“Brasil é o país mais racista do mundo”, diz esposa de diplomata francês

Destaque, Últimas notícias

Em tempos de William Waack e do desmascaramento do nosso racismo “cordial”, vale rever a incursão que a esposa do cônsul da França em São Paulo, Alexandra Loras, fez entre 2015 e 2016 no Brasil. Negra e ativista contra a discriminação racial, ela se disse espantada com o racismo brasileiro, que considera o pior do mundo devido à negação do problema pela elite branca local

 

  • Carlo Ponti

    A hipocrisia é tanta que o Ali Kamel faz um livro com o título ” Não Somos Racista” e ao ler o livro, fica demonstrado que o título deveria ser: “Nós Somos Racista”

  • Jimmy Cricket™

    Como diria PHA essa é uma negra de alma branca

  • Carlos

    Edu, é esse o nome da moça : “esposa de diplomata francês “? Ao que parece o nome dela pouco importa. O importante é que ela seja negra e esposa de um diplomata francês. O resto não interessa !

    • eduguim

      Eu não tenho mais paciência com a burrice, mas com a má-fé eu tenho revolta. Você comenta aqui desde 2014. Seu IP é 200.169.41.117. Antes de falar sobre sua mediocridade e má-fé, porém, quero lhe dizer que, além de tudo, você é burro. Releia o texto:

      “Em tempos de William Waack e do desmascaramento do nosso racismo “cordial”, vale rever a incursão que a esposa do cônsul da França em São Paulo, Alexandra Loras, fez entre 2015 e 2016 no Brasil. Negra e ativista contra a discriminação racial, ela se disse espantada com o racismo brasileiro, que considera o pior do mundo devido à negação do problema pela elite branca local”

      Será que não é capaz de ler que o nome dela é Alexanra Loras? Alfabetize-se.

      Mas você está sempre me atacando, desde 2014. Já usou aqui os seguintes nomes:
      Flávio Moreira
      Cláudio Oliveira
      Maria Goes
      Henrique Mondim
      Carlos Augusto
      André Gomes
      Marcos Oliverira (assim mesmo, errado, duas vezes no mesmo dia)
      Marcio
      Renato Silva
      Leal
      Carlos Henrique
      Fernando
      Sérgio
      Edilson

      E hoje:

      Carlos
      [email protected]
      200.169.41.11

      Mas que babaca. Que covarde. Que sujeitinho pequeno e assustado pra ter que usar esses estratagemas só para insultar pessoas honradas e corajosas que assumem seus atos e palavras, como eu.

      Enfim, isso vai acabar. O novo sistema de comentários entra o ar na semana que vem. Chego a lamentar, por um lado, porque vocês me dão a oportunidade de expor vossa mediocridade.

      Mas os outros leitores ficam incomodados. Se fosse uma pessoa de direita mas decente, altiva, respeitável, tudo bem. Mas é uma ratazana que se arrasta pelos desvãos obscuros da internet para dar vazão às suas perversões.

      Vá se tratar, canalha

      • Denise

        Estamos juntos Edu!
        Vai para cima deles mesmo

    • Celso Junqueira

      Você é burro pra cacete, heim? Que porrada você levou.

    • Zenio Silva

      No meio do idiota Edu!!!

  • Renata

    Concordo com você, Edu, permitir comentários de todas as linhas de gente que argumenta – e põe o próprio nome. Eu gosto de discussão de ideias para a gente não ficar cristalizado. Mas fico impressionada que existam covardes e ratos como esse sujeito. Deve ser um mal estar psicológico esse negócio de ficar trocando de nome.

  • Renata

    Simpatia, a Loras, uma pessoa da elite que se envolve e põe a mão na massa. Me contaram que uma vez quiseram impedi-la de entrar no clube Pinheiros porque estava sem roupa de babá. Ela conta que recepcionando convidados ao lado do marido, muitas pessoas já deram o casaco para ela guardar. O alerta que ela faz sobre o racismo no Brasil é muito sério e acho que é isso mesmo.