Governo pode recorrer de veto à publicidade

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, disse ontem que lamenta, mas respeita a decisão do plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) de suspender a campanha publicitária do governo para divulgar o pacote anticrime – conjunto de medidas apresentadas pelo ministro ao Congresso e voltadas para redução da violência e da corrupção. Ele acrescentou, porém, que o governo avalia a apresentação de um eventual recurso à Corte.