2018 será ano de luta (eleitoral) de classes. Prepare-se

A boa notícia é que o povo está percebendo que Dilma foi sabotada para que, saindo do poder, os golpistas pudessem retomar tudo o que os governos petistas deram em termos de distribuição de renda. A má notícia é a de que essa elite (mídia, capital, Judiciário e esse Congresso) usará o poder de Estado para impedir a redemocratização do país. Produzi um vídeo para explicar a tese. 

Ideólogo do antipetismo “avisa” sobre força crescente de Lula

Reinaldo Azevedo confirma, em artigo, o que todos sabemos, que Lula caminha para se tornar uma força eleitoral imbatível que só poderá ser anulada através da violência judicial, já que a violência física, pelo menos até o momento, é improvável. Não deixe de ler essa análise. Vai te animar. E o melhor é que é 100% verdadeira e realista.

Lula será eleito porque reencarnou a esperança popular

Sabe quais são os únicos candidatos a presidente que estão se fortalecendo eleitoralmente no Brasil? Lula e Bolsonaro. Por que? Porque são os que prometem estancar o empobrecimento que Temer e os tucanos terão gerado. Só que Bolsonaro quer tirar do pobre e dar ao rico e Lula quer tirar do rico e dar ao pobre – não existe almoço grátis: para um grupo ganhar, o outro tem que perder. Essa será a disputa em 2018.