O poder emana do povo, mas o brasileiro ainda não sabe disso

O que estão fazendo com o maior líder político mundial do século 21, Luís Inácio Lula da Silva, é ignominioso. Na eventualidade de sua morte, devida aos suplícios que lhe têm sido impostos por delinquentes usurpadores dos poderes da república, esta gente inconsequente, inculta e estúpida pagará um preço alto, pois chegará o dia que as massas dirão “basta, acabou para vocês”.

Um prisioneiro chamado Lula: o que nos cabe para fazer justiça?

A prisão sem provas do ex-presitente Lula seria só mais uma injustiça contra um cidadão brasileiro, dentre as inúmeras não computadas pelo descaso dos órgãos oficiais. Mas ela vai além. “Sim, parece que Lula tem uma missão com a humanidade. Missão até maior do que o que ele mesmo vislumbra: a de escancarar e denunciar um sistema de justiça podre, corrompido e elitista.” Leia artigo completo do filósofo Nereu H. Cavalcante.

Confissão do general Villas Boas pode libertar Lula

Em entrevista à Folha de SP, o comandante do Exército, general Villas Boas, prestou um serviço (involuntário) ao país ao confessar que mensagem que divulgou no Twitter na véspera do julgamento do pedido de habeas-corpus de Lula ao STF foi ameaça à Corte. Essa confissão terá consequências drásticas no Brasil e no exterior e pode resultar na absolvição de Lula.

Decretada prisão de eleitor que agrediu mesária por achar que urna estava fraudada

Uma juíza eleitoral pediu a prisão de um eleitor que filmou o voto na urna eletrônica, causou tumulto na seção eleitoral e empurrou uma mesária que tentou impedi-lo de registrar o voto em um colégio eleitoral no bairro do Tenoné, em Belém. Nas imagens, a tela da urna mostra a opção de voto para governador, o número 17 e a mensagem de ‘voto nulo’. Isso ocorre porque, no Pará, não há candidato para governador com o número 17.