. Estamos numa democracia. O período negro acabou. Não tenhas tan
      ta saudade da Ditadura, onde o ir e vir não era toleráve.
      A ilustração do post é exatamente o que está para acontecer. O “Fradinho” dando seu recado. Valeu “Edu”. Se vivo fosse o Henfil, por certo lhe daria os parabens.

      • sem melodrama …por favor se recomponha

        num bota Deus no meio não

        Disse e repito, talvez ilustre da próxima vez com o Fradinho

        Disse que DIRCEU é um líder ..e que seus comandados, os que desfrutam de AUTORIDADE PÚBLICA, que estes DEVEM sim exibir transparência em suas atividades feitas principalmente em horário e com recursos de dentro do expediente

        Não é de hoje que existe agenda, pauta, ata, tudo bonitinho ..até teu condomínio tem e o síndico presta contas

        ..afinal, pra mim, intrigante mesmo é os caras (AUTORIDADES de alta patente, até ministro) terem que se delocar com seus salários e carros oficias pra ouvirem o líder

        ..não lhe parece que o mais sensato seria ele ir ao encontro destes ? ..isso num ambiente mais apropriado e que respeitasse minimamente a liturgia ?

        e REPITO, pra mim isso NÃO caracteriza nenhum delito ..mas SIM uma falta de boas maneiras e trato para com esta nossa velha e carcomida república federativa

        …só isso

        nota – olha, vou dar um exemplo aparentemente em sentido contrário mas que a mim faz sentido – não acho nada de mais um ministro usar um jatinho dum empresário por exemplo ..desde que tal encontro fique registrado, que receba ares de oficialidade ..desde que o ministro NÃO cobre do Estado pela passagem recebida de graça e que faça uma breve ata …afinal, que diferença faz ele se reunir no gabinete ou no avião, não é ? ..então, a diferença é desde que haja TRANSPARÊNCIA meu caro, essa é a palavra chave, transparência, e não dar aos encontros ares de sigilosidade, de golpes e tramoias …

          • bem .não gosto de superlativos ..acho o DIREITO uma matéria complexa ..duvido que vc conheça todas as correntes e interpretações pra afirmar com tamanha certeza que tal ou qual visão não aconteceria em qq parte deste planeta Terra ..ainda mais se nos lembrarmos do que os americanos fizeram em Guantânamo recentemente , né mesmo (ali o “direito” como o conhecemos foi jogado na lata do lixo)?

            Veja Rodrigo, sempre digo que EU defendo o reconhecimento de uma prova pelo mérito e não pela forma ..fosse assim e aqui um Dantas, Maluf, Lalau ou outros inúmeros criminosos flagrados no ato talvez não estivessem livres (lembra da Satiagraha?)

            No episódio, como EU disse, acho que a revista tem que ser PUNIDA ..mas mais por em NÃO achando provas de ilicitude, ela ter tentado montar uma fraude

            aí vc me pergunta, e se ela tivesse filmado alguma coisa? ..bem, eu a PUNIRIA também, porém, A SEU FAVOR – da Veja – eu pesaria o benefício da prova por ela arranjado ..e se ele tivesse livrado o país dum mal maior, sem duvida eu a absolveria ..dí que dei a entender que no direito às vêzes o certo é meio relativo

            Diferenças sutis, talvez as mesmas que separem o dedo duro do cidadão que corajoso, desafiando os riscos e colocando sua vida em risco, denuncia a trapaça de poderosos quanto as reconhece e flagra

            e sobre um CORREDOR DE HOTEL, local de passagem, ser comparado ao santo sacro lar de um homem ..pó pará, acho um exagero ..apesar de, TALVEZ, nossas leis dizerem do contrário

            Aliás as mesmas leis que se acham corretas quando nos brindam com a prisão especial, voto secreto, renuncia da prova pela forma e não reconhecimento do mérito ..da prisão só se em flagrante, mesmo diante de réu confesso ..da liberdade e tolerância contra crimes dolosos contra a vida se o réu for primário ..dos benefícios em demasia que fazem a pena/castigo ser apenas figurativa ..do fim da penalidade por idade ou da prescrição pelo tempo ..e pro aí vai

            abrá

            ps – vc é ou conhece alguém que já fez direito? ..perguntou a ele como lhes ensinam a burlarem e levarem com a BARRIGA a “nossa” justiça e os processos ? ..então ..daí da pra concluir que nem tudo o que os advogados dizem é justo e correto, LEGAL talvez, mas certo ..bem ..este é um outro processo

    • Eu já comentei sobre esse absurdo.

      O Zé Dirceu é um cidadão como qualquer outro, não tem cargo público e portanto pode se reunir com quem quiser, quando quiser e onde quiser. Ninguém tem o direito de lhe pedir satisfações sobre esses assuntos que são estritamente de âmbito pessoal.

      Se quiser cobrar dos funcionários públicos que se reunem com ele no horário de espediente tudo bem, mas cobrar do Zé Dirceu esse assunto é o fim da picada. Hoje é ele, amanhã estarão querendo monitorar o que eu, o Eduardo ou qualquer um de nós faz o com quem, onde e quando falamos. É uma mentalidade de ditadura na cara dura.

      E mesmo a cobrança sobre os funcionários públicos deve ser feita de forma institucional e não partidária, não tem cabimento cobrar do governo federal aquilo que não se cobra dos governos estaduais e municipais.

      O comentário procura desesperadamente uma picuinha para condenar o Zé Dirceu e usar isso como desculpa para aliviar para o lado da Veja. Só que errou a mão e acabou avançando sobre os mais básicos conceitos de liberdade individual que se deve preservar em uma democracia.

        • Aqui faltou script e então o operador teve que recorrer à lista de frases genéricas para serem usadas a qualquer hora.

          A questão é que a trollagem profissional tem ordens de responder a qualquer comentário que faça qualquer alusão positiva associada ao Zé Dirceu, método clássico de satanização e assassinato de reputação.

          Responder principalmente em associação com interjeições do tipo “Ah!”, “essa não!”, “não me venha com essa!” e coisas boçais do tipo.

          Negar que o cidadão José Dirceu tenha direitos civis como todos nós temos é típico da trollagem profissional a serviço da tucanalha, em seu trabalho de enganar as pessoas, mentir e mistificar.

      • Puxa vida, eu fico comovido com a defesa que o Ruyzão faz do ZéDirceu. Coitado, um homem inocente, tão injustiçado por essa mídia golpista…

        • O mesmo troll que se identificou de “aliança Liberal”, agora muda de nome para tentar reforçar a maledicência tucanalha contra o Zé Dirceu.

          Sempre sem provas, sem argumentos e sem razão. Tentando enganar as pessoas pela repetição, com interjeições e afirmações vazias.

          É um esquema nojento.

    • “..desenvolvam o habito de registrar em agenda, e se possível em ata tb, sobre os assuntos públicos tratados neste encontros.”
      Romanelli, até onde eu lí, o assunto tratado no hotel era político. Se era político ele teria obrigação de registrar em agenda? Dar satisfação a Veja e seus leitores? Penso que não.

  • A DIREITA MIDIATICA É IGUAL EM TODO SISTEMA SOLAR. Esta lá na folha são paulo: “…Com ordem de captura decretada pela Justiça da Venezuela, o editor do semanário “Sexto Poder”, Leocenis García, se entregou a agentes de inteligência nesta terça-feira (30).
    García está sendo investigado sob acusação de “instigação ao ódio” e “vilipêndio” pela publicação no periódico de uma fotomontagem em que altas funcionárias aparecem como dançarinas de um cabaré.
    O fechamento temporário do semanário estava em vigor desde a edição do dia 20 de agosto, que trouxe na capa a fotomontagem “As poderosas de Chávez”.
    A imagem exibia uma deputada e cinco chefes de Poderes formalmente independentes do Executivo –Justiça, Ministério Público, Poder Eleitoral, Ouvidoria e Controladoria– como bailarinas de um cabaré comandado por “mister Chávez”.
    A SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), com sede em NOVA YORK, afirmaram que as medidas contra o semanário e seus jornalistas cerceia a liberdade de expressão na Venezuela. …”. OUTRA e mais uma dos “politizados” paulistas/paulistanos do psdb/dem (51% de leitores e eleitores da VEJA) que NÃO QUEREM (tal qual a globo manda eles fazerem) a COPA DO MUNDO AQUI. Que não querem a FORMULA INDY e que NÃO QUEREM NADA, só “SAUDEDUCAÇÃO”. Esses “politizados” paulistas/paulistanos do psdb/dem (51% é uma cachaça mesmo) querem a tal “SAUDEDUCAÇÃO”. De onde vem a grana? Eles não sabem. Mas, a globo mandou eles “exigirem”. FATURAMENTO UFC 134 NO RIO DE JANEIRO: 130 MILHÕES DE PRODUTOS VENDIDOS; MAIS, 90 MILHÕES SÓ PARA A CIDADE DO RIO; MAIS, 78% REDE HOTELEIRA FICOU OCUPADA. Assim, são paulo quer “SAUDEDUCAÇÃO”. Parabéns são paulo do psdb/dem/globo (51% deles).

  • se não me engano ant-ontem tbém saiu uma reportagem no jornal da noite do SBT.. o pessoal tbém fez uma materia profissional, ouviu o dirceu e tentou ouvir a veja, mas sem sucesso…. só escorregaram na opnião daquele zé nilma de pinto… eu acho q é assim o nome dele…. agora não sei se ele representa alguma coisa… mas sei q esse jornal tem alavancado a audiencia dessa emissora no horario que é exibido….

  • Edu, infelizmente, aqui no Rio de Janeiro, o assinante da SKY, como eu, não tem o direito de assistir a Record News. Somos alijados pelo fato de que a “estratégia comercial” dessa empresa – que tem a Globo como acionista – não transmite o canal concorrente da Globo News. Acho que nem a NET transmite. Enfim cadê a democratização de acesso à informação? Somos, efetivamente, “sem mídia”!

  • Caro Edu, você saberia me dizer se os TROLLS Ex-Campineiro e Aliança Liberal, entre outros, acessam também o blog do guru deles(Tio Rei) ou são pagos somente para encher o teu saco, e o nosso por tabela, diariamente? Se comentam lá deve ser ago tipo: “AMÉM, meu querido Tio”.

    • Pq vc precisa de intermediario, deve ser o vicio de ser FOQUINHA amestrada, so sabe bater palmas e agradar o governo na ilusão de ser contemplado com algum beneficio e quem sabe (sonho) com alguma sinecura ou qualquer tetinha se dando bem é oque importa.

      Pq não pergunta direto, e eu respondo, não não sou pago, sim existe gente que não é paga e não se vende, dificil alguém que é da “esquerda” aceitar isso.

      Sim, sou trouxa em acreditar neste país, creio que o Campineiro também se sente assim.

      • Liberal,

        Eu costumo ser muito educado, especialmente quando converso com pessoas que não conheço bem, mas você me obriga a deixar minha polidez de lado… Dessa forma, não seja canalha e prove o que você está dizendo. Se você está dizendo que a esquerda é paga, então prove, por exemplo, que eu ou qualquer outra pessoa daqui somos pagos. É bom lembrar, por exemplo, que na campanha do seu candidato, havia comitês que se dedicavam a enviar spams para as pessoas que eram mantidos por pessoas as quais eram, essas sim, muito bem pagas. Aliás, a direita, que não tem militância, é que costuma pagar para tê-la quando conveniente.

          • Quem vem aqui todos os dias vomitar ódio e preconceito e reproduzir as bobagens ditas por gente do mais baixo nível possível como RA são vocês. Só que, sinceramente, há um limite para aguentar a arrogância de vocês. A última afirmação de seu amigo de que é “dificil alguém que é da “esquerda” aceitar isso” dá a entender exatamente o que eu disse, ainda que de forma implícita na afirmação. Se vocês optam por frequentar um blog de esquerda e passam a ofender as pessoas de esquerda, então que mudem de blog ou que aguentem as respostas, apenas isso. Se eu quisesse frequentar blogs de direita como aqueles dos queridinhos de vocês, certamente seria bloqueado apenas por ter opinião diferente, prática que é muito comum lá.

          • E outra, você nãome conhece para dizer se sou educado ou não, até por que eu raramente respondo as bobagens que você posta. E estou me lixando para sua opinião, para ser sincero.

        • Leonardo, você está absolutamente correto em lembrar o call-center especializado em trollagem e spam que era financiado pelos tucanos e foi descoberto na campanha eleitoral.

          Concordo plenamente que a trollagem que é feita neste blog é profissional e segue o mesmo padrão.

          Veja este caso aqui, uma hora o troll usa a alcunha de “Aliança Liberal” para fazer uma afirmação. Uma vez respondido, volta com outra alcunha (“Ex-Campineiro”) e faz a tréplica como se fosse outra pessoa. Os estilo de escrita (ou falta de um) é o mesmo, os argumentos são os mesmos, uma alcunha está se condoendo pela outra… É por demais evidente.

          O mais interessante é eles quererem que se escreva como se fossem pessoas reais, que os demais comentaristas se dirijam a eles. Ora, são personagens, alcunhas com funcionários escrevendo por turnos e escondendo-se atrás de nomes falsos. Se não são pessoas, como querem que os tratemos como se fossem?

          Repare que para colocar a terceira mensagem o mesmo plantonista trocou pela segunda vez de nome usando dessa vez a alcunha “Alucard”, mas mantendo a mesma linha de escrita. Como é que as mensagens assinadas com essas alcunhas paraecem de forma coordenada, um tentando fortalecer a posição do outro? É simplesmente a mesma pessoa usando alcunhas diferentes.

          E a mesma alcunha, que escreve diuturnamente e em profusão maior que qualquer um dos interlocutores reais, muda de estilo em horas diferentes do dia?

          Em resumo, estão fazendo uma palhaçada que não tem graça alguma, apenas para ocupar o picadeiro e tentar por fogo no circo.

          • Oi Ruy,

            Exatamente, você mencionou de maneira perfeita a forma de atuação desse troll. O erro deles é achar que somos ingênuos para não percebermos quem são eles e como estão coordenados.
            Abs

          • Vou dar uma importante informação ao blog. Informação esta recebida de modo particularissimo de Herculano Quintanilha; Ruy Acquaviva, Nora Cuneo e Carlos Henrique são a mesma pessoa.

      • Aliança
        Porque tanta irritação? Pegaram no seu tendão de aquiles?
        Mas, vamos combinar, querer o melhor para o País não combina com leitor e defensor da Veja. né?

      • Como perguntar direto a uma alcunha usada por plantonistas?

        Se fosse mesmo uma pessoa seria um moleque covarde escondendo sua indentidade, não teria direito a querer consideração, pois não se dá ao respeito e não tem a mínima hombridade de usar o próprio nome.

        Mas nem isso é… não vale nada, não existe, é instrumento de uma ignomínia.

  • Enquanto no Brasil, o governo trabalhista da Presidenta Dilma Expande a oferta de universidades e escolas tecnicas, dando oportunidade para o maior número possível de cidadãos, no Chile, o governo neoliberal enfrenta a inconformidade da sociedade local ao impor barreiras ao ensino superior. As familias chilenas não abastadas(a maioria) tem que escolher QUAL DOS FILHOS fará faculdade, pois os outros serão excluídos(pelo alto preço) .Esta é cara mais nítida do NEOLIBERALISMO decadente e fascista excludente. Se o psdb tivesse ganho aqui no Brasil, estariamos em situação pior que a Chilena,uma vez que os neoliberais tupiniquins preconizam a privatização das Universidades brasileiras.Com um eventual governo tucano, teriamos privatizado a agua, as rodovias,os aeroportos,o ensino ,a saúde, o ar atmosférico.Noutras Palavras: A EXCLUSAO seria a regra. Quem não tivesse dinheiro para pagar, estaria fora. esta é a ideologia desses vampiros tucanoides….Exterminadores do futuro(como no Chile)

  • Minha aposta é que o governo Dilma continuará nesta linha covarde de se calar perante a mídia. E, ao contrário do que ela diz, ser pautada pelo PIG. Com um ministro das comunicações como este, esperar o quê, né?! Lamentável!

  • A questão que se coloca é a do “jornalismo” de Veja. Caso esta suspeite que um político esteja agindo ilegalmente, deve procurar, através de meios que não firam a legalidade, evidências.

  • Mais uma vez o EduGuim acerta a mão. Simples, objetivo e provocativo.
    Aberta a temporada de palpites sobre a nova matéria de capa da “Não Veja” imagino que a melhor saída para desfocar a discussão sobre o crime (ou sucessão de crimes) cometido(s) pela (a)revista será algo positivo sobre o momento que atravessa nosso País, mas para não fugir ao seu padrão, sem citar os responsáveis, Lula e Dilma e “linkando” com aquilo que eles entendem que foi feito de positivo pelo impopular FHC.
    Alguém aposta comigo?

  • Relembrando o Grande CHICO BUARQUE. Politicos Brasileiros(as), Ouçam/leiam a música/letra MULHERES DE ATENAS. Mirem-se no exemplo que segue. Esta lá no Nassif: “….O presidente do Equador, Rafael Correa, rechaçou o pedido feito pelos funcionários do jornal equatoriano El Universo de retirar o processo judicial que apresentou pessoalmente contra o ex-editor do caderno de opinião, além de outros diretores da publicação.

    O mandatário afirmou, por meio de uma carta publicada ontem no portal oficial El Ciudadano, que os responsáveis pela continuidade do processo são os próprios diretores do jornal por não terem se retratado por um artigo assinado por Emilio Palácio.

    “Lamento pelos momentos difíceis que estão passando vocês e suas famílias, mas sou eu o responsável por esta situação ou são aqueles que utilizaram o disfarce de ‘imprensa livre e independente’ para transbordar todo seu ódio contra nossa revolução de forma ilegal e ilegítima?”, disse Correa.

    O chefe de Estado equatoriano ainda afirmou por meio do documento que irá “garantir” o emprego de todos os membros da empresa jornalística independentemente do resultado judicial.

    Em 22 de março deste ano, o mandatário entrou com um processo contra o El Universo por conta de um texto onde Palácio afirmava que Correa teria ordenado “fogo” durante a rebelião policial de setembro de 2010….”.

  • Alo Eduardo: Parece que o PT resolveu reagir. Vamos ver até que ponto e quais providencias tomará:

    30 de agosto de 2011 às 12:27
    Emiliano José: Veja flertou com o crime

    PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO PELO ORADOR EMILIANO JOSÉ (PT-BA)

    do mandato do deputado, via José Augusto Valente

    Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, temos dito aqui, Senhor Presidente, da necessidade de caminhar no sentido da democratização da comunicação no Brasil.

    E nunca no sentido de converter muitos dos grandes atores midiáticos à democracia, já que vários deles têm uma compreensão já consolidada sobre o Brasil, têm projeto político para o Brasil, e têm uma posição absolutamente contrária ao projeto que desenvolvemos no País desde 2003, que segue agora sob a direção da presidenta Dilma.

    Quando falamos em democratização falamos, primeiro, no sentido de regulamentar os artigos da Constituição referentes à comunicação e, segundo, de modo a garantir a emergência das muitas vozes silenciadas país afora.

    Temos falado sobre os descaminhos, os erros crassos da imprensa, e os climas artificiais de crise que são montados, face à posição da maioria dos grandes grupos midiáticos.

    Repito sempre Paulinho da Viola: tá legal, eu aceito o argumento, mas não me altere o samba tanto assim. Se há tudo o que eu disse acima, há o paroxismo, há o exagero, há o absoluto descaminho, háa mentira, de parte da revista Veja, que eu tenho denominado uma autêntica usina de idéias da extrema-direita.

    Não apenas por ser uma usina de idéias da extrema-direita, seria um direito dela ser simplesmente isso. Éque ela se utiliza de todos os meios para tentar atingir o PT e o nosso projeto político. Não ataca ministros à toa o faz na perspectiva de desestabilizar o governo da presidenta Dilma.

    E a revista sabe que esse projeto político foi quem seriamente começou a combater a corrupção, com a criação da Controladoria Geral da União. Mas, não adianta argumentar. A revista Veja não ouvirá. Continuará a tentar pautar o resto da mídia, e sempre contra o nosso projeto político.

    Só que agora Veja extrapolou. Ultrapassou todos os limites. Flertou com o crime.

    Melhor, cometeu crimes. Utilizou-se de meios criminosos na tentativa de desqualificar o ex-ministro e dirigente do PT, José Dirceu. Queria, com a matéria que publica esta semana, desqualificá-lo e condená-lo previamente, sabendo que o processo que o envolve e a outros está próximo de ser julgado.

    Tentou invadir o apartamento em que se hospeda num hotel de Brasília, instalou câmeras no hotel para flagrar pessoas que o visitavam, entre outros crimes. A liberdade de imprensa não inclui esse tipo de procedimento. O bom jornalismo não usa o crime. No jornalismo, como, aliás, em nenhuma atividade humana, os fins não justificam os meios, ainda mais quando o fim, o objetivo, não tem nada de nobre, como neste caso.

    A revista Veja vai se caracterizando, de modo cada vez mais consistente, como um Rupert Murdoch à brasileira, um Murdoch convertido em partido político, um Murdoch que utiliza quaisquer meios para testar suas hipóteses, para garantir a consecução de suas pautas previamente orientadas, tal e qual o império midiático britânico fazia.

    Tanto quanto lá, no entanto, um dia a casa cai, um dia os crimes são descobertos, um dia, digamos assim, a tecnologia murdochiana criminosa vem à tona, como aconteceu agora, no caso de Veja.

    Não há nada de mais que um jornal, que uma revista, que uma tevê, tenha posição política. Nada de mais que qualquer órgão de imprensa defenda uma posição política.

    Melhor, se defender, devia deixar clara sua posição política, e não escondê-la, como o faz a maior parte de nossa mídia. O que não se admite são práticas antidemocráticas, contrárias à lei, que afrontem a Constituição, que desrespeitem os direitos dos cidadãos, que invadam a sua privacidade sem qualquer permissão legal.

    Agora, foi José Dirceu. Amanhã, quem mais? Qualquer cidadão está exposto a isso.

    Veja acha-se no direito de agir como se não tivesse que prestar contas a ninguém. Como se estivesse inteiramente acima da Constituição e das leis do País. São necessárias providências enérgicas para punir esse comportamento, punir esses procedimentos, garantir que o Estado de Direito não seja desrespeitado como o foi neste caso.

    Trata-se até de resgatar o bom jornalismo. De levar os fatos a sério. De fazer coberturas jornalísticas sem a necessidade de utilizar-se de meios criminosos.

    Não vamos sequer lembrar o volume de matérias mentirosas, caluniosas, cheias de invencionices contra o PT uma delas recentemente desmascaradas pelo Wikileaks, aquela que acusava o PT de ter ligações com as FARC da Colômbia e de receber dinheiro da organização.

    Não dá para aceitar isso passivamente. Este não é um problema do PT. É um problema da democracia brasileira, que não pode se render a atitudes criminosas por parte de quem quer que seja. Seja quem for. Ninguém pode estar acima da lei, muito menos a revista Veja.

    Muito obrigado.

  • Murdoch vetado nas escolas. E no Brasil?

    Do sítio Carta Maior:

    O método de jornalismo praticado por Rupert Murdoch, ancorado em escutas ilegais e espionagem criminosa, começa a ser punido nos EUA. Thomas DiNapoli, auditor da contabilidade pública do Estado de Nova York, recusou-se a autorizar um contrato de US$ 27 milhões que o Estado tinha planejado com o braço educacional de Murdoch , a Wireless Generation.

    A razão implícita é a falta de idoneidade de quem pratica “jornalismo delinquente” para fornecer material educativo à infância e à juventude. Antes mesmo da decisão de DiNapoli, sindicatos de professores já haviam batido de frente com o atual responsável pelos negócios educativos de Murdoch, Joel Klein, que foi cooptado diretamente do posto de diretor do sistema escolar de Nova York para fazer o meio de campo entre News Corp e as compras de material didático do Estado.

    O segmento educativo é a nova mina de ouro das empresas jornalísticas também no Brasil. A editora Abril é uma das mais atuantes no ramo. Em 2010, o Grupo Abril anunciou a compra do Anglo – rede de educação especializada em cursos preparatórios para o vestibular -, tornando-se a segunda maior empresa do setor. O grupo criado a partir dessa aquisição deve faturar cerca de R$ 500 milhões e já controla as operações das editoras Ática e Scipione com um portfólio pedagógico de 3,5 mil títulos.

    A ‘Abril Educação’, equivalente a Wireless Generation de Murdoch, não é a única coincidência entre os dois grupos. A exemplo da News Corp, a Abril através da revista Veja também pratica um método de jornalismo assemelhado ao que levou ao fechamento do News of the World. A sintonia reafirmou-se em recente episódio em que um repórter da revista semanal tentou instalar um equipamento de espionagem no quarto de hotel ocupado pelo ex-ministro José Dirceu, em Brasília. Uma camareira acossada pela reportagem de Veja para colaborar na invasão denunciou o método criminoso de jornalismo que, desta vez, foi abortado.

    O MEC e o governo de São Paulo, que tem suculentos contratos com a Abril Educação, bem como a UNE e sindicatos de professores não se manifestaram sobre o episódio.
    Postado por Miro às 20:50 Do Blog Altamiro Borges.

    • A Veja colocou uma capa onde Lula levava um pontapé no traseiro (referia-se à desapropariação de duas usinas da Petrobras por Evo Morales) e o que aconteceu com a revista ? Nada.
      Colocar o fradinho fazendo top top e sair por aí cantando “”eu,eu,eu a Veja se ….” é do jogo, mas conseguir que o MP aceite denuncia contra a revista é outra coisa. Dirceu acusa o reporter de tentar invadir seu apartamento. Ok. Vai tentar provar com testemunhas. Quer apostar como estas testemunhas, quando as coisas esquentarem (e se ) vão vacilar no “eu acho que foi assim” ? As fotos no corredor não serão consideradas como invasão de privacidade porque foram feitas em corredor de um hotel. Corredores de hotel são considerados lugar publico.
      Resumindo. Quando tudo esfriar José Dirceu vai aparecer com um “deixa pra lá, não vale a pena gastar tempo com essa revistinha”.
      Não estou defendendo a Veja,. Considerei a matéria sobre o Dirceu inadequada e com uma tendenciosidade exagerada mas pense no que escrevi e diga; tenho razão ou não tenho ?

  • Tentará virar o jogo! Fabricará algum indício, pois é óbvio que não existe nenhum indício para uma “matéria” toda baseada em conjecturas e ilações(afinal, se existissem, estariam na própria reporcagem)com o qual procurará dar alguma vida, ainda que completamente virtual, para enfrentar a DESMORALIZAÇÃO GIGANTESCA QUE A MATÉRIA CRIMINOSA(RECHEADA PELA PRÁTICA DE OUTROS CRIMES “NOVOS”, COMO INVASÃO DE DOMICÍLIO E VIOLAÇÃO DE PRIVACIDADE)trouxe para a sua já imunda reputação. Tentará com isso ao menos não perder público entre os fascistas ou ingenuamente desinformados que ainda a lêem. Diante dessa postura, que provavelmente será adotada pela Veja, devemos intensificar a repercussão dos crimes da revistinha sórdida e do verme amestrado que produziu a “matéria”(obviamente tentando satisfazer os interesses políticos de seu patrão e da classe dominante a quem a Veja serve)conseguindo romper a censura que os barões da comunicação matreiramente colocaram sobre o assunto, temerosos de “levantar a lebre” dos desmandos que, não apenas a Veja, mas toda a oligarquia midiática pratica impunemente há décadas, e com isso acabar por despertar no cidadão comum a urgência da democratização das comunicações neste país, único caminho para que tenhamos uma verdadeira liberdade de expressão no Brasil, na qual os diversos pontos de vista dos diferentes setores sociais sejam expostos e onde o direito à informação não seja usado como desculpa para o desrespeito a outros direitos e liberdade dos cidadãos e para a prática de crimes, como atualmente o fazem os déspostas e asseclas que controlam as comunicações no Brasil e as usam como armas para a imposição de seu objetivo político, tanto através da prática de inúmeros delitos e violações de direitos, como já referido, quanto através da censura a quaisquer pessoas e/ou opiniões que divirjam da ideologia da classe dominante, única divulgada nos meios de comunicação como se traduzisse uma Verdade Universal e Inquestionável. E é exatamente para levantar essa lebre que devemos continuar a repercutir a barbaridade praticada pela veja contra Dirceu, aproveitando a excelente disseminação do assunto para passarmos da simples fase noticiosa para a das discussões e análises, a serem realizadas nos mais diferentes espaços da Sociedade Civil organiza, através das quais começaremos a despertar a Sociedade brasileira para o monstruoso atentado à Democracia que é o controle das comunicações por uma oligarquia de 13 famílias. A concretização dessa etapa, que já deverá começar com intensidade(devido à divulgação adequada e ampla que o crime da Veja vem tendo nessa primeira fase dedidaca ao seu enfrentamento)será o fio condutor para o terceiro e decisivo passo na luta pela construção da Democracia nas comunicações : a realização de mobilizações populares que cobrem do Governo Dilma a regulação midiática. Sem essa pressão social, que precisa vir com rapidez e contundência, duvido que um Governo marcado pela covardia no enfrentamento dos barões da comunicação, tenha a corgaem de peitá-los, ainda que a Veja colocasse uma bomba na sede do PT.

  • Eduardo, você por acaso viu o pronunciamento do Senador Pedro Simon, ontem, na TV Senado. Esse senhor parece ter um ENORME despeito pelo ex-presidente Lula, aliás, por qualquer político que tenha grande apoio popular. Será inveja, frustração ou o que? Não entendo do Senador Simon, pois parece-me uma pessoa inteligente e calejado na política, acusar o ex-presidente Lula de montar um governo pararelo do governo Dilma, pra mim, é coisa de “matildes”.

  • Edu, por falar em zombaria do PIG pelos defeitos físicos das pessoas, fale mais do Lula. Que saudades de seus discursos da reação da platéia: Lula, Lula; volta Lula

  • Entendo que a grande pauta política da mídia conservadora em 2011 é a “preparação” de um caldo de cultura na sociedade brasileira, como forma de pressionar o poder Judiciário (STF) para condenar “políticamente” os envolvidos no julgamento do chamado ” mensalão” , que foi criado pela oposição demo/tucana, com claro objetivo de inviabilizar ou até destruir o 1º governo do Presidente Lula em 2005 e repercutida por sua mídia aliada e partidarizada desde então.

    Se os políticos do PT acusados no ” mensalão ” midiático demo/tucano forem condenados pelo Supremo Tribunal Federal, instância jurídica máxima do Brasil, esse “julgamento político” será automáticamente estendido pela mídia conservadora para todo o PT e seus membros, atingindo seu principal alvo, o ex-Presidente Lula, suas 2 gestões e o governo Dilma, e estará pronto o discurso, a estratégia e o norte da campanha da oposição conservadora para voltar ao poder em 2014.

    Dentre os membros da ANJ e dos sócios do Instituto Milenium (rede Globo, Veja, Folha, Estadão), entidades representativas dessa mídia claramente engajada no projeto da oposição ao governo Dilma/Lula/PT, a revista Veja saiu na frente com a matéria contra o Zé Dirceu, tentando dar início a ofensiva final dos meios de comunicação para criar um clima na sociedade, em que a única decisão possível do STF seria a condenação dos políticos do PT e do governo Lula/Dilma nesse processo esencialmente político do chamado ” mensalão”.

    Essa midia já agiu dessa maneira, quando do recebimento da denúncia do processo do ” mensalão” pelos Ministros do STF no ano de 2007.
    Quem não se lembra da frase do Ministro Lewandorski, quando afirmou que o STF somente recebeu a denúncia do mensalão, por que a mídia havia colocado ” a faca no pescoço ” dos Ministros do STF?

    A Veja tem se destacado pela virulência ideológica em suas matérias desde a posse de Lula/PT, que somada a sua ausência de freios éticos, morais e na ausência de uma lei que regulamente a ação dos meios de comunicação após a revogação da lei nº 5.250/67, que apesar de ser criada no período da ditadura, pelo menos regulava o fundamental chamado direito de resposta dos cidadãos acusados sem provas pela mídia, julgou a revista estar acima da lei e do direito e fazer o que lhe conviesse.

    A estratégia da grande mídia sempre foi a de tentar demonizar o PT e seu governo perante a classe social mais conservadora, que por razões ideológicas, economicas ou de formação ainda acreditam que a Veja, Folha, Estadão e rede Globo realmente fazem jornalismo de forma honesta e visando a defesa dos interesses da adminstração pública no país.

    Essa pauta prioritária da mídia conservadora preparatória do julgamento do “mensalão” já vinha sendo esboçada em vários comentários de seus ” analistas e editorialistas” desde o início de 2011 e a “cereja do bolo” do início dessa ofensiva final foi esta matéria da Veja, alvejando justamente o político que a mídia e a oposição demo/tucana erigiram com o símbolo do ” mensalão”, que é a figura do ex-Ministro da Casa Civil José Dirceu.

    Isso explica a foto-montagem grosseira da capa da última Veja, com o Zé Dirceu retratado como um maldoso personagem “a lá Jack Nicholson”, personificando o mal para assustar a pobre sociedade, colocada como vítima e refém dos “malfeitos” dele e dos govoernos do PT.

    A Veja, na sua onipotência de sempre e ausência completa de freios éticos e morais, no entanto, não contava com a descoberta de seu plano criminoso e antes que a matéria fosse publicada, seu repórter foi flagrado por uma atenta e correta camareira do Hotel Naoum, que percebeu a ilegalidade em curso e denunciou a tentativa de invasão do apartamento ocupado pelo Zé Dirceu e impediu que a armação fosse publicada com ares de verdade.

    Se a tramóia criminosa não fosse descoberta antes da publicação da matéria da Veja, os outros sócios do Instituto Milenium (Globo, Estadão, Folha) estariam repercutindo intensamente a matéria da Veja, criando um caldo de crise política e institucional no país.

    Isso explica o ” silêncio ensurdecedor ” dos outros grandes veículos de comunicação sobre a matéria da Veja, não querem passar recibo na trama, mas se o plano desse certo, esta semana o governo Dilma deveria estar se debatendo numa terrível crise política, com instalação de CPIs a granel no Congresso Nacional, pois a não-matéria da Veja tentou envolver quase todo o alto escalão de seu governo numa conspiração política contra o próprio governo da Presidenta Dilma !

    Aliás, voces notaram que a grande midia tirou o pé do acelerador na sua pauta de denúncias diárias de corrupção contra Ministros do governo Dilma, assim sem mais nem menos? Acabou a corrupção no governo Dilma ou ela nunca existiu e somente foi fruto da pauta política da mídia partidarizada?

    O governo Dilma, o PT e os prejudicados por essa mentira jornalistica da Veja, não podem deixar passar em branco essa tentativa de golpe político.

    O Zé Dirceu e o Hotel Naoum principalmente, devem processar a Veja no campo criminal e no civil, sendo que o maior estrago que a Veja pode ter, além da perda da já escassa credibilidade jornalística, vai ser no bolso, podendo ser condenada em cifras elevadas por danos morais, lucros cessantes e danos emergentes em relação ao hotel, que teve sua imagem afetada em todo o país e até no exterior, visto que é conhecido por recepcionar autoridades estrangeiras em visita ao Brasil.

    Com o recuo da mídia partidarizada no episódio, deixando seu mais estridente veículo que é a revista Veja isolado, o governo Dilma e o PT estão com a ” faca e o queijo ” na mão para enviar o novo projeto de lei sobre os meios de comunicação para o Congresso Nacional, para ser discutido com a sociedade.

    Acredito que o envio do projeto de lei sobre os meios de comunicação pelo governo Dilma para discussão no Congreso Nacional, seria politicamente como colocar o ” bode na sala” na questão da necessária democratização dos meios de comunicação e isso bastaria para refrear o ímpeto golpista da mídia partidarizada.

    Diretor Jurídico do Movimento dos Sem Mídia – MSM

  • Conforme informação do site Brasil247 o vídeo da tentativa de invasão já está com a Policia Civil de Brasilia.

    “Imagens de Gustavo Ribeiro, de Veja, que tentou entrar no quarto de Zé Dirceu, estão em poder do delegado Laércio Rossetto; repórter será intimado; gerente e camareira relataram invasão de domicílio; pena é de um a três meses”
    Link: http://brasil247.com.br/

  • É o erro que esperávamos, né? Clap clap clap, do lado de cá, top top top, pro lado de lá…

    Mas eles estão quietos porque estão esperando um erro nosso.

    Se é que teremos uma vitória, Edu, eu acho que será uma vitória estratégica, um passo a frente. Mais um indício junto à opinião pública. Mas é só isso que teremos. Na verdade, já é uma coisa ótima.

    Mas nem isso teremos se errarmos. Como eles influenciam mais a opinião pública, um só erro nosso vai anular o argumento, a crise, o acontecido.

    No xadrez, no War, no gamão, quem é muito fominha acaba perdendo, não é? Tem que saber ganhar, se satisfazer e esperar a próxima oportunidade. É assim que se vence.

    Então eu, um zé-ninguém, estou aí, com medo de alguém importante falar alguma bobagem ou se comprometer.

    Você até agora só foi bola dentro com esse caso, mas como você é um líder da causa (sem rasgação de seda, é só o fato), por favor, não peide na farofa, nem deixe que outros o façam. Por favor! Por favorzinho com açucar!

    (Acho que o PT tem sido inteligente, só se manifestou bem mansinho, está deixando a coisa crescer. Estou com medo de baixar o paladino da justiça em alguém)

    (aliás, a gente devia ajudar a levantar a notíca no reddit: http://redd.it/jxuy2)

  • É preciso lembrar que foi a veja que produziu aquela fraude do grampo no STF, cuja existência do áudio permanece desconhecida. A bandalheira foi amplamente repercutida na mídia e endossada por um ministro e um senador da oposição e provocou uma crise institucional entre os poderes com a finalidade de livrar a cara do banqueiro denunciado pela polícia federal. A mesma turma que fez um carnaval acusando o governo Lula de comandar um suposto “estado policial” e patrocinar ataques aos direitos e garantias individuais não hesitou em invadir um quarto de hotel e colher imagens clandestinamente. Agora, conseguiram transformar o Zé Dirceu em vítima. Produziram farto material que será aproveitado pela defesa do petista. Genial.

  • quem ficou nua nos seus metodos e sua natureza… foi a vejabril, sr. ex-taquaral, que segue sonhando com a unicamp.
    É…Franco, serra, arminio, mendonças, ricardos que tem a imprensa a favor e passaram pela porta giratoria
    Sist financeiro-governo e hoje jogam na 3a. divisao ? Dirceu, nao é nada na politica,nao passou pela giratoria mas joga na primeira. Sem cargo algum, com adversarios fortes no seu proprio partido,não conseguem cala-lo, fala e é ouvido. Isso é que te doi. E doi ainda mais a força da maquina partidaria, que com os defeitos q tem ganha as disputas em q entra- em cuja construçao ele foi dos principais arquitetos.
    aguarde 2014.

  • As provas que Veja produziu contra si mesma agravaram a sua situação. Agora, além de tentativa de invasão de domicílio e falsidade ideológica, existe a confissão de invasão de privacidade, não só de José Dirceu e os políticos mostrados, mas de todos os hóspedes desse andar e dos funcionários do hotel.

    Apesar da vergonhosa “operação abafa” (omertá tupiniquim) movida pelos principais veículos de comunicação, o que demonstra um corporativismo criminoso (se não for rabo preso por culpa no cartório), ainda restam aos atingidos, como o PT, acionar a Polícia Federal e o procurador geral da República por se tratar de um crime ainda mais grave quando atinge ministros de Estado e põe em risco o Estado democrático de direito.

    Não sei quanto a vocês, mas este que vos escreve já está cheio desses abusos. É hora de dar um basta. A minha esperança se renova quando presencio manifestação do deputado Paulo Pimenta no twitter, que apesar de não ser do grupo do ex-ministro José Dirceu, exigiu do presidente Rui Falcão que o partido tome providências drásticas. Nem tudo está perdido: o deputado mostra que ainda restou algo da velha combatividade do PT.

    fonte:http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/-revista-passou-recibo-do-crime

    • Concordo com você Márcio, e acho que o último parágrafo do texto:” Dirceu e o jornalismo de arromba, do Blog do Altamiro Borges” resume bem o que sentimos. Segue a transcrição..

      BASTA!

      Goste-se ou não de José Dirceu, é forçoso reconhecer que ele se tornou, com o episódio do último final de semana no Hotel Naoum, o maior símbolo dessa caça as bruxas desenfreada, com métodos inescrupulosos, promovida por uma imprensa que se pretende polícia, Ministério Público e juiz. Trata-se de algo inaceitável em um país que respeite o Estado Democrático de Direito. Está mais do que na hora de o governo, os partidos e, sobretudo, a sociedade botarem um fim nisso e exigir que a imprensa aja como imprensa, sob as leis de um estado democrático.

      Abraços

  • A verdade é que essa matéria da Veja sobre Dirceu é mais um capítulo da cantilena da velha mídia contra a “corrupção”, que tem como intenção criar um movimento na sociedade que faça com que os ministros do STF sintam-se “com a faca no pescoço” quando forem julgar a ação do suposto “mensalão”. A Veja pode ter se excedido, mas os outros não dão destaque a isso porque todos estão no mesmo time. Talvez até usem essa capa da Veja lá na frente, na hora do julgamento, nas matérias que farão para pressionar os ministros a condenarem os petistas, mesmo que não haja qualquer prova de recebimento de “mesada” mensal para votar com o governo.

  • é por isso que as unicas revistas de credibilidade na minha opinião são contigo, Caras, Hola nestas eu boto fé pra derrubar esse desgoverno Comunista do Brasil!!!….kkkkkkkkkkkkkk

    devemo aproveitar esse fato para uma grande mobilização na net e nas ruas precionando o governo por uma Lei de Regulamentação da Midia…não podemos perder mais essa oportunidade que o PIG nos deu….já que tantas outras já perdemos, mesmo!!!

  • Comentários como os do Alcides fazem a diferença aqui e em qualquer blog. O povo, o trabalhador, o assalariado, o honesto, portanto a maioria, pensa assim como ele. O escroto AliançaLiberal é só mais um da pequena direitalha, a turma da Kombi. Bye bye direita raivosa !!!!

  • Eu fui assinante das revistas veja, superinteressante, nova e caras durante vários anos, por insistência da minha esposa e filha. Gastava uma fortuna com estas revistas, Muitas vezes nem eram lidas, serviam para limpeza de gorduras das panelas, acender a churrasqueira, fazer tarefa escolar, embrulhar as fezes dos animais, vidros quebrados. Com a chegada da internet as revistas perderam o sentido, graças a Deus.
    Atualmente só sei das noticiais das revistas que repercutem nos blogueiros sujos. Não perco meu tempo nem minha saúde vendo notícia na TV, revistas e jornais. É TRISTE, MAS É VERDADE. A MÍDIA ATUAL É DESPREZÍVEL. Aliás, entre estes é preferível ver pornografia na net. Faz menos mal à saúde.

  • Prezado Eduardo, gosto muito de vir aqui ler suas colocações coerentes e os comentários dos frequentadores. Ocorre que, “alguns comentaristas” se ocupam em instigar outros que ficam a responder sobre questões diversas do assunto em pauta. Estou começando a me sentir cansada, pois tento chegar até o final dos comentários e não consigo. Por favor, caso entenda necessário, utilize os meios para defenestrar comentários que nada acrescentam e terminam por deixar a impressão de que este blog está se tornando um local para bate-bocas de baixo nível. Desculpe meu desabafo. Agradeço antecipadamente.

  • Sinuca de bico! Estão muito enrolados e danam-se a falar um amontoado de cantilenas sem nexo: Dirceu não podia receber autoridades no hotel, tinha que ir falar com as autoridades em locais públicos, tudo que ele fizer tem que ser transparente, ele tem que dizer o que conversou com as autoridades,as autoridades têm que explicar o que falaram com ele. etc.etc.
    Parece que “esqueceram” que em termos de hierarquia partidária o Dirceu está no topo, é um dos dirigentes máximos do Partido, eleito para tal pelos filiados. Parecem que “esqueceram” o que é uma estrutura e uma vida partidária.
    E parecem que “esqueceram” que O Brasil é uma República Federativa e que tem uma ordem legal e constitucional. Principalmente,”esqueceram”que a ditadura já acabou faz tempo.
    Pobrecitos!

  • É interessante quando a acusadora passa a ser acusada. Resta ver se haverá alguma condenação contra a revista. (Se valer a regra aplicada no julgamento da Jaque pela Câmara dos Deputados, eu duvido).

  • Veja, Estadão e Folha de SP procuram novos candidatos para cargos jornalísticos: http://fococidadao.blogspot.com/2011/08/veja-estadao-e-folha-de-sp-procuram.html

    Se você possui o dom de omitir, manipular e esconder a verdade, faça já suas inscrição no site http://www.euseimentir.com.br ou pelo e-mail: [email protected].

    Os candidatos deverão primeiramente passar pelo teste do polígrafo (detector de mentiras) para saber se realmente estão aptos a ocupar as vagas a serem preenchidas.

  • Na verdade todas as emissoras agem conforme seus interesses, sendo que a Record é mais governista e o resto (Globo, SBT…) oposicionista!

  • A revista Veja é useira e vezeira em armar escândalos que maculam personalidades da vida nacional, gerando mal estar no governo e gerar na opinião pública, clima de suspeitas sobre determinado acontecimento.
    Neste caso do Zé Dirceu, indiciado no inquérito do mensalão e alto dirigente do PT que atua hoje na vida privada fazendo lobby para diversas empresas de porte, as suspeitas de que esteja fazendo tratos para continuar a ter influência na vida político-administrativa da Nação, são muito fortes, mas não são motivoo para atropelar a lei e a ética profissional do jornalista. Houve comportamento irresponsável da revista e de seu jornalista envolvido, mas Dirceu também tem culpa por usar um método muito pouco recomendável para manter contatos com funcionários do governo que ao acederem o convite de Dirceu, estão quebrando a confiança depositada neles por seus chefes imediatos, ministros e a própria Presidente da República.
    José Dirceu que já foi hábil praticante da politicalha nacional, meteu o pé na argola e mesmo que senhor das melhores intenções, está sendo alvo de duras críticas que deveria amenizar, esclarendo ao governo sua atuação ou mostrar-se contrário a sua atuação, propondo medidas alternativas. Poderia até usar o ROUBO QUE OS APOSENTADOS SOFREM HÁ DÉCADAS como causa que o moveu a interceder junto de membros do governo ou sugestões para acabar com a roubalheira infame que grassa pelos ministérios.

    • Me desculpe, mas alguém que tem sua privacidade invadida nã tem culpa concorrente. Não há sequer uma investigação para se saber se José Dirceu pratica ou praticava qualquer atitude ilítica em Brasília. Por outro lado, a atitude da revista (?!?!?!?!!?) Veja não foi meramente irresponsável, como o senhor afirma. Foi criminosa, abominável para um país que é governado por um estado de direito. Na Inglaterra essa prática levou ao fechamento de um grande jornal, de um grande grupo midiático. Aqui no Brasil atitude semelhante é mera irresponsabilidade? Desculpe-me de novo, mas o senhor está culpando a mulher estuprada por usar minissaia. É lamentável!

  • É o PIG agindo mais uma vez contra o Zé, tem jeito não, agora vai ficar provado o jogo sujo que este tipo de revista “espie” faz com um cidadão que ainda esta prá ser julgado e quando o for, lógico será inocentado. Força Zé Dirceu, você é meu!

  • Abaixo a DITADURA do PIG !!! Eita revistinha ruim !!! Vão trabalhar, mostrar o Novo Brasil construido por Lula e que continua crescendo e crescendo, sem crise e de uma economia que avança a cada dia e coloca a cidadã e o cidadão, hoje, cheo de felicidade, a felicidade de alcançar tudo que não alcançava antes, valeu Zé Dirceu por sua bela e inteligente entrevista, conte comigo companheiro!

  • A situação da Revista Veja pode ser boa ou má para uma grande discussão do papel da mídia em suas reportagens. Todo conglomerado comercial acusará o movimento legítimo, em prol da democratização dos meios de imprensa e da libertinagem irresponsável das matérias em destruir reputação, num ponto de discussão política “desconstrução das denúncias no STF” do ex-ministro José Dirceu, onde foi cassado de seus direitos políticos, devido à denúncia do Mensalão no Governo Lula.

    Esse processo deve surgir de segmentos como nosso, e amplificado pelas correntes democráticas políticas, mas o Sr. José Dirceu não poderá de jeito nenhum encabeçar as manifestações para uma lei de responsabilização da mídia, conhecida na Argentina como Ley de Medios.

    Se conseguirmos fortalecer as manifestações junto com as correntes do PMDB e PR, sem dúvida não terá volta o debate do papel irresponsável e partidário que os canais comerciais da mídia estão ligados, abrindo assim, uma melhora nas potencialidades das diversidades políticas, sociais e trabalhistas de nosso país.

Deixe uma resposta