Batistti ensina a lei à Justiça brasileira: “posso sair do Brasil quando quiser”

Últimas notícias

Na semana passada, Cesare Batistti, que recebeu do governo Lula cidadania brasileira, foi preso “em flagrante” por suposta “tentativa de evasão de divisas e lavagem de dinheiro” quando atravessava a fronteira do Mato Grosso do Sul com a Bolívia. Levava em uma pochete US$ 6 mil e 1.300 euros em dinheiro vivo.

O Brasil deve ser o único país do mundo que chama de “evasão de divisas” e “lavagem de dinheiro” portar uma quantia como essa. Na verdade, não é o único país do mundo porque inventaram essa regra para Batistti por razões ideológicas.

É ridículo

Aí entrou em campo o juiz federal Odilon Oliveira, da 3.ª Vara Federal de Campo Grande, que decretou prisão preventiva – sem prazo para terminar – do italiano, diante da suspeita (desse juíz) de que ele fosse fugir do País, com receio de uma nova ofensiva do governo italiano.

Não tardaria para Batistti ser liberado. Na sexta-feira à noite, o desembargador José Marcos Lunardelli, do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3), deu liminar em habeas corpus para Battisti. No sábado, 7, ele estava de volta a Cananeia.

Coube a Batistti explicar a trabalhada do juiz de Campo Grande:

Não é verdade o que se fala, que eu não tinha o direito de sair do País, porque eu não tenho refúgio político, eu sou um imigrante, com visto permanente no País. Eu posso sair desse País quando e como quero. Eu não tenho nenhuma restrição. Eu tenho todo o direito de cidadão brasileiro. Eu não sou refugiado. Eu sou imigrante. Ia estar fugindo [do Brasil] de quê? O país onde estou protegido é aqui. Evo Morales? Eu não conheço esse nome, eu não conheço ninguém na Bolívia. E por que eu ia fugir? Estou protegido. O decreto do Lula não pode ser revogado. Depois de cinco anos acabou o prazo, não pode ser revogado.”

Suponhamos, entretanto, que Batistti fosse se encontrar com Evo Morales… Não pode? Por que, não pode? Batistti não cumpre pena no Brasil, não foi condenado a nada neste país. Isto aqui já virou uma ditadura. Esses esbirros dessa ditadura não conhecem nem a lei e vestem toga.

 

6 comments

  • Cesare Batistti, é um assassino e só isso que posso te falar.
    Um comerciante foi assaltado e resistiu ao assalto.
    Alguns dias depois Cesare Batistti, o assassinou e seu filho esta numa cadeira de rodas por causa de Cesare Batistti.

  • Vamos nos lembrar que Battisti foi condenado na Itália com base numa delação premiada. O delator estava preso e a justiça prometeu libertá-lo caso ele denunciasse Battisti.

  • O italiano Cesare Battisti é uma unanimidade na Itália: direita e esquerda o consideram um psicopata assassino. Pertencia a um bando intitulado Proletários Armados pelo Comunismo, um dos subprodutos mais nojentos do terrorismo esquerdista.
    Condenado à prisão perpétua pela morte de quatro pessoas, Battisti deixou paraplégico o filho de 13 anos de uma das suas vítimas.
    Depois de ser abandonado pela esquerda caviar francesa, que primeiramente o acolheu, Battisti fugiu para o Brasil do PT.
    O episódio vergonhoso do exílio concedido ao terrorista Cesare Battisti teve, além de Lula, o então ministro da Justiça Tarso Genro como protagonista.
    Tarso chegou a percorrer redações jornalísticas para emplacar matérias favoráveis à permanência de Battisti no Brasil.
    O bobo da corte, para variar, foi Eduardo Suplicy.

  • Tinha comentários tão baixos no outro blog, que ao ler no novo site fico espantado. A oposição comentando com uma educação nunca vista. Parabéns ao novo sistema anti-anonimato e perfil fake.

Deixe uma resposta