Não dá para chegar a um acordo sobre os protestos… Ou dá?

Vejam que esses grupos que protestaram contra a Copa incluíram na categoria “presos políticos” os que mataram o cinegrafista da TV Bandeirantes. Se for possível algum diálogo com essas lideranças, portanto, muito bem. Do contrário, paralelamente às tentativas de diálogo a polícia deve localizar os mentores intelectuais de tudo isso, que estão pouco se lixando para quem vai preso.

O enigma da maconha

A decisão unanime do STF autorizando atos públicos em defesa da legalização da maconha não apenas mostra como foram inconstitucionais as decisões judiciais de instâncias inferiores nos Estados que proibiram a realização de tais atos, mas exige o destaque do enigma que envolve a proibição de uma droga que está longe de ser a mais nociva.