Indicado por Lula é favorito na eleição presidencial

Além de a Folha de SP ter escondido dado apurado pelo Datafolha de que o candidato favorito a presidente, neste momento, é o que for indicado por Lula, o instituto, por sua vez, não colocou a opção “candidato indicado por Lula” na pesquisa sobre o segundo turno de modo a esconder que esse seria o vencedor da eleição presidencial deste ano. A situação eleitoral dos golpistas é desesperadora. Para eles.

Educar o povo brasileiro

“(…) Pessoas de escolaridade mais alta, com maior renda, mais jovens, moradores de áreas urbanas e de estados mais desenvolvidos, tendem a ser menos hostis a mudanças, mas nunca em proporções elevadas (a aceitação de que o aborto não seja considerado crime é de 10% entre pessoas de baixa ou nenhuma escolaridade, mas vai a apenas 20% nas de alta escolaridade). Ou seja, se quisermos falar em conservadorismo, trata-se de um fenômeno majoritário na sociedade inteira (..)”

Marcos Coimbra, no Correio Brasiliense de 08 de dezembro de 2010

Como a direita se enterra

Há uma reflexão que me parece importante para se compreender por que quanto mais o discurso da direita é amplificado pela mídia, mais prejudica o candidato conservador à Presidência da República, José Serra, bem como Marina Silva, sua preposta na disputa, uma candidata de mentirinha elaborada como pretensa forma de retirar votos da única candidata progressista com chance de vitória, Dilma Rousseff.

Quem fraudou pesquisas pode fraudar de novo

Será inaceitável que fraudes em pesquisas venham a influir – ou a tentar influir – no processo eleitoral que elegerá o novo presidente da República Federativa do Brasil. Será injusto, antidemocrático e criminoso – e pesquisas têm essa possibilidade de influir, como se sabe. Desta maneira, os que defendemos a democracia temos que agir apesar das dificuldades que nossas vidas privadas nos acarretam.