Abusos e parcialidade fazem Lava Jato perder apoio

Pesquisa Ipsos divulgada recentemente corrobora percepção de que a Lava Jato vai sendo desmascarada como o que é, uma operação parcial levada a cabo para tirar o PT do poder e que, sobretudo na figura de Sergio Moro, tem forte viés político em prol de corruptos como Aécio Neves, filiados a partidos simpáticos à Justiça brasileira, atualmente conhecida como “partido da justiça”. Confira.

Cadeia para os deputados bandidos que salvaram Temer

É óbvio que essa maioria que votou a favor de um governo tão rejeitado e suspeito certamente recebeu “recompensa” substancial para agir como agiu. Some-se a isso notícias sobre quanto custou essa “absolvição” e tem-se aí um dos maiores assaltos aos cofres públicos da história brasileira, razão pela qual os deputados que votaram a favor de Temer merecem cadeia.  

STF libertou os escravos de Temer e Gilmar Mendes

Em meio a tanta abominação que tem prevalecido neste país, a terça-feira, 24 de outubro, nos deu motivo para comemorar a vitória da Justiça. O principal motivo é que a ministra do STF Rosa Weber suspendeu portaria do governo Temer que, na prática, reinstituiria a escravidão no Brasil. O prejuízo de imagem do nosso país diante do mundo permanece, mas, pelo menos, os futuros escravos de Temer e Gilmar Mendes foram libertados. Sem falar que Eleonora Menicucci derrotou aquele animal…

Temer agora quer “aprimorar” medida pró trabalho escravo

Após – e só após – a ministra do STF Rosa Weber conceder liminar suspendendo portaria do governo Temer que, na prática, facilitava o trabalho escravo no país, o Ministério do Trabalho passou a dizer que “já havia decidido aceitar as sugestões da Procuradoria-Geral da República e ‘aprimorar’ sua medida”. Contudo, até a decisão do STF o governo se recusava a aceitar críticas.

“Temer queria trocar votos por escravos”, diz Molon

O deputado federal Alessandro Molon comentou liminar concedida pela ministra Rosa Weber, do STF, que anula modificações que o presidente Michel Temer fez nas normas de combate ao trabalho escravo dificultando denúncias e abrindo as portas para aumento da escravidão. Para ele, Temer queria trocar votos a seu favor na votação de denúncia do STF contra si e a liminar enfraquece o presidente na votação.

Ao vivo: Senado decide sobre afastamento de Aécio Neves

O Senado decide nesta terça-feira se o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pode voltar a exercer o mandato parlamentar. O tucano está afastado da Casa desde o final de setembro, quando a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF)tomou a decisão, por 3 votos a 2. A sessão deliberativa corre o risco de não examinar o caso, mas já começou. Assista ao vivo a TV Senado