Jesus é petista ou tucano?

Crônica

natal capa

 

Na antevéspera do Natal, recitar votos de “Boas Festas” ou de “Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade” geralmente soa hipócrita e fútil. Os que rejeitam o festival cristão argumentam que a solidariedade e a tolerância não devem se fazer presentes em um só dia por ano, ou só nos dias que antecedem a comemoração do nascimento de Cristo, há supostos 2014 anos.

Não faltam argumentos para malhar o Natal. Aliás, há quem ridicularize até a comemoração do Ano Novo por decorrer da divisão do tempo em semanas, meses, anos etc., o que, de fato, não passa de uma estratégia criada pelo homem para tornar a vida mais suportável ao nos gerar a expectativa de que algo melhore com a suposta mudança de ciclo.

De volta ao Natal, quem há de negar que consumismo e demais futilidades que envolvem a comemoração ocidental relegam o sentido estrito dessa comemoração a segundo plano? E, como se sabe, vaidade, cobiça, inveja, rancor são convivas das festas natalinas, de Ano Novo ou de qualquer outra festa de congraçamento.

Ligar essa data sagrada e cultuada no Ocidente à hipocrisia é uma tentação quase irresistível, mas mesmo os que criticam a festa e o “espírito” natalinos, em seguida às críticas saem correndo para comprar presentes para os familiares com os quais dividirão um banquete.

Aliás, o Natal se desvirtuou tanto de seu sentido original que até agnósticos e ateus comemoram. Já presenciei festas de Natal que tocam pagode, rock etc., antes ou depois da rápida oração que precede a comilança. O nível radicalmente diminuto de religiosidade na média das festas natalinas permite que quem não comungue daquela crença participe da comemoração sem maiores constrangimentos.

Apesar de ser difícil discordar das acusações de hipocrisia e futilidade à festa natalina, já caminhando para a sexta década de vida concluo que, apesar dos pesares, é melhor que tenhamos ao menos alguns dias por ano em que viceje a lógica de que, nesse período, deve-se dar uma segunda chance aos desafetos, deixando crescer a tolerância.

Esse período de congraçamento, porém, tem um preço: exige relativização de nossas crenças mundanas, sobretudo político-ideológicas. Para entender, façamos uma reflexão.

O primeiro grande socialista da história foi Jesus Cristo. Ele pregava igualdade, fraternidade, piedade, amor ao próximo, dar a outra face, tudo que o capitalismo rejeita em nome de uma lógica, de uma “racionalidade” capaz de contemplar, impassível, a miséria e os demais sofrimentos sociais mais profundos.

Contudo, deixar de reconhecer que já vi capitalistas empedernidos permitirem-se gestos de generosidade que muitos ditos socialistas não se permitem, seria hipocrisia. Acho que quase todo mundo já conheceu um conservador e entusiasta das teses liberais cuja decência é impossível negar.

Claro que se formos tratar de ideologia, a de esquerda é muito mais compatível com a Daquele que Aniversariará a partir da hora zero da próxima quinta-feira. Contudo, adeptos de uma ideologia nem sempre – para não dizer raramente – agem de acordo com as crenças alegadas.

Mas devido a ilusões de superioridade moral de lado a lado, o Brasil vive um momento de profunda divisão político-ideológica. Mais do que isso: há ódio gerado pela política. Ódio profundo, visceral, acalentado por facções que chegam a extrair prazer desse ódio.

O que é curioso é que, apesar de o cristianismo ser uma ideologia religiosa muito mais condizente com o socialismo, é mais abraçado pelos conservadores e, por isso, mais rejeitado pela média dos progressistas, geralmente reativos à fé religiosa por manter legiões conformadas com penúria social.

Se Jesus Cristo caminhasse hoje pelo Brasil, porém, imagino que não seria petista ou tucano – ou de qualquer facção política.

Nenhum socialista brasileiro abre mão do conforto dos bens materiais, assim como nenhum capitalista. E, apesar de os socialistas pelo menos condescenderem com a justiça social, dificilmente alguém os verá abrindo mão de seu próprio conforto em prol dos desvalidos.

Se Jesus estivesse entre nós, o mais provável é que fundasse um partido político e se candidatasse a presidente, ainda que para ser derrotado. Se a ideologia cristã virasse ideologia política, diriam que quebraria o Brasil ou que seria “demagógica”.

Para este que escreve, portanto, o socialismo ainda é o caminho mais decente para o homem em um mundo em que as injustiças sociais se aprofundam, gerando guerras, crimes, ódios, rancores, invejas, cobiças… Porém, por não ter título de propriedade da “verdade”, posso estar errado. Desse modo, penso que o Natal pode ser útil a uma reflexão pacifista.

Teria o espírito natalino o condão de fazer com que petistas e tucanos tivessem um gesto de tolerância uns com os outros pelo menos durante as horas de um ou dois dias?

Para petistas e tucanos que têm fé religiosa seria mais fácil conceder essa trégua para reflexão, ainda que com dose de sinceridade incerta. Para os de pouca ou nenhuma fé, suponho que seria mais difícil.

Equilibrando-me entre os de muita e os de pouca ou nenhuma fé, prefiro refletir que Jesus não é – nem seria, se aqui estivesse – petista ou tucano. Essa fé residual, pois, instiga-me a propor a você, que concorda comigo ou que diverge, a que reflita sobre uma disputa entre petistas e tucanos que já beira a insanidade.

Por inócuo que possa ser este chamamento, fazê-lo aplaca-me a consciência. E para que não seja de todo hipócrita, tentarei recolher mais tolerância de algum lugar da alma. E meus motivos são menos generosos do que parecem. Penso que o aumento da dose de tolerância à divergência pode melhorar este país e, portanto, a minha própria vida.

Enfim, foram só algumas reflexões antes de ir ajudar a esposa com os preparativos da ceia que iremos oferecer aos nossos filhos, e aos filhos deles, ao fim da noite desta quarta-feira 25 de dezembro, quando estaremos todos reunidos.

Termino esta reflexão com um presente aos amigos do Blog: quero lhes mostrar o futuro, contido na imagem angelical (abaixo) de minha neta Lorena, a Lolô, de um ano e oito meses, a quem desejo legar um Brasil melhor tanto quanto deseja qualquer petista ou tucano a seus filhos e netos, ainda que ambos enxerguem caminhos diferentes para atingir tal objetivo.

Feliz Natal, pois!

 

Natal 1

223 comments

      • Prezado Eduardo.

        Paço licença para embarcar na sua resposta porque não vi o link para comentário, para desejar-lhe boas festas em harmonia e felicidades com os seus familiares e parabeniza-lo pela sua valentia na luta incansável em defesa dos direitos do povo brasileiro, eternamente atacados e ultrajados, parcialmente, minimamente valorizados nos anos recentes, e para dizer que considero inadequado falar em polarização (guerra) entre PT e PSDB. Acredito que essa guerra deve ser criticada e combatida, como vc diz no texto, mas é uma guerra entre militantes do PT e gente influenciada pelos meios de comunicação oligopolizados. De um lado, são militantes de um Partido (com “P” maiúsculo) político e de outro estão aglomerados coxinhas, fascistas, reacionários de toda a espécie, oportunistas como Lobão, mercenários como Zé Serra e FHC e até pessoas de boa formação convencidos de que o pais está sendo governado por um partido político eleito e reeleito composto por elementos corruptos da pior espécie. Excetuados os dois mercenários citados, os demais não são movidos por ideologia de militância, muito menos por aderência às crenças políticas do PSDB, que não tem crenças nem princípios. Seria melhor definido como um BANDO que como um partido. Duvido que alguém converse com esse cara que morde a bandeira ai na foto e consiga identificar nele alguma motivação ideológica. Provavelmente encontrará um vazio de ideologia preenchido pelos “evangelhos” pregados diariamente pelos comentaristas “de programa” da mídia venal. Por isso eu considero que é mais apropriado falar em uma luta de um partido contra tudo e contra todos porque a esculhambação institucional criada pela lei da plutocracia eleitoral em 1997 e a falta de regulamentação dos artigos da CF que tratam dos meios de comunicação é a verdadeira responsável por esse estado de beligerância, próximo de uma guerra civil, em que vivemos.

        Feliz 2015.

    • Que netinha linda, Eduardo! Essa menina é melhor ilustração possível para os votos e a esperança de dias melhores para todos nós!

      Um rande abraço (não sei por que, em meu teclado não está funcionando a letra que fica entre o “F” e o “H”…

  • Edu um feliz natal para você e sua família e também para os amigos (as) do blog.

    FELIZ NATAL PARA O MUNDO (Cláudio José)

    Vou botar o meu sapatinho na janela

    Chegou o natal, é hora de comemorar

    O menino Jesus nasceu para amar e perdoar

    Minha casa, é sua morada, minha família espera sua visita

    Jesus meu salvador, venha me visitar essa noite

    Jesus meu salvador, venha abençoar o meu lar, amigos e parentes

    É natal, noite feliz! É natal! Noite iluminada pelo anjos

    Que o mundo celebre em paz, o nascimento do filho de Deus

    Que o mundo não esqueça, daqueles que estão sofrendo

    Que o mundo comemore o seu nascimento, e seus ensinamentos

    Jesus vive! Jesus é o nosso salvador! Jesus derrame o seu amor

    Feliz natal! É o nascimento de um novo tempo, de paz, amor e muita saúde, para o mundo inteiro!

  • Edu,
    o Uruguai não é um país católico, ou não se diz católico como o Brasil. Foi lá, no entanto, que aprendi muito do que o nosso mundo precisa: moderação nos usos e costumes, não consumismo, fraternidade universal. Lá tem pessoas humanas( não um Jesus Cristo, fique claro) como o Mujica, que devemos aprender a seguir…Não acredito que Jesus Cristo deva voltar para melhorar o mundo… Ele tem aqui seus profetas…

    • Verdade, Roque. O Uruguai me passa paz, respeito ao próximo, simplicidade. Valores que precisamos muito mais do que o carnaval e agregados. E, ainda por cima, tornou-se um país menos hipócrita recentemente, né? Acho que sabe ao que me refiro…

  • Fabuloso e honesto texto.
    Iluminando o texto essa lindíssima menina. Deve ser a ”neta-xodó”.
    Que o Espírito do Natal esteja contigo e os seus, meu caro Eduardo.
    Belíssimo gesto pregando a “possível boa vontade” ás denominações partidárias e não só “… a paz na terra e aos homens de boa vontade”.
    Fraternal abraço por esses dias de congratulações e pelos muitos que teremos nesse BLOG da Cidadania.
    Salvador

  • Edu, ontem ao acessar o blog, sem querer fui levada ao Twitter e deparei-me com a foto da Lolô. Fiquei apaixonada! É lindíssima e parece um anjo! Meus parabéns e que Deus proteja a Lolô! Feliz Natal para você e toda a família e um beijo especial na Victoria! Obrigada por tudo que nos tem mostrado e instruído!

  • Antes de tudo. Que coisa fofa e linda esta sua neta. Parabéns pela netinha, são estas coisas que nos dão força para lutarmos.

    “O primeiro grande socialista da história foi Jesus Cristo.”

    Concordo plenamente. O Cristianismo tem muito a ver com o socialismo, na questão da justiça social, na igualdade, da luta pelas minorias, na não discriminação do ser humano, na não exploração do homem pelo homem, etc. O capitalismo prega o cada um por si, a exploração do homem pelo homem, o individualismo, etc. O que eu acho totalmente contrastante é ver um capitalista extremamente fundamentalista e cristão, desses que se acham melhores do que os outros, ricos, exploradores, escravagistas, machistas, etc.

  • Só a imagem da criança tão linda nos comove como se garantisse melhores dias. E o texto é bem adequado para o que estamos vivendo. Apesar dos pesares, sigamos a expectativa do olhar infantil para manter nosso otimismo incorrigível. Boas festas junto à família. Eu e muita gente agradece por mais um ano do Blog da cidadania. Um feliz natal!

  • Feliz Natal, Edu e família.

    E sua neta realmente é um anjinho.

    Quanto a vc estar certo ou errado em relação ao socialismo, digo que está, certamente, errado por causa da forma como vc escreveu.

    Nós, humanos, temos uma irritante mania de achar instintivamente, que chegamos ao ápice da nossa cultura e civilização. Que não há mais nada a ser conhecido ou a ser criado.

    Hoje, pode parecer que alguma forma de socialismo seja o melhor caminho para a humanidade. Mas algo diferente e potencialmente melhor certamente será imaginado no futuro. O socialismo apenas parece ser melhor do que a alternativa capitalista.

    Aliás, não é realmente correto contrastar socialismo e capitalismo. Eles não são da mesma espécie. Um é modo de organização da economia, o outro, sistema de organização social. É claro que o modo de organizar a sociedade afeta o modelo econômico e vice-versa, mas é perfeitamente possível – e existem países assim – unir socialismo e capitalismo.

    É interessante que a ideia de que as duas coisas são mutuamente excludentes foi criada pela direita. Se vc ler Marx, verá isso claramente, pois o sistema tanto socialista como comunista utilizam o capitalismo como base. Tudo o que fazem é LIMITAR esse capitalismo, eliminando as diferenças sociais que produz, num caso e, no outro, eliminando a propriedade privada dos meios de produção.

    Essa propriedade, no comunismo, não passa a ser estatal, mas sim coletiva. A propriedade das empresas passa a ser de quem trabalha nelas e não de quem as comprou ou criou..As trocas, o investimento, o lucro, o empreendedorismo CONTINUAM a existir.

    Só que deixam de ser privilégio de uma classe e a riqueza não se acumula nas mãos de poucos como no capitalismo sem controle.

    E aqui cabe perguntar qual a razão para alguém fingir que comunismo/socialismo e capitalismo são mutuamente excludentes e incompatíveis?

    A resposta lança mais uma luz sobre o pensamento verdadeiro da direita. Eles estão se lixando até pro capitalismo. Defendê-lo não é questão de princípios. É apenas um meio de defender os privilégios que ele cria ao permitir a acumulação incontrolada de riqueza nas mãos de poucos.

    O grande problema deles com o comunismo não tem absolutamente NADA a ver com aquela BOBAGEM que inventaram sobre “coletivismo”, que vemos os discípulos de Olavo e Constantinos vociferarem por aí. Nem com “meritocracia”, nem com “direito natural” e nenhuma das muitas e muitas criações artificiais pra tentar pintar sua escolha com um ar marginalmente menos vil e egoísta.

    Defendem a propriedade pra EXCLUIR a maioria da possibilidade de obtê-la e, assim, manter o privilégio que possuem em virtude de seu monopólio.

    Pouquíssimos, na prática, podem ser proprietários dos meios de produção. Aliás, em comparação com o tamanho da humanidade, o correto seria dizer que quase ninguém pode sê-lo.

    E isso não é acidental. Não é um “efeito colateral”, mas o desejado.

    E não me refiro aos trouxas que compram ações e pensam que se tornaram capitalistas, pois o modelo societário nada mais é do que uma enganação, uma forma que os capitalistas criaram pra não terem que usar – e arriscar – a própria riqueza pra aumentar seus lucros, vendendo a ilusão de que “qualquer um” pode ser capitalistas como eles. E, de quebra, ainda ganham uma nota especulando na bolsa em cima desses mesmos trouxas.

    Enfim, deixando a tangente de lado, o importante é que o socialismo não é o melhor caminho, mas apenas o melhor inventado até agora, o único capaz, atualmente, de controlar o capitalismo e corrigir as distorções que ele provoca, TIRANDO-O das mãos de uns poucos e colocando-o a serviço da sociedade, sem sacrificar o seu dinamismo e sua capacidade de criação.

    Não podemos dizer que algo melhor não aparecerá e, portanto, não podemos dizer que o socialismo é o melhor caminho. Mas podemos dizer, com segurança, que o capitalismo sem controle social, sem direção e sob controle do capital (que funciona igualzinho a um vírus!) é a pior das alternativas viáveis hoje.

    Por fim, boas festas aos amigos comentaristas e suas famílias!!

  • Na psicologia Junguiana a figura da criança é o símbolo da totalidade, inteireza e nada melhor que a foto de uma criança que representa o Devir Amor, Alegria, Vida para nos fazer despertar nossa criança interior. Edu muita Paz e Saúde pra você e a família que só faz crescer.

  • Discordo de você Edu. Se Jesus estivesse encarnado entre nós brasileiros não fundaria um partido e com toda certeza seria um petista renhido.

    Jesus é bom porque é muito inteligente e possui aguçado senso moral, aliás, bem mais que nós, daí, lógico que entenderia que o Partido dos Trabalhadores faz todo o bem possível para o povo, dentro das regras do jogo democrático.

    Jesus quando esteve na Terra ficou ao lado do povo, assim como faz o PT.

    O Mestre distribuiu o pão assim como faz o Governo Dilma.

    O Cristo, embora fosse o maior de todos, nunca esqueceu os humildes, assim como faz Lula.

    Por isso posso afirmar, sem medo de errar. Jesus seria um petista, não de carteirinha, mas de essência.

    Um grande abraço Edu.

    • Jesus criticou os fariseus, Jesus criticaria os tucanos, pois teria a certeza de que os tucanos não querem o bem do povo.
      Aécio Never, Nosferatu Cerra, finado FHC, Picolé de Chuchu (chiiiii, tá difícil lembrar um nome de um tucano bom, isto é lenda urbana criada pelo PIG). Tenho certeza que Jesus Cristo não ficaria ao lado dos fariseus, ou seja, dos tucanos.

    • Wilson, meu amigo,
      Como vai você?
      Estou com saudades! Acabei de postar uma mensagem de Natal para todos e em especial para você!
      Tudo de bom em 2015 e mais um pouco pois sei que és merecedor!
      Abraço carinhoso
      Maria Antônia

      • Você é sempre muito humana, Maria Antônia.

        Desculpe-me, mas todo fim de ano fico arredio e jururu. Detesto festas de fim de ano, não vejo graça alguma nessa comilança e bebilança desenfreada, onde nós entramos com a gula e os animais entram com a vida.

        Espero que você seja bastante feliz nesse ano que vem e nos outros também, embora não acredite muito nisso porque a felicidade, infelizmente, não é desse mundo.

        Abração em você e no mano Jeffrey.

  • Prezado Eduardo,

    Desejo a você e a sua família um Feliz Natal, bem como a todos os leitores e as suas famílias.

    E também a Dilma, ao Brasil e ao mundo.

    Jesus exemplificou a fraternidade em todos os gestos de sua vida e pergunto:

    Existe fraternidade entre os homens quando alguns concentram quase toda a renda e bens materiais do planeta e milhões, bilhões, vivem à míngua?

  • Se Jesus estivesse entre nós … seria ele um grilo falante, rsrsrs ??? Feliz Natal colega !!! Que você tenha bastante luz para continuar colocando suas opiniões e juntamente com todos aqueles que o acompanham, descortinar as verdades para melhor compreensão do nosso país .. Linda sua netinha !!! Abraço e bom Natal a todos …

  • Eduguim, tomei a liberdade de postar parte deste seu estupendo texto no blog “Balaio do Kotscho”, com os devidos créditos, obvio. Feliz Natal a todos !!!!

  • parabéns Edu, que coisinha mais linda e abençoada.
    Feliz Natal e um maravilhoso 2015, com muita saúde, paz e sucesso
    dê um beijão na Victoria

    forte abraço
    Ricardo Grillo

  • Edu, Parabéns pela Neta é muito linda. Também pela qualidade do texto, o qual espero que toque alguns corações endurecidos pelo dia a dia de consumo, ou da própria sobrevivência e tenham sentido a relevancia de, parar e refletir o momento que voce criou com estas palavras. Feliz Natal e ótimo ano novo.

    vicente caliman sp

  • Edu, a despeito de tudo que disseste e concordo plenamente contigo desejo-te um Natal de muita luz e que o próximo ano seja de realizações em tua vida pessoal e profissional. Meu abraço e um beijo na Vitória.

  • Sabe, Eduardo, são tantas as ciladas que armam, há 12 anos, contra o governo que mais fez pelos carentes, que só vejo mesmo a mão de Deus para defendê-lo. Só um milagre explica o governo ainda não ter caído. São tantos poderes constituídos legalmente ou não contra o PT. Como Deus é um Deus de justiça, embora eles tramem 24 horas por dia, não conseguem seu intento final, porque na hora chave, são desmascarados. Creio que o governo deve continuar nessa linha: primeiro os pobres. Aliás, lembro-me muito bem, no seu discurso, depois de ter vencido a eleição do seu segundo mandato, Lula disse algo semelhante a isso: “São os pobres que precisam do estado”. Agora fico refletindo. O dia que não tivermos mandato presidencial, espero que isso esteja bem longe de acontecer, com certeza, perseguirão nossas ex-autoridades. Acredito eu que esta perseguição será muito cruel.

  • Feliz Natal para todos que creem num Brasil melhor para todos. Sejam de que crença e partido forem. E um abraço especial para você, Eduardo, por fazer a diferença no mundo.

  • Prezado Eduardo:
    “Não faltam argumentos para malhar o Natal. Aliás, há quem ridicularize até a comemoração do Ano Novo por decorrer da divisão do tempo em semanas, meses, anos etc., o que, de fato, não passa de uma estratégia criada pelo homem para tornar a vida mais suportável ao nos gerar a expectativa de que algo melhore com a suposta mudança de ciclo.”

    Beleza de texto o que você escreveu.

    Sugiro a você e aos leitores que abram o link abaixo. Vão encontrar uma verdadeira maravilha. Conheço esse livro há mais de 30 anos. Beleza pura. Com relação à sua frase que coloquei entre aspas, sugiro que leiam o capítulo 18 do livro de Mirdad.

    http://patedemente.files.wordpress.com/2013/04/o-livro-de-mirdad.pdf

    Um abraço e boas festas para todos.

  • Edu, você é um querido. Não o conheço pessoalmente, mas espero um dia poder fazer isso. Obrigada por todo o bem que faz ao nosso País, obrigada por aliviar meu coraçao nos momentos em que achei que estava tudo perdido, encontrei em seu blog todo o apoio e credibilidade que precisava. Obrigada pela sua coragem, garra, você é um brasileiro que faz e merece todo o respeito.
    Desejo a você e sua família tudo de melhor e saibas, Deus existe e Jesus lhe inspirou, porque assim como ele você luta pela justiça e pelos injustiçados.
    Feliz Natal!
    Abraços,
    Giana

  • Prezado Eduardo
    Ao cumprimentá-lo e à sua família desejando boas festas e muitas alegrias, quero agradecer porque voce continua a combater o bom combate com persistência e lucidez em meio a esta luta política que cada dia mais nos assombra e causa desconforto pela insensatez da guinada à direita inclusive dos jovens e de muitos “intelectuais”. Tenho repassado suas cronicas aos meus alunos porque acredito na possibilidade de que as idéias tenham a força de pelo menos fazer pensar e racionalizar o momento político singular que vivemos.
    Abraços
    Maria José

  • Que menina linda Eduardo. Que Deus abençoe e guarde.
    Com relação ao post, você externou de maneira claríssima o que penso.
    Como diria nos meus tempos de adolescente… ”Edu, você matou a pau.”

  • Ola Edu.

    È inócuo desejar um Feliz Natal para vc e Família, mas vem cá
    bem que vc gostaria de comer um tucaninho no espeto, daqueles
    que comemos em outubro?

    Felicida Eternas para todos e todas!

  • Que neta linda Eduardo.

    Desejo a você e a toda sua família, Boas Festas e um Ano de 2015 com muitas alegrias, saúde e sucesso profissional.

    Desejos que estendo a todos os leitores do blog da Cidadania, este espaço de discussão e defesa de um país mais justo e decente para todos os brasileiros.

    Que o bom senso prevaleça no próximo ano, que nossa mídia repense suas ações e deixe de envenenar diariamente nossa sociedade motivada projetos pessoais de poder ou por puro preconceito.

  • Edu,

    Feliz Natal para você e toda esta família maravilhosa, um beijo muito especial na “Princesa Vitória”. O ano não foi fácil e com certeza 2015 não será muito diferente mas juntos faremos a diferença. Vamos continuar trabalhando por um Brasil mais justo e fraterno, mesmo que alguns não queiram.

    Feliz Natal e um Big 2015. Paz e bem

  • Olá boa noite prezado eduardo acompanho sempre o seu blog e o admiro muito por trazer reflexões importantes para o nosso dia a dia. Aproveito a oportunidade para lhe desejar um feliz natal e um próspero 2014
    Para vc Esua família e atidos os brasileiros
    Claudio emilio fortaleza

  • Oh Meu amigo. Dissestes muitas verdades. Eu diria que a bondade não se mistura com partidos políticos,
    religiões ou ideologia. Quem faz politica partidária, como foi dito acima, no máximo ,procura ser justo, mas não abrem mão do seu bem estar em favor de ninguém.e no minimo só pensam em si; As religiões estão infestadas de interesseiros,que só pensam em amealhar na sua conta e os ingênuos que se virem como puderem. Na politica pergunto eu: De que valeu a honestidade e a lisura do senador Suplicii, por todos esses anos se não para si e para a família, e para a História é claro. .Mas foi preterido diante de Jose Serra. Mesmo com todas as criancices proveniente do seu espirito jovial, não encontro explicações. A mente humana tem razões que a própria razão desconhece.Sabemos quão influencidos são os eleitores pela má imprensa . Mas ela ha e Haverá.

  • Prezado Edu,
    Provavelmente já conheces, se não, segue uma dica: o livro VIDA, de Paulo Leminsky, com as biografias de Cruz e Souza, Bashô, Jesus e Trotsky.
    Saudações e Feliz Cidades !
    Roger

  • O Amor ao próximo é o melhor caminho. Não importa a “tribo” : cristão, judeu, muçulmano, hinduísta, budista, ateu…O próprio Mestre Jesus ensinou ” a casa de meu Pai tem várias moradas”.

    Edu, Feliz Natal pra vocês e obrigada por mais este ano juntos.

    Feliz Natal pra todos os seguidores do blog.

    Liduina

  • Eduardo, que princesa mais linda!!!! Parabéns!!!
    Desejo a você e toda sua família um Natal de muita Luz, Paz, Amor, Saúde,Harmonia e muitas Alegrias…
    Que esse ano de 2015 seja repleto de bençãos e de muito sucesso.
    Obrigada pela sua amizade, obrigada pelos seus textos maravilhosos, que muitas vezes nos acalentou nas horas mais difíceis .
    Que Deus abençoe e proteja a nossa querida Victoria.
    Abços
    Clarice

  • Preciosa reflexão. Agora, aos 85/86 anos, tenho de relembrar dos meus tempos de criança, adolescente e jovem. Era época em que o deus mercado nada tinha a ver com Natal. Pois a figura plena e central ligava-se à religiosidade. Fosse na Ceia, na Missa do Galo e no peeriodo entre 25 de dezembro e 6 de janeiro, Festa dos Santos Reis, o Menino Jesus era o Deus Menino. Portanto, viviamos num mundo antipoda ao do deus mercado atual. Dito isto, dirijo-me ao criador do Blog da Cidadania. Minha Família e eu o agradecemos. Por todo seu desempenho social e humanista de 2014. Garante-lhe a ele, à sua Família e nós seus leitores o mérito, a honra de confirmar-se como defensor da unidade, verdade, bondade e beleza da Vida plena. Mas, de modo muito peculiar em sua diuturna porfia de paladino pelo Bem Comum dos Brasileiros. Que todo esse seu trabalho siga a ser alicerce de Paz, Harmonia, Convivência democrática, geradora de planos amplos e de sonhos iluminados em busca de melhores caminhos, sejam rumo à Utopia, sejam no labutar para conquistarmos mais e melhores vitórias, em 2015.

  • Edu, esse ano, depois de muita revolta com o PIG, resolvi escrever onde pudesse. O seu blog é o espaço mais democrático e humano de todos.Eu percebi que ele se completa com os seus comentaristas, Um não existe sem o outro. Parece que a gente se conhece pelos nomes. Então,cara, feliz natal a você, sua família, e a todos os companheiros.

  • Feliz Natal Edu, à voce e a todos da família. Um grande beijo na Vitoria, que ela continue alegrando sua vida e da família. Que ollhos lindos da sua netinha, parabéns.

  • Feliz Natal a você, Edu, com energia renovada na direção da solidariedade humana e coerência pela liberdade não condicionada a interesses menores. Um abraço a você e família.

  • Sua neta é linda! Parece com a sua filha, mãe dela.. Quanto à tolerância, sinto muito mas não dá para tê-la com animais como esse da foto, o qual, mostrando o nada que é, morde uma bandeira de um partido de que discorda, apesar de nem ter capacidade de explicar porquê, e age como a cavalgadura que é. Esse e os da laia dele, só entendem a agressividade como meio de ensiná-los a serem tolerantes. Discordo somente de seu texto no que diz respeito aos socialistas não “abrirem mão” de seus bens materiais. A questão é um pouco mais complexa, é claro que não nego o natural e imenso egoísmo humano, mas aqueles de esquerda, que são humanos também, ao menos têm a preocupação, ou afirmam tê-la, de construir uma Sociedade mais justa, como política coletiva. É claro que isso não os exime de seus egoísmos e mesquinharias, são tão humanamente mesquinhos quanto todos os outros, mas ao menos dar aos que de fato acreditam no que dizem a característica de se preocuparem com algo mais na vida do que a mera sobrevivência material, o que já é raro em nosso mundo. Feliz Natal! Muitas alegrias para todos os seu familiares! Saudações.

  • Para ti e tua família Eduardo, meus votos de Feliz Natal e Próspero Ano Novo. Estendo meus votos a todos os
    companheiros desta longa e dolorida jornada. Que o espírito do Natal nos acompanhe neste novo ano que vem chegando. Abraços a todos. E Eduardo, um beijo especial para tua princesa guerreira.

  • Estimado Eduardo, muito obrigado pelo excelente post. Creio que levará muitas pessoas a uma séria reflexão sobre as atitudes que elas têm tomado. A sua neta parece um anjinho que desceu do céu. Nos dá esperança em um futuro mais fraterno e mais igual para todas as pessoas.
    Feliz Natal e um 2015 de muitas graças e bênçãos de Deus.
    Abraços afetuosos para você e a sua família.

  • Caro Edu

    É muito difícil fazer um comentário sobre o post se no final aparece um amor de criança! Vida longa e prospera à sua família!

    Mas… Respondendo a vossa pergunta… Eu afirmo: Jesus seria petista; Se fosse tucano não seria preso e condenado à morte na cruz!

  • Bem! Bom!, repercutiu e soou assim na minha cuca seu presépio de Natal no Blog da tão ensejada e esperada cidadania. Candomblecista e militante negro, agradeço o Axé (a energia que liga a ascendência com a descendência) maravilhoso e retribuo. Quando, logo depois do primeiro turno, quando foi publicada a pesquisa dos 17% em favor do Aécio, fiquei desconcertado e não sabia como iria contar para a minha mulher. Antes que ela acessasse tive que falar e ela começou a chorar. Meio desorientados (desesperados, na verdade), acessamos o Blog e recebemos um alívio inimaginável para quem não sabe o que sofremos. Resumindo: OBRIGADO VOVÔ NOEL.
    PS. O revenhón bem que poderia ser na mansão ou no triplex do Lula.

  • O mais bonito no natal é quando chega esse dia e comemoremos, com luta que tivemos o ano todo para tornar, não a nossa vida, mas a vida de nosso semelhante muito melhor. Isso é o que tem feito esse blog, como também o Nassif, Fernando Brito, Paulo Henrique Amorim, Azenha, DCM e outros e todos aqueles anônimos que compartilham escrevendo suas mensagens. Vocês recebem um fardo pesado e carregam sem reclamar. Então todos aqueles que tiveram suas vidas melhoradas graça a luta de vocês. É para vocês esse Feliz Natal.

  • Lindo texto, linda netinha, linda família e belas palavras de encorajamento neste momento tão especial que vivemos, quando é difícil alimentarmos a esperança e alegria.
    Como leitora assídua deste espaço que você partilha conosco, quero agradecer-lhe por fazer parte de minha vida e desejar a você e sua família um Natal de muita paz, alegria e amor e um 2015 de muita esperança e coragem para continuar sua caminhada.
    Sintam-se envolvidos pelo meu carinho e gratidão.

    Jussara

  • Edu, sem dúvida nenhuma, voce é o cara mais cristão que eu conheço. Isso sendo paulistano, que é o atraso do Brasil, no sentido humanitário. Vida longa para voce, um cara unico. Tô contigo sempre. Felicidades para a família toda, que merece.
    Vamo que vamo cara! Conte comigo

  • Parte da minha família era espírita e comunista, o ídolo dos velhinhos (já todos falecidos) era O Velho, Luis Carlos Prestes, rs. Todos muito boa gente, ajudavam com humildade e sem pretensão os menos favorecidos, vivendo todos os dias o espírito do Natal. Feliz Natal para você, Victoria, a linda netinha e toda a sua família.

  • Eduardo, acompanho teu blog desde as eleições passadas – que para alguns ainda não acabou – e desde então isso virou “obrigação” para mim. Considero teus textos lúcidos, sensatos e, nalgumas vezes, com certa carga de emoção que nos faz refletir sobre nós mesmos. Moro em Natal, e como o nome da minha cidade sugere, aqui deveria haver mais tolerância, mais solidariedade e mais compaixão. Mas, infelizmente, muitos ainda preferem a beligerância. Muitos,até amigos e familiares, deixam-se levar por posições polítoco-partidárias, o que tem tornado, infelizmente, até a própria convivência diária um tanto mais difícil. Enfim, gostaria de te pedir permissão para compartilhar esse eu texto, por julgar que seja uma síntese do que penso, e considero que ele possa me ajudar a fazer minha parte, no sentido de tentar “acabar com o ciclo das últimas eleições”, pelo menos entre os que convivo.Um ótimo Natal pra você e os teus familiares, Eduardo.

  • …” ir ajudar a esposa com os preparativos da ceia que iremos oferecer aos nossos filhos, e aos filhos deles, ao fim da noite desta quarta-feira 25 de dezembro, quando estaremos todos reunidos”. Aproveito para lembrar que hoje, de fato, é quarta-feira, mas, dia 24 de dezembro. Um abraço a todos e um ótimo Natal.

  • feliz natal para você e todos os seus, que o sorriso e o olhar de felicidade da sua linda neta lorena, sejam os brilhos que o nosso futuro merece.
    reinaldo carletti

  • Um Feliz Natal Edu, pra você e sua família e um ano novo repleto de coisas boas.
    Um abraço enorme também para todos que acessam o seu blog, que representa a uma das fronteiras da nossa resistência.

  • Caro Edu,
    sua postagem é uma das melhores mensagens de Natal que já li!
    O maior inimigo de Cristo é o pecado, não o pecador. O grande problema é o que chamamos de “cristalização no mal”, que seria algo semelhante ao homem do poço, no filme “Sonhos” do Akira Kurosawa: um homem, no fundo de um poço com uma pequena lagoa de águas pútridas, agredindo quem se aproximasse, com medo de que tirassem aquilo dele. Se saísse dali, alguns poucos metros acima, vislumbraria um jardim magnífico.
    Ficamos tão acostumados com alguns dos nossos defeitos que, em certos momentos, acabamos confundindo-os com virtudes
    Também concordo que o socialismo é o caminho mais decente para o homem, embora acredite nele como “caminho”, não como fim último, que, para mim, é o Reino de Deus.
    Aproveito para desejar a você e todos os seus, as bênçãos do Deus-Menino de Belém, paz, saúde e força, para nos ajudar em mais um ano que está para começar.
    Feliz Natal aos companheiros de blog!
    Um grande abraço, amigo.

  • Meu desejo nesse Natal é que aqueles que vociferam contra os que recebem o Bolsa Família chamando-os de vagabundos, no momento em que estiverem sentados à mesa deliciando-se com a farta comida e brindando com o melhor champanhe pela paz, amor e, principalmente, FRATERNIDADE, elevem seus pensamentos, nem que por um átimo, àqueles que não desfrutam dos mesmos privilégios. Feliz Natal a todos e, principalmente a você, Eduardo, que tanto luta por justiça social nesse País.

  • Caro Edu,

    seu post natalino me enterneceu. Para comemorar a data, hoje dou um alívio, “resseto” meu “modus operandi padrão”, e prometo não atazanar nenhum coxinha…

    Feliz Natal, para você, os seus, e todos os leitores que fazem a família do cidadania!

  • Caro e respeitado companheiro,
    Grata pela força e pela coragem que nos entusiasmou desde sempre.
    Grata em especial neste duríssimo 2014 que vai de nós se despedindo.
    Um lindo Natal pra você e sua linda Família!

  • Caros Eduardo e colegas,
    Independente da crença que cada um tenha como sustentação de consolo e fé o final do ano não deixa de ser sinônimo de renovação e por isso desejo a todos, a todos mesmo, seja lá qual for o ideário político que tenha, boas festas com muita harmonia entre familiares, amigos, vizinhos e inclusive com os desafetos! E em especial para aqueles com quem mantive durante o ano que se encerra troca de gentilezas, opiniões concordantes e discordantes! Todos me ajudaram a manter-me humana e em alguns casos refletir, ruminar um pouco mais e me conhecer! Abraços carinhosíssimos e todos os meus sentimentos bons para: Wilson, Luciano, Rita, Carlos Henrique, Eduardo Guimarães, Nádia, Cibele, Maria Amélia, José Marcos, José Romero, Jimmy, El Cid, Scan… e outros que no momento não consegui recordar.
    Abraços
    Até 2015!

    P.S.: Wilson e Luciano, meu Jeffrey manda abraços para vocês e familiares.

  • Fora de Pauta

    Desconfio que os blogs do PHA e do Nassif estão sob ataque de hackers. Há pelo menos 48 horas eu não consigo acessá-los. Alguém tem alguma informação a respeito deste assunto?

  • Para todos que frequentam esse blog desejo um feliz Natal e que o ano de 2015 seja de mais tolerância, mais amor e menos ódio. E vamos torcer e muito pra que Dilma faça um 2o. mandato o melhor possível, apesar da ferocidade da oposição.

  • Meu presente de Natal ganhei há um mês com a reeleição da Dilma. Esse presente veio lindamente embrulhado com o papel desempenhado pelos blogues “sujinhos”.
    Muito obrigada, Eduardo Guimarâes.
    Desejo um felicíssimo Natal para você, com alegria, paz, saúde e companhia dos entes queridos
    Abração
    Eliane

  • Lutador e ser humano espetacular, Eduardo Guimarães, um grande Natal e Feliz Ano Novo e para a tua linda família que aprendemos a respeitar e admirar. Bjo.

  • Eduardo , xará, grande abraço e um FELIZ NATAL para você nobre amigo , que em 2015 tenhamos energia renovada para a batalha que continuará pela liberdade para nosso povo e soberania para nossa Nação.

  • Edu , Um Feliz Natal para você e toda a sua família. Que em 2015 o Brasil possa acabar definitivamente com a miséria . Que a luz do mestre jesus se faça presente em todos os lares . Que linda criança! . Essa bela imagem nos dá a certeza de que precisamos continuar lutando por um Brasil melhor.

  • Comungo da crença de que o socialismo é o melhor caminho. Igualdade e fraternidade a todos. Feliz natal a todos os seguidores do Blog da Cidadania, especialmente ao incansável Eduardo Guimarães.

  • Antes de mais nada quero agradecer a você, Edu, pela generosidade de compartilhar este espaço. E também por interpretar e expressar ideias e pensamentos que talvez muitos de nós, eu principalmente, não conseguimos expressar.
    Desejo um lindo e Feliz Natal para você e toda sua família. Que prevaleçam a harmonia e a justiça para todos nós. Um grande abraço.

  • Edu, Feliz Natal pra você e família e parabéns pela netinha. Saúde e felicidades pra todos.

    Tentemos aliviar a cabeça nesse resto de ano pois 2015 promete “fortes emoções” com essa tucanada com os nervos a flor da pele.

    Como comentei antes, eu não comentava no blog mas leio com frequência, sempre que dá, desde 2010, e que venham mais anos pela frente com o blog da cidadania que presta um serviço cívico ao país inestimável, são iniciativas como essa que incentivam o povo a participar mais ativamente das discussões públicas/políticas do país e que só são criticadas ou mal vistas pela elite reacionária (e os lacaios dela) de sempre.

    Abs. e Boas Festas a todos.

  • Feliz Natal ! ! ! !

    **** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    **** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****

    ************* Abaixo o PIG brasileiro — Partido da Imprensa Golpista no Brasil, na feliz definição do deputado Fernando Ferro; pig que é a míRdia que se acredita dona de mandato divino para governar.

    Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Edu…quase considero Cristo, como petista, mas vc está com a razão…ele criaria um novo partido.Adorei o discurso do Papa Francisco do dia 22/12/2014,foi no G1…não gosto da grobo porém o discurso foi ótimo…15 doenças que contaminaram a Igreja…Sindrome do acúmulo de bens…doença do lucro mundano…terrorrismo da fofoca…doença dos covardes…síndrome da Imortalidade…mal do poder e do narcisismo…declinio da fé…o texto é grande…No final, ele convoca a Igreja para mudanças…faço minhas as palavras do Papa.Mudar é preciso…Feliz Natal…saúde e paz.Grata sempre!

  • Jesus não é tucano e nem petista, ele esta tirando um povo para o nome dele, mas habitamos um país onde o PT é mais nacionalista e trabalha em prol dos brasileiros, buscando soberania a nação, um Feliz Natal e que Deus abençoe a voce Edu e familiares e a todos amigos do blog

  • ‘A DEUS (povo) o que é de DEUS e a Cesar (poder) o que é de Cesar’

    Ainda que Cesar ainda esteja levando muito mais do que deveria, o PT vem revertendo e equilibrando lentamente essa equação, desde 2002. Deste ponto de vista, penso que se vivo fosse, JESUS seria candidato do PT, sem a menor sombra de dúvida.

    Um Feliz Natal a Todos.

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO de SONEGAÇÃO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO de SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  • Edu,

    Um grande Natal pra você e toda a sua família, com muita paz, saúde e muita luz!!! Quem sabe se, com um pouco mais de tolerância, conseguiremos deixar um mundo melhor para nossas futuras gerações.

    Um abraço,

  • Respondendo a pergunta.
    Nenhum , nem outro, ele veio para salvar os dois..
    Feliz Natal a todos…
    Igualdade
    Fratenidade
    E este (……………………)você complementa.

Deixe uma resposta