Mídia e Justiça são tigres contra Lula e gatinhos contra Aécio

Não é novidade que a Justiça trata a pão-de-ló tucanos acusados de corrupção enquanto trata petistas a pão e pedra. Mas o caso de Aécio é demais. Provavelmente é o criminoso brasileiro com mais provas contra si. O seu caso espera julgamento desde maio, enquanto a Justiça quer julgar e condenar Lula em duas instâncias em cerca de um ano. A diferença de comportamento da Justiça e da Mídia nos dois casos esbofeteia o país.

Lula cresce em pesquisas de “esquerda” e “direita” após condenação

No espaço de 10 dias, duas pesquisas sobre a eleição presidencial de 2018 mostram que a condenação de Lula por Sergio Moro fez o petista ganhar votos. Mas o mais interessante é que são duas pesquisas consideradas de vieses distintos. Vox Populi é vista como “petista” e Datapoder 360 como “antipetista”. Ambas mostram que Moro ajudou Lula condenando-o sem provas. E mostram esquerda crescendo em 2018. Confira

STF deve ao Brasil relatoria da Lava Jato isenta de politicagem

O Poder Judiciário como um todo está ameaçado de total desmoralização a depender da “solução” que o presidente Michel Temer e a ministra Carmén Lúcia derem para a substituição do relator da Lava Jato naquela Corte. Do primeiro não se espera nada, da segunda não se espera muito. Além disso, a Lava Jato de Teori Zavascki não era a Lava Jato de Gilmar Mendes ou de Sergio Moro. Resta sabe se Temer e Cármen querem que a Lava Jato no STF se torne uma completa farsa como a Lava Jato da 13ª vara de Curitiba.

2016 não vai acabar tão cedo

2016, ano do golpe, da consolidação da crise, quando direitos dos trabalhadores e políticas de resgate de pobres e miseráveis começam a ser abandonados… Em 2016, a crise econômica se cristalizou a partir do beco sem saída a que chegou a crise política. E o pior é que 2016 não acabará tão cedo. Para isso seria necessário eleger novos governo e Congresso. Só pra começar.

Folha transforma propina a Alckmin em “caixa 2”

Sempre digo que a Folha é pilotada pelos canalhas mais espertos de toda essa canalhada proto tucana que afirma fazer “jornalismo”. Se o jornal não noticiasse a delação contra Alckmin, a notícia acabaria na imprensa alternativa. Então a Folha fura a mídia tucana e a mídia alternativa. Mas aquela foto do esbirro Sergio Moro confraternizando com Serra, Alckmin e Aécio, todos delatados por corrupção, comprova que nem com foto do crime essa bandidagem tucana será incomodada por uma Justiça tão cheia de bandidos quanto a classe política.