Vire à esquerda, presidenta

Análise

esquerda

 

Olhando as ondas humanas que engolfaram as ruas do Brasil no último domingo, a impressão que se tem é a de que o país é hoje todo de direita. Porém, não é bem assim. Essas manifestações não contaram com movimentos populares como de mulheres, homossexuais, negros etc., que, via de regra, costumam estar presentes em grandes atos públicos.

O site da BBC Brasil também contraria essa percepção de que o Brasil “endireitou”. O que constata a empresa jornalística de matriz britânica é, ipisis-litteris, o mesmo que foi dito nesta página no post anterior: tratou-se de um protesto da dita “elite branca”.

Para chegar a essa conclusão, a BBC Brasil fez um apanhado do que opinaram grandes veículos da imprensa internacional. Vejamos o que foi dito.

Centenas de milhares de brasileiros predominantemente brancos e de classe média tomaram as ruas ontem [15/3] para pedir o impeachment da presidente e, alguns, um golpe militar”, publicou o britânico The Guardian.

Já o espanhol El País noticiou, na capa do periódico, que “os protagonistas das marchas pertencem às classes médias mais educadas“.

No insuspeito argentino Clarín, destacou-se que o deputado federal Paulinho da Força (SD-SP) foi “o único que levou grande número de manifestantes que não são nem brancos nem ricos para a manifestação“. Mas o jornal destacou que Paulinho foi hostilizado pelos manifestantes, pois estes têm ojeriza a trabalhadores e sindicalistas.

Se restasse alguma dúvida do caráter de ultradireita dessa manifestação, bastaria verificar que os motivos militares com pregações de golpe de Estado a la 1964 foram aceitos sem maiores problemas nessas manifestações.

Além disso, segundo o instituto Datafolha 82% dos participantes desses protestos votaram em Aécio Neves na eleição presidencial do ano passado.

Esses dados são mais do que suficientes para que a presidente Dilma e seu estafe se convençam de que não adiantará se ajoelharem no altar dos adversários e, sobremaneira, da ultradireita que manteve este país prisioneiro durante duas décadas, sem poder se manifestar eleitoralmente.

O que acontece é que a maioria que elegeu o atual governo está desmotivada, calada, acuada e, em grande parte, decepcionada, de modo que não aderiu aos protestos levados a efeito pela Central Única dos Trabalhadores dois dias antes do protesto reacionário.

Dilma assumiu seu segundo mandato com uma agenda destinada a pacificar o “outro lado”, ou seja, aqueles que derrotou em 26 de outubro do ano passado. Não funcionou. Na abertura da atual Legislatura, o candidato derrotado no segundo turno, Aécio Neves, deu a senha. A grande mídia, idem. Não estavam – e não estão – dispostos a aceitar o resultado da eleição.

Dilma também buscou fazer um agrado ao capital ao nomear como ministro da fazenda um Armínio Fraga “fake”, ou seja, uma cópia “light” daquele que Aécio anunciou, durante a campanha eleitoral, que seria o seu ministro da economia.

Dilma chegou a dizer, durante a campanha eleitoral de 2014, que ajustes na economia seriam necessários, mas não os especificou. E muito menos explicou que, devido às políticas anticíclicas que adotou para que os brasileiros não sentissem a crise internacional, as contas públicas foram se desajustando, o que fez os investidores se retraírem.

Como esta página vem explicando desde o “day after” das eleições, sem investimentos privados o Brasil não cresce. Ora, as contas públicas, tanto quanto as privadas, sofrem reajustes.

Assim como aumentam a escola dos filhos ou o aluguel, as despesas do Estado sofrem reajustes. Se o país não cresce, o governo, assim como o cidadão, tem que recorrer ou à poupança ou ao “cheque especial”.

Ao longo dos últimos quatro anos, o governo federal tratou de impedir que a crise internacional afetasse os brasileiros gastando acima do que arrecadava em impostos e por outros meios.

O resultado é que há uma conta que chega a 100 bilhões de reais (dívida no “cheque especial”), o que nem chega a ser muito para um país cujo PIB beira os 5 trilhões e que tem quase 400 bilhões de dólares de reservas cambiais, mas, para quem decide se vai investir, o fato de o país estar “no vermelho” inibe essa decisão de investimento.

O fato é que a política econômica de Dilma está correta. É possível fazer esse ajuste sem grandes sacrifícios. Porém, a presidente não levou em conta a política. Não imaginou que a oposição e a mídia não aceitariam o resultado da eleição.

O grande erro de Dilma foi não preparar o povo e as forças políticas de esquerda que a apoiaram no segundo turno para o ajuste fiscal. Deixou de lado quem trabalhou por sua reeleição e foi afagar aqueles que a cada afago respondem com um chute na canela ou, como no domingo, com um soco no rosto.

Se os protestos de sexta-feira 13 tivessem sido em favor da presidente e atraíssem a sociedade civil em grande número, teriam anulado os protestos de domingo e ficaria tudo na mesma. O problema é que inúmeras entidades de esquerda nem deram as caras e os cidadãos progressistas, salvo raras exceções, ficaram em casa.

Isso sem falar que o ato da CUT continha críticas ao governo…

Ainda no domingo, com as ruas do país ainda tomadas pelos tarados de ultradireita que saíram protagonizando cenas que lembram a ascensão do nazismo na Alemanha, ministros de Dilma deram declarações de “humildade” e ensaiaram uma tentativa de diálogo com as massas revoltadas. Na segunda-feira, a própria Dilma pediu compreensão.

Tudo perda de tempo.  A presidente colheu mais panelaços enquanto contemporizava na TV.

É impossível contemporizar com aqueles que fizeram bonecos de pano simulando a presidente da República e seu antecessor e os penduraram pelos pescoços em viadutos, sugerindo linchamento físico de ambos.

O que resta a Dilma é a esquerda (do centro à extremidade). Esse setor foi majoritário na eleição de 2014, bastando para reelegê-la – ainda que parte do eleitorado que reconduziu a presidente ao poder não tenha ideologia, mas medo de perder tudo que conquistou nos últimos 12 anos.

Em vez de Dilma ficar afagando quem não quer seus afagos e, sim, o seu sangue – em alguns casos, literalmente – deve tentar – ao menos tentar – um diálogo com a esquerda.

Claro que o grande problema da esquerda é o mais absoluto desconhecimento de economia e de administração pública, até porque quem administra a coisa pública desde de sempre, neste país, é a direita – seja mais moderada, seja mais radical.

Porém, se Dilma chamar as lideranças de movimentos sociais e partidos de esquerda para o diálogo, pode tentar conseguir apoio que lhe permitirá governar e que evitará, para a própria esquerda, que seja dizimada pelo conclave reacionário de ultradireita que vai se formando.

O que Lula, Dilma e o PT têm que tentar é fazer a esquerda pensar no “day after”, ou seja, dizer a movimentos sociais, sindicais e partidos se já refletiram sobre o que sobrevirá caso ela seja derrubada ou mesmo se tiver que governar por quatro anos como uma marionete, cedendo a tudo que a ultradireita neoliberal quiser.

Mais: há que propor uma agenda progressista a partidos, sindicatos, movimentos sociais e mesmo aos cidadãos com pensamento de esquerda. Uma agenda a ser implementada conforme a situação político-econômica se estabilizar.

O que vai exposto acima não chega a ser o melhor dos planos, mas, no entender deste blogueiro, é o que há para hoje. Antes de começar redecorar a casa incendiada, há que apagar o incêndio. E fazer afagos na direita, no momento, equivale a jogar gasolina nesse incêndio. Quanto mais Dilma falar para essa gente, mais furiosa ela vai ficar.

202 comments

  • “Olhando as ondas humanas que engolfaram as ruas do Brasil no último domingo, a impressão que se tem é a de que o país é hoje todo de direita. Porém, não é bem assim. Essas manifestações não contaram com movimentos populares como de mulheres, homossexuais, negros etc., que, via de regra, costumam estar presentes em grandes atos públicos.”

    Vc está querendo dizer que faltaram os tocadores de rebanho com seus berrantes?

    • Ver como vocês tratam o povo é o argumento final para a esquerda entender porque não pode achar que o problema não é dela. Por isso publiquei seu comentário asqueroso

    • Caro Fábio
      Os rebanhos que acatam os tocadores e berrantes foram no dia 15.
      É setor da manada de direita.
      Dos mesmos líderes que sonega, tem dinheiro até onde não se sabe se é ilegal, no HSBC, e por aí afora.
      Saudações deste petralha

    • Essas manifestação não foram pra “protestar contra a corrução” coisa nenhuma. Vocês foram demonstrar seu ódio pela atenção que os governos do PT dão aos pobres. Vocês querem que o governo deveria atender somente ao 1%, “se achando” que já pertencem a essa classe. Pobre de direita manipulado pela rede globo.

    • Os tocadores de rebanhos do domingo nem precisaram estar lá. Mandaram suas ordens via Globo e Veja, vc deve conhecer muito bem estas publicações. Eles estavam nas coberturas gargalhando, sentido que seu dinheirinho no HSBC estava ficando perto de ser salvo. Você tem também algum guardado lá? Se não tem, serviu de bezerro.

    • Os tocadores de rebanho de vcs são o PIG, que fizeram a propaganda da marcha fascista usando as concessões púboicas, os grandes empresários que financiaram os grupos fascistas do facebook e a CIA, que tenta desestabilizar governos progressistas.

      zumbi!!!!

    • Voces, lindos, brancos e de direita, todos acometidos da sindrome do cachorro viralata, sao o verdadeiro rebanho de odio, desprezo e imoralidade.
      Vergonha alheia, senhor fabio.

  • “Não vou mexer nos direitos do trabalhadores, nem que a vaca tussa”.

    Aumento de 40% na energia elétrica.

    Juros mais altos do mundo.

    Aumento da pobreza e do desemprego (de set/14 até agora)

    US$ 1,00 = R$ 3,25

    Inflação = 8% a.a.

    Por favor expliquem.

    * Vale lembrar que EUA, Alemanha, China, México, India, Chile cresceram mais que o Brasil, então conjuntura não é desculpa.

    • Vai ver como está a situação social no México… Cresceu? Para a especulação internacional, para investidores que buscam lucros às custas da miséria do povo.

    • “Não vou mexer nos direitos do trabalhadores, nem que a vaca tussa”.

      Não se mexeu em direito algum, apenas mudou-se alguns BENEFÍCIOS – BENEFÍCIOS, NÃO DIREITOS – previdenciários, que ao meu ver, foram justos. CLT se mantém, direitos se mantém. Vcs é que iriam de fato acabar com os DIREITOS.

      Aumento de 40% na energia elétrica.

      Aqui na Bahia o aumento foi de 23,4%. Vi minha conta e o valor é mais ou menos este. Sem contar que em 2013 tivemos aqui a redução de aproximadamente o mesmo valor. Ou seja, para todos os efeitos, aqui não teve aumento. No resto do país o aumento ficou entre 32% a 36,8%. Quem se deu mal foram os estados dominados pela direita, que não aceitaram a redução proposta pelo governo em 2013. Toma sacana.

      http://www.tribunadabahia.com.br/2015/03/02/reajuste-na-tarifa-de-energia-eletrica-comeca-valer-partir-desta-segunda

      Juros mais altos do mundo.

      Na época do seu amado, a taxa selic chegou a 45%, e vc vem reclamar disto agora de 12,25%, pedindo “impítiman”.

      Aumento da pobreza e do desemprego (de set/14 até agora)

      O desemprego fechou 2014 com queda, teve um leve aumento neste trimestre, provocado pelas sabotagens de vcs, que estão tentando parar a economia travando as empreiteiras e a Petrobrás. Não tem que se punir as empresas, mas sim os corruptos. MP quer quebrar empreiteiras com multa bilionária e desempregar um bocado de gente só para satisfazer a direita. AGU quer fazer o correto, acordo de leniência.

      US$ 1,00 = R$ 3,25

      Momentâneo e necessário para reequilibrar as contas.

      Inflação = 8% a.a.

      2014 fechou dentro da meta, menor que 6,5%, diferentemente que seu amado, que sempre fechou acima da meta. A inflação dos últimos 12 meses é que está em 7,7%, mas isto representa um momento que pode ser revertido depois, o que importa é a do fim do ano.

      Por favor expliquem.

      * Vale lembrar que EUA, Alemanha, China, México, India, Chile cresceram mais que o Brasil, então conjuntura não é desculpa.

      O Brasil chegou a crescer 7,5% durante a crise. Este ano de eleição, além da crise, houve sabotagem interna dos empresários que forçaram o não investimento para tentar fazer seu canditato, o arrocho neves, ganhar. Além disto, o mercado também sabotou através de seus especuladores. Tem também os estados do sul e do sudeste governados pela direita, que tiveram PIB menor por ser governados pela direita, que puxaram o PIB para baixo.

      • Sávio, não adianta explicar, pois, os antipetistas são muito burros, a única coisa que entendem é o que passa no Jornal Nacional e leem Veja e Folha, por aí dá para imaginar a tamanha falta de informação que eles tem. Eles não tem olhos e nem ouvidos para a razão, apenas pelo irracional. São espíritos perdidos. Dignos de pena.

        • Nádia, vc tem razão. Mas eu explico estas coisas, não mais para os fascistas, mas sim para outros que venham ao blog procurar informações e que ainda possam ser salvos.

      • Não sei se adianta esclarecer, Sávio. Antes já havia ignorância e preguiça de se aprofundar nas coisas, agora o ódio deixa cego, surdo e comprime os neurônios. Perda de tempo.

        MAS… são informações que temos que lembrar para as pessoas que votaram em Dilma e agora estão meio desacorçoadas entre a escolha que fizeram e os ditos pela mídia – as MULHERES especialmente, que foram uma base importante. Acho que tem gente quieta, um pouco perdida. Temos que dialogar mais, na vida real.

      • Ainda tem mais, a renda das famílias chegou aumentou bem acima do PIB e da inflação. Se não me engano, deve ficar em torno dos 3% ao ano (descontada a inflação).

  • Concordo.
    Dilma está mordendo a isca. Todas as vezes que ela se dirige a esses babacas, é um prato cheio para mídia e para a oposição. Dilma deve dialogar sim, mas com sua base. Sua base é majoritária entre a população. Dilma precisa se convencer que venceu as eleições. Deixe os perdedores espernearem a vontade.

  • Eduardo, você esqueceu de dizer que, em boa medida, parte significativa dos eleitores de Dilma não foram à manifestação do dia 13 precisamente porque a direita tem meios para intimidar gente pacífica e decente. Nas redes circulavam memes assustadores. Eles, por outro lado, podem fazer de suas manifestações uma grande festa. Podem levar até as crianças. Nenhum de nós pedirá, jamais, o enforcamento do FHC. No máximo, repetiremos suas próprias palavras: me esqueçam. Além do mais, eles têm meios de comunicação para santificar “líderes” que deveriam até já estar na cadeia. Mas, entre nós, até quem obteve um número de votos insuficiente até para ganhar eleição de síndico, acha-se com o direito de, diante de uma violência explícita de tentáculos mundiais, vir dizer à Dilma ( e até ao Lula) como é que eles têm que governar.

    • Eduardo é preciso atentar a esse fato o gigantesco Revoltados OnLine fazia no Facebook convocações para a que praticantes de Artes Marciais, torcidas organizadas e demais PitBoys fossem a Paulista dia 13 agredir os manifestantes de Esquerda.
      A Direita fez uma gigantesca campanha intimidatória, juro que temi pelo pior.
      Já sofri varias ameças de agressões nas Redes por defender a Dilma.

      • Logo eles terão uma ótima companhia: ontem, no IG, um dirigente dos Black blocs disse que são contra o golpe e que se eles querem guerra, terão.Bom,não temos nada com isso, os fascistas que se entendam com eles.

  • Perfeita a análise. No nível em que a situação chegou, na qual a dita oposição e o pseudo aliado PMDB se somam à direita em geral no projeto de derrubar Dilma a qualquer custo, não há alternativa senão uma meia-volta à esquerda o quanto antes. Nesse ritmo atual, o governo vai pro brejo e o Brasil para o imponderável.

    • E quem é que vai aprovar a Lei de Mídias? Bolsonaro, Serra, Agripino, Caiado, Eduardo Cunha…? Acorda, rapaz. A direita ocupa mais de 80% das cadeiras no Congresso.

  • Está certíssimo Edu, essa turma não sabe o que é dialogo, são gente sem educação, grosseiros, egoístas, tipo de gente que não vale a pena. Dilma tem que virar à esquerda, pode ter certeza, que o povo vai adorar. Fazendo isso, puxará o tapete dos golpistas.

  • Eduardo
    Achei o seu texto adequado ao momento.mas discordo da parte sobre a esquerda desconhecer ajustes. Todos sabem, ou deveriam saber a crise que o mundo enfrenta, o mundo perdeu postos de trabalhos enquanto o Brasil criou, varios paises quebraram enquanto o nosso se manteve e ainda melhorou a renda do trabalhador, portanto nada mais natural que ajustes sejam feitos para manter o equilibrio das contas. Se a esquerda se revela incapacitada de perceber isso temps pessoas totalmente despolitizadas e consequente massa de manobra do neoliberalismo e da midia.
    O resultado disso vemos mundo afora a dita esquerda desaparece do mapa politico porque se revela incapaz de captar de onde vem suas conquistas e como manter-se.
    Sobre Paulinho da Foca sobram duas teorias:
    1- As pessoas que foram aos protestos e o hostilizaram desconheciam o fato de tinha sido ele a convocar, ou seja
    massa de manobra de qualquer um que tenha um discursinho enrola eles.
    2-As pessoas nao foram pelo politico e sim com outros propostas.

    • Certa sua ponderação Paula Souza, contudo já foi dito neste canal por muitas vezes que o Governo e o PT se comunicam mal. De certa forma não tem como concorrer com Globo e genéricos, aí falta mais audácia com as condições que tem.

  • Isso mesmo, Edu. A situação não degringolou porque as dificuldades econômicas ainda não afetaram o emprego e renda. Mas vai. E se ela não construir uma agenda positiva, mesmo que dentro das possibildades, e comunicar-se com o povão, aí quando isso acontecer, já era.
    Só tem uma coisa, Edu. Continuo achando que o ato de sexta foi positivo. Claro que depois de domingo, parece que despareceu. Mas não é verdade. 50 mil na Paulista, e quase 10 no Rio, nas atuais circunstâncias, de desmotivação e descontentamento com os ajustes, me surpreendeu. Não vejo a esquerda nas cordas, não ainda.

    • Não houve um chamamento geral. Foi um ato mais circunscrito às entidades trabalhistas, com pautas próprias além das defesas da Petrobras e da Democracia. A manifestação sequer foi propagandeada, mesmo aqui no blog alguns que queriam participar não tinham informações.

  • Ela tem que ignorar essa gente. Com esse pessoal não tem diálogo. Eles não querem combate a corrupção, mentira, eram todos Malufista um tempo atras e diziam felizes da vida: Ele rouba mas faz . Esse pessoal quer a morte dela, do Lula, do PT, dos pobres, dos negros, dos gays, do MST, da cor vermelha, de qualquer avanço social que coloque mais pobre perto deles. Eles babam de ódio. Eles querem a morte de tudo isso. Combate a corrupção? Mentira, pois eles são os corruptos chefes. Ignore essa gente. Governe com o restante que é a maioria. Se eles quiserem, como diria minha mãe: A porta da rua é a serventia da casa. Vão pra Miami. Só não fiquem doente, porque terão que se tratar em Cuba, pois lá não tem saúde. É o que a maioria dos americanos estão fazendo hoje, indo se tratar em Cuba. Bando de palhaços reacionários.

  • A esquerda, inclusive parte muito significativa da chamada blogosfera progressista, falhou feio nos titubeios em relação aos movimentos de junho de 2013, com medo, creio eu, de parecerem “reacionários com medo do povo nas ruas”. Agora aguentemos: isso não vai acabar tão fácil.
    E é justamente esse quadro que dificulta a guinada à esquerda da presidenta, a meu ver.
    Sair às ruas para defender o governo, até sairíamos – aliás, saímos. Mas sem o “esquenta” da Rede Globo, sem a convocação midiática, sem as catracas liberadas do Metrô é mais difícil.
    E se o resultado for bom, no outro dia as rádios vão estar falando do trânsito caótico, dos doentes que morreram a caminho do hospital, do cheiro de xixi e resto de comidas no chão (ninguém vai saber a origem dos dejetos, mas tudo bem, entra na conta).
    No mais, acho que o movimento da sexta feira, 13.03.2015, dadas as condições, foi fora de série sim, senhor! Foi lindo, no ponto de ônibus perto do Mackenzie, algumas carinhas de jovens embasbacados com aquela montanha de gente descendo a Consolação debaixo de chuva para apoiar – ainda que criticamente – o governo Dilma.
    Arrisco, aliás, que parte do estrondoso sucesso das manifestações de domingo se deve ao bom resultado da jornada de sexta-feira.
    Mas a esquerda e o governo estão em larga desvantagem no campo da comunicação, para dizer o mínimo (o Azenha afirma que já é uma batalha perdida). Não esperemos, portanto, grandes guinadas à esquerda. E, se houver, temos que aceitar que a voz rouca das ruas favoráveis ao quadro não serão tão roucas, e, mais, que a reação será sempre em dose mais feroz.

  • “O que acontece é que a maioria que elegeu o atual governo está desmotivada, calada, acuada e, em grande parte, decepcionada, de modo que não aderiu aos protestos levados a efeito pela Central Única dos Trabalhadores dois dias antes do protesto reacionário.”

    Edu,

    O maior problema dos protestos da esquerda, inclusive este da última sexta-feira, é que são SEMPRE em dia da semana e em horário de expediente. É algo que não dá para entender. Parece que a esquerda tem fetiche com dia útil. A direita, por um acaso, tem o monopólio dos fins de semana e feriados?

    Apesar de decepcionado e desmotivado, participei da manifestação da sexta-feira. Agora, só pude ir porque sou autônomo. Imagino que muita gente que poderia e gostaria de ter participado não o fez por conta do dia e do horário. É uma insensatez e é contraproducente. Milhares de pessoas que poderiam ter participado não o fizeram porque, obviamente, não poderiam largar o batente no meio da tarde e sair de Pirituba, de Ermelino Matarazzo, do Capão Redondo e de outros bairros periféricos, para participar da passeata.

    O governo precisa acordar e fazer política. E se comunicar (não pelo PIG). A esquerda precisa acordar e se movimentar, fazendo suas manifestações nos fins de semana e feriados.

    Agora, como é que o governo do estado justifica a catraca livre no domingo?

  • Ontem Dilma disse que seria humilde e que quer dialogar (difícil de acreditar), mas..

    o que seria “virar a esquerda” pra você\/ ..você poderia ser mais claro, OBJETIVO, ir no ponto a ponto e não ficar no genérico de falar sem dizer nada ?

    Seria por exemplo se suspender as vendas do patrimônio agendado da Petrobrás ? Aliás, o que o governo fez com os US$ 70 bilhões arrecadados em 2010 ? Será que eles compõem os R$ 2 bi desviados em propina ..ou os US$ 50 bi sub projetados de investimentos sem retorno dado a gasodutos e refinarias ..ou mesmo os R$ 61 bi de ativos superavaliados..

    ..ou será que aquela dinheirama já foi torrada nesta política anticíclica errada, destinada a compra de carro, pagamento da SELIC e produtos da CHINA?

    Dilma ontem mesmo disse, eu aceito dialogar desde que me mostre “aonde” errei ou devo mudar ..então, por favor, antes de voltarmos a “debater”, nos diga, aonde mexer ?

    em tempo, atendendo a presidente :

    O presidente da Câmara disse que é a FAVOR de aumentar o tempo para o pleito do Seguro Desemprego que, segundo ele, hoje permite com que “desempregados” vivam mais dele do que de salários..

    ..aliás, o próprio Cunha disse que é a favor de um realinhamento das aliquotas sobre o faturamento (desde que UNIFICADAS e simplificadas, o que concordo, por uma questão de coerência e de finalidade)..

    ..eu particularmente acho necessário acabar com a FARRA da Pensão da viúva ..só não gostei dos critérios, acho que deveria ser PADRONIZADO com o do IR, de dependentes e meeiros, se respeitando o teto, evidente.

    ..acho mais, acho que deveria se extinguir ministérios, É IMPOSSÍVEL administrar quase meia centena de pastas ocupada por muitos ministros abaixo da crítica ..acho mais positivo pro país, como exemplo, fazer-se mais reuniões E INAUGURAÇÕES remotas, do que se gastar milhões com viagens de comitivas e hordas de asseclas em hotéis de prima

    Nem preciso dizer que sou contra a escolha de subsídios cruzados, desonerações dados aos “campeões da vez” ou pra fazendeiro comprar todo ano a sua pickup 4×4

    ..sou contra as desonerações pra consumo SUPÉRFLUO e/ou fugaz ..contra artifício no cambio e represamento de tarifas e preços ..de gastos absurdos com a SELIC sem que outras medidas não venham no rastro (desindexação e espaçamento de contratos por exemplo)

    ..que sou a favor, ACIMA DE TUDO e desde sempre, dum projeto VERDADEIRO que contemple o desfavelamento e o fornecimento de moradias dignas A QUEM PRECISA, não a rico ou classe média que se servem do mercado ..a favor disso como mola propulsora de desenvolvimento SUSTENTÁVEL e por um LONGO período, ele que é capaz de catapultar PIB de 5-10 anos (não só pra urbanidade, mas pra saúde, segurança e cidadania, pra combatermos a industria da miséria e ocupação ILEGAL de movimentos criminosos e irresponsáveis, de ladrões, a bem da verdade)

    DA minha parte digo que os investimentos em infra, em portos aeroportos, estradas, ferrovias e hidrelétricas, transposição NÃO podem, nem nunca deveriam ter sido atrasados, aditivados e/ou paralisados..

    ..que a LEI contra corrupção JAMAIS poderia ter apenado a empreiteira, mas sim seus diretores, que ela deveria ter previsto o reparo ao Estado com ações da empresa, enfim, que é necessário melhorar esta lei

    ..digo que deveria fazer parte dum projeto Nacional, um de segurança hídrica, o desenvolvimento de um projeto que INTERLIGASSE nossos principais mananciais – através de rios ou mesmo canais (dependendo do caso) ..veja vc que já já o S e SE entrarão em época de seca, enquanto no N começara a época de cheias ..enfim

    Mais, assim como eu, inúmeras pessoas já acham que o Programa de BOLSAS precisaria ser reavaliado, que o cadastro unico já deveria estar na praça, e que o imposto sobre FORTUNA é ineficiente ..que melhor seria ter como fato gerador a MORTE do camarada ..e que pra isso já temos o ITCMD que poderia ser apenas melhorado, pois o de hoje tem muitos furos

    colega, não se esqueça, a CARGA tributária do país já é, fora de insuficiente, extremamente pesada e concentrada ..HOJE já temos provas de que a transferência direta (em outras palavras, a grana na mão de quem a tem) gera muito mais riqueza do que se tutelada e/ou “filtrada” pelos agentes perdulários, burocráticos a serviço deste Estado de coisas

    ..portanto, não há muito mais o que se inventar do que a pratica da boa gestão, da RACIONALIDADE, eficiência e do combate aos desvios, incompetência, abusos, corporativismos e desperdícios, retrabalho ..ou mesmo em se evitando o populismo, os gastos com festas populares (e que os desmandos BILIONÁRIOS da Copa e da Olimpíada nunca nos saiam da memória toda vêz que tivermos que fazer uma consulta num hospital ou posto público).

    • E aí, você atendeu ao chamamento da rede globo e foi “protestar contra a corrupção”? Aposto que você foi somente pra demonstrar o seu ÓOOOOOODIO contra o Bolsa Família, aquele dinheiro sagrado que deveria ser entregue à rede globo, pra “custear obras de caridade” (engordar as contas do HSBC). Pobre de direita manipulado pela rede globo.

      • Não fui ..no dia 13 por não ser professor (era boa parte da turma), nem negro, nordestino ou mulher, muito menos invasor e ladrão de propriedade alheia (quer púbica e/ou particular), mas por ser branco e paulista, apesar dos olhos castanhos, e ser duma parte da esquerda que eu definiria como honesta, pragmática, e pensante, até idealista ..coisa rara hoje em dia

        No domingo NÃO fui por não concordar com os que bancavam o evento, mas isso não quer dizer que eu seja a favor de DILMA não..

        ao contrário ..só NÃO sou a favor do IMPEACH pq sei que NÃO temos lei pra pegar a ilustre, mesmo achando que ela deva ser investigada ..mesmo achando que ela e/ou foi OMISSA, imprevidente, conivente e/ou incompetente perante os desmandos e desvios na Petrobrás ..fora ainda de ter cometido desvios éticos sérios quando da campanha/promessas, e do Crime de Responsabilidade na gestão das contas públicas de 2014.

        de qq forma, como vc viu, não me furto em dialogar e colaborar ..embora tb imagino que se ela perceber que “já deu e chegou no seu limite da competência”, que ela mesma resolva pegar o boné pra RENUNCIAR, antes que seja tarde demais.

        • Rocamboli de esquerda….

          KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

          Racista, cheio de ódio a funcionários públicos, devoto do “livre mercado”, contrário a políticas sociais positivas, paladino da “meritocracia” e da priorização dos acionistas, partidário da imaginária “eficiência da empresa privada” contra a “incompetência pública”, etc, etc, etc…

          E o sem vergonha ainda tem a CARA DE PAU de se dizer “de esquerda”.

          Disquerda é meuzovo, Rocamboli!

          Tú é libertário e neoliberal. E um BAITA dum reacionário, daqueles que não acha que a escravidão foi “tão ruim quanto dizem” e se sente “punido” quando perde o privilégio e as oportunidades são equilibradas.

          Vai procurar a tua turma no IM e pare de ofender a inteligência alheia com suas mentiras deslavadas e falácias infantis.

          • Não não, hoje vc merece uma resposta ..ao menos hoje vc foi mais objetivo na critica

            Mais, ai ai, ‘O Sosôvo”, vai buscar o significado das palavras primeiro ..libertário ..mamam pia ?!

            Sou contra a cota racial SIM, contra racistas que me dão NOJO ..gente que olha prum homem e o julga pela cor, da pele, olhos ou castanho ..gente IMUNDA mesmo cabelo ..sou contra os que condenando o SER

            ..defendo políticas públicas que atual no ESTAR ..daí por exemplo defender as costas SOCIAIS ..e sim, dada a quem merece, e não a quem quer MAMAR da sociedade, a VAGABUNDO ou ladrão, a chantagista ou anarquista de 5a

            Defendo um Estado eficiente, presente, FORTE, transparente, ético, coerente, cidadão ..não um que se verga a um partido e/ou a qq governo, ou a recomendação de qq pistolão

            O NOSSO Estado, o NOSSO funcionalismo é formado de VAGABUNDOS, “homens públicos” recheados de interesses privados, será que vc ainda não entendeu isso, que ele esta inserido nos valores e caldo da nossa própria sociedade, hein GERSON ??!!

            ..um Estado comandado por um corporativismo cínico, do sabe com quem esta falando, do aonde vc mora e quem é o seu amigo ..por um de que se farinha pouca meu “pirão primeiro”, veja agora mesmo os professores se pedindo DE NOVO por salários enquanto a sociedade definha nas cartilhas da ignorância

            ..e é justamente isso, um Estado que não não prioriza os mais aflitos e necessitados, que eu abomino ..o tal socialismo da Estado CAVIAR que vc defende, o do teus amigos que tanto praticam e se lambuzam

            Eu ? contra programa sociais ? Ache algum escrito meu aonde eu condeno, ou falo mal do BOLSA FAMÍLIA por exemplo, o OFÉLIA ..ele, um programa, assim como os feito pra educação (mesmo que inflacionando o ensino pros mais POBRES, como com o FIES) é um programa INDISTINTO, cidadão, que não vê nem cor, nem credo, muito menos o sexo do meio das pernas

            ..agora, evidente que quando ele completa uma década, sem perspectiva de arrefecer, aonde começa a encabrestar e causar dependência social, cobrindo 25% da população dum país, há que imaginarmos que tem coisa de errada acontecendo, não é?

            Mais, eu defendo a regulação do Estado, não o subsídio cruzado, o favorecimento explícito, o artificialismo de preços, cambio e tarifas, isso é muito diferente de se defender o mercado livre leve e solto dado a amigos

            e sobre se priorizar os “acionistas” ..olha, EU não nego por exemplo que o acionista Estado tenha que ter mais lucro do que imposto por exemplo ? Digo que o mercado de capitais, se sério, distribui muito mais riqueza do que salário e/ou participação nos lucros ..que a unica forma de PEÃO virar patrão é através dele …agora, evidente, você, um cara que deposita na poupança, que vive passivamente esperando por uma aposentadoria, rendimento sem risco e/ou bolsa ..sobre a égide dum governo populista e assistencialista,que priorizou CARRO ao invés de moradia digam pra substituir favela e palafita, governo que dum lado enfraquece o Estado, e do outro o endivida com SELIC, fica difícil mesmo entender o que um cara como eu pensa ..mas aqui, neste debate, talvez um dia eu retorne.

            ps – e não confunda, ser sindicalista não é o mesmo que se ser socialista, tá ?!

          • me desculpe, teclei errado e o texto foi liberado com muitos erros que prejudicam o entendimento

            vou tentar de novo

            Não não, hoje vc merece uma resposta ..ao menos hoje vc foi mais objetivo na critica

            Mais, ai ai, ‘O dozôvo”, vai buscar o significado das palavras primeiro ..libertário ..mama pia ?!

            Sou contra a cota racial SIM, contra racistas que me dão NOJO ..gente que olha prum homem e o julga pela cor da pele, olhos ou cabelo ..gente IMUNDA mesmo ..sou contra os que condenando o SER ao invés de atentar para o estar

            ..defendo políticas públicas e LEIS indistintas, que atuam no ESTAR ..daí por exemplo defender as costas SOCIAIS ..e sim, dada a quem merece, e não a quem quer MAMAR da sociedade, a VAGABUNDO ou ladrão, a chantagista ou anarquista de 5a

            ps – sou contra LEIS segregacionistas, sexistas, como o feminicídio ou Maria da Penha (duas grande BOBAGENS comparadas somente a cotas RACIAIS de cunho nazista)

            Defendo um Estado eficiente, presente, FORTE, transparente, ético, coerente, cidadão ..não um que se verga a um partido e/ou a qq governo ou facção, ou a recomendação de qq pistolão

            O NOSSO Estado, o NOSSO funcionalismo público é formado de VAGABUNDOS, “homens públicos” recheados de interesses privados, será que vc ainda não entendeu isso, que ele esta inserido nos valores e caldo da nossa própria sociedade, hein GERSON ??!!

            ..um Estado comandado por um corporativismo cínico, do sabe com quem esta falando, do aonde vc mora e quem é o seu amigo ..por um que pratica o “que se farinha pouca meu pirão primeiro” (veja agora mesmo os professores se pedindo DE NOVO por salários enquanto a sociedade definha nas cartilhas da mediocridade)

            ..e é justamente isso, um Estado que não prioriza os mais aflitos e necessitados, que eu abomino ..o tal socialismo da Estado CAVIAR que vc defende, o do teus amigos que tanto praticam e se lambuzam pra depois ficar fazendo vaquinha pra sair da JAULA

            Eu ? contra programa sociais ? Ache algum escrito meu aonde eu condeno, ou falo mal do BOLSA FAMÍLIA por exemplo, ô OFÉLIA ?! ..ele, um programa, assim como os feito pra educação (mesmo que inflacionando o ensino pros mais POBRES, como com o FIES) que é um programa INDISTINTO, cidadão, que não vê nem cor, nem credo, muito menos o sexo

            ..agora, evidente que quando ele completa uma década, sem perspectiva de arrefecer, aonde começa a encabrestar e causar dependência social, cobrindo 25% da população dum país, há que imaginarmos que tem coisa de errada acontecendo, não é? ainda mais com o governo prometendo mais e mais

            Mais, eu defendo a regulação do Estado, não o subsídio cruzado, o favorecimento explícito, o artificialismo de preços, cambio e tarifas, isso é muito diferente de se defender o mercado livre leve e solto, dado a amigos e a campeões anabolizados

            e sobre se priorizar os “acionistas” ..olha, EU não nego por exemplo que o acionista Estado tenha que ter mais lucro do que imposto por exemplo ? Digo que o mercado de capitais, se sério, distribui muito mais riqueza do que salário e/ou participação nos lucros ..que a unica forma de PEÃO virar patrão é através dele

            …agora, evidente, você, um cara que deposita na poupança, que vive passivamente esperando por uma aposentadoria ou um rendimento sem risco, preguiçoso da RF (embora legítimo) ..sobre a égide dum governo populista e assistencialista, que priorizou CARRO ao invés de moradia digna pra substituir favela e palafita ..governo que dum lado enfraquece o Estado, e doutro o endivida com SELIC, fica difícil mesmo entender o que um cara como eu pensa ..mas aqui, neste debate, talvez um dia eu retorne.

            ps – e não confunda, ser sindicalista não é o mesmo que se ser socialista, tá ?!

            https://www.youtube.com/watch?v=8ovYdPOItR0

          • Mimimimi

            Como eu disse, “dizquerda é meuzovo”. Vc é um reaça. Age, fala e pensa como um. É racista, libertário, neoliberal e cheio de ódio dos diferentes, e muito orgulho de ser branco e homem.

            Típico reaça de carteirinha.

            Não vou perder meu tempo lendo esse monte de bobagens, Rocamboli. Vc já deixou claro que é uma perda de tempo, pois vc FOGE das discussões, ignora os argumentos, finge ue não vê as provas, e continua repetindo as mesmas mentiras como se ninguém o tivesse contestado.

            Vc é intelectualmente desonesto. Sempre foi e sempre será.

            E eu cansei de perder meu tempo com vc, reacinha. Vá discutir com os seus iguais no IM.

    • Qualé cara? Você só entra aqui pra esbravejar “contra a corrupção”. No fundo, você vomita mesmo é ÓOOODIO contra a atenção que os governos do PT dá aos pobres. Nunca vi você condenando a sonegação da globo. Aqui pra nós: você conhece alguma criança beneficiada pelo tal “criança esperTança”? Deixa de ser zumbi da globo, seu ridículo pobre de direita

  • Resta saber como fazer para que Eduardo Cunha e Renan Calheiros façam a guinada à esquerda. Dia 12 deste Cunha compareceu a uma sessão da CPI da Petrobras. Cunha foi citado na Lava Jato. Porém, dizem que foi responsável pela eleição, segundo dizem, de cerca de noventa deputados — conseguiu financiamento eleitoral para essa turma aí. Resultado: foi homenageado. Inclusive por deputados do PT presentes.

    Cunha e Calheiros não parecem muito dispostos a alterar regras de modo a limitar a influência das empresas nas eleições, já que são beneficiários desse estado de coisas. Parecem mais enxergar a situação de Dilma com olhos de hiena diante de uma farta mesa posta. Nos protestos não se ouve, aliás, o nome dessas figuras. Só se escuta o nome de Dilma, só se veem bonecos de Dilma sendo malhados, etc. Ótimo para esses sujeitos. Cunha anda até empurrando a corrupção para o colo do executivo. Até em FHC ele falou em entrevista que deu no Roda Viva. Vejamos nós a que ponto as asas do voo desse cidadão o estão levando: o cara, apesar de tudo, se vê no direito de posar de homem público reto e probo, indignado como o povo com os malefícios da corrupção.

    Assim são os políticos manhosos, ardilosos, as grandes “raposas”. É difícil lidar com eles sem ter muito jogo de cintura. Sem ser muito cínico, sendo mais franco, essa é a grande verdade. Exemplo: Cid Gomes, coitado, pensou que estava no Ceará — meu estado natal, por sinal — e disparou que o congresso é povoado por uns “trezentos ou quatrocentos corruptos”. Mentiu? Penso eu que não. Mas qual foi o resultado disso? Anda com a cabeça a prêmio numa possível reforma ministerial, já que dizem que Dilma terá que ceder mais espaço na sua assessoria direta ao PMDB.

    Aí fica a grande pergunta: o que fazer com essas figuras, Cunha e Calheiros e o resto do congresso nacional, esse nosso imenso balcão de negócios a serviço dos nossos grande empresários?

  • ela deve virar à esquerda, e aproveitar um fenômeno de educação política e ideológica: os protestos do dia 15 fizeram em 1 dia o que o PT não fez em 12 anos, que foi levar consciência de luta de classes para o povão.. o suposto massacre da mídia, especialmente da globo, só está consolidando na cabeça do seu verdadeiro tele-espectador – o povão – que os ricos querem o fim do PT, e todo mundo sabe que o “inimigo do meu inimigo é meu amigo” … alguém tem dúvida da escolha que deve estar percorrendo a mente dos ocupantes da base da pirâmide?

  • Também acho que o eleitorado de Dilma não sumiu nesses três meses. O protesto do dia 13 foi numa sexta-feira – dia útil. O do dia 15 num domingo, em que milhares de pessoas puderam comparecer. É só raciocinar, a diferença está aí.

  • Está mais do que na cara que não há meios de fugir do ajuste fiscal do ministro Joaquim Levy — que muitos apelidam de genérico de Armínio Fraga. Ajustes sempre são possíveis, claro, mas a essência da ideia continua, sempre.

    A situação é a mesma da de uma família e do uso do crédito pessoal. Uma família compra uma casa a crédito, às vezes um automóvel, chega a financiar o curso superior da prole etc. Mas não é possível financiar cem por cento dos gastos necessários, pelo menos não o tempo todo. Há um momento em que a torneira tem que ser apertada e a família passa a limitar gastos como ida a cinemas, shoppings, pizzarias, restaurantes, viagens etc.

    Levy tem dado explicações nesse sentido, mas em economês. Ininteligível para a grande massa. Um político com “P” lograria êxito no necessário convencimento do grande público. Lula, com suas brilhantes analogias, comunicador nato que é, é perito nisso. Já Dilma… O grande problema é que não se fazem ajustes desconfortáveis sem explicar a contento o que está a acontecer. Não há fórceps que dê jeito nisso. É conversando que a gente se entende, já dizia, sempre, o povo, em sua imensa sabedoria. Está faltando conversa com a população para que ela volte a ganhar ânimo. Mesmo com os apoiadores de sempre do PT, que vêm perdendo ânimo, o ímpeto de defender o PT anda esmorecido. Militantes estão com a autoestima baixa, o que os impede de colocar o bloco na rua.

    Falta de conversa, falta de debate, falta de negociação. Essa é minha grande preocupação com relação ao futuro deste governo Dilma. Se nem em todos os simpatizantes de seu projeto político ela consegue incutir ânimo, como conseguirá negociar com o congresso — dominado pelos Eduardo Cunha da vida — alguma coisa? Não sei. Tomara que se ache a fórmula.

    O fato é que o tempo está passando. É preciso lembrar que, mais adiante, teremos o clima pré-Olimpíadas. Quem não lembra do que aconteceu durante a copa das confederações? Noto que a imprensa não vem falando em Copa do Mundo, tampouco em Olimpíadas — acho que anda estocando munição…

  • lembrei da frança pré 1789, da rússia antes de 1917, com uma grande diferença: em ambas revoluções emerGENTES lutaram contra PREpotentes agarrados ao trono; o que observo por aqui são prePOTENTES reVOLTADOS contra a IRREVERSÍVEL ASCENÇÃO emerGENTE. “igualdade liberdade fraternidade” unindo proletariado + burguesia na frança contra ULTRAPASSADA NOBILIARQUIA; “pão paz e liberdade” levantando intelectuais + operários + camponeses + soldados na rússia contra ainda mais ultrapassada hierarquia. aqui acho que resume bem a bandeira de luta dos PREpotentes: ARMY AIR FORCE NAVY… get US back where we once belonged!!!

  • O governo Dilma não politizou a crise mundial que ajudaria a realizar o ajuste fiscal necessário, os movimentos sociais, o governo e o PT deveriam cobrar o Ministro Gilmar a devolução do processo que proíbe o financiamento de eleições por empresas. Uma atitude como essa é oportunidade de mostrar a sociedade a postura política em favor da direita que setores do judiciário, MP, PF tem adotado. E para finalizar o movimentos sociais deveriam ser diretos ao defender a legalidade demonstrar a população que a rede globo é golpista, tem que dar nome aos bois, diante das circunstâncias a postura pragmática não dará resultado na defesa do que se conquistou nos últimos 12 anos.

  • Uma coisa tem que ser avaliada, o altíssimo nível de analfabetismo político da massa cheirosa que proporcionou aquele circo de horrores do domingo. Na hora em que alguém furar a bola da globo que lidera o movimento golpista, ele vai se esvaziar.

  • Hoje saiu na Fel-lha de SP que
    82% dos presentes na passeata , votaram no Aécio.
    Maioria tem renda de + de 10 salários mínimos.
    Conclusão:A passeata foi realizado por aqueles que
    não sabem perder.GOLPISTAS!
    Sobrou elite, faltou povo.
    Infelizmente , para eles, as panelas não cabem nas urnas.
    Se panela gourmet ganhasse eleição,o Aéico seria o Presidente.
    Pobres panelas!
    Vão apanhar muito, até 2018.

    • Tive uma ideia!
      Em 2018 podemos colocar a foto de uma panela
      gourmet na urna.
      O voto dado à panela ,
      vai para o candidato da direita/PSDB/DEM/PPS/PSB.
      Quem sabe assim eles ganham as eleições, democraticamente.

  • Edu, sobre o seu post sobre o FIES, estive pensando sobre a época eu que fazia Direito na PUC-GO. Era muita malandragem da universidade. Era pressão em cima dos alunos o tempo todo. Ocorre que a universidade queria lavar as burras de dinheiro com o dinheiro do credito educativo, por sinal restrito a poucos brasileiros. Hoje a coisa é pior pq isso foi levado para a disputa politica, alias, até o passarinho que caga lá do alto vira coisa contra a Dilma. Então sobre o Fies não é diferente. As universidades sabem que o governo passa um valor fixo para cada aluno. Ai as universidades aumentaram e muito o preço das mensalidades e dai que a conta não fecha. Como Dilma já afirmou, foi um erro deixar o cadastro e o controle por conta da area privada, no caso as universidade, pode dar uma olhada que as universidades é que estão boicotando e jogando a culpa no governo. Saiu agora de manha uma materia na Record que até achei legal, mas a reportagem ainda não foi postada no site…favor dar uma checada nisso ai para dar satisfação aos seus leitores que tem o fies …as universidades privadas estão querendo uma especie de PROER pq só querem lucrar e não estão nem ai para a formnação dos alunos……abraço…ah sim, pode ver que tem muito riquinho fraudando o programa para não pagar universidade, por isso a Procuradoria Geral Federal, orgao ligado a AGU, tem agido para impedir fraudes… http://entretenimento.r7.com/hoje-em-dia/noticias

  • Edu, excelente texto e vc resume muito bem em único parágrafo o que está ocorrendo com “o verdadeiro povo brasileiro” ….O que acontece é que a maioria que elegeu o atual governo está desmotivada, calada, acuada e, em grande parte, decepcionada, É preciso que a PRESIDENTA entenda que NÃO tem que fazer acomodações direitistas com esses cidadãos que não representam o que é o povo brasileiro.
    Edu, eu sou braco e foi a primeira coisa que eu vi durante o domingo, Não vi negros, índios, nordestinos, ou outras minorias. Vi sim um número considerável de faixas em inglês (porra, nossa língua é o português) o que indica que tem sim o dedo safado do americano aqui; vi um povo endinheirado reclamando de honestidade (bando de hipócritas) o que estes que se acham de sangue azul fizerem e ainda fazem com vários países pelo mundo afora.
    A Dilma tem que usar a lei e punir a REDE GLOBOSTA DE MANIPULAÇÂO que é um veículo de inflamação a desordem pública junto com este partido entreguista, reacionário e que promoveram as maiores roubalheiras neste país e temos que tomar de assalto (no bom sentido) os lugares que esses coxinhas moram (Av. Paulista, Morumbi, Copacabana, Farol da Barra, etc) pois, se eles tem alergia a povo que se mudem para outro país. Edu, não tenho raiva desse (povo?), tenho pena, pois, nesse domingo estavam representados os nazistas, militantes de ultra direita que acha que com a violência vão resolver alguma coisa sem contar os “zumbis” em sua maioria, pois o que movem em seu ódio irracional é o egoísmo.
    Peço desculpas se me excedi, pois, com essa turba não haverá diálogo, e é por que estes não querem.
    Saúde e Paz!

    • Paulo, concordo em tudo com você. E vejo finalmente que o Edu está enxergando que a Presidenta Dilma tem problemas de comunicação em geral, e também com a esquerda e com o seu leitorado. Este último se sente abandonado porque a Dilma não se dirige a eles e também não os ouve, e só não abandona as fileiras da militância por querer temer pela democracia com o recrudescimento da forças retrógradas.

  • É um movimento dos que perderam a eleição e não do povo como um todo.

    Desde o momento da divulgação do resultado da eleição os perdedores juraram levar o país ao caos e ao desgoverno.

    Não sei onde a Dilma e seus assessores estão com a cabeça quando falam em dialogar com os fanáticos.

  • A Dilma venceu achando que tinha readquirido um poder que ela nunca teve. Deu todo o respaldo ao Joaquim Levvy, que zombou diversas vezes dos trabalhadores. E isso sem nenhuma contrapartida para os pobres, como disse o Lula esses dias.

    A Dilma parecia arrogante…

    Não que alguns ajustes não fossem necessários, mas o sujeito do mercado, o banqueiro espião, foi muito mal intencionado ao ressuscitar um imposto sobre a gasolina. E foi ideia dele o absurdo do aumento na energia. Está a serviço do golpe, mas Dilma acreditou que o lobo era bonzinho e não ia estraçalhar as galinhas. Dilma achou que ia ganhar loas da mídia, que ia parar de apanhar. Foi uma atitude de desespero que custou caro ao mandato dela. A economia esperada será ridícula. Poderia ter cortado dez ministérios do PP e do PMDB, poderia mandar todo mundo tomar no meio daquele lugar. Ninguém mais vota com o governo. O governo não tem mais aliados, exceto os partidos de esquerda de sempre: o próprio PT e o PC do B.

    Faltou coragem para a mulher valente.

    Faça igual ao Haddad, Dilma. Bote no rabo da elite: ela chia com as ciclovias, e tome ciclovias (coisa que os brancos dos bairros nobres sempre pediram para os governos de direita que eles tanto amam). O cara está parado com um carrão importado no trânsito e chorando? E tome mais faixas de ônibus. Tome!

    Não tente agradar tem ódio.

    Tome coragem Dilma. Chute o pau da barraca você também. Ou vai ter um fim melancólico de mandato…

  • Discordo radicalmente que os trabalhadores tenham que participar da cota de sacrifício.

    É injusto e é um tiro no pé, é perder eleitores.

    Não sei como o governo não percebe isso e justamente num momento em que necessita mais que nunca do apoio dos trabalhadores.

  • Torço para que a ameaça de prender o Lula e depor a Dilma fique bastante concreta.

    Somente assim o gigante acordará e ocupará as ruas, não com 210 mil pessoas, mas com milhões, para defender o resultado da eleição.

    Não vejo outro jeito e motivação para o pessoal realmente se mobilizar de verdade.

    • E do seu queridinho tucanos, não quer ver esses corruptos na cadeia? Engraçado você não é? Aqueles não tem nenhuma prova de corrupção apenas o que a mídia fica imputando nas cabecinhas vazias você quer que prenda, mas, os tucanos com FARTAS PROVAS CONCRETAS DE CORRUPÇÃO TANTO ATIVA COMO PASSIVA, você não quer que prenda. Que contradição a sua não? Não seria HIPOCRISIA?

  • “O que resta a Dilma é a esquerda (do centro à extremidade). Esse setor foi majoritário na eleição de 2014, bastando para reelegê-la – ainda que parte do eleitorado que reconduziu a presidente ao poder não tenha ideologia, mas medo de perder tudo que conquistou nos últimos 12 anos.”

    Segundo este paragrafo a esquerda foi majoritária na eleição de Dilma e parte do eleitorado não tem ideologia. Muito estranho este pensamento progressista.

    “Ainda que parte do eleitorado que reconduziu a presidente ao poder não tenha ideologia, mas medo de perder tudo que conquistou nos últimos 12 anos.”

    O blogueiro refere-se ao nordeste. O medo era justificado pois a campanha de Dilma espalhou que Aécio acabaria com o bolsa familia. A metade da população do Maranhão recebe o benefício.

    • O Aébrio e o PSDB espalharam que iriam acabar com o BF. Por ANOS a fio. O Aébrio até tentou transformá-la em um benefício previdenciário, negando toda a sua eficácia e lógica.

      Se o NE votasse por causa do BF, como vcs reacinhas vivem dizendo com base em seus preconceitos, o Serra teria tido votação exemplar em 2010, quando prometeu elevar o BF pra R$ 600,00.

  • Edu, só um alerta!
    De uma olhada no que o Brasil 247 fala!
    Co, essa turba não existe mesmo diálogo, infelizmente.
    Será que Freud explica?

  • Apoiado, Eduardo. Tenho plena certeza de que em 2008/2009, se Dilma estivesse na Presidência, o caminho escolhido seria o do arrocho e consequente falência de empresas nacionais e enorme desemprego. Graças a Deus, nosso maior Presidente, Lula, nem deve conhecer aquelas fórmulas matemáticas das quais se abstraem as pessoas, formulas tão admiradas pelos economistas. Dilma é uma deles. O que estamos vendo, hoje? A Presidenta foi eleita por 54 milhões de eleitores, que disseram preferir a política econômica desenvolvimentista e voltada para o bem comum (bem da maioria), portanto de esquerda, e resolveu governar segundo os ditames da minoria, que prefere seu bem particular. Deu nisso. Está perdendo apoio de parte cada vez maior dos 54 milhões e nada ganhou em reconhecimento do outro lado, que deseja mesmo é o poderá qualquer custo. E, mal assessorada, assume o jogo dos que querem derrubá-la, debitando os protestos a uma suposta corrupção desenfreada, argumento hipócrita, porque seletivo. Portanto, ou ela vira à esquerda como você a conclama, ou não se sustentará.

  • Penso exatamente o que vc pensa. Como sempre, vc soube expressar muito bem.

    Tem familiares e conhecidos meus, que são de esquerda, que estão desaprovando o governo Dilma por causa da política econômica de ajuste fiscal. Estão dizendo que Dilma está se rendendo à agenda neoliberal. Seu texto vai ajudar e muito na conversa que vou ter com eles.

  • Muito bom artigo.

    Dilma tem que entender que não adianta ir no meio da Avenida Paulista se explicar e justificar na casa do capital, ainda que encontre alguns ouvidos de gente que está ali circunstancialmente, mas que não é dali.

    Tem que ir se justificar e explicar na portas das fábricas, nas favelas, nos bairros de periferia, junto a sua sustentação histórica.

    Precisa entender que, ainda que tivesse tornado o Brasil uma Finlândia ou uma Suíça, essa parte da população nunca votou na esquerda, nunca votou nela, nunca vai respeitá-la ou entendê-la.

    Eles não mudaram de ideia por conta de alguma medida do governo, não, desde sempre foram contra tudo, qualquer coisa, o máximo que fazem, é ficar calados quando alguma coisa os agrada, não vão aplaudir a ela ou ao PT por isso NUNCA!

    Tem que compreender que eles preferem viver na sua ilha de riqueza, cercados de injustiças sociais e miséria por todos os lados, mas sabendo que o governo é deles, dirigido por um deles, que eles é que mandam.

    Acham que, se houver que ter sacrifícios em algum momento, tem que ser jogado para as classes da base da pirâmide, nunca pra eles, pois, na sua concepção, são os escolhidos, os que dão emprego, geram impostos, nunca podem ser afetados, têm que ser sempre servidos e preservados.

  • Assino embaixo, Edu. Não da mais para evitar confornto. Se é pra perder, perder lutando e não entregando-se. E se entregar é certeza de derrota, lutar não é.

  • A OPOSIÇÃO SÓ PRECISAVA DISSO, DO FALSO APOIO POPULAR AO IMPEACHMENT DE DILMA, VÃO VIR COM TUDO. Eles tem tudo milimetricamente planejado. Cada passo, cada gesto. Torço para que o PT desperte e se defenda, saia de baixo da cama. Dilma tem que dar munição para a esquerda, NÂO para a direita. Não adianta o PT oferecer bala para o inimigo, senão com certeza perderá a guerra, levando o povo de arrasto.

  • Essa história de dizer que só tinha branco coxinha nas manifestações de dia 15,é coisa de PeTralha! Na Bahia constatei que haviam dois negros: eram os dois bonecos do Joaquim Barbosa. rsrsrs E em São Paulo, quatro.rsrs

  • Adorei os comentários da Maria que aqui vou repostar nem pedi sua permissão, é que eu morei eu SP por duas vezes a primeira foi mais breve, foi quando completei 18 anos e como faltava um ano para terminar o 2º grau e na época eu não consegui vagas nas escolas perto do bairro onde eu fui morar com meus irmãos e mais dois colegas.
    O ano que passei lá eu fui vendedora ambulante, aí eu não conseguia o dinheiro nem das despesas do aluguel e para a alimentação, isto que meu patrão era um primo muito querido, que ajudou a bastante pessoas da família, irmãos, parentes e amigos. Mais foi difícil, findando o ano eu resolvi voltar para minha terra Jaguaribe-Ce, e terminar o 2º grau. Quando eu concluí apesar de sofrer bastante pois eu vivia com o nariz escorrendo, eu achava que era só gripe, nem dormia à noite com o nariz entupido, mais quando no ano seguinte conclui o 2º grau, juntamente com uma colega minha Eridan que até hoje continua em SP, eu voltei enfim estas foram as duas ocasiões que morei em SP e retornei em 1992 para a minha cidade, porque a Firma que arrumei serviço a “EVETRON” no Bairro Carrão, faliu e foi demitindo todo mundo isto no ano de 1991 fui mandada embora e voltei para a minha cidade, já que a rinite alérgica me castigou bastante, eu joguei a toalha.
    Enfim meu primo Zelão era fanático pelo Paulo Maluf, quando eu vejo algo sobre ele eu só lembro do meu primo que era tão bom, mais era malufista fanático.

    Maria
    17/03/2015 • 10:13

    Ela tem que ignorar essa gente. Com esse pessoal não tem diálogo. Eles não querem combate a corrupção, mentira, eram todos Malufista um tempo atras e diziam felizes da vida: Ele rouba mas faz . Esse pessoal quer a morte dela, do Lula, do PT, dos pobres, dos negros, dos gays, do MST, da cor vermelha, de qualquer avanço social que coloque mais pobre perto deles. Eles babam de ódio. Eles querem a morte de tudo isso. Combate a corrupção? Mentira, pois eles são os corruptos chefes. Ignore essa gente. Governe com o restante que é a maioria. Se eles quiserem, como diria minha mãe: A porta da rua é a serventia da casa. Vão pra Miami. Só não fiquem doente, porque terão que se tratar em Cuba, pois lá não tem saúde. É o que a maioria dos americanos estão fazendo hoje, indo se tratar em Cuba. Bando de palhaços reacionários.

  • Eduardo, parabéns por este artigo e pela reportagem de ontem, sobre as passeatas. Com relação a alertar o governo, o PT e a presidente Dilma, sinceramente, é total perda de tempo, é pregar no deserto. O Lula não consegue sair às ruas (se bobear será preso pelos fascistas que querem derrubar a presidente Dilma) e nem assistir a uma partida de futebol do seu time do coração. O José Dirceu e o Genuíno, foram condenados e também não podem sair às ruas, pois correm o risco de serem linchados. E assim é com dezenas ou centenas de outros políticos do PT. E, ainda assim, se a Globo, a Folha e a Veja fizerem algum convite para alguém do governo, eles atenderam prontamente. Só não ouvem quem os apoia e vota neles, como é o meu caso.

  • Eduardo, 82% dos que participaram da manifestação de domingo, votaram em Aécio. Dariam milhares de cartazes com esses dizeres. Realmente, fica consolidado o 3º turno. E mais ainda: de fato, eles querem um golpe. Sabe, fico imaginando, se esta oposição ganhar uma eleição, haverá a maior perseguição política; uma perseguição jamais vista. Se, o PT no poder já fazem isso tudo, imagine fora. Com certeza, tal fato acontecerá. Estejamos preparados. Qualquer coisa, será manchete e prisão.

  • Edu,

    Concordo plenamente com seu texto. De todos os blogs progressistas, par a mim o seu é o melhor deles. Pena que em nome da democracia temos que ver de vez em quando alguns comentários repugnantes.
    Um tal de romanelli quando eu vejo já pulo para o próximo. Além dos comentários serem reaças, são chatos para burro.

  • AFAGAR A ELITE REPRESENTADA PELA DIREITA PODE SIGNIFICAR AJOELHAR DIANTE DESSE PESSOAL QUE QUER SANGRAR O GOVERNO DILMA SEGUNDO PALAVRAS DE UM DE SEUS REPRESENTANTES NO SENADO O SR. ALOYZIO NUNES……O QUE O GOVERNO TEM QUE FAZER DAQUI PRÁ FRENTE É ABRIR-SE MAIS À ESQUERDA E TRAZER O PESSOAL DO CAMPO DEMOCRÁTICO E POPULAR PARA QUE JUNTO COM A OS ELEITORES DO GOVERNO DILMA FORMAR UMA CORRENTE POPULAR DE ESQUERDA PARA CONTRAPOR AO MOVIMENTO REACIONÁRIO DE ULTRA DIREITA QUE ESTAMOS PRESENCIANDO NESSE MOMENTO DA VIDA POLÍTICA DO PAÍS…..À DIREITA INTERESSA O CAOS ENONÔMICO, POLÍTICO E SOCIAL…..RESTA AO GOVERNO E AO PT BUSCAR APOIO DA MASSA DE TRABALHADORES, DOS MOVIMENTOS SOCIAIS E DE ENTIDADES QUE QUEREM PRESERVAR A NOSSA DEMOCRACIA…. REPITO: AFAGAR À DIREITA NESSE MOMENTO NÃO RESOLVE O PROBLEMA DO PAÍS ATÉ PORQUE O QUE ELA QUER É SANGRAR O GOVERNO……A VERDADE É QUE ATÉ AGORA O PSDB E SEUS CACIQUES NÃO ASSIMILIRAM O GOLPE DE MAIS UMA DERROTA E CONTAM COM O APOIO DA GRANDE MÍDIA PARA TENTAR DERRUBAR O GOVERNO DILMA……

  • Brilhante seu post Eduardo. Aproveito para concordar com alguns comentários que diz que as manifestações são melhores nos finais de semana. O PT tem que ser mais profissional. Marcar uma manifestação numa sexta-feira é cruel. Só porquê era num dia 13, número do partido! Vejo muito amadorismo nisso. É minha opinião. Isso não quer dizer que eu esteja certo.

  • Que história é essa de sequer imaginarmos que o Brasil “se endireitou”!!!!!!!!!!!!!!!!?????????? Só quem não enxerga além do próprio condomínio pode pensar um asneira como essa. Os “protestos” de domingo foram de uma minora, pertencente a uma classe social minoritária, mais especificamente à classe média alta; burra, ignorante, alienada, preconceituosa e medíocre(por isso, chamar essa classe de “educada”, como fez o conservadoríssimo El País, é mostrar-se no mesmo nível de ignorância dela. DESDE QUANDO CONHECIMENTO TÉCNICO SUPERIOR, ADQUIRIDO EM FACULDADES PARA LIDAR-SE COM UMA OPERACIONALIZAÇÃO TÉCNICA; SEJA NA ÁREA DE EXATAS HUMANAS OU SAÚDE; É EDUCAÇÃO, NO SENTIDO HUMANISTA DO TERMO, OU SEJA, CULTURA E CONHECIMENTO ELEVADO??????!!!!!!!!!!! BASTA CONVERSAR-SE COMO NOSSAS CLASSES MÉDIAS, OUVINDO SEU SENSO HISTÓRICO E CULTURA TÃO PROFUNDOS QUANTO UMA FOLHA DE PAPEL; PARA PERCEBER-SE CLARAMENTE A IMENSA IGNORÂNCIA QUE OS ACOMETE). E veja bem, até essa minoria, com sua estupenda burrice, está sendo instrumentalizada, manipulada por aqueles que realmente têm a lucrar com a saída de Dilma; a “elite” que forma a classe dominante; essa tão minoritária que, mesmo que sua proverbial arrogância não existisse e assim se permitissem comparecer aos “atos” de domingo; o número ínfimo daqueles que pertencem a essa casta privilegiada seria insuficiente para encher uma esquina da Paulista. Contudo, os burros assalariados da classe média(de salários melhores, mas assalariados)fazem o papel de bucha de canhão para os donos do poder e, devidamente manipulados pela mídia que os poderosos controlam, e assessorados por sua ignorância visceral, preconceitos atávicos e truculência símia partem para derrubar um modelo de Sociedade que também os beneficia. Ainda assim são minoria. Se somaram 210 mil no maior ato, na fascista São Paulo(ou mesmo que atingissem o falso número de 1 milhão vendido pela mídia)continuariam sendo nada em comparação com os 11 milhões de moradores da cidade. No resto do Brasil, é risível. São apenas mais barulhentos, graças à mídia. Quanto aos atos da CUT, outra análise equivocada. Se pensarmos que foram atos feitos sem grande divulgação, em condições adversas, de tempo, recursos para transporte, problemas para a alimentação dos que vieram do campo; os atos foram um sucesso. A CUT CONSEGUIU REUNIR 50 MIL PESSOAS EM SÃO PAULO, NA CIDADE MAIS FASCISTA DO PAÍS, SEM DIVULGAÇÃO NENHUMA. USANDO A INTERNET; QUE NINGUÉM ACESSA PARA TRATAR DE POLÍTICA, SÓ OS INICIADOS; E O BOCA A BOCA. NUM DIA EM QUE O TEMPO FOI PÉSSIMO. JUNTOU 5 MIL EM RECIFE, SEM ANÚNCIO NENHUM E NUM ATO MARCADO PARA O HORROROSO HORÁRIO DE 7 HORAS DA MANHÃ!!!!!!!!!!! Você está errado, os atos da CUT foram um sucesso. Com toda a Globo divulgando, o “ato” dos coxinhas só reuniu muita gente em São Paulo e no Rio, porque ocorreu nos locais onde os coxinhas moram(assim é fácil, é só descer do prédio para participar. Dá até para lanchar em casa e volta para relinchar mais um pouco). Em outras partes do Brasil, os atos também ocorreram em bairros ricos e foram um fiasco. Ou seja, nem descer dos prédios os coxinhas do resto do Brasil foram capazes de fazer, mesmo com todo o ódio que sentem contra Dilma. O que Dilma precisa é reverter esse clima de ódio que existe em torno dela, não na maioria, mas contaminando os ciclos políticos e jurídicos, que podem prejudicar seu Governo e levar ao golpe. Ou seja, Dilma precisa dar um choque no golpismo e para isso precisa mobilizar a massa. Os milhões de brasileiros que não têm consciência sequer do que está acontecendo(estava no ato em Recife, e os transeuntes não sabiam se era a favor ou contra Dilma), não têm ideologia, mas irão se mover se perceberem as conquistas dos últimos anos ameaçada. Nessa ponto, trazer a esquerda para o Governo é fundamental. Como também conseguindo o apoio mais direto do povo, anunciando medidas progressistas que deveria ter tomado desde o início, é fundamental para atrair as massas. EXPLICAR A NECESSIDADE DO AJUSTE, NÃO EM ECONOMÊS, MAS EM LINGUAGEM POPULAR E LANÇANDO A FATURA PARA OS RICOS, COM A PROPOSTA DE UM IMPOSTO SOBRE AS GRANDES FORTUNAS E OS GANHOS DE CAPITAL. Não importa se não passar, ficará o ato político, o povo saberá que ela tentou e partirá para a briga, exigindo impostos sobre os ricos e aceitando provisoriamente uma cota de sacrifício, em caso do Congresso não tributar os poderosos, para garantir que o Brasil não sejam prejudicadas conquistas mais importantes. Aí sim os brasileiros poderão aceitar uma medida impopular, como paliativo para que consigam que os ricos paguem a conta em nome de conquistas maiores, ou seja, essas medidas chegarão ao povo fazendo parte de um contexto mais amplo, negociadas, como resultantes de um pacto de luta em nome da continuidade das melhorias e para conseguir-se aprovar medidas que tributem aqueles que devem pagar a conta, os que mais têm. OU SEJA, DILMA TEM QUE LIDERAR A LUTA DE CLASSES, COMO FEZ CHÁVEZ NA VENEZUELA, E CONTINUAM FAZENDO MADURO; OU AINDA COMO AGE CRISTINA KIRCHNER NA ARGENTINA. Se assim agir, liderará o povo e deixará a direita acuada. Por sinal, tenha certeza que a direita tremeu com os atos de sexta, pois sabe que podemos colocar muito mais gente. E tremerá mais ainda se a Presidenta deixar de acovardar-se e liderar a luta que já está sendo travada , só que apenas por um lado. HUMILDADE OU DIÁLOGO UMA OVA!!!!!!! É hora de luta e Dilma precisa entender isso.

  • Os tucoxinhas foram às ruas
    protestarem contra a “corrupção dos outros”,
    para preservar a sua.
    E, haja Pignelaço!
    A hipocrisia é a arte de se auto-enganar.

  • Infelizmente, caro amigo Eduardo, pelas primeiras manifestações da Dilma, ela continua tentando agradar o tal mercado.. Eduardo faz 4 anos que eu bato na mesma tecla, com um sujeito inepto, asqueroso e covarde como o Zé Cardoso como um dos principais conselheiros políticos da Dilma, a vaca vai pro brejo. Outra coisa, a Dilma tem uma falha fatal para um político: extrema ingenuidade.

  • Prezado Eduardo:

    “Vire à esquerda, presidenta”

    1. E mantenha esse rumo

    2. A senhora foi eleita dom 54.501.118 de votos = 51,64%

    3.Estamos prontos a lhe seguir

    4.Continue fazendo um governo onde os pobres e excluidos tenham vez, embora, muitas vezes a senhora não seja entendida por falta de uma boa equipe de comunicações.

    5.Não pisque para a direita, pois, é aí que reside os entreguistas e vendilhões da pátria.

  • Como se combater marchas fascistas de bestas-feras pedindo o golpe?

    Com manifestações progressistas formadas pelo povo de fato.

    Como conseguir fazer com que o povo se reúna nestas manifestações progressistas?

    O governo virando à esquerda e procurando conversar com todos os movimentos de esquerda, blogs e jornais de esquerda, assim, os movimentos progressistas irão conclamar o povo a ir à ruas, através da formação de uma pauta progressista.

    Vale usar de tudo o que estiver disponível: Redes sociais, panfletos, jornais de esquerda, boca a boca.

    Isto precisa de financiamento?

    Sim, quem puder ajudar que ajude. Eu mesmo ajudarei. Mas os movimentos organizados como CUT/UNE/FUP/MST já podem usar seus recursos.

    Que dia da semana marcar isto?

    No domingo, assim junta mais gente.

    Em que datas marcar?

    Tem-se que estudar estas datas, mas tem que se dar um grande espaço para que o povo se prepare para participar do movimento.

    Tem que centralizar o movimento?

    Sim. Daí a reunião com as forças progressistas (Blogs, Jornais, CUT, MST, UNE, etc) para definir locais, datas, pautas, propaganda, logística, etc.

    Quais pautas devem ser colocadas?

    Dicas:

    1 – Reforma Política com financiamento público de campanhas e fim do financiamento privado;
    2 – Regulamentação da mídia;
    3 – Investigação e punição da corrupção da direita: Privataria, mensalão tucano, trensalão, suiçalão, compra dos votos (sei que este já passou e ficou por isto mesmo, mas tem que ser lembrado), sonegação da Globo, falcatruas do PIG, etc;
    4 – Imparcialidade do MP e da justiça.

  • Edú .. olha gente que não é petista, mas gosta do PT, tá com medo de dizer que gosta. Petista de carteirinha tá proibido de colocar camiseta vermelha. Ou toma uma porrada com soco inglês e nem pode reclamar na delegacia.
    O que Dilma está esperando? Não sei .. tá russo. Por enquanto, 7×1 para eles. Não adianta tapar o sol com a peneira .
    Aliás, reparou na quantidade de selfies dos manifestantes com a Tropa de Choque? fotos super amistosas.. O que vc me diz disso, Edu? Normal não é né? rs . abs

  • Curiosidade: 82% dos manifestantes em São Paulo votaram em Aécio, segundo pesquisa do Datafolha.
    Estranho termos visto tantas faixas e cartazes pedindo golpe militar, e nada de pedidos de volta do PSDB.
    Será que algum tucano já pensou nisso?

    • Segundo percebi das amigas tucanas, super enfronhadas no tal evento, foi proposital não haver nenhuma menção ao PSDB, a intenção era desvincular o PSDB da manifestação.

      • Então exageraram na dose.
        De tanto não mencionar, acabou chamando demais a atenção.
        Poderiam ter disfarçado um pouco mais.
        Desse modo, é como se se dissesse: o não haver PSDB na manifestação é quase prova da participação do PSDB nas articulações da manifestação.

  • Espero que Dilma não continue com esse comportamento de animal acuado, senão nós do lado da esquerda vamos começar a ficar muito decepcionados. A Cristina Kirchner enfrenta com força os adversários na Argentina e Dilma fica aqui com muito medo e receio. Será que tudo isso é porque ela foi torturada na ditadura e tem muito medo de enfrentar golpistas e eles acharem que ela não é democrática? E Lula, será que tá dando algumas dicas pra ela, já que a experiência dele é infinita? Ou ele não tá querendo interferir? Eu sei que, se Dilma continuar agindo assim, a gente já consegue até visualizar o golpe sendo concluído. Mas espero que a estratégia dela esteja certa. Espero que ela esteja visualizando uma solução melhor do que nós.

    • A Dilma precisa reforçar seu núcleo político à esquerda e adotar uma tática de enfrentamento mais eficaz. Mas covarde ela não é, pode ter certeza.

  • Concordo com vc Edu, ou a Dilma volte a sua política ä centro – esquerda, ou não vai terminar o seu governo em 4 anos e sim em bem menos, Hoje mesmo o FHC, grande incentivador do impeachment, diz que o Lula tem que ter vergonha na cara e nunca mais pensar em voltar pra política, pois só fez roubalheira nesses últimos 12 anos. O DEM/PPS/PSDB todos os dias aparecem em manchetes no PIG acabando com o PT, malhando a Dilma e o Lula, eles não querem dialoga, eles querem que o governo Dilma se exploda, eles querem o quanto pior melhor e ela fica com esse papo de dialogo, eles não querem dialogo, eles querem o poder.

  • Sexta-feira foi dia útil (como fizeram questão de reclamar meus amigos tucanos, manifestação em dia útil atrapalha o trânsito – aparentemente, se for black bloc, contra Haddad, não atrapalha). Geralmente, pedir dispensa para manifestação de apoio a Dilma não é bem recebido pelos empregadores.

  • Caro Edu.
    Não tenho muitas informações sobre como o mundo está vendo o movimento de domingo, mas de uma coisa tenho certeza: virou piada para eles.
    Num momento em que, no mundo inteiro, se combate ditaduras (inclusive a do “Mercado”), um grupelho, no Brasil, vai para as ruas pedir… ditadura!
    Ainda bem que, como nos jornais citados, eles sabem que é uma parte da elite brasileira revelando o seu nível de inteligência, cultura e interesse.
    E o povão exibe sua dignidade e sabedoria.
    Grande abraço.

  • Vou guardar esse post. Não chega a ser uma confissão, como diz a Dilma, mas é quase uma. Daria pra fazer um coments imenso sobre cada parágrafo ou assunto, mas nem acho que seja o caso. Confesso que fiquei surpreso com tanta confissão. Desculpe a ironia.

    Mas vamos lá ao que interessa. Os embargos de declaração rssss. Vc defende que Dilma vire à esquerda levando Levy ou sem ele? O sacrifício previsto de um ano é para soltar de novo o gasto no ano seguinte? E se não chegar lá?

    Agora dúvidas de raciocínio. Dilma se reelegeu por diferença pequena. Foi eleita em aliança com o PMDB e outras legendas. O PT diminuiu em tamanho de representação, hoje é 15% do congresso. As ruas tbm não estão favoráveis. Não existe espaço para impor uma agenda à esquerda. Desculpe, Eduardo. Não desprezo sua inteligência. Vc sabe que é um caminho inglório, mas se for de caso pensado, começo a ver aí uma estratégia. Retirada para retornar mais forte. O Gilberto Carvalho tbm disse algo assemelhado em Fortaleza. A idéia é arrebentar a corda, deixar o duro ajuste pra outro e voltar em glória em 2018?

    • E se… e se… Ora, Dilma já recompôs a base parlamentar. Essa micareta coxinha só vai servir pra reforçar a tese do fim do financiamento privado de campanha. Ajuste? Ahhh… quem terá de fazer já um ajuste radical é o PIG, que não recebe dinheiro do governo desde janeiro. Aquela galerinha nasceu e criou-se mamando nos nossos impostos.

    • Edu, entendeu o que comentei sobre a turma do “mimimi” dentro do PT que não tolera qualquer crítica, mesmo que pertinente? Sua crítica é de eleitor da Dilma, de quem defende (se expondo e correndo risco) abertamente os governos do PT desde o Lula, crítica pertinente totalmente e concordo com cada ponto e veja a que ponto chegou o nível de não tolerância com crítica e cegueira de parte da militância do PT, que eu costumo chamar, ironizando-os de “militância oficial”, pois são bastante despolitizados (como os coxinhas) e tratam a questão como disputa de time de futebol e a coisa está muito acima disso pois trata-se de política.

      Esse pessoal capitulou e esqueceram de dizer a eles isso. Lembro que o tempo fechou com umas figuras que repetem esse mesmo tipo de discurso tentando castrar a opinião da gente, no episódio do ataque terrorista àquele pasquim francês de mau gosto, e acabei até deixando de falar com algumas dessas figuras, que são totalmente refratárias e defendem a situação como está. No fundo eles são mais perigosos ao governo do que os coxinhas, porque os coxinhas a gente sabe o que pensam, já esses só ficam castrando opiniões como “patrulhas do pensamento” deixando o governo à deriva já que só fazem puxar o saco.

      O problema, como cheguei a comentar aqui antes (em resposta ao que o cara colocou), não é tomar medidas de austeridade pra recompor as finanças, e sim a figura que ela escolheu pra isso. O problema do Levy é mais simbólico (ele representa o lado derrotado, e foi exaltado e apresentado assim pela Globo ao povo), e simbolismo em política tem peso. Ela poderia fazer o mesmo com uma figura sem o caráter simbólico do Levy (o ministro do Planejamento, por exemplo) e cortaria essa histeria em torno do nome do Chicago Boy. Ela foi ceder à direita e tá tomando paulada da direita e de parte da esquerda que não consegue avaliar o quadro político atual achando que esta direita é inofensiva e já vi de uns, dizendo que se o PSDB voltar seria a mesma coisa (por não terem memória do que significa os tucanos no poder).

      E o pior, não é só uma fazer isso, são vários. Esse pessoal foi minando o capital político do PT e a articulação com as massas desde o primeiro mandato do Lula, por isso que hoje é tão difícil falar até com gente da esquerda (sem ser petistas), embora tenham se aproximado mais com a eleição do ano passado.

      Tenho mais asco desse pessoal refratário do que dos coxinhas, pelos motivos que citei, eu pelo menos sei o que os coxinhas (reaças) pensam, já dessa turma do “deixa disso” e que fica podendo qualquer reação, o que eles querem? Eles acham que governo se sustenta no poder só cuidando de economia? Pelo visto a formação política desse pessoal é muito, mas muito precária.

      O grau de desconsideração deles com questões culturais (algo central em partidos de esquerda) tb é outra coisa bizarra.

  • Caro Eduardo,

    Acho que vc falou bem quando citou que estamos calados, desmotivados, essa é realmente a sensação, pois lutamos tanto para defender o Governo, batalhamos para a sua eleição e depois somos jogados, desprezados, e o Governo eleito prefere gastar toda a sua energia tentando agradar a quem nunca vai agradar.

    D.Dilma tem responsabilidade nisso por sua falta de habilidade política, cada vez mais perceptível para conduzir as coisas ou ao menos muito mal aconselhada. É inaceitável uma mulher guerreira com ela, que lutou para nós podemos ter a nossa liberdade de expressão ficar ausente, calada, deixando o tempo passar e assistindo a oposição e a mídia por fogo no País. Não senhora Dilma Rousself, eu não votei na senhora para assistir cenas deprimentes na Avenida Paulista como fomos obrigados a ver, tudo televisionado por empresa sonegadora de impostos, sendo um concessão do Estado. O Governo medrou. O pior daquele show de horrores de domingo foi ver a patética entrevista de ministros do seu Governo, notadamente o Sr. José Eduardo Cardoso. A atuação desse senhor como Ministro é inaceitável, sempre moroso, sempre desatento, uma lesma, uma não faz nada, incapaz de ter um cargo como Ministro da Jusitça. Que Ministério a senhora montou. Quem está lhe dando essa consultoria de péssima qualidade, Aloisio Mercadante? Aonde está o Ministro da Justiça do Brasil, Sra. Dilma Rousself que assiste pacificamente um policial federal fazer treinamento de tiros tendo a senhora como alvo, o que essa tartaruga está esperando? Aonde está o Ministro das Comunicações, o que ele diz, o que faz, o que fala….teremos mais 04(quatro) anos sem o Governo se comunicar…..que Ministros incompetentes foram selecionados……a culpa é totalmente sua, Presidente…..infelizmente.

    Desabafo de um eleitor cansado de apanhar.

    • O problema não é Dilma. Se for derrubada vai pra casa e viverá de sua aposentadoria como presidente. Talvez até em outro país. Nós ficaremos aqui com um governo de direita que vai gerar uma convulsão social. Não fazemos favor a ninguém ao não desistir. Creia-me

      • Prezado Eduardo,

        O problema não está somente no que foi dito, está também na qualidade do voto. Lula quando foi eleito teve maioria da esquerda no Congresso? Quando foi reeleito também teve? Dilma quando foi eleita teve esta maioria? Pior é que agora trata-se de um Congresso mais conservador ainda, que não quer saber de interesses do povo. Reformas poderá passar todas para ludibriar, desde que não os desagrade e o povo? Ora! Que o povo continue onde está. Há ainda um terrível erro cometido pelas esquerdas, pelos governos petistas, na medida em que alterava a performance social dos miseráveis e dos pobres, não tiveram o cuidado de dar-lhes também informação, para que eles não viessem a tornar uma classe média remediada e analfabeta política. Muitos não admitiram ser manipulados, mas outros tantos são analfabetos políticos ou mal agradecidos mesmo. Correm o risco de retornarem de onde vieram, mantendo a mediocridade no viés da direita, de onde nunca poderiam ter saído. Trabalhador é para trabalhar, doméstica é para ser doméstica e com pouco cultura para não perguntar ou reivindicar em demasia, é como aquela música, “trabalhe, trabalhe nego”. Há tempo de mudar, de virar a esquerda como disse? Creio que sim, mas com a presente comunicação e com este Ministro da Justiça, as chances de término de um projeto é significativo, podendo atingir até mesmo o potencial eleitoral de Lula.

      • Edu, Marcelo Resende, aquele animador de assuntos criminais e por tabela das manifestações coxinhas e fascistas, seguindo um script de desvalorização da política enfatizando a corrupção, há tempos vem falando da corrupção na Petrobrás e, contingencialmente, fala que vem aí os escândalos da Eletrobrás e do BNDS. Será que isso tem fundamento ou é apenas panfletagem desse camarada?

      • “O problema não é Dilma. Se for derrubada vai pra casa e viverá de sua aposentadoria como presidente. Talvez até em outro país. Nós ficaremos aqui com um governo de direita que vai gerar uma convulsão social. Não fazemos favor a ninguém ao não desistir. Creia-me”

        Eduardo
        Na mosca. Esse é o meu temor.
        Tenho dito mais ou menos isso aos que tenho oportunidade de diálogo.
        Sou Rotariano. Infelizmente nesse meu meio, onde me sinto bem com bons amigos, há o que mais de reacionário existe. Tenho receios de identificar-me Petista e defender minhas idéias. As consequencias seriam danosas aos meus interesses. Prefiro afastar-me a perder um grupo de amigos que já me foram úteis e se não fosse isso, seria pelo fato do Rotary ser mundialmente um clube de ajuda ás camadas menos favorecidas sem ser assistencialista.
        É dureza ouvir calado certas asnices de pessoas da mais alta classe social e ter que ficar como um coelho cercado de predadores.
        Sei bem que se não está bom com a Dilma, pior será sem ela.
        Espero entenderem -me.

  • por Leandro Fortes
    Admita: você foi para a rua para odiar.
    Primeiro, vamos combinar uma coisa: se você votou em Aécio Neves, nas eleições passadas, você não está preocupado com corrupção.
    Você nem liga para isso, admita.
    Aécio usou dinheiro público para construir um aeroporto nas terras da família dele e deu a chave do lugar, um patrimônio estadual, para um tio.
    Aécio garantiu o repasse de dinheiro público do estado de Minas Gerais, cerca de 1,2 milhão reais, a três rádios e um jornal ligados à família dele.
    Isso é corrupção.
    Então, você que votou em Aécio, pare com essa hipocrisia de que foi às ruas se manifestar porque não aguenta mais corrupção.
    É mentira.
    Você foi à rua porque, derrotado nas eleições passadas, viu, outra vez, naufragar o modelo de país que 12 anos de governos do PT viraram de cabeça para baixo.
    Você foi para a rua porque, classe média remediada, precisa absorver com volúpia o discurso das classes dominantes e, assim, ser aceito por elas.
    Você foi para a rua porque você odeia cotas raciais, e não apenas porque elas modificaram a estrutura de entrada no ensino superior ou no serviço público.
    Você odeia as cotas raciais porque elas expõem o seu racismo, esse que você só esconde porque tem medo de ser execrado em público ou nas redes sociais. Ou preso.
    Você foi para a rua porque, apesar de viver e comer bem, é um analfabeto político nutrido à base de uma ração de ódio, intolerância e veneno editorial administrada por grupos de comunicação que contam com você para se perpetuar como oligopólios.
    Foram eles, esses meios de comunicação, emprenhados de dinheiro público desde sempre, que encheram a sua alma de veneno, que tocaram você como gado para a rua, com direito a banda de música e selfies com atores e atrizes de corpo sarado e cabecinha miúda.
    Não tem nada a ver com corrupção. Admita. Você nunca deu a mínima para corrupção.
    Você votou em Fernando Collor, no PFL, no DEM, no PP, em Maluf, em deputados fisiológicos, em senadores vis, em governadores idem.
    Você votou no PSDB a vida toda, mesmo sabendo que Fernando Henrique comprou a reeleição para, então, vender o patrimônio do país a preço de banana.
    Ainda assim, você foi para a rua bradar contra a corrupção.
    E, para isso, você nem ligou de estar, ombro a ombro, com dementes que defendem o golpe militar, a homofobia, o racismo, a violência contra crianças e animais.
    Você foi para a rua com fascistas, nazistas e sociopatas das mais diversas cepas.
    Você se lambuzou com eles porque quis, porque não suporta mais as cotas, as bolsas, a mistura social, os pobres nos aeroportos, os negros nas faculdades, as mulheres de cabeça erguida, os gays como pais naturais.
    Você odeia esse mundo laico, plural, multigênero, democraticamente caótico, onde a gente invisível passou a ser vista – e vista como gente.
    Você foi não foi para a rua pedir nada.
    Você só foi fingir que odeia a corrupção para esconder o óbvio.
    De que você foi para a rua porque, no fundo, você só sabe odiar.

  • Já passou da hora de defendermos a democracia das armações golpistas. Não esperemos mais o governo. Vejam isto:

    “http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/173569/Ap%C3%B3s-longa-pris%C3%A3o-delator-diz-o-que-Moro-quis-ouvir.htm”

    Temos que fazer as manifestações progressistas contra o golpe.

    • Isso não pode continuar, esse Moro está prestando papel de bandido. Tem que por a polícia federal investigar esse Moro, vasculhar suas contas daqui do Brasil e dos paraísos fiscais. E por falar em Polícia Federal, também está precisando de uma boa faxina, prender os bandidos dentro da Polícia Federal.

  • Edu, boa tarde! Acho que a nossa Presidenta está muito quieta, concordo com vc, que está passando da hora da mesma, dar a guinada a esquerda, livrando-se dos dissidentes do PMDB, como gedel e outros.
    Gostaria que informasse, quem manda no juiz Sergio Moro, ele não tem que obedecer a uma ordem hierarquica? Ele, pode fazer tudo o que está fazendo, e ninguém protesta, chega junto, acho que ele está jogando o jogo da direita, porém, é necessário forças superiores a ele, seus procuradores e delegados federais, por um basta nessa palhaçada. Só noticiário para a globos…… e seus asseclas (pig).

  • Acho que Dilma deveria confiar em pelo menos uma pessoa, confia no Lula, aceita que ele é o cara e siga seus conselhos. Ele manja, se esse governo tiver salvação ele tem a receita.

    Sem ele acho difícil, a Dilma é péssima e sua equipe idem.

  • Diagnóstico direto no centro da meta. Incrível o governo e o PT não conseguirem entender o que os move é o ódio ao PT, por ser responsável pela melhora nas condições de vida dos pobres e miseráveis do país, o que para eles é uma afronta, um tremendo prejuízo. Chega de tentar dialogar com essa gente, pois não querem o diálogo, o que querem de fato é o “Brasil deles” (o do atraso com mão de obra barata, incluída a doméstica) de volta. Vamos confrontar esse terço de direitistas coxinhas, fascistas, golpistas e desajustados sociais, comandados pela elite do atraso e não esqueçamos que corrupção e sonegação é matéria em que eles nadam de braçada desde que o Brasil é Brasil. Esqueçam Governo e PT essa lorota que estão indignados com a corrupção, pois estão querendo mesmo apenas o “país deles” de volta, aquele do atraso e da desigualdade. Vamos explicitar isso, defender a Petrobrás esclarecendo com fatos sua real situação, falar do financiamento de campanhas por empresas e por que eles querem manter esse esquema e o principal, centrar o foco e o fogo para cima da rede Globo como central personagem dessa ditadura da desinformação, que condena os brasileiros a ignorância o que ocorre na realidade, distorcendo fatos e selecionando informações e sendo a “Saúva Globo”, a praga do Brasil, no século XXI.

  • Edu, por acaso você viu um video de um agente da CIA, tal de John Perkins, dizendo que eles são os assassinos econômicos. Ele fala de todas as fases da CIA: primeiro é a cooptação de governantes corrompendo-os; caso não consigam, mandam o que chamou de “chacais” para desestabilizar governos ou assassinar líderes; caso não consigam, mandam o exército.

    Com Saddam Hussein não deu certo a segunda pois este já teria feito parte da CIA e conhecia seus planos. É um vídeo de 15 minutos, já tem um tempo mas é estarrecedor. É verdadeiro o video? Estará Dilma sendo ameaçada de morte?

  • O Povo BRASILEIRO os 202.000.000 (DUZENTOS E DOIS MILHÕES) estão com LULA e DILMA pra SEMPRE
    Infelizmente para os 1% ou três milhoes que é o que aécio e a direira representa, nunca terão apoio de povo algum. Tenho dito…..

  • Creio que a presidenta tem de vir a público, todos os dias e em horário nobre, conversar com a população, explicando como está o país, o que vem sendo feito, as medidas e o porquê delas e o futuro. O que tem de se fazer e não (nunca) se fez. O que está em jogo neste momento e o que pode acontecer de ruim ao país mais à frente. Mostrar as obras em andamento, as terminadas e os benefícios trazidos e a quem. Transposição e Ferronorte, por exemplo, nunca foram veiculados na mídia. Se deixar a mídia falar e tergiversar sobre tudo e ainda as manifestações que, segundo se sabe veladamente, serão mensais, vai ser difícil manter as pessoas mais pobres do mesmo lado. Se sempre foi assim, ou seja, a mídia desvirtuando tudo o que o governo fazia, mas o povo via e sentia que não era nada daquilo, hoje, devido a algumas medidas, o povo pode ceder à pressão e aos gritos dos furiosos, via mídia.
    A presidenta tem na lei, creio, a ferramenta para vir todos os dias na TV e falar com a população. Deixa os esperto$ furiosos baterem panela. Não creio que baterão todos os dias. A mídia não vai martelar na mente dos brasileiros a batida diária de panelas. Acho que falta esse tipo de comunicação com a população. Em tempos de cobertor curto, nada do que vir falar com os seus eleitores.
    E defenestrar os ministros omissos e incompetentes. O que não pode é passar mais 4 anos sendo acusada e se defendendo somente ou fazendo o que eles querem. O país, hoje, passa por um momento complicado devido a crise internacional que também chegou por aqui.

  • Minha mãe, já falecida, dizia: “quanto mais se abaixa mais mostra a bunda” . Uma forma clara e não sofisticada de dizer o que W. Churchill escreveu sobre a política de concessões de seu antecessor N. Chamberlain a A. Hitler:
    “Entre a desonra e a guerra, escolheste a desonra, e terás a guerra”
    A voz do povo e dos líderes políticos é uma fonte de grandes ensinamentos, que Dilma e seu governo as ouçam.

  • Coitado do menino (no video), está idiotizado para o resto da vida.

    Não vai saber pensar, com uma mãe assim….

    A mídia “presstitute”, nunca deu chance para as verdades.

    A Globo nunca vai dizer que a corrupção já existia antes do Lula.

    Os coxinhas e os coxões jamais sabem pensar por eles.

    Pensa o que a tv manda, e agem em massa, sem pensar.

    A imprensa só pensa no golpe, jamais deixará a Dilma aparecer.

    Infelizmente o PT não tem como chegar `a massa.

    Meia dúzia de blogueiros não dá conta!!!

  • A presidenta não vai virar à esquerda por que não quer mas porquê não pode. Simples assim.

    Como diria a Margaret Thatcher: “O socialismo dura enquanto durar o dinheiro dos outros”.
    Pois é, pessoal, o dinheiro acabou.
    Ai os neoliberais tem que vir correndo em socorro dos socialistas… Taí o super Levi pra isso. Vai fazer o servicinho sujo contra o pobre povo oprimido. Enquanto isso os socialistas da esquerda caviar e do todinho com sucrilhos daquele teatrinho de circo mambembe estarão gritando e esperneando ” Dilmaaaa por favor tire esse Levi!!” E ela não vai tirar. Será uma comédia pastelão.

    Por isso preparem-se para fortes emoções da continuação (sim pois já “venderam” estradas) da privataria petista. Vão vender parte da Petrobras no pior momento com o preço das ações lá embaixo.
    E logo logo vão soltar no mercado mais umas açõeszinhas da Caixa, BB , Eletrobras. Sabe comé, né, quando a gente precisa de uma graninha.

  • Edu, você está corretíssimo.
    A rua sempre pertenceu a esquerda.
    Mas, será que a Dilma consegue entender isso.?
    Acho que ela continua com esperanças de ser poupada pela direita.
    Tomara que ela acorde. Antes que seja tarde.

  • Estou preocupada não pelas manifestações, mas ela letargia do governo, sem rumo.Sou PT desde sua fundação e não vou deixar de ser. O s que gam pouco e adversidade de raças nas manifestações não foram. Como explicar?

  • “Quanto mais Dilma falar para essa gente, mais furiosa ela vai ficar.”
    Discordo, Eduardo, quanto mais falar, mais terão confiança que podem fazer o que quiserem.

  • do blog do Marcio Valley

    Passadas as marchas pró e contra o governo, é hora de nós, brasileiros e brasileiras, nos juntarmos para, sem coloração partidária, sem ressentimentos e sem rivalidades mesquinhas, promovermos ações políticas coletivas que estejam acima de qualquer suspeita de ambos os lados.

    Tanto nas passeatas do dia 13, como nas do dia 15, era imenso o número de pessoas portando cartazes e faixas contra a corrupção. Trata-se, pois, de uma agenda política de todos os brasileiros. Que tal representantes de ambos os lados da disputa política, como, por exemplo, Lobão e Stédile ou FHC e Lula, demonstrarem que não se limitam à retórica emocional dos palanques? Que estão dispostos a abraçar uma causa objetiva e concreta que possui amplas possibilidades de produzir algum efeito positivo em nossa política?

    A partir dessa repugnância à corrupção demonstrada por todos e dadas as informações que são reveladas a partir da Operação Lava-Jato, a primeira dessas ações concretas que merece ser abraçada parece ser o financiamento privado das campanhas políticas. E nem há necessidade de produção de projeto de emenda constitucional ou de lei de iniciativa pública. Já há uma interpretação jurisprudencial do Supremo Tribunal Federal prontinha para entrar em vigor. Basta apenas exigir que Gilmar Mendes cumpra o seu dever constitucional, como integrante do Poder Judiciário, de impedir ou mitigar os conflitos sociais. Juiz não existe para produzir questões, mas para resolvê-las.

  • Está no portalmetropole.com convocação para manifestação pedindo o fim da Rede Globo em todo país. Está marcado para o dia 01 de abril, às 17:oo hs em frente as sedes da Rede Globo e filiadas. Há outra convocação para uma manifestação pedindo o impeachment de Alckmin marcado para o dia 21/04 em frente o Palácio dos Bandeirantes.

  • Rio de Janeiro, 17 de março de 2015

    PROJETO: FOTO GOOGLE OU BEM NA FOTO

    Caros amigos (as) no mundo as grandes empresas como o Google e o Facebook são bilionárias, mas tenho certeza, que elas poderiam fazer muito mais pelas pessoas, Por exemplo: por que o Google, não cria um concurso de fotografias, para crianças carentes e não dá um bom prêmio, e também aproveita (divulga) os trabalhos vencedores na primeira página? Todo mundo deve trabalhar, para tentar melhorar esse mundo complicado, que vivemos, e essas grandes empresas de informática devem se envolver mais nesse campo social. É por isso que muita gente, fica com um pé atrás dessas grandes empresas de informática globais, pois muitas, não tem projetos sociais de ajuda aos nossos semelhantes mais sofridos, e não fazem quase nada para mudar esse conceito, para elas vou dar uma dica, vamos crescer ajudando o mundo (as pessoas) também.

    Atenciosamente:
    Cláudio José, um amigo do povo e da paz.

  • Edu, concordo com você a única opção para salvarmos o governo Dilma é unir a esquerda. Mas como fazer isso se a presidenta somente lembra de nós na hora de pedir nosso voto? Não adianta, hoje se a Dilma extiguir o Bolsa Família, todas as cotas, baixar por medida provisória a maioridade penal, mais todas as medidas neolivberais que o NauFraga faria, ainda assim não iriamaceitá-la nem o governo do PT. Tem que governar sempre à esquerda, se era para tomar medidas duras para o ajuste fiscal, que fosse com um ministro “nosso”. Sinceramente às vezes fico cansado, onde trabalho somos meia dúzia contra duzentos, o massacre diário é duro.

  • Sempre fui de esquerda.Votei e votarei sempre na esquerda.Mas,vamos reconhecer que a hora de fazer reforma política, com financiamento público de campanha,regulação e democratização da mídia já passou.Perdemos a oportunidade, quando eramos mais fortes, quando o pais crescia a uma taxa de 7,5%,Lula era quase uma unanimidade em 2009 e 2010.Pra mim vivemos o ocaso de nosso período governamental.Não considero que eu seja pessimista, apenas a conjuntura não nos é favorável, e dificilmente se modificará.

  • Como afirmou Emir Sader. se sai de um labirinto por cima.
    ” A conjuntura se apresenta de forma labiríntica para o governo. Como se sabe, de um labirinto não se sai percorrendo os mesmos caminhos, que levam ao mesmo lugar, mas se sai de um labirinto por cima, desfazendo suas armadilhas. Neste caso concreto, retomando a iniciativa e mudando a agenda nacional: imposto às grandes fortunas, combate à sonegação, democratização dos meios de comunicação, fim do financiamento privado das campanhas eleitorais, entre outros temas.” ir para a esquerda.

  • É isso. Tentar agradar a direita é impossível, isso jamais vai acontecer. Nem com a escolha de um Ministro da Fazenda alinhado com a direita eles se acalmaram.

  • Moniz Bandeira fala sobre a participação dos EUA e ONGs na desestabilização das democracias, como agem para promover as manifestações e sobre as iniciativas do nosso governo que contrariam Washington…

    http://www.ptnacamara.org.br/index.php/inicio/noticias/item/21878-eua-promovem-desestabilizacao-de-democracias-na-america-latina-denuncia-moniz-bandeira

    Quando parece que nada mais pode surpreender nos desvarios do dia 15… “Ouvir palmas para um velho agente do Dops dizer que “metralharia com o maior prazer” pessoas que se opunham à ditadura e ver, depois, espontanemente, um policial militar bater-lhe continência é, perdão pela palavra, vomitivo” (Tijolaço).

    Teve até sinal de Heil Hitler.

    https://www.youtube.com/watch?v=ebzEbjflXkM&feature=youtu.be

  • O governo NÃO está “dialogando” com os fanáticos de domingo.

    Estão é esvaziando a desculpa esfarrapada deles. Estão falando pra quem ainda não comprou a ponte que a direita está vendendo.

    O Datafalha deu a dica: 20% são contra o PT, 27% contra a Dilma, que dá 47%, o mesmo número dos que se diziam “contra a corrupção”, mas só veem corrupção no PT e sequer mencionam mais ninguém.

    O caso da Petrobras envolve muito mais o PP. Teve alguém que saiu “contra o PP”? Ninguém! Assim como ninguém sequer mencionou trensalão, metrolão, mensalão tucano, etc.

    Até o mundo mineral sabe que “corrupção” é apenas uma desculpa mal ajambrada pra dar uma cara racional e justa ao ódio contra o PT, o verdadeiro alvo do “protesto” dos coxinhas.

    E o mais importante é que eles PRECISAM dessa desculpa esfarrapada. Afinal, se admitirem que estão protestando contra o PT, e apenas contra ele, acabou a brincadeira. A imprensa não poderá promover o “movimento” sem assumir uma posição antidemocrática, os trouxas deslumbrados vão finalmente perceber que estão sendo usados, e ficarão apenas os fanáticos gritando com o vento e pedindo “intervenção militar” dos EUA.

    Basta esvaziar essa desculpa pra desnudá-los. E é o que o governo está fazendo. Querem combate à corrupção? Então toma combate à corrupção. Se o governo se propõe ao diálogo e se abre pra sugestões, mas tudo o que recebe é ameaça de enforcamento, quem é que ganha?

    A estratégia é correta. A tática é eficiente. A verdadeira questão é se é suficiente. E a resposta é um sonoro não. Tem que atacar por outros lados. Por exemplo, apontando que o alvo exclusivo foi – e tem sido – o PT. Não há nem uma menção a nenhum outro partido.

    Tem que apontar e combater a propaganda descarada feita pela imprensa. O desvio de dinheiro público pra facilitar o “protesto”. Tem que apontar a origem do financiamento, bem como a completa falta de transparência da organização. E por aí vai.

    E não creio que seja o momento de “virar à esquerda”. Isso seria uma declaração de guerra no pior momento possível. Teria que ter sido feito ANTES das eleições do ano passado, inclusive pra evitar o desastre que foram as eleições parlamentares. Agora, é tarde demais.

    Buscar o apoio da esquerda é uma coisa. “Virar à esquerda”, é outra. O primeiro é buscar o apoio das forças sociais de esquerda, algo natural e necessário. O outro é adotar políticas ainda mais à esquerda, alterando o RUMO do governo. E isso seria a PIOR coisa a fazer num momento de fragilidade.

    Talvez daqui a alguns meses apareça uma oportunidade de fazê-lo, com tivemos antes da eleição do ano passado e não aproveitamos. Agora, é pedir pra cair.

    • É necessário tomar atitudes que chamem o povo para o seu lado: imposto sobre as grandes fortunas; imposto sobre herança; exigir do BC a diminuição da taxa Selic; fechar de vez a torneira do dinheiro público que alimenta o PIG; enviar o projeto de Ley de Medios para o Congresso; retomar o programa semanal Café com a Presidenta; fazer o ajuste fiscal tendo como objetivo acabar com a sonegação de impostos dos grandes empresários e não tirar dinheiro dos trabalhadores e desempregados; diminuir o espaço do Levy nas decisões do ajuste fiscal.

      A Dilma tem que mostrar que está a serviço do povo, pois o povo quer a manutenção das conquistas sociais. Em termos econômicos o povo quer que a Dilma seja de esquerda.
      Então Dilma, vá para a esquerda, afronte os derrotados das últimas eleições, não afronte os seus eleitores, que votaram na continuação das medidas econômicas de esquerda.

      O ajuste fiscal do Governo não tem que ser de direita, ele tem que ser ajuste fiscal de esquerda (combater a sonegação, criar imposto de renda progressivo, criar imposto sobre as grandes fortunas, criar imposto sobre a herança, reduzir a taxa Selic). O atual ajuste fiscal do Governo Dilma é de direita, obedece as ideias neo-liberais de Levy, onde todo o custo do ajuste recai nas costas dos trabalhadores e só.

      • Cara, não vou argumentar contra essas medidas, muito pelo contrário.

        O meu ponto é que agora NÃO é a hora.

        A hora, agora é de controlar danos e matar o “movimento” coxinha na raiz, e não dar ainda mais argumentos, jstamente quando o governo está mais fraco.

        Imagina a Dilma propondo o IGF prum congresso reacionário, e num momento de fraqueza. Aí o projeto não passa e é mais um argumento contra ela. Os endinheirados por ela ter proposto, os pobres, por ela não ter conseguido emplacar, pros coxinhas, por mostrar fraqueza e incompetência.

        Tiro no pé.

        Vc viu a carta do MBL, em resposta ao discurso da Dilma? Ela deixa bem claro que o que eles querem não tem nada a ver com corrupção, querem é se livrar do PT. Quer dizer, ao adotar a bandeira FALSA dessa turma, a Dilma esvaziou a desculpa que tinham. Vão ter que ir às ruas agora dizendo realmente que querem o fim do governo eleito democraticamente.

        E isso vai reduzir MUITO os “protestos”.

        É esse o caminho, e não mudar completamente o rumo do governo de supetão e sem ter as menores condições políticas de emplacar as medidas que todos queremos e ainda – PIOR DE TUDO – queimando-as no processo, numa tentativa desesperada e inútil.

        Vamos desatar o nó, primeiro. Depois, sim, o governo precisa APRENDER com o erro e reconstruir sua base mais a esquerda, encampando essas medidas.

    • “Buscar o apoio da esquerda é uma coisa. “Virar à esquerda”, é outra. O primeiro é buscar o apoio das forças sociais de esquerda, algo natural e necessário. O outro é adotar políticas ainda mais à esquerda, alterando o RUMO do governo. E isso seria a PIOR coisa a fazer num momento de fragilidade.

      Talvez daqui a alguns meses apareça uma oportunidade de fazê-lo, com tivemos antes da eleição do ano passado e não aproveitamos. Agora, é pedir pra cair.”

      Assino em baixo. Eu, por exemplo, tenho familiares e amigos que são de esquerda e que estão querendo que Dilma tome este rumo completo à esquerda. Também não vejo como agora, mas vc falou muito bem em juntar forças com a esquerda para dar continuidade a um processo longo que, em certos momentos, toma medidas ortodoxas, mas balanceadas. Não dá para continuar sem reequilibrar as contas, depois que reequilibrar, vai à esquerda mesmo.

  • Na manifestação de domingo, quase a totalidade dos que compareceram eram telespectadores do sistema bobo de comunicação. Se o grupo não interferisse na convocação, insentivo e horas de programação com essa finalidade talvez comparecessem apenas 10% dos que lá estavam. Conclui-se que o poder desse grupo é gigantesco e possuem história no sentido de depor representante eleito pelo voto direto, ou seja, pelo povo. Considero que apenas a metade tinha consiencia do que estavam reivindicando. A outra metade foi pra lá para fazer selfies, destilar ódio, demonstrar o estágio de suas loucuras e surfar na onda chamada “do momento” ou “tá na moda”. Conclusão: o problema do governo é o grupo bobo de comunicação. Pra mim ocorreu alguma coisa que não ficamos sabendo nas duas reuniões que Sr. João teve com a D. Dilma.

  • [19h28 17/03/2015] *: Deu no Brasil 247 que um empreiteiro preso ha quatro meses foi solto nesta tarde pq declarou o q o moro e o dellagnol queria ouvir os seja q o dinheiro dado ao pt era propina..o proximo passo eh q outro delator denuncie lula e dilma..o objetivo eh colocar o pt na clandestinidade e evitar q lula se candidate em 2018..o dellagnol vazou tudo pra veja
    [19h29 17/03/2015] *: A cf de 88 criou esse monstrengo chamado mp…

  • Já rodei os blogs, e não estou ouvindo falar da LISTA do HSBC.
    Será que vai ser outro xabú.
    E tambem não estou vendo ninguem falar da roubalheira aqui
    no Tucanato paranaense..
    Se fosse o PT….o mundo desabava agora..

  • Mais uma denúncia dobre a intervenção americana nas manifestações de domingo

    “EUA promovem desestabilização de democracias na América Latina”, denuncia Moniz Bandeira

    O cientista político e historiador Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira denunciou hoje (17) que os Estados Unidos, por meio de órgãos como CIA, NSA (Agência Nacional de Segurança) e ONG´s a eles vinculadas, continuam na tentativa de desestabilizar governos de esquerda e progressistas da América Latina, como os da Venezuela, Argentina e Brasil. Em entrevista ao PT na Câmara, por e-mail, Moniz Bandeira disse que ‘’evidentemente há atores, profissionais muito bem pagos, que atuam tanto na Venezuela, Argentina e Brasil, integrantes ou não de ONGs, a serviço da USAID, Now Endowment for Democracy (NED) e outras entidades americanas”, para desestabilizar esses países, com a utilização de instrumentos que incluem protestos de rua.

    Matéria completa: http://www.conversaafiada.com.br/economia/2015/03/17/dilma-devia-imitar-putin-e-fichar-as-ongs-da-blabla/

  • Mas para a Dilma ir para a esquerda, ela tem que diminuir a importância do Levy, dizer para o Levy que o ajuste fiscal também tem que mexer nos bolsos da elites e não só dos trabalhadores e pobres. O Governo Federal, e o Levy neo-liberal, tem que admitir o envio de projeto de imposto sobre grandes fortunas para o Congresso, tem que cobrar (e exigir do BC) a diminuição da taxa Selic que prejudica a classe média, a classe mérdia (que foi para as ruas protestar contra Dilma), as classes D e E, a indústria e o comércio do país.

    Para a Dilma ir para a esquerda, ela terá que recriar o programa Café com a Presidenta, criar programas estilo PAC para incentivar o surgimento de jornais regionais, fortalecer rádios e tevês comunitárias, blogs com viés progressista, nacionalista, solidário e desenvolvimentista.

    Dilma, a ley de medios e o corte da Bolsa PIG vão ajudar imensamente o nosso governo a superar a crise criada pelo PIG. Você é de esquerda, Dilma. Então mande o Devagar Zé Cardozo (ministro da justiça?) determinar que a PF investigue as sonegações das famiglias do PIG, que busque informações judiciais na Europa sobre as fortunas escondidas das famiglias do PIG em paraisos fiscais europeus (a Suíça, por exemplo).

  • esta manifestação no meu ponto de vista,logo percebi,que era de eleitores do derrotado,dava para perceber,desde do chamamento das mídias,da oposição,não teria os eleitores da Dilma,o muito que teria era os tais indecisos,que para mim,são os sem lado,vão de acordo com a maré,temos que melhorar,sim,mas sou e sempre serei otimista,e confiante,sem criticar por criticar.

  • Existe uma associação de razões para a crise que estamos passando.
    Uma delas é uma dificuldade de parte do PT e da esquerda de entender que simplesmente levar os cidadãos a classe média nos manteria defendendo sua continuidade, para novas empreitadas. Isso é um erro grave! A classe média é influenciada sobremaneira por meios de comunicação diversos como as nossas tvs, filmes, etc. Nossa cultura é desde criança produzida nos EUA, de consumismo e de busca das coisas para melhorar posição social. A media que você vai alterando. “subindo, se não entra nada além do que se vê no dia a dia, o cidadão naturalmente vai agir e pensar como o que ele sempre quis ser.
    Outra coisa Dilma pela primeira vez, Lula não fez isso, quis peitar o setor especulativo e financeiro imaginando que o produtivo viria com ela. Erro grave esse! A medida que os juros foram baixando via BB e Caixa, portanto o dinheiro indo pro país, a turminha foi se articulando para…Ai começaram os noticiários internacionais desfavoráveis, apoios a candidaturas e uma contaminação junto ao setor produtivo, por razões ideológicas e porque não existe mais essa coisa separada. A produção infelizmente cada vez mais depende do sistema e ou ele sistema financeiro é acionista no produtivo.
    Outra determinante e esta aqui é a que mais me preocupa no momento. Não somos mais ” o cara “. Joe Biden teve aqui é pediu pra Dilma abrir o petróleo e …Eu tenho boas razões para imaginar que toda as mutretas da Petrobrás via monitoramento deles é que foi o combustível para a Lavajato. Isso somado ao papel do pais no BRICS… Esta associação é uma contestação frontal corajosa e uma ameaça real a um mundo que nos finarmente tira a hegemonia dos EUA, ora…O banco dos BRICS financiando e uma outra moeda de troca, o que sobra pra eles além de força bélica e comunicação? Como produzir crises em países via sistema financeiro se os BRICs dão suporte? Como continuar vigiando países se um sistema nova de cabos esta sendo construído via estes países? Dizem que a Embratel é que faz isso aqui, sei lá se é verdade mas…

    Outra coisa, porque ocorreu a criminalização do PT? Ocorreria sem instituições trabalhando muito nisso? Claro que foi uma política acertada para criminalizar um partido. Uma associação sim de MPF e Judiciário com a mídia. Agora eu pergunto, seria possível termos feito indicações para o judiciário piores do que fizemos? Isso é erro de princípio! Não teríamos melhores do que: Fux, Barbosa, Ayres Brito, Carmen e Rosa? E diria até Tóffoli? E aqui é tão grave quanto: Porque indicamos o primeiro de uma lista de procuradores se sabemos de antemão que a maioria do corpo é antiPT ideologicamente? Porque abdicar de um direito constitucional? Para ser chamado de organização de bandidos? Pra ter como resultado disso suas principais lideranças condenadas e seu partido achincalhado, pra isso? O que nos deu de bom e pro país seguir esta m… de lista? Isso foi uma irresponsabilidade. Maior ainda do que deixar Gilmar demitir Paulo Lacerda. E ai outra instituição que só alimentamos os piores dentro dela.

    Um pouco de impressões desassociadas mas que foram feitas para contribuir no debate. Por quem ainda crê e muito que o vamos continuar e vamos vencer em 2018. Agora, temos que parar de errar. Antes podíamos, agora eles contam com ajuda profissional e com tradição desde que aqui aportaram.

    O sonho do momento seria metade mais um do Congresso com pauta boa. Se não der pra avançar ao menos não deixamos que a direita avance mais. Eu creio que se existe na sociedade a compreensão de que a Reforma e fundamental que ela se apresente. Porque é que os movimentos que puxam esta campanha não foram pra cima do STF e exigiram que Gilmar devolva o processo? Porque é que não fazem um ato no Congresso com uma multidão? Medo? A Igreja não tem gente pra levar? O MST não tem? O PT não tem? A CUT não tem? Os progressistas todos não têm? Oras se isso não fizermos, não vai ser uma presidenta ameaçada e com uma base que é de direita que vai fazer!
    Quanto ao PGR eu acho que a questão é simples. Tem que colocar um se possível da listra tríplice que assuma de pedir investigação contra a Globo no caso da evasão fiscal e do sumiço do processo. Que ative a lista de furnas custe o que custar. Se a lista entrar em cena, muda tudo! Lá tem todo mundo. Eu tenho certeza que tem no MPF procuradores com coragem pra isso. E numa lista de 3 dá pra colocar uma pessoa com este perfil. Acabou a encenação, ou vamos pra cima ou…Não somos uma Venezuela portanto, o que podemos fazer é mais ou menos isso!

  • Sempre que comento no seu blog e em outros, sempre bato na mesma tecla. A elite brasileira não gosta de pobre e nunca aceitaria um torneiro mecânico na presidência e também um presidente que tivesse uma visão mais social e progressista. Minha visão foi e, é de esquerda. Acho que o PT, e a Dilma precisava passar por esta situação para enxergar e entender que “mais vale um pássaro na mão que dois voando”. O que aconteceu nestes 12 anos, o PT, Lula e Dilma fez um jogo duplo, governou para os pobres e para os ricos ao mesmo tempo e deixou a esquerda de lado. Parece meio complicado isso que escrevi, mas é o seguinte: Os ricos são de direita independente de ser beneficiado por um governo progressista, os mais pobres um viés de direita, mas vota mais pelo interesse e, diante das políticas inclusivas passou a votar no PT, porém, não deixaram seu viés de direita. E a esquerda que inclui em sua maioria pessoas politizadas foram excluídas pelo governo porque às vezes eram radicais demais.
    o PT, Lula e Dilma cometeram muitos erros e se não acordar a tempo podem destruir a esquerda no Brasil que levará um bom tempo para aparecer um novo Lula e retomar o poder. Mais desejo e acredito que é possível reverter essa onda desfavorável. Mas, agora é uma luta contra o tempo, o PT, Lula e Dilma precisa voltar às raízes do partido e fazer a disputa política, o que a direita não é capaz de fazer, o PT sabe como fazer essa disputa e, por isso, é que vejo grande chance de ser revertida essa situação.
    Contudo, outra medidas precisam ser tomadas, mudar algumas peças dos ministérios e tirar outras que capacidade de encarar as disputas políticas e o partido e governo precisa criar mecanismos de politização do povo, pois um povo despolitizado é muito é muito mais fácil de manipulá-lo.
    Torço para que o PT e o governo acorde para o nosso bem.
    Eduardo, independente de você ter me taxado anti-petista ou ex-petista raivoso, às vezes, faço algumas provocações, mas não me leve a mal, não nos conhecemos, mas percebo que você é uma pessoa do bem. E desta vez vou dar os parabéns pelo texto, muito bom, pois, acredito que sempre temos que caminhar mais a esquerda.

  • A Av. Paulista deu um duro recado à Dilma Rousseff e ao Partido dos Trabalhadores neste último domingo: “Volta para a Periferia, PT, lá você nasceu, lá é o teu lugar.
    A dúvida é se entenderam.

  • Logo após as eleições,conversando com amigos disse exatamente isto: que se nós não empurrássemos
    este governo pra esquerda,a gente ia dançar em menos de um ano.Me chamaram de louco,e disseram que eu
    estava equivocado.Infelizmente eu estava certo…

  • Presidenta Dilma, lembre-se do povo que te elegeu. Taxe as grandes fortunas, crie imposto sobre aeronaves e lanchas. O povo ao longo da história já pagou muito, jogue a carga sobre esses cínicos, a classe média alta que sempre sonegou neste país, corrompeu os agentes públicos e apostou na impunidade e nos benefícios do Estado.

  • O problema é que a Dilma está deixando a direita falar sozinha. Sem contraponto, isso está contaminando aos poucos o restante da população. O ódio está transbordando das classes mais ricas para os mais pobres.

    Precisamos de “um governo que eduque politicamente as massas. Que governe com a ajuda das ruas. Que radicalize no processo de distribuição de renda e saber. Que denuncie a manipulação dos meios de comunicação”.

    Como? No mínimo, usando as armas que dispõe.

    Por exemplo: a Voz do Brasil. Ao invés de retransmitir trechos de discursos oficiais, ela deveria assumir o comando do programa e falar o que tem que ser dito. Explicar como a Policia Federal está combatendo a corrupção, como a PGR tem autonomia para fazer denúncias, por que é preciso fazer uma reforma política, etc.

    Depois, deixar a CBN, Jovem Pan, e outras tentando explicar por que tudo o que ela disse está errado.

    A diferença é que ela teria uma hora para falar, e eles teriam que responder de bate-pronto, no improviso.

    Todos os dias.

    • Não acho que a Voz do Brasil possa ou deva ser usada dessa forma.

      Minha sugestão é outra. Temos que ter entrevistas coletivas diárias, com a Presidenta, um Ministro ou um porta-voz explicando as ações do governo, transmitidas ao vivo pela TV e internet e disponíveis em um site do governo, pronto pra ser editados e postados em blogs progressistas com a análise dos blogueiros, e não mera reação à interpretação tendenciosa da imprensa marrom.

      Somos mais rápidos do que a imprensa marrom, afinal.

      A militância replicaria instantaneamente as informações e opiniões pela rede, como fez durante a eleição. Não importa se a imprensa censurar as informações, pois o ponto principal é deixar claro que ela censura, que ela nega ao leitor a informação crucial que precisa. Se o povo perceber que isso é um hábito e não uma exceção, já ganhamos metade da guerra ao destruir a credibilidade da imprensa.

      Além dessa coletiva do governo, é absolutamente necessário ermos iniciativas como o “Muda Mais”, pra expor os argumentos do nosso lado, replicados em blogs progressistas e espalhados mundo afora pela militância.

      Não tem fórmula mágica, não vamos conseguir levar as informações pela via fácil da imprensa marrom. Vai ter que ser assim, trabalho de formiguinha, como fou nas últimas eleições.

      E DEU CERTO. E não há razão pra não dar certo fora das eleições tbm.

      • Caro Ricardo, a Dilma deixou de lado o Programa Café com a Presidenta, este programa era distribuído livremente por emissoras de rádio pelo interior do Brasil. Este era um meio em que as ações do Governo Dilma chegavam aos homens simples do interior do Brasil e não existe mais.

        • Inexplicável.

          Se é questão de tempo, que façam o lanche da tarde com os Ministros, oras! O importante é falar.

          Mas há um grande porém, aí. Quantas vezes vc ouviu o programa?

          Eu nunca ouvi. E não conheço ninguém que acompanhasse.

          É preciso mais do que o “café”. É preciso que as falas sejam colocadas à disposição da blogosfera progressista. É preciso que os blogueiros se disponham a analisá-las habitualmente e, pra isso, é fundamental que já estejam resumidas e as partes principais, destacadas.

          Pq, afinal, os blogueiros tem suas vidas pessoais e não recebem um tostão pra fazer todo o trabalho.

          Em vez disso, cancelam o programa! E depois não sabem explicar a ascensão da doença social do antipetismo.

          Haja paciência!

          Tá certo que o governo não pode usar dinheiro público pra defender o PT, mas DEVE usá-lo pra defender o governo e suas políticas, oras. É perfeitamente “republicano”.

  • A prova de maior cinismo desses palhaços (ops!) revoltados de araque que foram à Av. Paulista e outras avenidas, menos cotadas, pelo Brasil afora, é que segundo o próprio instituto dos Frias, o tal DATAFALHA, 82% desses babaquaras votaram no Aécio (ou Aébrio) Neves, na última eleição para Presidente da República.
    E esse amontoado de pilantras vem falar de combate á corrupção?
    Fala sério cambada!

  • Bom dia a todos. Apesar de ter votado em Lula nas duas vezes e em Dilma na primeira (na segunda, fui de Marina), não concordo com muito do que exposto aqui, mas gostaria de saber de vocês qual a opinião em relação a alguns assuntos atuais. Por favor, quero esclarecimentos, opinião, sem ofensas, assim como não quero ofender ninguém.

    – O que acham do vídeo do Marcelo Heitor, sobrinho do Zeca do PT, desdenhando das manifestações, chamando jocosamente os adversários de “direitinha”, enquanto dirige um carro de luxo?

    – O que acham de terem ajudado o companheiro Dirceu no pagamento da multa enquanto ele ganhou mais de 29 milhões em consultoria em sete anos, inclusive quando preso, sem ao menos ter uma empresa com técnicos especializados, sendo somente ele a ser consultor de empresas das áreas mais diversas, como bebida, logística e farmacêutica…ele precisava dessa vaquinha?

    – O que acham da gravação onde a representante da OPAS, ao tratar dos mais médicos, sem saber que estava sendo gravada, admitia que o programa era para ajudar Cuba e a colocação de médicos de outras nacionalidades era somente para disfarçar?

    Por favor, quero opiniões, não ofensas. Quando busco na imprensa tradicional, só vejo críticas, mas eles fundamentam, mesmo que muitas vezes de forma errônea. Como vocês justificariam esses fatos?

    Grato

    • Vou responder:

      1 – Tentar desqualificar fato inquestionável de que foi uma classe social, a mais abastada, porque um petista dirige um carro bom, como qualquer outro político, é reduzir o debate a nada. A imprensa internacional reconheceu o caráter elitista dos manifestantes e o Datafolha que saiu nesta quarta mostra o perfil sócio-econômico dos manifestantes.

      2 – Quem doou a Dirceu sabia que ele é um consultor de sucesso tanto quanto um Pedro Malan, um Gustavo Franco ou um Pérsio Arida, que entraram professores no governo FHC e hoje são banqueiros. As doações foram uma forma de solidariedade.

      3 – Não vi essa gravação, nem sei se existe, pode até ser falsa ou quem disse tal coisa pode ser suspeito, porém o que o Mais Médicos produz para a população carente é visível e quem precisa, sabe quanto está ajudando. Localidades em que havia pessoas que nunca tinham passado por um médico em toda vida, estão sendo atendidas. Para a classe média com acesso a tudo, muitas vezes é difícil compreender algo assim.

      Aqui não há ofensas a quem se dirige respeitosamente. Se vier comentar com educação, mostrando que quer um debate saudável, será tratado de acordo. Sua insinuação que tenta desqualificar os comentaristas desta página, porém, é uma forma de agressão, o que torna justificável se alguém sentir-se incomodado. Eu não me sinto, porque seu comentário semi-civilizado me dá a possibilidade de adentrar uma área que os trolls temem, ou seja, o debate racional, já que se amparam no senso comum burro, truculento e covarde, pois atacam mascarados pelo anonimato, já que morrem de medo de assumir o que sai de suas bocas e dedos

      • Obrigado pelos esclarecimentos. Não me respondeu completamente alguns pontos.

        Como por exemplo o sobrinho do Zeca tratar jocosamente a direita, os capitalistas como um todo, ao passo que usufrui do que o capitalismo tem a oferecer. Acho que ele tem direito de ter um carro legal, mas fica estranha a incoerência entre discurso e ação.

        Também não acho que elucidou muito em relação ao Dirceu, pois ele recebeu uma quantia muito alta para não comprovar serviços com equipe especializada e estudos aprofundados, mas a consultoria era somente seus conselhos. E solidariedade dos aliados acho válida, mas não creio que ele necessitaria das doações em dinheiro, ainda mais vindo de militantes menos favorecidos. Mas respeito a sua opinião, obrigado por dividi-la conosco.

        Quanto aos mais médicos, trata-se de uma reportagem da band News. Envio o link

        http://noticias.band.uol.com.br/brasil/noticia/100000741766/mais-medicos-ministerio-da-saude-tentou-mascarar-acordo-com-cuba.html

        Não pretendo desqualificar ninguém. Mas posts contrários ao governo em ao PT aqui, vejo respostas agressivas chamando o discordante de PIG, golpista, etc, provavelmente sem ler o que o outro tem a dizer. Por isso não concordo muito com o semicivilizado….acho que discordar de alguém a princípio não significa desqualificar ou ofender.

        Ah sim, não sou de direita antes que alguém posa falar. Considero-me de centro-esquerda. Acredito no estado de bem estar social da social-democracia europeia (convenhamos, não tem nada a ver com o PSDB daqui, que é um PMDB recauchutado…literalmente), mas com um pouco menos de intervenção estatal que prega a esquerda tradicional.

        Abraços

        • Jonas, sendo você uma pessoa sensata, você dá crédito a “reportagens” como esse da Rede Bandalha News, que aceita divulgar qualquer coisa que ataque o Governo Dilma?

          Uma “reportagem” como essa da Rede Bandalha News só ocorre para fomentar ainda mais o ataque a um governo democrático e que busca o desenvolvimento do país. Você não percebeu isto?

          Você, sendo uma pessoa sensata, acha que a vinda de milhares de médicos cubanos não melhorou a situação da saúde pública pelo interior do país? E acredita na tese de que o Governo Federal só trouxe estes médicos para ajudar simplesmente o governo cubano?

          Se a Rede Bandalha News mencionar em suas reportagens tendenciosas que as atitudes de Dilma Rousseff são atitudes bolivarianas você vai acreditar?

          Incrível, mas o discurso dos deputados e senadores do PSDB-PFL-SD-PPS batem justamente nessa tecla da ajuda a Cuba e na bolivarização e chavização do Brasil. Sinceramente, você acredita neste discurso da Rede Bandalha News e outros órgãos do PIG?

      • É isso aí Eduardo.
        Moro aqui em Campo Grande-MS onde também reside o Marcelo Heitor, autor do vídeo em questão.
        Não sei se você viu o vídeo, mas, não contém nada ofensivo e tudo o que ele disse não passou do que popularmente se chama de “zoeira”, ao contrário de centenas e talvez milhares de vídeos disseminados por aí com xingamentos e ofensas a todos os petistas e eleitores da Dilma.
        O que realmente causou indignação aos revoltontos foi o fato do petista estar em um, como se diz, carrão, porque para essa gente, petista tem que andar sempre a pé ou de busão.
        Eu e mais alguns petistas travamos um longo embate com eles pela rede social aqui em Campo Grande.
        Pura perda de tempo, pois, eles são incapazes de um debate civilizado e distribuíram apenas xingamentos e ofensas de todos os tipos.
        Lembramos a eles que ofensivos a todos eram os vídeos disseminados por uma das organizadoras da manifestação de domingo de nome Débora Albuquerque, mas eles se negavam a levar adiante qualquer argumentação.
        Se o Marcelo Heitor tivesse gravado o vídeo dentro de uma brasília velha não teria causado nenhuma indignação nos revoltontos daqui.

  • Belo texto Edu.

    A minha duvida é onde fica o PMDB nessa curva a esquerda…
    Vão caindo do carro aos poucos? Vão ser deixados antes da curva?
    Me parece muito difícil trocar os ministros que são as peças do carro, tão já, e com os ministros que aí estão só sai governo técnico e política nenhuma.
    Dilma me parece numa sinuca de bico.

  • Eduardo, penso que nós, os eleitores da Dilma, poderíamos elaborar um texto contendo os questionamentos que temos visto nos fóruns de discussão da esquerda (blogs, facebook, etc) e, também, demonstrando apoio. Esse texto poderia estar num abaixo assinado da change.org, por exemplo. Ao mesmo tempo enviaríamos, cada um de nós, o mesmo texto para e-mail do planalto.
    Faço essa proposta porque só batemos cabeça discutindo entre nós, isso não chega à Presidenta porque, pelo jeito, nem ela nem ninguém da sua equipe ausculta o que rola na internet. Creio que se informam sobre os sentimentos do povo pelas manchetes do PIG.

  • acredito não ha possibilidade de dar votos em Aécio, e quem votou Marina votou Aécio uma boa parcela dos eleitores, mas a medida que vamos passando o ano, Dima tem que se posicionar mais a esquerda mesmo, porque os ecistas, só querem derrubar ela, antes que venha perder os que ainda esta do lado dela, mas isto é só meu pensamento

Deixe uma resposta para Luís CPPrudente Cancelar resposta