Estranho: Moro recusa a Lula audiência para recebimento de recibos

A audiência em questão seria do próprio interesse da Justiça para eliminar qualquer dúvida que pudesse surgir em relação a um juizado constantemente acusado de partidarismo político-partidário contra  o ex-presidente. A defesa de Lula julga essa decisão de Moro preocupante devido a acusações veladas do próprio Moro de que os recibos seriam falsos, pois não foram periciadas pela Justiça.

Jornal cobra da Justiça do DF mais rapidez para condenar Lula “a tempo”

Em sua edição desta sexta-feira 13, o jornal Folha de São Paulo diz que a Justiça do distrito federal está sendo lenta nos processos que lá tramitam contra Lula em comparação com a velocidade que a 13a vara da de Curitiba atua contra o ex-presidente. Porém, em agosto, o jornal publicou matéria mostrando que a Justiça de Curitiba é anomalamente rápida no caso dele.

Justiça manda polícia devolver bens apreendidos na casa do filho de Lula

O delegado Carlos Renato de Melo Ribeiro, que conduziu a invasão à residência do filho de Lula, foi afastado misteriosamente do caso. Fontes consultadas pelo Blog afirmam que ele teria ligações com o PSDB de Vinhedo (SP). Além disso, a Justiça divulga que nada foi encontrado de ilegal na casa do filho de Lula e determinou que a polícia devolva todos os bens apreendidos na operação

Justiça descontrolada: cadeirante idoso é preso por dívida de 2007

VOCÊ COMEMORA ARBITRARIEDADES da JUSTIÇA contra o ex-presidente Lula e outros “figurões”? Talvez essa REPORTAGEM o faça mudar de ideia. Divino Geraldo da Silva, 69 anos, CADEIRANTE, usa fraldas geriátricas, tem epilepsia e acaba de ser PRESO por DÍVIDA de pensão alimentícia de 2007. Seus filhos já adultos. O Blog vai ajudar. QUE TODOS conheçam essa história e COBREM AS AUTORIDADES

Lava Jato cobra “recibos originais” que defesa de Lula já vinha oferecendo

A defesa do ex-presidente Lula vem reiterando pedidos de que a Lava Jato pericie os recibos de locação que entregou em atendimento à exigência do juiz Sergio  Moro, devido às acusações da mídia de que tais recibos seriam “falsos”. Agora, o Ministério Público diz que os documentos são falsos e exige perícia que quem vinha pedindo era a defesa do ex-presidente.