Um governo Temer afundaria o PSDB e elegeria Lula em 2018

Análise

pmdb capa

 

Em primeiro lugar, não faz o menor sentido tratar como fato consumado a possibilidade de o Senado afastar a presidente Dilma Rousseff por 180 dias, abrir o processo de impeachment e colocar o vice-presidente Michel Temer na Presidência da República.

Isso pode acontecer? É óbvio que pode. As chances são grandes? São. É certeza que isso acontecerá? Não.

O mais provável é, sim, que os senadores optem por ao menos abrir o processo, o que deixará a presidente Dilma por seis meses olhando para o ar no Palácio da Alvorada. Mas quem acompanha política com olhos de ver sabe que está se consolidando a crença de que mesmo que Temer sobreviva a esses 180 dias do processo contra a antecessora, seu governo pode nem chegar ao fim devido aos seus problemas com a Justiça.

Contudo, neste momento, se não fosse o prejuízo para a democracia que derivaria da materialização do impedimento sem base legal de uma governante eleita legitimamente, em termos de estratégia política seria muito bom que Temer virasse presidente e se mantivesse no cargo até 2018.

Para entender a razão de tal afirmativa basta clicar na imagem abaixo e ler as 19 páginas do documento que o PMDB de Michel Temer divulgou em 29 de outubro do ano passado.

pmdb

 

O PMDB de Temer publicou, seis meses atrás, um “programa de governo” para quando o golpe se consumasse, o que retira qualquer dúvida sobre a conspirata de que participam, a quatro mãos, Michel Temer e Eduardo Cunha desde o início do ano passado, quando a Câmara colocou um gangster para dirigir a Casa.

O que o PMDB – ou a tal “fundação Ulisses Guimarães”, ou seja, Temer e Cunha – chama de “programa de governo” é, na verdade, uma proposta sobre medidas econômicas contra a população mais humilde e a favor do grande capital.

Basicamente, o documento prevê, dissimuladamente, privatizações desbragadas culminando com entrega do Pré Sal, terceirização do trabalho assalariado com geração prática de redução de direitos trabalhistas e fim das políticas públicas que têm permitido distribuição de renda e redução da pobreza. Inclusive com pauperização do salário mínimo.

Trata-se, pois, de um programa feito para tirar de pobre e dar para rico.

A mídia prepara um discurso para sustentar esse massacre dos setores mais baixos da pirâmide social. Obviamente que atribuiria a Dilma e ao PT o empobrecimento da população que iria se acelerar crescentemente sob a batuta de Temer.

Contudo, na visão deste que escreve há sinais de que a população começa a perceber que os problemas que o país enfrenta decorrem menos de erros de gestão de Dilma e (muito) mais de sabotagem da economia pela direita através da Operação Lava Jato, que, como muitos já devem ter percebido, após a vitória do impeachment na Câmara entrou em hibernação.

Pesquisa Vox Populi, encomendada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), revela que Lula chega a liderar a corrida eleitoral de 2018 para presidente da República. O ex-presidente aparece com 31% as intenções de voto, com grande vantagem sobre qualquer adversário.

 

Cenário 1

 

Lula – 29%

Marina Silva – 18%

Aécio Neves – 17%

Jair Bolsonaro – 7%

Ciro Gomes – 5%

Ninguém/Branco/Nulo – 16%

NS/NR – 7%

 

Cenário 2

 

Lula – 31%

Marina – 23%

Aécio – 20%

Ninguém/Branco/Nulo – 19%

NS/NR – 7%

Entre dezembro do ano passado e abril deste ano, Aécio caiu 11 pontos percentuais (ele tinha 31% em dezembro e 23% em fevereiro), Marina subiu de 19% em fevereiro para os 23% atuais.

A aprovação ao impeachment de Dilma também caiu nas últimas semanas. Pesquisa Datafolha divulgada há cerca de quinze dias aponta que a taxa favorável ao impeachment dela encolheu de 68% para 61%.

Já o percentual daqueles que são contra o fim antecipado do mandato de Dilma subiu de 27% para 33%. O novo levantamento foi realizado entre os dias 7 e 8 de abril. A pesquisa anterior havia sido realizada nos dias 17 e 18 de março.

A pesquisa também mostrou que agora os eleitores também são contrários à possibilidade de Temer assumir a Presidência. 58% das pessoas se dizem favoráveis ao afastamento dele. Além disso, para 60% Temer deveria renunciar à vice-presidência. É o mesmo porcentual atribuído à Dilma Rousseff.

Diante de uma eventual saída de Dilma e Temer, 79% dos eleitores se dizem favoráveis à realização de novas eleições. Apenas 16% dos entrevistados são contrários a um novo pleito.

A proporção daqueles que acreditam que o governo Temer seria igual ao de Dilma Rousseff oscilou de 38% em meados de março para 37% agora. Já aqueles que esperam uma piora em relação ao governo da petista são 26% dos entrevistados contra 22% da última pesquisa.

Esses números não mudam o fato de que a maioria ainda reprova fortemente Dilma, Lula e o PT, mas mostram duas coisas:

1 – Apesar da artilharia contra os petistas e da aprovação do impeachment na Câmara, em vez de a imagem deles piorar ela está melhorando;

2 – Terá vida curta o discurso que pretende empurrar para os petistas a responsabilidade eterna pelo desastre social que sobrevirá da aprovação do programa peemedebista “ponte para o futuro”.

A degradação das condições de vida dos brasileiros será mais pronunciada a partir do hipotético governo Temer por conta não apenas das políticas públicas, mas, também, devido ao fato de que o golpe impedirá o fim da crise política.

Claro que a situação de alta do desemprego iria dificultar, inicialmente, a eclosão de greves, mas o aumento da carestia e a supressão acelerada de direitos trabalhistas trabalharia em sentido diametralmente oposto.

Além disso, como já se sabe o PSDB pretende se associar formalmente a essa aventura golpista, indicando ministros. Quem se associa a tal enormidade haverá de ter dificuldade em abandonar o barco quando ele começar a afundar.

Está sendo preparada uma festança pseudo democrática para comemorar a provável – porém, ainda não inevitável – materialização do golpe. Frases de efeito do governo “de facto” tentariam criar um clima de “agora, sem Dilma, vai”.

Falta combinar com os russos.

A depressão acelerada das condições sociais que virá por aí, se a aventura golpista se consumar, é um fator que tem que ser separado, neste ponto, e colocado na prateleira para uso antes que o texto termine.

O que ocorre é que entre a militância pró governo há um clima de frustração que tem lá suas justificativas, mas que, mais uma vez, vai de encontro ao meu ponto de vista. Anteriormente, julguei que a situação era mais difícil do que parecia, mas, neste momento, julgo que as previsões catastróficas que estão sendo feitas sobre o pós golpe são exageradas e não deverão se materializar por conta daquele fator que coloquei na prateleira para uso posterior.

Preveem que Lula não conseguirá disputar a eleição de 2018 porque, sabendo de sua força política, tratarão de prendê-lo sob alguma desculpa ou de condená-lo sumariamente para que caia na lei da “ficha limpa”, impedindo-o de se candidatar.

O pânico é ainda maior. Muitos acreditam que, tal qual ocorreu após o golpe de 1964, as eleições previstas para daqui a dois anos não se realizarão. E que talvez o país só retorne à democracia em 2022.

Vamos, então, buscar aquele pote de esperança que coloquei na prateleira. Abrindo-o, encontramos um remédio eficaz para tentações autoritárias: trata-se de uma substância democrática conhecida como POVO.

Enquanto a ditadura implantada em 1964 conseguiu manter o povo esperançoso com o “milagre econômico”, foi fácil fazer esse povo se conformar com a falta de eleições, com a falta de democracia. Mas não há regime que segure o povo quando este se revolta.

As manobras da ditadura no Legislativo conseguiram impedir a volta da democracia por algum tempo quando o povo passou a exigi-la (Diretas Já), mas foi por muito pouco tempo. E isso ocorreu em um regime autoritário assumido, em uma ditadura violenta que prendia e matava quem quisesse sem julgamento, sem juiz, sem júri.

Não chegamos a tanto. O Brasil não poderá abrir mão da democracia nesse nível. O regime afundaria sob pressão interna e externa. Não há mais espaço para abolir eleições.

Podem prender ou impedir Lula? Talvez. Se o Judiciário chegar a esse ponto, porém, com o povo querendo Lula, podem ter certeza de que ele elegerá em seu lugar quem quiser. De novo. Bastará que a maioria se convença lá adiante de que tudo que está acontecendo hoje foi um golpe, foi sabotagem para tirar do poder um governo popular e colocar um governo para ricos.

Não se desespere, não desacredite da democracia, não perca fé na verdade. Há mais de uma década que escrevo regularmente nesta página que a verdade é uma força da natureza como o vento ou a chuva. Tentar contê-la é como tentar reter água entre mãos em concha. A verdade escapa por entre os dedos de quem tenta contê-la.

108 comments

  • Grande Edu.
    Dessa vez tenho fundados receios meu camarada. Golpes são golpes. E os movimentos são sequenciais sempre: 1º movimento é a tomada do poder em sí. E o 2º movimento é a consolidação desse poder. É aqui quye a porca torce o rabo. Duvido mesmo que esses golpistas se conformarão em assumir em 2016 para esquentar a cadeira para a triunfal volta da esquerda em 2018. Há inúmeras ferramentas à mão para alterar o arcabouço institucional do país nesse sentido. Pode ser parlamentarismo. Pode ser cancelamento de eleições. Sob as bençãos da imprensa e da FIESP.
    Portanto, acredito que a esquerda comete erro estratégico histórico ao apostar suas fichas em 2018. Creio que o caminho para barrar o golpe dentro do golpe é assumir a bandeira de eleições já e botar o bloco na rua. A maioria do povo assim o quer e com certeza teríamos manifestações gigantescas nesse sentido. Seria um movimento histórico e acredito que eles não teriam forças para evitar.
    Sentar e esperar que o poder nos caia no colo em 2018 será repetir JK que apoiou o golpe de 64 na certeza que em 66 haveria eleições e ele voltaria nas costas do povo.
    Deu no que deu…
    Forte abraço e estamos na luta.

    • Concordo com vc. A turma da direita não vai ter todo esse trabalho para ficar só 2 anos no poder, desse ano até 2018. E ainda corremos o risco de ter o sr. Eduardo Cunha como presidente da República, pois não podemos nos esquecer que o sr. Temer é quase um octogenário. Porém, li no site http://www.brasil247.com que o sr. Temer já está se movimentando para barrar essa articulação em torno das “diretas já”. Segundo Temer, essa proposta de “eleições já” seria um golpe. Olha só, o desplante desse senhorzinho: um golpista falando em golpe. É pra rir ou é pra chorar?

      • Sou da mesma opinião de vcs. Com Temer e Cunha estão a Globo e a mídia. Os bancos e a Fiesp. As polícias. O poder judiciário é o que estamos vendo. Os EEUU vão reconhecer o governo dele pontualmente. Mas, o seu maior apoiador é o povo brasileiro contemporâneo, pois sou de opinião de que se toda essa massa beneficiada com os programas do PT, tivesse votado no campo progressista, não estaríamos onde estamos. Acho que nas democracias contemporâneas a massa se comporta como “swingers voters”, então se a coisa piorar pra eles, e se houverem eleições em 2018 pode ser que a esquerda volte a governar. Dizem que Temer deverá conquistar a classe média com um populismo de direita, uma das medidas seria o “populismo cambial”.

      • Impeachment sem crime de responsabilidade : É GOLPE, assim como reduzir mandato de Presidente eleito conforme reza a Constituição Brasileira.

  • Ma espera ai, ” A depressão acelerada das condições sociais” já vem acontecendo faz tempo antes do Temer assumir. O país quebrou. Tivemos um PIB zero em 2014, quase -4% no ano passado e vai cair -4% esse ano. Várias empresas estão fechando e desemprego o subiu drasticamente. Estamos em uma crise econômica sem precedentes.
    Será que o Temer com ajuda tucana conseguiria afundar ainda mais o país, mais do que a Dilma e o PT?

    • O período de maior piora da pobreza e da desigualdade deste país foi durante o milagre econômico da ditaduma militar. Crescimento pode ocorrer com piora da vida do povo. Em vez de ficar fazendo pergunta idiota leia o programa de governo de temer

      • O burro acima não aprende ao ler aqui toda semana que a economia vem sendo sabotada desde junho de 2013? E que desde 2014 Sérgio Moro vem tentando destruir a indústria nacional?

        • Deixa de mimimi! Se a economia fosse tão robusta quanto Dilma vivia alardeando não entraria em colapso como entrou. E o Sérgio Moro é juiz, não economista. Pela sua visão canhestra, não importa que haja corrupção desde que a economia cresça – ou você preferia que a corrupção desenfreada e o assalto à Petrobras continuasse?

          • Meu caro, a economia da Ucrânia encolheu por causa da Guerra, graças aos rebeldes patrocinados pela Rússia.
            Você ja viu economia de país em guerra melhorar?
            Não distorça as coisas

          • … ja a Venezuela dos Companheiros Chaves e Maduro do socialismo do século XXI, mesmo sem Guerra vai muito bem… Tem “luz pra todos”, não falta nada nas prateleiras e o índice de homicídio é baixíssimo
            Tá certo que o Preço do petróleo caiu, mas mesmo assim não haveria razão para tanto.

            Ahh ja sei, ja sei, a culpa não é do Maduro. É dos neoliberais sob comando dUSAmericanu que tão sabotando o país…

        • Roidrigo SB, suas observações são tão debilóides que não merecem resposta.

          Em relação à eleição de Lula, só se for de presidente do pavilhão, pois em 2018 ele estará na cadeia.

    • É o seguinte seu desinformado: crescimento econômico com promoção de arrocho salarial dura muito pouco tempo! O país continuará no buraco com este programa do Temer!

      • PSDB apoiou o impedimento desde que o Temer copiasse parte do programa ultraliberal do Armínio Fraga que seria posto em prática caso Aécio fosse eleito para salvar o país.

    • Só falar em eleições diretas-já que os golpistas ficam histéricos. Talvez seja realmente a melhor proposta,Na minha opinião, antes do dia 12, votação do afastamento, Dilma deveria ir em rede de TV e anunciar a proposta de eleições antecipadas, mas tudo claro para o povão, na linguagem do Lula,dizendo que está fazendo isso pelo país, (que está sendo deposta por um ladrão, que vão acabar com o Bolsa-família, privatizar tudo,etc). A proposta manteria todos na rua,principalmente os jovens, e deixaria em aberto a sua volta na votação do final do golpe.É claro que esta volta jamais acontecerá:o PT com seus 11 senadores e e mais alguns heróis (Requião, Vanessa Graziottin) não tem bilhões para convencer o resto ( isso será feito pela Globo,Fiesp e banqueiros),

    • Qualquer solução diferente de se cumprir a Constituição, é GOLPE na DEMOCRACIA, vai virar casa de mãe Joana.. Dilma foi eleita para um mandato de 4 anos,e ponto.

    • É, para os “espertos” de plantão que gostam de chamar os outros de burros por não concordarem com eles, a culpa nunca é da Dilma e do PT. É da oposição, da mídia, do Moro e o escambau que são todos “golpistas” e bla-bla-bla. É sempre a mesma ladainha.
      O que aconteceu agora nesses últimos anos foi resultado de uma gestão irresponsável que não fez as adequações necessárias que o país precisava ajustando as despesas conforme as receitas. Qualquer economista (que não tenha paixão política) que analise com isenção e bom senso a situação das contas públicas nos anos da gestão Dilma chega a essa simples e óbvia conclusão. É uma questão de lógica e matemática financeira simples.

  • Meu gerente de banco que hoje é superintendente me falou :” Dilma já era, estive em uma reunião com o superintendente nacional e ele falou que os banqueiros já deram o cheque mate pros deputados, senadores e STF, querem Dilma e sua catrefa fora pra ontem”, Diante disso creio eu que Dilma fora é fato consumado, também imagino o Brasil como uma empresa, que proprietario de empresa estaria contente com um diretor que contrata só ladrões que roubam a mesma e pior acaba falindo a empresa, neste caso a diretora é Dilma e o povo o proprietário, digamos que o congresso fosse o conselho, melhor dizendo Dilma faliu o país e ainda tem gente querendo que ela fique em nome da “democracia”., imagina ela ficando mais um ano???? enterra o país literalmente.

  • Sua análise está tecnicamente perfeita. Porém, na atual conjuntura, como acreditar na democracia se àqueles que foram delegadas pelo povo a sua guarda e manutenção estão atentando contra ela? PGR, MPF, PF e com o beneplácito do STF são hoje o Golpe nu e cru. Vivi minha adolescência, minha juventude e parte da minha vida adulta sob uma ditadura militar, fruto de um golpe que eu esperava não reviver jamais. Porem….

  • Com certeza, Lula está negociando seu cacife político. Sairá da vida política em troca do restabelecimento da democracia, com a rejeição pelo Senado das acusações de crime de responsabilidade e eleições normais em 2018 sem sua presença. Com isto tudo se acalmará, restando – o que não é pouco – o enfretamento da crise econômica, sem retrocessos dos programas sociais.

  • As mentiras e hipocrisias da direita golpista estão sendo guardados na nuvem, não contam mais com a falta de memória do povo e nem com a manipulação das informações. Dessa nuvem, cedo ou tarde, virá a tempestade, que levará a rede globo bi-golpista pelo ralo de tão baixo que chegou sua falta de moral, nesse momento já denunciada pela imprensa livre mundo afora. Após essa tempestade virá a bonança, num país já experimentado e mais politizado, que saberá farejar políticos canalhas e golpistas a léguas de distancia. O que estamos passando agora é inevitável dado o quadro imposto pelas circunstancias em que o Brasil vem desde o seu descobrimento. O negócio é agente ficar atento e apontando as contradições do lado de lá, que a cada dia ficam mais expostas e afundam como numa areia movediça.

  • Há um outro fator a ponderar, Edu. O fator caserna. Parece ironia , mas quem mais realizou um programa nacionalista estratégico com apoio das FA, foi o governo do PT. Caso o sub governo Temer mexer nessa equação e começar a desmantelar os programas militares em andamento, pré-sal e Petrobrás na lista, eles não ficariam nada satisfeitos, sem falar em cortes brusco no orçamento deles. a ver…
    Abraços, Edu
    Bjs na Vitória

      • Não me surpreende a sua burrice em função da profusão de asneiras que publica nos comentários deste blog.
        Golpe é a retirada ilegal de um governo eleito e apropriação do poder por quem não foi eleito.
        As forças armadas aplicam um golpe de Estado, chamado de golpe militar, quando retiram um governante eleito e colocam à força um não eleito.
        Quando as forças armadas impedem o golpe, não se trata de golpe. Se a Constituição está sendo desrespeitada para aplicar um golpe militar civil, a atuação dos militares para impedir o golpe não é um golpe, é a preservação da Cinstituição.
        Pessoalmente não acredito que isso ocorra porque os militares não queem se envolver em política, mas acho que teriam sim vontade de impedir esse golpe de Estado aplicado por ladrões e entreguistas em flagrante afronta à Constituição e desrespeito aos mais básico princípios democráticos.
        Sei que você entende tudo isso e coloca essas asneirasem seus comentários por má-fé e fanatismo ideológico, a sua burrice que eu citei não é por não entender esses fatos simples, mas por não perceber que essas mentiras toscas que você publica não convecem ninguém.

    • Sobre isso que vc mencionou no site http://www.independenciasulamericana.com.br há 2 posts publicados pelo jornalista Cesar Fonseca, a saber: “Nacionalismo econômico defendido por comandante do Exército contrasta com neoliberalismo antinacional de Temer” e “Comandante do Exército prega legalidade e programa e programa econômico nacionalista para o Brasil”. Nos 2 posts menciona que “o general Eduardo Villas Boas, comandante do Exército Brasileiro, defendeu, no Dia do Exercito, dia 19, em palestra do CEUB, que o Brasil necessita, hoje, de um programa de desenvolvimento nacionalista para enfrentar e resolver suas atuais dificuldades econômicas e políticas”. Villas boas exaltou o nacionalismo: “´Nós temos a mania de elogiar o nacionalismo dos outros, mas não fazemos isso em relação à necessidade de construir o nosso nacionalismo, para valorizar o que é nosso, o nosso potencial imenso cuja exploração, em favor dos brasileiros, requer disposição para ir fundo, em vez de ficarmos na periferia do problema”. É sintomático a fala do general Eduardo Villas Boas. Dá o que pensar nesse contraste entre o que ele defende, o nacionalismo, e o neolibealismo antinacional de Temer, que é aplaudido pelo PSDB. Por oportuno, gostaria de destacar também um post que li no site http://www.vermelho.com.br a respeito da Venezuela com o título “Venezuela: ministro da Defesa fala de golpe ‘em marcha’. Pois é, lá como cá, há um golpe “apoiado por meios de comunicação social, por políticos espanhóis, pelo Parlamento europeus e por porta-vozes dos Estados Unidos, depois de o presidente norte-americano, Barack Obama,ter dado ‘luz verde’ para o governo da Venezuela ser considerado ‘ilegítimo’, segundo o post. Pelo visto, o Tio Sam está vindo com tudo para ‘destruir’ os governos progressistas da Venezuela e do Brasil. E não é por acaso que o Tio Sam já está ‘cercando’ a América Latina com seus soldados. Vide a base militar americana instalada no Paraguai e o aumento de contingente de soldados americanos no Peru, de 125 para 3.200, conforme já citei aqui um tempo atrás. É só ler um post que saiu no site http://www.operamundi.uol.com.br com o título “Presença militar dos EUA cresce na América do Sul”.

      http://www.operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/961/conteudo+opera.shtml
      http://www.vermelho.org.br/noticias/279911-1

  • :
    : * * * * 19:13 * * * * .:. Ouvindo A Voz do Bra♥♥S♥♥il e postando: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • :
    : * * * * 19:13 * * * * .:. Ouvindo A Voz do Bra♥♥S♥♥il e postando: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 13
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • Eu li o documento do PMDB umas duas semanas atrás e, como diria o Gil Brother, fiquei “perplecto”. No dia seguinte à leitura, no ônibus para o trabalho, fiquei olhando muitas daquelas caras cansadas de trabalhadores. Muitos desses mesmos trabalhadores que defendiam o golpe porque, para estes, o país não aguentava mais a crise e a corrupção (pra grande parte dos brasileiros, corrupção é só do PT, e a crise só existe no Brasil). É triste constatar que um dos grandes erros do PT no poder foi continuar derramando nosso dinheiro nas contas da globo e demais comparsas, e não ter investido mais na conversa com os mais humildes, os que tiveram conquistas sociais indiscutíveis. O golpe teria sido bem mais difícil de passar se o povo soubesse quais são as forças por trás dele.

  • Caro Eduardo
    Um Governo Temer não existirá. ele tomará o Golpe dentro do Golpe. PSDB assumirá e, as eleições de 2018, e toda e qualquer eleição estarão canceladas, porque eles sabem que no voto não chegam lá, depois de conseguirem o poder da forma como estão conseguindo e colocar em prática todas as medidas que sabemos bem que a política deles pratica, as chances de vitória no voto serão menores ainda, isso quer dizer que eleição direta para todo e qualquer cargo político no Brasil estão com os dias contados. Digam que eu sou pessimistas, mas é a mais pura verdade, a alguns anos diziam que ninguém tiraria uma Presidente eleita pelo voto e que não tivesse cometido crime, pois estamos vivendo isso, a Câmara já deu seu veredito, o Senado é o próximo e o STF pelo silêncio retumbante já disse que comunga da mesma opinião.

  • E você acredita que Lula saiu de 20% para 31% em apenas dois meses não obstante a tunda que levou na votação pelo impeachment na câmara, na suspeitissima encrenca nos casos do triplex e do sitio.
    Pior; o vox popoli já foi citado em delação premiada e é suspeito de manipular pesquisas em favor da presidente.
    Mas o blogueiro sabe muito bem destas platitudes e citá-las não é um bom negócio.
    Por ultimo uma pergunta; o numero de comentários bloqueados é o mesmo dos publicados ?

    • O número de comentários bloqueados é uma fração dos bloqueados e são postados por duas ou três pessoas que ficam mudando de nome. Todos os comentaristas de direita usam nome e email falsos

    • Sabe qual é o meu prazer? É saber que além de mim, que vivo com salário mínimo, você sofrerá as conseq uências de tudo o que virá a acontecer. O Temer está convidando o PSDB para juntos governar o Brasil. FHC está de acordo e o Serra será um dos ministros. Futuramente Temer, pelo STF, será alijado da presidência mas deixando o PSDB no lugar. Agora é só ver o governo Alkmim, como ele governa, o que faz com a educação (as Fatecs estão a míngua, fechou mais de 3.000 vagas nas escolas, a saúde tornou-se “particular”com os amigos administrando, sem precisar falar da merenda, CPTM, etc.). A polícia do PSDB, sim do PSDB, pois vimos como eles são respeitosos e educados com a população, pois primeiro bate e depois pergunta – vide Paraná, São Paulo e Brasília, comandará todo o território nacional. Não creio que haverá eleições, vigorará a ditadura do PSDB, a não ser que uma briga interna, pois é um partido com muito cacique e pouco índio, impeça tudo isso. Afinal o Alkmim quer ser candidato a presidente. Mas o que realmente me faz feliz é saber que, você como eu e todos, sofreremos as consequências, só que para quem viveu duas ditaduras e sobreviveu vai ser fácil. Outra coisa, comessem a fazer estoques de alimentos, aumentos e falta a vista.

  • Também acredito que se conseguirem barrar Lula, o candidato que ele apoiar terá seguras chances de ser eleito. O esquema golpista, patrocinado e monitorado pela conexão internacional, não medirá esforços nem recursos para afastar Lula definitivamente da lide política. Sem isso, o golpe não atingirá o objetivo perseguido, de fazer o Brasil regredir a uma república bananeira, permanentemente na dependência do cartel imperialista. Portanto, segundo entendo – e minhas leituras e obervações de 1954 e 1964 me incentivam a isso -, as forças poderosas que estão por trás de tudo só ensarilharão armas se o povo, decidida e massivamente, apoiar Lula sem sombra de dúvida.

  • querido EDU, grande analise mais voce se esqueceu de duas coisas importantes, da rede globo e o “juiz” moro cia, que pode arrumar uma condenação para o LULA, ou voce acha que eles não olham as pesquisas , tenho certeza que faz parte do golpe prender o LULA e tirar seus direitos políticos, não se esqueça que os juízes do stf
    já tão na caixa, só tem um jeito, e já ta passando da hora, greve geral agora!, vamos parar o pais porque eles não vão aguentar, quando os empresários sentirem que não tá entrado mais dindin não vai ter essa da fiesp/cia falar em afastar a presidente. por ultimo, para de bajular juiz!, eles se acham uma casta superior , quero ver um desses juízes julgarem alguma coisa em favor dos pobres.

      • Edu,
        os golpistas terão mais de 360 bi de US$ das reservas para roubar, desviar e/ou usar para sustentar sua política econômica.
        Os pudores de Dilma em utilizar as reservas para movimentar a economia, como sugerido por vários estudiosos e governadores, farão companhia, no inferno, aos bem intencionados.
        Os corruptos farão farra com as reservas e terão o deus mercado aplaudindo e a máquina de propaganda, sustentada com dinheiro público, convencendo o povo de que será bom pra ele.
        Quando o país estiver quebrado novamente, será a vez da esquerda reassumir. Espero que, se isso ocorrer, lembrem-se, antes de corrigir rumos, de regular a mídia e fazer reforma político-eleitoral.
        É de doer ter que assistir ao que vivemos por causa do cruzamento de ignorância com incompetência e soberba de Dilma.

    • Os empresários brasileiros vivem no jogo da bolsa, não tiveram e nem tem interesse num parque industrial forte e competitivo. E também já está acontecendo a compra de várias indústrias, até de porte, sendo fracionadas e vendidas para e pelos americanos. Acompanhe nas entrelinhas dos jornais econômicos.

  • Prezado Eduardo:

    1. “Além disso, como já se sabe o PSDB pretende se associar formalmente a essa aventura golpista, indicando ministros. Quem se associa a tal enormidade haverá de ter dificuldade em abandonar o barco quando ele começar a afundar.”
    OBS: O PSDB não pretende se associar formalmente ao golpe. O golpe nasceu nas entranhas do PSDB logo que perdeu a eleição presidencial. O PSDB é o autor do golpe. Foi ele que acelerou o processo golpista para que chegássemos a este ponto e é ele que deseja entregar o pré-sal às petroleiras estrangeiras com o projeto entreguista do entreguista José Serra.
    2.”Preveem que Lula não conseguirá disputar a eleição de 2018 porque, sabendo de sua força política, tratarão de prendê-lo sob alguma desculpa ou de condená-lo sumariamente para que caia na lei da “ficha limpa”, impedindo-o de se candidatar.”
    Vou colocar como eu vejo esse jôgo sujo do poder judiciário para com a democracia brasileira.
    a) O STF vai impedir Dilma de continuar na presidência.
    b)A justiça mancomunada com as forças mais reacionárias da República vão prender LULA e torná-lo inelegível.
    c) Quando faltar pouco tempo para as eleições presidenciais de 2018, os burocratas demóboros (que não gosta da democracia) do poder judiciário cassarão o registro o PT e aí não haverá mais tempo nem de mudar de partido nem de se criar um novo partido . E o povo que se dane.

    • Valdir-Ba, concordo com você nos três itens mas permita-me colocar uma pergunta. Poderia o Lula vir a apoiar Ciro Gomes tendo em vista que o PT estará com o registro cancelado?

  • Também comento há mais de uma década nesta página e, ao contrário do seu otimismo digno do ingênuo Candide de Voltaire, tenho outra visão. Assim, para ser mais exato, tenho certeza DE QUE ESTÁ TUDO COMBINADO ENTRE ELES E COM O CHEFES DELES, OS EUA. Eles vão dar o golpe e Lula será preso. Acusação!!!!!!!????? A soma de nada com coisa nenhuma, temperada magicamente pela Globo. A única coisa que poderia colocar um diferencial nisso seria se o povo fizesse este país ferver!!!!!!!! Enchesse as ruas de protestos, barricadas em estradas, greves, denúncia internacional, ocupações de terras. É esse o ponto que me dá ainda alguma mínima esperança de reversão. Mas é mínima. O povo brasileiro é covarde, acovardado pela herança da escravidão, e ingrato. Moro em Recife, num dos estado mais beneficiados pelas políticas do PT, e recentemente estava em um Banco quando vi um demente lamentar por ter pego a ficha de atendimento com o número treze, o número do PT. Era um sujeito mal vestido, pobre e o canalha atacava aqueles que mais fizeram por ele. Ah, é um caso isolado! Antes teria certeza disso, agora, depois da lavagem cerebral midiática e da Golpe a Jato(mas que o povo também tem sua parcela de deformação de caráter que lhe permite aceitar qualquer calúnia tão bovinamente. Afinal as melhoras em suas vidas são evidentes)tenho sérias dúvidas. Veremos domingo. Se o primeiro de maio explodir este país com atos gigantesco, E QUE COMECEM A ACONTECER NA FRENTE DAS SEDES DA GLOBO, ainda terei alguma esperança. Se não, continuarei ainda mais pessimista e descrente deste país e do povo covarde e pulha que caracteriza a maioria de sua população. Aliás, caracteriza a maioria da espécie humana, apenas em outros lugares as condições são diferentes. Mas o mau caratismo é o mesmo.

    • Sigo o blog desde o tempo do prêmio IBest e você não comentava aqui. Você apareceu por aqui dois ou três anos atrás. Mentira tem perna curta.

      • William Bundó : Escrevo neste blog desde 2007, quando ele ainda estava no formato antigo. QUEM EU NUNCA VI POR AQUI É VOCÊ!!!!!!!! O próprio Eduardo Guimarães já confirma abaixo o que eu digo, afirmando que você está enganado. MAS PARA MIM, VOCÊ ESTÁ MENTIDO. TRATA-SE APENAS DE UM TROLL PATÉTICO, TENTANDO ATACAR QUEM VOCÊ NÃO CONSEGUE COMBATER COM IDEIAS. Mas não se meta comigo, pois ao contrário de boa parte da esquerda, trato fascista com cem vezes mais agressividade do que a que dirigem a mim e esmago um merda como você.

  • Edu, acho que tem mais um ingrediente ai, ja soltaram alguns balões de ensaio sobre o parlamentarismo, inclusive o renan defendeu essa proposta, e existe uma questão no stf se a mudança poderia ser feita sem plebiscito. Depois das pedaladas, do tse separar contas da dilma e temer, não duvido que o stf legitimasse uma mudança via congresso, e a midia trataria de vender como a salvação de todos problemas. Como nem PMDB nem PSDb tem candidatos viaveis, mas formam grandes bancadas, com o parlamentarismo à brasileira se eternizariam no poder, eles aprovam o que querem,a esquerda seria sempre minoria e nunca mais volta ao poder. Conheço gente que apoia baseado no argumento que “ah, se não der certo se dissolve”, o que é uma ilusão, quem vai dissolver ? esse mesmo congresso num sistema parlamentarista ? Claro que falta combinar com os russos tambem, e como voce disse se o golpe der certo, o pós é imponderavel

  • Parabéns pela análise. Concordo com todos os pontos colocados.

    Gostaria somente de acrescentar uma análise pessoal.

    A “medusa” desta estória já foi decapitada pelo herói “Perseu”, lembrando que ela era o monstro que paralisava (petrificava) a todos:
    – nunca se viu tamanha mobilização de pessoas, associações e movimentos sociais neste país em favor da democracia, e está crescendo.
    – mesmo no exterior a compreensão de que se trata de um golpe está clara.
    – o financiamento de campanhas eleitorais por pessoas jurídicas está proibida, portanto o próximo congresso será mais representativo do povo (e isto os apavora).
    – a privatização do pré-sal não é tão simples assim e nem tão rápida, pois exige investimento e tecnologia de exploração. E neste meio tempo a situação pode ser revertida.

    O que “Perseu” (o povo esclarecido) deve ainda fazer é “mostrar a cabeça da Medusa” dentro do comando dos “usurpadores”. É o movimento das ruas, com muita persistência, com coragem e com inteligência. Mostrar que acabou, não há mais o que negociar. Todos aqueles (usurpadores) que poderiam receber ainda uma migalha de poder não tem mais a credibilidade do povo (80%).

    Podem ir embora ou aguardar a voz de prisão. Tudo o que fizerem não durará mais que um ou dois anos. Nem a ditadura será mais tolerada. Acabou.

    A única dúvida que ainda resta: O STF se poupará de ser também execrado ou vai apostar para ver.

    Minha grande admiração por ti e por teu trabalho, Eduardo.

    abraço
    SergioF

      • Meus amigos, não vamos praticar o auto engano.
        Vejam na história do mundo que os golpes sempre possuem 3 movimentos clássicos (entremeados por outros, menores):
        1. A tomada do poder – que será concretizada em meados de Maio;
        2. A consolidação do poder – que virá na forma de adiamento das eleições ou do parlamentarismo e
        3. A aniquilação das lideranças do outro lado – nem preciso falar né?
        Não vamos dormir no barulho que voltaremos nos braços do povo em 2018. Uma vez consumado o golpe, 2018 não vai existir!
        Pode parecer alarmismo. Sinceramente torço para estar errado. Mas vale à pena pagar para ver?
        Insisto que o teme “Eleições Já” é o único com potencial para incendiar o país e barrar o golpe dentro do golpe.
        Com Dilma, às vésperas da sessão do Senado indo à TV (esqueça o Republicanismo uma vez na vida!!!), denunciando o golpe didaticamente e informando que, conforme prevê a CF, está enviando ao Congresso emenda propondo a convocação imediata de eleições.
        Se isso acontecer, mesmo com a resistência da Globo, FIESP e Congresso, com certeza teríamos um movimento imenso, manifestações gigantescas diárias até eles cederem. E, mesmo que não cedessem, Temer não teria forças para impor o parlamentarismo ou adiar as eleições.
        É nossa única chance.

  • Edu,

    Lembro do governo Sarney, que assumiu após a morte de Tancredo. Lembro dos fiscais do Sarney, onde faltava tudo nas prateleiras do supermercado. A gente tinha que madrugar no Carrefour e enfrentar filas para adquirir frango e carne. Ainda mais com as moscas varejeiras ao seu redor, o governo de Temer será temerário.
    O próprio Ulysses Guimarães que nunca acreditou no PMDB na presidência e aderiu ao parlamentarismo dizia:
    “Quando se tira o voto ao povo, o povo é expelido do centro para a periferia da história, perde o pão e a liberdade, o protesto passa a ser agitação e a greve rotulada de subversão.”
    ― Ulysses Guimarães

      • Edu, é preciso fazer algumas considerações: primeiro, o grupo político que assumirá o poder com Temer não entregará o poder em 2018. Temer não é Itamar , é político ambiciso, então fará uma pec postergando as eleições de 2018 para depois. Certeza absoluta disso! Segundo, a dilma pode até propor eleições já, mas esse projeto de lei seria arquivado no legislativo, ainda que houvesse manifestações de rua nesse sentido, houve manifestações de rua contra o golpe mas mesmo assim o golpe passou. Eles argumentarão que eleição já só beneficia o Lula e aí os coxinhas farão manifestação contraria a nossa rejeitando a tese. Terceiro o psdb e a rede perdem com o governo temer o psdb porque será cooptado. Não há espaço para dois partidos conservadores no Brasil. E marina perde a utilidade política.

  • A Dilma cai e assume o ja em decaida,o vampiro Temer,atemotizado pelo alho Cunha.O PSDB comono PMDB não resiste a um governo “gratuito”,a cargos.Quando a maioria da população pobre sentir as perdas,que serão rapidas e grandes,a resistencia aumenta pesadamente,passeatas,enfrentamentos greves.E a solução por novas e antecipadas eleições sera o canto da oposição para solucionarem a crise.Mas so para presidente não passa,não acalmara a revolta da massa com Stedilie,Boulos,Carina,CUT,CTB,Jandira,alguns governadores e possivelmente Ciro e Requião.Minha grande curiosidade é o supremo,como entra o supremo diante de um novo pacto social,de renascimento da democracia mais forte e fundamentada,que papel sera reservado ao supremo pelos acontecimentos,pela historia ??

    • Douglas, o supremo já faz o papel de Pilatos. Não credito que vá mudar agora. Mostrou a cara quando mandou o mensalão tucano para a primeira instância e julgou todo o mensalão petista no stf.
      A bola está com o povo, como você mesmo já mostrou.
      Mas quando o Mano Brown mostra que a favela deu as costas pra Dilma……????
      Não acredito nas instituições do Brasil, embora acredite que todos podem mudar, ainda não acredito nelas.

      Ainda acredito no povo. Ainda acredito que não vamos repetir a história.

  • Caro Eduardo, eu discordo de você. Não vai acontecer nada com o Temer e com o seus amigos canalhas do congresso, pois o stf faz parte do golpe e vão engavetar todos os processos contra a quadrilha do congresso que votou contra a Dilma.

  • Penso que a idéia de ” Eleições Diretas Já ” , irá crescer cada vez mais , pois com Dilma ou Temer continuará a ingovernabilidade do governo que sobreviver à esta sinuca de bico. A mobilização das ruas terá que ser grande . E talvez o Lula tenha que abrir mão de sua candidatura para viabilizar essa idéia , em direção a um factível pacto nacional . É claro que passaria a ser o maior cabo eleitoral desse processo e maior garantidor dos avanços do campo progressista. Com Requião ? Com Ciro ? A conferir…

  • Porra! Você está postando uma análise mais ou menos igual a que fiz há uma semana atrás, dizendo que o impeachment é bom para o PT e para Lula e que essa estória de eleições antecipadas não serve para o PT. O povão precisa conhecer o outro lado para saber como era antes e como erra agora.

  • Caro Eduardo
    Os deputados que votaram o golpe, simplesmente detestam os movimentos sociais tipo CUT, MST entre outros não é diferente grande parte do Senado, o STF, então, nem fale.
    Achar que os movimentos sociais irão parar os golpistas braço Senado, não vejo sentido.
    O Senado dará o golpe, como planejado.
    Temer terá maioria no Congresso e no Senado, apoio da mídia, dos banqueiros, dos industriais, do titio Sam.
    O Brasil ficou nitidamente dividido.
    De um lado a quadrilha, vulgo classe dominante, seus comandantes e lacaios; de outro, o povo.
    Não há mais espaço para negociação.
    Saudações

  • Ao menos parece que o Temer vai escolher para a Fazenda o homem que o Lula sempre considerou o ideal para ocupar o cargo. Uma boa notícia, para variar um pouco…

  • UM PROJETO ANTINACIONAL

    Havendo coerência, o que é difícil acreditar no Governo que tem como principal artífice o Deputado Eduardo Cunha, as propostas da Ponte para o Futuro serão o guia condutor dos dois anos e meio do Governo do PMDB.
    Analisemos cada um de seus itens:
    1 – construir uma trajetória de equilíbrio fiscal duradouro, com superávit operacional e a redução progressiva do endividamento público. Isto significa que serão cortados programas para o pagamento e redução da dívida pública. Ora, onde se imagina que sejam cortadas as despesas? O item seguinte esclarece.
    2 – estabelecer um limite para as despesas de custeio inferior ao crescimento do PIB, através de lei, após serem eliminadas as vinculações e as indexações que engessam o orçamento. As vinculações são os repasses aos Estados e Municípios e as indexações se referem à manutenção do salário mínimo acima da inflação. Logo estamos assistindo a penúria ainda maior de Estados e Municípios e o empobrecimento da classe trabalhadora.
    3 – alcançar, em no máximo 3 anos, a estabilidade da relação Dívida/PIB e uma taxa de inflação no centro da meta de 4,5%, que juntos propiciarão juros básicos reais em linha com uma média internacional de países relevantes – desenvolvidos e emergentes – e taxa de câmbio real que reflita nossas condições relativas de competitividade. Primeiro deve-se notar que um Governo de dois anos e meio faz projetos para três anos, ou seja, pretende entregar um problema para quem o suceder. Mas a inflação não é apenas um assunto interno. Ao tratar de modo tão leviano a taxa cambial podemos concluir que importaremos a inflação dos países desenvolvidos, o que ocorrerá logo que os preços do petróleo ajustarem-se à sua realidade econômica.
    4 – executar uma política de desenvolvimento centrada na iniciativa privada, por meio de transferências de ativos que se fizerem necessárias, concessões amplas em todas as áreas de logística e infraestrutura, parcerias para complementar a oferta de serviços públicos e retorno a regime anterior de concessões na área de petróleo, dando-se a Petrobras o direito de preferência. Se houvesse qualquer dúvida do caráter entreguista deste Projeto, este quarto item trata logo de eliminar. Está explícito que a descoberta da maior reserva de petróleo dos últimos trinta anos, resultado dos investimentos brasileiros, será passada para mãos estrangeiras, sem contrapartidas, que não sejam as gordas e corruptas comissões.
    5 – realizar a inserção plena da economia brasileira no comércio internacional, com maior abertura comercial e busca de acordos regionais de comércio em todas as áreas econômicas relevantes – Estados Unidos, União Europeia e Ásia – com ou sem a companhia do Mercosul, embora preferencialmente com eles. Apoio real para que o nosso setor produtivo integre-se às cadeias globais de valor, auxiliando no aumento da produtividade e alinhando nossas normas aos novos padrões normativos que estão se formando no comércio internacional. Toda a inserção do Brasil com o mundo em crescimento e em especial com os BRICS será abandonada para, mais uma vez, colocar o País no jugo colonial, desta vez do capital financeiro internacional que vem procurando impor este item aos Governos Brasileiros, desde 2003. As cadeias globais são exatamente a posição dependente e subalterna do Brasil.
    6 – promover legislação para garantir o melhor nível possível de governança corporativa às empresas estatais e às agências reguladoras, com regras estritas para o recrutamento de seus dirigentes e para a sua responsabilização perante a sociedade e as instituições. Uma provável camisa de força a manietar as gestões de empresas estatais, reduzindo suas participações na economia brasileira, e promovendo sua entrega a gestores estrangeiros, numa repetição do que ocorreu durante os oito anos de Fernando H. Cardoso.
    7 – reformar amplamente o processo de elaboração e execução do orçamento público, tornando o gasto mais transparente, responsável e eficiente. Em outras palavras, reduzir a participação do Estado na economia. E, como se verá no próximo item, nos programas sociais.
    8 – estabelecer uma agenda de transparência e de avaliação de políticas públicas, que permita a identificação dos beneficiários, e a análise dos impactos dos programas. O Brasil gasta muito com políticas públicas com resultados piores do que a maioria dos países relevantes. Resta provar esta afirmação, o que não ocorrerá por ser falsa.
    9 – na área trabalhista, permitir que as convenções coletivas prevaleçam sobre as normas legais, salvo quanto aos direitos básicos. Este item é pura desfaçatez de quem já havia no item 2 proposta a progressiva redução dos salários reais. Agora busca revogar um dos maiores ganhos da classe operária: a Consolidação das Leis do Trabalho.
    10 – na área tributária, realizar um vasto esforço de simplificação, reduzindo o número de impostos e unificando a legislação do ICMS, com a transferência da cobrança para o Estado de destino; desoneração das exportações e dos investimentos; reduzir as exceções para que grupos parecidos paguem impostos parecidos. As estatísticas fiscais mostram que a classe de maior renda paga menos que as classes de menor renda. Este item promete agravar esta realidade trágica de nossa tributação.
    11 – promover a racionalização dos procedimentos burocráticos e assegurar ampla segurança jurídica para a criação de empresas e para a realização de investimentos, com ênfase nos licenciamentos ambientais que podem ser efetivos sem ser necessariamente complexos e demorados. Tradução, o Acordo de Paris, recentemente assinado pelo Brasil, será letra morta. A poluição, o desmatamento, a contaminação das águas estão nas metas desta Ponte.
    12 – dar alta prioridade à pesquisa e o desenvolvimento tecnológico que são a base da inovação. Com os cortes orçamentários dos itens 1, 2 e 3, esta prioridade não será alta. Ela simplesmente não existirá.
    Nada foi dito sobre as demandas mais enfáticas da população brasileira: educação, saúde e segurança. Vê-se claramente que este projeto se destina unicamente ao benefício dos capitais estrangeiros e aos ricos brasileiros que vivem desde sempre dos favores do Estado.
    O povo, ora o que é o povo para quem nos brinda com espetáculos vergonhosos de ignorância, má fé e grosseria na Câmara dos Deputados e de cinismo e arrogância no Senado Federal?
    Triste Brasil que assiste inerte esta violação de seu povo e de suas riquezas.
    Pedro Augusto Pinho, avô, administrador aposentado

  • Não consigo aceitar o pessimismo de muitos indivíduos, já afirmando a queda da Dilma. Há muito o que se fazer. O PC acostumou mal a maioria e ficam escrevendo o que nem sempre deviam.
    Podemos invadir o congresso… Não podem tirar uma pessoa legalmente eleita, que não cometeu crime, isto é muito injusto. Querem dar lugar a criminosos, que estão cansados de reconhecer. Até o Requião, tentando aplicar um golpe. Afinal ele é do parasita PMDB, quer aproveitar a boquinha. NÃO PODEMOS PERMITIR QUE TIREM A DILMA. Ela precisa de uma nova chance. Desde o primeiro dia de governo o infeliz do aeroécio infernizou a vida dela, ele e sua quadrilha. Tudo para escaparem dos crimes que cometeram.

  • ESTE É O JUDICIÁRIO DO BRASIL…
    Lewandovski tenta aprovar reajuste do judiciário
    Em reunião com líderes dos partidos da Câmara, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, obteve apoio ao reajuste dos servidores do Judiciário.
    Para isso, os parlamentares terão de aprovar a urgência do projeto de lei hoje, sem passar pelas comissões. Mas, por causa do trancamento da pauta por medidas provisórias, é provável que a votação ocorra já sob o eventual governo Temer, caso o Senado confirme o afastamento de Dilma.
    A presidente Dilma Rousseff vetou a medida que prevê o reajuste de 53% a 78% para os funcionários do Judiciário. Segundo o Ministério do Planejamento, a proposta aumentaria os gastos em R$ 5,3 bilhões em 2016 e R$ 36,2 bilhões até 2019.

  • Meu caro Edu, sinceramente, desisto do Brasil.
    O que eu vejo, um Congresso corrupto ao extremo e um STF miserável e golpista me fazem desistir que esse país tenha jeito.
    Voltamos a epoca das cavernas.

  • Do Valor, ontem à noite:
    Às vésperas da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado Federal e a possível troca de governo, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, recebeu o apoio líderes de partidos na Câmara, que, em acordo, vão tentar aprovar o reajuste salarial de servidores do Judiciário e de magistrados rapidamente. A ideia é aprovar a urgência do projeto de lei nesta quarta-feira e, no mesmo dia, analisar o mérito do texto no plenário da Casa.
    Assim mesmo, a toque de caixa, tanto que, segundo o mesmo insuspeito jornal, “nos corredores da Câmara o convite feito aos deputados hoje por Lewandowski para o café é apelidado de “cobrança da fatura” após o STF não interferir nas votações do impeachment pela Casa.”
    Eu disse ontem aqui que o meu admirado Aroeira, com a sua charge, estava sendo injusto com Pôncio Pilatos, não é?
    E depois dizem que a Justiça no Brasil é lenta…

  • O Lula chorou quando da votação do Congresso e foi consolado pela Dilma, confesso que também chorei quando da aceitação da denuncia pelo STF e no dia da votação dirigida pelo gangster Cunha, assim como o fizeram milhares de brasileiros, mas as nossas lágrimas são de indignação, de horror ao que fizeram com o nosso país. Por isso esse governo STF-Cunha-Temer que nasce da ilegalidade não será reconhecido como digno e não será respeitado em nenhum dos seus atos, haveremos de combate-lo dia e noite. A democracia voltará ao nosso pais. Lula será eleito no primeiro turno mas igualmente importante é renovar completamente o parlamento, agora que não há mais financiamento privado, deveremos limpar aquela casa. Que a democracia se faça também lá se representar. Que esse tenebroso inverno faça ressurgir uma árvore da liberdade mais forte de raízes mais profundas e que as forças democráticas derrotem de vez os fascistas.

  • Eduardo, muito bom dia! Mudando um pouco de assunto gostaria (se possível) de ler alguma postagem sua sobre suas opiniões acerca dos Jogos Olímpicos esse ano no Rio. Achas que vai ser tudo ok? O clima não está muito bom, ainda mais com a queda de parte da ciclovia, como se pode ler aqui:

    http://www.msn.com/pt-br/esportes/olimpiadas/rio-2016-vence-cronograma-mas-n%c3%a3o-a-desconfian%c3%a7a/ar-BBsjZMV?ocid=spartanntp

    Abraço para você e sua família (em especial sua filha Vitória)! 🙂

  • Edu, se a negociata denunciada pelo Tijolaço, for verdadeira, jogue fora o vídeo que você irá mostrar pros seus netos. Eu começo a ter ânsia de vômito logo cedo.

  • Caro Eduardo,

    Depois da votação da Câmara dos Deputados, em que muitos deputados do PT diziam que o governo teria os votos suficientes para barrar o início do golpe, eu não acredito que o Senado Federal reverta a decisão daquela casa parlamentar. Não acredito, porque há muita pressão da mídia, principalmente da Rede Globo; e os senadores, têm muito medo de serem execrados por este poderoso sistema de comunicações. Por outro lado, o STF, que deveria agir como um guardião da constituição, além de não atuar mais como um tribunal garantista, também, carrega em seu corpo, o mesmo medo da mídia que assola os parlamentares.
    Com relação ao ex-presidente Lula, eu penso que o Ministério Público (Rodrigo Janot,) e o Poder Judiciário (STF, TSE e o juiz Sérgio Moro), não deixarão o ex-presidente se candidatar às eleições de 2018.

    • Mas será possível alguém ainda acreditar que vai haver eleições em 2018? Acha que o PMDB e PSDB vão concorrer, sabendo de antemão, que perderão? Acha que vão perder essa boquinha? Caiam na real, para salvar o Brasil desses traidores somente nós, O POVO, entenda bem, NOS O POVO é que podemos salvar o Brasil e por tabela, salvar-nos da sanha predatora da ELITE, DOS RICOS, DOS PODEROSOS. Eles estão sempre unidos, nós não.

  • Candidatos a governos populistas nunca mais!!
    Infelizmente, votei no LULA em seu primeiro mandato, e esperava que com aquele discurso de pobre operário, fosse realmente efetuar as reformas e estruturações necessárias, porém, com o transcorrer do tempo, por mais de 13 anos, se pode observar que o PT não tem nada de positivo a acrescentar, ou de diferente de outros políticos, à não ser o EXCESSOS, nas MENTIRAS, MANIPULAÇÕES, CONCHAVOS, CORRUPÇÃO e ÂNSIA PELO PODER, que são bem maiores que as dos demais.
    Com ele e o PT no governo, foram usados o dinheiro e máquina pública para a promoção e projeção política, sobre a DESGRAÇA ALHEIA, mediante o aumento do CAOS, divisão RACIAL e SOCIAL. Aproveitou-se da ingenuidade e EGOÍSMO dos brasileiros, à exemplo da oficialização e institucionalização da SEGREGAÇÃO RACIAL em um PAÍS MULTIRRACIAL (sou mestiço de indio, português e japonês), quando criou-se as tais COTAS RACIAIS, pois se iguala à criação de lugares destinado a NEGROS, coisa que os diferencia do restante do mundo, como se para adentrar na CASA GRANDE, só pudessem entrar pela PORTA DOS FUNDOS, diminuindo sua competência em todos os sentidos, o quê é um passo para o aumento dos conflitos de DISCRIMINAÇÃO e PRECONCEITOS RACIAIS, tanto de um lado quanto de outrem.
    Acho, que MARTIN LUTHER KING e NELSON MANDELA não foram devidamente compreendidos, inclusive pelos seus. Creio, que já passou da hora de todos os brasileiros acordarem para pensarem à respeito, pois, SOMOS INTELIGENTES E MELHORES QUE ISSO, portanto, MERECEMOS RESPEITO e não a subjugação com tratamentos maquiavélicos e separatistas. Isso, sem contar que o ensino público está uma lástima em todas as esferas.
    Além disso, o governo de DILMA e o PT, se promoveram ao EXCEDER os LIMITES com as PEDALADAS FISCAIS, verbas públicas e privadas (dinheiro de correntistas de bancos), mediante a exploração da desgraça dos mais pobres e carentes, deixando-os como ETERNOS DEPENDENTES de pseudos programas sociais, à exemplo do BOLSA FAMÍLIA, o qual, é um engodo, pois NÃO PROMOVE A INCLUSÃO SOCIAL dos beneficiários. O real sentido de um verdadeiro programa social e assistencial, está em seu objetivo fim, que é a EVOLUÇÃO pessoal e profissional, para a respetiva INCLUSÃO SOCIAL dos beneficiários no seio da sociedade, como um ser produtivo e colaborativo dentro da coletividade. Mas para isso, o Estado teria que efetuar periódicas fiscalizações e avaliações, desde dos beneficiários a até os estabelecimentos de ensino e profissional. Caso contrário, qualquer programa social não passará de uma mentira, como correntes de ferro quê prendem os beneficiários, à sua eterna dependência.
    Outros governos cometeram o mesmo CRIME capitulado constitucionalmente como PEDALADA FISCAL, tanto FHC quanto LULA, porém, toleirou-se por haverem respeitado LIMITES, logo, a EXCESSÃO NÃO PODE VIRAR REGRA, e muito menos UM ERRO JUSTIFICA OUTRO, caso contrário, poderia se tornar um TREM SEM FREIO, e logo veríamos estampado nos jornais, que o governo não conseguirá saldar dívidas com os bancos, e por isso os correntistas seriam prejudicados com o sequestro de seu dinheiro.
    Outro exemplo especulativo e corruptivo, sob a máscara de programa social, é aquele promovido pelo MST, e orquestrado pelo governo do PT, onde a grande maioria é composta por larápios!! Não é à toa que a REFORMA AGRÁRIA foi SUSPENSA, pois descobriu-se que 578 MIL são BENEFICIÁRIOS IRREGULARES, dentre politicos, servidores e funcionários públicos, parentes e etc, com bens de luxo em seus nomes, à exemplo de caros veículos. Junto com tal falcatrua, calculou-se o PREJUÍZO de R$ 2,8 BILHÕES na REFORMA AGRÁRIA BANDIDA. É o PT e sua quadrilha, usando e manipulando os mais pobres, para poderem roubar o dinheiro público e as terras alheias.
    Portanto Srs e Sras, antes de defenderem o PT, LULA e DILMA, parem para pensar e questionar se eles realmente estão fazendo a coisa de forma certa, e se tais ações não estão escondendo interesses escusos e obscuros.
    E estes, são meros exemplos observados, pois há muitos outros.
    Lembrando, que isso serve para os demais políticos e partidos, alinhados com o PT ou não, pois a política brasileira é de 5° categoria, em um país de 3° mundo, possuindo portanto, os ZÉS quê merece (ZÉ DIRCEU, ZÉ GENOINO e ZÉ DE ABREU).

  • Edu,não tem jeito . O STF se reuniu com Cunha para decidir sobre a aprovação do aumento para o judiciário. Não temos no Brasil uma suprema corte,temos golpistas. Por essas e outras é que cunha está e vai continuar livre,aguardando apenas a absolvição pelo supremo.

  • Rio de Janeiro, 27 de abril de 2016

    PROJETO: ZUZU ANGEL FASHION (MAM) RIO

    Caros amigos (as) nesse momento, que a democracia está sendo ameaçada, queria falar, que a luta continua, por isso, gostaria de sugerir um projeto: ZUZU ANGEL FASHION (MAM) RIO, um desfile de moda em homenagem a democracia no MAM, onde os estilistas falariam da liberdade e a democracia na moda. Tenho certeza, que se a saudosa ZUZU ANGEL fosse viva estaria no lado certo da história. Amigos (as) estilistas do mundo inteiro, poderiam ser convidados, para participar desse evento. Viva a democracia!

    Atenciosamente:
    Cláudio José, um amigos do povo, da paz, da ONU e um Beija-Flor da Floresta do Betinho.

  • A capanha das proximas eleicoes e concientizar o trabalhador e os pepres nao elegerem nenhum candidato da elite, para nao montar um congresso como este que esttar ai,, sanao nao adianta eleger o lula, eles dafO um novo golpe. Fora disso nao bhs salvacamo.

  • Eduardo, golpistas são golpistas não tem jeito. Após o último, como você sabe, só houve outras eleições em 1989, 25 anos depois. Portanto essas pesquisas eleitorais serve apenas para afrouxar a luta contra o golpe, que não anda lá essas coisas. Na verdade coloco em dúvida até as eleições marcadas para este ano, a não ser que seja para vereador !!!

  • Sem dúvida que lula se reelegerá em 2018 se Temer governar, e por uma simples razão: Temer terá que ajustar a economia, ou seja, terá que frear muitas gastanças desenfreadas e sem base criadas pelo PT.
    Isto não significa que acabarão as políticas sociais, apenas que a economia deverá ser ajustada para que o país obtenha equilíbrio em suas finanças, pois no afã de se manter no poder o PT gastou mais do que podia.
    É como o chefe de família que gasta mais do que ganha. Acaba usando as reservas, e em algum momento terá que dizer à família que o dinheiro acabou, e terão que voltar à realidade.

    TODO MUNDO sabe disso, inclusive você Eduardo, mas logicamente que você se fará de surdo, e sequer vai aprovar meu comentário.

    Lula fará campanha dizendo: “Viram? eles entraram no governo e a crise aumentou….”. Como é fácil fazer doações com o dinheiro alheio não é? É fácil parecer o bonzinho sendo, na verdade, irresponsável.

  • O problema é que os mafiosos dos parlamentos (câmara e senado) possivelmente aprovarão uma lei adiando a eleição de 2018 para 2020, estendendo os seus próprios mandados e a do traidor golpista Temer .

    A partir de agora as únicas palavras e ações q

  • O problema é que os mafiosos do legislativo, com o apoio da máfia midiática, tentarão alongar seus próprios mandatos, e a do traidor Temer, para até 2020 .
    Só nos resta duas palavras : Insurgência e resistência .

    Um abraço .

    • A!ém do legislativo e da mídia há que se lembrar da máfia que creio a mais poderosa e portanto a mais perigosa: O JUDICIÁRIO CORRUPTO que cria verdadeiros porcos em seu chiqueiro! Afinal tudo acaba nas mãos de porcos tais como Gilmar Mendes. Fux, e o resto da vara; acho até que não é coincidência que o coletivo de porcos (vara) se aplique igualmente às repartições da justiças…

  • > Podem prender ou impedir Lula? Talvez.

    Você fez duas perguntas diferentes, e a respostas são:

    Não e sim.

    Não podem prender Lula, mas podem impedí-lo.

    Basta que Moro o condene — por qualquer coisa, verdadeira ou não — e que deixem o processo parado na segunda instância.

    Isto será suficiente para que ele não possa ser candidato.

    • Processo parado na segunda instância? Não, deve haver condenação na segunda instância. A Justiça é lerda sempre, mas claro que poderia abrir uma exceção para julgar o processo o quanto antes. Disso não duvido nada.

      • Correto, senhores.
        A Direita “inteligente” (assim podemos dizer) sabe que a meta primária é “demolir” Lula, ou seja alijá-lo como candidato. Ou impedindo-o ou, caso candidato, destruindo seu “estoque” eleitoral. Estrategicamente deve-se tentar os dois meios, sem que um invalide o outro. Também deve-se evitar a vitimização de Lula pois isso poderia gerar uma reversão. Por isso questiono a real intenção de prendê-lo, se isso acarretasse uma reviravolta, com maior apoio popular e não houvesse impedimento legal para sua candidatura, em 2018, ou antes numa antecipação, ou mesmo em 2022 (Lula estaria com 74 anos).
        Considero mais provável a ameaça de prisão, sem concretização, como forma de pressão e humilhação e um eventual processo jurídico que de fato impedisse a candidatura.

  • Mesmo que Dilma retorne após seis meses afastada – e o STF julgue, enfim, como nulo o impeachment como já deveria tê-lo feito, pois esse processo é irreal, um erro absurdo, um abuso sem precedentes e um profundo desrespeito contra a democracia e contra milhões de brasileiros – a rede Globo já teria conseguido seu intento nesta saga, que é o de “afrouxar” as cordas do governo para que ela continue os seus “contratos fraudulentos”.

    Contratos estes que lhe garanta mais – e sempre mais – muito dinheiro no futuro. Dinheiro, é claro, do Tesouro Nacional e do contribuinte brasileiro, principalmente, daquele e daquela manifestante imbecil que foi às ruas pedir o fim (sic) da corrupção, mas não sabia que era pra isso – e por isso – que estavam indo.

    Eu não tenho minha cabeça “feita pela Globo”. E lamento muito ter visto este monte de babacas indo às ruas protestar, parecendo-se um bando de bebêzões em busca de um “herói”, terem chegado ao ponto detestável de até criar e levar cartazes com dizeres: “Somos todos Cunha”… Onde será que estão agora estes manifestantes, hein? Escondidos aonde?… Ou será que já mudaram suas bandeiras para “somos todos Moro”?…. Até o dia, evidentemente, em que este seu “novo herói” não se torne como mais um novo Demóstenes Torres da vida.

    O povo brasileiro é babaca, infantil, total e completamente dominado e alienado pela TV Globo. Lamentável.

    Mesmo que a Dilma retorne (se retornar), a parte suja desta imprensa no Brasil (Veja/Abril, Estadão, FolhaSP e Rede Globo) já terão se esbaldado e deleitado em todo este tempo em que ela deixou o governo, realizando junto com o conspirador Temer muitos “contratos fictícios com o governo”, claro… Dinheiro fácil do BNDES no qual esses barões de mídia NUNCA irão pagar ou devolver aos cofres públicos, mas que, para eles, é o suficiente para “salvar” suas empresas incompetentes de uma crise real que viviam (No Brasil, o jornalismo morreu) e de um mercado de publicidade voraz que avança muito como a Internet.

    Para esses barões golpistas, a saída de Dilma foi um “achado”

    • Essa limitação da internet já é obra dos golpistas para favorecer a Globo, porque o golpe é obra dela.
      Cunha,PSDB,PMDB,DEM,PPS,PSB SOL e outros corrupto golpistas, são lobistas das causas das operadoras de internet e Teles. É só lembrar que na época que a lei de Marco Civil da Internet eles tentaram tornar lei o limite da internet, inclusive a obrigatoriedade de venda de pacotes onde cada pessoa só poderia acessar os sites que estão no pacote que ela assinou, como é na TV a Cabo, só que pior. Com muita luta o PT impediu que os golpistas aprovasse isso na lei. Agora com a derrubada do PT os golpistas corrupto lobistas vão fazer o diabo para ferrar a internet e a liberdade detodos, vai custar caro e no bolso até dos fascistas coxinhas do Fora PT. Vão chorar lágrimas de sangue ao saberem a besteira que fizeram em serem antipetista em colocarem lá governos de direita que não pensam e não governam para o povo trabalhador e pobre. Isso é só um pequeno exemplo do pacote de maldades dos golpistas. Fascistas corruptos de direita. A Globo precisa da internet limitada cara é fraca no Brasil, pois só assim conseguirá colocar quem hoje fica na internet na frente da TV dando audiência para a Globo, vendo novelas e sua programação antinacional , mentirosa , tendeciosa golpista. Ela precisa da audiência que tinha antes da internet se popularizar para não quebrar! Fará o diabo para jogar o Brasil na idade média para isso, como já vem fazendo dando o golpe na democracia mais um golpe que a mídia dá no Brasil contra o povo.Precisamos ir a luta combater a Globo, a mídia golpista, esse judiciário corrupto golpista que persegue governos de esquerda para dar um golpe no povo colocando governos para os ricos sonegadores corruptos no lugar, precisamos ir a luta defender a democracia nosso direitos contra todos esses golpistas que humilham e envergonham e rebaixam o Brasil perante o mundo.

  • Senhor Eduardo: Gostei de sua opinião, é um alento, mas Nassif em seu blog hoje publica avaliação quanto ao “Xadrez de um período de indefinições amplas” e lá as perspectivas, principalmente quanto ao Sr. Janot em relação as esquerdas são as piores possíveis. Gostaria, por favor, que fizesse uma análise sobre este tema, se observarmos que estamos diante de duas pessoas cujas análises políticas são respeitadíssimas e muito lidas. A partir do senhor podemos ter esperança, mas a partir de Nassif temos possivelmente um regime de exceção. Obrigado.

  • Senhor Eduardo: Sua opinião é um alento, esperança demonstrada. Entretanto, Nassif em seu blog hoje apresenta um texto denominado “Xadrez de um período de indefinições amplas”, tecendo considerações sobre movimentações do PGR e são desastrosas para as esquerdas. Em síntese vemos aqui a esperança e exceção, em que as esquerdas estarão numa situação lastimável. Diante desta dialética, antagonismos analíticos feitos por mentes inteligentes e bem informadas, gostaria que analisasse a questão feita por Nassif. Obrigado.

  • Ao Caro Amigo Eduardo Guimarães.

    Partido dos
    Sabotadores da
    Democracia
    Brasileira

    É, novamente o PSDB, se articula para adentrar no Palácio do Planalto pelas portas dos fundos, como fez com Itamar Franco, e pra variar com o PMDB, junto.
    Afinal foi o PSDB em peso junto com o PMDB que elegeram Eduardo Cunha Presidente da Câmara.
    A diferença da época do Collor é que praticamente havia uma unanimidade na sociedade sobre a saída do Collor, uma vez que esta era também a única alternativa da Direita e sua Mídia Golpista de evitarem que a esquerda chegasse naquele momento ao poder.
    Mais uma vez o País passará por um estelionato como foi o plano real à época, criando artificialmente uma sensação de estabilidade econômica, o que não durou muito tempo, haja visto que já no governo Tucano do FHC, teve que recorrer a mudança na regra do jogo instituindo a Reeleição, via compra de votos no congresso, exatamente como estão fazendo agora para aprovar o afastamento da Presidenta Dilma.

    O problema para os Tucanos, é que agora irão ter que dividir o poder com o PMDB, esta facção criminosa que está metido em tudo quanto é rolo na política.

    Não vai ser fácil para os Tucanos, mesmo entrando novamente Pelas Portas dos Fundos, no Governo, e mesmo tendo ao seu lado o aparato midiático e parte significativa do judiciário ao seu lado, evitar que o PMDB, com sua fome voraz de Poder, dê, desta vez espaço para os Tucanos voltarem ao Poder por meio de um mandato tampão com Michel Temer na Presidência.

    Sem contar com algo extremamente excepcional que não havia na época do Collor, em que Boa Parte da População Brasileira e também parte significativa da Comunidade Internacional não irá reconhecer este governo uma vez que a exceção da Imprensa Golpista Brasileira a comunidade internacional está vendo e entendendo que no Brasil está havendo sim um Golpe de Estado.

    Dilma caindo ou não, o Povo Brasileiro Não Pode e Não Deverá sair das Ruas na luta pela Democracia.

  • Caro Eduardo,
    Essas linhas contém, sem dúvidas, as melhores palavras de ânimo que li nos últimos tempos.
    Preciso repeti-las com sua licença:
    ” Não se desespere, não desacredite da democracia, não perca fé na verdade. Há mais de uma década que escrevo regularmente nesta página que a verdade é uma força da natureza como o vento ou a chuva. Tentar contê-la é como tentar reter água entre mãos em concha. A verdade escapa por entre os dedos de quem tenta contê-la. ”
    A palavra mágica aqui é “Verdade” !
    Ele sempre prevalecerá.
    Mesmo que tenhamos que passar novamente por caminhos espinhosos e sofridos, ao final da jornada venceremos.
    Hoje li que o Malafaia foi abençoar o Temer.
    Diria então que o Temer já começou muito mal, pois o próprio Sartã o abençoou.
    Há muito esse falso profeta transformou o altar de “sua” igreja em palanque político.
    Hoje esse pseudo pastor se coloca ao lado do que há de mais podre na política nacional.
    Um falso profeta.
    Contudo caro Eduardo, não precisamos apelar para as hostes espirituais para sentirmos a profundidade de suas palavras que grifei acima.
    Vamos lutar por nossa verdade!
    Obrigado!

  • STF se acovardou de vez. deixou de ter a minha dúvida se haveria honestidade no STF. Hoje tenho a certeza que ali não impera a honestidade mais, o STF se tornou imoral, se tornou desonesto. É o caso de exigirmos o fim desse STF com a cassação de todos os seus membros para a criação de um novo STF escolhido democraticamente pela sociedade organizada e com mandatos fixos de dez anos.

  • Ótimo artigo como sempre.

    Neste momento, prefiro que o golpe se consuma logo, deixe-os governar, boa sorte a eles como vidraça.

    Se a Dilma por milagre vencer no Senado, a Lava a Jato volta com tudo com sua operação Mata-Fênix, e o caos continuará. Uma continuidade do atual governo é certeza de vitória oposicionista em 2018. Então melhor que Dilma saia agora, a oposição tenha dois anos para se queimar e Lula tenha dois anos para despertar o povo.

  • “… A indexação das rendas pagas pelo Estado realiza uma injusta
    transferência de renda, na maioria das vezes prejudicando as camadas mais pobres da
    sociedade.

    Quando a indexação é pelo salário mínimo, como é o caso dos benefícios
    sociais, a distorção se torna mais grave, pois assegura a eles um aumento real, com
    prejuízo para todos os demais itens do orçamento público,

    que terão necessariamente
    que ceder espaço para este aumento. Com o fim dos reajustes automáticos o Parlamento
    arbitrará, em nome da sociedade, os diversos reajustes conforme as condições gerais da
    economia e das finanças públicas. ”

    Que outros itens do orçamento são prejudicados pelo aumento real do salário mínimo?

    Se é ponte para o futuro, por que é que quer fazer o qua acontecia no passado?

  • A mobilização através da divulgação da verdade pelas redes sociais. Nossa ferramenta para conscientização da massa. Nossa resposta contra a mídia golpista que todo dia divulga mentiras. Ainda temos a internet! Vamos à luta!

  • Caro Eduardo,
    Volto a esta matéria porque há pouco tive um pequeno delírio político.
    Diante de tudo o que está sendo promovido pelos quadrilheiros golpistas, e pior, pelo traidor da Pátria chamado Temer, estaríamos nós vivendo um período tão perigoso que estaria colocando em risco a segurança nacional?
    Se assim for, e constatando-se que todas as instituições estão contaminadas pelo golpe, incluindo-se aí o inimputável STF, poderia nossa Presidenta com os poderes que a Constituição lhe outorga, fechar o Congresso Nacional?
    Loucura?
    Nem tanto, pois os coxinhas bradam para todos os lados solicitando a intervenção Militar.
    Pois, que a Presidenta satisfaça seu pedido.
    O golpe se institucionalizou de tal forma, que todos nós brasileiros seremos atingidos, os que votamos em Dilma e os que não, mas que acreditaram em uma democracia verdadeira.
    Agora vemos uma quadrilha de bandidos tomando o poder com as benesses do judiciário omisso.
    Ora, estamos todos em perigo, e nessa visão, nossa Presidente teria como último recursos uma medida drástica para salvar o Brasil e os Brasileiros.
    Golpe?
    Mas afinal, o que é mesmo que a oposição está fazendo com o apoio dos Mega Empresários que não querem pagar impostos ?
    Lutamos pela democracia e muitas vidas foram ceifadas.
    Se for preciso mais para mantê-la, que sejam usados todos os meios.
    Parece loucura de minha parte, mas tudo faria para não permitir que os ladrões tomassem posse de nosso país, incluindo nessa gangue os americanos.

  • Temer, Cunha e Renan não seriam “bois de piranha” do PSDB para fazer essa travessia até 2018, sabidamente catastrófica, ficando estrategicamente distantes, para depois ressurgir como os salvadores da pátria?

Deixe uma resposta