Veja ilustra por que a mídia precisa de leis

Análise

O silêncio da grande imprensa em torno dos fatos que culminaram com a reportagem de capa da edição da revista Veja desta semana, tem duas explicações: a primeira é a de que a matéria é um amontoado de suposições e de “escandalização” do nada; a segunda, é o crime que o veículo cometeu na tentativa de conseguir alguma sustentação para o que publicou.

A matéria, primeiro. Constata que José Dirceu tem relações com políticos do PT, alguns dos quais estão no governo. A matéria poderia ter ido mais longe. Dirceu tinha relações com Lula quando presidente e agora tem com Dilma. Se ela não o visita, ele a visita. O fato de ele estar sendo investigado no inquérito do “mensalão” não o impede de ter relações políticas.

Tudo passaria como apenas mais uma demonstração de jornalismo irresponsável e antiético entre tantas outras que a revista da família Civita já deu. Desta vez, porém, ocorreu um fato espantoso, a despeito das suposições da revista sobre irregularidade que inexiste no fato de Dirceu se reunir com membros de seu partido ou de outros. Esse fato é o gerador do silêncio.

A Veja foge de se aprofundar no fato de ter hospedado seu jornalista no hotel em que José Dirceu se reúne com políticos em Brasília e de que este tentou invadir o apartamento do ex-ministro. Entrar no apartamento alheio em um hotel enganando a camareira, é crime. Pouco importa o que Dirceu estava fazendo.

Mesmo se o repórter tivesse conseguido esconder um equipamento de escuta no quarto de Dirceu, ou uma câmera, ou coisa que o valha, nada do que obtivesse por tais métodos seria legal. Na verdade, seria criminoso.

Há dúvida de que o repórter da Veja tentou invadir o quarto? Os testemunhos de funcionários do hotel não valem? O Boletim de Ocorrência não é nada? O fato de o repórter ter pedido para ficar no quarto ao lado do de Dirceu, não indica nada? Há alguma diferença entre os métodos da Veja e os do jornal britânico The News of the World?

E o principal: quem investigará o que ocorreu? A Polícia Federal? A de Brasília? O Congresso? A classe política aceitará que órgãos de imprensa invadam suas casas em busca de provas contra seus membros? É democrático e republicano que se possa invadir a casa de alguém sem ordem judicial, sem sustentação nenhuma?

O cerne da questão é a regulação da imprensa. A “reportagem” da Veja deixou claro que a brasileira usa métodos iguais ou piores dos que já se vai descobrindo que eram usados por parte da imprensa britânica e que, por lá, estão gerando um escândalo de proporções gigantescas, que inclui até prisão de jornalistas.

E ninguém fala em “censura”, por lá.

O que a Veja acaba de fazer só comprova que este país não avançará sem leis específicas e abrangentes para o exercício da atividade jornalística e sem limites éticos a tal atividade, e que não se pode justificar que a imprensa cometa crimes alegando que os comete para combater outros supostos crimes.

O silêncio em torno da constrangedora matéria da Veja e do ataque criminoso da revista não esconde pudor, mas consciência de que, se esse debate avançar, ficará muito claro o caráter imprescindível de um projeto de lei com regras e limites ao exercício da atividade jornalística e com mecanismos de punição de excessos como o que acabamos de ver.

Se mesmo com a comprovação cabal de que a imprensa brasileira comete crimes iguais ou piores do que os da britânica o governo Dilma não enviar de uma vez ao Congresso um projeto de lei de regulação da mídia, haverá uma crise institucional no Brasil. E todos nós sabemos como sempre acabaram as crises institucionais neste país.

254 comments

  • Aqui em casa, quem invade casa alheia é chamado de bandido. Na Veja é jornalista? Ou a intenção do repórter era vestir uma camisola e ficar esperando o Dirceu chegar?

    Veja tentou plagiar o golpe contra Dominique Strauss-Kahn e se deu mal.

    Suposto invasor => @gnribeiro

    Repórter da @Veja troca microfone por pé de cabra.

    Perdi a chave de casa. Alguém tem o telefone de algum repórter da @VEja? #VejaInvaders

    Rapidamente Reinaldo Azevedo, no twitter, saiu em defesa do suposto meliante da Veja.

    • Suposto meliante ou suposto jornalista?

      Eduardo, ou de duas uma:
      Ou o Governo Dilma e o PT está acovardado diante do PIG e sua fábrica de latrinas golpista;
      ou está na surdina esperando para contratacar…

      Aposto na 1ª opção (para minha decepção)

    • Infelizmente não na gestão deste governo, nem na gestão de deus…cabe a nós levantar esse tapete putrefato. Sem Ley de Medios e sem Reforma Agrária não há democracia! A democracia plena, participativa, não essa vigente em nosso país, delegativa.

  • Além dos meios usados para cometer a reporcagem o objeto dela é risível. Quer dizer que José Dirceu não pode manter conversações com seus correligionários, seus colegas de Partido, e o ex-presidente fernando henrique pode ?

  • Edu
    Não dá para ficar calada numa situação como essa.
    O que a mídia brasileira fez e está fazendo coloca a britânica como aprendiz de jardim de infãncia.
    Quer dizer que José Dirceu não pode fazer política? Então que ele seja contratado para programa culinário numa TV. Acho muito engraçado porque vejo José Serra com espaço para fazer a política de esgoto que ele sabe muito bem fazer.
    Bandidagem tem limite.
    Na Veja dessa semana, onde Dirceu é colocado como chefe de máfia, as fotos que aparecem são de cãmera de segurança do hotel.
    E o Sr. Reinaldo Azevedo a está comentando no twitter como se fora a mais importante reportagem da vida dele.
    Ainda tenho amigos que afirmam que o Sr Reinaldo Azevedo é um comentarista sério. Vou printar tudo o que está sendo mostrado nos blogs e twitter para mostrar a estes meus amigos quem está fazendo a cabeça deles.
    Vou aguardar o Sr. Alvaro Dias bradar a revista, em pleno plenário, se postando como político sério que quer limpar o Brasil do que ele chama de corrupção.

  • A Veja e toda a imprensa golpista age dessa maneira certa da impunidade, baaseado no poder que exerce s/ o judiciário e os políticos, a exemplo do que fez c/ Lula. Um país que o judiciário e os mais altos poderes se acovardam (isto já tem mais de 70 anos) é porque o poder está na mãos da direita midiática. Esse é processo que se autoalimenta e é replicante, chegará o momento que percebendo que não possuem votos não aceitaram mais os resultados das urnas, tal como já ocorreu em paíse vizinhos e mesmo no Brasil. Minha sugestão : tornar as TV públicas porta-voz do governo , rebater prontamente notícias inverídicas por meio de sites TV e rádio, desmascarar tese midiáticas c/ especialistas, identificar claramente organizações pseudo-jornalisticas como entidade partidarias e processar por ofensa a honra. Tem que partir pro pau, chega de panos quentes.

    • ESTOU sem voz de tanto pedir o msmo que vc citou no seu comentário e….nada. É desalentador a falta de resposta aos nossos apelos por melhora na comunicação desse governo, e ainda aparece gente respondendo pra gente assim: Acompanhe o blog do planalto! É mole? Os lesa pátria tem uma teia de aranha que cobre todo o país e nós temos o ´brog do planalto´, uma titica que não fede e não cheira, uma agendinha de compromissos da P Dilma e mais nada é aquilo lá.

  • Parabéns Edu.

    Murdoch way,

    Veja só. Um órgão de imprensa tão habituado a espionar, fraudar, grampear, mentir, caluniar e deturpar, acusando José Dirceu de conspirar contra Dilma.

    Não há nada que caracterize com tanta fidelidade esta Veja do que a conspiração. Obviamente, conspirando invariavelmente contra o Brasil.

    Mas para nossa felicidade este órgão tem cada vez menos força e está tão decadente quanto o império ao qual ela é uma serva ralé.

    • Fui conferir o link colado por hernan – 27/08/2011 • 13:07 – e fiquei a me perguntar: como o meliante, ops! digo, pretenso jornalista, conseguiu fazer as imagens que estão nessa reportagem que voce indicou? São imagens de cameras do hotel ou foram instaladas pelo meliante, ops! pretenso jornalista?

  • Se alguém invadir sua casa e você tiver tempo de pensar e reagir, o que você faria?
    Só metendo bala nessa cambada. Chega de “Veja”!

    LEY DE MEDIOS JÁ!!!

  • Martin Wolf defende regulamentação da mídia
    Enviado por luisnassif, sab, 27/08/2011 – 11:04
    Martin Wolf: Aproveitar a oportunidade para reformar a mídia | Viomundo – O que você não vê na mídia

    Martin Wolf: Aproveitar a oportunidade para reformar a mídia

    July 14, 2011 11:25 pm

    Seize the chance for media reform

    By Martin Wolf, no Financial Times

    Crianças intimidadas cercando o valentão do parque — este é o espetáculo no Reino Unido desde que o escândalo da violação dos telefones pelo [tablóide] News of the World explodiu. Como um dos que faz tempo acreditavam que a influência de Rupert Murdoch na vida pública do Reino Unido era intolerável, estou encantado com essa mudança. Mas ódio não é suficiente. O Reino Unido deve aproveitar a oportunidade para reconsiderar a estrutura e a regulamentação de sua mídia.

    A mídia é um negócio. Mas não apenas um negócio. Não apenas reflete, mas também modela, a opinião pública e assim possui uma imensa influência política. É por isso que ditadores buscam controlar a mídia e políticos democratas buscam usá-la. Uma pessoa com controle sob uma porção substancial da imprensa e da televisão exerce grande influência sobre a vida pública, sem prestar contas. Esta é (ou pelo menos era) a posição da News International, [a empresa] do sr. Murdoch.

    Alguns poderiam argumentar que, ainda assim, é melhor deixar a questão da propriedade para o mercado e a questão do conteúdo sob os direitos da liberdade de expressão, sujeitos apenas às leis da difamação ou invasão de privacidade. A mídia tem uma relação íntima com o funcionamento da democracia ou, em outras palavras, com a capacidade das pessoas de desempenharem seus papéis de cidadãos ativos.

    Somos tanto consumidores quanto cidadãos, indivíduos com vidas privadas e participantes da vida pública. Liberais clássicos, que assumem que o papel do estado deveria ser circunscrito de forma estreita, enxergam na mídia não mais que uma arena para gladiadores comerciais. Mas, nas palavras de Aristóteles, o homem é um “animal político”. Precisamos tomar várias decisões juntos. No Ocidente fazemos isso através de um estado governado pela lei e responsável perante os governados. Assim, este é um governo do debate permanente. A mídia é o forum para a política democrática. E é por isso que ela é importante.

    Diversidade de mídia requer diversidade de propriedade. Mas forças econômicas podem gerar um grau de concentração incompatível com a diversidade desejada. Políticos vão se descobrir rastejando diante dos proprietários que controlam a sua comunicação com o público. Nos piores casos, o proprietário pode de tal forma torcer e distorcer esta comunicação necessária de forma a transformar a vida pública. Eu diria que o populismo direitista da rede Fox fez isso nos Estados Unidos. Isso não deveria acontecer no Reino Unido.

    Ainda assim, paradoxalmente, um proprietário poderoso, como o sr. Murdoch, pode também promover diversidade. O Times — um jornal decente — existe hoje porque é subvencionado pela News International. Essa necessidade de ajuda parcialmente reflete a situação econômica dos negócios jornalísticos, quando a internet devasta os modelos de negócio tradicionais, baseados em publicidade.

    Se ver a mídia da mesma forma como vemos o armazém é um erro grave, é igualmente enganoso ignorar o lado dos negócios da mídia. A mídia precisa de financiamento. Se os fundos não vierem do mercado, precisam vir de algum lugar. Isso, também, cria perigos, e o domínio pelo estado não é o menor deles. Cada país terá de conseguir seu próprio equilíbrio, alerta quanto aos dilemas, particularmente em uma era de profundas mudanças tecnológicas.

    O que agora é necessário é um reexame amplo do papel e da regulamentação da mídia no Reino Unido. Acima de tudo, qualquer conclusão dessa revisão precisa explicitamente incluir um compromisso com novas mudanças no futuro, para dar conta das atuais transformações na tecnologia e no ambiente de negócios. Tal revisão ampla deveria olhar para: as leis de privacidade e difamação; regulamentação da imprensa; concentração da propriedade por veículos e sobre diferentes mídias; papel da mídia pública; financiamento público da mídia em geral e da produção de notícias em particular.

    Minhas posições preliminares são: a privacidade dos sem-poder precisa de mais proteção e os malfeitos dos poderosos, de menos; a compensação por cobertura maliciosa precisa ser mais dura, ainda que preservando a liberdade de expressão; regras para a propriedade cruzada da mídia deveriam ser muito mais duras, com a posição estabelecida da News Internacional tanto em jornais como na televisão descartada a priori; o país deveria continuar a apoiar a BBC através de financiamento estável, porque ela define a noção do interesse público; e deveríamos considerar se a necessidade pública por notícias e opinião de alta qualidade merecem apoio público.

    Vivemos tempos extraordinários. Mas eles são também, largamente, tempos de um acesso de ódio contra aqueles que foram humilhados pela imprensa de Murdoch. A planejada investigação de duas partes do primeiro-ministro [David Cameron] no escândalo das violações telefônicas e questões relacionados cobrem muitas, embora nem todas, as questões necessárias.

    Não basta acertar as contas com o valentão do parque, ainda que os desvios de compartamento dele tenham sido tão ofensivos. É essencial desenhar as estruturas de regulamentação que preservem a liberdade da mídia, ao mesmo tempo contendo os abusos, inclusive a concentração de poder sem responsabilidade. A mídia é muito importante para ficar à mercê de políticos ou juizes. Mas também é muito importante para ficar à mercê dos proprietários concentradores. O Reino Unido tem uma oportunidade de ouro para encontrar um equilíbrio. Se fizer isso, o escândalo ainda pode render frutos.

  • De volta ao cerne da questão que levantei no teu post anterior.
    E quem vai denunciar a Veja? O Globo? O Estadão? O JN? Como o povo brasileiro poderá conhecer esse fato?
    Imaginem se esse camarada que tentou invadir um apartamento de um hotel com fins políticos fosse alguém próximo ao governo ou ao PT? Isso hoje já seria manchete em todos os jornais. Como não é, só os leitores de alguns blogs serão informados desse vergonhoso crime.
    A realidade, Eduardo, é que a direitalha está desesperada e é capaz de qualquer insanidade para tentar voltar ao poder.
    Todo o cuidado é pouco.

  • Não tem defesa ,é crime com testemunhas .Jornalistas que respeitam a profissão ,todos,devem se manifestar.Aqueles que se calarem estarão assumindo que compactuam com esta prática .Devemos cobrar da ABI uma posição.Encher a caixa de email,sei lá ,ou outro meio mais direto.O governo, se não fizer sua parte, será sim responsável pela entrada definitiva numa época negra. .Isso revolta ,bandidos pregando moralidade.

  • A reportagem demonstra o que todo mundo já tinha ideia: por trás da queda de boa parte dos ministros não está a oposição ou a imprensa, mas os próprios “cumpanheiros”. Fica claro que Dirceu articulou a queda de Palocci. Dilma que abra o olho! Mafioso não toma jeito.

      • “No auge da crise que colheu Antonio Palocci, parte da bancada de senadores do PT tentou redigir uma espécie de manifesto em defesa do ministro, mas encontrou uma forte resistência de um trio: Delcídio Amaral, Walter Pinheiro e Lindbergh Farias – os três que foram ao encontro de Dirceu no tarde no dia 7. À noite, Palocci pediu demissão. Dirceu, então, mobilizou a turma para tentar emplacar o nome de Cândido Vaccarezza para a Casa Civil. O próprio deputado foi ao hotel no dia 8, às 11h07.”

        Como previsto, não é Dilma quem está governando. É o líder da quadrilha do mensalão. Pobre família Daniel, que é obrigada a ver esse homem atuando até agora, tantos anos depois da morte de Celso.

        • “Delcídio Amaral, Walter Pinheiro e Lindbergh Farias – os três que foram ao encontro de Dirceu no tarde no dia 7.”

          Então, tá. Mas, discutiram o que, mesmo?

          Entendi, você estava lá presente para saber do teor das conversas.

          Bacana a tua tese.

        • Copiou e colou do site da Veja.

          Esses trolls são pagos pela própria Veja para repetir suas mentiras e tentar desviar do assunto.

          Ah! É tão fácil identificar o troll profissional. As frases usadas, o momento em que são postadas, a forma de atuação e a intenção flagrante. Tudo mostra a ação organizada por essas empresas que acham que podem influir na Internet, postando milhares e milhares de mensagens repetindo as mesmas mentiras toscas que publicam em seus jornais e revistas.

          Os métodos mafiosos utilizados pela Veja, que ficaram PROVADOS neste último episódio, embora seja algo que todos já sabiam, são um caso de POLÍCIA. Não fosse o poder econômico (grana, suborno, sejamos claros), o jornalista e seus chefes já estariam sendo indiciados.

          A direita brasileira, representada pela máfia da mídia e a oposição demotucanalha já ultrapassou todos os limites aceitos em uma sociedade democrática, sendo o maior entulho da ditadura que ainda resta no País e o principal entrave ao nosso desenvolvimento.

        • Existe um processo em relação ao dito mensalão ,se for jugago culpado(não acredito)ok,se não quem pode responder processo é você.Quanto ao Celso Daniel não existe nada e você deveria ter mais respeito.Acusação com provas ou então é pura irresponsabilidade.Deixe de ser leviano.

        • Mais “pobres” somos nós, leitores e o dono do blog, sendo obrigados a ler por força do direito de expressão estultices saídas da lavra de quem “pensa” com a cabeça da VEJA , Reinaldos e Augustos Nunes da vida.

          • Deus queira que o Eduardo leia e grave o que você escreveu…paciência tem limites, mesmo a do Eduardo, espero!

        • Vc está doido Luis Alberto??? Zé Dirceu defendeu Palocci, quem saiu na ofensiva contra Palocci foi Raul Pontes, Eloi Pietá e outros da tendência Mennsagem ao Partido do PT. Sua tese é completamente equivocada e maluca.

        • Lave a sua boca e limpe a sua penas ou seu teclado quando falar de Zé Dirceu!
          Quem é você trolzinho de m… para querer julgar um gigante?

          NADA! M…PURA!

          Não é capaz de pensar pelas suas próprias convicções, não é capaz de pensar, não sabe de nada e só repete o que dizem esses nojentos!

          Vai ler e saber quem é quem!
          Vai tentar esquentar a massa cinzenta sem ser com capuz!.
          Vai ler!
          Vai deixar de dizer besteira!
          Onde você estava em 1968? No limbo!
          Onde você está hoje? Continua lá, no mesmo canto, onde estão os “inocentes”, aqueles que nem nasceram.

          Vai procurar saber das coisas para não ficar repetindo idiotices como um papagaio de ressaca!

    • Não deturpe.
      Você está reproduzindo aqui o que a porca da Veja escreveu na reportagem.
      Se você não é assalariado dessa corja, abra o olho porque você é uma vítima dela.

  • Com a palavra, presidente Dilma.
    Ou toma alguma atitude ou viramos uma republiqueta dominada pela direitalha de uma vez por todas.
    E o PT? Cadê o PT?

    • Pedro Soto

      Mais uma vez, diante dessa clara tentativa de crime,devidamente tipificado em nossas leis, acredito que a solução está nas mãos de todo povo brasileiro: organizar-se para ampla mobilização voltada a apresentar um Projeto Popular de uma “Ley de Medios”.
      Aqui vemos , como os argentinos, mesmo depois de aprovada a sua Ley de Médios, se mantêm atentos e participativos, para cuidar de seu cumprimento efetivo:
      http://www.tvpublica.com.ar/tvpublica/articulo?id=2077

      O que a Presidenta Dilma poderia fazer é empenhar-se em transformar a TV Brasil e a NBR em televisoras do mesmo nível da TV Pública Argentina ou da Venezolna de Televisión e a Telesurtv da Venezuela. Vamos todos pressionar nesse sentido? Ou vamos continuar negando o valor político dos hermanos?
      No que tange ao José Dirceu, considero que ele é um dos grandes políticos brasileiros e que jamais se envolveu em qualquer crime lesa-pátria. Esse processo do mensalão é uma armação sinistra do começo ao fim. Quem conhece a biografia do Zé,quem acompanhou suas lutas jamais duvidará de sua inocência. Podem armar o que quiserem contra ele. Quem o conhece sabe de seu valor como político e de sua integridade. O que a direita tem contra ele é um ódio absoluta por tudo que ele fez para organizar a esquerda no Brasil. Zé já tem seu lugar de honra na História.

  • Claro como a luz do sol !

    E digo mais, a partir desta delinquência, a revista lixo e os demais quadrilheiros da mídia bandida, poderão infiltra-se em gabinetes e casas de autoridades e forjarem a existência de pacotes de dinheiros falsos, drogas etc etc etc .. .

    Com a abertura deste B.O ,a Polícia Federal deveria reabrir aquele escabroso sumiço de material de campanha tucana de dentro de um hotel em Brasília, e que a revista lixo estampou em machete acusando o PT pelo |(suposto) furto .

  • Sr. Eduardo, depois de a propria embaixada americana ter dito que a relação do Pt com as farcs foram exageradas por essa revista, depois de varias capas difamnates contra o Lula, os dolares de cuba, essa tentaiva de invasão de privacidade me perguntop por que os politicoas até agora não regulamentaram o direito de resposta, ou fizeram uma nova lei de imprensa, até na inglaterra tem gente pedindo a regulação da midia pior que aqui os politicos tem medo? As vezes acho que o Pt e os politicos fustigados pela imprensa gostam de apanhar.

  • Esperar o quê desta revista? Eles não servem, já há décadas, à informação e ao saber, mas a si próprios e ao velho e antiquado clã, coronelista, aqueles que sempre trataram o povo como lixo. Fico perplexo em ver a hesitação do governo Dilma em regular esta nossa imprensa bandida. Até quando se permitirá que eles escondam tudo o que não presta – dos seus amigos bandidos – e inventem o que queiram, para solapar o governo Dilma?

  • O comentário de Luis Alberto mostra que além de certos tipos de partidos e de políticos, a que tipo de público se destina a Veja.
    Melhor demonstração impossível.

  • Texto do jornalista Helio Fernandes, da Tribuna da Imprensa, em 13.06.09:

    “É preciso denunciar esses corruptos multinacionais da Sujíssima Veja que vieram para o Brasil como o último refúgio para não irem para a cadeia. VEJA é sinônimo de venalidade, falta de dignidade, completa ausência de credibilidade. Dados, números, época, circunstâncias, trajetórias, passado, tudo o que se possa imaginar está presente no currículo da Sujíssima Veja e sua chegada ao Brasil. Nasceram na Itália, mas não têm pátria, a não ser o capital multinacional espúrio e corrupto. Como já nasceram corruptos e corruptores, tiveram que fugir. Primeiro, para a Argentina, de onde foram expulsos. Foram para os Estados Unidos. Ficaram lá algum tempo, mas o sangue é mais forte, não podiam escapar desse hábito congênito. Se envolveram no chamado “escândalo da prata”. Foram presos. Mas como os Civitas não tinham escrúpulos e o governo usamericano nenhum constrangimento, fizeram acordo: viriam para o Brasil, tentar um “empreendimento” jornalístico. Chegaram aqui em 1967 com muito dinheiro. Lançaram a Veja em 1968, com a garantia da publicidade de empresas multinacionais. Nenhum problema para a Sujíssima Veja. Preparavam matérias “duras contra a ditadura”, que sabiam que iam ser “vetadas”. E faziam a revista com outras reportagens, doces e satisfatórias para o regime de exceção. Com o dinheiro de fora e a ingenuidade e a cumplicidade daqui de dentro, enriqueceram, iludiram, falsearam, falcatruaram, desfiguraram, mas ficaram impunes e enriquecidos. O que não haviam conseguido na Itália ou na Argentina. Sempre encampando ordens da Matriz, forjando reportagens. Isso nunca foi jornalismo e sim pagamento por serviços prestados. É uma podridão imensa que não pode passar sem protesto e sem advertência”.
    Escrevo eu: A Pres. Dilma precisa pôr o sininho no pescoço do gato. E logo.

  • Tenho outras indagaçoes á fazer :

    1 ) E se a tentativa de invasáo fosse cometida contra um Membro do Egrégio Partido de Vestais da Ética , cuja a alcunha meliante é PSDBUNDA ( de onde só sai M… ) , qual seria a reaçao , notadamente da Mídia Golpista e seus Coliformes agregados ??

    2 ) Será está á única e frustrada tentativa de invasáo de domicílio á desafetos feito pela Imprensa Venal brasileira ou houveram outras em passado recente ou mais longinguo com resultados melhores ( sem uma camareira táo impertinente para atrapalhar ) ??

    3 ) A Tucanalha e seus próceres , mas precisamente o Mr. Bolinha de papel Assassina sabiam , planejaram , foram cúmplices ?

    Agora minha previsáo sobre o desfecho do Crime :

    1 ) A presidente que se borra de medo da imprensa , nada irá fazer e instruirá seu ministro da Justiça a seguir seu exemplo de covardia .

    2 ) é possivel , que no final disto tudo , a vítima torne-se o viláo , pois A Imprensa Golpista irá Latir “ad Nauseum “, que o Ex-Ministro deveria ter franqueado a sua residencia para o emérito lacaio midiático , pelo bem da liberdade de Imprensa , e se náo o fez é por que está escondendo algo .

    A cada dia que passoa, acredito menos na pessoa que ocupa a presidencia , pois com a falácia de “conciliaçao ” , ela está se distanciando das pessoas que lutaram e a colocaram no lugar onde está hoje , preferindo posar ao lado de fascinoras e criminosos , que inclusive tentaram destrui-la moral e eticamente em passado bem recente.

    Um título de uma cançao do U-2 , resume minha posiçao politica em relaçao ao affair mÍdia Calhorda e esta atual Presidente : With or Without you

  • Vou repetir aqui o comentário que fiz no Viomundo:

    E aí Senhor Zé Dirceu, vai meter um processinho no jornalista? tem o BO e testemunha da camareira. Ou vai fazer como pessoal de Brasília que tem medo dos PIGs?

    O BO foi feito pela administração do hotel.

  • O art. 5.º, inciso XI, da Constituição de 1988, afirma que “a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial”. O quarto de hotel utilizado enquadra-se no conceito de casa, como reiteradamente vem se pautando a jurisprudência do STF: “o conceito normativo de ‘casa’ revela-se abrangente e, por estender-se a qualquer aposento de habitação coletiva, desde que ocupado (CP, art. 150, § 4º, II), compreende, observada essa específica limitação espacial, os quartos de hotel” (RHC 90.376).

    É importante notar, a inviolabilidade não abrange algumas situações. Dentre essas situações, a única possível de ser aventada no caso específico é a do flagrante delito, haja vista não haver qualquer indício de desastre, socorro ou determinação judicial. Embora se possa conjeturar a existência de um desastre jornalístico, com a regulação dos meios de comunicação e a (in)determinação judicial de força normativa (Konrad Hesse) dos arts.220-224 da Constituição – notadamente com a ADO assinada por Comparato – pedindo socorro.

    Se, como quer parecer, não havia delito a ser flagrado, houve efetivamente a violação da inviolabilidade. Portanto, o que se poderia cobrar da revista é a comprovação de que no caso havia delito sendo praticado e que a sua conduta foi no sentido de flagrá-lo.Este é o entendimento do STF: “A Constituição Federal autoriza a prisão em flagrante como exceção à inviolabilidade domiciliar, prescindindo de mandado judicial, qualquer que seja sua natureza.” (RHC 91.189).

    O art. 301 do Código de Processo Penal, cuja constitucionalidade não engendra maiores dúvidas, dispõe: “Qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito”. Como arauto da luta contra a corrupção e da ética, poder-se-ia cogitar que a revista distancia-se da mera possibilidade e aproxima-se do dever de prisão em flagrante em casos como o por ela ora espetacularizado, supondo-se exista o delito e o flagrante.

  • Quando algum leitor deste blog falar em “mensalão”, não esqueça de citar a excelsa figura de Eduardo Azeredo, então governador das Minas Gerais, pai e mãe(ele, não o Estado) de TODOS os mensalões. Hoje, Azeredo é senador, que tenta impor o AI-5 digital. A propósito: o carequinha do mensalão, Marcos Valério, começou sua carreira, digamos, social-empresarial-politica quando Azeredo ocupava o Palácio da Liberdade. Oh, mas uma simples coincidência. Não sejamos maldosos… Papai do Céu castiga.

  • Importante lembrar que o Sr Dirceu é apenas citado no caso do suposto mensalão, não tendo sido elevado à condição de réu por nenhuma instância do poder judiciário. Caberá ao STF decidir sobre este recurso.

    • Errado, ele foi indiciado pela PF, o MPF apresentou a denúncia, onde esse senhor é apontado como “chefe de quadrilha”, denúncia esta que foi aceita pelo STF. Ele é, sim, RÉU no processo do mensalão. Se você dissesse que ele ainda não foi julgado e nem condenado, aí sim teria razão.

  • It is a Chicago way of life, amigo blogueiro. Dirceu é gangster. Murdoch é gangster. Civita é gangster. Esta “reportagem” da infecta Veja, mostra uma briga de chefes de quadrilha. No caso de Dirceu, um legítimo gangster , com pedigree “autenticado” pelo Supremo Tribunal Federal. Mas, briga de gangster não pode servir de pretexto para a tal “regulação da mídia”. A mídia da Inglaterra e dos Estados Unidos é devida e rigorosamente regulada. Beleza. Isto evitou o ação do chantagista, gangster e quadrilheiro Murdoch? A presidente Dilma tem mais o que fazer, do que se preocupar com platitudes deste tipo. Dilma, é bom que se repita pela milionésima vez, é uma estadista (por mais que a turma da ideologia, fique esperneando) e não uma perua corrupta e visionária como Madame Kirchner. É bem verdade que o povo argentino adora este biotipo. Ela será consagrada pelas urnas. É uma pena. Sempre gostei da Argentina. E, por incrível que pareça, sempre admirei os argentinos. Mas eleger La Kirchner… é o fim da picada.

    • Para a direita e a grande mídia que é sua porta-voz, todo político esquerdista que sabe fazer política e tem muitos adeptos, como é o caso do Zé, é gangster, terrorista,etc
      O Zé Dirceu é um grande político, com uma bela biografia e muitos serviços prestados as causas da verdadeira democracia, do nacionalismo e do anti-imperialismo. Tem uma biografia muito respeitável para quem não é entreguista, vende-pátria.
      Agora temos mas é que nos divertir com esta onda de “trols rebeldes” ( no sentido dos rebeldes líbios) – que estão percorrendo os blogs que hoje protestam contra mais essa incursão do jornalismo de esgoto da veja, armando mais uma onda carequíssima contra o Dirceu,pelo visto organizadamente – todos com essa cantilena de gangster, terrorista e que tais! Que gente mais repetitiva,sô!
      Cantilena de trol já não impacta mais,é tudo tão previsível. Vcs. tem que se reciclar,inovar, fazer uns cursinhos States, com a avó da Barbie.

  • Todo dia o PIG da motivo para o governo tirar do papel a Ley de Medios…pq perde tanta oportunidade de aprová-la..de iniciar uma campanha em todo o país para explicar o que é a regulamentação e seus beneficios para toda a sociedade…que medo é esse e pq de tanto medo?????

    • Porque será? Será porque?
      Este corajoso governo bem como o anterior esperam que 2012 chegue logo e o mundo acabe antes que eles sejam obrigados a fazer de conta que tem coragem de peitar o PCC Partido das Comunicações Criminosas.

  • Não se preocupe Edu todos os crimes do mensalão irão caducar sem serem julgados, não se preocupa.

    Ninguém vai ser investigado ou processado muito menos condenado.

    Assim como Collor não fez nada de errado e foi “injustamente” processado, assim como TODOS os outros politicos, já que em toda a historia da republica apenas UM politico foi condenado.

    • Ministério Público investigará Paulo Preto, o homem-bomba do PSDB
      ======================================================

      “O Ministério Público abriu um inquérito civil para apurar eventual favorecimento a parentes e enriquecimento ilícito do ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto. O promotor de Justiça Roberto Antonio de Almeida Costa solicitou que Souza quebre espontaneamente o próprio sigilo fiscal e bancário.

      Toda a documentação deve ser apresentada no prazo de 30 dias. Em caso de recusa, a medida poderá ser pedida à Justiça.

      O inquérito civil foi instaurado na terça-feira e tem como origem reportagem da Folha de S.Paulo de outubro passado. O jornal revelou que o consórcio Andrade Gutierrez/Galvão, um dos responsáveis pela construção do Rodoanel, contratou de forma emergencial e pagou R$ 91 mil à empresa do genro e da mãe de Souza, à época em que ele era diretor da Dersa.

      Em novembro, o promotor iniciou um procedimento preliminar e apurou que Souza assinou um dos contratos aditivos da obra do Rodoanel entre a estatal e o consórcio. O promotor também vai investigar se Souza teve evolução patrimonial compatível com a renda auferida por ele durante a gestão na Dersa, de 2007 a abril de 2010.

      Segundo José Luís Oliveira Lima, advogado de Souza, a defesa ainda não foi comunicada sobre a abertura do inquérito. “A postura de Souza à frente da diretoria da Dersa sempre foi pautada pela ética e pela legalidade”, diz Lima. O consócio Andrade Gutierrez/Galvão afirma que suas contratações têm fundamento técnico e são legais.”

      ———————————————————————————
      Em tempo:

      A notícia é de 14/02/2011
      O processo tramita com difilculdade, com sucessivos engavetamentos e todo tipo de entraves jurídicos.
      A imprensa NÃO noticia nada a respeito desse caso.

    • Aliança, o assunto não é o mensalão.Não tem porque o seu comentário.O texto é sobre um crime cometido por um jornalista da Veja.Não quer falar contra amigos,tudo bem.Mas buscar polêmica pra fugir do assunto é muito bobo.Melhor esperar outro post.

    • Não se preocupe senhor aliançaneoliberal, adepto do Partido das Privatarias (PSDB), todos os crimes de lesa-pátria cometidos pelo teu partido irão caducar sem serem julgados. Infelizmente a nossa justiça é lenta, tardia e há pessoas como um Gilmar Dantas no STF para pedir vistas e protelar “ad eternun”.

      A revistinha mafiosa que vosmecê adora só vai pagar pelos crimes que vem cometendo depois que tivermos a “Ley de Medios”.

  • A veja já acusou o Lula de ter contas secretas no exterior, inventou um grampo no STF, doláres cubanos em caixa de uisque para campanha eleitoral petista, vínculo entre as farc e o PT que mereceu a reprovação até do embaixador americano… e todos sabem que não deu em nada. E não podemos esquecer do patético caso do boimate. A produção de conteúdo jornalistíco não deve se amparar na prática de condutas criminosas. A não ser que, a despeito da desnecessidade de diploma, as faculdades de jornalismo estejam contribuindo na formação de bandidos e delinquentes. Todavia avalio que seja imposição de certas redações. Sob a óptica informativa a matéria é de irrelevancia solar e ainda que revelasse algum dado comprometedor sobre o ex ministro e réu no mensalão petista de nada valeria visto que foi engendrada mediante ação inidônea do réporter. Essa revista esta na sombra do fundo do poço afogada no próprio esgoto que produz.

  • Ao se confirmar a tentativa de invasão é caso de crime sim. Agora, para mim, o check-in no hotel assinado pelo repórter tem mais valor que um BO. Tô muito escaldado com a clase política e até agora o que se viu foi apenas uma versão.

  • Não sei porque, mas me lembrei de um caso, digamos, meio parecido.
    A invasão do prédio Watergate, em Wasgington, cujo resultado foi a queda do Presidente Nixon.
    Não vi na época ninguém reclamar da imprensa golpista, muito menos as esquerdas.
    Claro, este comentário não se aplica aos menores de quarenta anos, os inocentes úteis.

    • Nixon caiu porque mandou fazer a invasão do prédio.

      A imprensa naquela ocasião DENUNCIOU a invasão, que é CRIME.

      A Veja INVADIU.

      Então nessa comparação a Veja é o Nixon e deveria cair, assim como ele.

      Quem faz o papel da imprensa somos nós porque no Brasil não existe imprensa, é uma máfia.

    • Senhor Ramiza:
      N~ao sei quantos anos o senhor tem, mas se tiver mais de 12 deve ser desudadamente estupido.
      O burr~ao nem sabe o que foi Watergate e cita como exemplo?
      Va estudar um pouco, infeliz. Deixe de ler esse lixo a que voce esta acostumado e va aprender algo que preste.
      Depois volte aqui para conversarmos; ate la cale-se e esconda, pelo menos parcialmente, sua lamentavel ignorancia (caso seja mesmo somente ignorancia: se for burrice, desista, pois biologia e destino).

      Desculpem a falta de acentos: o teclado esta desconfigurado…

    • Sr(Sra) Ramiza, não confunda bife de caçarolinha com rifle de caçar rolinha. Os casos não são parecidos nem meio parecidos. A invasão do escritório do Partido Democrata em Washington foi uma ação que partiu de pessoas próximas ao Pres. Nixon. Gente que frequentava o salão oval da Casa Branca. Não havia porque “as esquerdas”reclamarem de imprensa golpista. O Washington Post começou a investigar no dia seguinte, mas com muito cuidado pois o editor-chefe do WP Ben Bradlee sabia que a questão era séria. Não é como aqui no Brasil que essa imprensa vagabunda publica qualquer coisa e depois vê o que pode ser feito. Os repórteres só puderam fazer a ligação entre a invasão do prédio e a Casa Branca bem depois, com a ajuda do informante Garganta Profunda, que se não me engano, só foi identificado em 2005. A dona do WP, Katharine Graham nunca quis saber da identidade dele. O que aconteceu aqui foi completamente diferente. Um repórter de uma revista tenta, de forma ilícita, entrar nos alojamentos de um hotel onde se hospedava um ex-parlamentar e membro de um partido político, sabe-se lá com que intenções. Boas, não eram. Se fossem, ele não fugiria sem pagar a conta. Estude mais um pouquinho de História. Não dói.

  • Twitters sobre o caso:

    Revista de Rupert Murdoch usava escutas ilegais para espionar políticos. Já a @VEJA usa pé-de-cabra. #vejainvaders Zé Dirceu

    ————————————–

    Veja! aprendeu técnicas de jornalismo num worksohop com o News of the World #VejaInvaders

    ————————————–

    A #vejainvaders tem que fazer um curso com O Impostor !

    ————————————–

    Vem aí o Curso #vejainvaders de Jornalismo. Currículo inovador: invasão de domicílio, escutas, truques de McGyver, personificações.

    —————————————

    Trancou a chave no carro? Perdeu a chave do apê? Não gaste $$$ com chaveiros. Chame #vejainvaders

    —————————————

    ntigamente jornalistas usavam papel e caneta; depois, celular e Ipad; agora usam chave-mestra e pé de cabra. #vejainvaders

    —————————————

    Grupo de rock Ultraje a Rigor lançará música em homenagem à ‘Veja’. Nome: ‘Nós Vamos Invadir a sua Casa!”. #vejainvaders

    —————————————

    O @gnribeiro agora protegeu seu twitter! É porque ele não gosta de invasão, né? AHAHAHA #vejainvaders

    —————————————

    Membros do PCC, Comando Vermelho e Terceiro Comando farão curso de invasão de casas e apartamentos com jornalista de ‘Veja’! #vejainvaders

    —————————————

    #vejainvaders Encontrado poster motivacional na redação da Revista Veja – twitpic.com/6bt1pn

    —————————————

    #vejainvaders Exclusivo:Gaddafi estva escondido no quarto de JoséDirceu, descobre a Veja.

    —————————————-

    EXCLUSIVO: @veja contrata equipe do DR. HOUSE para “invadir” apart do José Dirceu. “YOU´RE FIRE!” KKKK , #vejainvaders

    —————————————-

    VEJA invadiu hospital e encontrou a tomografia de José Serra. Próxima capa: Serra não tem nada na cabeça #vejainvaders

    —————————————-

    VEJA invade quarto de SERRA e econtra o BISPO DE GUARULHOS #Vejainvaders Ze Dirceu

    —————————————-

    Alô @Veja, porque não invandir a casa do josé serra e descobrir aonde está o diploma de economista dele?

    —————————————

    Coloque o seu também no Twitter… tá bombando

  • O fato gerador passou da questão tendenciosa, que todos nós sabemos, sempre existiu na imprensa brasileira. A questão agora é o patrulhamento hostil e ilegal, a espionagem a serviço de forças reacionárias da sociedade. Isto é o que me preocupa.

  • Quando jovem, comecei a me interessar pela política e foi quando lí alguns livros e comentários sobre Cuba.
    A história de um punhado de homens mal treinados, que derrubaram o governo de um ditador de 5ª categoria, era interessante, mas me pareceu que terminou exagerada com o fuzilamento dos opositores presos.
    Para mim bastava prendê-los, não havia necessidade de tirar à vida das pessoas, pois era um processo político afinal.
    Com o passar do tempo e adquirindo mais estudo e vivência, entendí “o porquê” da medida extrema do fuzilamento.
    Era a Extrema Direita.

    Por isso digo, Direita Boa é Direita MORTA.

    • que é isso, pelo amor de Deus! Direita, esquerda… Ambas têm representação parlamentar e apoio de setores da sociedade. O que se tem que fazer é vencer o debate democrático. Nem um centímetro mais, nem um centímetro menos

  • O plano planejado pela revista já derrubou um presidente da república, no caso, o escândalo Watergate e o mandato do presidente Richard Nixon! O enrredo é o mesmo. Os republicanos tentaram colocar escutas nos democratas e foram pegos. E agora? Um pasquim desqualificado, reconhecido pela maioria por seu papel oposicionista e reportagem porcas admitidas até pelo embaixador dos EUA tem mais poder aqui no Brasil que o presidente dos EUA em seu país?

  • EU NÃO ENTENDO PORQUE QUE A PRESIDENTE DILMA AINDA NÃO LEVOU AO CONGRESSO A LEI MEDIOS, SENHORA PRESIDENTE A SENHORA ESTÁ ESPERANDO A IMPRESA JOGAR O SEU GOVERNO NO LIXO? QUANDO A SENHORA ACORDAR JÁ É TARDE.

  • Este ataque da veja deve ser encarado com uma maneira de, ainda que por via indireta, forçar a condenação do dirceu no processo do mensalão. O STF precisa decidir sobre esta causa o quanto antes de forma independente e imparcial sem atender ao clamor hipócrita que move a parcela da imprensa que num passado nem tão distante foi cumplice de toda sorte de bandalheiras muito mais graves e impunes.

  • O fato de Fábio Barbosa,tido como um sujeito diferente no capitalismo selvagem é um sinal que os Civitas querem mudar de lado? A Murdochização da imprensa no mundo está ruíndo e os oportunistas para salvar os dedos sacrificam os anéis.Mas o método fascista está no DNA dos senhores donos da mídia brasiliana .Esperar pra ver!

  • Já passou da hora do governo enviar ao Congresso o projeto de Lei regulando o exercício da imprensa, nos moldes do que foi aprovado na Argentina. Não é possível mais convivermos com mentiras e ataques com mentiras ao governo do PT, enquanto que fatos que ocorrem nos governos tucanos são acobertados e sem nenhum destaque por parte da imprensa golpista. Basta! Queremos que a presidente Dilma saia da defensiva e parta para cima dessa turma, não com revanchismo, mas com Lei que faça com a imprensa no Brasil seja mais honesta e deixe de ser mentirosa.

    • Eduardo, nós já estamos atentos a essa questão desde Julho de 2007, quando o Ministro Lewandorsky falou que o Supremo Tribunal Federal somente havia recebido a denúncia do chamado ” mensalão” por que a mídia brasileira havia ” colocado a faca ” no pescoço do STF !

      Na época achamos esse tipo de pressão absurdo e indevido, voce chamou aquela manifestação em frente a Folha de São Paulo e na sequencia, em Outubro de 2007 decidimos fundar o Movimento dos Sem Mídia – MSM, para denunciar os abusos, a falta de ética, a partidarização da mídia conservadora e clamarmos pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA no Brasil.

      Pois bem, realizamos diversas representações no Ministério Público Federal contra atos irresponsáveis e até criminosos da mídia conservadora e partidarizada, como no caso da falsa epidemia da febre amarela; da gripe suína; das pesquisas eleitorais fajutas do Datafolha na eleição presidencial de 2010.

      Em 2009 foram realizadas as conferencias estaduais, municipais e Nacional da 1a. CONFECOM, com apoio explícito e declarado do Presidente Lula e do Ministro Franklin Martins, que ao final de 2010 deixou pronto o projeto de lei para regular os meios de comunicação no Brasil, visto que a lei de imprensa anterior havia sido revogada pelo Supremo Tribunal Federal em 2009 e o Brasil ficou sem lei que regulasse o direito de resposta em relação as matérias publicadas na imprensa nacional.

      Se antes da revogação da antiga lei de imprensa a mídia partidarizada já deitava e rolava em suas matérias, atacando reputações a seu bél-prazer, principalmente dos adversários políticos do PSDB/DEM/PPS, com a revogação dessa lei ficaram livres e se julgando acima da lei e do direito para assassinar reputações conforme lhes conviesse.

      Frente aos ataques seletivos da midia partidarizada contra o governo federal desde o início do ano e agora esse ato de verdadeiro BANDITISMO da revista VEJA contra o ex-ministro José Dirceu, que ultrapassaram todos os limites da lei, do direito e da ética, a Presidenta Dilma tem uma dívida para com a sociedade brasileira e deve enviar urgente ao Congresso Nacional o projeto de regulação da mídia e do direito de resposta.

      Não há mais desculpas para o governo federal não tomar essa providência, a Presidenta Dilma está brincando com fogo, essa mídia já apoiou e clamou por um golpe de estado em 1964 e pode vir a fazer isso de novo, eles acham que podem fazer o que quiserem e da forma que quiserem, não se brinca com golpistas.

      • Espere sentado. Sou fundador do PT, e com sacrifício da minha vida familiar e profissional, fiz todas as campanhas do PT: do registro do partido, até a última eleição presidencial. Mesmo achando que nós do PT somos bem melhores em ética e compromisso com o país, do que os bandidos que formam o PSDB, PPS e DEMOS; são decepcionantes a falta de reação dos nossos dirigentes – no partido e no congresso. Se não são covardes; no mínimo não tem vergonha de serem achincalhados diariamente nas revistas, jornais e TV Globo. Não me causará surpresa se o Zé Dirceu deixar impune o jornalista que invadiu seu quarto no hotel. Que falta está faltando o Gushiken – foi o único que não se deixou humilhar na CPI dos Correios ao reagir aos ataques dum cara que tem o estranho nome de Onyx.

        • Que falta faz o BRIZOLA!!!! ESSE sim tinha sangue nas veias e não xarope, não deixava barato os ataques da midia podre, e por isso segue sendo admirado até por quem nunca o conheceu mas foi apresentado a ele atraves de videos como o direito de resposta, UNICO no Brasil conseguido pelo politico admiravel e sem nenhum sucessor neste pais de politicos covardes e bundas mole, uma vergonha!

  • Murdoch é ladrão de galinhas perto dos Civita e seus sócios sul-africanos (pré-Mandela, os racistas e corruptos que assaltaram aquele povo e botaram parte do dinheiro na Marginal de São Paulo).
    Como nosso governo tem medo, e pensa conta em Lula como um amuleto contra o “azar”, estamos à mercê das seis ou sete famiglias que dominam a Comunicação no Brasil.
    Se até o final do ano a minha Presidenta Dilma Roussef não tomar uma atitude digna frente aos golpistas, vou-me embora prá Buenos Aires, onde povo e Governo têm coragem de lutar por Liberdade e Justiça. Sofrem, mas não se entregam.
    Ah, se a Dilma fosse Kirschner por uma semana, o Brasil viraria uma Democracia de verdade.

      • SOMOS 2

        Vem, Cristina, querida. MInha ídala. Essa não tem medo da burguesia. Aliás, Argentino não tem medo de cara feia de madame.

        Já no Brasil…

      • Quando será que a nossa presidenta Dilma vai tomar uma atitude de Cristina Kirchner?

        Dilma, estamos pedindo com urgência a “Ley de Medios”!!!!

        Dilma, ouça a voz de nós eleitores seus: “Ley de Medios”!

        Dilma, não ouça o canto de sereia do PIG, pois o PIG não a elegeu!

        • PREZADA DILMA ESTA PASSANDO DA HORA A CRIAÇÃO DA LEI DOS MÉDIOS EM NOSSA SOCIEDADE.
          É URGENTE A CRIAÇÃO DA LEI DOS MEDIOS EM NOSSO PAIS, POIS ., SENÃO NÃO VIVEREMOS UMA PLENA DEMOCRACIA, DENTRO DESTAS IMORALIDADE QUE OS SENHORES DO PIG (GLOBO, VEJA , ESTADÃO, FOLHA DE SÃO PAULO EOUTROS ) ESTÃO QUERENDO IMPLANTAR DE QUALQUER MANEIRA ..EU COMO POVO E CONSCIENTE DO QUE ESTA ACONTECENDO , SE FOR NECESSARIO LUTAREI CONTRA AS IDEIAS E AS MIDIAS RETROGRADAS DESTE PAIS.

  • Incrível Edu quando vc começou a prever tudo isso, la em janeiro eu achei que tava exagerando. Depois no caso Palocci eu achei que vc tava exagerando e agora, só quero te dizer que vc tava certo o tempo todo

  • Não esqueçamos do grampo sem áudio de Gilmar Mnedes e Demostenes Torres. Até hoje não apareceu as provas, porque foram obtidas de forma ilegal. Como PHA do Conversa Afiada: A Veja é detrito de maré baixa.

  • Atos cometidos por essa gente e as que eles protegem não dão eco.
    Quando não as escondem deformam, manipulam a verdade para protege-los mas se forem do PT ou são base do governo, ai meu amigo é fogo cruzado de todos eles,orquestradamente, reverberando, aumentando, induzindo, julgando,condenando, apedrejando………………………………………………………………………………….

  • Não acho a revista Veja um exemplo de jornalismo e nem acho que um dia foi, mas esse blog é um exemplo sim… Um exemplo de cegueira seletiva, de burrice seletiva.
    Quando a mídia fala mal do Alckmim, do Serra ou do FHC tá tudo ok, mas quando fala de gente envolvida em esquemas de corrupção – indiciadas em diversas ocasiões, e que CONTINUAM FUGINDO DE PRESTAR CONTAS – quando a mídia revela que estas pessoas que deveriam estar na cadeia estão na verdade em luxuosos hotéis da capital federal, aí é oportunismo da mídia e manipulação dos fatos…

    Até porque TODO MUNDO lê a veja hoje em dia…

    Xiitas.

    • Hoje em dia, por exemplo, eu não leio revista infestada de mentiras como a Revista Veja.

      Não tenho sangue de barata e estômago resistente para receber as lavagens dessa revistinha mafiosa.

    • Tiago,

      O xiita e cego para todas as evidências é você. Eu não sei se por má-fé, o que é mais provável, ou por uma incrível ingenuidade mesmo. Além disso, seu texto mostra uma incrível desatualização quanto ao que ocorre. Me aponte um único jornalão que critique governos tucanos e que denunciem seus desmandos. Quem denuncia as barbaridades dos governos tucanos, especialmente os de SP e MG são os grupos diversos da sociedade civil, como professores, policiais, blogueiros independentes, etc. O que a grande mídia faz, às vezes, é mencionar futricas, como as brigas entre o Serra e Aécio, Serra e Alckmin, etc. Mas nada fala, por exemplo, sobre todas as CPIs que a base governista tucana enterra em SP, como o governo FHC sempre fez. Então, você mente de forma descarada quanto diz que nós, desse blog, gostamos quanto a mídia critica os seus ídolos, pois a grande mídia, como qualquer pessoa com a mínima capacidade de compreender a realidade sabe, é alinhada com esses partidos. Em segundo lugar, de onde você tirou que “todo mundo lê a Veja”? Você é tão ingênuo que pensa que o Brasil se resume a uma parcela pequena a qual pertence à classe média alta. A Veja é a revista que mais vem passando por dificuldades nos últimos anos, e seus leitores diminuem a cada dia. O que sustenta a revista são os convênios corruptos que há entre ela e os governos tucanos e aquela parcela restrita de pessoas de classe média que ainda assinam esse lixo, por tradição ou por que possuem afinidade com a ideologia da revista. Cuidado com as besteiras que fala, pesquise os fatos antes!

    • Tiago (???)
      Engano seu. Muitos poucos ainda lêm a Veja. Se isso não fosse eles não ficariam ligando para as nossas casas oferecendo mil vantagens para assinarmos.
      O que se está discutá discutindo é a maneira vagabunda, bandida, sorrateira e desigual dessa gente investigar (???), e fazer reportagens como se esta tivesse sido alimentada por atos legais e querer que acreditemos que a reportagem seja isenta.
      Porque não tocam nos nomes de FHC, Serra, Alckmin, Aécio, Demóstenes, etc…?

    • Nenhuma das pessoas que eu conheço lêem a Veja.

      Aliás sabemos bem que a circulação da Veja está caindo rápida e constantemente.

      A Veja distribui exemplares gratuitamente e chega a enterrar exemplares, apenas para não reduzir seus números no IVC (Instituto de Verificação de Circulação), porque esse índice influi nos valores cobrados dos anunciantes.

      Para segurar as pontas da revista o governo do estado de São Paulo, governado pelos corruptos tucanalhas, compra uma enormidade de exemplares sem necessidade, como parte da retribuição (com dinheiro público) pela proteção recebida quando eles escondem todas as roubalheiras dessas aves de mau agouro.

    • Tiago, veja o histórico da VEJA. A questão discutida dentro de um estado de direito e na matéria do Eduardo não está no histórico de quem o meio de comunicação escolhe para fazer seu jornalismo investigatório, e sim na forma como faz. Sem esse seu convercê de xiitas, até porque não cabe a questão. Não sou a favor de xiitas muito menos de gente cega.

    • Cara, em que galáxia você mora? Porque aqui na Via Láctea, a mídia golpista JAMAIS falou mal do Alckmim, do Serra ou do FHC… É cada cego-surdo que aparece…

    • Tiago!!!!! Pelo visto só você lê aquela porcaria da revista de reporcagens da famiglia Civita!

      Por que será que só você aqui lê aquele detrito que fica boiando nas bancas de jornais? Uma pessoa inteligente não perde o seu tempo lendo esses detritos de maré baixa.

  • Por aqui Murdoch seria fichinha, aliás, nem seria notado e até viraria dono dos destinos politicos desta nação, como se sucede aos Civita, Marinhos, Frias…
    Uma lástima

  • Risível se não fosse trágico. A que ponto chegamos! Dilma aceitou as pressões do pig e demitiu Palocci talvez pensando que os cães parassem de latir. Ledo engano pois, como se vê, foi bem pior, pois a porteira foi aberta de vez. Até onde isso vai terminar não se sabe, ainda mais se sabendo que no Brasil a mídia nunca comete crime, alías, tem liberdade de assassinar

    • A “Ley de Medios” é urgente e necessária. Caso ela estivesse valendo, uma revista mafiosa como a Veja e a famiglia Editora Abril estariam falidas de tanto pagar indenizações por danos morais e por invasões a domicílios.

      Por isto pedimos: “Ley de Medios” já!

  • Esses trolls de direita estão HILÁRIOS com o tiro no pé da ESPIA. A revista de cabeceira de dez entre dez velhinhas de taubaté da classe média. kkkkkkkkkk

    O dó!

    Hoje que seria mais um sábado glorioso de fazer cara de nojo nas rodinhas dos bares no jardim, moema e que tais falando do “mar de lama” da petralhada a graça acabou porque o repórter Mr. Bean foi pego em flagrante e teve q sair correndo.

    kkkkkkkk

  • por que o governo federal não orienta as suas autarquias e empresas estatais a pararem de financiar a VEJA EM PARTICULAR e o pig no geral com publicidade institucional que é o filão desses fdps. Seria o inicio de uma ley de medyos sem o congresso e uma economia para o erário, por essas p. de propaganda são caras parA C.

    • Taí uma coisa que eu gostaria de saber: porque o governo continua financiando seus algozes? Apanham de qualquer jeito anunciando ou não no PCC Partido das Comunicacoes Criminosas, entao porque gastar NOSSO dinheiro para passar raiva? Canalizem essa grana preta torrada com o PCC, na educacão, o beneficio é infinitamente maior, óbvio.

  • Edu, esse tipo de coisa me revolta tanto, que eu confesso que deixo a raiva me dominar momentaneamente e isso estraga meu dia. Não é possível que esse caso fique impune, sem que isso seja difundido para a sociedade. Eu gostaria muito de saber se a polícia federal vai investigar o ocorrido, mas pelo silêncio de seus representantes, inclusive do nosso ministro da justiça, tenho impressão de que o crime será varrido para debaixo do tapete. Assim, o caminho fica livre para que criminosos travestidos de repórteres continuem a cometê-los. É desanimador… Por mais que eu me orgulhe dos grandes avanços de nosso país a partir do governo Lula, a verdade é que nossos irmãos latino-americanos indiscutivelmente possuem um grau de consciência cidadã que ainda estamos longe de alcançar. Se o governo não aproveitar um fato concreto e abominável como esse para discutir os limites da mídia, então a verdade é que não o fará mais, infelizmente.

    • Quem deve investigar é a policia de Brasília. Mas quem é o governador do estado? Agnelo Queiroz; que pelas noticias que tenho está se cercando de ex-colaboradores de José Arruda governador preso, e cassado por corrupção. É melhor sentar e esperar que alguma providência seja tomada.

  • O famoso “sigilo da fonte” que Veja, Folha e outras midias tanto teimam em manter é isso aí.
    Na verdade as grandes revelações dessa mídia bandida não tem fonte, tem isso sim, o uso de métodos crominosos para obtenção de “furos”, na tentativa de vender mais e se mostrar poderosa combatendo nos outros aquilo que ela mesma pratica.
    UM CRIME REPUGNANTE DESSA PÉSSIMA REIVISTINHA QUE DEVERÁ SER PUNIDO COM RIGOR.

    • O famoso “sigilo da fonte” que Veja, Folha e outras midias tanto teimam em manter é isso aí.
      As fontes não existem.Esses crápulas as inventam. O salafrario que defecou,desculpem,essa reporcagem nesse esgôto que se diz revista,se hospedou num quarto ao lado e tentou invadir o quarto reservado ao José Dirceu.Foi impedido e descoberto,vazou sem pagar a diária.Numa segunda tentativa se passou por “assessor” de um prefeito alegando que iria deixar “uns documentos” no quarto do José Dirceu..Foi registrado um boletim de ocorrência que o PIG pra variar,fez de conta que não soube de nada.Ah fosse alguem ligado ao PT, teriam feito o maior escarcéu. Ao saber do ocorrido enviei a todos os meus contatos os alertando para o que esses esgôto iria aprontar nesses final de semanda.Não deu outra.
      Pois Dilma e Bernardo,continuem alimentando essas serpentes com verbas do contribuinte.

  • Nada tão atual como o que Oscar Wilde antecipou: “Oh! Não se usam mais espiões atualmente! É profissão extinta. Os jornais fazem hoje, o mesmo servicinho. [Oscar Wilde, An Ideal Husband, Ato III” Pergunto: é para isto que serve a tão decantada liberdade de imprensa, digo, desregrada, desregulada, acima das leis e de todos, total liberdade de espionagem, no Brasil? A chantagista súcia famigliatica brasileira não tem escrúpulo. A Veja é um antro de preconceito espoliador e egoísta, promotora do ódio entre seres humanos semelhantes, para beneficiar uma casta em detrimento de mais de centena de milhão de seres humanos. No Brasil é proverbial a hospitalidade do seu povo e a tendência à convivência pacífica entre árabes e judeus. Esta revista cínica, ligada a um sistema de espionagem, quem sabe, com ramificações estrangeiras e a serviço da entrega das riquezas da nação nas mãos de corsários de dentro e de fora, lançou em sua capa um rosto árabe como sendo a face do terror no Brasil. Revista safada, querendo transportar para as nossas fronteiras um conflito que não existe por aqui. O Brasil tem sido a terra onde alguns gringos, não todos, é bom que se frize, aqui vieram e ainda vêm para espionarem e se apossarem das nossas riquezas. A AES Eletropaulo, por exemplo, é da safra maligna. Fruto da privatização nefasta, tão defendida pelo PIG, além de se apossar do serviço de distribuição elétrica com dinheiro dos próprios brasileiros, acaba de ganhar na justiça o direito de deixar São Paulo sem energia por até 4 horas de cada vez que a falta de manutençaõ no sistema trouxer apagões, um malfeito que chega a ser semanal. E a Veja esteve e continua na vanguarda a defender as privatizações lesivas ao nosso povo.Quem viu os mapas do projeto RADAM sabe que o país têm riquezas inimagináveis, desconhecidas dos seus próprios cidadãos. Por aqui grassam as tais ONGs recheadas de gringos que, disfarçados ora de ecologistas, ora de cientistas, espionam e tentam sabotar, com apoio de maus brasileiros, os projetos de um Brasil menos desigual e de uma nação poderosa. Este Civita , junto com os seus co-famigliaticos do PIG não pára de tentar derrubar o governo popular e progressita. Foi um erro da Dilma contemporizar com o serpentário murdockiano. O PIG é um caso perdido de desamor ao Brasil.

  • Um ótimo artigo de Brizola Neto sobre a “história da faxina” no Brasil
    Ele diz que o pig apoio a “faxina” de Jânio para logo depois passar por cima do seu cadáver o que culminou com o golpe militar
    A zelite brasileira não dorme no ponto, bobos é que não são, agora se sabe que os elogios à “Dilma Discreta” (que ficava recolhida) e logo em seguida à “Dilma faxineria” eram parte de um golpe
    Noto que Dilma já deu carne fresca aos leões mas que acabou a farsa
    Meus botões me dizem que, daqui prá frente, o pig pode berrar à vontade que ficará somente no berro mesmo
    Que berrem até cansar
    http://www.tijolaco.com/a-licao-da-historia-em-uma-foto

  • Concordo plenamente! Já passou da hora da Lei de Mídia. Estão esperando o que ? Que o PIG, PSDB e DEM consigam o que não conseguiram com voto? Derrubar um governo trabalhista ? Retrocesso no Brasil aos entreguistas de nossa soberania e nosso futuro como nação? A história nos ensina muito bem o destino dos covardes!

  • Edu, é agora ou nunca mais teremos esta oportunidade de implantar uma lei de mídia no Brasil. Esperar o quê, meu Deus?! Isso que fizeram com o Dirceu é um crime!

    • Isto que a Revista Veja faz contra o Brasil é um crime!

      A Polícia Federal tinha que investigar as invasões a domicílio que essa revista mafiosa tem como prática cotidiana.

      A nossa presidenta Dilma, que foi eleita por nós, deveria apresentar logo a “Ley de Medios”!

  • Eduardo, use a força do seu blog, e programe uma manifestação em frente ao Ministério das Coomunicações, afim de mostrar o descontentamento da populaççao com a não votação das Lei dos Médios.

    • Que população, cara pálida? O povo é grato à Veja por mostrar o que o quadrilheiro José Dirceu anda fazendo. Só no delírio militante de vocês que o povo quer censurar a imprensa. Graças a deus!

      • Gabriel, que convercê é esse sô? O povo defendendo a forma como os meios de comunicação agem no Brasil para defender seus interesses financeiros, com ajuda do poder econômico e político? O povo sempre foi refém dessa mídia que sempre teve lado e bem descarado não é mesmo? Ou não entendi direito? Que país vive meu chapa?

      • O povo é grato à Veja? Só na sua mente adoecida de direita que reduz “povo” a uma parcela da classe média alienada que lê uma revista mais conhecida, isso sim, pelo ódio, pela manipulação, pelas reportagens absurdas e táticas de esgoto. Recentemente, o wikileaks vazou que até o departamento de Estado americano achou absurda uma das reportagens sujas da sua revista querida. O povo apoia, sim, aqueles que são inimigos da Veja e possui horror aos personagens que esse lixo apoia. Você não enxerga os fatos por estupidez ou por um mau-caratismo incrível!

  • Edu, só mais uma coisa… Agora o Globo já está querendo criar mais um “escândalo”, para sujar a imagem da Ideli. Você profetizou quando disse que caso o governo cedesse à chantagem para derrubar o Palocci, a porta estaria aberta para que se tentasse derrubar todos os ministros. A ideli que se cuide, e a Gleisy também!

  • Importante lembrar: hoje foi o Zé Dirceu, ”amanhã pode ser um de nós”!!!
    ATENÇÃO, PT: ”acorda” ou ”a corda”!!!
    MANIFESTEM-SE!!!!!!!

  • Seguramente esta reportagem daquele lixo, vai entrar para os anais do péssimo jornalista que aquela verdadeira máfia pratica desde 2003.

  • Parece que a Veja irritou a petralhada!!! calma senhores, se dirceu
    estiver com razão, ele pocessa a revista que já derrubou 2 ministros de dilma.

  • A Veja precisou informar urgentemente aos seus leitores que o Dirceu é político. Só rindo mesmo. Comprovada a prática de jornalismo murdochiano pela Veja, o governo deve urgentemente por em pauta no Congresso, a Lei dos Médios.

  • O problema não é apenas a covardia do governo Dilma e sim do PT e oposição como um todo, que são os mais atingidos pelos ataques da mídia. Quando alguém do PT se manifestou na tribuna do Congresso contra as arbitrariedades da mídia? dando nomes e dirigir as críticas diretamente à Globo, Veja, Folha e Estadão?
    Quando se vê em outros países na América do Sul, governos, partidos e o povo em geral se manifestando ou aprovando projetos que contrariam os grandes da mídia, latifundiários, empresários, penso eu, que somos uma sociedade de covardes, infelizmente. Para quê construir uma maioria parlamentar tão grande como deste governo e não exercê-la? disperdício puro.

    • Teve politico do PT se manifestando na tribuna defendendo Lula, Dilma, o governo, e a lei de meios sim!! Foi no dia… xá ver…aquele dia lá…eu sei que teve um dia…peraí que eu vou lembrar…

  • Total inversão de valores. Não é permitido a ninguem, mesmo a um agente publico (policial, membro do Ministerio Publico, Juiz) quanto mais um jornalista a serviço de uma revista sensacionalista, para a apuração de um suposto crime a pratica de outro crime. E desde quando um politico se encontrar com outro politico constitui uma conduta criminosa?

  • Absurdo essa imprensa livre. LEIS PARA IMPRENSA JÀ! Essa gente tá pensando o que? Chegamos no limite! Depois culpam os militares por ter calado essa gente… eles não sabem aproveitar da liberdade. É gente que tem que ser regulada.

    • Por que será então que países como os EUA e a maioria dos países da Europa que vocês tanto citam quando falam de exemplo de desenvolvimento possuem leis de regulação da mídia, hein, paspalhão?

  • Não sei o que Veja escreveu, mas os métodos usados pelo (repórter) bandido que tentou invadir o apto do ex-ministro no hotel passaram dos limites. Ou tomamos uma providência ou ficaremos refém do PIG.

  • Ou se toma uma providência já, ou invadir residências, plantar grampos, falsificar documentos vai se tornar uma hábito nessa imprensa golpista e inescrupulosa. Temos que reagir e pedir que se tome providências urgentes. Deixar de comprar e ler a revista não basta. Tem que se fazer como com o Murdoch.Cadeia neles. Estão passando dos limites.

  • O que rola na Net:

    Repórter da Veja invade a casa do Serra.

    Repórter da Veja invade o apartamento da Juiza do Forum de Pinheiros.

    Repórter da Veja invade a casa do Chapolim.

    Repórter da Veja invade a casa do Jô Soares.

    Repórter da Veja invade a casa do marido do Kassab.

    Repórter da Veja invade a casa do Juca Kfouri.

    Repórter da Veja invade a casa do Otávio Frias.

    Repórter da Veja invade a casa do Júlio Mesquita.

    Repórter da Veja invade a casa da Soninha.

    Repórter da Veja invade a casa do Boris CCCasoy.

    Repórter da Veja invade a casa do Eurico Miranda.

    Repórter da Veja invade a casa do Paulo Preto.

    Repórter da Veja invade a casa do Ricardo Teixeira.

    Repórter da Veja invade a casa do Hebe Camargo.

    Repórter da Veja invade a casa do FHC.

    Repórter da Veja invade a casa do Irineu Marinho.

    Repórter da Veja invade a casa do Buraco do Metro.

    Repórter da Veja invade a casa do Ladrão de Merenda.

    Repórter da Veja invade a casa do Aluisio Nunes.

    Repórter da Veja invade o nariz do Aécio Neves.

    Repórter da Veja invade a casa do Maluf.

    Repórter da Veja invade a casa do Barros Munhoz.

    Repórter da Veja invade a casa do Andres Sanches.

    Repórter da Veja invade a casa do Vanderlei Luxemburgo.

    Repórter da Veja invade a casa do ACM Neto.

    Repórter da Veja invade a casa do Ophir Cavalcante.

    Repórter da Veja invade a casa do Carlos Vereza.

    Repórter da Veja invade a casa da Maitê Proença.

    Repórter da Veja invade o apartamento da Marília Gabriela.

    Repórter da Veja invade o apartamento do Augusto Nunes.

    Repórter da Veja invade o apartamento do José Neumane Pinto.

    Repórter da Veja invade o apartamento do dono Alston.

    Repórter da Veja invade o apartamento do Diretor da Sabesp.

    Repórter da Veja invade o apartamento do Eletropaulo.

    • Ahhhh! Então tá explicado porque a famiglia Civita têm facilidades no Fórum de Pinheiros!!!!

      Realmente a denominação famiglia Civita tem muita razão de ser.

      “Ley de Medios” neles!

  • Se o ministro da Justiça ficar em silêncio é porque é cumplície. Se tenta invadir o apartamento de um ex-ministro, esta revista acredita que poderá invadir a casa de milhões de brasileiros.

  • Só uma pergunta: fica por isso mesmo? O MInistério Público não pode fazer nada? É permitido que os órgãos de imprensa espionem pessoas, políticos, para fazer suas matérias? A imprensa no Brasil exorbita, ao considerar que tudo pode, inclusive produzir a notícia, trasvestida de ação investigativa, proclamando que é a liberadade de imprensa (?) e pronto, mas na realidade atropelando o direito dos cidadões, agredindo o estado de direito, a democracia, que tanto dizem defender. E o pior, com facciodade, partidarismo declarado em alto e bom som por seus representantes. Tudo sem freio, nem peias. Pairam acima das leis, dos governos e das pessoas. Consideram-se acima de quaisquer suspeitas. Agridem quem desejam, dizem o que querem, acusam sem provas, escudadas na liberdade de imprensa (?). É assim que deve ser? Continua assim mesmo? A democracia, mesmo a nossa ainda débil democracia, que não consegue levar ao banco dos réus os facínoras que torturaram e mataram durante o período ditatorial, que teve e ainda tem apoio dessa mesma imprensa, precisa encontrar um meio de defender seus cidadões. Não é possível que este fato fique impune. É preciso que o Estado, com base na Lei, mostre sua mão forte a estes que se consideram acima de tudo. Basta!

  • Liguei para o hotel (61-3322-4545) procurando a gerência, indagando a liberação de acessos para a imprensa e especificamente a Veja quando hospedo neste hotel. O gerente informou que na proxima segunda feira os advogados do hotel estarão com petição na justiça.
    Sugiro as pessoas ligarem para o hotel.

  • Prezado Eduardo,
    Temos que levar em conta que desta vez o pseudo-jornalista foi descoberto, mas quantas vezes a não-veja usou deste expediente sem ser descoberta? a pergunta fica no ar.

  • Nada ficou provado contra Palocci a não ser a capa da Veja repercutida mil vezes na TV Globo, aliás, não tocaram mais no provável “enriquecimento ilícito” do ex-ministro até mesmo porque não houve enriquecimento ilícito e sim uma farsa do pig
    É assim que funciona a nossa imprensa murdochizada
    Mas agora quebraram a cara, como diz o ditado popular, a cobra se envenenou com o próprio veneno
    A próxima capa da Veja deve ser sobre cirurgia plástica, claro, para fugir do assunto

  • O jornalista voltou à carga. Fez-se passar por assessor da Prefeitura de Varginha, insistindo em deixar no meu quarto “documentos relevantes”,,,

    Não seria o ET de Varginha um repórter da Veja?

  • Eles adicionaram uma pitada tucana no caso para tentar coonestar a reportagem e dar a ela ares de imparcial,nenhuma repercussão pelo resto da grande mídia ,os marinhos sentiram que o negócio é sério: crime de violação de domicílio.

    • Nosssffffa o PCC Partido das Comunicacoes Criminosas estão tremendo de meda dos órgãos de controle e do povo, dá pra sentirr o medão deles. Que medo que nada, eles tem o patrocinio de patroes estrangeiros, tem o judiciario na mão e tem muitos imbecis adictos das suas drogas. Eles não tem medo de nada. No dia que a maioria do povo se rebelar, aí pode ser que aconteca algo positivo na imprensa vendida, até lá o gilmar dantas mata todas no peito.

  • Importante ler o relato do Zé Dirceu no blog dele para que se possa avaliar toda a sordidez da matéria publicada pela veja.
    http://www.zedirceu.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=13048&Itemid=2&mosmsg=Seu+coment%E1rio+foi+salvo+e+ser%E1+publicado+ap%F3s+media%E7%E3o.
    O detalhe mais repulsivo é a acusação falsa de que Dirceu teria atuado a favor da demissão de Palocci.
    É a tática de criar intrigas, cizânia e mal estar dentro do PT.
    É hora de muita unidade e prudência. Não é hora de abrir a guarda não.

  • Alguém poderia me explicar porque o Jornal Nacional, da TV Globo, que tanto gosta de denunciar supostos casos de corrupção no governo Dilma, liderando uma campanha pretensamente moralista no país, não informou que a revista VEJA cometeu um crime ao invadir uma habitação privada de um cidadão brasileiro num hotel em Brasília?

    • Sr. Pedro Soto, a Globo cometeu um crime semelhante ao monitorar o apartamento do Marco Aurélio Garcia, e com a aparelhagem o flagrou fazendo top top.

  • Triste sina de blogueiro progressista. Tem que justificar o enriquecimento rapidissimo do Palocci, alegar que a roubalheira no Ministério dos Transportes é mero denuncismo, sustentar que o mensalão nunca existiu e o pior de tudo; defender um sacripanta como José Dirceu.

    Para descaracterizar os fatos colocam seus posts antes da circulação da revista numa tosca tentativa de dar sustentação a uma alegada “santa indignação” contra a razão de ser da imprensa que é o direito de informar.

    “Pasquim” , “revistinha”, ” espia” , ” oia” e outros são uma demonstração do caráter pueril de uma argumentação no mínimo patética . Há porem um fator que torna o blog interessante; os comentários, por pueris, não deixam de ser engraçados, alguns muito hilários.

    • A razão da imprensa é o de informar, não o de cometer crimes.
      Mas como a direitalha está desesperada com a perda do poder há tres mandatos, se emporcalha de qualquer jeito para tentar sobreviver.
      Quem tem que julgar o José Direceu é o STF, não a revista Veja.

  • Admiro a presidenta Cristina Kirshner. É uma pessoa de fibra. Fez e aprovou uma lei para os meios de comunicação e está enquadrando o PIG portenho. Regulação responsável dos meios de comunicação é bom para a democracia. Sob a desculpa de “censura”, o PIG tem ultrapassado todos os limites. Onde é que nós estamos? Onde estão os políticos corajosos? Quando é que alguém vai cobrar que a Rede Globo explique a bolinha de papel do derrotado Serra? Aquilo ali não deveria passar em brancas nuvens. O Brasil precisa de explicações. Quando é que alguém vai cobrar da Veja a prova de que Zé Dirceu é “capo” mafioso? Quem acusa tem que provar. Cadê as provas? Quando é que alguém vai cobrar que a Folha de São Paulo e o Estadão mostrem as mazelas dos governos tucanos em SP? Se os políticos se acovardam, amanhã pode ser qualquer um deles.

    • A cobranca tem dia certo: dia 22 de dezembro de 2012 SE acontecer alguma tragedia mundial, SE não acontecer a data para a cobranca será adiada para o próximo fim do mundo.

  • É América
    Isso não é América, sha la la la la

    Uma pequena parte de vocêUma pequena parte em mimVão morrer [Isso não é um milagre]Pois isso não é América

    As flores do outono florescemNessa estaçãoPrometa não ficar observandoMuito tempo[Isso não é AméricaPois isso não é um milagre

    Houve uma vezUma tempestade que soprou tão puramentePois isso poderia ser o maior céuE eu poderia terA mais fantástica idéia

    [Pois isso não é América, sha la la la la,sha la la la,shala la laIsso não é a América,não,isso não é,sha la la la la

    Derretendo boneco de nevePor dentroUm falcão espiralPara o chão[esse pode ser o seu maior céu]Tão sangrentamente vermelhoAs nuvens do amanhã

    Uma pequena parte de vocêUma pequena parte em mimIrão morrer[Isso poderia ser um milagre]Pois isso não é América

    Houve um tempoUm vento que soprou tão jovemPara que este poderia ser o maior céuE eu poderia ter a menor idéia

    [Por isso não é a América, sha la la la la, sha la la la, shala la la laIsso não é América, não, isso não é,sha la la laIsso não é a América, não,isso não éIsso não é América, não,isso não é,sha la la la]

    DAVID BOWIE

  • Pois é, Eduardo, estão dando corda no efeito manada e depois fazem disso um fato histórico. Imbecis esses que se pensam militantes da esquerda e dão combustível para fascistas nesta falsa onda de moralidade. É esta mídia aí que derruba ministros que faz este serviço sujo. Vamos lá, turma, na marcha contra os corruptos! .

  • Pois é; espera-se que outros, além de você Eduardo, coloquem em pauta essa violação (mais uma…) dos princípios mais básicos de ética jornalística, e dos códigos civil e penal, por esse periódico que não serve nem para “forrar a caixinha” de cães e gatos. José Dirceu, suponho, entrará com processo (mais um…) contra a empresa dos Civita; mas a coisa não pode se limitar a isso. É preciso que os fatos ocorridos no Hotel Naoun Plaza venham a público com a justificada intensidade. É claro que o restante da mídia, como de praxe, nem tocará no assunto; mas o governo, por força da polícia e do judiciário, juntamente com o ‘pouco, quase nada’ que existe de mídia confiável em nosso país, têm de dar o devido destaque a tais ações criminosas dessa revistinha desprezível. O ocorrido deveria ser usado para ilustrar, de forma inelutável, o que se pretende com a regulamentação da mídia. A meu ver, o que se passou em Brasília seria uma deixa perfeita para que o governo Dilma incluísse em sua ordem do dia, a versão tupiniquim da “Ley de Medios”. Pena que, certamente, isso não será feito… O marasmo e o desgaste progressivo do governo Dilma, acho eu, vão continuar; e todos sabemos aonde, ou em que, isso vai terminar… Certamente, não em algo que seja bom e conveniente para o Brasil e seu povo!

  • E o site http://pontoecontraponto.com.br/?p=6507 PROVA tecnicamente que as fotos de pessoas no corredor do hotel, com ou sem o José Dirceu, foram tiradas por câmera de espionagem, não são imagens das câmeras de segurança do hotel. Portanto, crime de invasão da privacidade, (não do hotel, mas de quem instalou o equipamento espião), pior ainda porque fotografa ministro de Estado brasileiro. Por muito menos do que isso (grampeamento de conversas telefônicas), uma revista de grande circulação foi fechada na Grã-Bretanha, seus donos tiveram de responder ao Parlamento britânico, estão sendo processados, etc.

    • Estamos no Brasil onde uma turma de togados tem como princípio não a JUSTIÇA,mas defender os seus,ou seja,os tungamos emplumados e seus aliados do PIG.Ah que falta nos faz um Chaves ou uma Cristina.

      • “Ministro de Estado” é o título dado a um cargo político do Poder Executivo do Brasil que responde diretamente ao Presidente da República. A um ministro, compete dar rumo estratégico às áreas de interesse da nação, como educação, saúde, cultura, trabalho ou transportes, etc.

      • No STF temos o Gilmar Dantas para dar facilidades aos mafiosos.

        No Fórum de Pinheiros a famiglia Civita tem facilidades. Assim eles conseguem praticar os danos morais e as invasões de domicílios.

        “Ley de Medios” neles”.

    • Mas se fosse na Inglaterra, nada disso teria acontecido, pois o Zé Dirceu não estaria hospedado em hotel 5 estrelas. Ele estaria sendo filmado por câmeras de segurança de algum presídio inglês.

  • A não escandalização de Murdoch por aqui é é mais grave do que o fato em si.
    Triste Brasil.
    Como se vê, quando deveria estar havendo uma grande repercussão por conta desta arapongagem da Veja, paira o silêncio, nenhum veículo tratou do assunto.
    Por conta da desastrada operação do 007 do Civita, não repercutiram nem mesmo a capa da Veja.
    Isso aqui seria um verdadeiro paraíso para Murdoch
    Se cuida Lula, se cuide quem não é do agrado da Veja pois, pelo andar da carruagem, estarão vós com o direito de ir e vir limitados, pois que filmados por onde ides
    É mole né
    Ah, como nossos Murdochs não são bobos coisa nenhuma, talvez até algum colunista venha a público dizer que a Veja errou e, claro, farão isso não como autocrítica mas como forma de dizer que só a Veja faz isso.
    Quando estouro o caso Murdoch a mídia nacional agiu desta forma, ou seja, criticou Murdoch como forma de dizer-se ética
    Deus tá vendo!
    Se tivessem feito autocrítica e se consertado não estaríamos assistindo a esta arapongagem do Civita

    • Todos que veem o tamanho do crime cometido por Veja e o perigo advindo desse crime para o Brasil e nosso projeto de país deve enviar email de repudio e cobranca para os jornais revistas tvs radios e p o congresso para exigirmos punicao e mais, a lei que regulamente essa atividade que não é divina para ter imunidade universal para fazer o que bem entender.

    • Spin, você se lembra do top top do Marco Aurélio Garcia? De como a Rede Globo flagrou o Marco Aurélio fazendo top top? Eu acho que não é de hoje que a imprensa instala aparelhos de espionagem para flagrar qualquer coisa, e depois justificar uma campanha difamatória. É preciso a Lei dos Meios de Comunicação, ou Aécio ganha as eleições em 2014 com um pé nas costas.

      Só uma notícia mais: o PMDB abandonou o bloco de oposição na Assembleia Legislativa de Minas, o Minas sem censura, e vai aderir ao Anastasia fora da lei. O PSB está mais próximo de Aécio do que de Dilma. Se Lula não for o candidato em 2014 ESTAMOS PERDIDOS (digo perdidos para não usar outro verbo mais a propósito, mas que é vulgar).

  • Em tempo: o sr. Rogério Tonato, gerente do hotel Naoum, telefonou para este ansioso blogueiro às 20h40 deste sábado e informou que já consultou os advogados do hotel para estudar como processar a revista Veja. Ele informou que o hotel existe há 22 anos e que isso jamais aconteceu. (O gerente respondendo ao PHA que o hotel Naoum não foi cúmplice do crime da Veja http://altamiroborges.blogspot.com/2011/08/dirceu-processara-veja-e-o-ze-cardozo.html

  • Só que com esse fato a Veja deu ao que a criticam o que eles precisavam, provas de que a Veja é capaz de tudo para atingir os seus fins e para piorar a situação, o escândalo Britânico cai como uma luva pra demonstrar que a Veja vem cometendo crimes. O bom nesta história é que ela não poderá falar que isso é intriga dos inimigos, pois ela se utiliza de exemplo desses países para justificar suas mazela aqui no Brasil.

  • Um conselho aos amigos do blog: Nunca cometam o mesmo erro que cometi esta manhã….
    Ao acordar ( de ressaca) caí na bobeira de dar uma olhada no blog daquele imbecil do R. Azevedo……..não conseguí segurar e saí correndo para o banheiro e vomitei como nunca…..Tá certo que a ressaca ajudou, mas o que aquele idiota escreveu hoje é nojento. (pior é seus leitores amestrados). Ler aquilo já é masoquismo……

  • Ainda que não se simpatize com o Dirceu. Querem explorar a fraqueza humana da empatia com o personagem para avançarem celeres na violência institucional
    Eles, esses grupos, querem alcunhar isso de trabalho de imprensa, uma farsa criminosa.
    Se aproveitam por que temos legisladores que se borram de medo de confrontá-los com ética que apregoam, para não serem vitimas do poder que lhes foi permitido. Estão emparedados pela complacencia cumplice, pela anuência em troca de visibilidade, e pela cultura, falsa e pueril, da fama, para angariar dividendos. Se tornaram refens, enfraquecendo toda a cidadania.
    .

  • Certa ou errada a atitude de qualquer político, em legistatura ou não, seja de que partido for, deixo para uma outra ocasião.

    O que está em pauta e temos que discutir urgente, é o comportamento disforme, predatório, criminoso, sociopata e desligado de qualquer senso de justiça social que a imensa maioria, infelizmente, de nossa mídia pratica. Ética e deontologia são códigos de conduta profissional que passam anos luz das salas (recuso usar o termo redação) destes veículos de desinformação e factóides. Assim como religiões usam o nome de seus deuses para justificar e praticar pilhagens e massacres pelos milênios da existência, a imprensa usa o deus da auto-regulamentação e transforma liberdade em libertinagem de expressão para justificar e praticar centenas de assassinatos sociais, quiçá coisa pior (alguém lembra da Escola de Base?) pra ficar só nesse pequenino exemplo. É uma imprensa, e acrescente aí seus empregados, crescida nos louros do totalitarismo latino, aristocrática e acostumada a servir de garoto de recado escuso para toda e qualquer forma desumana de ditadura, de direita e esquerda, e que hoje se cobre em vestes democráticas, mas esconde por baixo da putrefata pele as entranhas facistas de quem as dirige. Uma imprensa que historicamente sempre foi contrária a democratização da América Latina porque sabe que o peso da verdadeira democracia, a participativa, e não a delegativa, como temos em nosso país, é inviável para a sustentação do modelo mídia-de-poucas-famílias que defendem. Sem pressão social, esse modelo totalitário/aristocrático jamais mudará!
    Por tudo isso e muito mais é urgente que a sociedade civil exija deste governo letárgico uma regulamentação para frear esse trem doido, esquizofrênico patológico que devora tudo e todos que se atrevem a enfrentá-lo.

    Sem Ley de Medios e sem Reforma Agrária não há democracia!

  • Edu e demais comentaristas.
    Em comentários anteriores, um troll questionou qual seria o crime praticado pela Veja ou pelo repórter.
    Aqui está uma matéria que dá um pouco de informação. Não de todos os crimes, mas alguns que poderão dar base a que a PF entre no assunto.
    Ela mostra tres coisas:
    1) para ser PIG não basta ser leviano e maldoso, tem que ser bandido
    2) para trabalhar no PIG precisa ser bandido igual aos patrões
    3) para ser troll não precisa entender de nada, basta ser ignorante e cumprir as ordens de quem está pagando.

    http://pontoecontraponto.com.br/?p=6507

  • Li a reportagem antes de opinar, para não fazer juízos precipitados.

    Pois bem.

    Estou escandalizado, não com o teor e conteúdo da reportagem, no que vi pura elocubração, um exercício de “Teoria da Conspiração”, mas sim com a VIOLAÇÃO DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS, com o ATO CRIMINOSO, violador da liberdedes constitucionais.

    Faça-se denúncias, mas embasadas, primeiro, em provas concretas, segundo, lícitas!

    Que distância guarda a reportagem dos métodos utilizados para a fabricação de supostos dossiês!?

    Mas, o mais grave de tudo é o perigo a que estamos expostos de termos nossas vidas devassadas por esse rolo compressor, e o pior, sem chance de defesa e igualdade de condições para tanto.

    CRIME. ATENTADO CONTRA OS DIREITOS, GARANTIAS E LIBERDADES CONSTITUCIONAIS!

  • Parabéns a para a veja, imagina se toda a imprensa e os blogs fossem “chapa branca”, cadeia pro mafioso e não para o jornalista que faz jornalismo livre, francamente!!!

  • Edu, seu blog é seguro?

    Pode ser que a VEJA mande invadí-lo e instalar “programas com vírus” que roubem o conteúdo pessoal de nossos computaores, e-mails etc.

    Depois dessa, não dúvido!

  • Daqui a pouco sairei para almoçar e, como sempre faço, passarei na banca de revistas para comprar a Carta Capital (desisti de assinar porque o sistema de entrega é péssimo).

    E provavelmente verei, como de outras vezes, cidadãos com aparência respeitável comprando o seu exemplarzinho daquela revista imprópria, estampada no topo deste artigo.

    O que me impressiona é que às vezes alguns levam o kit completo do lixo mediático semanal, ou seja, além da já mencionada porcaria levam também as suas coleguinhas semanais, e que costumam operar sincronizadas.

    Enquanto isso o PT autista prefere enfiar o rabo entre as pernas ao invés de se inspirar na presidenta hermana e lançar a Ley dos Medios.

    Paciência, cada povo tem o governo e o destino que merece . . .

  • Quando será que o “Poderoso Chefão” da famiglia Civita fará a sua oportuna e cínica “declaração de princípios”. Como diz o Paulo Henrique Amorim, meios e fins eles (a corriola do pIG) já têm, desde os tempos da “ditabranda” (para eles que tantos dividendos colheram da despudorada associação com ditadores, de conduzirem militantes de oposição ao matadouro e de denegrirem a imagem das vítimas). “Saudosos” tempos durante os quais puderam consolidar os seus respectivos impérios eliminando concorrentes pelo ardil, sujo, servindo-se do poder militar ao qual aderiram interesseiramente, como parasitas. Ou as forças políticas e o Judiciário da nação desmontam, já, esta rede de comunicações que faz uso de chantagens e espionagem em favor da propriedade cruzada de meia dúzia de mafiosos de punhos de renda, ou o Brasil não ingressa no século XXI como uma democracia de fato. A estrutura da comunicação atual IMPEDE que o país tenha uma oposição autêntica, baseada em princípios e com propostas alternativas válidas. A oposição vazia e corrupta de hoje é pautada pelo PIG. E ao que parece o governo também. Todos, de oposição ou da situação, principalmente os últimos, estão à mercê das chantagens da quadrilha midiática que age impunemente. Os da oposição, corruptos ou não, que por ora são poupados, não se enganem. Caso voltem ao poder serão chantageados e farão o que o PIG quiser. A raiva do PIG é esta: nos últimos oito anos não fizeram o presidente (títere) como antes, através do capo Roberto Marinho (secundado pelos anti-brasileiros Civitas, Mesquitas e Frias). Gostaria de ver o dia em que as comunicações serão faxinadas, saneadas e re-equilibradas no país.

  • Se depois deste duplo crime (tentativa de invasão de domicilio + camara escondida) nada acontecer com a Máfia Midiatica comandada pela Veja/Instituto Millenium, ANJ/SIP, terei certeza que nossa “Democracia” e seu “Estado de Direito” resultante não passam de falácia. Com Lula ou Dilma ou FTHC, ou seja quem for a marionete desta canalha que – tudo indica – possui este país e a nós outros…

    Mais um Caso de POLÍCIA este #VejaInvaders . Nojento…

    E, como vc bem lembrou na conclusão do seu texto, sabemos bem como terminam as ‘crises institucionais’ que são fabricadas no país.

    Forte abraço, Edu.

  • Nossa que milagre!!!!!!! contei apenas um apoiador da veja, cade o Cristoph(ex campineiro) e seus semelhantes. Isto prova que contra fatos não há argumentos, chegamos ao limite, assim como a Veja e demais orgão do PIG arruinam a vida de muitas pessoas e instituições, levantando falso (não nos esqueçamos do caso da Escola Base de São Paulo), é hora de de tomarmos atitudes concretas para se colocar ordem no galinheiro. Grande abraço Edu de um militante da UPOP-JA Universidade Popular Juvenal Arduini de Uberaba

  • Até parece que alguém pega uma raposa como Dirceu, é mais fácil prender o Curupira, Boitátá, Loira do banheiro, provar que o Sací Pererê tem 2 pernas e mora no fundo do mar………. do que alguém pega-lo….kkkkkkkk O cara é profissional meus caros……Maluf tá preso? ….kkkkkkk Realmente ele é a cara do PT, ou dá ou desce………kkkkkk

  • É isso aí Edurdo, mesmo sabendo que será dificil a regulação da mídia no Brasil, não podemos parar de bater nessa tecla. Você, que é um dos maiores formadores de opinião no Brasil, tem que seguir nessa linha, e nós vamos juntos!

  • Eduardo,

    Esse tipo de “jornalismo” proporcionou uma grande revolução gramatical no que tange os sinônimos, então vejamos: inVeja = organização criminosa; liberdade de imprensa = descumprimento descarado dos preceitos constitucionais; jornalista = meliante; editorial = ofensa da dignidade humana; reportagem = invasão de privacidade; capa de revista = difamação, calúnia e injúria; pauta = obtenção de provas por meios ilícitos; e PIG = garantia de exclusão da apreciação do Poder Judiciário de lesão ou ameaça a direito.

  • EDU, é desanimador e desencorajador saber que os Poderes da República não tem a devida coragem de enfrentar o PIG.
    É o cúmulo do absurdo o governo ficar de braços cruzados diante dos crimes cometidos pela VEJA.
    Qual é a função do MPU ? Onde está o Congresso Nacional ? E o Executivo ?
    No futebol e na política, quem não faz gol, leva… assim, para a nossa infelicidade em já sei como vai terminar esse jogo.

  • Esse tipo de “jornalismo” proporcionou uma grande revolução gramatical no que tange os sinônimos, então vejamos: inVeja = organização criminosa; liberdade de imprensa = descumprimento descarado dos preceitos constitucionais; jornalista = meliante; editorial = ofensa da dignidade humana; reportagem = invasão de privacidade; capa de revista = difamação, calúnia e injúria; pauta = obtenção de provas por meios ilícitos; e PIG = garantia de exclusão da apreciação do Poder Judiciário de lesão ou ameaça a direito.

  • Dizem que o costume do cachimbo entorba a boca, isto é verdade, o Civita entortou a bocarra ao manter este modus operandi sem perceber que a qualquer momento a casa poderia cair

  • eu queria que o povo se interessasse mais por estas denúncias e peço socorro ao ministério público, tribunal de contas… justiça brasileira.
    O excesso maior estão cometendo os políticos que precisam comer CADEIA!!!!!!!!!
    Parabés à VEJA pela coragem de denunciar e investigar o que as outras se abstém.
    se o seu repórter cometeu excessos, ainda bem que foi com corruptos que não deviam ter direito a NADA!!! a não ser devolver o que tiraram dos cofres públicos.

  • Suas colocações são corretíssimas! CHEGA DE ATURARMOS O BANDO DE MARGINAIS QUE FAZEM PARTE DESSA REVISTINHA CANALHA AGINDO IMPUNEMENTE! Marginais que vão desde os proprietários, a classe dominante cuja defesa dos privilégios são o único motivo das reporcagens dessa merda e a horda de degenerados que compõem seus “jornalistas” amestrados. Não é de hoje que a Veja acumula crimes, anexa ao seu histórico de canalhices centenas de matérias sem qualquer fundamento, “reportagens” que nascem apenas da “criatividade” das mentes doentes que “trabalham” naquela porcaria. A lista é imensa : “dólares de Cuba”; “vinculação do PT com o narcotráfico”; “contas no exterior de Lula e aliados”, etc. TUDO MENTIRA, TUDO ARMAÇÃO, TUDO CALÚNIAS QUE NÃO GERARAM CONSEQUÊNCIAS MAIORES PARA ESSES CANALHAS DO QUE MEROS PROCESSOS CÍVEIS; LEVADOS A CABO DURANTE ANOS(COM INFINDÁVEIS POSSIBILIDADES DE RECURSOS); FINDO OS QUAIS, A REVISTINHA CANALHA APENAS TEVE QUE PAGAR INDENIZAÇÕES, COM VALORES QUE JÁ ESTÃO PROVISIONADOS POR ELA(E POR TODOS OS ÓRGÃOS DE NOSSA MÍDIA CANALHA, ESPECIALIZADA EM PUBLICAR MENTIRAS E ARMAÇÕES CONTRA AS FORÇAS POPULARES)E ORIGINAM-SE NOS MILHÕES EM DINHEIRO PÚBLICO QUE RECEBE DOS GOVERNOS CONSERVADORES; COMO O DE SÃO PAULO; QUE SÃO OS SUSTENTÁCULOS FINANCEIROS DESSES MARGINAIS, USANDO PARA TAL “CONTRATAÇÕES” ILAGAIS DE ASSINATURAS, PAGAS COM O DINHEIRO DOS IDIOTAS SULISTAS QUE OS ELEGEM. Seu raciocínio é perfeito : se o restante dos coroneís eletrônicos calou-se diante do espetáculo de trogloditismo dos fanáticos da Veja, não foi por não apôarem, mas por perceberem que taticamente seria suicídio. Num momento em que o planeta escandaliza-se diante da atuação criminosa da mídia inglesa(a menos regulada da Eurpoa, mas ainda assim muito mais regulada que a brasileira, a qual não possui controle nenhum), cujos crime despertaram naquele país, e em todos os seus cidadãos, a necessidade urgente de aumentar a regulação dos meios de comunicaçãoo(não por verem isso como censura; só os cínicos da direita que têm a cara de pau de associar regulação à censura; mas exatamente para que com a regulação tenham mais democracia; ou seja, com a regulação garantam o direito de todos se expressarem, fornecendo seus diferentes pontos-de-vista, e que a necessidade de informar não seja a desculpa para bandidos tentarem impor sua opinião, denegrir reputações com mentiras ou violarem os direitos humanos). Pois bem, num momento em que questões como essas ganham a pauta mundial de debate, impulsionadas pelos crimes dos bandidos da mídia inglesa; “levantar a lebre” dos crimes da Veja, bem piores do que os dos capangas de Rupert Murdoch; seria atrair a atenção, fazer as pessoas despertarem para a obviedade de que no Brasil; não apenas a Veja, mas todo o resto da oligarquia midiática; comete atos muito mais vis sem sofrerem qualquer tipo de punição. Ao contrário, têm a cara de pau de posar de “isentos”, censurando quaisquer discussões sobre a necessidade urgente de garantir-se a democratização das comunicações neste país, as quais são controladas por essa oligarquia, que as usa como arma para a defesa dos seus interesses políticos, censurando todas as pessoas e/ou opiniões que os contrariam, além de assasinarem a credibilidade dos que ousam enfrentá-la. Se é evidente que os barões da comunicação procurarão censurar o surgimento desse debate, é necessário que nós; Sociedade Civil e mídia alternativa; tragamos essa questão para o centro da pauta político-social. E utilizar momentos como esse, onde ainda vivencia-se o impacto de mais um dos crimes da mídia, é excelente para conseguir-se conscientizar o grande público(ainda bastante alienado e desinformado nesse assunto)sobre a necessidade inadiável de democratizar-se as comunicações neste país, sem a qual a liberdade de expressão, e a verdadeira Democracia, jamais existirão no Brasil. Não percamos essa chance; vamos às ruas, aos sindicatos; às organizações populares; mostremos a cada brasileiros, cada homem e mulher deste país como a prepotência e a impunidade dos barões da comunicação são uma agressão à liberdade e à dignidade de todos os cidadãos.

Deixe uma resposta