É falsa a notícia que diz que mulher torturada na ditadura matou militares

Não é verdade que Maria Amélia de Almeida Teles, conhecida por Amelinha Teles, foi condenada por matar militares durante a ditadura. Uma montagem circula nas redes sociais e no WhatsApp com a imagem de uma senhora e a afirmação de que Amelinha e seu marido mataram e esquartejaram militares. Ela e o marido, Cezar Augusto Teles, não cometeram estes crimes e nunca foram acusados, tampouco julgados, por eles

Das 123 fake news encontradas por agências de checagem, 104 beneficiaram Bolsonaro

Em cerca de 70 dias desde o início da campanha eleitoral, as iniciativas de checagem de fatos tiveram de desmentir mais de 100 boatos contra o candidato à Presidência Fernando Haddad (PT) e seu partido. Levantamento do Congresso em Foco mostra que, ao todo, foram 123 checagens de boatos diretamente ligados a Haddad e ao candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro (PSL) desmentidos desde 16 de agosto.