Manifestações de 20/8 não são “governistas”, mas são de esquerda

Análise

manifestação

A mídia corporativa tratou de noticiar com grande destaque um dito “racha” entre os movimentos sociais e sindicais que convocaram a manifestação de 20 de agosto. A Folha de São Paulo, por exemplo, colocou a informação no alto de sua primeira página sob a manchete “Organizadores racham antes de atos pró-governo”.

esquerda 1

Segundo o jornal, “o PSOL e o MTST rechaçam tom pró-governo nas manifestações desta quinta (20); CUT e UNE criticarão ‘golpismo’”.

Como este texto está sendo escrito antes de manifestações convocadas para ocorrer em ao menos 15 capitais, não se sabe quanto a mídia irá explorar declarações de lideranças do PSOL e do MTST contra o “tom pró-governo” que essas duas organizações não querem que seja dado a esses atos públicos, mas já se pode prever que, se reunirem bastante gente, com certeza um Jornal Nacional da vida tratará de divulgar que os atos tiveram sucesso porque não foram a favor do governo.

Este blogueiro participou de ao menos uma reunião sobre essas manifestações. De fato, existe essa posição do PSOL e do MTST.

Pelo lado do PSOL, é possível entender o repúdio ao “governismo” nessas manifestações. Apesar de setores do partido estarem preocupados com o avanço da direita, outros setores acham que poderão lucrar com a derrocada petista; o PSOL tornar-se-ia o novo PT, ou seja, seria beneficiário dos votos de esquerda que antes recaiam sobre o PT. Para um partido que tem 5 deputados federais e 1 senador, o que viesse seria lucro.

Porém, pelo lado do MTST não dá para entender o repúdio à defesa do mandato de Dilma Rousseff; um movimento que promove ocupações de imóveis que proprietários ricos mantêm vazios e cuja posse lhes serve de “reserva de valor” deveria temer a ascensão de partidos como o PSDB ao poder e, muito mais, a derrubada de um governo com o qual é possível movimentos sociais dialogarem. Um governo tucano esmagaria o MTST.

Além disso, parte da pauta dos manifestantes é de literal oposição ao governo Dilma, como a parte que pede a cabeça do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e o fim do ajuste fiscal – como se houvesse a menor possibilidade de uma economia sobreviver mantendo a despesa maior do que a receita.

Alguém menos paciente diria que o MTST e o PSOL estão na manifestação errada, pois na manifestação do último domingo (16/8) havia uma ínfima minoria discordante da agenda ultraconservadora em curso no Brasil mas que quer Dilma e o PT fora do poder. Segundo o Datafolha, inclusive, 2% dos manifestantes do último domingo votariam em Lula e mais 2% em Luciana Genro, do PSOL.

Claro que não pegaria bem um PSOL e um MTST participarem de uma manifestação em que grande parte do público pregou golpe militar e defendeu sonegação fiscal, de modo que essas organizações decidiram fazer, nesse 20/8, um protesto “pela esquerda” contra a agenda governista, mas, também, contra a agenda ultraconservadora do PSDB e de Eduardo Cunha.

Ao fim, setores do PSOL – como a ala ligada à ex-candidata a presidente Luciana Genro – desistiram de ir ao protesto antifascista enquanto que o PC do B se recusou a assinar o manifesto que embasa os atos por conter críticas ao governo.

A frase mais impressionante dos oposicionistas de esquerda coube ao líder do MTST, Guilherme Boulos. Segundo ele, sua entidade não aceita que os atos de 20 de agosto sejam “só” em defesa da democracia…

Essa postura do PSOL e do MTST por certo será aproveitada pela direita no que diz respeito à defesa da democracia e do mandato constitucional da presidente da República, mas, assim mesmo, um ato cem por cento de esquerda constitui uma espécie de aviso à direita.

O recado é, mais ou menos, o de que aquilo que une a direita é destruir o PT e derrubar Dilma. Se esse objetivo for alcançado, esses movimentos de direita favoráveis ao golpe irão se dissipar ou perderão muita força enquanto que a esquerda continuaria unida contra as pautas previsíveis pautas ultraconservadoras do novo governo que assumisse.

Quem entende o que está acontecendo na economia sabe que tirar Dilma do poder e esmagar o PT não iria resolver a crise econômica. Os problemas continuariam, ainda que a mídia tratasse de atribuir tudo à “herança maldita do PT”.

Porém, agora, com o golpe dado, a esquerda estaria finalmente unida. O que sobrasse do PT estaria nas ruas de braços dados com o PSOL, o MTST e outros que fazem oposição a Dilma “pela esquerda”. As manifestações esquerdistas, portanto, seriam vitaminadas. O país iria parar, mas só depois do golpe.

Com a população continuando a sofrer enquanto assiste manifestações acusando o novo governo, em breve esse governo estaria amargando altos índices de impopularidade tanto quanto o de Dilma ou mais, porque, assim como os tucanos acusam Dilma de “estelionato eleitoral” se fossem os beneficiários do golpe e estivessem no poder também seriam acusados da mesma coisa, já que estão vendendo que basta derrubar o atual governo para tudo se resolver como que por mágica.

Ao fim e ao cabo, portanto, essas manifestações não serão úteis para mostrar à sociedade que o golpe não será fácil, mas para mostrar que os golpistas não terão vida fácil no pós-golpe. O que resta saber é se um governo de ultradireita que venha a ter o apoio da mídia, da Justiça, do Ministério Público e da maioria esmagadora do Legislativo, irá se assustar.

Antes de o PT chegar ao poder, os movimentos sociais e sindical cansaram de fazer manifestações enormes e nem por isso conseguiram muita coisa. Entre 1989 e 2002 – durante 13 anos – bradaram no deserto enquanto o PSDB e sua mídia vendiam o país a troco de banana (privataria tucana).

Por outro lado, se houver golpe e a crise, previsivelmente, não se dissipar – e até se agravar, do ponto de vista do bem-estar social – a sociedade ficará mais sensível aos protestos enormes de esquerda que eclodirão. Esse é o cálculo do PSOL, do MTST e de todo esquerdista que se recusa a defender “só” a democracia.

*

Confira o manifesto dos atos de quinta-feira (20/8)

Sairemos às ruas de todo o Brasil

Dia 20/08/2015 Quinta-feira Vamos sair às ruas de todo o Brasil para exigir respeito à Democracia.

Estaremos nas ruas de todo o país neste 20 de agosto em defesa dos direitos sociais, da liberdade e da democracia, contra a ofensiva da direita e por saídas populares para a crise.

– Contra o ajuste fiscal! Que os ricos paguem pela crise!

A política econômica do governo joga a conta nas costas do povo. Ao invés de atacar direitos trabalhistas, cortar investimentos sociais e aumentar os juros, defendemos que o governo ajuste as contas em cima dos mais ricos, com taxação das grandes fortunas, dividendos e remessas de lucro, além de uma auditoria da dívida pública. Somos contra o aumento das tarifas de energia, água e outros serviços básicos, que inflacionam o custo de vida dos trabalhadores. Os direitos trabalhistas precisam ser assegurados: defendemos a redução da jornada de trabalho sem redução de salários e a valorização dos aposentados com uma previdência pública, universal e sem progressividade.

– Fora Cunha: Não às pautas conservadoras e ao ataque a direitos!

Eduardo Cunha representa o retrocesso e um ataque à democracia. Transformou a Câmara dos deputados numa Casa da Intolerância e da retirada de direitos. Somos contra a pauta conservadora e antipopular imposta pelo Congresso: Terceirização, Redução da maioridade penal, Contrarreforma Política (com medidas como financiamento empresarial de campanha, restrição de participação em debates, etc.) e a Entrega do pré-sal às empresas estrangeiras. Defendemos uma Petrobrás 100% estatal. Além disso, estaremos nas ruas em defesa das liberdades: contra o racismo, a intolerância religiosa, o machismo, a LGBTfobia e a criminalização das lutas sociais.

– A saída é pela Esquerda, com o povo na rua, por Reformas Populares!

É preciso enfrentar a estrutura de desigualdades da sociedade brasileira com uma plataforma popular. Diante dos ataques, a saída será pela mobilização nas ruas, defendendo o aprofundamento da democracia e as Reformas necessárias para o Brasil: Reforma Tributária, Urbana, Agrária, Educacional, Democratização das comunicações e Reforma democrática do sistema político para acabar com a corrupção e ampliar a participação popular.

A rua é do povo!

20 de Agosto em todo o Brasil!

ASSINAM:

Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) / Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) / Central Única dos Trabalhadores (CUT) / Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) / Intersindical – Central da Classe Trabalhadora/ Federação Única dos Petroleiros (FUP) / União Nacional dos Estudantes (UNE) / União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) / Rua – Juventude Anticapitalista / Fora do Eixo / Mídia Ninja / União da Juventude Socialista (UJS) / Juntos / Juventude Socialismo e Liberdade (JSOL) / Associação Nacional de Pós Graduandos (ANPG) / Federação Nacional dos Estudantes do Ensino Técnico (Fenet) / União da Juventude Rebelião (UJR) / Uneafro / Unegro / Círculo Palmarino / União Brasileira das Mulheres (UBM) / Coletivo de Mulheres Rosas de Março / Coletivo Ação Crítica / Coletivo Cordel / Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras) / Igreja Povo de Deus em Movimento (IPDM)

PARTIDOS QUE APOIAM O ATO:

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) / Partido Comunista do Brasil (PC do B)

*

Confira os locais dos atos de quinta-feira (20/8):

ARACAJU

Praça General Valadão – Ato unificado 14h

BRASÍLIA

Praça dos Aposentados (CONIC) – 17h

CAMPO GRANDE

Rua Barão do Rio Branco e 14 de julho – Ato unificado 16h

CURITIBA

Praça Santos Andrade  – Ato unificado às 11h

FLORIANOPOLIS

Praça da Alfândega – às 16h

FORTALEZA

Praça da Bandeira, em frente à Faculdade de Direito da UFC – 14h.

GOIÂNIA

Praça do Trabalhador – Atos às 10h e às 17h

JOÃO PESSOA

Lagoa Parque Solon de Lucena – à partir de 12h. Em seguida, mais de 7 ônibus de vários movimentos populares sairão em caravana rumo a Campina Grande, onde será realizada a manifestação.

MANAUS

Teatro Amazonas – Ato unificado 16h

PORTO ALEGRE

Igreja Pompéia – Ato unificado 14H

RECIFE

Praça do Derby – 15h

RIO DE JANEIRO

Concentração na Candelária 16h, passeata Av. Rio Branco 17h, e ato/show/atividades culturais Cinelândia 18h.

SALVADOR

Praça Piedade e passeata até a Praça Castro Alves – Ato unificado 14h

SÃO LUIS

Praça Deodoro – Ato unificado 16h

SÃO PAULO

Largo da Batata – Ato unificado 17h

  • Fernando Prestes

    Pergunta: por que essas manifestações não poderiam ser num final de semana, para muitos não terem que faltar a seus empregos (arriscando terem descontos, serem repreendidos, demitidos, etc.)?

    • Pedro Soto

      Porque ao contrário dos coxinhas, que moram perto da Av. Paulista e da Av. Atlântica, os eleitores da Dilma e do PT moram longe dos locais das manifestações e têm que aproveitar os dias de semana quando estão mais perto desses locais.

      • Jackson

        Não sei por que motivo, se tem ônibus patrocinado, poderia ser no fim de semana mesmo.

        • eduguim

          As pessoas trabalham, e teve ônibus na marcha fascista também – moro próximo à Paulista e vi

  • Osvaldo

    A hipocrisia e o oportunismo da extrema-esquerda abundam

  • edu marcondes

    Não entendi. O PT NÃO APOIA O ATO?

    “PARTIDOS QUE APOIAM O ATO:

    Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) / Partido Comunista do Brasil (PC do B)”

    • eduguim

      Não entendi, também

      • Milton Freitas

        Se PT apoiasse o ato , tudo seria levado como defesa própria, em politica recado tem mais força que o próprio ato.

  • Antonio

    Mais uma vez a esquerda mostra os sinais do orgulho burro.
    Quer dizer que o PSOL pensa em herdar os votos do PT?
    Irão os dois para o cadafalso enquanto a direita se acerta.
    Exemplo, para não perder o protagonismo, Aécio, Serra, Aloysio e outros foram às passeatas e na segunda o Grão Tucano com as penas maiores, uniformizou o discurso.
    Enquanto isso, mesmo aqui em São Paulo o PT discute qual o mote da passeata.
    Seria muito bom se o inútil do Rui Falcão com sua diretoria deixassem o PT.

    • Milton Freitas

      Esquerda com discurso uniformizado, veja ai esta o valor da esquerda ,não temos cacique único, nem Lula tem esta uniformidade.
      Assim formamos cidadães pensantes,partidos e correntes dentro destes, valorizando a democracia e fazendo pela maioria.
      Agora se perdermos a luta em favor das minorias e necessitados de politicas publicas deixamos de ser esquerda,como fazer é o quanto unica divergência.

  • Marcita

    É extraordinário, uma manifestação das esquerdas, contra e a favor do governo.

    • Luís CPPrudente

      Zzzzzzzzzzz!

    • Renata

      Marcita, vai ler as pesquisinhas, veja lá que ser contra Dilma não quer dizer ser a favor do Aécio e do PSDB – aliás, esse partido é tão burro que pensa que amealhará para si o saldo da manifestação que ajuda a incitar se alinhando com o que há de pior hoje, como Chequer, Kim e etc. Se esforce para entender as contradições do momento.

      • denis

        Marcita é incapaz de compreender uma contradição porque esta pressupõe DUAS idéias em conflito. E a CABECITA da Marcita já está ocupada muitas outras bobagens como as as postagens anteriores dela.

  • Maria Rita

    Já é um começo. Ou recomeço. Vale a pena assistir o vídeo do Osmar Prado na TVT. E temos que deixar claro que defendemos o Estado de Direito, respeito às urnas das últimas eleições, contra o entreguismo e as negociatas do Congresso. Um passo de cada vez. As reivindicações ficam mais a frente, não serão esquecidas. Julgamento do governo se faz nas urnas e não no tapetão. Em 2018 teremos eleições para presidente , governadores, senadores etc. A hora é de defesa dos nossos direitos e da nossa constituição. O resto é trabalho, argumentação, vigilância contínua e espaço público para garantir o pão, a saúde, a educação nossa de cada dia. Liberdade e pluralidade, direito de expressão sem sofrer ameaças à integridade física de q

  • Maria Rita

    Já é um começo. Ou recomeço. Vale a pena assistir o vídeo do Osmar Prado na TVT. E temos que deixar claro que defendemos o Estado de Direito, respeito às urnas das últimas eleições, contra o entreguismo e as negociatas do Congresso. Um passo de cada vez. As reivindicações ficam mais a frente, não serão esquecidas. Julgamento do governo se faz nas urnas e não no tapetão. Em 2018 teremos eleições para presidente , governadores, senadores etc. A hora é de defesa dos nossos direitos e da nossa constituição. O resto é trabalho, argumentação, vigilância contínua e espaço público para garantir o pão, a saúde, a educação nossa de cada dia. Liberdade e pluralidade, direito de expressão sem sofrer ameaças à integridade física de quem quer que seja, direito de usar vermelho, rosa pink, sair de cordão encarnado, de usar todas as cores do arco-íris sem censura ou ataque. Nós passarinhos, eles não passarão.

  • Eduardo

    Eduardo, a esquerda está unida, o que vc não percebeu é que o PT não é mais de esquerda.
    O PT traiu os trabalhadores e o Povo, seus líderes só pensam em dinheiro e neles próprios.
    Tenho vergonha de ter feito parte do PT, tenho vergonha de ter votado no PT.

    • Junior-RP

      O Pstu vive na idade da pedra ainda. Não elege nada. E o Pco ? Falam uma linguagem da época da guerra fria. O Randolfe Rodrigues (Psol) e seu partido são socialistas ? O Boulos e o Stedile ainda se salvam. O Lula é mais de esquerda que todos esses loucos juntos.

      • Luís CPPrudente

        O grande socialista Randolfe Rodrigues não era aquele mesmo socialista que homenageou os 50 anos da famiglia Marinho no Senado?

        Este tipo de socialista que homenageia e beija as mãos da famiglia Marinho tem de montão no PSDB, no PSC, no partido do Paulinho da Farsa Sindical. Eles são mesmo grandes socialistas…que o capital adora.

    • Milton Freitas

      Entendo a revolta, mas o PT não mudou, apenas os encostados é que sairãm, veja o PSTU,PV,PCO,PSOL,mais políticos como Erundina saíram do PT.
      Hoje PT ainda tem muitas correntes, assim ganha quem vencer eleição interna , e a majoritária e novos rumos tem maioria no partido.
      Tambem gostava dos que saíram , afinal falavam muito defendiam teses e nada fazia, erra mais facil, pois fazer envolve um certo risco, veja oque faz o PSOL por exemplo, fala muito grita, elege 6 deputados e não ajuda ninguém , para ter um projeto aprovado, bate na porta do PSDB,PT,PMDB, para obter maioria .
      Quanto a dinheiro,3 poderes, nãO ME CONSTA QUE PT IMPEDIU ALGUÉM DE INVESTIGAR,pode ter todas as acusações , mas esta nunca foi ventilada.

    • denis

      Tenho de vergonha de ver alguém que (diz) que já foi PT e hoje não é mais porque caiu no conto do vigário. Eu também ficaria com muita raiva se desse todas as oportunidades. condições e boa educação possíveis para um filho e um dia belo dia ele resolvesse virar ladrão porque é muito mais fácil.

  • Luiz Soares

    A manifestação “chapa branca” foi um fracasso retumbante!!!

    Dilma ladeira abaixo…

    • eduguim

      60 mil pessoas no Largo da Batata. Aguarde o próximo post, fascistinha

      • Helena/S.André SP

        Eu vi, Edu, tinha muita gente realmente. Se a PM do Alckmin disse que tinha 60 mil, então podemos dizer que tinha mais do que isso. A PM do Alckmin é muito ruim na contagem. Quando é manifestação dos coxinhas, a PM aumenta o número dos participantes, mas quando é manifestação da esquerda, ela sempre nivela para baixo.

        • Marcos Rizzatti

          Se a própria PM paulista diz que haveria 60 mil, podem ter certeza, certamente tem mais do dobro, no mínimo 120 mil.

          • Josue

            Muito mais que o dobro!

      • Sávio Valença

        60 mil, segundo a PM tucana, mas já vi relatos de ser 70mil, ou até mesmo 100mil. Ainda tem mais, foi num dia de semana. Imagina se fosse no domingo.

      • Carlos

        Se a PM diz 60.000 e o Datafolha diz 37.000, é porque até o número divulgado pelos organizadores deve ser até inferior ao número de presentes.

    • A tua quadrilha desceu ladeira abaixo há 12 anos e 8 meses e NUNCA MAIS SUBIRÁ.

      • Eliana

        Não será a Kus Kux Klan que subirá a rampa do Planalto.
        Aguarde Lula 2018!

    • Avelino

      Oi Luiz
      Pra você pode ter sido um fracasso, pois assim querem os seus chefes, mas quem estava lá, como eu, estava lindo. Revi colegas de outras eras glaciais, com a mesma disposição de antes e sempre prontos e atentos.
      Se há algum fracassso, é o de que vocês não conseguem enganar a todos e nem tira de todos a força da luta por um Brasil melhor.
      Voces fracassaram de novo.
      Saudações deste petralha

    • Sergio L

      O #carnacoxinha não passou de 150 mil no Brasil inteiro (100 mil em SP e 50 mil no resto do Brasil)… E foi num domingo…. E foi anunciado por toda a mídia intensamente e com bastante antecedência….
      Portanto a manifestação de hoje foi de um sucesso imenso! Dia de semana, sem divulgação na grande imprensa e reuniram o mesmo número de pessoas! E olha que um número imenso de pessoas, assim como eu, não puderam estar presentes por motivos profissionais.
      E foi só o começo! Coxinhas, tremei!!

      • denis

        E nem precisamos apelar para a nudez e/ou serviços de prostiuição.

    • João

      Luiz Soares, mais um abestado com a camiseta da CBF gritando contra a corrupção e defendendo a sonegação de impostos. Chega a dar pena da ignorância e estupidez.

      • denis

        Agora o kit Raiva vem com a camisa da CBF, óculos escuros, um manual de palavrões e palavras de ordem tipo a torcida de vôlei indo no estádio na Copa do Mundo de 2014, óleo de peroba e uma TORNOZELEIRA para homenagear seus mais novo sumo pontífice, o sempre probo Cunha

  • Salvador Ferreira

    É, não passarão.

  • e o Brasil continua a andar, presidente, vire a esquerda, saia fora dos golpistas, mande o Levi, e o Zé da justiça embora

  • Valerio

    Então, você que votou contra o PT, pare com essa hipocrisia de que foi às ruas se manifestar porque não aguenta mais corrupção.

    É mentira.

    Você foi à rua porque, derrotado nas eleições passadas, viu, outra vez, naufragar o modelo de país que 12 anos de governos do PT viraram de cabeça para baixo.

    Você foi para a rua porque, classe média remediada, precisa absorver com volúpia o discurso das classes dominantes e, assim, ser aceito por elas.

    Você foi para a rua porque você odeia cotas raciais, e não apenas porque elas modificaram a estrutura de entrada no ensino superior ou no serviço público.

    Você odeia as cotas raciais porque elas expõem o seu racismo, esse que você só esconde porque tem medo de ser execrado em público ou nas redes sociais. Ou preso.

    Você foi para a rua porque, apesar de viver e comer bem, é um analfabeto político nutrido à base de uma ração de ódio, intolerância e veneno editorial administrada por grupos de comunicação que contam com você para se perpetuar como oligopólios.

    Foram eles, esses meios de comunicação, emprenhados de dinheiro público desde sempre, que encheram a sua alma de veneno, que tocaram você como gado para a rua, com direito a banda de música e selfies com atores e atrizes de corpo sarado e cabecinha miúda.

    Não tem nada a ver com corrupção. Admita. Você nunca deu a mínima para corrupção.

    Você votou em Fernando Collor, no PFL, no DEM, no PP, em Maluf, em deputados fisiológicos, em senadores vis, em governadores idem.

    Você votou no PSDB a vida toda, mesmo sabendo que Fernando Henrique comprou a reeleição para, então, vender o patrimônio do país a preço de banana.

    Ainda assim, você foi para a rua bradar contra a corrupção.

    E, para isso, você nem ligou de estar, ombro a ombro, com dementes que defendem o golpe militar, a homofobia, o racismo, a violência contra crianças e animais.

    Você foi para a rua com fascistas, nazistas e sociopatas das mais diversas cepas.

    Você se lambuzou com eles porque quis, porque não suporta mais as cotas, as bolsas, a mistura social, os pobres nos aeroportos, os negros nas faculdades, as mulheres de cabeça erguida, os gays como pais naturais.

    Você odeia esse mundo laico, plural, multigênero, democraticamente caótico, onde a gente invisível passou a ser vista – e vista como gente.

    Você não foi para a rua pedir nada.

    Você só foi fingir que odeia a corrupção para esconder o óbvio, odeia a perda de privilégios.

    • Wladimir

      Excelente comentário, Valério! Valeria um post exclusivo só para ele nos blogs progressistas! Parabéns.

    • Luís CPPrudente

      Os que foram no chamamento “democrático” da famiglia Marinho, no domingo, defendem a honra e a honestidade do Achacador Cunha, presidente da Câmara dos Deputados.

      • denis

        E por isso vão todos usar óleo de peroba e tornozeleira na próxima Conferência de Wannsee.

    • Jimmy Cricket™

      ♫ Sintetizando: você que vota contra o PT e foi à rua no domingo é E-S-C-R-O-T-O.

  • maria lara

    JANOT marcou notável presença neste dia de apoio à DEMOCRACIA!!!
    ( Coincidência? Noticia-se que protocolou a denúncia contra o Cunha hoje às… 13 horas!)

  • CaRLos

    Eduardo, sempre que acontece um fato desses, pode esperar nova operação. É assim que eles agem.

  • Cláudio

    :

    .:.

    :

    : 19:13

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    * * * *

    Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

    * * * *

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • JORGE ALMADA

    Certamente, penso que ele o presidente da CUT pegaria em armas, assim como os presidentes de outros sindicatos, visto o que o Lula expandiu verbas doadas a sindicatos E DILMA REPASSARÁ 2,9 bilhões de reais este Ano. Conclusão: apoio total da CUT !!!!!!!!|

  • Svibra

    Não estou conseguindo postar!!

    • eduguim

      Companheiro, é só insistir. Tenta umas 4 vezes que dá. Quando muita gente posta ao mesmo tempo o sistema pede para “postar mais devagar”, mas é normal

  • Svibra

    Caro Edu – assunto: BOICOTE

    Temos gasto muita saliva e “tinta”, aliás muito bem gastos, combatendo todas estas tentativas conservadoras para destruir o legado de Lula e impedir seu retorno no comando do país.

    A Imprensa Golpista, vem sendo mantida, não só pela propaganda governista (o que todos repudiamos e o tal do republicanismo teima em manter) mas sobretudo pelas propagandas empresariais sobre produtos e serviços consumidos não só pelos conservadores mas também pelos progressistas, pelo que também deveríamos repudiar.

    Penso que poderíamos, sob sua tutela, estabelecer boicotes temporários, rotativos, sobre estes produtos e serviços – seria uma forma eficiente de mostrar a estes empresários que também somos seus consumidores. Se mexer em seus lucros o resultado seria imediato.

    Que tal colocar esta proposta para comentários dos seus seguidores? Os boicotados seriam selecionados para que tenham repercussão e não causem transtornos aos usuários. Boicote a Bancos, por exemplo, apresar de desejados, seriam inadequados enquanto que boicotes a produtos com alternativas imediatas seriam mais eficazes.

    Acredito que estes boicotes estão dentro dos objetivos do MSM e sua liderança é inquestionável pelos seus leitores e comentaristas. Vamos mexer com o bolso deles, sem prejudicar o país pois o consumo e a produção total não seriam afetados com a migração temporária para as alternativas que o mercado oferece.

    Saudações com renovados registros de admiração pela sua competência e coragem e votos de sucesso na sua brasileiríssima empreitada.

  • Cláudio

    :

    .:. 20:13 … . Ouvindo As Vozes do Bra♥S♥il e postando: Como já disse alguém, parece que no Tijolaço: Quem tem Cunha, tem medo… E, em breve, tornozeleira…

    Mas a direita não tem mesmo nenhum escrúpulo: pega até o que é historicamente ligado aos movimentos progressistas (no caso, a música “Vou Festejar”, interpretada por Beth Carvalho, e que foi usada indevidamente, sem autorização da cantora, nas “manifestações” fascistas do dia 16) e tenta usar como se fora seu. E a esquerda só fica nessa, de reclamar depois, pro bispo ou pro papa. Mas, prezada Beth, valeu a pena ! ! ! ! Dá gosto ser o/a cantor/a do seu povo ! ! ! !

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • Salvador Ferreira

    Agora f…..u tudo. Colunista do o globo sacode a árvore em que o Cunha está
    fingindo de fruta.
    Vejam: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/193642/Noblat-Cunha-é-‘náufrago’-à-espera-do-velório.htm

  • JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE

    Em minha opinião, marcar o ato num dia de semana, quando o trabalhador não pode participar, foi um erro. Se participaram 60 mil, segundo a polícia tucana, num domingo poderia ser 100 mil ou mais. Pensem nisso.

  • 2018 lula de novo, e os fascistas chorando de novo, e o seu guia Cunha, na cadeia,

  • Cláudio

    :

    .:. 21:13 … . Ouvindo As Vozes do Bra♥S♥il e postando: Dá gosto ser o/a cantor/a do seu povo ! ! ! !

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • josé mb

    Distribuição de pão com mortadela, camisetas e bonés, cachaça,transporte gratuito e meia dúzia de “gatos pingados” achei que fossem arrastar milhões, é só isso ( mesmo pago) que o PT consegue por na rua???? entendo que se não fizer isso ninguem aparece….
    Sem contar que a CUT , MST e outros vivem de dinheiro público…
    Bem diferente da marcha de domingo aonde ninguém recebeu por nada, não ganhou comida nem transporte….
    O PT chegou no “fundo do poço” literalmente.

    • Eliana

      Jura?

    • Eliana

      Tem certeza?

    • Sávio Valença

      As passeatas fascistas tiveram apoio da força sindical, que recebe dinheiro público. Entidades sindicais promoverem passeatas não é crime e é previsto em lei. Crime é receber dinheiro de fontes obscuras, se estas fontes forem agências estrangeiras com interesses alienígenas, aí sim, é crime de lesa-pátria.

      E para seu governo, não foram alguns gatos pingados, foram em torno de 60mil em São Paulo, segundo a PM tucana. Há relatos de ter sido 100mil, isto num dia de semana.

      A CUT deve ter muito dinheiro para dar pão com mortadela para 60 mil pessoas. Esses coxinhas, são uns “jênios”

    • Avelino

      Oi José
      O que você andou consumindo para falar essas besteiras?!
      Mais tarde voce passa em alguma sede dos tucanos ou da grande mídia, leva esse comentário e pega a medalhinha da Tu Tux Canus.
      Saudações deste petralha que esteve ontem em SP.

    • Wilsoleaks Alves

      josé mb = josé muito burro.

    • denis

      ganhou muita coisa sim, teve muita pegação, muié palada, bebidas, ambulantes fazendo a festa, tinha muito mais pau-de-selfie do que pau de bandeira.

      • denis

        “MARCHA” de Domingo???? wtf? Fascistas.

  • janes salete

    Concordo com Antônio. O psol pensa como oportunista, quer os votos do PT para eles. Traidores SEMPRE SERÃO TRAIDORES, com uma esquerda dessas, que senta, literalmente, no colo da direita esperar o que senão isso? Esquerda que não pensa no país, mas no seu ganho partidário. Imbecilizados sempre acabam por ajudar a direita corrupta.O PT de sp, não vale nada! É apenas um remendo bobo e serviçal da imprensa corrupta.

  • Renata

    Vendo as imagens, creio que o movimento transmitiu ser contra o pacote do Levy e o impeachment.
    Ou seja, não aceita um lado desse governo mas o defende porque defende a democracia e o estado de direito.
    Conclusão: não foi um atestado para o governo Dilma.

    • Renata

      Uma palavra de ordem que teria sido clara, de consenso e que marcaria posição é “Não Vai Ter Golpe”.

      Mas estamos num momento confuso em que não há – e nem dá pra exigir – coerências e consensos de ambos os lados (direitistas e progressistas).

      Do ponto de vista dos movimentos sociais, se o ajuste era necessário que fosse feito de forma completa, mas não veio acompanhado da taxação das fortunas, do imposto sobre dividendos e fez, como sempre falam e com razão, a conta cair no lombo do trabalhador.

      O ajuste manteve privilégios que a estas alturas do campeonato são inaceitáveis e evidenciam que a distribuição de renda, tributária e a questão da desigualdade vão até certo ponto e não ultrapassam determinadas barreiras.

      Diante disso, não restou outra coisa aos manifestantes de hoje a não ser ir contra o pacote que só lhe lesa e ao mesmo tempo defender a permanência democrática do governo.

      A CONTRADIÇÃO NÃO É DOS MOVIMENTOS SOCIAIS, A CONTRADIÇÃO É DO GOVERNO, incluindo o Congresso, obviamente, pois o governo sozinho pode pouca coisa.

      Do lado dos direitistas, hoje revi as manifestações de 2013. De certa forma muito já estava colocado lá apesar das reivindicações pipocadas – preço do transporte, corrupção, qualidade ruim dos serviços públicos, a não contrapartida dos impostos, PEC 37 que retirava o poder investigativo do ministério público, etc.

      Li no Valor sobre a concentração de renda no Brasil (como, aliás, no mundo todo), numa leitura feita não a partir do IBGE/PNAD, mas dos impostos (como queria o Piketty). Sabemos que houve uma melhora notável de vida para muitos da base da pirâmide, mas os muito ricos ficaram mais ricos.

      De novo, mostrando a CONTRADIÇÃO do modelo: só pode ter alguma coisa errada. E talvez aqui esteja o tal ‘estelionato’ (o aumento da conta de luz foi só a superfície, o mais aparente).

      Houve uma promessa de governo que desde 2013 teria que ter sido seriamente revista, e não foi, como vemos agora com o ajuste que chega só a uma parte da população.

      Do lado da direita, a contradição foi a relação imposto x serviços (ou imposto x privilégios, conforme o segmento de que se fala), que se juntou à questão moral da corrupção, algo como “além dos meus impostos não reverterem em melhoria de hospitais, escolas, transporte, vias públicas, ‘eles’ ainda roubam através da corrupção”.

      Vamos combinar, algo aconteceu no meio do caminho que fez todos de alguma maneira se sentirem traídos, independente das cores partidárias. O que não justifica – nem explica – o avanço fascista (e agora tendendo para o terrorismo) que surgiu no bojo desse governo, fenômeno para mim ainda difícil de ser entendido.

  • raquel

    EG o tendencialismo é tão absurdo que o Estadão colocou na manchete que eram 3 mil em SP. Pode??? não tem nem vergonha do que fazem. Não importa o que eles divulgam ou o que fazem para diminuir as manifestações. O que importa é que eles sabem da verdade. Os atos de hoje foram um balde de água fria na cabeça dos fascistas. Era muito mais dos que eles poderiam esperar. Só não entendo uma coisa, porque não pode ser aos domingos??? eu queria muito ter ido, mais estava trabalhando. Sei que muita gente estava na mesma situação que a minha. Por favor, façam a próxima num domingo. vamos colocar o dobro e muita festa. aqui em Salvador o número de manifestantes era exatamente o dobro do carnacoxinha. O grito de guerra era de Não vai ter golpe, mais também o Volta Lula foi muito ouvido. Imagine se alguém pensar em mexer com o Lula? aí eu falto ao trabalho quantas vezes forem necessárias, mais não sairei das ruas. mexeu com Lula, mexeu comigo!!

    • Jimmy Cricket™

      ♫ Estaríamos perdidos, se dependêssemos do PIG para saber a quantas anda o país. Só assisto o noticiário na televisão para conferir o nível de podridão que as emissoras atingiram.
      O exemplo clássico dessa safadeza é a edição que a Globo fez do debate Collor-Lula; foi em função dele – e da asquerosa jogada com a ex-namorada ressentida e pútrida – que o Lula perdeu aquela eleição.
      Depois tivemos aquele tartufo do FHC e, novamente, todo o noticiário favorável a ele e negativo em relação às forças de esquerda. E amargamos outra vez uma derrota frente a Moloch…
      Ainda bem que os tempos mudaram; hoje temos a Internet e um povo que sabe usá-la, por menos que se interesse pela política, é força reconhecê-lo.
      O poder da televisão ainda é extraordinário e todas as emissoras são sórdidas, praticando uma verdadeira lavagem cerebral na população. Não dão o pão, mas nos intoxicam com o circo monstruoso dos palhaços sinistros nababescamente pagos: duplas breganejas, mulheres retificadas todas com a mesma cara, o eterno futebol e aleijões morais, alguns até físicos.
      Um dia isso acabará; aliás, já está acabando. Todas as redes estão mais ou menos encalacradas financeiramente e, se um dia forem realmente cobradas as dívidas trabalhistas, voltaremos à época em que os enlatados predominavam – ou à era do rádio…

  • Ana

    E a coxinhada tremeu. Esquerda não está morta! Não deixaremos o golpe acontecer. Viva Dilma! Viva Lula! Viva o PT!

  • Cláudio

    :

    .:. 22:13

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • Eliana

    Que diferença!
    No domingo um bando de surtados , deprimidos
    e cheio de ódio.
    Pareciam que tinham saído de um sanatório geral.
    A Ku Kux klan marchou desvairada.

    Hoje,
    Cidadão felizes, solidários, cultos e apaixonados pela democracia.

    • carlos

      no domigo era o cidadao que trabalha , paga imposto para esse governo corrupto passar dineiro para esses sindicatos formar manifestantes profissionais. so isso!

      • denis

        trabalha, paga imposto, urra, esperneia, vocifera palavrões e palavras de ordem, mostra as nádegas, leva mais pau de selfie do que bandeira….

  • Apolônio

    Valeu ! Tinha muita gente gritando ! Não vai ter golpe ! Essas manifestações foram um bom recado.

  • Paulo Filho

    Eduardo, Vitória também é uma capital e é do estado do Espírito Santo que por sua vez pertence a republica federativa do Brasil e fica situada na região sudeste.
    Aqui se você não sabe, há leitores do seu blog e pessoas que votaram na Presidenta Dilma e que são de esquerda e que foram hoje as ruas também apoiar a democracia, o PT e a Presidenta.
    Só para te lembrar esta bom?
    Abraços!

  • Pedro Soto

    Rio de Janeiro, PRESENTE!
    Belíssima manifestação: passeata da Candelária à Cinelândia e concentração nesta.
    80% das palavras de ordem a favor de Dilma, do Governo e contra o Cunha.
    Calculo 15 mil pessoas, o que é excelente para o começo de uma nova fase.

  • Pedro Accioli

    Boa noite Edu!

    A manifestação de hoje foi maravilhosa!!! Que os coxinhas comecem a baixar a bola!

    Grato!

  • Maria Rita

    Procurava por fotos e notícias. Foram bem dosadas na mídia corporativa. Afinal, esperar o que de quem comandou esse longo processo golpista? A novidade para mim é o número de manifestantes que foram às ruas. São Paulo, para quem mora em outro estado, parecia estar em coma profunda e hoje acordou.O país todo está acordando depois de tantos ataques. É um belo recomeço. Também, depois da dama de vermelho que, sozinha e de forma pacífica olhou frente a frente aquelas pessoas que dizem ser contra a corrupção e xingavam, no meio de demonstrações de bundas lelês decadentes, só a coragem para nos trazer de volta à vida e à dignidade. Salve, salve, São Paulo! Salve, salve, Brasil! Não vai ter golpe!

  • Antonio

    Sérgio Moro e o jeitinho brasileiro

    Damous: Sérgio Moro recebe R$ 77 mil, mais que o dobro do previsto pela Constituição

    publicado em 20 de agosto de 2015 às 18:26

    Sérgio Moro, que prometeu passar Brasil a Limpo, tem salário de R$ 77 mil

    do site da Liderança do PT na Câmara dos Deputados, via e-mail

    O deputado Wadih Damous (PT-RJ) criticou nesta quinta-feira (20), na tribuna da Câmara, juízes e integrantes do Ministério Público que estão o descumprindo o art. 37 da Constituição Federal, recebendo vencimentos acima do teto salarial.

    “E, para a nossa surpresa, na relação de juízes, desembargadores e membros do Ministério Público que percebem acima do teto, está o nome do insuspeito juiz Sérgio Moro, esse mesmo, que prometeu limpar o Brasil da corrupção, que prometeu passar o Brasil a limpo”, ironizou.

    O juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, segundo Wadih Damous, tem recebido nos últimos meses acima do teto, que é limitado ao salário do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), hoje em R$ 37,4 mil. “O paladino da moral, que promete limpar o País da corrupção, recebe em média R$ 77 mil por mês, mais do que o dobro do teto. Acredito, então, que a limpeza deveria começar pela remuneração desses juízes e desembargadores que percebem acima do teto constitucional, em manobras que não fazem bem à democracia e à moralidade”, criticou.

  • Avelino

    Oi Luiz
    Pra você pode ter sido um fracasso, pois assim querem os seus chefes, mas quem estava lá, como eu, estava lindo. Revi colegas de outras eras glaciais, com a mesma disposição de antes e sempre prontos e atentos.
    Se há algum fracassso, é o de que vocês não conseguem enganar a todos e nem tira de todos a força da luta por um Brasil melhor.
    Voces fracassaram de novo.
    Saudações deste petralha

  • Ana Virgilio

    Olá, amigo Edu
    Ainda extasiada pelo show de democracia que a militância protagonizou ontem, 20/085, aqui no RJ
    Extasiada e surpresa com o que a mídia começou a dizer: eles afirmam que em SP haviam 37 mil pessoas. Disseram também que, no total foram 70 mil pessoas nas manifestações pelo Brasil. Vinte quatro estados mais o DF participaram dos atos. Bom, se só em SP estiveram 37 mil pessoas, distribuíram muito bem os 33 mil restantes não? Posso afirmar que na Cinelândia, onde estive, tinham mais de dez mil pessoas. Em outros estados, pelo que vi nas redes sociais, o numero não foi pequeno. Eles escondem o que podem , é?
    O que importa mesmo, não é a quantidade de pessoas que estavam nas ruas. O importante foi nosso grito de NÃO VAI TER GOLPE, FORA CUNHA. Ninguém precisou tirar a roupa, fomos todos vestidos com nossa bandeira da legalidade e da defesa à democracia. Parabéns aos brasileiros petistas que atenderam ao chamado da DEMOCRACIA e foram lá buscar o que estava querendo tirar na mão grande.

  • Dilma Coelho

    Não confio nesse Guilherme Boulos, é mais um pastor conduzindo as ovelhas com a varinha, vai pra cá, vai pra lá. Sou da esquerda legítima, estou com Dilma, apesar de todos os erros dela, que não são poucos…
    Esse indivíduo quer aparecer, marcar presença e garantir uma vaga futura como político. É só uma questão de tempo…
    O PT que começe a agir ou perderá a vez. Fora zé inútil, mercadante e katia abreu.

  • Honório

    Manchete da Folha online:

    “Governo Dilma acha que saída de Cunha pode ser um tiro no pé”

    Quá, quá, quá, quá!

  • Cláudio

    Passei próximo a uma dessas manifestações e era só o pessoal peidando mortadela !

    • denis

      uma delas já ta até falando.

  • Carlos Henrique

    Participei ontem da extraordinária manifestação progressista de Recife, que colocou cerca de dez mil pessoas no centro da cidade(a Globo cinicamente afirmou que eram três mil, contudo, havia inegavelmente dez mil pessoas ou mais, tanto que, quem olhava a manifestação na gigantesca Av. Conde da Boa Vista, não conseguia enxergar seu final). O ato concentrou-se na defesa do Governo Dilma, apesar de ocorrerem críticas às políticas neoliberais de Joaquim Levy (mais precisamente quanto à não recaída do ajuste fiscal sobre os ricos, algo que poderia ter sido facilmente superado pelo Governo Dilma se tivesse agido com mais habilidade política ao lançar o ajuste. Dialogado com a Sociedade e colocado medidas progressistas, taxação dos ricos, no pacote. Se não passassem, a conta ficaria para o Congresso). Apesar disso, o caráter de apoio a Dilma, Lula, críticas a Eduardo Cunha, ao Judiciário e à mídia dominaram o ato, claramente definido como de apoio ao Governo(um apoio crítico, mas marcado como um ato de defesa de Dilma), o que foi percebido pela população. Muitos desconheciam a realização do ato(embora para a censura que a mídia impôs ao assunto, o conhecimento era alto), mas manifestavam simpatia pelo evento quando sabiam ser de apoio à Presidenta. deixei o carro num local distante da realização do evento e, junto com minha esposa, caminhei pelo centro de Recife. Não ouvi nenhuma crítica a Dilma, nem ao PT e as pessoas que nos abordavam, ou manifestavam apoio ou procuravam saber a que horas ocorreria o ato. Sem contar o caráter plural da manifestação, havia desde idosos que enfrentaram a ditadura, passando por adultos e jovens, da UNE, UJS e Levante Popular da Juventude. Outra bandeira presente foi a defesa da Petrobrás e a o reconhecimento pela Transposição do Rio São Francisco, cuja primeira etapa será inaugurada hoje por Dilma, em Cabrobó, interior de Pernambuco, outro assunto que Globo e sua turma censuram. Globo que por sinal não foi esquecida no ato, principalmente pelos jovens do Levante Popular, que cantavam músicas engraçadíssimas criticando os bastiões de nosso atraso, com a Globo ocupando um lugar merecido no que há de mais reacionário. Até nos prédios da classe média da Conde da Boa Vista havia grande adesão, um ou outro coxinha batia panela, mas era flangrantemente refutado. A classe média também se fez presente entre os manifestantes, embora a maior parte fosse de pessoas das classes mais pobres, mas para a paranoia conservadora que cresce na classe média, a adesão foi alta. Ou seja, o ato foi um sucesso e nem a Globo teve coragem de esconder, apesar de ressaltar as críticas às políticas neoliberias do Governo, que ele foi claramente de apoio a Dilma. Aliás, pareceu-me, ao ver o noticiário global rapidamente, que os Marinho tiveram o bom senso de não negar o caráter de apoio a Dilma em todo o Brasil. Para um ato convocado num dia de semana, quase sem divulgação, as multidões reunidas na maior parte dos locais de realização dos eventos, mostram a força das organizações progressistas e deixam a direita se tremendo de medo. Eles sabem que esse sucesso fará novos atos terem uma adesão ainda maior, principalmente se ocorrerem no final de semana. O sucesso foi gigantesco e tenham certeza, o Governo Dilma tem nesses eventos uma grande oportunidade para enfrentar a direita não apenas contra o golpismo, mas para promover uma guinada de esquerda na condução do país. A Globo sentiu o golpe, colocou um JN fingindo-se mais progressista(com direito a Moro falando que, além dos corruptos, existem os corruptores do setor privado. ELE DESCOBRIU A PÓLVORA), Gilmar Mendes votando pela não criminalização da posse de drogas e cobertura ampla da denúncia contra Eduardo Cunha. É claro que isso é apenas uma cortina de fumaça, mas só a necessidade de usarem cortina de fumaça, e não serem tão escrachadamente reacionários como vinham sendo, mostra que os fascistas(Globo à frente)sentiram sim e muito o golpe que levaram ontem. Vamos continuar nas ruas, pois como disse o grande ex-deputado Fernando ferro(PT-PE. Em, que eu sempre votei), política não se faz na INTERNET ou no facebook, mas nas ruas. Vamos deixar os fascistas, apavorados, eles são covardes e tremeram nas bases com nossa força . Ainda podemos e devemos mostrar muito mais.

  • Carlos Henrique

    Parabéns às forças de esquerda, sindicatos e movimentos sociais.

  • Fernando Prestes

    Mais um artigo de Juremir Machado da Silva:

    “A ofensiva conservadora e as crises

    Postado por Juremir em 20 de agosto de 2015 – Uncategorized

    O diplomata brasileiro Samuel Pinheiro Guimarães, em artigo especial para o Brasil de Fato, faz uma análise da crise no Brasil, o avanço de setores conservadores e o papel do governo federal; bem como aponta as saídas e desafios das forças progressistas.

    18/08/2015

    por Samuel Pinheiro Guimarães*

    1. A sociedade brasileira está diante de uma ofensiva conservadora que se aproveita de entrelaçadas crises na economia, na política, nas instituições do Estado, na imprensa e nos meios sociais para fazer avançar seus objetivos;

    2. A suposta crise econômica ofereceu pretexto para implantar um programa neoliberal de acordo com o Consenso de Washington: privatização, abertura comercial e financeira, ajuste orçamentário, flexibilização do mercado de trabalho, redução do Estado, tudo com a aprovação do sistema financeiro nacional, por um Governo eleito pela esquerda;

    3. A crise da corrupção, cujo maior evento é a Operação Lava Jato, mas também a Operação Zelotes, esta inclusive de maior dimensão, está servindo para destruir a engenharia de construção, onde se encontra o capital nacional de forma importante, com atuação internacional, e para preparar a destruição de organismos do Estado tais como a Petrobras, o BNDES, a Caixa Econômica, a Eletrobrás etc. a pretexto de que os eventos de corrupção neles investigados seriam apenas o resultado de serem estas entidades estatais;

    4. Sua privatização, que corresponderia a sua desestatização/desnacionalização, eliminaria, segundo eles, a possibilidade de corrupção;

    5. A crise do Judiciário, do Ministério Público e da Polícia Federal se desenvolve em várias esferas;

    6. O Supremo Tribunal Federal tolera que um de seus membros interrompa, há mais de um ano, sob o pretexto de vista, uma ação, cujo resultado já está definido por 6 votos a 1, sobre a ilegalidade do financiamento privado de campanhas, fenômeno que está na origem da corrupção do sistema eleitoral em todos os Partidos e veículo para o exercício da influência corruptora do poder econômico na política e na Administração;

    7. O objetivo deste juiz é aguardar até que o Congresso aprove emenda constitucional, já em tramitação por obra do Presidente da Câmara, que torna legal o financiamento privado de campanhas;

    8. A teoria do domínio do fato, uma aberração jurídica, acolhida pelo STF, reverte o ônus da prova e, mais, torna qualquer indivíduo responsável pelos atos de outrem sob suas ordens sem que o acusador ou o juiz tenha necessidade de provar que o acusado conhecia tais fatos;

    9. O sistema do Ministério Público permite a qualquer Procurador individual desencadear processos com base até em notícias de jornal contra qualquer indivíduo, vazar de forma seletiva estas acusações para a imprensa, que as reproduz, sem nenhum respeito pelos direitos dos supostos culpados e sem nenhuma perspectiva de reparação do dano causado pelas denúncias do Procurador nem pela imprensa que as divulgou, caso se verifique a improcedência das acusações;

    10. A Polícia Federal exerce suas funções com extrema parcialidade, de forma midiática, criando, na sociedade a presunção de alta periculosidade de indivíduos que prende para investigação e se arvorando em poder independente do Estado;

    11. Segundo depoimento do Presidente das entidades da Polícia Federal na Câmara dos Deputados, a Polícia Federal recebe recursos regularmente da CIA, do FBI e da DEA, no montante de USD 10 milhões anuais, depositados diretamente em contas individuais de policiais federais;

    12. A crise política decorre da decepção e do inconformismo do PSDB e de seus aliados com a derrota nas urnas em 2014 o que o leva a procurar, por todos os meios, erodir a credibilidade e a legitimidade do Governo Dilma Rousseff e, por via transversa, do Governo Lula e assim minar as possibilidades de vitória de uma eventual candidatura de Lula em 2018;

    13. Contam os partidos e políticos conservadores com a campanha sistemática da televisão, jornais e revistas, com base em denúncias vazadas, com a campanha de intimidação na Internet, com as manifestações populares, com o desemprego crescente causado pela política de corte de investimentos e de elevação estratosférica de juros, os maiores do mundo, para fazer baixar os índices de aprovação do Governo e da Presidenta e poder argumentar com a legitimidade e a necessidade de depô-la pelo impeachment;

    14. A crise na imprensa e nos meios de comunicação se desenvolve em um ambiente em que as televisões, rádios, jornais e revistas recebem paradoxalmente enormes recursos do Governo para a ele fazer oposição sistemática, erodir a confiança da população no sistema político e nos partidos, em especial nos partidos progressistas, de esquerda, poupando os partidos conservadores tais como o PSDB, que recebeu tantas doações para sua campanha de 2014 quanto o PT e das mesmas empresas ora acusadas pelo juiz Moro;

    15. A crise social se desenvolve na Internet, onde circula todo tipo de ofensa racista, homofóbica, antifeminina, antiprogressista e fascista, contra os políticos e partidos de esquerda, gerando um clima de hostilidade e ódio e estimulando a agressão física

    16. No Congresso, os setores mais conservadores elegeram grande número de deputados e, tendo conquistado a Presidência da Câmara dos Deputados, fazem avançar, a toque de caixa, sem nenhuma atenção à necessidade de debate pelos parlamentares e pela sociedade, uma ampla pauta de projetos conservadores que inclui, entre os principais, a redução da maioridade penal, a ampliação do uso de armas, o financiamento privado das campanhas;

    17. O objetivo máximo desta grande ofensiva política e econômica conservadora é a tomada do poder através do impeachment da Presidenta Dilma e/ou a desmoralização do PT que leve a sua derrota fragorosa nas eleições de 2016, a qual preparará sua derrota final e “desaparecimento” nas eleições de 2018;

    18. O processo político do impeachment da Presidenta Dilma não avança por estarem o PSDB e PMDB divididos quanto a sua conveniência no atual momento do calendário político e econômico;

    19. Os três possíveis candidatos do PSDB à Presidência da República, quais sejam, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra tem opiniões diferentes sobre sua conveniência;

    20. A Aécio Neves interessa o impeachment de Dilma Rousseff e de Michel Temer por crime eleitoral, declarado pelo TSE, logo que possível pois isto levaria a uma eleição em 90 dias onde espera que, como presidente nacional do PSDB e candidato que teria perdido a eleição devido a “fraude”, agora se beneficiaria devido a sua campanha persistente pela ilegitimidade dos resultados eleitorais de 2014, o que o faria o candidato do PSDB com melhor perspectiva de vitória;

    21. A Geraldo Alckmim interessa que o processo político, econômico e social desgaste longa e duradouramente o Governo Dilma e o PT até que as eleições municipais se realizem em 2016, com fragorosa derrota do PT e do PMDB e que tenha tempo de construir sua candidatura, com base no Governo de São Paulo, enquanto a candidatura de Aécio se enfraqueceria com o tempo como resultado de eventuais denúncias;

    22. A José Serra interessa também que o impeachment não ocorra agora, que o Governo se desgaste para que tenha tempo de reconstruir sua imagem e eventualmente possa se candidatar pelo PSDB em 2018 ou até mesmo pelo PMDB, que insiste em ter candidato próprio mas sem nome hoje viável. Afinal, Serra foi fundador do PMDB e voltaria a sua casa, construindo sua candidatura junto à classe média nacional, através de sua atuação no Senado, com toda cobertura favorável da imprensa;

    23. Para o PMDB, o impeachment da Presidenta representa o fim de um Governo onde ocupa a Vice-Presidência e ao qual dá apoio enquanto que um longo processo de desgaste da Presidenta, do Governo e do PT também o atingiria como partido aliado, enquanto a imprensa desgasta sua imagem na opinião pública como partido oportunista e corrupto;

    24. Os interesses de Michel Temer, de Renan Calheiros e de Eduardo Cunha são divergentes. Cunha acredita poder ser o candidato do PMDB à Presidência, assumindo a liderança da ofensiva conservadora no Congresso e o papel de defensor do Congresso, mas enfrenta o desgaste das denúncias de corrupção. Michel Temer sabe que a condenação por crime eleitoral de Dilma Rousseff pelo TSE também o arrastaria enquanto que a condenação de Dilma pela rejeição das contas de 2014 pelo TCU e pelo Congresso o levariam à Presidência. Renan disputa com Temer influência no PMDB e imagina poder ser candidato em 2018 com o enfraquecimento dos demais;

    25. No PT, a situação é talvez ainda mais grave;

    26. O programa econômico conservador, ao cortar investimentos públicos e as despesas de custeio do Governo, aumenta o desemprego e afeta a demanda o que reduz as perspectivas de lucro, contrai os investimentos privados, estabelece a desconfiança nos “mercados” e reduz as receitas normais tributárias, aumentando o déficit público;

    27. Ao aumentar a taxa de juros, o Governo (Banco Central) aumenta as despesas do Governo e a relação dívida/PIB, reduz a atividade econômica e as perspectivas de lucro e provoca a queda da arrecadação. Ao não conseguir o aumento de receitas normais pela dificuldade em elevar tributos, passa a apelar para a venda de ativos o que é uma forma disfarçada de privatização, com resultados apenas temporários;

    28. Ao provocar o desemprego, ao apoiar medidas desfavoráveis aos trabalhadores como alterações no seguro desemprego, no abono salarial e outras, e ao provocar a redução do crescimento o Governo mina a sua base de apoio social e político e as bases sociais e políticas do PT;

    29. A retração da demanda, o aumento das taxas de juros, a contração das atividades do BNDES, a redução das oportunidades de investimento, a perspectiva de aumento de tributos afetam os interesses dos empresários e aumenta o seu descontentamento com o Governo e sua política;

    30. Não há liderança no PT além de Lula que, por seu lado, não vê como abandonar o programa econômico do Governo Dilma sem acelerar sua queda, mas reclama da incapacidade da Presidenta para o exercício da política;

    31. As pesquisas de opinião podem vir a revelar níveis de rejeição muito superiores aos que ocorreram na véspera do impeachment de Collor. Caso os níveis de aprovação caiam abaixo de 5%, o desânimo e a desmobilização dos movimentos sociais e dos sindicatos, a perplexidade dos congressistas, a posição dos candidatos a prefeito em 2016, as contínuas denúncias do Ministério Público (na realidade de procuradores individuais) contra políticos vinculados ao PT e contra o próprio Lula, a agressividade social e intimidatória conservadora podem gerar situação de gravíssimo perigo político para sobrevivência da democracia;

    32. O Governo, apático, atordoado e intimidado, parece acreditar em sua pureza que fará que, ao final, sobreviva, único puro, à tempestade de denúncias que atingem políticos e partidos sem compreender que o objetivo da ofensiva conservadora não é lutar contra a corrupção e moralizar o país mas sim derrubá-lo e recuperar a hegemonia completa na sociedade e no Estado;

    33. O Governo se retrai, não age politicamente nem mobiliza os movimentos sociais e os setores que poderiam apoiá-lo no enfrentamento a esta ofensiva conservadora que fará o Brasil recuar anos em sua trajetória de luta contra as desigualdades e suas vulnerabilidades, e de construção de um país mais justo, menos desigual, mais democrático, mais próspero e mais soberano;

    34. É urgente a mobilização de todas as forças sociais progressistas para combater o desemprego causado pelo programa de ajuste, que está, isto sim, gerando imensa crise econômica e social, para defender a democracia e seus representantes legítimos, para defender as conquistas dos trabalhadores, para defender a empresa nacional, para defender o desenvolvimento do país, para defender a soberania nacional e a capacidade de autodeterminação da sociedade brasileira;

    35. Para defender o Brasil.

    *Diplomata brasileiro, foi secretário-geral das Relações Exteriores do Ministério das Relações Exteriores e ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República do Governo Lula.”

  • Roma-calminho

    De novo o Imposto sobre HERANÇA

    Agora os ESTADOS querem tributá-la em 20% (santo Deus ..me permita alertar à maioria enquanto há tempo)

    Aqui não é os EUA ou a EUROPA ..aonde a tributação sobre HERANÇA responde a uma séria infinita de condicionantes e que não se resume a uma ALIQUOTA seca tão acachapante como querem por aqui

    Aqui as famílias ainda estão tentando formar POUPANÇA (normalmente retardatária pela TUNGA na RENDA que sempre é insuficiente e/ou retardada pelo excesso de lucros ABUSIVOS que nos são cobrados pelos estrangeiros, bancos e/ou REMETIDOS de tempos em tempos

    ADEMAIS, IMPORTANTÍSSIMO. os países citados NÃO tributam TANTO o consumo (que compete com a formação da poupança) como faz o BRASIL via seus impostos regressivos , com seu ESTADO sempre insatisfeito, FAMINTO, corrupto e guloso

    Não se trata de jogar com ideologia, com partidos e/ou tendencias ..mas sim de aplicarmos e escutarmos o bom senso

    Gente gente, fala verdade, vcs acham que os direitos básicos (apesar da enormidade de impostos que pagamos), vocês acham que os estamos recebendo de volta na saúde, educação, infra e justiça por exemplo ?

    MAIS TICMD pra que ? Pra pagar R$ 400 bi de juros/ano pra banqueiro via SELIC ..ou pra sustentar DIREITOS ABUSIVOS dos companheiros ? oras oras ..talvez pra MAL GERIR as obras públicas que sofrem com desvios e sobre preços da estrutura e das empreiteiras, é isso ? ..tudo tem limite não

    Hoje, o ITCMD médio esta em 4% (varia de 0-8% dependendo do Estado) incide sobre o espólio, e ainda tem que competir com os 6% de advogado (se feito em juízo e/ou em cartório, não importa) e se em imóveis, com 6% de corretagem e 2% de taxas cartoriais.

    OS bens deixados em herança tem diversos índices de liquidez, portanto, não da pra tributar, não é justo nem faz sentido, tributar $ igual como se tributa ações, imóveis, carros e/ou, por exemplo, PARTICIPAÇÃO SOCIETÁRIA em HOLDING situada em países outros, esta que, exclusiva dos ABONADOS (das verdeiras heranças que se tributa lá fora), jamais será alcançada por mais este imposto

    Olha, aperte o ITCM e vc aperta a REMESSA, a conta no exterior, a compra de dólar, a empresa de brasileiros fundada no PARAGUAI ..é um tiro no pé

    O ESTADO não precisa de mais imposto, precisa de GESTÃO, eficiência ..de menos direitos abusivos do funcionalismo nos 3 poderes e nas 3 instancias ..precisa se impor e PAGARA MENOS SELIC ..precisamos de MENOS municípios (com menos prefeitos, secretários e GEPONES)

    um exemplo, verifique vc tb:

    Os tributos sobre a energia e telefonia em SP somam de 40%

    e olha outra …ontem comprei uma lata de tinta por R$ 59 ..embutido neles tinha 20,26 de IMPOSTOS destacados ..então vamos refletir :

    de R$ 59, a industria e COMÉRCIO ficaram com 39 pra bancar o transporte, despesas operacionais/financeiras, taxas, custos de produção, SALÁRIOS e benefícios dos funcionários, isso pra depois dispor do LUCRO pros empresários (tb devidamente tributado) ..e isso TUDO enquanto o ESTADO MARMITÃO, preguiçoso, inchado e moroso mordeu 20 sem risco nenhum ? ..faz sentido alimentarmos ainda mais este monstro ?!

    Não não ..ninguém discute que precisamos dum ESTADO altivo e ativo, forte, dinâmico ..que promova o bem estar e a isonomia entre as pessoas ..ou que necessitamos de uma REFORMA que garanta equidade entre os entes federativos ..mas dai a achar que precisamos tributar ainda mais as famílias que, não raro, sequer conseguem deixar um pouco pros seus filhos (pra que estes tenham melhor destino que seus antepassados) ..não não, aí eu acho que é pedir demais ..isso é uma INSANIDADE que só poderia partir de agentes DESPREPARADOS !!!!

    em tempo ..reitero ..se quisermos dar um passo à frente, a CPMF precisa retornar com o COMPROMISSO de substituir (nem que no médio prazo até colocarmos parte das finanças em dia) substituir outros tributos mais INJUSTOS, ineficientes e REGRESSIVOS ..impostos que, muitas vezes pra funcionar, são corroídos quase que À totalidade pela própria estrutura do Estado que deles necessita pra funcionar.

    https://www.youtube.com/watch?v=iTgCLi-3QQU

  • Roma-calminho

    descarbonizar SIM ..mas ninguém vai falar da caça (principalmente na AFRICA) e da PESCA comercial

    Olha, a julgar por sua importância, o BRASIL esta atrasado ..e sem perspectiva quando o assunto é MEIO AMBIENTE

    ATÉ agora, apesar de termos tido já meia duzia de ministros na pasta, NÃO vi ninguém falar em FIM DA PESCA comercial em nossos rios e mares

    Nossas espécies minguam, as diversidade e população minguam a olhos vistos ..a água, apesar de mal gerenciada, ainda abunda ..então ? Pq insistirmos em retirar da sociedade aquilo que ela mal consegue repor pros demais seres ?

    Olha, pra mim, esta PORCARIA de ministério da PESCA (que lula prometeu que tornaria revolucionária o prato do brasileiro) só esta servindo pra “administrar” o tal “defeso” (mais uma TETA criada por este modelo insustentável de vivermos)

    Convenhamos,o consumo pelo pescado produzido EXCLUSIVAMENTE em cativeiro traria desenvolvimento, qualidade de vida, renda, emprego, divisas, SAÚDE ..uma consciência de vida sobre a responsabilidade que nós “homens sapiens” (guardiões deste planeta) temos sobre os demais seres, da forma como nenhum outro meio ou método seria capaz de nos prover.

    em tempo – e claro, pra que isso se viabilize, JÁ NÃO ERA SEM TEMPO que o país deveria ter investido em SEGURANÇA HÍDRICA ..desenvolvendo projetos, construindo, transportando, estocando, administrando, RACIONALIZANDO a gestão das águas, transpondo-a de ela onde abunda (N, CO e S) para onde ela rareia (Se e Ne)

    mas que ..neste ritmo . .só daqui uns anos, quando TODOS nós já estaremos mortos

    https://www.youtube.com/watch?v=cK5sXM7j8EY

  • Humberto Lino

    Em resumo: uma saída da esquerda agora do governo, faria bem para ela, que teria tempo para se reerguer e vencer as eleições de 2018.
    Concordo!

    • denis

      Terceiro mandato? Façam como seu chefe Cunha e estudem mais. MAs estudem a legislação eleitoral e não os regimentos internos de banheiro e cozinha da câmara federal, com o intuito de obter vantagens e explorar parlamentares.

  • As manifestações ocorridas em Aracaju não foram mostradas sequer na imprensa local!!!! Mas vai um endereço de um vídeo: http://carlos-geografia.blogspot.com.br/2015/08/manifestacoes-contra-o-golpe.html

  • Roma-calminho

    pro Itamaraty vc não vale NEM MORTO ..pro governo (todos), NEM VIVO ..já como contribuinte de tetas gordas e poupudas, bem ??!!

    incrível ..a gente vê nos filmes que se americano é afetado a CIA, os Marines, porta aviões, os presidentes, todo mundo entra encena ..demonstrando que o que se paga lá pelos serviços consulares, vale a pena

    Aqui não, quando muito, as noticias que temos dão conta que embaixadores, sabotando o governo, dão asilo sem autorização ..ou sobre outros que pagam refeições, hospedagens de governantes e aluguéis caríssimos para os nossos padrões, e doutros que SEQUER pagam aluguel de carro, dando o beiço em nome do nosso povo..

    ..normalmente sabemos tb que as vagas de embaixadores é dada a políticos de carreira (que mal o inglês conseguem balbuciar) ..e, cada vez mais comum tb, em tempos de Englobalização, hoje vemos notícias de brasileiros que, a serviço e/ou a passeio, morrem lá fora, e sequer conseguem que o corpo retorne ao país (a 6a economia do mundo como gostam de se ILUDIR os atuais mandatários)

    então veja mais um caso em que alguns, em nome da família, faziam vaquinha nas redes sociais

    http://oglobo.globo.com/brasil/jovem-pernambucano-encontrado-morto-em-universidade-da-inglaterra-17252486

  • Roma-calminho

    É claro que NÃO, NOBLAT e CIA, pelamordedeus ???!!!

    Falo de Eduardo Cunha ..o cara já foi investigado, esta citado ..a certeza sobre ele é ENORME, ou as instituições COVARDES e submissas envolvidas não teriam corrido o risco de…

    Dilma por outro lado não foi citada, não é investigada, ao menos diretamente não esta ligada até aonde se saber (nota: evidente que pros meus padrões – e isso pouco importa – ela cometeu SIM pecados éticos, eleitorais e administrativos IMPERDOÁVEIS, e que por isso, SE, se comprovados pelo TSE e TCU, deveria responder no futuro ..mas isso sim é o futuro, são hipóteses ainda)

    voltemos ao EDUARDO ..pelo conjunto da obra, pela pressão popular, por nossos “usos e costumes” (com Collor e Severino por exemplo) uma vez suspeito e com PROVAS, não é necessário esperar coisa nenhuma ..por isso digo e repito

    FORA EDUARDO !!!!

    agora veja o que o Noblat pensa, e que pra mim não engana nem ao neto dele

    http://noblat.oglobo.globo.com/geral/noticia/2015/08/o-senhor-absoluto-da-camara-dos-deputados.html

    .

  • Vicente do Amaral

    Afinal fora 60 mil no largo do batata ou 37 mil conforme Datafolha?

    • eduguim

      Foram 300 mil na manifestação fascista segundo a PM ou 135 mil segundo o Datafolha? Escolha

  • Avelino

    Oi José
    O que você andou consumindo para falar essas besteiras?!
    Mais tarde voce passa em alguma sede dos tucanos ou da grande mídia, leva esse comentário e pega a medalhinha da Tu Tux Canus.
    Saudações deste petralha que esteve ontem em SP.

  • Carlos

    37 mil? O Datafolha usa duas metodologias distintas para calcular presença em manifestações: se forem contra o governo, usam o método “aumenta, aumenta!”; se é contra a direita, usam o método “divida por dois isso aí!”. Imprensa e os institutos da direita não saõ mais fontes confiáveis de nenhum tipo de informação, fora aquelas totalmente objetivas. Alguém consiga umas imagens aéreas e faça a prova dos nove destes números.
    Ah, sim: no carnacoxinha tinha uns tontos com uma faixa onde se lia “Somos todos Cunhas.” Pergunto: vai ter cadeia pra enjaular tanta fera?

  • Romanelli

    EDUGUIM, confesso que tentei entender a censura a este meu comentário ..quem sabe, ao melhor interpretá-lo e assimilá-lo, isso não estaria ajudando a VOCÊ e ao governo de DILMA a interpretarem melhor as reações e insatisfações no MTST ..e com isso, em tempo, aprumarem melhor as políticas pra este segmento ? ..por isso me atrevo e insisto pra que reconsidere

    Respeitosamente

    Como não entender o repúdio do MTST ? ..francamente

    Eu que sou CONTRA, absurdamente contra seu método de atuação que promove cada vez mais a DETERIORAÇÃO do pouco de urbanidade que conseguimos ..

    ..um método que, ineficiente, violento, feito encima do ódio e do preconceito, colabora pra CINDIR a sociedade ao não agregar a simpatia e solidariedade mesmo entre os mais humildes ..um MÉTODO que joga, ou perpetua, que usa famílias inteiras em barracos e/ou favelas fétidas, em invasões que NÃO tem a menor condição de moradia..

    ..claro que eu entendo e me solidarizo com seus dramas ..e como ..faz DÉCADAS

    Aliás, de sua frustração com MAIS este des governo é que derivam muitas das minhas inquietações também

    Claro que eu entendo que com DILMA o preço da moradia EXPLODIU, puxado pelo andar de cima ..tornando o sonho da Casa própria, hoje, um delírio ..explodiu quer pelo excesso de crédito destinado a moradias pra classe média e rica que, atualmente, não se furtam a disporem de suas residências em troca da “segurança castelar” de seus condomínios ..quer pela falta de projeto de QUALIDADE e em quantidade, em tempo, pra turma mais humilde

    Convenhamos, aqui NINGUÉM há de negar que a inadimplência do Minha Casa esta extremamente alta, e justo pra quem “paga” R$ 80/mês (e recebe o BOLSO) ..convenhamos, tem coisa errada acontecendo ..ou na legislação, na moral cidadã ou na economia tb

    Agora, fala pra mim, quem conhece ..falar que esta “urbanizando” o país com aqueles conjuntos JOGADOS na periferia (ou no meio do mato como EU VI em GOIAS), de casas grudadas umas às outras, SEM MURO divisório, casas que a PRÓPRIA DILMA classificou como “favelinhas”, falar que aquelas coisas, tocadas pelas mesmíssimas empreiteiras de sempre, que ocupam MUITO MAL o solo (ao contrário se com pequenos edifícios), que são projetos bem elaborados e decentes pra muitos que esperaram uma vida inteira, é o fim.

    Aliás, o que dirá então da DEMORA, da falta de REFORMA nas leis (inclusive de EXECUÇÃO de espólio e de dividas com entidades públicas, leilão do INSS, BB, Estado etc etc) que ainda permitem com que os tais imóveis ociosos fiquem vazios nas cidades, esperando a especulação, desertificando e DETERIORANDO o entorno como acontece em muitas das capitais do ES, MG, RJ e SP

    ..nota – SP então é interessantíssimo ..o pobre continua sendo jogado pra longe, perto dos mananciais ..às vezes em condomínios horizontais e SEM GARAGEM ..em casas SEM acabamento ..isso enquanto no centro (Brás, Liberdade, Cambuci, principalmente no entorno da Av do Estado com seus galpões de antigas industrias abandonados, e na CIDADE da AMBEV por exemplo, ficam JOGADOS às traças ..e com METRÔ e infra encostados ..dá pra acreditar ??!!

    então é isso, se for pra ficar falando da falha dos projetos e soluções dados a estes tema, HABITAÇÃO URBANA, eu poderia ficar aqui citando dezenas e dezenas de outros tantos exemplos que me ocorrem (como no centro velho de SP) ..e sendo assim assim, sem duvida, e na certeza de carregar a razão, sentenciar que:

    SIM sim sim e sim ..eu entendo muito bem a REVOLTA da turma do MTST com este governo (só não concordo com seus métodos truculentos e que perpetuam, ou agravam ainda mais os problemas)

    e digo mais, a julgar pelo exemplo do MISSIVISTA que se diz “um progressistas de carteirinha” ..se ele que tem grande projeção diz que não entende tal insatisfação ..daqui eu ratifico o meu lamento dizendo que ESTAMOS mesmo perdidos em acreditar ainda nesta turma que se diz de “esquerda”

    Para o Minha Casa eu resumiria um conselho:

    SE QUISER FAZER, FAÇA direito !!! ..ou não se meta a besta

  • Benjamin Eurico Malucelli

    Estive na manifestação ontem e fiquei feliz ao ver que a grande maioria que estava lá, apesar de não estar satisfeita com as medidas econômicas do governo, repudiavam, com mais veemência, o golpe que a direita pretende dar ao governo Dilma legitimamente eleito pelo povo (aliás, povo mesmo, no sentido do que esta palavra representa, e não aquele “povo” das manifestações da elite). De todos os discursos, achei o do Boulos o mais radical, como não poderia deixar de ser. Não defendeu o governo – um direito dele -, mas, ameaçou-o. Prometeu invadir as ruas caso o governo não cumpra com o lançamento do Minha Casa prometido para o dia 12 de setembro. Outros discursos, como o do dirigente da CUT, mesmo criticando as medidas econômicas do governo, repudiou veementemente as ameaças de impeachment. Palavras de ordem como “Não vai ter golpe” ou “Fora Cunha”, foram mais ouvidas do que qualquer outras cantadas pelos oradores relacionadas ao Levy, por exemplo. Foi, enfim, uma manifestação de arrepiar. Saí de lá emocionado.

  • MARCOS FERREIRA

    A Globo não cobriu ao vivo essa manifestação escondeu igual fez com a campanha das diretas já e convocou explicitamente o povo para a do dia 20.

  • MARCOS FERREIRA

    MARQUEM A PRÓXIMA NUM SÁBADO OU DOMINGO.

  • angelica della monica t. lapolla

    A antiga sócial democracia se juntou com o antiga Arena, que virou PFL, que virou DEM. Ao invés das esquerdas serem burras deveriam fazer como fazem esses vorazes algozes do poder, que copiaram o que Goebbels fez durante o nazismo,como ministro da propaganda de Hittler, resumindo o segredo da ideologia: uma mentira dita cem vezes vira verdade. Portanto, derrubar um governo porque querem desviar o olhar sobre suas próprias corrupções , é porque querem simplesmente continuar a sua lógica também corrupta. Alguém duvida ou acham que foram todos honestos? Se acham que foram honestos se esqueceram ou são muito ingênuos.