Guinada à direita afunda Brasil e Argentina

Análise

tango

 

Na primeira década do século XXI, as Américas deram uma guinada para a centro-esquerda. A certa altura da primeira década deste século, a América do Sul chegou a ser quase que exclusivamente progressista. E os Estados Unidos elegeram um presidente negro e social-democrata.

No subcontinente sul-americano, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Uruguai e Venezuela elegeram e mantiveram no poder por cerca de uma década governos de centro-esquerda que, mais por suas virtudes do que por seus inevitáveis defeitos, passaram a sofrer oposição incessante dos grandes grupos de mídia locais, edificados nesses países durante as várias ditaduras de direita que se abateram sobre a região no século XX.

Na América do Sul, a onda rosa só não atingiu plenamente o Peru – que chegou a flertar com um governo de centro-esquerda que acabou fracassando por ter evitado contrariar interesses – e o Paraguai – que sofreu um golpe de Estado.

A Colômbia fica fora da equação por continuar sendo o eterno quintal dos Estados Unidos, o que inviabiliza qualquer fortalecimento mais consistente à esquerda.

Após uma década rosa nas Américas, as coisas começaram a mudar por conta de um movimento político oriundo do mundo árabe, onde governos quase sempre estáveis e autoritários iam sendo derrubados por grandes manifestações envolvendo primordialmente jovens com pensamento de esquerda, muitos dos quais simpatizantes do anarquismo, ideologia que se opõe a todo tipo de hierarquia política.

De ponta a ponta, a América do Sul começou a sofrer com grandes manifestações que exigiam nem se sabia bem o que, eis que a região atravessava um período inédito de prosperidade que vinha mitigando seus níveis estratosféricos de pobreza e concentração de renda, gerando novas classes médias que pela primeira vez viam filhos ascender ao ensino superior, que compravam vivendas próprias, que passaram a ver o mundo de cima de aviões antes proibidos para a esmagadora maioria dos sul-americanos.

O projeto de soerguimento social das Américas viu ocorrerem desde a tentativa de implantação de um sistema público de saúde nos Estados Unidos até uma reengenharia social nos países sul-americanos que colocava suas novas classes-médias como protagonistas da geopolítica da região.

Contudo, o movimento dito “primavera árabe”, assim como por lá, por aqui deu muito errado. Os governos progressistas sul-americanos se desmoralizaram com imagens de multidões gigantescas vertendo demandas genéricas, já que os novos regimes progressistas vinham promovendo justiça social a grande velocidade.

O enfraquecimento desses governos e a possibilidade de instabilidade política terminou o serviço de deterioração da América do Sul. Com a instabilidade, os investimentos sumiram e uma recessão começou a se instalar pelos países sul-americanos.

O enfraquecimento dos governos progressistas sul-americanos ocorreu em níveis levemente diferentes nos países da região. No Brasil, em 2014, a social-democrata Dilma Rousseff reelegeu-se por muito pouco e, na Argentina, o conservador Maurício Macri elegeu-se da mesma forma: por pouco.

Muitos dizem que a fórmula argentina foi melhor porque poupou o país vizinho do processo de sabotagem que o fortalecimento da direita lhe permitiu no Brasil.

A partir da instalação da nova legislatura do quadriênio 2015-2018, o Congresso passou a negar toda e qualquer medida que o governo petista reeleito propusesse à Câmara dos Deputados, agora comandada por um inimigo político declarado da presidente da República e de seu partido.

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha está preso por suspeita (mais do que fundada) de estar tentando atrapalhar as investigações sobre seu envolvimento com corrupção, mas ele deveria estar preso, isso sim, por ter paralisado o Brasil com vistas aos seus interesses políticos, pois a paralisação da Câmara se deu sob sua batuta.

Tanto no Brasil quanto na Argentina, governos conservadores sucederam governos progressistas. A paralisia econômica gerada pela crise política – que, no Brasil, começou em 2013 – descontentou o eleitorado desses países antes de trocarem de comando. Lá, como aqui, os conservadores chegaram ao poder em 2016 prometendo milagres.

No Brasil, os golpistas levaram tão longe a sabotagem da economia com vistas a derrubarem Dilma que não conseguem parar a pedra que empurraram montanha abaixo nos últimos anos.

Em razão de o governo conservador de Michel Temer não ter a mesma legitimidade do governo do homólogo argentino Maurício Macri, não pôde avançar tanto em medidas draconianas como as tomadas no país vizinho. Ainda assim, as medidas temerárias já começam a se materializar na mesma direção que na Argentina.

A aprovação do teto de gastos e a reforma trabalhista se farão sentir em breve, assim como as medidas na mesma linha estão se fazendo sentir na argentina. Isso sem falar na privataria, que vai recomeçar em breve.

No Brasil, os golpistas venderam ao povo que bastaria tirar Dilma do cargo sob qualquer pretexto que tudo se resolveria magicamente. Na Argentina, aconteceu a mesma coisa. A única – e gigantesca – diferença é que, lá, a direita voltou ao poder através do voto e, aqui, através de um golpe tosco, grosseiro, desfechado sob uma desculpa esfarrapada.

Tanto lá quanto aqui, porém, a direita está criando uma situação muito pior do que encontrou e que vai se eternizar tanto mais quanto essa gente ficar no poder. Isso porque os governos dos dois países apostam em sangrar o paciente argumentando que irá curá-lo, como na Idade Média.

Tanto na Argentina quanto no Brasil, o remédio pregado pelos novos governos que o povo escolheu – respectivamente, por ação ou omissão – foi o de o Estado descer o chicote no lombo popular.

Enquanto Temer começa a fazer as tais “coisas impopulares” sustentando a teoria maluca de que governantes impopulares “podem” e “devem” maltratar mais o povo que os populares, na Argentina as medidas malucas de sangrar o paciente começaram lá no início do ano.

O resultado foi trágico. O país está afundando tanto quanto o nosso. A mudança de governo, a guinada à direita, atinge mais os povos de lá e daqui porque o colchão social dos governos progressistas começa a ser desmontado.

Como se sabe, economias se alternam entre expansão e contração. O que fazer na hora da contração é que separa os países civilizados dos países desumanos com seu povo.

Reportagem do insuspeito UOL divulgada nesta quinta-feira 29 revela o tamanho da encrenca em que os argentinos, assim como os brasileiros, se meteram. Colocaram no poder gente que fará a crise bater mais duro nos mais pobres e mais suavemente nos mais ricos.

Detalhe: tanto na Argentina quanto no Brasil, há muito, muito, muito mais pobre que rico.

O índice oficial de pobreza após um ano de “ajustes” de Macri acaba de ser divulgado pelo governo: é de 32%, o que significaria, segundo as centrais sindicais argentinas, que ao menos 1,4 milhão de argentinos agora são classificados como pobres.

De acordo com a imprensa argentina, a demora em reativar a economia é um dos fatores que levou Macri a demitir o ministro da Fazenda, Alfonso Prat-Gay, nesta semana.

Não poderia ser diferente. As medidas tomadas pelos neoliberais daqui ou de lá são mais do mesmo que era feito antes de a esquerda chegar ao poder na região e nele se manter por longo tempo. O desapreço da direita pelo social foi a causa ontem e será hoje.

Na Argentina, Macri começou botando pra quebrar. Com muito mais ímpeto que os golpistas brasileiros, que não têm a mesma legitimidade e não podem inverter com tanta facilidade o que o povo decidiu nas urnas em 2014, ou seja, o contrário das tais “coisas impopulares”.

Segundo a matéria do UOL, “Macri conseguiu implementar em boa medida seu plano econômico de liberalização da economia”. Assim como está acontecendo com Temer aqui no Brasil, lá, com apoio da mídia, do empresariado e de um Congresso muito mais conservador do que nos bons tempos, foi possível castigar duramente o povo.

“A eliminação dos controles sobre o câmbio e sobre os preços de mercadorias e os ajustes de até 500% das tarifas de serviços públicos como água, energia elétrica, gás e transporte também fizeram parte desse pacote de medidas adotadas pelo presidente logo no início de seu mandato. Além disso, o governo adotou um corte de gastos, com a demissão de quase 150 mil funcionários públicos”, diz a reportagem.

É por isso que este Blog vem dizendo que é questão de tempo a queda dos golpistas e a desmoralização dos fascistas que sustentam essa ideologia desumana que prega que pisotear os mais pobres vai melhorar o país.

O diabo é que o estrago que essa gente fará nos próximos dois anos será imenso. Vão vender todo patrimônio público a preço de banana, vão doar a Petrobrás, vão implantar regras punitivas ao consumidor que passarão a ser ainda mais abusados pelas empresas de telefonia, planos de saúde, cartão de crédito etc., vão exterminar direitos trabalhistas…

A pobreza e a miséria irão crescer muito no Brasil nos próximos anos devido às políticas públicas inumanas do PSDB e do PMDB. Com isso, a criminalidade e a violência subirão na mesma proporção.

O duro é esperar sensatez de um povo que foi à rua protestar em 2013 sem razões concretas e que, com isso, acabou desencadeando um processo no qual está perdendo tudo o que conquistou quando era governado por gente com sensibilidade social e que  pensava o país pelo ângulo de sua vocação natural para potência regional.

Porém, dizem que quando as pessoas não aprendem pelo amor acabam tendo que aprender pela dor. O blábláblá antipetista ainda vai render por mais alguns meses, talvez até meados do ano que vem. Dali em diante, o Brasil vai começar a acordar. E esse gigante vai acordar muito mal-humorado.

61 comments

  • É de uma desonestidade intelectual inominável esta frase sua: “No Brasil os golpistas venderam ao povo que bastaria tirar a Dilma do cargo sob qualquer pretexto que tudo se resolveria magicamente”. De 2011 a 2016 o crescimento de nosso PIB será abaixo de ZERO, NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS ISTO HAVIA ACONTECIDO.. Esta conversa fiada de vocês que as medidas duras são tomadas para prejudicar os pobres, é só conversa fiada, ora, teremos eleição em 2018 e se as medidas são para prejudicar os pobres, pergunto: quem ganhará as eleições? Sera que o atual governo é tão imbecil que não enxerga isto? É claro que as medidas, no conceito do governo, são para melhorar a situação dos pobres, senão se poderia já, se ele não estiver preso, entregar a faixa ao apedeuta. Vamos aguardar, como disse o grande amigo do Lula, Collor, o tempo é senhor da razão.

      • Ulises, a internet está aí para mostrar os dados e os dados serem analisados. Uma pergunta para você: se nossa economia está voltando para 2010 ( só em 2014, 2015 e 2016 a queda do PIB foi de aproximadamente 9%) e se a população cresceu neste período a queda da renda per capita está voltando para 2010, estarei mentindo, eu um direitista “abjeto”?

    • Em primeiro lugar quero ressaltar a enorme falta de educação desse canalha que entra no blog de outra pessoa xingando e fazendo acusações falsas. É democrática a moderação que não publica comentários que contém ofensas ao dono do blog. Se o Eduardo publica a diatribe é uma questão de escolha dele que é o dono do blog e pode usar seus critérios como quiser, mas é de se observar que muitos filhos de rapariga, como esse que xingou o Eduardo, acusam os blogueiros de ação antidemocrática por não publicarem mensagens com xingamentos como esse. Isso é mais uma mentira dessa escumalha, pois um blog particular como este pode publicar e deixar de publicar o que quiser por ser um canal pessoal de expressão, ou seja, o blog é do Eduardo, nós comentaristas somos convidados e ele não tem a menor obrigação de publicar nenhum comentário. Além disso para se ter o direito de falar algo deve-se manter um mínimo de educação, que faltou ao verme que xingou o Eduardo.

      No mais não há nem o que rebater nessa mentira tosca. Reduzir os investimentos em saúde, educação e assistência social, reduzir direitos trabalhistas, aumentar o tempo de contribuição e a idade mínima para a aposentadoria, diminuir o aumento previsto do salário mínimo, são todas medidas que prejudicam os trablahadores, portanto não podem ser a seu favor. Principalmente quando se percebe que são pagos valores altíssimos em juros para o mercado financeiros (esse sim um escoadouro de dinheiro público), são perdoadas dívidas milionárias de empresas sonegadoras, doados bilhões do patrimônio público para empresas de telefonia móvel, vendidos patrimônios públicos a preço de banana e concedidos aumentos brutais (várias vezes maiores que os do funcionarismo de baixo escalão) e injustificados para juízes, procuradores e políticos.

      São medidas contra os trabalhadores e o povo em geral que são defendidas apenas por midiotas boçais.

      • Ruy Acquaviva, quando fala em juros altos, ( os banqueiro nunca ganharam tanto dinheiro na era petista), telefonia móvel, ( olha a antena da Oi junto do sítio do apedeuta) sonegadores, corrupção etc eu fico a pensar sobre quem você está falando. Sobre as medidas tomadas pelo atual governo, se elas forem como vocês dizem, para “prejudicar os pobres” então a eleição já está garantida para o apedeuta. A minha opinião é que o atual governo não é tão imbecil como vocês acham, pode ser que, as medidas, venham a prejudicar ao pobres mas a intensão é que elas favorecem aos pobres. Se você não sabe o objetivo do PMDB é ganhar as eleições de 2018. Se as medidas darão errado ou certa é outra questão

        • “Ruy Acquaviva, quando fala em juros altos, ( os banqueiro nunca ganharam tanto dinheiro na era petista), ”

          Essa é uma falácia zurrada repetidas vezes pelos asnos da direita. Em primeiro lugar os juros bancários dos governos do PT foram muito menores do que os do governo tucano do FHC (aquele que é queridinho dos acéfalos que vomitam sua diatribe reaça neste blog) que chegou a ter uma taxa SELIC de 45% ao mês, patamar várias vezes superior aos juros dos governos petistas. Já aí você começa com uma MENTIRA. Depois é importante observar que os bancos tiveram sim muito lucro nos governos petistas porque a economia estava estimulada e eram feitos muitos negócios, então foi bom para eles porque foi bom para toda a sociedade. Além disso em nenhuma época anterior que me lembre ( e acompanho a política e economia nacional há 40 anos) houve tanto incentivo à produção. Na época do FHC os bancos receberam centenas de bilhões através do PROER, que foi o “bolsa banqueiro” do FHC, dando dinheiro a rodo para banqueiros falidos (muitas das quais falências fraudulentas). Antes disso os bancos ganhavam muito, mas muito mais do que na era petista usando a inflação como mecanismo para roubar a sociedade. Como a elite teve que abrir mão da inflação para conseguir impedir a vitória de Lula em 1994, o PROER do FHC se encarregou de regar os bolsos dos banqueiros às nossas custas.
          Então até aqui sua diatribe revela-se um monte de estrume.

          “telefonia móvel, ( olha a antena da Oi junto do sítio do apedeuta)”

          Ficou provado que a antena da OI foi colocada por interesse comercial da empresaporque atendia a vários clientes da região, portanto é outra MENTIRA que você usa descaradamente. Mas quem mandou colocar uma antena deficitária próximo a sua propriedade, como ficou provado, foi aquele asno que você adora, ou adória, o João Dória.

          “sonegadores, corrupção etc eu fico a pensar sobre quem você está falando.”

          Corrupção e sonegação é prática da direita que você defende. Aliás o que se fez após o GOLPE foi institucionalizar o ROUBO através das medidas mais absurdas e desavergonhada da quadrilha de ladrões que vocês coxinhas desonestos (com licença para o pleonasmo) ajudaram a colocar no poder, destruindo a democracia.

          “Sobre as medidas tomadas pelo atual governo, se elas forem como vocês dizem, para “prejudicar os pobres” então a eleição já está garantida para o apedeuta.”

          Está sim, como todas as pesquisas provam. E é por isso que os ladrões de quem você lambe as bolas estão desesperados para impedir que o Lula concorra. E por sinal apedeuta é aquela vagabunda que trabalha na zona e em um malfadado dia pariu você.

          “A minha opinião é que o atual governo não é tão imbecil como vocês acham, pode ser que, as medidas, venham a prejudicar ao pobres mas a intensão é que elas favorecem aos pobres. Se você não sabe o objetivo do PMDB é ganhar as eleições de 2018. Se as medidas darão errado ou certa é outra questão”

          A sua opinião e um monturo de estrume de vaca só não são a mesma coisa porque o estrume um dia vira adubo, passando a ter alguma serventia e a sua opinião nem isso.

      • Creio que o Eduardo Guimarães ainda deixa esses coxinhas escreverem aqui para mostrar o quanto eles são ruins de raciocínio e de uma desonestidade intelectual e de um cinismo galopante. Eles adoram torcer os fatos e partir para a ofensa gratuita. Cabe a nós manter a calma e não cair nas provocações rasteiras deles (se bem que muitas vezes é um tanto difícil, o cinismo e a hipocrisia deles é duro de aturar)!!

    • Infelizmente, para fatos não há argumentos. A PEC 55 só afeta os pobres. O fim da CLT só afeta gente de carteira assinada, pobres, a reforma da previdência afeta mais os pobres. O desemprego, pobres. A classe média vai voltar a ser pobre em 2 anos. Quando Dilma propos a volta do CPMF (que afetaria principalmente quem mais tem dinheiro) o congresso golpista liderado pelos derrotados de 2014 votaram contra pra jogar o país na lama e depois posar de salvadores da pátria. Mas com politicas de retrocesso só estão salvando o bolso deles e dos ricos. Até os ricos sabem disso, só os lobotomizados do JN ainda não viu com clareza, mas vai ver. Pobre sem dinheiro não tem o que gastar no comércio, ou a gente retorna com a democracia ou o buraco nos espera.

  • Faltou dizer que a Argentina apenas sofre o efeito extremo do descalabro fiscal, perpretado por uma sucessão de fracassados, culminando com C Kirchner.

    Chegou-se ao nível de impedir as pessoas de viajar com Dólares, colocando-se “perros” para cheirar Dólares!!!

    O câmbio paralelo correndo solto. Os caras guardando dólares em alçapões…

    A Argentina é uma Banânia com mais cobertura. Só isso.

    http://www.forbes.com/sites/jonhartley/2014/08/04/argentinas-default-lessons-learned-and-what-happens-next/

    Mas é mais fácil culpar os outros. Culpar os “abutres”. Os EUA. A primavera árabe.

    Já as manifestações ridículas de junho foram o que? Uma frescura, um bando de moleques desmiolados. Todo mundontentou colocar no bolso, inclusive Dilma e o PT.

    Mais um dia no País de fracassados.

  • Grande, Edu
    Entendo que a Constituição de 88 foi um marco em que havia muito espaço para implementação de uma social-democracia. Entretanto, a tal PEC 241 derruba essa possibilidade, ao menos por ora. Se por um lado, tínhamos uma social democracia no papel, agora temos uma Constituição neoliberal por, ao menos, vinte anos. Uma vez que estamos à margem da Constituição, temos uma pauta concreta de reivindicações para pleitear o estado de bem estar-social que almejamos. Entendo que a esquerda tenha que se reorganizar, isso é um fato. Quando digo isso, não me refiro à “autocrítica” pública que alguns pregam, mas uma autocrítica interna mesmo, para nos alinharmos novamente ao que a sociedade precisa. O fenômeno do pobre de direita é uma dificuldade que precisamos reverter com inteligência.
    Grande abraço

  • Por isso que eu vou me mudar para a Venezuela! Lá o governo continua de esquerda e o país não pára de crescer, a inflação está controlada e existe fartura de bens de consumo.

    Na Argentina o Macri ganhou na sorte porque a Cristina Kirchner tinha feito um governo maravilhoso e o país estava voando.

    Aqui quando o PT ganhou as eleições o discurso da “Herança Maldita” foi usado por muitos anos, mas quem assume país depois do PT tem que arrumar o país em seis meses.

    A Dilma também vinha fazendo um governo brilhante, é uma articuladora política excepcional. Em 2014 sem o Congresso “conservador” de 2015 e sem o “inimigo” Eduardo Cunha dando as cartas, ano de Copa do Mundo, de construções de estádios, de infra-estrutura, do “legado da Copa” o Brasil cresceu pra caramba!

    Opa… Tá certo isso?

    • Repito: esse blábláblá está com os dias contados. Lembra-Se que avisei que tudo ia piorar com o impedimento de Dilma? Lembra-Se que falei que Lula ia se fortalecer?

    • A Venezuela e Cuba só não cresceram o tanto que podiam por causa do boicote e isolacionismo dos países capitalistas, pois são pequenos e dependentes de recursos. A Rússia possui territorio, população, recursos naturais. O Brasil também. O Isolamento destes grandes países prejudicam mais os que isolam do que os que são isolados. Podem chorar o quanto quiserem, nós e a democracia vamos vencer e este país voltará a ser um lugar de esperança. Venceremos o medo outra vez.

  • Um equívoco que você continua tendo : tanto na tal “primavera árabe”, como nas “manifestações” que ocorreram aqui (2013), e outros países da América Latina, não foi o povo que saiu às ruas, mas as reacionárias CLASSES MÉDIAS CONSERVADORAS E COLONIZADAS. Podemos observar isso até mesmo na tal “Primavera Árabe”. A despeito de críticas que possam ser feitas aos regimes desses países, cada um com suas características próprias, perceberemos que o movimento sempre ocorreu em países que tinham Governos antipáticos aos interesses dos EUA e com alguma rede de proteção ao mais pobres. Podemos tomar o exemplo do Irã(que nesse caso levou a uma derrota dos conservadores, o regime não mudou). Nesse país foram as classes médias conservadoras e colonizadas de lá, que falam em inglês na INTERNET(e não em safir), comportam-se como Ocidentais, desprezando os valores de sua cultura, que pediam a derrubada do Governo de Ahmaninezad e o fim do regime implantado pela Revolução Islâmica, que a despeito de seu conservadorismo religioso, sempre foi nacionalista(contra´rio aos interesses dos EUA) e socialmente progressista(essa útlima característica é pocuo conhecida no Brasil)acabando com o grau de abandono em que viviam os pobres durante o regime pró-Ocidente e multinacionais do Xá Reza Palev. O mesmo pode ser dito no Egito, ainda que a massa nesse caso tenha participado da queda de Rosni Mubarack(Governo apoiado pelos EUA), o que foi um exceção causada pela impopularidade de Mubarack. Lá tambémo Governo progressista da Fraternidade Islâmica, eleito pelo povo após a queda de Mubarack, e que se caracterizava por ser moderado relgiosamente e progressista socialmente, FOI LOGO SUBSTITUÍDO POR UM GOLPE DE ESTADO NEOLIBERAL, QUE COLOCOU O EGITO COMO SATÉLITE DOS EUA E DE ISRAEL, EXATAMENTE O MESMO QUE FAZIA MUBARACK. Isso ocorreu, mantendo-se as gradações das especificidades locais, em todos os países onde a tal “Primavera Árabe” aconteceu. Tanto que, em países que tinham Governos pró-EUA e a primavera Árabe ameaçava regimes já neoliberais e já opressivos para os interesses do povo, as forças da repressão, com o apoio ianque, trataram de esmagar o movimento, por que ele teria bases no povo insatisfeito com Governos neoliberais, como foi o caso do Bahrein(no Egito, devido à complexidade maior da Sociedade egípcia e ao declínio do Governo Mubarack, não foi possível sufocar o movimentos, mas os conservadores agiram logo para que tudo ficasse “ao gosto deles”, derrubando em um ano o presidente eleito, progressista). O mesmo aconteceu em nossa região, NÃO FOI O POVO QUE SAIU ÀS RUAS, NO BRASIL, NA ARGENTINA, NA VENEZUELA E EM TODOS OS PAÍSES ONDE HOUVE MOVIMENTOS SEMELHANTES, CONTRA OS GOVERNOS PROGRESSISTAS. FORAM AS CLASSES MÉDIAS REACIONÁRIAS, DEVIDAMENTE MANIPULADAS EM SEU CONSERVADORISMO E PRECONCEITO DE CLASSE PELOS INTERESSES DAS CLASSES DOMINANTES E DOS EUA. Tanto é verdade que, países ainda dominados pelos conservadores(onde o nível de vida da massa continuava em declínio)não houve os tais “protestos”, como no Peru e na Colômbia. Ao passo que, em países que melhoravam as condições de vida dos mais pobres, houve “protestos”, exatamente organizados por aqueles que se incomodavam com essa melhoria, as classes médias, devido a seus preconceitos, manipulados por aqueles que “perdiam” com essa melhora, os donos do poder e os EUA, quer viam a ordem que garante seu poder e privilégios,e precisa da exclusão social para sustentar-se, ameaçada. O povo teve sua participação, mas no que se refere à omissão diante do que acontecia . Mantido secularmente apático e desorganizado, a massa foi facilmente induzida a ver nos “protestos” de uma minoria o “interesse” nacional(ainda que sentisse que não pertencia àquele grupo)devido à ação da mídia, o que o levou a no máximo “indispor-se” com o Governo Dilma, indisposição também potencializada pelas primeiras ações do segundo Governo Dilma, conservadoras, e que foram comunicadas indevidamente à população, sem um diálogo direto do próprio Governo com o povo, que deixou para a mídia, inimiga dos petistas, a transmissão dessa mensagem(o Governo deveria ter explicado suas medidas conservadoras, das quais eu discordava, e principalmente tê-las dosado com ações progressistas). Ainda assim, o ódio contra Dilma era da classe média, e os pobres, apáticos e manipulados pela mídia. ficaram no máximo “indispostos”, e inertes, diante da destruição do seu destino. É essa inércia que continua até dos dias atuais, que não me dá a mesma esperança que você. ATÉ ACHO QUE OS GOVERNOS CONSERVADORES IRÃO ENFRAQUECER-SE, MAS TEMO QUE A ALIENAÇÃO E APATIA DO POVO, SOMADA À AÇÃO DA MÍDIA, SUBSTITUA-OS POR CONSERVADORES ENRUSTIDOS, QUE APENAS SIRVAM PARA, DE FORMA MAIS SUTIL, CONTINUAR NOSSA DESTRUIÇÃO.

  • Por gentileza Sr Eduardo, fale-nos sobre o “sucesso” do governo bolivariano progressista da Venezuela. Com certeza em termos de democracia (tio Chavez deu golpe se lembra?) e economia temos muito que aprender.

      • Pois é, o preço do petróleo caiu tudo por culpa dUSAmericanu golpistas que pra sabotar a fantástica Venezuela socialista (e também os russos) inventaram esse maledito fracking pra tirar petróleo e gás de pedra (xisto)…

        https://pt.wikipedia.org/wiki/Fraturamento_hidráulico

        Essa maledita Tesla Motors dUSAmericanu também tá sabotando nossos amigos venezuelanos botando no mercado um monte de carros elétricos….

        https://www.tesla.com/

        • Quer apostar que vai ter sindicalista contra a Tesla? Vai tirar emprego dos petroleiros.

          Aqui temos cobrador no ônibus, mesmo com bilhete único!

          Aqui temos que pedir para o frentista colocar “gasolina” (cheia de etanol), coisa que poderíamos fazer por conta própria.

          É como se sobretaxássemos a energia elétrica para ajudar os pobres trabalhadores da indústria de lamparinas de querosene.

  • Na base de toda essa mudança no continente está a o alinhamento e a subalternidade que os donos dos meios de produção tem para com tudo, absolutamente tudo,que vem bilionários dos estados unidos.
    Na busca por dinheiro as elites econômicas repetem tudo que vem do norte.
    Essa lambição das elites ocorre por que ela foram conquistadas e subornadas para adorarem, coca colas, filmecos de super heróis, roupinhas que não condizem com nosso clima, palavras, trejeitos e toda sorte de porcarias que eles identificam como sendo a expressão de um país superior aos nossos.
    Uma elite burra, escravista, racista e subornável pelo maior causador de guerras, golpes e assassinatos políticos desde o fim da II guerra mundial.

    Enquanto não ficar claro e sabido para todos isso, nada mudará, pois juizecos, procuradores e policiais são paus mandados dos que comandam todos os negócios no Brasil.

    Podem escrever sobre isso ou aquilo, mas sem citarmos os nomes, as propriedades e todos negócios dessa gente continuaremos na merda. Desculpem mas não tenho mais tempo para tergiversar…

  • Boa noite, Eduardo!
    Sua descrição é irretocável. Acredito, porém, que o estrago que fazem contra o pais agora se fará sentir por décadas. Infelizmente.

  • :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: A grande mídia (mérdia) é composta por sabujos sujos e sabujas sujas a serviço dos ianque$ e do $ionismo de capital especulativo internacional e outras máfias (como a ma$$onaria) dos e das canalhas direitistas…
    .
    ATENÇÃO, PREZADO BLOGUEIRO PROGRESSISTA EDUARDO GUIMARãES:

    Quando vai disponibilizar a possibilidade de ajuda ao Blog da Cidadania através de contribuições mensais recorrentes no cartão de crédito e/ou contribuições avulsas/assinatura ? . . . Gostaríamos imensamente de também poder contribuir para a manutenção financeira deste valoroso Blog da Cidadania, só falta o prezado blogueiro disponibilizar essa possibilidade. Estamos aguardando ! ! ! !
    :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: A grande mídia (mérdia) é composta por [email protected] [email protected] a serviço dos ianque$ e do $ionismo de capital especulativo internacional e outras máfias (como a ma$$onaria) dos e das canalhas direitistas…
    .
    PARA A ENÉSIMA PUTifARIA ( patifaria + putaria ) DA DIREITA:
    Foi com muito cálculo que se preparou mais essa para o PT (e/ou as esquerdas, o progressismo/trabalhismo). E, ao que parece, o partido não contava nem se preveniu para essa eventualidade. Aliás, é estranho o número de vezes que o PT é pego de calças curtas, desprevenido e perplexo. E, o que mais espanta, é que seus inimigos nem parecem ser tão espertos assim.
    .
    AS MORDOMIAS DOS MARAJÁS EM PÉ DE GUERRA:
    Os 17 mil juízes receberam em média 46,1 mil por mês em 2015;
    Os 1,2 mil promotores e procuradores de Justiça recebem salário máximo teórico de 33,7 mil mensais;
    Magistrados e promotores têm auxílio-moradia de 4,3 mil mensais. Se morarem juntamente com um cônjuge que também tem direito a auxílio, ambos recebem da mesma forma;
    Todos têm 60 dias de férias por ano e, em caso de trabalho fora do local, uma diária equivalente a 1/30 da remuneração mensal;
    Pena máxima em caso de punição disciplinar: aposentadoria compulsória com salario integral (i$$o é punição mesmo ou é premiação ?…)
    .

    Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/distopia [consultado em 01-10-2016].)

    ::
    O fetiche da mercadoria
    ou
    dA coi$ificaçãØ do ser humano
    ……………………………………………para o poetamigo e Doutor em Comunicação Laerte Magalhães
    .
    .
    ..………………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ
    ……………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    ..………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    ……………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    ..………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    ……………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ
    .
    …………………………………………………………………………………(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .
    O poema acima (O fetiche da mercadoria…) apresenta-se, no original, em forma de cubo, o protótipo da mercadoria.
    ::
    ::
    O fetiche da mercadoria
    ou
    dA coi$ificaçãØ do ser humano
    ……………………………………………para o poetamigo e Doutor em Comunicação Laerte Magalhães
    .
    .
    ..………………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ
    ……………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    ..………………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    ……………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    ..………………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    ……………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØØØ
    …………………………..ma$$ificaçãoma$$ificaçãoma$$ificaçãØ
    .
    ……………………………………………………………………………………(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .
    O poema acima (O fetiche da mercadoria…) apresenta-se, no original, em forma de cubo, o protótipo da mercadoria.
    ::
    Desalienando a ma$$ificação coi$ificante
    .
    É melhor
    Ser um, mesmo que zero, à esquerda
    Do que, títere-palhaço, a-penas (só) faz-ser nú-mero$-$$ à direita
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    ::
    Poema Z
    …………………………………………….Para Dilma, Lula e o PT e todas as forças progressistas brasileiras (e mundiais). Sinta-se homenageado/a, também.
    .
    Penso
    Logo(S)
    ReXisto
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    ::
    Doce conformismo ?
    Ou
    Da “queda” da poesia para a história
    .
    As coisas são como são
    E não como deveriam ser
    Penar por elas é em vão (ou não)
    (S)E ultrapassa o próprio viver
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    ::
    ReXistência
    .
    Não deixe que aluguem o seu pensamento:
    Simplesmente mude de canal ou desligue a TV
    Diga “NãO” à Rede Goebbels
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    ::
    (En la lucha de clases)
    .
    En la lucha de clases
    Todas las armas son buenas
    Piedras
    Noches
    Poemas
    …………………………………………….(Paulo Leminski)
    ::
    (Não é a beleza)
    .
    Não é a beleza
    Mas sim a humanidade
    O objetivo da literatura
    …………………………………………….(Salamah Mussa)
    ::
    A existência precede a essência.
    …………………………………………….(Jean-Paul Sartre)
    ::
    .:.
    * 1 * 2 * 13 * 4
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) !!!! Lula (sem vaselina) 2018 neles (que já tomaram DE QUATRO) !!!!
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • Brilhante Eduardo. Como sempre. Nem tem o que acrescentar. Só vou repetir uma fala sua no final do texto com outra palavras.

    A classe média ainda não apanhou o suficiente para reconhecer que foi manipulada pela midia, que errou feio e que deve pedir desculpas ao povo brasileiro que foi contra esta palhaçada. Seus pequenos empreendimentos ainda precisam fechar as portas, seus clientes precisam sumir por completo.

    O pobres que compravam carros populares, carne pro finds, arrumavam os dentes, compravam mais roupas e comidas, que alavancavam o comercio local, não tem mais dinheiro, estão perdendo o emprego e poder aquisitivo. A classe média tem que voltar a ser pobre para lutar com os pobres. Os meus clientes já diminuíram mais da metade de 2014 pra cá. Quebradeira geral do comércio será o norte de 2017. Em 2018 será a vez das indústrias. A cereja do bolo será a volta da inflação em 2019.

  • Eduardo,

    Gostaria de chamar a atenção para a atual questão entre a Russia e EUA, com relação às eleições.
    Acusam a Russia de influenciar no último pleito. Os americanos sabem do que estão falando.
    Alguns exemplos: Eleição na Venezuela, após a morte do Chaves. As últimas, na Argentina e no Brasil.
    É apenas intuição, mas a quantidade de mensagens que correm pelas redes sociais nas vésperas dos pleitos
    é impressionante! Além da grande mídia dar suporte e conteúdo a esses grupos que atuam nessas redes.
    Forte abraço!

  • uma frase lapidar:

    “..No Brasil, os golpistas levaram tão longe a sabotagem da economia com vistas a derrubarem Dilma que não conseguem parar a pedra que empurraram montanha abaixo nos últimos anos..”

    A argentina e o resto são problemas deles ..já a tal sabotagem é problema nosso

    No BRASIL ..sejamos sinceros, DILMA fez por merecer

    Já no início do governo, diante DUM NOVO cenário menos amistoso, ela sabia que teria que mudar o foco de forma consistente ..dialogando, convencendo..

    ..mas ao contrário, preferiu continuar somente com as medidas que, implantadas por LULA, vigorosos efeitos tiveram no governo do Grande líder (como a recuperação do salário mínimo e da renda, expansão do crédito e assistência social, reinserção do país no mundo, adoção do ESTADO como indutor do investimento, não perdendo o foco na importância da educação, entre outros feitos, como com a libertação do fundo monetário internacional)

    ..convenhamos, mesmo herdando de LULA alguns desafios e pendencias (na HABITAÇÃO por exemplo), já naquele tempo o país sabia que precisaria da reforma política, tributária, fiscal, trabalhista e previdenciária e DILMA nada ou pouco fez (pq simplesmente NÃO sabia como fazer NEM articular)

    ..o país SABIA SIM que os investimentos públicos precisariam ser melhor geridos e gestados em seus atrasos, DESVIOS e desperdícios ..sabia que a escolha dos tais campeões nacionais e da priorização pelo CONSUMISMO imediatista de quinquilharias e de bens de consumo, atrelado ao endividamento das empresas e famílias, tinham ido ladeira abaixo..

    ..todos sentiam que verdadeiras reformas profundas como a DESINDEXAÇÃO da economia e melhor regulamentação do agentes e praticas financeiras do BC seriam necessárias pra libertar o país desta política monocórdica e CARÍSSIMA de se tentar enrolar a todos com a tal SELIC que explode como poucos com a capacidade de solvência do estado soberano. (só neste ano já foram pro ralo outros 600 bi com juros ..quase QUATRO vezes o orçamento federal da saúde e educação JUNTOS)

    ..verdade é que depois de SEGURAR criminosamente o cambio e artificializar nos preços e tarifas públicas, de bom mesmo, e em caráter emergencial, já que não se tem notícias do aumento do número de formandos, sobrou de bom do governo de Mama Vana o mais médicos e olhe lá, isso enquanto durar.

    ..e voltando a sua frase lapidar..

    Tenho tb comigo que se DILMA não fosse uma PEDRA pesada ..com certeza, a oposição ferina e BANDIDA não teria tido sucesso em empurrar ladeira abaixo um “ser” tão sem inciativa e nada reativo ..ela que rolou mais fácil do que um bêbado encharcado em PINGA..

    https://www.youtube.com/watch?v=kOjxc4EosL4

  • As mesmas medidas econômicas que os golpistas estão aplicando no Brasil já foram aplicadas na Grécia, Espanha, França, Itália, Portugal. E também no Brasil nos tempos de FHC. O resultado é SEMPRE o mesmo: falências, desemprego, recessão e miséria. É surpreendente que algumas pessoas esperassem resultado diferente agora.
    Segundo Einstein, a loucura consiste em fazer sempre a mesma coisa esperando um resultado diferente.

  • Eduardo,
    Se ao invés do impeachment os sacanas tivessem conseguido a antecipação das eleições aconteceria coisa parecida com o que foi na Argentina. Foi golpe lá também, só que os oportunistas de lá foram um pouco mais sutis.

  • Realmente, Edu, não faz muito tempo e as Américas pareciam viver um sonho. Só havia dois problemas germinando lá atrás que vieram a produzir a crise.
    O Obama é progressista internamente, mas externamente, como todo democrata, é intervencionista. Todos esses movimentos que voce falou, as primaveras e o 2013, tiveram o toque dos EUA. O jornalista independente Pepe Escobar explica tudo didaticamente. E o Snowden prova com documentos.
    A segunda questão é que a política progressista na AL dependeu muito dos líderes populares, como Chávez e Lula. A morte de Chávez foi trágica em todos os sentidos. Maduro não tem a capacidade dele para enfrentar o ataque do império.
    E Lula por ser democrata, abriu mão do terceiro mandato, fácil para ele, na época. Eu acho que foi um erro. Não Brasil a direita jamais será “republicana”. Aqui não é Bélgica, nem sequer Uruguai. Aqui o buraco é mais embaixo.

    • Mas aí eu acho que não tem jeito com um povo como o nosso, que fala com orgulho que vota em pessoas e não em partidos, como se isso fosse o suprassumo da politização, quando é prova de analfabetismo político

  • Com todo o respeito pela Dilma. E mais um detalhe, Edu. O surto coxinha que acometeu até o povão, está passando.
    O povo já faz a comparação do que vive agora com o tempo de Lula e o primeiro mandato da Dilma. Por isso, não adianta Moro e powerpoints, o povão quer a volta do inimigo número da coxinhada

    • Ainda não diria que é “o povo”… Acho que uma grande parcela, mas muita gente boa foi afetada pelo discurso da direita e pelos problemas econômicos que essa direita causou no governo Dilma a fim de derrubar a presidente. Acho que daqui pra frente as pessoas vão começar a perceber que foram enganadas. Eles tentam anular o governo Lula, dizer que o PT ficou 13 anos no poder apesar de ser ruim. Ora, de 2003 a 2014 o Brasil foi de vendo em popa. A vida de todo mundo melhorou. Eles não vão conseguir apagar isso. Duvido que consigam. Logo, logo as pessoas vão estar dizendo “no tempo do Lula que era bom”. Aliás, já começaram

  • Qual ou quais foram as medidas que a Dilma tentou implantar e que não o foram por sabotagem da direita? Pergunto não por ironia, mas é porque não sei mesmo.

  • O fato é que vendem o patrimônio público. Conseguem o que querem e podem até aceitar a volta de um governo popular. Caso este governo avançar com medidas mais democráticas, fazem novo golpe. Não vejo muita alternativa. É ter um governo popular e desapropriar o que venderam. Ter um tribunal popular para punir essa canalhada.Sem enforcamento ou mesmo prisão. É banir esses cidadãos do país. Se tornarão, homens sem pátria. A elite não é democrática. Irão sempre usar armas ilícitas para estar no poder.

  • Duro mesmo Sr.Eduardo, é assistir todos os dias os telejornais ler as noticías na internet, e ver que o Brasil estava sob o jugo de ladrões, que montavam inclusive esquemas internacionais pra roubar o país, agora espero que não venha com o bla,bla,bla que o MP da suiça é golpista, ou que a promotoria do estado de NY é contra o PT, pegaram a maior roubalheira da historia portanto agora o mínimo que deve ser feito como o PT é a cassação de sua legenda pois é fato que o mesmo através de seus membros, montou um esquema de corrupção que visava roubar ao máximo a nação..

    • Coitadinho, parece que nasceu ontem. O Brasil estava sob jugo de ladrões só com o PT, mesmo com Temer e os tucanos envolvidos em corrupção até o pescoço. Essa ética que vocês fascistas alardeiam é ridícula. Só criticam roubalheira se for do PT, inclusive sem provas. Se o ladrão for de direita está liberado

      • Meu deus, mas como coxinha realmente é um ser super idiota que só leva em conta a corrupção do PT e faz vista grossa com a roubalheira dos outros! Bando de otários!!!

Deixe uma resposta para Liduina Cancelar resposta