É mentira de procurador da Lava Jato que Dilma tentou acabar com a Operação

O procurador da Lava Jato Carlos Fernando dos Santos Lima reclamou no Facebook de que Temer está tomando medidas para acabar com a Operação. É verdade, mas o procurador mente ao afirmar que Dilma tentou fazer o mesmo e não conseguiu. Dilma criou a lei 12.850/13, que permitiu a criação da Lava Jato. Desafio o procurador a citar um só ato dela para atrapalhar a investigação. Por favor ajude a combater essa CALÚNIA

Boulos foi preso por exercer direito constitucional de desobedecer

À luz do caráter humanitário que deve permear sociedades civilizadas, o direito de propriedade não se sobrepõe a necessidades básicas de sobrevivência. É nesse contexto que se insere a prisão do ativista Guilherme Boulos, do MTST, por “desobediência”. Além disso, a polícia o acusou de ter protestado contra Michel Temer, o que, além de não ser crime, é quase uma obrigação cívica. Portanto, desobediência civil já!

A última batalha de Lula

Lula está propondo uma frente de esquerda. Muito tem se falado sobre “horizontalidade” de lideranças nos movimentos políticos de esquerda e o resultado está aí: movimentos sem rumo, sem um discurso, que batem cabeça em ações erráticas. Lula pode liderar. Apoio a ele não para de crescer desde que foi preso arbitrariamente em março. E vai crescer mais conforme a ditadura tucano temerária massacrar o povo. Que Lula nos lidere. Estou com ele.

Mobilização pró Lula no fim de semana surpreendeu Lava Jato

Apesar das críticas sérias e das irresponsáveis que recebi por decidir me meter (de novo) em briga de cachorro grande denunciando que a Lava Jato contava com a conjuntura política para prender Lula de surpresa, o objetivo foi atingido. Decorreu mobilização, o que causou surpresa àqueles que pretendiam surpreender criando um fato consumado. Este post é vital para entender a ofensiva contra Lula e essa recém criada mobilização em favor dele. Sugiro fortemente a leitura.

Leia representação contra Alckmin por descumprir Lei de Acesso à Informação

No mês passado, este blogueiro e candidato a vereador de São Paulo pelo PC do B requereu ao governo Geraldo Alckmin informações sobre o programa Recomeço através de nosso advogado. O pedido foi feito dia 1º de agosto. Apesar disso, até o momento – passados quase 40 dias) o governo de SP não deu nem bola, de modo que, nesta quinta-feira (8/7), a campanha a vereador de SP de Eduardo Guimarães representou ao MPF pedindo que a lei seja cumprida. Clique na imagem para ler a representação.

Alckmin viola lei e sonega dados sobre programa “Recomeço”

Há quase 40 dias o governo do Estado de São Paulo recebeu pedido para dar informações sobre o programa estadual de tratamento de dependentes químicos, o “recomeço”. A Lei de Acesso à informação obriga o Estado a responder em até 30 dias, mas de forma muito suspeita o governo Alckmin se nega a dar informações sobre esse programa fracassado para tratar dependentes de crack. Aí tem, e nós vamos descobrir o que é que tem.