Em recado, Lula se solidariza com Movimento dos Atingidos por Barragens

O deputado estadual e advogado Emídio de Souza (PT-SP) esteve com o ex-presidente Lula na manhã desta quinta-feira (25) e transmitiu o seu recado em solidariedade ao Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) pelo assassinato de Dilma Ferreira Silva, coordenadora-regional do movimento, e de seu companheiro Claudionor Costa da Silva. O casal e um homem identificado como Hilton Lopes foram mortos na última sexta-feira (22), no Pará.

Partido dos Trabalhadores lança campanha contra perversa Reforma da Previdência

Após reunião do Diretório Nacional, o Partido dos Trabalhadores lançou, nesta sexta-feira (22), a Campanha Contra a Reforma da Previdência proposta por Jair Bolsonaro (PSL), que vai destruir a aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. A iniciativa tem como objetivo alertar o povo sobre os riscos da PEC, que pode levar a uma “crise humanitária”, como apontou o ex-ministro da Previdência Social Carlos Eduardo Gabas.

Petista denuncia juíza ao CNJ por homologar fundo de R$ 2,5 bi

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) protocolou nesta quinta-feira (21) representação contra a juíza federal substituta da 13ª Vara de Curitiba (PR), Gabriela Hardt, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A magistrada é acusada de ter agido em conluio com a força-tarefa da Lava-Jato ao homologar e tornar sigiloso o acordo do MPF com a Petrobras, que previa a criação de um um fundo de R$ 2,5 bilhões com recursos da estatal, a ser administrado por fundação de direto privado que seria gerida por membros do MPF de Curitiba.

Líder do PT apresenta documentos provando que fundo da Lava-Jato com EUA é criminoso

O Líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta, apresentou, na tarde desta quinta-feira (14), documentos que comprovam a ilegalidade da Força-Tarefa da Lava Jato, os Estados Unidos e a Petrobras na criação de uma fundação privada para gerir US$ 2,5 bilhões, oriundos de uma multa. Segundo o parlamentear, o fundo “é um procedimento totalmente ilegal” e os procuradores envolvidos “cometeram crimes contra o interesse nacional”.