Se humor do mercado rendesse votos Serra seria presidente

Análise

A última semana (de 24 a 28 de março) terminou com um factoide político: uma pesquisa Ibope que mostrou queda da aprovação do governo Dilma Rousseff teria “animado” o mercado financeiro, que fechou essa semana com a Bolsa de Valores subindo e com as ações da Petrobrás se valorizando.

Vendo esse noticiário na grande mídia experimentei o que alguns diriam ter sido um déjà vu – termo em francês que simboliza sensação de já ter vivido uma situação que está sendo experimentada, mas sem lembrança consciente da experiência.

Contudo, o termo não cabe porque, à exceção de jovens que passaram a se preocupar com política há apenas uma década, já vivemos essa experiência de a opinião política “do mercado” ser usada para infundir medo na população, de modo a induzi-la a votar como esse “mercado” quer.

Há 12 anos, mais precisamente em 22 de junho de 2002, Lula precisou divulgar uma “Carta aos Brasileiros” para acalmar “o mercado”, pois a desconfiança dessa entidade então onipotente e onipresente exacerbou um ataque especulativo contra o Brasil que começara muito antes, ainda durante a campanha eleitoral de 1998, quando o mesmo “mercado” sabia que Fernando Henrique Cardoso quebrara o Brasil e, mesmo assim, trabalhou por sua reeleição.

O “mercado” nem sempre tem os mesmos interesses que o seu, leitor. Aliás, diria que raramente os tem. Perigoso mesmo, àquela época, era reeleger o causador dos problemas que o país enfrentava, mas “o mercado” preferia eleger o próprio capeta a ver Lula eleito.

Quem quiser ler a “Carta aos Brasileiros, aquele documento histórico ao qual alguns creditam, erroneamente, o feito de ter permitido que Lula chegasse ao poder, eis, abaixo, o link de matéria da Folha de São Paulo de 24 de junho de 2002, que o reproduz:

Carta aos Brasileiros.

Foi um erro do PT acreditar que a “Carta aos Brasileiros” foi decisiva para Lula chegar ao poder. Aliás, foi um erro do próprio Lula. Em 2002, aquela Carta só serviu para a mídia dizer que Lula estava traindo seus princípios ou que não dava para confiar em sua promessa de não quebrar contratos, dar calote na dívida externa etc.

Do ponto de vista da economia, apesar de a mídia creditar todos os problemas em 2002 a paranoia com a eleição de Lula, essa paranoia, que de fato existiu, apenas agravou uma situação que começou quando o Brasil quebrou oficialmente em 1999 – extraoficialmente já estava quebrado desde 1997.

Seja como for, em 2002 o medo do “comedor de criancinhas” Luiz Inácio Lula da Silva elevou o preço do dólar, que já vinha subindo com força desde 1999, a cerca de 4 reais; aumentou a  fuga de capitais; fez a Bolsa se desvalorizar ainda mais; bloqueou praticamente todas as linhas de crédito internacionais para o Brasil

Durante a campanha eleitoral para presidente há 12 anos, quando surgia possibilidade de Lula não se eleger o mercado reagia, o dólar caia, a Bolsa subia etc. E o inverso ocorria conforme ele subia nas pesquisas.

Faltou, porém, combinar com o povo. Costumo dizer que 2002 foi o ano da libertação do povo brasileiro. Pela primeira vez no pós-redemocratização esse mesmo povo deu uma banana para a mídia e para “o mercado” e elegeu Lula com 61,27% dos votos válidos – uma votação acachapante.

Não eleição seguinte, o terrorismo econômico quanto à vitória do PT na eleição presidencial já não foi tão fácil. Após quatro anos, a vida do brasileiro vinha melhorando a olhos vistos – a pobreza caia, o desemprego despencava, os salários subiam, as ações das empresas brasileiras se valorizavam, os ricos ficavam mais ricos e, milagre dos milagres, os pobres estavam melhorando de vida.

A questão ética, portanto, foi a grande arma da direita e dos mercados para derrotar o PT em 2006. O escândalo do mensalão, desde meados do ano anterior, tornara-se a maior campanha midiática de desmoralização política da história deste país e a direita midiática já dava a eleição de Geraldo Alckmin como favas contadas.

Não funcionou muito bem. Lula derrotou Alckmin com praticamente a mesma votação de 2002. Venceu com 60,83% dos votos válidos.

Mais quatro anos se passaram e nem a questão econômico-financeira nem a questão “ética” puderam ser usadas. A economia “bombava” após a mídia fazer terrorismo econômico entre o fim de 2008 e o começo de 2009, dizendo que o país iria quebrar. Além disso, estava claro que a população não acreditava mais que o PT inventara a corrupção no Brasil.

Em 2010, o anti Lula/Dilma da vez foi, de novo, José Serra. Sem terrorismo econômico e sem hipocrisia sobre “ética”, restou atacarem Dilma com moralismo religioso. As táticas serristas transformaram Dilma em “assassina de criancinhas” – por supostamente ser favorável ao aborto – e, até, nos porões da política, em homossexual que teria “uma amante”.

O resultado dessa terceira tentativa de vencer uma eleição açulando o medo ou o preconceito contra o PT, todos conhecem.

Em 2014, o que veremos será uma reedição de tudo isso junto. Agora, porém, em vez de um anti Lula disfarçado de anti Dilma, teremos dois: Aécio Neves e Eduardo Campos. Contarão com terrorismo econômico, com moralismo anticorrupção, com fanatismo religioso e ainda deve surgir mais alguma coisa…

Dizem que a pesquisa Ibope que mostrou queda da aprovação de Dilma é fajuta por ter sido feita antes da pesquisa do mesmo instituto que mostrou que a presidente tem uma enorme vantagem sobre seus adversários em termos de intenção de votos.

Particularmente, não descartaria jamais essa possibilidade. Sou um dos que mais puseram em dúvida os institutos de pesquisa que temos no Brasil, em eleições anteriores. Contudo, não duvido de que alguma queda de aprovação possa ter ocorrido. O terrorismo econômico parece ter contaminado alguns setores e a pregação contra a Copa do Mundo tem lá sua eficiência.

Contudo, essas estratégias que possam ter de fato provocado alguma redução da aprovação de Dilma só funcionam sem contraponto. Por enquanto, ela não fala, não rebate, e seu governo, para variar, não reage com uma campanha para, por exemplo, explicar os benefícios da Copa e a verdadeira situação econômica do país no contexto da maior crise econômica internacional dos últimos 80 anos.

Mas isso vai terminar. Logo, logo Dilma terá que falar e o PT terá espaço na televisão para refrescar algumas memórias. Os jovens de até vinte e poucos anos não têm memória do que era o Brasil até 2002, sob o PSDB. E muitos não sabem que o PSDB e o PSB estão agindo de comum acordo contra Dilma, com o apoio da mídia e do mercado financeiro.

Uma reação consistente de Dilma ao responder à altura a versão midiática terá o condão de colocar os brasileiros diante de uma situação bem concreta: refletir sobre sua real situação hoje e não sobre os acenos de desastres futuros que tantas vezes foram anunciados ao longo dos últimos dez anos e que jamais se concretizaram.

Já foi sobejamente demonstrado que “o mercado” e o moralismo ético ou religioso não são grandes eleitores. O brasileiro, a partir de 2002, passou a votar menos com os ouvidos e mais com o cérebro, mensurando a quantas anda sua vida. Se usar de novo esse critério, não vai ter para ninguém. Dilma será reeleita.

157 comments

  • SIGA O CONSELHO DO PAPA FRANCISCO: FUJA DO PIG!

    O PIG MENTE, DISTORCE, CALUNIA E DIFAMA.

    O que sustenta o PIG e a oposição [PSDB-DEM-PPS-PSB/REDE-PSOL] sem rumo, sem projeto, sem discurso e sem votos são os escândalos e a falsa crise que produzem; eles não sabem fazer outra coisa. Assaltam o País e gritam: pega ladrão! No Brasil real eles não existem.

    COM LULA E DILMA, A PETROBRAS COMPROU A REFINARIA DE PASADENA; SE OS TUCANOS CONTINUASSEM NO PODER, PASADENA TERIA COMPRADO A PETROBRAS!

    No PIG, o Brasil é uma tragédia, mas no Brasil real de Luiza Trajano – dona do Magazine Luiza – o Brasil é um sucesso.

    VEJA AQUI O BRASIL QUE DÁ CERTO E QUE O PIG ESCONDE:

    • O Real se valorizou 3,5% diante do dólar, nos últimos três meses.
    • Em janeiro e fevereiro, entraram no Brasil US$ 9 bilhões em investimentos estrangeiros diretos.
    • O Tesouro Nacional fez uma colocação em Reais, com prazos que chegam a 2050, com uma taxa de 2,58%.
    • Na quinta-feira, o Brasil levantou um bilhão de Euros em títulos da divida publica no mercado AMERICANO e europeu, com a mais baixa taxa já paga pelo Brasil, em Euros: 2,9%.
    • Setor público registra superávit primário de R$ 2,13 bilhões.
    • Ações do Banco do Brasil e da Petrobras disparam.
    • Com 9 altas em 10 pregões, Ibovespa sobe mais de 5% pela 2ª semana; dólar cai 3%.
    • Em fevereiro o Brasil gerou 260 mil empregos com carteira assinada, o maior da história para o mês.
    • Refinaria de Pasadena já se pagou, se valorizou e está dando lucro à Petrobras.

  • eduardo, concordo com você.
    os brasileiros não mudaram o voto majoritário por causa duma carta que não leram mas que ainda é destacada pra preservar a tradição de – SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO? – É QUEM DÁ AS CARTAS!
    MUDAMOS na maré MONTANte da onda de indignação com tanta enganação: ditadura / diretas adiadas / collor / fhc em comprada dose dupla.
    EM 2002 os VOTOS cresceram para experimentar o partido dos trabalhadores que provocava tanto medo nos cada vez mais desmoralizados EXPLORADORES. E JÁ MOSTRARAM QUE NÃO SE ARREPENDERAM DA MUDANÇA.
    enquanto não surgir outro partido com tantas ligações com os desprezados pela mídia gorda (pobres assistidos pelo governo, assalariados do mínimo, sindicatos, movimentos dos sem terra, dos sem teto…) será difícil deter o crescimento dos votos no pt. daí as CAMPANHAS ALARMISTAS, AS MARCHAS GOLPISTAS, e seus esvaziamentos na hora da contagem dos VOTOS SECRETOS…

  • Caro Eduardo

    Muito boa análise! Como sempre a gente tem um jejum de resposta que gostaria de ouvir do governo, mas tenho certeza que na hora certa a gente só tem o que mostrar de avanço neste país. Temos alguns companheiros que ficam no amargor do que poderia ter sido feito e não foi, como na questão agrária, mas a memória da cartilha neoliberal que estávamos seguindo, deve mobilizar a militância. Nas outras eleições, não foram as alianças à direita que garantiram a vitória. Foi a militância e o trabalho árduo de pessoas como você, nos alimentando com análises sempre lúcidas. Obrigado!!

  • Soube que você abriu um curso para formação de estelionatários. Gostaria de me inscrever. Já tentei aplicar alguns golpes, mas nunca consegui enganar mais de meia dúzia de pessoas. Fiquei impressionado com o fato de você ter conseguido arrebanhar 215 imbecis que se dispuseram a pagar para nada. Foi como vender terrenos na lua. Melhor do que você só o bispo Edir Macedo ou os políticos do pt. Qual o tempo de duração do curso? Qual o valor?Onde será ministrado? Ansiosamente aguardo seu contato!

    • Eduardo Guimarães está entre os 214 que estão interpelando Gilmar Mendes.
      Seria a primeira vez que um estelionatário estaria enganando a si próprio.

      Você, Gutemberg, não possui qualificação para ser aluno no MSM, seria o mesmo que um estudante que cursa o pré-fundamental tentasse ingressar na universidade.

      Faça sua matrícula lá no Blog do Azevedo e verá que em pouco tempo conseguirá enganar bem mais que meia dúzia de pessoas, tolas assim como você, mas ainda assim pessoas.

        • Eu acho que você deveria processar esse cara, pois ele te caluniou. Sei que o que não falta a você é especialista em informática para localizar o sujeito (acho que você já deve ter a ficha toda do animal) e advogado para processá-lo, muito menos testemunha do crime que o cara cometeu.
          Você sabe que ele perde esse processo com certeza.
          Eu acho que você não deveria ter dó desse salafrário, e meter o processo mesmo, mas é só uma opinião minha porque essa é uma questão muito pessoal.
          Só estou observando que o boçal cometeu um crime com a acusação caluniosa que fez.

    • e sem querer, o Edu deixou que um adulto com mentalidade de 5 anos fizesse um comentário aqui…

      P.S.: aos pais que tem crianças de 5 anos, me perdoem (até porque os meninos nessa idade são mais inteligentes que esse imbecil acima)…

    • Caro Gutemberg,
      Ou seja lá qual for o seu nome –seria mais apropriado se fosse Antão! Visto que, ninguém em sã consciência entraria em um blog para fazer insultos e confessar que é estelionatário!
      Eu sou uma dos 214 “imbecis” que faz parte da ação contra o senhor Gilmar. Você é tão estúpido que tem espasmos de gonorreia mental e pensa que é pensamento! O máximo que você consegue é ser papagaio da Casa Grande, em seus espasmos representando o tal Ministro! Não tem o que fazer?
      Vá plantar bananeira! Quem sabe a posição chacoalhe os teus miolos e daí surja algum pensamento! Ou na melhor das hipóteses, você pode gostar da posição e nos momentos que necessitar fazer a segunda necessidade goste tanto do próprio fedor que goze com ele!

    • Gutemberg, você é simplesmente um troll sem qualificação alguma. Vai se torturar por mais 04 anos de Dilma e 08 do maior presidente do Brasil , LUIZ INÁCIO LULLA DA SILVA . Chá de camomila, cara !!!!

      • Sávio, vai faltar calmante na praça. A direita raivosa já está fazendo estoque para consumo após ver a Presidenta Dilma subir, pela segunda vez, a rampa do Palácio do Planalto. Isso não tem preço. Abraços.

    • Senhor Gutemberg Santos, bom dia.
      Lamentável Vosso post. Sair por ai chamando os outros de estelionatários, manobra muito baixa. Este é um blog de esquerda, mas ninguém pode dizer que não é um blog democrático. Quanto ao senhor chamar de imbecis, a 215 cidadãos que decidem interpelar a um Ministro do STF, por favor. Todos são iguais perante a lei. O Ministro se passou bastante com suas insinuações, cabe agora, o ônus da prova. Já que afirmou textualmente que o dinheiro arrecadado foi fruto de ilícito, ele tem que apresentar provas. Sem querer te desqualificar Gutemberg, o único imbecil que vislumbro, é você. Lembre-se, antes morrer de pé, do que de joelhos. Ninguém pode se envergonhar ou sofrer qualquer tipo de retaliação, por resguardar sua honra ou seus direitos.

  • Meu caro Eduardo, uma pergunta: Por que será que a CPI da Privataria Tucana já aprovada na Câmara dos Deputados não sai e a CPI da Petrobrás está prontinha para começar o desgaste da Presidente Dilma?
    Um grande abraço.

  • O ano de 1964 não acabou e agora caminha para o auge de sua intensidade.

    Os brasileiros têm uma oportunidade única de exorcizá-lo de uma vez por todas, nas urnas.

    Do contrário, será a volta dos mortos vivos.

  • O ano de 2002 deve ser comemorado como o “Ano da Libertação do Povo Brasileiro”, foi-se o medo…..as forças contrárias continuam a insistir numa hipótese em que pouca gente acredita! Essa forças contrárias: oposição, mídia e mercado ainda têm algum poder entre os mais jovens e aqueles que, por não terem coragem de admitir o quanto o País avançou desde 2002, são os “pregadores do catastrofismo” e nunca deixarão de se-lo, por um motivo muito simples, a arrogância e a má fé não os deixam! Haja muita paciência e muito fôlego para aguentar pessoas que não tem argumento algum para que aceitem a realidade! Que estejamos todos juntos para, mais uma vez, lutarmos por nosso Páis, que só foi realmente “para a frente” após Lula e Dilma do PT!

  • Aécio e o traidor do Eduardo Campos se unem para juntos atacarem Dilma por quinze dias.
    Do meu ponto de vista, agressão e tentativa de destruição de uma imagem não empolga.
    As pessoas aceitam realidades e até se revoltam contra quem tenta mostra que o real é uma mentira.
    Passados os quinze dias, a dupla já deve haver acertado com o Ibope e Datafolha uma nova pesquisa.
    Tendo resultado positivo para a dupla, será divulgado, caso contra´rio vai para o lixo.
    Nas redes sociais, já existe um movimento com a finalidade de se destacar todo lado positivo do governo do PT. O blog poderia ajudar na divulgação e adesão do maior número de pessoas para participarem do movimento.

  • Não é à toa que o deus mercado não gosta de Lula e Dilma. Veja-se a Europa, por exemplo: nunca houve tanta miséria, desemprego e recessão. No entanto, os muito ricos tiveram ganhos recordes em suas fortunas!! O que para o povo é crise, para os especuladores, banqueiros e rentistas é dinheiro entrando.

    Por isso o economista-chefe do Itaú disse que a “solução” para o Brasil era produzir mais desemprego.

    A Ucrânia — agora sob comando dos nazistas — já assinou acordo com o FMI. Resultado: salários congelados e gás com o preço muito maior. Em troca, o “bondoso” FMI vai emprestar U$ 12 bilhões ao país. O povão não verá a cor desse dinheiro. Vai tudo para os rentistas e especuladores.

    A luta de classes existe.

    • “Não é à toa que o deus mercado não gosta de Lula e Dilma. Veja-se a Europa, por exemplo: nunca houve tanta miséria, desemprego e recessão”

      O Sr claramente não tem a menor ideia do q fala!

      Já foi para a Europa?

      Quanto à Ucrânia, ela está quebrada há muito tempo e se agora é dominada por nazistas (q tolice) antes era dominada por abutres ligados à Moscou…

      Sua análise é uma distorção da realidade e é uma colagem de tolíces repetidas pela esquerda desinformada!

      • Tenho vergonha alheia de gente como você, que faz roteiros turísticos em algum país europeu e acha que conhece as Oropa. De que país europeu está falando?

        • Vc,Rafael,não tem vergonha alheia,porque não sabem nem sequer o que seja vergonha.Se tivesse botaria o rabinho entre as pernas e ficaria quieto no seu canto.Quem é bem desinformada não é a esquerda mas sim a direita,pois se esquece que foram as politicas de direita que fizeram desse pais campeão de desigualdades e concentração de renda.E isso ao longo de decadas e decadas,em que se privatizou o Estado para unico e exclusivo beneficio dos amigos do rei de plantão,Fossem os militares,Sarney,Collor ou o maldito FHC.

          • “Quem é bem desinformada não é a esquerda mas sim a direita,pois se esquece que foram as politicas de direita que fizeram desse pais campeão de desigualdades e concentração de renda…”

            Dimas, cá entre nós: a “direita” sabe das coisas que fizeram e fingem de desinformados…

      • Diíicil é argumentar, quando não existem meios para tal. Argumentar de que jeito, se eles tem o passado de oito anos calamitosos, não tem alternativas para o povo (mas tem para as elites), não tem projetos e sem essas duas opções, ficam no blablablá.
        Segundo Cesar Maia, essas figuras fazem parte dos 7.000 contratados pela tucanada para postarem na internet, sem saber o que dizer.

        • Caro Fernando
          É verdade, esses robozinhos só disparam, não tem como argumentar.
          Deve ser a mesma frase, em milhares de outros blogues, ditos sujos.
          Saudações

          • Verdade, Fernando, só podem ser os contratados. Não têm conhecimento nem inteligência para argumentar.
            Sorte tem o PT, que tem um exército de gente inteligente trabalhando para ele, e de graça.

  • Dilma será reeleita e essa pesquisa globope é uma farsa, como aconteceu das outras vezes na mesma época do ano (déjà vú é o que todos os que acompanham política devem estar sentindo hoje).
    Agora só falta o datafalha para encenarem a mesma farsa burlesca.

    Quanto a CPI da Petrobrás, é um dos maiores tiros no pé que essa oposição midiática poderia dar, pois estão dando de bandeja para o PT o discurso que eles são contra a estatal… bando de parvos!

  • Caro Eduardo,
    Para entendermos a história é preciso levar em consideração todos os seus acontecimentos e procurar neles um nexo real, às vezes oculto, mas que faça algum sentido. Nestes últimos dois dias, tenho tentado de todas as maneiras entender essa tal queda da presidenta Dilma e a relação que isso tem com a valorização do mercado de ações e principalmente as ações da Petrobras. Olhe, tá puxado! Parece ficção científica, e por isso vou contar uma historinha, apenas para contextualizar e não ficar enfadonho. Micrômegas, de Voltaire – uma ficção científica – é uma sátira ao relativismo de todas as grandezas. Se não fosse possível rir, todos os homens que compreendem um pouco da natureza humana acabariam por se enforcar. O personagem é um índio canadense que chega a Europa e vê desfilar-se todo o grotesco da vida europeia (normas da civilização). Batizado, enamora-se de sua madrinha, mas descobre que não pode casar-se com ela precisamente por ser sua madrinha. Tenta desbatizar-se. Quando consegue licença para o casamento, vê chegar a horda de tabeliães, padres, testemunhas, contratos e dispensas necessárias ao simples fato de unir um homem a uma mulher, comenta: “Mas certamente vocês devem ser grandissíssimos patifes e calhordas, se para casar tantas precauções são necessárias.” Vamos à ficção brasileira, produzida nas últimas semanas. Tecnicamente, pouco ou quase nada entendo sobre economia, no entanto não é necessário ser gênio para compreender seu tecido social, visto que é feito e manipulado pelos homens. Duas coisas para mim são de um raciocínio tão simplório, tanto quanto a obviedade percebida pelo índio de Voltaire que a mim me parecem irreais.
    Primeira: Todas as vezes que a Bolsa sobe e as ações de todas as empresas são valorizadas principalmente as da Petrobras, o mercado crê que é por causa da previsão ou desejo de perda de credibilidade da presidenta. Se há tantos investidores comprando, fazendo negócios com ações da Petrobras é porque a petroleira tem valor de mercado independente do seu gestor, pelo menos a gestora executiva da nação. Caso contrário, por que comprariam ações de uma empresa em risco de falência por má gestão? O caos a despeito e apesar do senhor FHC é eleitoreiro (em benefício dos candidatos Aécio e Campos – benefício virtual, uma vez que isso não se traduz em mais votos), portanto é falacioso e burro. Felizmente para o PT, que, apesar de não se esforçar muito, acaba sendo favorecido pela inépcia de seus opositores gigantes em difamação.
    Segunda: Como é que a presidenta pode ser considerada incompetente, se até a sua inação valoriza as ações da terceira maior petroleira do mundo? Onde reside sua falta de credibilidade, já que, mesmo quando não atua, provoca ganhos para a empresa? E é bom lembrar que a Petrobras tem mais de quarenta por cento de suas ações no mercado privado. Em que mundo um empresário vai investir em ações de uma empresa que no futuro pode lhe causar prejuízos? Em realidade, o mercado e mídia consideram a presidenta uma supermulher, senão por que os investidores precisam tanto dela para alavancar as ações da Bolsa? Os investidores estão apenas se aproveitando da degradação neuronal da mídia para ganhar bastante dinheiro e mais tarde, quem sabe, distribuir entre “jornalistas” e outros credores – inclusive os candidatos derrotados Aécio e Campos.
    Eduardo, não dá para sequer aventar a possibilidade de a presidenta não se reeleger. E não digo isso porque pense que tudo já está garantido, mas porque não dá para acreditar que as classes trabalhadoras deste país e que são as maiores beneficiadas pelas mudanças da última década sejam estúpidas tanto quanto esse jornalismo nefasto, de banalidades e mexericos. As pessoas simples e trabalhadores podem não ter grande saber livresco e palavreado agradável aos ouvidos de jornalistas e intelectualoides verborrágicos, mas têm a intuição do índio de Voltaire – conseguem facilmente perceber o óbvio. E o óbvio é que o único partido que se interessa por eles é o PT.
    Abraço
    Maria Antônia

    • ♫ A propósito do mercado, recomendo a leitura de “Salve-se quem puder”, um livro muito engraçado do Edward Chancellor.

    • Edu, parabéns, muito bom texto! Vou compartilhá-lo no Facebook e no Tweeter.

      Maria Antônia Ferreira Monteiro, concordo quando se refere ao povo, que não seria tão estúpido de votar na oligarquia, traindo os que realmente governam para ele, por ele e com ele! Não é possível que se repitam os erros de antes, embarcando-se em canoa visivelmente furada, não é mesmo? Como disse Edu em seu belo texto, o povo tem votado mais com o cérebro que com o ouvido.

      Nosso voto vale mais que o ouro, o dólar, o petróleo. Nosso voto consciente nos libertou em 2002 do jugo do capital, da especulação e do mercado que só tornam os ricos cada vez mais ricos, deixando o resto do mundo pobre, desamparado e morrendo à míngua. Vamos alijar do poder todos esses plutocratas e cleptocratas que não têm compromisso com o povo! A Dilma há de ganhar com mais de 80% dos votos, porque confio em que os ora alienados, ou preconceituosos terão um “insight” que os conduzirá à melhor escolha. Milagres acontecem!

      • Cara Maria Amelia,
        Obrigada por lê meio comentário. Não sou tão otimista quanto você em que a presidenta Dilma ganhe com uma margem tão expressiva de votos. Apesar das pessoas, mesmas as mais simples já não serem tão leigas em relação as ações políticas, principalmente porque a maioria percebe que está no centro da disputa política como objeto da corrida rumo ao Planalto — ainda assim, me preocupa bastante o poder que a mídia ainda exerce sobre muitas pessoas. E já se vão 12 anos que a Oligarquia não tem acesso aos cofres do Estado via intermédio PSDB, DEM, e aliados. Não que eu ache que o governo do PT não os tenha favorecido. Favoreceu, e muito, mas não o suficiente para saciá-los. E também tenho certeza que na cabeça deles é como se estivessem recebendo favores, e de quem? De um Partido que se preocupa com pobres, penso que isso para eles é humilhante! Com absoluta certeza, com seus partidos no poder, se sentem como se estivessem em casa! Pois a maioria pensa que o Brasil é propriedade deles! Não para desenvolvê-lo pensando no bem comum, mas para se abastecerem com bastante dinheiro que é para irem gastar na Europa e Estados Unidos juntos com seus amigos e familiares e por lá deixarem seus filhotes para se tornarem homens de bens… Contudo, acredito sinceramente que a presidenta se reelegerá, pode até não ser no primeiro turno, mas se reelegerá. Terá certamente meu voto, de meu marido e de alguns amigos.
        Abraço
        Maria Antônia

    • Raciocínio lógico é algo esquecido na sociedade atual. As pessoas agora só se importam com o que elas QUEREM que seja verdade, ignorando a verdade de fato como um avestruz enfiando a cabeça em um buraco.

  • Eduardo,

    concordo com você tanto na conclusão como principalmente em duas questões: a primeira quanto à credibilidade das pesquisas, e a segunda que a Dilma pode realmente ter perdido pontos em relação à aprovação ao seu governo. Mas intenção de voto é uma coisa e aprovação do governo é outra, principalmente diante do quadro político que nós temos. Que opção o povo tem? O que o povo tem e não tinha é emprego. Enquanto o desemprego continuar caindo, tenho certeza que ele se elege salvo algum fato bombástico.

  • Eduguim,
    Você tirou essas palavras da minha boca. Eu falava exatamente algo quase igual a um primo meu ontem. Dizia que assim que tivermos o horário eleitoral gratuito vamos mostrar a verdade ao povo, inclusive sobre a Petrobrás e os traidores que agora querem fazer CPI.
    Parabéns pela sua percuciente análise.
    C. Dourado

  • Se o mercado interno cresceu e portanto o comércio vende muito mais do que vendia há 11 anos atrás e em consequência disso a indústria recebe mais pedidos do comércio e emprega mais gente com carteira assinada que pode consumir mais e assim se fecha este círculo virtuoso que estamos vivendo no Brasil.
    Por isso seria uma grande burrice dos que vivem do comércio ou da indústria colaborarem para que este momento econômico privilegiado que o país vive fosse interrompido.

    • O Mercado é burro, ele acredita que matando a galinha dos ovos de ouro, poderá retirar imediatamente todos os ovos de ouro e não esperar um ovo por dia.

      O Mercado é burro e reacionário.

      • ♫ O mercado não é exatamente burro: é histérico. Recomendo a leitura de “Salve-se quem puder”, um livro muito engraçado do Edward Chancellor.

  • O nosso bom Serra “por certo perdeu o senso”, parafraseando em parte o poeta. Agora deu até para elogiar o golpe e a ditadura de 64, conforme se vê não só nas entrelinhas mas como nas linhas de uma entrevista sua poucos dias atrás, acho que para o uol/folha.

  • PARABENS eDU! PELO TEXTO!faz 09 novos que militamos em seu blog!! vamos cobrar melhora na comunicaçao do governo Dilma! unir a blogosfera num discurso pro defesa daPetrobras!! ontem a bobo colocou no JN a refinaria Pasadena velha poluente…..coisa de decrepito!!vamos falar do lucro da refinaria,do refino de oleo fino,bem no coraçao do Tio San….em 2009 quando o tucanato percebeu que a cpi da petrobrax viria, os caras afinaram!!!! vamos bater na cpi do fim do mundo….da privataria, do trensalao tucano e sobrar um pouco ao traira campriles!!! a Blogosfera pode por o pic privats a correr…..ESTAMOS NO FRONT*PASSANDO O ESPANADOR NA MEMORIA ao tempo do fhc…..os dervados de petroleo/ gas..subiam a cada 03 neses!!!!

  • Sugestão para a diretoria do Timão, que no primeiro jogo a renda seja toda para as famílias dos operários que faleceram na construção do estádio. Seria Justo, na minha opinião.

  • Saiu no Portal Vermelho a informação sobre a pensão vitalícia recebidas pelo demo(níaco) Agripino Maia como governador do RN:
    MP questiona pensão que líderes do DEM recebem de cofres públicos.
    http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=238936&id_secao=1

    O udenista e reacionário amante da Ditadura Militar, o que mamou muito na teta do Estado, o que foi cão fiel da Ditadura Militar, tem plenas condições morais e éticas de falar sobre “possíveis” desvios petistas na Petrobras.

  • Qual nada, na semana passada, no salão de beleza, havia 5 mulheres entre 40 e 50 anos, uma delas começou a falar sobre a copa que o Brasil não tinha dinheiro para saúde, no mesmo momento eu disse que o Brasil há mais de 40 anos não tem copa e a saúde era pior que hoje e que isso é campanha da oposição, TODAS concordaram comigo até a mulher que falou acabou concordando. E mais, todas estão super animadas com a copa.

  • Edu ,por mais que existam turbulências provocadas por partidos sem voto ,não acredito em pesquisa que sabemos vem exalando a tentativa de golpe . O que falta ao governo,o que já foi comentado diversas vezes, é um bom ministro da comunicação . O que Bernardo ainda faz no governo ? .Sua permanência configura um suicídio político.

  • Prezado Eduardo:
    Vamos por parte.
    1.”Contudo, o termo não cabe porque, à exceção de jovens que passaram a se preocupar com política há apenas uma década, já vivemos essa experiência de a opinião política “do mercado” ser usada para infundir medo na população, de modo a induzi-la a votar como esse “mercado” quer.
    Os nomes dos prováveis “gurus” do plano de governo de Aécio Neves são os mesmos que quebraram o Brasil durante as crises da Rússia, da Ásia e do México. A história está aí para ser consultada. Alguns desses “gurus” já estão receitando os mesmos remédios que nos levaram à miséria no governo FHC.Eles estão pregando alta de juros para baixar a inflação.Com os juros altos significa que as empresas deixam de investir na produção e os rentistas vão fazer a festa.Com os juros altos o povo deixa de consumir e as fábricas deixam de produzir, gerando desemprego, pois, não há consumo. Gerando desemprego, os trabalhadores vão buscar empregos com salários mais baixos para sustentarem suas famílias. ” Uma política de repressão salarial só aumenta a possibilidade de uma crise de subconsumo”, pois não haverá demanda suficiente para absorver os produtos e significa mais empresas fechando. “muitos analistas chegaram a considerar a crise de 1930 como uma crise essencialmente de consumo”.
    2. Para Maria Antonia Ferreira Monteiro( 17:54): O que está havendo com a Petrobrás é um ataque especulativo. Alguns analistas estão falando que somente neste 15 dias de guerra contra a Petrobrás, os espertalhões, ou o “mercado” ganharam 14 bilhões de reais com as oscilações das ações. Puro crime que deveria ser apurado pela CVM.Há tambem ataques dos candidatos oposicionistas que não têm plano para o Brasil.
    3.Para Gutemberg Santos (15:54) ” Esses 215 imbecis que pagaram por nada”, na realidade pagaram para que idiotas como você tenham a liberdade de falar e para que no futuro você não venha a ser vítima de alguma injustiça cometida por alguem que tem o dever de fazer justiça. Os resultados dos mensalões PT e PSDB estão aí para provar o que eu estou dizendo.

    • Caro Valdir-Ba,
      Obrigada, por lê meu comentário.
      Também leio os seus, que são na maioria bem técnicos, mas de boa compreensão. Tenho aprendido algumas coisas com você em relação a Petrobrás.
      Discordo de você apenas na questão política no que diz respeito aos candidatos Aécio e Campos não terem projetos para o Brasil. Penso que principalmente o senador Aécio tem. Continuar com o governo neoliberal de FHC. Quanto ao governador Campos, tudo indica que rezará pela cartilha neoliberal, apesar de se apresentar com discurso de “Nova Política”, só na velha cabeça dele!
      Abraço
      Maria Antônia

  • Aqueles jovens de 20 até 24 anos não sabiam que a Zona Rural vivia no candeeiro na década de 90, não viram os seus pais desempregados, não experimentaram o apagão elétrico. Entretanto, os acima dessa faixa etária que ainda teimam em achar que os tucanos são bons, seguramente estavam com amnésia nesse fatídico período da nossa história em que não há um lugar do nosso território que não tenha a marca da “privataria tucana”; quem não passa perto de um prédio da antiga TELEMIG, TELERJ, hoje, “OI”? E as contas telefônicas que foram aumentadas em mais de 2000% à época, para entregar as nossas teles a preço de banana ao capital internacional e que é um drama para a população em termos de serviços prestados, também no que diz respeito aos preços lançadas na fatura dos consumidores.

  • Caro Eduardo e demais
    A eleição está chegando, e a cada dia a oposição entreguista, inventa uma nova arma para derrotar o povo, com seus candidatos desonestos e vendilhões.
    Agora é o humor dos financistas, de suas agências, logo teremos os tanques da OTAN, e alguns brasileiros que já se venderam, fazem festas com isso.
    Em 2014, Dilma ganha no primeiro turno, com mais deputados e senadores do PT e do PCdoB.
    SP e Minas ficarão livres dos tucanos.
    Saudações

    • Minha família e eu vamos votar fechado com o PT. Estamos analisando os senhores deputados e senadores por PE . PT precisa ter a maior bancada para se imunizar contra o vírus do oportunismo eleitoral . Dilma 2014.

  • Não entendo porquê o governo não divulga extensivamente o parecer do Nobel de Economia, Paul Krugman, sobre a situação da economia brasileira.

    • O governo já explicou sua versão: não enfrenta a mídia porque ele acha que perde. Qualquer esclarecimento a direita interpreta como declaração de guerra. O PT está traumatizado com todas as derrotas que o partido e o país tiveram até sua chegada ao poder.

      • E por isso que a direita anda cada vez mais agressiva, por ver que o outro lado é covarde demais para encará-la de frente. O criminoso é primariamente covarde, se a vítima mostra os dentes o criminoso foge com o rabo entre as pernas. O que nos falta é alguém com os culhões necessários para peitar a mídia de frente e inclusive botar na cadeia se for preciso. Mas os nossos políticos são medrosos demais para isso, e os políticos criminosos sabem disso.

  • Outro dia conversei com um senhor, português, dono de um restaurante próximo da minha casa, e ele se lamentava que as coisas estavam difíceis, o que achei curioso, pois o estabelecimento dele vive cheio. Argumentei que a situação não estava ruim assim e que se pensássemos bem, a Europa é que está num momento bem complicado. Ele imediatamente concordou, dizendo que havia estado em Portugal recentemente e que a situação estava lastimável, muitos jovens desempregados, lojas fechando as portas, as pessoas desanimadas. Eu disse então, pois é, se fosse em outras épocas já teríamos apagado a luz aqui, estamos muito bem até. Ele pensou um pouco e falou, é verdade, não dá para reclamar não.
    É incrível como as pessoas são afetadas por essa onda desenfreada de pessimismo que a mídia e a direita vêm propagandeando, e muitas nem se dão conta disso.
    É fundamental combatermos a desinformação, denunciar os factóides, buscar as informações em fontes confiáveis, e mostrar às pessoas a tática suja dos que não têm propostas, não têm programas, não têm votos.

  • Excelente artigo sobre a manipulação da imprensa como parte da guerra emocional – a 3ª Guerra Mundial.

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/guerra-emocional-os-misseis-da-midia-que-criam-inseguranca-na-venezuela-e-no-brasil.html

    “A ferramenta primordial para as pessoas se protegerem é a organização”, respondem ao uníssono. Isto implica, entre outras ações, “a criação das brigadas antirrumores, que nos permitam constatar a veracidade da informação”

    Leiam no Viomundo.

  • TORTURA NUNCA MAIS:
    Lembrar é preciso.
    Frei Tito de Alencar Lima, brutalmente torturado no carcere se suicidou na França.

    Rezemos, mesmo os sem fé, juntos o poema – Noite de Silêncio – que Tito escreveu em Paris, a 12 de outubro de 1972:
    “Quando secar o rio da minha infância / secará toda dor. Quando os regatos límpidos de meu ser secarem / minh’alma perderá sua força. Buscarei, então, pastagens distantes / lá onde o ódio não tem teto para repousar. Ali erguerei uma tenda junto aos bosques. Todas as tardes, me deitarei na relva / e nos dias silenciosos farei minha oração. Meu eterno canto de amor: / expressão pura de minha mais profunda angústia. Nos dias primaveris, colherei flores / para meu jardim da saudade. Assim, exterminarei a lembrança de um passado sombrio”.

    O calvário de Frei Tito

    Na terça-feira. 17 de fevereiro de 1970, oficiais do Exército retiraram Frei Tito de Alencar Lima do Presídio Tiradentes, onde se encontrava preso desde 1969, acusado de subversão. “Você agora vai conhecer a sucursal do inferno”, disse-lhe o capitão Maurício Lopes Lima.
    No quartel da rua Tutóia, um outro prisioneiro, Fernando Gabeira, testemunhou o calvário de frei Tito: durante três dias, dependurado no pau-de-arara ou sentado na cadeira-do-dragão -feita de chapas metálicas e fios-, recebeu choques elétricos na cabeça, nos tendões dos pés e nos ouvidos. Deram-lhe pauladas nas costas, no peito e nas pernas, incharam suas mãos com palmatória, revestiram-no de paramentos e o fizeram abrir a boca “para receber a hóstia sagrada” – descargas elétricas na boca. Queimaram pontas de cigarro em seu corpo e fizeram-no passar pelo “corredor polonês”.
    O capitão Beroni de Arruda Albernaz vaticinou: “Se não falar, será quebrado por dentro. Sabemos fazer as coisas sem deixar marcas visíveis. Se sobreviver, jamais esquecerá o preço de sua valentia”. A ceder e viver, Tito preferiu morrer. “É preferível morrer do que perder a vida”, escreveu ele em sua Bíblia. Com uma gilete, cortou a artéria do braço esquerdo. Socorrido a tempo, sobreviveu.
    Foi libertado em dezembro de 1970, incluído entre os prisioneiros políticos trocados pelo embaixador suíço, seqüestrado pela VPR. Ao desembarcarem em Santiago do Chile, um companheiro comentou: “Tito, eis finalmente a liberdade!”. O frade dominicano murmurou: “Não, não é esta a liberdade”.
    Em Roma, as portas do Colégio Pio Brasileiro, seminário destinado a formar a elite do nosso clero, fecharam-se para o religioso com fama de “terrorista”. Em Paris, nossos confrades o acolheram no convento de Saint Jacques, em cuja entrada uma placa recorda a invasão da Gestapo, em 1943, e o assassinato de dois dominicanos.
    O capitão Albernaz tinha razão: sufocado por seus fantasmas interiores, Tito tornou-se ausente. Ouvia continuamente a voz rouca do delegado Fleury, que o prendera, e o vislumbrava em cafés e bulevares. Transferido para o convento de I’Arbresle, construído por Le Corbusier, nas proximidades de Lyon, as visões aterradoras continuaram a minar sua estrutura psíquica. Escrevia poemas:
    “Em luzes e trevas derrama o sangue de minha existência / Quem me dirá como é o existir / Experiência do visível ou do invisível”.
    Os médicos recomendaram-no suspender os estudos para dedicar-se a trabalhos manuais. Empregou-se como horticultor em Villefranche-sur-Saône e alugou um pequeno cômodo numa pensão de imigrantes, o Foyer Sonacotra, cujas despesas pagava com o próprio salário. O patrão o percebeu indolente, ora alegre, ora triste, sugado por um tormento interior. Em seu caderno de poemas, Tito registrou:
    “São noites de silêncio / Vozes que clamam num espaço infinito / Um silêncio do homem e um silêncio de Deus”.
    No sábado, 10 de agosto de 1974, frei Roland Ducret foi visitá-lo. Bateu à porta de seu quarto, na zona rural. Ninguém respondeu. Um estranho silêncio pairava sob o céu azul do verão francês e envolvia folhas, vento, flores e pássaros. Nada se movia. Sob a copa de um álamo, o corpo de Frei Tito dependurado por uma corda, balançava entre o céu e a terra. Ele tinha 28 anos.
    Em março de 1983, seus restos mortais retornaram ao Brasil. Acolhidos em solene liturgia na Catedral da Sé, em São Paulo, encontram-se enterrados em Fortaleza, sua terra natal. O cardeal Aros frisou que Tito afinal encontrara, do outro lado da vida, a unidade perdida.

  • Serra precisaria explicar o exposto no livro “Privataria Tucana”, livro amplamente baseado em evidências robustas.

    FHC idem para o livro o “O Príncipe da Privataria”.

    Que tristeza sinto quando penso que votei duas vezes em FHC. Um horror, especialmente seu segundo governo.

  • Ziriguidum que beleza.
    Acho que o governo tá certo. Pra que comentar os dados? Deixa rolar tá tudo em cima. Aprovação ok. Na hora da eleição ela responde, se necessário.
    Ainda que a considere incapaz, quando bem repaldada pela tchurma, ela fala grosso e engana bem.

    • As sandices repetitivas do tal de Nigro são um pé no saco. Dilma baixou os juros bancários, ignorou o PIG europeu ao manter Guido Mantega e o resultado é que nossa economia obteve o 3º maior crescimento do globo e a geração de empregos bate recorde após recorde. Mas o Nigro continua repetindo as mesmas asneiras com a empáfia de um PhD de Harvard. Vai ser pateta assim lá na conchichina !!!!

      • Mas vc concorda comigo? Tá tudo certo, reeleição tá fácil. Eles estão certos em ficar “na moita”. Não precisam de embates agora, guardam a munição.

        • Nigro, concordo que a reeleição de Dilma será barbada, mas graças à sua competência administrativa e habilidade política, pois o PMDB é uma mala sem alça igualzinho a você. Abração, Nigro. Tenha uma ótima noite.

      • O que?

        Você acha mesmo que agressões e xingamentos apaixonados podem de alguma maneira me afetar?
        Tá brincando né?

        Me preocupo com a bala perdida, o sequestro relampago e em pagar honestamente minhas contas.

        Nao tenho padrinho politico pra me dar cargo como os petistas da petrossauro ou dos Ministerios. Neste tópico, depois que ler a Carta Capital leia a matéria da Veja sobre a N Zelandia, mais antagônica impossivel em relação a nós. Abs

  • Caro Eduardo,
    O que a oposição ainda não percebeu ao longo desses anos é que, mais importante do que olhar para os números, é olhar para as pessoas. Quando fica preocupada com o que pensa as agências, a Dilma divulga números positivos da economia e no emprego, quando se preocupam com os fundamentos da economia, a Dilma divulga a ascensão de classe social, enquanto olham para corrupção, a Presidenta discursa para o mercado demonstrando que a corrupção não lhe pertence, portanto não há motivos para falar dela….
    Simples assim!!

  • Edu, nós temos fé na luta que travamos, mas estes urubus dão trabalho! Impressiona como tanta gente letrada segue vendo o JN e ruminando a Veja! O discurso deles é o mesmo, até as vírgulas! O povo é mais sábio e mais nacionalista. Os medianos só estão preocupados com a bolsa, tanto a “família”, que arrasam, como a “de negócios, que lhes tiram o sono! Ainda bem que somos maioria!

  • Xará, vou me fixar apenas no meu micro universo de relações de amizade e trabalho e, depois de mais de três anos do governo Dilma, não se excluindo os oitos de Lula, tendo convivido e debatido com pessoas que sempre votaram no PT, outros que sempre votaram no PSDB e outros poucos que se interessaram por política, e posso AFIRMAR que o universo do PT está em pleno desencanto, com maior intensidade por causa da Dilma. O julgamento desfavorável fundamenta-se na postura da governantA, que invariavelmente, se omite nos momentos de maior necessidade e que exigiriam pronta resposta e intervenção.
    Os movimentos, populares ou não, ocorridos em junho/2013, foram o divisor de águas exatamente porque a resposta que se espera do governo foi, na nossa avaliação, pífia e na contra-mão dos reais anseios da população como um todo. O governo apequenou-se diante das enormes necessidades represadas e nada apresentou ou mesmo tenha demonstrado um mínimo de esforço para alterar esse estado de coisas, deixando-se sucumbir pelas manobras políticas deletérias. A Dilma, a nosso sentir, não teve forças e coragem de enfrentar, minimamente que seja, os seus e os nossos algozes, preferindo encastelar-se no silencio dos palácios que o povo lhe confiou guarida para defende-lo.
    Salienta-se a personalidade forte, mas deixou claro que somente a utiliza quando é para impor, aos gritos e com grosserias, para desancar seus colaboradores mais próximos, mas queda-se silente diante dos poderosos. Omite-se quando deveria agir e age, sempre fora de compasso e tempo, quando a pronta intervenção era, e é, imperiosa.
    O descrédito no PT é galopante e, ao que parece, irreversível. O sentimento comum a todos é de que a via política não é a mais adequada e não mais representativa do que entendemos por representação política na sua mais sublime acepção e conceitos éticos de moralidade e de prestação de serviços à sociedade.
    O sentimento é de abandono e orfandade e não se vislumbra, com os atuais atores políticos, nenhuma mudança que atendam às necessárias, urgentes e prementes MUDANÇAS. O PT se transformou em somente mais um deles, iguais a todos os outros que o antecederam e, ao que indica, o sucederá. Estamos todos atônitos, aflitos e SEM REPRESENTAÇÃO e, pior, SEM QUEM NOS DEFENDA.

    • Caro Eduardo –10:45, o xará,
      Concordo com você quando diz que há um desencanto com o PT e principalmente com a presidenta Dilma. Contudo, vamos discutir alguns pontos que a mim parecem equivocados.
      Primeiro: “presidenta se omite em momentos de maior necessidade…” O momento de maior necessidade que se apresentou até agora em seu governo e que necessitava de uma resposta firme e que atendesse aos anseios sociais foi durante os tais protestos de junho. Talvez você tenha se esquecido, mas a esse anseio ela respondeu firmemente. Eu até me surpreendi! Foi quando ela convocou ministros e a tal base aliada, cujo maior representante é o senhor vice-presidente, Michel Temer, para mandar ao Congresso proposta de uma Constituinte Exclusiva, para a reforma política, com ênfase na proibição de doação de dinheiro privado nas campanhas para políticos e que passasse a ter somente dinheiro público. E a ideia era ampliar para reforma tributária e administrativa. Que apoio ela teve? Nenhum. O senhor Michel Temer barrou qualquer possibilidade de ir avante e como sempre teve o apoio da mídia. Um governante de um país das dimensões do nosso e com a complexidade de seus problemas jamais conseguirá implementar reformais profundas sem o apoio político de outros partidos. Apesar de alguns ingênuos e/ou cínicos acreditarem nisso!
      Segundo: “as manifestações de junho foi um divisor de águas…” Divisor de águas no campo única e exclusivamente da retórica fácil! Vai ficar na História como o mês em que jovens apartidário e apolitizados foram às ruas do país promover quebra-quebra. Teriam ficado na História se, quando a presidenta se reuniu com aliados e sugeriu a Constituinte Exclusiva, todos a tivessem apoiado, indo para as ruas pressionar os políticos, para que honrassem seus cargos. Mas eles não podiam fazer isso! Eram e são apartidários e apolitizados! O que realmente queriam era acabar com a Copa e corrupção! A corrupção só acabará quando também acabar os corruptores, e uma Constituinte Exclusiva inibiria muito os dois crimes.
      Terceiro: “o sentimento de todos é que a via política não é mais adequada e representativa…” Enquanto existir um Estado e for regulamentado por leis e o lucro for a base de exploração e manutenção de privilégios, meu caro, sinto muito por você e essas outras pessoas que pensam que pode ser diferente, sem os políticos, mas não é possível! Não que eu não fosse achar um paraíso viver em um mundo em que todos fôssemos tão maduros e conscientes que pudéssemos gerir nossas próprias vidas sem a presença do Estado! Iria adorar! Mas olhe pros lados, observe a vida das pessoas com quem convive! A maioria de nós não consegue fazer leitura das próprias ações para melhorar a própria vida, num campo puramente individual; no coletivo então, é um caos! E muitos, mas muitos mesmo, adoram ser comandados! Seriam necessárias muita maturidade e compreensão, para não nos destruirmos.
      Nós e os jovens podemos melhorar nosso país sim, lutando para que mudanças sejam feitas dentro do Congresso, na cabeça dos políticos, no modo como agem ignorando os eleitores e trabalhando quase exclusivamente para empresários, banqueiros e latifundiários. Se conseguirmos melhorar o Congresso, teremos conseguido melhorar quase tudo, inclusive o Judiciário. Você acha que tirando o PT do governo e colocando o PSDB ou o PSB, vai mudar o quê?
      Eu moro em Salvador há 17 anos. Não sou beneficiada diretamente pelo governo petista, mas convivo com muita gente que melhorou e não foi pouco, gente que saiu de uma vida de quase indigência para a aquisição de uma vida digna e de esperança nos filhos que estão conseguindo ir à faculdade para terem um futuro melhor. O benefício direto que tenho é na alma. Me causa muito contentamento ver pessoas que não tinham esperança tirando diploma e indo trabalhar por conta de um governo que investiu neles. O PT precisa amadurecer muito, e a presidente Dilma principalmente! Vamos dar mais um crédito a ela. Afinal, é o primeiro mandato como administradora de um país complexo que tem uma elite midiática e empresarial mais venal e cretina que existe.
      Abraço
      Maria Antônia

      • Prezada Maria Antônia, primeiramente estou falando do que vejo e escuto no meu universo de relações, e olha que não são poucos pois ando país afora e a troca de informações é incessante.
        Outra coisa, posso te garantir que a Dilma que VOCÊS conhecem não é a mesma que EU conheço, e o PT que VOCÊS conhecem não é o mesmo PT que EU conheço. Existem caminhos outros que as pessoas trilham ao longo da suas existências e/ou vida pública e que pouquíssimas pessoas ficam sabendo…
        Creia que estou sendo MUITO generoso ao mencioná-la, até de modo cortês…lembra Lupicínio Rodrigues quando mencionava na canção:..’esses moços, pobres moços…ah! se soubessem o eu eu sei…, ah! se soubessem o que eu já passei…”
        Já experimentou salsichas Maria Antônia? Quer saber como elas são feitas ou deixa assim mesmo, pois lhe aprazem o sabor vez que sempre aparecem em belos reclames e belas embalagens?
        Cuidado, pois em tempos idos, a turba livrou e escolheu salvar um ladrão para condenar o FILHO DO HOMEM!!!
        Observe atenta e friamente que não estou crucificando um para santificar outro…atentai-vos, pois nenhum deles passará pelo buraco da agulha e inda hoje, não são merecedores de suas preces e devoções…orai e vigiai…

        • Caro Eduardo,
          Obrigada pela gentileza. Não sou uma mulher ingênua que acredita em mundo, em pessoas e principalmente em instituições perfeitas. Principalmente em instituições perfeitas, visto que são dirigidas e administradas por pessoas. Não conheço os partidos políticos por ter experiência de convivências com eles, contudo sei que estão cheios de pessoas inescrupulosas, aproveitadoras e mal- intencionadas, cujos interesses estão restritos a apenas alavancar suas vidas pessoais como agente público e/ou construir pontes para si e para os seus, parentes ou grupo a que pertencem. Sei que a senhora Dilma falha muito, que o senhor Lula falhou muito e vão continuar falhando, e certamente em questões cruciais para o país. No entanto, quem você acha que governaria o Brasil de modo íntegro, sem cometer erros políticos, institucionais e econômicos? Você acha isso possível? E principalmente quem governaria o Brasil fazendo distribuição de renda entre os mais pobres como fez o PT, mesmo cometendo erros e não enfrentando os problemas conjunturais de modo mais eficaz e para longo prazo? Como as reformas que citei acima e mais a reforma da educação? Você nega que as pessoas mais pobres hoje têm mais oportunidades? Você nega que investindo, mesmo que pouco nos mais pobres, no futuro o país poderá deixar de figurar entre o mais pobres e desiguais do mundo? Ou nada disso interessa a você? Não quero que o PT fique indefinidamente no governo, entretanto que partido você quer que venha para o governo e que faça melhor?
          Uma boa parte de nós humanos é tão ordinária que não tem a menor preocupação com o desenvolvimento menos desigual e mais humanitário do próprio país. Para mim, meu caro, esta é a minha única preocupação. Tenho meio século e um ano de vida e nunca tinha visto pessoas pobres indo à universidade e conseguindo trabalho com menor dificuldade. O PT tem ganhado muitos inimigos por conta disso. Eu tenho do meu lado uma vizinha e colega que passou a odiar a outra parte da família mais pobre porque conseguiram melhorar de vida com os programas do governo federal. Você faz parte desse tipo?
          Não sou petista. Mas nada me deixa mais indignada do que injustiças sociais, porque atinge quem é mais desprotegido e por isso mesmo necessita do Estado, mesmo com todas as suas falhas.
          Um abraço
          Maria Antônia

        • Hummm…

          Você está insinuando que sabe muita coisa escusa sobre as pessoas de Dilma e de Lula, né Eduardo?
          Mas se sabe, por que não divulga?

          Não seria por amor aos petistas, se fosse não estaria insinuando maledicências.

          Você não diz nada porque não tem nada a dizer a não ser bobagens sem eira nem beira. Na verdade parece que sabe como é feita a linguiça, mas só concebe sua utilidade se for para se saciar sensualmente.

          Ninguém aqui gosta de Dilma ou Lula por seus olhos azuis ou verdes, se fosse por isso nosso eleito seria o Eduardo Campos, nós fechamos com o PT, com Lula e Dilma por seu trabalho frente à Nação que é disparado melhor que qualquer outro já feito anteriormente.

          Você entendeu, Eduardo (nome fictício) ou será necessário que lhe façamos um desenho?

          • Meu caro Wilson,
            Tá vendo, a intimidade! Já o estou tratando de meu caro Wilson! Sabe quando você ganhou minha simpatia?
            Quando ao responder meu comentário, discordando de eu ter dito que o ex-presidente Lula deveria se autoflagelar com silício, por não ter observado a vida pregressa do senhor Joaquim Barbosa, lembra? Não mudei de opinião viu! Continuo pensando do mesmo jeito. Você discorreu sobre a sua discordância, mas disse que amava a todas as pessoas e citou Lula, Dilma, Eduardo e inclusive a mim! Depois fez uma declaração de amizade e admiração à Maria Líbia. Têm muitas qualidades que admiro nos homens e mulheres, mas para mim a melhor delas é a que diz respeito ao coração e, talvez porque como sou uma mulher muito racional e goste tanto de pessoas que fazem uso desta parte do corpo. Eu tenho uma amiga que tem um caráter bem controverso, e faz avaliação do que é certo e errado de modo que tudo se adapte ao seu interesse e pensamento. Contudo tem um coração impecável, que ás vezes me tira do prumo! Ela é capaz de renunciar e perdoar que fogem ao meu entendimento! Talvez, também por isso eu seja tão interessada no ser humano!
            Uma outra qualidade que você tem é o humor, eu rio muito com seus comentários e quase morro de ri com os comentários também do senhor Carlos J. Ribeiro, muito bons!
            Mudemos de assunto, senão Eduardo pode dizer que o blog não é para papo de comadres! ( as coisas têm que mudar, não é Wilson?! Vocês já usaram e abusaram do poder de usar o artigo masculino!).
            Quanto ao comentário do senhor Eduardo, o xará—não dei respostas sobre as trivialidades que ele respondeu ao meu comentário, porque eu estava falando de política e não de salsichas, mesmo porque não como enlatados e quase nada em conserva, apenas a sardinha que eu adoro! Lá me interessa saber como é feito o sexo dos anjos! A mim interessa saber o que posso contribuir para melhorar a vida de meus semelhantes, principalmente no acesso a oportunidades iguais e daí adquirir consciência para não comer as salsichas do senhor Eduardo! O resto, cada um que se cuide! Você pergunta a ele, se quer que você desenhe. Está aí, uma capacidade que em mim é atrofiada! A habilidade para desenho! Quando respondi ao comentário dele pensei nisso, mas não poderia fazê-lo. A única coisa que aprendi desenhar nesta vida – foram as calungas – aqueles desenhos rupestres da Idade da Pedra, que se faz uma linha rústica e puxa perninhas e bracinhos. Quando era adolescente até tentei, mas nada consegui. Meu dom para desenho ficou encalhado junto com os homens das cavernas. Meu cérebro só entende desenho que possam ser usados régua, compasso, esquadro e/ou qualquer coisa que tenha uma linha reta – deve ser porque eu também sou meio anta!
            Abraço
            Maria Antônia

          • Cara Amiga Maria Antônia…

            Desculpe demorar pra te responder, mas é que só tenho internet no trabalho e no trabalho, graças ao Lula e a Dilma, estou sempre assoberbado, mas não tanto que não possa responder a uma amiga, ainda mais sendo esta tão inteligente.

            As relações aqui na rede são sempre muito superficiais, mas vez por outra encontramos gente, de fato, assim como você, Maria Antônia.

            Tenho notado que você agradece que leiam o que você escreve, de minha parte não precisa agradecer, leio por puro prazer. Você é uma pessoa impar.

            Um grande abraço, Companheira.

  • A oposição não tem voto para vencer a Dilma em 2014, mesmo comprando voto nos currais eleitorais espalhados pelo Brasil.

    Sobre o bombardeio diário do PIG o máximo que pode acontecer é levar a vitória da Dilma para o segundo turno.Foi assim em 2010.

    Com relação ao movimento não vai ter copa , os coxinhas não sabem o que os espera. Pelo o que estou ouvindo nos bares e botequins se esses babacas importunarem o povão na hora dos jogos do Brasil o pau vai cantar.

    Ai eu quero ver os black blocs encararem o povão sem direção. Cai pra dentro, coxinhas.

    Edu, a leitura diária do seu blog e outros “blogs sujos” é um alivio, diante tanta porcaria produzida pelo PIG.

  • Oscilações no apoio popular ao governo são mais que normais; seria de se desconfiar um percentual de apoio ou condenação ao governo que fosse estático, imóvel e constante; portanto, não acredito que uma possível queda em algum grau na popularidade de Dilma neste momento, represente perigo à sua reeleição. Por outro lado, está claro que o complexo destro-midiático está preprarando um “pacotaço” para convencer o público de que o país está à míngua e à beira da ruína, do precipício econômico e social; não acredito que a população engula mais essa montagem midiática; não obstante, se o governo (e o PT) tiver juízo, deve sair da inércia e impassibilidade que tem sempre mostrado frente às armações da direita e da mídia… Quanto a esses dois anti-Lula/anti-Dilma da vez, na minha opinião, os dois somados representam menos que um só (por mais matematicamente absurda que seja essa idéia…).

  • O ” Mercado” para mim e para os brasileiros são: Meus filhos em faculdades, a minha casa, a minha geladeira cheia e a minha autoestima nas alturas. Simples , não ??????? É DILMA DE NOVO, para o bem da grande maioria dos brasileiros !!!!!

  • Tem uma matéria muito boa do Fernando Brito no Tijolaço mostrando como a direita invadiu as redes sociais com robots para não aparecerem. Devem ser os mesmos que se escondem atrás de máscaras nas manifestações “espontâneas e apartidárias” como a da Ucrânia, encabeçada por neonazistas que queriam apenas dar um golpe de estado para entregar o país à OTAN. São antes de tudo COVARDES.

    Lembram-se das manifestações estudantis contra a sangrenta ditadura militar brasileira? Tinha algum estudante cobrindo o rosto, mesmo sob o risco de ser sequestrado, torturado, assassinado e ter o corpo esquartejado, incinerado ou jogado em alto mar?

  • Não existe uma explicação para os crashes das bolsas de valores. Segundo a Wikipédia, “um crash é uma queda profunda e inesperada do preço das ações. Craches são geralmente provocados por pânico, associado a fatores econômicos subjacentes. Geralmente ocorrem após uma “bolha” especulativa no mercado, quando grandes volumes de ações são negociados a preços consideravelmente descolados do valor intrínseco dessas ações”. No Brasil, no momento, não há um crash, mas, uma alta das ações. Mesmo que fosse um crash, não haveria como atribuí-lo à administração Dilma, como faz a Veja. O crash de 1987 não foi atribuído à atuação específica de governo algum. O InfoMoney diz que, embora as causas do crash ainda sejam debatidas, outra manifestação brusca como essa é apenas uma questão de tempo. Faz parte das peculiaridades do mercado: os que controlam o pânico e não vendem as ações acabam lucrando muito.

  • Segundo de Miguel do Rosário, os blogueiros e comentaristas de seus blogs estão sendo caçados e processados por advogados dos partidos de oposição ao governo petista, oferecem até mesmo recompensa a quem dedurar pessoas que fazem comentários contra os três “anjinhos” candidatos da oposição. Há muito tempo a direita sobrevive no país e no mundo à custa da mentira e da manipulação.

  • …faz falta à política brasileira não termos “a direta” representada. No Brasil temos apenas a extrema direita e seus, claro, reacionários.
    “A esquerda” temos todas as matizes, mas “a direita” restaram os extremistas que nada contribuem ao debate e a democracia.
    A boçalidade da direita extremista aqui e em outros fóruns despejada é de fazer corar fascistas e nazistas!

  • Muito didática e esclarecedora a entrevista com o ex Ministro da Fazenda, Mailson da Nobrega (Globo News) sobre a situação econômica do Brasil. Com o “não reajuste” de peços de combustíveis, leia-se Petrobras, (falam em uma defasagem de 15%), o “não reajuste” do setor elétrico (defasagem de 25%), e o “não reajuste” nas tarifas de transporte público (falam em pelo menos 10%), esse “represamento” de preços, atitudes meramente populista (estamos em ano de eleição), podem ser responsáveis pela geração de uma inflação, de 8,5% ao ano, ou seja, esse governo perdeu a mão. Em pouco perderemos novamente a referência dos preços (volta da inflação).
    Fatos que infelizmente explicam a crise Energética e a crise na Petrobrás (a qual deve a bagatela de quase 300 bilhões de reais).
    Em outubro precisamos dar a resposta.

        • Hahaha. Boa.

          A hiperinflação foi o fim da linha de uma história longa, centenária, de uma nação fracassada, governo gastão, inflacionário, emissior de moda. O famigerado plano real e lei de resp fiscal ajudaram a trazer calma à moeda, a um custo altíssimo mas necessário.

          Onplano real do itamar. Do Ciro gomes (arena- pmdb-psdb- penseinlanonque). Do FHC (rameira! Suma daqui!)

          E a Dilma a presidente criada da loja falida de 1,99. E da refinaria. E dos assaltos à banco?

          E F Martins, ideólogo do sequestro do embaixador?

          Minc? Pallocci, invasornde contaa bancárias? Mercadante, comprasir de dossiês?

          O passado realmente os condena, a TODOS. Petistas e tucanos. #lixo. ( moderninho, com hashtag)

  • Edu, uma prova desse terrorismo econômico é o programa Globo News Painel apresentado pelo anti-Lula, anti-PT e mal humorado, Willian Waack. Os três economistas entrevistados, dentre eles o ex-ministro Mailson da Nobrega, pintaram um quadro aterrorizador da economia do Brasil. Dá uma olhada: http://globotv.globo.com/globo-news/globo-news-painel/t/todos-os-videos/v/intervencoes-constantes-do-governo-na-economia-causam-estragos-segundo-especialistas/3248602/. Quem assistiu deve ter ficado assustado e provavelmente foram arrumar as malas para fugir do país. O mais interessante é que eles não falam em nenhum momento da histórica taxa de desemprego e da maior renda do trabalhador, fazem apenas prognósticos assustadores do futuro. Assista e veja até onde vai o terrorismo econômico propagado pela mídia e acredito que irá aumentar depois da queda na avaliação do governo.

  • A “pesquisa” IBOPE é fajuta não porque foi feita ao mesmo tempo que outra (?) que mostrou Dilma com “uma enorme vantagem” sobre seus adversáios(isso ela poderia continuar tendo, mesmo com queda de aprovação); mas porque realizou-se junto com outra QUE MOSTROU INALTERADAS AS INTENÇÕES DE VOTO NUMA CANDIDATA QUE, SEGUNDO PESQUISA DO MESMO IBOPE, TEVE QUEDA DE 7% EM SUA APROVAÇÃO. OU SEJA, SE ACREDITARMOS NO IBOPE, TEREMOS QUE ACEITAR QUE 7% DO ELEITORADO BRASILEIRO(O QUE, NUM UNIVERSO DE 150 MILHÕES DE ELEITORES, DÁ CERCA DE 9 MILHÕES DE PESSOAS)VÃO VOTAR EM DILMA MESMO DESAPROVANDO O GOVERNO DELA. SÃO 9 MILHÕES DE MASOQUISTAS!!!!!!!! Esse é o grande absurdo da “pesquisa” IBOPE. É evidente que se 9 milhões de pessoas passam a desaprovar um Governo, não vão continua votando nele. Nem mesmo se os candidatos da oposição “não empolgam”. Ainda que não votassem em Aécio ou Eduardo(o que é a tendência quando se desaprova um Governo, mesmo que os adversários de Dilma “não sejam grande coisa”), esses eleitores; ao menos boa parte deles; votariam em branco ou nulo. O que não dá é para aceitar que TODOS, segundo o IBOPE, vão manter o voto numa candidata que rejeietam, uma vez que Dilma manteve aletradas as intenções de voto que já possuía. Quanto ao “Mercado”; nome bonitinho para o Capitalismo Financeiro Internacional; o que vemos é uma CHANTAGEM CANALHA das forças que controlam a Economia Mundial contra o projeto brasileiro de desenvolvimento independente, e distribuição de renda, destinado a retirar este país da inserção subalterna; como Nação explorada e fornecedora de vultosos recursos para os exploradores estrangeiros; em que ainda nos encontramos. Esse é o motivo do “temor” do mercado : temor de que construamos uma política de desenvolvimento industrial independente, de que tornemos superavitário nosso Balanço de Pagamentos e não precisemos dos recursos externos obtidos através dos títulos da dívida pública, cujo pagamento retira trilhões de recursos que poderiam ser empregados no desenvolvimento e industrialização nacionais; nos obrigando a manter uma taxa de juros exorbitante e um câmbio defasado e anti-econômico, que paralisam nossa produção e perspectivas de um desenvolvimento tecnológico independente. “Temor” de que continuem as políticas destinadas a superar essa chaga, através da abertura de novos postos comerciais, que permitiram ao Brasil iniciar, ainda que timidamente, uma política comercial baseada na venda de produtos manufaturados, voltada principalmente à América Latina, África e Ásia, onde ainda conseguimos ser competitivos, mesmo com a avalanche chinesa. “Temor” principalmente de que esse impulso, que ainda é tímido e sofre o engessamento das condições estruturais de uma Economia atrasada e conjunturais de uma realidade internacional que nos aprisiona, mantendo-nos amarrados pela necessidade de recursos externos e sufocados pela dependência tecnológica difícl de ser superada por quem se encontra defasado; sofra UMA ACELERAÇÃO GIGANTESCA COM A CHEGADA DO PRÉ-SAL E DO IMPULSO FINANCEIRO, DE TALVEZ TRILHÕES DE DÓLARES; POLÍTICO, RESULTANTE DO PODER DE TERMOS CONTROLE SOBRE A TALVEZ MAIS IMPORTANTE RIQUEZA DO MUNDO MODERNO E TECNOLÓGICO, ORIUNDO DA OBRIGAÇÃO DE 60% DE CONTEÚDO NACIONAL EM TODAS AS COMPRAS DESTINADAS À EXPLORAÇÃO DAS RESERVAS; QUE VIRÁ COM SUA EXPLORAÇÃO. Impulso esse que foi construído pelo PT, através da exploração regulada pelo modelo de Partilha(e não mais pela “concessão” do PSDB, que significava doação para os gringos)e continuará sob o impulso de Dilma Rousself. Esse é o verdadeiro “temor” do Mercado, que vira crise de histeria quando sabem que tal processo virá acompanhado por uma população que cada vez mais aumenta sua renda; portanto seu consumo como impulso econômico e sua consciência de cidadania; cresce o próprio nível educacional, agora também influenciado pela destinação dos recursos do Pré-Sal à educação; como também, e aí a crise de histeria vira internação psiquiátrica, torna-se ainda mais saudável graças a outra parte dos recursos do petróleo que irão para a Saúde, já em franca melhora graças ao Mais Médicos. É isso o que provoca o terrorismo do MALDITO “MERCADO” E SEUS CAPANGAS LOCAIS, CANALHAS DA CEPA DE NOSSA DITADUTRA MIDIÁTICA E SEUS JANGUNÇOS(MÍRIAN LEITÃO, CARLOS ALBERTO SADEMBERG; CARLOS NASCIMENTO; BORIS CASOY, WILLIAM BONNER E TODA ESSA CORJA DE PILANTRAS ENOJANTES, INIMIGOS DESDE SEMPRE DO PRÓPRIO PAÍS E DE SEU POVO, QUE UMA DIA AINDA RESPONDERÃO NA JUSTIÇA POR SEUS CRIMES, AO LADO DOS PATRÕES). É isso que leva um poço de cretinice como essa “agência de risco”(tão capaz que considerou sólida, elevando a nota, a situação do Lemans Brothers, cerca de um mês antes do Banco falir. Outra jogada política desses pilantras)e o restante da pistolagem do Capitalismo Financeiro(agências, órgãos midiáticos gringos)a tentarem criar artificialmente uma imagem negativa sobre a Economia brasileira, quando os próprios números econômicos do país(contra números não há, ou não deveria haver, argumentos), mostram o contrário e o ex-prêmio Nobel de Economia, Paul Krugmann, também afirma a solidez de nosso país. Contudo, não será devido à opinião desses idotas que o brasileiro deixará de, como já o fez no passado, enxergar o quanto sua vida melhorou; ainda é clara na memória de muitos brasileiros o horror que foram os oito anos do PSDB(não precisa ser velho para lembrar-se, basta ter mais de trinta anos); nem muito menos devido ao “terrorismo mauricinho” dos “black bostas” e outros agentes dos EUA e da classe dominante, expresso nas “manifestações” reacionárias de junho e nos “protestos” anti-nacionais contra a realização do maior evento esportivo do mundo no Brasil; protestos que já recebem a completa repugnância dos brasileiros que, ainda que de forma difusa(mas cada vez menos)começam a enxergar que eles não estão preocupados com a melhora nas condições de vida da população e só têm como objetivo sabotar o sucesso do Brasil para atingir Dilma. Mais um vez venceremos de lavagem e, se vocês pensarem um pouquinho, ganharemos São paulo, Rio e Minas Gerais.

  • Enquanto Mercadante arregimenta os aloprados, Berzoine fabrica os dossiês culpando FHC pelo rombo de Pasadena.
    Eugênio José Alati
    31/03/2014

  • Bom dia Eduardo.
    Minha indignação chega ao limite, depois de ler o post deste “Sr.” “Gutemberg Santos”. (Sera que assina o seu nome de verdade?).

    Senhor Gutemberg Santos, bom dia.
    Lamentável Vosso post. Sair por ai chamando os outros de estelionatários, manobra muito baixa. Este é um blog de esquerda, mas ninguém pode dizer que não é um blog democrático. Quanto ao senhor chamar de imbecis, a 215 cidadãos que decidem interpelar a um Ministro do STF, por favor. Todos são iguais perante a lei. O Ministro se passou bastante com suas insinuações, cabe agora, o ônus da prova. Já que afirmou textualmente que o dinheiro arrecadado foi fruto de ilícito, ele tem que apresentar provas. Sem querer te desqualificar Gutemberg, o único imbecil que vislumbro, é você. Lembre-se, antes morrer de pé, do que de joelhos. Ninguém pode se envergonhar ou sofrer qualquer tipo de retaliação, por resguardar sua honra ou seus direitos.

  • Os petistas e seus vassalos têm uma característica comum. Em todas as discussões de que participam e na medida em que vão perdendo argumentos para sustentá-las, deixam de criticar as questões que estão sendo debatidas e passam a desqualificar aqueles com os quais debatem. É a típica postura do ignorantes, dos broncos e dos pouco inteligentes. Ou seja, ao contrário de contra argumentarem criticam quem faz a crítica!
    O pior, é que estes imbecis sequer têm consciência de que estão passando um atestado de incompetência, ou seja, o de que, frente a uma pessoa mais capaz, só lhes resta ofendê-la. Lembram um tipo de símio que ao se ver ameaçado, obra em suas mãos e atira seus excrementos nos mais fortes. Exatamente como os petistas e seus vassalos que procuram atingir seus adversários com o que têm de melhor a oferecer.
    Eugênio José Alati
    31/03/2014

    • Debates com estelionatarios como vc,velho asqueroso?Quem disse que ha condições de debate com uma pessoa como vc que foi unha e carne com o politico mais corrupto da historia recente da República,que foi Orestes Quercia e que agora vem em defesa de outro politico igualmente corrupto que foi FHC?Vc é cinico,cafageste e pensa que os outros são iguais a vc.Que moral tem vc em clamar contra a corrupção,sendo igualmente um corrupto?Quem não tem argumentos é vc para rebater uma a uma as acusações que são feitas contra vc.Quem cala consente e em sendo assim,velho patife,tudo aquilo que se fala contra vc é porque é a mais pura verdade e vc não tem como rebate las.Em defesa de FHC é o crime apoiado pelo vicio,não é mesmo Alati?

      • Pois fui eu, como vice prefeito, exatamente o primeiro a denunciar o corrupto Orestes Quércia de que havia roubado trilhos de bonde e levado para sua fazenda em Pedregulho. Como o senhor vê, de há muito sou contra corruptos e contra corruptos como o senhor que apóia corruptos!
        Eugênio José Alati

      • Tanto é verdade o que falei e é mentira o que o senhor falou, que o Quércia me processou por difamação por duas vezes. E por duas vezes provei, já que fiz a minha própria defesa, que o que havia denunciado era verdadeiro e ele foi condenado nas custas e no pagamento dos meus honorários. Honorários que recusei receber já que não sabia a origem do dinheiro! Então como o senhor pode constatar, o senhor além de corrupto também é mentiroso!
        Eugênio José Alati

        • Alati vc é uma piada de pessimo gosto.Alem de corrupto,é mentiroso e cinico.Não acredito em nenhuma palavra do que vc diz.As suas desavenças com Orestes Quercia foram por outras razões,não apenas por causa dos trilhos de trem.Passe bem,se é que elementos como vc conseguem dormir com a consciencia tranquila.

  • Dilma ser reeleita, de preferência em primeiro turno, é o objetivo mais importante para o Brasil e para os brasileiros no momento. Primeiro devemos trabalhar para isso, depois pensaremos no resto.

    • Esse tal de Ralf faz parte da equipe do Alati, só que por ser mais graduado seu ladrido é mais grave:

      Ralf, ralff rauf rauff, rauf rauuuf rauuf rauf, rauuff!!!!!

  • Os comunistas jamais lutaram pela redemocratização do Brasil, mas pela implantação de outra ditadura, a do proletariado!
    Eugênio José Alati
    31/03/2014

    • Vixe. Um político de ultra-direita, fascista, vem falar de comunismo. Vocês temem o comunismo, porque com ele, vcs jamais explorariam e ficariam ricos em cima do trabalho de alguém.

      O golpe militar ocorreu porque vcs não conseguiram vencer as eleições. Então, com apoio dos EUA, inventaram esta desculpa esfarrapada de “ditadura comunista”.

  • Os comunistas jamais lutaram pela redemocratização do Brasil, mas pela implantação de outra ditadura, a deles!
    Eugênio José Alati
    31/03/2014

  • Enquanto uma noite de pesadelos que durou 21 anos se abatia sobre o Brasil,em decorrencia de um golpe de estado,os que hoje posam de vestais da moral e da etica,naquele periodo se enriqueceram de uma forma bastante rapida.Os que querem,na verdade,a volta de uma ditadura militar,usando como bandeira o combate à corrupção, são hipocritas.A ditadura militar foi extremamente corrupta e o esquema de contrabando de joias e pedras preciosas feita pela quadrilha liderada pelo então ministro da justiça,Ibrahim Abi-Ackel,no governo do General Figueiredo é apenas a ponta de um gigantesco Iceberg.E o dossie Baumgarten,que continha revelações explosivas sobre todos os governos ditos ¨revolucionarios¨,oriundos do golpe de estado de 64 é outro ponto que nunca foi devidamente esclarecido.Por coincidencia ou não,Baumgarten ou Alexander Baumgarten,jornalista,proprietario da revista Fatos e Fotos,foi assassinado em condições tambem ate hoje não esclarecidas.Sem falar no assassinato mais do que suspeito de Fleury, o carrasco do DOPS,durante um fim de semana em Ubatuba.Com toda a probabilidade queima de arquivo.Isso para não nos referirmos aos assassinatos de JK,Jango e Lacerda,ocorridos num periodo de menos de um ano,entre 76 e 77.Foi uma ditadura não apenas corrupta,mas igualmente assassina,que teve conexões com ditaduras de outras regiões da America Latina,tais como as ditaduras argentina e chilena,fato comprovado com abertura de arquivos que revelam as entranhas da Operação Condor,que foi um instrumento de colaboração entre as ditaduras do chamado Cone Sul.64 foi uma tragedia,não só para o Brasil,mas para toda a America Latina ,que vivia então sob a logica feroz da Guerra Fria,submetida toda ela aos ditames da Doutrina de Segurança Nacional,de inspiração norte americana.

  • acho que vcs da esquerda estão errando muito…a comparação com outras eleições é inválida…Serra já era conhecido pelo país…Aécio e Eduardo Campos não…pelas pesquisas nem 50 por cento do eleitorado os conhece…o mercado qdo quer acaba com uma candidatura sim…é o dinheiro que manda…linha de créditos são afetadas com o rebaixamento de rating…estamos em um país capitalista…Lula fazia uma política estilo bumerangue tentava agradar o mercado e ao mesmo tempo fez políticas sociais…é só ver as escolhas de Palocci e Henrique Meirelles…já Dilma quis ir muito a esquerda e colocar a mão do estado em tudo…errou e as consequências já vem a cavalo com a queda da popularidade…os outros candidatos só não cresceram ainda pq são poucos conhecidos..o que vale hj é a popularidade da presidente…e com uma reprovação em todos os setores praticamente vai perder a eleição..a única chance do PT vencer a eleição é a volta de Lula.

    • Você deve ter 17 anos. Em 2002 o mercado e a mídia tentaram barrar Lula de todo jeito. Você não entende nada de política. Quem te disse que nem 50% conhecem Aécio e Campos? Enfim…

Deixe uma resposta