Deputados petistas defendem unidade contra retrocessos ambientais

O deputado Nilto Tatto (PT-SP), coordenador do Núcleo Agrário da Bancada do PT na Câmara, defendeu nesta quarta-feira (27) a articulação de um grande movimento, envolvendo entidades ambientais, movimentos sociais e povos tradicionais com o objetivo de impedir retrocessos na legislação de proteção ao meio ambiente. A declaração aconteceu durante o relançamento da Frente Parlamentar Ambientalista, no auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados. O parlamentar, também ex-presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, representou a Bancada do PT na mesa diretora do evento.

Em manifesto, quase 300 mil pedem saída de Salles do Meio Ambiente

O manifesto leva em consideração que a sentença proferida pelo juiz Fausto José Martins Seabra é resultado de uma ação civil pública ambiental e de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público de São Paulo em maio do ano passado. Entre os atos condenados estão a falsificação de mapas e da minuta de decreto do plano de manejo da Área de Preservação Ambiental Várzea do Rio Tietê, quando Salles ocupava o cargo de secretário estadual do Meio Ambiente do governo de Geraldo Alckmin (PSDB).