Advogado de Lula crê que ONU condenará Brasil por “lawfare”

Em conversa com o advogado de Lula no último sábado, durante o velório de dona Marisa Letícia, descobri por que a mídia está sendo tão generosa com a mulher que, em conluio com a República de Curitiba, essa mídia ASSASSINOU com requintes de crueldade. Para o advogado Cristiano Zanin Martins, há provas de sobra para a ONU condenar o Estado Brasileiro por perseguir Lula. E irá condenar.

Merval me ataca e sugere que Lula seja preso por se defender

Estava demorando pro Merval Pereira me atacar por divulgar que novo ato de arbítrio contra Lula pode estar no fogo. Além disso, o mordomo dos tucanos criticou Lula por fazer a mesma coisa que o guru de Sergio Moro, Gianni Barbacetto, fez: dizer que a Justiça brasileira só atua contra o PT. Sim, o escritor italiano que inspirou Moro disse isso. Eis, portanto, minha resposta ao Merval. PS: está cheia de simbolismo essa prisão do Cunha, não?

Disputei eleição a vereador para estimular resistência da esquerda

Há onze anos criei o Blog da Cidadania para estimular as pessoas a se posicionarem, a saírem da zona de conforto e fazerem elas mesmas aquilo que costumamos cobrar que alguém mais faça sem nos darmos conta de que não podemos cobrar ninguém se nós mesmos não agirmos. Este ano, tornei-me candidato para isso, para estimular as pessoas a lutarem contra o avanço do fascismo que se abateu sobre o Brasil. Rogo a todos os que me acompanham há tantos anos que leiam este post e divulguem, pois explico porque me candidatei no momento mais difícil para a esquerda desde a redemocratização. Muito obrigado a todos e a todas.

Lula quer que o Brasil “volte a sonhar”

Na tarde da última sexta-feira conversei com o ex-presidente Lula por mais de uma hora, em seu Instituto. Análise de conjuntura ele sempre fará a entrevistadores, mas quis saber dele o que acha que o Brasil deve fazer. Saí da conversa com mais do que esperava. Penso que isso costuma acontecer com quem conversa com essa lenda viva que é Luiz Inácio Lula da Silva. Confira como ele está vendo a crise que se abateu sobre o país e como sair dela.

Para ajudar Temer, PM e Datafolha não apuram tamanho do protesto em SP

O último domingo (4/9) marcou uma nova etapa da escalada fascista, golpista e ditatorial que teve início lá em 2005 e se acirrou em 2013; a direita paulista perdeu de vez o pudor e, agora, já reprime manifestações pacíficas. Além disso, a censura está ganhando espaço. A mídia golpista não cobriu os atos contra Temer e PM e Datafolha não divulgaram estimativas de público sobre o mega protesto da capital paulista. Conheça, pois, minha proposta para enfrentar a ditadura temerária que se abateu sobre o Brasil.