Petista descarta vendetta contra mídia e pede investigação séria

Reportagem

Nesta segunda-feira pela manhã, conversei por telefone com influente parlamentar do PT – que não quer se identificar neste momento de escolha dos nomes do partido que integrarão a CPMI do Cachoeira – que fez ponderações sobre a natureza da investigação que merecem ser divulgadas e refletidas pela militância petista e por qualquer um que queira seriedade no processo.

Perguntei a ele sobre declaração do deputado do PT de Pernambuco Fernando Ferro de que o dono da revista Veja, Roberto Civita, pode vir a ser convocado para depor na Comissão. Quis saber se ele via um sentimento na bancada de seu partido – e de outros partidos da base aliada – nesse sentido.

O parlamentar citou várias vezes a palavra “tentáculos”, dizendo que o objetivo majoritário de seu partido e dos aliados é o de esclarecer, de forma ampla, quais são e por onde se estenderam independentemente de até onde e a quem alcançaram, e descartou, peremptoriamente, um sentimento de vingança dos aliados governistas.

Quando perguntei sobre os rumores de que haveria um sentimento de boa parte do Congresso no sentido de investigar a mídia, a resposta foi a de que essa é uma posição da militância que não encontra eco na maioria das hostes governistas no Congresso, que não têm um sentimento de vingança apesar de existirem razões para terem.

Segundo essa fonte, a militância petista e mesmo os setores desvinculados de partidos que militam pela causa da democratização da comunicação precisam entender que seus sentimentos não são um sentimento comum da sociedade e que, portanto, o Parlamento tem que refletir essa postura. O foco das investigações tem que ser o de esclarecer por onde Cachoeira transitou “doa a quem doer”, mas sem busca de “vendettas” de um partido contra o outro ou destes contra qualquer um.

Na avaliação desse parlamentar, apesar da pressão da mídia, ela também não terá poderes para impedir que os fatos transpareçam, ou seja, se irromperem ligações espúrias do crime organizado com setores da imprensa ele acredita que ela mesma, como um todo, não irá querer se vincular a algum veículo que tenha ultrapassado os limites da ética e da legalidade.

Essa fonte se mostrou bastante preocupada com o entendimento que a sociedade terá do processo de composição da CPMI e da disposição do Congresso em relação a ela, e acha que mesmo eventuais tentativas de manipulação da mídia – que já estão em curso – deverão esbarrar nos fatos que transparecerão das investigações.

O parlamentar afirma que o discurso de que a CPMI terá este ou aquele foco é extemporâneo, precipitado e perigoso, pois o que tem vazado em termos de escutas da Operação Monte Carlo é só a ponta do Iceberg e, neste momento, ninguém tem condições de garantir que foco prevalecerá. E atribuiu as tentativas da mídia de escolher foco como produto de luta política que não tem qualquer chance de se transformar em fato.

A imprensa e as militâncias governistas e oposicionistas estariam jogando para a platéia ao tentarem antecipar um único foco que pode nem vir a existir, tal o alcance dos “tentáculos” de Cachoeira. Muito provavelmente, a CPMI terá mais de um foco. Pode ser governo, oposição ou, queiram ou não, a própria imprensa, dependendo do que contiveram as gravações.

Segundo a fonte, este é um momento de sobriedade e extremo cuidado porque tudo o que a direita midiática quer é retirar o caráter de seriedade da investigação para que aquilo que ela vier a apurar possa ser caracterizado como mera luta política.

Disse, por fim, que a “ameaça” de parlamentares da oposição de convocarem o ex-presidente Lula por conta de uma suposta doação de Cachoeira à sua campanha eleitoral de 2002 é apenas uma tentativa de “responder” a parlamentares governistas e militantes que propuseram a convocação do dono da Veja, que até pode acontecer dependendo do que for apurado.

Este blog pretendia fazer uma entrevista diferente com esse parlamentar, identificando-o. Mas suas ponderações parecem revestidas de lógica, de seriedade e julgo que devem ser levadas a sério para que essa investigação possa apurar responsabilidades “doa a quem doer” e sem manipulações, pois é isso o que a sociedade brasileira quer e exige.

140 comments

  • A CPI deveria abrir um blog para informar a população e evita as distorções da velha mídia que acontecerão.

    Um blog como aquele da Petrobrás, por exemplo.

      • Prezado Eduardo,

        já lhe escrevi semana passado sobre o mesmo assunto: acabou de sair no Estadão que o DEM vai “exigir” que a CPI investigue os negócios da DELTA em todo o país. Eles vão tentar do todo modo tirar o foco da questão.
        Trabalhar por este blog da CPI talvez seja o caminho para impedir que isto aconteça. Brilhante ideia.
        Condordo que não deva haver vingança ou algo do tipo. Não seria democrático, muito menos republicano. Mas atenção: falar de seriedade com esta gente (que está no foco do objetivo da CPI) é muito dúbio, até mesmo perigoso. Os parlamentares bem intecionados (de todos os matizes) estarão o tempo todo pisando em terreno movediço, andando num pântano, onde sempre haverá “jacarés” prontos a dar o bote, como já está tentando o senador do DEM, ao tentar desviar as atenções para a constutora, que pode sim, vir a ser investigada, caso tenha ligações com os fatos centrais da investigação, mas está longe de ser o centro da questão, como pretende a estratégia claramente adotada pela parcela inconformada da oposição, aquela parcela que não é comprometida com os interesses reais do povo brasileiro, mas quer somente manter o “status quo”, mantar a casa grande intacta, como sempre foi. Acho que o único caminho para evitar que isto ocorra é criar uma forte coesão na blogsfera, para que o maciço apoio popular dê força aos integrantes da comissão para encaminharem os trabalhos na direção que realmente interessa ao nosso povo: trazer à tona os meandros enlameados dos poderosos que tomaram nossa república de assalto como se fosse uma capitania hereditária, da qual se sentem os únicos e legítimos mandatários.
        Qual ação podemos levar adiante para sugerir e viabilizar a criação do blog? Mandar milhares de -mails para os deputados e senadores participantes? Acho que fazer algo neste momento é fundamental.

        • Calma meu caro Marcelo. Primeiro que o DEM não tem condições, nem moral para exigir nada. Seu mais influente político, que é Dem até no nome era capanga de bandido.
          Além disso, pode investiagar a Delta no país todo numa boa. Ela tem contrato com vários estados, entre eles, SP e Goias. Tem também com o Agnelo e o Cabral do Rio. É por causa desses últimos que o DEM insiste tanto na Delta. Querem que eles façam pressão no governo, de quem são aliados, para esfriar a CPI.
          A Delta também pega a Veja, que em concluio com o Cachoeira, detonou adversários no ministério dos Transportes.
          Se o governo e o PT apoiam macisamenter a CPI, já mediram os efeitos colaterais e chegaram a conclusão que valhe a pena.

          • O DEM pode ser minoria, mas não se pode subestimar o PIG, que após o abalo inicial, já se recompôs e colocou seus melhores mercenários para mudar o foco desta CPMI, de acordo com seus interesses.

        • Isso seria maravilhoso. A Delta fez a ampliação da marginal Tietê em São Paulo a um custo inicial de R$ 1 bi na gestão de Serra, mais adicional de R$ 750 mi na atual gestão. Quase R$ 2 bi somente num estado. O que a Delta tem recebido do PAC para todo o Brasil é um pouco superior a isso, sem nos esquecermos que a gestão dos recursos é de responsabilidade do estado beneficiado. Essa é a hora do país levantar toda essa bandalheira suprapartidária politico-midiatico-criminosa.

          • “Nun fala”! Um bilhão mais 750 milhões. Quanto será que foi a molhada de mão nesta história?
            Se a Oposição começar a aborrecer com esta Delta querendo que ela seja investigada, podens crêer será muitos tirambaços nos próprios pés!
            Hihihihihihihihihihihihihihihihihihihi!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

          • Pedro Paulo é por ai mesmo!
            Em relação ao PAC eu concordo. Gostaria de saber se essas obras de SP são mesmo da Delta? O chuchu disse que não tem quase nada da Delta em SP. Se for isso que você falou seria interessante aprofundar no assunto.

      • Pois é Eduardo. Além de terem com a CPI todo o cuidado a que o parlamentar se refere, considero que deveriam também serem corajosos o suficiente (ler o artigo do governador Tarso Genro na Carta Maior) para se utilizarem de toda a transparência possível. Por isso considero ótima a ideia de se criar um blog, onde seria divulgado (se possível, pois não sei as limitações legais) todo o material coletado das investigações já realizadas e todo o material produzido pela CPI.

    • Exelente Idéia.
      Como implementa-la Já?
      Divulgar na Blogosfera. Escolas, Clubes, Redes Sociais. Se depender do PIG, o povo nem vai saber que existe CPI. Agora é a Hora.

    • Um SITE CPMI TRANSPARENTE… o Brasil merece e vai agradecer. Bem lembrado o SITE da Petrobrás. Foi uma forma de a mídia repensar as publicações sobre a nossa grande empresa. Vamos sugerir..depois exigir…Abç, Edu.

    • Pessoal, grato pelos elogios.

      Quem achou a sugestão interessante pode encaminha-la aos deputados e senadores da CPI assim que os nomes forem divulgados.

      Os deputados podem ser contactados de 2 maneiras :

      1- Neste link tem (fale com o deputado) um formulário padrão para enviar sua mensagem ao deputado. Basta escolher o nome e escrever :

      http://www2.camara.gov.br/participe/fale-conosco/fale-com-o-deputado

      2- Neste outro link (conheça os deputados) você acessa as informações completas de cada um. Basta escolher o nome e clicar em pesquisar. No final da página aparece o e-mail do deputado :

      http://www2.camara.gov.br/deputados/pesquisa

      O link abaixo abre diretamente uma lista com o contato com os senadores :

      http://www.senado.gov.br/senadores/

      Boa sorte !

      • Só mesmo em um país de instituições débeis,e uma imprensa absurdamente perigosa p/ a democracia,estarmos, todos,preocupados c/ o tipo de informações q serão jogadas p/ a população;embora possam nascer de provas…é algo surreal.Possível é q,caso fique demonstrado,c/ zilhões de provas,comprovado envolvimento criminoso dessa imprensa -essa mesma imprensa seria capaz de fazer de conta q nada foi dito ou colocado…Blog,é claro;ainda q continue achando extrapolação de qualquer noção de realidade;n tem jeito.

  • O que a CPMI vai descobrir é uma coisa, o que o povão vai ficar sabendo é outra muito diferente,. Quem vai divulgar o que foi descoberto é o PIG, eles vão torcer tudo ao seu belprazer.

    • Que tal uma resposta aos vendettas de plantão e convocarmos um movimento legítimo mesmo? A “marcha contra a corrupção da mídia: Quem financia a informação que você recebe?”

    • Sabe porquê? Porque já há tres mandatos presidenciais no poder, as forças governistas atuais não têm nenhum jornal, nenhum canal de televisão, nenhuma rádio, nada.
      É de chorar!

  • Veja fomentou atividade criminosa, diz deputado
    Enviado por luisnassif, seg, 23/04/2012 – 12:10
    Da Rede Brasil Atual

    Deputado afirma que revista Veja financiou atividades ilegais de Cachoeira
    Fernando Ferro, do PT de Pernambuco, quer que os dirigentes da editora Abril sejam chamados para depor na CPMI que vai investigar as ligações do bicheiro com políticos

    Por: Raoni Scandiuzzi, Rede Brasil Atual

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/veja-fomentou-atividade-criminosa-diz-deputado

    Que dureza, não Edu,

    Até começar pra valer os trabalhos da CPMI, irá pairar todas essas dúvidas, incertezas e ameaças de todos os lados.
    Li recentemente no seu Blog que o Lula estaria determinado a motivar a criação da CPMI, para mostrar que o seu governo foi vítima de armações. E agora leio que a oposição ameaça dizendo que o Lula recebeu dinheiro para a sua campanha.

    No fundo o povo que tudo isso seja esclarecido e os culpados paguem pelo que fez de errado, nada mais.

    • Samuel, vamos seguir um raciocínio lógico. Quem sempre MENTIU??? Resposta: PSDB, então tudo que sai na boca dos tucanos, não se escreve, esse partidinho de m….só MENTE e na cara dura, nos subestima sem o menor escrúpulo. Pode ter certeza meu caro, se algum partido recebeu $$$, esse partido é DEM e PSDB, tanto que são contra financiamento público nas eleições, porque vc acha que são contra, porque estão acostumados a receber milhões$$$ de empresas para formar caixa 2. Por isso eles tem tanto dinheiro para campanha política…

  • O que a CPMI vai descobrir é uma coisa, o que o povão vai ficar sabendo é outra muito diferente,. Quem vai divulgar o que foi descoberto é o PIG, eles vão torcer tudo ao seu belprazer
    ——————————————————————————————————
    O que a internauta disse é a pura verdade, Eduardo.

    Quem irá contrapor é a internet, mas o PIG irá dar a versão dele dos fatos. Lembrando o que um amigo meu me disse: Há trinta e cinco milhões de parabólicas no país.

    Bem, com base nesta informação, suponho que algumas pessoas acompanharão os trabalhos via parabólica. Há, também, as pessoas com tv á cabo. Então, fica um número muito grande que dependerá do PIG e das suas análises, principalmente aqueles que gostam da coisa pronta.

    • Concordo plenamente. Infelizmente a blogosfera representa um contraponto, mas a força da mídia bandida é muito maior.

      O leitor médio dos “blogues sujos” é aquele que acompanha o debate diariamente e atentamente. Sente nojo dos blogues dos privatas, mas os lê porque se interessa em saber o que é essa bandidagem toda.

      O leitor/telespectador médio do “PIG” é aquele que acompanha tudo na orelhada, só repercute as notícias que vê no JN, no Jornal da Globo e na Veja, se satisfaz com qualquer coisa que lhe digam e se sente feliz por ter alguma coisa com o quê se indignar. Em resumo, são idiotas-úteis. Normalmente se nega a ler o outro lado porque são “petralhas”.

      Entre as pessoas com as quais eu convivo – familiares, colegas, amigos, conhecidos -, a maioria pertence ao segundo grupo, e não adianta vc expor suas razões, porque pra ela só interessa que sou “petralha”. De tanto martelar, coisas como o mensalão e a corrupção dos “petralhas” viraram lugar-comum. Só com um esforço descomunal da outra parte isso poderia ser revertido.

      Mas vamos lá. Essa CPMI é uma grande chance de começar a mudar essa nojeira toda.

      • Breno, você tem toda razão quanto ao modo de agir e pensar do cidadão comum. É muito difícil mudar a cabeça desse povo aí, alienados que são pelo Pig, mesmo os que têm formação universitária. Eu já desisti de tentar mudar topeiras assim! Abraços!

  • EDUARDO: Apesar do assunto não estar em pauta, gostaria que alguem me informasse quando o STF julgará o Caso PROER, Socorro aos Bancos. Sei que será ainda este ano e os reus são: JOSE SERRA (ministro do Planejamento); GUSTAVO FRANCO (Ministro da Fazenda) e o FRANCISCO LOPES (do Banco Central). Este trio ainda vai ser julgado este ano e precisamos obter maiores detalhes.

    Voltando ao assunto pautado, acho que todo o culpado, independente de jornalista, político, bandido, todos devem ser julgados e os culpados condenados. Simples assim.

  • É pena não termos uma TV Estatal onde pudessemos, sem partidarismo ou as edições por que passam as noticias nas tvs comerciais, receber simplesmente: a notícia. Com a palavra nosso “Ministério das Comunicações”…

  • Ou seja, todos têm rabo preso, independente de partido. Isso está claro, aliás, claríssimo.
    Por que não aproveitou e perguntou sobre os donos dos restantes aparelhos Nextel. Até agora só sabemos o nome de dois ou três. A ‘midia’ simplesmente ‘esqueceu’ de bater nesse ponto.
    E o recado para que se mude o foco das críticas foi bem dado.
    Todo mundo a estibordooo…

    PS.: como é mesmo o nome da moça que disse que eu rio à beça quando leio o blog? Informo que é a minha dose diária de remédio contra o stress.

    • Sua afirmação sobre os aparelhos Nextel mostra que está muito mal informada sobre o assunto. Estando mal informada, deveria se abster de dar decretos sobre ele

      • “Dar decretos”? Não sei o que isso quer dizer. Se estou mal informada, gostaria de ser informada por quem tem a informação, que tal? E o seu informante anônimo está pisando em óvos, porque um tal sr. Buratti, prata da casa, fez declarações de doação de dinheiro do sr. cachoeira para a campanha do lula em 2002. E não venham dizer que 2002 não está em pauta. Dinheiro, contraventor e campanha política não têm ‘idade’. Ajoelhou, tem que rezar. Isso vale para qualquer um.

  • Edu, quanto ao sigilo do petista eu nem me preocupo, pois fico com a posição do Dep. Fernando Ferro PT/PE que cunhou a sigla PIG (Partido da Imprensa Golpista), já temos uma voz a favor daqueles que lutam pela democratização dos meios de comunicações, e disse que quer intimar o Capo Civita para depor na CPMI.

    • José, você sabe que ninguém mais do que eu quer que essa CPI investigue a mídia, mas minha fonte tem razão. Há que pensar no conjunto da sociedade que não dá a mínima bola para essa luta política e quer, apenas, a verdade. Se o jogo se restringir a um lado e outro ficarem fazendo luta política, a investigação perderá a credibilidade. A CPI será o que será. Ninguém irá direcioná-la para um lado ou outro. Mecanismos para isso estão sendo elaborados. A mídia pode dizer o que quiser que contra fatos não há argumentos

      • A Democratização dos meios de comunicação de forma alguma é um sentimento, mas uma necessidade, sem isso, jamais vai haver Democracia no Brasil.
        PS. : O termo PIG é do Dr. Donizeti do MSM.

  • Adoro esses petistas modernos, cuidadosos, pragmáticos e malemolentes só fazem xixi na caixinha de areia.
    Vendetta? Quem está falando em vendetta?
    De um lado, o que se exige é que os crimes que a imprensa tem praticado não apenas contra o PT mas, sobretudo, contra a própria democracia, sejam sim investigadas e punidas.
    De outra banda, o que se exige, o que eu exijo – na condição de cidadão brasileiro e não apenas de militante petista no exílio – o que eu exijo, eu dizia, é que o governo do PT trate de encarar o PIG e traga a lume a Ley de Médios, exatamente como Cristina Kirchner fez.
    Porque, mantidas as atuais condições, o PIG continuará sua senda de crimes contra o povo brasileiro e, quando confrontado, mesmo timidamente, vem logo com essa conversa mole de “ataque a liberdade de expressão” ou, por seus bonifrates, “oh, vendetta, não!”.
    Reconheço que tenho andar, cara e jeitão de bobo.
    Mas não sou bobo.
    Paulo Roberto Cequinel, petista no exílio, anencéfalo.

    • Paulo, penso que o caminho que ele aponta faz sentido. Nós precisamos parar de pensar como militantes e pensarmos mais como cidadãos. Quem não tem partido quer os fatos e a investigação terá instrumentos para fazê-los brotar. Fique tranquilo

    • Começou a “costura por cima”: não pode-se isso, muita calma com aquilo, não podemos nos precipitar, muito cuidado nessa hora, e assim, acabam nos convencendo que se a Veja, Globo ou qualquer outra dessas aberrações antidemocráticas de informação em atividade no país, aparecer explicitamente bandidaça na foto, tem que se relevar, pois sabe como é, não dá para fechar um orgão de comunicação assim, né? Não pode bater de frente com essa turma, né?
      Já na Inglaterra pode.
      Já golpear e tentar derrubar um governo democraticamente eleito pelo povo, eles podem.
      Pode?
      Parem com isso!
      Vamos botar muita pressão nesse turbo da CMPI, pois se deixarmos por conta dessa turma congressual corporativa (não esqueçamos dos quarenta senadores afagando Demóstenes), tarada por um gabinete refrigerado, enfrentar os golpistas em conluío com a escrocagem e a bandidagem profissional, continuará tudo como dantes no reino do Abrantes.
      Esses “neo-costureiros bundões”, querem mais esquiarem na maionese, serem amigos dos cappos e suas famiglias, bastando uma notinha na TV ou uma entrevistazinha fuleira em uma das revistas, dessas empresas patrocinadoras do instituto do Millenium, para que fiquem mais felizes que pinto no lixo.
      Esses caras só se mexem com o barulho das ruas e o ranger de dentes dos descontentes.
      Por isso, pelo menos uma vez na vida, façamos com que trabalhem no objetivo para que foram eleitos.

  • Considerando o histórico anterior do PT, seu pânico de enfrentar a Globo.
    Considerando a tendência de Dilma de achar que pode encantar o PIG fazendo omeletes e dando entrevistas.
    Considerando que o ministro das Comunicações morre de medo de falar de Lei Geral das Comunicações, e mesmo de falar de universalização da internet (dois temas que desagradam ao PIG).

    Concluo o seguinte:
    “não queremos vendetta” ==> TECLA SAP ==> “não queremos aprofundar excessivamente as apurações, a ponto de atingir a mídia”.

    Não se trata de vingança. Veja-se um pequeno exemplo: o diretor do Dnit, Luz Antonio Pagot, denunciou que perdeu o cargo porque contrariou a Delta. A empresa de Cachoeira estava utilizando uma camada de asfalto com a metade da espessura correta, para economizar. Pagot considerou inaceitável essa malandragem. A Veja (sempre ela) armou um “escândalo”, provavelmente por ordem de Cachoeira, para derrubar Pagot. Ou seja, uma revista que é porta-voz do crime consegue derrubar membros do Governo.

    Concluo que essa CPI só atingirá seus objetivos de limpar o Brasil dessa quadrilha se houver uma enorme pressão social. Se depender dos nobres deputados petistas…

    • Roberto, é justamente isso: segundo a minha fonte, inexistirá uma enorme pressão social para a CPI se concentrar só contra um lado. Minha percepção do que me foi dito não é essa. Acho que a serenidade pode nos levar mais longe…

      • Exatamente Edu. Acho que o Ferro deveria ficar mais calmo, vai aparecer a hora certa de ferrar a Veja. Já calaram o Rui Falcão que falou m.
        MUITA CALMA NESSA HORA.
        O pig não está morto não e fera acuada é um perigo

        • Tentando entender; quer dizer que a vendetta vai acontecer de qualquer maneira, só que agora não é a hora certa. Se é isso (ou se o o Juliano reflete o pensamento dos comentaristas do blog) o título do post está comprometido já que fala em vendetta descartada.

      • Edu,
        tenho minhas dúvidas, pois nosso povo ainda está a mercê de ‘fofocas’ tipo bbb’s (bebida, bola e bunda); e o PiG sabe muito bem como ‘encantar’ e ‘nortear’ estes assuntos.

        a ideia do blog da CPMI será completo com entradas diárias de 5 minutos de um porta-voz do governo (antes do jn), passando o andamento dos processos e conclamando o povo ao blog, fonte única e fidedigna dos fatos.

        vai ser uma guerra desigual; mas é a nossa chance!!

        sds, e beijos pra Vitória.

        Márccio Campos
        rio de janeiro

      • Edu, é verdade, é muito importante um blog da CPMI para que possamos estar por dentro do que realmente está acontecendo. Não podemos ficar à mercê dessa mídia golpista, pois, sabemos muito bem o que ela irá expelir. Por favor, como podemos fazer isso? Um blog da CPI já!

      • Edu, concordo com você, mas, convenhamos… Não se faz omelete sem quebrar ovos. Também tenho certeza que se fosse de forma adversa ao partido da presidenta Dilma, ela já estaria em apuros, pois, estas bestas do PIG já tinham caido matando pra cima dela. Legal que devemos ir mais longe; mas sem levar flores.
        Na realidade devemos levar foices, enchadas, picaretas, enchadões, pás, tratores, patrolas, pá carregadeiras e etc… se quisermos fazer de fato a limpeza deste lamaçal que o PIG nos jogou.

        E a Victória, tá bem? Ela sim merece flores.

    • Locatelli, corroborando com o que você escreveu, aqui no Ceará ,um trecho da BR 020 (Fortaleza-Canindé) pouco tempo depois de feito já apresenta sinais de deteriorização.Isso indica ,exatamente, o que você acabou de relatar.(Menos asfalto que o correto)

    • Você não sabe mas o senador Mario Couto passou meses
      gritando na tribuna do Senado qe esse tal de Pagot ( sem
      querer fazer trocadilho) recebeu indevidamente daquela
      Casa, algo em torno de 700 mil reais.
      Ele era um fantasma da Câmara Alta. Quem duvidar que
      pergunte ao pessoal do Senado.

      • E quem é o “senador” Mário Couto? Um ex-bicheiro (será que existe EX-bicheiro?) que está todo enrolado com as falcatruas descobertas este ano na Assembleia Legislativa do Pará, da qual este senhor foi presidente. Aliás, tenho certeza de que, se a CPMI caminhar no bom caminho, Mário Couto vai estar arrolado nos crimes dessa enorme cachoeira… É esperar para ver.

    • Eduardo, sou obrigado a concordar com o Roberto, o discurso da sua fonte pode até ser considerado politicamente correto, mais pelo histórico do PT, que morre de medo da Globo, acho que isto é conversa para boi dormir. Infelizmente é acreditar em papai noel achar que o PIG ea oposição vão atuar de forma é tica,o JN ja mostrou que o jogo vai ser pesado. Acho que o PT vai se acovardar, como ele tem feito em relação a CPI da privataria e a regulamentação da midia. Este discurso da sua fonte esta muito “bonitinho” para o meu gosto. E agora esta: é verdade que o PC do B tirou o Protógenes da comissão????? se for verdade ja começou mal, se for verdade é um partido sem moral, se for verdade…. acho que vai terminar em pizza e o pior dominada pelo PIG. Ja estou de saco cheio destes discursos almofadinhas do PT

  • No momento (12:30), pela NBR,a presidenta dilma lança em Sergipe o contrato de arrendamento das reservas de potassio entre a vale do rio doce e a Petrobrás.
    OBS; O Neoliberalismo nefasto do PSDB queria simplesmente FECHAR a mina de potássio em Rosário do Catete-SE….
    O Brasil apesar da crescente produção agropecuária, é grande IMPORTADOR de fertilizantes.OS neoliberais queriam colocar na mão de empresas internacionais a oferta de Uréia e ,portanto,de fertilizantes,deixando o país dependente…. Ô Corja…

  • Investimentos, mais empregos e renda para os cearenses.Ruim para tucanos e demonios….

    Siderúrgica da Añon em fase de EIA/RIMA

    Publicado em 23/04/2012 – 5:35 por Egídio Serpa | Comentar

    Está em fase final de elaboração o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) da siderúrgica que o grupo espanhol Hierros Añon construirá no Complexo Industrial e Portuário do Pecém.-CE

    O Estudo e o Relatório de Impacto Ambiental do projeto serão, quando maio chegar, encaminhados à Superintendência Estadual do Meio Ambiente, que os analisará.

  • Mais Empregos e distribuição de renda para os cearenses.Tucanos e bicudos não mais existiram por aqui em 2014.Para o bem do Brasil.

    Cid Gomes inaugurará mais 8 indústrias

    Publicado em 23/04/2012 – 5:32 por Egídio Serpa | Comentar

    Depende da agenda do governador do Ceará, Cid Gomes o calendário de inauguração de oito novas indústrias que se instalaram no Estado.

    É o que informa Ivan Bezerra, presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Ceará.

    Uma dessas indústrias é a Malvi, com três mil empregados, em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza.

    Tags: Cid Gomes, Indústrias, Malvi

  • Mais indústrias para o Ceará

    Publicado em 23/04/2012 – 5:29 por Egídio Serpa | Comentar

    Ivan Bezerra, presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Cede), colhe agora os frutos de um trabalho a que se tem dedicado, pessoalmente, em tempo integral – o de atrair novas indústrias para o Estado.

    Da pauta da reunião de quinta-feira, 26, do Conselho de Desenvolvimento Industrial (Cedin), constam 60 pleitos de igual número de indústrias que já se implantaram ou estão em processo de implantação, as quais solicitam a concessão de incentivos fiscais para os seus empreendimentos.

    “São milhares de novos empregos que se criam no Interior, o que contribui para o crescimento social e econômico do Estado”, como diz um muito sorridente Ivan Bezerra.

  • Passou da hora da Dilma fazer uma Ley de Medios como Cristina fez na Argentina. Não podemos ter medo da imprensa, isso dá a ela mais poder. Concordo que a CPMI não vai para o embate, cara, de boa, tô cansada, deveria. Será que a sacagem do PIG não foi e é suficiente? Alguém tem que dar um basta nessa gangue. Se não for na CPMI, pelo visto não será, que se leve para a votação com prioridade a Ley de Medios. Para mim basta! Tem que ter atitude! Para quê um governo se acovardar sendo que tem maioria no Congresso e que estamos vivendo um momento onde se passa a limpo até as relações criminosas da mídia? É agora ou nunca! Ou nunca!…..

  • Caro Eduardo,

    Estou PREOCUPADA com você. Que diabo de parlamentar é esse que amançou você desse jeito? Realmente a maioria dos parlamentares têm muita lábia. Mas companheiro considero você suficientemente esperto para perceber que mesmo que este tal, seja sincero, é um. E os outros?. Esta CPMI, para mim, ainda é uma encognita. Para que lado vai, vai depender do clamor das massas. É como certas leis, umas pegam outras não. Não há garantias de nada, por enquanto. Abçs

  • “Segundo essa fonte, a militância petista e mesmo os setores desvinculados de partidos que militam pela causa da democratização da comunicação precisam entender que seus sentimentos não são um sentimento comum da sociedade e que, portanto, o Parlamento tem que refletir essa postura.”

    Desculpe, mas, para mim, essa fala é a senha, infelizmente – e mais uma vez, para um comportamento vacilante diante de criminosos que portam a arma mais poderosa que já foi empregada contra o povo desse país: as grandes empresas de comunicação, todas elas erigidas ou sobre concessões públicas (nos casos de rádio e TV) ou sobre subsídios e isenção fiscal (no caso daquelas que se ergueram sobre papel jornal). Mais ainda: empresas usadas como arma contra o povo que lhes provém o sustento, já que a Abril, por exemplo, todos sabemos, não vive do que vende em banca, mas das compras feitas sem licitação por governos tucanos.

    Isso me desanima, Eduardo, e espero que entenda também o meu ponto de vista: é muito fácil a um parlamentar do PT, qualquer deles, vir ensinar à militância que “a sociedade tem um sentimento diferente do nosso”; ora, dotados desses sentimentos que, segundo ele, são distintos dos da sociedade, nós o ajudamos a se eleger e a eleger três governos petistas para o Governo Federal. Por outro lado, acaso ele crê que o “sentimento” da sociedade está mais próximo daquele expressado por essa verdadeira máfia a que chamamos “grande imprensa” no Brasil? Não, não está. E esse heróico povo brasileiro vem demonstrando acreditar mais nos governos do PT, depois de conhecê-los, do que no que parcela da imprensa diz sobre eles.

    A militância não “precisa entender” o que quer esse parlamentar não, com todo respeito. Acaso ele não vê que a radicalização está muito mais do lado de lá? Não vi sequer um desses canalhas da oposição partidária ou midiática fazendo esse discursinho “ném-ném”, tipo “olha, a militância anti-petista, de qualquer natureza, tem de entender que não podemos esconder a cabeça nesse lodaçal e não reconhecermos que o escândalo começou no nosso quintal; não dá pra querer mudar o foco e jogar tudo nas costas do governo e do PT”. Desafio qualquer um a encontrar e mostrar um discurso razoável da oposição (midiática ou partidária) relacionado ao tema da CPI. E vem deputado do PT dizer que intolerante é a militância e que a sociedade não quer saber de disputa com a “imprensa”? Ah, amigo, desculpe, mas desanima.

    É sinal de que, uma vez mais, quem estiver na ponta dessa disputa, no corpo-a-corpo, na infantaria, não poderá contar com o apoio dos que estão nos aparatos institucionais e, de todo modo, munidos de acesso aos canais de comunicação tradicionais ou alternativos. Já estou me vendo disputando opiniões, palmo a palmo, diante das bancas de jornais ou da TV. E “sozinho”, do ponto de vista institucional, contando apenas com espaços como esse blog, por exemplo.

    Por último, se me permite mais um comentário sobre por quê discordo frontalmente do que sugere esse parlamentar do meu partido: fica parecendo que o envolvimento de Cachoeira com o esgoto imprensaleiro é coisa incidental e de menor importância. Não é! Estamos talvez diante da única chance em muitos anos de discutir seriamente o papel da imprensa na construção da nossa democracia. Todas as maiores conquistas do povo brasileiro (a volta das eleições diretas, os direitos sociais das minorias e maiorias, a estabilidade econômica e os avanços sociais conquistados no Governo Lula) foram alcançadas à revelia da vontade dessa gente e daquilo que pregavam nas páginas ou ondas magnéticas de que dispõem para usufruto particular. Então, reitero: não é “vendetta”, não é revanche, é discutir o papel dessa instituição, assim como discutimos o papel dos poderes da República.

    Investigar, expor e julgar os crimes da imprensa é fundamental para a democracia no Brasil.
    O resto é parolagem de quem se acostumou às concertações que a real politik impõe, a maioria delas, diga-se, também bem distantes do “sentimento” da sociedade a que o parlamentar em questão se sente tão vinculado.

    Forte abraço pra ti e votos pela saúde da Victória.

    • O Carlos Odas sabe; realmente muita gente confunde concessão pública (rádio e tv ) com empresas beneficiadas por vários tipos de isenções (jornais)

      O Carlos Odas sabe mas não diz: afinal quais são essas “compras feitas sem licitação” feitas por governos tucanos ? Já li insinuações várias mas nunca alguem, comprovadamente, provou existirem estes ilícitos. Sei que , por inteligente, o Carlos não vai me afrontar com o pífio Privataria Tucana.

      O Carlos Odas não sabe: ao afirmar; ” Acaso ele não vê que a radicalização está muito mais do lado de lá?” Não Carlos. Ambos os lados radicalizam de maneira absurda, e sabe por quê ? Por que têm telhados de vidro.

      O Carlos Odas precisa saber: Dilma vai se reeleger, configurando-se no quarto governo petista e não irão se imiscuir na liberdade de imprensa. Não falo isso arvorando-me em profeta mas num observador da conjuntura política que se formou pós José Dirceu.

      • “o pífio Privataria Tucana.”

        Por que pífio? Só porque vc quer que seja pífio. A Veja também acha a privataria tucana pífia, mas acredita piamente em “mensalão” petista.

        A grande diferença é que nos casos da privataria tucana e da operação Monte Carlo são mostrados documentos e provas concretas, fatos verdadeira sem bases meramente hipotéticas. Já no mensalão, inclusivamente retratado pelo próprio acusador, Roberto Jefferson, não existem provas cabais que comprovem um mensalão de fato.

      • “Em abril de 2009, o Ministério Público de São Paulo, acolhendo representação do deputado federal Ivan Valente e dos deputados estaduais do PSOL, Carlos Giannazi e Raul Marcelo, abriu investigação para apurar irregularidades no contrato firmado, sem licitação, entre a Secretaria Estadual de Educação e a Fundação Victor Civita, do Grupo Abril, para a aquisição de 220 mil assinaturas anuais da revista Nova Escola, no valor de 3,7 milhões de reais. De acordo com a denúncia, a Secretaria da Educação beneficiou a Editora Abril ao desconsiderar a possibilidade de participação de outras publicações da área em uma possível licitação, além de ter fornecido à Fundação Victor Civita dados pessoais dos educadores do estado, sem qualquer comunicado prévio ou pedido de autorização aos mesmos.[56] Por ocasião da investigação, Ivan Valente afirmou que “cada vez mais, a Editora [Abril] ocupa espaço nas escolas de São Paulo. Isso totaliza, hoje, cerca de R$ 10 milhões de recursos públicos destinados a esta instituição privada, considerando apenas o segundo semestre de 2008″.[57]”

        Link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Gest%C3%A3o_Jos%C3%A9_Serra_no_governo_de_S%C3%A3o_Paulo

        Serra, quando governador, pagou R$ 34 milhões à Abril, sem licitação.

        Link: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2010/09/serra-quando-governador-pagou-r-34.html#.TudWKMoZYfo.facebook

        “Alckmin: 9 milhões pela fidelidade da ‘Proba Imprensa Gloriosa'”

        Ler mais: http://namarianews.blogspot.com/2011/09/alckmin-9-milhoes-pela-fidelidade-da.html#ixzz1sxrOdjYI

        Imagino o que você vai dizer: se não deu no JN, na Veja, na Folha ou no Estadão, ou não aconteceu ou foi “pífio”, não? hehehehehe…

        • “Imagino o que você vai dizer”

          Espere sentado. O fujão aí é troll das antigas. Ele só aparece pra despejar bobagens, exigir provas e argumentos dos outros, mas depois desaparece quando as vê, e faz de conta que não existiram, ou que não era com ele.

          É um grande cara de pau e covarde que só sabe fugir com o rabo entre as pernas. Não espere que ele diga alguma coisa. Muito menos alguma coisa que preste.

  • eduardo, de s resposta a Locatelli.tambem se deduz que a inexistencia de uma pressao contra a midia, no fim aliviará o PT e o governo do trabalho de enfrenta-la, ufa!!
    Por outro lado, seu interlocultor tem base para dizer que cpis são imprevisiveis – podem surgir enormes revolveres, com cano tão fumegante que a midia não conseguirá encobrir a fumaça ou desviá-la para outros lugares.

  • Como é que pode alguem falar pelo partido e permanecer anônimo ? Não é a primeira vez que as tais fontes do blog se manifestam e autoria que é bom, some,
    Da mesma maneira que o Paulo Cequinel, sei que tenho andar, cara e jeitão de bobo, mas, com certeza, não o sou.

  • Esta CPMI será uma farsa. Jamais o PT enfrentará a mídia ou desarticulará em profundidade seu esquema espúrio, o deputado aí já deu a senha: “isso é coisa da militância, mas não encontra respaldo no congresso” (não nessas palavras, mas com esse sentido). Sou capaz de apostar que nem mesmo a veja eles enfrentarão. Ingênuo é quem acredita e alimenta essas ilusões. No fim, essa CPMI só vai servir de uma coisa: arma de chantagem. Vai tudo acabar em um gigantesco “acordão”, ou, como se diz popularmente, em pizza.

  • O Lula tem que ser convocado para contar como resistiu a conspiração da Veja/Cachoeira/Demóstenes e associados. Dizer tudo o que ele tinha vontade de falar mas se achava impedido como presidente. Tem que convocar o Civita e os Marinhos para explicarem as histórias dos grampos da Veja e a história da bolinha de papel da Globo. O Cachoeira é só um destes bandidinhos que estão por aí, mas os crimes da Veja e do Demóstenes são muito maiores: queriam derrubar um governo legitimamente eleito.

  • Caro Eduardo,
    Concordo plenamente com este deputado e sua compreensão é a mesma que a minha.
    Não podemos ter pressa nem exigir atos “quixotescos” de nossos representantes, melhor é haver seriedade e comprometimento com a verdade. Tudo chegará ao seu tempo sem que se perca o foco.

  • Não dá pra entender mesmo.Na época da cpi dos cartões corporativos a imprensa e a oposição eram contra investigar os gastos no governo fhc.Agora querem voltar a 2002.Chega a ser engraçado.

  • As sementes foram lançadas. A colheita é obrigatória. Não fomos nos que pusemos Cachoeira-Demostenes-Veja (posso escrever o trio?) a mostra. Seria uma entidade transcendente?

    E não sou que o diz o seguinte. São os nossos. Eles têm seus motivos. Nassif com os processos (como PHA) Leandro na Carta Capital que o Governo Alkimin não comprou para distribuir para escolas. E o Civita já migrando para a área da educação. O nossos estão SERENISSIMOS.

    O que move a sociedade são idéias para impulsiona a ação física. O tal imaginário popular. Quem poderá sintetizá-lo? Aqui no nosso amigo lá do Ceara- José do Ceará- sempre a postar o que de positivo ele está vendo para formar um imaginário.
    O acesso ao blog do Planalto ajuda, o Pagina 12 tenuamente constrói o contraponto do imaginário do argentino em oposição ao PIG deles. Porem qual o imaginário popular prevalecerá sobre a CPI. Será que ele coincidirá com os nossos que somos militantes na internet?

    O PIG afinal tem ou não tem penetração nesse imaginário.

    Nassif incisivo em 22/04 no post “Uma CPI para a Veja”. http://www.advivo.com.br/luisnassif Ele disse “Estava tudo pronto para começar, quando estourou a Satiagraha. E aí, uma ação conjunta de Daniel Dantas, da revista Veja, do então presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes e do Ministro da Defesa Nelson Jobim, destruiu o trabalho e atrasou em anos o avanço da luta contra o crime organizado”
    E termina “A CPI será uma boa oportunidade de passar essas histórias a limpo.”

    Leandro Fortes em 23/04 http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/leandro-fortes-a-cpi-e-o-fim-do-jornalismo-investigativo-de-araque.html
    “O resultado mais perverso dessa estrutura midiática rica e reacionária é a perpetuação de uma política potencialmente criminosa de assassinato de reputações e intimidação de agentes públicos e privados contrários às linhas editoriais desses veículos. Ou, talvez pior ainda, a capacidade destes em atrair esses mesmos agentes para seu ventre, sob a velha promessa de conciliação, para depois, novamente, estrangulá-los sob a vista do público”

    É longo e ele termina: “Por isso, além da podridão política que naturalmente irá vir à tona com a CPI do Cachoeira, o Brasil terá a ótima e rara oportunidade de discutir a ética e os limites do jornalismo a partir de casos concretos. Veremos como irão se comportar, desta feita, os arautos da moralidade da velha mídia, os mesmos que tinham no senador Demóstenes Torres o espelho de suas vontades.

  • Edú,é evidente que a serenidade sera muito importante,para se seguir apurado os fatos que que vão sendo expostos.Mas um parlamentar dizer que não há sentimento de vingança no seio do congresso.é forçar a barra,não ter o mínimo conhecimento do espirito humano tão bem exposto pela história,e mais acentuado é a emoção na cultura latina.Pode-se estar tentando acalmar espíritos,para se tentar conduzir a CPI, demonstrar um imparcialidade e senso de justiça.Mas duvido muito que se consiga manter esta tranquilidade “ad eterniun”.Tem muito “nêgo” com a mídia entalada na garganta,e não vai perder a oportunidade de “frita-la”.bem como aos seus apaniguados.Junte-se a isso as provocações.ilações,tentativas de desvios de investigação,intimidação,enfim todo o esgoto que este pessoal da direita sabe “vomitar” com a maior cara de pau.Acredito que quando for sendo de conhecimento geral as revelações muito comprometedoras ou surpreendentes,o clima vai esquentar.A direita acuada,apavorada,ferida vai baixar o nível,tentará desqualificar a comissão,e de outro lado a indignação,a raiva,o desejo de justiça.Será uma fervura,imprevisível.

  • Eduardo,

    “Doa a quem doer”, no Brasil, invariavelmente foi uma frase proferida por políticos que nada querem apurar. Cansei de ouvir orestes quércia, paulo maluf, fleuri e etc enxendo o peito para soltar essa expressão.
    Não é possível que continuemos a conviver com o risco de golpes, vários, sempre que um governo trabalhista atinja o “pudê”. Espero que esse político que vc entrevistou não seja do pt de SP, se for, já começo a ter dúvidas do “Doa a quem doer”.

  • Espera, sinceramente, que esta CPMI seja para apuração das relações promíscuas do sr. Cachoeira com parlamentares, funcionários públicos e jornalista, e nã se transforme em palco de disputa política entre direita e esquerda, porque se assim for, a maioria do povo brasileiro dará sua resposta nas urnas e, com seriedade.

  • Sei não, mas pelo tom do discurso do parlamentar, será mais uma CPI povilho. Muito barulho mas não servirá pra nada. O PT tem medo da imprensa. A própria Dima já perdeu o bonde no sentido de peitar a mídia e encontrar nesse momento, a oportunidade de desafiar os capos dessa imprensa golpista e retrógrada.Perderemos mais uma oportunidade de acuar no paredão essa oposição sem causa, sem projetos, sem ideais e sem princípios. Espero, sinceramente, que minha língua queime pra valer e que essa Comissão limpe a parte doente de um Brasil que já sofreu muito com os tumores que impedem um real desenvolvimento de nossa moral e bons costumes.

  • A CPI do cachoeira(com minusculas mesmo) vai ser para valer se nós formos capazes de exercer implacavel pressão diaria.No que diz respeito aos podres do PIG,é um caminho sem volta.Ficou por demais evidente o proposito do PIG em sabotar o Brasil.Mesmo pessoas,que eu conheço,estão interessadas em acompanhar essa CPI.Não são nem petistas,nem comunistas e muito menos interessadas em politica.Só que ja perceberam a tendenciosidade da midia golpista,que é golpista por diuturnamente tentar por todos os meios desestabilizar um governo trabalhista,chega a ser muito mais do que evidente esse proposito.Por outro lado,completamente desconectada do mundo real,parece que tal midia,ainda não entendeu,em tres sucessivas oportunidades,o recado das urnas.Pode ser que quando entenderem já seja tarde demais.

  • Palavras interessantes de Tarso Genro:

    Para que esta oportunidade seja aproveitada é necessário, porém, que a CPI tenha a predominância de parlamentares que não tenham medo. Não tenham medo de que o seu passado seja revelado – um passado complicado fragilizaria o resultado da CPI -, não tenham medo de ser achincalhados pela imprensa, pois à medida que contrariarem os interesses que ela defende serão ridicularizados por algum motivo ou atacados na sua honradez. Não tenham medo, sobretudo, de encontrar algum resíduo de envolvimento seu, na teia de interesses, manipulada pelo grupo ora apontado como criminoso.

    O fato, porém, da corrupção ser “usada” pela mídia, nas suas campanhas anti-esquerda, não quer dizer que ela não exista, inclusive no nosso meio. Então, o que se trata, não é de “amaciar” os fatos, mas de disputar o seu “uso” – o tratamento político dos fatos – para fortalecer uma das duas principais concepções de República que caracterizam o grande embate político nacional na atualidade

    O pior que pode acontecer é que a condução da CPI não permita investigações profundas e que seus membros, eventualmente, cortejem mais os holofotes do que a busca da verdade, ou que ocorram acordos para “flexibilizar” resultados, por realismo eleitoral. Nesta hipótese, ficarão fortalecidos aqueles que hoje estão empenhados em desgastar a esfera da política, que significa relativizar, cada vez mais, a força das instituições do estado e o sentido republicano da nossa democracia.

    VAMOS VER NO QUE VAI DAR. A CPI DO BANESTADO FOI UMA FRUSTRAÇÃO.

  • Edu, posso estar enganado e vir a mudar minha opinião futuramente. No momento eu creio que ideologia da mídia que está ameaçada com essa CPI não vai ter nenhum escrúpulo para se safar e ainda jogar nas mãos do Governo todos os danos.
    Não digo que seja o caso de que se faça o mesmo jogo sujo. Longe disso. Mas é uma guerra. Não dá para convence-los a rever seus conceitos e mudar de atitude, na maior inocência. A luta é armada sim.
    Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás.

  • Eu concordo com a opinião do sr. Carlos Odas.
    Não se deve pensar em amolecer ou senão teremos uma nova CPI do banestado.
    A oportunidade que surgiu agora não surgirá novamente ou pelo menos não tão cedo.
    O povo do PT vai ter que se sacrificar, e acho até que não será um sacrificio tão grande, pois no andar da carruagem, o que se vê é que pra cada um do PT vai cair uns dez do outro lado. Não vale a pena?
    Como se diz no popular: Ou vai ou racha!!!!

  • Caro Eduardo, concordo que haja ‘cuidado’ só prá não dar tiro no pé, ou seja, ‘cuidado’ enquanto ‘habilidade política’ e não ‘fuga’ do enfrentamento político.
    Acho estranho um parágrafo como este: “Segundo a fonte, este é um momento de sobriedade e extremo cuidado porque tudo o que a direita midiática quer é retirar o caráter de seriedade da investigação para que aquilo que ela vier a apurar possa ser caracterizado como mera luta política”.
    Evidente que tudo isso, a ação do Cachoeira, as matérias da VEJA, a maioria das manifestações do PIG, e a prórpia constituição da CPI, isso tudo é ‘luta política’. Ou é possível se estabelecer uma abordagem ‘neutra’, sem tomada de posição, sem definir de que lado se está?
    Assumir um enfrentamentamento político não é desrespeitar nem a lei nem a ética, nem deixar de lado a transparência! Esse tipo de papo me dá um certo mal estar: no meu entendimento, não é por aí que se supera o ‘senso comum’ da ‘massa majoritária’. Se for assim, se o enfrentamento político depender desse tipo de tática ‘cuidadosa’, nunca vai se chegar a instituir uma ‘ley de medios’ por aqui.

  • Excelente a idéia do blog da CPI sugerida pelo comentarista Socram pb.
    Indo um pouco mais além talvez o Eduardo Guimarães, pelo MSM, tope encaminhar ao Congresso um manifesto com assinaturas coletadas nesse sentido.

  • “………….se irromperem ligações espúrias do crime organizado com setores da imprensa ele acredita que ela mesma, como um todo, não irá querer se vincular a algum veículo que tenha ultrapassado os limites da ética e da legalidade.” Aposto que esse petista é de São Paulo e, também, acredita em Saci Pererê. Essa Síndrome de Estocolmo dos petistas já passou dos limites!

  • Editor da Veja assume coordenação de imprensa de José Serra

    O jornalista Fábio Portela será o coordenador de imprensa da campanha de José Serra (PSDB) à prefeitura de São Paulo. Com a novidade em sua carreira, ele deixará o cargo de editor da revista Veja na próxima semana.

  • Usar o Lula como moeda de troca pelo o dono da Veja?
    Só pode ser piada de mau gosto.
    O que realmente acontece é que os nossos parlamentares, executivos, governantes, etc. não têm coragem de enfrentar essa mídia vagabunda, como fazem os argentinos, por exemplo.
    Pelo andar da carruagem essa CPI não vai dar em nada mesmo.

  • O Brasil perdeu uma oportunidade de ouro quando da CPI do Banestado. Oportunidade esta que o PT, covardemente, entregou de bandeja para o Pig/oposição, para salvar uns gatos pingados de petistas paulistas (tucanos de vermelho) como o Deputado José Mentor. Se o PT não escolher bem os seus representantes nesta CPI, e não cortar na própria carne, se necessário, vai sofrer um contra ataque do Pig! Nomes como os de Valter Pinheiro, Humberto Costa, Fernando Ferro, no PT e Protógenes Queiroz do PC do B não podem ficar de fora jamais!

  • Diante de indícios de corrupção, bandidagem e golpismo que envolvem a oposição e a própria mídia, se de um lado é preciso muito equilíbrio para que essa CPMI não desande, atiçando a mídia já acuada; por outro lado é estranho que parlamentares do PT – eleitos com muita ajuda da militância – tentem mostrar-se apartidários ou moderados.
    Em termos republicanos essas atitudes caem bem no governo, que tem outras atribuições e deve governar para todos, não em políticos de esquerda.
    Isso pode demonstrar frouxidão ou rabo-preso. E também que a CPMI não servirá , mais uma vez, para aperfeiçoamento de nossas instituições ou da democracia.
    Ou será que há mais coisas aí do que possa supor nossa vã filosofia?

  • Bom, essa tal fonte ao meu ver é o típico componente da esquerda que a direita adora. E ainda julga que as demandas da sociedade, e falando aqui exclusivamente da democratização da mídia, não é uma pauta comum. Ora, quem diabos ele pensa que é pra chegar a essa conclusão? Quem que botou ele lá no poder? O povo que quer sim uma mídia PLURALIZADA ou um cachoeira da vida? Pra quem que ele legisla? Pro povo ou para seus contribuintes do CAIXA2? Que numero de pessoas ele precisa ver que querem a democratização da mídia? Se ele ler alguns blogs ele vai descobrir que só uns 10 milhoes de Brasileiros querem uma mudança…um fim nesse oligopólio midiático. Esse número é pouco pra ele? Quantas pessoas ele quer ouvir? Uma Marcha com Deus pela pluralização da imprensa e com direito a capa da VEJA?

    Os políticos estão me decepcionando cada vez mais, principalmente os que antes das eleições compartilhem do meu pensamento e entendimento das prioridades do Brasil e, uma vez eleitos, se tornam postes em seus cargos fazendo o joguinho de tocar pro lado pra matar tempo e ser reeleito. Não fazem nada para ficar na história, com medo do que o William bonner vai falar no JN, FAÇA-ME O FAVOR

    E quem falou que a CPMI nao é pra ser usada politicamente? Ele acha que mesmo ele agindo com as calças borradas pra imprensa, ele vai receber carinho do PIG? Não Vai haver manipulação? O seu zé agricultor, pai de 25 filhos no interior de roraima vai ficar sabendo da CPMI pela TV. Quer ele queira ou não. CPMI é pra ser usada politicamente SIM, é uma comissão de políticos, queriam que saísse daí o que? Estudos técnicos de como evitar a corrupção? PORRA…

    Me desculpe Eduardo, mas essa tua fonte é o típico esquerdista teórico, que se afilia a um partido de esquerda mirando no voto dos trabalhadores e os esquece tão logo que veste o terno doado pela construtora X e vai pra brasília.

    Pra mim esse tipo de gente, que pensa nas suas açoes com medo do que a imprensa vai repercutir, é um covarde e como tal nunca vai botar seu nome na história, esse tipo não pode empunhar a mesma bandeira que a minha. Desse tipo de esquerda o Brasil não precisa.

      • Edu, acho que você traduziu bem o que seu informante falou, mas nao posso deixar isso em branco, não posso admitir um parlamentar escalado pra investigar e acusar, começando pela defesa do que o PIG pode vir a falar. Ele tem que começar atacando, e direto no pescoço.

        Você provavelmente já leu o artigo do meu governador Tarso Genro. Aqui, ele descreve exatamente os tipos que eu tenho certeza que são do PT-SP. Segue uma parte:

        “Ao contrário do que torcem — e em parte patrocinam significativos setores da mídia — não está se abrindo uma crise com a instalação da CPI sobre a possível rede criminosa do contraventor Cachoeira. Abre-se, sim, uma extraordinária oportunidade de investigar a fundo, não só um caso concreto, mas os métodos, a cultura, a simbiose (às vezes espontânea e no mais das vezes deliberada), entre o sistema político, o Estado e as organizações criminosas politizadas. Estas, como já está provado, não só interferem na pauta administrativa dos governos, mas também na pauta política dos partidos e podem mancomunar-se com órgãos de imprensa para transitar, ou interesses de grupos econômicos -criminosos ou não- ou interesses dos diferentes partidos aos quais estes órgão são simpáticos.

        Para que esta oportunidade seja aproveitada é necessário, porém, que a CPI tenha a predominância de parlamentares que não tenham medo. Não tenham medo de que o seu passado seja revelado – um passado complicado fragilizaria o resultado da CPI -, não tenham medo de ser achincalhados pela imprensa, pois à medida que contrariarem os interesses que ela defende serão ridicularizados por algum motivo ou atacados na sua honradez. Não tenham medo, sobretudo, de encontrar algum resíduo de envolvimento seu, na teia de interesses, manipulada pelo grupo ora apontado como criminoso.”

        Mais em “http://www.viomundo.com.br/politica/tarso-genro-investigar-a-fundo-a-simbiose-entre-o-sistema-politico-o-estado-e-o-crime.html”

  • Eduardo, acredito que seja fundamental, crucial, visceral, um canal oficial da CPMI com a sociedade, pois o Partido da Imprensa Golpista (PIG) tentará confundir a cabeça do povo. O grande risco é que ninguém entenda nada. Portanto, senhores parlamentares, nada de depender do PIG.

  • O procurador Luiz Francisco de Souza, que participou do início das investigações, acusa em entrevista à revista Conju. de o4/03/2004. o PSDB de ter ajudado a Gtech a crescer de forma ilegal no País. “Quando ela avança, comprando as quotas da testa-de-ferro Racimec, o presidente do conselho de administração da empresa é o sr. José Richa, que era aquele tucano-mor, de bico comprido. Aí a Gtech passa a controlar todo o sistema de loterias, correspondências, assistência social, principalmente através do cartão Bolsa-Escola”. Em entrevista à revista Consultor Jurídico na quinta-feira 4, Luiz Francisco espeta o ex-ministro José Serra ao lembrar que o sistema Bolsa-Escola foi organizado pelo Ministério da Saúde para tornar-se carro-chefe de sua campanha à Presidência em 2002. “Quem passou a gerir todo esse sistema de assistência social do governo foi a Gtech, no governo Fernando Henrique.” GTche era a múlti americana que dava suporte a Carinhos Cachoeira.

  • Porque estrangeirismos? Que “vendetta” que nada! Temos mesmo é sede de vingança e é isso que queremos, mesmo sabendo que esse prato comeremos frio!

  • ai ai , não vi nada de novo, a não ser um pisar de ovos que chega a dar enjoo,

    Há pouco a presidente, repetindo outros, disse que foi eleita pra governar pra TODOS ..todos, sem exceção ..deduzo, até pra BANDIDOS então ..haja isonomia,

    O parlamentar tímido, eleito dentro dum programa de compromissos (é o que imagino) diz que tem que defender o “sentimento geral da sociedade” (talvez a secreta) e não o da militância que, via de regra, seriam SIM seus eleitores DIRETOS.

    Então, se assim, pra que compromisso, pra que diferença de idéias ? ..bota tudo na mesma panela duma vez e cozinha um imenso sopão

    vai entender ..e aí, a pergunta que fica

    Democracia representativa ? Pra que serve mesmo ?

    sei lá, de tanto não me toque isso tá parecendo até o pensamento de porco espinho, não?

    http://www.youtube.com/watch?v=qZQVr3Rd1aw&feature=related

  • Ao associar uma investigação da mídia com a ideia de vingança, este parlamentar está reproduzindo aquilo que a mídia propaga: que investigar a mídia seria tão somente uma vingança dos políticos que a mídia denuncia.

    O parlamentar diz que a mídia não irá querer se associar, como um todo, ao crime organizado. Ora essa, mas isso já está acontecendo, como estamos vendo no caso Cachoeira e como já vimos no caso recente de um “banqueiro”. Mídia e judiciário estão mancomunados com o crime, salvo honrosas – mas minoritárias – exceções.

    Se o povo brasileiro ainda não tem consciência disso é porque o PT abdicou da tarefa de organizar e conscientizar a população.

    Quando certos parlamentares falam em “cautela e responsabilidade”, em geral merece uma TECLA SAP:

    “devemos agir com cautela e responsabilidade” ==> TECLA SAP ==> “estamos com medo de aprofundar demais as investigações e, com isso, desagradar a Globo”.

    • Caro Roberto, assino em baixo. Estava pronto para descrever o cheiro de medo que a entrevista reproduz. Desde quando reprimir um malfeito é vingança. Acredito que a falta de democracia no judiciário tenha criado este erro de interpretação. A palavra é justiça e, justiça não é vingança. Que pena!

    • Concordo Roberto voce foi na mosca. Quando este parlamentar diz que a midia não vai querer associar o nome a organizações criminosas das duas uma: ou ele acredita em papai noel ou esta me chamendo de idiota.

  • As críticas que faço ao PT neste caso, estendo também ao PCdoB.

    Globo, Folha, Veja e Estadão estavam com muito medo da presença de Protógenes na CPI devido à sua firmeza na luta contra a corrupção.

    Assim, com a inestimável ajuda de Cachoeira e de agentes de Cachoeira infiltrados na Polícia Federal, apresentaram áudios que, supostamente, comprometeria Protógenes. Mentira, não comprometem coisa nenhuma. O objetivo do PIG era afastar esse perigoso parlamentar da CPI.

    O PIG conseguiu seu intento. O PCdoB não permitiu que Protógenes integrasse a CPI. 1 X 0 para Cachoeira.

    • Ja comentei antes e repito a pergunta: esta informação é verdadeira????? se for verdade e a postura do PT for a expressa por este parlamentar, não vou perder meu tempo com esta CPI que ja tem resultado determinado pela GLOBO, de quem o PT morre de medo, pois a maioria, salvo honrossas exceções, dos parlamentares do PT são doidos pelos 15 segundos da GLOBO

    • Roberto Lucatelli, a título de informação, O Dep. Protógenes é Titular na CPMI. Asim como Você. David Rodrigues da Siva. de Belo Horizonte

  • Ah lembrei qualquer coisa sobre “ministro lewandowski com a faca no pescoço” Quem empunhava a faca a não ser a midia PIG? . E o PHA o outro que tentam calar via judiciário agora no CF http://www.conversaafiada.com.br/pig/2012/04/23/quem-controla-a-informacao-e-o-no-da-cpi-da-veja/ “Quem controla a informação é o nó da CPI da Veja”

    Estes dois artigos do Nassif de hoje http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/como-preparar-uma-crise-institucional e de ontem “Uma CPI para a Veja”. http://www.advivo.com.br/luisnassif
    Mostram uma visão serena e não de vingança. Não acho ser vingança se defender de assassinato de reputação.pratricada pela Veja em colaboração com outros membros do PIG. Pode parecer vingança se feita de forma excessivamente emocional. Temos que ter serenidade e agradecer aos deuses terem nos proporcionado uma cachoeira de fatos. Depende de nos transformá-la em cataratas de Iguaçu tipo uma ley de los médios se tornar inexorável

  • talvez mais que desejos guerreiros
    a maioria prefira conversar
    com escolhidos passageiros

    enquanto a minoria, veja so,
    prefere apontar quem escolheu*
    pra tirar da reta o proprio rabico

    * a fumaca dum numero sopra pra … internet
    o baixo descontente da capa seguinte quer jogar alto cachoeira somente em asa delta

  • Desde quando investigar conluio de empresas de comunicação – Veja e Globo principalmente – com o crime organizado é vingança? Investigue-se tudo. Agora, cá pra nós, o que tem de político com a Veja e a Globo engasgadas na garganta, ah… esses, se puderem, vão tirar uma casquinha.

  • Trecho de reportagem da Época (da Época!!):

    “O afastamento de Pagot, bombardeado por acusações de cobrar propinas, foi comemorado pela turma de Cachoeira. Quase dois meses depois de ter ouvido de Cachoeira que a imprensa recebera material contra a diretoria do Dnit, Abreu (diretor da empreiteira Delta) telefonou para o bicheiro. Em tom de galhofa, diz durante a conversa que a presidente Dilma Rousseff ordenara ao então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, afastar todos os citados em reportagem publicada pela revista Veja. Naquele momento, Abreu e Cachoeira dividiram elogios entre eles e enalteceram a força de sua associação”.

    Ou seja:
    1) Diretor do DNIT age contra as maracutaias da construtora Delta;
    2) Cachoeira, dono da Delta, aciona pessoas de sua confiança dentro do DNIT para arquitetarem um “escândalo” contra esse diretor;
    3) A Veja, porta-voz de Cachoeira, publica o “escândalo”;
    4) Dilma demite o diretor do DNIT e coloca, em seu lugar, homem de confiança de Cachoeira;
    5) Todos vivem felizes para sempre.

    Se a CPI não investigar isso, então a popularidade de Dilma é uma casa construída sobre a areia da praia.

    • Caro Roberto, não confunda a Sicicília, a Liga do Norte da Itália, Corleone…Nápolis….,em fim, PICARETAGEM CRIMINOSA, Crime Organizado. O PT, NÃO É CRIME ORGANIZADO.

  • “Aécio nomeou prima de Cachoeira a pedido de Demóstenes

    BASTARAM APENAS 12 DIAS E 7 TELEFONEMAS PARA QUE MÔNICA BEATRIZ SILVA VIEIRA ASSUMISSE, EM 25 DE MAIO DE 2011, O CARGO DE DIRETORA REGIONAL DA SECRETARIA DE ESTADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM UBERABA

    247 – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) acatou a um pedido de Demóstenes Torres para nomear a prima de Carlinhos Cachoeira, Mônica Beatriz Silva Vieira, em 25 de maio de 2011, para o cargo de Diretora Regional da Secretaria de Estado de Assistência Social em Uberaba. Escutas telefônicas da Polícia Federal revelam que Demóstenes intercedeu diretamente junto a seu colega, após uma solicitação do bicheiro. Aécio confirma o empenho para atender solicitação de Demóstenes, mas alega desconhecer interesse de Cachoeira na indicação.

    SÃO PAULO – Escutas telefônicas da Polícia Federal revelam que o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) intercedeu diretamente junto a seu colega, Aécio Neves (PSDB-MG), e arrumou emprego comissionado para uma prima do empresário do jogo de azar Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Mônica Beatriz Silva Vieira, a prima do bicheiro, assumiu em 25 de maio de 2011 o cargo de Diretora Regional da Secretaria de Estado de Assistência Social em Uberaba.

    Do pedido de Cachoeira a Demóstenes, até a nomeação de Mônica, bastaram apenas 12 dias e 7 telefonemas. Aécio confirma o empenho para atender solicitação de Demóstenes, mas alega desconhecer interesse de Cachoeira na indicação.

    São citados nos grampos Marcos Montes (PSD), ex-prefeito de Uberaba, e Danilo de Castro, principal articulador político de Aécio em seu Estado e secretário de Governo da gestão Antonio Anastasia (PSDB), governador de Minas. Eles negam envolvimento na trama.

    A PF monitorou Cachoeira, a prima e Demóstenes no bojo da Operação Monte Carlo, que desmantelou alentado esquema da contravenção, fez ruir a aura de paladino do senador goiano e expôs métodos supostamente ilícitos da Delta Construções para atingir a supremacia em sua área de ação…”
    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/55749/A%C3%A9cio-nomeou-prima-de-Cachoeira-a-pedido-de-Dem%C3%B3stenes.htm

  • Ah lembrei qualquer coisa sobre “ministro Lewandowski com a faca no pescoço” Quem empunhava a faca a não ser a midia PIG? . E o PHA o outro que tentam calar via judiciário agora no CF http://www.conversaafiada.com.br/pig/2012/04/23/quem-controla-a-informacao-e-o-no-da-cpi-da-veja/ “Quem controla a informação é o nó da CPI da Veja”

    Estes dois artigos do Nassif de hoje http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/como-preparar-uma-crise-institucional e de ontem “Uma CPI para a Veja”. http://www.advivo.com.br/luisnassif
    Mostram uma visão serena e não de vingança. Não acho ser vingança se defender de assassinato de reputação.pratricada pela Veja em colaboração com outros membros do PIG. Pode parecer se feita de forma excessivamente emocional. Temos que ter serenidade e agradecer aos deuses terem nos proporcionado uma cachoeira de fatos. Depende de nos transformá-la em cataratas de Iguaçu tipo uma ley de los médios se torna inexorável

  • Se a impensa antes de começar a CPMI ja esta ditando as normas e fazendo com que o Corajoso Deputado Protógenes esteja fora da CPI ,então que o PC do B e o PT enfie a violano saco e saia de mansinho,o pc do b tem que dar uma explicação pelo no minimo convincente ,Só falta esta agora, a imprensa ja esta no controle novamente daqui uns dia o Civita deve assumir o relatoria da CPMI ,estamos dominado.

  • É a mesma “lógica” do senadores que defenderam Demóstenes no primeiro momento. Ou a do presidente que reafirma sua confiança em quem será frito logo em seguida. Ou do dirigente de clube que garante o apoio ao técnico derrotado.

    Ninguém em sã consciência, sendo mandatário e responsável, diria algo diferente do que foi dito. De forma alguma um parlamentar do PT viria a público dizer que combater o crime da imprensa é um dos objetivos da CPI, dando-lhe munição para abatê-la ab initio. E quem esperava que ele dissesse isso precisa respirar um pouco, tomar uma água com açúcar e esperar algumas semanas antes de concluir qualquer coisa.

    Enfim, a declaração do parlamentar nada significa. Se é verdade ou não, só saberemos ao cabo da CPI, pois agora, neste momento, ele não poderia dizer nada diferente do que disse.

  • A CPMI do Cachoeira, se conduzida da forma que todos esperamos, terá resultados tão tremendamente bombásticos, que estou bastante temeroso em relação àquilo que a oposição e o conservadorismo em geral certamente farão, para minar sua credibilidade e obscurecer seus resultados… Essa CPMI, acredito, não sobreviverá em sua forma séria e consequente, se não houver evidente e tonitruante mobilização popular para defendê-la e cobrar seus resultados, independentemente de quais possam ser… Se nós brasileiros, deixarmos essa CPMI a cargo exclusivamente dos políticos (seja de que partido forem), ela muito provavelmente irá soçobrar… Assim, fica mais que claro o papel fundamental da mídia alternativa (leia-se, dos “blogs sujos”), de propagar aos quatro cantos do país TODA E QUALQUER MANOBRA dos políticos que a integrarão, no sentido de simplesmente afundar, ou então amenizar, suavizar e domesticar essa CPMI em nome de um “bom convívio” (eufemismo para o velho e conhecido “corporativismo”) com seus pares parlamentares… O Brasil precisa estar alerta e acompanhar passo a passo a CPMI do Cachoeira, denunciando qualquer eventual tentativa de manipulação; pois tais tentativas com toda certeza virão e se não houver por lá quem defenda de imediato os interesses do povo (os nossos interesses, não os dos políticos), todos sabemos o que vai acontecer…: panos quentes, confraria, desvios do verdadeiro foco, etc.

  • E se for por vingança, mesmo assim acho justo. Toda vingança é justa quando feita pela vítima. Só a ela cabe o perdão, se quiser perdoar. O PT, e a esquerda em geral tem mesmo é que partir para a vendetta contra a midia venal que foi impiedosa e farisaica durante todo o governo Lula e até agora. Mesmo os consumidores de informações mentirosas e canalhices tem direito de ir à forra. Afinal, fomos tratados como cidadãos de segunda, idiotizados.

Deixe uma resposta