Tucano que ameaçou Dilma é a cara dos protestos de hoje

O ex-candidato tucano a deputado federal Matheus Sathler Garcia, quem ameaçou a presidente da República de morte, foi apenado com medida cautelar da Justiça Federal para que use tornozeleira eletrônica neste 7 de setembro, não possa se aproximar das solenidades em Brasília e não saia da cidade. Porém, em novo vídeo, ele desafia a Justiça e faz novas ameaças. Confira a decisão judicial e as novas sandices dessa fidedigna mascote dos fascistas que saem as ruas hoje pregando golpe de Estado

Advogado que quer matar Dilma reitera ameaça em novo vídeo

Em novo vídeo, o advogado Matheus Sathler, que divulgou vídeo no Facebook prometendo matar a presidente Dilma, reafirma as ameaças, desdenha de providências das autoridades e, em momento cômico, diz que o PT usa a “tática de uebs”, aludindo ao ministro da propaganda nazista Josph Goebbels. Fonte do Blog informa que grupo de Sathler pretende ir armado à manifestação de 7 de setembro em Brasília e contaria com apoio de “setores das forças armadas” para, nesse dia, “prender Dilma”.