Carta ao Major Olímpio: “Sou professor, não pistoleiro. Minhas mãos só sujo de giz”

“Não. Eu sou professor, não pistoleiro. Minhas mãos eu só sujo de giz. Eu não estudei Didática do Faroeste durante minha licenciatura. As armas que eu sei usar são minhas ideias, meus livros, meus conhecimentos, o carinho que eu sinto pelos meus alunos e principalmente minha vontade sincera de ajudá-los a serem pessoas boas.”. Leia emocionante texto de professor em resposta à proposta estúpida do Major Olímpio de armar professores.

Procuradoria pede que Ricardo Vélez se manifeste sobre carta em 24 horas

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), que integra o Ministério Público Federal, encaminhou nesta terça-feira 26 um pedido de esclarecimentos ao ministro da Educação Ricardo Vélez Rodriguez sobre o envio de mensagem às escolas brasileiras, solicitando que as unidades lessem carta de sua autoria, executassem o Hino Nacional e gravassem a ação.