Abusos contra Lula por causa do velório de irmão confirmam prisão política, afirma Boff

“Mostra o tipo de governo e de Estado que nós temos, um Estado fascistoide que não demonstra nenhum sentimento. Parece aqueles comandantes dos campos de extermínio nazistas que se divertiam atirando para os prisioneiros e os vendo cair. Aqui, simbolicamente ocorre isso. Lula é mantido – e há prova disso – como preso político”, lamenta o teólogo.

Justiça tenta acordo com Lula. Arregou!

A intenção da mídia e do Judiciário era a de que Lula “sumisse” após ser preso. Porém, nunca se falou tanto dele. Foi preso no dia 7 de abril e até agora, todos os dias, o nome dele domina o cenário político. O desespero da mídia e da “justiça” é tanto que começaram a fazer ameaças tentando convencer o ex-presidente a não ser candidato de dentro da cadeia. Estão perdendo tempo.