Blog da Cidadania descreveu o golpe de 2016 dois anos antes

Este Blog previu várias vezes, anos antes, que bastaria cair a popularidade de Dilma que formar-se-ia uma maioria conjuntural no Congresso que acabaria por encampar a pressão da mídia contra os governos petistas e promoveria o impeachment de Dilma. Uma dessas vezes foi em novembro de 2014, quando escrevi o artigo “Direita já trama golpe “paraguaio” à luz do dia”.

Como a Globo conseguiu manter a Libertadores pagando pouco?

A Globo pagava pela Libertadores valor abaixo do mercado, menos que pelo campeonato paulista, US$ 10,8 milhões anuais. Por que os cartolas vendiam a competição para a Globo tão baratinho? Será pelos lindos olhos dos irmãos Marinho? Como se não bastasse, a emissora diz que investigou a si mesma e se considerou inocente. Bom esse método de investigação. Será que o Lula pode usar?

Site ligado a Aécio Neves lamenta aumento do apoio político a Lula

O site Antagonista, aquele que foi financiado por Aécio Neves e que atua como porta-voz oficioso da Lava Jato, começou uma choradeira ao constatar a romaria de políticos de todas as tendências que, vendo o rápido fortalecimento político de Lula, começam a aderir à sua candidatura a presidente. Até o Antagonista já reconhece que Lula está na disputa e com chance de ganhar disparado.

Caso William Waack pode conter surto racista no país

Estudo recentíssimo (outubro) mostra que dispararam os casos de racismo no Brasil. Até o mês de outubro, já foram computados 41 casos. Aumento de 64% sobre 2016. O que vem estimulando os ataques racistas é a impunidade, dizem os especialistas. A destruição moral e profissional de William Waack pode frear esse surto alarmante de racismo em um país de maioria negra como o Brasil

Moro ouvirá dono de imóvel alugado a Lula que mentiu sobre recibos

Glaucos da Costamarques, dono de imóvel alugado ao ex-presidente Lula, deve ser ouvido pelo juiz Sérgio Moro no dia 15 de dezembro para esclarecer contradições em que caiu sobre recibos referentes aos pagamentos do aluguel do imóvel em questão. Do contrário, Moro não terá como fazer nem condenação fraca de Lula como a do triplex

Estudo de linguagem corporal: Waack disse “coisa de preto”

Esta matéria versa sobre as tentativas de negar que Waack disse que buzinar descontroladamente no trânsito seria “coisa de preto”. Trata-se de estudo de “linguagem corporal” e “leitura labial” que comprova, de forma didática, que o jornalista em questão disse exatamente essa frase e com expressão de profundo desprezo por aqueles sobre os quais comentava. Assista ao vídeo.