Moro e MPF condenam recibos de Lula antes mesmo de ver

Assista ao programa do Blog da Cidadania sobre a recusa do juiz Sergio Moro em aceitar uma audiência para entrega de  recibos que ele e o Ministério Público disseram ser falsos antes mesmo de sequer tê-los nas mãos, sugerindo que querem que sejam falsos, o que deu á defesa de Lula o direito de exigir proteção das provas, negada arbitrariamente pelo juizado de Curitiba. 

Estranho: Moro recusa a Lula audiência para recebimento de recibos

A audiência em questão seria do próprio interesse da Justiça para eliminar qualquer dúvida que pudesse surgir em relação a um juizado constantemente acusado de partidarismo político-partidário contra  o ex-presidente. A defesa de Lula julga essa decisão de Moro preocupante devido a acusações veladas do próprio Moro de que os recibos seriam falsos, pois não foram periciadas pela Justiça.

Moro pode ser obrigado a absolver Lula no 2º processo

Está desMOROnando o segundo processo contra Lula que o juiz Sergio Moro terá que julgar em breve. O juiz e o MPF precisam, desesperadamente, de uma condenação menos fraca contra Lula. Seguramente não será essa da guerra dos recibos… As teses da acusação estão caindo uma a uma. O magistrado cometerá um crime se condenar Lula com o que tem nas mãos.

Lava Jato cobra “recibos originais” que defesa de Lula já vinha oferecendo

A defesa do ex-presidente Lula vem reiterando pedidos de que a Lava Jato pericie os recibos de locação que entregou em atendimento à exigência do juiz Sergio  Moro, devido às acusações da mídia de que tais recibos seriam “falsos”. Agora, o Ministério Público diz que os documentos são falsos e exige perícia que quem vinha pedindo era a defesa do ex-presidente. 

Exigem recibos, Lula apresenta e, aí, não servem mais?!!

Moro pede recibos de aluguel a Lula e insinua que ele não os tem. A mídia endossa a versão de Moro e afirma que ele finalmente pegou o petista. De repente, uma bomba cai na cabeça de Moro e da Mídia: Lula apresenta recibos que afirmaram que não tinha. Aí começam a dizer que são falsos. Mas, como não acham uma versão crível, ficam inventando várias para caracterizar a pretensa falsificação dos documentos

TRF4 volta a acusar Moro de condenar réu sem provas

Sergio Moro foi condenado mais vez por instância superior sob acusação gravíssima: condenar sem provas. Dirão que é “normal” decisão judicial ser reformada em instância superior, mas as condenações de Moro são mais graves porque levam pessoas à cadeia em primeira instância. A reforma de outra decisão dele é gravíssima e revela a irresponsabilidade desse “magistrado” que age ora como promotor, ora como político e candidato.

Ao mostrar recibos, Lula puxa o tapete de Moro e MP

Glaucos da Costamarques tem quase 80 anos. Deu pena vê-lo titubear diante da alternativa de mentir ou passar o que lhe resta de vida na cadeia. Optou por mentir dizendo que Lula não pagou aluguel. Essa era a aposta de Moro e da mídia antipetista. Porém, Lula desmontou o processo que o imperador da República de Curitiba conduz contra si ao mostrar recibos que provam sua inocência. Esses documentos arrasam o tal processo