IBOPE sugere que LULA é favorito para 2018

Análise, Destaque, Todos os posts

O jornal O Estado de São Paulo desta sexta-feira publicou uma pesquisa Ibope sobre a visão do brasileiro sobre a economia. Dizem que a pesquisa também versou sobre o cenário eleitoral para 2018, mas nem o Estadão nem o Ibope disseram que essas perguntas foram apresentadas aos entrevistados pelo instituto de pesquisa de opinião.

É bastante improvável que o Ibope não tenha aproveitado a oportunidade para saber a quantas andam as intenções de voto dos brasileiros. E o fato de não divulgar esses números imediatamente induz à crença de que os números não agradaram a quem encomendou a pesquisa e pagou por ela.

Provavelmente este post ainda estará no ar se ou quando o Ibope divulgar os números da sucessão presidencial, mas uma conjunção de fatores mostra que Lula deve aparecer bem na foto. E não será surpresa se os números de Bolsonaro tiverem estancado.

Essa conjunção de fatores que induz à crença em fortalecimento de Lula inclui fatores alheios ao Ibope. Outros fatos mostram que a candidatura do ex-presidente já é irreversível e que tirá-lo da disputa eleitoral pode estar ficando inviável.

Vamos entender.

Antes de falar dos números do Ibope que favorecem Lula, falemos do clima político que está se formando.

Nesta sexta-feira, 1º de dezembro, o mesmo Estadão divulga que a base aliada do governo Temer está “dividida” e já fala até em apoio a Lula na eleição do ano que vem.

Diz o Estadão:

Embora o Planalto defenda uma candidatura única à Presidência em 2018, a maioria das siglas da base aliada vê um cenário ainda incerto e evita se comprometer com nomes colocados como possíveis candidatos. Há dirigentes que falam em candidatura própria e até em apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), caso ele seja candidato

Quem acredita que políticos de todas as tendências estão se movendo em direção a Lula por terem tido alguma epifania, não entende de política. O que ocorre está bem demonstrado na pesquisa Ibope que versa sobre como o brasileiro vê a economia e a governança do país.

O Ibope mostra que o otimismo dos brasileiros em relação ao desempenho da economia teve uma queda significativa e chegou em novembro ao patamar mais baixo dos últimos oito anos, segundo série histórica de pesquisas Ibope. Apenas 21% preveem mais prosperidade no próximo ano – metade do porcentual obtido no levantamento anterior, feito no final de 2016.

Mas não é só. Ibope traz outras más notícias para a direita. Mais de 80% da população considera que o governo brasileiro é corrupto, que está no rumo errado e que não respeita a vontade dos cidadãos.

86% concordam com a afirmação de que o governo é corrupto. Para 81%, a vontade da população não é respeitada. Apenas 12% consideram que o País está sendo conduzido pelo caminho certo, e 85% opinam o contrário

Isso decorre, respectivamente, dos escândalos de corrupção envolvendo peemedebistas e tucanos que se uniram para acusar o PT daquilo que praticam, pela insatisfação com a administração da economia e com a adoção de “reformas” que tiram direitos do trabalhador e que são malvistas pela esmagadora maioria da sociedade.

Ainda que alguns espertalhões da direita achem que podem jogar a culpa por Temer no PT, o fato é que ele e seu partido se uniram aos tucanos e a setores da mídia e se converteram nos soldados do antipetismo.

Temer apoia e é apoiado pelos movimentos fascistas que promoveram grandes manifestações pelo impeachment de Dilma e o resultado disso é o profundo enfraquecimento desses movimentos, agora desmoralizados por apoio dado aos odiados Aécio Neves e Temer, ainda que tenham colocado um pé na canoa de Bolsonaro.

Tudo somado, fica fácil entender que a população tende a se apegar à única coisa concreta que tem para se apegar, ou seja, sua experiência de vida no que diz respeito a época em que o país ia bem, todo mundo ia bem.

Temer, MBL, Bolsonaro e a mídia subestimam demais o povo. Claro que esse povo se deixou enganar pelo esquema magistralmente urdido para derrubar o PT do poder. Mas, em algum momento, conforme o sofrimento for aumentando – e os números mostram que está aumentando e aumentará mais –, as pessoas começarão a se lembrar de quando a vida era mais fácil e as conquistas mais frequentes.

Já disse um milhão de vezes e direi outro milhão: o PT não governou o Brasil por um mandato, foram 3 mandatos inteiros de muito bem estar no país. Foram 12 anos de bonança. Só um povo enlouquecido e absolutamente irracional esqueceria de quanto sua vida melhorou naqueles 12 anos.

A análise que você acaba de ler vem sendo feita neste Blog desde que o golpe se desenhou, lá em 2015. E a cada mês que passa ela se torna mais sólida. Não há como o povo não vir a exigir a volta de Lula, ano que vem. E nem é preciso dizer quanto os brasileiros ficarão frustrados se essa opção lhes for tirada por uma manobra pseudo jurídica. Se não partirem para a briga, votarão em quem Lula indicar.

Assista, a seguir, o comentário em vídeo de Eduardo Guimarães e, em seguida, um segundo vídeo que ensina como ser notificado cada vez que o Blog publicar uma nova matéria.

COMO RECEBER NOTIFICAÇÕES DO BLOG

  • Jimmy Cricket

    ☺ “Eu não tenho escrúpulos. O que é bom a gente fatura; o que é ruim, esconde.”
    O espírito do Rubens Ricupero domina não só os canalhas, canalhas, canalhas que se assenhorearam do governo como também o Bundão de São Paulo, a Rolha de São Paulo, a Vesga, a QuantoÉ e a Épaca. Mas o número de crentes despenca dia e noite, consumido na voragem da qualidade de vida degringolante. Ao cair nesse despenhadeiro, os trouxas se dão conta do quanto foram enganados. E o povo é como a Natureza: dificilmente se defende ou reage, mas inevitavelmente se vinga.
    Essa vingança é o voto; embora eu acredite que a finalidade máxima do voto é mais nobre que isso, não desprezo quem vota por vingança. Qualquer um pode errar, mormente se enfeitiçado pelas sereias rancorosas e tonitruantes tipo Aébrio Never et al. Mas um dia abre os olhos, empunha seu voto – sua pequena grande arma – e parte para cima.
    A ditadura anterior durou 21 anos; esta não chegará a três…

    • Comissão de Cultura aprova fundo para mídia independente

      “A proposta ajudará a democratizar os meios de comunicação”, argumentou a relatora, deputada petista Maria do Rosário
      A Comissão de Cultura da Câmara aprovou nesta semana o projeto de lei (PL 7.354/14), que cria o Fundo de Desenvolvimento da Mídia Independente. O projeto, de autoria da deputada Luciana Santos (PCdoB-PE), teve como relatora a deputada Maria do Rosário (PT-RS).
      http://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2015/08/Deputados-votam-o-projeto-de-lei-para-incluir-o-feminicidio-na-lista-de-crimes-hediondos-foto-Gustavo-Lima-Camara-dos-Deputados_0005-780×440.jpg
      “A proposta ajudará a democratizar os meios de comunicação”, argumentou Maria do Rosário. “Ao fomentar o florescimento de mídias alternativas, contribuirá para que a realidade chegue ao público por novos ângulos, novas visões, novas opiniões, engrandecendo o debate público sobre temas importantes para a população”, completou.

      O texto aprovado define como mídia independente emissoras de rádio e TV comunitárias, incluindo as utilizadas por organizações não governamentais (ONGs) e universidades, as rádios e TVs educativas, produtoras brasileiras regionais independentes e veículos de comunicação de pequeno porte. Os recursos do fundo poderão ser destinados, por exemplo, para a instalação, a manutenção e para a modernização desses veículos, para a contratação de pessoal e para a geração de conteúdo.

      Para viabilizar o projeto, o fundo será composto por dotações previstas na Lei Orçamentária Anual da União; 50% dos recursos arrecadados com a outorga de concessão ou permissão de serviços de rádio e TV comerciais; contribuição de 1% sobre a receita operacional bruta, excluídos os impostos, de emissoras de TV a cabo e de emissoras de radiodifusão comerciais que não sejam classificadas como veículos de comunicação de pequeno porte; por porcentagens específicas da parcela paga por concessionárias de serviços de rádio e TV para o Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel); além de doações e outras fontes que vierem a ser criadas.

      O projeto, que será analisado conclusivamente pela Comissão de Ciência e Tecnologia, estabelece que cabe ao órgão responsável pela elaboração das políticas de cultura definir e acompanhar a aplicação dos recursos do fundo, além de propor o orçamento do fundo e prestar contas de sua execução orçamentária e financeira.
      http://www.pt.org.br/comissao-de-cultura-aprova-fundo-para-midia-independente/

  • Bruno Wagner

    Obg pelo trabalho!!

  • Nigro

    Eles perderam onquenrestava de vergonha. Outro dia ouvino Jader Barbalho declarando o apoio a Lula, em funcao de sua forte chance eleitoral. É o fisiologismo declarado. Pior é ver que apesar de tudo o apoio será bem vindo.

  • Trazibulo Meireles de Souza

    A mídia desmoralizada propineira Globo à frente, com os seus patrocinadores propineiros eis o caso Friboi/JBS, não conhece o povão que deu nas urnas 4(quatro) eleições ao PT.

  • Rogério Bezerra

    Feita entre mi e bilionários e os servidores golpistas da PFFF, MFPPP, FFAA e todo o Judiciário a pesquisa teria outra resultado: A diferença da Taxa Selic e a inflação para o Rentistas, e os aumentos sucessivos em 18 meses totalizam que superam 20%, fazem com que esses “espertos” vejam um futuro como… Radiante! Chupa, Parentada burra!

  • Elena

    Governo Lula já conhecemos e foi o melhor de todos que tivemos até agora. Então por que trocar o certo pelo duvidoso? Só Lula para dar esperança de dias melhores para nosso povo sofrido que está até voltando a usar fogão a lenha. Chega de amadores! Queremos Lula e ponto! O mercado pode chiar a vontade e querer nos empurrar Alckmin goela abaixo, mas o governo pífio que esse cidadão fez em SP não convence mais ninguém. É Lula 2018! Não tem pra ninguém!

  • Belmiro Machado Filho

    O que fica cada vez mais claro é a ignorância dos fatos e a dificuldade
    de compreensão dos eventos mais evidentes por parte da chamada “classe média”.
    Já os mais pobres, têm mais discernimento e sabem melhor o que lhes convém. Ninguém
    atende melhor aos anseios e as expectativas dessa parcela da população do que
    LUÍS INÁCIO LULA DA SILVA.

  • Hermes Sanchez

    Em abril de 1994 o Lula tinha 40% contra 12% de FHC
    E1998 o Lula empatou em 30% com FHC em maio na pesquisa
    O Maluf sempre, nas campanhas que fez, começava às pesquisas com > 30%
    Em exemplo mais recente, o Russomano 2 meses antes das eleições 2016 tinha 31% contra 5% do Dória
    Para 2018, nem candidatos definidos temos, nem se sabe se o Lula concorrerá

    • Jimmy Cricket

      ☺ Só uma mistura de bocó e malandro cocô do Morro da Bosta como você para comparar a situação de 1994 com a atual. Naquele ano, o país surfava no Plano Real safadamente atribuído ao FH-Gá. Hoje o país enfrenta uma recessão talvez pior que a de 1966, quando, quero crer, você ainda estava no calcanhar do Judas.
      Bom, o FH-Gá e o Maluf estão politicamente mortos e a coisa mais semelhante a um Russomano é o Boçalnazi.
      Você não se enxerga, cara? Faz a barba pelo tato, sem olhar no espelho? Tem mãe?

  • Jorge Flores

    Kkkkkkkkk Lula disparado nas pesquisas para a cadeia. Mídia comprada e desesperada. Espera um pouco. Essa mídia manipuladora vai ter o que é merecido!