Yoani no país das maravilhas

Crônica

 

A visita da blogueira cubana Yoani Sanchez ao Brasil ganhou uma dimensão muito maior do que deveria – mas que, claro, teria ocorrido de qualquer forma por conta do uso político-ideológico que setores da grande imprensa nacional fariam de sua imagem e de suas ideias mesmo sem os fatos que contribuíram para aumentar sua exposição pública.

Os fatos que aumentaram a exposição de Yoani são as manifestações de protesto contra sua presença em nosso país, nada que não aconteça em muitos outros países quando recebem visitas de pessoas ditas “importantes”.

Todavia, a cubana não chega a ser um presidente dos Estados Unidos ou um poderoso banqueiro internacional daqueles que ficam inacessíveis ao diálogo, deixando a quem deles diverge a única alternativa de protestar.

Não se pode escapar de reconhecer, entretanto, que, seguramente, foi exagerada a dose do protesto contra alguém que, sob financiamento de potências ou corporações estrangeiras ou não, é apenas uma blogueira que exprime suas ideias.

Yoani deve ser mesmo tudo o que dizem. Mantém, sim, relações com o Departamento de Estado Norte Americano, inventa – até prova em contrário – agressões físicas que teria sofrido do governo de seu país, recebe somas altíssimas de grupos políticos estrangeiros para acusar uma “ditadura” que lhe permite sair pelo mundo denunciando-a…

Contudo, os manifestantes contrários, ingenuamente, escolheram o campo dela para lutar. Yoani fundamenta seu sucesso internacional no papel de vítima que forjou, o de uma jovem de aparência meiga e coragem imensa para enfrentar uma cruel ditadura.

Nada mais conveniente do que aparecer, sozinha ou ao lado de um ou dois, sendo xingada por pessoas aparentemente iradas e em bando.

Yoani deve estar muito feliz. Os vídeos já gravados sobre o que lhe fizeram em termos de constrangimento moral – e, o que é pior, só com palavras de ordem em vez de com argumentos – certamente lhe servirão muito em outras oportunidades.

Abaixo, um desses momentos em que os críticos dela tiveram oportunidade de fazê-la responder a questionamentos e a desperdiçaram, permitindo-lhe um discurso protocolar e falsamente democrata.

 

 

O discurso da blogueira diante desse tipo de ação contra si acabou reforçado. Disse ela que prefere os apupos da democracia ao silêncio de uma ditadura que lhe facultou meios de estudar, de se formar, de adquirir cultura, de conseguir ir até morar no exterior, de recebe-la de volta e, ao fim, de também lhe permitir que saísse agora pelo mundo acusando seu país.

A visitante cubana, aliás, vem elogiando muito o nosso país, dizendo que gostaria que Cuba fosse igual. Afinal, aqui, no país das Maravilhas de Yoani, há liberdade de expressão, carros novos e internet rápida.

Infelizmente, em poucos dias a moça deixará o Brasil sem lhe ver um outro lado que, se lhe fosse apresentado junto com uma pergunta sobre se há situação igual na “ditadura” que denuncia, por certo a faria refletir que talvez este país não seja tão melhor que o seu e, em muitos aspectos, que talvez seja até pior.

Nos últimos dias, o carcomido debate da Guerra Fria sobre Cuba vem apontando como é melhor viver aqui do que lá porque temos internet rápida, carros novos, shoppings repletos de todos os tipos de quinquilharias caras que muitos, hoje – e só hoje –, podem comprar, mas que uma parte imensa deste povo não sabe nem o que são.

Uma visão menos superficial de nossa sociedade de consumo em contraposição ao “inferno socialista” de que Yoani fala, portanto, se faz necessária.

Fico me perguntando se não teria sido o caso de os manifestantes contrários a ela, respeitosamente, terem lhe proposto um debate público em vez de a terem feito ouvir seus longos discursos, palavras de ordem e xingamentos enquanto, com um sorriso democrático e sereno e um ar de “Eles não sabem o que dizem”, ouvia a tudo.

Poderiam, por exemplo, ter exibido uma sequência de imagens do nosso “país das maravilhas” e perguntado a Yoani se as desgraças sociais que veria existem em Cuba, e se internet rápida e carros novos compensam as legiões de crianças pelas ruas se drogando e se prostituindo, uma saúde pública que rouba a dignidade do povo, uma educação que não educa ninguém e tudo isso sob uma guerra civil em curso, com mortandade como a de qualquer guerra declarada.

Abaixo, algumas imagens da situação produzida pelo capitalismo que Yoani quer ver em seu país e que, por certo, produziria cenas iguais em pouco tempo se por lá fosse implantado. Aí talvez ela refletisse que, para evitar esse inferno em seu país, a falta de oferta de bens de consumo supérfluos é um preço até pequeno a pagar.

*

203 comments

  • Suposta igualdade em Cuba (todos na pobreza?!) não justifica impedir as pessoas de se reunirem e discutirem livremente sobre o que bem quiserem. Não justifica a negativa ao direito de ir e vir. Igualmente, não legitima um “ame-o ou deixe-o”.
    Por fim, não gostar do governo cubano não significa não gostar de Cuba.
    Essa senhora , para mim irrelevante, aflorou a veia autoritaria da nossa esquerda. Se continuarem assim vão transformá-la num mártim.

    Ps críticas à visitante e invocar o bloqueio americano não mudam ser Cuba governada por uma ditadura hereditária, ou existe eleição em Cuba para presidente? Há pluralismo político? Pode-se ser candidado apontado o dedo para o governo?

    • Leia a seguir, amigo internauta, como funciona o processo democrático e eleitoral em Cuba. Um abraço!

      Características do sistema político e eleitoral cubano:

      1. Inscrição universal, automática e gratuita de todos os cidadãos com direito a voto, a partir dos 16 anos de idade.

      2. Postulação dos candidatos diretamente pelos próprios eleitores em assembleias públicas (em muitos países são os partidos políticos os que nomeiam os candidatos).

      3. Inexistência de campanhas eleitorais discriminatórias, milionárias, ofensivas, difamatórias e manipuladas.

      4. Total limpeza e transparência nas eleições. As urnas são custodiadas por meninos e jovens pioneiros, são seladas na presença da população e a contagem dos votos se faz de maneira pública, podendo participar a imprensa nacional e estrangeira, diplomatas, turistas e todos o que desejarem.

      5. Obrigação de que todos os eleitos o sejam por maioria. O candidato só é eleito se obtiver mais de 50% dos votos válidos emitidos. Se este resultado não for atingido no primeiro turno, irão ao segundo os dois que mais votos obtiveram.

      6. O voto é livre, igual e secreto. Todos os cidadãos cubanos têm o direito de eleger e ser eleitos. Como não há lista de partidos, vota-se diretamente no candidato que se deseje.

      7. Todos os órgãos representativos do Poder do Estado são eleitos e renováveis.

      8. Todos os eleitos têm que prestar conta de sua atuação.

      9. Todos os eleitos podem ser revogados em qualquer momento de seu mandato.

      10. Os deputados e delegados não são profissionais, portanto não recebem salário.

      11. Alta participação do povo nas eleições. Em todos os processos eleitorais que se celebraram desde o ano 1976, participaram mais de 95% dos eleitores. Nas últimas eleições para Deputados, em 1998, votaram 98,35% dos eleitores, sendo válidos 94,98% dos votos emitidos. Foram anulados 1,66% dos votos e, em branco, só 3,36%.

      12. Os Deputados à Assembleia Nacional (Parlamento) elegem-se para um mandato de 5 anos.

      13. A integração do Parlamento é representativa dos mais variados setores da sociedade cubana.

      14. Elege-se um deputado por cada 20 000 habitantes, ou fração maior de 10 000. Todos os territórios municipais estão representados na Assembleia Nacional e o núcleo base do sistema, a circunscrição eleitoral, participa ativamente em sua composição. Cada município elegerá, no mínimo, dois deputados e a partir dessa cifra se elegerão, proporcionalmente, tantos deputados em função do número de habitantes. 50 % dos deputados têm que ser delegados das circunscrições eleitorais, os quais têm que viver no território da mesma.

      15. A Assembleia Nacional elege, dentre seus Deputados, o Conselho de Estado e o Presidente do mesmo. O Presidente do Conselho de Estado é Chefe de Estado e Chefe de Governo. Isso quer dizer que o Chefe do Governo cubano tem que se submeter a dois processos eleitorais: primeiro, tem que ser eleito como Deputado pela população, pelo voto livre, direto e secreto e depois pelos Deputados, também pelo voto livre, direto e secreto.

      16. Ao ser a Assembleia Nacional o Órgão Supremo do Poder do Estado e estando subordinada a ela as funções legislativas, executivas e judiciais, o Chefe de Estado e de Governo não pode dissolvê-la.

      17. A iniciativa legislativa é patrimônio de múltiplos atores da sociedade, não só dos deputados, do Tribunal Supremo e da Promotoria, como também das organizações sindicais, estudantis, de mulheres, sociais e dos próprios cidadãos, requerendo-se, neste caso, que exercitem a iniciativa legislativa o mínimo de 10 000 cidadãos que tenham a condição de eleitores.

      18. As leis se submetem ao voto majoritário dos Deputados. O específico do método cubano é que uma lei não se leva à discussão do Plenário até que se esgotem consultas reiteradas aos deputados, levando em conta as propostas que fizeram, devendo ficar claramente demonstrado que existe o consentimento majoritário para sua discussão e aprovação. A aplicação deste conceito adquire relevância maior quando se trata da participação da população, conjuntamente com os deputados, na análise e discussão de assuntos estratégicos. Nessas ocasiões, o Parlamento se desloca aos centros trabalhistas, estudantis e camponeses, fazendo-se realidade a democracia direta e participativa.

      O expresso, até aqui, põe em evidência a essência da democracia cubana, do sistema que instituiu, referendado e apoiado pela imensa maioria dos cubanos.

      No entanto, não pretendemos ter atingido um nível de desenvolvimento democrático perfeito. A principal qualidade do sistema político cubano é sua capacidade para o constante aperfeiçoamento em função das necessidades propostas para a realização de uma participação plena, verdadeira e sistemática do povo na direção e no controle da sociedade, essência de toda democracia.

      Fonte: Ministério das Relações Exteriores da República de Cuba

      E fico com a sábia observação do amigo blogueiro Roberto Locatelli:
      “Yoani denuncia Cuba e está livre. Bradley Manning denunciou atrocidades dos EUA e pode ser condenado à morte”.

      • Para repercutir uma bobagem dessas, onde você estava na campanha das “Diretas já”?
        E para encerrar, é possível em Cuba defender o liberalismo econômico e o conservadorismo moral?

        • Na época das Diretas Já eu estava na luta pela democratização como tantos outros milhões de brasileiros. Não sei onde você estava e, para falar a verdade, nem me interessa! E por falar em “bobagem”, como diz, você certamente é o tipo de pessoa que acredita nas “bobagens” igualmente ditas pelo governo dos EUA e por sua mídia de pensamento único (cadê a liberdade de imprensa, camarada?). Se você acredita que os EUA são uma democracia, onde o poder real é exercido pelas grandes corporações e por Wall Street, sinto muito, mas você é mais uma vítima ingênua da manipulação dos meios privados de comunicação (ou seria má-fé de sua parte?). Um país onde os dois maiores partidos políticos são de direita e que se alternam no poder rotineiramente (se é que se pode considerar isso uma “alternância de poder”?) não pode ser considerado plenamente democrático. Ou pode?
          Por fim, pense bem antes de escrever e, por favor, use argumentos. Pois sem argumentos este “debate” não poderá prosseguir.
          Passar bem!

        • “Liberalismo econômico” e “conservadorismo moral” numa mesma sentença é no mínimo ininteligível! Cuba somente poderá ter “liberdade econômica”, e esse é o sentido correto, no dia em que o criminoso e estúpido bloqueio dos EUA terminar. “Conservadorismo moral”, que eu saiba, pertence à esfera privada e nada tem a ver com política ou ideologia. Mas na esfera pública esse tipo de conservadorismo resultaria em autoritarismo.

          • Quem elencou esses 18 itens do “processo democrático e eleitoral em Cuba”, o Fidel, ou o Raul?
            E sem pluralidade e alternância de poder não há democracia. (2)

          • O exemplo de democracia do Catão de Atibaia é o PSDB-PFL-PPS-PIG, onde a verdade é construida de acordo com os interesses dos dilapidadores do patrimônio nacional!

            O Catão de Atibaia se espelha pela democracia da famiglia Marinho: a que omite o que não interessa, a que amplifica o que lhe agrada.

          • Bem, vcs – na época de sua amada ditadura – não diziam isto, muito pelo contrário, o partido comunista era considerado subversivo, grande pluralidade. Não havia eleições diretas, e só os generais assumiam a presidência, grande alternância de poder.

            ps.: Alternância de poder, na figura de mudança de presidente, é uma opção do povo cubano de não aceitar, poderia haver sim e o país continuar sendo socialista, ou seja, poderia haver eleições para presidente com uma economia socialista garantida. Pluralidade poderia existir também, mas essencialmente o país seria solcialista, ou seja, a propriedade dos meios de produção teria que continuar sendo coletiva. Aqui no Brasil, um país capitalista, temos partidos de esquerda com membros que defendem o socialismo, mas quando eles ganham alguma eleição, eles governam no molde capitalista, ou seja, não mudam a propriedade privada dos meios de produção para coletiva, mas tentam implementas políticas públicas sociais e afirmativas, buscando melhorar as condições dentro do capitalismo.

      • Brilhante essa frase do Locatelli citada por vc, José Eduardo. E tem outra. O escritor Fernando Morais em uma entrevista concedida à Revista do Brasil (acho que de Abril de 2012) citou uma frase que consta em cartazes espalhados por Cuba: “Hoje, 200 milhões de crianças dormirão na rua no mundo todo. Nenhuma delas é cubana”.

        • O forte de Cuba é a prostituição, inclusive infantil. Nos hotéis vedados a cubanos, o ponto vale tanto que apenas esposas e filhas de políticos e militantes graduados do partido comunista conseguem galgá-los. Um michê para estrangeiro nas ruas de Cuba vale menos que dez dólares, o que não é pouco. Porque o salário de um médico é por vollta de vinte. Dentro dum hotelzão desses dá para faturar cem, duzentos dólares por programa, quase um ano de trabalho de um cubano assalariado.

          • Idiotas como vc só servem para um coisa: se alguém isento ideologicamente estiver lendo este blog para tentar se inteirar da situação de Cuba, disposto, inclusive, a apreciar as críticas (justíssimas) ao regime castrista, vai mudar de ideia ao ler seu comentário ridículo e correr para se filiar à Juventude Cubana.

            Ao falar tais asneiras, você, decerto, ajuda a fortalecer o regime que quer desconstruir, porque qualquer pessoa, com um mínimo de QI, vai se seguir qualquer coisa contrária a este monte de besteiras que vc escreveu.

            Quer falar mal de Cuba? Eu falo nos meus comentários.

            Outros comentaristas também.

            Mas use argumentos palpáveis, exponha fatos verossímeis.

            E, se for mentir, minta com convicção, com criatividade.

            Agora volte lá e tente de novo, vejamos se vc melhora…e se acertar, ganha um biscoito!

          • Thomaz
            Pare de ler o globo e ouvir cbn e similares.
            Vc não sabe o que fala ou é só para encher o saco num blog que aceita os filhtes da ditadura e do tio rei?
            Aqui vc é aceito para dizer essas besteiras, lé não há respostas nem acolhimento se o assunto não for do
            agrado do “dono”.

          • Thomaz, no Brasil, milhares, talvez milhões, de nossas crianças e adolescentes se prostituem por 10 ou 20 reais, ou seja, os mesmos 10 dólares, ou menos, e vivemos numa democracia capitalista, não é??? Fora o bando de miseráveis nas ruas, o que não existe em Cuba, miséria esta que hoje está presente, junto com a prostituição em toda a próspera capitalista Europa.

          • É Marcos Rocha, você tem plena razão ao escrever isto sobre o tal do Thomaz.

            Fazer o quê se o infeliz é um tucano-pefelê que repete sempre (e não só neste comentário tosco) as papagaiadas que ele aprende na imprensa do PIG!

          • Thomaz, de onde vc retirou esta “informação”. Da veja, da globo, da folha? Enfim, a única coisa que eu acho impressionante nisto é vc já de cara tomar como verdade. Ou vc foi para lá e viu isto acontecer, se é verdade, nos forneça estas provas. Há, eu já ia me esquecendo, não é mais necessário provas materiais, basta algum veículo “investigativo” dizer que ja é verdade.

            ps.: Só mais uma informação – que eu já sei que vc irá dizer que é mentira, porque não vem do PIG – isto que vc relatou, ocorria demasiadamente em toda Cuba na época de seu amado batista, pois era mais do que vivível a prostituição nas ruas, onde estadunidenses iam lá para fazer a festa.

      • Parece que o sr. Valterlei ficou incomodado com o democrático sistema eleitoral existente em Cuba. Mas é assim mesmo meu caro José Eduardo, essa gente vive arrotando conhecimento, quando na verdade não passam de macacos e papagaios, que vivem imitando e repetindo o que os cães amestrados dos grandes coronéis da mídia nacional e internacional escrevem e dizem em seus veículos.

      • Fico honrado de ser citado por você, prezado José Eduardo.

        As regras eleitorais cubanas são o principal fator que faz o povo cubano defender com firmeza o sistema político de Cuba. É um sistema que estimula fortemente a participação política de TODOS os cidadãos.

        A blogueira, se quisesse, poderia participar das eleições. Mas ela prefere ficar de fora.

        Muito bom você ter postado aqui esses dados, porque isso nós nunca veremos na rede plim plim.

        • Fico muito agradecido, Locatelli! Forte abraço e parabéns à menção ao prisioneiro político e de consciência, o bravo Bradley Manning. Esse, sim, merece (ou deveria merecer!) a atenção de todos os defensores da verdadeira liberdade de expressão e de imprensa. Algo que o famoso PIG obviamente não faz!

    • “Suposta igualdade em Cuba (todos na pobreza?!) não justifica impedir as pessoas de se reunirem e discutirem livremente sobre o que bem quiserem.”

      Eles são pobres em que tipo de visão? Moram em casas velhas? Andam em carros velhos? A internet é lenta? É esta a sua visão. Eles possuem educação e saúde de alto nível, não passam fome e não têm o mesmo pensamento consumista criado pelo capitalismo. Eis a grande diferença, pois estes recursos não são lhes assegurados pelo bloqueio econômico importo pelos EUA.

      “Não justifica a negativa ao direito de ir e vir. Igualmente, não legitima um “ame-o ou deixe-o”.
      Por fim, não gostar do governo cubano não significa não gostar de Cuba.”

      Cuba possui uma rigidez maior no direito de ir e vir, mas é por causa das tentativas externas de derrubar o regime. Em clima de ameças, qualquer país, inclusive o seu amado país, os EUA, utilizam-se desta prerrogativa contra ameaças. Um exemplo foi o caso do cantor estadunidense Cat Stevens, que não pode entrar em seu país por ter se convertido ao Islã. Outra coisa, lá não existe o “ame-o ou deixe-o”, adotado aqui por nossa ditadura de direita, tão adorada por vcs direitóides.

      “Essa senhora , para mim irrelevante, aflorou a veia autoritaria da nossa esquerda. Se continuarem assim vão transformá-la num mártim.”

      Pelo que eu saiba, os autoritários aqui são vcs, que além de ditatorias, mesmo em suas democracias de fachada, tentam dar golpes com apoio do PIG e de julgamentos de exceção.

      “Ps críticas à visitante e invocar o bloqueio americano não mudam ser Cuba governada por uma ditadura hereditária, ou existe eleição em Cuba para presidente? Há pluralismo político? Pode-se ser candidado apontado o dedo para o governo?”

      A representação democrática deles é diferente das representações democráticas de fachada dos países capitalistas, lá eles não escolhem o presidente, mas escolhem membros locais e regionais de forma direta, onde estes não possuem as formas espúrias de financiamento de campanha privada que possuímos aqui, e que levam a nossa res pública não atender aos interesses públicos, e sim os privados dos financiadores.

      Quanto ao resto, só estando lá para saber. Mas sei que Cuba não esconde seus erros, eles não são falsos, o regime socialista cubano tem lá suas falhas, mas muita coisa é deturpada quando se passa para o mundo, principalmente quando se vem do PIG.

    • Estou solidário com a sua opinião, Valterlei. Nenhum serviço de educação de excelência, nenhuma prestação de serviços de saúde, que seja a melhor do planeta, justifica a supressão da liberdade!!!! TODO DITADOR, SEJA DE QUE LADO FOR, DE QUE COR FOR, SIMPÁTICO A QUEM QUER QUE SEJA É UM CÂNCER QUE DEVE SER EXTIRPADO!!! PODENDO DECIDIR LIVREMENTE, NINGUÉM VENDERÁ A PRÓPRIA LIBERDADE!!!!

      • Pois é, Cuba suprime tanto a liberdade de expressão, que a blogueira cubana que mora lá nunca conseguiu sair da ilha, ela também nunca conseguiu passar as opiniões dela para o mundo saber o quão anti-liberdade é Cuba agora.

  • Enquanto o mundo procura Lula para debater alternativas à miséria e à crise econômica, ele é foco dos ataques da “grande imprensa”. E como num jogo de batalha naval com milhões de espaços, todos os seus tiros são n’água. Não provam nada; suas denúncias são vazias, assim como suas entrevistas “bombásticas”. Na verdade, a popularidade do ex-presidente só aumenta. No Brasil e fora dele.

    Enquanto isso, a oposição tentou em vão destruir os governos Lula e Dilma com o julgamento da AP 470. A última das novelas pastelão no Brasil.

    Enquanto no Brasil, mesmo com limitações, criou-se uma comissão para investigar os crimes cometidos pelo Estado brasileiro durante a ditadura (civil) militar, jornais como Folha de São Paulo e Zero Hora de porto Alegre (do grupo RBS, ligado à Rede Globo) se indignam a lançar mão de artigos e editoriais apoiando o regime. A Folha, que emprestava seus carros para que se procurassem e prendessem opositores, chamou a ditadura de “ditabranda”.

    A Folha que ataca veementemente qualquer discussão em prol da regulamentação dos artigos constitucionais sobre a Comunicação Social é a mesma que tenta calar um site crítico a sua forma de pratica jornalismo, o “Falha de São Paulo”. Este é uma das características da “grande mídia”, invoca para si status de divindade. Ela tudo pode e ponto final.

    O blog “Falha de São Paulo” está censurado desde 2010. O grupo Folha teve seus argumentos rejeitados em primeira instância, apesar do blog estar fora do ar.

    Proibir a “Falha de São Paulo” de existir é uma pequena amostra da real liberdade de imprensa que essa turma defende. Ou seria liberdade de empresa? É essa mesma liberdade que a blogueira “limpinha” Yoani Sánches quer. Afinal ela é bem para isso.

    Enquanto a vida das pessoas segue melhorando, a oposição se agarra no factoide Sánches. Numa vã tentativa de associar as “maldades” cubanas à esquerda no Brasil. Nem sempre o ócio é criativo.

  • O problema é que os trogloditas de cérebro lavado pela patrulha ideológica do MST e da Via Campesina que foram enviados para vaiar a moça não tem nenhuma capacidade de fazer um debate democrático.
    Eles só sabem querer impor no grito suas ideias. Argumento zero.
    A ação desse grupo é uma vergonha para o Brasil diante da imprensa internacional.

    • Sebastião, pior são vcs, que na falta de argumentos partem para a distorção e para o golpe. Esse povo que vc tanto despreza é gente humilde, sem a devida educação e recursos. Eles cometeram um erro em tumultuar quando a amada e bem paga blogueira de vcs iria fazer suas apresentações. Vcs são bem piores, são uma vergonha de fato para o país e para a humanidade, pois utilizam-se do PIG para monopolizar a informação ao seu bel prazer, não importando se ele for falsa, mas que sirva a seus propósitos privados em detrimento do coletivo.

  • Seu texto me parece bem convincente – o debate politicio-ideológico que se encaixaria numa das “palestras” da moça comportada, com sorriso amarelo e ar de coitadinha, seria muito proveitoso.
    Entretanto, Edu, nenhum meio de comunicação no Brasil cobriria este debate. Seria tempo perdido. A visita de Yoane recebeu tratamento de Pop Star para difundir “o mal” que é Cuba e “o bem” que é o capitalismo.

    Os protestos, estes sim, receberam cobertura na grande imprensa. Por mais que fossemos criminalizados e, até, chamados de terroristas, foi divulgado na midia fundamentalista que parcela das pessoas em PE e BA se posicionam contra o que ela veio pregar. E fizeram barulho de empalidecer o sorriso da moça. Muito barulho.

    Não teríamos voz para vaiar se as palavras de ordem não fossem repercutidas.
    Se há censura em Cuba – e há -, aqui a censura se faz pelo poder econômico. Você sabe muito mais disso que qualquer de seus leitores. Portanto, ela deve ser apontada a cada passo que der em território nacional, deve ser vaiada, deve ser constrangida pelo fato de estar a soldo do grande capitalismo ocidental.

    Se não são os cartazes que a condenam, a midia, certamente, não a condenará!
    Abraço!

    • Pelo que pude entender da sua pergunta, tudo que está ruim no Brasil é resultado de quem o governo atualmente. É isso? Aliás, os dois últimos governantes do país melhoraram ou pioraram a sua situação? Ou será que a culpa é do nosso modelo de sociedade? Gostaria de vê-lo provar que o Brasil é ruim, que problemas seculares não foram resolvidos, por culpa de Dilma Rousseff. Se fizer isso, você é um “jênio”

    • A direita midiatica capitalista MENTE, mil vezes ao dia, espalhando suas mentiras por toda sociedade. Uma vez mais colocaremos A VERDADE dos FATOS, que produziram as FOTOS acima, da MISÉRIA HUMANA, muito bem colocadas na matéria, dos DESGRAÇADOS que governaram, dezenas e dezenas de décadas, nossa Pátria. LULA/DILMA só estão há dez anos, com muito sucesso, digamos, “arrumando” o estrago:

      Risco Pais hoje 158 pontos. FMI nos deve. Risco Pais e divida com o FMI no “Governo” do FHC/Globo/PSDB: “…O pior resultado que o risco-país já atingiu (recorde de alta) foi a pontuação de 2.436 pontos, no dia 27 de setembro de 2002, pouco antes da eleição de Luiz Inácio Lula da Silva para presidente. Essa pontuação foi registrada logo depois de o Fundo Monetário Internacional (FMI) ter liberado um empréstimo de US$ 30 bilhões para socorrer a economia brasileira….”. Voltaremos dezenas de vezes, se preciso for, incansávelmente(faz parte do processo revolucinário), mostrando as mentiras dos capitalistas.

  • Ela deveria ser convidada para dar uma voltinha na cracolândia paulista, a pérola do “sul maravilha” que, aliás, nunca foi maravilha coisa nenhuma!

      • Pelo visto, Ramiza, vc só lê sobre Cuba o que o PIG publica. Mas, tenho familiares que moraram lá por 2 anos e não fazem nenhuma crítica sobre Cuba mas só elogios.

          • A dona Maria Ninguém mente e não fica vermelha…
            Poderia nos dizer, sem consultar o google, quantas são?
            Deve ter “conhecido” Cancún numa excursão, que é pra onde vai o arremedo da elite, e vem botar banca.
            Come mortadela e arrota peru. Conheço o tipelho.

          • Então a dona ranzinza deixou transparecer a sua verdadeira face: a de uma madame marchadeira do Cansei!!!

            Então a dona ranzinza tá em polvorosas, tal qual aqueles deputados dementes e reacionários do PSDB-PFL-PPS que conseguiram entrar com a agente da CIA no plenário da Câmara dos Deputados e se fotografaram em plena mesa diretora da Câmara dos Deputados!

            Então a senhora conhece todas as ilhas! Foste em algumas delas, como por exemplo nos paraísos fiscais como mula do esquema privateiro do Dantas e do Nosferatu Cerra?

  • http://www.sul21.com.br/jornal/2012/07/dissidentes-cubanos-enfrentam-dificuldades-na-espanha-e-cogitam-voltar-para-cuba/

    Voltar para Cuba?

    Contra todas as probabilidades, vários dissidentes têm expressado a sua intenção de retornar a Cuba, deixando de viajar para os Estados Unidos, acusando a Espanha de negligência. “É melhor estar em Cuba na rua do que aqui”, disse Sanchez Ismara. “Desde 31 de março estou na rua”, queixou-se Núñez Idalmis afirmando que não tem como pagar uma habitação. Da mesma forma, Orlando Fundora e sua esposa, tiveram que enfrentar condições de vida muito difíceis, que não passava em sua terra natal. Em entrevista à BBC, Fundora confessou algo inesperado: “Nós comemos melhor em Cuba”.
    De certo ponto, a decisão de retornar a Cuba não é tão surpreendente. Apesar dos limitados recursos do país caribenho e as dificuldades geradas pelo bloqueio econômico imposto a Cuba pelos Estados Unidos desde 1960, o governo de Havana construiu uma proteção social relativamente eficaz que satisfaz as necessidades básicas da população. Apesar de tudo, 85% dos cubanos têm casa. Da mesma forma, todos os cubanos têm acesso gratuito a atividades de saúde, educação e cultural. Há um cartão de racionamento que lhes permite receber a cada mês, além de seu salário, um alimento básico suficiente para duas semanas. É por isso que, apesar dos seus limites em termos de recursos naturais, não há desabrigados em Cuba ou crianças de rua. Além disso, segundo a UNICEF, Cuba é o único país do Terceiro Mundo onde não há desnutrição infantil.

    http://www.emol.com/noticias/internacional/2012/04/13/535536/diez-ex-presos-cubanos-se-declaran-en-huelga-de-hambre-en-madrid.html

    • Uai, Helder, mas não é este o modelo que querem pra Cuba?
      A Espanha não tem a tão decantada “liberdade” desejada pelos cubanos brancos?
      Não está bom pra eles?
      Que coisa! Esse povo nunca está satisfeito?
      Neste caso, sugiro que peguem uma carona com a gusanita Yoani quando esta passar por lá e visitem os 12 países que ela vai visitar (com dinheiro de quem?): talvez encontrem algo melhor, hein?
      Se eu fosse Fidel, fecharia a fronteira pra eles.
      Sairam? Virem-se!

  • Importância demasiada foi dada â essa moça, a HH de Cuba!
    Não vejo motivo algum para a mesma ser recebida na Câmara Federal! Não vejo motivo algum para que seja acompanhada pelo senador Suplicy, que constrangeu e continua constrangendo o PT, seus militantes e a si mesmo! Você tem toda a razão, Eduardo! Os protestos só serviram para a HH de Cuba aparecer como “vítima”!
    Pena!
    Obs.~HH, para quem não se lembra, é a ressentida, bocuda e nada construtiva Heloísa Helena do (?)Psol/Rede amarela Itaú!

  • Quem disse que a guerra fria acabou? Jornalistas, escritores e blogueiros que sentam o pau no comunismo ainda conseguem arrecadar uma boa grana. O Departamento de Estado dos EUA continua a financiar escritores anticomunistas. Penso que é porque eles dizem que o comunismo acabou, mas, não têm certeza sobre o que estão dizendo. Yoani Sánchez visitará Alemanha, Espanha, Holanda, Itália, México, Peru, República Tcheca, Suécia e Suíça. Viagens à Argentina e ao Chile estão sendo negociadas. Quem financia tudo isso? E por quê? Ela vem mostrar fotos de cortiços e carros mal conservados. Isso nós também temos de monte, como você muito bem demonstrou. Nossos carros, que Collor chamava de carroças, são os mais caros do mundo e o lucro salva do colapso países em crise por aí. Terça feira de carnaval fui a uma pizzaria aqui em Sampa. Sentei em uma mesa na calçada e logo chegou um morador de rua todo imundo. Ele sentou, depois mudou de lugar e ambas as cadeiras ficaram com marcas de fezes. Logo foi expulso pelo garçom aos brados. Isso daria um bom filme para a Yoani mostrar e dizer que aconteceu em Cuba.

  • Eduardo, sabe quem não gosta do socialismo cubano?! Aquela classe mérdia tucana dos Jardins, que põe seus filhos pra estudar medicina na USP com o seu, o meu, o nosso rico dinheirinho que depois de formados, montam consultórios luxuosos para atender os endinheirados e depois gastar a grana com um monte de quinquilharias, principalmente na Europa. É uma gentalha bastante vulgar, essa que é grande realidade. Nossa elite financeira não tem qulaquer compromisso com a nação brasileira, diferentemente do povo cubano.

  • >uma saúde pública que rouba a dignidade do povo,

    Ue’ ???? Mas o Lula nao disse que a saude publica no Brasil beira a perfeicao ???

    Ele nao disse que da’ ate’ vontade de ficar doente pra se internar numa unidade publica ???

    O blogueiro tucanou !!!

  • “ELES QUERIAM ME LINCHAR. EU, CONVERSAR”

    Yoani comentou o ataque dos bate-paus aliciados pelo lulopetismo.. A cubana conta que já viveu diversos atos de repúdio, mas diz que o episódio em Feira de Santana foi “inédito”: “O piquete de extremistas que impediu a projeção do filme de Dado Galvão era algo mais do que um bando de seguidores incondicionais do governo cubano”, escreveu Yoani. “Todos tinham os mesmo cartazes com um monte de mentiras sobre mim, tão maniqueístas quanto fáceis de refutar com uma simples conversa. Eles não tinham qualquer intenção de escutar minhas respostas. Eles gritavam, interrompiam, em um momento ficaram violentos e gritavam em coro slogans que já não são ouvidos nem em Cuba”

    Resumo da ópera: o País da Maravilhas do Lula da Silva está ficando cada vez mais parecido com o País das Maravilhas onde sobrevive a Yoani.

  • essa mediocre pessoa, segundo o leandro fortes, residiu por um bom tempo na suiça e no entanto, deixou esse mediocre país para retornar à ilha, porque será? agora, ela dizer que cuba não lhe deu educação,é muita mentira, pois não só educação lhe deu, como também moradia , saúde e alimentação basica,tudo de graça.realmente é uma idiota a serviço de idiotas, como aqui os supremos alvaro botox imbecil e o eduardo direitista suplicy.
    reinaldo carletti

  • Será que o modelo de governo cubano seria bom para o Brasil?
    Muitos podem gostar de Cuba e de seu modelo de governo. Respeito essa posição.
    Particularmente prefiro que busquemos o nosso desenvolvimento social e humano com liberdade e alternância de poder. Acho possível sim, pois a maioria dos países desenvolvidos no mundo, chegaram a tal patamar sem abdicar dos mais primitivos preceitos democráticos.

    • Ela é irrelevante em Cuba porque é proibida de publicar na imprensa cubana, ou nos sites cubanos.
      Já no mundo todo ela é muito conhecida e recebeu diversos prêmios, sendo uma das blogueiras com mais seguidores na Internet.

      • “Irrelevante” em Cuba,porque todo o “ativismo virtual” dela não conseguiu abalar o governo. Todos os avanços nas leis de imigração e liberação de vistos partiram do próprio governo cubano,ela só se beneficiou disto pra fazer turismo.

    • Diz o ditado que santo de casa não faz milagre. Por quê? Porque os de casa conhecem melhor a vida e a obra de tais milagreiros. O UOL publica hoje que santa “Yoani Sánchez é mais famosa fora do que dentro da ilha, onde não tem um décimo da popularidade que desfruta no exterior”. Para justificar tal disparidade o portal diz que isso é “natural no país com menor taxa de penetração de internet das Américas – 22%”. Nesse particular o UOL começou a enrolar – não é bem assim. “O número de cubanos ligados à intranet controlada pelo Estado saltou mais de 40% em 2011, em comparação com o ano anterior, e o uso de telefone celular subiu 30%”, informa o Terra. O portal fala em “intranet controlada pelo Estado”, para dar uma conotação de controle estatal sobre as comunicações, mas, a própria blogueira diz: “Não paro de me surpreender com a possibilidade de acessar a internet num hotel, sem problemas”. O bloqueio americano pesou muito, mas, já foi instalado um cabo de fibra ótica de 1.600 Km, parceria cubana com a Venezuela.

  • Sua colocação é perfeita. Essa blogueira, por certo, está comprada por forças conservadoras poderosas. É uma blogueira mercenária. Faz o jogo dos caciques da comunicação no Brasil e no mundo, com a esperança de que suas opniões rasteiras mude uma história de revolução e luta.

    Fidel Castro é um ditador que me anima, seus propósitos e sua luta é digna de humanos grandes. Infelizmente existem essas almas que nada conseguiram perceber nesse sentido e que fazem descaradamente o jogo dos conservadores e moralistas de plantão.

    Esquerda não é a favor de ditaduras, ocorre que a Ditadura Cubana ainda é necessária, pois é para proteger o país das mãos dos que dele querem se apoderar desde à época da revolução. Por isso a resistência é necessária. Fidel protege a história de seu povo e resiste ao Tio Sam.

    Só tenho admiração pelo que representa o comandante Fidel Castro. Um grande homem. Um ser humano excepcional e um guerrilheiro de primeiro time. Quem dera houvessem humanos de sobra com a visão humana de Fidel Castro.

    Sou muito mais a ditadura Cubana do que a democracia dos Estados Unidos.

    Democracia dos Estados Unidos?
    Cadeira elétrica e pena de morte é democracia?

    Invadir países e não respeitar sua soberania é democracia?

    Me ajuda aí…! E Suplicy, que fim de carreira hein? Suplicy é a Yoani do Brasil. Vive patinando com o governo e com o partido. Querer justificar e defender essa mercenária é demais da conta.

  • yoani foi a nova bolinha de papel da mídia somado com o vestido rosa chiclete da dilma, ou seja, tem que ouvir tudo calado, na sua, desde distorções fraudulentas de previsões de caos no país pois se manifestar publicamente contrário será taxado de censura e/ou campanha antecipada…será criminalizado…e pela moda atual, levado ao stf…

  • Vamos por partes:
    – a “Yonny” (não sei o nome direito e nem vou consultar), está no Brasil para contraditar a festança do 10 ANOS DO PT NO PODER, para ofuscar as comparações. O PIG e a oposição, só não é lida e decifrada por quem não quer. Esta cubana, veio a este serviço, a servico do PIG e do PSDB, nada mais.
    – outra coisa, que mereceria um ARTIGÃO, mas de batoida forte por toda a esquerda brasileira, com ar de inocência: ORAS, POR QUÊ O PIG E A OPOSIÇÃO ESTÁ RESTRINGINDO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO DE GRUPOS. E porque esta cubana usa esta restrição de liberdade de expressão. ORA NÃO EXISTE FUNDAMENTO EM CRITICAR MINORIAS POR MANIFESTAÇÕES, ou SÓ PODEM MINORIAS ENCABRESTADAS COM O PIG E PSDB?????

  • Sou mesmo a favor do Lula e Dilma, formarem uma grande aliança com China, Russia, Índia, e outros países,
    discutindo colaboração em todas as áreas administrativas.
    Principalmente na área de segurança e energia nuclear. Ficar que orelha em pé contra esse grande bloco que pretende se formar, EUA e EUROPA. Pois pretendem a colaboração num processo colonizador do resto do mundo.
    Pulveriza essa redeglobo, jornais folha e estadão, distribuir a comunicação isonomicamente entre muitas empresas nacionais. Acabar com esse monopólio da PIG.

  • Caro Edu. Acredito que Yoani ganhou um destaque internacional maior do que deveria. Se ela é financiada ou não a mim não interessa. Ela expõe um lado de Cuba que ninguém conhece, ela se atém as mazelas e não as conquistas, apenas isso, e devemos respeitar o seu ponto de vista. Querer contrapor os problemas como por exemplo, falta de liberdade, dizendo que a saúde é melhor que aqui não faz sentido. Ela não nega as conquistas, apenas seguiu outro caminho para seu blog e este não deveria ser superestimado. Fazendo uma pequena comparação com o seu blog. Você se atém as conquistas do PT e aos problemas dos governos do PSDB. Isso não significa que não há problemas nos governos do PT e conquistas no do PSDB e você não as nega, apenas escolheu este caminho para se diferenciar da grande midia.

    • o destaque dela sao : cartoes, viagens , hoteis, internet rapida, traduçao em 18 idiomas, varias remuneraçoes em dolar, nomeaçao como correspondente de alguns grandes jornais do PIG e um roteiro preciso, que NAO É ELA que fixa…
      As vezes a esquerda da esquerda ajuda o destaque, como houve agora.
      Eu pergunto a zinha se ela é a favor ou contra que os USA devolvam guantanamo a cuba sem precondiçoes ou nao.
      E pergunto tambem se ela aprovaria que os Usa fizessem uma represalia apenas diplomatica e politica a CUBA como o brasil/argentina/uruguai fizeram a neo ditadura paraguaia… mas SEM bloqueio nem sançoes economicas ali porque afeta toda a populaçao.
      Porque nós do sul temos civilizaçao. Os financiadores dela, nao.

  • O malabarismo do blogueiro é fantástico.
    Como conciliar PT, Lula, Cuba, Brasil e Yoani sem que o bolo da demagogia desande? Sem que a máscara caia?
    Se referindo ao Brasil: “Poderiam ter perguntado a Yoani sobre as legiões de crianças pelas ruas se drogando e se prostituindo, uma saúde pública que rouba a dignidade do povo, uma educação que não educa ninguém e tudo isso sob uma guerra civil em curso, com mortandade como a de qualquer guerra declarada.”
    Isso tudo é culpa do capitalismo? Nenhuma, absolutamente nenhuma palavra sobre PT, Lula e Dilma nessa hora.

  • Seria interessante que os companheiros do blog lessem a entrevista de Yoani dada ao jornalista Salim Lamrani, ela está disponível no Vi o Mundo, é muito esclarecedora a entrevista em relação às posições da blogueira.

  • Edu,
    Concordo em grande parte com você e gostaria de dar uma dica caso haja tempo para isso.
    Olhando agora dá a impressão que o que está acontecendo era previsivel dado o tanto que falamos e criticamos as atitudes da moçoila.
    Para evitar, ou quem sabe equilibrar, os movimentos mais criticos nossos queridos “blogueiros sujos”, sabedores da vinda dela ao Brasil – e aqui vai a dica e, por favor, não receba como crítica – deveriam ter marcado uma coletiva para não deixá-la sair sem as dividas respostas. No caso de recusa por parte dela em comparecer ao encontro, 1 x 0 pra “nóis”.
    Então, sinto que ficou um buraco que deveria ser ocupado por gente mais capacitada e mais experiente para fazer a “coisa certa” e que uns poucos resolveram ocupar. Foi uma falha a meu ver.
    No mais, vendo o vídeo aqui com os “melhores piores” momentos, até que não foi de todo mal. É nítido o constrangimento dela e do tucano Suplicy.

  • Eduardo: uma coisa curiosa que notei em todo este episódio: parece que o PSDB finalmente assumiu de público a sua posição de ultra-direita no espectro político brasileiro e isso acompanhado pelo inefável senador Suplicy…

  • Petrobrás, blogueiro. Um defensor da justiça social, da preservação do meio ambiente, da Petrobrás e das causas nacionalistas.

    40 perguntas para Yoani Sánchez em sua turnê mundial: famosa opositora cubana fará seu giro global por mais de uma dezena de países do mundo

    1. Quem organiza e financia sua turnê mundial?

    2. Em agosto de 2002, depois de se casar com o cidadão alemão chamado Karl G., abandonou Cuba, “uma imensa prisão com muros ideológicos”, para imigrar para a Suíça, uma das nações mais ricas do mundo. Contrariamente a qualquer expectativa, em 2004, decidiu voltar a Cuba, “barco furado prestes a afundar”, onde “seres das sombras, que como vampiros se alimentam de nossa alegria humana, nos introduzem o medo através do golpe, da ameaça, da chantagem”, onde “os bolsos se esvaziavam, a frustração crescia e o medo se estabelecia”. Que razões motivaram esta escolha?

    Grande mídia brasileira não fará nenhum questionamento a Yoani Sánchez que esteja fora dos padrões de conveniências (Foto: aBr)

    3. Segundo os arquivos dos serviços diplomáticos cubanos de Berna, Suíça, e de serviços migratórios da ilha, você pediu para voltar a Cuba por dificuldades econômicas com as quais se deparou na Suíça. É verdade?

    4. Como pôde se casar com Karl G. se já estava casada com seu atual marido Reinaldo Escobar?

    5. Ainda é seu objetivo estabelecer um “capitalismo sui generis” em Cuba?

    6. Você criou seu blog Geração y (Generación Y) em 2007. Em 4 de abril de 2008 conseguiu o Prêmio de Jornalismo Ortega e Gasset, de 15 mil euros, outorgado pelo jornal espanhol El País. Geralmente, este prêmio é dado a jornalistas prestigiados ou a escritores de grande carreira literária. É a primeira vez que uma pessoa com seu perfil o recebe. Você foi selecionada entre cem pessoas mais influentes do mundo pela revista Time (2008). Seu blog foi incluído na lista dos 25 melhores blogs do mundo pela cadeia CNN e pela revista Time (2008), e também conquistou o prêmio espanhol Bitacoras.com, assim como The Bob’s (2008). El País lhe incluiu em sua lista das cem personalidades hispano-americanas mais influentes do ano 2008. A revista Foreign Policy ainda a incluiu entre os dez intelectuais mais importantes do ano em dezembro de 2008. A revista mexicana Gato Pardo fez o mesmo em 2008. A prestigiosa universidade norte-americana de Columbia lhe concedeu o prêmio María Moors Cabot. Como você explica esta avalanche de prêmios, acompanhados de importantes quantias financeiras, em apenas um ano de existência?

    7. Em que emprega os 250 mil euros conseguidos graças a estas recompensas, um valor equivalente a mais de 20 anos de salário mínimo em um país como França, quinta potencia mundial, e a 1.488 anos de salário mínimo em Cuba?

    8. A Sociedade Interamericana de Imprensa, que agrupa os grandes conglomerados midiáticos privados do continente, decidiu nomeá-la vice-presidente regional por Cuba de sua Comissão de Liberdade de Imprensa e Informação. Qual é seu salário mensal por este cargo?

    9. Você também é correspondente do jornal espanhol El País. Qual é sua remuneração mensal?

    10. Quantas entradas de cinema, de teatro, quantos livros, meses de aluguel ou pizzas pode pagar em Cuba com sua renda mensal?

    11. Como pode pretender representar os cubanos enquanto possui um nível de vida que nenhuma pessoa na ilha pode se permitir levar?

    12. O que faz para se conectar à Internet se afirma que os cubanos não têm acesso e ela?

    13. Como é possível que seu blog possa usar Paypal, sistema de pagamento online que nenhum cubano que vive em Cuba pode utilizar por conta das sanções econômicas que proíbem, entre outros, o comércio eletrônico?

    14. Como pôde dispor de um Copyright para seu blog “© 2009 Generación Y – All Rights Reserved”, enquanto nenhum outro blogueiro cubano pode fazer o mesmo por causa das leis do embargo?

    15. Quem se esconde atrás de seu site desdecuba.net, cujo servidor está hospedado na Alemanha pela empresa Cronos AG Regensburg, registrado sob o nome de Josef Biechele, que hospeda também sites de extrema direita?

    16. Como pôde fazer seu registro de domínio por meio da empresa norte-americana GoDady, já que isto está formalmente proibido pela legislação sobre as sanções econômicas?

    17. Seu blog está disponível em pelo menos 18 idiomas (inglês, francês, espanhol, italiano, alemão, português, russo, esloveno, polaco, chinês, japonês, lituano, checo, búlgaro, holandês, finlandês, húngaro, coreano e grego). Nenhum outro site do mundo, inclusive das mais importantes instituições internacionais, como por exemplo as Nações Unidas, o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional, a OCDE ou a União Europeia, dispõem de tantas versões linguísticas. Nem o site do Departamento de Estado dos Estados Unidos, nem o da CIA dispõem de igual variedade. Quem financia as traduções?

    18. Como é possível que o site que hospeda seu blog disponha de uma banda com capacidade 60 vezes superior àquela que Cuba dispõe para todos os usuários de Internet?

    19. Quem paga a gestão do fluxo de mais de 14 milhões de visitas mensais?

    20. Você possui mais de 400 mil seguidores em sua conta no Twitter. Apenas uma centena deles reside em Cuba. Você segue mais de 80 mil pessoas. Você afirma “Twitto por sms sem acesso à web”. Como pode seguir mais de 80 mil pessoas sem ter acesso à internet?

    21. O site http://www.followerwonk.com permite analisar o perfil dos seguidores de qualquer membro da rede social Twitter. Revela a partir de 2010 uma impressionante atividade de sua conta. A partir de junho de 2010, você se inscreveu em mais de 200 contas diferentes do Twitter a cada dia, com picos que podiam alcançar 700 contas em 24 horas. Como pôde realizar tal proeza?

    22. Por que cerca de seus 50 mil seguidores são na verdade contas fantasmas ou inativas? De fato, dos mais de 400 mil perfis da conta @yoanisanchez, 27.012 são ovos (sem foto) e 20 mil têm características de contas fantasmas com uma atividade inexistente na rede (de zero a três mensagens mandadas desde a criação da conta).

    23. Como é possível que muitas contas do Twitter não tenham nenhum seguidor, apenas seguem você e tenham emitido mais de duas mil mensagens? Por acaso seria para criar uma popularidade fictícia? Quem financiou a criação de contas fictícias?

    24. Em 2011, você publicou 400 mensagens por mês. O preço de uma mensagem em Cuba é de 1,25 dólares. Você gastou seis mil dólares por ano com o uso do Twitter. Quem paga por isso?

    25. Como é possível que o presidente Obama tenha lhe concedido uma entrevista, enquanto recebe centenas de pedidos dos mais importantes meios de comunicação do mundo?

    26. Você afirmou publicamente que enviou ao presidente Raúl Castro um pedido de entrevista depois das respostas de Barack Obama. No entanto, um documento oficial do chefe da diplomacia norte-americana em Cuba, Jonathan D. Farrar, afirma que você nunca escreveu a Raúl Castro: “Ela não esperava uma resposta dele, pois confessou nunca tê-las enviado [as perguntas] ao presidente cubano. Por que mentiu?

    27. Por que você, tão expressiva em seu blog, oculta seus encontros com diplomáticos norte-americanos em Havana?

    28. Entre 16 e 22 de setembro de 2010, você se reuniu secretamente em seu apartamento com a subsecretaria de Estado norte-americana Bisa Williams durante sua visita a Cuba, como revelam os documentos do Wikileaks. Por que manteve um manto de silêncio sobre este encontro? De que falaram?

    29. Michael Parmly, antigo chefe da diplomacia norte-americana em Havana afirma que se reunia regularmente com você em sua casa, como indicam documentos confidenciais da SINA. Em uma entrevista, ele compartilhou sua preocupação em relação à publicação dos cabos diplomáticos norte-americanos pelo Wikileaks: “Eu me incomodaria muito se as numerosas conversas que tive com Yoani Sánchez forem publicadas. Ela poderia sofrer as consequências por toda a vida”. A pergunta que imediatamente vem à mente é a seguinte: quais são as razões por que você teria problemas com a justiça cubana se sua atuação, conforme afirma, respeita o marco da legalidade?

    30. Continua pensando que “muitos escritores latino-americanos mereciam o Prêmio Nobel de Literatura mais que Gabriel García Márquez”?

    31. Continua pensando que “havia uma liberdade de imprensa plural e aberta, programas de rádio de toda tendência política” sob a ditadura de Fulgencio Batista entre 1952 e 1958?

    32. Você declarou em 2010: “o bloqueio tem sido o argumento perfeito do governo cubano para manter a intolerância, o controle e a repressão interna. Se amanhã as suspenderem as sanções, duvido muito que sejam vistos os efeito”. Continua convencida de que as sanções econômicas não têm nenhum efeito na população cubana?

    33. Condena a imposição de sanções econômicas dos Estados Unidos contra Cuba?

    34. Condena a política dos Estados Unidos que busca uma mudança de regime em Cuba em nome da democracia, enquanto apoio as piores ditaduras do Oriente Médio?

    35. Está a favor da extradição de Luis Posada Carriles, exilado cubano e ex-agente da CIA, responsável por mais de uma centena de assassinatos, que reconheceu publicamente seus crimes e que vive livremente em Miami graças à proteção de Washington?

    36. Está a favor da devolução da base naval de Guantánamo que os Estados Unidos ocupam?

    37. Você é favorável à libertação dos cinco presos políticos cubanos presos nos Estados Unidos desde 1998 por se infiltrarem em organizações terroristas do exílio cubano na Florida?

    38. Em sua opinião, é normal que os Estados Unidos financiem uma oposição interna em Cuba para conseguir “uma mudança de regime”?

    39. Em sua avaliação, quais são as conquistas da Revolução Cubana?

    40. Quais interesses se escondem atrás de sua pessoa?

    http://blogdeumsem-mdia.blogspot.com.br/2013/02/midia-as-quarenta-perguntas-que-yoani.html

  • Como diz o ditado: uma imagem vale mais do que mil palavras, só senti falta de imagens da “Cuba Maravilha”!!! Como a liberdade pra mim é premissa, penso que seja muito perigoso exaltar ditadores, seja ele ditador de esquerda ou ditador de direita!!!

  • Agora é que vão atacar ainda mais Cuba, pois a Repsol está perfurando o litoral onde foi encontrado bilhões de metros cúbicos de petróleo e trilhões de pés cúbicos de gás, isto trará ao país dividendos que poderão ser aplicados ainda mais em saúde e educação, tecnologia, talvez isto explique por que Cuba recebe embargos há mais de 50 anos, pois só assim conseguiriam quebrar o país e se apossar de suas riquezas naturais. Mas isso não interessa àqueles que só vêem em Cuba uma ditadura, mas jamais sequer comentam os fatores positivos existentes lá, pois isso os obrigaria a fazer melhor do que os dirigentes cubanos. Não têem a humildade de citar que 99,8% dos cubanos são alfabetizados, mortalidade infantil quase zero, medicina de alta qualidade, inclusive com hum mil e duzentos médicos atuando na ajuda ao Haiti, somemos a as nossas medalhas olímpicas e comparemos com as dos cubanos, acho que somente quando fizermos uma autocrítica e solucionar problemas graves em nosso país, poderemos aí sim apontar defeitos alheios, haja vista que o TJ/SP manteve a censura ao blog FALHA DE SÃO PAULO, precisa dizer mais alguma coisa?

  • Cuba é tão legal para se morar que muitos se arriscam indo para a Miami (mas eu nunca vi um americano indo para Cuba). Cuba é tão democrática que, até pouco tempo atrás, as pessoas não podiam sair de lá. Ou seja, o sujeito é obrigado a ficar lá, naquela maravilha moderna. Cuba é tão legal que os boxeadores quiseram ficar no Brasil.

    Por fim, Cuba é tão legal, senhor Eduardo, que sua filha preferiu o capitalismo australiano ao socialismo cubano. fale para ela ir pra lá.

    Abraços!!!

    • Victorino complementando teu comentário todos os que defendem Cuba e a ditadura do Fidel Castro, e o ultrapassado sistema socialista, o defendem fora de Cuba. Porque não se mudam para Cuba, e vão lá curtir as maravilhas do socialismo e da ditadura e defende-lo? É fácil defender Fidel aqui no Brasil, curtindo as maravilhas do capitalismo, e votando livremente.

  • A blogueira cubana não tem que dar satisfação para petista e esquerdo que defende a ditadura comunista que ela critica em seu país. A troco? Não tem que dar satisfação também se tem este ou aquele apoio, deste ou aquele país, se trabalha para este ou aquele jornal. É assunto privado. Ela está aqui para falar do que faz, das suas ideias, do que pretende fazer. Do que acha da ditadura cubana, do Brasil e donde for. Não tem que aguentar grosseria de petista querendo lhe esfregar cópia de dólares na cara. Ela é importante porque blogueira de talento que mora numa ditadura. Saiu de lá, não é mais a mesma coisa. Mas tem o direito de andar por onde quiser, como não tem lá. De opiniar sobre este e aquele governo, e não tem obrigação nenhuma de aguentar grosseria e agressão de cahorro-lôco lulopetista. Também não tem que dar satisfação e nem debater nada com essa patota.

  • o equivocado marcelo nao percebeu que as mazelas do brasil vem de uma sociedade Capitalista ! com quase duas centenas de mlhoes de moradore e dominio completo de uma elite pelo menos desde 1823.
    e que cuba nao as tem porque serem uns onze milhoes e sua sociedade ser socialista, quer ele goste ou não. Mas possue outras deficiencias -a maioria das quais nao existiria sem o bloqueio economico.
    O raciocinio do PIG e da superioridade capitalista é muito burro pelo motivo seguinte: “se o excesso de estatismo na economia só leva ao fracasso porque entao o bloqueio? Nao bastava deixa-los livres que seu sistema fracassaria sozinho e por si mesmo? Isso sim é malabarismo, auto contradiçao na propria tese!

  • Eduardo, parabés pelo texto.

    É por estes textos propositivos, bem fundamentados que eu visito seu blog.

    Quando (qause sempre), critico algo, é quando você dá uma “Vejada” como no post do Humberto Ávila.

    Já este post só perde para aquele sobre o “risco do apagão elétrico”, que merece menção honrosa, pelo trabalho de investigação que você fez.

    Algumas considerações:

    a) fundamentalismo não ajuda a ninguém. Impedir que a moça discursasse, ou a exibição de seu documentário, foi uma mostra de lamantável intolerância. E, sinceramente, que não venham alguns com a fantasia de que foi “a direita infiltrada” que impediu os eventos, porque isso é ridículo.

    b) ao invés de ficar repetindo “palavras de ordem”, como papagaios descerebrados, muito melhor seria a participação em debates expondo pontos de vista diferentes do dela. Liberdade de expressão é o direito de contrapor ideias, não impedir a manfiestação dos contrários.

    c) fico com um pé atrás sobre essa sua teoria sobre o patrocínio estrangeiro e de que agressões devem ser provadas. Isso me lembra, com o devido respeito, o velho discurso no sentido de que aqueles que aqui lutaram contra a ditadura eram “patrocinados pelo ouro de Moscou’ e que as torturas eram invencionices.

    d) sua imagens falam por si mesmas. No longo texto que escrevi no post anterior sobre o assunto, fiz menção às crianças brincando nas praças à noite, enquanto aqui estariam usando crack.

    e) prostituição existe por lá sim, e num ritmo cada vez maior. Cada vez mais vemos as jineteras cubanas pelas ruas, embora a polícia local tente coibi-las o tempo todo. É famosa a afirmaçào feita por Fernando Morais de que não havia prostitutas em Cuba. Isso mudou a partir do momento em que o Governo cubano passou a atrair turistas para a ilha, já que o alvo dessas moças não sao os nacionais, mas os estrangeiros com dinheiro.

    Infelizmente, hoje, vê-se com frequência canadenses branquelões desfilando ao lado de cubanas (sempre negras) e de saias curtas. Entram no Floridita ou em hotéis – locais que a população não tem condições de frequentar – e pagam os programas com refeições em restaurantes ou quinquilharias como vestidos etc.

    São as prostitutas do turismo como tanto vemos no Nordeste brasileiro. Claro que EM MENOR ESCALA, afinal Cuba tem apenas 10 milhões de habitantes, e a polícia de lá coíbe a prostituição.

    Sim, amigos, enquanto aqui fala-se em regulamentar a profissão mais antiga do mundo, em Cuba a polícia reprime as prostitutas e os pedintes. Pelas ruas vê-se muitos, mas muitos mesmo, policiais (geralmente muito jovens), com bloquinhos de papel na mão anotando comportamentos indevidos por partes dos grupos que enunciei. Eles pedem nome, outros dados que não sei dizer, e advertem a pessoa.

    Já ouvi um policial advertir uma jinetera dizendo algo, como “Fulana, esta é a segunda vez”. Me parece que com 3 anotações no “bloquinho” a jinetera ou o pedinte podem ser detidos.

    Antes que os desavisados gritem: não, esses detidos não “somem”, nem são fuzilados.

    f) prostituição infantil: se há, é insipiente. Nunca vi, e os cubanos a quem pergunto dizem que não há. A mais nova acompanhante que já me ofereceram, em hotel, tinha (segundo o agenciador) 18 anos. Era uma das camareiras e isso é muito frequente mesmo. O agenciador também era empregado do hotel…

    g) uso de drogas não há. Proibidíssimo.

    h) o amigo aí que defendeu, nos comentários, o sistema eleitoral cubano, faz uma piada de mal gosto e ridiculariza uma justa reinvidicação do povo cubano: eleições livre. Aliás, em todos esse anos, a ÚNICA coisa que vi os cubanos elogiarem os americanos é seu sistema de eleições, com alternância de Poder.

    CASO VERÍDICO E CURIOSO: numa de minhas idas à ilha, Dilma acabara de ser eleita. Aí alguns vinham e, JURO POR DEUS, me manifestavam solidariedade e pesar pela saúde de Lula da Silva.

    – Mas Lula está melhor do que nunca, respondia eu (isso foi bem antes do câncer), ao que me retrucavam : – Não, Lula da Silva tem uma grave doença cardíaca, tem coração muito fraco. Por isso saiu da Governo em favor da Dilma (!!!!!!!!!!!!!).

    Nessas horas (e somente nessas) eu abandonava minha neutralidade e falava (sob os protestos da minha esposa, que dizia que eu ainda seria preso por lá rsss): – Nada disso! Lula da Silva saiu porque acabou o prazo máximo de 8 anos! Lá é assim, acabou 8 anos o Presidente vai pra rua!

    Ou seja, para justificar como um Presidente tão amado aqui ( e lá !) saia normalmente do Poder, inventou-se a história da doença…

    i) aliás, devida a falta de informações ou controle estatal sobre a mesma, os boatos e perguntas mais engraçadas surgem aos estrangeiros. Por mais de uma vez já me perguntaram se Chico Buarque (que eles adoram) era negro. Isso mostra como a liberdade de informação e a internet na ilha são “amplas”. Uma consulta ao google tiraria essa dúvida.

    j) quem diz que há internet na ilha deveria ir pra lá e tentar usar. Depois voltaria aqui e se disculparia por tamanha barbaridade. Mesmo a internet a disposição dos turistas é extremamente precária: o conteúdo é restrito e a velocidade é ridícula, mesmo para nossos padrões.

    Em todas essas indas e vinda à ilha, NUNCA, mas NUNCA, algum cubano recebeu um email que eu tenha mandado, seja informando de minha ida ou mandando as fotos dos bons momentos lá passados. Eles fazem contas de emails pelo hotmail espanhol, mas praticamente não usam.

    E a tal da internet livre cai por terra por outro motivo óbvio, eles quase não têm computadores em casa.

    k) HOJE, os cubanos não passam fome. No início dos anos 90, com o fim das remessas de dinheiro da URSS, a maioria passou fome. É impressionante, pois qualquer pessoa com quem vc converse dirá que passou fome nesse período (chamado Período Especial). Ex: gerentes de hotel, um cargo bem alto por lá, já disseram-me ter enfrentado a fome. Eles se ORGULHAM muito de ter enfrentado isso e continarem de pé.

    Só que a comida não é farta não. Os cubanos, como bons latinos, dão um jeitinho de complementar as rações mensais com alguns improvisos, mormente o contrabando do mercado negro e as criações. É comum galinhas em casa (e apartamentos) e hortas.

    O contrabando é uma coisa muito engraçada. Todos, obviamente, trabalham em empresas estatais. Então eles desviam de tudo o que vc pode imaginar dessas fábricas e trocam entre si: é um mercado paralelo mesmo, e o Governo deve fazer vistas grossas, pois essa movimentação de mercadorias “extraviadas” é imenso mesmo.

    Hoje, um cubano não passa fome. Todos têm garantida uma alimentação diária que supre a necessidade de calorias diárias recomendada pela OMS, etc. Mas não podem querer “aquele bife a mais”. Não tem a sobremesa, se é que me entendem…

    l) aguardem notícias sobre o câmbio cubano. Mas dias, menos dia, vão unificar a moeda (para que não sabe há duas moedas corrente no País). É a PRINCIPAL RECLAMAÇÃO de um cubano comum: o câmbio deles é tão maluco, que é mais vantajoso vc trabalhar como barman em hotel (e ganhar gorjetas em CUC), do que ser gerente do mesmo hotel (que não recebe gorjetas em CUC, lidando apenas com pesos cubanos, que eles abominam).

    m) Cuba não tem muito segredo:

    – eles vivem muito, mas muuuuuuito melhor do que a imensa maioria dos brasileiros: não pagam por comida, saúde, educação, dentista e segurança.

    Em resumo: vivem melhor do que nossos pobres (que são muitos).

    – eles vivem muito, mas muuuuuito pior do que nossa classe média baixa.

    Postas essas premissas na mesa, uma constatação: não há liberdade de expressão na ilha. Antes que digam que vivemos numa ditadura midíatica, etc, vamos simplificar :

    – se vc escrever num blog que a Dilma não presta, é conivente com a corrupção, é bêbada e autoritária, vc não acordará com a Polícia Política na porta (nem temos essa espécie de Polícia)

    – experimente escrever isso lá…

    Lá sua liberdade de expressão só existe até onde não contrarie a Revolução.

    __________________________________________________

    Então, na minha opinião, uma DEFESA HONESTA de Cuba deve ser a seguinte:

    – Eles garantem uma existência minimamente digna a TODOS seus cidadãos, mas não lhe garantem liberdade de expressão, nem de ir e vir (esta última parece estar chegando, faça-se justiça).

    – NÓS NÃO garantimos uma existência minimamente digna a TODOS os nossos cidadãos, mas garantimos liberdade de expressão e de ir e vir.

    Vai de cada um defender a opção que lhe pareça mais justa (ou menos cruel).

    Só NÃO É HONESTO dizer que:

    – os cubanos vivem na miserabilidade (propagado por parte da direita);

    – os cubanos têm liberdade (propagado por parte da esquerda).

    ____________________________________________________

    Como diz o Eduardo, nossos manifestantes poderiam tratar sobre essa dicotomia com a Yohana…Que tal levá-la à cracolância??

    Mas não, os idiotas preferem as palavras de ordem….

  • Os governos de centro-esquerda conseguiram, ainda dentro dos marcos do capitalismo, promover distribuição de renda e redução da miséria em toda a América Latina. Mas isso tem um limite. As fotos deste post mostram claramente que ainda estamos num regime capitalista. Para que a humanidade transcenda essa fase de sofrimento, miséria e opressão é preciso substituir o capitalismo por outro sistema mais equânime. A Europa que o diga…

    • Ah, se as pessoas falassem apenas daquilo que sabem!!!

      O capitalismo é a forma mais eficiente de produzir riqueza.
      O capitalismo não é formado por instituições de caridade.
      Quem promove o social é o Estado, e nesse sentido, as fotos do post não podem estar indicando nenhum tipo de efeito colateral característico da doutrina capitalista, mas, a falta de Estado, esse mesmo Estado que tanto celebram.

      • Ô catão amebão, cê me força a natureza com essa porra de falta de Estado!!!!
        Se tem intervenção do Estado, não poderia ter…..
        Se não tem, por quê não tem?
        E esta característica do capitalismo, de ser a melhor maneira de produzir riqueza, de que adianta, se esta riqueza só surge da exploração dos menos privilegiados?
        E onde tá escrito que quem ‘produz riqueza’ tá a fim de dividí-la?
        Vou colocar aqui pela milionésima vez as três maneiras de se ficar rico no ‘mundo capitalista’:
        1 Ganhando numa loteria bem gorda
        2 Assaltando um banco bem cheio de grana ou dando um golpe em algum banco ou governo
        3 EXPLORANDO MÃO-DE-OBRA BARATA E SUBJUGANDO AQUELES QUE FORMAM ESTA MÃO-DE-OBRA.
        Ou será que grandes multinacionais vieram para o Brasil para serem boazinhas com noso povinho sofrido?
        Chegaram aqui pra distribuir seu rico dinheirinho pra quem não tinha?
        E nos dias de hoje, por quê empresas brasileiras vão produzir na China? Porque é chique? É questão de vaidade? Pra se mostrar pros amigos?
        Nããããããoooooooo! É porque lá a mão-de-obra AINDA está muito barata!!!!!!
        Eu disse AINDA!!!!!
        Quer um corel draw do que eu escrevi aí?

      • “O capitalismo é a forma mais eficiente de produzir riqueza”

        Exato, mas para os ricos. Você se esqueceu de dizer.

        “O capitalismo não é formado por instituições de caridade”

        Correto. O capitalismo é um sistema de exploração (se bem que caridade não significa absolutamente NADA).

        “Quem promove o social é o Estado, e nesse sentido, as fotos do post não podem estar indicando nenhum tipo de efeito colateral característico da doutrina capitalista, mas, a falta de Estado, esse mesmo Estado que tanto celebram.”

        Errado, Néscio. Onde há Estado capitalista, há Estado defensor do capitalismo, e portanto das elites econômicas que o controlam. É impossível um Estado defendendo os pobres onde existe capitalismo, pois não é essa a missão do Estado capitalista. Vá pra Flint e seja feliz!

    • Não sou comunista, como vc deve ter percebido se leu algum comentário meu.

      Acho tal sistema meio irreal, porque, todos os regimes que o implantaram retornaram, ou estão retornando, ao capitalismo.

      Ademais, tais regimes, sempre acabaram descambando para um autoritarismo com o qual não concordo.

      Não sou especialista em nada, mas, pelo que sei, a negação do direito de propriedade é a mola mestra do comunismo. E, na minha opinião, ser proprietário faz parte da natureza do homem e isso nunca mudará.

      Já o capitalismo, que é associado a maior liberdade, tende a avançar a um estado de selvageria que o tornará insustentável.

      Veja o caso da carne de cavalo nos frigoríficos europeus…

      Nada demais, na minha opinião, quem comem boi come cavalo (rsss), mas, brincadeiras à parte, não estranhe se daqui a uns 15 anos acharem carne humana misturada ao hamburger. É a lógica do lucro inexorável: mais e mais e mais.
      ____________________________

      Qual a saída então?

      Uma guerra nuclear, fazendo a espécie humana retornar à coleta de frutas e aos paus e pedras, tendo a chance de começar tudo de novo?

      Não vejo outra forma de o atual sistema mudar…

  • Se eu viajasse para Cuba como um turista será que eu teria plena liberdade de adentrar em alguns hospitais públicos cubanos para tirar algumas fotografias das condições locais?

    Se a coisa é tão boa assim acredito que eles não irão me impedir de demonstrar como o sistema de saúde cubano beira à perfeição.

    Aqui vai um pouco de informação contraditória a respeito do suposto paraíso socialista existente em Cuba.

    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=350

    As tentativas de justificar ditaduras por parte do Eduardo e demais comentaristas deste blog é algo pra lá de curioso, para não dizer indecente.

    Se os Nazistas tivessem ganhado a Segunda Guerra Mundial, alcançado o objetivo de sua plataforma política em níveis sociais e econômicos, elevado o padrão de vida do povo Alemão garantindo a todos eles saúde e educação de qualidade e erradicado a miséria no meio da população nada disso serviria para justificar a ditadura nazista bem como o que eles fizeram e fazeriam para se perpetuarem no poder.

    Mas é exatamente isso que andam fazendo por aqui para tentarem justificar a ditadura cubana.

    É de uma falácia lógica incrível os argumentos do Eduardo.

  • Sr. Eduardo, boa tarde.

    É notório que o sr. é um grande defensor do regime cubano e enaltece o resultado das polícas de governo que têm favorecido o povo cubano no tocante à educação e à saúde, principalmente.
    Ao mesmo tempo o sr. reconhesse que apesar de ter melhorado o Brasil, o PT ainda está longe de ter conseguido um avanço na qualidade de vida do seu povo, compatível com os avanços que o povo cubano conseguiu. E tudo isso porque o “PIG”, a oposição e as elites boicotam as politicas que o governo do PT poderia realizar, que levariam o Brasil a tais avanços.

    O sr. diria então que caso o PT conseguisse eliminar a oposição partidária, que não existe em Cuba, conseguisse eliminar também a imprensa livre, que também não existe em Cuba, e perpetuar-se no poder, como o PC cubano, o partido estaria livre para conseguir para o povo todos os avanços sociais conseguidos pelo governo cubano?

    Grande abraço,
    Heitor.

    • Bem, se me permite, deixe-me colocar minha colher nessa sopa: não, não conseguiria e, tenha certeza, aí é que a vaca iria para o brejo de uma vez.

    • É evidente que o PT jamais vai conseguir transformar o Brasil numa Cuba, enquanto estiverem por aí essa oposição e o PIG, que jogando baixo podem sabotar a reeleição do PT.
      Assim como o blogueiro eu não aceitarei uma derrota do PT nas eleições presidenciais devido ao baixo nível e injusta campanha promovida pela oposição e PIG, que com seu poderio econômico pode sim mudar a consciência de grande parte do povo.
      Portanto o PT, assim como o PC cubado, deve sim se perpetuar no poder, para poder transformar esse país injusto num país justo, como é Cuba.

  • Edu, antes de tudo lhe parabenizo mais uma vez, vc sempre dá espaço para dissonâncias e permite um amplo debate em seu blog.

    Realmente por causa do seu centralismo, Cuba avançou em vários índices sociais. Mas a questão é : estes avanços estão inexoravelmente atrelados a limitada liberdade de expressão? Poderiam haver estes avanços em Cuba e juntamente uma abertura de liberdade? E principalmente, existe um “preço” para esta liberdade? Penso que se por acaso eu não tivesse nada, coisa alguma, e viesse alguém me oferecer uma casa para morar, comida, saúde e lazer, mas contanto que eu devesse para sempre lhe dar minha devoção cega e lealdade, estaria assim justo e bastante esse acordo? Penso nisto pois é o que “acordei” com o meu cachorro, lhe dou casa, comida, saúde e tenho dele de volta todo seu amor incondicional. Será que o mais importante para o ser-humano é o estômago e não uma pretensa liberdade do espírito, que me permite rever conceitos e divagar dentro da minha existência? Para mim a liberdade de pensamento e de opinião não é algo “comercializável”, mesmo tendo passado fome, considero pior ser privado do livre-pensar, pois mesmo sendo de origem pobre, sempre fui analítico, crítico e estudioso, não consigo me ver diferente disto. Peguei um tempo da ditadura militar, não tão perseguidora, mas mesmo assim não se falava de política, eu que arriscava e sempre acabava criticando o regime, perdi amigos por isso e dei muita sorte de nunca ter sido “fichado”, mas ví diversos amigos que foram presos e tenho um tio que foi torturado e morreu alcoólatra depois disso. E e se hoje me oferecessem tudo o que ainda não possuo(que são desejos simples, como poder ter de volta uma vida sossegada no campo), em troca desta minha liberdade, não aceitaria, assim como não aceitaria vender minha alma por dinheiro algum do mundo. É isto que analiso, considero para mim a liberdade mais importante que comida, pois não somos bovinos, não é o estômago que nos define como seres-humanos, mas a liberdade ampla de manifestação, de ideias, com análises e suas consequentes críticas, é isso que nos faz ser diferente do meu cachorro, e isso só consigo ver por inteiro, e não pela metade. Torço para que Cuba abra espaço para a Liberdade mantendo suas conquistas, espero sinceramente que isso não precise levar mais 60 anos para se alcançar.

  • Cuba pode negociar com qualquer país sem restrições? Cuba é livre? O que acontece em Cuba não é causa, é efeito de um bloqueio estúpido, absurdo e sem propósito, que perdura por mais de meio século. Tenho dúvidas que algum país mundo suportaria tanto. Essa garota “tão forte” deveria viver a gritar LIBERTEM CUBA. Eu democratrizo e tu me ditas? Bananas!

  • Imagine um cidadão estadunidense morando em seu país. Ele não trabalha. Passa o dia inteiro na internet criticando o regime político dos EUA. Quando não está postando contra o governo, está participando de reuniões com funcionários da Embaixada da China em Washington. Também já foi filmado, e o filme está disponível no You Tube, entrando na Embaixada do Irã. Escreve para o China Daily e recebe do jornal uma quantia não revelada ao público. Apesar de afirmar ser pobre, viaja pelo mundo sob patrocínios obscuros (provavelmente, prepostos da China, da Coréia do Norte e do Irã) e fica hospedado em hotéis de luxo nas suas “peregrinações por liberdade” pelo mundo afora.

    Imaginaram? O que aconteceria com um cidadão estadunidense que vivesse tais peripécias? Estaria em uma prisão secreta em qualquer país “aliado” como a Polônia, Arábia Saudita, Honduras e outros Estados “livres”, incomunicável até para sua família e advogado, possivelmente sendo torturado como está sendo Bradley Manning e demonizado pela mídia “livre” dos EUA.

    Pois é. Yoani Sanchez vive em encontros com funcionários da SINA (que representa interesses estadunidenses em Cuba), foi vista entrando na Embaixada da “democrática” Polônia, onde existe até um Index de livros proibidos pelo Estado clerical de lá, como na Inquisição. Viaja pelo mundo patrocinada por Estados e empresas inimigas de seu país.

    Nunca levou um tapa em Cuba.

    Mas, para o PIG, os EUA é “democracia”, e Cuba , a “ditadura”.

      • Moore recebe dinheiro de potência estrangeira? Foi flagrado se esgueirando em embaixada de alguma potência estrangeira?
        Tente outro, meu caro.
        Talvez o Chomsky? Pelo sobrenome, deve ser um comunista a soldo de Pyogyang!
        Ah! Quem sabe o Palast? Que sujeito salafrário! Recebe, desavergonhadamente, grana do Guardian e da BBC pra desancar o sarrafo nos EUA.
        A que ponto chegamos…

        • Mas eu adoro o Moore, tenho todos os livros dele. Só que ele não só desce a lenha como ainda ridiculariza os EUA e os próprios americanos pelo mundo afora.

          Chegou a pedir intervenção da ONU contra a eleição de Bush, dizendo que um tirano havia fraudado as eleições e tomado o poder por lá.

          Não me consta que tenha sido preso.

          • Repetindo:
            Moore recebe dinheiro de potência estrangeira? Foi flagrado se esgueirando em embaixada de alguma potência estrangeira?

  • A tônica do discurso dela que foi apresentado acima não foi sobre internet rápida, carros novos, shoppings repletos de todos os tipos de quinquilharias caras, mas, sim, sobre batatas e tomates que não consegue comer em seu país, não pelo bloqueio, mas pela ineficiência do governo cubano…

  • O regime dos irmãos Castros é uma ditadura. Isso é um fato. Na ilha cubana, não há liberdade de expressão. Um só jornal, de propriedade do governo, informa a população. Os dissidentes, os que ousam divergir dos ideais que inspiraram a revolução, são vigiados, perseguidos, presos, e, até bem pouco, impedidos de sair do país. O bloqueio americano é usado pela imprensa oficial para justificar o fracasso e o atraso no desenvolvimento econômico. Se no passado houve conquistas em alguns setores, como educação e saúde públicas, hoja a sociedade cubana enfrenta dias difíceis, em que sequer há alimentos suficientes à disposição da população. Os serviços públicos são de péssima qualidade e os cubanos agrupam-se pelas ruas em ociosidade e desesperança, pois não há empregos. Ë claro que a Ilha não perdeu de sua magia. O povo ainda canta e dança, mas acho que não por felicidade, mas para abrandar a falta de perspectivas. Os que nunca saíram de Cuba, não podem avaliar as benesses que o desenvolvimento econômico traz. Se prefiro isso ao Brasil? Só posso responder que, apesar de todas as nossas mazelas, ainda prefiro ter liberdade, perspectivas e contato com o resto do mundo, sem que isso dependa de autorização governamental. Cuba não pode ser espelho ou exemplo para o Brasil, ou para qualquer outra nação livre. Precisamos nos espelhar em verdadeiras democracias, em que a população desfruta de liberdade e onde a diferença entre pobres e ricos é quase imperceptível. Vivo numa sociedade assim, aqui em Toronto, Canadá, e desejo que um dia o brasileiros atinjam o status dos canadenses e não o dos cubanos.

    • Eu ia responder o comentário acima, mas olhei pro relógio e desisti. Tô com sono, e fiquei com mais sono ainda após lê-lo.
      Pra terminar, aquela frase que fez ‘sucesso’ na década de 70: Brasil, ame-o ou deixe-o.
      Pelo jeito, a ilustre sra. acima o deixou…..

    • Ora, se “o bloqueio americano é usado pela imprensa oficial para justificar o fracasso e o atraso no desenvolvimento econômico.”, parece obvio que seria uma jogada de mestre dos EUA se levantassem o bloqueio econômico para mostrar ao mundo, de forma inequívoca, que Cuba é um fracasso.
      Por que não o fazem?
      Pelo visto a senhora não é forte em lógica, pois não?
      Quanto à “sociedade cubana enfrenta[r] dias difíceis”, a senhora poderia procurar no Google (se a senhora souber do que se trata) algo sobre os dias maravilhosos em que vivem alguns países europeus até ontem plenos de “democracia”; hoje nem tanto por que ao que parece a polícia perdeu a paciência com a gentalha que insiste em continuar vivendo.
      E, se a senhora reside mesmo em Toronto, podia pelo menos dar uma olhadinha no interessante relatório, creio que de 2008, da Way of Greater Toronto sobre o crescimento da desigualdade aí pelas bandas da sua casa.
      Caso ache ultrapassado (o relatório, não a desigualdade), experimente o da Toronto Community Foundation, do ano passado.
      Vamos lá!
      Não vou me estender sobre “Se no passado houve conquistas em alguns setores…” porque a senhora já demonstrou largamente sua ignorância sobre o que escreve e não creio que esteja realmente interessada em aprender alguma coisa.
      Continue com sua visão emprestada pela Veja: vem tudo mastigadinho e a senhora nem precisa pensar. Aliás, é bom que não o faça.

  • Para o FHC, seria o PHA sua Yoani Sanches de calças?
    E para o Lula, a sua seria o Reinaldo Azevedo?
    Não pude deixar de comparar a vida profissional deles à da blogueira cubana.

    Pergunto: quem enfrenta mais problemas, por dizer aquilo que pensa de seus respectivos governos?

    Não existe senão uma única resposta para tal pergunta, e sabem qual é.
    Por aí, podem ver que existe repressão à livre manifestação do pensamento, na ilha do caribenha.

  • Todo mundo caindo no jogo da blogueira e seus comandantes. Até você, Eduardo.
    Essas fotos que você postou aí só servem pra denegrir nosso país e o governo do PT. Afinal, tem 10 anos que eles estão no poder e a miséria, o crime, o abuso policial e o crack estão assolando o Brasil.

    Você é mais um pato que caiu na armadilha da blogueira e seus patrocinadores.

    • Só alguém que vive no mundo da Lua é capaz de achar que tudo que há de ruim no Brasil está pior do que estava quando o PT chegou ao poder. Alguma dessas fotos conta alguma novidade? O povo brasileiro sabe perfeitamente que a vida melhorou, mas também sabe que ainda temos um longo caminho pela frente. E, aliás, no sistema capitalista certamente não chegaremos ao nível de justiça social que seria adequado. A menos que mudemos de sistema

      • Sim, o Brasil está melhor nos governos Lula/Dilma.
        A desonestidade argumentativa da esquerda progressista é pregar que essa melhora “começou em 2003”, a partir do Lula.
        E isso tem um objetivo: se manter no poder.
        O PT omite descaradamente a apropriação dos avanços iniciados em governos anteriores.

        A verdade é que o Brasil começou sua escalada rumo à melhoria da qualidade de vida de sua população, a partir do governo Collor de Mello, apesar de tudo pelo que aquele governo foi responsável, com a inclusão do Brasil nos mercados mundiais.

        O governo Lula/Dilma apenas seguiu o rumo natural das coisas, como se apresentavam as circunstâncias.

        • Veja como estava o Brasil em 2002. Procure os jornais da época, se tiver acesso a arquivos. Sua memória parece estar falhando. O que fez o país disparar foi o aumento da presença do Estado, busca de novos parceiros comerciais – que nos permitiu sair da crise – e programas sociais sólidos em vez dos cosméticos que tínhamos até então. FHC entregou o país com inflação em quase dois dígitos, desemprego em 2 dígitos, economia estagnada, sem reservas cambiais, sem crédito internacional e com aumento – isso mesmo, aumento – da desigualdade. Só isso

      • “E, aliás, no sistema capitalista certamente não chegaremos ao nível de justiça social que seria adequado. A menos que mudemos de sistema.”

        E que sistema é esse?

        • Talvez não saiba, mas, quando disse que o sistema capitalista não vai resolver a questão social, mexeu num vespeiro.

          Aguardarei ansiosamente por sua resposta à essa minha indagação, por acreditar ser esse entendimento, o nascedouro de qualquer pretensão séria de se discutir qualquer assunto que envolva justiça social.

          Se não der atenção, concluirei que não sabe que sistema é esse que defende, que está falando por falar, e declará-lo-ei, doravante, pessoa incapaz até para pretender ter seguidores num blog.

          Digo isso com respeito, mas com profunda seriedade.

  • Concordo que deram importância demasiada a essa senhora. Porém, uma coisa é fato e quem briga contra o fato perde credibilidade: EM CUBA EXISTE UM GOVERNO DITADOR E TODO GOVERNO DITADOR CONDUZ SEU POVO A MISÉRIA!! NÃO HÁ PAÍS NO MUNDO, GOVERNADO POR DITADOR, QUE SE TENHA TORNADO DESENVOLVIDO SOB DITADURA!! ISSO É UM FATO!! NÃO HÁ COMO CONDENAR A DITADURA QUE HOUVE NO BRASIL E DEFENDER A DE CUBA!!

  • Ditadura, como a que houve no Brasil, após o golpe de 1964, não é pior nem melhor que a de Cuba! Toda ditadura conduz o povo, mormente as que são prolongadas como a de Cuba, ao desprezo pelas liberdades democráticas, ao “esquecimento” do que seja um franco debate sobre o melhor para todos e outras mazelas bem conhecidas do povo brasileiro. DEFINITIVAMENTE, A DITADURA EM CUBA TEM QUE ACABAR!!!!

      • Uma ilha paradisíaca, habitada por um povo alegre, simpático, musical e dançante, muito parecido com o povo brasileiro, se estivesse sendo governada por gente competente, só com o turismo, poderia dar uma banana para o embargo norte americano, que aliás, sempre funcionou como uma cortina de fumaça para a incompetência do sistema castrista em gerar riqueza.

        • Uma pequena ilhota sob embargo econômico da maior potência econômica da Terra tem todas as desculpas para ter problemas econômicos. Quer saber, cansei de ficar perdendo tempo em responder pra você. Posta dezenas de comentários, todos sem dizer nada, toma meu tempo e só fala besteira. Agora acabou. Você está fora de vez. Nos próximos dias vou fazer uma limpa, aqui. Cansei de ser trouxa. Enquanto a direita veta os que pensam diferente, vou ficar sendo democrático com pervertidos como você? Já era. Tomarei providências para que nem tenha que ler o que escreve.

  • Essa blogueira é uma piada. Foi cortejada em pleno Congresso nacional e na imprensa por gente que rezou na cartilha do “prende e arrebenta” durante a ditadura brasileira. Os coveiros do presidente venezuelano também renderam profundas homenagens a abnegada ativista cubana.
    A propósito, o que ela tem a dizer sobre o embargo dos EUA à Cuba?
    Ela defende a posição da ONU?
    E o centro de tortura americano em Guantanamo?

    Ah, la deve ter um wi-fi que é uma beleza.

  • Sugiro a este espaço que envie essas imagens que tão bem retratam a “maravilha” do Capitalismo para essa cínica Yoani. É claro que a “democrata” blogueira jamais as publicará em sua página(a “democracia” de Yoani é igual a dos seus patrões da CIA e e da Sociedade Interamerica de Imprensa, que a financiam : só existe pela censura do contrário e exposição de somente um lado da questão). Contudo, poder mais uma vez explicitar a cara-de-pau da cubana, apresentando a comprovação do envio das imagens para o blog de Yoani e informando a não publicação delas(com a instantaneidade da web, todos poderiam confirmar a censura de Yoani a uma divergência respeitosa e baseada em fatos e argumentos)é um prêmio maravilhoso, que vale até mesmo o custo indireto de se dar divulgação ao portal da cubana(que já é divulgado diariamente pela mídia conservadora e não se tornará mais ou menos popular pelo marketing irrisório que porventura venha a receber da mídia progressista, principalmente porque viria como consequência indireta de uma desmoralização).COMO JÁ DISSE EM TEXTO ANTERIOR, YOANI É UMA CÍNICA FACILMENTE DESMONTÁVEL COM UMA MÍNIMA ARGUMENTAÇÃO : QUESTIONÁ-LA SOBRE OS RECURSOS QUE CUSTEIAM SEU PÉRIPLO, ACOMPANHADA DE MARIDO E FILHOS, POR DOZE PAÍSES(QUEM PAGA AS PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO DA BLOOGUEIRA E SUA FAMÍLIA?); INDAGAR SOBRE A FONTE DOS RECURSOS QUE PERMITEM À CUBANA CUSTEAR A TRADUÇÃO SIMULTÂNEA DE SEU BLOG EM QUINZE LÍNGUAS OU SOBRE A ESPANTOSA ENTREVISTA EXCLUSIVA QUE BARACK OBAMA CONCEDEU-LHE LOGO APÓS ELEITO; O QUE FOI NEGADO A JORNALISTAS FAMOSOS; SÃO APENAS ALGUMAS DOS QUESTIONAMENTOS QUE LEVARIAM ESSE PRODUTO DO JORNAL NACIONAL AO RIDÍCULO; COMO JÁ FOI LEVADA NA FAMOSA ENTREVISTA EM QUE UM JORNALISTA FRANCÊS A ESMAGOU; AOS QUAIS PODERIAM JUNTAR-SE PERGUNTAS SOBRE O SEQUESTRO QUE FORJOU OU SOBRE O PORQUÊ DE, DIANTE DE UMA “DITADURA” QUE CLASSIFICA COMO HORRENDA, YOANI TERIA ABANDONADO O CONFORTO DA SUÍÇA, ONDE VIVIA HÁ ANOS, PARA RETORNAR A CUBA E AINDA PORQUE ESSA DITADURA QUE SUPOSTAMENTE A IMPEDIA DE SAIR DESDE 2006, TERIA PERMITIDO A YOANI, ANTES DESSA DATA, SAIR DE CUBA, MORAR NA SUÍÇA, E VOLTAR PARA SEU PAÍS QUANDO QUISESSE. AINDA PODERÍAMOS PERGUNTAR-LHE SOBRE O PORQUÊ DE TER-SE RECUSADO A ASSINAR UM MANIFESTO CONTRA O BLOQUEIO ECONÔMICO à ILHA(QUE NADA TEM DE POLÍTICO, UMA VEZ QUE IMPEDE QUE ATÉ MESMO REMÉDIOS PARA BEBÊS SEJAM VENDIDOS A CUBA, PORTANTO É DESUMANO); OU COMO AVALIA O FATO DE QUE NA SUPOSTA “DITADURA” CUBANA, UMA CRÍTICA DO GOVERNO COMO ELA, QUE DISPARA TODAS AS SUAS CRÍTICAS SEM APRESENTAR PROVAS, VIVA EM SEU PAÍS ATACANDO O “MALVADO” GOVERNO SEM SER INCOMODADA, ENQUANTO NO “BONZINHO” ESTADOS UNIDOS, UM CRÍTICO DO GOVERNO, QUE DENUNCIOU TORTURAS APRESENTANDO DOCUMENTOS OFICIAIS PARA COMPROVÁ-LAS, ESTÁ PRESO E SOFRE TORTURAS HÁ ANOS!!!!!!!?????????/ É verdade que a estratégia dos críticos da blogueira foi ingênua e inexperiente; embora eles mereçam elogios pela coragem em indignar-se neste país de passivos; mas também é muito mais verdade que a vitimização dessa verme ocorreria de qualquer modo, com ou sem eles, e ocorreria porque ainda que os manifestantes tivessem abordado a cubana com questionamentos inteligentes, suas vozes seriam silenciadas pela verdadeira ditadura que assola o Brasil e o mundo : o controle da opinião e da inbformação nas mãos de uma oligarquia capitalista, no nosso caso familiar, mas no mundo de caráter multinacional, que censura a divergência e impõe a todos uma úniva visão, que tenta legitimar e transformar em dogmas os valores desumanos e mesquinhos do Capitalismo Neo-Liberal, valores como o individualismo, a ganância, o egoísmo, a superficialidade e o consumismo, os quais deformam tanto nossas consciências que fazem uma Sociedade corajosa o suficiente para enfrentá-los e construir-se em cima da Solidariedade e da União, como Cuba, parecer arcaica.

  • Nenhuma ditadura deveria ser defendida por ninguém; Se não houvesse embargo….quem sabe a opinião da maioria aqui não seria um pouco diferente ….ao regime Cubano….

    • Marilise, se não houvesse embargo, issa discussão teria acabado de a muito tempo!

      Alisás, o que mantem esse bloqueio são os “cubanos” residentes em Miami, descendentes dos escrotos que viviam sob o beneplácito do Fungêncio Batista!

      Você, realmente, que o advogado Fidel Castro queria isso realmente!

      Fidel não sustenta a revolução cubana, isso quem faz é o seu povo, que tem orgulho de serem soberanos sim, mesmo que a maneira deles. Muitos não gostam dessa situação, mas preferem isso à alternativa capitalista que está destruindo esse mundo!

  • Não sei porque vocês ficam defendendo Cuba. A política de Dilma é completamente antagônica ao regime cubano. Por que não recusam doações de empresas capitalistas?

  • A pergunta que não quer calar: se o bloqueio imposto a Cuba é inócuo e serve de desculpa para que os defensores dos regimes comunistas justifiquem todas as suas “mazelas”, porquê não foi revogado ainda pelas autoridades americanas ? Porquê perdura há mais de 50 anos ? Repetindo: se o bloqueio imposto a Cuba não acarreta dificuldades ou entraves às relações comerciais do país com o resto do mundo e ainda serve de ótima desculpa pra continuidade da “ditadura” Cubana, pois é usada pelas autoridades da ilha pra atribuir aos EUA o “fracasso” do regime, porque Barack Obama repete o mesmo erro de seus antecessores insistindo em mantê-lo ? Reforçando: Se o bloqueio criminoso e ESTÚPIDO, imposto a Cuba pelos GÊNIOS Americanos não prejudica, impede ou dificulta o comércio internacional de Cuba e ainda permite aos irmãos Castro deitarem, rolarem e perpetuarem-se no poder, porquê Jimmy Carter, Ronald Reagan, G Busch senior, G Bush Jr, Bill Clinton, Bill Clinton novamente, Barack Obama e Barack Obama pela segunda vez teimam em mante-lo ?. Essa pergunta mostra que tudo que foi escritoaqui pelo Décio Ati-bóia, Thomaz, Hélio, Celso Rocha, Abel Botelho Pinto, Manuela D’avila, etc . . . não passam de meras repetições de asneiras difundidas pelo PIG. E foi elaborada de forma repetitiva propositalmente, porquê os cérebros dos tucanalhas e direitóides do blog só pegam no tranco ladeira abaixo. E olhe lá !!!! Boa noite a todos.

    • Cervantes, meu caro, você está pedindo que a trollada que vem aqui encher o saco utilize lógica em suas “análises”?
      Não acha que é pedir demais pra quem tem dois cérebros, o delgado e o reto?
      []’s

    • Cervantes
      19/02/2013 • 17:11

      Essa idéia nazista de “exterminar” os concorrentes italianos jamais ocorreria a uma mente sã e só poderia ser gerada na mente doentia do Capadócio Bicca.
      Responder

      Capadócio Bicca
      21/02/2013 • 00:07

      Jumento Cervantes
      Eu escrevi:
      ”Daqui a pouco estaremos sob um regime que proíbe os descendentes de italianos de cursarem as faculdades pública”
      Não estou fazendo apologia disso. Estou dizendo que se continuarmos assim, chegaremos lá. Só pessoas retardadas como você não entendem. Esse blog está infestado de burros.

  • A frase: “Hoje, 200 milhões de crianças dormirão na rua no mundo todo. Nenhuma delas é cubana”. Foi dita pelo presidente Fidel Castro no ano de 1998 em discurso durante visita do Papa João Paulo II à Cuba.

  • “Poderiam, por exemplo, ter exibido uma sequência de imagens do nosso “país das maravilhas” e perguntado a Yoani se as desgraças sociais que veria existem em Cuba, e se internet rápida e carros novos compensam as legiões de crianças pelas ruas se drogando e se prostituindo, uma saúde pública que rouba a dignidade do povo, uma educação que não educa ninguém e tudo isso sob uma guerra civil em curso, com mortandade como a de qualquer guerra declarada.”

    Um dos melhores e mais lúcidos parágrafos que já li sobre o nosso país. Disse tudo em poucas linhas.
    Parabéns. Vou dormir feliz.

  • Toda essa discussão demonstra que não há regime perfeito. Nas ditaduras um governante bem intencionado pode realizar coisas importantes com rapidez, como na China, sem ninguém para atravancar, como no Brasil, onde obras importantes demoram anos para ser aprovadas, e anos para serem realizadas, tendo que vencer liminares, embargos, greves, protestos, etc,com todo tipo de ações contrárias por parte de quem está fora do governo. Mas as ditaduras violam sempre o estado de direito, cerceiam a liberdade, perseguem e até eliminam quem causa problemas para o governo. Não acho que Cuba seja melhor do que o Brasil, apesar de reconhecer os sucessos extraordinários de sua saúde pública, educação, incluindo esportes,e outras coisas. Mas sem direito a propriedade e de ir e vir e até de defesa jurídica é difícil a pessoa ser plenamente feliz. Mas a democracia, dependendo de seu poder, também está sujeita a supressão de direitos, como fazem costumeiramente os Estados Unidos, invadindo outros países, como o Iraque por exemplo, corrompendo, prendendo, assassinando, cooptando e explorando nações mais fracas . Já se sabe hoje que o presidente Obama tem sido mandante de vários assassinatos, o que desmoraliza até o prêmio Nobel da Paz. Então, apesar das fotos do post que mostram chagas da nossa sociedade, que, aliás, podem ser vistas também em nações bem mais evoluidas que a nossa, prefiro o Brasil, que está muito melhor agora do que dez anos atrás.

  • Concordo com os avanços sociais que Cuba apresentou ao longo dos anos – mas acho que a questão é: não seria possível manter esses avanços sociais e, ao mesmo tempo, abrir espaço para avanços políticos, no sentido de mais democracia e liberdade de expressão? Vejam o exemplo de países como a Noruega, a Suécia, a Islândia – todos (mais ou menos) capitalistas, mas com amplo desenvolvimento social e democrático. Se é verdade que, das 200 milhões de crianças que vão dormir na rua, nenhuma delas é cubana, também não é menos verdade que nenhuma delas é sueca, islandesa ou norueguesa… O que faz pensar que o modelo autoritário cubano talvez não seja condição sine qua non para avanços sociais.

    • Concordo em termos com o contraponto apresentado, meu caro.
      Mas penso que há variáveis a ser exploradas.
      Por exemplo, a expressão “mais importante que o destino, é o próprio ato de caminhar”, embora não se configure como um tratado científico, torna-se reveladora pelos valores envolvidos.
      Sem dúvida que nos países escandinavos a exclusão social foi erradicada há tempos; mas o fato de em Cuba não haver meninos de rua não pode ser minimizado, tanto em função das pressões econômicas causadas (também) pelo bloqueio continental, quanto pelo estado em que os Castros ‘receberam’ Cuba: praticamente, um sítio de veraneio para os cidadãos da Flórida (prostíbulo, inclusive).
      Sendo assim, embora experimentando graves problemas econômicos, e envolta em séria crise habitacional, o fato de em Cuba não haver crianças abandonadas (segundo afirma Fidel) é, sim, muito relevante.

    • Creio que a Noruega, Suécia e a Islândia não ficam nas proximidades dos Estados Unidos, não sofrem embargo econômico, não sofrem ataques de grupos paramilitares financiados pelos Estados Unidos e outros agrados mais.
      Ou estou errado ?

        • Esses três países citados são exemplos de aplicação da social-democracia, que é sim, essencialmente, esquerdista. Desde 1927 a noruega vem sendo (fora períodos muito curtos e esporádicos) governada pelo partido trabalhista de matriz ideológica marxista, porém não leninista. A suécia também tem um grande predomínio histórico de governos de esquerda. Embora hoje esteja sendo governada pela centro-direita, as políticas de bem-estar-social implantadas por décadas de trabalhismo não foram revertidas, ao contrário do que alguns afirmam. Aliás, seria suicídio político para qualquer um que tentasse fazer isso num desses países. A Islândia historicamente pende para a social-democracia e, depois da desastrosa experiência que tiveram com o neo-liberalismo, duvido que algum dia eles irão repetir o erro de se desviar desse caminho. Sempre que um idiota vem com o papo de que a esquerda nunca teve sucesso governando um país, trago estes exemplos que basicamente encabeçam os índices de qualidade de vida, democracia e desenvolvimento. Merecem mesmo uma análise aprofundada, e é por isso mesmo que nossa mídia conservadora faz questão de fingir que esses países não existem.

        • Realmente, conhecer a realidade atual da Islândia seria muito bom para debater o Estado Mínimo que os neoliberais daqui (PSDB-PFL-PPS-PIG) querem impor ao Brasil.

          A Islândia que aceitou ser cobaia do sistema neoliberal, seguiu à risca os conselhos neoliberais, quebrou e decidiu chutar o balde neo-liberal e assumir outro caminho. Eis que ninguém mais ouve falar da Islândia nos meios de comunicação das famiglias do PIG (isto sim que é censura e com o apoio da mentirosa e cínica Yoani, a agente da CIA em Cuba).

  • Essa crise tá deixando os capitalistas desesperados. O medo do Socialismo está cada vez maior. Essa moça aí blogueira cubana é apenas mais uma vítima a serviço dos capitalistas. Ela não sabe o mal que está causando ao mundo.

  • Boa,Eduardo!É neste nível que o debate deve se dar.Manifestações raivosas oferecem à mídia as manchetes que ela quer,e as editorias se comprazem e dão mais destaques à esta moça,que para mim é uma não notícia.Vamos pro Humor,como disse o Zé Simão:”mistura de Heloisa Helena com Marina Silva ou com a Ingrid Bittencourt”.Ou ainda o Barão(de Itararé):”O tambor faz um barulho danado,mas é vazio por dentro.”

  • Faz sentido a perseguição à Yoani.. Quem não se lembra de como os boxeadores cubanos foram tratados pelo desgoverno Lula, a mando de Fidel Castro? Não é de surpreender, então, a presença do dedo de Gilberto Carvalho na recepção à blogueira. E se tem o dedo do Gilbertinho, deve ter o dedo do Lula da Silva, que o comanda. Aliás, o aiatolá do PT esteve pouco antes em Cuba, viajando a bordo de um jatinho do capitalista Odebretch. Nada a estranhar. Os petistas se dão muito bem no mundo do capital. Só não abrem mão de apoiar ditaduras travestidas de democracias, de genocidas travestidos de estadistas e de terroristas travestidos de revolucionários. Tudo em nome dos pobres. De resto, que se danem as instituições e as leis, incluindo o direito de defesa de seus inimigos.

    • Seria interessante, avaliar se quem faz mais vítimas no mundo, como o genocídio dito aí, se é os países socialistas ou se é provocado por capitalistas insanos, a procura de riquezas, como ocorre agora no Mali pela França, Líbia, Palestina, o que Houve no Iraque, Afeganistão entre muitos. Quantas pessoas não deve ter morrido por causa deste bloqueio. Acho que não precisa muita massa cinzenta não.

  • Acho que o Sr. esta enganado ou enganando.

    Yoani não elogiou carros, shoppings ou outros “luxos” capitalistas. Ela elogiou a LIBERDADE DE EXPRESSÃO E OPINIÃO, que é um valor fundamental em nossa sociedade e que poderia ter sido utilizada por esses jovens para debater com a blogueira, mas que como você mesmo disse, foi trocada por histeria inútil.

    Essa liberdade também garante que o Sr. escreva seu blog, o que só aconteceria em Cuba se o sr. fosse membro ou amigo do partido que está no poder.

    Vcs dizem que lutam por uma sociedade plural, na qual as pessoas possam expressar seus diferentes pontos de vista, mas apoiam o silencio dessa blogueia porque ela é uma voz crítica às “maravilhas” propagadas pelo oficialismo cubano.

    Ademais, se no Brasil há ainda a miséria que você expõe em fotos neste post, o governo que você tanto propaganda faz é responsável há pelo menos 10 anos por cada uma delas, com suas aliancas com forcas políticas atrasadas e diversos problemas com corrupção, todos impunes.

    Abs

    Giuliano

    • Giuliano, só estão escondendo uma coisa, essa jornalista tem um blog e sempre foi atualizado de dentro de Cuba. Na primeira vez que acessei o Blog, ela tinha acabado de atualizado o mesmo de um restaurante em um hotel em Havana (estava escrito no post), minutos depois ela colocou outro post informando que ainda se encontrava no mesmo restaurante do mesmo hotel!!!! Se ela está sendo censurado e perseguida, como sempre é noticiado por ela e toda imprensa, como não foi molestada durante meia hora estando em um restaurante de um hotel em pleno centro da capital Cubana???? A partir deste momento não dei mais crédito as noticias e informações da citada jornalista!!!! Esse episódio ocorreu no mesmo período que ela dise que foi agredida!!!!

    • Pelo que podemos apreender do que o tal do Giuliano (um tucano-pefelê? Com certeza que sim!) escreveu, o Governo Petista é o responsável pela miséria do país “a pelo menos 10 anos”, o que ocorreu antes disto? O Brasil não estava na miséria e começou a entrar na miséria com os governos de Lula e Dilma?

      Antes de Lula e Dilma o Brasil era um país das maravilhas que o Giuliano Tucano pretende dizer? O finado FHC e os governos anteriores tiveram políticas que diminuiram muito os índices de miséria do Brasil, mas o Governo Petista fez aumentar?

      Só na cabeça de um desorientado (e provavelmente mentiroso e cínico) como esse Giuliano ocorre comentários abestalhados e fora da realidade.

      Quanto à blogueira Yoani, a agente da CIA, ela é tão mentirosa e cínica, quanto o próprio Giuliano, pois a traira cubana vem defender, no Brasil, a liberdade de expressão ao lado de partidos que apoiam o monopólio de comunicação do PIG, onde a verdade é mutilada diariamente.

  • Tenho uma visao ligeiramente diferente sobre os protestos contra a presenca desta senhora aqui. Certamente seria mais eficaz, em vez de gritar palavras de ordem no aeroporto e no Congresso, pedir para que ela participasse de um debate fora da arena segura montada para ela pela oposição e pela grande midia, mas sabemos que isto NÃO aconteceria, por estes mesmos motivos, e teria até motivos para recusar, afinal, ela tambem foi solenemente ignorada pelo Lula e pela Dilma por ocasião da visita aos mesmos a Cuba. Alem disso, penso que tudo o que a mídia queria era que não tivesse os protestos, mas como houve (e, detalhe, não houve qualquer manifestação FAVORÁVEL para contrabalança, se houvesse, certamente a mídia também noticiaria), que fosse pequeno o suficiente para ser IGNORADO pela mídia. O fato é que não pôde sê-lo, então é evidente que a mídia noticiou os protestos desta forma. Assim, com evetual recusa ao debate, os protestos, na minha opinião, foram válidos. E agora que sabemos que, devido ao circo montado para ela, de fato não será questionada em momento algum durante sua visita, deveríamos fazer, todos, inclusive este blog, o mesmo que Lula e Dilma fizeram em Cuba: IGNORÁ-LA. Afinal, trata-se de uma senhora tão insignificante, feia e desprovida de carisma que não merece qualquer palavra de nossa parte a mais. Viremos a página, que a caravana passa.

  • Se Cuba é o país das maravilhas, por que muitos que apoiam o regime ditatorial vão morar por lá?, sabe por que não moram? Porque muitos desses demagogos comunistas, tem sua casa boa, tem seu carro, sua internet rápida, têm liberdade de expressão e lá não vai ter. Certo que no Brasil existe abandono de crianças, pessoas se drogrando, saúde precária, mas o governo que hoje tá no poder apoia o regime cubando e tem políticos com problemas na justiça a exemplo o Presidente do Senado (que os mesmos demagogos comunistas não protestam para tirá-lo). Falar de Yoani Sanchez daqui do Brasil é facil, dificil é viver sem as regalias e as mordomias que encontram aqui e, cá entre nós, todos os comunistas adoram, se não adorasse, doavam 50% dos seus salários para os ideais comunistas, ajudando as pessoas a sairem das drogas, fazendo trabalho comunitário, melhorando a qualidade de vida do próximo.

    • Difícil é viver sem as regalias que a mentirosa e cínica agente da CIA, a blogueira Yoani Sanches, tem em Cuba! Poder frequentar hotel cubano, receber dinheiro da organização mafiosa SIP, do jornal reacionário El Pais e ainda por cima afirmar de pé junto que é censurada e oprimida pelo Estado cubano!

      Até você, que é um tucano-pefelelé e bem lelé da cuca quer ter essas regalias que a farsante Yoani Sanches, a agente da CIA, tem!

  • Hoje, pelas noticias da direita capitalista midiatica, a “coitada”/”perseguida”(ela não a dela)/”espancada”/”censurada” etc, etc, e etc, ALMOÇARÁ com o ex-FHC/PSDB/GLOBO. O senador suplicy já foi pra cozinha preparar o almoço. Ele está verificando se não COMPRARAM CARNE DE CAVALO(Em toda Europa, aqui não é diferente – Nestle/frigorifico JBS – nas lasanhas, nhocs, congelados. CAPITALISMO, comercializam qualquer CARNE MAIS BARATA), para o CASAL. Almoço intimista e romantico com direito a cobertura de CARAS, sonia abrão, PLAI-BOI (não PLAI-CAVALO), amaury junior e claro, ana maria braga com a globo junto. Seria o lançamento da coitada “proletaria” de 6 milhões de dolares, para VICE DE AÉCIO? AÉCIO-SANCHEZ CHAPA PURO SANGUE, da sociedade.

    • A sua teoria só cabe em uma mente doente. Os brasileiros sãos (a esmagadora maioria, em todas as classes sociais e regiões do país) sabem muito bem que seria impossível resolver em uma década problemas tão graves que floresceram durante séculos, mas também sabe que as coisas melhoraram muito. Na verdade, gente como você expressa o pensamento de um bando de psicopatas que acha que uma frase como essa é coisa de gente racional. O Brasil enxerga o que foi feito, o mundo enxerga. Se meia dúzia de velhacos fica distorcendo os fatos, problema de vocês. E que problema.

    • Você já deixou a dica de quem você é! Um leitor do jornal conservador El Pais! Ou seja, você é mais um que acha normal o monopólio da comunicação no Brasil.

    • Isto significa que muitos tucano-pefelês estão recebendo dinheiro a rodo para impor a visão entreguista e neoliberal do PSDB-PFL-PPS-PIG neste blog.

  • Interessante ver AÓCIO NEVER tentar achar 13 pontos desfavoráveis na gestão de 10 anos dos petistas ..que cara fraquim

    ..pois bem, sem muito esforço aproveito este espaço pra dar o troco no AÉCIO ÉBRIO e abaixo passo a elencar apenas 41 pontos que ,a mim, marcaram a desadministração tucana (claro, claro que as 4 ultimas, pra montar o número cabalístico que carrega aquele BICUDO partido – 45 – estes eu deixo pra vocês completarem)

    1. NÃO buscaram a proficiência das Instituições Públicas
    2. em busca de resultados de CP optaram pelo desmonte do Estado
    3. Privatizaram por valor SUBAVALIADO a CVRD
    4. Criaram monopólios privados que encareceram o CUSTO BRASIL no setor de Energia
    5. Criaram monopólios privados que encareceram o CUSTO BRASIL no setor de Telefonia
    6. Criaram monopólios privados que encareceram o CUSTO BRASIL no setor da Siderurgia
    7. Criaram monopólios privados que encareceram o CUSTO BRASIL no setor de transportes-pedágio
    8. Facilitaram a ação de oligopólios privados que encareceram o CUSTO BRASIL no setor pretroquímico
    9. ABUSARAM da política monetária como UNICA ferramenta do Estado para controle INFLACIONÁRIO
    10. Praticaram das MAIORES taxas de JUROS básicos que este país já havida vivenciado
    11. Acabaram seu governo com [índices recordes de desemprego
    12. Em oito anos de governo geraram as MENORES quantidades de empregos formais
    13. Por suas administrações a história foi dada como findada, o Estado Mínimo e a geração de emprego algo NUNCA mais possível de ocorrer
    14. Mesmo tendo maioria no Congresso foram incapazes de promover as reformas de base
    15. Terminaram o governo com índices recordes de CARGA TRIBUTÁRIA
    16. Terminaram o governo com índices recordes de DIVIDA PUBLICA
    17. Naquele período o país entrou por TRÊS VEZES em default
    18. em sua gestão o país BATEU TODOS os recerodes de RISCO país
    19. com eles o país ficou exposto a crises externas por NÃO conseguir formar reservas
    20. com eles a safra agrícola não passava de 100 mm de ton enquanto hoje já encosta em 185 mm anuais
    21. naquele tempo o país NUNCA exportou e/ou importou mais do que US$ 60 bi/ano, hoje importamos e/ou importamos valores próximos a US$ 250 bi, 4 x mais em 12 anos
    22. Em 8 anos a BOLSA (159%) demonstrou que as empresas brasileiras não valorizaram (153% de IGP)
    23. Naquele período o Salário Mínimo terminou valendo US$ 57/mês, hoje vale mais que US$ 300,00
    24. O crédito voltado ao consumo no mercado interno praticamente ficou paralisado
    25. O Salário Mínimo não recebeu aumentos reais
    26. pouca ou quase nada de importância foi dada aos Programas Sociais
    27. Nenhuma enfase foi dada ao programa de moradias populares
    28. retirando o 1o ano herdado do antecessor, o PIB com eles cresceu 15%, e com LULA 32%
    29. deixaram o país em ESTAGINFLAÇÃO, um misto de recessão c/alto desemprego e inflação
    30. Sob sua gestão o país viveu o VERDADEIRO Apagão
    31. com ele o país NÃO priorizou investimento na educação técnica e viveu um apagão em novas ofertas
    32. o tucanato tb não priorizou o ensino público federal universitário, parado a décadas
    33. tb com eles o país não viveu um período de oferta de CREDITO universitário
    34. tb com eles não vivemos qq processo de aumento de oferta de BOLSAS estudantis estrangerias
    35. o tucanato incentivou e estimulou o DESRESPEITO ao adversário com ações do TIPO medo da REGINA
    36. a dobradinha mídia-governo tb encontrou com os tucanos o casamento perfeito para que houvesse a tentativa de desestabilização do governo BRASILEIRO (sucatão, lulinha, irmão de Lula, febre aftosa, queda de aviões, “caos” aéreo, febre amarela, apagão fictício etc)
    37. em seu período o país viu o GOLPE com a implantação da reeleição dada de improviso e afogadilho
    38. antes o país viu um número recorde de CPIs serem ABAFADAS por seus asseclas
    39. sob sua gestão a Petrobrás ensaiou mudar de nome e se sucateou a ponto de perder até plataforma
    40. com ele o país NÃO presenciou políticas públicas voltadas a mitigar as disparidades regionais
    41. por sua administração o país ficou conhecido como NAÇÃO derrotada, fraca e sem atrativos
    42.
    43.
    44.
    45.

    http://www.youtube.com/watch?v=EZp_-9JmCk0

  • Que a dita senhora é patrocinada por grandes conglomerados econômicos e por Tio Sam, nenhuma criancinha tem qualquer dúvida. O engraçado, que ela está sendo louvada por impérios midiáticos da América do Sul que apoiaram regimes de exceção nessas plagas. É essa gente que vai levar democracia à Cuba.

    Ps: A Folha de S.Paulo conseguiu na justiça censurar a Falha de S.Paulo. Repito, é essa gente que vai levar democracia à Cuba.

  • A Yoani representa a nova face HI-TECH de saias do “saudoso” Fulgêncio Batista,que tinha como finalidade defender com unhas e dentes a RPC – REPÚBLICA DA PUTARIA CUBANA…A Yoani idem!

  • Sr. Eduardo, bom dia.

    Entendi seu silêncio à minha pergunta como confirmação de que o senhor quer mesmo que seja mudado o sistema de governo, e que seja instalado no Brasil um governo como o de Cuba, ou seja, sem oposição, sem imprensa livre e sem alternância de poder. Infiro então que o senhor deseja um regime socialista/comunista.
    O sr. declara que sem a mudança do sistema de governo, que hoje é capitalista, não há como o país alcançar o “nível de justiça social que seria adequado”.
    Então questiono: que países do mundo, que não têm um regime capitalista, alcaçaram tais avanços, além de Cuba?

    Grande abraço,
    Heitor.

      • Sr. Eduardo.

        Sua resposta é muito vaga. Vários?
        Estou tentando imaginar quais seriam.
        URSS? Algum país do leste europeu? Não lembro que algum destes continuaram no regime comunista.
        China? Esta é capitalista, apesar de comunista. Além de tudo a maioria de sua população ainda não alcaçou o “nível de justiça social adequado”.
        Corea do Norte? Essa sim, é como Cuba, mas ao contrário de Cuba, seu povo morre de fome aos milhões.
        Quais mais seriam esses “vários”?
        Não vale falar daqueles que têm hoje governos ditos socialistas, como a França, mas que são capitalistas de fato, e provavelmente não estariam dispostos de abandonar este “regime”.

        Eu já consegiria enumerar para o sr. muito mais países que alcançaram um nível de justiça social muito bom, sem recorrer a um modelo de governo que suprime a liberdade de imprensa, a liberdade de opinião e a alternância de poder.

        Abraço,
        Heitor.

    • Essa mulher mentirosa e cínica tinha o apoio incondicional do Ronaldo Caiado e do Jair Bolsonaro na transmissão da sessão da Câmara dos Deputados!!!!

      Ronaldo Caiado é um fascista e Jair Bolsonaro é um apoiador incopndicional da Ditadura Militar. Essa blogueira cínica e mentirosa não sabe quem são estes dois personagens? Acho que ela é adepta do fascismo defendido por Caiado e adepto da Ditadura Militar defendida pelo lunático Bolsonaro. É esse exemplo de liberdade que ela quer para Cuba, a liberdade que o Caiado e o Bolsonaro defendem!

  • A resposta à funcionária do governo estadunidense continua sendo a mesma que recepcionou o papa João Paulo II quando este foi a Cuba:

    “Nesta noite, milhares de crianças pelo mundo dormirão ao relento. Nenhuma delas é cubana” (É mais ou menos esse o texto).
    Pode-se acrescentar: esfomeadas, drogadas, prostituídas, escravizadas sexualmente ou em fazendas de grandes latifundiários, vítimas de pedófilos, tendo seus órgãos extraídos para comércio ilegal, etc.

    A frase diz tudo o que realmente interessa às pessoas de bem.

  • Os que lêem José Dirceu, Mino Carta, José Nassif, Paulo Henrique Amorim ou Eduardo Guimarães, devem saber alguns fatos! 1º fato: estão sendo ultimados grandes acordos internacionais de livre comércio entre os EUA e a União Européia (TAFTA), e, paralelamente, entre os EUA e os países asiáticos (Trans-Pacific Partnership), que vão envolver 2/3% de todo comércio global! Com um detalhe gravíssimo: enquanto o Chile e o México vão participar o Brasil será alijado, ficará chupando o dedo! O quê isto significa? Que os países participantes importarão ou exportarão insumos básicos, produtos industrializados e commodities exclusivamente deles para eles mesmos! Isto reduzirá nossa exportação o que nos tornará mais pobres! Quando a situação interna do país já agravada por sua débil infra-estrutura, começar sentir os efeitos do PIB, da condição da Petrobrás – onde está a exploração efetiva do Pré-sal? Por outro lado, a importação de gasolina cresceu 82% em 2012 e as refinarias Premium I, II e a da Comperj serão paralisadas! -, da Eletrobrás que reduzirá em 30% seus gastos, da inflação, e, simultaneamente, a situação externa começar produzir os efeitos destes mega acordos, o país entrará num círculo vicioso de conseqüências imprevisíveis. 2º fato: outro gravíssimo problema é o das drogas que entram por nossas fronteiras! Quem é o chefe do Governo Federal, responsável por nossas fronteiras? Logo, a mãe do PAC é a madrasta de todos os viciados deste país! 3º fato: os crédulos leitores de revistas, sites, blogs e de indivíduos sem condições éticas de opinarem, estão sendo afastados destas questões! 4º fato: nestas circunstâncias, i.é, enquanto o Brasil está sendo alijado do comércio internacional; passa pela tragédia das drogas e os crédulos são enganados, os petistas indiferentes a estes fatos se confraternizaram num aniversário onde o Lula abraçou a Dilma, que abraçou Fulano, que abraçou Beltrano, que abraçou José Dirceu, que abraçou José Genuíno, que abraçou João Paulo Cunha numa grande simbiose de iguais!
    Eugênio José Alati, e-mail: [email protected]
    Em tempo I: : os índices de popularidade da Dilma começarão a cair! Mais, muito mais, o seu governo será péssimo a tal ponto que sequer será candidata! Então, o Lula reaparecerá como a grande opção e ele já sabe disso!
    Em tempo II: no princípio, consultava os comentários sobre os textos. Desisti devido à ignorância com que o fazem. Caso algum petista educado, com argumentos e que não seja “lelé da cuca” desejar refutar minha opinião tem à sua disposição o meu e-mail. Obrigado.

  • Comentário de Sol Gegfi no Facebook (via Stanley Burburinho):

    “Certa vez minha mãe comprou uma casa, em Sampa, de um senhor polonês e ele, estava muito mal de saúde e, épocas de um Brasil difícil, hospital público era aquela história, não dava pra contar. Aí eu lhe perguntei…Por que o sr não volta para a Polônia, lá é de graça a saúde, segundo ele os irmão o chamavam de volta e que, pela idade, teria direito a uma aposentadoria. Mas ele me respondeu…’Eu abandonei meu país jovem e com saúde, virei as costas e reclamei muito de meu país, agora já idoso, eu tenho vergonha de voltar só para usufruir dos benefícios que o país poderá me dar. Não sou homem aproveitador.’ Achei isso tão nobre, tão coerente que nunca mais me saiu da cabeça. Isso vale aos brasileiros e cubanos que, agora, querem voltar para suas pátrias quando as abandonaram. Fiquem aí e vivam no país das maravilhas! Tenham a ombridade do Sr Vlades, o polaco que conheci!”

  • Por que até hoje o maior embargo do planeta a um país?

    Por que, Guantánamo, a invasão americana na ilha, ainda é o maior CENTRO DE TORTURA DO MUNDO?

    Por que o Presidente dos EUA é ganhador do Prêmio Nobel da Paz?

  • edu eu vejo com muita preocupaçao esta fajuta oposiçao hoje no pais que ja foi governo uma preocupaçao muito grande simplesmente em destruir o que foi feio em 8 anos de governo de lula que nem um governo apos a ditadura feis no brasil a nao ser roubar a naçao o ultimo governo antes de lula vendeu tudo que o pais tinha quase o destroi a unica coisa que ficou que lula deu continuaçao foi a moeda que passou de cruzeiro para real e ate hoje hoje oi brasil e um grande real pais mais feito por um homem chamado luiz inacio lula da silva que mudou a historia deste pais financeiramente pos vivia de joelhos pedindo esmola ao fmi mesmo depos de fhc ter vendindo quase tudo de bom que este pais tinha nao vimos a cor do dinheiro entrgou o pais a lula com uma situaçao drastica financeiramente e o pib que tanto falam estava levando a pais a falencia e a falta de credibilidade por varios paise do mundo que estava fugindo do brasil para outras galaxias mais o semi analbeto luiz inacio lula da silva o curandeiro das incompetencias administrativas anteriores conceguio junto com seus ministris e assenssores resolver a questao financeira deste pais de tal maneira que em 4 anos de mandato o pais cresceu espetacularmente mesmo com tantos ganancioso do poder o denunciando veio mais 4 anos e o pais esta ai com uma credibilidade de dar inveja a qualquer pais do mundo a inveja mata gente lula ainda e o cara quem falou isto foi o obama o todo poderoso presidente dos eua.lula elegeu sua suscessora que vem lutando muito para continuar os mesmos trabalhos de lula mais tem muita gente que foi ajudado pelo pt em seus estados e municipios e hoje estao contra o pt e o brasil que espera que o brasil quebre para poder derubar o governo do pt e tentar chegar a presidencia da republica gente temos qyue ficar de olhos abertos o que aconteceu no congresso nacional hotem eu vi pela tv parte deste congresso fiseram uma festa ou algasara para receber esta blogueira para tentar desmoralizar o governo dilma este povinho esta com saldade da ditadura existe um grande complo no pais para barra o governo do pt nas proximas eleiçoes presidenciais voce sabe o que e isto e desespero dos partidos lula governou 8 anos eles nao querem deixar dilma governar os 8 anos tambem pos se isto vier acontecer e o brasil continuar crescendo com certesa o pt vai continuar governar o brasil durante muitos e muitos anos o maior desespero de muitos e que o brasil tem muito dinheiro e os outros partidos querem comer o bolo gostoso que lula e dilma estao fazendo no nosso pais.principalmente para as classes mais pobres e menos favorecidas acorda brasil.

  • Sabem quem pagou as passagens pra blogueira cubana Yoani Sanchez pra ir até Brasilia desfilar no congresso?
    Pois foi o Câmara dos deputados,com verba pública,à pedido da bancada do PSDB.
    http://www.opovo.com.br/app/opovo/brasil/2013/02/21/noticiasjornalbrasil,3009449/presenca-de-blogueira-cubana-yoani-tumultua-o-congresso.shtml

    “A ida da blogueira à capital federal foi definida de última hora, a partir de convite do PSDB. As passagens foram pagas pela Câmara dos Deputados, segundo o partido.”

    Ou seja,o PSDB usou dinheiro público…o SEU dinheiro…o NOSSO dinheiro pra financiar o turismo ideológico da cubana e desfilar pelos corredores do congresso como uma atração circense.

    Por que os deputados do PSDB não pagaram as passagens com dinheiro do próprio bolso?

    Onde está a indignação da imprensa agora?

  • Eu não entendi esse texto. Eu podia jurar que o governo Lula-Dilma havia erradicado com a pobreza. Estamos consumindo mais do que nunca, a classe C é a que manteve a economia aquecida durante a crise de 2008 ao seguir o que Lula orientou. Realmente não entendi o propósito do texto.

  • “qui, 21/02/2013 – 21:30
    Diogo Costa

    SOBRE YOANI, SOFISMAS E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO (crítica ao texto “Não são os EUA que financiam Yoani; é Cuba e a esquerda arcaica”)

    1- Os meninos que fizeram protestos contra Yoani eram militantes da UJS, ligada ao PC do B. Yoani não é e nunca foi “a principal voz de oposição” em Cuba, é apenas a mais conhecida fora daquele país e é sim financiada por organizações internacionais que pretendem mudar o regime estabelecido na ilha caribenha.

    2- Com todo o respeito, mas isso é um sofisma… Yoani Sánchez não estava impedida de sair de Cuba por ser uma blogueira que criticava o governo de Raul Castro! A lei cubana (da qual podemos concordar ou discordar) não permitia que nenhum cidadão cubano deixasse o país sem autorização prévia das autoridades governamentais. A partir de 14 de janeiro de 2013, com a reforma na lei migratória, os cidadãos cubanos estão autorizados a viajar para qualquer lugar do mundo sem autorização prévia das autoridades. Logo, Yoani sofria as mesmas restrições de todos os cidadãos cubanos antes de janeiro de 2013, e, agora, tem toda a liberdade de viajar facultada aos cidadãos cubanos a partir da reforma já citada.

    3- Existem centenas, milhares de blogueiros em Cuba. Yoani é sim apenas mais uma. E existe também a liberdade de crítica (principalmente a partir do governo de Raul Castro). O que os cubanos contestam é o fato de Yoani ser financiada por entidades internacionais para desestabilizar as instituições cubanas. Não há nada que os cubanos prezem mais do que a independência e a soberania de seu país e é justamente por isso que identificam Yoani como uma mercenária que não pretende criticar o governo, mas destruí-lo a serviço de potências estrangeiras. É a mesma situação que ocorreu no Brasil com o IBAD na década de 60. Em 1962, o IBAD financiou as campanhas de centenas de opositores do governo João Goulart, com dinheiro de empresas estrangeiras, notadamente dos EUA. Isso foi alvo de uma CPI em 1963 e, por ordem judicial e em consequência dos desdobramentos da CPI, o IBAD foi fechado definitivamente em dezembro do mesmo ano.

    4- De novo, o sofisma! É uma rotunda mentira dizer que Yoani não podia sair de Cuba porque ela, Yoani, era uma blogueira crítica ao governo. Isto não é verdade! A lei cubana exigia para TODOS os cidadãos uma autorização prévia para viajar. Houve uma reforma migratória, aprovada por Raul Castro, e que entrou em vigor em 14 de janeiro de 2013. Hoje, os cidadãos de Cuba que quiserem podem viajar à vontade, sem pedir nenhum tipo de autorização governamental. A “solidariedade” é apenas para Yoani, porque convém aos seus financiadores internacionais? O fato é que Yoani não saia antes de Cuba porque a lei dizia que as autoridades podiam permitir ou não a sua saída (podemos concordar ou discordar…), e, hoje, ela pode viajar pelo mundo porque a lei cubana permite que os cidadãos daquele país viajem sem nenhuma restrição! Porque acham que ela veio ao Brasil? Quantos cidadãos brasileiros possuem recursos para fazer um “tour” pelo mundo, como Yoani está fazendo agora? Porque criticam Cuba ao invés de aplaudir a reforma migratória de Raul Castro?

    5- E onde está o problema das pessoas se manifestarem contra Yoani Sánchez, contra o Papa Bento XVI, contra Lula, FHC, Reinaldo Azevedo, Obama, Jair Bolsonaro ou Roberto Freire? As manifestações a favor ou contra uma pessoa ou uma causa são perfeitamente normais e legítimas! O próprio texto de Cynara relata que Yoani se manifestou, se pronunciou, respondeu aos questionamentos que lhe foram feitos, etc… Ou seja, NÃO HOUVE nenhum tipo de censura contra a blogueira, muito antes pelo contrário! Sobre quem se saiu bem desse episódio, isto é uma avaliação política que todos tem o direito de fazer. O que não é possível é dizer que Yoani não pode se manifestar, porque isso não corresponde à realidade.

    6- Protesto desrespeitoso e intolerante? Enfim, é uma avaliação pessoal. Eu vejo todo e qualquer protesto como legítimo. Estamos a falar da forma e não do conteúdo dos protestos! Isso não ajuda em nada no debate sobre esta questão. Repito, onde está o problema de pessoas se manifestarem contra quem quer que seja? Se ultrapassarem os limites legais, responderão pelos seus atos, isso no Brasil ou em qualquer lugar do mundo.

    7- Acredito que a UJS deu uma dimensão exagerada à Yoani Sánchez. Ela não tem 1/50.000 avos dessa importância que lhe atribuíram, por exemplo, em Cuba. Os generosos espaços que a blogueira tem na imprensa cartelizada do Brasil, os teria de qualquer jeito, com ou sem protestos. Aos que se dizem de esquerda, cabe fazer a crítica da crítica, demonstrando que a ‘esquerda’ não é esse bloco único que a “grande mídia” tenta vender aos incautos. Aliás, desafio a qualquer cidadão do Brasil que mostre um único documento do PT (maior partido de esquerda do país) onde este partido defenda um regime de partido único ou um regime onde não haja pluralidade de informações e pleno respeito à liberdade de expressão! Podem procurar a vontade e não encontrarão nenhum documento neste sentido, desde 10 de fevereiro de 1980, justamente porque o PT surgiu da crítica às experiências do ‘socialismo real’.

    8- Yoani ataca Cuba porque tem críticas ao regime, o que é perfeitamente normal. O que não é normal é pensar que ela não é financiada por entidades internacionais, algo que é de conhecimento até do mundo mineral. Por fim, lamento que se façam críticas única e exclusivamente ao regime cubano, sem fazer as devidas críticas ao criminoso bloqueio econômico do qual o país é alvo há mais de 50 anos. E lamento que se façam críticas ao regime cubano sem falar uma vírgula sequer da masmorra de Guantánamo, usurpação territorial imposta pelos EUA desde antes da Revolução de 1959. Criticar Cuba é fácil, difícil é fazer a crítica dos Direitos Humanos que europeus e norte-americanos aplicam em outros países, difícil é fazer a crítica contra o Golias que oprime uma nação inteira e mirar apenas no Davi que resiste e busca, dia a dia, garantir o básico direito de manter sua soberania e auto-determinação.”

    Comentário retirado do blogue do Nassf

  • Essa picareta teve um dimensão muito maior do que merece e de fato manifestantes até exageraram na dose dando mais visibilidade pra ela, assim como políticos de “esquerda” como o palerma do Suplicy, mas é revoltante ver “analistas” da grande mídia como o economista liberal Alexandre Schwartsman no jornal “tucano” da cultura comparar Cuba com a Alemanha nazista, pasmem mas de fato isso aconteceu, já deve ter vídeo do fato por ai na net, alem de outras pérolas do sujeito como por exemplo “o Brasil cresce pouco por que o estado intervem muito na economia” ou “o modelo brasileiro esta esgotado” acho que ele esqueceu que os seus ideais no período do príncipe quebrou Brasil, Argentina, parte da Europa, crise nos EUA, etc… Cuba incomoda muito essa gente, antes da revolução era um quintal americano regado a jogatina e prostituição para os barões do tio San se entreterem, a independência conquistada a duras penas dos EUA é uma insolência que causa urticaria nas mentes colonizadas das elites reacionárias, EUA espalhou mentiras pelo mundo para invadir e destruir um pais, mantem uma prisão medieval na própria Cuba onde tortura e mata quem considera suspeito, ajudou e ajuda a espalhar ditaduras sanguinárias pelo mundo que o obedecem a seus interesses caninamente e segundo essa vigarista Cuba é que é a personificação do mal!!

  • Desculpem a minha falta de sensibilidade e ou informação, mas quando se fala de uma guerra civil em curso, quais informações nos são postas para tal afirmativa?Não estou julgando nada e muito menos o rumo do discurso que este tema tomou no texto, mas ou por falta de informação ou pela falta de interesse, não consegui entender de que forma essa nova guerra pode surgir. Alguém poderia me explicar o por que de uma guerra?

  • Os episódios foram bem didáticos. Ao impedirem a livre expressão da cubana e o debate aberto, vi na prática o que boa parte das esquerdas entende por “controle social” da mídia. Quero distância desses covardes, que só agem em turma e na base da intimidação.

    • Você não está falando da esquerda e, sim, da direita, que deu golpe de Estado, torturou até bebês e mulheres grávidas, estuprou e assassinou, sem falar da roubalheira. Quem impediu a liberdade de expressão no Brasil foram pilantras como você. Pilantras e covardes que têm vergonha do próprio nome e, por isso, só se manifestam no anonimato.

  • Vocês realmente acreditam que é o capitalismo que forja tudo isso? Meus caros, o que forja uma saude publica capenga, prostituição infantil, carga tributária absurda é a corrupção, atemporal, e sem ideologia ou melhor, que cabe feito luva em qq ideologia. Cínica? Prostituição também existe em Cuba ou vcs não conhecem Cuba. Corrupção caros, susperfaturamento, e tudo mais que todos antes de conhecerrem o doce sabor do poder vivem a criticar, lembrando que o nosso ex presidente hoje encontra-se entre as 100 maiores fortunas DO MUNDO. Caiam na real, o socialismo é tão porco quanto o capitalismo, aliás socialismo ditatorial pra mim não tem defesa, é uma situação indefensável a ditadura seja de esquerda ou direita é pra acabar para ontem e parece que em Cuba está finalizando e parece que os acontecimentos, o destino acabou de finalizar na Venezuela.
    O que eu vi aqueles dias em que essa moça esteve aqui, foi um bando de pessoas que vivem a mamar bonito nas tetas do atual governo, gritando palavras qeu sinceramente nem eles sabem oque significam, pq não passaram pela ditadura, a maioria estacionou seu carro do ano, pago graças aos bons salarios que uma iniciativa privada massificante e exaustiva recolhe de impostos para que gente assim se acomode no governo. Não deu pra aturar.

  • Aliás queria ver essas pessoas morando em Cuba…sem carrinho do ano, sem cargo de comissão…ô meu Deus…que visão seria.
    É muita hipocrisia.

Deixe uma resposta