Congresso alterou 30% dos vetos de Bolsonaro

Em 2019, o Congresso alterou vetos do presidente Jair Bolsonaro em quase 30% dos projetos barrados total ou parcialmente pelo chefe do Executivo. Se esse ritmo se mantiver, o volume de derrotas do Executivo no Legislativo caminha para um recorde. Em números absolutos, em seu primeiro ano de mandato, Bolsonaro já supera a quantidade de vetos alterados nos governos de Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff somados.

Bolsonaro estimula radicalização da extrema-direita, diz pesquisador

Odilon Caldeira Neto, professor de História Contemporânea da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e autor da obra “Sob o Signo do Sigma: Integralismo, Neointegralismo e o Antissemitismo”, afirma que grupos como o que atacaram o Porta dos Fundos sempre existiram, mas estão se sentindo autorizados a se manifestar mais livremente diante do atual contexto político brasileiro.