Pesquisa da Fiocruz revela que há 3,5 milhões de usuários de drogas ilícitas; governo rejeita dados

Concluído em 2017, o estudo permanecia inédito até o início desta semana. Observadores atribuem a omissão aos resultados, que poderiam desidratar o discurso do governo de que há uma epidemia de crack no País. Segundo o Ministério da Justiça, não houve divulgação porque a metodologia usada estava em desacordo com o estabelecido no edital do trabalho, o que a Fiocruz nega

Para 49%, sem médicos cubanos saúde vai piorar

A campanha difamatória de Bolsonaro contra os cubanos não tem surtido o efeito esperado e o povo brasileiro já deixou claro seu descontentamento diante da ausência dos profissionais da ilha caribenha do programa Mais Médicos. Em nova pesquisa, o Datafolha escancarou a insatisfação geral ao mostrar que 49% da população condena a saída do país do programa e acredita que a saúde do país irá se agravar.