Abril recebeu R$ 52 milhões do governo de SP e implica com blogs

denúncia

 

Há alguns dias, telefona-me um amigo que trabalha na Editora Abril e que anda preocupado com a situação envolvendo a revista Veja, leia-se a possibilidade de o presidente do Conselho de Administração e diretor editorial do Grupo Abril, Roberto Civita, ser convocado a depor na CPI do Cachoeira.

A preocupação dessa pessoa se refere à possibilidade de sobrevir alguma condenação de seu empregador que afete os milhares de empregos que gera. Respondo que não deveria se preocupar não só devido à alta possibilidade de o poder de Civita fazer com que tudo seja abafado, mas também porque, se alguma conseqüência sobreviesse, certamente se restringiria à revista Veja e ele não trabalha na revista, mas em outra empresa do grupo.

O amigo, ainda preocupado, diz que isso não o conforta porque o que “segura” o Grupo Abril, hoje, é a Veja e seus contratos com o Estado, sobretudo com o governo de São Paulo, que torra recursos destinados à Educação comprando dezenas de milhares de exemplares da Veja e de livros didáticos das empresas de Civita, entre o muito que despende com esse grupo empresarial e com os Grupos Folha, Estado e com as Organizações Globo.

Lembrei-me dessa conversa por conta das acusações que o blogueiro e colunista da Veja Reinaldo Azevedo e vários outros jornalistas da grande imprensa fazem todo santo dia aos setores da blogosfera que se opõem ao conclave formado por aqueles grandes meios de comunicação e pelo PSDB, pelo DEM e pelo PPS.

No domingo, por exemplo, no âmbito de um arranca-rabo entre Azevedo e o site Brasil 247, este foi acusado de ser “financiado por dinheiro público”, como se a Veja não dependesse do Tesouro paulista (mais do que de qualquer outro).

À diferença de blogs como este, que não recebe um tostão de dinheiro público, o 247 tem um banner do governo do Distrito Federal que, por óbvio, é pago.Há outros sites e blogs que desafiam o poder da mídia tucana que têm banners não só de governos petistas como, também, de empresas estatais sob influência do PT.

Todavia, à diferença de uma Veja, o recebimento de dinheiro público por essas páginas é explícito, apesar de que Azevedo apresenta esse fato como uma grande revelação enquanto que o patrão dele não tem banner nenhum que mostre os milhões que recebe dos governos demo-tucanos.

Aliás, os contratos de fornecimento de publicações didáticas e informativas como a revista Veja para o governo tucano de São Paulo pela Editora Abril sofrem até questionamentos na Justiça, que, há pouco, aceitou denúncia do Ministério Público paulista – feita pelo PSOL – contra a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE).

Ano passado, o blog Namarianews veiculou que o governo paulista fez vultosas compras de revistas (Veja, Isto É, Época) e de jornais (Folha de SP, Estado de SP) via Secretaria de Estado da Educação, através da Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE. Os contratos só desse negócio, sem falar em todos os outros, somaram R$9.074.936,00.

A ação encampada pelo Ministério Público de São Paulo partiu de uma ONG chamada Ação Educativa. Refere-se ao contrato 15/1165/08/04 (Diário Oficial 1/10/2008 e 25/out/2008) que autorizou a compra de 220 mil assinaturas da revista Nova Escola, da Fundação Victor Civita, ligada à Abril, no valor de R$3.700.000,00. O negócio foi feito sem licitação, apesar de amparado pela lei 8.666.

Em 26 de maio de 2009, o Ministério Público de São Paulo propôs ação civil de responsabilidade por ato de improbidade administrativa contra o Presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação, a Diretora e o Supervisor de Projetos Especiais, ambos da FDE, bem como contra a Fundação Vitor Civita.

A Ação, que tem como fundamento possíveis irregularidades no contrato firmado sem licitação entre a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) e a Fundação Victor Civita, requer a responsabilização dos agentes públicos por condutas que podem ser caracterizadas como improbidade administrativa e ainda tramita na Justiça Estadual”.

O dispêndio de dinheiro do governo de São Paulo com a grande imprensa que tanto apreço demonstra por ele atinge as raias do inacreditável. Segundo o Namarianews, mais de R$250 milhões foram gastos na década passada, tudo sem licitação.

Desse total, comprovado com dados do Diário Oficial, a Editora Abril/Fundação Victor Civita recebeu inacreditáveis R$ 52.014.101,20 para comprar milhares de exemplares de diferentes publicações, entre elas a Revista Nova Escola, a Veja, o Almanaque do Estudante, a Revista Recreio e o Atlas da National Geographic.

O processo da ONG Ação Educativa recebeu o número 0018196-44.2009.8.26.0053 e se baseou em três premissas:

1º) A lei federal 8.666 de 21 de junho de 1993 (que “estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações e locações no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios”, incluindo a inexigibilidade de licitação) foi desacatada em seu artigo 25, que deixa claro ser vedada “a preferência de marca, que ocorreu explicitamente neste caso, uma vez que outras editoras não foram sequer consultadas”.

2º) A revista Nova Escola não tem exclusividade temática. “É importante mencionar ao menos duas outras revistas que poderiam ser escolhidas para cumprir as mesmas funções da Revista Nova Escola, tais como as descritas em seu processo de compra: a Carta na Escola, Editora Confiança Ltda, e a Revista Educação, da Editora Segmento Ltda”.

3º) “De acordo com os documentos (fls. 4-12 do processo FDE n. 15/1165/08/04), a motivação inicial para a elaboração do contrato foi uma carta encaminhada em 1/9/2008 pela Fundação Victor Civita à então Secretária de Educação Maria Helena Guimarães de Castro, propondo parceria, com descrição da proposta pedagógica da Nova Escola, preços e condições, além de cronograma de postagem. Ora, o contrato não partiu de uma necessidade da Secretaria de Estado, mas sim de uma oferta realizada pela Fundação e aceita pela Secretaria, que viabilizou seus termos sem consulta a outras editoras ou, principalmente, aos destinatários diretos da compra – os docentes”. (Fonte – Ação Educativa).

Este blog foi pesquisar o andamento do processo e descobriu que foi aceito pela Justiça. Abaixo, os processos que constam contra a Fundação Victor Civita e a decisão judicial de aceitação do processo da Ação Educativa encampado pelo Ministério Público de São Paulo.

O processo continua tramitando desde o final de 2010. A última movimentação é de 9 de abril último, com determinação para que as partes se manifestem.

Não é por outra razão que o deputado estadual Luiz Moura (PT-SP) reiterou pedido que a Assembléia Legislativa de São Paulo vem fazendo para que o presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), Bernardo Ortiz, compareça à Casa. Ele argumentou que o requerimento foi aprovado há um ano, mas o homem não dá as caras. A oposição quer que a FDE explique por que, com um orçamento de bilhões, falta tudo nas escolas paulistas.

Ouça, abaixo, o que diz o deputado (depois haverá que voltar à página anterior para continuar a leitura)

Clique aqui para ouvir

Eis que os jornalistas da grande mídia argumentam que essa quantidade descomunal de dinheiro público que o governo paulista despeja em uma Veja se deve a que tem um trilhão (sic) de leitores, blábláblá e blábláblá, como se, por isso, esses veículos devessem ser os únicos receptáculos de dinheiro público.

Os defensores do sepultamento de tanto dinheiro público na Veja, entre outros, argumentam com dados do Instituto Verificador de Circulação,  entidade responsável pela auditoria de circulação dos principais jornais e revistas do Brasil. Uma breve pesquisa no IVC, porém, revela um dado altamente eloqüente.

Adivinhe, leitor, quem faz parte do “Conselho Superior” do Instituto Verificador de Circulação. Ninguém mais, ninguém menos do que Roberto Civita. Ou seja, um dos veículos “verificados” pela entidade faz parte dela, o que, se não é ilegal, no mínimo é para lá de imoral.

De qualquer forma, mesmo que os dados sejam corretos, a publicidade oficial não é só para grandes veículos em nenhum país democrático. A publicidade deve ser focalizada em setores. Na internet, pode-se mensurar até com mais precisão qual é a exata audiência de cada veículo…

Enquanto isso, o blogueiro da Veja Reinaldo Azevedo e assemelhados continuam implicando com banners de governos petistas e empresas estatais em blogs e sites, publicidades que estão à vista de todos e que jamais foram questionadas judicialmente.

Volto, então, ao meu preocupado amigo que trabalha na Editora Abril, a uma sua frase altamente emblemática que me foi dita quando manifestou seu temor relativo à CPI do Cachoeira: “O que seria da Veja sem dinheiro público?”.

139 comments

        • Eleger outro governo estadual em Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Paraná já será um bom começo…

          Mas tem que eleger um governo que não seja desse grupo político (PSDB, DEM e PPS) que se uniu à grande imprensa para defender os interesses do crime organizado.

          • Muita gente pensa que o anestesia ganhou em Minas devido o fator aécio.Lêdo engano, a rejeição ao ‘homem da globo” no Ministério de Lula e as coligações que ele fez com alguns candidatos à prefeitura em várias cidades do interior,sabidamente rejeitados pelas populações dessas cidades,foram as determinantes da vitória do candidato do psdb. Muita gente que votaria num candidato do PT,sem opção,resolveu votar no “menos pior”. De um total de 14.513.934 eleitores,o anastasia obteve 6.275.520 votos e o hélio costa apenas 3.419.622 votos.

      • Carpem die e Tempus fugit. Esta chegando a hora. Ora a hora caracterizando que o ponto vernal, o foco o ponto que separa um ciclo do outro foi tênuemente ultrapassado. A partir de agora com o nosso empenho começara a ficar mais fácil ir caminhando para uma centenária caminhada da America Latina berço de uma nova civilização.
        A propósito caminhada mais fácil mas nunca jamais atingida. Como exemplo cito a Noruega aquela que estatizou seu pré sal porém abriga o desequilibrado que matou jovens de esquerda, por serem de esquerda. Nem que a insanidade fosse ao contrario; de assassinar jovens que se manifestam a favor da direita.
        E nao vou estragar meu comentário………
        .

        • Eu discordo Edu, O seu amigo deve sim se preocupar muito. Por conta desta “ameaça” a editora Abril, como todo segmento industrial, irá concentrar-se em novas tecnologias (sem os incômodos funcionários) automatizando e robotizando ao máximo suas produções e terceirizará tudo com enorme redução de efetivos e de gastos trabalhistas focando suas energias na convergência de mídias com uma fusão por parte de uma empresa telefônica. O passaralho vai voar geral na Abril e pode até ser que, num acordo, bom pra Dilma, para o Civita e para a Globo ( e dane-se o resto) o fogo da frigideira abaixe a ponto de demorar muito tempo para esta cocção ocorrer, e essa transferência seja feita, deixando como aperitivos as figuras mais odiosas como o Reinaldo e o Augusto. O Diogo Mainardi há pouco tempo era uma sumidade e teve que se pirulitar pras zoropas porque a marmita dele corria o risco de azedar. Mesmo odiosa essa opção representa uma derrocada para o PIG.

      • Acho que a sujeira chegouy a um tal ponto que não ha como não intimar a imprensa para depor nessa CPI.Acredito que não ha como evitar tal convocação ou intimação,caso contrario,vai ficar parecendo que das duas uma:ou os parlamentares foram comprados pela esquema criminoso midiatico ou eles se acovardaram e as duas hipoteses aventadas atingem em cheio a já combalida credibilidade do parlamento brasileiro.Então,diante disso,podemos dizer que para os parlamentares se torna um caminho sem volta ou eles convocam ou intimam(e isso fica ao gosto do fregues)a imprensa ou eles se desmoralizam perante a opinião pública.Porque o crime que foi cometido pelo PIG e seus cumplices(Cachoeira,Demostenes et caterva)não foi apenas corrupção(o que ja seria de extrema gravidade),eles tentaram derrubar um governo legitimamente eleito e esse é o ponto.

      • É isto mesmo, Eduardo. De tanto levar furo eles vão se sentir acuados pelos leitores que vão ou cobrar ou simplesmente abandonar seus veículos de comunicação. O negócio é ganhar deles no próprio negócio.

    • Claro que se pode fazer alguma coisa. Hoje mesmo eu mandei um e-mail para o Romário, porque ele assinou a lei do latifundiário, ou seja, os caras acabam com as florestas, com os rios, devem milhões de reais ao governo federal e a lei vem, simplesmente, permitir que eles continuem devastando o Brasil e o que devem não será pago. Deva vc a qualquer governo municipal, estadual ou federal , JACIARA, e perderá até a pele do corpo. O Ratinho Filho, Tiririca, Paulo Maluf , Chalite, entre outros, votaram a favor do Latifundiário. Veja em quem vai votar na próxima eleição, acesse http://www.excelência.org.br para estar a par do que está acontecendo com o Governo (os 3). Não gostou do que o seu deputado/senador fez, mande e-mail, Sabe, se você se acha muito pequena para causar impacto, tente dormir com um mosquito a sua volta. Talves o Edu esteja desanimado porque poucas pessoas comparessem ao seu chamado para mostrar indignação com o que ocorre. Eu participei da primeira reunião para batalhar sobre a ficha limpa. Havia na sala umas dez pessoas e veja o que aconteceu. ” Nunca duvide que um grupo de pessoas conscientes e engajadas para mudar o mundo; de fato, sempre foi somente assim que o mundo mudou.”.Frijof Capra

      • Enquanto não vier a reforma politica (e não virá) para tirar de cena os oportunistas da politica (Romário, Tiririca, etc) nada acontecerá de bom neste pais. Vamos continuar pedalando no lamaçal da corrupção promovida pela velha UDN porque isso é o que interessa a essa gente. Já tem bastante candidato se preparando na TV para futuros vôos na politica. É só olhar atentamente que serão facilmente identificáveis. Alguns nomes: Justus, Dória Jr, o Ratinho (que não deu certo) levou o filho, pastores evangélicos que cansam nossa inteligência, velhos craques de futebol, e por aí vai. Esse pessoal está fazendo um vestibular para entrar na politica. O estrago vai ser grande, mas não adianta chorar.

  • Nenhuma linha sobre esta safadeza com o nosso dinheiro sai na grande mídia, nenhuma palavrinha dos indignados Cantanhede, Jô, Merval, Jabor, Waack, Bonner, Sardenberg e segue por aí, sim porque é dinheiro arrecadado com os nossos impostos, para lançar a mentira nas escolas e promover a bandidagem de uma quadrilha golpista. Será que isto sairá hoje no JN? No Globo? Na Folha?: Aliás, esta última acaba de se imiscuir na TV pública, a TV Cultura, da forma mais desavergonhada. Isto é o que se pode chamar de mídia chapa branca, muitíssimo bem paga.

  • Nesse caso, dinheiro público sustentando uma publicação(organização) mafiosa. E ainda existem aqueles que veêm com naturalidade o dinheiro gasto com essas publicações (?!), se é que podemos chama-la assim…

  • Sou professor de Geografia no ensino médio da rede pública estadual. Até 2007, os alunos do 3º ano do ensino médio tinham 3 aulas de Geografia por semana, a partir de 2008, o governador Serra reduziu para apenas 1 e criou uma nova disciplina chamada DAC, obrigando-nos a trabalhar uma revista da editora abril chamada “Guia do Estudante”. Não tivemos nenhuma orientação sobre como trabalhar este material, uma revista com mais de 200 páginas e tínhamos que utilizá-la em apenas um semestre, pois ao longo do ano, cada aluno receberia 2 exemplares. Se é difícl conseguir trabalhar uma revista de mais de 200 páginas ao longo de um ano, imaginem duas. O pior é que a revista que chega aos alunos não difere em absolutamente nada da que é vendida em bancas de jornais, salvo a logomarca do governo de SP na contra-capa da revista. Isto traz enormes problemas para o professor, pois no material constam diversas questões de vestibulares e do ENEM, contudo, a resolução das mesmas, ao invés de estar somente em um exemplar do professor para que este articule melhor este processo de aprendizagem e correção das questões, acreditem, as resoluções estão nas últimas páginas de todas as revistas. Imaginem a dor de cabeça do professor em solicitar que os alunos resolvam tais questões, pois os mesmos já sabiam do “macete” e iam direto nas últimas páginas e reproduziam as resoluções sem aprender de fato. Existem mais absurdos relativos a material didático dos alunos, os quais envolvem custos desnecessários, mas não vou me alongar agora para não ser cansativo, quem duvidar que visite qqr escola estadual e visite as bibliotecas ou sala de livros e vcs descobrirão.

    • Olha pelo Azenha sabemos de como as mentes são manipuladas, coagidas a aceitarem uma ideologia através dos neocons, think tanks. Ongs sustentadas pelo capitalismo americano. Noam Chomky explica outros aspectos da realidade que vivemos no planeta. Uma é que somos manipulados pela midia empresarial. Outra de se insinuarem na formaçao dos crianças, jovens e na Universidades. Um Rodas da USP como exemplo.
      Não se trata de conspiração pois a ideologia predominante zomba quando dizemos se tratar disso; uma conspiração planetária, porem eu acredito sim em outra conspiração. A positiva fulminante do ciclo velho e fulgurante de esperanças do novo ciclo.

      Como prova desta conspiração positiva fomos estimulados por uma Cachoeira, um tsunami terrestre, uma catarata de Iguaçu que nos inspira a posts como esse do Eduardo Guimarães.Algo transcendente que suplifavamos aos Ceus. E ele nos concedeu.

      Cada um com suas circunstancias. Um dia escutei, senti, racionalizei, intui o que estamos a construir, uma America Latina como berço de uma nova civilização. A propósito uma linda frase de Che Guevara que uma amiga no Facebook postou.

      Não me esperem para colheita. Estarei sempre a semear”

    • Givaldo, você trouxe um ótimo exemplo prático da tramóia que existe entre o PSDB (que por aqui é governo) e a Editora Abril, um dos grandes órgãos dessa mídia partidarizada e vendida, que vitima por completo a área de comunicações em nosso país. Esse tipo de negociata é feito para desviar recursos públicos absolutamente necessários em outras áreas, para o bolso da máfia midiática (no caso, os Civita) que apóia o governo paulista e se opõe, de forma desleal e desonesta, ao governo federal, lá em Brasília. Acredite, meu caro: a preocupação com o aproveitamento escolar do material imposto pelo governo paulista ao professorado da rede pública, nunca sequer foi considerado seja por Serra, seja por Alckmin, ou por qualquer outro tucano. O que eles querem é desviar dinheiro público aos magnatas da imprensa, para que estes continuem a blindá-los contra toda e qualquer crítica local e, claro, continuem a promover (sem êxito, graças a Deus) a derrocada do poder federal, como têm feito desde a ascensão de Lula ao poder, em 2002. O baronato midiático é um verdadeiro câncer neste país e tem de ser literalmente extirpado, a qualquer custo. Para isso, o único meio legal é a regulamentação da mídia; que se daria pela chamada “Ley de Medios”. Este deveria ser um objetivo inadiável do governo brasileiro…

      • Fábio, você “definiu” tudo. O problema é que em SP, ninguém consegue “convocar” ninguém. O governo de SP mantém seus aliados alienados na ALESP no cabresto. Conseguiram até mudar o termo “convocar” por “convidar”, porém, não “convidam” os secretários estaduais para nada. Sempre “derrubam” qualquer convite feito pela oposição, como se os tais secretários fossem eleitos e tivessem “foro privilegiado”. Em outras palavras, NÃO se presta conta de NADA. Por isso, o Governo de SP, talvez seja o maior mantenedor das ações das máfias atualmente ligadas à CPMI do cachoeira. A ocultação de tanta maracutaia por tanto tempo, pelo poder da grana através dessa mídia deverá vir à tona, pois chegou a hora e, apesar dela (mídia) não dá para esconder mais.

        • Maria Olímpia; esperemos que você esteja certa e que “a casa caia” por completo, para o complexo ‘mídia partidarizada-oposição’. No estanto, a meu ver, é absolutamente necessário que nós, povo, acompanhemos passo-a-passo e com muita atenção a trajetória da CPMI do Cachoeira; pois com toda certeza, haverá inúmeras tentativas de omitir resultados importantes, enfatizar outros sem importância, desviar o foco de toda investigação, enfim… Vão tentar de todas as maneiras nos fazer de bobos, como sempre. E, definitivamente, o povo brasileiro não é mais aquela massa acéfala que o PSDB aposta que ainda é… São Paulo e o Brasil têm de virar esse jogo e acabar com as trincheiras que ainda restam à demotucanalhada!

    • Quero lhe apresentar a minha solidariedade. Em geral, as disciplinas de geografia e história são sempre as mais massacradas por esse tipo de “projeto educacional” que só visa à mercantilização. Toda disciplina que ensina a pensar sofre esse tipo de ataque. De qualquer maneira, a sua consciência é um grande alívio. Se houver outros como você, ainda poderemos ter esperanças.

  • Penso que uma forma eficaz de fazer contraponto é questionarmos os anunciantes. Lembro de um dirigente tolo que expôs a Philips do Brasil com o movimento “Cansei”, e foi rapidamente afastado pela matriz. A Hunday, por exemplo, é uma das maiores anunciantes do PIG, utilizando as primeiras páginas dos jornais e várias páginas das revistas. (imagino o quanto que o controverso governo de Goiás cedeu em benefícios fiscais para a unidade desta montadora em Anápolis) Enfim, será que o pessoal da matriz, que pensa no longo prazo, e talvez tenha outros padrões éticos, não se sensibilize com as práticas daqui?

    • Eu já disse isto, inúmeras vezes: Boicote. Somente boicotando os anunciantes, estes caras do PIG vão diminuir (nunca acabar) o assédio golpista.

      Poderíamos eleger uns 10 anunciantes e durante um mês/ano, boicotar esses camaradas.

      Exemplos, no mês de maio o boicote seria a empresa: Nivea. Em, junho a empresa: Ponto Frio. Em julho, seria a vez de boicotarmos a empresa: Cacaushow e assim por diante….

      Seria interessante de se ver….pois a grande pergunta é:

      Porque estas empresas se associaram ao crime organizado???

      A @RenaultBrasil patrocina a #VejaBandida com 3 páginas de anúncio.
      O @Bradesco patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @Mizunobr patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @mercedesbenzbr patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A @FiatBR patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @niveabrasil patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A @kiamotorsbrasil patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @NextelBrasiI patrocina a #VejaBandida com 1 páginas de anúncio.
      A @toyotadobrasil patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @Vivoemrede patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @OficialPeugeot patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @MicrosoftBr patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A @chevroletbrasil patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      O @pontofrio patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A @JeepDoBrasil patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A @nokiabrasil patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Claro patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A HP patrocina a #VejaBandida com 1 páginas de anúncio.
      A Sky patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A Tim patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A Net patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Catho Online patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Volvo patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.
      A Oi patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Abreu/Soft Travel/Canadá Turismo patrocinam a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Lipomax patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Vivara patrocina a #VejaBandida com 1 página de anúncio.
      A Hyundai @Ottoni_Brasil patrocina a #VejaBandida com 5 páginas de anúncio.
      A CacauShow patrocina a #VejaBandida com 4 páginas de anúncio.
      A Credicard patrocina a #VejaBandida com 2 páginas de anúncio.

      Parar de consumir os produtos destas empresas……Isso sim, seria consumo consciente !!!

      Retwitte isso !!!

        • Prezado Edu,

          1º – Porque os anunciantes veriam a repercussão negativa e imediata na queda das vendas e repensariam as suas estratégias de mkt.

          2º- Porque é mais rápido do que uma CPI ou aguardar quatro anos para uma nova eleição.

          3º- Porque tanto a campanha de boicote, quanto os resultados teriam abrangência N-A-C-I-O-N-A-L.

          A partir do momento que os patrocionadores privados minguarem….o PIG teria que r-e-b-o-l-a-r.

          Todos nós sabemos que somente o patrocinio estatal ( federal / estadual / municipal ) não consegue sustentar o PIG.

          Sendo assim, eles só conseguem fechar as contas com o dinheiro estatal e fingem, que somente o patriocinio das empresas privadas é que mantem as publicações.

          O Boicote é uma estratégia que bem implantada, dará resultados!

          Em paralelo é claro, manter o combate dioturno as mentiras e manipulações do PIG

        • Seria interessante ver a CPMI investigar Civita e seus colaboradores dentre os quais a ex-ministra da Administração Federal e Reforma de Estado do governo FHC, peça chave do processo de privatizações, quando criou seu programa de demissões voluntárias e ex-secretária de Cultura do Estado de São Paulo, vice presidente da fundação Victor Civita e atual secretária de educação da cidade do Rio de Janeiro. Quem sabe existe um elo maior do que se imagina entre o Cachoeira e a Privataria Tucana?

          http://www.marizieh.blogspot.com.br/2012/04/cachoeira-cavendish-civita-cabral-delta.html

        • Logo após sua posse o prefeito da cidade do Rio de Janeiro Eduardo Paes, apresentou a Senhora Claudia Costin, a economista, vice-presidente da fundação Victor Civita, ex-ministra da Administração de FHC, ex-secretária estadual de Cultura no governo Alckmin (SP). Que declarou largamente, sua intenção em aconselhar empresas e governos para estruturar projetos de PPPs (Parcerias Público-Privadas)…

          http://marizieh.blogspot.com/2011/07/presente-de-grego.html

  • “Perillo e Cachoeira providenciaram ‘mensalinho’ para Claudio Humberto

    Diálogos captados durante a Operação Monte Carlo da Polícia Federal entre Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres e Claúdio Abreu (ex-diretor da empreiteira Delta) mostram que o governador Marconi Perillo (PSDB-GO) articulou um ‘mensalinho’ (pagamento mensal através de empresa de Cláudio Abreu) para o jornalista Cláudio Humberto.
    Demóstenes Torres participou da intermediação…”
    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2012/04/perillo-e-cachoeira-providenciaram.html

    “Stepan Nercessian (PPS-RJ) e Lereia (PSDB-GO), viajaram à Europa com dinheiro publico á serviço de Cachoeira

    Em missão oficial na Europa, os deputados Carlos Alberto Lereia (PSDB-GO) e Stepan Nercessian (PPS-RJ), ligaram, de Paris, para o empresário Carlinhos Cachoeira. O conteúdo da conversa -que consta do inquérito da Operação Monte Carlo- mostra intimidade entre eles.

    Lereia inicia a chamada, em 12 de julho de 2011: “Bonjour, monsieur!”. Cachoeira identifica o amigo: “Tá de fogo, Lereia?”. “Rapaz, arrumei um negócio pra você aqui agora. Grupo Cassino. Eu disse, cassino é negócio de jogo (risos)”, brinca o deputado.

    Depois, falam do senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), chamado de “nosso líder”. “Vou levar pra ele um Château Margaux (vinho que pode custar até R$ 500)”.

    Em tom de deboche, falam sobre um empréstimo de R$ 200 mil para comprar um apartamento em Paris. Lereia diz: “Dá pra você depositar pra ele [Stepan]? Paris baixou demais o preço”.

    Nercessian havia pedido R$ 160 mil a Cachoeira, no mês anterior, para comprar um apartamento no Brasil.

    Stepan pega o telefone e segue: “Você deposita 200 na conta, eu tiro a xerox, e eles vendem fácil pra nós.”

    Os dois viajaram à Europa para participar de reuniões com a delegação do Parlamento Europeu. Receberam cinco diárias de R$ 350 da Câmara.”
    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2012/04/stepan-nercessian-pps-rj-e-lereia-psdb.html

    • “Tamos ” bem né?
      E os cretinos ainda riem da nossa cara.
      E esta CPi parece que quer mijar fora do penico. Eu francamente não posso entender porque tanto
      Deputados tem de viajar a vagabundear por este mundão a fora com o nosso dinheiro?
      Eduardo “assin nun dá né”

    • do que lembro o jornalista CLAUDIO HUMBERTO foi porta voz do governo de ninguém menos que Fernando Collor, atual membro do comitê de ÉTICA do senado

      olha, vou dizer ..nesta malha de corrupção lidamos com Musaranhos ..estes, praticamente cegos, assim que apanhados, atraídos e atraindo pelos feromônios, trazem logo outro grudado em seus rabos

      http://www.youtube.com/watch?v=ER_LKDrKOP8

    • Então o jornalista Cláudio Humberto, o Catão de Alagoas, o Demóstenes de bigodes também nadou nas cachoeiras do Cachoeira!! E posa de vestal, sempre com o dedo acusatório e implacável. Pilantra!!

  • Edu
    O governo (?) de São Paulo tem todo interesse do mundo em manter vivo o detrito de maré baixa, pois ele lhe dá sustentação política. Compreende-se, portanto, que sejam despejados milhões em dinheiro público no esgoto.
    Mas não nos esqueçamos de que o Governo Federal mantém propagandas e anúncios a peso de ouro no detrito e tem, como única contrapartida, ser malhado, usurpado e ameaçado todo santo dia.
    O Governo Federal poderia estancar essa fonte.
    Sei que o comentário não está 100% relacionado com seu post, mas é sempre bom chamar a atenção para medidas que nos ajudariam a sufocar o senhor Civita e promover o saneamento básico no país.
    Forte abraço.

  • Sem contar, Edu, que tem muito mais anuncio da Petrobras na Veja do que no Nassif. Na Globo então, nem se fala. Alias, o Reinaldo é pago indiretamente pelas empresas públicas, já que o grosso do faturamento da Veja vem delas.
    Agora, a revista Recreio, manual do estudante e Nova Escola ainda tem a ver com educação de crianças e jovens. Mas e a Veja?
    Isso é venda de pornografia para menor!
    É pior, tráfico de drogas para criança!
    Paulistas, olha o que os tucanos estão fazendo com seus filhos!

  • É o seguinte quero ampliar a conclusão simplória de que vindo da midia-PIG quando acusa qualquer ato dos executivos ou parlamentares de esquerda sejam espúrios para uma outra.

    Quando houver noticias do mesmo midia-PIG sendo de denuncias contra a malversação de recursos públicos de todo e qualquer executivo ou parlamentar de direita (PSDB, DEM, PPS) não é nada paradoxal não. No dialogo o deputado cita que as denuncias foram publicadas na imprensa………Jornal da Tarde.

    É que ele sabe que seus leitores contam com o bloqueio que existe contra o esclarecimento por parte do executivo e representantes dos governos daqueles partidos.

    Como exemplo do governo Alkimin no caso de compra de jornais e revistas da Veja e Folha e de publicações educacionais das mesmas empresas.

    Reforçando a evidencias poderia parecer insano afirmar;
    Se a noticia for contra a esquerda é falsa
    Se for contra a direita é verdadeira, porem não será apurada.
    O tsunami Cachoeira confirma. As CPIs bloqueadas na Assembléia Legislativa de São Paulo como exemplos.

    Sim está sendo gestada uma virada no governo estadual e municipal de São Paulo e não se trata de hegemonia e a espera de uma oposição que vai também sendo gestada. Um Claudio Lembo, Bresser Pereira, Delfin Netto a engendram com suas idéias na midia empresarial.
    ¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬

  • Ao Professor de Geografia Givaldo. Deve-se fazer uma pesquisa , mas se não me engano esse guia do estudante da Abril estava encalhado a anos e o Nobre Gov Serra deu uma forcinha prá desovar esses guias nas escolas públicas de São Paulo.

  • Eduardo: Reforçando seu texto:

    Para agilizar seu trabalho, apresento alguns dados sobre a Editora Abril, que também edita uma revista, a Veja, e que “apóia o candidato José Serra e que, para tanto, recebe verbas do governo estadual”. O levantamento foi feito pelo blog NaMariaNews, uma excelente fonte de informação sobre os negócios do atual governo paulista na área de educação. Numa minuciosa pesquisa aos editais publicados no Diário Oficial, o blog descobriu o que parece ser um autêntico “mensalão” pago pelo tucanato ao Grupo Abril e a outras editoras. Veja algumas das mamatas:
    – DO [Diário Oficial] de 23 de outubro de 2007. Fundação Victor Civita. Assinatura da revista Nova Escola, destinada às escolas da rede estadual. Prazo: 300 dias. Valor: R$ 408.600,00. Data da assinatura: 27/09/2007. No seu despacho, a diretora de projetos especial da secretaria declara ‘inexigível licitação, pois se trata de renovação de 18.160 assinaturas da revista Nova Escola’.
    – DO de 29 de março de 2008. Editora Abril. Aquisição de 6.000 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 365 dias. Valor: R$ 2.142.000,00. Data da assinatura: 14/03/2008.
    – DO de 23 de abril de 2008. Editora Abril. Aquisição de 415.000 exemplares do Guia do Estudante. Prazo: 30 dias. Valor: R$ 2.437.918,00. Data da assinatura: 15/04/2008.
    – DO de 12 de agosto de 2008. Editora Abril. Aquisição de 5.155 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 365 dias. Valor: R$ 1.840.335,00. Data da assinatura: 23/07/2008.
    – DO de 22 de outubro de 2008. Editora Abril. Impressão, manuseio e acabamento de 2 edições do Guia do Estudante. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 4.363.425,00. Data da assinatura: 08/09/2008.
    – DO de 25 de outubro de 2008. Fundação Victor Civita. Aquisição de 220.000 assinaturas da revista Nova Escola. Prazo: 300 dias. Valor: R$ 3.740.000,00. Data da assinatura: 01/10/2008.
    – DO de 11 de fevereiro de 2009. Editora Abril. Aquisição de 430.000 exemplares do Guia do Estudante. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 2.498.838,00. Data da assinatura: 05/02/2009.
    – DO de 17 de abril de 2009. Editora Abril. Aquisição de 25.702 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 608 dias. Valor: R$ 12.963.060,72. Data da assinatura: 09/04/2009.
    – DO de 20 de maio de 2009. Editora Abril. Aquisição de 5.449 assinaturas da revista Veja. Prazo: 364 dias. Valor: R$ 1.167.175,80. Data da assinatura: 18/05/2009.
    – DO de 16 de junho de 2009. Editora Abril. Aquisição de 540.000 exemplares do Guia do Estudante e de 25.000 exemplares da publicação Atualidades – Revista do Professor. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 3.143.120,00. Data da assinatura: 10/06/2009.
    Negócios de R$ 34,7 milhões
    Somente com as aquisições de quatro publicações “pedagógicas” e mais as assinaturas da Veja, o governo tucano de José Serra transferiu, dos cofres públicos para as contas do Grupo Civita, R$ 34.704.472,52 (34 milhões, 704 mil, 472 reais e 52 centavos). A maracutaia é tão descarada que o Ministério Público Estadual já acolheu representação do deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) e abriu o inquérito civil número 249 para apurar irregularidades no contrato firmado entre o governo paulista e a Editora Abril na compra de 220 mil assinaturas da revista Nova Escola.
    Esta “comprinha” representa quase 25% da tiragem total da revista Nova Escola e injetou R$ 3,7 milhões aos cofres do ‘barão da mídia’ Victor Civita. Mas este não é o único caso de privilégio ao Grupo Abril. O tucano Serra também apresentou proposta curricular que obriga a inclusão no ensino médio de aulas baseadas nas edições encalhadas do ‘Guia do Estudante’, outra publicação do grupo. Como observou o deputado Ivan Valente, “cada vez mais, a Editora ocupa espaço nas escolas de São Paulo. Isso totaliza, hoje, cerca de R$ 10 milhões de recursos públicos destinados a esta instituição privada, considerando apenas o segundo semestre de 2008”.

  • Que coisa! Vocês viram??? O Brizolinha Neto finalmente conseguiu o que queria: virou ministro do Trabalho. Pudera, puxou tanto o saco da mamãe Dilma, passou feito um trator por cima de seu próprio partido, que não o quer como ministro, e votou contra os trabalhadores na privatização recente da previdência pública. O bichinho é ruim de voto, mas pelo jeito é lixeiro que só ele… Eita bichinho lixeiro, sô!!!

      • Edu a resposta foi pro Augusto que nada falou sobre o post rsrsr deve ser assinante da oia e acredita cegamente na grobo que tanto bateu no Brizola Avô. Parece que el não gostou muito.

      • Sim. Precisamos diferenciar blogs de imprensa. Veículos de imprensa possuem toda uma estrutura a ser mantida, ao contrário dos blogs. Então, obviamente, eles precisam receber recursos governamentais. Além disso, se um Estado ou um Município for adquirir publicações para destinar a suas escolas ou a seus servidores públicos, de quem mais adquiririam a não ser da Veja, da Folha, do Estadão ou do Globo??? Gostem ou não, esses são os veículos de imprensa de cobertura nacional do Brasil. Ou seja, é a normalidade, é como as coisas acontecem. O que não é normal é um governo destinar verbas para um blog que não faz outra coisa que não injuriar os adversários políticos daqueles que o financiam. A Veja há poucos dias concedeu espaço a Dilma Rousseff, provando que tem compromisso com a informação. Que blog dito “progressista” concederia espaço a Serra, por exemplo? Ou seja, não há isenção nos blogs. Os veículos de imprensa podem até ter lado, o que me parece normal, já que todo mundo tem um lado, mas pelo menos eles abrem espaço para correntes contrárias ou diferentes. E aqui eu tenho de fazer um reconhecimento: você é o único que publica meus comentários. Nos outros sou deletado. No Azenha, por exemplo, fui banido. Só que o dinheiro dos impostos sai tanto de um lado quanto do outro. Na verdade, sai muito mais dos da direita, já que a esmagadora maioria da população brasileira é de direita, tem mais bens e portanto paga mais impostos.

        • Sua presença tambem não é bem, vinda aqui,vagabundo.Vc devia ser banido daqui para que pessoas de bem e honradas pudessem continuar postando seus comentarios sem ter que ler as mentiras que vc posta.Vc não tem carater,Augusto,vc é um cafageste.

          • Dimas.tenha plena certeza que esses inocentes “fúteis” e abestalhados são desprovidos de discernimento.

          • Pra que discutir com um rato que sonha com o Che? Ele só quer atenção, pois no grupinho dele deve ser aquele chato que ninguém tolera, o dono das verdades eternas. o sabichão da Veja. Aquele que argumenta com a Veja de um lado e a Bíblia de outro.

        • Ô…Augusto…tu acredita que Chê Guevarra era um espião da CIA, por isso divulga sua foto com orelhas do mickey? Ou, em seus devaneios neo liberais, neo nazistas, extrema direita e tals…tu achas que a Presidenta da Republica está no mesmo nível do candidato derrotado, que não guenta cumprir um mandato de prefeitinho ou governadorzinho em SP e atualemte vive dividindo e destruindo o próprio partido?

        • Percebe-se que o Sr. Augusto escreve bem, deve ser algum jornalista piguento infiltrado aqui, pois sabe que o Eduardo Guimarães aceita todos os comentários, ou talvez seja só alguém pago pelo partido único PSDB/DEM/PIG… Acontece, Sr. Augusto, que não adiantam palavras bonitas e um texto com boa concordância verbal, nominal e acentuação, se o escrito não fala a verdade, se são palavras vazias de racionalidade e bom senso…

          Escrever bem por escrever bem, os jornalistas dos jornalões e revistas estilo Veja todos o fazem, tiveram formação pra isso, mas suas matérias mentirosas e manipuladoras não enganam mais ninguém… O QUE IMPORTA NÃO É A FORMA, MAS O CONTEÚDO.

          Voltando ao assunto do post, há sim, Sr. Augusto, muitas formas de adquirir material pra Educação sem ser da Editora Abril… é só abrir uma licitação, que muitas editoras participariam, talvez editoras mais especialistas nesse tipo de material do que a Abril… mas, como o governo tucano paulista faz sem licitação, é outra estória…

          • P.S.: “Que blog dito “progressista” concederia espaço a Serra, por exemplo?”

            Talvez seja porque, como disse o Lula, o Serra é um político de ontem, com idéias de ontem. Portanto, não se pode falar bem dele por aqui. O Serra e as palavras ‘progressista’ e ‘futuro’ não combinam…

          • Liz, qualquer blogueiro “sujo” daria tudo por uma entrevista com Serra. Mas é óbvio que nenhum demo-tucano falaria conosco como Dilma fez com a Veja. Ela enfrentaria até uma entrevista com perguntas duras, como Lula fez várias vezes, mas um Serra perde o controle se alguém lhe pergunta algo de que não gosta.

        • “Além disso, se um Estado ou um Município for adquirir publicações para destinar a suas escolas ou a seus servidores públicos, de quem mais adquiririam a não ser da Veja, da Folha, do Estadão ou do Globo??? ”

          Rarararararararara!
          Cara, ou você tá brincando ou é uma rematada cavalgadura…
          Olha, vai digerir sua celulose e nos agracie com sua ausência.
          Imbecil…

        • Srs.,agora vou fazer o que mais me apraz nos blogs que frequento: chutar o balde da trollagem!
          Vamos lá:

          1.”Precisamos diferenciar blogs de imprensa. Veículos de imprensa possuem toda uma estrutura a ser mantida, ao contrário dos blogs. Então, obviamente, eles precisam receber recursos governamentais.”
          Traduzindo: mamar nas tetas do governo

          2.”Além disso, se um Estado ou um Município for adquirir publicações para destinar a suas escolas ou a seus servidores públicos, de quem mais adquiririam a não ser da Veja, da Folha, do Estadão ou do Globo???”
          Faltou mais alguém aí? Quanto é (ops) Isto é?

          3.”Gostem ou não, esses são os veículos de imprensa de cobertura nacional do Brasil. Ou seja, é a normalidade, é como as coisas acontecem. O que não é normal é um governo destinar verbas para um blog que não faz outra coisa que não injuriar os adversários políticos daqueles que o financiam. A Veja há poucos dias concedeu espaço a Dilma Rousseff, provando que tem compromisso com a informação.”
          Compromisso com a informação que o bob quer que seja divulgada….

          4.”Que blog dito “progressista” concederia espaço a Serra, por exemplo?”
          O dito cujo não daria não daria entrevista nem para o tio rei. O que ele gosta mesmo é de ‘tuitar ‘ de madrugada… que o digam os funcionarios do palacio dos bandeirantes.

          5.”Ou seja, não há isenção nos blogs. Os veículos de imprensa podem até ter lado, o que me parece normal, já que todo mundo tem um lado, mas pelo menos eles abrem espaço para correntes contrárias ou diferentes.”
          É mesmo?????? E porque voce se contradiz na próxima frase? É só pra dar uma e bonzinho pra poder continuar escrevendo as suas ‘coisas’ aqui?

          6.”E aqui eu tenho de fazer um reconhecimento: você é o único que publica meus comentários. Nos outros sou deletado. No Azenha, por exemplo, fui banido.”
          Traduzindo: tadinho, tão pequenininho…

          7.” Só que o dinheiro dos impostos sai tanto de um lado quanto do outro. Na verdade, sai muito mais dos da direita, já que a esmagadora maioria da população brasileira é de direita, tem mais bens e portanto paga mais impostos.”
          Esta. como diria Fócrates, é soda! Se esta pérola tivesse 20% de verdade, teríamos aproximadamente 30% a menos de pobres na pátria amada. Teríamos o ‘tuiteiro corujão’ como presidente, não teríamos mensalão do PT (seria do PSDB), a tiragem da veja seria de 10 milhões de exemplares, e por aí vai.
          Como não tem, dançou neném.
          Ai, ai, mudando um pouco a frase, melhor ler isto do que ser analfabeto….

        • O grupo abril recebeu dinheiro do estado de forma irregular, de um governo estadual comparsa de seus crimes, utilizando-se de brechas na lei 8666 para passar quantias vultuosas para a editora criminosa e cheia de arapongas. Blogs e outras revistas de esquerda recebem do estado, mas publicam o que recebem, quando recebem, e são aparados pela lei e estão regulares. Reinaldo Azevedo e seus comparsas, sempre cometeram o crime de difamação tentando dizer que os blogs sujos recebem uma grana escondida do governo. Este canalha acusa os outros do que ele e seu patrão meliante fazem, justamente receber dinheiro do estado governado pelo PIG/PSDC/DEM/PPS.

          O pior cego é aquele que não quer ver, mas pior do que este cego, é alguém que enxerga e aceita que a roubalheira aconteça. Aí já é iniquidade.

        • E outra, se era para o governo de São Paulo fornecer material didático para sua população, este teria de licitar, pois existem muitos outros editores capazes de fornecer materiais que não mostrem 2 Paraguais.

        • Outra coisa, se veículos de imprensa devem receber dinheiro do governo como vc afirma, então a Carta Capital, Caros Amigos e outros também deveriam receber, pois eles possuem estrutura. Porém a estrutura de uma Veja e de Uma Época, provém de dinheiro público irregular, desde a época da ditadura e de dinheiro externo, financiada pelos EUA.

        • A Veja tem compromisso com a informação?ahahahahahahah! Onde? No seu país de faz de conta? Na Disney? Pelo fato de colocar orelhas do Mickey em Che,já demonstra que não tens discernimento para sacar se uma revista tem compromisso com a informação…ahahahahah! A VEJA! COMPROMISSO! O Augusto é o típico caso de INTOXICAÇÃO cerebral…leu muita VEJA…

          • O troll Augusto não tem discernimento para saber se é um homem ou um rato quanto mais ter discernimento para diferenciar um veiculo que tenha compromisso com a verdade de um outro que não tenha.

    • O deputad-BLOGUEIRO Brizola Neto só tem feito honrar o nome do avô. Demonstrou sempre grande apoio à Dilma.Apoio esse que a maioria dos brasileiros também vai demonstrando,à medida que o governo dela avança.
      Quem está desesperada é a Globo,Veja e assemelhados. Toda a direita e a direita infiltrada no PDT,especialmente. A nomeação de Brizola Neto vai ser por isso atacada com vigor na mídia conservadora. Os trolls POR TUDO ISSO estão assanhados

    • Detalhe: Brizola Neto tem apenas 33 anos de idade. E você, quantos anos tem?

      Brizola Neto é o vice-presidente do partido, e o presidente do partido foi quem, em reunião com Dilma, aceitou a escolha do Brizola Neto como Ministro.

      Como é que é, “o partido não o quer como Ministro”?

      Rapaz, seria melhor dar uma pesquisada na biografia do Brizola Neto antes de sair escrevendo as asneiras que você ver no PIG.

      • Gerson, puxando o saco, do tanto do jeito que o Brizolinha puxou, até eu. Aliás, nem precisaria puxar tanto para ser ministro do Trabalho. Eu conseguiria isso com bem menos puxadas, em bem menos tempo também. Rapaz, o que corre à boca miúda em Brasília é que Dilma nem pode nadar, porque se não afundaria por causa do Brizolinha, que fica garrado em baixo… Ele não tem méritos nenhum. É apenas um puxador de saco profissional. Mas, convenhamos, a vida é assim mesmo. Quem sabe puxar saco sempre vai longe.

  • Costumo dizer que: as pessoas só fazem com a gente aquilo que a gente deixa. Assim, acredito que a maioria do povo paulista aceita de bom grado entregar esse montante para o detrito de maré baixa.

    Acabei de lê que o Brizola Neto foi nomeado Ministro do Trabalho.

  • Esse amigo certamente não precisa de inimigos.
    Quanta falta de ética, bastava colocar suas opiniões sem colocar terceiros que nada têm a ver com a estória.

    • ‘Acabei de lê que o Brizola Neto foi nomeado Ministro do Trabalho.”

      E agora tucano-pefelê?

      Mas falando em “ação entre amigos” do PSDB, você participa de algumas dessas ações?

  • Eu fico impressionada com o povo de São Paulo.

    Eles elegem: Maluf, Pitta, Serra, Alckimim, Kassab, Tiririca, Clodovil, Enéias, etc …. E ainda ficam posando de bacana e dizendo que os nordestinos é que não sabem votar.

    Alagamento 6 vezes ao ano, trânsito intransitável, crime aumentando a cada dia, roubalheira pra pagar imprensa, roubo de merenda escolar, roubo na Privataria Tucana, etc… etc…

    E eles continuam votando e defendendo os ladrões que os roubam.

    Será que eles sofrem de alguma síndrome desconhecida?
    Será que os demo-tucanos colocam algum elemento hipinotizante na água?
    Não é possível!!!!!!!!

      • Eduardo: quando o Augusto afirma, mais acima, que ” você é o único que publica meus comentários”, juro que fiquei com peninha dele. Não corte os comentários do cara, por favor. Afinal, são bons momentos de humor do blog.

        • Sou a favor do banimento desse elemento que se apresenta com a alcunha de Augusto,porque certamente o verdadeiro nome dele não é esse.Alias um sujeitinho dessa laia,não acrescenta nada a esse blog.Alem do que esse cafageste tem a ousadia de defender abertamente a derrubada do governo Dilma.Se ele quer dar vazão aos seus instintos golpistas que vá para o blog do esgoto pertencente ao Reinaldo Azevedo,porque lá ele se encontrará entre os seus iguais.

          • Mas o Augusto acha que só os blogs de progressistas,ou esquerdistas na visão dele é que estão errados, o Reinal (Veja/cachoeira/crime organizado) para ele estão corretos….. num dianta esfregar sabão em cabeça de burro né!

  • CaroEdu,

    Acredito piamente que poderemos modificar estas situações, a partir das Eleições em candidatos da lInha dos Partidos Progressistas e não dar espaço e nem eleger candidatos do PSDB, DEM, PSD, PPS , ETC que fazem parte destas que fazem parte destas negociatas com estas Revistas , Jornais,Rádios e Televisões que são acomunados formando o PIG.
    O Povo Brasileiro , tem que votar nas Eleições contra esses desmandos que acontecem , com estes Partidos nos Estados e Municipios Brasileiros.

  • Como este augusto tem a ousadia, o cafagestismo de modificar a figura de Che Guevara. Desta vez foi demais. Merece um processo, e cadeia. Uma figura tão copiada pelos jovens de bem, servir de ridiculo para esse troll abjeto.

  • Eduardo, se a Veja estiver realmente envolvida com a quadrilha cachoeirística, toda a publicidade federal e estadual precisar ser cortada imediatamente.

    Se os governos permanecerem injetando dinheiro em uma publicação envolvida com quadrilheiros, temos todo o direito de questionar isso como improbidade administrativa.

    Não importa se a referida publicação tem zilhões de leitores, não é razoável injetar recursos públicos em quem está envolvido com bandidos.

    E agora, como é que fica, presidenta Dilma e governador Alckmin?

    • A presidente deveria cancelar DE IMEDIATO toda a propaganda governamental direta e indireta na publicação Veja, suspeita de não ser idonea.
      Pra ser coerente. Igual ao que ela fez contra seus proprios ministros.
      Afastamento/suspensão até que provem inocencia.

      No caso em pauta será dificil a Veja se provar inocente…

      #VejaBandida
      #VejaGolpista
      #ForaPIG !!!

  • Edu, esta eu conheço de perto: o Alckmin queria baixar uma norma proibindo “fichas sujas” nos altos escalões do seu governo, para mostrar sua moralidade. Mas teve que recuar para não ter que demitir seu amigo Bernardo Ortiz, o diretor da FDE incumbido de distribuir verbas às editoras como a Abril. Ortiz está condenado várias vezes por improbidade e proibido de candidatar-se. Apóia seu filho a prefeito de Taubaté, que o velho já governou três vezes. O Júnior e o pai estão em Taubaté fazendo campanha, enquanto recebem altíssimos salários do governo do Estado.
    E mais: Bernardo Ortiz desacata a Assembléia Legislativa e não obedece a convocações para esclarecer superfaturamento em obras escolares e merenda. Simplesmente cospe na cara dos deputados estaduais! E ninguém manda trazê-lo sob vara, como pode fazer o Legislativo em caso de investigações.
    Ortiz é um arquivo vivo dos podres do Governo de São Paulo. Por isso o governador o blinda mesmo às custas de humilhar, mais uma vez, o dócil Legislativo, que já foi Poder.

  • Augusto,

    Tem mais esse post para você ler, por favor, leia com bastante atenção, inclusive os muitos comentários:

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/as-revistas-da-abril-nas-escolas-publicas-paulistas

    As revistas da Abril nas escolas públicas paulistas
    Enviado por luisnassif, seg, 30/04/2012 – 16:28
    Por Maria Dirce
    Nassif

    Sou professora aposentada do estado de SP,e posso dar meu testemunho sobre isso, por dois anos trabalhei na biblioteca da escola, organizando livros que vinham do Estado de SP, livros maravilhosos, cuja leitura ficava aquém do alcance dos alunos que mal sabem escrever, qto mais digerir uma alta literatura por ex Dostoevsky,,Tolstoy, Nikolai Gogol, e por ai vai.

  • Parece que caiu o primeiro peixe grande desses “reporteres investigativos e moralistas”; Deu no “amigos do pres. Lula” que o Demostenes negociou com o Cachoeira o pagamento de uma mesada para o “calunista” Claudio Humberto, agora só falta ver se aparecem os outros moralistas.
    Uma perguntinha sem maldade nenhuma; será que custa muito caro uma vaga na academia brasileira de letras???

  • Os funcionarios do grupo abril podem ficar tranquilos, prq o judiciario e o ministerio publico nada vão fazer.
    O governo do psdb considera apenas juiz e promotor prioridade em sp, em abril deste ano teve eleições em sp para MP e o vencedor eleito nas urnas não tomou posse da PGJ prq o governador nomeou o segundo colocado ignorando a vontade e a justiça do voto(se dizem democratas). Salarios bons em sp so promotor e juiz afinal o psdb tem o MP e o TJ no bolso.

  • “Época também foi usada em defesa da Delta

    NUM GRAMPO DE 29 DE JULHO, O ARAPONGA JAIRO MARTINS ANTECIPA AO TENENTE-CORONEL PAULO ABREU QUE ÉPOCA HAVIA FECHADO UMA REPORTAGEM DE TRÊS PÁGINAS COM “PORRADA NO AGNELO”; “QUE DEUS ABENÇOE”, RESPONDE ABREU, QUE ERA O CANDIDATO DE DEMÓSTENES À PRESIDÊNCIA DA SLU, CONTRATANTE DE CAVENDISH
    29 de Abril de 2012 às 18:04

    247 – Neste domingo, no jornal O Globo, o jornalista Merval Pereira saiu em defesa dos métodos de Veja e do jornalista Policarpo Júnior nas suas relações com Carlos Cachoeira (leia mais aqui). Segundo Merval, o inquérito revela apenas uma pequena intimidade e o pedido pela publicação de notinha na coluna Radar, feito pelo contraventor.

    No entanto, vários trechos do inquérito revelam que o bicheiro usou a imprensa com frequência em defesa de seus interesses econômicos e políticos. E Veja não foi a única publicação instrumentalizada pela quadrilha. Época também.

    É o que revela um diálogo entre o araponga Jairo Martins, funcionário de Cachoeira, e o tenente-coronel Paulo Abreu, da Polícia Militar do Distrito Federal, que também recebia recursos da quadrilha. Abreu era remunerado pela Delta, empresa de Fernando Cavendish, que tentava ampliar seus tentáculos no Distrito Federal.

    Na conversa, de 29 de julho deste ano, Abreu antecipa uma reportagem que sairia em Época com “porrada no Agnelo”. Paulo Abreu responde: “Que deus abençoe”.

    Servidor do Distrito Federal, Abreu era o candidato de Demóstenes Torres (sem partido/GO) e da Delta à presidência da SLU, empresa de limpeza urbana do Distrito Federal, que contratava a própria Delta.

    Ou seja: o método da empresa de Cavendish envolvia a publicação de denúncias na imprensa e, sem seguida, a tentativa de obter vantagens por meio do senador Demóstenes Torres.

    Ouça, abaixo, trecho do diálogo entre Jairo e Abreu:

    RESUMO

    PAULO ABREU PEDE PARA JAIRO DEIXAR O PAGAMENTO DA DELTA EM SUA CASA.

    FALAM SOBRE REVISTA EPOCA REPORTAGEM SOBRE AGNELO.

    DIÁLOGO

    ( … )

    JAIRO: Ué, como que você vai fazer? Fala ai, ué .

    PAULO ABREU: ( … ) vocês passa aqui em casa e deixar isso aqui cara.

    JAIRO: Tá beleza, tá beleza, eu passo ai, é perto da ALAMEDA, né ?

    PAULO ABREU: Fica depois da ALAMEDA, depois da ALAMEDA vira a direita ( … )

    JAIRO: ( … ) a revista época fechou agora a edição dela, três página, porrada no AGNELO geral.

    PAULO ABREU: Que Deus abençoe …”
    http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/56922/%C3%89poca-tamb%C3%A9m-foi-usada-em-defesa-da-Delta.htm

  • GILMAR MENDES X CACHOEIRA X DEMÓSTENES

    O Supremo do Supremo GILMAR Mendes seria o tentáculo do Cachoeira no Supremo ?

    Os pontos abaixo seriam indícios ?

    Ponto 1- O araponga Jairo era/é o “Personal Araponga” de Gilmar para cuidar da segurança da comunicação do ministro (segundo o ministro, apenas eventualmente)

    Ponto 2- Alguém chama um araponga para cuidar da segurança de sua comunicação se não tivesse confiança no trabalho e discrição do sujeito e tivesse recomendação sobre o mesmo ? (isso é fundamental pois, em tempos de arapongajem o risco do sujeito cuidar da segurança da sua comunicação e, ao mesmo tempo, te espionar não seria grande ? Ou seja, )

    Ponto 3- Alguém chamaria um Araponga para cuidar de segurança de sua comunicação um sujeito que já está está bichado no meio ? Está manjado como sujeito que tem trabalhos escusos no currículo ? Ou alguém acredita que o Sr supremo não sabia disso ou não tinha informação sobre isso ?

    Ponto 4- Alguém acredita que no mundo da informação ( e contra-I) não haveria outros especialista disponíveis para fazer este trabalho ? Somente o araponga Jairo ?

    Ponto 5- Como ministro do Supremo, o correto não seria chamar a polícia Federal ou a Abin para fazer o serviço ? Ou o ministro do supremo, supremo guardião da lei não acredita na lei e nas instituições ? (se não acredita não poderia ocupar a função, óbvio)

    Ponto 6- Não seria muito conveniente um araponga de prestação de serviço eventual para fazer os contatos de interesses entre os diversos integrantes da quadrilha (sujeito sobre o qual não se deve fazer muitas perguntas e nem se dar muitas explicações pois justamente o serviço dele é de discrição e de confiabilidade, portanto, não se pode falar abertamente sobre isso).

    • Você se refere ao juiz que permite facilidades aos poderosos, o juiz que libera HCs recordes, o juiz que vota a favor das cotas e argumenta contra as cotas?

  • Ok, vamos adivinhar o JN de hoje: Chamada forte e em volume aumentado sobre as fotos de Garotinho.

    Bloco inteiro com as fotos de Antony Little Boy.

    Quem sabe, por algum milagre, uma notinha de 15 segundos sobre as novas provas contra Perillo… e logo depois 45 segundos muito bem produzidos para Perillo se defender – ótimo ângulo com o melhor perfil do governador, fala pausada bem treinada, etc.

    Cachoeira-Policarpo? Estão brincando? Alguém acha mesmo que vão sequer tocar no assunto?

    Alguém quer apostar 10 merréis comigo?

  • É evidente que o troll Augusto,aquele que defende o indefensavel,não é nenhum inocente util,certamente não está aqui só para aparecer.Não creio que sejam uma mesma pessoa,mas que agem coordenamente agem,de maneira que por tras deles deve ter alguma cabeça pensante que os supervisiona.Mas que eles pregam abertamente o golpe contra o governo eleito,isso está mais do que evidenciado e isso deveria ser considerado crime numa democracia que se quer,no minimo,séria e consequente.Esses trolls não são pessoas tão inofensivas quanto gostariamos que fossem,principalmente numa pais,como o nosso,em que a democracia é ainda tão fragil,que pode ser refem de esquemas tão criminosos como o capitaneado pelo mafioso Cachoeira,pelo senador bandido Demostenes Torres e pelo cabeça de todo o esquema Roberto Civita da Abril,que divide a liderança dessa quadrilha juntamente com os irmãos Marinho.

    • Dimas, canso de dizer que os partícipes dessa corja imunda de trolls não são nossos adversários: são nossos inimigos e, portanto, considero um erro deixa-los participar dos blogs sujos.
      A direitalha tem seus blogs pra comentarem e tem também os nossos. Experimente tentar postar no Merval e assemelhados…
      Acho que deveria haver isonomia!
      E eles que se dirijam ao Reinaldinho Cabeção, o Eunuco, e vão todos pro quinto dos infernos!

      • Scan,perceba o estilo desse Augusto com o tal de Armando Valadares.São identicos.Ou se trata da mesma pessoa(o que é bem mais provavel)ou duas pessoas que agem de forma combinada(o que não descarto.Porem,o fato é que seja uma e mesma pessoas ou sejam duas pessoas Augusto/Armando Valadares trabalha(ou trabalham)na Editora Abril.Essa pessoa ou essas pessoas sabem muito bem o que estão fazendo.Alias o fascista Armando Valadares é aquele que fez um comentario de extrema grosseria,inclusive envolvendo a filha do Edu,Vitoria.Na minha opinião,Scan,eles proprios se entregam,pensam que intimidam,mas acabam jogando contra a propria causa que dizem defender.Os fatos que vão ser revelados a respeito da quadrilha comandada por Civita da Abril e os irmãos Marinho da Rede Globo vão calar a boca desses trolls vagabundos.

  • ESSE É O PT QUE QUEREMOS, BATEU LEVOU….DÁ-LHE TARSO A RBS/GLOBO ESTÁ PRECISANDO LEVAR UMAS BOAS CHINELADAS E ESTÁ LEVANDO VIA GOVERNADOR/PT…

    “Passei a responder através dos blogs e das redes porque esta forma de colunismo é uma armadilha”
    Apr 29th, 2012 by Marco Aurélio Weissheimer. 4 comentários

    Em nota publicada neste domingo no site PTSul, o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, respondeu à colunista política Rosane de Oliveira, do jornal Zero Hora, que neste domingo afirmou que o governador será “incoerente ou irresponsável” na solução para o tema do piso nacional do magistério. A nota afirma:

    Pela segunda vez neste mês, um articulista de ZH utiliza o espaço do jornal para fazer ataques diretos a políticos do governo do Estado, reportando-se diretamente à pessoa do governador. Neste domingo, foi a vez da jornalista Rosane de Oliveira “sentenciar” que Tarso Genro será “incoerente ou irresponsável”, na solução para o pagamento do piso nacional do magistério. A colunista desconsidera o fato de que o governo da Unidade Popular Pelo Rio Grande adotou uma outra posição para retirar o estado da crise, que não a do governo anterior de criação do “déficit zero”, que diminuiu as funções do Estado, sucateou a administração pública e congelou salários.

    Neste sábado, ao ler a coluna, quando voltava de mais uma edição da Interiorização de Governo, em Rio Grande, o governador fez algumas considerações sobre o novo episódio de ideologização da notícia, através do falseamento da verdade.

    1- Sobre o Colunismo Político predominante
    “É um certo tipo de colunismo político que ainda não se esgotou no país, mas que tende rapidamente a esgotar-se pela falta de credibilidade, pois ele vem perdendo a sua capacidade de transmitir informações e críticas fundadas. Ele perdeu a “fala” universal, que caracterizou os grandes colunistas políticos do país, com capacidade de informar e criticar com seriedade e passou a defender posições ideológicas dissimuladas, “adaptando” ou inventando os fatos, para contentar um público determinado –aquele que este tipo de jornalismo cativa, com seus malabarismos factuais e lugares comuns: os que adoraram as ideias do neoliberalismo que está levando a Europa à ruína e que, aqui, foram retratados no famoso “déficit” zero. Aliás, não é de graça que a colunista de política da Zero Hora é a mais saudosa do “déficit zero”, que não só paralisou o estado, mas aplicou um brutal arrocho salarial nos servidores, situação que agora estamos começando a reverter”.

    2- As constantes criações de factóides e inverdades
    “O mesmo estilo de jornalismo político que “define” que o governador será incoerente ou irresponsável, é o mesmo que inventou, por exemplo, que eu defendi uma posição contrária aos sistema de PPPs no caso da RS 10, quando, na verdade, defendi e defendo a PPP e tenho negociado com os prefeitos a adaptação para baratear a proposta. Nunca fui contrário a PPPs. O que sou contrário é que elas sejam apenas um negócio bom para as empresas e não atendam o interesse público. Sou, inclusive, um dos elaboradores da atual lei que rege as parcerias público-privadas no país, cuja redação foi comandada pelo Fernando Haddadd quando ele era Secretário do Ministério do Planejamento e eu era ministro do CDES, no primeiro governo Lula. Este tipo de jornalismo inventa, por exemplo, que prometi “mundos e fundos” para os servidores e que prometi pagar o piso dos professores imediatamente. Isso é uma deslavada inverdade, pois está gravado nos debates e está escrito numa carta remetida ao CPERS que nós criaríamos as condições para pagar o piso e que isto ocorreria de forma processual. Esta foi e é a minha posição.

    Nunca prometi “mundos e fundos”, mas uma política de recuperação salarial que está sendo implementada, e que, aliás, está sendo criticada pela oposição, representada na coluna de ZH de domingo pelo presidente do PP e ex-secretário de Relações Institucionais do governo anterior, Celso Bernardi. Este jornalismo, recentemente, também inventou que a nossa proposta de aumento para uma parte da categoria dos professores era a mesma da governadora Yeda. E o fez rapidamente, sem ter a mínima noção do que é uma transação judicial. Omitiu deliberadamente que a posição do governo não exigiu nenhuma renúncia de direito pelos servidores do magistério; que a nossa posição não retira a proposta de alcançar o piso até 2014; que ela não exigiu a alteração do “quadro de carreira” e que o aumento atual constituiu-se, apenas, em mais um aumento -um adiantamento de aumento ao magistério. Ao dizer isso -que a nossa proposta era igual a da governadora Yeda- a colunista revela duas coisas: primeiro, que não se informou sobre o que estava acontecendo e, segundo, que se apressou a forjar uma suposta informação que confirmaria a nossa “incoerência”. Na verdade, quando ela fala em incoerência, quer é lembrar que o bom era o “déficit zero”. Por isso sua análise das nossas medidas salariais envolve dois extremos: critica os aumentos excessivos aos servidores e diz, ao mesmo tempo, que os aumentos -no caso dos professores- são insatisfatórios”.

    3- Sobre a estratégia, pouco compreendida ou não aceita pela oposição ao nosso governo, de consolidar o Estado como indutor do desenvolvimento ecônomico e social
    “A nossa estratégia, até agora, está dando certo: usar os recursos próprios para reorganizar a máquina pública que estava destruída e melhorar os salários dos servidores; buscar recursos do Governo Federal para investimentos -inclusive através do recebimento da dívida da União com a CEEE; buscar financiamentos no BID, no Banco Mundial e no BNDES; aumentar, com meios técnicos adequados, as receitas sem aumentar impostos; estabelecer uma política de relações internacionais para atrair investimentos produtivos; retomar o crescimento no estado tendo como ponto de partida a base produtiva local, voltados para a renovação da nossa base tecnológica; fazer um “déficit” responsável sem cair na armadilha neoliberal de reduzir políticas de proteção e promoção social, deixando os pobres a ver navios”.

    4- A utilização das redes socias e dos blogs para responder à grande mídia
    “Eu passei a responder através dos “blogs” e das redes, porque esta forma de colunismo que estamos falando é, também, uma armadilha: constrói fatos para promover a sua visão de mundo, de Estado e de política, e também quer monopolizar o debate, frequentemente só publicando parte das respostas daqueles que são alvos da suas invenções. Quando se tratam de matérias que contam fatos verdadeiros e que pendem, sobre ela, uma interpretação política, ideológica ou econômica, acho adequado que se responda pelo próprio jornal, quando ele permite a resposta, como, aliás, é o caso da Zero Hora”.

    5- Direito de resposta também em tom crítico
    Tenho respeito pela colunista Rosane de Oliveira. Acho que ela cumpre rigorosamente o seu papel crítico, que é esperado pelo jornal a que serve, que, como sabemos, não pode ser considerado simpatizante do projeto que nós, do PT e da esquerda, representamos. Mas ela merece, da nossa parte, a atenção e respeito que temos com todas as forças políticas democráticas do estado. Nem acho que se trata de má-fé, mas de miopia ideológica: se os fatos não tem confirmado que o Tarso é incoerente, mas, ao contrário, tem confirmado que temos aplicado o nosso programa de governo de forma coerente, é preciso “adaptar” os fatos e repetir a acusação de incoerência para, ao final, consolidar uma “verdade” pela repetição. E também, imediatamente, para salvaguardar a defesa do “déficit zero”, que sempre foi apresentado pela colunista como um exemplo de boa gestão pública”.

    6- Sugestão
    “Assim como fui cobrado como governador, também defendo que a colunista seja mais responsável e não crie falsas incoerências ou irresponsabilidades. Recomendo à ela, por exemplo, que leia todas as colunas do falecido Carlos Castello Branco, do Márcio Moreira Alvez e do grande Newton Carlos, paradigmas da seriedade no jornalismo político”.

  • Edu, colegas,

    Esses dias atrás navegando nas páginas do Ministério do Planejamento – no Portal ClippingMP, encontramos links para:
    Valor Econômico, Correio Braziliense, Jornal de Brasília, O Globo e o Estado de São Paulo, além das revistas: Veja, Época, Isto é Dinheiro e Isto é.

    As “notícias” apresentadas por esses “meios de comunicação” são uma surra impiedosa no próprio Governo.

    Além do Governo anunciar, e portanto, ajudar financeiramente o PiG, ainda fazem divulgação gratuita no site do Ministério para divulgação desses instrumentos do crime organizado.

    É revoltante! http://clippingmp.planejamento.gov.br/

    Tem também um “fale conosco”, e meu recado eu já dei. http://www.planejamento.gov.br/fale_conosco.asp

  • A oposição não será eterna no poder, portanto um dia a Veja deixará de receber verbas do governo paulistano, aí sucumbirá e seu amigo rodará com a revista.

  • Tem uma coisa que me incomoda nessa história da Veja ter tantos leitores. Talvez um publicitário que conheça bem esses meandros do marketing possa explicar melhor. Quantas promoções envolvem o recebimento de ‘graça’ da revista? Em alguns domingos, o jornal carioca O Dia oferecia de brinde um exemplar dessa coisa. Já vi (mas lembro onde, oferecimento de Veja e Época como um pacote baratinho). Em shoppings já fui assediada por vendedores instalados em quiosques montados pela editora Abril que ofereciam um exemplar de graça de Veja e de outras revistas da Abril. Em salões de beleza e em consultórios, tem sempre Veja, Caras e Quatro Rodas. Seriam ofertas especiais? Ou seriam estoques de revistas encalhadas? E aí me vem uma suspeita: quem banca a venda que não houve de fato nas bancas? São os governos estaduais? Será que o número de leitores não é tão grande justamente por causa desses exemplares velhos que a gente folheia de graça (porque comprar, francamente!) enquanto espera no dentista o atendimento e, principalmente, para não perder a paciência ? Como é feita essa medição de sucesso?

  • Edu,

    Alck(madame)min é mais falso que uma nota de 30 e dá o dinheiro dos professores aposentados para o Mago Patológico Civita.
    Aliás os fascistas se ajudam.

    • Alguma coisa do que você escreveu me lembrou do governador Geraldo Alckimim. Por que será? Lembrou também do Mussolini e do Hitler!

  • Confesso não ser assim tão politizada, mas tenho acompanhado as eleições em SP e noto que os comentários do Reinaldo Azevedo relacionados a candidatos que não o do psdb não tem tom de crítica, no sentido amplo da palavra, ele destila ódio e tenta fazer com que os leitores menos avisados creiam que a grande maioria o apoia pois só aceita e publica em seu blog comentários que concordem com o nível de veneno que ele impõe. Graças hoje temos a internet e muitos brasileiros do bem que nos mostram a a verdadeira cara destas instituições e dos governos.

  • O PIG vai fazer ainda muito barulho,pois,como todo animal acuado e ferido de morte se torna muito mais perigoso.De qualquer modo,ele vai morrer.Que a terra lhe seja leve ou não.O que releva dizer é que o PIG tomou um caminho sem volta,porque deu um passo maior que a perna ao subestimar a inteligencia de uma parcela da população que está não só conectada à internet,como bastante antenada com tudo aquilo que está acontecendo em termos de politica nacional.E essa parcela da população é justamente aquela que está fazendo o que o PIG fazia vinte anos atras:informando e porconseguinte formando opinião,mas ao contrario do PIG,sem tergiversar,sem manipular indo direto ao ponto.

  • Se os blogs sujos são “chapa branca”;veja e assemelhados,são o q?!Fina flor resplandecente do capitalismo à brasileira?!Bota seletividade nisso!

  • Edu, não vou comentar este assunto, mas sim uma outra coisa, uma sugestão para um de seus próximos artigos.

    Há algum tempo atrás se discutiu na blogosfera e se chegou a um consenso que Dilma era uma ótima técnica, mas que não liderava politicamente, me parece que isto está mudando, ela está se tornando uma líder política acima dos partidos, uma líder de massas e, por incrível que pareça, está começando a liderar uma parte da classe média.

    Acho que é um bom momento para retomar do ponto onde se parou esta discussão.

    Quando a ficha cair, acredito que até o PIG vai começar a discutir isso, se bem que era tudo o que eles mais temiam.

    A Dilma das últimas semanas está bem parecida com Lula no seu auge, impondo sua vontade e se comunicando diretamente com o povo, ignorando o PIG. Neste ritmo, logo ela vai estar com a aprovação e popularidade bem próxima de Lula no seu auge. O que vai dar a ela ainda mais força para governar como planeja.

    Acredito que de alguma forma vc já está pensando neste assunto, mas fica esta sugestão.

  • Prezado Eduardo, belo texto. Concordo. É de livre pensar, pensar…, A vestal, Cristiana Lobo, do PIG Globonews, que é de Goiás e militante paga, já começa a baixar as agressões ao Governador Agnelo do PT. Acredito que ela entrará na roda do PIG. A ver. Aproveito a oportunidade, caso melhor juizo vosso, que no dia 06/05/12, acontecerá em Campinas/SP, a fundação da mais Poderosa Federação de Trabalhadores de Policiais Civis do Brasil, a Federação do Sudeste. FEIPOL/SE. Local, amanhã direi, nesse momento fora de casa não sei dizer o endereço. Acontecerá. Iremos Sindicatos de Minas, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Já estou ajudando as investigações da CPMI informalmente. de Belo Horizonte.

  • É o aperto de mãos entre o rôto e o esfarrapado.Um segura o outro.Vivem em uma simbiose,que prejudica a educação e lesa o bolso dos contribuintes.Governo de SP+PIG= Uma súcia.

  • Edu,

    Agora o STF vai tremer, o Ministro Joaquim Barbosa vai sair da toca.

    “Traídas. É assim que se sentem as integrantes do grupo Ação em Cidadania, composto por mulheres da alta roda de São Paulo, em relação ao Senador Demóstenes Torres”.
    O mais patético do vídeo das tais integrantes do grupo da Ação em Cidadania é que elas nem sabem o que estão falando, para quem irão falar ou com quem devem falar. Mas, há um componente de resquício daquilo que o Mino denominou de “Mervais”. Ligaram para o gabinete do Ministro Joaquim Barbosa com uma arapuca armada. Assistam o vídeo a seguir é impagável: http://www.youtube.com/watch?v=H2Qu3kwNVcM

  • O blog progressista Pragmatismo noticiou: “A Faculdade Alves Faria montou uma turma especial no curso de direito com apenas dois alunos: “o senador Marconi Perillo e sua esposa Valéria Perillo.

    O Ministério Público Federal em Goiás (MPF) ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, emdesfavor da Faculdade Alves Faria (Alfa), Marconi Perillo (senador da República), Valéria Perillo e União Federal, por concessão de tratamento privilegiado a agente político. De acordo com a procuradora da República Mariane Guimarães de Mello Oliveira, a Faculdade Alfa, localizada em Goiânia, sob a justificativa de atender necessidades especiais de Marconi Perillo, montou uma turma especial no curso de direito com apenas dois alunos: o Senador e sua esposa Valéria Perillo”.

    Os demotucanos são contra as ações afirmativas, mas a favor de privilégio descabido para branco e rico. É um descaramento sem medida. E ao que tudo indica os tucanos não são muito chegados a estudar de verdade, haja vista o Padim Pade Cerra que se diz economista, mas nunca teve a coragem de mostrar o diploma devidamente reconhecido.

  • Parabéns, trabalhador das comunicações Eduardo Guimarães, pelo 1º de Maio e o seu trabalho muito bem combativo na defesa (quando iremos ao ataque?) de um Brasil e também de um mundo melhores, muito melhores, para todos e para todas. Avante ! ! !

  • Pois é ..

    E eu me pergunto, para um ESTADO como nosso, este que nas TRÊS esferas (municipal, estadual e Federal) e nos TRÊS PODERES (Judiciário, Legislativo, Executivo) já conta com TV e rádio PÚBLICOS ..aqui eu pergunto, e pra que então gastar MILHÕES sem licitação e só para os amigos se a POPULAÇÃO, que já paga da outra conta, pra mante-la ainda mais DE-formada ? ..sinceramente, acho que temos que começar a querer uma BBC

    Isso, em outras palavras, é aquilo que todos sabemos, é a COMPRA, o preço vil da nossa tão falsificada e FRAUDADA democracia ..esta aonde quem pode mais chora menos

    Aliás, idêntico raciocínio podemos estender a empresas Estatais e /ou de Capitais misto com o Estado que, MESMO SENDO MONOPÓLIO, ajudam com seus subsídios a manter de alguns sítios ..isso é torra, ROUBO, apropriação de quadrilhas ..simples assim

    e quanto a sua postura ..mais uma vez PARABÉNS !!!

    ..e aqui reitero pra lembrar a vocês aquilo que já cheguei a propor uma vez (não só aqui, como no blog do NASSIF tb, que NÃO se pronunciou a tempo pra depois de ter anunciado que tinha conseguido patrocínio e contrato com o Governo)

    ..dizia eu que antes de tentarmos mamar no dinheiro de todos, que ANTES, ao menos pra testarmos a viabilidade do modelo, que antes nos juntássemos, NÓS CIDADÃOS, para que todos, via uma mensalidade por exemplo, conseguíssemos, SEM A AJUDA DE GOVERNO e de políticos que chegam até a vender seus partidos, que nós, SOCIEDADE CIDADÃ dessemos o exemplo e tentássemos manter estes espaços que seriam usados por todos que comungam de mesmo pensamentos e princípios, princípios cidadãos e éticos me refiro

    ps – em tempo, aliás, o mesmo aluguel e COMPRA DE SIMPATIA ..de CIDADANIA ..de DESVIO DE RECURSOS ..é feito hoje pela atual lei de incentivos CULTURAIS, esta que dá grana pra AMIGOS premiando a imagem de empresas ordinárias que aproveitam pra tomar mais ainda da carteira do POVO

    HOMER SIMPSON já dizia que o que o empresário americano mais gosta de fazer é a FILANTROPIA se valendo do dinheiro público ..pois é, que coisa, aqui também parece que aprendemos com eles

    http://www.youtube.com/watch?v=faRlFsYmkeY

  • Alo Edu: Voce já leu a entrevista do André Vargas do PT do Paraná a Carta Maior sobre a democratização da mídia? Seria bom ler um comentário seu ou aqui ou no facebook a respeito desse assunto. Obrigado.

  • Estou sempre a acessar Pagina 12 em busca de luzes, de estimulo para que no Brasil venhamos a ter a nossa ley de los médios. Creio que a Catarata Cachoeira seja o estimulo que os céus nos concederam.

    Tenho dificuldades de entender totalmente o espanhol……….para diagnosticar similaridades entre Brasil-Dilma e Argentina-Christina. Sou forçado muito a contragosto de não ter ainda uma clara sinalização do executivo para encaminhar pelo menos uma discussão como fizermos com Lula na Confecom.

    Queriam os deuses terem dosado o fluxo da cachoeira para coagir nos brasileiros a exigir.

    Quando a questão dos crimes de lesa humanidade cometidos pela ditadura Argentina então la a reportagem sobre o criminoso Videla.

    O que me consola é perceber que brasileiros somos no universo latino americanos e como tal a Argentina tem sido um exemplo mais próximo para os brasileiros se mirarem.

    La na Argentina o Pagina 12 esta sempre a discutir a questão dos “médios”
    MARTIN BECERRA, INVESTIGADOR DEL CONICET SOBRE EL SISTEMA DE MEDIOS EN ARGENTINA
    http://www.pagina12.com.ar/diario/dialogos/21-193013-2012-05-01.html “Las elites son muy agressivas com los gobiernos que presentam las possibilidades de cambio”

  • A direita midiatica ou parlamentar(em resumo,a classe dominante)não tem como resolver crise alguma,porque a direita midiatica e parlamentar(e por tabela a classe dominante)é a propria crise.A frase,que li não sei aonde,encerra uma verdade objetiva.Por n circunstancias,a direita perdeu o poder,não apenas o poder de comando,mas alem de perder o comando,perdeu a capacidade de aglutinar em torno de si um numero expressivo de pessoas,porque principalmente a direita midiatica ficou com o seu discurso ancorado nos anos 90,era em que estava no auge o processo de desmonte dos estados nacionais e de lá o discurso da direita midiatica não saiu mais.E esse discurso,cerca de vinte anos depois envelheceu bastante perdendo completamente a sua eficacia.Nem falo da direita parlamentar cujo discurso é pautado pelo discurso da direita midiatica.Em sendo assim,o que temos hoje?Uma oposição de direita,sem planos,projetos ou propostas concretas.Por essas razões,tão cedo essa direita,por mais que esperneie e faça cara feia,volta.Talvez lá por 2030 com novas lideranças,de mentes mais arejadas,a direita tenha suas chances de voltar ao poder aumentadas.

  • Enquanto os professores sofrem com esse salário miserável, o governador de S.Paulo entrega milhões do contribuinte para essa cambada de fofoqueiros, golpistas que além do mais querem arrebentar com as escolas públicas pra eles ganharem mais dinheiro. Esse é o modo de governar desses tucanalhas.

  • “Geraldo Alckimin e Robert(o) Civita: uma relação lucrativa.” Ou como se dá uma “ação entre amigos” do PSDB, o perdedor é sempre o erário público.

  • O que Ernani de Paula tem a contar na CPI
    O que Ernani de Paula tem a contar na CPI Foto: Montagem/247
    Testemunha chave do modo de agir da quadrilha goiana, o ex-prefeito de Anápolis, que apontou as digitais de Cachoeira na denúncia que deu origem ao mensalão, pretende revelar a conexão entre Marconi Perillo e José Serra na área da educação; segundo ele, a caixa-preta da política brasileira

    30 de Abril de 2012 às 20:04

    247 – Ernani de Paula, empresário, dono da Faculdade São Marcos e ex-prefeito da cidade de Anápolis (GO), concedeu, um mês atrás, ao 247, uma entrevista bombástica. Disse, com todas as letras, que a denúncia que deu origem ao processo do mensalão, sobre o pagamento de propina dentro dos Correios, foi produzida pela quadrilha liderada pelo bicheiro Carlos Cachoeira (leia mais aqui). Assim como em várias produções dos estúdios Cachoeira, o filme foi feito pelo araponga Jairo Martins, publicado por Policarpo Júnior, em Veja, e reverberado pelo senador Demóstenes Torres, na tribuna do Senado. O objetivo, segundo Ernani de Paula, era constranger o governo Lula a nomear Demóstenes como secretário Nacional de Justiça. Ernani sabia do plano porque sua ex-mulher, Sandra Melon, era suplente do senador Demóstenes e ocuparia sua cadeira caso a iniciativa vingasse.

    Observador atento da realidade goiana, Ernani de Paula conviveu de perto com vários personagens da crise atual. Entre eles, Carlos Cachoeira, que é de Anápolis, Demóstenes, que se elegeu com os votos da cidade, Marconi Perillo, que, como governador, decretou intervenção no município, e Marcelo Limírio, dono de laboratório e sócio de Demóstenes numa faculdade.

    Limírio, que é dono da Neoquímica e já contratou diversos assessores de imprensa, temendo ser o próximo alvo da Operação Monte Carlo, comprou uma fazenda que pertencia a Ernani de Paula, na cidade de Anápolis. “A minha antiga fazenda, chamada Barreiro, se tornou um ponto de encontro entre Cachoeira, Demóstenes e Limírio”, diz Ernani de Paula ao 247. “E isso apareceu até no inquérito da Polícia Federal”.

    Dos remédios à educação

    Anápolis, que já foi governada por Ernani de Paula, se tornou a capital nacional dos remédios genéricos, quando o ministro José Serra, na Saúde, aprovou a lei que permitiu a produção desses medicamentos. “Foi assim que o Carlinhos Cachoeira começou a migrar para o ramo das atividades legais”, diz Ernani de Paula.

    Em Anápolis, o bicheiro se tornou dono do laboratório Vitapan, que hoje é controlado por sua ex-mulher Adriana Aprígio. E foi na condição de empresário do ramo farmacêutico – e não mais como “empresário de jogos” – que Cachoeira passou a se apresentar às autoridades.

    Antes de ser prefeito, como fazendeiro e morador de Anápolis, Ernani de Paulo fundou o Instituto Melon, que foi o terceiro do Brasil a fazer a certificação de remédios genéricos. Depois de sua entrada na prefeitura, em 2001, o Instituto Melon foi repassado para o Instituto de Certificação Farmacêutica, controlado por Walterci de Melo, do Laboratório Teuto, Marcelo Limírio, da Neoquímica, e Carlos Cachoeira, da Vitapan.

    Neste momento, teve início a aproximação empresarial – e depois familiar – entre Cachoeira e Limírio. Um filho de Limírio, por exemplo, é casado com uma sobrinha de Cachoeira. Depois dos negócios farmacêuticos, os dois começam a olhar com carinho para um setor que começava a explodir em Goiás e no Brasil inteiro: a educação superior.

    As Faculdades Padrão e Nova Capital

    No auge da crise deflagrada pela Operação Monte Carlo, o Brasil se surpreendeu com a influência exercida pelo senador Demóstenes Torres no Conselho Nacional da Educação, um órgão do MEC. Em apenas 14 dias, ele obteve, do conselheiro Paulo Spiller, autorização para abrir a Faculdade Nova Capital, em Contagem (MG). No papel, Demóstenes é sócio de Marcelo Limírio. Mas, na sociedade goiana, especula-se que Cachoeira seja sócio oculto da faculdade.

    O interesse de Cachoeira pela educação também se revelou num outro episódio: o da Faculdade Padrão, do empresário Walter de Paula. Oficialmente, Walter de Paula foi o comprador da casa onde o governador Marconi Perillo residia e também onde foi preso o bicheiro Carlos Cachoeira. Num grampo divulgado neste domingo pela Folha de S. Paulo, Cachoeira determina a um de seus assessores que entregue o dinheiro do imóvel ao governador – Perillo se defendeu afirmando que vendeu a casa, no condomínio de Alphaville, a Walter de Paula, e não a Cachoeira.

    Da mesma maneira em que pode ser sócio oculto da Faculdade Nova Capital, Cachoeira também tem grandes interesses na Faculdade Padrão. Num grampo da Polícia Federal, ele ordena ao senador Demóstenes Torres que interceda junto ao Conselho Nacional de Educação para que reverta o parecer contrário à instalação de uma escola de medicina na Faculdade Padrão – o conselheiro, no caso, também era Paulo Spiller.

    A educação se tornou um grande negócio em Goiás porque Marconi Perillo criou, em 1999, um programa chamado Bolsa Universitária, dirigido pela primeira-dama Valéria Perillo. O programa bancava, com recursos do Estado, bolsas de estudo de ensino superior a jovens carentes. “Este programa é uma caixa-preta, de difícil fiscalização sobre a real concessão de bolsas e a boa aplicação dos recursos”, diz Ernani de Paula. “A Faculdade Padrão, por exemplo, foi uma das mais beneficiadas”.

    De Goiás para São Paulo

    Quando José Serra assumiu o governo de São Paulo, em 2007, uma de suas primeiras medidas foi ampliar um projeto semelhante no Estado de São Paulo. No mesmo ano, Ernani de Paula passou a trabalhar com o pai na Universidade São Marcos, que existe há 41 anos. E começou a monitorar, com lupa, os recursos que eram transferidos pelo governo paulista às instituições de ensino – mais de R$ 700 milhões, desde 2004.

    “Grupos educacionais que eram irrelevantes, mas que construíram boas conexões políticas com o PSDB, receberam verdadeiras fortunas”, diz Ernani de Paula. O caso que mais chama a atenção, segundo ele, é o da Faculdade Sumaré, que já soma quase R$ 70 milhões em repasses. Em seguida, há o do grupo Uniesp, que recebeu pouco mais de R$ 60 milhões.

    A São Marcos, ao contrário da Sumaré e da Uniesp, não recebeu repasses do governo estadual e, recentemente, foi colocada sob intervenção pelo mesmo conselheiro Paulo Spiller. “Quem recebia recursos do estado era o Instituto Cidadania Global, criado por minha irmã, Luciane de Paula, e que tinha como conselheiros algumas figuras próximas ao alto tucanato como Andrea Matarazzo, Mônica Serra e Gilda Portugal Gouvêa”.

    Ernani encaminhou todos os documentos à 6ª Vara do Patrimônio Público, em São Paulo. Sua suspeita: a educação superior se transformou na maior caixa-preta da política brasileira. Que nasceu em Goiás e chegou a São Paulo. “E enquanto Demóstenes e Limírio prosperavam, a São Marcos era esmagada”, diz ele.

  • Conforma o esperado , veja vinha perdendo tiragem com o envolvimento no escândalo da quadrilha , bandidagem de verdade , do crime organizado presa pela PF , com integrantes da oposição , pode cair mais ainda esta tiragem ao mesmo tempo que vê sua receita paulista tucana ameaçada pela Coligação progressista liderada por Haddad

    Mais um avanço da sociedade na frente da veja , quanto a editora abril se comprovada a participação e culpabilidade de civita vai a abril inteira , um criminoso não pode ter veículos de mídia na nação , quanto mais livros didáticos comprados e distribuídos por governos estaduais

    Ou seja duas frentes , uma da sociedade se negando a comprar a revista e , esperamos , tem Chalita , trocando o governo que hoje é o principal pilar desta revista , e a outra via CPMI e Judiciário , mais uma terceira que é a provável CPI da mídia , e uma quarta que é a CPI da privataria tucana com a qual a veja sempre foi intimamente ligada

    Demorou desde a posse de Lula tentam derrubar os Governos democráticos progressistas eleitos pelo voto , mas a rede , a cerca , o cerco , a jaula está montada , um longo trabalho à frente , mas podemos ou devemos , esta pauta esperamos que seja devidamente punida e retirada de circulação , ter novas pautas e novos desafios

    Desmontada a quadrilha que estava infiltrada na oposição , e o esquema criminoso de factóides políticos , manuseio e pressão sobre índices financeiros e ataques pessoais , o desafio da sociedade brasileiro neste caso estará cumprido

    Não perder o foco no eixo principal desta quadrilha , gilmar mendes ainda não está bem enlaçado , nos prepararmos para os que surgirão , seja como trabalhador , empresário , político , estudante ou do lar

    Saudações brasileiras , quem tem esperança e fé sempre alcança

  • Companheiro argentino , no Brasil as condições sociais eram piores por isto nossas reformas ainda estarem em andamento diferenciado , tambem as pautas prioritárias fizeram os Governos progressistas pririzarem outros pontos
    .
    O que tem despertado meu interesse é o fato dos avanços progressistas de Venezuela , Argentina , Brasil , Bolívia , todas nações sul americanas , bem dizer , tem ocasionado ao mesmo tempo um estreitamento das relações sul americanas , ou seja tambem este fato pode estar conectado a maioria no cosmo político , continentes ou regiões , nas quais os Governos progressistas prevaleçam

    Se confirmado esta tendência em forma mundial podemos imaginar um cenário mundial tendo as relações solidárias que cada vez mais se fortalecem na America del Sur ,

    Saudaciones sul americanas

  • Boa tarde Eduardo,

    Gostaria de saber que patrocina o seu Blgo da cidadania? Será que são os peleguetas da cut-pt? Se for dos peleguetas da cut-pt, certamente tem um dia de trabalho confiscado do meu salário e com certeza vc participa desta safadeza. É muito bom falar mau do capital, desde que o estado gordo com meus imposto banque.! É muito bom ser comnista-socialista, desde que longe de cuba e da venezuela. Gostaria de saber quem é que banca o teu salário.! Petrobrás, BB e outras estatais inúteis?
    Ilson de Pádua

  • Em ambos os casos, creio, há um erro: mídia estatal gasto estratégico, portanto, questão de segurança nacional e obrigatoriamente é gasto sigiloso.. Alé disso, é direito que estiver investifo do cargo publico gastarr o que quiser sem dever satisfaçlão a seu ninguém. Se não for assim, chegaríamos ao absurdo, por exemplo, de querer saber quanto todos que estão gastandfo em Londres, e com o quÇê, em carytão corporaritivo.

    Pior ainda: O PSDB já devria ter aprendido que quando se trata de tais coisas é investigaddo tudo da sua turma e nada da turma de petista.

Deixe uma resposta para Valerio Santiago Cancelar resposta