Doria recua de dar ração humana a alunos de escolas municipais

Últimas notícias

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), sinalizou, na tarde desta quinta-feira (19), que poderá estender o prazo de início de distribuição da farinata a alunos da rede pública municipal de ensino, previsto por ele para ocorrer até o fim deste mês.

“Se precisar um pouco mais de tempo, nós não temos que ter pressa”, disse em visita a Goiânia, onde se encontrou com o governador Marconi Perillo (PSDB), participou de um fórum e ainda receberia o título de cidadão goiano.

A farinata é uma farinha feita com alimentos perto de atingirem a data de validade que seriam descartados por produtores ou revendedores. O produto serve de base para o granulado alimentar que virou polêmica nos últimos dias, quando Doria divulgou que distribuiria o composto para famílias de baixa renda da cidade.

Com o anúncio de introduzir a farinata, o prefeito ignora a Secretaria de Educação e normas municipal e federal que regem a alimentação escolar.

Questionado se manteria a previsão inicial de incorporar o composto à merenda escolar, o tucano não deu prazo. “Estamos estudando isso, porque o objetivo é sempre fazer algo positivo e adequado”.

Segundo o prefeito, a proposta da farinata foi transformada em um projeto de lei e que a sancionou após ser aprovada pela Câmara. O programa de alimentação solidária, apresentado para a prefeitura, foi desenvolvido por uma ONG.

  • Romanelli

    Aonde ele esta hoje ?

  • Leici

    Que barbaridade, para Doria os pobres são como ETs, ele não entende como vivem e do que precisam.

    • eduguim

      pobre São Paulo

  • Romanelli

    Pobre NÃO PODE ter habito alimentar ..diz o coronel Dória Veríssimo

    https://www.youtube.com/watch?v=9hMSkAqtxns

    Estes pobres me dão um nojo

    https://www.youtube.com/watch?v=0XFpBLE22-k

    https://www.youtube.com/watch?v=-PViTC9vNA8

  • Helena/S.Andre (SP)

    Olha só que interessante o post que acabei de ler no blog do Nassif: “Mais denúncia no caso da ração para pobres: quanto mais se cavouca, mais fede”. Esse post fala da Missão Belém, que está desde 2011 sendo investigada pelo MP e pela prefeitura de Jarina, por conta de um um abrigo para drogados e indigentes, numa instituição de religiosos católicos, em Jarinu, onde morreram 14 pessoas em um mês. Os que morreram no período apresentavam quadro de diarreia e vomito, seguido de desnutrição, desidratação e intoxicação alimentar. Outros 19, internados com os mesmos sintomas, sobreviveram. As vitimas moravam no sítio da Missão Belem. Metade delas era de idosos e moravam no sítio há anos. O estranho é que a Arquidiocese de SP e a Missão Belém estão, lado a lado, como colaboradores da Plataforma Sinergia, assim como a Prefeitura de São Paulo neste caso da ração humana que Dória quer distribuir aos pobres e incluir na merenda das crianças de SP. Tem coisa aí gente! E não é coisa boa.
    https://jornalggn.com.br/noticia/mais-denuncias-no-caso-da-racao-para-pobres-quanto-mais-se-cavouca-mais-fede

  • Helena/S.Andre (SP)

    As mães das crianças das escolas municipais estão revoltadas e vão fazer uma manifestação na Av. Paulista, hoje, às 18:00 hs. “Nossos filhos não são lixos”, reclamam familiares das crianças e com toda razão.
    https://www.revistaforum.com.br/2017/10/19/revoltadas-maes-de-sao-paulo-marcam-manifestacao-contra-doria-e-sua-racao-humana/

  • Rui

    Orque não dá essa farinata pro Aécio?

  • É, pobre tem que dar graças a Deus se comer, mesmo que seja o lixo que o Dória chama de comida. Afinal, seu cachorro tambem come ração e nao reclama ne? Nesse post eu falo um pouco sobre o que eu penso da “raçao pra pobre”.

    amaoesquerda.com/racao-para-pobre/