Ninguém explicou direito, ainda, o baque eleitoral de José Serra

Crônica

Não serei eu a querer discutir com análises de renomados especialistas sobre as razões da piora cada vez mais espantosa da imagem do candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra. Todavia, confesso que, até agora, nenhuma das que li ou ouvi me convenceu.

Defeitos de Serra que seus adversários sabem de cor: “métodos”, “truculência”, “irascibilidade” etc. São, porém, defeitos que enxerga quem não gosta dele. Já o eleitorado que ele ora disputa, o de São Paulo, pelo menos até há pouco não pensava assim.

Só para refrescarmos nossas memórias: há exatos um ano e dez meses (que se completam no dia em que este texto foi escrito), em 31 de outubro de 2010, na capital paulista, Serra venceu Dilma Rousseff no segundo turno da eleição presidencial por 53,64% a 46,36%.

O que aconteceu de lá para cá? Que eu saiba, o tucano não matou ninguém, não estuprou ninguém e nem mesmo foi visto tirando o pirulito de alguma criancinha. Muito pelo contrário: a blindagem que tem na mídia impediu, de lá para cá, que se noticiasse algo que o desabonasse.

Claro que houve o livro da Privataria Tucana, que virou best-seller em questão de poucos dias, figurando por meses, entre o fim do ano passado e começo deste ano, entre os mais vendidos de todas as listas, inclusive nas da grande mídia. Todavia, quem lê livros sobre política, aqui?

É óbvio que o livro da privataria foi lido só por uma elite intelectual. O povão, os mais de dez milhões de paulistanos, em sua quase totalidade nem sequer ouviram falar… Ou ouviram?

Seja como for, a propaganda contra o livro no mínimo foi tão grande quanto a divulgação, apesar de a obra do jornalista Amaury Ribeiro ter gerado um pedido de CPI na Câmara dos Deputados que está até aprovado e esperando nomeação de líderes…

Ainda me parece pouco, porém.

Também dizem que o que pode estar minando Serra é ele ter mentido ao se comprometer por escrito a ficar no cargo quatro anos se fosse eleito prefeito de São Paulo em 2004. Essa versão, porém, tampouco me convence.

Se mentir para o eleitorado em 2004 está afundando Serra, então por que ele foi eleito governador de São Paulo em primeiro turno em 2006 e ainda conseguiu eleger Gilberto Kassab prefeito da capital paulista em 2008? E mais: como venceu Dilma na mesma cidade em 2010?

A hipótese mais plausível é a de que, refletindo sobre a eleição, o paulistano, que à proporção de 85% disse na última pesquisa Datafolha que quer mudança de modo de governar São Paulo, só agora tenha se dado conta de que Serra é o responsável por Kassab ter sido eleito.

Kassab, porém, é mal-avaliado faz tempo. Contudo, até há algumas semanas a eleição para prefeito parecia estar decidida na cidade, segundo as pesquisas. A dianteira de Serra era enorme. Será que o paulistano não se lembrava mais de que Serra é Kassab?

Em 2010, a avaliação de Kassab ainda não era muito ruim. Começou a despencar em 2011. Em minha opinião, isso explica tudo. Não tenho dados para afirmar, mas acho que, nos últimos dois anos, a qualidade de vida em São Paulo piorou muito. De uma forma impressionante…

Seria extremamente interessante, do ponto de vista da ciência política, que fosse feito um estudo dos indicadores da condição de vida em São Paulo de 2010 para cá. A percepção deste blogueiro parece encontrar eco em todos com quem conversa, por aqui.

Além da redução espantosa da mobilidade urbana, a limpeza, a segurança e os serviços públicos da cidade, no geral, na visão comum da população decaíram muito. Muita gente parece sentir essa degradação para ser, apenas, uma percepção equivocada.

PS: tem gente dizendo que a mídia encher a paciência do povo com o mensalão dia e noite está sendo percebido pelos paulistanos como manobra pra ajudar Serra e isso os está irritando, mas eu não acredito. E você?

130 comments

  • Minha opinião é que nada mudou em relação a Serra. Ele nunca teve apelo eleitoral. Os votos que o levaram à prefeitura e depois ao governo estadual não eram dele, mas da parcela reacionária e preconceituosa da sociedade paulista e paulistana. Não votaram a favor de Serra, mas sim contra Marta Suplicy e o PT. De igual modo, nas últimas eleições presidenciais a maioria dos paulistas votou na única alternativa contra o PT. Isso está muito claro. Agora o candidato anti-PT é Russomano. Serra não se recupera mais.

    • Por que o Serra cai acho que é uma junção de fatores, não termina mandato, Kassab e outros, agora o fundamental e mais importante a meu ver é o fato de Haddad estar tirando os votos dele principalmente pelo programa eleitoral na TV bom em qualidade e extensão o que está fazendo que o mesmo se torne conhecido pelo que fez como ministro da educação, prouni,etc, e reconhecido como o candidato do Lula/Dilma.. Portanto àquele abraço constrangido pra foto que o Lula deu no Maluf em troca dos quase 3 min( 1,35 para Haddad e -1,35 para Serra) pode ao contrário do que muitos imaginavam que seria o fim de Haddad ter sido, nunca saberemos, uma estratégia que pode sim decidir a sorte de Haddad . Assim como Lula, ao contrário do PSDB , percebeu que o paulistano queria caras novas, daí que optou por Haddad e não por Marta, ,corretamente na minha opinião. Abraço.

  • pode estar mudando a maneira de pensar do eleitorado, de boa parte dele…..mas se o russomano ganhar, vai mostrar que nada mudou na maneira de pensar do eleitorado paulista, pois russomano, serra, kassab..pensam da mesma forma!!!

    • Exatamente! É o mesmo pensamento de direita ou extrema direita, com Russomano ainda temperado pela igreja do bispo edir macedo, pra piorar um pouco mais. Viva Tucanópolis, locomotiva do avanço econômico e antro do retrocesso político do país!

  • Concordo com tudo. Também não entendi direito ainda. O próprio Russomanno também foi candidato a governador e sua votação foi baixa. Mas me parece claro que o Serra tem perdido o eleitor conservador para o candidato do PRB. Para uma explicação, eu pensaria em alguns fatores: A) A propaganda que o Russomanno vem tendo na Record; B) a insatisfação do conservador com o PSDB (que na prática é uma coisa e no discurso é outra); C) Um possível cansaço em relação à imagem do Serra; D) O fator propaganda anti-Serra nas redes sociais, acentuadas mais do que nunca agora; e E) a não identificação plena do malufismo com o serrismo, e a preferência por Russomanno (o que talvez seja o mesmo do que expus no item B). Possibilidades…

  • Ah, teria também a maior identificação da camada evangélica, que compõe boa parte da chamada nova classe média e que vem ascendendo devido à inclusão via consumo, com um candidato identificado às causas relacionadas ao direito do consumidor, como observou o Safatle.

  • Eu, acredeito sim.
    As pessoas não estão mais suportando,
    essa organização criminosa midiatica, aliada a serra ao psdb,demo,pps,psol-
    stf,mpf,mpe.Acredito que um dos motivos mais fortes,seja.esse.E, nas baixarias-
    da campanha contra Dilma em 2010..

  • Estive recentemente em São Paulo para uma reunião de negócios e fiquei na casa de parentes que são anti petistas. Eram Serra até a medula mas não perdoam ele por perder para Dilma e ainda, Dilma se mostrou totalmente diferente do que ele dizia ( o tal poste).
    As relações de amor e ódio são assim. Hoje eles votam em qualquer um que não seja Serra ou Haddad, sobrou para Russomano e Chalita.

  • não sei, Eduardo, será que São Paulo piorou tanto em dois anos? Talvez tenha juntado tudo e desaguado agora, mesmo sem chuva e enchente rs acho que é isto que chamam de fadiga de material, mas também é uma explicação esotérica e a coisa tá mais pra macumba, com todo respeito aos esotéricos e macumbeiros.

  • Sou de Niteroi , RJ, morando no Rio Grande do Sul. Avaliação difícil. Tenho a visão do “Serra” há muito, como sempre foi , um nada. A imagem que tenho de SP e que conheço , não é nada boa. Violência , que atinge a todos, pricipalmente os de maior poder aquisitivo. Trânsito , ídem. Alagamentos……
    Em outubro , começa a época de chuvas , pode ser que fique pior para o gran-tucano.
    Abraços , edu

  • Parece que os paulistanos estão acordando.
    Enfim.
    A gLobo também já encheu o saco do povo com a campanha “Vingança”, protagonizada por Carminha e Nina, onde a platinada atiça os piores “sentimentos de justiça” do tipo “tem que haver vingança” e “alguém tem que pagar”. Na campanha “mensalão” os especialistas da platinada apontam os culpados e apostam na indignação da turba.
    Será que o povão paulista resolveu deitar “o cipó de arueira no lombo de quem mandou dar”?
    É bom demais.
    Eita 2012, que ano.

  • Edu, talvez a sobre-exposição do SSerra. O cara aparece em todas as eleições. Só dá ele o tempo todo.
    O eleitorado deve pensar: “Cacete! De novo esse cara? De dois em 2 anos vem esse sujeito encher o saco? Será que essa m(*) de partido só tem esse cretino?”
    Coloque-se no lugar de um sujeito que trabalha 8 horas por dia; mora longe e demora 4 ou mais horas pra ir e voltar ao trabalho; tem salário não muito razoável e 3 filhos pra criar.
    Chega em casa, liga a TV e vê…o SSerra! De novo! Falando a mesma coisa que falou há 2, 4, 6, 8, etc. anos atrás.
    Você votaria no sacripanta?
    Ah! Edu, ninguém merece.
    []’s

  • Eu acho que a explicação está no esporte bretão.

    Enquanto o Palmeiras cai, Serra como bom palmeirense segue o time, ladeira abaixo, rumo a segundona, no caso divisão e não turno.

    Já o São Paulo, que ficou um tempão patinando, finalmente engatou a primeira e sobe, como o sãopaulino Haddad, que engatou a segunda, no caso, em relação ao turno e não à divisão.

    Se não bastasse, os padrinhos das candidaturas, respectivamente, também seguem a onda dos times, Chuchu, santista, anda empacado com viés de queda, e Lula ri, de orelha a orelha, esperando seu curingão estrear em Tóquio.

    Chalita torce para o Universidade Católica do Chile e portanto está fora desse campeonato.

    Finalmente, Russomano, que só pode torcer pra Lusa, está jogando como nunca, para no fim perder como sempre.

  • Talvez o fato de vc ter acionado o ministério público por causa das pesquisas das últimas eleições tenha coibido os institutos da manipulação discarada. Com a manipulação das últimas eleições eles conseguiam guiar boa parte da população. Pode ser que eles ainda atuem nas pesquisas, e so estejam disfarçando. Mas meu medo maior é com a urna eletrônica. Desconfio até hj das últimas eleições do estado de SP. ESSA URNA É UMA FRAUDE! Se não se impimoir o voto, mais hora menos hora ela vai ser usada. Falando nisso Edu, vc sabe alguma noticia da lei que ia obrigar a impressão dos votos??

      • Aqui em Florianópolis, não sei não. Em todas as eleições aparece um tal de Instituto Mapa, sempre colocando os candidatos dos Demos na frente, e diversas vezes são desmentidos nas urnas. Mas, usam estas pesquisas, descaradamente, no horário eleitoral, sempre afirmando que o fulano demo está dez pontos percentuais na frente do segundo colocado. Tudo para manipular os incautos. Isso me irrita. Deveria haver uma lei que proibisse o uso de pesquisas na campanha para induzir ao voto. Assim como a pesquisa estava errada (manipulada) em 2002, quando já considerava Paulo Bornhausen eleito senador e que foi desbancado por Ideli Salvati, acho que novamente tem “angu neste caroço”. Como são semvergonhas esses demos, principalmete aqui em Santa catarina, pois ligados ao Fuerer Herr Bornhausen. Que nojo!!

      • Ora, a Mme. Quirrô, aquela que consegue a inimaginável façanha de ser ainda mais feia por dentro do que por fora, deve pensar da seguinte maneira: “se meu candidato é uma fraude, praquê vou me preocupar com a urna?”

  • Se é pra dar palpite, diria que o candidato recebe de volta o descrédito que a história testemunhada por nós todos revelou das recorrentes mentiras por ele profetizadas. Na última campanha presidencial ele representou a oposição a uma candidata, narrada por ele, incompetente, radical, criminosa, assaltante de banco, um poste associada a corruptos, assassina de bebês, defensora de homossexuais, etc. Esta tragédia, obviamente, não se consumou, muito ao contrário. O radicalismo, associado ao desprezo pela inteligência e discernimento da população, evidenciou, escancarou a sua falta de escrúpulos, a mentira incontinente, a vilania do candidato.
    Ele caiu por méritos próprios. Fosse minimamente inteligente faria uma oposição honesta e manteria seu eleitorado conservador e anti PT. Mesmos estes, apesar de todo preconceito ao PT, já não conseguem assimilar a figura do tucano como seu representante, menos talvez por repúdio moral e mais pela famosa sabedoria popular, percebendo, finalmente, que precisa de outra liderança e outra estratégia. Não acho que a rejeição ao Serra seja por razões políticas, infelizmente. O conservadorismo de São Paulo ficou órfão, mas continua conservador.

  • Acho a insatisfação com Kassab importante. Mas Serra errou ao vincular sua candidatura à religião. Sua pretensa fé é tão falsa que até os mais ingênuos percebem. Os verdadeiros seguidores se sentem ofendidos com a atitude dele, indo em todas as igrejas, mas só na época de eleição. E a classe média alta, mais culta e frequentemente agnóstica, também se afasta. Tenho certeza que dentro do PSDB, muita gente também não aprova. Serra enxerga apenas os líderes, o eleitor mesmo é ignorado. Ele e a equipe não têm noção. E também duvido que Russomano passe muito dos 32% que tem agora. A chance é do Haddad, se ele ficar bem light, aprresentar o programa de governo sem deixar de mencionar as dificuldades e conseguir convencer os ´cheirosos´ da vantagem de estar aliado ao Governo Federal. Pelo menos, essa é a minha opinião. Como é caso de desespero, podem muito bem votar no PT, se consideraram que é um ´pequeno defeito´ de um bom candidato…

  • Também não acredito que as pessoas associem mensalão com irritação em relação a Serra.

    Acho que o fator principal é a má avaliação de Kassab. Aspectos secundários seriam a truculência (métodos estranhos de fazer política) e também aquilo da renúncia a prefeitura.

    O que o Eduardo não está pondo no texto é que tudo isso se trata de condições não-suficientes.

    A condição necessária é haver alternativa. Isto é, agora há alternativas : Soninha, Chalita e Russomano. Soninha é atraente para a classe média escolarizada, Chalita é simpático, Russomano tem empatia popular.

    Nas eleições de 2006 e 2010 não havia opção para o público antipetista de S.P., daí Serra era aceitável. Visto como mal menor. Mas visto como “mal”. Já era criticado pelas pessoas (conhecidos meus que no entanto votaram nele) na época.

    E esse quadro todo é favorável a Russomano, não muito a Haddad.

    • A popularidade de Kassab começou a cair a partir de 2009 e isso se acelerou fortemente a partir de 2010..

      Para maiores informações, sugiro entrar no site do Datafolha e veja como a reprovação ao governo Kassab sobe fortemente a partir daí.

      Aliás, para ver como em eleição municipal o povo leva em consideração a realidade da cidade na qual vive (e não dá a mínima para o patético julgamento no STF ou para qualquer outro assunto que não esteja relacionado à vida na cidade em que vive), basta ver as imensas dificuldades que a fortíssima chapa do PT (Humberto Costa, ex-ministro da Saúde do governo Lula e Senador, e João Paulo, ex-prefeito e muito popular em todo o estado) está tendo no Recife, que tem um prefeito petisto muito mal avaliado pela população (João da Costa).

      Veja que mesmo com uma chapa muito forte, Humberto e João Paulo, o PT corre sério risco de perder a eleição devido à desaprovação do prefeito João da Costa que, inclusive, foi impedido de se candidatar à reeleição pelo PT nacional em função do péssimo governo que fez e da reprovação que tem da população da cidade.

      Então, isso explica, fundamentalmente, porque os resultados do julgamento no STF não terão, praticamente, nenhum impacto no resultado final destas eleições.

      Link:

      http://datafolha.folha.uol.com.br/po/ver_po_public.php?relID=42&areaRel=Avalia%E7%E3o%20de%20Governo&cargoRel=04%20Prefeito&regiaoRel=S%E3o%20Paulo

  • A decisão de voto para prefeito envolve análise de critérios locais. Mensalão e assuntos federais não contam. Kassab está mal avaliado e ele estão com Serra. Aliás, foi colocado alí por ele e tenta se revesar com ele. Esse é o principal motivo. Outros se juntam a ele. Sua quebra de promessa não teria efeito, se Kassab estivesse bem avaliado, se ele, Serra, tivesse feito um bom trabalho em seu curto período no comando da cidade.

  • sr. eduardo
    o povo aprendeu:
    se pousa em cima do muro, não canta, tem bico grande, e vive roubando os ninhos dos outros e só pensa em levar vantagem….
    é TUCANO !!!!!
    e disso o povo está de saco cheio.
    espere 2014 para assistir outro tucano bater asas de são paulo.

  • 31/08/2012 – 18:57

    Autorizado o reinicio das obras da TRANSPOSIÇAO no Cariri Cearense (LOTE 5)

    O sonho secular começa a se tornar realidade

    Em solenidade nesta sexta-feira (31), no Palácio da Abolição, foi realizada a assinatura da ordem de serviço do lote 5 da Transposição do Rio São Francisco, para reinicio das obras. Conforme o governador Cid Gomes, “esse é um momento histórico para o Nordeste. Com essa etapa, a Transposição do Rio São Francisco, no Ceará, fica viabilizada” garantiu.

    O trecho na Região do Cariri, está localizado entre os municípios de Mauriti, Jati e Brejo Santo, e constitui também a primeira etapa do Cinturão das Águas do Ceará (CAC).

    Já são mais de mil empregos diretos gerados com as obras do lote 5 do Projeto de Integração do Rio São Francisco e o processo de seleção de mão de obra vai começar em setembro e priorizará os operários da região de Jati, Brejo Santo e Mauriti. “O início de construção desse lote nos dá a certeza de que iremos cumprir o prazo de terminar obras civis até o fim de 2014. E, o mais importante, iremos ofertar segurança hídrica para promover desenvolvimento, novos empregos e geração de renda no Estado”, comemorou durante a solenidade o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.

    Na primeira das seis barragens, parte da água será derivada ao oeste do Ceará, através do Cinturão das Águas, suprindo a necessidade de água de toda a região metropolitana do Cariri. Serão 150 km de extensão nessa primeira etapa e o canal mais largo de toda a estrutura. Segundo o Ministro, “nesta primeira etapa, que leva água de Jati até Juazeiro do Norte e Crato, no Cariri, nós vamos investir algo em torno de R$ 1,3 bilhão

    • É isso aí.
      Lula e Dilma deram e estão dando toda a prioridade ao Nordeste, em especial a Pernambuco e ao Ceará.
      E os governadores do PSB, Eduardo Campos e Cid Gomes, estão traindo Lula e Dilma.
      Sem Lula e o PT, Eduardo Campos jamais será Presidente da República.
      Aliás, se perguntarem a algum cabo eleitoral do PSB o que significa socialismo, o cabra sai correndo como o diabo sai correndo da cruz.
      Nem Eduardo, nem os irmãos Gomes sabem explicar o significado. São uns oportunistas.

  • Sr Eduardo, o PT está em discussão como partido hoje. Devemos votar num candidato do PT ou não importa o partido, o que importa é o candidato?
    Como uma pessoa que defende cegamente o PT e seu governo e claro, seus candidatos, temo que o sr. não encherge algumas coisas discutiveis feitas dentro do PT e do governo.

    Discutíveis quer dizer que devam ser objetos de discussão, então vamos a discussão.

    Falo, por exemplo, do Bônus de Volume do BB. O sr. deve saber do que se trata.
    Um deputado do PT criou uma lei que tornava legal que as empresas de Marcos Valério embolsassem dinheiro que, por
    contrato, deveria ir para o Banco do Brasil. Ou seja, a lei retroagia anos para que Valério não tivesse que responder por
    ter embolsado os Bônus de Volume que pertenciam ao BB.
    Juízes do STF ridicularizaram essa lei, criada por um deputado que hoje é ministro da justiça e que está tentando ser conduzido a suprema côrte do pais.

    O que o sr. acha dessa lei? É uma lei normal? Não tentou livrar a cara de ninguém?

    Grande abraço,
    Heitor.

    • Hehehe… tem que combinar com os russos, meu amigo. Com o russo-mano e com os russos de Garrincha, o lado contrário, que está dando uma surra naquele que a sua quadrilha pensou que iria favorecer com esse circo todo. O PT, ah, pra vocês o PT está sempre em pauta. Difícil é vocês conseguirem convencer o povo. Esse continua lhes dando uma banana.

      • Eduardo, quer dizer então que UM só deputado tem poderes para criar uma Lei? Segundo o Heitor Voight um deputado que hoje é ministro da Justiça criou uma lei para beneficiar “apenas” gente do PT. Pelo que sei as leis são aprovadas pelo Congresso e sancionadas pelo Presidente da República. Um deputado pode apresentar vários projetos de Lei e um ou outro ser aprovado, ou mesmo nenhum deles. Normalmente um projeto apresentado por um deputado poderá ser substancialmente alterado com emendas de outros parlamentares. Muitas vezes a lei leva o nome do parlamentar que apresenta inicialmente o projeto, mas isso não significa que o projeto não foi emendado por outros, modificando o texto original. Portanto quem cria leis é o Poder Legislativo e não UM deputado, como insinua o elemento que aqui mencionei.

      • Não respondeu a pergunta do cara. Assim como aquela minha sobre os índices de violência na Venezuela.
        Veio de novo com a mesma ladainha: “O povo”.
        Como se urna fosse tribunal que absolvesse crimes. Como se urna apagasse malfeitos e trambiques de políticos.
        Se fosse assim jamais deveriam questionar aos malfeitos de Sarney, Renan Calheiros, Collor, Jader Barbalho, Maluf e Cia S/A já que “o povo” os colocou onde estão e logo seus malfeitos foram apagados.

    • ahahahah
      Isso tudo é medo do PT em Sampa?
      É claro que o PT tinha todo direito de fazer essa lei. Quer o que?
      E o ministro José Eduardo Cardoso vai pro STF sim. Precisamos gente nossa lá, não cupinchas do PIG.

      • Eu respondo, se me permite. BV é o seguinte, quando uma empresa de publicidade como a empresa do Marcos Valério é contratada por uma empresa, como o BB, ela recebe de volta dos anunciantes, TVs, jornais, rádios, revistas, um bônus dependendo da quantidade de material divulgado.
        No caso do contrato do BB com a empresa de Marcus Valério, esse montante deveria ir para o BB, mas a empresa do Marcos Valério ficou com o dinheiro, com a anuência do BB.
        Então o hoje ministro da justiça criou uma lei que permitia que as agências ficassem com o bônus, mas era clara: a lei só valeria para contratos futuros. Uma mudança feita na Comissão de Trabalho em 2008, porém, estendeu a regra a contratos já finalizados, ou seja atingindo o contrato de antes de 2008 do BB com Marcus Valério.
        O erro do direitista Heitor foi dizer que o então deputado criou a lei que “retroagia”, nada disso, esse ponto foi incluído depois pela Comissão de Trabalho.
        Portanto José Eduardo Cardoso não teve culpa se mudaram a lei que ele criou para tentar livrar a cara da empresa de Marcus Valério.
        Por outro lado, se o BB concordou que o bônus ficasse com o Marcus Valério, isso é entre BB e a empresa dele que juntos têm todo direito de mudar o contrato original.

  • Talvez os conservadores tenham se desencantado com o indigitado e os moradores dos bairros mais distantes tenham sentido uma piora mais dura no modo kassabista de governar.
    Mas corroborando a perplexidade do blogueiro recordo que este ano nos meses chuvosos – que sao jan.fev e em parte março sao pedro poupou milagrosamente a cidade dos temporais habitualmente quase diarios. Nao houve enchentes exclusivamente pela falta de chuvas tipicas do periodo.

  • Governo do Estado desde 1994. Prefeitura desde 2004. Isso é fadiga de material. O povo vai trocar uns tucanos por outra coisa. O mesmo deve acontecer no Governo Federal. Talvez não em 2014, mas 2018. A Concertação chilena governava bem, mas perdeu. E lá o eleitor tem um nível educacional ótimo. O paulistano hoje, o paulista amanhã, os brasileiros mais adiante, vão dizer: aqui não tem monarquia. Tem democracia.

  • Pergunta dificílima para responder, mormente para quem não vive em São Paulo. Percebo uma inquietação generalizada dos moradores das grandes metrópoles, que dia após dia, ano após ano, clamam por mudanças que lhe são negadas pelos seus governantes. Como São Paulo vem sendo governada há décadas pelo mesmo grupo político, entende-se que a paciência do povo esgotou. Noutras palavras, o consórcio PSDB/DEM não tem mais nada a oferecer. O povo intuitivamente sabe para onde o vento sopra. O momento da pedra bruta passou, agora é hora de realçar a beleza da pedra polida da justiça social e da dignidade da vida humana.

  • Edu, vou expor o que penso: ninguem até agora mencionou o trabalho do Jornal Brasil de Fato, se nao engano, na distribuiçao atraves de uma “vaquinha’ do resumo do livro a Privataria Tucana em todo o Brasil e no Centro de Sao Paulo, alem, obvio , de um esgarçamento e desgaste do Serra , sendo sempre apontado como candidato do PSDB em praticamente todas as eleiçoes, ha um esgotamento de lideranças no PSDB.
    O livro resumido distribuido no Centro de Sao Paulo deve ter dado uma parcela de contribuiçao e o povo tambem fica assutado quando o poder judiciario afoito e rapido para condenar petistas enquanto o Mensalao mineiro que foi o primeiro nada de braçadas e tambem muitos arvora-se de “herois” quando trata-se de petistas, todo mundo é valente e mostra a cara na midia ao contrario quando envolve PSDB, esconde e finge de morto, e tambem em sua esmagadora maioria as pessoas que tem processo na justiça sabe da morosidade, e , de repente num giro de 380 graus a Açao Penal tem cronograma que nao pode ultrapassar as eleiçoes, só trouxa para nao entender. inclusive pasmem na intençao de sessoes extras, quando na normal foi divulgado fotos dos Magistrados dormindo, ja imaginou como bem disse O Marco Aurelio de Mello a quantidade de processos neste periodo circense que ficou sem julgamento, o alvo da Açao Penal 470 ninguem tem duvida é o Jose Dirceu, Genoino e JPC, condenado. Hoje Joaquim Barbosa pousa como Heroi Nacional para os 5% insatisfeitos com o Governo é bom lembrar que o PT é um partido bem quisto na socieade, nao conheço um sequer que tenha tentado prejudicado que nao tem suas carreiras encerradas, sao tantos que nao da para enumerar

  • Esse Rossomano é evangélico, acredito que esteja aí a razão. O fundamentalismo religioso, atiçado por Serra, está se voltando contra ele. Considero esse fundamentalismo perigoso para o país. Estão crescendo muito e querem fazer a nação obedecer aos seus preceitos. Preocupante.

    • Isso que voce disse é uma tremenda bobagem, evangélico ou cristão como queira segue os ensinamentos de Cristo e nos ensinamento de Jesus Cristo nao exite esse negócio de forçar ninguém a obedecer preceitos, nem dentro da igrejas e que dirá fora delas , fique calma isso jamais aconteceria, mesmo porque o Brasil, creio eu, não vai se converter totalmente,

      • Não existe?
        Então explique como as pessoas passaram a ‘doar’ dízimos para as igrejas evangélicas de tal forma que o ‘dono’ de uma delas comprou uma emisora de tv?
        Nada cotra o jornalismo da Record, porém, que a coisa foi feita ssim, foi. Não há argumentos contra isso.
        Ah, cada um dá o que pode e o que quer….
        Mas que tem mensagem subliminar nas pregações destes ditos pastores, isso lá tem, e muito!

        • mais baboseira ainda amigo, falas do que não entendes, eu disse niguém é forçado a nada, essa historinha de mensagem subliminar , é de viajar na maionese, A Biblia aconselha dar do dizimo mesmo e as igrejas catolicas tambem pedem o dizimo e corretamente, pois Deus diz pra fazer prova dele e ver como ele vai abrir as “janelas” do céu e derramar bençãos sobre o seu povo, mas ninguém é forçado entendeu, ninguém é forçado repito, da quem é convencido por Deus a faze-lo, e digo pra voce meu amigo , coitado de quem faz isso pra aparecer, enriquecer e etc etc. a motivação correta tem que ser o amor a Deus. Voce pensa que Deus não vai cobrar caro de alguns pastores a ganancia deles em cima das ovelhas não? vai sim de Deus não se zomba,
          Minha oração é pra que Deus te esclareça a esse respeito. Obs . Não sou pastor.

  • PS: tem gente dizendo que a mídia encher a paciência do povo com o mensalão dia e noite está sendo percebido pelos paulistanos como manobra pra ajudar Serra e isso os está irritando, mas eu não acredito. E você?

    Edu, vc pode não acreditar. Mas foi justamente isso que ouvi de dois paulistanos (um do mandaqui – zn, e outra da Cidade Líder – zl). À maneira delas, ambas relacionaram a avalanche do noticiário sobre o “mensalão” com o fato de Serra ser protegido pela mídia e adversário de Lula/Dilma/Haddad. Nenhuma das duas são petistas e nem tem o perfil de pessoas “politizadas”. Camadas mais pobres tem sim a percepção da maneira como a mídia (no caso, a Globo, pois povão não lê os jornalões) vem manipulando o caso “mensalão” e sabe que tenta com isso minar as bases do petismo — nesse caso específico, tentando influenciar a atual campanha eleitoral paulistana. E, o mais saboroso: ambas as pessoas disseram desconfiar do noticiário global, afirmam terem sido eleitores de Serra pra prefeitura e governo do estado mas, como disse a da Zona Leste: “num voto mais nesse cabra nem que chova canivete”.

  • Edu, acho que as redes sociais devem estar tendo um papel preponderante nessa queda nas intenções de voto e no aumento à sua rejeição. Muita coisa contra ele tem sido divulgada e compartilhada, reforçando a ideia de que ele não tem compromisso com o povo, somente com ele mesmo, e a insistência dele em ser o “candidato único” do PSDB, como se fosse o salvador da pátria.

    Entre as pessoas que frequentam as redes sociais, ainda está bem viva a memória da baixaria promovida por ele na campanha à Presidência da República, logo, ele também deve estar colhendo o que plantou…

    • Ah, e, como você, também acho que São Paulo piorou exponencialmente! Tenho mandado mensagens a meus contatos onde friso que a “competência tucana” não passa de uma falácia, e que num Estado rico como São Paulo, com o ICMS e o IPVA mais caros do país, essa situação é inaceitável, inadmissível!

      Ultimamente, parece que virou “mania” cobrar o Governo Federal por tudo!
      As pessoas parecem ter se esquecido de que o governo do Estado e a Prefeitura têm responsabilidades a cumprir!

  • Eu acho que tem está relacionado diretamente ao horário político.
    O papo dele continua o mesmo de 4 anos atrás.
    2 professores por sala de aula. Ué, ainda não fez?
    Construir etecs! Atinge uma minoria, que aliás em sua maioria nem vota ainda.
    Construir amas! O eleitorado dele tem plano de saúde e quem usa as amas já percebeu que quando mais precisa elas estão fechadas, de noite e nos fins de semana.
    O metro é uma beleza! Com os bancos duros que tem? A lotação? O lerdeza para construir cada trecho?
    Hoje mesmo o xuxu tava com ele no programa de rádio, e os dois pareciam tonico e tinoco, um completando as frases do outro. No final o idiota saca uma de que os paulistanos serão os beneficiados pela parceria. Ele esquece que muito eleitor desta cidade não é paulistano. Ele não entende nada de povo.
    E com a internet, mesmo sem que batamos nisso direto, os escandalos que eles tiram da mídia piguenta acabam aparecendo. Como o caso da reforma dos 100 trens do metro que custaram por trem 75% do preço de um novo. 17,5 milhão por trem, sendo que um novinho sai por 23,5.

    Também tem o dado alarmante que as pesquisas que saíram eram dos institutos que o apóiam, com a proximidade da eleição fica difícil continuar com a manipulação pois se perde cada vez mais a credibilidade.

  • Aconteceram mil coisas pro Serra ser rejeitado, entre elas:

    1) Privataria Tucana
    2) Pinheirinhos
    3) Cracolândia
    4) Kassab péssima avaliação
    5) Dezenas de Arrastões este ano
    6) Abandono de cargo
    7) O Vice está enrolado
    8) Serra é só embalagem do PIG
    9) Está sendo abandonado pelo partido
    10) E o Cheque-mate do bilhete único do Haddad

    O resto é o poder de Lula.

  • Aconteceram mil coisas pro Serra ser rejeitado, entre elas:

    1) Privataria Tucana
    2) Pinheirinhos
    3) Cracolândia
    4) Kassab péssima avaliação
    5) Dezenas de Arrastões este ano
    6) Abandono de cargo
    7) O Vice está enrolado
    8) Serra é só embalagem do PIG
    9) Está sendo abandonado pelo partido
    10) E o Cheque-mate do bilhete único do Haddad

    O resto é o poder de Lula..

  • A “FALANGE” PODRE DO SERRA/PSDB/VEJA/GLOBO/IG, ESCAPA DO ESGOTO E ATACA PRA TODO LADO. SEMPRE TUDO IGUAL. TUDO IGUAL. É UMA CANSEIRA SÓ. Esta lá no IG: “Ministério Público pede quebra do sigilo fiscal de empresa de Russomanno

    Candidato líder nas pesquisas em São Paulo é investigado pelo suposto crime de desvio da verba de gabinete quando era deputado

    Ricardo Galhardo- iG São Paulo | 31/08/2012 16:40:24- Atualizada às 31/08/2012 20:03:22”. Voltando.
    Se nosso exercito patriotico esta avançando e derrubando esses mercenários, a nosso ver, é a SOMA DE TUDO. E, se esta dando ótimos resultados, a guerra continua com todas as estrategias que estamos empregando, além de algum outro fator que, a seu tempo, irá aparecer Também não temos resposta especifica, para a pergunta. Assim, ao que tudo indica, só esta a existir uma unica alternativa pra essa DIREITA MERCENÁRIA MIDIATICA PARTIDÁRIA, que fica entre a RENDIÇÃO OU DESTRUIÇÃO TOTAL. A segunda opção parece ser melhor.

  • Edu,

    Se tudo der certo será uma derrota acachapante.
    Isso porque criatura tão simpática não merece a prefeitura de Sampa.
    Uma cidade poluída, intransitável, cheia de corintianos e sujeita a enchentes monumentais merece um prefeito mano russo com cara de quiabo gosmento.
    Povinho Nojento….

  • O PT é tão ruim, mas tão ruim que acaba com o sono dos tucanos. Eles(tucanos) passam 24 horas por dia com um pensamento fixo: como acabar com o PT? Vão ficar loucos.
    Agora sobre a queda do cerra, é a soma de tudo que ele fez de ruim para São Paulo e para o Brasil. Uma hora os “podres” viriam a tona. Além disso, comparando o que o governo do fhc fez pelo povo e o que fez Lula, a diferença é enorme. Aí vem a mídia massacrando, “mensalão”, “mensalão”, é muita bandeira. O povo acaba por perceber que tem mutreta.

  • Qual foi o único candidato que tentou tirar proveito eleitoral do julgamento do mensalão, com aquele piadinha sem graça de “bilhete mensaleiro”? Foi Serra, não foi?

    Aqui no Nordeste, desde 2006, TODOS os politicos que tentaram tirar vantagem eleitoral do tal “mensalão” se ferraram. Velhos coronéis, até então tidos como imbatíveis, foram duramente surrados nas urnas, varridos e despejados na lata do lixo.

    Parece que os paulistas finalmente caíram na real, e punirão também seus neo-hipócritas.

    • Hehehehe,
      Mais uma vez você me faz rir, Almir, quando vem com essa estória dos “velhos coroneis”….
      Collor, Sarney e o Renan, que andam de mãos dadas com o PT são assim pessoas, digamos, muito longe do coronealismo nordestino…

  • Serra, é fruto da burocracia e escolhas erradas do PSDB. Havia muitas pessoas melhores para estarem no lugar dele no PSDB. Mas ele derrubou todas com ajuda da mídia para ser a única voz da oposição ao PT. Só que sua construção foi artificial… o que Serra tem a oferecer? Quem Serra representa? O que pensa Serra? O que ele quer? Nada disso é aprofundado…. Serra é apensa um conjunto de frases de efeito e declarações oportunistas muitas vezes infelizes. Só sobreviveu até agora por conta da mídia e de sua capacidade de destruir pessoas dentro do próprio partido para sempre ficar por cima.

  • Na minha humilde opinião, acredito que serra não despencou nas pesquisas. A verdade é que ele nunca teve os 30% que davam em diversos institutos.
    Em todas as eleições, serra inicia com esse percentual. São números fermentados. A mídia tenta super projetar o candidato até que quando conseguem, iniciam uma contagem real estatístico. Mas depois de haver tal “fermentação” para os olhos do público.
    Ele ganhou de Dilma em São Paulo? Sim. Mas em 2010 não havia ainda Pinheirinho. Em 2010 não havia ainda assaltos frequentes em restaurantes de luxo da zona sul. Restaurantes frequentados com certeza, por esmagadora maioria de eleitores tucanos.
    Quando a insegurança chegou aos amigos do reino, a nobreza achou que já era hora de mudar de Rei.
    Não existia um prefeito que só não proibiu ainda o direito de respirar. Qualquer dia o povo paulistano será proibido de urinar de 3 às 5 horas da manhã.
    Portanto, não acho que serra caiu. Ele, na verdade, nunca esteve lá em cima.

  • Edu, penso que você está certo.

    A razão principal para a forte rejeição ao Serra deve-se, basicamente, ao péssimo segundo mandato de Kassab. Até 2009, o atual prefeito paulistano ainda era relativamente bem avaliado, mas já no final daquele ano a sua popularidade começou a cair fortemente.

    Para se entender a razão da rejeição a Serra, basta entender a situação oposta vivida pelo ex-presidente Lula. Como este escolheu uma sucessora, Dilma, que tem elevados índices de aprovação popular, pois está fazendo um bom governo, então Lula ainda preserva o seu prestígio junto à população.

    Agora, basta imaginar o que aconteceria com Lula caso Dilma estivesse fazendo um péssimo governo e fosse tão impopular quanto Kassab. Todos estariam criticando Lula por isso, é claro, e grande parte do seu prestígio iria embora.

    Escrevi um texto no meu blog onde procuro analisar, com mais detalhes, porque Kassab se tornou tão impopular e porque isso afetou Serra:

    http://guerrilheirodoanoitecer.blogspot.com.br/2012/08/afinal-porque-rejeicao-serra-cresceu.html

    • Falando um pouco mais sério, acredito que seja uma coletânea de motivos:

      a) Falta de simpatia (total)
      b) Privataria Tucana (livro, que caiu no inconsciente coletivo)
      c) Esgotamento eleitoral do candidato (cansou)
      d) PSDB sem espaço de renovação de lideranças (Serra não deixa)
      e) Associação com a incompetência de Kassab (tudo a ver).

      Tá pouco?

  • Continuo sonhando com a Privataria Tucana que não saiu do papel. O poder global é indiscutível, massacrante e cruel. De norte a sul, leste a oeste a população só vê e ouve a globo. Fazer o que ? Lamentar tamanha incompetência do PT e aliados. Como pode o governo Dilma fazer tanto … e ser diminuido e ignorado nos municípíos brasileiros onde reside a população ?
    É impressionante o que acontece no Brasil real . Falta fiscalização de cabo a rabo em todos os projetos . Marinha, meio ambiente, só funcionam para difficultar execução de projetos federais mas os emprendimentos paritculares estão a todo vapor . Basta sobrevoar o nosso litoral, manguezais , etc e observar os crimes ambientais, vergonhosos.
    Quando o Brasil vai ser uma pátria amada e idolatrada ? Nunca ?
    Esse absurdo de eleição de dois em dois anos é tão maléfico que fica sem comentários.
    Servidor público com tamanha estabiliddade de passar até 100 dias parados sem nenhum prejuizo no bolso é outro absurdo brasileiro .
    O Brasil precisa acordar e ser um país gigante como cantamos no Hino Nacional .

  • A questão é muito simples: os paulistanos não vêem mais o Serra como prefeito, ele está num nível acima, nacional, já foi prefeito por um bom tempo. Aliás uma coisa estranha, o cara disputa a presidência e dois anos depois, disputa uma prefeitura, mesmo que de uma cidade como São Paulo. Descer dois níveis em dois anos é demais, os poltíticos brasileiros e sua mania de não largar o osso de jeito nenhum. O povo cansou do Serra, em suma é isso, quer renovação, e muita renovação, como mostra Russomano.

  • Como diz o ditado: “não dá pra enganar a todo mundo o tempo todo.
    Não há, nem nunca houve apelo eleitoral algum no NOSFERATO.
    O discurso dos caras é falso, vazio…o mundo que faz o discurso do Cerra, está em crise, e isso o povão sabe.

  • “Se não semeio, nem pão nem centeio”.
    Essa frase, modestamente de minha autoria, serve para exemplificar o vácuo político que é o tal de Serra, ou seja, é o nada no meio da vastidão do deserto.
    Esse sujeito já deu o que tinha que dar ao sofrido povo brasileiro.
    Ele deu uma sonora banana aos seus eleitores quando abandonou a Prefeitura de São Paulo, deu um nó na cabeça dos cientistas políticos ao entrar nos Estados Unidos e estudar em uma Universidade americana embora fosse um líder estudantil de esquerda, em pleno governo Nixon, deu um desfalque trilionário aos cofres públicos, segundo o Amaury Ribeiro, na Privataria Tucana, deu motivo de sonoras gargalhadas ao dantesco episódio da bolinha de papel – horroroso epísódio de golpe eleitoral -, deu um pé na bunda do povo brasileiro quando fugiu covardemente do Brasil abandonando a UNE à própria sorte e, finalmente, conseguiu trazer o vaso sanitário para a sala de visitas durante as eleições presidenciais de 2010.
    É pouco, ou quer mais?
    Talvez essa singela elucidação explique alguns motivos.

  • Edu, talvez a Tia Carmela tenha encontrado a resposta para a rejeição:

    “…
    O que ocorre é que a gente bonita da Paulicéia tem medo que o almirante do Tietê, uma vez eleito, resolva ficar no cargo de prefeito. Com isso, não teriam a satisfação suprema de ver o Maior dos Filhos da Mooca eleito presidente em 2014.

    Em Higienópolis, é voz corrente que seria um absurdo se isso acontecesse: “nós queremos o pres. Zezinho no planalto”, dizem os principais líderes udeno-higienopolitanos.

    Por isso, os eleitores infantis paulistas iniciaram um movimento espontâneo nas redes sociais (exceto orkut) para que o pres zezinho não seja eleito.
    A ideia é que, rejeitando a possibilidade de votar nele em 2012, irão garantir que ele se candidate a seu verdadeiro lugar em 2014. Segundo um dos líderes do movimento, “é uma grande dor que estamos rejeitando a candidatura do pres. Zezinho, mas desde 1932 São Paulo sempre se sacrifica pelo Brasil”.
    Dos caudalosos e nauseantes esgotos do Retiro do Udenista (Caverna do Ostracismo, fundos, Higienópolis) jorram versões que apontam que essa mobilização não é tão espontânea assim. Importantes lideranças da UDN já aderiram ao movimento.
    Algumas fontes udenonumerárias asseguram, que a mobilização tem o silencioso apoio do muy amigo do Almirante do Tietê, Sr. Geraldinho do Vale, que tem cochichado no ouvido de seu confessor: “eu devo isso ao pres. Zezinho, que foi fundamental para que eu chegasse aonde estou hoje”.
    …”

    http://tiacarmela.wordpress.com/

  • Concordo com vc Edu. Acrescento apenas mais dois itens que podem estar ajudando na sangria do Serra: o carimbo de perdedor que já virou uma tatuagem permanente e conseqüência disto, a migração de votos úteis desesperados na direção de um outro candidato da direita com alguma chance de vencer o Haddad/Lula. No caso, o Russomano.

    Tanto que feita uma pesquisa entre simpatizantes do PSDB aferiu-se uma queda de 15 pontos em pouco tempo sendo que a maior parte destas intenções foram parar nas mãos do Russomano.

  • Não muda de assunto. Vamos falar do mensalão, o zé dirceu é o próximo a ser condenado para a cadeia…
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Isso mesmo!

      Serra foi o único a tentar tirar proveito do julgamento do mensalão e caiu no abismo das pesquisas.

      Aqui no Norte/Nordeste teve muitos neo-hipócritas que também tentaram se aproveitar, mas desde 2006 que esses neo-espertalhões (santinhos do pau oco) são jogados na lata do lixo Ex: ACM (pai, júnior e neto), Marco Maciel, Raul Jungman, Efraim, Garibaldi (perdeu em 2006, nunca mais citou a palavra “mensalão” e reabilitou-se), Jereissati, Moroni Torgan, Mão Santa, Heráclito Fortes, Arthur Virgílio, Pauderney Avelino e um ENORME ETC.

  • O caso Serra, nesta eleição é como queda de avião,: são vários fatores concorrentes .
    A queda repentina e vertiginosa não era prevista nem por nós que acompanhamos política no dia a dia. Sabíamos desde que deixou o governo de São Paulo para o vice, que Serra não se elegeria nem para síndico se morasse em um condomínio. Mas a política surpreende e existem alguns fatores devem ser considerados:
    1) O povo não é bobo.
    2) Há um tal inconsciente coletivo entendido como “…o conjunto das necessidades e potencialidades reprimidas de um conjunto de indivíduos, grupos, classes ou toda a sociedade….” (Wikipédia) .
    3) O modelo PSDB está se esgotando…
    4) A atual administração deixará uma herança maldita ao sucessor, portanto o eleitor percebeu e mudará o modelo a qualquer custo.
    5) Há momentos históricos favoráveis à continuidade e há momentos favoráveis à mudança, (em São Paulo não se acompanhou ou não alavancou os ganhos que a sociedade brasileira alcançou nos últimos anos).
    6) O ego do Serra. São Paulo tem um elite conservadora que cobra caro aos seus infiéis e o Serra com seu superego já não serve mais. Logo logo será jogado no limbo até mesmo pela imprensa que o protege.
    7) Abriu-se espaço para uma terceira via frente a polarização PSDB -PT que vigeu nas eleições presidenciais.
    8) O eleitor paulistano não é tão conservador como se prega. Delegou de Jânio à Erundina, de Maluf a Marta, de Covas a Pita a governança desta cidade e não perdoou os que erraram.
    9) A figura de Lula ainda permeia o imaginário popular , e, como grande estrategista que é ainda sabe o que faz. Pode não levar, mas matou o inimigo.

  • Edu, acho que é avaliação do Kassab em conjunto com o fato que Serra não termina seus mandatos. Soma-se à isso sua imagem, que não ajuda muito e sempre está em toda eleição. Também acho que a intenção de votos que o tucano tinha está se dispersando entre Russomano, Haddad e Chalita. Aliás, não se esqueçam que Chalita foi do time tucano e sai justamente por causa do Serra se não me falha a memória. Agora, associar a posição do Russomano com eleitores evangélicos, acho forçado. São muitas Igrejas com o rótulo de Evangélicas, e nem sempre se bicam em muitos assuntos, principalmente polítca. Falo por experiência própria, minha esposa e irmãos são evangélicos e sempre observei isso. Minha esposa mesmo enfatizou essa característica, o que vai de encontro com um comentário aqui, envolveu religião e política, o pessoal torce o nariz.

  • Prezado Edu,
    Acredito que o Povo de São Paulo esta começando a compreender e separar o Joio do Trigo nestas eleições e que a cidade precisa Urgente de uma mudança , para resolver os grandes problemas existentes na cidade de São Paulo e o PSDB E DEM ESTÃO A MAIS DE 20ANOS E TODOS OS INDICES PIORARAM EM NOSSA CIDADE NOS ULTIMOS ANOS .É HORA DE MUDAR E MUDAR COM QUALIDADE .

  • Enquanto isso, a direitalha golpista se locupleta: seus líderes permanecerão impunes.

    “Novo presidente do STJ defende o desmembramento do processo sobre mensalão do DEM.”

    http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2012/08/31/novo-presidente-do-stj-defende-o-desmembramento-do-processo-sobre-mensalao-do-dem.htm

    e ainda:

    “O desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, determinou a suspensão do processo contra o bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, referente às investigações da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal (PF).”

    http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI6120679-EI306,00-Desembargador+Tourinho+Neto+determina+suspensao+de+processo+envolvendo+Carlinhos+Cachoeira.html

    e mais:

    “Desembargador também autoriza Andressa Mendonça a visitar o bicheiro na cadeia”

    http://oglobo.globo.com/pais/tourinho-neto-concede-liminar-suspende-processo-contra-cachoeira-5969903

    • Tá mais que na cara que esse Tourinho Neto também tem ligações íntimas com a organização do Cachoeira, pois vem sempre dele algumas das medidas irracionais e sem lógica de soltar um bandido perigoso, de facilitar a vida deste bandido ou trancar processos como quer o bandido Cachoeira.

  • Faltou dizer, como eu ja li de alguem, que acha que os paulistanos não querem que o Serra ganhe pra prefeito, porque querem que ele se candidate a presidente em 2014, será???

  • Eduardo, uma coisa sabemos; as causas dessa queda são várias, mas, acho que uma hipótese importante não foi lembrada por você. Vou chamá-la de “efeito bumerangue”, o que vou dizer aqui e agora, é baseado num dado que vc deu; veja a coincidência entre os votos que Dilma recebeu e a rejeição a Serra. Os números batem. Quem votou em Dilma, está hoje satisfeito com ela, e rejeita Serra, são os 46%. Os 51% que votaram em Serra, são eleitores que distribuiriam seus votos caso houvessem outros candidatos com um perfil parecido com o do Serra. Isso não pode ser foi feito naquela época, mas pode agora, e aí é que entra o conjunto de fatores apontados por você que acabou tirando a maior parte desses 51%. Continuando meu raciocínio, ouso dizer que as chances do Serra hoje, são mínimas, quase sem possibilidades de reverter. Para uma reversão, teria que acontecer um desastre. Algo muito sério que inviabilizasse a candidatura de Russomano e esses eleitores voltassem para o Serra. Aí existe outro problema, Haddad está despontando como uma jovem promissora vocação política a nível nacional; me baseio simplesmente na sua entrevista hoje em O Globo, ninguém, e talvez nem a própria Dilma, se saisse melhor. Foi simplesmente fantástico. Mas contudo, se Russomano fosse “estirpado” da disputa, Serra iria para o segundo turno com Haddad, que na minha opinião, é o único com lugar garantido lá. Aí as chances dele seria ter de volta todos 51% de 2010, o que acho muito dificil. É claro que na minha análise tem muito de torcida, mas baseado nela arrisco dizer: Se for mantida a competência do candidato do PT até 7 de outubro, podem diplomar Haddad.

    • E se o Nosferatu Cerra ou seu partido tiver sorte, teremos um tremendo azar. Eu não quero que o meu país, o meu estado e a minha cidade tenha mais azar do que já teve nos governos neo-liberais do PSDB-PFL.

  • Eu desconfio que o povo de São Paulo se cansou de governantes que só administram para os 20°/° mais ricos, que ditam regras esdruxulas e sempre que podem, em vez de negociar, mandam bater.

  • Prá mim é “fadiga ” de material.
    Algo semelhante ao que acontece quando um material físico chega em seu ponto de ruptura pelo uso .

    “Um material, quando recebe carga aplicada variável no tempo, sofre um tipo especial de
    solicitação conhecido pelo nome de fadiga. A fadiga, na linguagem comum, é o
    cansaço, um estado que torna impossível suportar solicitação. Ela representa a causa de
    90% das falhas de componentes de materiais metálicos. Os materiais poliméricos e os
    cerâmicos, com exceção do vidro, são também susceptíveis à ruptura por fadiga” 1

    http://fei.edu.br/~rodrmagn/PROJETOS_IC/Diego.pdf, pág. 2

    • A fadiga, tal como ocorre nos materiais de construção, leva à ruptura, que no caso das pessoas se traduz na doença e na morte. Vejam só quantos doentes e mortos por causa da opção política equivocada de votar no PSDB.

  • Eu diria ( como outros ) que é o conjunto da obra . Tudo somado . O ” produto , a mercadoria ” é muito ruim . Só sobreviveu até aqui por causa do PIG. Ninguém engana todos , o tempo todo. O Serra deveria pedir para sair . Acrescentaria o contraponto pelo fato da última adversária ( Dilma ) estar se saindo muito bem . Mas o fator ” blogosfera suja ” , à partir da eleição de 2010 , no meu entendimento , foi e será o grande diferencial daqui para frente . A causa do inicio da debandada pela midia e pelos correligionários.
    Recordo de uma entrevista do Ciro Gomes afirmando categoricamente que o Serra já estava eleito .
    Estou certo que seu blog contribui muito nesse processo de informacão.

  • Caro Eduardo. Tambem concordo que a qualidade de vida em São Paulo piorou nos últimos anos. Contudo creio que não é somente isto. Penso tambem que a população anseia por algo novo, diferente ou qualquer coisa que passe a ela a mensagem ou imagem de que haverá mudança. Sabem que a cidade não pode continuar do jeito que está.
    Serra para alguns eleitores passa a impressão daqueles políticos profissionais, antigos, de continuidade, ultrapassado. Encontra respaldo na classe conservadora, muito forte em São Paulo, e em pessoas que acreditam em seu curriculo, alem do aoio da mídia.

  • O eleitor de São Paulo ia de Serra porque não conhecia o Haddad.

    É impressionante a capacidade de comunicação do Haddad, atingindo os carações e mentes de simples e iluminados, com suas análises e propostas para a cidade.

    O Lula deveria participar destes programas de TV que revelam talentos.

    Agora que o vampiro foi abatido está na hora de mirar no lobisomem.

  • O povo é míope para questões ideológicas da politica. Normalmente o candidato que mais se sobresae é aquele sem papas na língua e que coloca sempre o dedo na ferida que machuca a maioria. O Serra e o Haddad (e os outros também) se apresentam com discursos para consumo da intelectualidade. O povo quer salvador da pátria, um gladiador, um Robin Hood. E o que mais se assemelha a isso, aos olhos do povo, é o Russomano, embora nada tenha disso. Vai ganhar a eleição. Infelizmente.

  • Edu, o resultado de Serra nas pesquisas ocorre porque ele não é candidato a prefeito, mas a presidente. Tornando ele adversário da Dilma, e não do Russomano ou do Haddad.
    Houve um trabalho tão intenso para criar a imagem do “Serra presidente” que isso ficou na mente das pessoas. Aquelas ideias de “ele é o mais preparado”, a “elite da elite”, “o melhor ministro da saúde” e o trabalho de toda uma década para torna-lo presidente em 2010, criaram uma imagem tão forte dele vinculada a presidência da república que as pessoas não conseguem mais enxergar ele como candidato a prefeito. Isso foi potencializado pela forte campanha de 2010.
    Convenhamos que a campanha de 2010, do ponto de vista de criar a imagem do “Serra presidente”, foi um sucesso. As pessoas associaram a imagem de Serra a de presidente de maneira tão consistente que pode ser comparada com a associação da imagem do Lula presidente. Ou alguém consegue imaginar um Lula governador? Lula deputado? Lula prefeito? Difícil, né? Falou em Lula, é Lula presidente. Aparece na memória aquela imagem dele de terno e gravata, com a faixa presidencial.
    Assim acontece com o Serra. Falou em Serra as pessoas já pensam naquele candidato a presidente que concorreu contra a Dilma. E quando isso acontece, quem aparece como concorrente do Serra na eleição não é o Russomano ou o Haddad, mas a Dilma. Ser a favor do Serra é o mesmo que ser contrário a Dilma. Isso torna a intenção de voto de em Serra inversamente proporcional a aprovação da Dilma. Enquanto Dilma está com uma aprovação próxima de 80%, as intenções de voto em Serra estão chegando em 20%. Da mesma maneira, a rejeição de Serra está em 3/4 do índice de pessoas que acham o governo Dilma ótimo ou bom. Hoje, em cerca de 60%.
    A campanha de Serra terá que tentar apagar a imagem do Serra presidente para transforma-lo em um candidato comum, e disputar a eleição em condições de igualdade com os demais candidatos. Mas, isso pode significar um resultado pior ainda, pois nessa condição, talvez ele não tenha nada que o destaque entre os demais candidatos.

  • Bom, na minha opinião todos esses fatores influenciam… Além disso ao meu ver assumir o voto em José Serra hoje gera constrangimento em parte da população. Conservador ou não, ninguém quer se passar por burro.

  • Eduardo, muito bem sacada a discussão sobre o porque da queda do vampiro. Gostaria muito que fosse um desgaste do método psdebista de governar e de algum esgotamento com a grande mídia.Tambem não concordo com as analises que tenho lido. Mas se fosse pelo desgaste do psdb, o Geraldo estaria na mesma situação. Não tenho o dado da avaliação do governador em um determinado periodo de tempo, não deve estar mal avaliado. Tendo a acreditar que a queda de cerra é pela sua figura, sua antipatia. Na campanha para presidente, já senti o pessoal votando no cerra meio a contra gosto. Dentro do psdb muita gente já pulou fora da campanha. A postura de cerra durante as eleições, sua postura no processo interno do psdb. O PT tem aumentado sua votação em São Paulo?? Agora, é impossível que a população não esteja com o saco cheio dessa turma. Segurança, transporte coletivo, problemas quase que diário no metrô e trens, saúde, educação, são muitos para que a população não sinta . Pôrra, não é simples torcida, os caras são muito ruins. Faz tempo que não têm propostas, nunca estão errados. Todos os problemas da cidade são invencionices da oposição, os problemas nos trens e metro foram sabotagens. Tomara que o PT e a campanha do Haddad tenha fôrça para suportar a guerra que será esta eleição. Como sera importante derrotar o psdb e a grande mídia em São Paulo!! Esta eleição será um grande divisor de águas. Ganhar em São Paulo será um passo importante para a construção de um Brasil melhor.

  • O que há e é sobretudo um cansaço do Serra dentro do PSDB paulista Daí porque, é mais fácil vender geladeiras para esquimó que fazer o paulistano eleger Serra.

  • Outro dado importante a ser avaliado é que o psdb não tem agido como um verdadeiro partido. Negam o PT por simples torcida ou preconceito. Vem do PT então não presta. Não presta porque vem do PT. Olhem a besteira que estão fazendo em relação ao bilhete mensal. Não tem proposta e nem discussão interna. Estão funcionando como braço parlamentar da grande mídia. Com essa postura não aproximam ninguem que pensa, não geram novas lideranças. Diferente do PT que têm grandes problemas, mas cresce com êles. O PT têm gerado novas grandes lideranças, Haddad, o candidato de Campinas, dentre muitos.

  • Na minha opinião, aquela pesquisa que saiu logo que o Serra foi oficializado candidato, em que ele saltou de 20 para 30 % num passe de mágica, era falsa. Serra nunca passou dos 20%.

    • Falsa ? Essa que mostra Serra em queda é verdadeira ? Ou será falsa tambem ?
      Pois é amigo. O melhor que fazemos é só dar como certo quando fizerem a contagem dos votos.

  • Evidência = aquilo que nos parece exato só pelo sentimento, sem o exame da razão.

    Mesma coisa que ilação, suposição, puro “achismo” baseado no ódio ou na conveniência.

    Essas “evidências”, acatadas por juízes covardes e subsmissos ao PIG, irão resultar em “provas indiciárias”, que se constituem em novíssima jurisprudência, pra homologar condenações (sem provas materiais) de petistas.

    “Homologar”? Sim, o STF reduziu-se a um mero cartório autenticador de sentenças condenatórias proplatadas pelo todo-poderoso PIG.

    Que coisa vergonhosa!

    Ley de Medios? Com esse constituído como está esse aí? Pode o Congresso aprovar 600 Leyese de Medios, que o STF derrubará todoas, uma a uma, sob a alegação de assegurar a “sagrada” liberdade de imprensa (dos ditadores midiáticos)

    Solução só existe uma: o povo na rua, que já derrubou até ditaduras militares, que dirá midiáticas.

    • Infelizmente o nosso povo não é politizado,só irá reclamar quando começar a doer no bolso.Por mais desoladora que seja essa é a realidade que temos.Tambem gostaria que o povo brasileiro saisse às ruas como o povo espanhol saiu,porem o povo espanhol esta anos luz à frente em termos de consciencia politica,assim como o povo frances ou mesmo o alemão.Por muito tempo ainda seremos um povo visto como exotico,alegre,descontraido,que vive num paraiso,embora o cotidiano das grandes cidades venha mostrando uma realidade totalmente oposta a essa afirmação,posto que estamos muito mais proximos do inferno do que do paraiso.E outra,o STF e o PIG são coerentes em seus respectivos comportamentos,posto que se fizermos uma retrospectiva historica por mais superficial que seja,veremos que em suas origens o Estado Brasileiro,considerado como tal,não foi um Estado criado com o proposito natural de garantir direitos de seus cidadãos,mas o que chamamos de Estado Nacional,no caso especifico do Brasil,foi criado como um instrumento de repressão sobre as classes socialmente indesejaveis ou perigosas para a defesa dos privilegios das classes dominantes.Em assim sendo as condutas da Suprema Corte e da midia venal e golpista são coerentes com o modus operandi do Estado Brasileiro,desde suas origens.E não tenhamos ilusão de nenhuma natureza,posto que,mudanças estruturais que venham a mudar a natureza fundamental do Estado Nacional,no caso do Brasil,só mesmo atraves de uma revolução.E revolução no Brasil,no presente momento é apenas quimera.

  • Edu como acho que a assessoria da presidenta não está funcionado direito, peço o apoio de você para esse projeto.

    Presidência da República; Dilma Rousseff
    Comitê Organizador da Copa
    Assunto: O nome do Mascote da Copa

    Prezada presidenta Dilma Rousseff a copa do mundo para o Brasil deve ser um evento, que una o povo brasileiro numa só corrente, por isso gostaria de sugerir para o comitê organizador da copa um possivel nome do mascote. Dizem que os nossos índios já jogavam futebol bem antes do descobrimento do Brasil, por isso nós temos essa magia com a bola no pé, por isso acho que o nome do mascote tem que haver com as nossas origens e fazer uma homenagem aos verdadeiros donos da terra e festa, por isso sugiro TATUXAVANTE, um masconte guerreiro como o nosso povo, e AVANTE BRASIL! Esse bordão vai pegar de norte a sul desse país e será um combustivel para o nossa seleção de guerreiros para conquistar a copa. Os gringos também vão gritar avante Portugal! Espanha!, etc, mas os deuses do futebol e que vão proteger os nossos meninos. Por isso, na possivel votação para escolher o nome do mascote sugiro o nosso querido TATUXAVANTE E AVANTE BRASIL.

  • Tem mais uma Edu,
    O Serra e toda a sua turma mentiu muito sobre a Dilma e agora a ficha caiu. O povo paulista e paulistana está se sentindo enganado, principalmente naquela eleição votando nesse canastrão.

    O Haddad não terá que concorrer no segundo turno, pois ganhará já em outubro. Isso será muito importante, pois poderá ajudar outros prefeitos da coligação de esquerda a enfrentar segundo turno. Em SP isso é premissa, pois o que importa é tirar o estado do atraso imposto por esses descerebrados tucanos.

    Estou adorando as intenções de voto de pesquisa no momento, dizem que Haddad ganha entre os mais jovens. Fico pensando como Dilma foi importante com aqueles meninos engajados ( os dilma-boys) em sua campanha e agora o Haddad até nisso está sendo importante.
    1- Agora quem tem 16 anos e optou a votar, com certeza vota nele e os de 14 anos vendo os de 16 se engajando em 2014 teremos toda essa juventude do lado vermelho
    2- Para Dilma em 2014 isso também será importante essa campanha municipal de cores escarlate, no final o Brasil vai caminhando mais forte para a 3 ª economia mundial.
    Para 5ª ? É questão de meses

    Viva o povo brasileiro!
    Viva o novo povo paulista que está surgindo!!
    Viva Haddad o prefeito perfeito para essa virada!!!

    E vamo que vamo que vai ser primeiro turno…

  • Edu,
    O que eu sei e’ que, quando o apoio do Kassab era disputado por PT e PSDB, eu pensava: “mas quem vai precisar desse apoio? A atual gestão e’ um desastre e esse apoio vai ser uma ancora”. Então nisso parece que eu acertei. Mas para o questionamento que você faz no seu texto, penso que não há apenas uma resposta, e sim vários fatores que levam ao cenário atual: o excesso de exposição, as 7 eleicoes em 12 anos, o abandono da prefeitura, o apoio ao Kassab, a Privataria Tucana, Paulo Preto, o cansaço dos paulistas com as gestões tucanos etc. Enfim, se combinarmos tudo isso, talvez encontraremos a resposta.
    PS: aqui em casa ficamos muito felizes com a recuperação da sua filhota. Parabens a toda sua família e especialmente a Victoria. Ela carrega seu legado no nome e assim será, sempre.

  • Desculpem-me pela intromissão, mas é que estou cansado de combater sozinho no blog do Josias de Souza um artigo tendencioso contra HADDAD, contando de sua entrevista no “O Globo”, com uma foto em que Maluf tenta abraçá-lo , seguido de uma bateria de comentários anônimos orquestrados. O pessoal bem que poderia dar um pulinho lá ( acesse poliarquia.com) , escolher um demo-tucano-comentarista e postar uma resposta.Já fiz um 10 comentários e tem muitos ainda para responder.

  • Eduardo, acredito que pode ser um pouco de cada hipótese, mas para mim o mais provável é que a internet, sobretudo a blogosfera e mais ainda a blogosfera progressista, antecipe as “noções predominantes” da opinião pública. Não me lembro quem disse recentemente que o pensamento crítico existente nos fóruns da internet vai refletindo de modo silencioso em parcelas cada vez maiores da população. O público habitual desses fóruns são potenciais formadores de opinião. Assim, pode demorar um pouco, mas parece que uma interpretação mais crítica dos fatos acaba prevalecendo.

  • Oi Edu!
    Gostei da sua reflexão. Mesmo abominando o Serra temos que admitir que ele teve uma votação expressiva nas últimas eleições. Mas felizmente o pensamento da maioria dos paulistanos mudou. Mas análises inteligentes e isentas não encontraremos na mídia tradicional.
    Parabéns pelo blog!

  • Eduardo, estou ao lado de minha mãe que melhorou um pouco.Seu estado é considerável estável. Parece que o efeito VITÓRIA me acompanhou. Viajei mais de 1000 km para vê-la. Enquanto isso vou postando comentários. É engraçado poder continuar a fazer política , sentado em uma poltrona de um hospital. Sorte para sua filha!

  • eduardo, eu já falei sobre isso, vou me repetir, me desculpe. O serra deu um salto triplo pra trás, em busca da sobrevivência política, depois de sua segunda derrota à presidência, em 2010. Ele tentou dar o salto triplo, de candidato presidencial a municipal. Basta conhecer um pouco de ginástica para perceber que saltos como estes são muito perigosos, como sabe aliás, Diego Hypólito (que deve ser parente, mas não deve ser confundido com d. Lúcia). Agora, tanto o Ibope, quanto datafolha e vox populis estão mostrando que o salto foi mortal, como já percebera com grande antecedência, o especialista em pesquisas, professor hariovaldo, do dataprado, único instituto capaz de lidar com percentuais acima de 100. Mas, não se preocupem, não é contagioso, apenas tá ruço, mano!

  • Para mim a coisa e mais simples. A campanha de Serra foi eivada de terrorismo e calunias contra Dilma. A conduta dela demonstrou o quanto Serra e enganador, sujo e mau caráter, e o quanto os eleitores que acreditaram nele foram manipulados.

    • A campanha de 2010 foi tão nojenta, que nem a Sonsinha. que ajudou a coordenar a sacanagem, está junto do ” Serra é do B(d)em” nesta campanha em 2012. Saiu candidata para ver se se descola da imagem do Vampiro e não se contamina ( pelo menos na aparência, né ?) com a sua podridão…
      Desde que vi a Sussinha sem abrir a boca para soltar pérolas sobre o mais preparado, tive a nítida impressão que o barco dele estava com todas as âncoras arriadas…. Aguardo outubro ansiosamente…

  • Meu caro Eduardo, acho que a rejeição ao Serra se deve a cada um dos motivos que voce mencionou como hipóteses.

    Mas, infelizmente, o eleitor de São Paulo parece que não mudou nada na sua maneira de enxergar o que seria bom para a cidade.

    A liderança nas pesquisas desse picareta Russomano não me deixa nem um pouco otimista.

    Mudam os candidatos conservadores mas os eleitores continuam na mesma cegueira.

    Russomano, se vier a ser prefeito, vai ser o desastre final. Talvez seja essa a solução para São Paulo: começar tudo do zero daqui a 4 ou 5 anos (rsrsrsrs…).

  • Eu não sou paulistano e por isso não acompanho o dia a dia da administração? Kassab, que, certamente, deve ser desastrosa, porém uma explicação de Vladimir Safatle (vídeo no AZENHA) explica o “fenômeno” Russomano, que divide o voto conservador com o Serra, este mais ante-petista do que Russomano, porém, desprovido do apelo religioso, sobretudo evangélico pentecostal.

  • Eduardo,

    Na minha opinião, primeiramente, o paulistano separa completamente o que quer para a cidade, o que quer para o estado e o que quer para o país.

    Kassab no primeiro mandato fez a lei cidade limpa e fechou estabelecimentos irregulares, enfim, apesar de não resolver a maioria dos problemas da cidade, a maioria gostou dessas medidas então lhe deram um mandato só dele, porém no segundo mandato a única realização de vulto dele é a criação de seu partido, o PSD, São Paulo continuou a piorar e chegamos aqui. Mesmo com a população só tendo piorado a sua visão dessa gestão recentemente, ela responsabiliza o Serra, além disso o fato de ele não ter concluído o mandato faz a população não acredita que ele queira ser prefeito.

    Apesar de tudo, acredito que mesmo perdendo no primeiro turno, o Serra ainda pode vencer na capital numa candidatura para a presidencia ou para o governo do estado, apesar de mediocre, ele concluiu o mandato, não deixou um homem bomba e fez algumas obras para inglês ver.

  • PS: tem gente dizendo que a mídia encher a paciência do povo com o mensalão dia e noite está sendo percebido pelos paulistanos como manobra pra ajudar Serra e isso os está irritando, mas eu não acredito. E você?
    SIM, ACREDITO PQ O POVO PERCEBEU QUE EXISTE UM FAVORITISMO ENTÃO O MENSALÃO EM ÉPOCA DE ELEIÇÃO FOI UM TIRO NO PÉ.
    BEM FEITO PRA ELES APRENDEREM QUE, O QUE ESTÁ EM JOGO É O FUTURO DO CIDADÃO E NÃO AS ROUBALHEIRAS E A GANÂNCIA DE PODER QUE ELES TANTO ALMEJAM.
    RESPEITO É PALAVRA QUE ELES NÃO CONHECEM!

  • É muito simples. Claro, não é o único motivo. Mas, governos do PSDB (Covas, Serrra, Alckimin), que durante 20 anos só conseguiram construir 1,3 km de metrô por ano não podem ser levados a sério. São Paulo está acordando depois de um longo período. Que bom. São Paulo não merece esses insignificantes, incompetentes e sujos governos tucanos. Péssimos na educação, péssimos na segurança, péssimos na saúde. Mas, competentes na implantação de centenas de pedágios nas estradas paulistas.

  • De repente o povo de São Paulo passou a ver que o Estado está na mão do PSDB por anos a fio e cada vez fica pior a vida do paulistano. É possível que estejam vislumbrando a necessidade de mudanças.

  • A se levar em consideração o que dizem certos militantes políticos que conheço,
    Serra está na iminência de morrer politicamente desde a derrota na eleição de
    2002 para Lula.
    Só digo uma coisa:
    Ohh, “Moribundo” pra demorar a morrer, sô!!

    • Pô, essa eu tenho que comentar: o cara tem 50 anos de vida pública, disputou duas vezes a Presidência, foi governador, senador, o raio que o parta e está perdendo para novatos em uma eleição pra PREFEITO e quem diz que a carreira dele está afundando, “EXAGERA”?!! Eu, hein…

  • Só posso torcer para que finalmente vocês enterrem José Serra e comecem a destruição do fascismo que ele representa e é tão admirado em seu estado alienado. Por sinal, se isso ocorrer, estaremos percebendo um baque na extrema-direita no bunker principal do coronelismo, no qual Serra e os vermes de sua laia apoiavam-se e onde encontravam eco em uma população acostumada a votar naqueles que defendem os interesses dos seus patrões. Se o paulista negro e pobre começar a perceber que votar em Haddad é melhorar a a vida diária, este movimento poderá ser estendido para o estado e finalmente vocês começarão a deixar de ser a âncora do Brasil.

Deixe uma resposta