Comparar Lula com Aécio e Temer é estelionato intelectual

Destaque, Reportagem, Todos os posts

O que desencadeou estas considerações foi um colunista da Folha de São Paulo chamado Hélio Schwartsman. Ele escreveu um texto perigoso porque confunde as pessoas com um simplismo que é melhor chamado de estelionato intelectual.

Alguns poderão perguntar que importância tem esse colunista. Respondo: nenhuma. Poucos são os articulistas que têm importância individualmente. Porém, a tese desse sujeito não é só dele e está confundindo a cabeça de algumas pessoas.

Vamos ao texto.

É doloroso ver esse colunista confundir a cabeça das pessoas misturando acusações frívolas do MPF contra Lula com acusações totalmente comprovadas contra Aécio Neves e Michel Temer.

Contra Temer e Aécio há uma imensidão de provas materiais (áudios, vídeos, documentos) e, contra Lula, não há nada além de acusações de gente que passaria o resto da vida na cadeia se não o acusasse. E que não apresenta uma só prova das acusações que faz.

Vale, portanto, ver o que há contra cada um desses três. Para tanto, o Blog da Cidadania faz um apanhado de várias matérias de vários veículos sobre os três casos.

Provas contra Temer

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF) em junho pelo crime de corrupção passiva. A acusação se baseou em uma investigação contra o peemedebista decorrente da delação de executivos da empresa JBS.

Alvo do mesmo inquérito, Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado e ex-assessor especial de Temer, foi denunciado por Janot também por corrupção passiva.

É a primeira vez que um presidente da República é denunciado à Corte no exercício do mandato. Confira em anexo a denúncia na íntegra e abaixo quais foram as provas apresentadas pela PGR:

Gravações de áudio

Dentre os elementos de prova entregues ao Ministério Público Federal (MPF), as mais contundentes são gravações ambientais em áudio feitas pelo delator e empresário da empresa JBS Joesley Batista. São quatro gravações, sendo que todas as conversas foram registradas em março – uma delas diretamente com Temer na residência do presidente, o Palácio do Jaburu.

A primeira gravação, datada em 6 de março, foi um mero encontro entre Batista e Loures para agendar um encontro entre o empresário e Temer. No dia seguinte, por volta das 22h40, de acordo com um roteiro previamente determinado, Batista foi recebido por Temer no Palácio do Jaburu, sem precisar se identificar na entrada.

Na conversa, Batista mencionou ao presidente que estava tratando dos interesses do Grupo JBS com Geddel Vieira Lima, ex-ministro da Secretaria de Governo, e Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, mas que perdeu contato com eles devido às investigações da Operação Lava Jato.

Temer então indicou Loures como interlocutor. “Pode passar por meio dele, viu? […] da minha mais estrita confiança”, disse o presidente. O empresário e Temer ainda combinaram manter, caso houvesse necessidade, a prática de encontros noturnos e sem registros oficiais no Palácio do Jaburu.

Edição dos áudios

A acusação da PGR garante que o áudio das gravações não sofreu edição. Temer havia insinuado que o áudio possa ter sido manipulado. A Polícia Federal divulgou o laudo de uma perícia realizada pelo Instituto Nacional de Criminalística, que garantiu a plenitude das gravações.

Mala com R$ 500 mil

Loures foi filmado pela Polícia Federal com uma mala contendo R$ 500 mil. O dinheiro foi entregue por Ricardo Saud, executivo da JBS e indicado por Batista para efetuar a transação.

Na conversa entre Saud e Loures, o executivo condiciona o montante do pagamento ao porte do PDL (Preço de Liquidação das Diferenças), valor fixado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em R$/MWh, para a comercialização da energia.

“Abaixo de 300 é zero. Agora, acima, entre 300 e 400, são R$ 500 mil por semana. E acima de 400 é R$ 1 milhão por semana”, disse Saud – promessa que poderia somar R$ 38 milhões.

O acordo era para um ano, mas Loures já vislumbrou a continuação da relação: “A lógica do ano que vem será a mesma lógica de agora.” Saud reagiu: “Você acha que consegue? Esse negócio é uma aposentadoria […]. Nessa semana, está certo.” Quatro dias depois, em 28 de abril, Loures recebeu então uma mala com R$ 500 mil.

Provas contra Aécio

As evidências entregues ao Supremo dificultam a vida de Aécio. O material captado mostra um Aécio que fala ao telefone enquanto Joesley o aguarda para uma reunião no Hotel Unique, em São Paulo.

Aécio desliga o celular, oferece um vinho e elogia a forma física do convidado. Não economiza nos palavrões. No primeiro minuto de conversa, Aécio dispara “cara….” cinco vezes e “filha da…” e “porra” uma vez cada um. Usa os termos de baixo calão em defesa do interlocutor e para atacar a Polícia Federal, que semanas antes deflagrara a Operação Carne Fraca contra a maior empresa de carnes do mundo:

Aécio não para nas críticas ao trabalho da PF. Critica Temer e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, do PMDB do Ceará, por não atuarem firmemente contra a Lava Jato. Fala em ideias para atrapalhar as investigações e aprovar projetos capazes de reduzir suas consequências.

Mais adiante, chega ao que, de fato, interessa. Sob a justificativa de pagar despesas com sua defesa na Lava Jato, pede R$ 2 milhões ao empresário. A gravação é uma das quatro que Joesley entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) no processo de negociação de sua delação premiada. Pode se tornar o epitáfio político de Aécio.

A conversa tem cerca de 30 minutos. Ao ceder ao pedido do senador, o empresário trata de cuidar dos detalhes práticos: “Se for você pegar [o dinheiro] em mãos, vou eu mesmo entregar. Mas, se você mandar alguém de sua confiança, mando alguém da minha confiança”, diz Joesley.

Aécio responde com descaramento que chocaria até o mais corrupto dos políticos. “Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu.”

Fred, no caso, é primo de Aécio. Nomeado pelo senador, Frederico Pacheco de Medeiros foi diretor da Cemig e um dos coordenadores de sua campanha à Presidência em 2014.

Nas semanas seguintes, a PF acompanhou os movimentos de Fred numa ação controlada, autorizada pela Justiça. As imagens e áudios captados durante seus encontros com Ricardo Saud, diretor de Relações Institucionais da J&F e indicado por Joesley para a entrega do dinheiro, não deixam dúvidas.

Saud repassou a Fred o total de R$ 2 milhões acordados na reunião no Unique. Foram quatro remessas de R$ 500 mil cada.

As entregas contam com episódios pitorescos. Na segunda reunião na sede da J&F, o dinheiro já está separado numa sala para ser levado pelo emissário de Aécio. São pilhas e pilhas de notas de R$ 50. Ao abrir a bolsa para acomodar o montante, Fred se dá conta de que o volume de papel não cabe ali.

No encontro seguinte, Saud trata de providenciar notas de R$ 100 para evitar o constrangimento. As fotos da chegada de Fred, das malas e do repasse estão no relatório da PF.

Um dos diálogos gravados aponta a preocupação de Fred em circular com tanto dinheiro vivo. “E quando o cara me parar: ‘Que dinheiro é esse? O cara me pergunta numa blitz e eu digo que é meu? É uma foda”, diz.

Na sequência, Fred trama um plano. Diz a Saud que fará um contrato de compra e venda de uma sala que possui para ter sempre à mão um documento que justifique os valores. Aécio não explica no vídeo por que seu primo foi buscar o dinheiro em espécie para pagar advogados. Se se tratava de um empréstimo, o mais rápido, seguro e dentro da lei seria uma transferência bancária.

As imagens coletadas pela PF mostram que o dinheiro não foi repassado a nenhum advogado – desmentem, portanto, a intenção de Aécio de usá-lo para acertar suas pendengas jurídicas na Lava Jato.

As filmagens mostram que Fred repassou, ainda em São Paulo, as malas de dinheiro a Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar do senador Zeze Perrella (PMDB-MG). Mendherson levou a propina para Belo Horizonte de carro, em três viagens, sempre seguido pela PF.

Mendherson, frise-se, na ocasião era um servidor do Senado, pago com dinheiro público.

Embora a mais flagrante, a tratativa dos R$ 2 milhões não é a única acusação que recai sobre Aécio na delação dos executivos da J&F. Há uma ainda mais devastadora. Em delação premiada à PGR, Joesley relatou que pagou propina de cerca de R$ 60 milhões em 2014 para Aécio, por meio da emissão de notas fiscais frias a diversas empresas. Revelou também ter comprado o apoio de partidos políticos para apoiar Aécio a presidente. Como contrapartida, diz a delação, o tucano usou o mandato para “beneficiar diretamente interesses do grupo”.

De acordo com documento da PGR, Aécio ajudou na liberação de créditos de R$ 12,6 milhões de ICMS da JBS Couros e dos créditos de R$ 11,5 milhões de ICMS da empresa Da Granja, adquirida pela JBS na compra da Seara.

“Provas” contra Lula

Lula foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão, em julho, pelo suposto recebimento em benefício próprio de R$ 2,2 milhões de propinas da OAS, no apartamento tríplex do Guarujá (SP), que, segundo a sentença, era propriedade oculta do petista.

Não há contra ele, nesse processo, nem sombra das provas que há contra Temer e Aécio. Tudo se baseia em suposições da Polícia Federal e do Ministério Público e em acusações de delatores desacompanhadas de qualquer prova material.

Em sua peça condenatória de 208 páginas, após passar metade delas explicando por que não seria suspeito para julgar Lula, ele cita notas fiscais, contratos de fornecimentos de serviços e equipamentos, registros do imóvel, cópias de mensagens de e-mail, registros fotográficos, laudos periciais, relatórios de comissões internas da Petrobrás e apurações do Tribunal de Contas da União (TCU).

Tudo história. Não há nada que sequer se compare com o que há contra Temer e Aécio.

Entre as provas do processo está o Laudo Pericial 0101/2017, feito pela Polícia Federal, sobre rasuras encontradas no registro do imóvel comprado em nome da ex-primeira-dama Marisa Letícia. Nele, o apartamento 171 passa a ser 141 e há um registro “triplex” rasurado.

O documento pode ser qualquer coisa. Lula sempre disse que cogitou comprar o tríplex e depois desistiu. E, aliás, se Lula é acusado de “ocultar patrimônio”, por que faria uma proposta formal de adesão ao tríplex? A prova, na verdade, é uma contraprova.

Também foram encontrados na casa de Lula, durante operação de busca e apreensão em março do ano passado, documentos relativos à aquisição do triplex no então Residencial Mar Cantábrico”, registrou Moro.

Além disso, Moro usou depoimento do ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro, o Léo Pinheiro. Na condenação de Lula, o magistrado diz que Pinheiro “confessou” no processo que reservou o triplex 164-A para Lula, desde a compra do prédio da Bancoop.

Léo Pinheiro disse que o imóvel e as reformas realizadas nele em 2014 foram propina pelos negócios da OAS com o governo, em especial na Petrobrás. O valor teria saído de uma “conta” de R$ 16 milhões reservada para o PT.

Também foram usados como “provas” para encarcerar Lula pelo resto da vida algumas fotos e notas fiscais de “reformas” do tríplex feitas pela OAS.

E por aí vai.

O fato é que são descomunais as diferenças entre o que pesa contra Aécio e Temer e que o desafeto de Lula que pilota a 13ª Vara Federal de Curitiba. Ninguém são e decente diria que se pode comparar uma coisa com a outra.

É por isso que Temer e Aécio são desprezados pela opinião pública enquanto que Lula é, disparado, o político mais popular do Brasil, como mostram as pesquisas. Essa diferença tonitruante de aprovação entre Lula, de um lado, e Aécio e Temer do outro se deve ao fato de que o povo, caro leitor, não é bobo.

*

Assista, abaixo, reportagem do Blog da Cidadania sobre o tema. 

 

  • Romanelli

    A denuncia da compra do apto por lula ..feita pelo mpsp ..foi julgada inepta pela justiça estadual

    No caso de curitiba o grave da questão é que não ha provas de conexão entre Petrobras oas e triplex ..e por não haver conexão isso foi usado como prova da complexidade de como operaria o crime organizado segundo moro
    …um absurdo sem igual

  • Olimpio

    Eduardo, você deve deixar essa matéria em destaque por semanas a fio. Estou enviando o link da matéria para vários amigos. Alguns deles são de classe média e tem acesso aos “blogs sujos”. Se não lerem a sua matéria, ou se a lerem e continuarem achando que LULA=TEMER=AÉCIO, nem o Papai do Céu conseguirá salvar esses animais da sua carga de estupidez.

    É como diz o meu filho que felizmente gosta de ler: “o homem é uma animal POTENCIALMENTE racional”. Ele diz também que o homem só atinge a perfeição na imbecilidade. Ou seja, existe o imbecil perfeito e ninguém mais é perfeito.

    A maioria dos homens morre com o cérebro deteriorado por falta de uso. E alguns deles são professores, pasme!, de Universidades.

    Você merece a minha gratidão pelo esforço de produzir uma matéria de tão excelente qualidade. É uma pena que a maioria dos brasileiros não saiba ou tenha uma preguiça enorme de ler. Mas tá tudo aí.

    • eduguim

      boa

  • Zoé Brasileira

    Excelente trabalho de esclarecimento com fatos comprovados nos casos Aécio e Temer face à fantasiosa perseguição ao Lula, sem comprovação alguma. Ao menos as pessoas amigas, colegas e até parte da minha família, antes dúvidosos quanto ao Lula, estão saturados dessa seletividade. Perdeu o sentido e o impacto esmoreceu. Lula será candidato com ou sem condenação, esse parece ser o caminho. O teu post ajuda muitas pessoas que ainda possam ter dúvidas. Muito bom.

    • Jimmy Cricket™

      ♫ ATENÇÃO: Este comentário é falso. Trata-se de alguém se fazendo passar por mim. Basta ver a grafia de “sentenca” sem cê cedilha e a falta de ponto final na frase. Quem lê habitualmente meus comentários sabe que eu nunca cometeria erros de redação tão primários.
      Chega até a me honrar ver algum troll tentando me personificar; pelo visto, tenho alguma importância. Mas recomendo ao vigarista (desconfio que seja a tal “oneide”) parar com essa bobagem. Acesso o blog várias vezes por dia e desmentirei sempre intrujões como você; suas falcatruas serão sempre inúteis.
      Jimmy Cricket™

      • Guilherme Santos

        Acho que esse também é falso…

        Não é “se fazendo passar” mas sim “fazendo-se passar”.

        • Jimmy Cricket™

          ♫ Mind your own business, punk.

    • Jimmy Cricket™

      ♫ Ah! Na pressa de denunciar esqueci de mencionar a falta de acento em “está”…
      Jimmy Cricket™

      • Sergio

        Correção errada!!! O “alguém” atrai o pronome “se”. Mas, pra mim, as duas estão certas: “alguém se fazendo passar” e “alguém fazendo se passar”. E se mexesse um pouco na frase, um dos dois corruptos comprovados que são assunto do post (Temer) arrumaria um jeito de colocar uma mesóclise e o outro (Aécio) de colocar meia dúzia de palavrões.

  • Elisete

    excelente, Edu.

  • Valdir-Ba

    Prezado Eduardo:
    Uma das coisas que nós devemos entender no fascismo é a falsificação da verdade para confundir os incautos e os desinformados e assim eles atingem seus objetivos com mais facilidade. Não esqueça que ” a mentira dita repetidas vezes passa a ser aceita com verdade por boa parte de leitores e ouvintes”

  • oneide teixeira

    O fato de existir a JBS (e o petrolão) já é culpa do Lula.
    E se não existisse a lava jato?
    Ninguém seria punido, nem Aécio. nem Temer. nem Lula.
    Não haveria gravação, os 51 milhões estariam na conta de alguns politicos etc..
    Não seria bom para o PT, para o PMDB, para o PSDB que a lava jato acabasse ou melhor nem existisse.
    Mas quem seria a favor de acabar com a lava jato?

    • Romanelli

      Td indica que vc é jovem e inocente ..ou q perdeu tempo na vida em não refletir melhor sobre a inter-relação dos agentes e suas implicações ..sobre o interesses GEOPOLÍTICOS envolvidos
      DURANTE décadas o BRASIL se viu obrigado (pelo FMI e agentes de mercado) a se comportar como bom comprador e importador ..podendo inclusive exportar até o limite das suas necessidades, ou até aonde não conseguisse ferir interesses dos países mais poderosos
      ..interessante lembrar a história de Henry Ford que diagnosticou que o BRASIL não poderia ter uma indústria siderúrgica por causa “do clima” (ela que só chegaria com GV pós guerra)
      A JBS, enquanto empresa, cresceu exponencialmente e elevou a capacidade do país em fornecer aos mais ricos não só insumos básicos como pré processados e mais elaborados (tal qual antes uma Sadia e CICA por ex) ..usando uma linguagem que lhe parece mais familiar, ela AGREGOU VALOR aos produtos exportados
      Não só isso, até bem pouco ela se tornou uma das maiores exportadoras, distribuidoras e processadoras INTERNAS de carne nos EUA aonde lá, ela chegou a ser maior do que a instalada por estas bandas ..isso mesmo, nos EUA ..na casa dos ómi ela se tornou um PLAYER MUNDIAL
      ..claro que isso, assim como com as Construtoras brasileiras espalhadas por TODOS os continentes, feriu interesses dos EUA e Europeus
      ..claro que o BRASIL não inovou, que todo país, cedo ou tarde, teve que financiar estratégias de internacionalização dos seus empreendedores (subsidiando e/ou protegendo suas atividades com reservas de mercado por exemplo, ou com recursos adicionais e até guerras)
      ..claro que isso no médio prazo se torna, assim como a segurança alimentar, um importante instrumento de INDEPENDÊNCIA e desenvolvimento, de geração de riqueza e de IMPORTAÇÃO de POUPANÇA
      ..Lembro a vc que HUGO Boss, BASF, BAYER, HOESCHIT, Krupp, Siemenns, Porshe, BMW, Daimeler e tantas outras colaboradoras como IBM, FORD, OETKER e Nestle, ainda vivas, colaboraram diretamente com os nazistas ..mas nem por isso com o fim da guerra estas empresas foram destruídas ..já aqui bastou um sopro da LAVA JATO pra jogar empreendimentos estratégicos e MULTI bilionários ao chão e DESMERECIDOS por péssimos brasileiros como VOCÊ (..um prejuízo incomensurável ..que levará décadas pra ser reposto, mas NUNCA compensado pelos anos perdidos)
      Em que pese as falhas éticas praticadas ou “forçadas pela conjuntura política”, cometidas por personagens como Eike, os Batista, Odebrecht e tantos outros, com certeza as empresas que construíram com a ajuda de milhares de brasileiros, e do próprio país, JAMAIS poderiam ser penalizadas pelos pecados cometidos por seus sócios ..e NEM POR CAUSA DELAS outras novas empresas deverão deixar de existir só pq alguns cidadãos se distanciaram da ética
      Assim, segundo você, o governo LULA pode ter sido SIM o maior responsável e MAIOR FIADOR da política de internacionalização de muitas empresas e até bancos via BNDES ..mas isso, ao contrário de ser visto como um fardo ou pecado, pra mim é mais um motivo pra comemorarmos e torcemos pra que este grande LÍDER NACIONALISTA e humanista possa voltar pra retomar esta IMPORTANTE OBRA que, sem duvida, ajudaria o país a se reerguer depois deste ataque TERRORISTA que sofreu por parte de cidadãos indignos do solo que pisam e do país que lhes da abrigo, a si e as suas famílias.

      • Ruy

        Romanelli, muito obrigado. Espero que a Oneide, pelo menos leia a sua resposta a ela.

      • oneide teixeira

        E meio que um paradoxo JBS/PT. A JBS se financia com dinheiro público e o PT se financia com a JBS. ( JBS representando as “elites” e o PT representa a classe politica).
        Tudo mundo ganha menos a população.

    • Sávio Valença

      “O fato de existir a JBS (e o petrolão) já é culpa do Lula.”

      Vc é um imbecil mesmo. Seu nazi, vc foi ao extremo do extremo, superou os prevaricadores da república e o juizeco de Curitiba. Gente nojenta como vc merece um dia sofrer com o arbítrio. O fato de existir nazismo e fascismo já é culpa de gente como vc, aí sim é um fato verdadeiro. A sua amada JBS conspirou contra o PT e se aliou a sua amada direita, como isto é culpa do Lula? As negociações da JBS sempre foram com Aécio, Temer et caterva. Leia o texto, seu babaca.

      “E se não existisse a lava jato?”

      A Lava Jato deveria existir respeitando a lei, sem perseguição, seguindo o rumo correto de uma investigação e das leis. Esta Lava Jato que está aí, a da primeira instância, é uma farsa criada para acabar com Lula, como o PT, detonar a economia em favor do golpe, entregar o Pré-Sal, detonar a construção civil pesada em favor das multinacionais da construção civil norte americana. Somente vcs nazis é que gostam de uma Lava Jato assim, perseguidora e arbitrária.

      “Ninguém seria punido, nem Aécio. nem Temer. nem Lula.”

      Até agora, o único punido foi Lula, e é o único inocente.

      “Não haveria gravação, os 51 milhões estariam na conta de alguns politicos etc..”

      A Lava Jato do Supremo é diferente da Lava Jato do juizeco.

      “Não seria bom para o PT, para o PMDB, para o PSDB que a lava jato acabasse ou melhor nem existisse.”

      Seria bom que a arbitrariedade, a condenação por convicção e a perseguição da Lava Jato do juizeco acabassem, e começasse uma Lava Jato de primeira instância que fizesse tudo correto.

      “Mas quem seria a favor de acabar com a lava jato?”

      Eu sou a favor de acabar a Lava Jato do juizedo, dos prevaricadores tucanos e dos delegados da PF tucanos. Desta sim, sou a favor que acabe.

      Ps.: Vcs nazis dos 4% estão voltando ao seu tamanho original. O povo que tanto ganhou com o PT vai dar uma banana para vcs golpistas.

    • Ruy

      O fato de, hoje, existir politico corrupto sendo indiciado, e alguns até presos, sua anta, isto sim é culpa de Lula, Dilma e do PT. Oneide, sua cachorra vendida.

    • Kelly Batista

      Perfeito!

  • Mauro D.
  • luiz

    Com certeza, são incomparáveis, lula é muuuuuuuuito mais esperto.

  • Zibinho Meireles

    A miniatura de jornalista, figura que não mereceria o menor crédito. Se tivéssemos um país de trabalhadores conscientes, já estaria jogado fora no lixo tal qual o estrume que julga produzir, e a empresa jornalística que o abriga.

  • Atineli

    O Brasil mostra sua cara : “racista, ignorante, injusto, cheio de odio e conivente com os verdadeiros corruptos” (DCM / Joaquim de Carvalho):
    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/impunidade-de-temer-e-aecio-e-parte-da-tragedia-que-ameaca-conquistas-sociais-por-joaquim-de-carvalho/

  • Felipe

    Lula, Temer, Aécio, Renan; todos injustiçados, perseguidos e unidos contra o MPF e a magistratura federal.

  • Antonio Lyra Filho

    A melhor análise que li até o momento com relação ao triplex.

  • Ruy

    Confusao da cabeça de jornalista, uma banana, Edu. Sao maus-carateres mesmo. Mas ja’ sabemos disso, né!

  • atn amigos, bem proximo deste tema do Eduardo…
    Alo, alo, sr Adenor Bacchi, tmb conhecido como técnico Tite!
    Se voce quer manter o seu muito bom nome irretocável como está junto ao seu povo, por favor, dê apenas um (01) telefonema á assessoria de Imprensa ou secretaria da presidencia do palacio do Planalto!
    É que, segundo a imprensa, está nascendo ali uma ideia de campanha politico-publicitária bem jumentina, cujo FOCO é comparar o libanes Temer com voce… e por contraponto comparar Dilma Roussef com Felipe Scolari.
    Dar um telefonemazinho rejeitando USO de seu nome e informar disso algum sólido jornalista da praça por ex. Juca Kfouri.
    E creio que estará, em prol de todos, resolvida a questão.

  • E lembrar a todos os classe media verde amarelos ,coxinhas ou não, que o Lula Nine não tem foro privilegiado porque nao quer!
    Seria deputado se quisesse por qualquer dos 27 estados. Seria Senador se o quisesse, tal como sarney o fez, mas por uma dúzia de estados, á sua escolha.

  • Max Barradas

    o que podemos dizer sobre os que estão vendendo o futuro da nação? esse jogo de poder será consumado com a anulação das eleições de 2018, no caminho que estamos percorrendo encontra-se esse destino fatídico, acordemos urgentemente, precisamos articular várias ações de paralisações e protestos mesmo que iniciem fracos, façamos com frequência e que com essa frequência desses atos com certeza tomarão a proporção e tamanho suficientes para conseguirmos um governo nacionalista para um Brasil melhor e soberano, dono do próprio destino.

  • eduguim

    já excluí.

  • eduguim

    já apaguei

    • Jimmy Cricket™

      ♫ Este comentário é do troll fajuto, Edu. Pelo visto, ele está tentando criar confusão. O blog na certa tem problemas e está divulgando meu e-mail. Me admiro por ainda não terem enchido meu Outlook de lixo…

  • valéria PE

    Edu , excelente texto. Vou enviar a todos os meus contatos.

    • eduguim

      grato, valéria

  • Maria Aparecida

    Eduguim,
    Estarei guardando esta excelente matéria para poder argumentar contra os tolos, que querem, de toda maneira, igualar Lula, PT, Dilma aos bandidos de direita!
    Excelente matéria!

    • eduguim

      valeu

  • Rogério Ferraz Alencar

    Por muito tempo li a coluna de helio schwartsman e até trocava e-mails com ele, até descobrir que ele era uma fraude. Altamiro Borges, se não me engano, foi quem melhor o definiu: por trás da aparência de alguém ponderado estava um troglodita da direita. helio schwartsman apoio o golpes em Honduras (foi onde começaram nossas desavenças) e no Paraguai. Apoiou também o golpe conta Dilma. Fez uma matéria sem pé nem cabeça sobre quantas vítimas a gripe suína faria no brasil e, quando escreveu, posteriormente, para dizer que acertara em cheio, o então ombudsman da folha Carlos Alberto Lins da Silva chamou o texto de surreal. Quando gilmar mendes inventou a lorota de que Lula queria que ele manerasse no mensalão, e foi desmentido por Lula e Nélson Jobim, helio schuwastsman ficou com gilmar mendes. É um supertucano enrustido.