Brasil descumpre ordem de Corte Internacional sobre crimes da ditadura

Reportagem

Na sessão de primeiro de abril de 2014, no dia em que o golpe de 1964 cumpriu 50 anos, em plena Câmara Federal o deputado pelo PP fluminense Jair Bolsonaro subiu à Tribuna do Plenário daquela Casa para elogiar a ditadura militar.  Os presentes lhe deram as costas enquanto discursava, e a sessão foi encerrada.

Por outro lado, pesquisa do instituto Datafolha publicada no dia 31 de março último afirma que a maioria dos brasileiros (54%) acredita que tanto os que enfrentaram a ditadura quanto os agentes dela que os torturaram e assassinaram devem ser igualmente julgados pelo que “os dois lados” fizeram.

Os grandes órgãos de imprensa que se envolveram na deposição inconstitucional – portanto ilegal – do então presidente Jango Goulart em 1964, por ocasião do cinquentenário do golpe trataram de equiparar os que resistiram à ditadura aos que a implantaram.

Esses grandes órgãos de imprensa e até a Suprema Corte de Justiça do país deliberaram pelos méritos da lei 6683/79, a chamada Lei da Anistia, de modo que tanto o regime de 64 quanto aqueles que reprimiu passaram a gozar de um suposto “perdão para os dois lados”.

Essa situação absurda só tem sido possível devido ao Brasil estar indo de encontro a todas as convenções jurídicas internacionais que examinaram o que se passou por aqui entre 1964 e 1985.

Esse entendimento jurídico-midiático que predomina no Brasil, porém, vem sendo considerado uma aberração pelos fóruns internacionais.

Tudo começou em maio de 2010. A sul-africana Navi Pillay, comissária da Organização das Nações Unidas, condenou o desfecho do julgamento da Lei da Anistia no STF – a Corte deliberou pela constitucionalidade e pela validade daquela lei.

O jornal O Estado de S.Paulo, à época, publicou a reação da comissária que considerou a decisão “muito ruim”. A ONU, pois, recomendou que o Brasil adotasse o exemplo da Argentina, que vem julgando e punindo torturadores do regime militar.

No Comitê contra a Tortura da ONU então instalado, peritos independentes também não pouparam críticas à decisão do STF.  O comitê era formado por juristas de reconhecimento internacional.

“Isso é incrível e uma afronta. Leis de anistia foram tradicionalmente formuladas por aqueles que cometeram crimes, seja qual for o lado. É um “auto perdão” [sic] que o século 21 não pode mais aceitar”, afirmou, à época, o jurista espanhol Fernando Mariño Menendez.

“O Brasil está ficando isolado. Parece que, como na Espanha, as forças que rejeitam olhar para o passado estão prevalecendo.Há um consenso entre os órgãos da ONU de que não se deve apoiar ou mesmo proteger leis de anistia. Com a decisão tomada pelo Supremo, o País está indo na direção contrária à tendência latino-americana de julgar seus torturadores e o consenso na ONU de lutar contra a impunidade”, afirmou o perito contra a tortura da ONU, o equatoriano Luis Gallegos Chiriboga.

Ele ressaltara, ainda, que não existe a figura jurídica de “prescrição” para os crimes de tortura. “Sociedades que decidem manter essas leis de anistia, seja o Brasil ou a Espanha, estão deixando torturadores imunes à justiça de que tanto se necessita para superar traumas passados.”

Outro perito do Comitê contra a Tortura, o senegalês Abdoulaye Gaye, na mesma decisão também mostrou indignação. “Não há justificativa para manter uma lei de anistia. Se uma Justiça decide mantê-la, isso é um sinal de que não quer lidar com o problema da impunidade.”

Na ONU de então já crescia a pressão para que leis de anistia fossem abolidas em todo o mundo. A entidade recomendara à Espanha que julgasse finalmente os crimes cometidos na Guerra Civil.

Sobre o Brasil, o tema da anistia está na agenda da ONU há mais de uma década.

Em2001, um comitê da entidade sugeriu pela primeira vez ao governo brasileiro que reavaliasse a Lei de Anistia. Em2004, outro comitê das Nações Unidas voltou a levantar o assunto em uma reunião privada com o governo. A sugestão foi de que a lei fosse abolida.

O Comitê contra a Tortura da ONU ainda recomendou, em seu último relatório no início de 2008, que o Brasil lidasse com seu passado e abolisse a lei.

Por conta do exposto, em dezembro de 2010 a Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou o Brasil a fazer a investigação penal da operação empreendida pelo Exército brasileiro entre 1972 e 1975 para erradicar a Guerrilha do Araguaia.

A sentença da Corte à qual o Brasil se submeteu através do Pacto de San José da Costa Rica foi a de que o estado brasileiro deve esclarecer, determinar responsabilidades penais e aplicar as sanções previstas em lei pela “detenção arbitrária, tortura e desaparecimento forçado de 70 pessoas, entre membros do Partido Comunista do Brasil e camponeses da região” envolvidas na guerrilha, no período da ditadura militar.

Abaixo, o termo de adesão do Brasil ao Pacto de San José

—–

DECRETO N° 678, DE 6 DE NOVEMBRO DE 1992

Promulga a Convenção Americana sobre Direitos

Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), de 22 de novembro de 1969.

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA

REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VIII, da Constituição, e

Considerando que a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da  Costa Rica), adotada no âmbito da Organização dos Estados Americanos, em São José da Costa  Rica, em 22 de novembro de 1969, entrou em vigor internacional em 18 de julho de 1978, na forma  do segundo parágrafo de seu art. 74;

Considerando que o Governo brasileiro depositou a carta de adesão a essa convenção em 25 de setembro de 1992; Considerando que a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica) entrou em vigor, para o Brasil, em 25 de setembro de 1992 , de conformidade com o disposto no segundo parágrafo de seu art. 74;

DECRETA:

Art. 1° A Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), celebrada em São José da Costa Rica, em 22 de novembro de 1969, apensa por cópia ao presente decreto, deverá ser cumprida tão inteiramente como nela se contém.

Art. 2° Ao depositar a carta de adesão a esse ato internacional, em 25 de setembro de 1992, o Governo brasileiro fez a seguinte declaração interpretativa: “O Governo do Brasil entende que os arts. 43 e 48, alínea “d”, não incluem o direito automático de visitas e inspeções in loco da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, as quais dependerão da anuência expressa do Estado”.

Art. 3° O presente Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 6 de novembro de 1992; 171° da Independência e 104° da República.

ITAMAR FRANCO

Fernando Henrique Cardoso

—–

Diante desses fatos, a Comissão Estadual da Verdade de São Paulo lançou, no ano passado, uma publicação que analisa a sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos que determina a investigação e punição da atuação do regime militar durante a Guerrilha do Araguaia.

A sentença da Corte Interamericana, divulgada em 14 de dezembro de 2010, condenou o Estado brasileiro a investigar os fatos, julgar e, se forem apontados culpados, punir os responsáveis.

A corte também condenou o país a determinar o paradeiro das vítimas da ditadura.

Essa decisão abriu a porta para investigação de todos os excessos do regime vigente entre 1964 e 2985.

Para o procurador da República Marlon Alberto Weichert, a decisão da corte invalida a Lei de Anistia. Diz ele: “O direito internacional dos direitos humanos entende que não é possível haver anistia a graves violações dos direitos humanos”.

Segundo Weichert, o Ministério Público Federal é dos poucos órgãos no país que têm tentado cumprir a decisão da Corte Interamericana.

Entretanto, desde a sentença, de acordo com Weichert, perto de 200 investigações criminais referentes ao período da ditadura militar foram abertas no país. Desse total, seis já viraram denúncias.

Em um momento em que a sociedade brasileira se vê tão confusa diante da troca de acusações sobre o que aconteceu durante a ditadura militar, só há um fato certo: o Brasil é hoje o único país da América Latina que se recusa a cumprir o que firmou no Pacto de San José da Costa Rica.

Só isso já dá uma ideia de quão poderosas ainda são as forças que ludibriam a sociedade para que acredite que haveria alguma verdade nessa história sobre “investigar os dois lados”.

Não há dois lados a investigar coisa alguma. Os que se levantaram contra o regime foram encarcerados, torturados e até assassinados. Só quem não foi submetido à lei – e aos excessos que perverteram a lei – foram os agentes da ditadura que cometeram tais crimes.

Não há que falar, portanto, em julgar “dois lados” se só um ficou impune, o lado dos militares.

Ainda assim, a aberração jurídico-institucional se mantém. Mesmo na Comissão da Verdade ainda há quem defenda que a Lei da Anistia se sobrepõe à decisão do Pacto de San José da Costa Rica.

Seja como for, cedo ou tarde o Brasil terá que dar uma satisfação à comunidade internacional sobre por que descumpre acordos que firma.

Todo o exposto serve para desnudar a imensa farsa que está sendo disparada contra a nação. Os brasileiros estão sendo enganados pela falsa ideia de que se pode equiparar os torturadores às suas vítimas. Essa, porém, é só mais uma aberração jurídica brasileira. Entre tantas outras.

*

Com informações de Conjur, UOL, EBC

133 comments

  • deixem a HISTÓRIA pros historiadores..

    A anistia, visando o futuro, mostrando sim que a ESMAGADORA maioria superou o passado e os ERROS e exageros cometidos pelos DOIS, pelos DOIS lados, a anistia deve ser dada a todos os que se conflagraram.

    Evidente que em casos como o do RIO CENTRO, que aconteceu depois da tal lei, aí a coisa precisa ser melhor ponderada.

    No mais, vamos trabalhar, há muito o que ser feito, praticamente todos os passivos de antigamente (embora minimizados) ainda se fazem presentes (analfabetismo, pobreza, concentração de riqueza, educação, saúde, segurança, transporte de massas em situação de penúria, infra de dar pena, Instituições canibalizadas e corruptas)

    Sinceramente, o melhor que podemos fazer a revisionistas como Bolssonaro e Maria do Rosário, é deixar que eles se tranquem num mesmo estábulo, e que de lá saboreiem o seu fel e passado mal resolvidos ..que juntos eles tratem de seus fantasmas que, convenhamos, parecem que são IMENSAMENTE parecidos, ao menos providos de mesma insensatez.

    Olha, o meu BRASIL, o que gosto de ter em mente e de defender, é o que tem pressa, um que não gosta de ficar chafurdando em possas de ódio e de vingança.

    em tempo – economicamente falando, não fosse os militares e o governo dum THC sequer teria sobrevido ao primeiro mandato, pois não teria o que vender ..ou mesmo o governo dos petistas, que não teria aonde abrigar tanto PELEGO e fisiologista.

    e mais, só desconhecedores da história, destes que não sabem dos efeitos nefastos havidos pelo mundo com a guerra entre judeus e árabes na década de 70, ou mesmo dos efeitos pra nós duma guerra fria, poderiam debitar ao período militar toda e qualquer herança maldita ..não, definitivamente, pra tristeza dos que só veem a história por lentes ideológicas, a coisa não foi bem assim não, e economicamente (apesar de assumirem riscos exagerados), os caras tiveram mérito pra cacete.

      • Este estes versos:
        “Antes ver-te rota na batalha
        Do que servir ao povo de mortalha”.

        Portanto, o Exército não pode servir de coveiro do povo.

      • Não é so isso Wilso, pelo que entendo o Romanelli não teve um parente, um amigo, um colega
        que tenha levado porrada, teve unhas arrancadas, choque elétrico nas partes íntimas, afogamentos e outras
        “cossitas mas”. Se, não digitaria esse blá, bla blá de buona gente.

    • Uma coisa é reconciliar-se com aqueles membros da corporação que não participaram nos crimes ou que mostrem autocrítica (se isso existir). Outra é reconciliar-se com um grupo que matou e torturou membros da propria família!! Quem pode ficar amigo de alguém que gostaria mata-lo?

      Insiste-se muito na idéia de reconciliação, porque, para os fascistas de merda, a diversidade é um perigo. Eles odeiam mentes livres. Por isso, sempre propõem coisas como unidade nacional, integridade territorial, unificação de credos e de opções sexuais, etc. É o totalitarismo. Os crimes cometidos pelo estado são ilegítimos por natureza, já que estão em contradição com sua suposta função civilizadora. Além disso, a repressão estatal é quase sempre mais cruel que a rebelião. Os crimes do estado tem maior impacto, muito maior poder de replicação, letalidade massiva, e atacam a humanidade em seu conjunto. Daí o nome “crimes contra a humanidade”. Um grupo rebelde não tem esse poder, salvo que se constitua em estado paralelo. Os que falam de crimes de ambos lados, o que querem fazer, simplesmente, é justificar os crimes dos militares, e punir, se puderem, mais uma vez suas vítimas.

      O poder político geralmente tem medo das corporações armadas. O que não deve esquecer-se, mesmo que seja a nível individual, é manter sempre as pessoas esclarecidas.

    • “A anistia, visando o futuro, mostrando sim que a ESMAGADORA maioria superou o passado e os ERROS e exageros cometidos pelos DOIS, pelos DOIS lados, a anistia deve ser dada a todos os que se conflagraram.”

      Só que o lado que defendia o país do golpe já cumpriu pena – pena esta indevida, porque quem começou a guerra foram os criminosos fascistas que golpearam a democracia – ao serem presos, torturados, estuprados e assassinados.

      Os milicos do seu lado estão impunes até hoje. Livres e curtindo a vida com todas as regalias possíveis.

  • Meu comentário não tem muito a ver sobre a matéria, mas eu eu preciso saber… QUE TIPO DE GENTE VOTA NO BOLSONARO?! POR QUÊ ELE AINDA NÃO FOI EXPULSO DA CÂMARA OU DE SEU PRÓPRIO PARTIDO? Alguém pode por favor me responder isso? ou pelo menos me mandar um link de alguma matéria ou artigo que explique essa lógica?

    • O Bolsonaro não foi expulso do partido e nem cassado pela Câmara porque no Brasil ainda existe liberdade de expressão, apesar da maioria de vocês serem contra. Qual foi o ato cometido por ele contrário ao ordenamento jurídico brasileiro? Não existe… A sua posição é um claro exemplo de totalitarismo.

      • Deixa ver se entendi:

        Quem vota no PT ou na esquerda “iluminada”, sabe votar!

        Quem não segue a sua cartilha, ou é burro ou mal intencionado…

        Ahhh tá!

        PS: José Genoino tb não conseguiu se elegar… Era suplente.

      • Troll mentiroso SAFADO, acusando os participantes do blog com MENTIRAS, apenas como desculpa para defender o fascismo, o preconceito e a tortura.

        Ninguém cassou a palavra do FDP do Bolsonaro. Ninguém o sequestrou, ninguém o torturou, ninguém o matou, nem colocaram uma bomba para matar pessoas que assistissem um de seus discursos nazistas.

        Muito diferente daquele salafrário que fez tudo isso com quem tinha posição contrária à sua.

        Mas não vamos deixar de denunciar o discurso fascista de ódio e intolerância que esse SAFADO faz, não por ideologia, mas por oportunismo fisiológico.

        E você, mentiroso, vem acusar de intolerância justamente aqueles a quem o nazista quer calar à custa de violência e repressão?

        VÁ À MERDA SEU MENTIROSO.

    • É verdade, Carlos, é inacreditável que deputados da estirpe de Bolsonaro, Eduardo Cunha consigam ser eleitos enquanto temos o excelente Brizola Neto que não conseguiu se reeleger, ficando como suplente. É triste ver que Eduardo Cunha está na Câmara graças aos votos dos evangélicos. Esse pessoal não sabe votar mesmo. Pior é que, segundo o Diap, nessas eleições de 2014 é esperado que a bancada dos ruralistas, evangélicos e de parlamentares apoiados pelos empresários, aumente e que a bancada dos trabalhadores dimuinua. Pelo amor de Deus, vamos votar em peso no PT para que essa desgraça não ocorra.

      • Deixa ver se entendi:

        Quem vota no PT ou na esquerda “iluminada”, sabe votar!

        Quem não segue a sua cartilha, ou é burro ou mal intencionado…

        Ahhh tá!

        PS: José Genoino tb não conseguiu se elegar… Era suplente.

      • Pois é, concordo. O brasileiro precisa aprender a votar. Vejam só, elegem também Renan Calheiros, a Família Sarney, Jader Barbalho, Collor, Kassab e Maluf, diga-se de passagem, todos aliados do PT…

        • Todos esses que também já foram aliados do PSDB/DEM. Atualmente, eu pergunto, como tem gente que vota em fhc, aócio, serra, álvaro dias, bornhausen, gereisati, DEMÓstenes et caterva. Esses são bem piores do que os que vc mencionou.

    • Vota em Bolsonaro gente da extrema direita que tem o direito de votar em quem quiser. Assim como tem os do outro extremo mau gosto do espectro político que votam em esquerdistas extremistas do PT, Psol, PCdoB, Pstu e congeneres. E todos eles tem o direito de subir na tribuna pra expressar seu pensamento. Estamos numa democracia minha cara. Aqui, por enquanto, não é a ditadura de Cuba, nem a Semi-ditadura Venezuela onde opositores são sistematicamente presos ou cassados por terem um discurso contra o governo corrente.

      • Caros Romanelli, Pedro Vale, Everaldo e Jorge Nogueira Rebolla
        Fico me perguntando quantos anos vocês têm para serem tão corajosos e tão aguerridos defensores e acusadores daquilo que lhes agradam ou desagradam! Para mim os senhores são a representação límpida do ataque febril e tardio do que existe de mais nefasto e grosseiro na sociedade brasileira. O tal conservadorismo misturado a um corajoso e destrutivo modo de se mostrar, pelo menos pela internet, que sempre foram de direita e que odeiam tudo e todos que não correspondem àquilo que vocês pensam que é bom para o Brasil. Sabem por que tardio? Porque agora, é bem provável que já não tenham mais uma conta para esperar! Para vocês que defendem a anistia e todas as atrocidades cometidas pelo exército e apoiados pela elite de direita – a anistia foi o ato pelo qual o judiciário de nosso país ( na figura asquerosa do ex-ministro Eros Graus e apoiados pelos seus pares) – decidiu perdoar generosamente todas as monstruosidades e injustiças que os torturadores cometeram. O senhor Genoíno não torturou ninguém e foi barbaramente (para mim, para vocês é possível que fosse motivo de deleite) torturado, no entanto os torturadores dele senhor Manuel e Fortel foram perdoados e estão soltos e ele está preso. Sei que existem algumas figuras excêntricas e bizarras que adorariam serem torturadas. Quem sabe vocês se igualam a elas! E por isso não se importam com a dor dos outros! Dizem que o universo é infinito, contudo não existe uma prova concreta de sua infinitude, mas o grotesco das ações humanas todos os dias nos dá provas dessa infinitude.
        Maria Antônia

        P.S.: Para Carlos. Essas quatro figuras respondem a sua pergunta sobre o tal dep. Bolsanaro. Meu caro, os iguais se deleitam com os iguais.

    • Defender a ditadura é como defender o direito de matar pessoas que acreditam na democracia, é como defender o nazismo (direito de matar judeus) e a klu klux klan (direito de matar negros). Não é questão de opção, igual a escolha de um time ou de uma religião.

  • Quando se registra os 50 anos do golpe de estado de 1º de abril, é preciso registrar que o Brasil tem presos políticos: Dirceu, Genoino e João Paulo. As mesmas forças que agiram para implantar a ditadura agem agora contra os governos progressistas da América Latina. Tio Sam, como sempre, mexendo os fiozinhos das marionetes.

    • Não, não vem com essa ..não nos tome por tolos, esta história ainda esta viva na memória do povo

      políticos presos vc quis dizer

      Gente que de sua COVARDIA em não assumir seus erros e faltas, deixaram pra posterioridade um péssimo exemplo, uma imensa macula que sempre manchará suas biografias hoje mais do que desacreditadas pelo corporativismo que nos infesta..

      ..gente que de seu CINISMO acabou por aniquilar a possibilidade de punirmos outros iguais a eles que cometeram o mesmo erro

      sei sei, Maluf era inocente pra você ?

      Não, eu não tenho duvidas, havia dinheiro, confissão de quem operou e ganhou, de quem se vendeu ..claro que tinha que ter havido os pagadores, os cooptadores, e eles estavam todos ali pra quem tivesse olhos pra ver

      Se suas penas foram justas ou exageradas, aqui são outros quinhentos ..mas que não faz sentido os pau mandado, tipo a turma do Marcos Valério, receberem penas até 10x maiores que os idealizadores e mandantes, não faz..

      e o sorriso dum Delubio perante o Congresso, este jamais irei esquecer ..tamanho deboche só tinha visto com um PC

      E não se esqueça, graças ao nosso supremo de togados devidamente instrumentalizados, hoje quadrilha deixou de ser crime pra virar apenas referência a um tipo de modinha

      Ahh sim, e não se esqueça, TODOS, todos os que vc tenta absolver foram devidamente condenados por mais de um crime

      http://www.youtube.com/watch?v=Q45AKyWxuY8

      • “TODOS, todos os que vc tenta absolver foram devidamente condenados por mais de um crime.”

        O crime por formação de quadrilha caiu, bem como o de lavagem de dinheiro.

        Sendo assim, muitos estão condenados por apenas um crime.

        José Dirceu, por exemplo, foi condenado por corrupção ativa mesmo sem que houvesse uma única prova do delito a ele imputado.

        A pena de José Dirceu é menor que oito anos e ele a poderia estar cumprindo no regime semi-aberto, mas ao invés disso está encarcerado a mais de quatro meses.

        É por essa entre outras tantas que você é um mentiroso e miserável desgraçado, Romanélli.

        • Wilsoleaks Alves
          02/04/2014 • 08:18

          “É por essa entre outras que você é um mentiroso e miserável desgraçado, Romanélli.”
          —————-

          Não entendi o critério, ou melhor dizendo, a falta dele…

          O tal Wilsonleaks pode ofender quem quiser nos seus comentários, usando, inclusive, palavrões, e o blog se omite…

          Mas chama-lo de mentiroso por dizer q José Dirceu está cumprindo pena em regime fechado é censurado pelo mesmo blog q permite ofensas muito mais graves da parte dele?!?

          Lamentável!

          Essa postura não tem nada a ver com cidadania!

          • Você é muito burro, Pedro, mas quem sabe desenhando você consiga entender.

            Dirceu não tinha privilégio de foro e foi trucidado no Supremo por ter domínio de fato sobre uma quadrilha inexistente e ter roubado dinheiro “público” de uma empresa privada.

            Mas, desde o dia 15 de Novembro Dirceu está trancado na Papuda, embora tenha sido condenado ao semiaberto.

            O Ministro Lewandowski, na Presidência do Supremo, lhe concedeu o direito – LEGAL ! – de trabalhar.

            Mas, Barbosa, de volta das férias, rasgou a decisão de Lewandowski.

            Barbosa tem prazo para deixar Dirceu trabalhar ?

            Não !

            Há alguma obrigação legal que leve Barbosa a aplicar, desde já, e desde sempre, o tratamento de “semiaberto” a Dirceu ?

            Não.

            São essas as regalias do Presidente do Supremo.

            João Paulo Cunha e Delúbio companheiros de cela de Dirceu, serão transferidos para outras áreas da Papuda.

            Dirceu vai ficar sozinho.

            E Barbosa, do alto de suas “regalias”, pode dizer que ele vai ficar onde está e já goza do “semiaberto”, porque trabalha na biblioteca da cadeia.

            (Por Paulo Henrique Amorim)

          • Então Pedro Valle você é a favor da censura? Pois é, exatamente, o que acontece com os blogs da direita. Aqui, você é ouvido, mas lá EU NÃO SOU. Não tenho o direto de dar a minha opinião. Voce poderia me dizer por que?

          • “Não entendi o critério, ou melhor dizendo, a falta dele…

            O tal Wilsonleaks pode ofender quem quiser nos seus comentários, usando, inclusive, palavrões, e o blog se omite…”

            Em resposta a sua trollagem, já vi Edu publicar diversas agressões por parte de vcs e nem responder depois. Se está insatisfeito, vá para o blog uníssono do “tio rei”. Lá ninguém agride o outro, pois todos têm a mesma opinião.

    • Vamos combinar assim:

      Pra alguns petistas mais “radicais” e mal intencionados, José Dirceu, Genoino e João Paulo Cunha (só eles? Os outros condenados são culpados?) são heróis da resistência e presos políticos…

      Pro resto da população, são corruptores e corruptos q foram corretamente condenados e estão presos, em regime semi-aberto, pelos malfeitos q cometeram!

      • Quantos parlamentares do PCdoB estão comprovadamente envolvidos em corrupção?

        Você teria algum nome, Rebollation?

        E quantos parlamentares do PSDB e/ou do DEM estão comprovadamente envolvidos em corrupção?

        Você tem a lista, Rebollation?

        Você não tem a lista nem sabe o nome, mas desconfia, né Rebollation?

        Aliás, por falar em desconfiar… Por que você não liga aquele aparelhinho chamado “desconfiômetro” e se escafede daqui?

        Vá procurar sua turma, seu vagabundo!

    • Não venha com essa ladainha velhaca. Eles estão presos porque são corruptos, e é só. E cabe mais na papuda. Só o escândalo “Pasadena” da Petrobras supera casa de US$ 1Bi, muito mais que o mensalão.
      E agora parece que o companheiro André Vargas está enrolado até o pescoço com o doleiro.

      • Everaldo, não sei porque voce entra na blogosfera. Fique só no pig, ou então aproveite que está aqui e dê um pulinho no Nassif. Lá há informação de que a SBM offshore soltou nota dizendo que não há nada contra a Petrobrás.
        Essa empresa holandesa respondendo ao MP holandes e aos EUA isenta qualquer funcionário ou autoridade brasileira de receber propina no caso Pasadena.
        Já dos outros casos que estarão na CPI, não se pode garantir absolutamente nada.
        Cuidado com o Trensalão, Everaldo!

      • EVERALDO, ficou imaginando os judeus que, até hoje, procuram carrascos nazistas. Devem eles esquecer o que aconteceu? Devem eles perdoar os nazistas? Devem os filhos de Rubens Paiva, cujo paradeiro é ignorado, não procurar o seu pai insepulto? Como estão estes filhos, agora, sabendo que seu pai foi atirado no rio, sem as digitais e cortado suas entranhas para não boiar, deixar de procurar os torturadores, que possuem CPF, e endereço? Nunca vi, em toda a minha vida uma pessoa tão desumana como você, EVERALDO. Como você chegou a isto?

    • Edu retire esses provocadores de seu blog . Cumprir esse acordo é assumir todas as barbaridades cometidas ,mas aos manipulados falta coragem .

  • Pelo que me lembro somos um país soberano,e também esta baboseira é inútil pois houve anistia e se revogar a lei TODOS serão processados, e no caso dos militares a maioria já tem mais de 75 anos e é sabido que mesmo se ação iniciasse em 2015 com direito a todas as apelações ela rolaria no mínimo 15 anos e ai vão executar a sentença como???? E pior, qual promotor intentaria tal lide temerária??? uma ação como esta custaria bilhoes e quem iria custear????? Delubio que podia ajudar na grana , jaz preso….

    • Não faltam membros do MP esvoaçando em busca de um holofote para conseguirem os quinze minutos de fama. Basta ver que mesmo com o STF tendo julgado constitucional a lei da anistia sempre iniciam ações que não terão nenhum efeito prático, a não ser promoverem os seus autores.

      • concordo! mas processar um e outro e não dar em nada é uma coisa, pois as indenizações aos absolvidos são poucas e o custo da lide baixo, mas processar milhares custaria muito é fato que um processo crime simples custa para o estado em torno de 20 mil, um mais complexo 300 mil, então ainda resta a pergunta quem assumiria o risco da “fatura”???? imagina, se um réu arrola 10 testemunhas ou um processo com 10 réus??? garantia de lide infinita ou seja, processo para mais de 20 anos….
        Quem prega um absurdo desses não sabe sequer fazer conta.

      • Se não servir para outra coisa servirá para lembrar aos bandidos de farda, assassinos, torturadores, usurpadores, estupradores e corruptos que nem todos esqueceram das atrocidades que cometeram. Servirá para nos lembrar de nunca mais permitir golpes. Em última análise servirá de alento aos familiares e amigos das milhares de vítimas fatais, bem como das outras tantas que ainda estão por aí!

        • No país da IMPUNIDADE isso não servirá pra NADA .só pra nos amarrar e distrair em discutirmos temas e soluções muitíssimo mais graves e contemporâneas

          Veja, hoje temos leis que condenam o estupro, o roubo, o assassinato em suas diversas modalidades ..e o que vemos ? Recordes e mais recordes de violência, 60 mil assassinados num ano

          ..revolta com essa realidade ? só por uma minoria acéfalo quando um ou outro DELINQUENTE é atingido, porque quando são as vítimas, elas que se afoguem em suas lágrimas, ou que se queixem pro BISPO (e pior, aqui só temos o Macedo, que ainda lhe toma a carteira e remete pros EUA)

          PQP, será que vocês não vem que o problema é mais embaixo ?

          FATO, sem falar em democracia, NÃO SE FALAVA, nem se praticava a DEMOCRACIA nos atos dos “revolucionários”, sem informar ou consultar o povo, um bando de MOLEQUES (entre eles José Serra) queria mudar o BRASIL no voluntarismo, na marra e no tapa.

          Muitos estavam sim, antes de 64, se preparando em outras terras (na China, Russia e Cuba), armados até os dentes (hoje tb há filmes e documentos), com tática de guerrilha ..havia tb outros que depois do golpe falavam abertamente em guerrilha urbana, em se adotar a política da terra arrasada, em praticar o terrorismo urbano (Mariguela, Dilma etc)

          Muitos eram crianças, pensavam que o mundo existia pra só servi-los e satisfazer suas destemperanças ..sequer sabiam o que era e como satisfazer e equilibrar a oferta e a demanda

          ..tanto é que depois de velhos, MUITO distante das agruras do povo, inúmeros deles vivem hoje confortáveis em seus castelos e defendem a herança, a propriedade como poucos, e sequer pensam em dividir os MILHÕES que ganham com suas palestras.

          ..antes de discutirmos se seus modelos eram piores ou melhores que outros – pois haviam vários modelos COPIADOS sobre a mesa, e praticamente nenhum nascido da realidade do BRASIL (aliás, o mundo PROVOU que, pela índole humana, hoje eles seriam MUITO PIOR, pq mais rígidos, inflexíveis, impositivos) .. – o que mais importa refletirmos é que eles não eram unanimidade (Jango mesmo quando eleito o foi com 30% dos votos ..fora que ele tinha ao seu lado um INFLAMADO, e longe de ser uma Brastemp, um cunhadão chamado Brizola a lhe atiçar às brigas)

          Infelizmente interesses foram ou seriam feridos, o SER HUMANO tem medo, insegurança, desconfiança do seu semelhante ..medo leva se pensar em defesa, em se atacar antes de ser atacado ..NÃO HOUVE habilidade pra se trazer o novo, propostas públicas que mesmo dentro daquela sociedade CRISTA seriam aceitas (programas sociais por exemplo) .. o mundo fervilhava com a guerra fria, as mentiras partiam de todos os lados ..os argumentos não eram convincentes, eram frágeis,AGRESSÕES estavam sendo cometidas aos olhos da lei e ninguém falava nada, aliás, tal qual hoje a nossa líder de saias.

          em resumo, hoje nós não somos diferentes, pois sequer aprendemos a sermos pragmáticos, a valorizarmos e praticarmos o que já temos, as nossas leis, a Constituição, enfim

          Pra mim, o meu BRASIL tem pressa, olha pro futuro ..e do passado só estrai aquilo que não quer mais ser e/ou ver ..e definitivamente, salvo pra se saber da verdade, ficarmos desenterrando fantasmas e buscando culpados dentro duma outra realidade, um que sequer em sua época foi exorcizada, pra mim, não levará a nada.

          em tempo, prova maior que muito já foi superado, inclusive que artífices daquele CIRCO até já se mostram arrependidos (veja por ex a conversão dum FHC e/ou Serra), foi a eleição de DILMA

          Aliás, já que voltamos para personagens vivos e presentes, afinal, quem daqui esta preocupado com a nossa política de pesca e águas hein ?

          em tempo, neste exato momento BILHÕES e bilhões em recursos públicos estão sendo desviados por roupo, ineficiência, por falta de fiscalização de cobrança ..centenas de conselheiros de “tribunais de contas” são comprovadamente incompetentes e corruptos ..e vc quer me dizer pra PARARMOS mais ainda o país com uma causa que, ao menos na lei, todos já sabemos que é crime ..tipo se dar um golpe ..ahhh não…

          desculpe “rodear” na resposta, mas é que acho que questões como estas deveriam nos “puxar” um infinidade de reflexões ..a coisa não pode só ser vista pelo preto e branco, na base do um ou zero

          http://www.youtube.com/watch?v=Aicv3wq1xYw

  • As famílias destas 126 vítimas assassinadas querem a punição dos criminosos responsáveis:

    ………………………………………………………..

    1 ) Geraldo Ferreira Damasceno, militante da Dissidência da VAR-Palmares (DVD) “justiçado” / 2) Ari Rocha Miranda, militante da Ação Libertadora Nacional (ALN), “justiçado” / 3) Antonio Lourenço, militante da Ação Popular (AP), “justiçado” / 4) Márcio Leite Toledo, da Ação Libertadora Nacional (ALN), “justiçado” / 5) Amaro Luiz de Carvalho, codinome “Capivara”, “justiçado” / 6) Carlos Alberto Maciel Cardoso, da Ação Libertadora Nacional (ALN), “justiçado” / 7) Francisco Jacques Moreira de Alvarenga, da Resistência Armada Nacionalista (RAN), “justiçado” / 8) Salatiel Teixeira Rolins, do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR), “justiçado” / 9) 12/11/64 – Paulo Macena, Vigia – RJ / 10) 27/03/65- Carlos Argemiro Camargo, Sargento do Exército – Paraná / 11) 25/07/66 – Edson Régis de Carvalho, Jornalista – PE / 12) 25/07/66 – Nelson Gomes Fernandes, almirante – PE / 13) 28/09/66 – Raimundo de Carvalho Andrade – Cabo da PM, GO / 14) 24/11/67 – José Gonçalves Conceição (Zé Dico) – fazendeiro – SP / 15) 15/12/67 – Osíris Motta Marcondes, bancário – SP / 16) 10/01/68 – Agostinho Ferreira Lima – Marinha Mercante – Rio Negro/AM / 17) 31/05/68 – Ailton de Oliveira, guarda Penitenciário – RJ / 18) 26/06/68- Mário Kozel Filho – Soldado do Exército – SP / 19) 27/06/68 – Noel de Oliveira Ramos – civil – RJ / 20) 27/06/68 – Nelson de Barros – Sargento PM – RJ / 21) 01/07/68 – Edward Ernest Tito Otto Maximilian Von Westernhagen – major do Exército Alemão – RJ / 22) 07/09/68 – Eduardo Custódio de Souza – Soldado PM – SP / 23) 20/09/68 – Antônio Carlos Jeffery – Soldado PM – SP / 24) 12/10/68 – Charles Rodney Chandler – Cap. do Exército dos Estados Unidos – SP / 25)24/10/68 – Luiz Carlos Augusto – civil – RJ / 26) 25/10/68 – Wenceslau Ramalho Leite – civil – RJ / 27) 07/11/68 – Estanislau Ignácio Correia – Civil – SP / 28) 07/01/69 – Alzira Baltazar de Almeida – dona de casa – Rio de Janeiro/RJ / 29) 11/01/69 – Edmundo Janot – Lavrador – Rio de Janeiro / RJ / 30)29/01/69 – Cecildes Moreira de Faria – Subinspetor de Polícia – BH/ MG / 31) 29/01/69 – José Antunes Ferreira – guarda civil-BH/MG / 32)14/04/69 – Luiz Francisco da Silva – guarda bancário -SP / 33) 08/05/69 – José de Carvalho – Investigador de Polícia – SP / 34) 09/05/69 – Orlando Pinto da Silva – Guarda Civil – SP / 35)27/05/69 – Naul José Montovani – Soldado PM – SP / 36) 04/06/69 – Boaventura Rodrigues da Silva – Soldado PM – SP / 37)22/06/69 – Guido Boné – soldado PM – SP / 38)22/06/69 – Natalino Amaro Teixeira – Soldado PM – SP / 39) 11/07/69 – Cidelino Palmeiras do Nascimento – Motorista de táxi – RJ / 40) 24/07/69 – Aparecido dos Santos Oliveira – Soldado PM – SP / 41)20/08/69 – José Santa Maria – Gerente de Banco – RJ / 42) 25/08/69 – Sulamita Campos Leite – dona de casa, PA / 43)31/08/69 – Mauro Celso Rodrigues – Soldado PM – MA / 44) 03/09/69 – José Getúlio Borba – Comerciário – SP / 45) 03/09/69 – João Guilherme de Brito – Soldado da Força Pública/SP / 46) 20/09/69 – Samuel Pires – Cobrador de ônibus – SP / 47)22/09/69 – Kurt Kriegel – Comerciante – Porto Alegre/RS / 48) 30/09/69 – Cláudio Ernesto Canton – Agente da Polícia Federal – SP / 49) 04/10/69 – Euclídes de Paiva Cerqueira – Guarda particular – RJ / 50) 06/10/69 – Abelardo Rosa Lima – Soldado PM – SP / 51) 07/10/69 – Romildo Ottenio – Soldado PM – SP / 52) 31/10/69 – Nilson José de Azevedo Lins- civil – PE / 53) 04/11/69 – Estela Borges Morato – Investigadora do DOPS – SP / 54)04/11/69 – Friederich Adolf Rohmann – Protético – SP / 55)14/11/69 – Orlando Girolo – Bancário – SP / 56) 17/11/69 – Joel Nunes – Subtenente PM – RJ / 57) 18/12/69 – Elias dos Santos – Soldado do Exército – RJ / 58)17/01/70 – José Geraldo Alves Cursino – Sargento PM – São Paulo / SP / 59)20/02/70 – Antônio Aparecido Posso Nogueró – Sargento PM – São Paulo / 60)11/03/70 – Newton de Oliveira Nascimento – Soldado PM – Rio de Janeiro / 61)31/03/70 – Joaquim Melo – Investigador de Polícia – Pernambuco / 62) 02/05/70 – João Batista de Souza – Guarda de Segurança – SP / 63)10/05/70 – Alberto Mendes Junior- 1º Tenente PM – SP / 64)11/06/70 – Irlando de Moura Régis – Agente da Polícia Federal – RJ / 65)15/07/70 – Isidoro Zamboldi – segurança – SP / 66) 12/08/70 – Benedito Gomes – Capitão do Exército – SP / 67) 19/08/70 – Vagner Lúcio Vitorino da Silva – Guarda de segurança – RJ / 68)29/08/70 – José Armando Rodrigues – Comerciante – CE / 69)14/09/70 – Bertolino Ferreira da Silva – Guarda de segurança – SP / 70)21/09/70 – Célio Tonelly – soldado da PM – SP / 71)22/09/70 – Autair Macedo – Guarda de segurança – RJ / 72)27/10/70 – Walder Xavier de Lima – Sargento da Aeronáutica – BA / 73)10/11/70 – José Marques do Nascimento – civil – SP 74)10/11/70 – Garibaldo de Queiroz – Soldado PM – SP / 75)10/11/70 – José Aleixo Nunes – soldado PM – SP / 76)10/12/70 – Hélio de Carvalho Araújo – Agente da Polícia Federal – RJ / 77) 07/01/71 – Marcelo Costa Tavares – Estudante – MG / 78)12/02/71 – Américo Cassiolato – Soldado PM – São Paulo / 79) 20/02/71 – Fernando Pereira – Comerciário – Rio de Janeiro / 80) 08/03/71 – Djalma Peluci Batista – Soldado PM – Rio de Janeiro / 81)24/03/71 – Mateus Levino dos Santos – Tenente da FAB – Pernambuco / 82) 04/04/71 – José Julio Toja Martinez – Major do Exército – Rio de Janeiro / 83) 07/04/71 – Maria Alice Matos – Empregada doméstica – Rio de Janeiro / 84) 15/04/71 – Henning Albert Boilesen – (Industrial – São Paulo) / 85)10/05/71 – Manoel da Silva Neto – Soldado PM – SP / 86)14/05/71 – Adilson Sampaio – Artesão – RJ / 87)09/06/71 – Antônio Lisboa Ceres de Oliveira – Civil – RJ / 88)01/07/71 – Jaime Pereira da Silva – Civil – RJ / 89)02/09/71 – Gentil Procópio de Melo -Motorista de praça – PE / 90) 02/09/71 – Jayme Cardenio Dolce – Guarda de segurança – RJ / 91)02/09/71 – Silvâno Amâncio dos Santos – Guarda de segurança – RJ / 92)02/09/71 – Demerval Ferreira dos Santos – Guarda de segurança – RJ / 93)11/10/71 – Alberto da Silva Machado – Civil – RJ / 94)22/10/71 – José do Amaral – Sub-oficial da reserva da Marinha – RJ / 95) 01/11/71 – Nelson Martinez Ponce – Cabo PM – SP / 96)10/11/71 – João Campos – Cabo PM – SP / 97) 22/11/71 – José Amaral Vilela – Guarda de segurança – RJ / 98)27/11/71 – Eduardo Timóteo Filho – Soldado PM – RJ / 99) 13/12/71 – Hélio Ferreira de Moura – Guarda de Segurança – RJ / 100)18/01/72 – Tomaz Paulino de Almeida – Sargento PM – São Paulo / SP / 101) 20/01/72 – Sylas Bispo Feche – Cabo PM São Paulo / SP / 102) 25/01/72 – Elzo Ito – Estudante – São Paulo / SP / 103)01/02/72 – Iris do Amaral – Civil – Rio de Janeiro / 104)05/02/72 – David A. Cuthberg – Marinheiro inglês – Rio de Janeiro / 105)15/02/72 – Luzimar Machado de Oliveira – Soldado PM – Goiás / 106)18/02/72 – Benedito Monteiro da Silva – Cabo PM – São Paulo / 107) 27/02/72 – Napoleão Felipe Bertolane Biscaldi – Civil – São Paulo / 108) 06/03/72 – Walter César Galleti – Comerciante – São Paulo / 109) 12/03/72 – Manoel dos Santos – Guarda de Segurança – São Paulo / 110) 12/03/72 – Aníbal Figueiredo de Albuquerque – Coronel R1 do Exército – São Paulo / 111) 08/05/72 – Odilo Cruz Rosa – Cabo do Exército – PA / 112) 02/06/72 – Rosendo – Sargento PM – SP / 113) 29/06/72 – João Pereira – Mateiro-região do Araguaia – PA / 104)09/09/72 – Mário Domingos Panzarielo – Detetive Polícia Civil – RJ / 115)23/09/72 – Mário Abraim da Silva – Segundo Sargento do Exército – PA / 116) 27/09/72 – Sílvio Nunes Alves – Bancário – RJ / 117) 21/09/72 – Osmar… – Posseiro – PA 118) 01/10/72 – Luiz Honório Correia – Civil – RJ / 119) 06/10/72 – Severino Fernandes da Silva – Civil – PE / 120) 06/10/72 – José Inocêncio Barreto – Civil – PE / 121) 21/02/73 – Manoel Henrique de Oliveira – Comerciante – São Paulo / 122) 22/02/73 – Pedro Américo Mota Garcia – Civil – Rio de Janeiro / 123)25/02/73 – Octávio Gonçalves Moreira Júnior – Delegado de polícia – São Paulo / 124) 12/03/73 – Pedro Mineiro – Capataz da Fazenda Capingo / 125) Francisco Valdir de Paula – Soldado do Exército-região do Araguaia / 126) 10/04/74 -Geraldo José Nogueira – Soldado PM – São Paulo

    Para um cristão é reconfortante saber que os assassinos destes cidadãos acima, dentre os quais há empregadas domésticas, posseiros. comerciantes, gerentes de banco e outros, pagarão por isso diante de um Juiz que é implacável e rigorosa.

    Para a nossa elite assassina um conselho: aproveite a festa enquanto dura, porque a farra sempre acaba mal.

    • Aposto q as familias das vítimas dos atentados terroristas cometidos pela esquerda também querem punição para os culpados!

      Direito legítimo, diga-se de passagem…

      O Sr concorda?

      • Vi, depois de postar o meu comentário, q a lista q o Sr publicou é justamente dos vitimados pelo terrorismo de esquerda…

        Sendo assim, concordamos!

      • Voce gosta de ser ignorante né? Não sabes que os supostos “culpados” foram punidos já. Alias não se pode chamar aquilo de punição. O “aquilo” a qual me refiro é sequestro, tortura e aniquilamento físico e psicológico.
        O que a ONu reclama é punição para os torturadores, dentro das normas do direito. Isso porque tortura não prescreve e não é anistiável.
        Dá para entender isso? Ou é muito para sua mente tosca?

      • Você não leu o texto? Igualar os torturadores militares com os resistentes é, no mínimo, uma má-fé histórica. A minha pergunta é…haveria vítimas da resistência são não tivesse havido o golpe? Quem, no final das contas, é culpado por todas as mortes e pelo período de terror que este país viveu? Quer dizer que alguém perseguido humana e politicamente não deve reagir? Deve permanecer quieto, esperando as forças da ditadura o pegarem e torturarem até quase a morte? Não me faça rir…você é mais inteligente do que isso (mesmo porque eu acho que sofres mesmo é de um mal inerente aos direitistas…falta de solidariedade e humanismo).

    • Para os defensores da luta armada, como a maioria dos comentaristas aqui, a sua relação não é de pessoas, afinal não morreram para implantar uma ditadura comunista. Para eles essas cento e tantos indivíduos não são considerados gente, sequer vítimas, afinal não pertenciam ao grupo deles. Para a esquerda eles não existiram como seres humanos, era totalmente descartáveis para que a causa fosse adiante.

      • Porque quem pede punição para torturadores, defende a luta armada, Rebolla? Eu, de minha parte, acho que a guerrilha foi um erro. Mas quem disse que só quem pegou em armas foi torturado?
        De fato, os que optaram pelo levante armado puseram sua vida em risco. Mas nada justifica tortura. Se numa guerra entre países, a tortura é radicalmente condenada, o que dizer da que é feita pelas Forças Armadas contra cidadãos do seu próprio país? Jovens, mulheres e até crianças?
        Fico pasmo com a tranquilidade com que voces falam de tortura, como se fosse algo normal numa luta política, mesma que armada

    • As listas de vítimas da repressão, no Brasil e em outros países, foram elaboradas por ONGs, grupos políticos, movimentos sociais, e têm sido conferidas por organizações internacionais e até por organismos intergovernamentais.  Um fato deliberadamente ignorado é que não existe um controle dessa natureza para as listas publicadas pelos militares sobre suas baixas. É verdade que não seria fácil inventar mortos que não existem, mas é fácil (e frequente), atribuir ao inimigo a morte de militares, policiais ou cúmplices civis que foram aniquilados como parte de uma queima de arquivo ou de luta entre grupos.

      Um caso que envolve a Argentina e o Brasil: em 1985, a PFederal encontrou um oficial da marinha argentina com visto de turista vencido, chamado Héctor Ricardo Gulberti. Ele entregou-se imediatamente e pediu refúgio, dizendo que tinha participado em seu país em sequestros e desaparições. Mas, em 1979, quando a repressão arrefecia, percebeu que vários de seus colegas estavam desaparecendo, e percebeu que os altos quadros queriam calar os subordinados que “sabiam demais”. Disse ter sabido que ele estava entre os próximos. Ofereceu-se a dar informação aos parentes das vítimas, mas posteriormente foi facilitada sua fuga em direção desconhecida. (Folha de S. Paulo de 25/05/2000 ou http://www.exibir.com/dhumanos/folha2605.htm)

      E’ amplamente conhecido o fato de que as forças armadas aumentam o diminuem o número real de suas baixas de acordo com o efeito que pretendem conseguir. Os militares costumam “inflar” a quantidade das suas vítimas e minimizar as do bando oposto, para justificar a repressão sem limites.

    • Essa sua lista aí só prova que a resistência realmente resistia, contudo, salta aos olhos a diferença do número de baixas dos dois lados.

      Aproveita o ensejo, Ricardo Filho duma Puta, e ponha aí também a lista dos defensores do golpe militar que foram estuprados e torturados.

    • Ricardo, por que o Sargento Rosário, que em 1º de maio de 1981 morreu carregando uma bomba para ser explodida num show no Riocentro, não está nessa sua lista “cristã”? Ah, as vítimas de acidentes de trabalhos dos órgãos terroristas da ditadura (DOI_CODI) não entram.
      No mais, sua lista é furada (muitos dos que você diz que foram “justiçados” na verdade foram também assassinados pela repressão.
      Mas, mesmo assim, lamento por qualquer brasileiro que, independente do lado que estivesse, tenha perdido a vida ou tido sofrimentos em razão de uma luta armada que teve como causa a deposição ilegal de um governo democrático legitimamente eleito. Espero que isso nunca mais se repita e, para cumprir meu papel, vou repelir toda e qualquer exaltação de criminosos como as que você, Ricardo, vem fazendo aqui.

    • Depois de passar em revista “sua” lista dei-me ao trabalho de pensar sobre o que leva alguém a buscar, via embaralhamento de dados coletados de próceres da redentora ditadura, acavalando nomes de vítimas vítimas, poucas, pouquíssimas, com vítimas culpadas (vide Otavinho, não o Frias, o da lista).

      Os caras dão um golpe descarado, acobertados / patrocinados pelo imperialismo estadunidense, infringem convenções, tratados, cassam mandatos legítimos, cassam ou aposentam compulsoriamente membros do Judiciário (os poucos que não concordaram no estupro constitucional) que não rezam pela cartilha dos Gaminhas, afrontam até mesmo as próprias leis que criaram, censuram, perseguem, torturam, não dialogam, e torturam, torturam e torturam, transformando cotidianamente assassinatos bárbaros em “mortes em trocas de tiros”, impedem o exercício dos mais primários direitos do homem, apaniguam nulidades de todos os matizes e setores, mancham com sangue as instituições a quem dizem pertencer e cinquenta anos depois, querem fazer o mesmo.

      E agem, como é habitual, através de prepostos, tolos alguns, outros nem tanto assim, para deformar os fatos, empilhando nomes como faziam com os cadáveres que geraram por tantos anos: jogando, todos, em uma mesma vala.

      Triste.

  • Já na Espanha, o regime de Franco se incumbiu de exercer a Justiça contra os assassinos de cristãos na Guerra Civil. Quantos bispos, padres, seminaristas e fiéis trucidados pelo ódio anti-católico na até então campeã do catolicismo…

    O Eduardo deve se lembrar da famosa foto dos “legalistas” fuzilando a estátua do Sagrado Coração de Jesus (em Getafe?).

    Claro que a pressão da anticristã ONU e da UE (aquela que propõe o ensino da masturbação para crianças de0 a 4 anos) logo vai cair em cima dos que defenderam a religião católica da morte certa na Espanha.

    No final, a história, ou melhor, a História se resume a um eixo: a luta pela erradicação dos católicos do mundo e pela destruição da “insolente” Igreja Católica. E vão chegar muito perto.

    Estão quase lá, mas ainda falta cumprir a agenda “Imagine” de John Lennon: um mundo sem regras, sem leis, sem limites e sem religião. Tolerância para todos, prisão e morte aos intolerantes e … católicos.

    Se os militares lutaram pela salvação do que restava de católico e tradicional num país fundado e construído pelos jesuítas, que sejam punidos por este crime.

    A farsa segue o seu curso até que todo o mundo se una em torno de uma governança mundial, de uma “Autoridade Política Mundial” com poder de sangue para fazer valer as suas decisões e impor os seus “novos valores” radicalmente anticristãos.

    E olha que este lema acima foi retirado da antológica carta de Ratzinger em 2009, enquanto que ao mesmo tempo Medvedev apresentava em Aquila na reunião do G-20 o seu modelo para a moeda única mundial, basta pesquisar na web…

    Um mundo sem fronteiras, sem religião, sem valores, mas unido por um propósito comum: extirpar do mundo os recalcitrantes católicos, que hoje talvez não cheguem a 5 milhões de perplexos diante do tsunami daquilo que eles chamam de lama e esgoto.

    E tome aulas de masturbação para bebês na Europa!

  • Prezado Eduardo:
    Geralmente na vida aquele que faz o papel de” pau mandado” recebe às vezes uma paulada nas costas e os verdadeiros mandantes ficam numa boa. Está comprovado que as forças armadas do Brasil fizeram o papel de ” pau mandado “.Civis brasileiros com apoio de governo estrangeiro – leia-se Estados Unidos – jogaram os militares brasileiros neste triste, pesaroso, humilhante e vergonhoso acontecimento. 1° derrubaram um presidente eleito democraticamnete pelo povo. 2° – colocou um bom número de pessoas nas prisões, matando-as e torturando-as. Muitos civis ganharam dinheiro e ficaram ricos. Muitas empresas brasileiras foram vendidas a preço de banana podre para grupos estrangeiros, principalmente americano.
    A nossa economia entrou em decadência, a nossa dívida externa subiu às alturas. Nossa juventude ficou sem rumo e até hoje as cicatrizes daquela época estão aí para serem curadas mas continuam sangrando para muitas famílias e a nossa vergonha perante o mundo está a nos deixar cabisbaixos.
    Há uma pressão muito grande sobre as nossas forças armadas, mas não vejo pressão sobre os civis que de modo solerte tramaram o golpe, junto com os militares e foram os grandes beneficiados.
    Organismos internacionais e regionais ONU, OEA, Anistia Internacional faz pressão sobre o Brasil, mas, não vejo esses mesmos organismos fazerem pressão contra os EEUU. Este pais que financiou o golpe no Brasil, continua financiando golpes, destruindo paises, sequestrando mandatários, matando-os muitas vezes e o Tribunal Penal Internacional não diz um ái contra essa turma.Pelo contrário, a ONU aprovou o massacre na Iugoslávia, no Iraque, no Afeganistão e não condenou a matança e saque contra a Líbia.
    Não estou aqui de modo algum defendendo os golpistas, quero vê-los julgados, mas estou defendendo sim as nossas Forças Armadas. Elas merecem o nosso respeito. Alguns dos seus comandantes daquela época deram um péssimo exemplo para os mais novos e espero que os novos não sigam aquele exemplo. Digo isto porque estou sentindo que a direita está querendo jogar mais uma vez as forças armadas contra o povo Brasileiro. O imperialismo está cada vez mais sedento por mercados, basta ver como a nossa grande imprensa dá a notícia. ” O mercado está nervoso, o mercado não aceitou bem a decisão do governo, patati, patatá”

    • Aproveito o comentario do Valdir-Ba pra recordar que os militares foram manipulados por civis, sim, mas até certo ponto. As investidas dos EUA sobre o Brasil acentuaram-se em 1946. Os estadunidenses souberam aliciar uma crica de oficiais fasulas e paranoicos durante a campanha da FEB. O que não devemos — jamais — esquecer é o grande numeros de militares que pagaram um preço altissimo por horarem o juramento feito à nossa bandeira e recusaram trair o proprio povo. A lista dos cassados por aqueles parias foi enorme. Começa com almirantes, generais e brigadeiros até chegar aos praças das tres Armas   —  Homens de extraordinária envergadura moral e profissional serviram nas nossas FFAA. Dois, entre muitos: Luis Carlos Prestes e Gregorio Bezerra. Declarou Bezerra numa entrevista: «Prender e torturar preso político sempre aconteceu no Brasil. Infelizmente. Durante o Estado Novo houve muita morte e tortura. Era um Estado fascista. No Rio, comandava a violencia o chefe de polícia, Filinto Muller. Em Pernambuco era o Malvino Reis Neto. Ambos fascistas notórios. Nos demais Estados também não era facil. Entretanto, prender, torturar e matar presos politicos era uma prática exclusiva da polícia. Exército, Marinha e Aeronáutica não se desmoralizavam com ações indignas, obcenas. Não foi pequeno o número de pessoas trucidadas pelo terrorismo policial no Brasil. Mas não tenho a menor dúvida em dizer que, de 1964 pra cá, o terror repressivo foi várias vezes pior. Elementos das FFAA disputaram o privilégio de prender, seviciar e matar numa concorrencia macabra com a polícia política, ao contrário do que ocorria no Estado Novo. Grande parte dos quartéis foi transformada em camaras de tortura. Muitos, nas FFAA, não parteciparam nem aprovaram a repressão fascista. Sei de muitos comandantes que se negaram a praticar esses crimes. Mas é um fato que o atributo macabro da polícia política do Estado Novo foi disputado, repito, palmo a palmo, passo a passo, dia e noite. Todas as forças repressivas concorriam numa acirrada disputa criminosa: quem prendia mais, quem torturava mais, quem sabia matar mais e melhor nas sessões de tortura» (Gregorio Bezerra).

      • Recordemos o nome de um dos militares legalistas assassinados pelos parias golpistas.

        Flavio Aguiar: ”Vale lembrar um episódio de tentativa hoje tacitamente reconhecida para matar o Jango. Depois da aceitação da emenda parlamentarista, quando Jango partiria de Porto Alegre para Brasília, armou-se contra ele uma “Operação Mosquito” que consistia em interceptar o avião presidencial por caças da Aeronáutica e derrubá-lo.  Algumas articulações, porém, desmontaram a operação. A primeira partiu de Porto Alegre, articulada pelo então comandante da Base Aérea de Canoas, tenente-coronel aviador Alfeu Alcântara Monteiro (depois assassinado pelos golpistas em abril de 64 na mesma base áerea), e consistiu em difundir uma série de versões evasivas sobre plano de vôo do avião presidencial.

        
A segunda foi a articulação de sargentos e suboficiais, além de oficiais legalistas, em várias bases aéreas do país para impedir que caças levantassem vôo, como houve na de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, do mesmo modo que sargentos, suboficiais e oficiais legalistas tinham impedido, em 1961, que os caças de Canoas bombardeassem o Palácio Piratini em Porto Alegre.

        
A terceira – a surpreendente – foi a ação do então Chefe da Casa Militar do presidente interino Rainieri Mazzili, que fora Chefe do Serviço  de Informações do Estado Maior do Exército, pressionando os chefes da conjura a abandonarem a ideia. Este oficial chamava-se Ernesto Geisel.

    • E das milhares de torturas e assassinatos promovidos pela igreja católica na santa inquisição, você não vai falar nada, Ricardo?

      E das cruzadas que dizimaram milhões em nome de seu deus, o que você tem a nos contar?

      E dos golpes dados em governos legítimos e que foram apoiados pela igreja católica, você também não vai dizer nada?

      Cachorrão, cara de pau, safado, canalha.
      VTNC ricardo FDP!!!!

  • Ai, ai…

    Interessante, os juristas (sic) do Eduardo desconhecem a Constituição brasileira…

    TÍTULO II
    Dos Direitos e Garantias Fundamentais
    CAPÍTULO I
    DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

    Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)
    XL – a lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu;

    Tanto a convenção do boteco da esquina, o pé sujo lá da Costa Rica, quanto a lei que torna imprescritível o crime de tortura são posteriores ao fato no ordenamento jurídico brasileiro, durante o governo FHC, já nos anos 1990.

    Porém como todos os esquerdistas, os daqui consideram válidas apenas as leis que os beneficiam…

    P.S. Falando nesta excrescência chamada Comissão Interamericana dos Direitos Humanos, a tal da CIDH, tenho por ela o mesmo apreço que o governo venezuelano…

  • Prezado Eduardo!

    É inacreditável que depois de vencer 3 eleições presidenciais SEGUIDAS, o PT tenha apenas 87 deputados na Câmara de um total de 513.
    Se é assim no legislativo muito pior é o Judiciário. Aqui parece ainda prevaler a hereditariedade como garantia de nomeações. O mais cínico corporativismo e apadrinhamento.
    E se pensarmos no meio empresarial a coisa fica mais crítica. Qual o percentual de grandes e médios empresários que , de fato, apoiam o Governo? 1, 2 , 3%?
    Não escrevo sobre a mídia, pois seria perder tempo.
    Conclusão: Lula e Dilma são gênios ou santos…

  • Há que se punir os torturadores! Essa falsa premissa de punir os dois lados não condiz com a história. É sabido que a Declaração dos Direitos do Homem preceitua o direito de reação daqueles que estão sob ameaça de governos tiranos, e este foi o caso aqui no Brasil. A ditadura torturou, matou, cometeu as maiores barbaridades tudo em nome do Estado. Portanto, se foram os agentes do Estado que praticaram tais atos, não há falar em punir os dois lados… As técnicas aplicadas foram importadas em nome do Estado, a Operação Condor, o intercâmbio com as demais ditaduras latino americanas… A Justiça deve sim punir os ditadores em nome também do Estado.

  • ” Seja como for, cedo ou tarde o Brasil terá que dar uma satisfação à comunidade internacional sobre por que descumpre acordos que firma.”

    Diante do exposto, não cabe outra coisa. Não se trata aqui de opiniões, mas de fatos.

    Mujica elogia a forma como a África do Sul lidou com essa questão, numa entrevista no Canal LIvre, da Band, que passou à meia-noite de domingo, logicamente horário em que todos os trabalhadores dormiam e não puderam assistir.

    Mas, graças à internet, podemos assistí-la a qualquer hora e guardá-la para futuras gerações refletirem sobre política:

    http://www.youtube.com/watch?v=ZD_SvqFAJC8

    • Cadeia para todos q cometeram crimes!

      Militares, civis, assassinos de direita, de esquerda, torturadores e terroristas…

      Acho justo q os criminosos sejam responsabilizados por seus atos!

      Todos eles!

  • Pergunto: por que esse tal de Jair Bolsonaro ainda tem vez e voz na Câmara Federal???? Os tempos são outros…… Os”milicos” já não dão mais as cartas e este fulano, tão falastrão continua a nos envergonhar e rir da nossa cara……Ele representa uma minoria dessa maldita oligarquia que tanto infelicitou a nossa Nação….

  • A Lei de auto-Anistia de 1979 tem que ser revogada, pois essa lei foi feita pelos torturadores em pleno processo de tortura e ditadura militar.

  • Para começar, esse monte de merda Jair Merdonaro foi proibido pelo Presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (que só agiu assim depois de receber pressão das entidades de Direitos Humanos), de fazer qualquer pronunciamento em defesa do golpe civil-militar; ou seja, em defesa de um crime que derrubou um Presidente legalmente eleito e foi responsável por atrocidades monstruosas, como torturas, assassinatos e estupros, em centenas de brasileiros). A cerimônia teria apenas o pronunciamento da Grande Deputada Federal Luiza Erundina, que lembraria os cinquenta anos desse horror que assolou nosso país, impedindo o Brasil de construir o projeto de desenvolvimento autônomo e justiça social capitaneado pelo grande Presidente João Goularth, e como já dito foi o causador de atrocidades horrendas nos que tentaram resistir a tamanha barbaridade. Portanto, a primeira coisa a fazer é investigar o porquê desse pronunciamento ilegal de Merdonaro e como ele será punido. Quanto a essa “pesquisa”, só podemos constatar que A POPULAÇÃO PRECISA SABER O QUE DE FATO ACONTECEU. OU SEJA, PRECISA SER INFORMADA COMPLETAMENTE, TENDO ACESSO A FATOS E DADOS INQUESTIONÁVEIS, SOBRE AS MONSTRUOSIDADES PRATICADAS NESSE PERÍODO(NOVAMENTE O PROBLEMA DESEMBOCA NO CONTROLE DA OPINIÃO E DA INFORMAÇÃO : O QUE ESPERAR DE “INFORMAÇÃO” SE O QUE O POVO OUVE É A VERSÃO DO GOLPE CIVIL-MILITAR, E DAS TORTURAS QUE OCORRERAM DEVIDO A ELE, DADA PELOS QUE DERAM O GOLPE!?). SE TIVESSE ACESSO À INFORMAÇÃO VERDADEIRA, QUE RESPEITA À VERDADE FACTUAL, OS BRASILEIROS SABERIAM QUE SÓ UM LADO; O LADO DOS GOLPISTAS, OU SEJA, O LADO DA DIREITA, DA MÍDIA, DOS MILITARES, DOS EMPRESÁRIOS, DA IGREJA; TORTUROU, MATOU, ESTUPROU, SEQUESTROU, SEVICIOU AQUELES QUE FORAM POR ELE APRISIONADOS. O OUTRO ALDO, O DA ESQUERDA, EMBORA TAMBÉM TENHA FEITO PRISIONEIROS, SEMPRE OS TRATOU COM DIGNIDADE, NÃO HAVENDO NENHUM RELATO DE AGENTES DA DIREITA APRISIONADOS PELAS FORÇAS DE ESQUERDA QUE NEGUE ESSA INFORMAÇÃO. AO CONTRÁRIO, TODOS, INCLUINDO-SE OS TRÊS DIPLOMATAS SEQUESTRADOS, SÃO UNÂNIMES EM RELATAR O TRATAMENTO DIGNO QUE RECEBERAM. SÃO ESSES CRIMES; TORTURA, ESTUPRO, SEQUESTRO, ASSASSINATO, SEVÍCIA; QUE TÊM QUE SER PUNIDOS EM NOME DA JUSTIÇA E ELES SÓ FORAM PRATICADOS PELA DIREITA(OS ÚNICOS SEQUESTROS REALIZADOS PELAS FORÇAS DE ESQUERDA, DE DIPLOMATAS PERTENCENTES A PAÍSES QUE APOIARAM E PARTICIPARAM DO GOLPE, O QUE SIGNIFICA QUE NÃO FORAM SEQUESTROS DE INOCENTES, MAS ATOS DE GUERRA CONTRA INIMIGOS DO BRASIL; JÁ FORAM JULGADOS PELA DITADURA, OS RESPONSÁVEIS FORAM CONDENADOS E CUMPRIRAM SUAS PENAS NA ÍNTEGRA, PENAS ESSAS QUE NÃO FORAM EXTINTAS PELA HIPÓCRITA “ANISTIA”). São esses crimes de Lesa Humanidade, PRATICADOS EXCLUSIVAMENTE PELA DIREITA COMO MOSTRAM OS FATOS; que TÊM que ser punidos. Para começar, pelo Imperativo Moral de que os monstros responsáveis por tamanhas atrocidades, e os que os comandaram e financiaram, paguem pelo que fizeram. Em segundo lugar, pela justificativa jurídica de que tais horrores SÃO CRIMES CONTRA A HUMANIDADE, PORTANTO IMPRESCRITÍVEIS E NÃO POSSÍVEIS DE ANISTIA, COMO DETERMINAM OS INÚMEROS TRATADOS E CONVENÇÕES INTERNACIONAIS AOS QUAIS O BRASIL ESTÁ SUBMETIDO, POIS OS ASSASSINOU, ENTRE ELES A CARTA DAS NAÇÕES UNIDAS E A CONVENÇÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS(LEMBRANDO QUE TAIS PACTOS TÊM, SEGUNDO NOSSO DIREITO, O MESMO PESO DE NORMAS CONSTITUCIONAIS. SÓ ISSO JÁ É MAIS DO QUE SUFICIENTE PARA DERRUBAR A “LEI” DE “ANISTIA”, QUE COMO QUALQUER LEI INFRACONSTITUCIONAL NÃO PODE SUPLANTAR A CARTA MAGNA). E por último, vale novamente recordar que os que enfrentaram a ditadura, EM PRIMEIRO LUGAR não praticavam nenhuma ilegalidade, uma vez que a ONU, cuja Carta de Fundação o Brasil subscreve, portanto é obrigado a seguir suas Normas; garante aos povos o Direito de rebelar-se contra regimes tirânicos e ilegais, como a ditadura civil-militar brasileira, que derrubou do poder um Presidente legalmente eleito e instituiu um regime de força, que cerceou Liberdades individuais e casou direitos civis e políticos. Ainda assim, devemos repetir que esses os heróis que enfrentaram a ditadura, embora não cometessem nenhum crime, JÁ FORAM PROCESSADOS, JULGADOS E CONDENADOS PELA PRÓPRIA DITADURA, SENDO MANTIDOS NA CADEIA MESMO APÓS A “LEI” DE “ANISTIA”,. PORTANTO, MESMO QUE TIVESSEM COMETIDO CRIMES, O QUE NÃO OCORREU, JÁ FORAM JULGADOS, CONDENADOS E CUMPRIRAM PENA POR ELES. SÓ OS MONSTROS DA DIREITA, E SEUS COMANDANTES E PATRÕES, CONTINUAM IMPUNES, TRANSFORMANDO O BRASIL EM MOTIVO DE VERGONHA PARA TODA A AMÉRICA LATINA; QUE JÁ PUNE OS TORTURADORES, COMANDANTES E FINANCIADORES DAS INÚMERAS DITADURAS QUE ASSOLARAM A REGIÃO; E MOSTRANDO O QUANTO NOSSA SOCIEDADE DESIGUAL E ATRASADA É AINDA MAIS DESIGUAL, ATRASADA E PUSILÂNIME DO QUE IMAGINAMOS, UMA VEZ QUE OS QUE DERAM O GOLPE CONTINUAM IMPUNES, DEBOCHAM DAS LEIS E DO DIREITO INTERNACIONAL E TAMBÉM DE SUAS VÍTIMAS E DOS FAMILIARES DELAS; E AINDA CONTROLAM AS COMUNICAÇÕES PARA CONSEGUIR IMPOR SUAS MENTIRAS E SEU ESCÁRNIO NAS MENTES DE UMA POPULAÇÃO DESINFORMADA E ALIENADA, MERGULHADA NESSE ESTADO PELA DITADURA QUE ENTRE TANTAS COISAS HORRÍVEIS DE QUE FOI RESPONSÁVEL, TAMBÉM INTERROMPEU O PROCESSO DE PARTICIPAÇÃO POLÍTICA E DEMOCRATIZAÇÃO DAS MASSAS QUE CAMINHAVA A PASSOS LARGOS, OBRIGANDO-NOS A OUVIR DESSA POPULAÇÃO TELEGUIADA PELOS ASSASSINOS E TORTURADORES ABSURDOS COMO O ENCONTRADO NA TAL “PESQUISA”. É hora dos que pensam e têm vergonha na cara neste país saírem às ruas, antes que os débeis mentais saudosos da ditadura saiam de novo, EXIGINDO A PUNIÇÃO DESSA GENTE E A DEMOCRATIZAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DAS COMUNICAÇÕES, SEM AS QUAIS A OUTRA DITADURA, A MIDIÁTICA, NA VERDADE UM APÊNDICE DA DE 64, CONTINUARÁ A FOMENTAR HORRORES NAS MENTES DE CIDADÃOS VÍTIMAS DA DESINFORMAÇÃO E DA IGNORÂNCIA, QUE SÓ SERVEM PARA ESCONDER CANALHAS. HAJAMOS ANTES QUE SEJA TARDE PARA RECUPERAMOS A DIGNIDADE NO BRASIL.

  • Não tem peso diferente.
    Os militares com certeza mataram mais e torturaram mais.
    Mas muitos dos radicais de outrora, que hoje estão mansinhos, muitos deles na cadeia e alguns no governo, também cometeram crimes.

    Sem essa de “eles mataram mais”. Puna-se todos. cada um deve ser responsabilizado pelos SEUS crimes. Puna-se os assaltantes de banco e sequestradores do embaixador.

    Todos deve(riam) ser punidos. Mas a lei da Anistia está aí. O STF já julgou. Aproveitar esse “aniversário” para fazer barulho é perda de tempo.

    Pior é os guerrilheiros acharem que eles, com sua “luta” realmente derrubaram o regime. Presunção. O regime caiu por si, por que tinha que cair, por que o mundo mudou. Para nossa sorte.

    Essa baboseira de que vai ter outro golpe e blablabla é conversa fiada.

    Para tudo é necessário contraponto. Pessoas como os “PSOL” e Bolsonaro são necessárias.

    • Desconheço a existência de assassinatos por parte dos jovens guerrilheiros. Se abateram um ou outro, foi em confronto, para se defenderem, circunstância bem diferente dos sequestros e assassinatos por tortura, seguidos de ocultação de cadáveres inidentificados, em qualquer vala. TORTURA, que é um crime contra a Humanidade, com certeza a resistência armada não fez e não faria nunca, muito menos a desarmada. Não subestime tanto os horrores dos anos de chumbo. Foi uma luta muito desigual: de um lado, jovenzinhos idealistas, e de outro, a mão pesada e fortemente armada da repressão ensandecida. O capitão Lamarca, por exemplo, foi abatido aos 33 anos, e sua mulher, uma psicóloga, aos 27 anos. Boa parte de uma geração foi dizimada.

    • Não há motivo para se punir quem matou em combate. Mas a luta de todos que contribuíram para derrotar a ditadura ao lado do povo continua: os torturadores ainda vivos jamais encontrarão sua paz. Pois a tortura é crime imprescritível, regido por tratados internacionais dos quais o Brasil é signatário. A decisão do STF é ilegal, imoral, e cedo ou tarde será revista. Para desgosto dos que defendem torturadores. Quem viver verá!

    • Os sequestradores do embaixador já foram punidos. Alguns com tortura inclusive. Eu, sinceramente acho que se aparecer alguma vítima de tortura do “outro lado”, se deva buscar o culpado entre os ex-guerrilheiros sobreviventes. Mas acho dificil, viu caro sr.Nigro?

  • O meu entendimento é o seguinte:

    – Os golpista de 01 de abril de 1964 (dia da mentira), que alguns insiste em chama-los de Governo Militar, os quais tenho simplesmente como MILICIANOS, pois rasgaram a constituição e depuzeram um legitimo representante do povo BRASILEIRO, foram ilegais por todo os 21 anos.

    – Se são MILICIANOS não podem fazer leis.

    – Portanto a lei 6683/79 NÃO EXISTE.

  • Eduardo Guimarães, não há sansões para países que desrespeitam esses acordos ? O Brasil não obedece, e fica por isso mesmo ? Não há sequer um mecanismo de pressão ? E o ministro da justiça, que papel tem nisso ?

  • Teve excessos dos dois lados!

    Verdade que os militares torturaram, estupraram e assassinaram.

    Mas do outro lado também teve um monte de gente que foi torturada, estuprada e assassinada.

  • “TODOS, todos os que vc tenta absolver foram devidamente condenados por mais de um crime.”

    O crime por formação de quadrilha caiu, bem como o de lavagem de dinheiro.

    Sendo assim, muitos estão condenados por apenas um crime.

    José Dirceu, por exemplo, foi condenado por corrupção ativa mesmo sem que houvesse uma única prova do delito a ele imputado.

    A pena de José Dirceu é menor que oito anos e ele a poderia estar cumprindo no regime semi-aberto, mas ao invés disso está encarcerado a mais de quatro meses.

    É por essa entre outras que você é um mentiroso e miserável desgraçado, Romanélli.

    • Então, é isso o que vocês querem que a história registre, que o crime de quadrilha caiu (assim como que em 64 todos os que levaram eram inocentes e bonzinhos, que não agrediram, que eram democratas e que contavam com o poLvo ..ou os que hoje MATAM e trucidam, que eles seriam as “verdadeiras vítimas” duma sociedade mesquinha ..sei sei)

      A verdade já foi escrita, e todos entenderam MUITO bem o que se passou desde quando do aparelhamento do supremo petista ..graças a deus tudo foi televisionado, e eu vi tudinho o que foi levado em consideração pelos magistrados

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Quadrilha_(crime)

      ah me esqueci, das reuniões havidas entre Dirceu e Genoíno (confidenciado por Jeferson, Valdemar e até o falecido vice JOSE DE ALENCAR), provado em espécie pela grana que saltava em CARRO FORTE, tudo tudo não passava agora, segundo vocês, inclusive das reuniões de Delúbio com Marcos Valério, de reuniões entre amigos pra se jogar BINGO ou truco

      cinquina bélo !!!

      • Ainda não, seu Vale. Mas até o início de 2015 ele estará em regime aberto, travando o bom combate, como sempre fez, óbvio que ainda sem plenos direitos políticos. Mas o infame processo que o condenou será revisto e anulado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos de San José, o que talvez obrigue o STF a ordenar a instauração de nova ação em instâncias inferiores. Mas como a tese de crime de quadrilha já foi derrubada pelo próprio STF e, até lá, seus outros supostos crimes ficarão prescritos, Dirceu reaverá seus plenos direitos políticos. Poderá então se candidatar ao cargo de deputado federal ou senador, será eleito e voltará à luta política parlamentar da qual foi covardemente arrancado.

  • Rio de Janeiro, 2 de abril de 2014

    PROJETO: O DEPUTADO DO POVO

    Caros amigos (as) quase sempre os nobres deputados e senadores fazem o maior jogo duro, para votar projetos de interesse do povo brasileiro, pensando nisso, gostaria de sugerir um projeto: O DEPUTADO DO POVO, onde na câmera e no senado seria criado um mecanismo, para que o povo através da internet e telefone pudesse votar, e o seu voto seria computado como um voto de um deputado e de um senador. O bom desse DEPUTADO DO POVO, é que não teria patrão, e poderia decidir uma votação acirrada e de interesse do povo brasileiro. Está na hora do povo ter mais peso e representação verdadeira na Câmara e no Senado. Com isso, mais gente ficaria de olho no legislativo tanto na TV Câmera como TV Senado.

  • Então, com quem esta a verdade ? Porque a nossa presidenta correu a causar o pânico ao tirar o dela da reta ? Porque a atual diretoria da Petrobrás nem quer ouvir falar da antiga ?

    Valor pago pela Astra, mais divida fiscal, mais investimentos, mais liquidação de outros passivos, mais aporte de estoque e CUSTOS pela separação da sociedade, mais lucros retidos (se é que houve), sem duvida que tudo somado não poderia ter saído, para a venda inicial, e depois para a desfeita com a Petrobrás, pelo mesmo preço de aquisição feito anos atrás, não ?

    leiam este texto do Nassif ..claro que com os DOIS pés atrás, e cientes de que há mais duvidas do que esclarecimentos sobre esta e outras questões que cercam aquela Estatal

    ..inclusive sobre quanto esta sendo adiado e foi desviado em custos/cronogramas de seus investimentos ..sobre a explosão no preços das atuais refinarias que ainda nem começaram a operar ..na presença de soldados do FERNANDO COLLOR como dirigentes da BR distribuidora ..com os atuais diretores presos e ou demitidos..

    ..ou de quanto de subsídios falamos quando tratamos da tal defasagem e IMPORTAÇÃO de gasolina vendida com prejuízo no mercado local (este que esta desagregando toda a matriz energética, segundo muitos críticos), certo ?!

    fala verdade ??!! falta transparência, ética, consequência ..tanto pra quem critica, quanto, talvez, até pra quem defenda ..e nesse meio ficam os pequenos acionistas que, até agora, pagaram por ouro mas estão levando MERDA

    por LN

    É incompreensível a demora da Petrobras em divulgar números da Pasadena.

    Sem informações oficiais, virou papel passado a versão de que a Astra adquiriu a Pasadena por US$ 42,5 milhões e revendeu para a Petrobras por US$ 1,2 bilhão.

    ***

    Alguns pontos centrais sobre a operação, mas que carecem da confirmação oficial da Petrobras.

    A Astra pagou US$ 42,5 milhões pela Pasadena mas assumiu as dívidas fiscais e fez investimentos, antes de vender 50% para a Petrobras.

    Qual o valor dos dois fatores? Comenta-se que a dívida fiscal ascenderia a US$ 200 milhões e os investimentos chegariam a US$ 84 milhões. Assim, o desembolso total da Astra teria sido de US$ 322,5 milhões. Pelos 50% iniciais da refinaria, a Petrobras pagou US$ 190 milhões – um ágio de 18% sobre o investimento inicial da Astra. O lucro da Astra teria sido de US$ 28,8 milhões, adequado para remunerar o trabalho prévio.

    O que a Petrobras pagou efetivamente pela refinaria foi US$ 190 milhões pelos primeiros 50% e US$ 296 milhões pela segunda metade. No total, US$ 486 milhões. O restante corresponde a estoques existentes de petróleo – que foram refinados e vendidos – e custas judiciais. Houve um lucro de US$ 163 milhões para a Astra, mas ainda assim longe dos US$ 1,1 bilhão divulgado pelas denúncias.

    Desse montante, há que se abater o lucro que a refinaria deu no período e o seu valor atual. E também os investimentos feitos pela Petrobras. Sobre isso escrevo mais adiante.

    Havia duas cláusulas negociadas com a Astra: a put (pela qual um dos sócios poderia oferecer sua parte ao outro) e a Marlim (que assegurava à Astra 6,9% de rentabilidade). Ao contrário do que foi divulgado – por mim mesmo – a cláusula Marlim jamais foi acionada, porque só incidiria sobre os novos investimentos feitos pela Astra. E o motivo da disputa entre os sócios foi a negativa dos belgas de investir na refinaria.

    Na ação inicial contra a Petrobras, os belgas acionaram a cláusula put e queriam acionar a Marlim. O valor chegaria a US$ 320 milhões. A Justiça do Texas negou a cláusula Marlim. Com isso o valor caiu para US$ 296 milhões. Mas a Petrobras pagou caro, US$ 190 milhões, em custas judiciais.

    ***

    O que levou a Petrobras aos Estados Unidos foi a super-oferta de petróleo pesado, na ocasião, que derrubou seu preço em relação ao petróleo leve. Com isso, refinarias que estivessem preparadas para refinar petróleo pesado teriam uma boa margem de rentabilidade – referente à rentabilidade normal mais o diferencial de preços do pesado em relação ao leve.

    O mercado mudou totalmente com a crise de 2007 e com o fenômeno do óleo e do gás de xisto. Inverteram-se os preços e o óleo leve passou a ser mais barato que o pesado.

    Com isso, a Petrobras decidiu não mais investir na reestruturação da refinaria e ainda obteve ganho de rentabilidade, quando o barril de petróleo leve caiu para US$ 85/90 e o de refinado de petróleo subiu para US$ 105/110.

    De quanto é a rentabilidade da Pasadena hoje em dia? Seguramente maior do que no momento da compra, mas a Petrobras ainda não divulgou os dados.

    Por outro lado, mesmo não investindo na reestruturação da refinaria, houve investimentos na área ambiental e outras demandadas pela refinaria. Também não se conhecem os números.

    Tudo é suposição, pela demora da Petrobras em abrir os números.

  • …. pelos comentários de alguns reaças (rebolla et caterva) por causa do post, a “bofetada” que Jair Bolsonaro tomou de seus pares, atingiu de tabela aos reaças também !!

    … a solidariedade aqui dos fãs do deputado fluminense cheira a óleo de peroba !!

  • Essa foi demais. Para os petistas refletirem:

    “De tempos em tempos, o pensamento humano é submetido a reviravoltas. Velhas certezas viram lixo. Copérnico, por exemplo, esmigalhou a autoestima da humanidade ao revelar que a Terra não é o centro do Cosmo. Agora, num desafio a Copérnico, o PT sepulta o ex-PT ao converter Renan Calheiros no próprio Cosmo.”
    Josias de Sousa

    • Fico pensando: por que alguém precisa colar trecho de um texto opinativo em vez de dizer sua própria opinião? A opinião enfeitada desse colunista que se dedica a bater no PT 365 dias por ano significa o que? Nada além de uma opinião. Posso colocar aqui a opinião contrária de um sem número de pessoas. E daí? O que prova essa ideia torta e maniqueísta? Renan já foi aliado de todos os políticos, inclusive do PSDB. O pior é ver um colunista tucano acusando no PT uma relação que seu partido já teve com essa pessoa. Mas o que chama a atenção é que gente como você pensa com a cabeça alheia

      • Caro Eduardo,
        Essas figuras pensam e se expressam de modo tão igual que parecem ter saído de um curso de teletubbies. Aquele programa de televisão produzido para bebês e crianças. Precisam reproduzir as frases da outra choldra, de quem são seguidores porque os argumentos são tão válidos,” novos e inéditos” quanto os argumentos de Campos e Aécio para convencerem os eleitorado trabalhador a votar neles.
        Vi ontem a propaganda de Campos com senhora Marina. Aquilo é tão patético e infantil que senti vergonha!
        Dá para entender, porque a mídia direitista e seus asseclas se esforçam tanto para tirar o PT do governo. ” E aí, vamos conversar!”

  • Assim como puni corruptos e corruptores, financiadores de golpes devem ser cobrados também economicamente em uma ação regressiva, imprescritível e atemporal por suas responsabilidades.

  • Meus comentários estão sendo bloqueados!

    Percebo q o blog resolveu o seu problema ético de favorecer alguns comentaristas em detrimento da honestidade…

    Escolheu o caminho mais fácil… O dos covardes!

      • Dizer q vc optou covardemente por um caminho aético de deixar alguns comentaristas “da casa” ofenderem livremente aos dissidentes e censurar as respostas destes, não é ofensa…

        É a verdade!

        Está cheio de comentários ofensivos, inclusive com xingamentos, dos seus preferidos…

        Mas vc censura qualquer resposta à altura!

        Se isso não é covardia, o q será?

        • Meu caro, ninguém o chamou aqui. Este blog tem uma militância. Se você vai em meio a um grupo do qual discorda fazer provocações, não deve reclamar se alguém o retaliar. O que você quer é fazer auê, provocar as pessoas para quando reagirem você se fazer de vítima. Enfim, isso para por aqui. Não vou lhe dar essa moleza de ficar fazendo suas jogadinhas com a minha colaboração

        • Amigo vai no site da veja e escreva alguma coisa contra o psdb, por exemplo Alckimin deixa CANTAREIRA SECA, depois você vem aqui e fala da liberdade de expressão que encontrou lá. Se você não for troll verá como te fazem de idiota.

    • PEDRO, tú não valles nada mesmo. O blog tem dono, que publica o que quer. Talvez ele não queira se misturar a você, pois quem com porcos se mistura farelo come.

  • Se a lei da anistia cair temos que investigar também os crimes praticados pela esquerda na época!! Seqüestrar o embaixador dos EUA é crime, e crime hediondo, torturante!!

Deixe uma resposta