Eleição indireta em 2017 seria golpe dentro do golpe

É irônico que os que agora citam a Constituição ao defenderem eleição indireta em 2017 caso Temer seja derrubado sejam os mesmos que sempre relativizaram a mesma Constituição no processo de cassação de Dilma. Porém, tirem o cavalo da chuva. Se quiserem pôr FHC na Presidência sem voto na urna, ou ele será escorraçado ou terá que virar ditador.

FHC presidente-tampão? Quem comprou uma reeleição, compra duas

Conforme cresce a possibilidade de Temer perder o cargo, meus cabelos se arrepiam. Não só porque não seria nada bom para a economia o choque do segundo afastamento de um presidente em menos de um ano, mas porque há planos declarados dos tucanos de colocarem FHC no lugar de Temer, como presidente biônico, sem votos, via Colégio Eleitoral. E, se isso ocorrer, poderíamos ter que ficar com ele até 2026. Não acredita? Ora, FHC já fez isso. Por que não faria de novo?

Lava Jato só prova que no Brasil a lei não é para todos

E aí, comemorou muito as prisões de Garotinho e Cabral? Gostou, né? Afinal, pouca coisa é mais verossímil que a culpabilidade desses dois. Porém, ao vê-los sendo pisoteados lembrei do sorridente Eduardo Azeredo, contra quem há uma imensidão de provas. Há quase vinte anos espera julgamento e a Justiça finge que ele não existe. Essa impunidade se estende ao PSDB e ao DEM, os partidos da Globo. Moro, Dallagnol e cia. afetam postura de herois, mas não passam de capangas da direita a mostrar que a lei só vale para alguns. Reflita: se cometem abusos como esses com ex-governadores, o que não farão com você se um dia for alvo de injustiça?

Trump pode nos causar um Bolsonaro?

O fato de Trump e Bolsonaro serem ridículos e politicamente incorretos em uma atividade como a política, em que ser cuidadoso com o que se diz seria mais lógico, não impediu o norte-americano de contradizer todas as minimizações do risco de se eleger. A história está cheia de exemplos de que subestimar políticos folclóricos como Hitler, Trump ou Bolsonaro pode ser um erro fatal. O ianque e o tupiniquim não coincidem só nos topetes. Ambos são racistas, xenófobos, homofóbicos, machistas e belicistas. E ambos têm legiões de admiradores tão ruins quanto eles. Ou piores.